Onde homens que aspiram crescer se encontram? No "Homens Possíveis 2017". Vem ver a programação e garantir seu ingresso. É 09/12, sábado.

Por que somos tão apegados às nossas coisas?

De onde vem essa nossa mania de olhar pras coisas e dizer "meu"?

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Advertisement
    130x50 jpg
  • 130x50 jpg

Basta olhar pra estante cheia de livros que você não vai ler e o guarda-roupa cheio de roupas que você não usa, que a gente percebe como se livrar das coisas não é exatamente a mais simples das tarefas.

Jean Piaget, um dos pais da psicologia infantil, percebeu que esse senso de propriedade e apego surge em uma fase muito inicial da infância e se desenvolve até a idade adulta, tornando-se cada vez mais complexo.

O TED-Ed, braço de vídeos educativos do TED, fez esse vídeo no qual eles explicam um pouco como isso influencia nossas escolhas.

Link Youtube | O vídeo tem legenda em português, é só ativar nas configurações

Há três fenômenos explicados no vídeo que podem facilmente ser extrapolados para muitas esferas na vida:

1. Efeito Dotação: quando valorizamos muito mais alguma coisa só por que ela nos pertence. Pode ser observado quando você tem a chance de trocar algo que possui por outra coisa, e prefere não fazê-lo por achar que o que você tem é mais valioso (mesmo quando objetivamente não é).

2. Senso de Self: quando nos identificamos com os objetos e os consideramos parte de nós mesmos. Um exemplo é quando você vê uma camiseta que acha muito legal e não consegue se livrar dela por, subconscientemente, achar que ela faz parte de quem você é.

3. Conexão por meio da propriedade: quando atribuímos significados aos nossos objetos, só por que os possuímos. Eles são tidos como especiais por esse motivo e não você não aceita trocá-los, mesmo que por outro idêntico. Isso se estende também a objetos que pertencem a outras pessoas queridas, como celebridades ou parentes. O objeto de alguma forma se conecta com aquela pessoa e possuir aquilo que um dia foi dela, de alguma forma o aproxima dela.

* * *

Já tivemos alguns artigos falando do apego em relações. Talvez valha a pena conferir.


publicado em 24 de Janeiro de 2017, 11:21
Avatar01

Luciano Andolini

Cantor, guitarrista, compositor e editor do PapodeHomem nas horas vagas. Você pode ouvir no Spotify. Também escreve no Medium e em seu blog pessoal. Quer ser seu amigo no Facebook e Instagram.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: