Leia mais de 20 textos sobre masculinidades no canal de Natura Homem no PdH.

VOCÊ ESTÁ NO PERCURSO:

Como fazer uma salada Caesar, passo a passo

A salada Caesar é considerada por muitos como a rainha das saladas do século XX. Muitas são as histórias sobre a sua invenção mas todas remetem ao México nos idos do início do século passado.

Basicamente, todas as versões relatam que a receita surgiu em uma situação econômica dificílima, onde não se tinham ingredientes tradicionais para se montar uma salada e a criatividade na cozinha foi a principal responsável pela sua criação.

Sou fã de salada Caesar há muitos anos. Já experimentei versões de diversos países, cada uma com seu toque pessoal e cultural mas, sem sombra de dúvida, a mais saborosa que já tive o prazer de devorar me foi apresentada por um grande amigo da Grécia, Manos Gerokostas, que estudava turismo comigo em Hong Kong e que veio ao Brasil para uma breve visita.

Ele é dono do CoastMed,um restaurante pé na areia, na ilha de Creta, e me contou que essa sua versão é considerada por muitos como a melhor de todo o mediterrâneo.

Para vocês não acharem que é balela, me propus a reproduzí-la aqui e compartilhar com todos do PapodeHomem. Afinal, em épocas de comida farta, uma salada cai como uma luva.

Bom, vamos ao que interessa.

É isso que você vai fazer

Ingredientes

Rendimento: 2 porções


  • 1 pé de alface americana;

  • 3 colheres de maionese;

  • 1 colher de mostarda Dijon (não sou grande fã de mostarda, então coloco uma colher rasa para não explodir o seu gosto que já é bem forte e com personalidade. Se você não tiver a mostarda Dijon, pode utilizar a versão clássica brasileira – amarela, sem maiores problemas);

  • Suco de ½ limão;

  • 100 gramas de queijo parmessão ralado;

  • 2 dentes de alho;

  • 1 colher de sopa de molho inglês;

  • 6 fatias de pão de forma branco;

  • 50 gramas de manteiga;

  • 1 colher de sopa de orégano;

  • 150 gramas de bacon, cortado em cubos pequenos;

  • 700 gramas de filé de peito de frango;

  • Pimenta do reino;

  • Azeite de oliva;

  • Sal;

Utilize alface americana porque é mais dura e crocante. Você não vai querer uma alface molenga na sua salada.

Eu prefiro ralar o queijo parmessão na mão, ao invés de comprar o parmessão industrializado – que já vem ralado – afinal, tudo que é fresco tem aroma e gosto melhor.

Fiz as seguintes modificações à receita que me foi passada pelo meu amigo, para deixar ela mais suave.


  • Reduzi a quantidade de mostarda;

  • Tirei da receita os filés de Anchovas por deixar o molho Caesar muito salgado;

  • Troquei o óleo de girassol por azeite de oliva.

Modo de preparo do Molho Caesar

Coloque a maionese, a mostarda, os dentes de alho, o sal, a pimenta do reino, o molho inglês e metade do queijo parmessão ralado no liquidificador, bata por cerca de 2 minutos até ficar uma pasta.

Abra a tampa do liquidificador e adicione o fio de azeite aos poucos para que o molho incorpore o azeite lentamente.

Desligue o liquidificador e prove.

Se precisar corrigir o sal ou algum tempero, faça de acordo com o seu gosto.

Preparando as cerejas do bolo

Três ingredientes vão tornar uma simples salada de alface com molho especial em um prato que pode ser servido até em um jantar romântico para impressionar qualquer um.


  • Croutons

  • Bacon

  • Filé de frango

Sim, pode ir tudo junto e misturado, sem medo.

Fazendo Croutons

Croutons são basicamente pedaços de pão que são temperados e fritos. Ficam muito mais saborosos do que se fossem assados e têm a finalidade de deixar a salada com um alto tom de crocância.

Os Croutons

Aqui vai o passo a passo para os croutons:


  • Corte cada fatia de pão em 9 pedaços quadrados e simétricos;

  • Tempere os quadrados de pães com sal e orégano;

  • Aqueça em uma frigideira grande as 50 gramas de manteiga e 5 colheres de azeite. Todos os pedaços de pão precisam ter contato com o fundo da frigideira para você ter um processo de fritura mais homogênio.

