Pega no meu (cabelo) e balança

Bel

por
em às | Estilo, Ladies Room, Mecenas


Macho que é macho não liga pra roupa. Macho que é macho não liga pra cabelo. Macho que é macho arrota-peida-cospe e é um espécime vindo diretamente da pré-história para a mesa de boteco mais suja que você encontrar. Caso você já tenha saído das cavernas para a sociedade, sabe a importância de ter uma boa imagem.

Estética não possui função apenas de vaidade, afinal a maneira que você se trata diz muito sobre você. Cabelo é a moldura do rosto, transmite uma mensagem. Eu mesma usei o cabelo vermelho-Bozo um tempão, quando era gótica, que não fazia sucesso nenhum além das paredes pretas das boates Joy Division que frequentava. Depois, passei para o castanho, comprido e liso. Aí, colegas, eu virei uma verdadeira Playmate. Acho que foi a época que eu mais passei o rodo na minha vida.

Enjoada da imagem ultra feminina, passei pra um curtinho arrojado, mais negro que a asa da graúna, uma coisa meio Liza Minneli no cabaret, que é como mantenho até hoje por questões práticas (a.k.a uma puta preguiça de fazer chapinha todo dia naquele monte de cabelo). É com pesar que faço uma constatação óbvia: eles gostam mesmo é de um cabelão. É sexy e feminino, duas qualidades altamente valorizadas pelos rapazes. Eu vejo na pele a diferença que um mero cabelo feminino faz.

E nós, seres uterinos? Gostamos de quê? É dos carecas que elas gostam mais? Então como sucede que o Jimmy Hendrix, com aquela juba toda, tenha comido mais de 1275 mulheres? E não venha me falar “mimimi, foi pelo dinheiro” porque se fosse só isso, Kaká não tinha casado virgem (cof cof), né?

Antes de prosseguir esse post, faça uma pausa para ir ao espelho e olhar o seu cabelo. Olhou bem? Reparou bem? Ótimo. Agora pega lá um suquinho de maracujá e aproveite para ler a verdade sobre o que o seu cabelo realmente diz sobre você. Aqui não tem papas na língua. Caso você não goste do que leu sobre o seu corte ou estilo, antes de ir aos comentários me xingar, vá a um bom cabeleireiro e dê-se um trato. Aí conversamos, ok?

1. O carecão malvado

Eles não são as estrelas dos melhores filmes de ação à toa...

Grandes chances do cara ser… forte, viril, esportista, com um senso prático apurado e uma boa pegada.

Nota pessoal: A++

Sério mesmo: se você tem um corpo quadrado, uns musculinhos mais saltados e um rosto forte, por favor, raspe a cabeça. Não importa sua cor, não importa sua religião, não importa as músicas que você escuta. Não sei bem se é dos carecas que elas gostam mais, mas eu sou completamente louca por esse estilo de homem. Malvado, forte, tatuado e cabeça raspada. Apesar da desvantagem de eles (normalmente) não serem muito românticos nem carinhosos – o senso prático parece que bloqueia as bichices que as mulheres tanto gostam – eu acho esse estilo um dos mais tesões da vida.

Deve ser porque tenho uma paixão enrustida pelo John McClane desde o primeiro Die Hard. Se bem que nos três primeiros filmes ele tava mais pra wannabe careca; e eis aí uma boa dica pra você que tá ficando calvo: ao invés de se complexar e disfarçar das maneiras mais constrangedoras (peruca, penteados duvidosos, sprays, tintas e afins), vá malhar e raspe de uma vez a cabeça. Agradeça-me depois.

Esse tipo de cabelo é o auge da virilidade, exatamente o oposto do…

2. Franjudo sensível

Grandes chances do cara ser… gaydacu ou emo, choose your destiny.

Nota pessoal: C

Eu confesso que é charmoso, dependendo do conjunto da obra.

Entretanto, tal estilo está irrevogavelmente associado aos emos. Eu até gosto de homem com franja, mas essa lisa-escorrida que começa na esquerda e cai pra direita, tampando metade do rosto (e um lindo olho azul no exemplo dado acima) no meio do caminho é de lascar.

Bagunça essa coisa, rapaz! Vai ter o cabelo mais arrumado que o meu lá na esquina.

Dá um ar misterioso? Não. Dá um ar meio fresco, isso sim. Dá um ar charmoso? Talvez. Na dúvida, caso você não seja um astro teen ou um rock star, faça um favor a si mesmo: desalinha essa franja, deixa o cabelo crescer mais um pouco e junte-se aos…

3. Semi-cabeludos

Grandes chances do cara ser… descontraído, bem-informado, engraçado, do tipo que não gosta de brigas, possivelmente um gosto musical bom com um pé no rock.

Nota pessoal: A++

Apesar de serem muito mal representados pelo Fiuk, os semi-cabeludos, juntamente com os carecões malvados, são os meus favoritos. Os carecões me ganham porque adoro um mal-feito, os semi-cabeludos exatamente pelo oposto. Esse cabelo dá um ar de quem não quer confusão nem complicação, quer só sentar com os amigos, ouvir uma música boa, dar umas risadas e ficar do lado de uma mina tranqüila, sem paixões fumegantes ou DRs intermináveis. É um típico boa-praça. Se for ex-baterista do Nirvana, então… me chama que eu vou, benzinho.

A desvantagem é que só cai bem em quem tem a genética capilar muito boa, senão você corre o risco de ser confundido com um dos Jackson Five. A vantagem é que até desarrumado fica lindo. Só tem dois únicos cuidados essenciais, a saber: manter limpo (ninguém merece cabelo grande e seboso) e manter a juba aparada, senão você cai no estilo dos…

4. Cabeludos-roots

Grandes chances do cara ser… Metaleiro_\;;/

Nota pessoal: B+

Ah, os metaleiros… Lembro-me bem da época em que eu só namorava cabeludos, e aí nos beijávamos freneticamente ao som de Obituary, Dark Funeral, Cradle of Filth, Slayer, Behemot e outras bandas que invocavam os defuntos das chamas dos infernos. Uma coisa que aprendi é que, apesar da postura de maus, os cabeludos são bem bonzinhos quando se apaixonam.

Cabeludos não são populares, nem os pegadores da turma, e menos ainda aqueles caras por quem as mulheres babam e suspiram. Esse tipo de reação as antas guardam para os arrepiadinhos, nosso próximo tópico. Por isso, quando os cabeludos estão juntos de uma mina gata e gente boa, tendem a tratá-la com um zelo ímpar. Esse monte de cabelo me passa uma atmosfera meio adolescentelóide, mas minha experiência com os (inúmeros e incontáveis) cabeludos que pontuam a minha vida são muito boas, num quadro geral.

Bem o oposto do gênero…

5. Arrepiadinho com gelzinho ou pomadinha

Grandes chances do cara ser… vaidoso, senso comum, meio chato.

Nota pessoal: F

Dá tédio por ser um penteado comum demais. Pra mim, é cabelo de playboy, daquele tipo que passa horas se arrumando e mais horas ainda ajeitando cada fiapinho do arrepiado. É claro que eu não vou julgar um homem por suas roupas, e muito menos por seu cabelo, mas repare que, numa tribo de playboys bombadinhos de balada, sua grande maioria possui o cabelo ereto (talvez para compensar outras coisas que não ficam eretas com tanta facilidade).

E mais irritante: eles passam o tempo todo ajeitando a porra do cabelo. O pior é que você não pode dar uma pegada daquelas nesse tipo de homem, daquelas de roçar isso n’aquilo e dar uma puxada no cabelo dele porque ele dá pití a lá “Não mexa, não toque nesse meu cabelo”.

Normalmente, é o típico cabelo dos bonitões, pelos quais as mulheres suspiram e se jogam dentro de seus carros. Porém, a minha experiência com esses cabelomaníacos não é das melhores, se resume a carinhas chatos e clichês. Como eu disse, nem todo homem que usa esse cabelo se encaixa nessa descrição. O cara pode ser gente finíssima e usar o espetadinho com gel, mas mesmo assim não gosto por achar pouco criativo.

Se é pra usar o cabelo pra cima, opte pelo…

6. Topete rockabilly (costeletas opcionais)

Grandes chances do cara ser… divertido e festeiro.

Nota pessoal: B+

Apesar de lindo, estiloso e másculo, não é um cabelo tão versátil assim. Se você opta pelo topete rockabilly tem que ter todo um estilo que combine com o penteado, senão o cabelo destoa e você corre o risco de cair no ridículo. Entretanto, vale arriscar, já que Elvis não foi o maior sex symbol à toa. Não me pergunte porquê, mas a mulherada adora esse estilo. Nunca conheci uma que falasse “eca” ou “não curto” ao tópico rockabilly boys, e mesmo assim eles não são rapazes que saem de casa pensando em pegar geral.

A minha experiência com esse tipo de topetudos sempre foi muito boa. Por serem apreciadores de uma cultura dos anos 50-60, costumam tratar as mulheres como verdadeiras damas. E como são bons dançarinos de twist, sabem se mexer muito bem em… outras ocasiões, heh.

Você pode até não ser do rockabilly, mas faz um topete desse pra ver se não faz sucesso. Só não se dá bem se for a praga do…

7. Sujismundo, seboso, com caspa

Nota pessoal: F-

Grandes chances do cara ser… nojento. Eca. Mil vezes eca.

Você pode ter o cabelo que for, mas pelamordedeus, mantenha ele limpinho e cheiroso. Se o seu cabelo está sujo, não quero nem imaginar o estado da sua cueca. Caspa, então… é um negócio tão simples de cuidar, basta usar o shampoo adequado. Tudo bem que é uma doença até comum, mas visivelmente é feio, e não cuidar passa uma impressão de desleixo e má higiene. Vá comprar um shampoo bom ontem e aí sim escolha o penteado que mais lhe agradar.

Estilo e atitude, existe relação?

The clothes do not make the man” é um provérbio inglês bem popular. Concordo em partes. Nem roupas e nem cabelo fazem um homem, mas transmitem uma mensagem. A intenção do post não é rotular nem categorizar ninguém, apenas mostrar em linhas gerais certas imagens associadas a estilos capilares. Faltou bastante coisa ainda, como os rastafáris, os cabelos coloridos, dread locks, mas preferi ficar nos mais comuns mesmo.

E você, que estilo usa?

E as mulheres? Quais suas notas para os estilos acima? Quais outros vocês curtem? Tais estereótipos procedem?

Oferecimento: Kérastase Homme Capital Force

A primeira linha masculina com Système Taurine® previne a queda capilar e combate seus agravantes. Os produto são vendidos nos melhores salões e podem ser usados junto com o corte ou em casa. Procure por um salão e experimente.

Mecenas PdH: Você leu um texto apoiado por uma empresa. Conheça nossa política de transparência e conteúdo livre de amarras.
Bel

Paradoxal, crítica, chata, bebum, adepta do hedonismo e misantropia. Mas é uma boa pessoa. No Twitter: @lemonndrop.


Outros artigos escritos por


SEPARAMOS MAIS TEXTOS PARA VOCÊ CONTINUAR LENDO




O texto acima não representa a opinião do PapodeHomem. Conheça a visão e a essência por trás do que fazemos. Queremos uma discussão de alto nível. Antes de comentar, leia nossas boas práticas. Caso deseje enviar um texto e se tornar um autor, venha por aqui.


  • Brunno Damaceno

    Post interessante.
    Uso estilo normal eu acho. Cabelo Curto, sem ser um “Carecão malvado” e sem ser um “Franjudo sensível”.
    Sem duvida nenhuma cabelos e roupas transmitem uma mensagem, cabe a você saber transmitir essas mensagens.

    Acho que você deveria conhecer meu humilde Blog http://www.tucunarezoa.com/

  • Brunno Damaceno

    Post interessante.
    Uso estilo normal eu acho. Cabelo Curto, sem ser um “Carecão malvado” e sem ser um “Franjudo sensível”.
    Sem duvida nenhuma cabelos e roupas transmitem uma mensagem, cabe a você saber transmitir essas mensagens.

    Acho que você deveria conhecer meu humilde Blog http://www.tucunarezoa.com/

    • Luiz Brizuela

      Na boa… esse papo de homem, já foi mais de homem.

  • http://www.hynd.com.br/ Jorge Maluf

    Parece que esse post caiu como uma luva pra mim até porque esses dias mesmo estava pensando em cortar meu cabelo estilo do Robert Downey Jr. do Sherlock Holmes. Logico que da uma dor no peito toda vez que eu penso em fazer isso, porque além de eu ser semi cabeludo, eu tenho cabelo encaracolado, então é FODA pra chegar até onde está agora, e é FODA de cuidar pra que durante o dia meu cabelo não se transforme numa nuvem negra! uaehuAHEUaheuAHE.

    Mas é isso ae. Adorei o post. Deu um boost grande com um assunto bem diferente do que está vindo para cá.

    Vamos que vamos.

    Um beijo. :)

    • Anônimo

      Dor no peito é pouco.

      Eu deixei meu cabelo crescer por 7 longos anos, entrei no salão com a maior insegurança e o VEADO do dono passou furtivamente por trás com uma tesoura de jardinheiro e levou a cabeleira toda de uma vez, para depois me perguntar “pronto, vai cortar o resto?”.

      Não tinha muito o que responder, e eu falei “Meu velho, tu já enfiou a cabecinha, agora mete até o final…e com cerol!”.

      PS – Para quem não sabe, cerol é uma mistura bizarra de cola com vidro moido.

      • Anônimo

        Nossa! 7 anos de cabelo!!! Se eu tivesse visto isso na hora ia chorar! hahaha

      • http://www.facebook.com/people/Edson-Maruyama-Diniz/100000197168023 Edson Maruyama Diniz

        Pô, não saber o que é cerol é foda!

    • Anônimo

      Dor no peito é pouco.

      Eu deixei meu cabelo crescer por 7 longos anos, entrei no salão com a maior insegurança e o VEADO do dono passou furtivamente por trás com uma tesoura de jardinheiro e levou a cabeleira toda de uma vez, para depois me perguntar “pronto, vai cortar o resto?”.

      Não tinha muito o que responder, e eu falei “Meu velho, tu já enfiou a cabecinha, agora mete até o final…e com cerol!”.

      PS – Para quem não sabe, cerol é uma mistura bizarra de cola com vidro moido.

    • Keilla

      Pelo amor de Deus, não corte este cabelo lindo!

  • http://www.hynd.com.br/ Jorge Maluf

    Parece que esse post caiu como uma luva pra mim até porque esses dias mesmo estava pensando em cortar meu cabelo estilo do Robert Downey Jr. do Sherlock Holmes. Logico que da uma dor no peito toda vez que eu penso em fazer isso, porque além de eu ser semi cabeludo, eu tenho cabelo encaracolado, então é FODA pra chegar até onde está agora, e é FODA de cuidar pra que durante o dia meu cabelo não se transforme numa nuvem negra! uaehuAHEUaheuAHE.

    Mas é isso ae. Adorei o post. Deu um boost grande com um assunto bem diferente do que está vindo para cá.

    Vamos que vamos.

    Um beijo. :)

  • http://profiles.google.com/omeuefilipe Filipe Portes

    sou um semi-cabeludo com orgulho e acho que me encaixo muito bem na sua descrição!!
    principalmente em relação ao gosto musical com pé no rock!!
    show de bola seu post!

  • http://www.facebook.com/people/Claudio-Pedroso/1799344240 Cláudio Pedroso

    E o cabelo “Apresentador de telejornal”? Curto, arrumado e limpo.

  • Guilherme

    É isso ai, se o seu caso é o mesmo que o meu, de ter cabelo crespo/encaracolado, manter qualquer tipo de franja demanda cuidados fenomenais, equivalentes aqueles que as mulheres consideram cotidiano, ou seja, muito para mim.

    Na boa, passo a maquina, tiro tudo e vou ser feliz, sempre pronto, sempre bom. Carecão malvado? Acho que perto disso. O que não me desce é ficar embonecando o cabelo.

  • http://pulse.yahoo.com/_R3K55ZDBPLMIAOVQWYN4QISOJU Sergio

    como estou começando a ter entradas já tentei a opção careca malhadinho mas minha mulher reclamou d+ , falou que minha cabeça é muito arredondada.

  • Marcodgues

    Mais um post no Papo de Homem onde o gosto de uma pessoa tem a pretensão de definir uma regra geral.

    • Fabiano

      Caralh*, que revolta. Em que estilo você se enquadraria!?!

    • http://twitter.com/Lauro_Valente Lauro Wolff Valente

      Ow Marco, não quer ler opinião?

      Então não leia nada mais.
      Aliás, não escreva também.
      Ou melhor, não veja televisão.
      Nem filmes.
      Ah, não vá a teatros.
      Putz, é melhor não conversar com amigos também!

      De fato, não concordo ipsis literis com o texto, mas é aí que a análise crítica funciona.

      Pensar em não se aplica para mim parece mais sensato que vocês estão tentando definir padrões.

    • DiihGross

      Caramba Cara..Acho que alguns leitores do PdH estão com algum problema..não é possivel..Se não se importam falarei algumas coisas em letras garrafais…O PDH NÃO TEM ITENÇÃO DE DITAR NADA COM UMA REGRA..NAADAA..A Bel apenas deu sua opinião..Tanto que ela colocou NOTA PESSOAL..PESSOAL..É mesmo tão dificil assim entender?
      Foi uma opinião dela..Não quer dizer que você tenha que concordar. Tanto que se voce lesse todo o Post veria que no final ela deixou ainda mais claro: “A intenção do post não é rotular nem categorizar ninguém, apenas mostrar em linhas gerais certas imagens associadas a estilos capilares. ”
      Dificil pra gente assim né meu

    • Hadan

      O gosto de uma pessoa, na opinião dela e não há qualquer pretensão de instituir regra. Foi somente uma OPINIÃO de uma coluna que pertence à ela. Ela não disse que “assim está certo” ou que “deste modo está errado”. Ela se referiu à ELA e ao meio em que ela vive. Sem querer ofender, mas você é do grupo do “arrepiadinho com gelzinho ou pomadinha”?

      • Sonnia200810

        kkkkkkkkkkkk booooa cara!

    • rodrigo

      Exatamente !!!

  • Anônimo

    Muito bom, muito engraçado!!!!
    Meu cabelo é tipo 5 (nota F). Sempre uso gel, justamente por ser mais funcional, muito prático, não me preocupo e o cabelo está sempre arrumado.
    Estou ralado, depois dessa acho que vou raspar a cabeça!!!!
    Bel, outro dia poderia escrever sobre os tipos de barba e bigode!!!!
    Beijo!

  • Anônimo

    Há 5 anos eu era o semi-cabeludo, fazia um sucesso relativo -mas não sabia aproveitar.

    Alguns anos depois a juba continuou crescendo e passei a usar barba um pouco mais longa…a mulherada parou de chegar em mim, mas com isso minha malícia cresceu e o passando o rodo foi.

    Ano passado a coisa chegou no extremo dos extremos, a barba e o cabelo já eram uma coisa só, parecia o mago Maerlin, eu estava pouco me fodendo pra aparência e vi que isso tava causando incômodo nos olhos alheios.

    Hoje, bem…não optei pelo “careca malvado” porque sou tipo físico médio, mas o “cabelo curtinho e sem sal” funcionou e mais do que nunca tem mulher caindo na minha. Chega a ser engraçado.

    Aliás, o estilo que uso agora é um que acho que faltou na lista, o que acima chamei de “curtinho e sem sal”: Máquina 2, sem nenhum tipo de corte, possivelmente ligado a uma barba igualmente curta. Apesar dos amigos me zoarem falando que to parecendo um pagodeiro com o cabelo curto e uso constante de regatas, não sei se pela aparência ou pela atitude, mas tem sido mais fácil não morrer de secura.

    • http://twitter.com/lemonndrop Bel

      sandro, mas o seu curtinho sem-sal é quase um carecão, ainda mais combinando com esse cavanhaque tudo-de-bom aí. tenta a máquina 1 um dia =D

      • Amanda

        Concordo plena-mente com a Bel , Sandro , Esse seu cabelo e o cavanhaque tah massinha gostei muito ..=D

  • Anônimo

    Há 5 anos eu era o semi-cabeludo, fazia um sucesso relativo -mas não sabia aproveitar.

    Alguns anos depois a juba continuou crescendo e passei a usar barba um pouco mais longa…a mulherada parou de chegar em mim, mas com isso minha malícia cresceu e o passando o rodo foi.

    Ano passado a coisa chegou no extremo dos extremos, a barba e o cabelo já eram uma coisa só, parecia o mago Maerlin, eu estava pouco me fodendo pra aparência e vi que isso tava causando incômodo nos olhos alheios.

    Hoje, bem…não optei pelo “careca malvado” porque sou tipo físico médio, mas o “cabelo curtinho e sem sal” funcionou e mais do que nunca tem mulher caindo na minha. Chega a ser engraçado.

    Aliás, o estilo que uso agora é um que acho que faltou na lista, o que acima chamei de “curtinho e sem sal”: Máquina 2, sem nenhum tipo de corte, possivelmente ligado a uma barba igualmente curta. Apesar dos amigos me zoarem falando que to parecendo um pagodeiro com o cabelo curto e uso constante de regatas, não sei se pela aparência ou pela atitude, mas tem sido mais fácil não morrer de secura.

  • http://twitter.com/titiopentelho Tio!

    É isso aí, sou um carecão malvado.
    Mas já fui cabeludo heavy-metal e semi-cabeludo por desleixo.
    O que você pensa sobre barbas, Bel?

    • Li

      A pergunta não foi para mim, mas… Ui!! Barba, por favor..por fazer, então!heheh Deixa homem com cara de mais homem! =)

  • http://twitter.com/pelima Pedro Lima

    Bel, você simplesmente me ferrou nesse post, mas em vez de te chingar e falar que você tá errada eu vou concordar contigo. Por muitos anos usei o cabelo que era uma mistura entre os Semi-cabeludos
    e os franjudos sensíveis, aquele cabelo liso, dividido no meio, compridinho e jogado pra trás, que deixava a mostra os olhos verdes. Depois fui crescendo e meu conceito ficou um pouco diferente, pra mim homem que é homem tem cabelo curto(ou não tem cabelo como você ressaltou). Passei a ser do time dos arrepiadinhos, o problema é que todo %&%¨%* da periferia resolveu ter cabelo arrepiado também, agora chegamos na balada e somos só mais um entre os periferianos de cabelo arrepiado e descolorido. Isso me deixa triste, pois como você disse, além de comum virou clichê. Mesmo assim, me sinto como o Rodrigão, um pouco vaidoso mas que não é clichê muito menos chato, afinal quem lê papodehomem já se destaca dos demais. Ah, e não demoro pra fazer também, passa o gel, depois bagunça ele e pronto, vamos nessa…

    • http://twitter.com/fernando2312 Fernando

      Anda com um crachá com seu endereço pra provar que não é da periferia e seu problema está resolvido. Tu quer ter o corte do Belo e ainda ficar bem na fita?

    • http://twitter.com/VictorFDP Victor Santos

      Que lindo, quer dizer então que você quer um corte de cabelo só pra você, pra se sentir extra-especial, pois o contrário te deixa “triste”? Um corte de cabelo que os “merdinhas da periferia” não possam usar, pra todo mundo olhar pra você chegando lá na balada e pensar “ôrra, tá aí um cara foda e cheio da grana”, ao invés de te confundirem com um reles “periferiano de cabelo arrepiado”?

      Avise pra Dilma colocar mais impostos no gel capilar, se ele custar R$50,00 certamente teremos uma população muito mais seleta de jovens exibindo penteado de tamanha FIDALGIA, que obviamente deveria ser exclusivo de arrogantes meritocráticos como você. Eu mesmo creio que devo raspar o meu, pois claramente não estou a altura de algo que denota tanto garbo e virilidade quanto você, “homem vaidoso mas que não é clichê”, certamente exibe falando uma merda dessas.

      Ademais, vale ressaltar que ler papodehomem não te garante se destacar em nada, garante apenas que você sabe ler. E porra, eu uso meu arrepiado há mais de dois anos já, mas pelo visto o estereótipo da Bel sobre este cabelo ser coisa de playboyzinho de merda é alarmantemente mais preciso do que eu imaginava.

      PS: Não precisa escrever “%&%¨%*”. Pode falar palavrão na internet, sério. A sua mãe provavelmente nem vai ficar sabendo.

    • http://www.facebook.com/people/Eduardo-Duarte/100001718217439 Eduardo Duarte

      É, os que assistem BBB tbm se destacam dos demais. tsc tsc

  • http://osexoeasmulheres.blogspot.com Deb.

    Bel

    Faltou só o “curtinho normal”, sem gel sem nada, que em geral é o meu preferido. Mas esse estilo pode ser qualquer coisa, né? A maioria entra nesse critério. De resto, minhas avaliações seriam bem parecidas com as suas.

    Quanto aos carecas, existe um mito de que os homens perderiam cabelo por causa de excesso de testosterona… ou seja, a careca significaria ser mais viril e potente… portanto altamente atraente. Mas já vi médicos desmentindo isso. (Só não explicaram porque os marombeiros anabolizados em geral ficam carecas… Dr Health, alguma informação a esse respeito?)

    Eu já tive cabelo curtíssimo, arrepiado, já tive chanel modernizado… mas há muitos anos estou no cabelão mesmo. Tenho muuuito cabelo, então quando dou uma repicada vira uma juba que eu adoro. E sou meio Sansão… aparar as pontas já me faz ficar meio caidinha por uns dias. Vá entender…rss

    • http://twitter.com/pelima Pedro Lima

      Valeu Deb! Salvou a pátria…

    • Dr Health

      “(Só não explicaram porque os marombeiros anabolizados em geral ficam carecas… Dr Health, alguma informação a esse respeito?)”

      Como você mesma já disse, calvície e testosterona estão intimamente ligados, Deb, e até por isso a calvície é algo exclusivo do gênero masculino. Tanto que um dos tratamentos para calvície é com finasterida, que é uma espécie de bloqueadora de testosterona, a grosso modo.

      Agora imagina um overdose de hormônio? Pois é, a cabeleira pode ir pro espaço.

      • http://osexoeasmulheres.blogspot.com Deb.

        Obrigada pela resposta, Doc. !

        E viva os anabolizados carecas. (Entre outros sintomas bem mais desagradáveis…) Acho bem-feito…

      • Msportugal

        Calvície nao é exclusivamente do home, há tb nas mulheres, porém em casos raros..

      • Cesar Nic

        Gene da calvície é recessivo para as mulheres e dominante para o homem.

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=683287513 Eddie Xavier

    Tinha cabelo estilo “asa-delta” durante minha adolescência e parte da vida adulta.
    depois passei pra cabelo comprido.
    Hj estou adepto do careca.

    O que eu digo sobre as fazes? semi-Cabeludo (bem cuidado)… Dependendo de onde vc mora te da um aproach maior com as minas. Mas o mais engraçado é que essas mesma depois que namoram com vc querem que vc corte (medo da concorrencia?)

  • http://twitter.com/luciano_ribeiro Luciano Ribeiro

    Pow, cadê pra galera dos cabelos enrolados?

    Me senti excluído da parada!

    ;]

    • Everton L.

      Verdade.
      queria saber a opniao sobre os enrolados tambem,
      e o que a autora acha dos “black powers”
      ou o estilo do proprio hendrix que a autora citou mas nao opinou

  • http://www.facebook.com/people/Lucas-Neto/100001393534145 Lucas Neto

    Eu até concordo que alguns estilos de cabelo parecem ser usados por tipos específicos de homens, mas acho que não da pra generalizar não. Eu mesmo uso um cabelo que encaixa no estilo arrepiadinho, mas minha atitude ta beeeeem longe de ser ao estilo playboy.

  • Anônimo

    ”Não sei bem se é dos carecas que elas gostam mais, mas eu sou completamente louca por esse estilo de homem. Malvado, forte, tatuado e cabeça raspada. Apesar da desvantagem de eles (normalmente) não serem muito românticos nem carinhosos – o senso prático parece que bloqueia as bichices que as mulheres tanto gostam – eu acho esse estilo um dos mais tesões da vida.”

    Muito bom escutar isso de uma mulher nos dias de hoje. O homem frágil tem ganhado cada vez mais espaço no gosto feminino, e isso me preocupa muito.
    Bom texto Bel.

    • http://twitter.com/gacarvalho Gabriel Carvalho

      Sou do estilo 1… Costumo passar a 1 baixa na cabeça e na barba, de forma que fica tudo igual. Descobri que desse jeito, as meninas nem sempre simpatizam, contudo, as MULHERES me olham com aquela cara de quem acha que eu sou tapa na cara com as costas da mão. Algumas gostam, outras não gostam nem de imaginar. Não tenho reclamações a respeito dos meus “números” com as mulheres, mas como o LUcas disse, felizmente ainda tem mulheres que gostam de homens em vez de menininhos…

  • lbarao

    post bem clichê
    estilinho de cabelo refletindo personalidade é coisa de mulherzinha…
    conheço um careca ‘malvado’ que tem um coração de ouro e só se fode na mão da mulherada e um arrepiadinho que é doutor em filosofia e ouve trash metal. pessoas são bem mais complexas que um estilo de cabelo possa revelar… E isso é assunto de revista Cláudia.

    • http://www.facebook.com/people/Rogerio-Carvalho/1037560926 Rogerio Carvalho

      Ibarao, quer saber? Clichê foi este seu comentario.

  • http://mude.nu Toni Durden

    O post é legal, mas o pedido de desculpar no fim do post acaba com o texto.

    Vejamos. A autora faz um post cujo conteúdo é 100% destinado a rotular e categorizar pessoas de acordo com seus penteados.

    Aí, no final, ela escreve “A intenção do post não é rotular nem categorizar ninguém”.

    Claro que é. E não há nenhum mal nisso, desde que se assuma o que se faz.

    Ninguém inteligente vai ficar ofendido com as categorizações. Elas são apenas opiniões pessoais, iguais as que todos nós temos. Não há motivo para se envergonhar ou pedir desculpas.

    O politicamente correto às vezes fode tudo.

    • Lucas Carvalho

      Nego anda com SÍNDROME DO POLITICAMENTE CORRETO ultimamente. Tudo é culpa do politicamente correto.

      José Alencar morreu? Provavelmente foi culpa do politicamente correto.

      • http://nao2nao1.com.br/ Gustavo Gitti

        Ser contra o politicamente correto é o novo politicamente correto.

        Basta ser um pouco cético e aplicar sempre a crítica a si mesmo. Desse modo, ganhamos a liberdade de usar qualquer discurso e nem surge a questão se é ou não politicamente correto.

      • http://nao2nao1.com.br/ Gustavo Gitti

        Ser contra o politicamente correto é o novo politicamente correto.

        Basta ser um pouco cético e aplicar sempre a crítica a si mesmo. Desse modo, ganhamos a liberdade de usar qualquer discurso e nem surge a questão se é ou não politicamente correto.

      • Dr Health

        Piti DETECTED

        (Cliquei no curtir sem querer.. Que se dane, pitis são politicamente incorretos, I like it)

      • Lucas Carvalho

        uhu como ele é rebelde

      • Lucas Carvalho

        uhu como ele é rebelde

      • Lucas Carvalho

        uhu como ele é rebelde

    • http://twitter.com/lemonndrop Bel

      “Ninguém inteligente vai ficar ofendido com as categorizações”. penso o mesmo, toni. a justificativa foi exatamente para os não-inteligentes. eu terminei o texto, reli e pensei “xô colocar um parágrafo a mais, explicando que isso aqui não é rotulação pros idiotas não ficarem achando que tô fazendo pose de dona da verdade”.
      (:

      • Anônimo

        Bah, e o pior é que mesmo assim ainda apareceu gente te achando com pose de dona da verdade!

  • http://www.facebook.com/people/Alexandre-Nery/100001320614171 Alexandre Nery

    Ja tive cabelão estilo o número 4. Só me arrependo de não ter experimentado dread.
    Eu aprovo o número 1. O ruim é que torra gilete, umas 2 por semana, sendo bem econômico.

  • http://www.facebook.com/people/Rogerio-Carvalho/1037560926 Rogerio Carvalho

    Gostei muito do post, Bel. Acho que o visual do cara é importante sim e tem muitos que tem medo de explorar isto. Falo isto de experiencia propria, por muito tempo fui do tipo largado, estilo “to nem ai”. Eu era cabeludo e usava uns farrapos. E era um peganínguem.

    Eu adoro cabelo medio pra longo, mas meu cabelo e meu rosto nao ajudam, por isto hoje uso medio pra curto. Acho que o cabelo marca muito o estilo do cara, uma coisa que nós homens precisamos explorar mais sem preconceitos (mas tambem tomando cuidado para nao cair no estilo metro). Neste quesito somos muito mal acessorados, pois ao contrario da mulher, que pensa nisto desde sempre, conversa sobre isto e tem revistas especializadas, nós homens temos mais dificuldade nesta area e poucas referencias. Por isto é tao importante um post como o seu.

    É importante colocar que um post como o seu serve como REFERENCIA, mas que cada um tem um estilo proprio e deve buscar o que é melhor para si, até porque ao seguir padroes estabelecidos, perdemos aquilo que buscamos e que é mais interessante, que é ter um estilo proprio, e que mostre quem voce é.

  • http://www.facebook.com/people/Douglas-R-Andreani/100001771545426 Douglas R Andreani

    Bom, eu era um semi-cabeludo, mais depois que passei na faculdade virei um bixo careca… fazer o que!!! O unico problema é que me falta tatuagens, musculos fortes, e cara de malvado…

  • http://www.papodehomem.com.br/ Guilherme Nascimento Valadares

    *Nenhum* post nosso tem essa pretensão, Marco.

    Os autores podem ser assertivos na opinião deles, mas continua sendo isso, a opinião de cada um.

  • http://www.papodehomem.com.br/ Guilherme Nascimento Valadares

    *Nenhum* post nosso tem essa pretensão, Marco.

    Os autores podem ser assertivos na opinião deles, mas continua sendo isso, a opinião de cada um.

    • wayne

      Quantas vezes mais será necessária essa explicação? :/

  • Tarcísio Rosa

    Black Power ( limpo e cuidado ) se encaixa em que categoria nisso aí ?
    E tem gente que trança cabelo, seriam vaidosos, cuidadosos ou só querem aparecer ?

  • Anônimo

    Eu uso semi-careca (nota A+?), passo a máquina 1 do lado e 1,5 ou 2 em cima, prático ao extremo, ainda mais pra mim, que ando de moto, só que tem que aparar a cada 30 dias no máximo, senão fica sem corte e estranho.

    Já passei a máquina zero algumas vezes quando era mais novo, mas dá mais trabalho ainda, pois tem que aparar com mais freqüência.

  • http://twitter.com/pudim182 Paulo Lameiro

    Ótimo post! No meu caso sempre alterno do semi-cabeludo SUPREMO bagunçado para um mais curto, no caso quando eu enjoou do cabelo grande e do trampo que dá.

  • http://twitter.com/alleixo Alexandre Wesley

    E o visual pro cabelo dos afrodescendentes foi sumariamente ignorado… a não ser que tenha ficado subentendido que está na categoria dos q devem raspar a cabeça…

  • http://www.facebook.com/people/Clara-Andrade/1301551499 Clara Andrade

    Eu visualizo o potencial dos carecas, mas prefiro cabelo. desde que eu possa bagunçar à vontade sem ouvir mimimi.

    • Anônimo

      Na verdade a ideia do cabelo arrumado é justamente ser bagunçado.
      Fazer mimimi quando mexem no cabelo deve ser coisa dos cabeludos e dos semi!
      Sei lá, tem cara que não gosta que mulher mexa no cabelo?
      Mulher bonita pode fazer o que quiser!

      • http://www.facebook.com/people/Clara-Andrade/1301551499 Clara Andrade

        Ah Eder, tem de tudo por aí.. mas cá na minha teoria os mimimizeiros desse tipo já têm uma cara de metrossexual com vaidade acima da minha e cabelo banhado no gel, o que logo gera repulsa. Ou seja, não encontrei reclamões, ainda bem!

      • http://www.facebook.com/people/Kleber-Joseph/100000142617642 Kleber Joseph

        Clara,

        Uso gel no cabelo e prefiro q não mexam somente no horário de trabalho (se bem q fica legal sem tbm), depois disso, fique a vontade de tirar e sentir a vontade.

        Como o Eder falou, a ideia é bagunçar. Tem mulher q adora fazer isso numa pegada forte =]

        Obs: sem gel fica liso aí elas gostam de mexer mais ainda.

      • Clara Andrade

        Kleber (nao tem botão de resposta pro seu comentário), eu vejo muitas pessoas usarem gel no cabelo no trabalho, um pouco né.. sem exageros. Deve facilitar, ou dá mais trabalho em passar o gel antes?? rsrs.. anyway, melhor não se importar com isso nas horas que realmente importam!

      • Hadan

        Quer coisa melhor do que ter cabelo médio-longo (o meu) ou comprido (que já foi o meu) e as garotas virem e passarem a mão, fazer carinho na nuca e coisa e tal? Tou me lixando pro cabelo bagunçado. Penteio normal e sigo em frente. Bom que fica no rodízio: as que vêem penteado e bagunçam e as que vêem bagunçado e arrumam. No fim, ganho a atenção de todas…

    • Sonnia200810

      kkkkkkkkkkkk tbem adoro bagunçar o cabelo do namorado d amigos enfim ……..

  • http://www.facebook.com/rodrigo.cambiaghi Rodrigo DAvola Cambiaghi

    E o palhaço descabelado?

  • Lucas Carvalho

    Realmente, faltou o cabelo NADA. O meu cabelo é o tipo nada: passo a máquina 4, dou um mês e corto de novo e fim. Não me dá trabalho nenhum, até porque sou eu mesmo quem passa a máquina. Econômico, simples, fácil, prático e eu acho visualmente bacana.
    Eu queria muito ser o tipo 1, mas não tenho coragem pra ser careca (por enquanto) e MUITO MENOS me encaixo na descrição proposta pro tipo, de músculos e tal – eu não pareço nem de muito longe com um jason statham mesmo depois de 18 pizzas.

    Eu realmente acho mulheres com cabelos longos bem mais bonito (encaracolado ou ondulado é melhor ainda), mas recentemente andei perdendo esse conceito e ando me agradando muito com alguns tipos de cabelos curtos.

    E sobre cabelos femininos: não sei quem inventou a chapinha, MAS SÓ PRA CONSTAR, a grande maioria dos homens (que eu conheço) não dá a mínima pro cabelo estar lisinho. Eu mesmo curto um ondulado ou até ‘meio ruinzinho’. Tão perdendo tempo à toa enfiando a cabeça numa prancha quente, geralmente vagabunda e com alto risco de explodir na sua mão.

    • http://www.facebook.com/people/Alexandre-Nery/100001320614171 Alexandre Nery

      Offtopic: A fine day to exit. Deu saudade, vou la ouvir. ;]

      • Lucas Carvalho

        hahaha cd foda com uma capa mais foda ainda =)

    • Samuel

      Muito bem lembrado… cabelo lisinho fica até mais sem graça.

  • Dado Teles

    Bel, parabéns pelo post! Achei muito divertido!
    E putz, como tem gente ranzinza (ou ranheta, como diria um amigo meu) por aqui! A autora escreveu um artigo manifestando a opinião DELA sobre homens, a partir de analogias a cortes de cabelo. E só. Aí vem nego dizer que o PdH quer definir regras e blá blá blá…

  • http://www.facebook.com/eloimm Eloim Machado Tavares

    Poxa, 10 anos de cabelo e na percepção acima estou com um B+… rs Porra Bel! Não esperava isso de vc depois de tantos anos lendo seus posts! Hahahha!

    “Cabeludos não são populares, nem os pegadores da turma, e menos ainda aqueles caras por quem as mulheres babam e suspiram.”
    Desculpa, mas você está errada! rs. Claro que tem muito(MUITOS!) manés com cabelo comprido que isso diz tudo, mas não sei se é como me cuido ou o meio que frequento que torna essa frase errônea! Heh

    Como alguém sugeriu acima, cite sobre barba num próximo post!
    ;)

    • Anônimo

      Quando a Bel falou que cabeludos não são populares, eu entendi como se ela tivesse falando literalmente em uma turma heterogênea dentro de uma escola, faculdade, trabalho. Quem baba e suspira pelos cabeludos geralmente são as meninas do rock/metal, e dificilmente tem uma quantidade de garotas na turma da escola, facul ou no setor do trabalho que gostem desse estilo e formem quorum suficiente pra você ser considerado popular num meio desse. Posso estar enganadas, mas eu pelo menos nunca vi turmas assim.

      No entanto, com esse cabelo e você se cuidando do jeito que diz que se cuida, sim, acreditamos que você seja bastante popular no bar, na night, nos shows … hehehe Espero que em outros lugares nada a ver com rock e afins também, muito me irrita a cegueira das moças de hoje em dia.

      • http://www.facebook.com/eloimm Eloim Machado Tavares

        Confesso que quando eu era mais novo era só nesse meio sim, mas o tempo passa e agente cansa de ser trevoso demais! Hahahaha!

        Concordo que há muita cegueira sim, mas têm diminuido com o tempo…

        É, arrancar suspiros mesmo só quem tem uma queda por rock/metal, mas às vezes aparece umas patricinhas que curtem também… rs

  • Rafael Dorcel de Souza

    Topete rockabilly… cafona D+ , logo se vê que a moça que escreveu esse post aí pensa diferente da maioria…mas não vou xingar, tudo na paz hehehe, até porque não quero e nem tenho que agradar “gostos capilares” alheios, me sinto bem com o meu “topetinho” ou simplesmente com aquela tapada de entradas, mais importante do que ter uma boa imagem é se sentir bem consigo. Vamos combinar que o jeito que alguém deixa seu cabelo não altera nem faz a personalidade de ninguém, exatamente como esta no final do post.

  • http://twitter.com/Lauro_Valente Lauro Wolff Valente

    Fiquei curioso para saber quantos anos a autora tem.
    Sei lá, às vezes dá para entender um pouco melhor seu texto, se souber disso. hehe

  • Fla

    Nossa, não achei que fosse tão comum minha atração por carecas malvados…huihauihaihua, guardo na carteira uma foto do namorado recém passado no vestiba, carequinha, bronzeado, sobrancelha falhada (ê trotes!) e uma cara de malvado que pqp! Agora como moço-formado-trabalhador ele não pode mais ficar com um visual mais “agressivo”,mas q eu lembro com saudades,ahhh eu lembro!

  • http://gabrielmoraes.com Gabriel Moraes

    inaceitável voce não ter posto os dread, coloridos, certinhos, semi-raspado….

    so vejo uma solução: parte 2

  • http://twitter.com/_Croco Adriano C.

    Parte 2 Djá!

  • Lilla

    Bel, você está certíssima…mas tá faltando os meus preferidos: cabelos cacheados! Ou você não curte “debaixo dos caracóis dos seus cabelos’?1

    • http://www.facebook.com/people/Clara-Andrade/1301551499 Clara Andrade

      Hahaauauahahhahaahuauha vero. se for um cacheado charmoso, ponto pro cabra!

      • Lilla

        E não é mesmo?!!! O que dizer de Marcos Palmeira, Du Moscovis,
        Eriberto Leão, Guilherme Winter, e alguns exemplares anônimos?! Para mim, é um estilo misto de rústico, cool e tudibom…

    • http://twitter.com/lemonndrop Bel

      eu tenho trauma de cacheado. o meu cabelo natural é estilo elba ramalho. foi mal a exclusão, não foi intencional! freud explica.

      • Dr. Recalque

        Bel,. É evidente que as mulheres menos privilegiadas fisicamente irão se dar dar mal com os bonitões de cabelo arrepiado.

        Esta é minha percepção de como as mulheres tratam os caras bonitos:

        Tipo 1 – Se jogam aos pés. Normalmente são de medianas para bonitas.
        Tipo 2 – Tratam normalmente. Bonitas e seguras.
        Tipo 3 – Tratam bem, porém sem se jogar. LINDAS.
        Tipo 4 – Tratam mal. Mulheres com complexo de aparência aperfeiçoado desde a infância.
        Tipo 5 – Acham que são gays. Feinhas que, para se auto-protegerem, dizem que gostam de HOMEM macho, viril.

        Bel, por curiosidade, qual seu comportamento com este tipo bonitão do cabelo arrepiadinho?

        Dr. Recalque

  • Mauro

    Bom o texto, mas ficou mto nos estilos antigos, podia ter explorado um pouco mais os cabelos curtos. Só falou daquele perfil de bombadinhos com gel…

  • Rodolfo Valiati

    Tenho um bom físico, mas sou calvo e vivia complexado. Umas amigas me disseram para passar a máquina e entrei pro time nº 1. Como tudo mudou ! aumentou a auto estima, consequente mente o atraction factor. Realmente a imagem é outra e elas adoram o visual careca mal. Se rolar um cavanhaque então…. Só uso máquina com pente 1,5 e não passo 5 dias sem dar uma manutenção.

  • Mattheus Costa

    Uso cabelo arrepiado, sou bom de papo, curto musicas boas e não preciso usar o cabelo arrepiado para compensar outras coisas que segundo vc não sobem. sobem sim e sobem muito, mas legal o post, tudo bem é o seu gosto.

  • http://brunomihira.com Bruno Cavalcante

    Eu corto meu cabelo 3x por ano!
    Sempre que corto eu corto no estilo “Arrepiadinho com gelzinho ou pomadinha”
    E ele cresce até chegar no Semi-Cabeludo…
    Então como você definiria meu estilo?
    Sou a mistura dos dois?
    Pois passo metade do ano com cada estilo de cabelo.
    Não concordei muito com a descrição do “Arrepiadinho com gelzinho ou pomadinha” pois eu gosto desse corte não por vaidade, mas por ser o mais fácil e rápido de pentear… taca gel na mão e bagunça o cabelo.
    E pra mim o estilo semi-cabeludo é muito dificil de mantê-lo e sempre que tento cortar pra manter, o fdp corta o cabelo demais e eu tenho que recorrer ao corte do gelzinho. E fora que o ar descontraido, relaxado não combina muito com algumas profissões…

    Belo texto por sinal!

  • Betotritto

    Putz! E eu que tenho o cabelo raspado mas me encaixo na descrição de um semi-cabeludo?

  • http://profiles.google.com/lukinhas.detonator Lucas Rodrigues

    faltou um tópico sobre cabeludos que tem o cabelo cacheado…não “black power”, mas cacheado

  • http://osexoeasmulheres.blogspot.com Deb.

    Categoria “Black is beautiful”. Adoro. :-)

  • Vitor_lellis

    ahhh!
    sou da turma do arrepiadinho

    mas completamente diferente deles
    magrelo, jovem, cabelo arrepiado e a personalidade forte e original kkk

    otimo post
    parabens

  • http://www.hynd.com.br/ Jorge Maluf

    XD Todo mundo esquece dos enrolados!

    • http://twitter.com/brunoananias Bruno Ananias

      Sério, já tava pra soltar os cachorros, quando resolvi vir ler os comentários…

      Não é a primeira vez que eu sinto essa falta de falar de ‘negros’ por aqui,
      talvez pelo pouco tempo que conheça o blog, tudo bem, não que não tenha visto nada,
      pelo contrário, na matéria sobre “se vestir sem deixar de ser hetero”, foi muito bom!

      Mas iaew, os negros? Morenos?

      (não é bem sobre cor de pele que estou reclamando, mas em específico alguns cabelos que deixaram de ser citados e comentados… Achei a avaliação bastante parcial, mas gostei do texto)

      Então vamos lá:

      E os cabelos Crespos? Enrolados? Black’s?

      E os penteados exóticos? Moicanos? Dreads? Rasta?

      E quanto as opções químicas? Tratamentos? Os que são adeptos!?

      Hehe’ Acho que é só…

      se tem uma coisa que eu acho o fim, é arrumar o cabelo e não permitir nem a mulher
      na hora do clima da pegação tocar na ‘obra de arte’, ah gurizada, vão a @#$%! seus… kkkkk’

      • Luizmacedo

        Normal cara!!!

        A não ser em blogs e sites direcionados ao público negro, vc n irá encontrar nada em relação a esse público, qdo cabe esse tipo de referência como nesse post sobre cabelos.

        Teve uma vez que fizeram uma reportagem sobre o Bella da Semana. Perguntei porque não havia modelos negras do tipo Taís Araújo, Beyoncé, Quitéria, etc… disseram que não chegavam até eles e que estavam ainda à procura. Isso no país com a maior população negra depois dos paises africanos… penso que há um esquecimento premeditado ou natural…

  • http://www.hynd.com.br/ Jorge Maluf

    XD Todo mundo esquece dos enrolados!

  • Carol

    Texto bacanudo, Bel!

    Passo reto dos tipos 2 e 7. Bem looonge mesmo. Homem mais vaidoso que eu é díficil de aturar. Caspas e cabelos sujos então… Eca!

    Só acho uma pena que existam homens que estão ficando carecas e não assumem de vez o estilo. Penso que fica mais ridículo quando tentam medidas para disfarçar a calvície. Raspa a cabeça de vez, cidadão!

    Abraço

  • http://www.facebook.com/people/Anderson-Dos-Santos/100001105823750 Anderson Dos Santos

    Sou um Semi-Cabeludo com muito orgulho!

    Gostei do post. De ver por causa do A++.

  • Diego O’bryan

    Tenho boa genética capilar, logicamente é previsível a idéia de que quando pequeno, usava aquele cabelinho orgulho da mamãe, liso, corte surfista, partido no meio e jogado pra trás. Usei este tipo de cabelo até os 11 anos, era sucesso absoluto com as menininhas hahaha… Enfim, todos sabem que quando se é novo, tem muita menininha a sua volta, curte música de qualidade (rock n’ roll, fato) e tem um cabelo grandinho, a tendência é ser um inimigo da tesoura e deixá-lo crescer. Aos 14 anos, já era um headbanger completo, com um cabelo que ia até pouco abaixo do ombro, e das inúmeras menininhas que me rodeavam, ficaram apenas as góticas e depois nem góticas que diziam curtir um metalhead, eu tinha caindo na minha teia. E assim foi, longos 3 anos sem dar 1 beijo, mas o que parece algo ruim, foi a melhor coisa da minha vida! Ao invés de me render ao gosto da minha geração imbecil, cresci mentalmente, me tornei alguém malicioso, sagaz e só aos 17 anos, cortei meu cabelo curto e por ser liso, eu apenas o bagunçava, o que foi um chock para as criaturas que antes me desprezavam, apenas pelo meu cabelo e aparência de metaleiro. Hoje, no final dos meus 17, já me tornei um expert em inúmeras coisas, das quais homens em geral são ainda meros iniciantes, como por exemplo, já namorei 8 garotas ao mesmo tempo, peguei 23 mulheres em apenas 1 noite, e apenas parei porque consegui a mulher que encaixa perfeitamente nos meus gostos. Acredito que qualquer um que tenha passado o que passei, se tornou assim e sabem do que estou falando. Hoje sou um cara de cabelo curto bagunçado, no estilo do cabelo do Rodrigão, mas com um toque especial, ou seja, a personalidade marcante de um homem PDH!

  • http://profiles.google.com/mateus.ca mateus costa

    Sou carecão malvado. Também curto Obituary, Dark Funeral, Cradle of Filth, Slayer, Behemot *_*.

    Bel, casa comigo?

  • http://fabiobracht.tumblr.com Fabio Bracht

    Mais um semi-cabeludo aqui (apesar do que demonstra o avatar desatualizado e fictício que eu preciso urgentemente trocar para uma foto melhor). Assim serei e assim permanecerei!

  • http://twitter.com/brunosanches brunosanches

    é sempre muito divertido ler esses tipo de post. definir uma personalidade apartir de uma só caracteristica alem de divertido é muito dificil, por isso muito bom o post

    claro que,contudo, nao podemos generalizar oque está escrito no post.em elguns sentidos: nem todas as mulheres teem o msm gosto, e é obvio que uma personalidade nao pode ser definida somente pelo cabelo

  • http://twitter.com/_Shi Shi

    Me encaixo no 4 apesar de não ouvir muito metal, enfim. De bom agrado o B+.
    E discordo de uma coisa; “eles gostam mesmo é de um cabelão”…
    Prefiro 10x uma garota com chanel, branquinha, …do que esse estereotipo de mulher “sexy” pra uns.

    Feliz comigo mesmo e isso que importa.
    Ps; Um de barbas!

  • Jack Holland

    O post foi engraçado, curto esse estilo de texto com “rótulos”. Só não dá pra servir como referência, tendo em vista o gosto meio duvidoso da Bel, que costuma não seguir a corrente principal das mulheres.

    Gostaria de saber a opinião feminina sobre cabelo liso estilo moicano “médio”, sem gel nem creme. É o que estou usando. Com costeleta e barba ralinha. Quase todas as mulheres que pego não param de ficar passando a mão nele, isso é um bom sinal? hehe

  • http://www.facebook.com/people/Lucas-Barbalho/100000256329537 Lucas Barbalho

    E a franja bagunçada, onde se encaixa? Taco o cabelo pra frente, dou uma chacoalhada e deixo do jeito que ficar. Ah, as mulheres podem puxar e desarrumar a vontade (já é desarrumado mesmo), sem mimimi!!

  • Julio Soares

    Tá í, gostei. Como meu cabelo é uma desgraça, duro feito pau, grosso igual tora e cresce pra cima como uma árvore, não sei como ainda não dei um fim nele.

    Vou raspar ao modo antigão, na navalha !!!

  • Aldo

    Bel (não sei se foi essa sua intenção) mas com o seu texto percebi que existe homens e cabelos pra todos os gostos.!!!
    Eu odeio o meu cabelo – quando ele cresce – fica liso crespo ondulado. Só fica legal quando eu corto e aí fica a impressão de que é liso.

    Abraços.

  • http://twitter.com/gbpgabriel Gabriel B. Picanço

    Post legal! Eu uso o meu meio Rockabilly meio bagunçado. Não sei dizer em qual categoria se encaixa. Se encaixa na minha. rsrsrsrs. Mas concerteza roupas e cortes de cabelo não definem um homem, mas concerteza dizem algo sobre ele. Seja em termos de estilo, atitude, gosto, e talvez até higiene. Achei interessante, por que o hoje eu estava lendo O Caráter de Charles Chaplin, e dizia justamente isso. Não vi o texto como um senso de regra geral. Ta mais pra uma análise em larga escala. Sei lá, não me ofendi ou nada dessas coisas. Foda. Talvez por que eu seja um cara antenado nessas paradas de estilo. FODA-SE, aqueles idiotas que ainda acham que isso é coisa de gay. Foi com essa mudança que eu enrabei muita mulher por aí. Acho que o PdH podia ter mais post assim.

    PS: Bel, eu sou exatamente o estilo dos semi-cabeludos, porem com cabelo pro alto como disse, casa comigo?

  • http://profiles.google.com/guigpaiva Guilherme Gomes Paiva

    Agora falta falar das Barbas!! eu curto mto ficar trocando de estilo de barba uasuhus queria idéias do que é legal e o que é medonho!!

  • Gabriela André

    Prefiro homens com cabelo… nada mais excitante que dar aquela puxada!

  • Daniel Souki

    Putzzzzzzzz…

    Estou na categoria do gelzim.. Mas não sou vaidoso.
    Apesar de aparentar ser muitoooooooooooooooo vaidoso, eu não sou…Sério viu.

    Já fui careca, ficou ridiculo.. o formato do meu rosto não contribui para isso.
    E tb já fui cabelo curtim sem gel.. fica bom demais.. mas meu cabelo cresce rapido..aff

    Adoro os post dessa mulher
    Abraços

  • Daniel Souki

    Putzzzzzzzz…

    Estou na categoria do gelzim.. Mas não sou vaidoso.
    Apesar de aparentar ser muitoooooooooooooooo vaidoso, eu não sou…Sério viu.

    Já fui careca, ficou ridiculo.. o formato do meu rosto não contribui para isso.
    E tb já fui cabelo curtim sem gel.. fica bom demais.. mas meu cabelo cresce rapido..aff

    Adoro os post dessa mulher
    Abraços

  • http://muitapimenta.com Francis Rosário

    Por muito tempo fui do time dos cabeludos, mas recentemente resolvi dar uma aparada no negócio e entrei pro time dos semi-cabeludos (ou quase isso). Até agora só recebi elogios por isso.

    Daqui um tempo pretendo rockabilly with costeletas, já que combina bastante com meu estilo.

    E ai Bel, rola?

  • Luiz Fernando

    Estou enquadrado no “arrepiado com gel”.
    Desde que me conheço por gente foi assim e sempre quis mudar.
    Cheguei a pagar R$ 40,00 em um corte (corte masculino aqui na região não passa de R$ 10,00 em salão e R$ 6,00 em barbearia). Mas, não adianta… meu cabelo, se deixar crescer, vira juba, muita juba! Ele cresce pra cima, e não pra baixo! Não tenho traços fortes e marcantes para raspar e, ainda, sou magro (estou fazendo academia pra melhorar), mas tenho vontade há anos. E além de tudo, é liso. Não encontrei saída, se não deixar aparado, meio bagunçado, com gel e topetinho… mas vou mudar, ah se vou!

    A propósito, não me considero playboy. Nem um pouco! :)

    • http://www.facebook.com/people/Kleber-Joseph/100000142617642 Kleber Joseph

      Mesmo caso do Luiz.

      Ser magro e cabeludo não dá! Temos condições de deixar como do Dave Grohl e outros cortes do tipo… mas viramos um ser cabeçudo e estranho.

      E Bel… é bom saber q vc gosta assim, se um dia conseguir me chegar num nível em q o corte e o físico estejam ok, te chamo de “benzinho” ou como vc quiser hahahah =]

      Ótimo post!

  • http://twitter.com/lemonndrop Bel

    HAHAHAHA, tua patroa é cruel, hein? acho que toda cabeça é “muito arredondada”, véi… é só acostumar.

  • http://twitter.com/lemonndrop Bel

    PQP, eloim… mas o seu cabelo é lindo mesmo. compreensível que ele chame a atenção.
    mas confessa aí: já te confundiram com mulher quantas vezes por causa dele? seja porque te viram de costas, ou nêgo passou de carro e só te viu de relance e tal. isso acontecia direto quando eu namorava os cabeludos, os caras paravam e “NOSSA, DUAS MINAS SE PEGANDO *-*” hahahahahaha.

    • Anônimo

      isso acontecia direto quando eu namorava os cabeludos, os caras paravam e “NOSSA, DUAS MINAS SE PEGANDO *-*” hahahahahaha.[2]

    • http://www.facebook.com/eloimm Eloim Machado Tavares

      Poxa, obrigado!
      Olha, confundiam mais quando eu era mais novo… Muitas vezes de sacanagem mesmo..
      Faz anos que isso não acontece comigo. Acho que por causa dos ombros e meu modo de andar(não estou querendo dizer ‘largado’ aqui!) mais a barbixa cultivada.. rs
      De soltar essa “Duas minas se pegando” é só os brothers mesmo zuando… hahaha!

    • Sonnia2001810

      kkkkkkkkkkkk ja aconteceu comigo tbem pensaram q eu estava com uma mulher até nos xingaram kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • http://twitter.com/lemonndrop Bel

    tenho 24, lauro (:

  • http://www.facebook.com/people/Maurícia-Berne-Brandão/100000811868850 Maurícia Berne Brandão

    A cada nova visita pelo PDH me assusto com o número de homens nada PDH que aparecem para reclamar de algo… Mas bem, “C’est la vie”, esse é um espaço democrático!

    Mas o papo aqui é a opinião sobre as madeixas de vocês, fonte de testosterona!

    Primeiro, Bel, belo texto!
    Gente, não que seja primordial, mas um homem bem cuidado salta aos olhos! Não precisa exagerar como o Beckham (nada de ter mais cremes e espelhos que eu), mas uns minutinhos gastos com isso pode garantir algumas horinhas a mais de diversão ;-)

    A cada nova fase de minha vida, gosto de mudar o visual. Já tive cabelo cacheado, liso, rapunzel, com franja e agora, bem curtinho. E com os homens é a mesma coisa.
    Já curti cabelo hora bagunçadão, hora mais arrumadinho, mas sempre um pouco mais compridos. Com gelzinho e arrepiado, JAMAIS!
    Tenho uma tara enrustida por um belo careca bad boy, ainda não realizada… Um dia!
    Meu último namorado tinha um topete à la FHC, um pouco mais bagunçado, eu AMAVA!

    A reclamação sobre os cacheados procede. Um belo moreno com cachos me remete a algo caliente!

    Mas há um tipo de cabelo que me fisga. Os grisalhos! Ahhhhhhhhhhh, os grisalhos!
    Sonho de consumo! Sabe aquela Ferrari vermelha que aparece nos sonhos de 110% dos homens? Pois bem, os grisalhos são minha Ferrari!

    Mas como disse a Bel, estando sempre lavadinhos e cheirosos, todos são bem vindos. Não, todos não, com gelzinho e arrepiado continua sendo JAMAIS!

  • Jahmila

    Nem mais!!! O post diz tudo!!!
    Homens que raspam os cabelos, são os melhores! Tal como homens gostam de mulheres femininas, gostamos de homens machos, e o careca transmite essa imagem de virilidade… sem falar que eu associo logo a um homem, que não tem medo de dar uns tapas, puxar o cabelo, e te fazer você implorar na hora H!
    O segundo lugar vai para os semi-cabelos também, foi descrito muito bem, ele passam uma imagem muito zen, de pessoas relaxadas e simples… adoro.
    Os outros que me perdoem…

    P.S- e o que não é uma barba! Barba é tudo… para mim (lógico) Homem com barba independentemente de ser qualquer um carecão malvado ou um semi-cabeludo, é um tesão!!!

  • http://www.facebook.com/people/Kleber-Joseph/100000142617642 Kleber Joseph

    Se ela comentar de barba espero q fale dos “lisos” pq enquanto o tempo passa minha barba não cresce hahaha.

    Conheço mulheres q adoram cabeludos e não trocam por nada, claro q a preferência vem das rockeiras/metaleiras e afins.

  • http://www.facebook.com/people/Kleber-Joseph/100000142617642 Kleber Joseph

    Se ela comentar de barba espero q fale dos “lisos” pq enquanto o tempo passa minha barba não cresce hahaha.

    Conheço mulheres q adoram cabeludos e não trocam por nada, claro q a preferência vem das rockeiras/metaleiras e afins.

  • M.N

    Que tal fazer um texto sobre os estilos de cabelo… só que das mulheres? :)

  • http://www.facebook.com/people/Kleber-Joseph/100000142617642 Kleber Joseph

    Tenho um amigo q deixa aquele Blackpower (bem cortado e redondo msm) e depois faz umas tranças na raiz, fica muito estiloso.

  • http://www.facebook.com/hatus.cordeiro Hatus Cordeiro
  • http://www.facebook.com/people/Gustavo-Henrique-Gordo/100000230207408 Gustavo Henrique Gordo

    Ah, que coisa linda é o amor. Se pegar ouvindo Slayer e Obituary, é no mínimo excêntrico. Tento imaginar mas não consigo, não há cenário para isso, só me resta dar risada.No bom sentido,claro.

    Fico no estilo Hank Moody/Semi-Cabeludo. Porém, confesso que sempre quis experimentar um black power, mas sem ser cafona, ou seja, com um pente nele.

  • http://twitter.com/soriacarol

    Carecas malvados e malhados realmente fazem muito sucesso. Mas justamente por isso nem gostaria muito de namorar um tipo desses. Muita concorrência. haha. Os meus preferidos: o cabelo curtinho e sem sal e o cabelo de topete q nem elvis. Acho massa.

  • pança

    e pra quem tem a cara redonda a.k.a. gordinho (além de emagrecer)?

  • Dr Health

    Nome de mulher mais lindo que eu já vi!!

  • Dr Health

    Nome de mulher mais lindo que eu já vi!!

  • Rodrigo

    Sou suspeito pra elogiar um post da Bel, termino de ler e já lembro dos tempos do Ato ou Efeito.

    Eu usava o estilo Cabeludo-roots, deixando eventualmente uma barba de 1~2 meses no rosto. No inicio do ano decidi mudar um pouco e me inspirei mesmo no Dave Grohl pra ficar Semi-Cabeludo, alem da praticidade deu pra notar que agradou mais o publico feminino.

    E quanto a genetica, ja tomo finasterida desde ano passado e entrei na academia esse ano. Se nada(ou tudo) der certo vou me espelhar no Jason Statham!

  • http://www.facebook.com/people/Matheus-Borges-Ziderich/100001305638304 Matheus Borges Ziderich

    Sou semi-cabeludo e meu apelido é Dave Grohl. Bel, qual seu telefone?

  • http://www.facebook.com/people/Diego-Froes/1401156007 Diego Froes

    Carecas malvados(e não anabolizados) rules!

  • http://www.facebook.com/people/Diego-Froes/1401156007 Diego Froes

    Mas confesso que já fui da turma do “não mexa, não toque nesse meu cabelo!” hauhauaha!
    Como a gente muda…
    Por mais que digam que não, a aparência é um negócio (estupidamente) importante.
    Depois que eu pelei a cabeça(e lá se vão uns 4 anos) passei o rodo.
    Depois, de cabeça pelada e barba.. passei o carro, trator, rolo compressor, sei lá(you get the picture).
    Infelizmente é a realidade…

  • Anônimo

    Como sempre, os posts da Bel são excelentes! Me diverti muito com os comentários também! =D

    Fico feliz de ver que vários homens se cuidam e estão dispostos a se cuidar melhor. Continuem assim, rapazes! Cuidar-se não é frescura, é saúde! Quando você está bem consigo mesmo, transparece e muitas vezes aumenta o charme 100%, independentemente do seu estilo de cabelo.

    Indo pro assunto principal, meu estilo favorito são os cabeludos! Ah, os cabeludos! *_* Tá ficando meio escasso de cabeludos =(, pelo menos aqui pelo RJ… Mas não tem problema! Curto semi cabeludos também, especialmente os CACHEADOS (pra quem reclamou da baixa representação)! Ou carecas tatuados, fortinhos! Franja na testa e gel no cabelo só se forem uns orientais gracinhas saradinhos que sabem dançar muito (mais alguma curte oriental aqui? acho que só eu haha). Se bem que o Zac Effron e Ryan Phillippe não seriam recusados, mas não vem ao caso.

    Meu namorado tem cabelos cacheados (mais liso na raiz e cachos largos nas pontas) e sempre foi cabeludo. Mas vira e mexe ele enjoa ou fica calor demais e ele corta curto. No início fica estranho, mas quando começa a ficar semi cabeludo que é bom! Ele deixa costeletas, cavanhaque e bigode (opcional) bem feitos também. E como ele é moreno, fica meio, latin lover, meio Antonio Banderas. Huahuahuahuahuauha

    Os meninos dos cabelos CACHEADOS que se sentem excluídos, podiam tentar essa dica. Se funcionar, por favor postem fotos! hehe

    Ah, Bel, também voto em um post sobre barbas! =D

  • http://donluidi.wordpress.com don luidi

    belíssimo post!!! eu sempre tive o cabelo curto, algumas vezes estilo militar, outras vezes espetado e curto… cabelo comprido não curto pelos meus traços faciais.

  • Bunny_

    estilo nº, 1 é tudodebom! sem dúvida :)

  • http://www.facebook.com/caiocobra Caio Cobra

    Foda, Bel.
    Incrível como alguns dos meus textos favoritos aqui no Papo de Homem são escritos por uma mulher.

  • http://profiles.google.com/andrefd andre deuner

    tomei um F sem dó nem piedade ahahahaha

  • Murillo Portugal

    o que me desaponta nos artigos sobre cabelos masculinos é que são 90% voltados para cabelos lisos, sendo que no brasil cabelos lisos rpresentam a menor parcela da população, basta lembrar que o brasil é o país com maior descendência negra fora do continenete africano. Fica a dica para os ondulados, encaracolados e crespos: se tiver um estilo moderninho arrisque um black power ou “anjinho”, csso precise ser mais sério(emprego, personalidade), mantenha o estilo “curtinho sem sal”, que na verdade tem muito sal sim! é um dos cabelos favortios, pois não definem tanto a personalidade de seu dono(já que quase todos podem ter esse cabelo), o que deixa um ar misterioso para as mulheres tentarem descobrir “quem é a desse cara?”. É o cabelo + democrático e que transmite mais confiança.

  • http://profiles.google.com/meira.davi DAVI MEIRA

    Admito que já fui um não toque no meu cabelo durante a adolecência. Depois a fase Metaleiro locão com cabelo comprido para hippie doidão, ai fui pro cabelo curto sem nada. Mas agora me identifico muito bem com a careca. Além de ser prático ao extremo, um vento na careca é bom por demais.
    E vcs carecas, já esperimentaram roçar na sua mulher com a careca igual se faz com a barba? por que não? (:

  • Jricci

    meu eleito: semi-cabeludo. descontraído, bem-informado, engraçado, do tipo que não gosta de brigas, possivelmente um gosto musical bom com um pé no rock.
    peguei, não largo e não divido!!

  • http://twitter.com/johnnyschulte João Vitor Schulte

    Não me encontrei nas descrições… haha tenho o cabelo normalmente bem curto mas só na tesoura mesmo, de todos o meu parece mais com o arrepiado mas não uso gel e não ligo que as mulheres baguncem e não me encaixo no perfil que foi citado também !!!

  • http://www.facebook.com/people/Alice-Donato/1130987467 Alice Donato

    Bel, o estilo “careca-Bruce-Willis-me-joga-na-parede” tb é o meu favorito… ui! Mas senti falta de comentários a respeito dos cabelos cacheados e crespos, bons candidatos a me fazer suspirar.

    E ia ser legal tb um post a respeito da imagem que as mulheres querem passar com as respectivas madeixas. Eu to na fase do castanho liso (é natural e eu posso provar!) compridão que eles tanto gostam. Isso quer dizer que eu to podendo passar o rodo? Hahahaha!

    Beijão!

  • Victor Cavalcanti

    Eu estou entre o franjudo e semi-cabeludo, mas a descrição que se encaixa como uma luva é de fato a do semi-cabeludo. Gosto de minha cabeleira um pouco arrepiada e tudo mais. Hoje em dia as comparações vão de Justin Bieber, (que me deixa muito puto), à Jonh Lenon (que me deixa muito satisfeito :P). No mais, excelente post Bel ;)

  • http://www.facebook.com/people/Matheus-Costa/100002117497909 Matheus Costa

    Apesar de malhar e praticar esportes, uso máquina um por ter cabelo duro mesmo!!! hehe

  • Anônimo

    Meninos, por favor, NÃO raspem a cabeça!!!

    Ao contrário da Bel, muitas mulheres preferem os caras com cabelo.. eu sou uma delas.. ADORO cabelos.. adoro puxar seus cabelos enquanto os beijo :D

    Ah … e claro que sem aquele gel gosmento é muito melhor.

  • Samuel

    Acho que o texto não teve a intenção de comentar TODAS a opções existentes de penteado/tratamentos capilares… ela mesmo escreveu que abordou apenas os que julga mais comuns.

  • http://www.facebook.com/people/Humberto-Gomes-Alagia-Jr/100000504722442 Humberto Gomes Alagia Jr.

    Pô, sacanagem… faltou o meu, quase uma transição entre o cabeludo roots e o semi-cabeludo.

    Parte 2!

  • Anônimo

    Um amigo da austriaco uma vez me disse, “se seu cabelo não gera comentários, ele pode ser melhor”.

  • http://pulse.yahoo.com/_RDI2DFLUKNCJN3FKNIQKVF4MWQ Bruno R. Cobain

    Ai sim, recebi um B+ pelo meu cabelão de metaleiro m/

  • http://www.facebook.com/gil.andrade2 Gil Andrade

    … o meu lance é quase o mesmo do brother cabeludo ali de cima… sempre curti meu cabelão e muito som da pesada (hoje continuo com meu cabelão, só que um pouco mais tranquilo…)… só que o fato é que não tô nem ai – quem quiser pegar, pega… quem não, que vá balançar o de outro… rssr… acho que é por isso que nunca tive maiores problemas com a mulherada… é claro que, junto com o cabelo (que está sempre limpinho – minha conta de luz que o diga… rsrsrsr), vem a boa educação e tudo mais… eu sei é que sou bem feliz assim… nada a reclamar… o que eu penso é que tem gente que se molda pelo cabelo que tem e não pela própria personalidade… seu cabelo é só algo que tem de lhe agradar primeiro… as consequências benéficas vem naturalmente… e sejam felizes!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • http://www.facebook.com/people/Lissandra-Amorim/815542169 Lissandra Amorim

    Adoreiii o post!!!Concordo com quase tudoo…mas no grupo dos “arrepiadinhos” tem aqueles que não usam gel, têm o cabelo bonito e não se preocupam tanto com a arrumação dele…esse são ótimos!!!
    Meus preferidos também têm sido os carecas…e cabeludos pra mim, a priori, não rola!!=D

  • http://profiles.google.com/digaum89 Rodrigo Pessotti

    “(…)Faltou bastante coisa ainda, como os rastafáris, os cabelos coloridos, dread locks, mas preferi ficar nos mais comuns mesmo.(…)”

    Calma lá, galera. Se tiver que escrever pra todos os tipos de cabelos, a Bel não acaba hoje.

    Parabéns por mais um ótimo texto, Bel! :)

  • http://twitter.com/fernando2312 Fernando

    Indicíos de calvície na minha cabeça e a solução que adotei sem pestanejar foi uma vez por semana eu mesmo passar a máquina zero e e a gillette. Máquina zero no cabelo e na barba. Estranhamente só uso gillete na cabeça, na barba nunca. O mais legal é depois de uma semana, quando o cabelo está começando a nascer as garotas adoram ficar passando a mão rsrs.

  • http://twitter.com/ninaaubasi Nina Aubasi .

    Quando li o título do post, pensei : – Oba, mais uma que vai dizer a importância de uma boa puxada de cabelo (seguida de mordidas, lambidas e sussuros… ui! ).

    • http://twitter.com/johnnyschulte João Vitor Schulte

      Cada dia que passa eu penso que temos que nos conhecer pessoalmente o mais rápido possível !!! ;)

    • http://twitter.com/johnnyschulte João Vitor Schulte

      Cada dia que passa eu penso que temos que nos conhecer pessoalmente o mais rápido possível !!! ;)

      • http://twitter.com/ninaaubasi Nina Aubasi .

        Concordo 100% ;)

      • http://twitter.com/johnnyschulte João Vitor Schulte

        Será o Papo de Homem formando um casal???

      • http://twitter.com/ninaaubasi Nina Aubasi .

        Concordo 100% ;)

      • http://twitter.com/ninaaubasi Nina Aubasi .

        Concordo 100% ;)

    • http://twitter.com/johnnyschulte João Vitor Schulte

      Cada dia que passa eu penso que temos que nos conhecer pessoalmente o mais rápido possível !!! ;)

  • http://www.facebook.com/gil.andrade2 Gil Andrade

    … o meu lance é quase o mesmo do brother cabeludo ali de cima… sempre curti meu cabelão e muito som da pesada (hoje continuo com meu cabelão, só que um pouco mais tranquilo…)… só que o fato é que não tô nem ai – quem quiser pegar, pega… quem não, que vá balançar o de outro… rssr… acho que é por isso que nunca tive maiores problemas com a mulherada… é claro que, junto com o cabelo (que está sempre limpinho – minha conta de luz que o diga… rsrsrsr), vem a boa educação e tudo mais… eu sei é que sou bem feliz assim… nada a reclamar… o que eu penso é que tem gente que se molda pelo cabelo que tem e não pela própria personalidade… seu cabelo é só algo que tem de lhe agradar primeiro… as consequências benéficas vem naturalmente… e sejam felizes!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Kamila

    Eu sou louca, apaixonada, morro de tesão pelos carecas-fortes-tatuados. Mas tem que ter um rosto bonito. Infelizmente, não tive a sorte de pegar nenhum até hoje…..

  • http://twitter.com/raulfeldmann Raul Pedri Feldmann

    e o que ja foi careca, semi comprido (vide foto), arrepiado, franjinha (meio termo até o cabelo semi comprido) é o que?

    sempre que eu me enxo o saco de um corte eu mudo o corte, nao minha personalidade

    existem outras formas de passar uma mensagem, e falar apenas do cabelo é totalmente supericial

  • Anônimo

    Sobre o Jimi Hendrix:

    mimimi, foi pelo dinheiro (fama) ;D

    e o Kaká é evangélico.

  • Anônimo

    Sobre o Jimi Hendrix:

    mimimi, foi pelo dinheiro (fama) ;D

    e o Kaká é evangélico.

  • http://www.facebook.com/gil.andrade2 Gil Andrade

    … o meu lance é quase o mesmo do brother cabeludo ali de cima… sempre curti meu cabelão e muito som da pesada (hoje continuo com meu cabelão, só que um pouco mais tranquilo…)… só que o fato é que não tô nem ai – quem quiser pegar, pega… quem não, que vá balançar o de outro… rssr… acho que é por isso que nunca tive maiores problemas com a mulherada… é claro que, junto com o cabelo (que está sempre limpinho – minha conta de luz que o diga… rsrsrsr), vem a boa educação e tudo mais… eu sei é que sou bem feliz assim… nada a reclamar… o que eu penso é que tem gente que se molda pelo cabelo que tem e não pela própria personalidade… seu cabelo é só algo que tem de lhe agradar primeiro… as consequências benéficas vem naturalmente… e sejam felizes!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • http://www.facebook.com/renan.nascimento Renan Rodrigo Do Nascimento

    Meu estilo de cabelo:
    5. Arrepiadinho com gelzinho ou pomadinha

    Eu te juro que eu também não gosto do meu estilo, concordo plenamente com você.
    Mas elas gostam!

    HAHahhaha brincadeira, Bel.

  • Marcio

    quanta asneira, quer dizer que minha personalidade irá mudar conforme eu corto meu cabelo?

    Cabelo denorex – nem sempre é o que parece

    • http://twitter.com/lemonndrop Bel

      ai, meu jesus. “quer dizer que minha personalidade irá mudar conforme eu corto meu cabelo?”

      não. cê leu o final que “Nem roupas e nem cabelo fazem um homem, mas transmitem uma mensagem. A intenção do post não é rotular nem categorizar ninguém, apenas mostrar em linhas gerais certas imagens associadas a estilos capilares”, né?

      bjomeliga.

      • http://twitter.com/raulfeldmann Raul Pedri Feldmann

        primeiramente ele foi irônico creio eu e:

        “A iintenção do post não é rotular nem categorizar ninguém, apenas mostrar em linhas gerais certas imagens associadas a estilos capilares.”

        Você me desculpe mas mostrar em lnhas gerais imagens associadas a estilos capilares é rotular…oras.

        é muito prático rotular e generalizar e depois simplismente falar que nao vale para todos que existem outras coisas que formam a personalidade de um indivíduo e blablabla

        igual falar que toda loira oxigenada é burra e depois falar “ahh, estou mostrando em linhas gerais, não vale para todas”

      • Marcio

        Eu sei Bel, li todo o seu post, coloquei este comentário só pra você ter o trabalho de responde-lo. Sabe aquele negócio do homem provocar o ego feminino só pra puxar uma conversa, pois é… caiu na minha rede, rsrsrsrs.
        Até tenho algumas teorias sobre estilos e personalidades, mas só te conto pessoalmente…

      • http://twitter.com/lemonndrop Bel

        O_O
        sério, tem vezes que cês me assustam.

    • http://twitter.com/lemonndrop Bel

      ai, meu jesus. “quer dizer que minha personalidade irá mudar conforme eu corto meu cabelo?”

      não. cê leu o final que “Nem roupas e nem cabelo fazem um homem, mas transmitem uma mensagem. A intenção do post não é rotular nem categorizar ninguém, apenas mostrar em linhas gerais certas imagens associadas a estilos capilares”, né?

      bjomeliga.

    • DiihGross

      Asneira é ler um comentário desse..

      Cara..eu não achei que fosse tão dificil..rsrs..Só rindo mesmo..
      PERSONALIDADE não muda meu querido.
      O que ela quis dizer que muda é a Mensagem que você aos outros..
      Por exemplo, se você trabalha numa empresa grande, Tem que trabalhar de terno, tem contato direto com pessoas de fora e usar cabelo de Rockeiro (nada contra, obviamente) todo bagunçado, você estará passando uma mensagem contraditória.

      Não é personalidade, isso não muda nunca..Ou voce tem. Ou você não tem..

  • Marcio

    quanta asneira, quer dizer que minha personalidade irá mudar conforme eu corto meu cabelo?

    Cabelo denorex – nem sempre é o que parece

  • http://nao2nao1.com.br/ Gustavo Gitti

    Pelo contrário, nossas identidades mudam até mais rápido do que nossos cortes de cabelo.

  • http://nao2nao1.com.br/ Gustavo Gitti

    Pelo contrário, nossas identidades mudam até mais rápido do que nossos cortes de cabelo.

  • http://twitter.com/raulfeldmann Raul Pedri Feldmann

    cabeludo = shampoo especial + condicionador + horas no chuveiro + arrumar o cabelo toda hora…etc

    arrepiado de gel = shampoo anti caspa e só

    quem é mais vaidoso?

    alias eu achei bem legal o post, estou criticando pois realmente dá margem para discussão.

    e outra coisa eu vario entre gel e semi comprido por pura preguiça e praticidade e isso nao me impede de ouvir bandas como Meshuggah, Behemoth, Vader, Melechesh, Burzum etc.

  • http://twitter.com/raulfeldmann Raul Pedri Feldmann

    cabeludo = shampoo especial + condicionador + horas no chuveiro + arrumar o cabelo toda hora…etc

    arrepiado de gel = shampoo anti caspa e só

    quem é mais vaidoso?

    alias eu achei bem legal o post, estou criticando pois realmente dá margem para discussão.

    e outra coisa eu vario entre gel e semi comprido por pura preguiça e praticidade e isso nao me impede de ouvir bandas como Meshuggah, Behemoth, Vader, Melechesh, Burzum etc.

  • Victor Hugo

    Tenho cabelo meio crespo e usei a vida inteira um corte social. Passava a maquina 3 dos lados e abaixava na tesoura em cima. Mandava um gelzinho pra ajeitar e boa. Saia a noite e era mais comum voltar sozinho do que ficar com alguém. Depois de um tempo passei a poder investir mais em mim. Cansei do estilinho certinho. Comecei a fazer academia, usar roupas melhores e mais justas e raspar a cabeça na 1.5. Outro mundo … rs

  • Di

    ótimoo post!!! sempre tive uma queda por semi-cabeludos..

  • Marcela M.

    Hahah Bel, me divertir horrores lendo o seu post. Muito bom. Olha eu gosto do estilo playboyzinho, arrepiado do Jude Law, e também gosto desse primeiro tipo, o do Bruce Willis em filmes de ação, mas esse já não é muito vida real. Outro que acho bem atraente, é o cabelinho dos argentinos, acho que é porque lá, os homens em geral são bonitos. Enfim, adorei suas opiniões. Sobre barba? Amo, acho lindo cara com barba por fazer, mas aquele “por fazer” bem cuidado, sabem? E pro cara usar essa barba, ele tem que ter trato, tem que ter cara de banho tomado. Super válido mais posts sobre visual, cabelo, roupa, barba.

  • Debora Ferreira

    Show o post, Bel!

    Meu gosto principal é por cabelo arrepiadinho, semi-cabeludo e com franjinha, mas esse último depende mto..rsrsrs

    E claro, sempre bem limpinhos e cheirosos! :)

  • http://www.facebook.com/people/Rafael-Aguila/612779863 Rafael Aguila

    Li este post num momento em que penso fortemente em sair do estilo “cabeludo roots”, mas ainda não me imagino com outro estilo de cabelo, TENSO!

  • http://www.facebook.com/luizahsr Luiza Helena

    adorei o texto,concordo plenamente rs
    lembrei muito de um ex namorado,o cara brigou feio(de socos e o caramba) com um amigo pq o cara bagunçou o cabelo dele …..
    peguei trauma de cabelos meticulosamente arrepiados

  • Marcelo

    Mais um post que leio aqui a mesma coisa de sempre, os comentários ou são feitos pelos propios editores do site ou um ou outro bundão que sempre vem aqui e concorda com todos os tópicos, e se algum desavisado que chegou hoje ao site fala alguma coisa contra a rede de babacas daqui (sempre os mesmos) contra ataca. Agora o que eu mais acho incrível é o nível dos editores, num site feito para homens uma mulher que já deu para deus e o mundo acha que sabe tudo e que sua opinião é indubitável.
    Mas ela (você) Mel, Bel sei la o nome de “guerra” que usa é só mais uma p… solteirona que não sabe bosta nenhuma. Alias esse é o perfil de todos os editores do site uns solteiróes playboyzinhos baladeiros, viajantes que o papai paga para fazer intercâmbio em londres e se acham os fodões.
    Bom meu cabelo é meio longo não me ofendi com nada nesse site, mas tenho muita raiva de gente do estilo RATINHOS DE BALADA se acharem os donos da verdade. Mas o que mais me intrigou foram esses comentários todo mundo concorda com tudo em todos os posts, incrívelllllllllll, nenhuma critica, como tem em sites normais ainda mais site de homem !!
    Sei que os comentários são moderados e nunca postaram um comentário meu (nunca tinha chingado ninguem aqui) era só um recado para a mocinha rockeira, que provavelmente tem 15 anos ou idade mental idem….

  • http://twitter.com/johnnyschulte João Vitor Schulte

    Personalidade e uma coisa que as pessoas adquirem assim que saem de dentro das suas mães! todos temos mesmo que algumas mudem sempre de opinião, isso só significa que ela não tenha uma opinião concreta sobre certo assunto mas personalidade TEM!

  • http://www.papodehomem.com.br/ Guilherme Nascimento Valadares

    Mais um paraquedista aleatório passando por aqui. Diversão em frente.

    Vamos lá:

    1. Sim, somente os editores postam. Eu mesmo tenho 30 nicks diferentes. Dá trabalho mas compensa.

    2. Legal esse monte de raiva acumulada que você tem. Despejar numa caixa de comentários de maneira anônima também foi bem foda. Paguei pau.

    3. Os comentários sempre são postados. Quando passa de 80, é preciso apertar o botão “Carregar mais comentários” sempre que necessário. Coloque o tico e teco pra funcionar, não é complicado.

    Passar bem, Marcelo.

    • Marcelo

      Agora gostei!

      Vamos la :
      1.Nada contra você ser iletrado e ter visto que eu disse que “só os editores do papodehomem postam comentários”, apesar disso acontecer fora do comum nesse site, Não é preciso criar 30 nicks sendo que tem mais de trinta editores no site, ah não ser que o mentor do site (você? o maior cara de ratinho de balada/viajante “livre”/filhinho de papai – deve ser) tenha criado alguns virtuais, não, seria muita babaquice, impossível !

      2.Não tenho raiva, bela idéia, site bem elaborado, o que eu estranhei foi essa misteriosa coligação de idéias aqui, um site normal teria muitas idéias distintas, o que um brainstorm normal gera :

      troca de idéias e não alienação.

      Por isso acho ridículo os editores/colaboradores virem aqui comentar e sempre dizerem:

      “ai paul eu concordo…”

      “ai guilherme eu nunca tinha pensado nisso…agora vou pensar diferente….”

      parece um bando de viadinhos porra!

      O legal de você chegar em um lugar é poder discutir, discordar, argumentar, mas pelo jeito quem discorda aqui é xingado até pelo dono do site…. Bela maneira de conseguir acessos (money), também tenho dois sites e assim você vai longe!

      3.Pois é brother não vi o botão “carregar mais comentários”, talvez pelo fato de eu ter clicado no filtro: “ordenar por : recentes primeiro”, pela lógica eu não deveria ir até o fim da página para encontrar o botão misterioso “carregar mais comentários” ele deveria aparecer do lado do filtro .
      Talvez se você tivesse colocado o tico e teco para funcionar teria percebido isso na hora de programar o seu código, se é que você entende alguma coisa do assunto ou paga alguém incompetente pra fazer o trabalho.

      Boa sorte

    • http://twitter.com/lemonndrop Bel

      eu já desisti, guilherme. todo texto que posto aqui gera -no mínimo- um macho raivoso que me acha uma biscate-rodada-fútil-cretina-boba-chata-feia e que, pelo nível, deve desejar-me as gonorréias mais profundas do inferno.

      vou ali cortar os pulsos e já volto :’(

      • Marcelo

        não acho você….boba

        Porra mas vocês se ofenderam tanto por que? publicitários, sociólogos, acostumados a criticar e generalizar as coisas, parece que não estão acostumados com criticas. Não quis ofender nenhum cunho pessoal com minha indignação. Foda-se a vida pessoal de quem eu nem conheço, talvez sejam ótimas pessoas, ótimos profissionais, eu mesmo já convivi com muitas mulheres de…personalidade forte eram incriveis.

        Mas eu me indigno com esse pensamento tão unificado que existe entre os editores, é um saco ver esses comentários:

        “excelente texto bel”

        Pagação de pau! Queria ver mesmo alguns “nossa isso ta uma bosta!”, e é normal o site deveria ter entre os editores: a louquinha, a certinha, o nerd, o ignorante etc…enfim uma miscelânea legal nas idéias, sem ter um time de justiceiros pra xingar um vivente fora da ninhada que discorda de alguma coisa, liberdade de expressão, normal, não da pra ler num site cheio de PANELINHAS.

        gracie

  • Dado Teles

    Marcelo, se os artigos do PdH, bem como o que é postado nos comentários te incomodam tanto, por que você acessa o site?

  • Marcio

    Gross, não costumo responder, mas já que tu não entendeu minha provocação à Bel, te digo uma coisa, os tempos mudaram… Eu trabalho em uma grande empresa, multinacional, e ninguém mais trabalha de terno, talvez bancarios e vendedores de porta-em-porta ainda usem. A idéia agora é mostrar que a empresa é grande não porque seus funcionários usam uniformes e sim porque ela possui pessoas de personalidades próprias que sabem trabalhar em prol de objetivos coletivos.
    Abraço

  • http://murdock-brasil.blogspot.com Murdock

    Como eu imaginava, meu cabelo não está na lista.

  • Rico Peres

    Falou o estilo black! Cacheado!

  • http://www.facebook.com/maria.chaves Guta Almeida Campos Chaves

    Sou apaixonada por cabelos masculinos, muito mais que meu próprio cabelo.
    Sempre admirei uma cabeleira bem cuidada, e quando digo cabeleira, é cabelão mesmo, comprido, assim como a autora descreveu.
    Até hoje eu sou tarada por homens cabeludos, mas tenho visto que a maioria não está mais adepta às longas madeixas. Estão cada vez mais raros. Só pegar o exemplo da foto no item “cabeludos”. James Hetfield não é mais um deles.
    Também O-DE-IO cabelos “eretos” com gel. É bem do estilo escrotinho.
    Não sou mais tão seletiva assim (antes só queria os cabeludos), mas o meu “termômetro” de cabelo bom, é aquele q vc ainda pode puxar com as mãos. Vc sabe, né… na hora H é o envolve!

  • http://www.facebook.com/people/Rodrigo-Fernandes/100001086990648 Rodrigo Fernandes

    Divertido de ler o seu artigo. Confesso que to ate pensando em mudar as longas madeixas radicalmente para um moicano ou algum outro corte.

    Mas e a dor/arrependimento de se desfazer de algo que vc manteve por longos 14 anos? hehe

    Vou amadurecer melhor isso.

  • Marcelocardins

    Bel, eu sou seu fã porque você é sincera e prática, mais prática do que muito marmanjo por aí. Suas opiniões traduzem o olhar de uma mulher moderna que sabe o que quer. Não estou falando isso por causa do post em questão, mas pelo conjunto da obra, eu vibro sempre que tem texto novo de sua autoria no papo de homem. Só queria me declarar mesmo, você é ótima.
    obs: gostei da foto da garrafa.

  • http://twitter.com/lemonndrop Bel

    querido marcelo,
    se você tiver paciência, leia os outros comentários. tem bastante gente que discorda com fundamento, outras apenas contrariam pra encher o saco. você não está sozinho nessa empreitada, amigo!
    o que me admira é essa raiva toda aí, reprimida no seu coraçãozinho. solteirona, rodada, imatura, playboyzinhos metidos… o que é isso, companheiro? cê conhece algum de nós pessoalmente? eu já peguei alguma namorada sua? atropelamos seu cachorro acidentalmente? qual o motivo de tanto asco -pessoal, não pelo texto- jorrado nessa caixinha de comentários?
    já sei, tua mãe não te dá muito cafuné, né? vem cá c’a tia, eu te dou afeto _o_ (mas só um abraço virtual, até pra mim biscatice tem limite)

    se cuida, campeão!

  • http://twitter.com/lemonndrop Bel

    se você tá afim de cortar, corta. confesso que não visualizo COMO você pode manter o mesmo cabelo por 14 anos.

    mas corta com carinho, seu cabelo é lindo :~

    • http://www.facebook.com/people/Rodrigo-Fernandes/100001086990648 Rodrigo Fernandes

      Eu nao mantive exatamente o mesmo corte durante esse tempo todo. Ja cortei ate o ombro algumas vezes, mas ele cresce muito rápido, ja ta quase na cintura de novo… Enfim, acho que ja tive todas as variações de cabelo comprido. Eu somente nao me visualizo em outro visual, eis minha dificuldade. Apesar da vontade de mudar.

      Vou tentar! Se eu nao gostar, volto a ser cabeludo rs

      Valeu Bel!!!!

  • http://twitter.com/lemonndrop Bel

    se você tá afim de cortar, corta. confesso que não visualizo COMO você pode manter o mesmo cabelo por 14 anos.

    mas corta com carinho, seu cabelo é lindo :~

  • http://twitter.com/giooz Giovanni Zapparoli

    Nunca cheguei a ter um cabelo grande de verdade, usei cerca de um ano um pouco pra baixo do ombro, mas não achei muito prático então fui um “semi-cabeludo” por muito tempo, e até que eu gostava do meu cabelo desse jeito. Mas aí com aquela história de faculdade e trote acabei deixando rasparem minha cabeça, um pouco pela curiosidade (nunca tinha raspado), um pouco pela praticidade… e no dia que eu raspei me chamaram de pagodeiro pelo menos umas cinco vezes (vide foto), por causa da barba… (não sei viver sem barba, me desculpem). Eu até que gostei do resultado e da praticidade, mas como meu perfil não é de “careca malvadão”, prefiro usar ele um pouco comprido mesmo. Não chega a ser um dave grohl, mas é relativamente comprido. Pode não ser tão prático, mas combina muito mais com a barba e com o meu rosto :)

  • http://profiles.google.com/yurivilasboas Yuri Vilas Boas

    Eu já deixei meu cabelo até o peito, duas vezes. Meu cabelo até que cresce rápido, além de ser liso, então com uns 3 anos já fica legal. Mas eu sempre corto, mudo, penteio ou uso chapéus.
    Da última vez, gilletei a cabeça. Até grudava no travesseiro, na camisa. Meio que enche o saco, mas crescendo um pouco fica bom. É talvez o estilo que mais gosto, pela praticidade. Mas uma coisa que eu percebi que faz muita diferença, é a barba. Tem que tomar cuidado pra não ficar com um visual de bicho de faculdade, nem de presidiário; e uma barba bem cuidada dá conta disso.

    E ah, cabelo curtinho é bem legal, mas depende da mulher. Dá uma ar de sofisticação, bem feminino.

  • Vacilotto

    Com o cabelo tipo 3 eu passada o dia inteiro com a droga da cara tapada. Não tinha como trampar com aquilo tapando a vista e a maioria das minas com quem eu me entendia não curtiam o cabelo, quem dera os caras que só me zuavam.

    Com o cabelo tipo 4 era impossível conseguir ou ter paz num emprego. Se não fosse durante a entrevista a exigência para cortar a droga do cabelo (que algumas vezes aconteceu com o tipo 3), ocorria já empregado. Era cortar o cabelo (“Sua imagem é a imagem da empresa frente aos clientes”) ou eu é que seria cortado. Na visão de uns você é um motoqueiro vandalo destruidor, na de outros você é um nerd que quer pagar de mauzão.

    O tipo 1 é inviável para mim. Tenho a pele muito branca e já tive um troço na pele que tinha tudo pra virar um câncer. No verão fico mais branco ainda pois tenho que me tapar de protetor 60. Alem disso a minha cabeça é cheia de pintas grandes, calombos e depressões. Com cabelo não se percebe nada disso, mas eu me conheço bem e imagino a aparência de ogro que eu ia ganhar.

    O tipo 2 é o estágio intermediário meu, não gosto dele pois foge totalmente a qualquer controle, é sempre uma merda de arrumar além de ser bem fresco.

    Por muito tempo fiquei alternando entre esses tipos, e no fim o único tipo que é aceitável na minha area de atuação, que não em atrapalha pra trabalhar, que não é ridículo de tão fresco, que ninguém fica criticando dizendo que tá horrível, bem pelo contrário é o tipo 5 num estilo mais militar, mas sem ser muito curto, porem cheio de moderador ou gel com ultra fixação, senão os dois, pra deixar com a forma certa e muito pouco gel superficialmente pra tudo não ficar um ninho de corvo.

    Estilo é estilo, cada um com a sua preferência, mas isso de ficar taxando a pessoa pelo cabelo é foda. Larga mão de se fixar em aparência e preste atenção em como a pessoa age, pois é isso que interessa.

  • http://www.facebook.com/people/Dioplin-Stange-Bartz/1795097619 Dioplin Stange Bartz

    Já fui cabeludo. Já tive cabelo com corte “normal”. Hoje raspo a cabeça, máquina 1. É certo que em cada “época” tive admiradores distintas. Mas o que mais acho engraçado é ainda hoje, fico com mulheres que curtem cabeludos. Acho que é um carma meu. hehehe
    Mas aquela coisa, ache um corte que o faça se sentir bem. O que vai prender a atenção mesmo é tua personalidade.

  • Thiago Ribeiro

    Artigo Patrocinado… PDH Curva-se diante do Capitalismo?? Espero que não..

  • Marcelle

    Foi muito bom o post!!!! Meus preferidos hj são os cabeludos, mas transitaria bem tb nos semi cabeludos. Franjudos sensíveis só se fosse o Jared Leto.. ui….. Agora sobre os carecas, vc pegou pesado… Pegou a pura nata. aí não vale, né?? rsrsrsrs

  • http://www.facebook.com/people/Ize-Chi/100000475883655 Ize Chi

    uhahuauhhua

    Ri muito com o post! E CONCORDO com tudo que a Bel disse! Funciona assim, não adianta o que falem. A aparência conta SIM para a ideia geral que se tem da pessoa. Lógico, quando se conhece um ser esquisito, pode-se descobrir que é um cara legal, culto, bom de papo… Mas, à primeira vista, jamais daria papo a alguém com um look estranho e/ou mal-cuidado!

  • http://pulse.yahoo.com/_6MEAWS5KCHQWMNAWBINWXMNZXA flavia

    Viva os cabeludos!

  • Sszzas

    Cabelo me estressa, tinha um que era algo entre o emo e o meio cabeludo, tinha franja baguncada, sou magrelo, entao “”emo” era como as pessoas me taxavam.
    Mas cortar cabelo sempre me deixa tenso, raramente o barbeiro/cabelereiro faz um trabalho que me agrada, sou do tipo quieto e nao reclamo, até pq só percebo que ficou ruim ou errado quando chego em casa…
    Entao recentemente raspei maquina 5, e devo estar entrando pro grupo dos arrepiadinhos com gel em breve, assim que achar um profissional que cuide bem do meu cabelo, o que em 24 anos nao consegui.

    Realmente nao sei o que fazer.

    • SSZZAS

      um adendo:

      I WHIP MY HAIR BACK AND FORTH

  • http://www.facebook.com/people/Henrique-Moretti/100001275443748 Henrique Moretti

    Uso raspado que é mais prático rs

    Tenho muito saco com cabelo não, mesmo lavando e cuidando certinho.

    E careca até que cai bem em mim… hahahhaa

    Belo post.

  • http://twitter.com/gabrielpetrone @GabrielPetrone

    Ahh, gostei bem do post… apesar de usar o Cabelo Arrepiado. Só algumas diferenças, meu cabelo tem um tamanho considerável, grande… arrepio-o com Laque, fica um cabelo grande arrepiado…. naão eé arrepiadinho … suhdasuhdasudha minha namorada não gosta :) se alguem conhece o Synyster Gates, guitarrista da banda Avenged Sevenfold…. saberá qual o tipo do meu cabelo. E outra coisa, a vantagem é que, em dias que não estiver afim de arrepiar (que geralmente acontece em tempos de chuva) eu posso usar outros estilos, tipo…. com franjinha(mas é gay demais), ou então um normal…. posso bolar aqueles moicanos…. ou então careca. (brincadeira, careca não dá…..) mas gosto do meu cabelo, e tenho vontade de deixar ele ala Semi- Cabeludo tbm…. =D muito bom. Só não achei legal os comentários, pelo menos até onde eu li, não vi nenhum comentário igual o meu…. só um idiota reclamando do post (Marco, que deve ser uma borboleta dentro do armário) e o pessoal agradecendo….

  • http://www.facebook.com/people/Marcos-Ouriques/100000522032635 Marcos Ouriques

    Bel.
    Sabe, vc me deixou mau na foto..
    Eu uso o arrepiadinho com gel, mas é por questão de praticidade e eu acho que vaidade tem a ver um pouco também. Já tive cabelo no tipo semi-cabeludo, mas dá muito trabalho pra cuidar.

    Porém ao contrário do que vc disse, eu adoro que mexam em meu cabelo(garotas, é claro). Gosto muito quando uma garota faz carinho na minha cabeça e me deixa meio descabelado, não gosto do cabelo muito reto mesmo :P

    Mas apesar disso, gostei do seu post, ri muito quando comecei a encaixar pessoas que eu conheço nos perfis que vc definiu e percebi que a maioria batia, com poucas exceções.

  • Anônimo

    Foi tão rápido que não deu tempo. Sério.

  • Anônimo

    Fucking Agreed. Mais foda ainda é o tanto de nego sem infância que vem me perguntar que diabos é cerol quando falo algo tipos meu post acima.

  • Anônimo

    Massinha? Ok, vou levar como elogio hahaah

    E Bel, máquina 1 pra 2 não muda muita coisa. Ainda mais porque essa desgraça cresce numa velocidade anormal.

    E po, sério que vcs curtiram o cavanhaque? A mulherada sempre reclama disso uhauhahua

  • Rsag

    cara como ja foi falado…materia apenas de opnião de alguém,compartilhada com outras tambem…apenas isso… estou na dos cabelo arrepiado,com pomada ou cera…e me cuido mesmo se está sempre no lugar e tal… antes usava maquina 4 no cabelo…e nao há o que discutir, depois que deixei o cabelo assim,as mulheres cairam em cima 200%..nao volto a raspar mesmo…nao me encomodei com a materia…podem dar nota ate Z aí…pq sei na realidade só obtive elogios com esse penteado.. E TENHO DITO!

  • http://profiles.google.com/lipemelo.lassombra Fellipe Melo

    Bel, e a galera do cabelo bagunçado? Limpo, cheiroso, mas bagunçado.

    Meu cabelo por mais que eu queira não fica arrumado, antes de sair de casa faço um penteado legal mas no final do dia está totalmente rebelde!

  • Joaninha

    Cara, eu sou totalmente adepta da frase “é dos carecas que ela gostam mais”! Sou fascinada por um careca, bem desses aí, descritos pela Bel. Eles passam virilidade, que têm aquela pegada! Nossa, eu chega me arrepio. rsrs
    Mas eu senti falta dos dread locks. Fala sério, aqueles caras com dreads bem tratados, um pouco abaixo do ombro, barba mal feita ou até mesmo uma barba grande… Eles são nota A++ também, assim como os carecões malvados!!
    Adorei o post, Bel ;D
    É isso. Homens, sejam carecas ou dread locks, para a (minha) felicidade plena. hahahahaha

  • http://jeanduarte.tumblr.com Jean Duarte

    Tem que rolar uma harmonia entre barba e cabelo. Sempre me enrosco aí. Cada semana estou com uma barba pra descobrir qual fica melhor.

  • Cesar Augusto

    Po, não falou do meu tipo.. o famoso aparado.. Eu passo máquina 2 fica bem curtinho, mas é por causa do calor aqui no Rio… Enfim, eu não faço idéia se combina ou sei lá…

  • Lucascoelho De

    Achei legal o post,mas um tanto quanto preconceituoso..cabelo diz muito,mas o ser humano vai além.

  • gfd

    qui porra e essa ?

  • felipe

    nossa a autora desse post tem um pessimo gosto, ela deve ser casada com um gordão metaleiro

  • Pingback: Eu, você e a calvície | PapodeHomem

Papo de homem recomenda

Assine o Papo de homem

Curta o PdH no Facebook
  • 5523 artigos
  • 660998 comentários
  • leitores online