Terceiro episódio da Caixa-Preta no ar! Ian Black conversou conosco sobre auto-estima e beleza do homem negro. Vem ver.


Orientações para novos autores

Ficamos felizes por todos que chegam a essa página. Pra caramba. Mesmo.

O PapodeHomem teve sua origem e seu crescimento na comunidade. Em pessoas que vêem sentido em um espaço que se proponha a ter conversas benéficas, que valham nosso tempo – seja sobre temas triviais ou profundos. Essa é e sempre será nossa espinha dorsal.

Mais de 600 pessoas já publicaram conosco ao longo dos anos.

Como nosso time tem apenas três editores e montanhas de trabalho entre o conteúdo e a comunidade (é mais do que imagina, tenha certeza), precisamos desenvolver um processo para manter nossa sanidade enquanto lidamos com as dezenas de pedidos recebidos todos os dias.

Para começar, sugerimos nos enviar um artigo curto (até 2.500 caracteres), uma grande lista ou um passo-a-passo

Pelo caminho atual, pedimos que novos autores nos enviem apenas dois formatos de texto.

1. Textos curtos

São artigos para serem lidos em até 3 minutos, com no máximo 2.500 caracteres. A ideia é que seja algum comentário afiado, de preferência também recomendando caminhos e bons links para quem deseja aprofundar a leitura.

Não é um texto rápido com um desabafo apenas ou argumentos mal embasados. É importante que haja apuração e uma linha de raciocínio original, que torne o artigo atrativo. Assim naturalmente uma boa conversa tende a surgir em seguida.

Um exercício interessante é pegar um tema quente, algo que tenha recém acontecido, e escrever sobre.

Aqui alguns bons exemplos:

2. Grandes listas

São basicamente curadorias habilidosas de algum tema, feita por quem entende do assunto, para que não seja mais uma lista genérica dentre outras centenas na web. Aqui alguns bons exemplos:

3. Artigo ensinando como fazer algo, passo-a-passo, para a série "Deixa que eu faço"

Escolha algo que você saiba fazer e ensine nossa comunidade.

Aqui alguns belos exemplos:

Por que pedimos aos novos autores que enviem apenas textos nesses dois formatos? Infelizmente recebemos um volume gigante de artigos e mais de 90% acabam não sendo aproveitados. Os motivos são variados: português ruim, abordagens fracas ou pouco criativas, falhas na apuração, argumentos mal embasados, preguiça em trabalhar mais no texto até que ele alcance um bom patamar e por aí vai.

O fato é que acabamos gastando um tempo imenso nesse processo – deixando de produzir conteúdo e cultivar a comunidade, deixando de fazer o PdH avançar. Então precisamos estabelecer uma peneira criteriosa.

Após ter o primeiro artigo publicado o relacionamento pode naturalmente aprofundar e abrir portas para outras contribuições, claro. Essa é a porta de entrada.

Portanto, enviar uma bela lista ou passo-a-passo de algo aumenta suas chances de ter o texto publicado.

O que levar em conta ao escrever para nós?

  • Conheça a voz editorial do PdH antes de começar seu texto. Trabalhamos sob o mote "É tempo de homens possíveis. Puxe uma cadeira, a casa é sua.". A melhor maneira de entender o que isso significa é acompanhar os artigos e comentários por algum tempo, visitar nossas Coleções e conhecer nossos Percursos. Assim o seu artigo pode subir nos ombros dos diálogos já em curso – e escapar do risco de soar repetitivo ou raso.
  • Prime pela excelência no português.
  • Publicamos apenas dois artigos por dia. Então vale o esforço de rechear e torná-lo único, na medida do possível.
  • Apure e cheque as informações com cuidado, inclua fontes para seus argumentos e dados citados.
  • Expresse sua voz, como faria com um grande amigo ou amiga. Apenas cuidado para que o texto não se transforme num grande desabafo, sem muita substância. ;-)
  • Seja criativo! Sem medo de ousar. Mesmo que o texto acabe não sendo publicado, manter esse frescor ao escrever é um ótimo exercício. Você pode criar um perfil no Medium e praticar por lá, também.

"Tenho o texto, e agora?" Nos envie pelo formulário abaixo, por favor ;-)

Se não receber nenhum e-mail de resposta nossa após o envio, é porque seu texto não foi selecionado. Como somos poucos, esse retorno pode demorar, pedimos desculpas de antemão.

Infelizmente não conseguimos dar feedbacks individuais com os motivos da recusa. Mas não interprete como algo pessoal, se o seu caminho é escrever, siga firme e não desista! Não desista mesmo, leia esse artigo publicado por nós e, se possível, leia o livro "Escrevendo com a alma", é excelente.

Pedimos sempre que o texto seja compartilhado conosco via Google Docs, com os e-mails jader@papodehomem.com.br , luciano@papodehomem. com.br, carol@papodehomem. com.br, breno@papodehomem.com.br e guilherme @papodehomem.com.br. Isso facilita o prosseguimento da edição colaborativa, na qual vamos afinar o texto contigo, para que ele se torne ainda mais adequado para a web.

Muitíssimo obrigado pela paciência de ler até aqui e acreditar em nosso trabalho! A casa agradece.

Guilherme, Jader e Luciano.