  • Frite os pedaços de pão já temperados em fogo médio para não queimar. A cor desejada é a dourada, não deixe os pedaços ficarem muito claros (o ideal é que fiquem crocantes), nem muito escuros (queimados);

  • Escorra com uma escumadeira para deixá-los com a menor quantidade de gordura e descanse-os em um prato grande com papel toalha para absorver o restante de gordura.

Sempre que for fazer algum tipo de fritura com manteiga, adicione azeite. Sempre. Isso vai impedir a manteiga de queimar e estragar a sua receita.

Para obter os quadrados de pães em tamanho igual, faça na fatia de pão, dois cortes em sentido horizontal e dois em sentido vertical. Não retire a casca das fatias de pão. Elas lhe proporcionarão croutons mais crocantes. Se você quiser, pode utilizar pães de forma especiais, como o 12 graus para deixar mais saborosa a sua salada.

O próximo passo é preparar o frango e o bacon para deixar a salada com um gosto soberano.

Modo de preparo do bacon e do frango


  • Tempere os filés de peito de frango com sal e pimenta do reino;

  • Aqueça uma frigideira grande e adicione um generoso fio de azeite de olive (se quiser, pode utilizar um óleo de cozinha, como o de canola ou girassol). Quando o azeite estiver quente coloque os filés de frango e deixe em fogo médio (se você fritar o frango em gordura com o fogo muito alto ou você vai precisar de uma quantidade enorme de óleo ou o frango ficará pronto por fora mas cru por dentro);

  • Quando o frango estiver começando a ficar menos avermelhado (sinal de que já está começando a ficar no ponto desejado), separe os filés de frango em uma metade da frigideira e coloque na outra metade o bacon para fritar;

  • Corte um dos filés de frango pela metade para ver se ele já está cozido por dentro;

  • Veja se o bacon já está crocante e se já dissolveu a sua gordura característica;

  • Se os passos 4 e 5 estiverem completos, escorra o bacon e o frango com uma escumadeira e deixe-os descansar em um prato grande com papel toalha para aborver a gordura remanescente.

Nunca utilize óleo para fritar bacon. Ele já é um pedaço de carne suína com gordura em demasia.

Se o seu frango estiver com uma quantidade razoável de óleo no momento de colocar o bacon, você pode ou esperar a gordura absorver um pouco mais ou mesmo utilizar outra frigideira para fritar o bacon.

Gosto de usar a mesma frigideira para que o frango incorpore o aroma e o gosto do bacon.

Como montar o prato

Como a versão que estou ensinando é para 2 pessoas, você pode montar um único prato grande ou pratos individuais.

Lave a alface americana e corte-a em pedaços menores. O objetivo de se ter pedaços menores é para que o molho e outros ingredientes se incorporem à alface com mais facilidade.

Disponha em um prato a alface como base para a salada. Todos os outros ingredientes virão por cima.

Regue com uma colher, um pouco do molho Caesar por cima da alface para que todos os pedaços tenham contato com o molho.

Coloque o bacon em cubos e os croutons por cima, alternando-os para que toda a salada esteja coberta. Seja generoso.

Pegue o queijo parmessão restante e faça lascas finas com o ralador e disponha-as sobre a salada;

Fatie o frango em pedaços de 0,5 cm e também disponha-os sobre ela.

Aproveite e coloque mais um pouco de molho Caesar por cima de todos os ingredientes para finalizar o prato.

Pronto!

Mesmo com um modo de preparo um pouco mais demorado, a receita da salada Ceasar é muito fácil de ser preparada e eu tenho certeza de que ela irá causar uma excelente impressão em qualquer ocasião.

Eu gostaria muito de saber, quais outras versões da salada vocês já provaram?

E, se prepararem esta que ensinei aqui, por favor, não esqueçam de contar também.


publicado em 04 de Janeiro de 2013, 15:09
VOCÊ ESTÁ NO PERCURSO:
E762eef80f0ef2dc9cf78ab1abf97ed2?s=130

Felipe Ramos

Um realizador nato, de coração sem tamanho. Transformar pedra em banquetes é a especialidade desse MacGyver gaúcho. Notório por seu apetite festeiro, nunca recuse quando for convidado a uma de suas frequentes celebrações e aventuras. O imprevisível é seu prato favorito. No Twitter, @felipemktg.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura