Quer dar um tapa no visual mas não sabe por onde começar? Fizemos um curso online de estilo pra isso, o “Mas você vai de chinelo?”. Inscreva-se agora! É gratuito!

Pesquisa nacional sobre os homens, suas dores, seus desafios e a masculinidade no Brasil [convocação — participe aqui]

Estudo 100% anônimo, leva 5 minutos pra participar. Os resultados serão públicos e vão gerar guias práticos de trabalho. Queremos escutar todos e todas, homens e mulheres :-)

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Logo havaianas 130x50 png
  • 47 nh 1 png

Nota editorial: se está com pressa e já confia em nós, clica direto aqui pra preencher o questionário.

Nota 2: coleta encerrada! Obrigado a todos e todas que participaram e divulgaram! Tivemos incríveis 47.002 respostas. Fiquem de olho no PdH e nos sigam nas redes sociais. Resultados serão divulgados em agosto.

* * *

Muito se fala sobre os homens hoje. Mas não há tantos espaços ou projetos dedicados a escutar o que realmente sentimos, debaixo das couraças. Isso deixa um bocado de perguntas sem resposta.

Cena do Homens Possíveis 2019, que rolou semana retrasada e foi um sucesso | Foto: Luiz Simonetti

Como os meninos estão sendo criados? Quais os principais desafios, anseios e sofrimentos dos homens brasileiros atualmente? Está mais fácil ou mais difícil ser homem?

Qual a percepção de homens e mulheres sobre a masculinidade? Como elas estão se relacionando com eles?

O que eles não falam com absolutamente ninguém? O que está por trás de seus silêncios?

Como é ser um homem no interior? E nas capitais? Quais as diferenças de acordo com sua idade, orientação sexual, classe econômica, religião, posicionamento político, cor de pele?

Será que existe um movimento de transformação acontecendo? Quais as diferentes abordagens, crenças e perspectivas dos trabalhos sendo feitos hoje?

Mais do Homens Possíveis 2019 | Foto: Luiz Simonetti

Responder essas e tantas outras questões é o foco dessa pesquisa. Esse é o mais ambicioso estudo já feito pelo PdH.

Nosso objetivo é seguir ajudando os homens a viver melhor, como temos feito há 12 anos. E auxiliar todas as pessoas a cultivar melhores relações com as masculinidades.

Seja você uma pessoa do campo, da cidade, nova ou velha, pró ou anti feminista, gay ou hétero, preta, parda, branca, seja qual tiver sido seu voto para presidente ou sua classe econômicas, queremos muitíssimo de escutar.

Participe da pesquisa clicando aqui, leva 5 minutos:

Clique também aqui ou na imagem acima para entrar no questionário

O que faremos com os dados?

Os resultados serão publicados em um livro-ferramenta, como o nosso estudo “Como conversar com quem pensa muito diferente de nós?”.

Além disso, um documentário com base em todo esse conhecimento será lançado e disponibilizado no YouTube.

Após o lançamento, vamos rodar o Brasil com oficinas e palestras em escolas, fábricas, igrejas, associações de bairro, empresas, órgãos públicos e onde mais nos chamarem.

Mulher também pode participar?

É claro. Enxergamos o masculino e o feminino como relacionais, coemergentes. Traduzindo: é essencial escutá-las.

Mulheres, participem da pesquisa! Mais do Homens Possíveis 2019 | Foto: Luiz Simonetti

Quem é a equipe envolvida? Esse é um estudo sério?

A Zooma Inc está no trabalho conosco, junto ao PdH Insights, e é uma empresa referência em pesquisa no mercado nacional e europeu. 

A etapa quantitativa envolveu, em sua estruturação, um time de 8 pessoas altamente qualificadas (com gente branca, negra, homem, mulher, pessoas hetero e não hetero) — além de um grupo grande e diverso de pessoas que nos ajudaram a pré-testar o questionário.

Estamos trabalhando de acordo com metodologias internacionais de pesquisa.

Caso deseje ver o resultado um trabalho anterior nosso, aqui está.

Você também pode assistir esse vídeo para entender o tipo de impacto que nossas pesquisas têm alcançado em escolas, fábricas, empresas, órgãos públicos e instituições em todo país, por meio de nossa articulação com diversas redes.

Essa é uma pesquisa tão séria quanto os estudos que realizamos com a ONU Mulheres e o Instituto Avon — ambos se tornando base pra relatórios públicos e documentários. 

O PdH Insights, nosso braço de pesquisa, treinamentos e inteligência, já atuou com Ministério Público, Google, Diageo, Unilever, Gerdau, Itaú, Bradesco e inúmeras outras organizações com os mais altos padrões de exigência.

O grande sonho dos 5570 grupos

Há 5570 municípios em nosso país.

Aspiramos (utopicamente) que possa existir ao menos um grupo de homens para cada município. Ou seja, rodas discutindo suas experiências, desafios e questões. Trabalhando numa perspectiva de acolhimento e florescimento humano. Basicamente se ajudando a viver melhor, na prática.

O estudo também vai nos ajudar a lançar um mapeamento atualizado de todas as iniciativas já existentes no país e um “Guia prático de como criar um grupo de homens”, bem melhor do que nosso atual. Tudo isso gratuito. Queremos alcançar os locais mais remotos, ir onde nem a internet chegou ainda.

Com quem caminhamos junto nessa empreitada?

Agradecemos Natura Homem e Reserva por acreditarem nesse projeto e serem muito mais do que viabilizadores, são parte do movimento e estarão conosco em um longo trajeto de ações após a divulgação dos dados. Carol, Tom, Tiago, Andrea, Felipe, Vanessa, Bianca e Bianca, Rony, Joana, Marcelo, Tato, e mais quantas pessoas abençoaram e sonharam conosco dentro de Natura e Reserva pra colocar essa empreitada de pé.

Todo nosso afeto vai para Juliana Fava, Ismael dos Anjos, Caio César, time Zooma, time Monstro Filmes, Gustavo Venturi.

Sem essa ciranda imensa de gente talentosa nada disso seria possível.

Aos milhões de pessoas que seguem nos visitando todos os anos e tornando o PdH uma comunidade, também obrigado. Contamos, mais uma vez, com vocês.

Já preencheu a pesquisa, amigão, amigona? Alegria! E sim, é ainda mais do Homens Possíveis 2019, pra você não deixar de ir no próximo | Foto: Luiz Simonetti

Preencha aqui a pesquisa, é super rápido.

E nos ajudem compartilhando em suas redes e nos seus grupos de WhatsApp para que o estudo possa ser respondido de maneira sincera por tantas pessoas quanto conseguirmos.

Vamos juntos?

Um grande abraço.


publicado em 07 de Maio de 2019, 18:44
File

Guilherme Nascimento Valadares

Editor-chefe do PapodeHomem, co-fundador d'o lugar. Membro do Comitê #ElesporElas, da ONU Mulheres. Professor do programa CEB (Cultivating Emotional Balance). Oferece cursos de equilíbrio emocional e escreve pequenas ficções no Instagram.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: