“Puta! Vadia! Vagabunda! Piranha!”

Daniel Oliveira

por
em às | Artigos e ensaios, Mente e atitude, Sexo


Depois de quase dois meses no ar, o Big Brother Brasil – que já passou pela polêmica do estupro de uma participante logo no início da edição – é palco de mais um alvoroço. Renata, a simpática loira de olhos claros com cara de princesa e nora que mamãe pediu a Deus, “surpreende” o país e ganha um apelido nada carinhoso pela classe popular e pelos comentaristas de plantão nas redes sociais: piranha!

Loira gostosa bonita procura

E aí vemos como a moça bonita, de atitude liberal, tem caído no gosto popular como a puta da vez por ter ficado com dois rapazes e se insinuado para um terceiro nesse tempo de confinamento.

A pergunta é: qual é o problema nisso?

O foco aqui não é sobre o Big Brother ou a guria em questão. Se olharmos melhor, a atitude crítica que originou esse boca a boca difamatório tem raízes mais fundas do que o aparente ódio feminino pela garota bonita que faz o que quer na hora que quer. Esse comportamento de quem julga é muito mais comum do que se imagina. Quantas vezes ouvimos:

“Garotas que dão no primeiro encontro são putas.”

Ou:

“Mulheres que correm atrás de homens são piranhas que não valem nada.”

Aparentemente, sexo por sexo é coisa de prostituta porque mulher tem que pensar em sexo mesmo é com amor. Seguimos a velha tradição de que o sexo foi feito para o homem, e que à mulher não está permitido pensar nisso e nem agir como um ser humano normal, com tesão e necessidade de satisfazer a si mesma. A honra do véu e da grinalda, que caiu por terra ao mesmo tempo em que as mulheres conquistaram o direito de pensar igual aos homens, é defendida de uma maneira ambígua. O machismo enrustido, alimentado por décadas e décadas, ainda existe e é mais forte do que se pensa. Tanto que o olhar de lado é quase inevitável quando se ouve dizer que a moça ficou com tantos caras nesse “curto” espaço de tempo de 90 dias.

Herdamos a hipocrisia

A nossa geração ainda conserva a defesa de uma honra puritana que não existe mais. Ou, se existe, não é tão mais forte assim. Por fora, nós defendemos o direito de mulheres que têm atitude e que são ícones no que fazem: gostamos quando a gostosa da balada vai direto pra nossa casa ou quando aquela menina bacana que a gente conheceu entra no nosso carro e diz que está com tesão. Mas por dentro, ainda reside o julgamento de que ela não presta para ser apresentada aos nossos pais e amigos e não é digna de respeito e orgulho por nossa parte. Afinal de contas, a liberdade feminina igualada à nossa própria liberdade torna as mulheres mulheres fáceis enquanto nós temos todo o direito de agir e pensar em sexo 24 horas por dia.

Até o sol vira desculpa para o tesão. Mas dizem por aí que “o sol nasce pra todos”, homens e mulheres

Tudo é um produto cultural de um longo tempo na História onde se cozinhou a ideia retrógrada de que mulheres são donzelas em perigo necessitadas de homens fortes e cheios de poder para defendê-las e agir por elas.

O machismo limita as mulheres

Uma pena também é a reação feminina a situações como essa. Elas se limitam e deixam de fazer coisas que talvez tenham vontade pela pura pressão do que os outros vão achar e como vão julgar. Esse papo não é só sobre sexo, mas sobre ir atrás de quem querem, de serem mais ousadas, de se divertirem à sua maneira.

Ao mesmo tempo, elas julgam as outras por coisas que “desonram a imagem da classe” e propagam o machismo com frases como:

“Nossa, ela pegou três da mesma casa!”

Ou:

“É uma piranha mesmo! Fica dizendo que quer o cara…”

Ou ainda:

“Se não fosse puta, não diria que quer dar assim, na cara de pau.”

Se estivessem falando de um homem, talvez, as expressões de desaprovação passariam para um tom de naturalidade e conformidade. Afinal de contas, elas foram ensinadas a vida toda a pensar que o normal é que o cara seja pegador, tenha experiência, goste e pense em sexo. Só que, pra elas, agir da mesma forma é sujar uma honra que transita pelo imaginário feminino desde sempre.

E a liberdade feminina fica onde?

A mulher do século XXI pode, deve e tem o poder para largar a submissão, mesmo que enrustida, dos padrões estipulados. Mas, enquanto esse “aprisionamento” partir delas mesmas, nenhuma vai ter poder o suficiente de se levantar e ter as suas ações mais liberais percebidas como normais. Aliás, vejam bem, uma mulher com atitude é tida como liberal – ou seja, diferente da maioria –; um homem que age da mesma maneira é tido apenas como homem.

Mulheres que fazem o que querem não deveriam sem tidas como “liberais”, mas simplesmente como “mulheres”

Este não é um discurso feminista. Longe de mim. É um discurso de quem ainda acredita que a gente pode deixar de ser mesquinho e aceitar as atitudes das mulheres como algo natural ao convívio. Eu ainda tenho esperanças de que um dia a guria da balada me diga que só veio para transar em vez de afirma que está ali para dançar. E que ninguém estranhe isso.

Ainda tenho esperanças de que a vizinha de cima apareça lá em casa para um papo e um sexo sem compromisso porque deu vontade e ela se lembrou de mim. Ainda tenho esperanças de que a gerente do banco possa pegar quem ela quiser no espaço de tempo que for sem que os colegas de trabalho a chamem de piranha.

Ainda tenho esperanças de que elas possam ser sexualmente livres e se sentirem melhores com isso. Porque enquanto as vontades, os desejos e as atitudes estiverem sob um olhar velado de julgamento, não existe liberdade pra ninguém.

Daniel Oliveira

Daniel Oliveira é “jornalista de comportamento” em mesa de bar, publicitário em formação, botafoguense por amor e canalha romântico. Não presta e não deve ser levado a sério. É colunista do Casal Sem Vergonha e escreve sobre relacionamentos no Entre Todas As Coisas.


Outros artigos escritos por

Somos entusiastas do embate saudável

O texto acima não representa a opinião do PapodeHomem. Somos um espaço plural, aberto a visões contraditórias. Conheça nossa visão e a essência do que fazemos. Você pode comentar abaixo ou ainda nos enviar um artigo para publicação.


EXPLODA SEU EMAIL

Enviamos um único email por dia, com nossos textos. Cuidado, ele é radioativo.


TEXTOS RELACIONADOS

Queremos uma discussão de alto nível, sem frescuras e bem humorada. Portanto, leia nossa Política de Comentários.


  • Rodrigo

    Sõ digo uma coisa: Renata, casa comigo??

    • http://www.facebook.com/people/Leonam-Silva/100001875821359 Leonam Silva

      ê boi…

      casar é uma palavra muito forte.
      eu só queria mesmo era ter passado esses dois meses ao lado dela

      • verossimil

        Casar é muito mais complicado que isso, gente.

    • verossimil

      Problema nenhum, né não? Tanto que o “casa comigo” soa nesse contexto como uma “ação afirmativa”, o que só reforça (no meu humilde ponto de vista) o preconceito.

    • O empalador

       Voce quer passar a enxergar a verdadeira face das mulheres? Esse é o blog que veio pra arrombar as falacias do feminismo: http://detonandoamatrix.wordpress.com/ Homens, a verdade é essa: http://www.facebook.com/groups/272166389489510/ mulher moderna é isso aqui, acordem! http://colunas.epoca.globo.com/mulher7por7/2011/11/30/mulher-usa-site-de-namoro-para-jantar-de-graca-todo-dia/ É isso que voce quer? http://f5.folha.uol.com.br/celebridades/1025756-ex-de-mel-gibson-fica-com-mais-de-us-400-milhoes-em-divorcio.shtml

      • http://www.facebook.com/people/Thamires-Suellen-Dos-Santos/100003186510755 Thamires Suellen Dos Santos

        Por favor seu post é intragável, colocou links que nem se quer tem a ver com assunto diretamente. E ainda por cima nem são opiniões suas, orginais.

      • http://www.facebook.com/people/Thamires-Suellen-Dos-Santos/100003186510755 Thamires Suellen Dos Santos

        Seu post é intragável, colocou links que nem se quer tem a ver com o assunto diretamente. E ainda nem colocou opiniões suas originais.

      • Githomazella

        galera, sei q num tem nada a ver mais falem sobre sexo anal…..

      • http://www.facebook.com/vivian.a.martins Vívian Andrade Martins

        vomitivos esses links. O empalador deve estar muuuuito recalcado mesmo.

    • http://www.facebook.com/people/Theo-Barros/100001623960752 Theo Barros

       Hoje em dia a liberdade sexual está em outro nível para ter um julgamento claro … há casos e casos, além do mais direitos iguais e cada um toca sua vida .

    • Fabiana de Melo

      Ata. Pra ser mulher legal tem que ir pra Globo e se portar feito uma puta. Aliás, a diferença dela e de uma puta é que a puta cobra e não participa de reality show. Francamente. 

  • pedro

    cara . olha certo ponto concordo com vc mais … de boa isso que vc chama de machismo e meio q o moral universal que ate mulhere usam . tipo vc tira esse moral ou “guia” ( falta de um termo melhor) o que  acontece com a sociedade e com que aconteceu em roma por exemplo que com tempo foi ficando decadente, e um de seus fatores foi a libertinagem que se surgi na roma. claro tinha outros fatores , mais isso naum diminui o fato que a ideia a “liberar geral” tem certos males que poucos pessoas revelam …

    • Danilo Freire

      É uma expressão de machismo sim, mulheres também podem ser (e são) machistas.

      E se todo mundo ficasse com todo mundo, isso seria “decadência”? Em que sentido? Se for “decadência moral”, eu não poderia ligar menos. A mim pouco interessa com quantas pessoas as pessoas ficam ou transam etc., há questões infinitamente mais urgentes e prioritárias, como, sei lá, pagar o IPTU da minha casa.

      Parafraseando um amigo: eu gosto mesmo é das rodadas. hahaha

      • verossimil

        Não tem coisa mais importante do que “quem dá o quê pra quem, quando e onde”.

      • LuizZamboni

        Se for “decadência moral”, eu não poderia ligar menos. ..Não confunda “moral” com “moralismo” colega. Muito menos “moralismo” com “falso moralismo”.Acho que vc não sabe do que está falando, “decadência moral” é outra coisa, é “foda-se se tiver que trapacear para alcançar seus objetivos etc”, moral vai MUITO alêm do que o que se entende por  ”bons costumes”

      • Mulher de Atitude

        O que eu acho loucura é que as pessoas se preocupam mais com a quantidade de homens que essas mulheres transam do que com coisas mais sérias e urgentes como saúde pública, educação pública. Ou seja, o país vai de mal a pior e as pessoas preocupadas com a vida sexual umas das outras. Aff;.

    • verossimil

      Eu chamo isso de machismo. Tivesse outro nome, teria a rosa outro cheiro?

      • http://www.facebook.com/people/Thamires-Suellen-Dos-Santos/100003186510755 Thamires Suellen Dos Santos

        que lindo! ^^

    • http://www.facebook.com/GabiisLucy Gabriela Machado

      E já não existe libertinagem e falta de ”moral”? O próprio BBB é uma decadência dos programas familiares! E Roma não ruiu por causa da maneira como as pessoas agiam, por favor não fale asneiras. Roma é exemplo de liberdade sexual dentre os homens principalmente, o que você diz não faz sentindo algum! E a sociedade não se apoia na castidade, pureza e recato feminino!! O que os homens dizem sobre nós é menos poderoso do que o auto preconceito de muitas mulheres, que condenam atitudes digamos liberais. 

    • Pamela

      Então os homens fazerem o que querem ok, mas quando as mulheres passam a fazer o que têm vontade vira libertinagem?

    • Pamela

      Então os homens fazerem o que querem ok, mas quando as mulheres passam a fazer o que têm vontade vira libertinagem?

      • H Medeiros26

        Você tem a liberdade para fazer o que quiser da sua vida bb, mas depois não fique chorando por ai como várias balzacas que já estão em fim de carreira que homem é tudo igual e safado. Pois eu nunca em plena consciência iria me casar com uma mulher rodada, o minimo que espero de uma mulher é decência. E como está dificil hoje em dia encontrar isso, utilizo as rodadas para depositar esperma e vou curtindo a vida, pois casamento é uma instituição falida.

      • Pamela

        Defina decência. Aliás, esta palavra possui um significado para as mulheres e outro para os homens? É uma característica só pra mulheres?
        Não faz sentido a obrigatoriedade de uma mulher “decente” casar com um “rodado”.
        Se todos temos desejos variados e se todos temos a razão para ponderar e fazer escolhas inclusive de forma ética, porque cada gênero deveria ficar com um só papel?

      • Carla

        Vc é um idiota H 26

      • Mulher de Atitude

        E porque vc acha que uma mulher bem resolvida sexualmente, segura se si, atraente, independente financeiramente irá querer se casar com um brucutu como vc? Se enxerga. Sem contar que porque mulheres têm necessariamente que sonhar em se casarem como se essa fosse a maior realização da vida dela? Ah, essas convenções da sociedade me irritam as vezes. Nem toda mulher é igual, nem todo homem é igual.

    • http://twitter.com/luizagcn Luiza

      Roma decaiu porque era um império cuja ‘economia’ era baseada no escravismo e com a Pax romana a aquisição de novos escravos foi praticamente eliminada, gerando uma série de problemas para o império. Sem contar com a falta de escrúpulos com relação aos imperadores. Era um matando o outro, imperador nomeando cavalo senador e por aí vai. Daí você quer colocar a culpa disso na ‘libertinagem’? Incrível como os puritanos procuram fatos pra sustentar suas ideias já concebidas. Se libertinagem fosse um problema para um país, o oriente médio seria uma superpotência.  E diga-se de passagem Roma foi um grande império durante muito tempo.

      • Ricardo Silva

        Engraçado precisar de aula de história aqui! Daqui a pouco aparece um comentário sobre Sodoma e Gomorra…
        Mas enfim, basta lembrar de quantas mulheres foram queimadas, estranguladas e esfoladas porque eram bruxas, ” putas demoniacas”, encantando sedutoramente os homens da aldeia.
        Como sempre, inveja aparece em atitudes sempre muito atuais ….

      • http://twitter.com/luizagcn Luiza

        Como eu disse, esse pessoal quer arrumar motivo, mesmo que absurdo, pra justificar suas opiniões sem sentido

      • Mulher de Atitude

        Verdade mesmo.

      • Gk-mata

        O que você esta usando para responder não é história, então!!!!!

    • http://estadodearte.wordpress.com/ Rafa

      Defina “libertinagem”

      IMO, quanto mais avançada é uma sociedade, mais livre ela é. Se Roma caiu, não foi por isso.

    • http://www.facebook.com/killersandro Sandro Guedes de Souza

      Ler essa comparação estranha com roma me deu vontade de por fogo na porra toda, if you know what i mean =/

      De resto, já foi explicado abaixo que a decadência de roma nada teve haver com a “libertinagem” que por lá rolava.

    • http://www.facebook.com/people/Thamires-Suellen-Dos-Santos/100003186510755 Thamires Suellen Dos Santos

      Mas… uma pergunta ingênua: Você em uma festa, ou na sua vida, só teve uma mulher? Ou da a desculpa de que o sol é influência?

      Não apoio a orgia, mas sou livre para fazer o que quiser, e matar no peito qualquer situação.

      O que causou a queda da Roma antiga foram vários fatores principalmente as invasões bárbaras que derrubaram de vez o Estado.
      A libertinagem, talvez, não tenha nada haver com isso… ou tenha, mas aí teríamos que entrar em um assunto mais abrangente como liberdade sexual x imoralidade? etc.

    • Mayara

      É machismo sim. Pq só os homens podem fazer o q querem? Se a mesma moral fosse aplicada para ambos os sexos, seria apenas um conceito moralista da sociedade. Não digo que concordo ou q acho certo essa libertinagem atual, mas acho q tem q ter o mesmo peso para os dois lados. Se os homens podem sair com várias, as mulheres tb podem. Se as mulheres têm q se resguardar, os homens tb têm. 

  • Rauber

    Belo texto,mas acredito que não se trata de uma sociedade machista,mas sim do simples fato de as mulheres quererem defender perante a sociedade que sempre são puras,ingenuas e corretas em qualquer relação,defendo que ambos tem o direito de procurar o prazer,é uma busca constante,mas no final das contas sempre é o cara que corre atras,e obviamente somos nós que colocamos na balança aquilo que nos convém para estar do nosso lado,eu ainda não vi mulheres iguais aos homens,e sim mulheres frustradas tentado ser como nós,e existe um abismo entre ambos os sexos.Afinal se meu pai fosse mulher eu tinha duas mães.

    • Dora_Delano

      Mas se a gente entende que a sociedade é a vida em relação e que ninguém é uma ilha, então as mulheres querem defender que são puras e ingênuas, porque assim FORAM ENSINADAS, por outras mulheres [fato] e por cintos e chineladas de muitos pais. Porque elas viram os pais incentivarem seus filhos a comerem 30 e quase chorarem por que elas deram pro primeiro namorado.

      • verossimil

        EXATAMENTE.

      • Dimas Sehn

        se as mulheres foram ensinadas a não liberarem a periquita e os homens a comerem 30, essa conta não fecha, tem alguém mentindo na história :)

      • http://about.me/roh Rodrigo Santos

        A própria idéia por si só é mentirosa. É uma conta que sempre dará negativo. hahahaeuhae.

        Homem não quer perder a honra, pois a honra se mede ao manter uma mulher sem que ela cometa adultério, dado a algumas mulheres terem idéias completamente diferentes ou malucas na cabeça, nunca se sabe o que ela vai sentir. Sociedade também não aceita que homens tenham desejo por outras mulheres.

        Mulher não quer perder a honra, mas a honra se mede ao ser uma boa moça de família, o que é um engano, pois nunca se sabe o que ela vai sentir.

        Ou seja, negamos o nosso próprio desejo em favor da sociedade. Se ignorássemos isso, seríamos mais felizes.

      • Mulher de Atitude

        Concordo plenamente. Quem tenta seguir a risca o que a sociedade dita como o ideal, tem menos chance de ser feliz. O erro de muitas pessoas é se preocupar mais em encaixar a sociedade do que ser realmente feliz independente de se encaixar na sociedade ou não.

      • Mulher de Atitude

        Não tem ninguém mentindo não. Antigamente, era normal um homem pagar prostitutas pra poder ter sexo e mulheres consideradas mulheres de família tinham que ser recatadas. Isso é fato.

    • verossimil

      Não concordo com esse “simples fato”: não parece vir das mulheres esse “querer defender perante a sociedade que são sempre puras, ingênuas e corretas em qualquer relação”. Mais é o que delas espera a dita sociedade, né não?

    • Mulher de Atitude

      Não é questão das mulheres quererem se igualar aos homens , até porque nem que nós mulheres quiséssemos, iríamos conseguir que os homens engravidassem no nosso lugar. Homens e mulheres são diferentes sim. É questão de defender que as mulheres também têm seus desejos e direito de transarem , assim como os homens que nunca tiveram esse direito negado. Todo ser humano tem seus desejos, tanto homens como mulheres, e isso não é querer se igualar aos homens.

  • Freelancer

    Legal o texto… Mas é o sistema, e todos dentro dele são agentes que farão de tudo para defendê-lo… (Morpheus)

    • Éden Amorim

      ainda bem que os ‘sistemas’ são dinâmicos, estão em constante adaptação. 

      • http://www.facebook.com/people/Olívia-Barbosa/100003580908625 Olívia Barbosa

        E ainda bem que há quem não seja reacionário quanto a ele e não pense em defendê-lo.

  • http://twitter.com/luallessi luallessi

    ‘ E a liberdade feminina fica onde?’

    Então… eu confesso que sempre achei que ‘liberdade’, masculina ou  feminina, fosse algo mais que sair bebendo…sair fumando…sair fodendo…

    Essa imagem aí em cima, abaixo do ‘E a liberdade feminina fica onde?’ por exemplo, não tem nada a ver com liberdade, tem a ver com vícios e comportamento idiota…

    Sobre a Renata, fato é que, no lance de rotular de puta ou piranha, a mulherada é pior do que os homens pra fazer isso… E fazem isso com um prazer quase que cruel rs. E os caras, até onde sei, podem até achar legal a mulher se ‘liberar’ assim, desde que ele não tenha que casar com ela…

    Fato, pra mim, é que Renata até agora só tem sido o caçador, em nenhuma das vezes que ficou com alguém foi a presa nesse BBB. E é algo legal de ver, pra variar. Só acho uma pena ela não ser pegadora pelo ‘esporte’ da coisa em si, e sim por carência, tanto que ela fica com um cara e enquanto ele durar na casa ou lhe der atenção ela fica com ele numa relação de ‘namorico’, ou seja, Renata está tendo um comportamento considerado ‘masculino’, mas é tão ‘mulherzinha’  :)

    • verossimil

      OK, mas “sair bebendo, sair fumando, sair fodendo” é “off-limits” pra mulheres? Se é “vício e comportamento idiota”, por que motivo os homens disso tanto se orgulham?

      Sou a favor de Renatas, que não têm nada de “masculino” no que fazem, sob os holofotes ou sem possibilidade de “espiadinha”…

      • http://about.me/roh Rodrigo Santos

        Só mulheres aventureiras querem esse discurso pra si. Poucas mulheres adoram essa diversão toda e são sagradas pra muitos. O resto das moças estão tentando mudar suas mentes ou sendo aprisionadas pela sociedade. Com essas, não podemos fazer muito, pois para se divertirem como os homens teriam que atropelar os próprios sentimentos, o que é MUITO errado para as mulheres.

        Homens se orgulham disso porque é o espírito perfeito. Quem não gostaria de estar rodeado de mulheres, amigos, contando coisas boas? Isso SEMPRE existirá na história da humanidade masculina, pois homem não vai pensar se isso vai fazer algo com ele. Homens pensam mais com a razão, e pensar com a razão significa que não vão colocar os sentimentos por cima.

      • Alice

        “Isso SEMPRE existirá na história da humanidade” #masnão. A mulher já foi tão menos valorizada na história da humanidade que na Grécia Antiga por uma era considerado vileza. O esforço das mulheres é por dizer: somos tão humanas quanto vocês, com todos os desejos, defeitos e qualidades. Outra coisa, atropelar os sentimentos é um erro tanto para mulheres quanto para homens. Quantos homens sensíveis não são instados a comportamentos de machões escrotos?

      • http://twitter.com/luallessi luallessi

        ‘Se é “vício e comportamento idiota”, por que motivo os homens disso tanto se orgulham?’

        Então… Assim… Ah, vai dizer que só você não sabe que os homens vivem se orgulhando das coisas idiotas que fazem? Não me faça enumerá-las, hein? :)

    • Gio Thai

      Achei muito bom seu comentário luallessi , liberdade de encher a cara  não é liberdade “masculina” ou “feminina”. 
      Por conta da menina que é muito linda por sinal, não assisto o programa , mas concordo em todos os aspectos , e ainda achei incrivel a visão de :
      “E os caras, até onde sei, podem até achar legal a mulher se ‘liberar’ assim, desde que ele não tenha que casar com ela…”
      Que todos os homens tem o mesmo pensamento mas vergonha ou receio de falar.

      Otimo comentário, pena que não apareceu por inteiro.

      • http://twitter.com/luallessi luallessi

        muito se fala em liberdade feminina no sentido de ‘ter liberdade pra fazer o que os homens fazem’. Eu, sinceramente, acho uma bobagem isso…Até porque quase sempre é um comportamento que as mulheres reclamam muito neles… E eu acho que, na teoria, tem muito homem que realmente defende as tais ‘liberdades’ pras mulheres…Mas é aquela coisa:na real, desde que não seja mãe, irmã e esposa, ‘sem problemas’, do contrário…

      • Mulher de Atitude

        Não é bem assim. Mesmo ainda existindo machismo na sociedade, tem homens que preferem uma mulher que sabe o que quer, que não fica se fazendo de santa, que é segura de si e auto confiante do que aquelas mulheres inseguras que ficam pegando no pé, não conseguem dar nem um voto de confiança pro homem , que são frescas mesmo. Mas homens assim são homens que se permitem pensar diferente dos outros homens, que questionam as coisas antes de pensar como todo mundo.

    • http://www.facebook.com/killersandro Sandro Guedes de Souza

      “Essa imagem aí em cima, abaixo do ‘E a liberdade feminina fica onde?’
      por exemplo, não tem nada a ver com liberdade, tem a ver com vícios e
      comportamento idiota…”

      E elas não podem ter a liberdade de ter vícios e comportamentos idiotas?

      • http://twitter.com/luallessi luallessi

        pra ter ‘vícios e comportamento idiota’ não é preciso ter liberdade. Se fosse assim não tinha tanto menor, preso e padre adeptos dessas práticas :)

      • Joane Farias Nogueira

        A partir do momento que vc critica, e pior ainda, critica baseado em gênero, vc está negando a liberdade de alguém. Dar sanção social ofendendo é conferir liberdade aos outros? E vc tá se deixando levar pela na literalidade em relação à figura,porque nem precisa chegar a tanto para ser chamada de vadia.

      • LuizZamboni

        Podem sim, só que eu não tenho que “engulir” isso PRA MIM, eu não tenho que curtir esse tipo de mulher PRA MIM, nem tenho que ser taxado de “machista reacionário” por isso.
        .
        Assim como as mulheres NÃO tem que engulir atitudes idiotas e vícios masculinos..
        Lógico que não tenho que ficar criticando, se eu não curto, tem quem curte. Só não curti a comparação ,”vc apresentaria para seus pais” , não é pq eu DEFENDA uma LIBERDADE que eu tenho que achar MANEIRA a atitude..E QUERER PARA MIM,
        .
        Para ilustrar
        Eu sou a favor da opção do aborto, mas não acho isso legal !
        Eu defendo os direitos dos homossexuais, mas não quero comer um !.Mas no discursozinho pseudointelectual isso é visto como “HIPOCRISIA”

    • Bibica m

      falou tudo!!! concordo plenamente.

    • Amir Muhad

      Todo homem gosta de RENATA’S da vida. Isso é Fato.

      Também é Fato que a mulher que espera pra transar nem sempre é mais confiável que a outra que dá no primeiro encontro.

      Também é fato que Homens galinhas são irresistíveis pra muitas mulheres justamente porque são desejados pelas concorrentes e são um desafio pra mulher se orgulhar de dizer que “consertou” o cara. É fato que mulher adora mudar homem e adora encher a boca pra dizer que mandam na relação.

      Outro fato é que pouquíssimas mulheres que dão a periquita pra todo mundo alegando liberdade sexual tem coragem de revelar seu passado quando encontram o cara ideal. Enquanto o homem sente orgulho em contar vantagem, a mulher se esquiva.
      Na hora de fazer ela levanta a bandeira da liberdade, mas na hora da
      sinceridade, prefere pagar de santa. Não tinha medo de ser julgada pelos homens objetos dela, mas tem medo de ser julgada pelo trouxa?

      Existe uma diferença enorme entre homem que pega várias e mulher que dá pra vários: A mulher engravida e o cara nunca vai ter certeza se é o pai.

      Acho ótimo a mulherada liberando geral e apoiando marcha das vadias. Quanto mais vadia, melhor. Os homens gastam menos pra levar pra cama e não precisam assumir compromisso. Pegar de graça e sem compromisso é nosso sonho de consumo.

      Só que da mesma forma que a mulher busca segurança de ter um homem que a respeite, o homem tb exige da mulher. E todo homem de respeito sabe que os amigos falam mal quando a mulher tem fama de RENATA. Claro que sempre tem um macho beta que acredita em duendes, fadas e ex-periguetes.

      Queremos mais Renatas! Só depois não reclamem que não tem homem que presta ou que não querem relacionamento sério.

      • Mulher de Atitude

        Olha, então eu sou exceção, pois mesmo eu encontrando o cara ideal, conto a verdade, falo abertamente sobre o meu passado sim, não me faço de santa. Se ele souber entender que assim como ele, eu tive um passado e for seguro pra lidar com isso, ótimo, é porque ele me merece. Se ele não souber ou não quiser compreender isso, azar o dele, eu é que não quero me relacionar com um brucutu desses. Até porque independente do meu passado, se eu estiver namorando com um homem, sei ser fiel a ele. Se eu não estiver feliz e satisfeita com ele, termino com ele , mais não o traio, já que eu também não gostaria que ele me traísse. Fingir que eu estaria feliz com ele sem estar, seria enganar a mim mesma.

  • http://www.facebook.com/fabiofariasf Fábio Farias

    Sensacional. 

  • http://about.me/roh Rodrigo Santos

    Piranha? Onde? Eu não estou vendo nenhuma piranha aí. Estou vendo uma mulher que por sinal é muito linda, hahaha. Isso sim, é uma piranha (pra quem não sabe): http://www.cinepop.com.br/cartazes/piranhas_1.jpg

    Nós infelizmente enquadramos no sistema. Eu queria estar vivo para ver esse sistema atual morrer. Mas se ela quiser ignorar o sistema comigo, eu agradeço. Belo texto!

    • verossimil

      Não deve ter sido isso o que você quis dizer, mas se Renata não fosse assim tão bonita perderia o direito à piranhagem?

      • http://about.me/roh Rodrigo Santos

        Não. Bonita é um adjetivo ótimo para ela. O que tira ela da piranhagem na minha opinião é o fato de ela ter se mostrado uma moça mais liberta do que as outras. Isso pode ser bom, ou ruim, depende da visão dela sobre você.

        Se a visão dela sobre você cair, ela usa a liberdade pra ferrar contigo, isso sim.

        E eu sempre gostei de uma mulher com mais liberdade e que pudesse conciliar amor e amizade, e acho que ela se enquadra nesse perfil, já que está “livre” (digamos) dos preconceitos que a cercam.

      • http://www.facebook.com/killersandro Sandro Guedes de Souza

         O direito não tira, mas o desejo dos homens quanto a essa piranhagem, por outro lado…=X

  • Diego Barbosa

    O fato do homem julgar a atitude de uma mulher dessa maneira é bem simples. O homem tem um medo subconsciente – ou consciente mesmo – de que a sua pequena seja uma safada, pervertida e vai sair dando para todos indiscriminadamente e enfeitar sua cabeça com uma bela galhada.

    Por outro lado as próprias mulheres são as primeiras a apontar esse comportamento como desvio por questão de mercado. Mulheres “liberais” são uma ameaça ao seu namoro, casamento, relacionamento, atuais e futuros.

    Enfim, acho que existe espaço para todos nós termos os comportamentos que julgarmos mais convenientes, desde que não seja ilegal e bla bla bla.

    • Dora_Delano

      eu acho que o homem tem medo de que “sua pequena” não seja SÒ SUA safada e pervertida.

      • http://www.facebook.com/people/Leonam-Silva/100001875821359 Leonam Silva

        eu tenho uma “tendência natural genética milenar” em sentir atração por esses pequenos seres.

        por mais que eu saiba que a moçoila pode abrir as pernas para o meu melhor amigo na minha frente, eu tenho uma esperança de que ela vai ser só minha, e o ciúme é instintivo, não tem jeito.

        acho que vou ficar velho gostando destas danadinhas, oh lord.

      • Mulher de Atitude

        Ciúmes é instintivo sim e todos tem, tanto homens quanto mulheres sentem ciúmes quando gostam de alguém, porém é preciso que a auto confiança seja maior que o ciúmes, senão, o ciúmes pode acabar sufocando a outra pessoa. Ninguém é propriedade de ninguém, e é muito gostoso ser fiel a alguém que respeita o espaço do outro, que não se sente dono do outro, mas sim companheiro do outro.

      • Mulher de Atitude

        Só homem inseguro tem esse medo, pois se o homem sabe que a satisfaz, não tem o porque a mulher o trair e se fosse partir desse ponto de vista, as mulheres também teriam que ter esse medo em relação aos homens, já que o direito ao sexo jamais foi negado a eles. Mas se a mulher é segura, ela não tem esse medo. São mulheres inseguras que ligam de 5 em 5 minutos pro homem , que ficam pegando no pé deles e eles sempre reclamam. Mulheres seguras, não ficam pegando no pé do homem, e é isso que muitos homens não entendem.

    • verossimil

      By the way, não existe esse negócio de “bela galhada”. É coisa que colocam na tua cabeça…

    • Eduarda Vassanezzi

      Os homens sempre tem essa mania de achar que serão traídos. Afff…
      A mulher se gostar não trai, pode ter certeza.
      Mulher se envolve. É totalmente diferente do homem que pensa apenas no prazer momentâneo.

      • verossimil

        E se trair? E se gostar e mesmo assim “trair” (êta termo horroroso)? Macho “traído” perde automaticamente o falo, é isso? Castração ou impotência?

      • Carla

        Pensei o mesmo que vc. Quando a gente gosta, ama a gente não trai. Nunca.

      • Mulher de Atitude

        Depende também. Amar é uma coisa, estar satisfeita sexualmente é outra. Amor e sexo são 2 coisas distintas embora tenham ligação uma com a outra. Só que se eu estiver insatisfeita sexualmente prefiro terminar do que trair, pois assim estarei sendo sincera comigo mesma. A pior coisa que tem é continuar um relacionamento sem estar satisfeita e enganar a si mesma.

      • Mulher de Atitude

        Verdade mesmo, mulheres quando gostam e estão satisfeitas com o homem não traem. O problema é que tem homem que julga as mulheres pelos seus próprios atos. E acredito que também exista homem fiel, ainda mais se a mulher for bem resolvida sexualmente e o satisfizer sexualmente. Se ele estiver satisfeito sexualmente com a mulher, porque vai querer procurar sexo fora? Isso vale também pras mulheres.

    • http://www.facebook.com/people/Olívia-Barbosa/100003580908625 Olívia Barbosa

      “…e vai sair dando para todos indiscriminadamente e enfeitar sua cabeça com uma bela galhada”

      Oi??? Sério que ainda pensam assim? Quer dizer que não podem existir mulheres liberais e monogâmicas? Quer dizer que mulher certinha é necessariamente monogâmica e mulher liberal vai necessariamente trair? O ser humano não é uma equação matemática que você possa dar a resposta com a mesma certeza em qualquer lugar do mundo. Os comportamentos humanos NÃO são simples “um mais um é dois”. 

      E eu não sei o que uma coisa tem a ver com a outra, sinceramente. Se sua mulher é liberal, as chances de você ter uma mulher sincera e sexualmente livre são maiores do que se ela fosse certinha e hipócrita, não? Não que aquela tenha mais desejos sexuais do que essa. Jamais. Acontece que elas têm o mesmo desejo, só que a primeira admite-os; a segunda, não. 

      Seguindo essa lógica, eu teria mais “medo” de ser traído por uma mulher certinha e hipócrita, hein. 

      • Diego Barbosa

        Acho que deu para perceber que essa não era minha opinião “consciente”, quando disse que “subsconcientemente” os homens tem bla bla bla.

        Percebi algo interessante: Ninguém criou objeções (nem as mulheres) quanto ao fato de “Renatas da vida” serem ameaças aos seus relacionamentos e afins, apenas ao fato de homens terem ciúmes.

        C’est la vie, todos temos ciúmes, em maior ou menor grau.

      • Mulher de Atitude

        É, infelizmente, ainda há homens que preferem continuar sendo cegos , acreditando que existem mulheres santas e imaculadas, uma mulher só será assim se ela for frígida. mas daí o homem que se casar com uma mulher frígida nunca terá sexo com ela. Que vantagem há nisso? As que se fazem de santas, dizem serem comportadas, mas têm fogo, provavelmente estão mentindo sobre o passado e são hipócritas. Acordem homens, não existem mulheres santas e imaculadas, existem as que fingem ser, as que mentem.

    • Mulher de Atitude

      E é bem isso mesmo. Homens julgam mulheres com esse comportamento pelo medo de serem traídos e mulheres mais recatadas julgam mulheres com esse comportamento por medo da concorrência, Porque têm medo de que seus namorados , maridos as troquem por essas mulheres ou então porque gostariam de ser como essas mulheres , mas não têm coragem de ser assim por medo do que os outros irão pensar e falar dela. É preciso coragem pra ser uma mulher que faz o que quer sem se importam com opiniões alheias.

  • http://www.facebook.com/people/Amauri-Braz/100002095426593 Amauri Braz

    Cara na moral, grande maioria das pessoas que julgam as atitudes por exemplo dessa Renata, ou de outras que tem as mesmas atitudes, são as próprias mulheres, podem reparar o comentário de um Homem na maioria das vezes é só baseada no desejo de também ter a oportunidade de conseguir pegar.

    • verossimil

      Talvez não seja bem o que você disse, mas tem muita gente argumentando nos seguintes termos: “não é que eu seja preconceituoso, as próprias mulheres julgam as atitudes das Renatas por aí”.

    • Eduarda Vassanezzi

      Alguns estão achando o máximo a atitude dela porém no fundo se fosse pra namora-la a história seria diferente. 
      Não adianta no fundo, no fundo, vcs homens e boa parte das mulheres tem pensamentos machistas ao extremo.

      • http://www.facebook.com/people/Amauri-Braz/100002095426593 Amauri Braz

        Eduarda, não acho o Maximo à atitude dela, mas não a jugo, no entanto tenho uma filha de 8 anos e não gostaria de estar no lugar do Pai da Renata, agora como Homem ficaria com ela sem pensar duas vezes, quanto namorá-la concordo com você, não iria rolar, não acho isso machismo e sim uma Prevenção para um futuro chifre!!! 

      • http://www.facebook.com/people/Leonam-Silva/100001875821359 Leonam Silva

        O problema é exatamente esse: todo mundo “achar” alguma coisa (leia-se julgar).

        Apesar de gostar de exclusividade em um relacionamento, a sinceridade é primordial.
        Prefiro me relacionar com uma senhorita que todo mundo pega, mas que joga limpo e não fica tentando manter as aparências pra papai-e-mamãezinha-amigos-da-faculdade.
        Mais do que o discurso machista ultrapassado, eu odeio as falsas puritanas.

        p.s: Relacionamento não necessariamente precisa ser um namoro. One Night Stand também o é ;]

  • Luana Dias

    Olá meninos!
    Isso acontece o tempo todo. Se você, na sua faculdade por exemplo, fica com 2 caracas, pronto! Já é condenada à forca. Mas por que? Isso não define caráter.

    • verossimil

      Isso não define caráter. Ponto pras meninas.

    • http://about.me/roh Rodrigo Santos

      As pessoas acham que define, isso sim! Somente os sem-preconceito achariam o contrário.

      Por isso que queria estar vivo para ver essa idéia morrer, hahaha.

    • http://www.facebook.com/people/Jason-Maxmuller/100001644080145 Jason Maxmuller

      Claro que define caráter. O problema não é esse, mas sim que tipo de caráter o outro pensa que está sendo definido.

      • http://www.facebook.com/people/Olívia-Barbosa/100003580908625 Olívia Barbosa

        Claro que não define, hahaha. Suas qualidades definem seu caráter, e a quantidade de pessoas que você transa não é qualidade (seja ela boa ou má). A menos, é claro, que você seja machista: “uma qualidade que eu adoro nela é que ela não é pegadora”. Qualidade?

      • http://www.facebook.com/people/Jason-Maxmuller/100001644080145 Jason Maxmuller

        Não estou falando da quantidade de homens que ela pega… aliás, estou. A mulher agir dessa maneira obviamente diz alguma coisa dela e isso define sim seu caráter (caráter esse que muda com o tempo, eu não acredito em caráter fixo pelo resto da vida). O que eu quis dizer ali foi que esse ato específico não vai definir nenhum caráter específico, ou seja ficar com 2 homens na faculdade não significa que ela é vadia. Não há relação matemática aí. Esse ato pode significar muitas outras coisas, como a maneira que ela enxerga os relacionamentos, a maneira como ela enxerga o próprio corpo ou o sentido que ela toma do que seja sexo. Mas em todo caso, sim isso define sim.

    • http://www.facebook.com/marcelo.delphi Marcelo R. Rodrigues

      Isso é fácil de resolver… se ficar com 2, especialmente se forem casados, é só não contar para ninguém, isso funciona desde 151654964 anos atrás …

  • Lucas Carvalho

    “Este não é um discurso feminista.”

    É sim, e você não precisa ter vergonha ou se sentir mal por isso. Como diz uma amiga minha, o feminismo é a ideia radical de que as mulheres também são gente.

    • http://entretodasascoisas.com.br/ Daniel Oliveira

      Lucas, não é questão de vergonha. Pelo contrário, enquanto eu puder defender a questão de pessoas mais livres e de igualdade entre os sexos, eu vou. Só não julgo feminista a visão porque um dos meus pontos de vista ficaram implícitos no texto: Mulher sexualmente livre é melhor resolvida. E daí é ponto e vantagem pra gente. 

      • Caolha

        Daniel, cuidado com o autoengano. Não é por que uma mulher aparenta ser “sexualmente livre” que ela seja de fato “melhor resolvida”. A atitude de cada um não fala com clareza sobre suas motivações. É o que está em baixo do tapete que decifra a charada. 

        O individuo que veste melhor a sua pele é aquele que consegue apresentar coerência e respeito entre o que faz, fala, pensa e sente. Como seres complexos que somos, a única certeza que se pode ter é que isso é puta dificil! Alguns querem o desafio outros não, alguns outros nem tem consciência disso tudo! 

      • http://www.facebook.com/vivian.a.martins Vívian Andrade Martins

        Daniel, entendi que você acha que não é feminista porque no final das contas os homens tiram vantagem, não é? Mas o feminismo beneficia tanto homens como mulheres. Portanto, texto feminista.

    • Bruna Ramos

      Isso não é uma ideia radical, O Daniel não apoia atitudes absurdas das mulheres, apenas igualitária aos homens. Não, não é feminista.

      • Mcarolrpc

        Claro que é feminista. Estou curiosíssima para saber o que o pessoal acha que é feminismo. Mas, se eu levar em conta o que a AndreaLeite escreveu (não consegui responder lá), já consigo ter uma ideia. Aparentemente tem quem pense que feminismo é o mesmo que machismo, só que vindo de mulheres. Feministas, assim como machistas, não aceitam igualdade entre os sexos? É exatamente o contrário.

      • danielbovolento

        Carol, citar feminismo é sempre complicado. Algumas culturas têm ideias diferentes do que seria esse termo dependendo de como ele é explorado ideológica e politicamente em alguns países e nações. No Brasil, por exemplo, o comum é achar que todo ato feminista é radical. Bem ao modo, e me desculpe pelo exagero a seguir, “defesa de toda atitude e opinião feminina, por mais louca que seja”. Por isso quis explicitar que não se tratava de um discurso feminista porque não carrega toda a lógica e ideologia feminista. Além disso, foi bom para que gerasse discussão sobre machismo x feminino e o quão diversos são os pensamentos sobre essas duas “ideologias”.

      • http://www.facebook.com/vivian.a.martins Vívian Andrade Martins

        Desculpa, Daniel. O texto é feminista. O texto busca direitos iguai para homens e mulheres. Dizer isso é dizer feminismo. E dizer lá no final que não é feminista, é se contradizer. Talvez a intençao dele nao tenha sido a de falar “sobre” feminismo, mas o tema é sim, sem sombra de dúvida, feminista.

    • Dária

      Isto Lucas, to tentando dizer isso por aqui faz tempo ;)
      É feminista, mas isso é bom, oras

  • Dora_Delano

    A gente avança, queima sutiã, trabalha, tem direito a herança, podemos colocar nossos nomes nos nossos filhos, votamos, chefiamos casas, mas ainda não podemos fazer sexo pelo simples ato de fazer.

    Transformações são contraditórias. Mudam algumas coisas, mas ainda conservam o passado. E assim seguimos, um orgasmo por vez… até o dia em que tudo isso alcance a “normalidade” e tenhamos que lutar por outras coisas.

    Faz parte.

    “Homens, seus direitos e nada mais! Mulheres, seus direitos e nada menos!”.

    • http://www.facebook.com/people/Mariana-Springer-Almeida/100000457724871 Mariana Springer Almeida

      Você pode sim Dora. Vá lá e faça. E tenha orgasmos múltiplos!

  • http://www.facebook.com/people/Matheus-Costa/100002117497909 Matheus Costa

    Mulheres assim, são mais exigentes, e consequentemente mais difíceis de agradar! Se o cara não souber tratar, ela o troca sem maiores problemas. Isso, na minha visão, gera medo em muitos…talvez por isso todo esse julgamento!!!

    Ahh saudações Alvinegras!!!

    • Caolha

      Seu ponto é muito bom. A exigência e o medo da rejeição. Já parou pra pensar se é realmente a exigência a razão do medo? Para alguns, exigência é desafio, traz adrenalina, excitação e superação. 

      A insegurança me parece vir do fato da pessoa que não sabe de seu próprio valor. A pessoa que se sente valorosa e sabe de seu valor, não precisa se sentir insegura com a exigência alheia. Ela sabe que só pode oferecer o que tem pra dar e vai respeitar a si mesma. Ao outro cabe receber ou não. 

      Nesse caso, quem nunca está satisfeito é que leva o pé na bunda. A insatisfação e exigência muitas vezes vem da falta de conhecimento sobre o que se deseja receber do outro. Para tal, é preciso saber dar. Só pode dar, quem tem algo para dar. Não se pode dar o que não se tem. O mesmo se dá para o ato de receber. Só recebe, quem se acha merecedor. Está aí paradoxo! risos.  

    • Mulher de Atitude

      Concordo plenamente com vc. Mulheres assim são mais exigentes e gostam de homens que são seguros de si,e se o homem não agradar, elas o trocam por outro com facilidade, e tem homem que tem medinho de mulheres assim, e por isso mesmo que julgam essas mulheres

  • Leonam Silva

    “Ainda tenho esperanças de que elas possam ser sexualmente livres e se sentirem melhores com isso. Porque enquanto as vontades, os desejos e as atitudes estiverem sob um olhar velado de julgamento, não existe liberdade pra ninguém.”Eu acho que isso já até acontece, e aceito na boa.O que eu não consigo aceitar são os discursos de puritanas, as vadias que querem se passar por boas moças.

  • Eduarda Vassanezzi

    Perfeito o texto.
    Não estava sabendo dessa Renata pois não costumo ver BBB. 
    Porém o comportamento dela não me revolta. Se os homens saem ficando e comendo quem quiser as mulheres tem o mesmo direito. E outras mulheres ao invés de defenderem a classe acabam queimando outras a fim de se favorecerem como “melhores”. O que no fundo talvez ajam ou não tem coragem de assumir tal comportamento. 
    Acho que até a mulher ser liberal na cama assusta o homem. Falo por experiência própria. E ainda o deixa com a pulga atrás da orelha. “Qtos será que ela já fez isso?” O que te importa?! Não tá bom? Vc não gosta da garota? Por que não a assume? 
    Essa frase é a veracidade do pensamento machista dos homens em geral “…ainda reside o julgamento de que ela não presta para ser apresentada aos nossos pais e amigos e não é digna de respeito e orgulho por nossa parte.” 

    Por fim: NINGUÉM É MELHOR QUE NINGUÉM!! 
    TENHAM UM EXCELENTE DIA!! 

    • Chaminé

      pq simplesmente vcs não assumem q gostam e deixam de se justificar em cima das atitudes dos homens.
      Jamais me sentiria afetado por ser galinha se estivesse pegando várias e judiando dos coraçõeszinhos delas.
      Acho q falta um pouco de carater p parte das mulheres neste quesito.
      quem faz tem q assumir.

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100002803723479 Paulo Andre PA

    todos tem direito de fazer o quequer da vida dentro da lei!! hoje em dia tudo é mornal, virou brega principalmente no carnaval. ate quem não faz puteiro faz, quem não tem  vomtade de faz uma vez só? o bbb é assimmmmmmmmmmmm.putero.

  • verossimil

    Se “isso não é sinônimo algum de liberdade”, até podemos discutir. Mas o inverso, apedrejamento público da rapariga que com dois ou três caras ficou numa balada, numa viagem a Porto Seguro ou numa estadia no Boninho’s Resort, é o quê? Ausência total de liberdade, né não?

    • Mulher de Atitude

      Concordo plenamente com vc e digo mais , se hoje as mulheres assumem mais que gostam de sexo, que transam com vários, se não se reprimem, pode ter certeza que o que causou esse comportamento foi séculos de repressão sexual, as mulheres se cansaram de se reprimirem, de fingir que são santas imaculadas. Já ouviu falar que se vc prende demais uma pessoa quando ela se solta, faz tudo o que não fez quando estava presa? Que ela aproveita o tempo perdido? Pois é, é bem isso que aconteceu com as mulheres, cansaram de ser tratadas pelos homens como seres inferiores ,de terem menos direitos que os homens. Se os homens tivessem sido reprimidos sexualmente pela sociedade como as mulheres foram, eles também não iriam gostar, só os homens vivendo isso na pele mesmo pra entenderem completamente isso.

  • http://www.facebook.com/xdennisbragax Dennis Braga

    Em uma dos comentário, ví alguém dizer: “É legal, desde que ele não tenha que casar com ela”. E isso é verdade! Sempre me achei um cara liberal, mas já passei por uma situação, onde me relacionei com uma pessoa mais velha que tinha tido mais experiências que eu (eu ainda sou um menino de 21 anos!). Então, por mais que eu gostasse de ouvir as histórias, meio que doía saber que a minha mulher tinha aquele tipo de comportamento. Você com certeza gosta quando uma menina na balada lhe dá fácil e faz um sexo gostoso com você. A questão é: caso você se apaixone e namore com ela, aquilo vai ser um fantasma. Você vai ficar imaginando quantas vezes ela já fez aquilo, e com quantos. Negar esse sentimento sim, é hipocrisia. Vejam, não estou defendendo o comportamento para nenhum do dois sexos, ou mesmo ainda dizendo que é “coisa de homem”, ou que deve ser aceito só por que “é homem”. Mas o cara negar que não se sente mal quando tem que ter um relacionamento sério com uma mulher “liberal”, é hipocrisia tb!

    • Dora_Delano

      Sim, Dennis. Há esse sentimento. Não podemos negar. Mas entendo que o autor do texto quis trazer é o seguinte: a mulher que faz sexo pela vontade, pelo prazer [a gente também gosta de sexo, sabia? A gente tbm gosta de gozar! ó!] é uma mulher liberal.

      Pq liberal e pq não só MULHER? Um ser humano comum com necessidade de satisfazer seus desejos sexuais que teve a infelicidade de nascer com vagina ao invés de pênis? Pq?

  • http://twitter.com/dipahh Paola

    Assim …. (sem analisar a Renata do BBB e sim o que acontece com mulheres e suas vontades) existe uma grande diferença em ser uma mulher vulgar e uma mulher que realiza suas vontades.
    Nós mulheres não temos que nos privar de nossas vontade e desejos por medo do que os homens vão pensar, se eles  pensam que somos “putas” porque temos vontade e necessidade de transar no primeiro encontro problema é deles, não são eles que pagam nossas  contas. E homens, só uma dica: aquela mulher que te “deu” no primeiro encontro pode ser a mulher da sua vida e naquele momento você passar a ser o único homem que ela terá relações sexuais até o dia em que te amar e reciproco for.

    Mas o problema da vontade sexual não  é algo só em relação as mulheres. A grande maioria das mulheres também acham que os “garanhões” de plantão também não são pra casar, pois vão viver na “putaria”

    O grande lance é insegurança tanto masculina e feminina em poder “mudar” aquela pessoa que transa com todo mundo de primeira e com quem tem vontade e a mesma se tornar única e exclusivamente sua.
    Queridos, enquanto não achamos a “tampa” certa de nossas panelas, nos divertimos e conhecemos outras. No dia certo, a pessoa certa fará “diferente” aquilo que várias outras fizeram e aí sim irá ser só sua!

    • verossimil

      Nelson Rodrigues dizia “jovens, envelheçam”. Faltou complementar: “TREPEM”.

    • Mulher de Atitude

      Tem homens que são mulherengos quando estão solteiros e mulheres que transam com vários quando estão solteiras e não tenho nada contra isso, afinal, eles não devem fidelidade a ninguém. Se essas pessoas tanto homens quanto mulheres são capazes de serem fiéis caso comecem a namorar , ótimo, se são pessoas incapazes de serem fiéis, acho difícil o namorado ou namorada conseguir mudar isso, acho que a pessoa só muda isso se quiser, se for a vontade dela mudar, Acho perda de tempo, por exemplo, mulheres ficarem tentando fazer um homem que não consegue ser fiel se tornar fiel.

  • http://www.facebook.com/gu.rizzo81 Gustavo Rizzo

    Não entendo o por que de ficar discutindo a mesma coisa sempre. Mulher não é homem, e vice versa! É o óbvio que precisa ser lembrado. Não existem direitos iguais, e não há razão de existir. Mulher que fica com vários caras sempre foi e sempre será taxada como puta, menos àqueles que a conhecem na intimidade e sabem do seu caráter. Quem está de fora julga por sua atitude perante a sociedade e pela sua aparência em público. Chamar de puta/piranha/vadia/vagabunda é dizer que ela se comporta como 
    puta/piranha/vadia/vagabunda e uma puta/piranha/vadia/vagabunda é libidinosa, toca o foda-se e curte mesmo. Ou seja, é a verdade!
    A partir do momento que todos pararem com esse desperdício de preocupação em querer direitos iguais e não aceitar as diferenças e os julgamentos daqueles que pensam diferente de nós mesmos, estaremos vendo textos como este que não contribuem em nada a não ser promover justamente o preconceito.

    Em resumo:

    Mulher pra casar/namorar: dama na sociedade, puta na cama.
    Mulher pra curtir: puta/dama na sociedade, puta/dama na cama. 

    Aceite o que não depende apenas de você.

    Gu Rizzo

    • Eduarda Vassanezzi

      Extremamente machista e preconceituoso seu comentário.
      Esse texto é batido sim e serve para as pessoas pensarem melhor como ser humano.

      • http://www.facebook.com/gu.rizzo81 Gustavo Rizzo

        Querem mudar o coletivo, a sociedade, em cima de pré-conceitos e definições que existem há séculos, ao invés de aceitar a taxionomia da coisa e viver sua vida sem se importar com a opinião dos outros.

        Tudo se resume a isso: se importam demais com a opinião dos outros.

        Viva a sua vida, da forma como quiser. Quem muito reage dá motivos para continuar a provocação. Ignorar é não absorver.

      • http://www.facebook.com/people/Mariana-Springer-Almeida/100000457724871 Mariana Springer Almeida

        “Viva a sua vida, da forma como quiser. Quem muito reage dá motivos para continuar a provocação. Ignorar é não absorver.” Essa parte eu concordo!

        Olha, eu já fiz muita coisa “pior” (para mim, foi melhor) que esta Renata e nunca ninguém jogou pedra em mim. Se alguém falou mal, julgou-me, esse alguém eu não conheço, não me é importante. Então, foda-se. Eu me dou a liberdade de fazer o que quiser (ao menos no âmbito sexual, porque algumas coisas realmente estão complicadas). E exijo, das pessoas que estão comigo, sempre muito respeito. Não tenho como controlar a opinião do mundo.

    • verossimil

      “Mulher não é homem, e vice-versa”. Ainda bem. Ou haveria um único sexo, perderia tudo muito da graça e até esse sitezim aqui teria que mudar de nome.

  • verossimil

    EXATAMENTE.

  • verossimil

    Lembrando que até nossas mães trepam, ou pelo menos um dia treparam. E provavelmente não só com nossos respectivos pais…

    • http://www.facebook.com/raffael.silvado Raffael Silvado

      Exercício para SUPRIMIR pensamentos machistas:

      Quando um pensamento machista ocorrer na mente basta lembrar que um dia sua mãe trepou com um cara que não era seu pai. ou MELHOR: Um dia sua avó faz sexo anal, não necessariamente com seu avô.

    • Mulher de Atitude

      Bem isso mesmo. Se nossas mães não tivessem trepado nem estaríamos aqui. Muitas pessoas se esquecem desse fato.

  • Betapsouza

    Bom, esta questão sempre foi um grande tabu não é?
    Concordo com o seu pensamento. Mas acredito também que este tipo de exposição da Renata é desnecessária. Acaba abrindo espaço para este tipo de reação.
    Não sou machista, mas acho que muitas mulheres confundem liberdade com libertinagem.
    Bj
    Beta

    • http://twitter.com/luizagcn Luiza

      E qual o problema em ser libertina? Você não gosta de sexo? Não gosta de beijar? Se gosta porque tem que se privar? Provavelmente você não diria o mesmo de um homem. Se não é machismo que nome você dá?

      • verossimil

        Mulher não pode. Quer dizer, pode, mas escondido.

    • verossimil

      Sim, você é machista.

  • verossimil

    Se esse é um discurso feminista, meu próximo passo é me declarar lésbica.

    • http://www.facebook.com/people/Olívia-Barbosa/100003580908625 Olívia Barbosa

      Feminismo é ir contra à idéia de que os homens são superiores e que “podem mais”. Logo, esse é um discurso feminista, sim.

  • Zeca

    Sim, sim… Levante a mão quem queria uma esposa assim.

    • Eduarda Vassanezzi

      hahahahah… achei hipocrisia da maioria dos homens dizer que não veem nada de mal nisso.
      No fundo nem namorariam uma garota que tem esse tipo de comportamento.

      • http://twitter.com/luizagcn Luiza

        Eduardo, se uma mina gata dessa ficasse com você, duvido que você não iria querer se amarrar nela. A pergunta é: você tem capacidade pra isso?

      • verossimil

        Levante a mão quem acha que tem capacidade.

  • http://entretodasascoisas.com.br/ Daniel Oliveira

    Dária, não acho o discurso feminista. Acho que tem muito mais a ver com a Nova Revolução Sexual e com o preconceito que ainda carregamos em diversas vertentes da relação homem-mulher. E não identifiquei como feminista porque não tenho opiniões feministas sobre todos os assuntos. Mas, nesse caso em específico, vale muito ressaltar a questão e aproveitar o burburinho que o reality proporcionou para complementar isso.

    • AndreaLeite

      Também não acho um discurso feminista. É um discurso coeso e de uma cabeça que aceita a igualdade de direitos entre os sexos. Feministas e machistas não aceitam isso (na minha humilde opinião). Todos os dois tentam mostram porque são melhores que o outro (e não venham me dizer que não é isso, porque é sim. Quantas mulheres não dizem que fazem as coisas melhores que os homens porque são mais detalhistas?). Eu acredito que temos diferenças fisiológicas sim, mas respeitar o outro é sempre bom. E aceitar que homens e mulheres tem os mesmos direitos e deveres no sexo é melhor ainda. “Damos o quanto e para quem quisermos, afinal a perseguida é nossa!”, hahahahahahaha

    • Dária

       Você pode não ser feminista, e seu texto ser Daniel. Não gosto da ressalva porque ela para mim vem carregada de uma discriminação com o movimento feminista. Participo de coletivos feminista, você trouxe um tema que é mais do que discutido internamente em nossos grupos, mas fez a questão de deixar claro que seu posicionamento não só não é feminista, como “longe disto”. Externou que na sua opinião feminismo é algo ruim. Isto me incomoda, pois me parece a posição de alguem que não conhece as ideias e as lutas do movimento, e que talvez se permitisse uma maior abertura se identificasse um pouco mais com ele.

      Andrea:”Também não acho um discurso feminista. É um discurso coeso e de uma
      cabeça que aceita a igualdade de direitos entre os sexos. Feministas e
      machistas não aceitam isso” – o feminismo nasceu pra defender a igualdade entre os gêneros, e não para propor alguma alteração na dominação social. Lutar contra a repressão, a violência contra a mulher, o machismo camuflado, e por uma real liberdade sexual… são lutas feministas!

      Enfim, quis apenas esclarecer que para mim vcs estão seriamente enganados sobre o que é o feminismo, e ao que ele se propõe.

  • http://entretodasascoisas.com.br/ Daniel Oliveira

    Obrigado, Guilherme.

    Mas conheço histórias da “puta na sociedade” que é mãe de dois filhos e não larga o marido por nada nem ninguém no mundo mais. Por isso acho que a rotulação é inválida e muito casos. e mulher sexualmente livre é mais bem resolvida. É mais vantagem pra gente também no sexo.

    Grande abraço.

    • http://www.facebook.com/people/Guilherme-Gabriel/100002425025681 Guilherme Gabriel

       De acordo Daniel, não quis me expressar errado, acredito sim que mulher sexualmente e moralmente livre é bem mais resolvida, e muito mais vantajoso pra gente no sexo.

      Obrigado

      Um Abraço.

    • Mulher de Atitude

      Até que enfim um homem que percebe que isso não é só bom pras mulheres quanto pra vocês homens. O problema é que muitos homens preferem ficar reprimindo as mulheres ao invés de entender que uma mulher bem resolvida sexualmente pode satisfazer sexualmente os homens. Como a mulher pode satisfazer sexualmente o homem se ela é reprimida sexualmente, se ela enxerga o sexo como algo sujo e errado ao invés de entender que sexo é algo natural do ser humano? Nem todo homem pensa por esse lado. Parabéns por pensar assim, e entender que mulheres não devem ser divididas entre pra casar e pra se divertir.

  • http://about.me/roh Rodrigo Santos

    Exato. É aí que mora o nosso medo. Queremos que ela seja liberta, mas não queremos que elas nos troquem. Eu sou a favor de Renatas, mas Renatas que não me abandonem.

    E a Renata é “carente” por que leva seus sentimentos muito a sério. Outro ponto de perigo iminente para casamento, pois se você dançar nos sentimentos com ela, já era.

  • Marlucia

    Eu como mulher acredito e defendo isso com todas as forças. Mas vcs não sabem como é difícil tentar “fazer a revolução na própria pele” (como me disseram uma vez). O julgamento é enorme e por mais que as vezes a gente queira só dar as vezes a gente quer namorar também. E aí fica foda, o cara julga seu passado, isso sem contar que se você liberar na primeira noite já era né. Queria encontrar mais homens como esses que comentaram contra o machismo.

    • Mulher de Atitude

      Infelizmente ,nossa sociedade ainda é muito machista e ignorante. Só que as mulheres devem muitas vezes não ficar esperando que o homem ligue depois se ela transou na primeira noite, pois se ele for machista como a maioria, provavelmente ele não ligue mesmo, então é melhor evitar se iludir com ele. E nós mulheres também temos épocas de nossa vida em que não estamos a fim de namorar , de compromisso, só queremos sexo mesmo, assim como os homens. Tem gente que não entende que desejos sexuais fazem parte de um instinto, tanto em mulheres como em homens .O ser humano é considerado um animal racional, porém ficam discutindo , querendo criar certas regras , por exemplo: “homens não choram” , “mulheres são mais sentimentais” , “mulheres não gostam de sexo”, “mulheres devem ser recatadas” ou então “que homem que é homem de verdade, transa com o maior número de mulheres possíveis”. Tem pessoas que acreditam que essas regras sejam verdades absolutas sendo que não são. Animais considerados irracionais não tem essas regras e vivem em harmonia, já o ser humano tem que viver em constante briga por direitos, preferem viver brigando a viverem em harmonia e entender que tanto homens como mulheres têm o direito de gozar. Só a raça humana pra ser tão patética assim, Aff.

  • http://www.facebook.com/people/Jade-Teodoro/100000201435306 Jade Teodoro

    Eu me considero uma pessoa que faço o que quero na hora que eu quero.. e me orgulho muito disso, pois a gente vive numa sociedade machista, a qual se espanta de saber dos gostos e preferências diferenciados de uma mulher, criticam e mantém a idéia hipócrita que foi imposta à seculos atras, com o intuito de colocar a mulher como figura submissa.. Machismo pra mim nunca teve vez.. e espero que as pessoas abram os olhos para isso cada vez mais…

  • http://www.facebook.com/people/Gabriel-Alvares-de-Carvalho/100002351951768 Gabriel Alvares de Carvalho

    O que todo mundo não leva em conta sobre isso é a opinião de quem diz isso(sobre homens e mulheres “galinhas”), q tem sobre si mesmo. Eu acho q não tem problema nenhum uma mulher ser assim. Cada um faz o quiser com seu corpo. Mas para mim ela não serve e pronto. E não pq ela talvez “tenha” uma mente aberta. Mas por ser aberta para qualquer um. E isso acontece pq eu não ajo assim. E tenho o direito de não aceitar para mim alguém q age assim. Não adianta as mulheres e homens fazerem o quiserem e depois quererem alguém q seja mais sossegado. Para mim o ideal de “gente pra curtir” e “gente para casar não existe”. E muitos dos q curtem sair “comendo” ou “dando” não querem alguém igual a si, quando querem algo mais sério. Querem alguém mais tranquilo. Mais monogâmico. Tem q parar com essa hipocrisia. Se vc fica com um monte, alguém q quer só um não é obrigado(a) a ficar com vc, ou aceitar vc. E pronto. Outra coisa é q todo mundo(seja homem ou mulher) confunde liberdade sexual com libertinagem. Liberdade sexual é vc fazer o quiser, se respeitando e respeitando ao próximo. E não sair pegando qualquer um e depois ficar de deprêzinha achando q ninguém te ama, ninguém te quer, sua vida não tem sentido, mimimimi… Nem sempre se avalia alguém pela quantidade de pegada, mas pela qualidade, se uma mulher fica com um monte de cara escroto… ou um homem fica com um monte de mulher escrota… é ruim do mesmo jeito. toda ação tem uma reação. então vamos respeitar a opinião de cada um, e sem hipocrisia.Se vc quer alguém correto, seja correto. Seja a mudança q vc quer ver.

    • https://launchpad.net/~mfilipe Michel Filipe

      Exatamente o que eu penso! Acho que homens e mulheres devem ter direitos iguais, mas precisam ficar atentos que toda ação gera reação, portanto querer viver na libertinagem e depois procurar alguém “monogâmico” é HIPOCRISIA PURA! Conheço mulheres que também não namorariam um cara por ele ser “rodado”, mas pelos comentários aqui o pessoal só enxerga o caminho homem julgando as mulheres.

      Também procuro me respeitar, mas nem por isso abro mão do meu desejo sexual. Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa, dá para viver sem problemas conciliando as duas coisas.

      • Mulher de Atitude

        Sim, há diferença entre se permitir ter prazer e sair transando com todo mundo , isso vale tanto pra homens quanto pra mulheres. Na minha opinião, o melhor é namorar pessoas que tenham o mesmo ritmo sexual .Por exemplo: se uma mulher gosta muito de sexo, deve namorar um homem que goste tanto de sexo quanto ela, vice e versa, pois assim , o risco de haver traição é menor já que um satisfaz o outro. Muitas vezes traição acontece porque a pessoa não se satisfaz com quem se relaciona e vai buscar isso fora. Tem homens que querem se casar com mulheres virgens, porém durante o namoro transam com outras mulheres pois não conseguem esperar o casamento. Acho isso patético, além de injusto. Então quer dizer que só porque ele é homem está no direito de trair a mulher? Ridículo homens que pensam assim.

    • Mulher de Atitude

      Respeito seu ponto de vista, não acho que nenhum homem seja obrigado a se casar com uma mulher assim, só não acho certo homens se referirem a mulheres assim usando termos pejorativos , vc não usou esses termos. Mas a questão é, uma mulher pode já ter transado com outros homens e ser uma mulher que sabe se valorizar e não sai transando com tudo quanto é homem que vê pela frente, existe o meio termo sim. E se a mulher gosta muito de sexo, provavelmente ela não irá querer um homem que seja tranquilo demais, porém se ela sabe que será fiel , também vai querer um homem que vá ser fiel, pois também existe o meio termo em relação aos homens. Se o homem for do tipo que não é fiel só porque se ele não transar com uma mulher que dê em cima dele, vão duvidar da masculinidade dele, esse cara é um babaca. Creio que esse medo todo que tanto homens quanto mulheres têm de serem traídos se resuma em insegurança, acontece que todo mundo que namora ou é casado corre o risco de ser traído, e se isso acontecer, claro que dói, que é desagradável, porém se a pessoa traiu é porque não merecia a outra pessoa e nem merece o sofrimento da outra pessoa.

  • Éden Amorim

    Ótimo texto, Daniel. E ótimo que isso seja veiculado em um blog de nome “Papo de Homem” (que infelizmente costuma atrair mentes bem machistas, esperando ler sobre ‘coisas de homem’ – como mulheres-objeto, fantasias masculinas e paixão por futebol – como a gente percebe em alguns comentários).

    E como a colega disse aí em cima, não ache que é um desmerecimento dizer que seu texto é feminista (a carga pejorativa em cima desse nome é puramente preconceituosa mesmo). O feminismo luta exatamente para que a sociedade tenha o entendimento que você tem sobre essa questão =)

  • felipe

    Cara eu entendo o que voce quis dizer, e ate curto. Mas acredito que a longo prazo nos teremos problemas com esse hedonismo todo. Principalmente na criaçao de filhos, que gerarao muitos outros problemas. Nao tenho uma opiniao formada, estou tentando entender onde vai parar tudo isso.

    • http://www.facebook.com/naninha Ariana Mendonca

      Como assim, na criação dos filhos? Veja bem, eu, por exemplo, sou mãe. Por infortúnios das minhas decisões, sou separada. Desde que minha filha tinha 11 meses. Eu me considero uma mulher livre, não menos fiel, nem leal, caso alguém mereça isso de mim, e minha filha NUNCA conviveu com nenhuma parte da minha vida além da maternidade. Eu opto por preservá-la de qualquer influência externa. Ela me conhece como a mãe dela, que não tem namorado, que não bebe e etc. A minha vida fora de casa não é exposta a ela. Não por eu achar que é errado, muito pelo contrário, eu só não quero influenciar a personalidade dela de maneira alguma. Se ela quiser dar pra meio mundo, ela vai dar porque ela quis, porque sentiu tesão, não porque a mãe dela demonstrou que é certo ou errado. 

      • verossimil

        “Esse hedonismo todo”? Parece minha avó falando, porra.

      • https://www.facebook.com/Andre.R.Tamura André Tamura

        Demonstrar o certo e o errado (se é que isso existe) é insignificante mesmo. Mas ao preserva-la de certas coisas você está de certa forma “indicando” um caminho. Obviamente e literalmete falando, a mãe de uma filha da puta não quer que ela siga este caminho, e sendo ela uma prostituta tentará preservá-la de certos pensamentos.

        Lê-se: puta; mulher que tem como mercadoria seu corpo e o negocia sexo em troca de moeda.

      • http://www.facebook.com/naninha Ariana Mendonca

        É, mas você está analisando isso de forma muito simplista.. Ao meu ver, levar um cara com quem eu conviva em casa significa muito mais coisa pra ela do que ter uma visão promíscua minha, ou não. Significa confiar muito no cara, significa que, se ela se apegar à ele e as coisas não derem certo, ela pode sofrer com isso e etc… Não é só influenciar, é um monte de outras coisas…

        E quanto ao indicar um caminho, cara, com criança é muito incógnita o resultado… Tanto que certamente existem filhas da “puta” que não se comportam como tal, talvez criem té certa repulsa ao sexo, ao contato com homens, de tanto presenciarem às mães fazendo o mesmo…

      • https://www.facebook.com/Andre.R.Tamura André Tamura

        Sem dúvida meu comentário foi simplificado. Mas acho que nós falamos a mesma a coisa, não? Os filhos não seguem o mesmo caminho dos pais, portanto a influência (intencional ou não) é importante mas nunca será determinante. E em casos como esse sem duvidas você tem embasamento infinitamente maior que o meu para dar a opinião. Só conheço o filho dos outros e o máximo que tive foi um relacionamento com uma pessoa que tinha filho e era solteira. E a palavra insignificante do meu cometário anterior pode ser substituída pela sua incógnita. Boa sorte com a criança Ariana. (acho que saímos do tema do texto, mas sem problemas..)

  • http://twitter.com/carolxmags caroliveira

    ‘está lentamente mudando numa sociedade religiosa pouco informada’, por isso acho que esse tipo de assunto tem que ser abordado varias e varias vezes! se rende pano pra manga é porque ainda tem muuuuito o que se falar sobre isso! quanto mais se falar, melhor! 

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100001031948832 Tchaianny Ávila

    Não canso de ler os artigos do Daniel Oliveira! Escreve muito bem!!!

  • http://twitter.com/carolxmags caroliveira

    ”as vadias” hehe

  • http://www.facebook.com/people/Maurice-Sircus/100001594643508 Maurice Sircus

    isso!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    namore com essas putas aí, q quando eu andar na rua, darei corno em gente do seu tipo sem dó.

    • Renato

      Ui, ele ACHA que pega todas!

  • Bruna Ramos

    Tantas coisas a se colocar em um texto com esse conteúdo.
    Primeiro que é muito relevante posicionamentos como como o de Daniel, aqui do PdH, mas que isso não passa de exposição,pois, infelizmente, a maioria da sociedade brasileira ainda pensa à maneira: Mulheres: frágeis e contidas; Homens: Fortes e livres. E a questão é tão mais complicada que as mulheres que resolvem fazerem o que dá na telha (sem ferir ou atingir nenhum terceiro) chega uma hora que ela tem uma choque de ideias pq a pressão social é tão forte, que apesar de fazer o que lhe convém e ser feliz, as vezes ela acha que está errada, simplesmente porque a sociedade prega isso todos os dias!
    Segundo, é a questão mais posta pelos homens: Há eu apóio todo o discurso do Daniel, mas “quem quer casar com uma mulher assim?” O meu grande questionamento é: quem disse que uma mulher que sai com quantos homens quer e os tem da maneira que quiser não é fiel? até mesmo leal? quem disse que mulheres que já empataram com seus amigos na quantidade de gente q já pegou por aí não tem um caráter admirável e um índole decente??? Simplesmente a sociedade mistura essas coisas, que pouco são relacionadas. Alhos não tem haver com bugalhos…
    Mas é isso… vou lá q se eu quisesse escrever uma post, já o tinha feito!

    • verossimil

      “Fiel” e “leal” são adjetivos que não cabem numa cama.

      • Bruna Ramos

        Mas num relacionamento sim, e o que a sociedade costuma fazer é atrelar o quanto a mulher pode ser fiel ou leal, ou decente ou o adjetivo que você queria colocar ao fato de ela ir pra cama com quantos, quando e como quiser… 

  • http://www.facebook.com/people/Isa-Belli/1584206490 Isa Belli

     Palmas! Também espero, que antes mesmo da gerente do banco poder realizar seus desejos sem maiores julgamentos, encontremos mais HOMENS LÚCIDOS como o autor deste texto – em atitude, e não apenas em palavras! Parabéns, Daniel!

  • Bruno Andrade

    Dária, seu ódio te cegou. “luallessi” é uma mulher…

    • http://www.facebook.com/people/Olívia-Barbosa/100003580908625 Olívia Barbosa

      E ela não sacou a ironia na frase da luallessi, kkkk.

    • http://twitter.com/luallessi luallessi

      oxe… como assim estão duvidando da minha feminilidade? Sou mulher sim!!!! Confirmado isso nos dois documentos, ok? No que ta dentro da carteira e no que tá sob a calcinha (só pra constar)

    • http://www.facebook.com/pscarpellini Paulo Macera Scarpellini

      que ódio ein.kkk

  • http://twitter.com/BEmpoeirada Samantha

    Muito bom. A sociedade é hipócritamente machista, se fosse um homem dizendo que gosta de sexo seria normal, mas como é uma mulher todos se apressam em dar títulos. As mulheres tem o direito de fazer o que quiserem com seu próprio corpo. As pessoas se importam pouco com coisas realmente importantes como honestidade, solidariedade e sinceridade. Ao invés de chamar uma mulher confiante de puta, deveriam usar suas palavras pra reclamar da má qualidade nos hospitais, do roubo pelos políticos e outras coisas mas relevantes.

  • Maryhana Ost Gomes

    Uma ideia verdadeira foi esse seu texto,mas acho que pessoas são muito diferentes pra dizer que é assim e ponto,muito desse ”racismo” é pelo machismo sim,concordo,mas em outros é muito pelo gosto de cada pessoa. Tem homens que preferem as mais liberais porque também são liberais e querem alguém que o acompanhe,já outros preferem as reservadas porque também são reservados ou simplesmente por gostar de como as mulheres foram criadas.  Pra alguns as mulheres sempre serão princesas intocáveis,pra outros é a vez da mulher moderna.

  • http://www.facebook.com/naninha Ariana Mendonca

    Bom texto… Li tanta bobagem nos comentários que me dá até um certo desespero sobre a natureza humana…

    O máximo que posso dizer aos queridos de plantão que dizem que não levariam uma mulher como a Renata pra casa é: que BOM, nós também não levaríamos uma pessoa tão mente fechada como vocês para casa!

    Depois me vêm com a máxima de dama na sociedade e puta na cama. Meu bem, sexo se aprende é fazendo… O dia que uma menina te falar que é virgem e virar puta em uma semana, desconfie. E o pior é você ter a necessidade de acreditar nisso. Por que que nós mulheres temos que tolerar um passado, ou até presente de álcool, de fumo e de sexo adoidado, como supracitado, e os dondocos aí só esperam mulheres que mal saem de casa?

    E quanto ao que reclamaram do PdH, gente é um ESPAÇO, da mesma maneira que expõe o amor por mais de uma pessoa, expôs esses dias um casal que se formou por aqui, que deve ser monogâmico e que superou a distância pra ficar junto, portanto, menos, vai!

    • verossimil

      Tem muita gente tapando o sol com a peneira, querida Ariana. Receita imbatível pra frustração.

      • http://www.facebook.com/naninha Ariana Mendonca

        Pois é, triste mesmo isso, pois virgem mesmo atualmente, só as crianças e umas raras exceções.. Aí a gente mente porque acha que é preciso, o cara finge que acredita… Depois do término a mulher sai dando à doidado e o cara se frustra. Pena. Só sinto pena.

      • Mulher de Atitude

        Por isso mesmo que prefiro falar a verdade ao homem, pois se sou segura o suficiente pra saber entender que ele teve um passado e não ficar com paranoias por causa disso, espero que ele também seja seguro o suficiente pra saber entender que tive um passado também. Apenas homens inseguros não conseguem lidar com o passado da mulher e gosto mesmo de homens seguros que confiam no próprio taco. que sabem que dão contado recado, e se estou satisfeita e feliz com ele. não tenho motivos pra trair, até porque se eu não estiver feliz com o homem , eu termino mas não traio. Assim como não quero ser traída, não traio.

    • Mulher de Atitude

      Verdade mesmo, esses mesmos homens que não querem ter que lidar com o passado da mulher, querem que essa mesma mulher (de preferência virgem, segundo eles) ,seja obrigada a lidar com o passado deles. Que eu saiba,eles não esperam se casar pra perderem a própria virgindade, então porque a mulher é obrigada a ter que lidar com o passado deles e eles não querem lidar com o passado delas? Simples, isso é conveniente para os homens e humilhante para as mulheres, e eles adoram se sentirem superiores as mulheres. O pior é quando se casam com mulheres virgens e reclamam que elas são frescas, ruins de cama, e ainda por cima as traem. Porque eles concordando ou não, sexo só se aprende fazendo mesmo, essa é a verdade.

  • http://www.facebook.com/people/Jason-Maxmuller/100001644080145 Jason Maxmuller

    É o preço que se paga.

    Mas não pense que é pago apenas pelas mulheres, homem “pegador” também é mal falado. Ainda que desejado e elogiado, entre as mulheres não possui lá uma confiança muito forte para um relacionamento duradouro.

    Ou estou errado?

    • http://www.facebook.com/people/Mariana-Springer-Almeida/100000457724871 Mariana Springer Almeida

      Jason,

      É exatamente o que quis exemplificar. A questão não é a falta de liberdade (uma vez que podemos fazer). O problema é o preço que se paga, e daí vale para todos, em maior ou menor grau.

      O problema está em como a sociedade vê o sexo atualmente.

  • http://www.facebook.com/people/Mariana-Springer-Almeida/100000457724871 Mariana Springer Almeida

    Olha, acho que a minha visão é bem simplista e um monte de gente não vai concordar, mas:

    Não acho que liberdade é não ser julgada. Adoraria não ser julgada por quantas pessoas que eu fiquei (no mundo perfeito), mas eu tenho a liberdade, sim, de ficar com quem eu quiser ou de dar de primeira, ou de ir até meu vizinho ter uma noite de sexo (por que não?).

    Inventaram o anticoncepcional (a melhor invenção do mundo!) e hoje posso dar para quem eu quiser, quando eu quiser (desde de que não seja no meio da rua, não?). Isso para mim é importante, isso para mim, é liberdade.

    Acho que sempre vai ter nego para julgar. Eu também tenho a liberdade de escolher um cara que me ache piranha, ou ficar com um cara que goste da minha atitude. Não tem como agradar a todos. Não dá para ligar para julgamentos. Para mim, só importam julgamentos de minha família e pouquíssimos amigos, e estes conhecem meu caráter.

    E, posso falar? Tem um montão de mulheres como a Renata e as supostas vizinha e moça do banco do Daniel. A diferença é que seguimos o ditado “quem come quieto, come sempre”. Não preciso falar para todo mundo com quem eu fiquei, ou a luta é para que contemos tudo da nossa vida e ninguém nos julgue?

    Não estou criticando o texto, pois gostei bastante. Adoraria viver num mundo onde as pessoas não fossem julgadas desta forma. No entanto, eu luto por outra liberdade. Gostaria de poder vestir a roupa que eu quiser, sem ter medo. Na verdade, gostaria de não ter tanto medo de andar à noite, andar sozinha, não ser incomodada no metrô, independentemente da roupa. Essa é a liberdade que eu ainda não consegui.

    • verossimil

      São várias as liberdades de que são privadas as mulheres. Uma ou outra, de vez em quando, se metem a tentar conquistar, e daí ouvem que disso não precisam, ou isso não merecem. FODA.

      • http://www.facebook.com/people/Mariana-Springer-Almeida/100000457724871 Mariana Springer Almeida

        Nunca quis privar mulher de liberdade nenhuma, muito menos de dizer que não merecem.

        Só acho que essa discussão não entra no mérito da liberdade e sim do que julgamos como certo e errado e como julgamos o caráter de um indivíduo (neste caso, do sexo feminino), e daí vai valer para este tema e para outro, vai valer para homem, para mulher, para gay, para todos.

        O foco, para mim, é: como nossa sociedade julga o caráter de outro.

        Pois, na minha cabecinha oca, acho que tenho a liberdade de ficar com quantos quiser, beber, fumar, etc. O problema, foco do texto, é que serei julgada por isto, da mesma forma que homens são julgados por diversos outros motivos, só isso.

        Novamente, nunca quis tolher a liberdade sexual de ninguém, seja homem, seja mulher, ou transexual. Só acho que é confundir alhos e bugalhos, vivermos numa sociedade com gente de mente pequena e fechada (nem todos, viu? Já tive muita sorte! Casei com um cara que dei de primeira), com acharmos que não temos liberdade sexual nos termos descritos pelo autor.

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=702891262 Jeanne Callegari

    Desculpe, mas seu discurso é feminista sim. :P

  • Tereza Cristina

    Gente!! Adorei o texto e adorei o debate!!! Só sinto muita pena que em pleno século XXI a mulher ainda precise ser defendida de suas ações…tenho 46 anos e me lembro que qdo criança, andando pela rua com minha mãe, ao passar por alguma mulher X, minha mãe me puxava de lado e dizia: “- Essa daí é largada do marido!”, ou seja, nem pra separar as mulheres tinham autonomia, pois independente do motivo sempre seriam “as coitadas largadas pelos seu maridos”. As mais saidinhas eram as “fáceis” ou “mulherers de malandro”. Mudava-se de calçada ao encontrá-las, pois “diga-me com quem andas que eu te direi quem és!” Fui criada nestes termos, mas sempre questionei a posição machista de minha mãe (que por sua vez também foi criada numa sociedade machista obde até gargalhar em alto e bom som era proibido..). Acredito na liberdade de escolha feminina e confio nas mulheres qdo agem de forma liberta, sem se preocuparem com “o que os outros vão dizer!”, pois no fundo é sempre a mulher que escolhe mesmo. Os homens até podem achar que são eles que escolhem, mas estão enganados. Acontece que como eu, uma grande maioria, de homens e mulheres, foi cirada desta forma, e, para os homens, é assustador confrontarem numa mulher um comportamento similar ao seu. Eles se sentem perdidos, não sabem como agir. Então preferem rotular, desdenhar: “essa aí é piranha, não conta…” No caso da Renata, como alguém disse aí em cima, em um comentário, o que me incomoda não é o fato de ela ficar com vários, o que incomoda é a excessiva carência dela. Parece, eu digo parece pq não a conheço, que ela só percebe o seu valor qdo tem alguém ao seu lado lhe exaltando e isso demonstra uma falta de auto-estima muito gritante e dá mais pena que qualquer outro sentimento…Aqui: http://efurlan.blogspot.com/2010/12/inovacoes-para-o-fim-do-mundo-parte-2.html tem um texto que mostra bem como um homem reage ao posicionamento liberal das mulheres atuais..vai vendo, vai vendo…

  • http://estadodearte.wordpress.com/ Rafa

    Atire a primeira pedra quem só pegou uma pessoa em toda a vida >:)

  • http://www.facebook.com/people/Reysi-Pegorini/1398276764 Reysi Pegorini

    Um dia um cara me perguntou: “Com quantos caras você já namorou? Eu: Só um, por quê? Ele: Por nada. Eu: Mas se você quiser saber pra quantos eu já dei…aí querido me faltam dedos pra contar!!! Gostei do texto =)

  • Froide

    Pior do que homem machista, é mulher machista. 

    • Mulher de Atitude

      Concordo plenamente

  • Dora_Delano

    lendo os comentários aqui acima, eu acho que algumas reflexões são necessárias e urgentes:
     
    1) uma mulher que gosta de sexo e transa com um cara na primeira noite. Ou que resolveu sair só para transar, ou afins, NÃO É NINFOMANÍACA, então os babacas [há expressão melhor] que acima colocaram que vão comer as mulheres dos caras que namoram mulheres com essa atitude, podem tirar o seu pênis da chuva. A mulher transa com quem ela quer e tem vontade. Mas é uma vontade consciente. Não é qualquer um, bebê.
     
    2)uma mulher que gosta de sexo e transa com um cara na primeira noite. Ou que resolveu sair só para transar, ou afins, não é necessariamente infiel ou desleal [ou qlq conceito que queiram atribuir]. Se ela gosta do cara e gosta de sexo, bom para vocês dois. Aproveitem, inovem. Trate bem essa mulher para ela não ir procurar na rua o que não tem em casa [a propósito, não é o que vcs fazem?].
     
    3) uma mulher que gosta de sexo e transa com um cara na primeira noite. Ou que resolveu sair só para transar, ou afins, não é o tipo de mulher com quem vc quer casar? Opção sua. Ela provavelmente também não vai querer alguém tão quadrado na educação dos filhos que vocês vierem a ter. Então, não precisam fazer esse alvoroço.

    • http://www.facebook.com/people/Mariana-Springer-Almeida/100000457724871 Mariana Springer Almeida

      Perfeito comentário, Dora!

      Se um cara acha que julga meu caráter e acha que eu vou ser infiel porque gosto de sexo ou dou de primeira, eu também não quero esse cara. Deve ser um babaca.

      • http://www.facebook.com/people/Jason-Maxmuller/100001644080145 Jason Maxmuller

        O grande engano do homem é achar que alguns comportamentos femininos lho vão dar algum sentimento de segurança. Insistem em fechar os olhos para a grande verdade, que as mulheres seguem a lógica que as mulheres não tem.

        Assim possuem fé naquela mulher que não transa no primeiro encontro, como se esta atitude fosse determinar sabe-se lá o quê. Ou o contrário, quando a que transa dissesse alguma coisa com isso. No fundo, não dizem nada!

        O que falta é coragem de assumir essa loucura, falta de lógica e insegurança que são as pessoas e suas atitudes. O que falta é ter a mesma opinião que Camilo Castelo Branco: “A inconstância feminina é uma das grandes belezas desse mundo”.

      • http://www.gustavosa.com Gustavo Souza Gonçalves de Sá

        Viu Jason.. foi pagar de amigo das mulheres e levou uma patada..
        Mto bom Alice! Valeu! Esse assunto realmente deixa as mulheres mal humoradas..

    • http://www.facebook.com/vivian.a.martins Vívian Andrade Martins

      Bravo, Dora!

    • Mulher de Atitude

      muito bem colocado. Se a mulher transa na primeira noite, isso não quer dizer que ela venha a ser infiel, isso quer dizer que ela é sincera quando aos seus próprios desejos e não fica se escondendo em uma imagem de santa. Homens dizerem que irão transar com a esposa de um homem que se casa com uma mulher que é assim, podem esquecer, ela pode muito bem ser fiel ao marido. Se ele a satisfaz, não tem o porque ela trair. E uma mulher que se permite, se dá o direito de transar na primeira noite, jamais irá querer se casar com um homem que tem esse pensamento retrógrado, então, falar que não se casaria com uma mulher assim, não faz a mínima diferença pra ela.

  • http://www.facebook.com/killersandro Sandro Guedes de Souza

    Ou ser muito macho pra apagar o fogo da fera =)

    • Leonam Silva

      “ser muito macho” pra apagar o fogo da fera…

      defina muito macho, sandro.

      na minha “longa vida amorosa”, em 22 anos, já fui trocado.
      na adolescência, já fui trocado por moleque mais velho, mas com cabeça de moleque.
      na faculdade, já fui trocado por professor quarentão.nenhuma das duas eram Renatas (creio eu). nem por isso fui menos macho, ou os caras foram mais machos do que eu.é questão de cabeça de mulher, não importa se ela é uma santa imaculada ou abre mais as pernas do que portas.quando aciona o piloto automático feminino, meu amigo, sai da frente.agora devo admitir: eu tenho uma tendência natural a ficar doido pelas Renatas da vida :D

      • http://www.facebook.com/people/Olívia-Barbosa/100003580908625 Olívia Barbosa

        Acho que o “problema” tá com você, não?!

      • http://www.facebook.com/people/Leonam-Silva/100001875821359 Leonam Silva

        respondendo à Olivia:

        Também me questionei isso, e ficava achando que o problema era eu.
        Mas eu também já terminei namoro com mulheres maravilhosas, por desinteresse. Tem uma hora em que o interesse acaba, ou outro alguém vai parecer mais atraente. 
        Foi escolha delas, paciência.Se fizeram a escolha certa ou não, já é outra história.
        Cheguei a conclusão de que o relacionamento não tem que durar pra sempre pra que eu conclua que ele é/foi bom. Basta que dure o tempo necessário para que eu usufrua bons momentos e tire boas lições (e não fique “empurrando com a barriga”).
        O cara que acredita que tá “apagando o fogo da fera” é o primeiro boi do curral.

        Voltando à Renata, acho ela autêntica. Não cabe a mim julgá-la ou não.

      • Mulher de Atitude

        Se a mulher vai trair ou não, depende muitas vezes da forma de pensar da mulher. Eu mesma ,quando estou solteira, não me privo de transar, porém se estou em um relacionamento e satisfeita sou fiel, se não estou satisfeita , termino com o homem, continuar o relacionamento seria enganar a mim mesma.

    • Mulher de Atitude

      Você falou tudo. Se o homem conseguir apagar o fogo da fera ele não será traído. O grande medo de muitos homens é não conseguir apagar esse fogo e ser traído, só que eles não confessam que têm esse medo , então preferem julgar essas mulheres mesmo.

  • http://www.facebook.com/killersandro Sandro Guedes de Souza

    E tem que apresentar a princesa do reino encantado pro papai e pra mamãe?

    Não pode simplesmente aproveitar a vida com ela, independente da opinião daqueles que lhe puseram no mundo?

    • http://www.facebook.com/people/Olívia-Barbosa/100003580908625 Olívia Barbosa

      Adoreeeeiii a resposta. O problema é exatamente esse: as pessoas têm medo de viver suas vidas sem preocupar-se verdadeiramente com o que os outros vão pensar.

      • Mulher de Atitude

        Exatamente isso, tem pessoas que se preocupam mais com o que os outros vão pensar e falar do que em serem realmente felizes.

  • http://www.facebook.com/people/Leandro-Pereira/100001734777111 Leandro Pereira

    Você somente erra quando diz que não é um texto feminista. Feminismo é defender a igualdade entre os sexos. De oportunidade, de direitos, de deveres. Ser feminista é o que você fez no texto e não defender que a mulher é um ser superior.

    Excelente texto.

  • Chaminé

    acho q a diferença está na maneira de interpretação.
    se vc chama um homem de galinha ele simplesmente irá voltar a seus afazeres e ainda pegará quantas puder. Ja a mulher não. ela simplesmente ira explodir de raiva e ainda justificará sua atitude pq no passado ela foi vitíma de um cafageste sem coração.
    Quer fazer assume e não culpe ninguem p seus atos.

  • Marlos

    engraçado isso de ter que apresentar para os pais, eu, um cara de 33 anos preocupado com o que papai e mamãe vão pensar da companheira que escolhi.

  • http://twitter.com/gibarino Giovanna Barino

    Poder pode tudo. AFINAL, o real sentido da LIBERDADE que tanto pregamos é de poder dizer, fazer e agir da forma que quisermos. Então se alguém diz que ela é ou não uma piranha (não entrando no mérito do se eu concordo ou não), esta pessoa esta exercendo o direito dela de liberdade. O que não existe hoje é a compreensão das liberdades sem afetar o individual e a nossa visão de nós mesmos. 

    Se ofender e restringir um pensamento, fala, e atitude é falta de compreensão com o outro e do direito do outro de liberdade. Partindo do princípio que essa fala, atitude ou pensamento não afeta o direito básico de vida da pessoa. 

    Acho muito restritivo o diálogo partindo do princípio do que é dito pelos outros. Honestamente opinião é que nem unha, todo mundo tem pelo menos uma. Abrangente seria discutir como isso pode ser lidado de forma a trazer mais LIBERDADE de sentimento e entendimento da sua própria vida e ação e maior compreensão das dos outros. 

    Afinal se ela deu, ou não deu pra mais de um, a questão real é: ela é feliz? Isso me afeta diretamente? Se ela é feliz e isso não me afeta: FODA-SE! =D 

    Ponto pro texto, e acho que ainda há muito a ser discutido. Se ainda falamos de discurso e opinião alheia ainda não chegamos na libertação real. 

    • http://www.facebook.com/people/Mariana-Springer-Almeida/100000457724871 Mariana Springer Almeida

      Nossa, Giovanna, foi isso que eu quis dizer, mas não soube me expressar.

      Acredito que liberdade nós temos. A discussão, então, seria se vale a pena eu me privar da minha liberdade sexual para não ser julgada, mal falada. Porque, como você disse, todo mundo tem a liberdade de ter uma opinião (apesar de achar que, para alguns, isso deveria ser proibido!).

  • http://www.facebook.com/fabianelima Fabiane Lima

    “Este não é um discurso feminista. Longe de mim.”

    Uai, por tudo o que você escreveu, é sim um discurso feminista. E qual o problema de ser? Por que “feminista” virou xingamento, ou só é usado de modo pejorativo?

    • danielbovolento

      Fabi, tá respondida acima essa questão. Inclusive, a frase possui um sarcasmo claro. Usado junto com o “Longe de mim”. No todo, não considero o texto feminista pelos argumentos que já levantei. Beijo grande.

  • Duduborgesmalheiro

    Roma caiu sabem pq? pq eu não estava lá. xD

  • http://www.facebook.com/carloseduardobier Carlos Eduardo Bier

    O que eu não concordo de maneira alguma são as mulheres que, em 90% dos casos tem de praxe o argumento “todo homem é galinha” “homem é tudo safado” “não encontro um homem pra casar” “homem é tudo igual” e por ai vai… e agora ficam lutando para….. serem iguais?
    Não da pra entender realmente! Sou a favor da liberdade sem julgamento, cada um faz da sua vida o que quiser, porém esteja preparado para as consequências. Não podemos usar um peso duas medidas, homem que sai por ai pegando geral (praticamente todos) é chamado de galinha, canalha, safado… e mulher que faz o mesmo, o que é? Galinha, canalha, safada também! Vejam que não estou dizendo que estou certo ou errado nem julgando ninguém, seja homem ou mulher, o que estou fazendo é analisando friamente sem tender pra nenhum lado
    Alias, como li acima….a igualdade deve existir sim, porém existe como nosso amigo disse um ABISMO enorme entre os dois sexos. 

  • http://www.facebook.com/people/Rodrigo-Nascimento/100002400702511 Rodrigo Nascimento

    É engraçado como a cada dia que passa as mulheres querem realizar todas as coisas como se fossem homens e em contrapartida podemos observar um grande número de “homens” cada vez mais complexados e afeminados. Essa “busca” por uma suposta sociedade perfeita, onde tudo pode, viva liberdade e afins, tem feito com que a família, de um modo geral, venha sofrrendo efeitos colaterais cada vez mais bizarros e o pior ninguém se incomoda.
    Passa longe de minha cabeça a ideia de reprimir as mulheres, fazendo exaltação ao “burro” machismo, porém não podemos deixar de observar que as mulheres, em sua grande maioria, não estão preparadas para assumirem a responsabilidade pelo que tanto desejam, bem como os homens não sabem como viver cedendo tantas coisas, perdendo espaço, se é que me entendem…mas acho que esse papo é um pouco complexo demais pra que eu com tamanha ignorância me considere preparado para debater.

  • danielbovolento

    Ninguém nunca vai entender a crítica implícita e o sarcasmo do “Este não é um discurso feminista. Longe de mim.” ? =(

  • Camila

    Me divirto á bessa lendo esses comentários, aposto que se o texto fosse: a fulana é uma piranha metade desses homens que postaram comentário aqui iriam concordar. Gente sem hipocrisia tá?Pode ser? Tranquilo? Dê sua opinião mas seja coerente com você mesmo quando o fizer.
     
    Sou de Minas e nas baladas por aqui o que  mais se vê são mulheres de atitude liberal,decididas e muitos homens assustados e com o rabinho entre pernas…
    Dando um pouco de luz á realidade, são poucas as mulheres jovens que não fazem o que querem hoje (por aqui). E a maioria delas simplesmente estão “pouco se lixando” para o que os outros dizem delas (porque se isso realmente importasse elas mudariam seu compotamento não acham?), sabe porque? Gente para criticar sempre vai existir, tanto para criticar o comportamento, a cor do cabelo, a roupa que usa, sexualidade, as idéias extravagantes.  Enquanto muitas delas próprias criticam as que são mais comportadas, falam mal da fulaninha que não se veste bem, falam mal da menina que só estuda e etc… 

    Qualquer pessoa que quebre um ideal, uma tradição, um comportamento coletivo, vai ser criticado, isso é um circulo vicíoso e sem fim.

    Não se trata apenas de uma questão de genêro, é uma questão de valores impostos e distorcidos ao longo de anos e anos. Se você se difere de algum modo de alguma convenção qualquer que seja, você será criticado. Talvez ser uma mulher liberal se torne uma nova convenção, daí quem não for vai estar sujeito á críticas infundadas do mesmo jeito. Da mesma maneira que homens que são mais sensíveis,  delicados, tem a voz efeminada, ou que andam com muitas garotas ás vezes são taxados de gay, mulherzinha (etc..) quando na verdade não são. (e se fosse? e daí?)

    A diversidade sem culpa é uma coisa que eu realmente gostaria que se tornasse uma convenção.

     
     

    • Mulher de Atitude

      Verdade mesmo, sempre vai ter alguém pra criticar pessoas que quebram os padrões e isso não apenas relacionado a sexo, é assim com tudo mesmo. E é porque as opiniões de pessoas que criticam não importam que as pessoas não mudam. Eu por exemplo, estou pouco me lixando com a opinião que as pessoas têm de mim e eu jamais mudaria algo em mim só pra agradar aos outros. Tenho pra mim que pessoas que não se importam com a opinião de outras pessoas e buscam viverem como querem, tendem a serem mais felizes e mais bem resolvidas.

  • https://www.facebook.com/Andre.R.Tamura André Tamura
    • verossimil

      Porra, esse texto é foda.

  • Marjorie Rm

    Gostei do texto e concordo com tudo. Mas pq o autor diz “isso não é um discurso feminista. Longe de mim?” Este é, sim, um velho argumento do movimento feminista. O que esse texto está dizendo o movimento feminista já diz há trocentos anos.

    Assim como o autor convida as pessoas a refletir sobre qual é o problema da Renata fazer o que faz no programa, devia também refletir: qual é o problema de ser feminista? Por que ele sente necessidade de se distanciar do feminismo, como se ele fosse algo sujo, feio, bobo e cara de pastel, mesmo que o discurso dele seja extremamente feminista?

    Fica a dica.

    • danielbovolento

      Marjorie, respondi acima o problema de assumir algo como feminista ou não. Além disso, há sarcasmo e uma crítica implícita na frase. No todo, ainda não acho que o discurso seja de todo feminista. Grande abraço.

  • Caolha

    Aff, sempre a mesma ladainha! machismo x liberdade sexual feminina. Por que ninguém tenta ir além no pensamento sobre o assunto? Já é um fato inexorável tanto o machismo quanto a “liberdade sexual”! Então, me poupem o mais do mesmo, tá? 
    A questão maior não é dar pra todo mundo (ou comer todas – no caso masculino). É o desprezo e indiferença inerentes ao ato. É por isso é comum reagir com o discurso de “puta” ou “cafajeste”. Sexo por sexo afeta o ego carente das pessoas. “Todos” se sentem no direito de “usar” o outro, mas não querem ser “usados”. E aí, como fica? 

    A liberdade de fato está justamente em aceitar que não temos um ego equilibrado e não conseguimos, portanto, entender e viver a liberdade sexual. Liberdade mesmo é a escolha deliberada em viver sua sexualidade como quiser e de maneira responsável. Questões culturais, psicológicas e filosóficas são boas considerações, porém não é o mais relevante.  

    Enquanto o indivíduo não for sujeito de si mesmo, enquanto for covarde nunca vai existir liberdade sexual. Esse papinho de vítima e inocente só serve mesmo para gerar discussões inúteis e dinheiro para quem sabe se aproveitar da ignorância alheia.

  • Danilo Freire

    Esse é fera, perdeu o essencial do post.

    Vamos lá, Renata é apenas pano de fundo. 1 frt abs

  • http://www.facebook.com/arthur.s.mendonca Arthur Silva Mendonça

    Impressão minha ou nosso povo brasileiro é EXTREMAMENTE ligado ao sexo? Acima de machismos ou feminismos, essa questão de sexo ainda é um puta tabu. 
    Acho que no dia que pararem de exaltar tanto esse estilo de vida ”sex, drugs and ser famoso” , talvez possamos olhar pra essa questão com mais desprendimento. 
    Todo mundo gosta de sexo e tal, mas esse estilo de vida tão adorado pela maioria e praticado de fato por uma minoria parece cegar as pessoas. 
    Tanto homens quanto mulheres. Por exemplo, um monte de amigo meu fala que vai pra festa pra encher a cara até cair, pegar um monte de mulher. Mas será que isso é tão importante ou é só o que o ”sistema” nos diz ser importante ?

    • felipe

       muito bom esse comentario, dificilmente as pessoas se olham por outros olhos.

  • http://twitter.com/_diegooaraujo Diego Araujo

    RT @femmefroide: Pior do que homem machista, é mulher machista http://t.co/ZeWfAZ47 “Puta! Vadia! Vagabunda! Piranha!”

  • Simon

    Se não tem nada de errado a moça em questão ter este tipo de comportamento pois é liberdade de escolha dela, pq é errado um cara não querer uma relação séria com quem tem este tipo de comportamento?

    • http://www.facebook.com/people/Gabriel-Alvares-de-Carvalho/100002351951768 Gabriel Alvares de Carvalho

       Fato. O cara não quer e ainda é xingado, ofendido. E o q ninguém se liga é q fazer pouco ou muito sexo não é vantagem nenhuma. Cada um deve viver sua vida. Sem querer proibir o outro de fazer nada.

    • Mulher de Atitude

      Na minha opinião, ninguém é obrigado a ter um relacionamento sério com quem não queira. Mas só depois o homem não reclame se a mulher que vc escolher for travada, fresca ou fria na cama. O homem deve ter o direito de escolher com que tipo de mulher quer ter um relacionamento, porém já vi muitos homens escolherem mulheres mais tímidas pra se relacionarem e depois ficam se fazendo de vítimas, dizem que não são satisfeitos sexualmente. Se o homem escolheu uma mulher assim pra se relacionar, que não reclame depois, assuma as consequências da sua escolha e não vale pular a cerca, procurar fora o que não tem em casa.

  • Gabriel

    Sabe, uma parte disso eu acho que é machismo, mas muito disso em minha opinião chama-se medo de ser corno. Apenas ninguém admite isso. Vocês podem não concordar comigo, mas é certo que se as mulheres do mundo passarem a ver o sexo da maneira que os homens vêem, acabaremos com o conceito atual de relacionamento monogâmico.
    Sem juízo de valores, mas é o que aconteceria. Ou é o que está acontecendo, e talvez isso seja bom.

  • Fernando

    Eu não diria que a Renata foi uma piranha. Eu a chamaria de outro nome, digamos, cavala!

  • http://www.alexcastro.com.br Alex Castro

    o que é tem de “não-feminista longe de mim” nesse texto? ele é totalmente feminista e bem legal, o autor só parece ter alergia à palavra “feminismo” mas, pelo menos, não ao que ele significa. pq tanta rejeição?

    • danielbovolento

      Acho que você entendeu um pouco o posicionamento, Alex. Eu expliquei acima que o problema de tratar algo como feminista esta na versão em que o termo é concebido e na sociedade que o vê. Algumas tratam o termo com uma política e ideologia ferrenha, digna de manifestações violentas e ideias radicais. Outras o tratam como a simples bandeira da igualdade entre os sexos. Além de ter um baita de um sarcasmo impresso na frase (que gerou mais rebuliço do que o próprio texto pra alguns), ainda existe uma crítica do uso do termo.

      Ah, agradeço pelo teu comentário e pelo “entendimento” da questão.

  • http://www.facebook.com/people/Daniéli-Busanello/1782206320 Daniéli Busanello

    Muito bom o texto! E como já foi dito em um comentário anterior, isto é um pensamento feminista sim! E fico muito feliz quando encontro homens que pensam desta forma. Afinal, de que adianta o feminismo feito só por mulheres? Seria uma batalha eterna. Mais uma vez, parabéns pelo texto e pelo modo de pensar!

  • Rafael Dorcel de Souza

    hahaha eu fico pensando aonde é que esse mundo vai parar com tantas pessoas defendendo a putaria.

    Esse é um problema de muuuito tempo, as pessoas acham que depois que inventaram a camisinha pode tudo, apelidaram a responsabilidade de “tabu” e fizeram as pessoas acreditar que a responsabilidade era algo desnecessário e atrasado.

    Eu fico imaginando, do jeito que a coisa esta indo, vai se tornar impossível achar um boceta em condições de ser chupada. HPV pode pegar mesmo usando camisinha para quem não sabe, os índices só aumentam proporcionalmente a libertinagem.
    Mulheres não usem da sua liberdade para serem babacas igual à alguns homens, usem a inteligência que só vocês tem, sejam pessoa integras, sejam mulheres, e não menininhas que que ficam se fazendo como essa Renata, que é, uma piranha. 

    Antigamente as mulheres queriam ter direitos iguais, hoje elas procuram desculpas para serem tão idiotas quanto nos homens(não preciso falar que não quero generalizar, mas se você se ofendeu…). 

    Liberdade é uma coisa, libertinagem é outra, não confundam as coisas, assim como aqueles que confundiram tabu com responsabilidade.

    • verossimil

      Caralho, minha avó nem morreu e já reencarnou. Quem falou em irresponsabilidade, putas merdas? Suruba boa é suruba organizada…

  • http://arataacademy.com/port Seiiti Arata Jr.

    Cara, é que o ponto de partida dessa discussão toda já começou mal: Big Brother. Isso nivela por baixo qualquer tipo de conclusão que se pode tirar sobre comportamentos, julgamentos e liberdades.

    Existe vida além do BBB, galera

    • Dora_Delano

      Seiiti, eu concordo com vc que BBB é foda.
      Mas não podemos negar que não somos a maioria a pensar isso, não. E o que acontece lá dentro acaba tendo repercursões absurdas. Então vamos colocar o elefante na sala e discutir a questão já que ela está em voga.

    • verossimil

      Existe, sem dúvida. A questão não é, nunca foi, jamais será o que se passa diante das câmeras e debaixo dos edredons, mas só citando a “piranha da vez” do BigBostaBial dá pra conseguir tamanha participação opinativa…

  • Paul

    Vc quer o que, que o mundo se transforme numa imensa Sodoma e Gomorra?

    Sempre foi a mulher que deu a palavra final pro sexo, elas sempre “frearam” nossos impulsos, então imagine se ela sempre dissesse “sim” a promiscuidade que seria… nem quero ser puritano, mas tudo tem limites.

    Mulher que dá pra vários e vadia e homem que come várias é garanhão pq o homem tem o trabalho da conquista enquanto mulheres não tem trabalho algum, portanto não é mérito a mulher se relacionar com vários homens, aquele provérbio da chave e da fechadura sintetiza bem o que estou querendo dizer.

    Homem que aceita namorar uma dessa tá pedindo pra ser corno, tudo bem que mulheres “semi-virgens” podem trair, mas nem se compara seus riscos.

    Homens são territorialistas, é absolutamente normal ele não querer se relacionar seriamente com uma mulher “rodada”, quem discorda é fraco influenciado pelas feministas.

    Seu texto é sim feminista, esse é um dos principais propósitos delas e como homem me envergonho que esse site se chame “papo de homem”, deveria se chamar “papo de mangina”, se não sabe o significado dessa palavra, procure no Google.

    • Renata

      “o homem tem o trabalho da conquista”

      Deus, os dois anos que eu passei conquistando o meu namorado foram ilusões criadas pela minha mente feminina suja e maculada. Oh, a infâmia.

    • http://entretodasascoisas.com.br/ Daniel Oliveira

      Deus, por que vocês não leem os comentários anteriores ? 

    • Vadia

      Quem discorda são países inteiros de norte-americanos e europeus…. Lá as mulheres conquistaram sua liberdade sexual.

  • Aldo

    Concordo com você Daniel. O seu ponto de vistá também é o meu ponto de vista.
    Sejamos todos livres sexualmente, sem essas amarrações preconceituosas. Óbvio com limites e responsabilidade e nada de ficar se ”amostrando” por aí. Não precisa disso. É algo muito pessoal.  E se falam mal é porque queriam fazer também. 

    O BBB é um merda, e já é a 3ª ou 4ª vez que vocês pegam gancho do BBB, pra fazer texto aqui, isso é ruim!. E não estou me referindo ao assunto do texto, pois vários, parecidos como este já foram discutidos aqui, eu me refiro ao BBB. Só isso.

    E Roma faliu por causa da corrupção desenfreada dos patrícios, guerras internas e brigas pelo poder. Bem como Sodoma e Gomorra. 

  • http://www.facebook.com/forasquem Marcelo Giaretta de Oliveira

    Bom, eu estou acostumado a colocar opiniões longas e com texto as vezes confusos, mas sinceramente essa foi a primeira vez que meu post foi deletado, sinceramente, estou lisonjeado.

  • http://www.facebook.com/people/Olívia-Barbosa/100003580908625 Olívia Barbosa

    “Este não é um discurso feminista. Longe de mim”. Claro. Porque feminismo é a idéia RADICAL de que mulheres e homens são iguais em direitos e deveres, hahaha. 

    É incrível como uma idéia que não deve ser disseminada é sempre usada como termo pejorativo, mesmo que inconscientemente, e esse é o caso do termo “feminismo”. É claro que numa cultura machista o que não pode haver é igualdade, logo, ser “feminista” ou fazer discursos “feministas” é algo mal visto, algo ruim. Acontece que feminismo não é o contrário de machismo, como muitos pensam (porque são levados a pensar). 

    Adorei o texto, gosto desse assunto, mas não gosto de ver como as pessoas ainda são muito limitadas para falar sobre ele. 

  • http://twitter.com/vspnet Vladimir Borgiani

    Acho que as mulheres devem ter o mesmo direito que os homens, sim, sem pensar duas vezes. Entretanto, é preciso analisar com quais homens são feitas as comparações. Ser homem não é pegar todas… ser homem é pegar aquelas que você gosta e, enquanto estiver com elas, garantir que elas sejam o centro de sua atenção, que sejam compreendidas, ajudadas, amadas, respeitadas e contribuir para que elas sejam pessoas de valor.
    A verdade é uma só… Todo mundo quer ir para o céu, mas ninguém quer morrer.
    Ela pode ser piranha… ou talvez seja apenas uma infeliz que está tentando encontrar alguém de positivo em sua vida… ou já encontrou e perdeu… 
    ah… e caráter não se tem ou não tem… se conquista e se mantém a cada dia através de suas ações.

  • http://twitter.com/vspnet Vladimir Borgiani

    Acho que as mulheres devem ter o mesmo direito que os homens, sim, sem pensar duas vezes. Entretanto, é preciso analisar com quais homens são feitas as comparações. Ser homem não é pegar todas… ser homem é pegar aquelas que você gosta e, enquanto estiver com elas, garantir que elas sejam o centro de sua atenção, que sejam compreendidas, ajudadas, amadas, respeitadas e contribuir para que elas sejam pessoas de valor. Caso esse sentimento acabe, parta pra outra mas lembre-se de que um dia você viveu aquilo.Ela pode ser piranha… ou talvez seja apenas uma infeliz que está tentando encontrar alguém positivo em sua vida… ou já encontrou e perdeu… 
    ah… e caráter não se tem ou não tem… se conquista e se mantém a cada dia através de suas ações. E assim como muitos homens, ela infelizmente perdeu alguns pontos…
    Fazer o que quer é nosso direito… interpretar nossas ações é com cada um.

  • Lara

    Muito obrigada pelo texto Daniel, que bom seria se todos os homens principalmente, e todas as pessoas pensassem da mesma forma que você. Não me sinto tão reprimida agora.

  • http://diariosproibidos.blogspot.com/ Samyta Nunes

    Daniel, outra faceta narrativa, hein?!!
    Continuo gostando demais do que você escreve. Esse texto ajuda a me libertar da culpa cristã ridícula que me assola na maioria das vezes. Lerei-o todos os dias para me lembrar de que existe gente nesse mundo que acha natural o desejo e liberdade sexual feminina.
    Sempre há esperança!
    Grata.
    Bjs

  • felipe

    Sei la caras, eu acredito em amor. Hoje em dia a gente tenta se libertar de tudo que a religiao nos colocava, mas nao percebe que tambem tinha coisas boas. Meus pais por exemplo, foram de uma geracao mt boa, que pode se casar com quem gostava e ainda tinha seus valores. Hoje em dia as pessoas querem fazer o que gostam mas nao respeitam as outras pessoas, quer ter um relacionamento serio, sem casar, mas nao respeita o outro, qualquer coisa ja quer separar, está tudo muito infantilizado tipo: ai nao gostei disso tchau. O casamento pelo menos ajudava a pessoa a entender e aceitar alguns defeitos dos outros. é claro que se for MUITOS defeitos ninguem aguenta ne, mas hoje em dia qualquer coisinha a pessoa ja quer separar por conta de “querer fazer somente o que gosta”. É questao de saber viver em sociedade aceitar os erros dos outros.

  • Flaviaeloa

    Olha, acho assim.,.. Por mais que a mulher seja bem resolvida, independente, solteira e quiser dar pra todo mundo, tanto por homem quanto por mulher ela vai ser julgada. Isso é um fato. Falar todo mundo fala que é de boa, mas aí veja bem… vc faz parte de uma turma, e deu pra mais de 5 caras dessa turma, eu já vi mega hipocrisia com uma menina solteira, linda e que faz o que quer, já vi gente pela frente tratar bem, e pelas costas chamar ela de puta, vadia, vagabunda…   E pior, por pessoas que se dizem super bem resolvidas no quesito sexo, ser liberal e tudo mais… Juro, eu não entendo isso.

    • Cah

      Isso é pura verdade Flavia… dificil é achar esses homens q realmente respeitam e acham legal uma mulher ter atitude… Falar é fácil… 

  • http://twitter.com/vinidosreis Vinícius dos Reis

    “Herdamos a hipocrisia”, vale a pena ler… 

  • http://www.facebook.com/people/Thamires-Suellen-Dos-Santos/100003186510755 Thamires Suellen Dos Santos

    Infelizmente uma pessoa “carente” é tida como fraca, vulnerável e fácil, como se qualquer pessoa que for a consolar tenha chance de algo mais com ela. Para um homem e uma mulher serem respeitados é preciso que “deem a cara a tapa”, que declarem abertamente “fiz o que fiz porque quis”.

  • Vaisefuder

    Se você acha o comportamento normal dela, espere ter uma filha e a eduque para isso…
    Hipocrisia é o car****, o que é errado pra um é errado pra todos, se você acha certo o que ela tá fazendo é porque é tão vagabundo quanto ela, o que justifica sua atitude idiota de defender…
    É por isso que no Brasil muita gente não presta, porque faz a coisa errada e protege quem faz o que é imoral também…
    Espero que sua esposa ou marido seja igual a Renata, espero que tenha uma boa vida…

  • Capitão

    Claro que vocês tem todo direito de dar a periquita para quem quiser e quantas vezes bem entender, mas depois não venham dar uma de santa, que não acham um homem bom para casar e quando estiverem acabadas não venham dizer que os homens não prestam e querer culpar o mundo!

  • Ba

    O que você acha que é feminismo? Por que você reage ao feminismo com um “longe de mim”? Você está fazendo um discurso feminista SIM. Porque um discurso feminista é um discurso igualitário. As pessoas ainda não compreendem o que é o feminismo porque, como você mesmo disse, nossa sociedade é repleta de machismo enrustido. Mas, por mais que os machistas façam de tudo para dizer o contrário (mostrando casos de feministas um tanto quanto excêntricas, etc), as feministas lutam por uma única coisa essencial: Igualdade. Sermos vistas como seres humanos únicos e com nossas particularidades, antes de sermos vistas como mulheres, predeterminadas como frágeis, dependentes e virginais. 

  • http://www.facebook.com/people/Mariana-Ramos-Queiroz/100001333607837 Mariana Ramos Queiroz

    Daniel, gostei desse post, logo fui verificar o “Casal Sem Vergonha” com uma expectativa e me frustei… 

    Mas em relação a esse post e os comentários, algumas pessoas mostram exatamente o q disse, realmente a sociedade é machista, não só os homens, mas mtas mulheres tbm! Agora eu não sei qdo “surgiu” esse tema pra vc, maaaaassss no site do 
    “Casal Sem Vergonha” vi um post tbm, na verdade mtos q contradizem o q vc discorreu aqui… Pra começar vamos ao título – “20 dicas pra você pegar homens mesmo sendo feia” (http://www.casalsemvergonha.com.br/2012/02/28/20-dicas-pra-voce-pegar-homens-mesmo-sendo-feia/)… De qualquer maneira, parabéns por este post.

  • http://pulse.yahoo.com/_KPBDM67FNFWEFNYIQWXUY7UDWI Helio

    Enquanto essa realidade não existe ela será taxada como tal. Agora… Os valores discutidos são difíceis de serem mudados, pois nossos pais e nossas escolas não estão ensinado esse tipo de postura Não fui educado dessa maneira e não educarei os meus filhos assim…Abraços.

  • http://pulse.yahoo.com/_KPBDM67FNFWEFNYIQWXUY7UDWI Helio

    Enquanto essa realidade não existe ela será taxada como tal. Agora… Os valores discutidos são difíceis de serem mudados, pois nossos pais e nossas escolas não estão ensinado esse tipo de postura Não fui educado dessa maneira e não educarei os meus filhos assim…Abraços.

  • http://www.facebook.com/people/Weslaine-Gomes/100001707474128 Weslaine Gomes

    Piranha é peixe.

  • http://www.facebook.com/people/Giovana-Camargo/1469800599 Giovana Camargo

    falam muito dessa tal liberdade feminina.quero ver o homem que segura ficar uma mulher livre!!! vamos ter que esperar essa revolução sexual atingir a rapaziada pra ver se esse medo e constante auto-preservação do ego viril acaba, ai sim, eles bancam mulheres assim… 

  • Thais

    Adorei o post!!! Está de parabéns, concordo com tudo isso aí.
    Porém, não encontro no meu convívio um homem que pense da mesma forma que vc.. =/
    Tinha um cara que tava afim de mim, a gente conversava muito por msn, por uns 2 meses antes de sairmos. No primeiro encontro a gente não se sentia muito à vontade um com o outro ainda, então nem nos beijamos, ficamos só conversando. No segundo, a coisa fluiu tão bem que terminou em sexo!
    Foi demais, ele é tudo de bom.. Continuamos conversando por mais 1 mês, ele dizia que tinha gostado da transa tanto quanto eu, e que não via a hora de repetir. Porém, eu fiquei esperando ele me chamar pra sair, pq muitas das vezes que conversamos falamos sobre banalidades.. Ele nunca chamou, não sei porque.. Um dia eu propus a ele que virasse o meu P.A., já que namoro ele não queria.. Ele simplesmente parou de responder e nunca mais voltou a puxar conversa comigo!
    Nós dois somos do signo de aquário, gostamos de liberdade e teoricamene temos a mente aberta. Engano meu.. Agora sabe-se quando vou transar de novo, pq eu queria repetir com ele, e não quero fazer isso com um cara diferente, seria mais 1 pra minha curta “lista”. Tenso…

  • http://twitter.com/HeryMiguel Hery Miguel

    Pamela, repara uma coisa, a ideia está a ser usada de forma contrário o certo não é deixar com que as mulheres ajam conforme o Homem, mas sim, que o Homem haja conforme a mulher, a sociedade deve condenar, apontar dedos, criticar, essa atitude que nós homens temos, se haver liberdade total, the World down… O HOMEM TEM QUE TER OS MESMOS MEDOS QUE A MULHER TEM, isso seria uma progressão, agora a mulher ser que nem o Homem, isso séria bom para nós Homens até certo ponto, mas depois seria uma MER**.

  • http://twitter.com/luallessi luallessi

    Então, vamos tirar o foco do ‘eu acho que devia ser assim’ e prestar atenção que, no mundo real,fora as pregações de blogs, sites e algumas entrevista na TV, as mulheres continuam sim sendo separadas em ‘pra casar e ser a mãe dos meus filhos’ e ‘sou louco por ela. Sexo igual não tem….Mas a levo pra cama, não pra casa’.

     Eu, sinceramente, acho de uma tremenda idiotice essas separações porque conheço mulheres ‘socialmente’ vistas como liberadas, descompromissadas e ‘da pá virada’, que só fazem tipo, nem sei bem porque.Talvez pra serem modernas, pra não serem vistas como suas mães ou então apenas são extrovertidas, essas sim, espíritos livres que curtem sair, dançar…curtir. Mas quase sempre pagam o preço de serem vistas como ‘fáceis’ mesmo que tenham uma alma de mulheres fiéis a futuros maridos e mães dedicadas enquanto tem moça que foi criada pra casar virgem, que vai a missa todo domingo e é vista como uma ‘moça de família’, mas que no fundo é da turma que ‘mete o pé na jaca’, ‘chuta o pau da  barraca’ e, mesmo casada, vai ‘dá mais que chuchu na cerca’ .

    Não, nem sempre o julgamento que se faz de alguém é justo :)

    Ah, e eu sou mulher… Então não vai rolar mesmo esse lance de casório, ok? :)

    • João Felipe

      Se perde mais tempo tentando classificar as coisas do que vivendo a vida propriamente! Maldito Cartesianismo!

  • The Black

    Forçado esse post. “Vou defender a vadia” para criar polêmica e fazer ibope. Não importa o que se diga, não importa o que se escreva, nada vai mudar o fato de que a moça em questão é uma vagaba. É como diz aquele ditado, chave que abre qualquer fechadura, é chave-mestra, fechadura que abre com qualquer chave, não serve pra nada.

    • http://www.gustavosa.com Gustavo Souza Gonçalves de Sá

      “chave que abre qualquer fechadura, é chave-mestra, fechadura que abre com qualquer chave, não serve pra nada.”

      Ptz.. genial… kkkkk

  • Angelo Zan de Moura

    Concordo com muito que o teu texto diz.

    Mas temos que ver também que para a mulher continua sendo mais fácil pegar alguém.
    Isso vem muito da mentalidade masculina e feminina. Não estou pendendo para um, nem para outro. Temos que concordar que pelo menos a maioria pensa assim.

    Uma mulher bonita, que chega em você numa balada, bar, em algum lugar, prenderá a sua atenção e te conquistará muito mais fácil do que um rapaz bonito que chega numa mulher.
    A mulher faz mais jeito que o homem, faz mais jogo, e o homem tem que ter papo, ação, tem agradar a mulher de alguma maneira, tem que corresponder e saber a hora certa de apimentar a conversa e etc.
    Quando a mulher chega no homem, e principalmente quando o homem está também interessado nela, todo o “esforço” que o cara teria para conquistar a gata, diminui. Você não vai dificultar tanto, vai dar mais abertura e aí só não pode ser um completo idiota.

    Há alguns ainda que dizem que, “a mulher quando quer, fica, dá e pronto e o homem quando quer, tem que conquistar, correr atrás, etc”.

    Sinceramente, admiro muito a mulher que toma a rédea das coisas, pois é um grande desafio fazer isso sem parecer vulgar aos olhos das pessoas, ainda que algumas vezes o vulgar atrai bastante.

    E aí ainda tem os homens que julgam essas mulheres de atitude sem pensar antes.

    Portanto acho que é um crescimento de mentalidade de ambos, homens e mulheres mesmo. Não tem machismo, nem feminismo. Existem mulheres e homens vulgares, de atitude, comedidos, e tudo o mais, mas muitos ainda param naquele paradigma de que o homem deve chegar e etc.

    Uma pena. Pois uma mulher sabe ser muito mais encantadora quando demonstra o que realmente quer.

  • Seinão

    Muito homem aqui falando que não se deve considerar isso ao escolher uma mulher, mas aposto que esses mesmos homens se fossem contestados a escolher entre duas mulheres com características psicológicas e físicas iguais com a única diferença de que uma é “rodada” e a outra é virgem ou menos “rodada”, escolheria a menos rodada. É muita hipocrisia enrustida nesse tipo de assunto.

  • Cristhyano de Paula

    Bom, é tudo relativo. O que mais leio nesse site é que “ela está solteira e ficou com dois, aonde isso é errado?”, “ela não tem compromisso então quem somos nós pra julgar? é líbido, testosterona e bla bla bla”. Tudo tentando ir contra a maré dos bons costumes que a gente é condicionado a absorver. Se a nossa sociedade fosse totalmente inversa e uma mulher resolvesse ficar com um cara só a vida toda, existiria toda uma levada de artigos contrários a isso “Se uma mulher fica com um cara só, ela se acha especial? Qual o problema nisso?”.
    Da mesma maneira que existem culturas que acham comum um homem ter mais de 1 esposa, outras recriminam mulheres ficarem com mais de 1 cara. Provavelmente tem algum lugar aí onde mulheres tem dois homens ou algo mais “feminista” por assim dizer. Talvez sim, talvez não. Afinal, em grande partes das espécies existentes a fêmea até se alimenta do macho depois da copulação.
    Do mesmo jeito que o homem julga com medo de ser corno, a mulher diz que todo homem não presta com medo de ser trocada. Logicamente a sociedade é mais machista do que feminista, mas esse não é o ponto.
    Até acho bacana o debate, saudável e tal, mas a cada vez que vejo algum texto do tipo simplesmente penso “lá vem mais uma masturbação mental”. É um murro eterno em ponta de faca. Uns dizem que concordam, outros discordam, enfim, cada um vive da maneira que a vida desenrola. Muita gente diz que não admitira tal coisa, mas chega a um ponto que aceita por amor, pela dor ou pela vontade reprimida. Quem sabe o que é certo ou errado?
    Big Brother é enredo, é programa de televisão. Se fosse realmente uma vida filmada dia a dia, não teria ninguém assistindo tamanho o tédio que a gente se encontra atualemnte. Continuem dando ibope e esse tipo de debate sem fim, é isso que eles buscam. Seguidores que se preocupam mais com o próprio pênis do que entender o que os leva a se preocupar com isso.

  • Livia

    Algum dia terei os “colhões” de ser como ela :D

  • Larissa

    Mesmo sendo mulher, leio o papo de homem porque tem artigos excelentes como esse. Ótima manifestação Daniel! O mundo precisa de mais cabeças assim!

  • Spy vc Spy

    Sinceramente n sei se o fato de ter crescido com essa porra de cultura me fez pensar assim mas, realmente não vejo algumas atitudes com bons olhos.
    Vão julgar? Dizendo que posso ter deixado uma relação boa, que acrescenta ao mundo, que sou machista, visão pequena e etc devido a conceitos tortos (q VC acha torto diga-se de passagem)? Que deixei passar a pessoa da minha vida por isso? Foda-se!
    E se ela me chutar amanhã? N vou ter que seguir em frente e arrumar outra mulher da minha vida?
    Então foda-se se penso q ela é puta ou n presta (pra mim) por ter dado pra centenas. Procuro uma q se enquadre nos meu padrões e conceitos então. No fim, posso me fuder de qq jeito então vou pelo caminho que me sinto melhor. Ou n é isso que procuramos na vida? Algo q seja bom pra gente?
    Algum filantropo aí pra dizer q só pensa no outro? Me perdoe mas ninguém é tão altruísta assim.
    Quem disse que vc que me julga e acha que o que penso é errado torna seu pensamento certo?
    Pode ser lindo pra vc mas n pra mim? Acha q penso errado? Desculpe sr(a) certinho(a).
    Fácil falar. O que dizer qndo vc diz ou pensa q n pega um carinha ou uma garota pq ela é gordinha ou gordinho, feio ou feia, rico ou pobre como um texto recente publicado aki e por aí vai?
    Hein Seu preconceituoso de merda!

  • http://twitter.com/allworthless Bernardo

    Não adianta querer discutir isso, o mundo é machista desde o seu incio e não éa gora que isso vai mudar. Muita facil defender a causa das que querem sair dando por ae sem pessoas julgando-as de piranha, o dificil é voce por à prova a sua visão liberal casando ou desfilando de mãos dadas com uma que tenha fama de piranha nos quatro cantos. E isso meu amigo, eu DUVIDO algum macho feminista fazer!

  • Laíse

    Renata, no programa, não se mostrou necessariamente uma mulher livre sexualmente. Na verdade ela nem mostrou ser quem é. Renata entrou no programa destinada a usar o sexo para conseguir se manter na casa e ganhar 1,5 milhões de reais. Os seus gestos não eram inteiros, livres. Liberdade sexual tinha Maria e outras mulheres que já passaram pela casa, por que eram autênticas. Renata era, na casa, uma criação dela mesma. Inautência. Falsa. Uma jogadora que usou o sexo e foi derrotada pela sua arma.

    • Laíse

      ops! 1,5 milhão

  • http://twitter.com/thiga69 Thiga

    Tem gosto para tudo hoje em dia! Há homens que gostam de ver sua parceira sendo traçada por outro cara, então, um sujeito desses vai gostar de uma mulher tipo a Renata de mente aberta. Pra mim já não funciona, se eu tenho uma namorada por exemplo e souber que ela me traiu com outro, eu ficaria com nojo dela…. simples assim. Nem é nada de orgulho, é nojo mesmo. Gosto é gosto e cada um tem o seu, as opções, cada um escolhe a sua.

  • http://www.facebook.com/people/Mariana-Alves/100001241130693 Mariana Alves

    A i gente, de boa? se quiser durmo no primeiro encontro e por ninguem além de mim mesma. Sou uma mulher feminina e sexual. E vale o mesmo pro hmem q dormir comigo. né, não? se não, tem alg muito errado assim.

  • AnaFilipaLima

    bem, não conheço a rapariga em questão e nem acompanho o programa (sou de Portugal) procurei noticias acerca disto e as únicas coisas que encontrei foram noticias a rebaixar, ou pelo menos a tentar influenciar o público a vê-la como vagabunda (foi a sensação com que fiquei), embora pessoalmente prefira resguardar a minha intimidade, já tive sim relações casuais (não interessa se envolveram sexo, ou apenas amassos) o que tento dizer, é que todas as mulheres tem vontades, e necessidades, eu posso muito ter vontade de fazer sexo naquele momento, naquela hora, a questão que se coloca é como eu vou gerir a minha vontade, vou satisfaze-la? ou arrumá-la numa gaveta e esperar que passe? vou satisfazer sozinha ou com alguém?

    existem uma série de variáveis que devem ser avaliadas em situações deste género, mas neste caso o que me parece é que a moça é autêntica, e sincera consigo própria e com os outros, não esconde o que sente, mesmo que seja apenas atracção. de qualquer das formas, nisso tento ser o mais parecida possível com a moça. embora fosse impensável para mim ir para um programa desses (não sei como é aí no brasil, mas cá em portugal reality-shows tem muita audiencia, além que o próprio país em si é muito pequeno e “toda a gente se conhece”) porque prefiro ter guardar a minha intimidade apenas para mim e para a(s) pessoa(s) com quem estou, gostaria imenso de ter o à-vontade e liberdade de pensamento que essa moça parece ter 

    :)

  • Fernanda Bortolom

    Sei lá, a vida é dela pô.

    Só acho que a mulher deve se valorizar.

  • http://pulse.yahoo.com/_25TRGY5RXV2FUJD7TEPISKVB7I marcelo

    cara, ela é muito puta. Mas eu comia.

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100000142191964 Juliana Souza

    Muito bom! Queria saber da onde as imagens “olds” foram tiradas…

  • Rodrigo

    Lógico que isso é um discurso feminista, não é achar isso,além de estupidez é visivelmente preconceito contra o feminismo. Preconceito esse que está na moda, está na moda afirmar que feminismo é coisa de histéricas e/ou lésbicas. Qual o problema de vincular a idéia do texto ao feminismo, seria perfeitamente coerente, pois esse(liberdade sexual) é um dos cernes principais do feminismo. Mas fora isso o texto é bom, defende uma opinião ética.

  • http://www.facebook.com/people/Clara-Andrade/1301551499 Clara Andrade

    Don’t hate the players, hate the game.

  • Analuciafsouto

    Resumindo, é isso aí dou pra quem quero na hora que quero e se quero, é minha e ninguém legisla ela por mim. Se o cara é babaca e mede a mulher pela corrida pode se decepcionar e encotnrar uma grande mulher e ao pegar uma 0 km se deparar com uma pessoa mal carater, tudo pode acontecer, inclusive o contrario…sou bem avançada, não meço nada na cama,  me entrego e faço tudo pelo prazer de ver o parceiro com prazer, quero mais é fazer feliz pra ser feliz, e quando o lance termina sou sempre chamada de vagabunda, ainda que não traia meus parceiros, aí também deixo que pensem o que quiserem, até balanço a cabeça confirmando, sim, eu fiz, sim eu sou aquilo mesmo…tem homem que se acha tão ruim, mas tão ruim, tão desmerecedor de um sexo tesudo, que quando acontece acha que a mulher é uma vagabunda…Ah…como tem homem (e mulher) recalcado nesse mundo!!! Socorro!!!

  • Annalu2011

    Mas vc é um fracassado mesmo…
    Um cara desse já é traído a muito e nem sequer imagina.

  • http://twitter.com/winistonfacuri Winiston Facuri

    Costumo dizer que feminista é o/a machista ao quadrado…

  • http://profile.yahoo.com/BQJ6FOOIODCXB456KV4QIQE26M Wallace Mello

    Quem quer apostar comigo de que mesmo o homem que NÃO É MUITO machista ainda sim ele é machista?
    Me diga então se você acha que as mulheres deveriam ter toda a liberdade de fazerem oque querem e de ficar com quantos homens for, você ficaria com essa mulher? Pois bem acho que não né, ai que está o FUNDO do machismo.

  • http://www.facebook.com/Betania.R.Almeida Betania Almeida

    Uma das melhores coisas que já li aqui.

  • LuizZamboni

    É difícil fazer esse julgamento, não vejo BBB , não sei como foi o caso.
    Mas uma mulher por hipótese fica contigo, depois fica com outros 2 no mesmo recinto …Pq eu vou achar que devo ter algo sério com ela , ela não parece querer algo sério comigo…concorda ?Ela ficou com outros 2 ?Pq não ficou mais comigo ? Simples assim, mas ela ta no direito dela.

  • Lari

    Parabéns pelo texto!! Pouquíssimos homens têm o discernimento que vc tem sobre esse assunto. E, infelizmente, as mulheres estão acomodadas demais com essa situação que nos foi imposta e acabam reprimindo seus desejos pra não ficarem mal faladas! Nossa, como isso me incomoda!!

  • http://www.facebook.com/vivian.a.martins Vívian Andrade Martins

    “A inconstância feminina”, graças a deus que os homens são muito controlados e constantes. Basta ir num jogo de futebol pra comprovar.

  • Bobao

    Isso é normal a balança pesa para um dos dois lados quando alguém se apaixona.

  • Bobao

    se não é pra casar é puta então ??? pqp até hoje só me relacionei com putas.. to torcendo que entre uma das putas futuras exista uma mulher com a qual casarei….

  • http://www.facebook.com/people/Jason-Maxmuller/100001644080145 Jason Maxmuller

    Alice, obrigado por falar só de mim e esquecer do tema. E não, não são apenas as mulheres que são ilógicas, isso é do ser humano como um todo, mas elas assim são mais facilmente, na minha opinião de merda, ok?

  • Janaiina Alexandre

    Lendo esse post me lembrei de um fato de aconteceu comigo a uns 3 dias boom conheci um rapaz a uns trez meses atras … ele era tudo de bom me tratava beem e o mais importante eu só fui conciderarar o fato de poder algum dia ter quaquer tipo de relacionamento com ele(ter o notado na face da terra) muito depois de já ter o visto !!!!
    Agente se ”conheceu” no meu trabalho no começo do ano mas eu estava numa faze de readaptação meu namoro de trez anos tinha acabado porque o rapaz qe eu namorava mudou de estado foi triste logo depois meu melhor amigo meu melhor companheiro meu idolo meu broder que por sinal era meu primo morreu na mesma semana que o cujo dito se mudou !!! boom pelo que se passou quando eu olho pra traz a saudade ainda doí mas nem tanto meu ex só tenho muito carrinho por ele até porqe nosso caso esta bem resolvido mas do meu primo doi muito a saudade de seus concelhos por todos esses motivos na epoca que conhecí o “”rapaz do fato”" eu estava num momento eu &eu mesma & somente eu importavam boom pra tristeza não me pegar ocupava minha cabeça com trabalho livros e mais trabalho nem cogitava um novo relacionamento maas o tempo passou a caisa mudou o dinheiro do meu trabalho que tinha investido nos meus curços estava retornando en dobro cheguei ao dia de me olhar no espelho e não ver mais o meu ( eu ) notei que so estava trabalhando e estudando foi bom por um lado emagreci oque eu queria mantive esse peso aprendi muito que resulta en muito papo pra contar etc aí eu falei assim eu estava tão egoista tão egoista que já tinha me esquecido ate de min poiís é comecei a comprar roupas novas e muito caras por sinall de algumas eu ate me arrependo mas tudo bem o importante é que meu ego estava lá no topo do montanha mais alta do ponto mais alto de vista (mais a humildade prevalece) , a trez meses atraz eu estava bonadona ,gostoza, trabalhadeira,inteligente ,brincalhona ,focada em um objetivo e sem dar confiança pra malandro.
    Foi quando derepente eu me apaixonei !!! me apaixoneí por um cara que sempre esteve lá (com aquela cara de troxa apaixonado) mas eu nem o percebia me apaixoneí pelo modo como ele me tratava me apaixonei por uma pessoa apaixonada por min é voc’s dizem um lindo conto de fadas “onwtifofo” mas ñ foi bem assim que aconteceu… a principio eu estava sendo muito badalada paparicada é todas as cozitas mas que homens bobos se prestão ao papel de fazer ñ minto ñ exuflui muito de tudo que todos podim me oferecer mas quando parei pra pensar estava apaixonada é tudo oque eu queria era ficar ao lado daquele cara FEIO gordinho mais com um olho verde incrivelmente incantador como as primeiras flores da primavera *-* com aquela barriguinha de shopp que pra min era “O TOBOGAN DO AMOR” , com aquela cara de quarentão mal tratado mas que tinha lá seu charme ele ate tinha abusado do privilegio de ser feio mas do lado de uma carteira linda (quero deixar bem claro que não sou mercenaria pelo contrario acho ate que tenho atração po pobres é sou caridoza) só estou exaltando suas qualidades ele era também por outro lado inteligente misteriozo e um (puta de um cachorão na cama) só que depois de um trez realmente me apegado a ele de ter ate cogitado de ele ser o homen da minha vida ate por um ponto forte dele ele não me enchia o saco agente tava junto era oqe inportava ele não ligava no meio do meu expediente que é o que me irrita mais ele não fazia nada que não parecece de cazo pensado é mais me esqueci de uma coisa ele era malandro e vivido me manipulou de uma forma tão gostoza que nengum outro homen me inteireçava ele ma satisfazia en tudo na cama ,(principalmente) na atenção na intelectualidade na dose serta de carrinho e de novo ele adorava uma gratinada taí me levou no papo bandido roubou meu coração. sempre fui honesta minha familia é muito concervadora sempre minha maãe me colocou pra trabalhar eu sempre tive meus objetivos e ate hoje sempre os alcanceí (ao que se diz respeito a minha vida,claro)bom depois da gente ter saido uma pá de vez depois de ja ter conhecido ele e tal na nossa primeira pinba ele guardava uma pistola na cintura coisa que na hora me exitou mais ainda,mas depois bateu o medo … não foi depois da “tal ato” foi depois de ter conhecido um novinho que meu deus du ceu enlouquece qualquer uma claro eu não dava pinta serio to falando aqui justamente por isso machuquei muita gente pelo meu geito de ser criada serio eu peguei totos os caras mais top’s eu acho da minha cidade mas eles nunca podiam provar nada muitos vinham me pergunta ô ce fico com fulano de tal eu simplesmente abria um sorrizão me empinava no banquinho e com aquela voz doce é meiga respondia claro que não auguma vez voce me vio em algum lugar a não ser do meu trabalho pra casa de casa pros curços e dos curços pro trabalho? pronto ganhava mais um na labia (com esse rapaz que me apaixonei não fpoi diferente no começo ele caio na minha ou talves seja oque ele queria que eu pensasse) serio eu aprendi a cobrir muito bem meu rastro porque ate minha mãe me julgava eu não assumi um namoro com uma pessoa que eu ate gostava porque eu fui repriminda muitos ficaram com raiva de min mas oque podia faze eu era a bola da vez echo que ainda sou mas no momento com** culpa e com muita saudade ** boom a 15 dias atraz comecei a ter atritos com esse tal quarentão , começamos a brigar feio por ciume eu decho o cara sair não tenho nada com oque ele quer ou não fazer mas ele interpretou isso de forma errada , eu decho o cara sair ficar e ate transar com outra se ele quise só digo não engane ninguem diga pra menina que voce tem um compromisso e é assim não me DEFAMA ficar com fama de corna na quebrada eu mato tú e ela e outra ela tem que saber porque se ela saber e aceitar ela não tem amor proprio e se eu quiser posso jogar minha raiva e maldade toda ensima da safada pois é essa foi minha educação eu so percebi isso quando a uma semana atraz eu ainda tava naquela rala e rola com ele agente brigava e voltava meio que solteiro (prá min era assim) eu adorava os carinhos dele as rosas que ele me trazia a putaria das nossas pazes mas agente se dava tão bem porque fomos criados iguais ele queria ter posse de min ele era ciumento queria que tudo fosse do geito dele e uma mulher como eu não nasceu pra ser criada assim eu tanbem nasci pra encontrar um otario pra min ter o controle mas oque aconteceu eu me apaixonei por um semelhante e pqp isso que me encanta mais o problema é eu “aceito” que o cara saia (ate porque eu tmb tenho minhas amigas minha vida social) eu ate poderia me casar com um cara que quisesse ter duas mulheres normal eu não nasci pra ser fiel e só com esse post tive coragem de admitir me apaixonei por ele foi lindo esse lance de não ter atração por mais minguem mas passou eu quero dá pra outos eu numca o defamaria eu se cobrir bem meu rastro mas aconteceu oqe eu não esperava (que foi aparecer o tal novinho) tava tudo bem aquela safadesa de sempre briga e vouta mas tava tudo sussa é bom umas briguinhas o problema é que elas se tornarão mais agressivas quando eu percebi que ele brigava comigo e saia com uotras no meu lugar mas não foi isso que me irritou eu ate poderia ter ficado de boa dado um fora no novinho e tal mas eu percebi que ele era iguel a min então tomei a liberdade de ficar como muleque num dos finais de semana de “soltera” 0 novinho sabia antes que me julguem mas quando eu sem querer falei pra ele em uma de nossas pases que eu tinha encontrado o homen da minha vida que ele era iguel a min e que isso eramuito bom ele se tocou que eu era safada porem humana como ele pra min foi bom conhecer esse lado dele só ajudou pra eu me apaixonar mais o problema é ele é territorialista (eu tambem sou mais o territoria que eu queria era o do coração dele por que o meu ele ja tinha) mas ele o corpo dele a mente suja é malefica dele pode compartilhar com as outra nem ligo mas ele nem cogitava que eu ajia assim tãnbem eu enterpretei mal a enterpretação dele de (o tel corpo me pertence) eu acho justo ate porqe ele tava bancando mas pó se voc pode eu tambem posso ai me vi em uma cena que rolou ate agressão fisica mutua porqe eu que fui pra cima mas ele é bem mas forte o importante é que acabou tudo na cama agente se intendeu e ele me pedio em casamento eu nunca me cogitei en casar mas com ele acho que dá .bom sei que pra que essa historia todinha mas é pra mostrar que é isso que eu sou humana tenho meus defeitos mais é só ponto de vista sou mulher sou ele é homen e daí ??? eu numca fui de julgar ninguem mas depois de tudo ter se acertado e eu ter me colocado no lugar de alguem de fora da relação pra contar essa historia eu aprendi mas uma coisa a nossa sociedade tem que mudar muito ainda mas infelismente se voc ñ quiser sofrer represarias tem que siguir suas leís ate porque voc não vive en marte mais eu queria que pra muita gente que eu machuqueí por não poder ser sincera entendecem que sou incegura é sem personalidade forte por isso ainda me emporto com oque a porra da sociedade diz e é que minha educação foi bazeada por pessoas ipocritas que julgam os outros pra se defender mas vou fazer minha parte pra mundo pra isso mudar eu vou encinar minha irmã que esta tomando nossoes de vida agora esplicar pra ela a verdade e deixar que ela atravez do outo conhecimento escolha como vai agir nessa nossa bela sociedade ipócrita e machista!!!!!(em homenagens a todos os corações que eu parti pra me sentir segura)

  • Janaiina Alexandre

    Esse é o lado bom do funk carioca SEM ipocrisia SEM sençura é minha gente ele tem um lado bom é de pobre mas é livre (tudo bem as vesesé estranho pensar em nosso animal “meio-irracional interior” mas ele existe e taí pra ser conciderado e levado em conta tambem afinal somos todos humanos !!!

  • Juan Rossi

    Muito bom o texto, Daniel, valeu!

  • http://www.facebook.com/adriana.fayadcampos Adriana Fayad Campos

    Daniel, entendo que pra muitas mulheres e homens essas palavras pejorativas de puta, piranha e afins se aplicam à mulher que simplesmente é sincera qto ao seu desejo sexual e exerce sua liberdade de transar com quem e qtos quiser no periodo de tempo que quiser. E que para os homens isso parece inveja.
    Pra mim não é assim. Sou bastante liberal, mas acredito que esses termos foram mesmo criados para ofender as mulheres, como o cafajeste e o canalha foram inventados para ofender os homens, especificamente. Portanto, na minha solitária opinião, esses termos, por isso mesmo não deixam de ter sua razão de existir, é salutar ter uma palavra só pra descrever seu sentimento de aversão por uma atitude. A questão, pra mim é que é necessário atualizar o conceito em si, o que eu já fiz pra mim mesma, filosofando sobre a vida numa dessas tardes de tédio… não acho que por causa da liberdade sexual que conquistamos devemos despencar na total falta de ética sexual.
    Pra mim, piranha, piriguete, puta, biscate e afins não designa a mulher que exerce sua liberdade de transar sem ter que estar apaixonada, de jeito nenhum. Esses termos pra mim designam a mulher que não escolhe. A que por carência (de afeto ou de caráter) dá em cima de qualquer um, sem critério de escolha, como por exemplo homens casados, ou namorado da amiga. Uma mulher de caráter não dá em cima de cara casado, se não por uma série de razões que não vou listar aqui, por uma razão bem simples: pque a gente não faz com o outro o que não quer pra gente. E no meu caso, posso acrescentar um motivo pessoal: pque não quero mercadoria estragada. Se um cara desrespeita a companheira dele me cantando eu não vou me achar a mais gostosa do pedaço. Só vou lamentar que tantos homens façam isso com suas famílias ao invés de conversar e resolver de vez a situação, ou melhorando a relação ou separando de vez, mas traição é muito feio. Levar cantada de homem casado pra mim é um quase um insulto. E tem muita mulher que sai contando papo que roubou fulano da esposa…. pra mim, ISSO é comportamento de piranha, assim como o cara que desonra (honra é uma palavrinha tão fora de moda ne?) a família dele é um canalha ou no mínimo um idiota.
    Essas palavrinhas servem de válvula catártica de escape e designam falhas de caráter qdo a pessoa desrespeita o outro, na minha opinião, e não qdo se exerce a liberdade sexual.

  • Nicolle Raquel

    Competitividade é uma virtude. Gostar de desafios, também.
    Arquitetar, planejar, bolar estratégias até finalmente, comemorar o gol.
    Tudo isso é muito válido. O problema é que, tem gente que leva o
    desafio tão a sério na vida, que acaba se empolgando e importando esses
    conceitos pra vida sentimental.

    No jogo da conquista, tudo é friamente
    calculado. É preciso alimentar o ego, o orgulho – e sair anotando os
    pauzinhos na lista das conquistas pessoais. E nessa corrida, desejos e
    direitos são deixados pra trás em nome de valores antiquados.
    No Pain, no gain?

    A gente cresceu achando que tudo o era fácil demais, não tinha valor.
    Desde de pequenas, fomos assombradas pelo fantasma da “puta”. Jamais
    poderíamos sê-lo. Nossas mães nos ensinaram que, na dúvida, melhor
    fechar as pernas. E alguém espalhou a notícia que homem não dá valor pra
    mulher fácil. A velha história do transar ou não no primeiro encontro –
    que vira o século e não sai de pauta – é um exemplo clássico. Homens
    têm que tentar, aceitar, estar disponíveis sempre. As mulheres, podem
    sim querer, mas é bom que guardem seus desejos pra si – bem escondidos
    lá no fundo. No último caso, o vibrador faz a função. E o seu valor de
    boa moça, continua intacto.

    Juro que queria entender qual a relação entre caráter/valor e transar
    no primeiro encontro. Homens e mulheres sentem tesão na mesma
    proporção. Se está bom pra um, está bom pro outro também. Não significa
    que você “seja obrigada” a transar no primeiro encontro, e sim que você “tem o direito”
    se estiver com vontade. E não ache que se reprimir vai fazer com que o
    cara fique mais interessado por você – afinal, transar ou não de cara,
    só vai adiantar ou adiar as percepções do sujeito – sejam elas boas ou
    ruins. Ou seja, se você segurar até quando achar digno e depois o sexo
    for aquela coisa mais ou menos, o fracasso só vai ter sido adiado alguns
    dias. E se você acha que estaticamente os homens se afastam depois que
    você transa no primeiro encontro, reveja seus conceitos e reflita se o
    problema está em sua atitude de querer dar ou na performance que não foi
    a das melhores. Suspeito que a segunda alternativa seja mais válida.

    E no caso de sucesso, se o sexo for maravilhoso, o encantamento só
    vai ter sido adiantado alguns dias. Se rolou aquela química, aquela
    pegada e aquela sintonia, o cara vai acordar pensando em você no outro
    dia. Vai querer repetir a dose sim – e se o sexo for o maior motivador
    dos próximos encontros, qual o problema? Você também não está sentido
    prazer? Nesse caso, é um relação linda e mutualmente proveitosa. Os dois
    se usam – no bom sentido e a prática pode até trazer intimidade e levar
    o relacionamento pra um outro plano. Ou não. De qualquer forma, com
    certeza vai ter valido a pena.

  • angelica

    E questao de tempo (e educacao) ate que o Brasil deixe para tras valores hipocritas e preconceitos medievais. Paises europeus ja foram assim e hoje a situacao e diferente: mulher faz o que quer, fala o que quer e dorme com quer.

  • Natália

    apesar de ser antigo, ainda não tinha lido. Adorei o texto, parabéns. E sim, é um discurso feminista.

  • Jessiane Moraes

    Isso tudo o que o Daniel Oliveira disse não era pra ser novidade nem um motivo de surpresa e parabenização.Era pra ser apenas algo encarado como o que realmente é,NATURAL,se a hipocrisia fosse 1% menor do que o que ela é,não é mesmo?!Parabéns pelo texto,parceiro.

  • Ed Rizzo

    A mulher pode fazer o que quiser. Só não pode ser hipócrita, e ficar dizendo “eu não faço essas coisas!”, “eu nunca fiz isso ou aquilo”, “eu só tive poucos caras! Posso até contar nos dedos da mão!!!”. Esse tipo de babaquice não rola.

  • Padre Satanásio

    Padre Satanásio

    Stephen Hawking, meio-homem que só domina os movimentos da cabeça (a de cima, e muito mal), dono de polpuda fortuna e de invejável inteligência, é a maior prova de que beleza não se põe na mesa. As mulheres que ele tomou como esposas, que o “amaram” e ainda o “amam” loucamente, corroboram este axioma!
    Muitos homens e mulheres creem que a afinidade entre duas pessoas não se resume em cifras, mas na “química que rola” entre o casal. A realidade que se apresenta diante dos nossos olhos, porém, é outra e uma só: a única “química” que pode fazer uma prostituta feliz ao lado um aleijado como Stephen Hawking ou de um drogado inchado como Diego Maradona, é um saco cheio de dinheiro, e nada mais. Quem quiser ser enganado, que compre a história destes dois e as de outros deformados que viraram “lindões” de uma dia para outro, como é o caso dos craques dos times de futebol brasileiros. Se não fossem podres de rico, as putas com as quais se “casam” não os escolheriam nem para usarem como escarradeiras, de tão feios e asquerosos que são.
    Putas de um só homem existem aos milhões e estão presentes em todos os lares, inclusive nos nossos, ou pelo menos próximas de nós. Estas meretrizes que posam de mães respeitáveis e que aparecem na mídia ao lado de homens bem sucedidos na vida, aparentando serem governantas de um lar estável e fiéis aos seus maridos, são mil vezes piores do que aquelas pobres desgraçadas que vendem o corpo nas calçadas para poderem alimentar seus filhos.
    A maioria dos lares latino-americanos são escolas de prostituição infantil, verdadeiros ninhos de putas e de filhos da puta. É no lar – e com os próprios pais – que uma mulher aprende, desde mocinha, a ser puta. São os pais os primeiros a aconselharem as filhas a explorarem a beleza de seus corpos e a procurarem apenas homens endinheirados para contrair matrimônio. Se não for rico, ou pelo menos não estiver em condições de sustentar um lar “sozinho”, sem o auxílio financeiro de uma vagabunda, não serve para casar com ela o pretendente, mesmo que seja um homem honesto e trabalhador. Se a filha for feia, ah!, aí sim, serve qualquer pé-rapado, desde que leve o entulho embora e fique com ele para sempre.
    Ninguém gosta de ser chamado de filho da puta, mas quantos são os que existem em nosso meio, que têm plena consciência de que suas mães e irmãs casaram com seus pais e cunhados por dinheiro e não por amor, e que por isso mesmo não passam de filhos da puta?
    Reserve um tempo para contar quantas putas dissimuladas gravitam no teu meio, inclusive aquelas que vivem dentro da tua casa! Deixe fora do cômputo aquelas donas do lar que criaram seus filhos com amor e carinho, que foram educadas para serem mães de verdade, que os acompanharam desde o berço até a idade em que aprenderam a caminhar sozinhos, e que até morrer insistem em continuar cuidando deles como se fossem crianças.
    Uma maneira infalível de saber se uma mulher é “puta de um homem só” é identificar o dono do dinheiro que ela gasta. Se ela estiver gastando o dinheiro que ela própria ganhou, com o esforço do seu trabalho, ela não é puta e sim uma valorosa e honrada mulher, que tem vergonha na cara e se recusa viver às custas do marido. Outra maneira de se identificar uma “puta de um homem só” é observar se ela permanece ao lado do marido quando ele fica desempregado ou inválido. É nestas horas difíceis que se conhece o caráter de uma mulher. Se ela continuar junto dele, procurando auxiliar na superação das enormes dificuldades que surgem quando o dinheiro escasseia, ela é uma grande mulher, a melhor das esposas.
    E a mulher bonita que tem um salarinho de merda, é puta também? Sim, sem dúvida, não passa de uma piranha filha da puta, que arruma um empreguinho de merda para fugir das responsabilidades do lar, que são muitas. Além disso exige que o otário do marido pague uma ou mais empregadas para cuidar dos filhos. Na empresa, este tipo de puta brinca de trabalhar sentada no colo do patrão, porque se for bonita e gostosa, sabe que jamais será dispensada, pois se isto ocorrer a outra puta que ele sustenta no lar ficará sabendo de tudo.
    Porra Padre Satanásio!!! As minhas irmãs e a minha mãe não são putas não!!! Nem fodendo!!!
    Não citei nomes e não especifiquei ninguém em particular; só forneci fórmulas que permitem você identificar uma puta. Você, meu maldito discípulo, é quem vai dizer quem é e quem não é puta dentro do teu lar! Se a tua mãe, tuas irmãs, tuas filhas, tua “esposa”, e as demais mulheres que vivem sob o teu teto se encaixam na descrição feita, lamento informar que todas elas são putas, e você possivelmente um filho da puta!
    Por
    Dom Eugênio Domênico Satanásio
    (mil vezes ser maldito do que ser filho da puta)
    padre.satanasio@gmail.com
    http://padresatanasio.wordpress.com/author/padresatanasio/

  • chagas

    ´´Eu ainda tenho esperanças de que um dia uma guria na balada,me diga que só veio para transar em vez de afirmar que está ali para dançar,e ninguém estranhe isso´´ é essa a mensagem que ele quer transmitir para a mulher ter a mesma liberdade do homem . e não ser chamada de cadela ou safada piranha ou biscate;entre vários desses nomes ´´lindos´´ que dão a elas só por ter um apetite sexual como um homem tem!

  • Mariana

    Ou tratam as mulheres como bonecas infláveis

  • Mariana

    Tem gente aqui que ta confundindo FEMINISMO com FEMISMO.

    Pra quem não sabe diferenciar uma coisa da outra: http://www.google.com.br

  • http://www.facebook.com/kesia.salgado Kesia Salgado

    Lutar pela liberdade da mulher é uma posição feminista.
    E sim,esse texto esta todo inserido em uma das pautas do feminismo.

    Ser feministas não é vergonha,infelizmente temos que o ser perante uma sociedade patriarcal e misógina.

    Fora isso,foi um belo texto e fico feliz por cada vez mais,homens despertarem essa noção.

  • Eu

    Eu não encontro muito raciocínio em quem diz que mulheres sexualmente livres são pra levar pra cama, e mulheres sem passado sexual, que em boa parte das vezes deve-se a ela aceitar ser oprimida, sejam para casar. As mulheres sabem se divertir, e só porque fazem isso não quer dizer que sejam burras ou que vão lhe trair na primeira oportunidade (o que seriam fatores compreensíveis para dividi-las).

  • Lisa

    “Este não é um discurso feminista. Longe de mim.”
    Ué! Não entendi!
    Este é um discurso feminista sim! Absolutamente feminista. É exatamente sobre estas coisas que o feminismo fala!
    Por que a defesa?
    É ruim ser feminista?

  • Liana

    Muito bom! É bem isso!

  • Li

    Cliquei no link do blog Casal sem Vergonha ( fiquei curiosa) e de cara vi um texto hiper machista, daqueles que explicam para a mulher que o homem que se masturba não está traindo, mas se divertindo… enqto nós gostamos de fazer a unha, eles gostam de colocar seus instintos em dia. Aquela loira da academia, aquela gostosa que passou por ele de manhã, td isso fica guardado na memória pra mais tarde, o cara bater pra ela.

    Instintos masculinos, segundo o autor. bla bla bla mi mi mi. Anham, mulheres não sentem desejo, não têm instintos… elas gostam mesmo é de ir pro shopping. Ah, mulheres e não se preocupem, é só fantasia, não há afeto e nem ” emoção” em bater punheta. Mais clichê impossível. Masturbação não é exclusividade do universo masculino e mulheres não fantasiam apenas visões românticas do sexo. Muito menos trocam uma boa masturbação ( vendo filme pornô, com vibrador ou imaginando o vizinho) por um salão de beleza, ok?

    E é por causa desse tipo de texto na mídia que tanta gente chama de vadia, puta e piranha, uma mulher que goste de sexo com ou sem amor. Eles podem, elas não. Ou melhor, eles têm instintos ” da natureza”. Elas não. Me poupem!

  • É extremamente deplorável ver o machismo que a sociedade ainda apresenta em muitos comentários inclusive, dividir as mulheres entre santas, devassas,puta,pra casar pra brinca,pra se divertir” é discriminá-las , na verdade tratar cada uma com o “respeito que cada uma merece” é ser preconceituoso achando que uma mulher é ‘ vale” menos que você apenas por não agir de acordo com suas concepções,mostra má educação e a clichê falta de respeito.é preciso analisar que recém a mulher recém está se permitindo ter a atitude tão vista e aceita normalmente por todos quando era feita por um homem e que quando um homem pensa que apenas está se divertindo com ela é descartável saiba que ela não está afim de casar com ele e muitas vezes quer apenas se divertir também.Como se o sexo para eles fosse mais aceitável e natural do que para elas,são melheres sim não “as liberais” é sempre cobrado um comportamento mais restrito,menos ousado, sem atitudes o que mesmo sem a mulher perceber interfere em sua vida amorosa,profissional travando a de serem elas mesmas e fazerem oque têm vontade sem se importar com comportamentos preconceituosos e hipócritas,sinai de uma época que as substimava..

  • Natália

    Isso é uma mensagem feminista sim ;)

  • A.

    Você só matou o excelente texto ao dizer “Este não é um discurso feminista. Longe de mim.”
    Sim, isso é um discurso feminista. E eu adoraria que o homens e as mulheres deixassem de ver “feminismo” com a negatividade que veem. É ridículo. Vamos todos aprender junto do que se trata “feminismo” e pensar sobre esse foco negativo que colocamos em um movimento tão importante para homens e mulheres.
    Mas realmente é um texto bom.

  • arnaldo

    Vc é um viado enrustido Daniel

  • Vicky

    sua fã.

  • Vicky

    outra questão que me incomoda é: por que homem é ‘comer’, e mulher é ‘dar’? Já começa daí.
    Homem ‘predador’, mulher ‘presa’.

  • rerer

    Mulher que fica com vários homens, muitas vezes casados e a mulher sabendo disso, que nome se dá? Pra mim é vagabunda, não tem outro termo….tem muitas mulheres hipocritas que acham isso normal, mas se forem traidas, a primeira coisa que falam é com qual vagabunda meu marido, namorado, etc, estava….pode ser passado, presente e até mesmo futuro, mulher que não se da o valor sempre vai ser uma vagabunda……..

  • Mulher de Atitude

    A questão é, hoje em dia tem mulheres se comportando como homens, mais ousadas, e homens que estão dando uma de santos, como as mulheres faziam antigamente. Homens só querem ter a mente aberta quando é conveniente pra eles mesmos, quando é conveniente pras mulheres, eles preferem ser retrógrados mesmo. Isso é fato.

  • Mulher de Atitude

    Gostei do trocadilho rsrsrs

  • Mulher de Atitude

    O grande erro aí é não saber separar o lado mulher do lado mãe das mulheres, não é porque a mulher é mãe que ela não pode ter seus desejos. Como vc acha que a sua mãe engravidou de vc? Do espírito santo? Pra vc existir que eu saiba, sua mãe teve que trepar com o seu pai. E o fato da mulher ser bem resolvida sexualmente, não é o que determina se ela vai chifrar o marido ou não. Se o homem satisfaz a mulher, não tem o porque ela chifrar ele. Agora, machistas ignorantes que pensam como vc, merecem levar vários belos pares de chifres pra aprender a respeitar o direito das mulheres. Com certeza vc não passa de um inseguro que não se garante, por isso esse medo todo de levar chifre.

  • Mulher de Atitude

    Verdade mesmo. Por isso que eu não acho tão vantajoso assim seguir essas regras. Tem mulheres que são travadas na cama por seguirem essas regras e levam chifre do marido, não sei que vantagem pode ter nisso.

  • Mulher de Atitude

    Tem homem que não sabe o que quer mesmo, se a mulher for bem resolvida sexualmente dizem que ela não presta, porém se for virgem, toda recatada e não o satisfaz, eles também reclamam. E depois os homens dizem que são as mulheres que são complicadas, que são difíceis de entender. A verdade é que essa divisão que muitos fazem entre mulheres pra casar e mulheres putas é prejudicial não apenas pras mulheres como pros homens também.

  • Mulher de Atitude

    É, hoje em dia são os homens que estão ficando frescos em relação ao sexo e as mulheres estão mais desencanadas.

  • Mulher de Atitude

    Falou tudo: “Quem acata e aceita uma filosofia imposta não tem a capacidade de se libertar das amarras sociais e pensar o mundo a sua maneira” . perfeita sua colocação.

  • Mulher de Atitude

    Parabéns, falou tudo.

  • Tamiris Moreira

    Maravilhoso texto!

  • Joane Farias Nogueira

    “”Este não é um discurso feminista. Longe de mim.”" Por que longe de vc? O que há de errado em ser ou se mostrar feminista? Querendo ou não, vc já o fez. E fez muito bem! Amei o texto!

  • “VARIASMORTES”

    este e mais um texto,que “mata” varios homens,varios homens ,deixam o mundo de “relacionamentos”,(sorte dos homens assexuados),por causa de retardados iguais este daniel ai,sinceramente,hoje eu sinto vergonha de ser homen de verdade mesmo!! sou pressionado a entrar na ideia de gente iguais a esse “danihell” ai,mas nunca vou participar deste joguinho da destruiçao que a sociedade “modernete” MANDA,falam tanto de “liberdade dos homens”,mas nem todos homens teve,ou tem esta tal “liberdade” que dizem!! isso e fato,nem todo os homens tem espirito de troglodita como desenham,graças a deus nao perco meu tempo assistindo um programinha de tv,eu tenho muito mais oque fazer!! pra mim essa renata nao e nada com nada,igual as mulheres atuais,que chamo as de “monstrinhos”!!

  • “VARIASMORTES”

    liberdade de promiscuidade!!
    eu como homen,se eu quiser constituir uma familia,ter uma companheira e filhos,vou ter que aceitar um “monstrinho”,e dividir um teto com ela caso queira um”matrimonio”!!??
    com uma pessoa fudida em todos os sentidos,esse pensamento atual de “liberdade sexual” de mulheres,e pura irresponsabilidade que levará a destruiçao humana,mulheres hoje em dia nao valem o ar que repiram,e a sociedade as empurram a guela a baixo de todos como ser “ser puta e normal”,como que pra ser mulher tem que ser puta,hoje nao existem mulheres,e sim “monstros”,isso e o cancer social,e ainda á as que dizem ser “exceçao”,e incrivél como sao cara de pau,sao tao VOLUVEIS ,e se acham dignas de respeito!!?
    graças a “liberdade” falsa que defendem atualmente, nao existe mulheres mais!
    ja estao mortas!

    • eduardokn

      Mais um Machista revoltadinho DETECTED.

  • Raquel

    Parabéns pelo texto, meu sonho achar homem que pense assim de verdade rsrs…

  • Antonio

    e por karas trouxas igual a voce que esse ta desse jeito, pessoas que acham tudo normal, vou comer sua mae se acha normal otario

  • eduardokn

    Aplausos pro seu artigo Daniel, na verdade de todos os artigos que eu já li no PdH o seu e um dos que mais reflete a minha opinião atualmente.

Papo de homem recomenda

Assine o Papo de homem

Curta o PdH no Facebook
  • 5138 artigos
  • 647358 comentários
  • leitores online