Cozinhe sua própria comida por uma semana | Ignição #9

Parar no meio da correria para o que faz bem é retomar o controle da própria vida.

Olá, amigos!

Chegou mais uma quarta-feira e, portanto, sejam bem vindos a mais uma Ignição!

Semana passada propusemos a Ignição com a janela de oportunidade mais curta da história da coluna. Infelizmente, a Seleção perdeu e, com isso, a validade do post se extinguiu. Bem, agora retornamos à nossa programação normal e voltaremos a torcer pelo Hexa em 2022. ;)

Vamos, então, à prática dessa semana.

Cozinhe sua própria comida por uma semana

Em um dos primeiros Ignição, sugerimos que se começasse a prestar atenção no café da manhã.

Tivemos vários relatos bem legais relativos a isso.

Olha só um deles:

Agora, vamos experimentar modificar mais um pouco dessa camada importantíssima: a alimentação.

Quando estamos imersos nas nossas rotinas, além do sono, essa é uma das necessidades diárias que nós mais facilmente deixamos de lado. 

Basta ver que nos dedicamos tanto ao trabalho e estudo que, no decorrer do dia, até esquecemos de parar pra comer. Quando lembramos, já estamos tão na correria e com tanta fome que paramos o mais rápido possível e comemos aquilo que estiver mais facilmente ao alcance (em geral, alguma besteira só passar a fome mesmo).

Em pouco tempo, as consequências vão aparecendo. Você se sente cada vez mais cansado, o corpo começa a pesar, o peso vai se acumulando (ou se esvaindo) e a indisposição toma conta.

Assim, vamos atacar, em primeiro lugar a questão de organização e cuidado.

Nosso desafio da semana é liberar tempo para fazer comida de verdade e se alimentar de maneira mais calma, sem engolir e sair correndo pro próximo compromisso. E fazer isso por uma semana.

Muito mais difícil do que pode parecer, em princípio. 

Fazendo isso, você desenvolve algumas qualidades essenciais pra vida, como organização, a habilidade de olhar previamente pras coisas (faça compras e deixe a geladeira abastecida!), a disciplina para se manter na agenda e, claro, dizer não pra um ou outro compromisso que possa aparecer e atrapalhar.

Lembrem-se: parar no meio da correria para o que faz bem é retomar o controle da própria vida.

Assim, nosso foco dessa vez não é comer de maneira impecavelmente saudável, mas é bem possível que só de começar a olhar pra alimentação, isso acabe acontecendo. Vamos ver. :)

Aqui embaixo já deixo alguns links que podem ser úteis pra vocês:

* * *

Essa é a Ignição dessa semana. :)

Como sempre, quem topar o desafio, lembre de avisar aqui embaixo. Esse acompanhamento é super importante pra gente saber se a coisa está funcionando ou não e pra vocês é uma excelente maneira de tornar o compromisso mais sério.

Abraço e até a quarta que vem!

* * *

O que é a coluna Ignição?

Resumindo: queremos iniciar processos de transformação por meio de ações práticas.

Aqui no Papo de Homem temos trocentos textos filosofentos falando de tudo. Agora, vamos pra outra abordagem.

Menos papo, mais ação.

Você está perdido e não sabe o que fazer da vida? 

Aqui vamos oferecer um ponto de partida, ações simples que você possa usar como um aquecimento, que coloque seus "músculos" no ponto para você gradativamente começar a lidar com seus problemas de frente.

Como funciona?

Toda semana vamos sugerir ações práticas acessíveis, para que você possa sair da inércia.

Depois, pedimos que venham aqui no artigo e relatem, em detalhes, como foi a experiência. Vale qualquer coisa, inclusive e principalmente, se der tudo errado, pois é nessas horas que a gente precisa de apoio e a coisa de termos uma comunidade mais vai fazer sentido. Nos colocando em movimento vamos começar a descobrir irmãos, amigos, enfim, parceiros de transformação.

Com o tempo, vamos cultivar uma rede de parceiros, dispostos a transformar suas vidas e também conversarem sobre o processo todo como uma forma de se incentivarem e se apoiarem. 

A Ignição é incrível, onde encontro os experimentos anteriores?

Muito fácil! Basta entrar na coleção Ignição.

Já conhece o ebook "As 25 maiores crises dos homens — e como superá-las", produzido pelo PdH?

 
 
 

Se deseja adquirir ou presentear alguém que possa se beneficiar, compre a sua edição aqui.

Para conhecer mais sobre o conteúdo do livro e tudo que vai encontrar lá dentro, leia esse texto.

Ao comprar o livro, você também ajuda a manter o PapodeHomem vivo.

Nosso rendimento com anúncios caiu drasticamente nos últimos dois anos, assim como aconteceu com toda a indústria jornalística, no Brasil e no mundo (a verba agora se concentra no Facebook e no Google). Como o que fazemos é para vocês e não para gerar o maior número de clicks com textos vazios, essa ajuda é essencial para nossa sustentabilidade.


publicado em 11 de Julho de 2018, 00:05
Avatar01

Luciano Ribeiro

Cantor, guitarrista, compositor e editor do PapodeHomem nas horas vagas. Você pode ouvir no Spotify. Também escreve no Medium e em seu blog pessoal. Quer ser seu amigo no Instagram.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura