Dicas de como libertar-se da pressão cotidiana

Felipe Neto

por
em às | Frentes


A pressão é provavelmente um dos maiores inibidores da criatividade e sociabilização do homem. Por ela, estouramos, rompemos laços, perdemos a cabeça, não conseguimos criar nada, fazemos a vida parecer cinza. E não um cinza brilhante, mas sim aquele ao maior estilo “tô na merda”.

Então, o que fazer para evitar que isso torne-se um problema crônico capaz de matar a graça de, por exemplo, uma boa transa?

Existem diversos tipos de pressão. Desde as mais simples, como a sexual, até as mais complexas. E nessas, incluo as de praxe: Trabalho, família e dinheiro.
Entretanto, assim como a panela que trabalha utilizando essa temida sensação, o ser humano acaba carregando-se tanto com um determinado tipo de pressão, que espalha para as outras áreas da vida.

Quem nunca teve déficits no desempenho sexual devido a problemas financeiros?
Ou entregou um relatório no trabalho que mais parecia uma xerox da própria cara, simplesmente porque algum fator externo àquele não saía de sua cabeça.

pressure

Ow, mano, cal qui’é o seu poblema?

Esse acúmulo de carga negativa pode prejudicar integralmente a vida de uma pessoa. Sua criatividade fica comprometida, assim como seu raciocínio lógico, concentração e dedicação. Em casos mais graves, acaba diagnosticando-se como stress e pode vir a gerar gastrites, enxaquecas e até problemas mais graves de saúde.

É nessas horas que precisamos de uma válvula de escape. Biologicamente falando, um peidinho carregado. Algo que possa nos deixar mais leves, a ponto de esquecer os problemas e recarregar as baterias. Um “get away”.
Logicamente que essas dicas não são soluções. Apenas funcionam como um alívio temporário. O ideal é que cresçam-lhe os culhões e enfrente o problema de frente, para aí sim, ver-se livre de tudo. Ou se fuder de vez.

pressure1

1. Passe horas jogando alguma coisa.

Os jogos costumam ser o alívio ideal para as pressões mais leves. Principalmente aqueles cheios de violência, em que você precisa matar zumbis com metralhadoras, ou arrancar cabeças de trolls com suas correntes de Hades.
Porém, há pessoas que preferem jogar aquilo que remete seus pensamentos à infância, exatamente por ser o período mais inocente e livre de problemas de sua existência. É nessas horas que o Mario prova ser muito mais que um simples encanador.

pressure2

2. Assista um bom filme.

Ou algum totalmente “saco-roxo”, como Rambo ou Rocky, ou qualquer sessão da tarde do Van Damme.
Nesse aspecto, cada um responde de uma maneira diferente ao estilo da produção. Os mais pseudo-sensíveis, podem preferir um “Diário de Princesa” para aliviar. Mas neste caso, recomendo dar meia hora de bunda mesmo.

pressure3

3. Masturbe-se!

Mulher ou homem, entenda uma coisa: Masturbação é a arte milenar para alívio de pressão.
Não há problema que não possa ser temporariamente suspenso após um belo banho quente de meia hora. Melhor ainda se essa masturbação for assistida, do verbo “outra pessoa fazê-la por você”.

pressure4

4. Empanturre-se com besteiras.

Mulheres preferem sorvetes. Homens preferem uma picanha mal passada com fritas. Seja o que for, não poupe nos gastos.

pressure5

5. Drink the problem away.

Para casos mais graves e tensos, como uma traição, demissão ou morte, minha sugestão é somente uma: Johnny Walker.
Mas essa não é a hora de tomar Blue Label com taçinha de cristal. Encha a cara com o popular Red e acorde só no dia seguinte. Preferencialmente sem ressaca, pois ela piora muito o caso da pressão.
A bebida também pode ser usada, de forma moderada, pra aliviar problemas mais leves.

Mas lembre-se de que isso não é uma solução. Tentar limpar sua vida com álcool não o fará feliz, apenas patético.

pressure6

6. Canalize e coloque pra fora

Existem diversas formas de realizer essa tarefa.
Você pode socar a parede com toda força, cair na porrada com seu travesseiro, berrar o mais alto que conseguir, chorar até não agüentar mais (por mais “girly” que possa parecer, muitas vezes ajuda), correr uma maratona ou, a mais efetiva delas, cantar.

Ligue suas caixas de som no máximo, desconecte-se do mundo e, simplesmente, cante. Até não ter mais voz.

Faça o que for, extrapole da forma como preferir, seja com um item da lista ou qualquer outro, pois as possibilidades são infinitas.

O mais importante, entretanto, é que você consiga viver bem, com ou sem problemas, pois parafraseando um gênio aqui citado: “não é o quão forte você bate; mas sim o quanto você consegue apanhar, e continuar seguindo em frente.”
Todos apanhamos, somos humilhados, perdemos tudo, recomeçamos do zero. O que importa é seguir. Não desistir.

Felipe Neto

Ator, criador do canal "Não Faz Sentido". Trabalha na Globo e Multishow.


Outros artigos escritos por


SEPARAMOS MAIS TEXTOS PARA VOCÊ CONTINUAR LENDO




O texto acima não representa a opinião do PapodeHomem. Conheça a visão e a essência por trás do que fazemos. Queremos uma discussão de alto nível. Antes de comentar, leia nossas boas práticas. Caso deseje enviar um texto e se tornar um autor, venha por aqui.


  • ka

    “Passe horas jogando alguma coisa”

    seeempre faço isso

    ai perco a hora de dormir e me fodo no dia seguinte.. haha

  • ka

    “Passe horas jogando alguma coisa”

    seeempre faço isso

    ai perco a hora de dormir e me fodo no dia seguinte.. haha

  • Greg House

    “A pressão é provavelmente um dos maiores inibidores da criatividade e sociabilização do homem. ”

    Nem li o resto do artigo foi a maior bobagem que já li neste blog.

    Sera que o homem descobriu o fogo porque estava com tédio?

  • Greg House

    “A pressão é provavelmente um dos maiores inibidores da criatividade e sociabilização do homem. ”

    Nem li o resto do artigo foi a maior bobagem que já li neste blog.

    Sera que o homem descobriu o fogo porque estava com tédio?

  • http://www.controleremoto.tv/ Felipe Neto

    Greg, se você lesse o artigo, veria que não falo da pressão por prazos, ou da pressão “boa”, aquela que faz com que nos empenhemos ainda mais.

  • http://www.controleremoto.tv Felipe Neto

    Greg, se você lesse o artigo, veria que não falo da pressão por prazos, ou da pressão “boa”, aquela que faz com que nos empenhemos ainda mais.

  • Greg House

    Um homem sem pressão é um semi-morto, tédio mata mais que pressão.

    Até as mulheres se sentem mal quando penduram as chuteiras, a pressão sexual e militar fez tudo neste mundo, até a internet.

    Relachar do estresse? Bom! reclamar da pressão? Ruim!

    Li o resto agora, bom artigo, mas o começo convenhamos Felipe, foi muito infeliz.

  • Greg House

    Um homem sem pressão é um semi-morto, tédio mata mais que pressão.

    Até as mulheres se sentem mal quando penduram as chuteiras, a pressão sexual e militar fez tudo neste mundo, até a internet.

    Relachar do estresse? Bom! reclamar da pressão? Ruim!

    Li o resto agora, bom artigo, mas o começo convenhamos Felipe, foi muito infeliz.

  • http://www.controleremoto.tv/ Felipe Neto

    Greg, acho que o começo ficou ambíguo, pelo fato de que essa pressão a qual você se refere, é extremamente necessária pra existência humana, caso contrário já teríamos morrido de solidão e tédio.

    Mas acredito que pelas imagens e pela forma que o texto é desenvolvido, fica claro que me refiro a parte negativa da pressão, aquela que realmente beira ou se torna stress.

    Abraço.

  • http://www.controleremoto.tv Felipe Neto

    Greg, acho que o começo ficou ambíguo, pelo fato de que essa pressão a qual você se refere, é extremamente necessária pra existência humana, caso contrário já teríamos morrido de solidão e tédio.

    Mas acredito que pelas imagens e pela forma que o texto é desenvolvido, fica claro que me refiro a parte negativa da pressão, aquela que realmente beira ou se torna stress.

    Abraço.

  • http://fake-doll.com/ Fernanda

    parabéns pela estréia, Fê!
    adorei e já fiz meus comentários pra ti. :D

  • http://fake-doll.com Fernanda

    parabéns pela estréia, Fê!
    adorei e já fiz meus comentários pra ti. :D

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com/ Atre

    4. Empanturre-se com besteiras.

    ENGORRRRRRRRDA…e no caso das mulheres pelo menos, só vai fazer elas se sentirem BEM piores depois!

    5. Drink the problem away.

    triste, revoltado, pressionado e ainda de BÊBADO???
    Só se for em CASA PRA NÃO encher o saco dos outros…

    “por mais “girly” que possa parecer” ???????

    “Os mais pseudo-sensíveis, podem preferir um “Diário de Princesa” para aliviar. Mas neste caso, recomendo dar meia hora de bunda mesmo” ??????????????????????

    kkkkkkkkkkkkkkkkk

    peraí…COMO DIRIA COPÉLIA:
    Prefiro NÃO comentar!
    BOBINHO!

    Pra ser franca eu acho que vc perdeu a chance de escrever um ÓTIMO post, acho que uma meia dúzia de revisões no texto teriam feito a diferença…

    ah, sei lá…Vai ver EU é que tô precisando me masturbar, me encher de besteira, ver um filme e por aí vai.

    Vai saber………………………… ;)

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com Atre

    4. Empanturre-se com besteiras.

    ENGORRRRRRRRDA…e no caso das mulheres pelo menos, só vai fazer elas se sentirem BEM piores depois!

    5. Drink the problem away.

    triste, revoltado, pressionado e ainda de BÊBADO???
    Só se for em CASA PRA NÃO encher o saco dos outros…

    “por mais “girly” que possa parecer” ???????

    “Os mais pseudo-sensíveis, podem preferir um “Diário de Princesa” para aliviar. Mas neste caso, recomendo dar meia hora de bunda mesmo” ??????????????????????

    kkkkkkkkkkkkkkkkk

    peraí…COMO DIRIA COPÉLIA:
    Prefiro NÃO comentar!
    BOBINHO!

    Pra ser franca eu acho que vc perdeu a chance de escrever um ÓTIMO post, acho que uma meia dúzia de revisões no texto teriam feito a diferença…

    ah, sei lá…Vai ver EU é que tô precisando me masturbar, me encher de besteira, ver um filme e por aí vai.

    Vai saber………………………… ;)

  • Danilo Soah

    Artigo ficou show!

    “passe horas jogando alguma coisa” esse ae eh comigo =)

    ps.: Nesse aspecto, cada um responde de uma maneira diferente ao estilo da produção. Os mais pseudo-sensíveis, podem preferir um “Diário de Princesa” para aliviar. Mas neste caso, recomendo dar meia hora de bunda mesmo.

    Raxei…

  • Danilo Soah

    Artigo ficou show!

    “passe horas jogando alguma coisa” esse ae eh comigo =)

    ps.: Nesse aspecto, cada um responde de uma maneira diferente ao estilo da produção. Os mais pseudo-sensíveis, podem preferir um “Diário de Princesa” para aliviar. Mas neste caso, recomendo dar meia hora de bunda mesmo.

    Raxei…

  • http://www.controleremoto.tv/ Felipe Neto

    Atre, não sei se você é homem ou mulher, mas pelo jeito de escrever provavelmente é alguma garota estérica.

    Então, querida, sugiro primeiro uma evolução mental de pelo menos 5 anos, depois tente ler novamente, você perceberá que os inúmeros pontos de interrogação utilizados nos seus comentários terão muitas respostas cabíveis.

    Mas, sei lá, alguém que usa uma personagem de TOMA LÁ DÁ CÁ pra embasar seu argumento, realmente não merecia sequer uma resposta.

    Beijocas.

  • http://www.controleremoto.tv Felipe Neto

    Atre, não sei se você é homem ou mulher, mas pelo jeito de escrever provavelmente é alguma garota estérica.

    Então, querida, sugiro primeiro uma evolução mental de pelo menos 5 anos, depois tente ler novamente, você perceberá que os inúmeros pontos de interrogação utilizados nos seus comentários terão muitas respostas cabíveis.

    Mas, sei lá, alguém que usa uma personagem de TOMA LÁ DÁ CÁ pra embasar seu argumento, realmente não merecia sequer uma resposta.

    Beijocas.

  • Claro cara, ta se referindo a partir do momento em que o pressão passa mais a prejudicar do que a ajudar uma pessoa.
    abraço.

  • Claro cara, ta se referindo a partir do momento em que o pressão passa mais a prejudicar do que a ajudar uma pessoa.
    abraço.

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com/ Atre

    UIA….o Felipe se irritou…e POR tão pouco?

    Que foi?
    Sentiu-se pressionado???
    Já tentou jogar um pouco, ver um filme, se encher de besteiras ou abrir o seu Johny Walker?

    Se bem que a essa hora eu acho que masturbação seria mais proveitoso, assim tu relaxa, goza e DORME!

    Ou agora é política do blog a gente ter que gostar, aprovar e só postar se concordar com o que o autor do post diz?

    E FALA SÉRIO….“estérica”?????????????

    Kkkkkkkkkkkkkkkk

    O seu garota “estérica” só combina com as infantilidades que tu postou…
    E nem é por estar escrito errado não… É por que é BOBO como todo resto……..rs

    CLARO que é só opinião minha…

    (que nem vou comentar o seu “então querida” melhor…rsrsrs)

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com Atre

    UIA….o Felipe se irritou…e POR tão pouco?

    Que foi?
    Sentiu-se pressionado???
    Já tentou jogar um pouco, ver um filme, se encher de besteiras ou abrir o seu Johny Walker?

    Se bem que a essa hora eu acho que masturbação seria mais proveitoso, assim tu relaxa, goza e DORME!

    Ou agora é política do blog a gente ter que gostar, aprovar e só postar se concordar com o que o autor do post diz?

    E FALA SÉRIO….“estérica”?????????????

    Kkkkkkkkkkkkkkkk

    O seu garota “estérica” só combina com as infantilidades que tu postou…
    E nem é por estar escrito errado não… É por que é BOBO como todo resto……..rs

    CLARO que é só opinião minha…

    (que nem vou comentar o seu “então querida” melhor…rsrsrs)

  • Vagner

    Bom post..Gosto da forma que o Felipe Neto escreve e acompanho o seu blog a um tempo..Parabens

  • Vagner

    Bom post..Gosto da forma que o Felipe Neto escreve e acompanho o seu blog a um tempo..Parabens

  • rakellcd

    1. Ligue o foda-se!

    fim

  • rakellcd

    1. Ligue o foda-se!

    fim

  • Rodrigo

    Comer e beber pode virar algo impulsivo. mas, isso faz passar sim. ;D
    Eu sempre jogo algo ou vou comer e beber mesmo.

    Belo post. ;D

  • Rodrigo

    Comer e beber pode virar algo impulsivo. mas, isso faz passar sim. ;D
    Eu sempre jogo algo ou vou comer e beber mesmo.

    Belo post. ;D

  • fernando

    Atre:

    quando a crítica é construtiva no problems, mas querer debochar do post do cara é atitude de menininha mimada que se acha a esperta, e se julga humilde o suficiente pra poder criticar os outros do jeito que você fez. o fato de VOCÊ se julgar humilde, esperta ou qualquer outra merda não significa que você realmente a seja, sim uma arrogantezinha metida à cult

    tenho 14 anos e muito mais maturidade que você. Vai procura uma rola e cala essa boca menina ¬¬

  • fernando

    Atre:

    quando a crítica é construtiva no problems, mas querer debochar do post do cara é atitude de menininha mimada que se acha a esperta, e se julga humilde o suficiente pra poder criticar os outros do jeito que você fez. o fato de VOCÊ se julgar humilde, esperta ou qualquer outra merda não significa que você realmente a seja, sim uma arrogantezinha metida à cult

    tenho 14 anos e muito mais maturidade que você. Vai procura uma rola e cala essa boca menina ¬¬

  • Michel

    Viiiiixi!
    Falou tudo aí Fernando!!!
    legal o post Felipe…
    pra aliviar a pressão eu curto andar de magrela até a PQP
    depois volto bem sussegado, relaxado e capoto na cama!
    nada melhor do que suar pra aliviar a pressão!!!

  • Michel

    Viiiiixi!
    Falou tudo aí Fernando!!!
    legal o post Felipe…
    pra aliviar a pressão eu curto andar de magrela até a PQP
    depois volto bem sussegado, relaxado e capoto na cama!
    nada melhor do que suar pra aliviar a pressão!!!

  • Priscila

    O texto é ótimo, mas aquele item 4 realmente não serve pras mulheres… (grande coisa, rsrs, afinal o texto é direcionado em primeiro lugar aos homens…)
    O item 5 também pode se tornar perigoso…

    Os outros são bons. :)

  • Priscila

    O texto é ótimo, mas aquele item 4 realmente não serve pras mulheres… (grande coisa, rsrs, afinal o texto é direcionado em primeiro lugar aos homens…)
    O item 5 também pode se tornar perigoso…

    Os outros são bons. :)

  • Fulano

    Acho que sua solução para “aliviar” os problemas bebendo é, de longe, o conselho mais infeliz que alguém já deu aqui.
    Gosto muito do seu site e acho certas matérias excelentes, mas acho que suas orientações “a là auto-ajuda” mostram um certo desconhecimento da realidade humana, de quem trabalha e cuida de pessoas.

  • http://www.cuecasnacozinha.com/ Alessander Guerra

    O Felipe está correto! É absolutamente inquestionável que a pressão é a maior inibidora da criatividade. Só quem lida com criação é que sabe como a pressão atrapalha. Eu, que há mais de 20 anos trabalho com a necessidade de ser criativo – quase que diariamente, sei na prática como isso acontece.

    Sob pressão a mente não se abre para olhar a questão pelo lado de fora sob vários prismas e fica viciada em padrões antigos. Por isso as coisas andam tão iguais, porque as pessoas estão sobre pressão e tendem a repetir velhas fórmulas.

    Cada um tem sua válvula de escape, tenho algumas e as descobri com o tempo. O Felipe sugeriu as dele e todos têm o direito de não concordar, eu também não concordo com algumas. Mas, o fato é que ele levantou a bola e quem comenta poderia colaborar muito mais se acrescentasse conteúdo ao que já foi proposto.

  • Fulano

    Acho que sua solução para “aliviar” os problemas bebendo é, de longe, o conselho mais infeliz que alguém já deu aqui.
    Gosto muito do seu site e acho certas matérias excelentes, mas acho que suas orientações “a là auto-ajuda” mostram um certo desconhecimento da realidade humana, de quem trabalha e cuida de pessoas.

  • http://www.cuecasnacozinha.com Alessander Guerra

    O Felipe está correto! É absolutamente inquestionável que a pressão é a maior inibidora da criatividade. Só quem lida com criação é que sabe como a pressão atrapalha. Eu, que há mais de 20 anos trabalho com a necessidade de ser criativo – quase que diariamente, sei na prática como isso acontece.

    Sob pressão a mente não se abre para olhar a questão pelo lado de fora sob vários prismas e fica viciada em padrões antigos. Por isso as coisas andam tão iguais, porque as pessoas estão sobre pressão e tendem a repetir velhas fórmulas.

    Cada um tem sua válvula de escape, tenho algumas e as descobri com o tempo. O Felipe sugeriu as dele e todos têm o direito de não concordar, eu também não concordo com algumas. Mas, o fato é que ele levantou a bola e quem comenta poderia colaborar muito mais se acrescentasse conteúdo ao que já foi proposto.

  • joão !

    @Fulano
    entendo seu ponto e concordo até certo momento, mas são dicas para pessoas, creio eu, que não tenham depressão e tendências suicidas manja. a galera já passou por várias situações, e claro que cada um sabe o melhor pra si, mas acho que beber em alguns casos ajuda.

    @Mixel
    puts cara, é muito bom mesmo.gasta a energia liberada e travada do corpo com atividade física é excelente, claro que com as devidas proporções saudáveis. eu li na men’s health uns meses atrás, que muita gente depressiva fazia academia em excesso pra não pensar nos problemas do cotidiano e de suas vidas talz…
    só acho que quando os desavisados chegam num ponto muito forte de tensão, que transforma-se em outros problemas como a depressão, devemos ligar o alerta

    bom texto cara, muita coisa ai tá certa, não todas, mas realmente bom o texto.Me identifiquei em alguns pontos dele

  • joão !

    @Fulano
    entendo seu ponto e concordo até certo momento, mas são dicas para pessoas, creio eu, que não tenham depressão e tendências suicidas manja. a galera já passou por várias situações, e claro que cada um sabe o melhor pra si, mas acho que beber em alguns casos ajuda.

    @Mixel
    puts cara, é muito bom mesmo.gasta a energia liberada e travada do corpo com atividade física é excelente, claro que com as devidas proporções saudáveis. eu li na men’s health uns meses atrás, que muita gente depressiva fazia academia em excesso pra não pensar nos problemas do cotidiano e de suas vidas talz…
    só acho que quando os desavisados chegam num ponto muito forte de tensão, que transforma-se em outros problemas como a depressão, devemos ligar o alerta

    bom texto cara, muita coisa ai tá certa, não todas, mas realmente bom o texto.Me identifiquei em alguns pontos dele

  • http://www.papodehomem.com.br/ Guilherme Nascimento Valadares

    Bateu saudosismo lembrando aqui do meu mega-drive, N64… hoje relíquias que ficam com minha irmãzinha mais nova, lá em Minas.

    Agora pra esclarecer, a quem não entendeu, o Felipe tá falando de um tipo muito específico de pressão, a nociva.

    Mais conhecida como “burnout”, quando você vai além do saudável e seu corpo e mente alcançam níveis de exaustão.

  • pedro.ivo

    Esmurrar a aparede sempre ajuda.

  • http://www.papodehomem.com.br Guilherme Nascimento Valadares

    Bateu saudosismo lembrando aqui do meu mega-drive, N64… hoje relíquias que ficam com minha irmãzinha mais nova, lá em Minas.

    Agora pra esclarecer, a quem não entendeu, o Felipe tá falando de um tipo muito específico de pressão, a nociva.

    Mais conhecida como “burnout”, quando você vai além do saudável e seu corpo e mente alcançam níveis de exaustão.

  • pedro.ivo

    Esmurrar a aparede sempre ajuda.

  • Saulo Muniz

    Excelente post principalmente pra mim que vivi meu ultimo semestre na faculdade. Monografia, estágio, trabalho, documentos pendentes. Um sufoco soh. Mas como no final de td bela historia deu td certo e posso dizer com plena convicçao de que o tudo oq o autor descreveu é verídico. Se naoi utlizar qualquer meio pra abstrair tu so se fode. Por isso concordo com o q a Rakell comentou. Somente ligue o FODA-SE e relaxe pra ver a merda q vai dar rs. Abraços

  • Saulo Muniz

    Excelente post principalmente pra mim que vivi meu ultimo semestre na faculdade. Monografia, estágio, trabalho, documentos pendentes. Um sufoco soh. Mas como no final de td bela historia deu td certo e posso dizer com plena convicçao de que o tudo oq o autor descreveu é verídico. Se naoi utlizar qualquer meio pra abstrair tu so se fode. Por isso concordo com o q a Rakell comentou. Somente ligue o FODA-SE e relaxe pra ver a merda q vai dar rs. Abraços

  • http://arealidadeelouca.blogspot.com/ Deborah

    Olha, embora a temática seja interessante, também não gostei muito, não.

    O problema de que o texto fala é real, e nós de fato precisamos de válvulas de escape para a pressão. Mas algumas das soluções apontadas ali não são adequadas.

    O cortisol (que é o hormônio responsável pelas nossas respostas ao stress) diminui a absorção de glicose, e comer doces não é uma boa sugestão para baixá-lo. Da mesma forma, passar horas jogando ou beber podem agravar o stress.

    O melhor tipo de solução para reduzir o stress, baixando o cortisol. é procurar atividades que relaxem – viajar para uma cidade de montanha, fazer uma atividade física, meditar, ter uma alimentação saudável, dormir bem. As sugestões de cantar, ver um filme, ou até se masturbar também são boas, porque permitem ao corpo que relaxe, e causam liberação de endorfinas.

    E, é claro, dependendo do caso, pode ser necessário acompanhamento médico, principalmente quando o stress vier acompanhado de insônia, taquicardia, problemas gastrointestinais, etc.

  • http://arealidadeelouca.blogspot.com Deborah

    Olha, embora a temática seja interessante, também não gostei muito, não.

    O problema de que o texto fala é real, e nós de fato precisamos de válvulas de escape para a pressão. Mas algumas das soluções apontadas ali não são adequadas.

    O cortisol (que é o hormônio responsável pelas nossas respostas ao stress) diminui a absorção de glicose, e comer doces não é uma boa sugestão para baixá-lo. Da mesma forma, passar horas jogando ou beber podem agravar o stress.

    O melhor tipo de solução para reduzir o stress, baixando o cortisol. é procurar atividades que relaxem – viajar para uma cidade de montanha, fazer uma atividade física, meditar, ter uma alimentação saudável, dormir bem. As sugestões de cantar, ver um filme, ou até se masturbar também são boas, porque permitem ao corpo que relaxe, e causam liberação de endorfinas.

    E, é claro, dependendo do caso, pode ser necessário acompanhamento médico, principalmente quando o stress vier acompanhado de insônia, taquicardia, problemas gastrointestinais, etc.

  • Ronigres

    Uma coisa que acredito que sempre ajuda é a música. Tocar um instrumento é um ato prazeroso e dá uma clareada nas idéias. Também acho importante ter amigos “positivos”, que te façam dar risada, não àqueles que só sabem reclamar. Fazer um programa de índio como trilha, acampar e montanhismo também acho uma boa.

  • Ronigres

    Uma coisa que acredito que sempre ajuda é a música. Tocar um instrumento é um ato prazeroso e dá uma clareada nas idéias. Também acho importante ter amigos “positivos”, que te façam dar risada, não àqueles que só sabem reclamar. Fazer um programa de índio como trilha, acampar e montanhismo também acho uma boa.

  • http://nao2nao1.com.br/ Gustavo Gitti

    Este texto é um ótimo exemplo de um discurso que só causa mais problema e mediocridade no mundo. Pretendo publicar um texto aqui mesmo criticando essa abordagem.

    Veja, Felipe, estou me referindo ao discurso do texto, ok? Eu sequer conheço você. ;-)

    Engraçado é que a penúltima prática lá na Cabana do Dr Love é justamente isso: cortar distrações. Passar um tempo sem games, porns, msn, comidas podres, séries, filmes, tudo aquilo que dispersa nossa energia.

    É claro que, depois de estarmos alinhados, vamos entrar em qualquer mundo, não vamos precisar nos afastar de nada, mas é uma ótima prática passar um tempo longe de distrações como as que você propõe em seu post. É uma prática que homens fazem, como a vision quest do xamanismo.

    Ah, e qualquer psicólogo ou meditante sabe que “canalizar” e “botar pra fora” só reifica e dá mais poder para as emoções perturbadoras. A saída é além de repressão e expressão.

    PdH é um espaço de diálogo. Então em breve publico um post totalmente contrário a esse.

    Abração!

  • http://nao2nao1.com.br Gustavo Gitti

    Este texto é um ótimo exemplo de um discurso que só causa mais problema e mediocridade no mundo. Pretendo publicar um texto aqui mesmo criticando essa abordagem.

    Veja, Felipe, estou me referindo ao discurso do texto, ok? Eu sequer conheço você. ;-)

    Engraçado é que a penúltima prática lá na Cabana do Dr Love é justamente isso: cortar distrações. Passar um tempo sem games, porns, msn, comidas podres, séries, filmes, tudo aquilo que dispersa nossa energia.

    É claro que, depois de estarmos alinhados, vamos entrar em qualquer mundo, não vamos precisar nos afastar de nada, mas é uma ótima prática passar um tempo longe de distrações como as que você propõe em seu post. É uma prática que homens fazem, como a vision quest do xamanismo.

    Ah, e qualquer psicólogo ou meditante sabe que “canalizar” e “botar pra fora” só reifica e dá mais poder para as emoções perturbadoras. A saída é além de repressão e expressão.

    PdH é um espaço de diálogo. Então em breve publico um post totalmente contrário a esse.

    Abração!

  • http://www.clockwisemidia.com/ italo

    Sendo sincero…
    “Editor-Chefe do papo de homem, é uma mistura eclética de tudo que possa ser denominado como arte.”

    como assim??? GNV o que houve…

    @Felipe, foi pueril e infeliz em seu comentário…concordo com @Atrê qunado ela diz que nem todo mundo tem que comentar pra gostar e elogiar… foi até bastante contrutiva a crítica que ela fez, mas enfim se você não consegue lidar =/

    @Fernando (de 14 anos), espera mais 4 anos e volta a ler o blog, você perceberá que nem sempre aquilo que achamos ‘adulto’ ou ‘maduro’ é realmente… não estou te criticando, ou qualquer coisa parecida, só dizendo pra tomar mas cuidado com o que expressa, poderá se arrepender mais tarde…

    ah @Felipe Neto, não seria “Histérica”?

  • http://www.clockwisemidia.com italo

    Sendo sincero…
    “Editor-Chefe do papo de homem, é uma mistura eclética de tudo que possa ser denominado como arte.”

    como assim??? GNV o que houve…

    @Felipe, foi pueril e infeliz em seu comentário…concordo com @Atrê qunado ela diz que nem todo mundo tem que comentar pra gostar e elogiar… foi até bastante contrutiva a crítica que ela fez, mas enfim se você não consegue lidar =/

    @Fernando (de 14 anos), espera mais 4 anos e volta a ler o blog, você perceberá que nem sempre aquilo que achamos ‘adulto’ ou ‘maduro’ é realmente… não estou te criticando, ou qualquer coisa parecida, só dizendo pra tomar mas cuidado com o que expressa, poderá se arrepender mais tarde…

    ah @Felipe Neto, não seria “Histérica”?

  • semnome

    concordo com greg house .
    a pressão une as pessoas para melhor sobreviver as e impulsiona a novas descobertas .

    todos os grandes lideres ou divisores de águas eram constantemente pressionados a superar a si mesmos , contagiando de forma positiva seus subordinados .

    felipe neto depois esplicou , que o texto é sobre relax , apezar de ser chulo e ao mesmo tempo cheio de palavras rebuscadas .

    @gustavo gitti , já lhe disse que não tenho simpatia por filósofos com seu cliche de pensamentos acima da mente humana , igual aos dos religiosos .

    dos meditantes não sei o que dizem mas nós psicólogos e terapeutas (não sou terapeuta ainda) “botar pra fora” faz o sentimento reprimido ir embora , e perrmite canalizar o fluxo de energia reprimido fora do trauma .

    a não ser que queira dizer que agressividade gera agressividade , medo gera mais medo .

    neste caso é uma energia negativa se alimentando de si mesma , o motivo é por um sapo engolido mas não digerido (trauma) .

    ps levando em conta o padrão aqui estabelecido os comentários vão ser um esculhambando os comentários dos outros .

    já me contagiei !

  • semnome

    concordo com greg house .
    a pressão une as pessoas para melhor sobreviver as e impulsiona a novas descobertas .

    todos os grandes lideres ou divisores de águas eram constantemente pressionados a superar a si mesmos , contagiando de forma positiva seus subordinados .

    felipe neto depois esplicou , que o texto é sobre relax , apezar de ser chulo e ao mesmo tempo cheio de palavras rebuscadas .

    @gustavo gitti , já lhe disse que não tenho simpatia por filósofos com seu cliche de pensamentos acima da mente humana , igual aos dos religiosos .

    dos meditantes não sei o que dizem mas nós psicólogos e terapeutas (não sou terapeuta ainda) “botar pra fora” faz o sentimento reprimido ir embora , e perrmite canalizar o fluxo de energia reprimido fora do trauma .

    a não ser que queira dizer que agressividade gera agressividade , medo gera mais medo .

    neste caso é uma energia negativa se alimentando de si mesma , o motivo é por um sapo engolido mas não digerido (trauma) .

    ps levando em conta o padrão aqui estabelecido os comentários vão ser um esculhambando os comentários dos outros .

    já me contagiei !

  • joão !

    @todos

    galera, devíamos nos concentrar mais nos textos certo?porque se começarmos a discutir sobre as atitudes de comentários (@fernando) ou mal/bem interpretarmos as críticas(@Atre), vamos ficar aqui por dias. e otra, a maioria não se conhece pessoalmente pra poder dizer ou deixar de dizer algo sobre alguém. façam oq quiserem, mas acho q o post seria mais produtivo se fizéssemos como a @Deborah e o @Gustavo Gitti, discordando de um jeito mais sério

    @Gustavo Gitti
    concordo com vc, mas há casos e casos como tudo na vida.eu gosto desde correr na chuva pra esquecer e dar vazão a pressão que sofro, como simplesmente deitar na rede 2 horas da tarde ao som da chuva.como disse antes, concordo com o texto, ñ em todos os pontos justamente por isso. aguardo o seu texto ;)

    flws

  • joão !

    @todos

    galera, devíamos nos concentrar mais nos textos certo?porque se começarmos a discutir sobre as atitudes de comentários (@fernando) ou mal/bem interpretarmos as críticas(@Atre), vamos ficar aqui por dias. e otra, a maioria não se conhece pessoalmente pra poder dizer ou deixar de dizer algo sobre alguém. façam oq quiserem, mas acho q o post seria mais produtivo se fizéssemos como a @Deborah e o @Gustavo Gitti, discordando de um jeito mais sério

    @Gustavo Gitti
    concordo com vc, mas há casos e casos como tudo na vida.eu gosto desde correr na chuva pra esquecer e dar vazão a pressão que sofro, como simplesmente deitar na rede 2 horas da tarde ao som da chuva.como disse antes, concordo com o texto, ñ em todos os pontos justamente por isso. aguardo o seu texto ;)

    flws

  • caio

    Uma maneira muito boa é dirigir sem destino, apenas pegue o carro a vá.
    ponha o som no ultimo volume e deixe as ruas te levar.
    Mas faça isso em um fim de semana. não tente enfrentar o RUSH de são paulo pois isso só lhe deixará mais estressado.

  • caio

    Uma maneira muito boa é dirigir sem destino, apenas pegue o carro a vá.
    ponha o som no ultimo volume e deixe as ruas te levar.
    Mas faça isso em um fim de semana. não tente enfrentar o RUSH de são paulo pois isso só lhe deixará mais estressado.

  • semnome

    joão você fez o que criticou meu velho .

  • semnome

    joão você fez o que criticou meu velho .

  • Murilo

    Engraçado que tem que pedir desculpas pelo fato de não ter gostado do artigo, de qualquer maneira, estou muito mais para o ponto de vista que o Gustavo apresentou, e vou esperar o post dele que deverá parecer mais interessante

  • Murilo

    Engraçado que tem que pedir desculpas pelo fato de não ter gostado do artigo, de qualquer maneira, estou muito mais para o ponto de vista que o Gustavo apresentou, e vou esperar o post dele que deverá parecer mais interessante

  • http://www.mobral.com/ Cassiano

    Acho que o termo melhor não seria pressão e sim estresse.

    As vezes eu gosto de ficar sozinho, com um copo de whiskey olhando pro nada.
    Fica olhando a tv..
    navegar um pouco.

    varia do nível…

    mas uma coisa eu faço o máximo..
    não levar problemas pra casa..
    se estou puto..fico quieto em casa..nao quero ficar puto com os outros..

    ahh..
    uma coisa que ando fazendo que estou adorando é andar de kart..
    mês sim, mês não eu saio andar de kart..
    as vezes quando quero mais ação um pouco de paintball também faz muito bem..

  • http://www.mobral.com Cassiano

    Acho que o termo melhor não seria pressão e sim estresse.

    As vezes eu gosto de ficar sozinho, com um copo de whiskey olhando pro nada.
    Fica olhando a tv..
    navegar um pouco.

    varia do nível…

    mas uma coisa eu faço o máximo..
    não levar problemas pra casa..
    se estou puto..fico quieto em casa..nao quero ficar puto com os outros..

    ahh..
    uma coisa que ando fazendo que estou adorando é andar de kart..
    mês sim, mês não eu saio andar de kart..
    as vezes quando quero mais ação um pouco de paintball também faz muito bem..

  • http://www.diariodesolteiro.com.br/ Rose

    Bom, eu trabalho com dois tipos de pressão: a pressão “problema”, que é essa que a gente alivia bebendo, se enchendo de chocolate e tocando uma; e a pressão “capacidade”, que me impulsiona a produzir, a me testar. Obviamente eu prefiro a segunda, não sou maluca. Mas acho que esses dois tipos de pressão me fazem crescer. Eu mudo, ajusto as coisas de forma diferente pra ver se dá certo, e no final, tcharam, tenho uma Rose mais madura, ou pelo menos mais calejada ao ponto de ficar mais espertinha.

    Não ligue pros que acharam o artigo ruim (apesar de que você já deve saber lidar com isso muito melhor do que eu), é tudo uma questão de perspectiva, babe ;)

  • http://www.diariodesolteiro.com.br Rose

    Bom, eu trabalho com dois tipos de pressão: a pressão “problema”, que é essa que a gente alivia bebendo, se enchendo de chocolate e tocando uma; e a pressão “capacidade”, que me impulsiona a produzir, a me testar. Obviamente eu prefiro a segunda, não sou maluca. Mas acho que esses dois tipos de pressão me fazem crescer. Eu mudo, ajusto as coisas de forma diferente pra ver se dá certo, e no final, tcharam, tenho uma Rose mais madura, ou pelo menos mais calejada ao ponto de ficar mais espertinha.

    Não ligue pros que acharam o artigo ruim (apesar de que você já deve saber lidar com isso muito melhor do que eu), é tudo uma questão de perspectiva, babe ;)

  • andressa

    gostei do post, porem so n concordo com o item 5, pq sabemos

    bem q bebida e direçao n combinam.mas valeu a dica, gostei ma

    is das dicas 1 e 4, é muito bom jogar, principalmente se for GTA

    alivia o estress por mais agudo q esteja, e tbm comer é meu pre

    ferido, qdo estou anciosa, devoro uma barra de 450g de

    chocolate meio amargo em menos de duas horas, e uma dica

    legal, é ir a praia (quem mora perto claro) é muito bom no fi

    nal da tarde, qdo estou irritada ou com fadiga, sei lá, sempre

    vou à praia, ando descalça na areia, relaxo bastante, sem falar

    q o pôr do sol, te deixa zen, n há nada melhor na minha opniao

    gostei das dicas sim , principalmente da sua carinha bonita FE

    LIPE NETO, parece ser gatinho pela foto.bjos.

  • andressa

    gostei do post, porem so n concordo com o item 5, pq sabemos

    bem q bebida e direçao n combinam.mas valeu a dica, gostei ma

    is das dicas 1 e 4, é muito bom jogar, principalmente se for GTA

    alivia o estress por mais agudo q esteja, e tbm comer é meu pre

    ferido, qdo estou anciosa, devoro uma barra de 450g de

    chocolate meio amargo em menos de duas horas, e uma dica

    legal, é ir a praia (quem mora perto claro) é muito bom no fi

    nal da tarde, qdo estou irritada ou com fadiga, sei lá, sempre

    vou à praia, ando descalça na areia, relaxo bastante, sem falar

    q o pôr do sol, te deixa zen, n há nada melhor na minha opniao

    gostei das dicas sim , principalmente da sua carinha bonita FE

    LIPE NETO, parece ser gatinho pela foto.bjos.

  • andressa

    me desculpa o “descaramento” FELIPE, mas vc é gatinho sim, com todo o respeito.ANDRESSA DO COMENTARIO ACIMA.

  • andressa

    me desculpa o “descaramento” FELIPE, mas vc é gatinho sim, com todo o respeito.ANDRESSA DO COMENTARIO ACIMA.

  • http://muriloazevedo.com/ Murilo Azevedo

    O que mais me impressiona é discutir para chegar a lugar algum.. decidir quem está certo.

    Entendo o que o Felipe, o lado negativo da pressão, aquele que faz mal a saúde.

    Imagine você.. ganha pouco, dois filhos pra sustentar, mulher, grande volume de trabalho, chega tarde em casa, não convive decentemente com a sua família.. isso é o quê?
    Chama isso de pressão.. daquelas que sufoca.

    Acho que o post foi bom, mas por ser um texto de alta subjetividade, acaba gerando essas brigas idiotas por causa de egos inflados.

  • http://muriloazevedo.com Murilo Azevedo

    O que mais me impressiona é discutir para chegar a lugar algum.. decidir quem está certo.

    Entendo o que o Felipe, o lado negativo da pressão, aquele que faz mal a saúde.

    Imagine você.. ganha pouco, dois filhos pra sustentar, mulher, grande volume de trabalho, chega tarde em casa, não convive decentemente com a sua família.. isso é o quê?
    Chama isso de pressão.. daquelas que sufoca.

    Acho que o post foi bom, mas por ser um texto de alta subjetividade, acaba gerando essas brigas idiotas por causa de egos inflados.

  • Ruivão

    Cala boca Murilo, tu é um otário e teu blog é uma merda!

  • Ruivão

    Cala boca Murilo, tu é um otário e teu blog é uma merda!

  • http://www.christiangump.net/ Christian Gump

    “4. Empanturre-se com besteiras.”

    Eu sempre aliviei o stress desse jeito. Até que um dia percebi que estava com 110kg e tive um motivo a mais de stress.

    Acho que a prática de atividades físicas, não citada no texto, é o melhor alívio ao stress que existe, pois costuma dar mais ânimo para enfrentar os problemas.

  • http://www.christiangump.net Christian Gump

    “4. Empanturre-se com besteiras.”

    Eu sempre aliviei o stress desse jeito. Até que um dia percebi que estava com 110kg e tive um motivo a mais de stress.

    Acho que a prática de atividades físicas, não citada no texto, é o melhor alívio ao stress que existe, pois costuma dar mais ânimo para enfrentar os problemas.

  • Marcia Batista

    Minha válvula de escape são os filmes de terror!
    ADOROOOO

  • Marcia Batista

    Minha válvula de escape são os filmes de terror!
    ADOROOOO

  • Carlos Leão -Pig-

    Guilherme, eu já estou acostumado a visitar este site com freqüência, quem me trouxe aqui foi o Dr. Love, e o humor contido em seus comentários. Porém, à exceção do Ladies Room (até mesmo pq é “Ladies” Room e creio que não cabe uma crítica como a outro texto de outras colunas.) percebi que o nível dos textos publicados aqui caiu. Eu sequer sei assuntos interessantes para futuros textos, mas percebi que tenho gostado menos dos que encontro por aqui, e com o Dr. Love ausente, fica muito mais difícil animar-se.
    Este texto é um destes que não me animam para um retorno ao site, sei que o Papo de Homem cresceu bastante mas creio que ele já foi muito melhor do que é agora.

    Abraços

  • Carlos Leão -Pig-

    Guilherme, eu já estou acostumado a visitar este site com freqüência, quem me trouxe aqui foi o Dr. Love, e o humor contido em seus comentários. Porém, à exceção do Ladies Room (até mesmo pq é “Ladies” Room e creio que não cabe uma crítica como a outro texto de outras colunas.) percebi que o nível dos textos publicados aqui caiu. Eu sequer sei assuntos interessantes para futuros textos, mas percebi que tenho gostado menos dos que encontro por aqui, e com o Dr. Love ausente, fica muito mais difícil animar-se.
    Este texto é um destes que não me animam para um retorno ao site, sei que o Papo de Homem cresceu bastante mas creio que ele já foi muito melhor do que é agora.

    Abraços

  • Carlos Leão -Pig-

    Guilherme, eu já estou acostumado a visitar este site com freqüência, quem me trouxe aqui foi o Dr. Love, e o humor contido em seus comentários. Porém, à exceção do Ladies Room (até mesmo pq é “Ladies” Room e creio que não cabe uma crítica como a outro texto de outras colunas.) percebi que o nível dos textos publicados aqui caiu. Eu sequer sei assuntos interessantes para futuros textos, mas percebi que tenho gostado menos dos que encontro por aqui, e com o Dr. Love ausente, fica muito mais difícil animar-se.
    Este texto é um destes que não me animam para um retorno ao site, sei que o Papo de Homem cresceu bastante mas creio que ele já foi muito melhor do que é agora.

    Abraços

  • http://www.papodehomem.com.br/ Felipe Ramos

    Massa!!! Também sou adepto de fazer “qualquer coisa” pra sair da rotina..ainda mais morando na cidade de pedra que é SP.

    Parabéns Felipe!

    Não dá bola pro Gitti, ele é monk mesmo.

  • http://www.papodehomem.com.br/ Felipe Ramos

    Massa!!! Também sou adepto de fazer “qualquer coisa” pra sair da rotina..ainda mais morando na cidade de pedra que é SP.

    Parabéns Felipe!

    Não dá bola pro Gitti, ele é monk mesmo.

  • http://www.papodehomem.com.br Felipe Ramos

    Massa!!! Também sou adepto de fazer “qualquer coisa” pra sair da rotina..ainda mais morando na cidade de pedra que é SP.

    Parabéns Felipe!

    Não dá bola pro Gitti, ele é monk mesmo.

  • http://www.lamarq.wordpress.com/ Lamarq

    Válvulas de escape boas são:

    Malhar até cansar
    Pedalar até cansar
    Fazer trilha até cansar
    Fazer sexo até cansar

    …no final de tudo, toma um banho quente e vai tentar resolver algum sudoku.

    Se não passar, tenta fazer o mesmo no outro dia.

  • http://www.lamarq.wordpress.com/ Lamarq

    Válvulas de escape boas são:

    Malhar até cansar
    Pedalar até cansar
    Fazer trilha até cansar
    Fazer sexo até cansar

    …no final de tudo, toma um banho quente e vai tentar resolver algum sudoku.

    Se não passar, tenta fazer o mesmo no outro dia.

  • http://www.lamarq.wordpress.com/ Lamarq

    Válvulas de escape boas são:

    Malhar até cansar
    Pedalar até cansar
    Fazer trilha até cansar
    Fazer sexo até cansar

    …no final de tudo, toma um banho quente e vai tentar resolver algum sudoku.

    Se não passar, tenta fazer o mesmo no outro dia.

  • http://www.lamarq.wordpress.com Lamarq

    Válvulas de escape boas são:

    Malhar até cansar
    Pedalar até cansar
    Fazer trilha até cansar
    Fazer sexo até cansar

    …no final de tudo, toma um banho quente e vai tentar resolver algum sudoku.

    Se não passar, tenta fazer o mesmo no outro dia.

  • http://rodrigosantiago.wordpress.com/ Rodrigo Santiago

    O que aconteceu com o bom e velho Prozac (fluoxetina pra os íntimos)???? hauhauhauhau

    O melhor mesmo pra se livrar da pressão é analisar de onde elas vêm, nem que seja preciso colocar no papel; dar uma atenção a cada um dos itens, pensando no que seria necessário para resolvê-los; pensar em como resolver cada situação. Exemplo:

    Problema: Falta de dinheiro
    Solução: Arrumar dinheiro
    Como: criar um fluxo de caixa, ver onde se gasta, apertar o cinto, economizar, etc etc etc. Há várias estratégias.

    Aí que vemos que muitos de nossos problemas doem para serem resolvidos, mas precisam. Muitas coisas que pensamos ser boas para nós são apenas entraves.

    Pense, acima de tudo, com sinceridade. Pois não adianta mentir para si mesmo. Não sou psicólogo, mas foi o que resolveu pra mim.

  • http://rodrigosantiago.wordpress.com/ Rodrigo Santiago

    O que aconteceu com o bom e velho Prozac (fluoxetina pra os íntimos)???? hauhauhauhau

    O melhor mesmo pra se livrar da pressão é analisar de onde elas vêm, nem que seja preciso colocar no papel; dar uma atenção a cada um dos itens, pensando no que seria necessário para resolvê-los; pensar em como resolver cada situação. Exemplo:

    Problema: Falta de dinheiro
    Solução: Arrumar dinheiro
    Como: criar um fluxo de caixa, ver onde se gasta, apertar o cinto, economizar, etc etc etc. Há várias estratégias.

    Aí que vemos que muitos de nossos problemas doem para serem resolvidos, mas precisam. Muitas coisas que pensamos ser boas para nós são apenas entraves.

    Pense, acima de tudo, com sinceridade. Pois não adianta mentir para si mesmo. Não sou psicólogo, mas foi o que resolveu pra mim.

  • http://rodrigosantiago.wordpress.com/ Rodrigo Santiago

    O que aconteceu com o bom e velho Prozac (fluoxetina pra os íntimos)???? hauhauhauhau

    O melhor mesmo pra se livrar da pressão é analisar de onde elas vêm, nem que seja preciso colocar no papel; dar uma atenção a cada um dos itens, pensando no que seria necessário para resolvê-los; pensar em como resolver cada situação. Exemplo:

    Problema: Falta de dinheiro
    Solução: Arrumar dinheiro
    Como: criar um fluxo de caixa, ver onde se gasta, apertar o cinto, economizar, etc etc etc. Há várias estratégias.

    Aí que vemos que muitos de nossos problemas doem para serem resolvidos, mas precisam. Muitas coisas que pensamos ser boas para nós são apenas entraves.

    Pense, acima de tudo, com sinceridade. Pois não adianta mentir para si mesmo. Não sou psicólogo, mas foi o que resolveu pra mim.

  • http://rodrigosantiago.wordpress.com Rodrigo Santiago

    O que aconteceu com o bom e velho Prozac (fluoxetina pra os íntimos)???? hauhauhauhau

    O melhor mesmo pra se livrar da pressão é analisar de onde elas vêm, nem que seja preciso colocar no papel; dar uma atenção a cada um dos itens, pensando no que seria necessário para resolvê-los; pensar em como resolver cada situação. Exemplo:

    Problema: Falta de dinheiro
    Solução: Arrumar dinheiro
    Como: criar um fluxo de caixa, ver onde se gasta, apertar o cinto, economizar, etc etc etc. Há várias estratégias.

    Aí que vemos que muitos de nossos problemas doem para serem resolvidos, mas precisam. Muitas coisas que pensamos ser boas para nós são apenas entraves.

    Pense, acima de tudo, com sinceridade. Pois não adianta mentir para si mesmo. Não sou psicólogo, mas foi o que resolveu pra mim.

  • http://deidecara.blogspot.com/ Ale

    ae Felipe!
    agora entendi oque leva a uma pessoa a entrar nessas salas de bate-papo eróticas da net; vai ver são só pessoas que estão se livrando das suas pressões do dia-a-dia, como disse: Melhor ainda se essa masturbação for assistida, do verbo “outra pessoa fazê-la por você”. virtualmente também vale?!

    há uma outra dica pra se aliviar das pressões é ler esses blog de boa iniciativa e muito acompanhados que existem pela net, como este e o meu kkk ainda estou iniciando nesse negócio de blogsfera ou sei lá oque…

    abraços

  • http://deidecara.blogspot.com/ Ale

    ae Felipe!
    agora entendi oque leva a uma pessoa a entrar nessas salas de bate-papo eróticas da net; vai ver são só pessoas que estão se livrando das suas pressões do dia-a-dia, como disse: Melhor ainda se essa masturbação for assistida, do verbo “outra pessoa fazê-la por você”. virtualmente também vale?!

    há uma outra dica pra se aliviar das pressões é ler esses blog de boa iniciativa e muito acompanhados que existem pela net, como este e o meu kkk ainda estou iniciando nesse negócio de blogsfera ou sei lá oque…

    abraços

  • http://deidecara.blogspot.com/ Ale

    ae Felipe!
    agora entendi oque leva a uma pessoa a entrar nessas salas de bate-papo eróticas da net; vai ver são só pessoas que estão se livrando das suas pressões do dia-a-dia, como disse: Melhor ainda se essa masturbação for assistida, do verbo “outra pessoa fazê-la por você”. virtualmente também vale?!

    há uma outra dica pra se aliviar das pressões é ler esses blog de boa iniciativa e muito acompanhados que existem pela net, como este e o meu kkk ainda estou iniciando nesse negócio de blogsfera ou sei lá oque…

    abraços

  • http://deidecara.blogspot.com/ Ale

    ae Felipe!
    agora entendi oque leva a uma pessoa a entrar nessas salas de bate-papo eróticas da net; vai ver são só pessoas que estão se livrando das suas pressões do dia-a-dia, como disse: Melhor ainda se essa masturbação for assistida, do verbo “outra pessoa fazê-la por você”. virtualmente também vale?!

    há uma outra dica pra se aliviar das pressões é ler esses blog de boa iniciativa e muito acompanhados que existem pela net, como este e o meu kkk ainda estou iniciando nesse negócio de blogsfera ou sei lá oque…

    abraços

  • http://deidecara.blogspot.com/ Ale

    ae Felipe!
    agora entendi oque leva a uma pessoa a entrar nessas salas de bate-papo eróticas da net; vai ver são só pessoas que estão se livrando das suas pressões do dia-a-dia, como disse: Melhor ainda se essa masturbação for assistida, do verbo “outra pessoa fazê-la por você”. virtualmente também vale?!

    há uma outra dica pra se aliviar das pressões é ler esses blog de boa iniciativa e muito acompanhados que existem pela net, como este e o meu kkk ainda estou iniciando nesse negócio de blogsfera ou sei lá oque…

    abraços

  • http://deidecara.blogspot.com/ Ale

    ae Felipe!
    agora entendi oque leva a uma pessoa a entrar nessas salas de bate-papo eróticas da net; vai ver são só pessoas que estão se livrando das suas pressões do dia-a-dia, como disse: Melhor ainda se essa masturbação for assistida, do verbo “outra pessoa fazê-la por você”. virtualmente também vale?!

    há uma outra dica pra se aliviar das pressões é ler esses blog de boa iniciativa e muito acompanhados que existem pela net, como este e o meu kkk ainda estou iniciando nesse negócio de blogsfera ou sei lá oque…

    abraços

  • http://deidecara.blogspot.com/ Ale

    ae Felipe!
    agora entendi oque leva a uma pessoa a entrar nessas salas de bate-papo eróticas da net; vai ver são só pessoas que estão se livrando das suas pressões do dia-a-dia, como disse: Melhor ainda se essa masturbação for assistida, do verbo “outra pessoa fazê-la por você”. virtualmente também vale?!

    há uma outra dica pra se aliviar das pressões é ler esses blog de boa iniciativa e muito acompanhados que existem pela net, como este e o meu kkk ainda estou iniciando nesse negócio de blogsfera ou sei lá oque…

    abraços

  • Dr Health

    O melhor para se livrar da pressão é um corte na aorta ou na carótida.

    O sangue extravasa todo, e a pressão (arterial) vai a zero. Morte certa, mas pelo menos resolve a pressão.

    (piada sem graça de médico)

  • Dr Health

    O melhor para se livrar da pressão é um corte na aorta ou na carótida.

    O sangue extravasa todo, e a pressão (arterial) vai a zero. Morte certa, mas pelo menos resolve a pressão.

    (piada sem graça de médico)

  • Dr Health

    O melhor para se livrar da pressão é um corte na aorta ou na carótida.

    O sangue extravasa todo, e a pressão (arterial) vai a zero. Morte certa, mas pelo menos resolve a pressão.

    (piada sem graça de médico)

  • Dr Health

    O melhor para se livrar da pressão é um corte na aorta ou na carótida.

    O sangue extravasa todo, e a pressão (arterial) vai a zero. Morte certa, mas pelo menos resolve a pressão.

    (piada sem graça de médico)

  • Dr Health

    O melhor para se livrar da pressão é um corte na aorta ou na carótida.

    O sangue extravasa todo, e a pressão (arterial) vai a zero. Morte certa, mas pelo menos resolve a pressão.

    (piada sem graça de médico)

  • Dr Health

    O melhor para se livrar da pressão é um corte na aorta ou na carótida.

    O sangue extravasa todo, e a pressão (arterial) vai a zero. Morte certa, mas pelo menos resolve a pressão.

    (piada sem graça de médico)

  • Dr Health

    O melhor para se livrar da pressão é um corte na aorta ou na carótida.

    O sangue extravasa todo, e a pressão (arterial) vai a zero. Morte certa, mas pelo menos resolve a pressão.

    (piada sem graça de médico)

  • Vinícius

    Pode-se dizer com segurança que Dr. Health matou a discussão. hahaha

    Sobre a pressão – olha, qualquer forma de escapismo ajuda. Ache a que mais for conveniente e agradável para você e manda brasa. Agora, não esqueça de voltar para poder RESOLVER a naba.

  • Vinícius

    Pode-se dizer com segurança que Dr. Health matou a discussão. hahaha

    Sobre a pressão – olha, qualquer forma de escapismo ajuda. Ache a que mais for conveniente e agradável para você e manda brasa. Agora, não esqueça de voltar para poder RESOLVER a naba.

  • Vinícius

    Pode-se dizer com segurança que Dr. Health matou a discussão. hahaha

    Sobre a pressão – olha, qualquer forma de escapismo ajuda. Ache a que mais for conveniente e agradável para você e manda brasa. Agora, não esqueça de voltar para poder RESOLVER a naba.

  • Vinícius

    Pode-se dizer com segurança que Dr. Health matou a discussão. hahaha

    Sobre a pressão – olha, qualquer forma de escapismo ajuda. Ache a que mais for conveniente e agradável para você e manda brasa. Agora, não esqueça de voltar para poder RESOLVER a naba.

  • Vinícius

    Pode-se dizer com segurança que Dr. Health matou a discussão. hahaha

    Sobre a pressão – olha, qualquer forma de escapismo ajuda. Ache a que mais for conveniente e agradável para você e manda brasa. Agora, não esqueça de voltar para poder RESOLVER a naba.

  • Vinícius

    Pode-se dizer com segurança que Dr. Health matou a discussão. hahaha

    Sobre a pressão – olha, qualquer forma de escapismo ajuda. Ache a que mais for conveniente e agradável para você e manda brasa. Agora, não esqueça de voltar para poder RESOLVER a naba.

  • http://www.rickgauden.blogspot.com/ Rickgauden

    Eu sugiro jogar Counter – Strike, online.
    É um ótimo aliviador de pressão, te desliga do mundo e vc ainda troca ideia com outras pessoas do server.

  • http://www.rickgauden.blogspot.com/ Rickgauden

    Eu sugiro jogar Counter – Strike, online.
    É um ótimo aliviador de pressão, te desliga do mundo e vc ainda troca ideia com outras pessoas do server.

  • http://www.rickgauden.blogspot.com/ Rickgauden

    Eu sugiro jogar Counter – Strike, online.
    É um ótimo aliviador de pressão, te desliga do mundo e vc ainda troca ideia com outras pessoas do server.

  • http://www.sguenis.blogspot.com/ Cristal – a louca

    Nem vou comentar os coments, o senso de importância é uma coisa inerente ao ser humano, seja lá o que isso signifique.

    A pressão tá demais e não dá pra pegar o carro e dirigir… porque não tenho carro. Ou viajar para as montanhas porque tô sem grana e sem tempo… ou tô com preguiça pra malhar e correr na rua aqui no Rio de Janeiro é meio complicado depois das 19:00.

    Eu voto em um mix dessas coisas: Beber até começar a cantar bem alto, depois extravasar a raiva discutindo com o cachorro, depois tomar um banho para tentar curar o porre, aproveitar que está no banho e tocar umazinha. Vai dormir feito um anjo/anja.

  • http://www.sguenis.blogspot.com/ Cristal – a louca

    Nem vou comentar os coments, o senso de importância é uma coisa inerente ao ser humano, seja lá o que isso signifique.

    A pressão tá demais e não dá pra pegar o carro e dirigir… porque não tenho carro. Ou viajar para as montanhas porque tô sem grana e sem tempo… ou tô com preguiça pra malhar e correr na rua aqui no Rio de Janeiro é meio complicado depois das 19:00.

    Eu voto em um mix dessas coisas: Beber até começar a cantar bem alto, depois extravasar a raiva discutindo com o cachorro, depois tomar um banho para tentar curar o porre, aproveitar que está no banho e tocar umazinha. Vai dormir feito um anjo/anja.

  • http://www.sguenis.blogspot.com/ Cristal – a louca

    Nem vou comentar os coments, o senso de importância é uma coisa inerente ao ser humano, seja lá o que isso signifique.

    A pressão tá demais e não dá pra pegar o carro e dirigir… porque não tenho carro. Ou viajar para as montanhas porque tô sem grana e sem tempo… ou tô com preguiça pra malhar e correr na rua aqui no Rio de Janeiro é meio complicado depois das 19:00.

    Eu voto em um mix dessas coisas: Beber até começar a cantar bem alto, depois extravasar a raiva discutindo com o cachorro, depois tomar um banho para tentar curar o porre, aproveitar que está no banho e tocar umazinha. Vai dormir feito um anjo/anja.

  • http://www.sguenis.blogspot.com/ Cristal – a louca

    Nem vou comentar os coments, o senso de importância é uma coisa inerente ao ser humano, seja lá o que isso signifique.

    A pressão tá demais e não dá pra pegar o carro e dirigir… porque não tenho carro. Ou viajar para as montanhas porque tô sem grana e sem tempo… ou tô com preguiça pra malhar e correr na rua aqui no Rio de Janeiro é meio complicado depois das 19:00.

    Eu voto em um mix dessas coisas: Beber até começar a cantar bem alto, depois extravasar a raiva discutindo com o cachorro, depois tomar um banho para tentar curar o porre, aproveitar que está no banho e tocar umazinha. Vai dormir feito um anjo/anja.

  • http://www.sguenis.blogspot.com/ Cristal – a louca

    Nem vou comentar os coments, o senso de importância é uma coisa inerente ao ser humano, seja lá o que isso signifique.

    A pressão tá demais e não dá pra pegar o carro e dirigir… porque não tenho carro. Ou viajar para as montanhas porque tô sem grana e sem tempo… ou tô com preguiça pra malhar e correr na rua aqui no Rio de Janeiro é meio complicado depois das 19:00.

    Eu voto em um mix dessas coisas: Beber até começar a cantar bem alto, depois extravasar a raiva discutindo com o cachorro, depois tomar um banho para tentar curar o porre, aproveitar que está no banho e tocar umazinha. Vai dormir feito um anjo/anja.

  • http://www.sguenis.blogspot.com/ Cristal – a louca

    Nem vou comentar os coments, o senso de importância é uma coisa inerente ao ser humano, seja lá o que isso signifique.

    A pressão tá demais e não dá pra pegar o carro e dirigir… porque não tenho carro. Ou viajar para as montanhas porque tô sem grana e sem tempo… ou tô com preguiça pra malhar e correr na rua aqui no Rio de Janeiro é meio complicado depois das 19:00.

    Eu voto em um mix dessas coisas: Beber até começar a cantar bem alto, depois extravasar a raiva discutindo com o cachorro, depois tomar um banho para tentar curar o porre, aproveitar que está no banho e tocar umazinha. Vai dormir feito um anjo/anja.

  • http://www.sguenis.blogspot.com Cristal – a louca

    Nem vou comentar os coments, o senso de importância é uma coisa inerente ao ser humano, seja lá o que isso signifique.

    A pressão tá demais e não dá pra pegar o carro e dirigir… porque não tenho carro. Ou viajar para as montanhas porque tô sem grana e sem tempo… ou tô com preguiça pra malhar e correr na rua aqui no Rio de Janeiro é meio complicado depois das 19:00.

    Eu voto em um mix dessas coisas: Beber até começar a cantar bem alto, depois extravasar a raiva discutindo com o cachorro, depois tomar um banho para tentar curar o porre, aproveitar que está no banho e tocar umazinha. Vai dormir feito um anjo/anja.

  • http://www.nerdcore.com.br/ Rafael

    Dicas de filmes saco-roxo:

    - Scarface
    - Cães de Aluguel
    - Poderoso Chefão
    - Os Intocáveis

  • http://www.nerdcore.com.br/ Rafael

    Dicas de filmes saco-roxo:

    - Scarface
    - Cães de Aluguel
    - Poderoso Chefão
    - Os Intocáveis

  • http://www.nerdcore.com.br/ Rafael

    Dicas de filmes saco-roxo:

    - Scarface
    - Cães de Aluguel
    - Poderoso Chefão
    - Os Intocáveis

  • http://www.nerdcore.com.br/ Rafael

    Dicas de filmes saco-roxo:

    - Scarface
    - Cães de Aluguel
    - Poderoso Chefão
    - Os Intocáveis

  • http://www.nerdcore.com.br/ Rafael

    Dicas de filmes saco-roxo:

    - Scarface
    - Cães de Aluguel
    - Poderoso Chefão
    - Os Intocáveis

  • http://www.controleremoto.tv/ Felipe Neto

    As pessoas são extremamente dramáticas quando analizam algumas abordagens polêmicas.

    Conforme disse ao Gitti, essas dicas são apenas formas de alívio temporário da pressão. Para caras como eu, que as vezes precisam redigir um texto mesmo sob vários problemas da vida, os ítens ali em cima são formas de me fazer concentrar e escrever.

    Para isso, dou um exemplo.
    Fui vítima recentemente de uma quadrilha que roubou todo dinheiro que eu tinha na minha conta bancária.
    Passei por seríssimos problemas de stress, até mesmo quase depressão. Mas eu não poderia deixar de escrever e atuar, que são as principais atitividades da minha vida.
    Exatamente o que me fortaleceu nos momentos em que precisava, foram as dicas mencionadas.
    Na hora em que precisava escrever um texto, mesmo sob a forte influência de uma tristeza inacreditável por ter perdido milhares de reais, colocava uma música alta, começava a cantar que nem maluco e me liberava daquilo por algumas horas. O suficiente para escrever. (Isso foi um exemplo)

    Outro fator polêmico é a questão do álcool.
    Acho sinceramente que as pessoas preferem ignorar as partes explicativas e concentrar-se apenas no pensamento: “O Felipe Neto falou pra você beber se estiver com problemas”.
    Eu acho que deixo bem claro que a bebida é um recurso somente para casos graves, aqueles que sua mente não vai conseguir bloquear, sequer temporariamente, mesmo realizando alguma atividade. Exemplo? A morte de sua esposa.
    Nesse tipo de caso, repito: Tomar UM porre não é um crime. É humano.
    Porém, repito as palavras proferidas no post: “Mas lembre-se de que isso não é uma solução. Tentar limpar sua vida com álcool não o fará feliz, apenas patético.”

    Libertem-se um pouco dessa dramaticidade.
    Não falei para ninguém se tornar alcóolatra, nem obeso, nem um completo viciado em games, ou em masturbação.
    Pois isso só faz da pessoa um ser realmente estúpido. O segredo está na execução da atividade uma vez ou outra, somente como ferramenta, como auxílio temporário.

    No dia seguinte, vá a luta.

  • http://www.controleremoto.tv/ Felipe Neto

    As pessoas são extremamente dramáticas quando analizam algumas abordagens polêmicas.

    Conforme disse ao Gitti, essas dicas são apenas formas de alívio temporário da pressão. Para caras como eu, que as vezes precisam redigir um texto mesmo sob vários problemas da vida, os ítens ali em cima são formas de me fazer concentrar e escrever.

    Para isso, dou um exemplo.
    Fui vítima recentemente de uma quadrilha que roubou todo dinheiro que eu tinha na minha conta bancária.
    Passei por seríssimos problemas de stress, até mesmo quase depressão. Mas eu não poderia deixar de escrever e atuar, que são as principais atitividades da minha vida.
    Exatamente o que me fortaleceu nos momentos em que precisava, foram as dicas mencionadas.
    Na hora em que precisava escrever um texto, mesmo sob a forte influência de uma tristeza inacreditável por ter perdido milhares de reais, colocava uma música alta, começava a cantar que nem maluco e me liberava daquilo por algumas horas. O suficiente para escrever. (Isso foi um exemplo)

    Outro fator polêmico é a questão do álcool.
    Acho sinceramente que as pessoas preferem ignorar as partes explicativas e concentrar-se apenas no pensamento: “O Felipe Neto falou pra você beber se estiver com problemas”.
    Eu acho que deixo bem claro que a bebida é um recurso somente para casos graves, aqueles que sua mente não vai conseguir bloquear, sequer temporariamente, mesmo realizando alguma atividade. Exemplo? A morte de sua esposa.
    Nesse tipo de caso, repito: Tomar UM porre não é um crime. É humano.
    Porém, repito as palavras proferidas no post: “Mas lembre-se de que isso não é uma solução. Tentar limpar sua vida com álcool não o fará feliz, apenas patético.”

    Libertem-se um pouco dessa dramaticidade.
    Não falei para ninguém se tornar alcóolatra, nem obeso, nem um completo viciado em games, ou em masturbação.
    Pois isso só faz da pessoa um ser realmente estúpido. O segredo está na execução da atividade uma vez ou outra, somente como ferramenta, como auxílio temporário.

    No dia seguinte, vá a luta.

  • http://www.controleremoto.tv/ Felipe Neto

    As pessoas são extremamente dramáticas quando analizam algumas abordagens polêmicas.

    Conforme disse ao Gitti, essas dicas são apenas formas de alívio temporário da pressão. Para caras como eu, que as vezes precisam redigir um texto mesmo sob vários problemas da vida, os ítens ali em cima são formas de me fazer concentrar e escrever.

    Para isso, dou um exemplo.
    Fui vítima recentemente de uma quadrilha que roubou todo dinheiro que eu tinha na minha conta bancária.
    Passei por seríssimos problemas de stress, até mesmo quase depressão. Mas eu não poderia deixar de escrever e atuar, que são as principais atitividades da minha vida.
    Exatamente o que me fortaleceu nos momentos em que precisava, foram as dicas mencionadas.
    Na hora em que precisava escrever um texto, mesmo sob a forte influência de uma tristeza inacreditável por ter perdido milhares de reais, colocava uma música alta, começava a cantar que nem maluco e me liberava daquilo por algumas horas. O suficiente para escrever. (Isso foi um exemplo)

    Outro fator polêmico é a questão do álcool.
    Acho sinceramente que as pessoas preferem ignorar as partes explicativas e concentrar-se apenas no pensamento: “O Felipe Neto falou pra você beber se estiver com problemas”.
    Eu acho que deixo bem claro que a bebida é um recurso somente para casos graves, aqueles que sua mente não vai conseguir bloquear, sequer temporariamente, mesmo realizando alguma atividade. Exemplo? A morte de sua esposa.
    Nesse tipo de caso, repito: Tomar UM porre não é um crime. É humano.
    Porém, repito as palavras proferidas no post: “Mas lembre-se de que isso não é uma solução. Tentar limpar sua vida com álcool não o fará feliz, apenas patético.”

    Libertem-se um pouco dessa dramaticidade.
    Não falei para ninguém se tornar alcóolatra, nem obeso, nem um completo viciado em games, ou em masturbação.
    Pois isso só faz da pessoa um ser realmente estúpido. O segredo está na execução da atividade uma vez ou outra, somente como ferramenta, como auxílio temporário.

    No dia seguinte, vá a luta.

  • http://www.controleremoto.tv/ Felipe Neto

    As pessoas são extremamente dramáticas quando analizam algumas abordagens polêmicas.

    Conforme disse ao Gitti, essas dicas são apenas formas de alívio temporário da pressão. Para caras como eu, que as vezes precisam redigir um texto mesmo sob vários problemas da vida, os ítens ali em cima são formas de me fazer concentrar e escrever.

    Para isso, dou um exemplo.
    Fui vítima recentemente de uma quadrilha que roubou todo dinheiro que eu tinha na minha conta bancária.
    Passei por seríssimos problemas de stress, até mesmo quase depressão. Mas eu não poderia deixar de escrever e atuar, que são as principais atitividades da minha vida.
    Exatamente o que me fortaleceu nos momentos em que precisava, foram as dicas mencionadas.
    Na hora em que precisava escrever um texto, mesmo sob a forte influência de uma tristeza inacreditável por ter perdido milhares de reais, colocava uma música alta, começava a cantar que nem maluco e me liberava daquilo por algumas horas. O suficiente para escrever. (Isso foi um exemplo)

    Outro fator polêmico é a questão do álcool.
    Acho sinceramente que as pessoas preferem ignorar as partes explicativas e concentrar-se apenas no pensamento: “O Felipe Neto falou pra você beber se estiver com problemas”.
    Eu acho que deixo bem claro que a bebida é um recurso somente para casos graves, aqueles que sua mente não vai conseguir bloquear, sequer temporariamente, mesmo realizando alguma atividade. Exemplo? A morte de sua esposa.
    Nesse tipo de caso, repito: Tomar UM porre não é um crime. É humano.
    Porém, repito as palavras proferidas no post: “Mas lembre-se de que isso não é uma solução. Tentar limpar sua vida com álcool não o fará feliz, apenas patético.”

    Libertem-se um pouco dessa dramaticidade.
    Não falei para ninguém se tornar alcóolatra, nem obeso, nem um completo viciado em games, ou em masturbação.
    Pois isso só faz da pessoa um ser realmente estúpido. O segredo está na execução da atividade uma vez ou outra, somente como ferramenta, como auxílio temporário.

    No dia seguinte, vá a luta.

  • http://www.controleremoto.tv Felipe Neto

    As pessoas são extremamente dramáticas quando analizam algumas abordagens polêmicas.

    Conforme disse ao Gitti, essas dicas são apenas formas de alívio temporário da pressão. Para caras como eu, que as vezes precisam redigir um texto mesmo sob vários problemas da vida, os ítens ali em cima são formas de me fazer concentrar e escrever.

    Para isso, dou um exemplo.
    Fui vítima recentemente de uma quadrilha que roubou todo dinheiro que eu tinha na minha conta bancária.
    Passei por seríssimos problemas de stress, até mesmo quase depressão. Mas eu não poderia deixar de escrever e atuar, que são as principais atitividades da minha vida.
    Exatamente o que me fortaleceu nos momentos em que precisava, foram as dicas mencionadas.
    Na hora em que precisava escrever um texto, mesmo sob a forte influência de uma tristeza inacreditável por ter perdido milhares de reais, colocava uma música alta, começava a cantar que nem maluco e me liberava daquilo por algumas horas. O suficiente para escrever. (Isso foi um exemplo)

    Outro fator polêmico é a questão do álcool.
    Acho sinceramente que as pessoas preferem ignorar as partes explicativas e concentrar-se apenas no pensamento: “O Felipe Neto falou pra você beber se estiver com problemas”.
    Eu acho que deixo bem claro que a bebida é um recurso somente para casos graves, aqueles que sua mente não vai conseguir bloquear, sequer temporariamente, mesmo realizando alguma atividade. Exemplo? A morte de sua esposa.
    Nesse tipo de caso, repito: Tomar UM porre não é um crime. É humano.
    Porém, repito as palavras proferidas no post: “Mas lembre-se de que isso não é uma solução. Tentar limpar sua vida com álcool não o fará feliz, apenas patético.”

    Libertem-se um pouco dessa dramaticidade.
    Não falei para ninguém se tornar alcóolatra, nem obeso, nem um completo viciado em games, ou em masturbação.
    Pois isso só faz da pessoa um ser realmente estúpido. O segredo está na execução da atividade uma vez ou outra, somente como ferramenta, como auxílio temporário.

    No dia seguinte, vá a luta.

  • Antônio Silva

    Eu particularmente gostei texto, achei bem interessante e a maioria das coisas ditas, acredito que funcionem como distração em momentos de stress. Pra mim desenhar também funciona bem (eu trabalho com isso e amo).

    Sobre os comentários eu acho válido que alguem discorde do que foi dito, já que não somos obrigados a gostar de tudo o que é postado aqui. O problema surge quando a critica vem sem embasamento. Se você não fundamentar o que diz está apenas querendo depreciar, diminuir, o trabalho do outro. Nesse caso é melhor guardar pra si mesmo o que for dizer.

    Só o meu ponto de vista.

  • Antônio Silva

    Eu particularmente gostei texto, achei bem interessante e a maioria das coisas ditas, acredito que funcionem como distração em momentos de stress. Pra mim desenhar também funciona bem (eu trabalho com isso e amo).

    Sobre os comentários eu acho válido que alguem discorde do que foi dito, já que não somos obrigados a gostar de tudo o que é postado aqui. O problema surge quando a critica vem sem embasamento. Se você não fundamentar o que diz está apenas querendo depreciar, diminuir, o trabalho do outro. Nesse caso é melhor guardar pra si mesmo o que for dizer.

    Só o meu ponto de vista.

  • Antônio Silva

    Eu particularmente gostei texto, achei bem interessante e a maioria das coisas ditas, acredito que funcionem como distração em momentos de stress. Pra mim desenhar também funciona bem (eu trabalho com isso e amo).

    Sobre os comentários eu acho válido que alguem discorde do que foi dito, já que não somos obrigados a gostar de tudo o que é postado aqui. O problema surge quando a critica vem sem embasamento. Se você não fundamentar o que diz está apenas querendo depreciar, diminuir, o trabalho do outro. Nesse caso é melhor guardar pra si mesmo o que for dizer.

    Só o meu ponto de vista.

  • Antônio Silva

    Eu particularmente gostei texto, achei bem interessante e a maioria das coisas ditas, acredito que funcionem como distração em momentos de stress. Pra mim desenhar também funciona bem (eu trabalho com isso e amo).

    Sobre os comentários eu acho válido que alguem discorde do que foi dito, já que não somos obrigados a gostar de tudo o que é postado aqui. O problema surge quando a critica vem sem embasamento. Se você não fundamentar o que diz está apenas querendo depreciar, diminuir, o trabalho do outro. Nesse caso é melhor guardar pra si mesmo o que for dizer.

    Só o meu ponto de vista.

  • Antônio Silva

    Eu particularmente gostei texto, achei bem interessante e a maioria das coisas ditas, acredito que funcionem como distração em momentos de stress. Pra mim desenhar também funciona bem (eu trabalho com isso e amo).

    Sobre os comentários eu acho válido que alguem discorde do que foi dito, já que não somos obrigados a gostar de tudo o que é postado aqui. O problema surge quando a critica vem sem embasamento. Se você não fundamentar o que diz está apenas querendo depreciar, diminuir, o trabalho do outro. Nesse caso é melhor guardar pra si mesmo o que for dizer.

    Só o meu ponto de vista.

  • Antônio Silva

    Eu particularmente gostei texto, achei bem interessante e a maioria das coisas ditas, acredito que funcionem como distração em momentos de stress. Pra mim desenhar também funciona bem (eu trabalho com isso e amo).

    Sobre os comentários eu acho válido que alguem discorde do que foi dito, já que não somos obrigados a gostar de tudo o que é postado aqui. O problema surge quando a critica vem sem embasamento. Se você não fundamentar o que diz está apenas querendo depreciar, diminuir, o trabalho do outro. Nesse caso é melhor guardar pra si mesmo o que for dizer.

    Só o meu ponto de vista.

  • Antônio Silva

    Eu particularmente gostei texto, achei bem interessante e a maioria das coisas ditas, acredito que funcionem como distração em momentos de stress. Pra mim desenhar também funciona bem (eu trabalho com isso e amo).

    Sobre os comentários eu acho válido que alguem discorde do que foi dito, já que não somos obrigados a gostar de tudo o que é postado aqui. O problema surge quando a critica vem sem embasamento. Se você não fundamentar o que diz está apenas querendo depreciar, diminuir, o trabalho do outro. Nesse caso é melhor guardar pra si mesmo o que for dizer.

    Só o meu ponto de vista.

  • Antônio Silva

    Eu particularmente gostei texto, achei bem interessante e a maioria das coisas ditas, acredito que funcionem como distração em momentos de stress. Pra mim desenhar também funciona bem (eu trabalho com isso e amo).

    Sobre os comentários eu acho válido que alguem discorde do que foi dito, já que não somos obrigados a gostar de tudo o que é postado aqui. O problema surge quando a critica vem sem embasamento. Se você não fundamentar o que diz está apenas querendo depreciar, diminuir, o trabalho do outro. Nesse caso é melhor guardar pra si mesmo o que for dizer.

    Só o meu ponto de vista.

  • Priscila

    “Pode-se dizer com segurança que Dr. Health matou a discussão. hahaha” [2]

  • Priscila

    “Pode-se dizer com segurança que Dr. Health matou a discussão. hahaha” [2]

  • Priscila

    “Pode-se dizer com segurança que Dr. Health matou a discussão. hahaha” [2]

  • http://www.papodehomem.com.br/author/rodrigoalmeida Rodrigo Almeida

    Antes de qualquer coisa tenho que concordar que o Dr. Health matou a discussão hehehehe

    Quanto ao textou, achei muito legal.

    De fato, muita gente não pôde sequer interpretar o tipo de pressão que o Felipe estava se referindo.

    Eu sou um que quando estou sob o tipo de pressão que me deixa tenso, preocupado e atrapalha na concentração no trabalho, tomo um Whiskyzinho.

    Quando a coisa tá feia combino um JW com um habano e berro alto ao som de Sinatra. Não tem erro, a cabeça volta pro lugar e rapidamente encontro a solução pro problema.

    Sinto um pouco de pena das pessoas que rotulam esse comportamento como uma saída que termina em alcolismo. Acho que o embasamento vêm mais daqueles que já possuem a cabeça totalmente fudida e o alcool vai ser o menor dos problemas.

    Como eu sempre digo: quando cansado, Scotch puro para animar; quando tenso, Scotch com gelo para relaxar.

    Ahhhh, também alivio o stress com muito Poker! O problema é que quando me levam tudo em um All-In, saio ainda mais irritado hehehehe

  • http://www.papodehomem.com.br/author/rodrigoalmeida Rodrigo Almeida

    Antes de qualquer coisa tenho que concordar que o Dr. Health matou a discussão hehehehe

    Quanto ao textou, achei muito legal.

    De fato, muita gente não pôde sequer interpretar o tipo de pressão que o Felipe estava se referindo.

    Eu sou um que quando estou sob o tipo de pressão que me deixa tenso, preocupado e atrapalha na concentração no trabalho, tomo um Whiskyzinho.

    Quando a coisa tá feia combino um JW com um habano e berro alto ao som de Sinatra. Não tem erro, a cabeça volta pro lugar e rapidamente encontro a solução pro problema.

    Sinto um pouco de pena das pessoas que rotulam esse comportamento como uma saída que termina em alcolismo. Acho que o embasamento vêm mais daqueles que já possuem a cabeça totalmente fudida e o alcool vai ser o menor dos problemas.

    Como eu sempre digo: quando cansado, Scotch puro para animar; quando tenso, Scotch com gelo para relaxar.

    Ahhhh, também alivio o stress com muito Poker! O problema é que quando me levam tudo em um All-In, saio ainda mais irritado hehehehe

  • http://www.papodehomem.com.br/author/rodrigoalmeida Rodrigo Almeida

    Antes de qualquer coisa tenho que concordar que o Dr. Health matou a discussão hehehehe

    Quanto ao textou, achei muito legal.

    De fato, muita gente não pôde sequer interpretar o tipo de pressão que o Felipe estava se referindo.

    Eu sou um que quando estou sob o tipo de pressão que me deixa tenso, preocupado e atrapalha na concentração no trabalho, tomo um Whiskyzinho.

    Quando a coisa tá feia combino um JW com um habano e berro alto ao som de Sinatra. Não tem erro, a cabeça volta pro lugar e rapidamente encontro a solução pro problema.

    Sinto um pouco de pena das pessoas que rotulam esse comportamento como uma saída que termina em alcolismo. Acho que o embasamento vêm mais daqueles que já possuem a cabeça totalmente fudida e o alcool vai ser o menor dos problemas.

    Como eu sempre digo: quando cansado, Scotch puro para animar; quando tenso, Scotch com gelo para relaxar.

    Ahhhh, também alivio o stress com muito Poker! O problema é que quando me levam tudo em um All-In, saio ainda mais irritado hehehehe

  • http://www.papodehomem.com.br/author/rodrigoalmeida Rodrigo Almeida

    Antes de qualquer coisa tenho que concordar que o Dr. Health matou a discussão hehehehe

    Quanto ao textou, achei muito legal.

    De fato, muita gente não pôde sequer interpretar o tipo de pressão que o Felipe estava se referindo.

    Eu sou um que quando estou sob o tipo de pressão que me deixa tenso, preocupado e atrapalha na concentração no trabalho, tomo um Whiskyzinho.

    Quando a coisa tá feia combino um JW com um habano e berro alto ao som de Sinatra. Não tem erro, a cabeça volta pro lugar e rapidamente encontro a solução pro problema.

    Sinto um pouco de pena das pessoas que rotulam esse comportamento como uma saída que termina em alcolismo. Acho que o embasamento vêm mais daqueles que já possuem a cabeça totalmente fudida e o alcool vai ser o menor dos problemas.

    Como eu sempre digo: quando cansado, Scotch puro para animar; quando tenso, Scotch com gelo para relaxar.

    Ahhhh, também alivio o stress com muito Poker! O problema é que quando me levam tudo em um All-In, saio ainda mais irritado hehehehe

  • http://www.papodehomem.com.br/author/rodrigoalmeida Rodrigo Almeida

    Antes de qualquer coisa tenho que concordar que o Dr. Health matou a discussão hehehehe

    Quanto ao textou, achei muito legal.

    De fato, muita gente não pôde sequer interpretar o tipo de pressão que o Felipe estava se referindo.

    Eu sou um que quando estou sob o tipo de pressão que me deixa tenso, preocupado e atrapalha na concentração no trabalho, tomo um Whiskyzinho.

    Quando a coisa tá feia combino um JW com um habano e berro alto ao som de Sinatra. Não tem erro, a cabeça volta pro lugar e rapidamente encontro a solução pro problema.

    Sinto um pouco de pena das pessoas que rotulam esse comportamento como uma saída que termina em alcolismo. Acho que o embasamento vêm mais daqueles que já possuem a cabeça totalmente fudida e o alcool vai ser o menor dos problemas.

    Como eu sempre digo: quando cansado, Scotch puro para animar; quando tenso, Scotch com gelo para relaxar.

    Ahhhh, também alivio o stress com muito Poker! O problema é que quando me levam tudo em um All-In, saio ainda mais irritado hehehehe

  • http://www.papodehomem.com.br/author/rodrigoalmeida Rodrigo Almeida

    Antes de qualquer coisa tenho que concordar que o Dr. Health matou a discussão hehehehe

    Quanto ao textou, achei muito legal.

    De fato, muita gente não pôde sequer interpretar o tipo de pressão que o Felipe estava se referindo.

    Eu sou um que quando estou sob o tipo de pressão que me deixa tenso, preocupado e atrapalha na concentração no trabalho, tomo um Whiskyzinho.

    Quando a coisa tá feia combino um JW com um habano e berro alto ao som de Sinatra. Não tem erro, a cabeça volta pro lugar e rapidamente encontro a solução pro problema.

    Sinto um pouco de pena das pessoas que rotulam esse comportamento como uma saída que termina em alcolismo. Acho que o embasamento vêm mais daqueles que já possuem a cabeça totalmente fudida e o alcool vai ser o menor dos problemas.

    Como eu sempre digo: quando cansado, Scotch puro para animar; quando tenso, Scotch com gelo para relaxar.

    Ahhhh, também alivio o stress com muito Poker! O problema é que quando me levam tudo em um All-In, saio ainda mais irritado hehehehe

  • http://www.papodehomem.com.br/author/rodrigoalmeida Rodrigo Almeida

    Antes de qualquer coisa tenho que concordar que o Dr. Health matou a discussão hehehehe

    Quanto ao textou, achei muito legal.

    De fato, muita gente não pôde sequer interpretar o tipo de pressão que o Felipe estava se referindo.

    Eu sou um que quando estou sob o tipo de pressão que me deixa tenso, preocupado e atrapalha na concentração no trabalho, tomo um Whiskyzinho.

    Quando a coisa tá feia combino um JW com um habano e berro alto ao som de Sinatra. Não tem erro, a cabeça volta pro lugar e rapidamente encontro a solução pro problema.

    Sinto um pouco de pena das pessoas que rotulam esse comportamento como uma saída que termina em alcolismo. Acho que o embasamento vêm mais daqueles que já possuem a cabeça totalmente fudida e o alcool vai ser o menor dos problemas.

    Como eu sempre digo: quando cansado, Scotch puro para animar; quando tenso, Scotch com gelo para relaxar.

    Ahhhh, também alivio o stress com muito Poker! O problema é que quando me levam tudo em um All-In, saio ainda mais irritado hehehehe

  • http://www.papodehomem.com.br/author/rodrigoalmeida Rodrigo Almeida

    Antes de qualquer coisa tenho que concordar que o Dr. Health matou a discussão hehehehe

    Quanto ao textou, achei muito legal.

    De fato, muita gente não pôde sequer interpretar o tipo de pressão que o Felipe estava se referindo.

    Eu sou um que quando estou sob o tipo de pressão que me deixa tenso, preocupado e atrapalha na concentração no trabalho, tomo um Whiskyzinho.

    Quando a coisa tá feia combino um JW com um habano e berro alto ao som de Sinatra. Não tem erro, a cabeça volta pro lugar e rapidamente encontro a solução pro problema.

    Sinto um pouco de pena das pessoas que rotulam esse comportamento como uma saída que termina em alcolismo. Acho que o embasamento vêm mais daqueles que já possuem a cabeça totalmente fudida e o alcool vai ser o menor dos problemas.

    Como eu sempre digo: quando cansado, Scotch puro para animar; quando tenso, Scotch com gelo para relaxar.

    Ahhhh, também alivio o stress com muito Poker! O problema é que quando me levam tudo em um All-In, saio ainda mais irritado hehehehe

  • http://www.papodehomem.com.br/author/rodrigoalmeida Rodrigo Almeida

    Antes de qualquer coisa tenho que concordar que o Dr. Health matou a discussão hehehehe

    Quanto ao textou, achei muito legal.

    De fato, muita gente não pôde sequer interpretar o tipo de pressão que o Felipe estava se referindo.

    Eu sou um que quando estou sob o tipo de pressão que me deixa tenso, preocupado e atrapalha na concentração no trabalho, tomo um Whiskyzinho.

    Quando a coisa tá feia combino um JW com um habano e berro alto ao som de Sinatra. Não tem erro, a cabeça volta pro lugar e rapidamente encontro a solução pro problema.

    Sinto um pouco de pena das pessoas que rotulam esse comportamento como uma saída que termina em alcolismo. Acho que o embasamento vêm mais daqueles que já possuem a cabeça totalmente fudida e o alcool vai ser o menor dos problemas.

    Como eu sempre digo: quando cansado, Scotch puro para animar; quando tenso, Scotch com gelo para relaxar.

    Ahhhh, também alivio o stress com muito Poker! O problema é que quando me levam tudo em um All-In, saio ainda mais irritado hehehehe

  • http://www.papodehomem.com.br/author/rodrigoalmeida Rodrigo Almeida

    Antes de qualquer coisa tenho que concordar que o Dr. Health matou a discussão hehehehe

    Quanto ao textou, achei muito legal.

    De fato, muita gente não pôde sequer interpretar o tipo de pressão que o Felipe estava se referindo.

    Eu sou um que quando estou sob o tipo de pressão que me deixa tenso, preocupado e atrapalha na concentração no trabalho, tomo um Whiskyzinho.

    Quando a coisa tá feia combino um JW com um habano e berro alto ao som de Sinatra. Não tem erro, a cabeça volta pro lugar e rapidamente encontro a solução pro problema.

    Sinto um pouco de pena das pessoas que rotulam esse comportamento como uma saída que termina em alcolismo. Acho que o embasamento vêm mais daqueles que já possuem a cabeça totalmente fudida e o alcool vai ser o menor dos problemas.

    Como eu sempre digo: quando cansado, Scotch puro para animar; quando tenso, Scotch com gelo para relaxar.

    Ahhhh, também alivio o stress com muito Poker! O problema é que quando me levam tudo em um All-In, saio ainda mais irritado hehehehe

  • Rafael

    Felipe,

    Somente mais um ponto de vista para acrescentar à discussão.
    Ao escrever sobre temas de certa forma delicados como esse, precisamos levar em consideração que, muitas pessoas sofrem das mais inúmeras moléstias, como por exemplo, depressão, transtorno afetivo bipolar e esquizofrenia (e isso não é viadagem, é sério). Sim, essas pessoas estão por toda a parte, no mundo real, trabalham, estudam, e muitas delas nem sabem que sofrem algum tipo de desordem mental, portanto, seja cauteloso, ao divulgar informações, sugestões ou até, uma receita de bolo.
    Esse post deveria conter o seguinte aviso: “Não desaparecendo os sintomas, um médico deverá ser consultado” ou “Aprecie com moderação”, que também são subjetivos, como o seu texto, mas sugerem bom-senso ao leitor.

    “De boas intenções o inferno está cheio”

    Abraços e sucesso!

  • Rafael

    Felipe,

    Somente mais um ponto de vista para acrescentar à discussão.
    Ao escrever sobre temas de certa forma delicados como esse, precisamos levar em consideração que, muitas pessoas sofrem das mais inúmeras moléstias, como por exemplo, depressão, transtorno afetivo bipolar e esquizofrenia (e isso não é viadagem, é sério). Sim, essas pessoas estão por toda a parte, no mundo real, trabalham, estudam, e muitas delas nem sabem que sofrem algum tipo de desordem mental, portanto, seja cauteloso, ao divulgar informações, sugestões ou até, uma receita de bolo.
    Esse post deveria conter o seguinte aviso: “Não desaparecendo os sintomas, um médico deverá ser consultado” ou “Aprecie com moderação”, que também são subjetivos, como o seu texto, mas sugerem bom-senso ao leitor.

    “De boas intenções o inferno está cheio”

    Abraços e sucesso!

  • Rafael

    Felipe,

    Somente mais um ponto de vista para acrescentar à discussão.
    Ao escrever sobre temas de certa forma delicados como esse, precisamos levar em consideração que, muitas pessoas sofrem das mais inúmeras moléstias, como por exemplo, depressão, transtorno afetivo bipolar e esquizofrenia (e isso não é viadagem, é sério). Sim, essas pessoas estão por toda a parte, no mundo real, trabalham, estudam, e muitas delas nem sabem que sofrem algum tipo de desordem mental, portanto, seja cauteloso, ao divulgar informações, sugestões ou até, uma receita de bolo.
    Esse post deveria conter o seguinte aviso: “Não desaparecendo os sintomas, um médico deverá ser consultado” ou “Aprecie com moderação”, que também são subjetivos, como o seu texto, mas sugerem bom-senso ao leitor.

    “De boas intenções o inferno está cheio”

    Abraços e sucesso!

  • Rafael

    Felipe,

    Somente mais um ponto de vista para acrescentar à discussão.
    Ao escrever sobre temas de certa forma delicados como esse, precisamos levar em consideração que, muitas pessoas sofrem das mais inúmeras moléstias, como por exemplo, depressão, transtorno afetivo bipolar e esquizofrenia (e isso não é viadagem, é sério). Sim, essas pessoas estão por toda a parte, no mundo real, trabalham, estudam, e muitas delas nem sabem que sofrem algum tipo de desordem mental, portanto, seja cauteloso, ao divulgar informações, sugestões ou até, uma receita de bolo.
    Esse post deveria conter o seguinte aviso: “Não desaparecendo os sintomas, um médico deverá ser consultado” ou “Aprecie com moderação”, que também são subjetivos, como o seu texto, mas sugerem bom-senso ao leitor.

    “De boas intenções o inferno está cheio”

    Abraços e sucesso!

  • Rafael

    Felipe,

    Somente mais um ponto de vista para acrescentar à discussão.
    Ao escrever sobre temas de certa forma delicados como esse, precisamos levar em consideração que, muitas pessoas sofrem das mais inúmeras moléstias, como por exemplo, depressão, transtorno afetivo bipolar e esquizofrenia (e isso não é viadagem, é sério). Sim, essas pessoas estão por toda a parte, no mundo real, trabalham, estudam, e muitas delas nem sabem que sofrem algum tipo de desordem mental, portanto, seja cauteloso, ao divulgar informações, sugestões ou até, uma receita de bolo.
    Esse post deveria conter o seguinte aviso: “Não desaparecendo os sintomas, um médico deverá ser consultado” ou “Aprecie com moderação”, que também são subjetivos, como o seu texto, mas sugerem bom-senso ao leitor.

    “De boas intenções o inferno está cheio”

    Abraços e sucesso!

  • Rafael

    Felipe,

    Somente mais um ponto de vista para acrescentar à discussão.
    Ao escrever sobre temas de certa forma delicados como esse, precisamos levar em consideração que, muitas pessoas sofrem das mais inúmeras moléstias, como por exemplo, depressão, transtorno afetivo bipolar e esquizofrenia (e isso não é viadagem, é sério). Sim, essas pessoas estão por toda a parte, no mundo real, trabalham, estudam, e muitas delas nem sabem que sofrem algum tipo de desordem mental, portanto, seja cauteloso, ao divulgar informações, sugestões ou até, uma receita de bolo.
    Esse post deveria conter o seguinte aviso: “Não desaparecendo os sintomas, um médico deverá ser consultado” ou “Aprecie com moderação”, que também são subjetivos, como o seu texto, mas sugerem bom-senso ao leitor.

    “De boas intenções o inferno está cheio”

    Abraços e sucesso!

  • Dr Health

    Eu sei muito bem do que o Rafael fala acima.

    Escrevi um post sobre possíveis riscos de malformação congênita caso a gestante tome a vacina contra a rubéola, por que os cuidados são necessários, etc.

    Veio até mulher pensando em ABORTAR, achando que só pq eu falava dos riscos, o filho dela JÁ ESTAVA COM MALFORMAÇÃO.

    Foda

  • Dr Health

    Eu sei muito bem do que o Rafael fala acima.

    Escrevi um post sobre possíveis riscos de malformação congênita caso a gestante tome a vacina contra a rubéola, por que os cuidados são necessários, etc.

    Veio até mulher pensando em ABORTAR, achando que só pq eu falava dos riscos, o filho dela JÁ ESTAVA COM MALFORMAÇÃO.

    Foda

  • Dr Health

    Eu sei muito bem do que o Rafael fala acima.

    Escrevi um post sobre possíveis riscos de malformação congênita caso a gestante tome a vacina contra a rubéola, por que os cuidados são necessários, etc.

    Veio até mulher pensando em ABORTAR, achando que só pq eu falava dos riscos, o filho dela JÁ ESTAVA COM MALFORMAÇÃO.

    Foda

  • Dr Health

    Eu sei muito bem do que o Rafael fala acima.

    Escrevi um post sobre possíveis riscos de malformação congênita caso a gestante tome a vacina contra a rubéola, por que os cuidados são necessários, etc.

    Veio até mulher pensando em ABORTAR, achando que só pq eu falava dos riscos, o filho dela JÁ ESTAVA COM MALFORMAÇÃO.

    Foda

  • Dr Health

    Eu sei muito bem do que o Rafael fala acima.

    Escrevi um post sobre possíveis riscos de malformação congênita caso a gestante tome a vacina contra a rubéola, por que os cuidados são necessários, etc.

    Veio até mulher pensando em ABORTAR, achando que só pq eu falava dos riscos, o filho dela JÁ ESTAVA COM MALFORMAÇÃO.

    Foda

  • http://www.controleremoto.tv/ Felipe Neto

    Rafael, concordo com o fator do médico. Sem dúvida são casos mais graves e que necessitam de orientação profissional.

    Sobre a moderação, acho que repeti algumas vezes ;)

    Abraço.

  • http://www.controleremoto.tv/ Felipe Neto

    Rafael, concordo com o fator do médico. Sem dúvida são casos mais graves e que necessitam de orientação profissional.

    Sobre a moderação, acho que repeti algumas vezes ;)

    Abraço.

  • http://www.controleremoto.tv/ Felipe Neto

    Rafael, concordo com o fator do médico. Sem dúvida são casos mais graves e que necessitam de orientação profissional.

    Sobre a moderação, acho que repeti algumas vezes ;)

    Abraço.

  • http://www.controleremoto.tv/ Felipe Neto

    Rafael, concordo com o fator do médico. Sem dúvida são casos mais graves e que necessitam de orientação profissional.

    Sobre a moderação, acho que repeti algumas vezes ;)

    Abraço.

  • http://www.controleremoto.tv/ Felipe Neto

    Rafael, concordo com o fator do médico. Sem dúvida são casos mais graves e que necessitam de orientação profissional.

    Sobre a moderação, acho que repeti algumas vezes ;)

    Abraço.

  • http://www.controleremoto.tv/ Felipe Neto

    Rafael, concordo com o fator do médico. Sem dúvida são casos mais graves e que necessitam de orientação profissional.

    Sobre a moderação, acho que repeti algumas vezes ;)

    Abraço.

  • http://www.controleremoto.tv Felipe Neto

    Rafael, concordo com o fator do médico. Sem dúvida são casos mais graves e que necessitam de orientação profissional.

    Sobre a moderação, acho que repeti algumas vezes ;)

    Abraço.

  • http://papodehomem.com.br/ Gus Fune

    Excelente!

  • http://papodehomem.com.br/ Gus Fune

    Excelente!

  • http://papodehomem.com.br/ Gus Fune

    Excelente!

  • http://papodehomem.com.br/ Gus Fune

    Excelente!

  • http://papodehomem.com.br/ Gus Fune

    Excelente!

  • http://papodehomem.com.br/ Gus Fune

    Excelente!

  • http://papodehomem.com.br Gus Fune

    Excelente!

  • http://www.papodehomem.com.br/ Felipe Ramos

    Massa Felipe!

    Nada melhor do que some good actions pra sair da rotina!!

    DUCA!!!

  • http://www.papodehomem.com.br/ Felipe Ramos

    Massa Felipe!

    Nada melhor do que some good actions pra sair da rotina!!

    DUCA!!!

  • http://www.papodehomem.com.br/ Felipe Ramos

    Massa Felipe!

    Nada melhor do que some good actions pra sair da rotina!!

    DUCA!!!

  • http://www.papodehomem.com.br/ Felipe Ramos

    Massa Felipe!

    Nada melhor do que some good actions pra sair da rotina!!

    DUCA!!!

  • http://www.papodehomem.com.br/ Felipe Ramos

    Massa Felipe!

    Nada melhor do que some good actions pra sair da rotina!!

    DUCA!!!

  • Bruno Vani

    Não tive nenhum problema que sobrevivesse ao Johny Walker…
    Berrar tb eh legal! ahsuhuas

  • http://www.papodehomem.com.br/ Felipe Ramos

    Massa Felipe!

    Nada melhor do que some good actions pra sair da rotina!!

    DUCA!!!

  • Bruno Vani

    Não tive nenhum problema que sobrevivesse ao Johny Walker…
    Berrar tb eh legal! ahsuhuas

  • Bruno Vani

    Não tive nenhum problema que sobrevivesse ao Johny Walker…
    Berrar tb eh legal! ahsuhuas

  • Bruno Vani

    Não tive nenhum problema que sobrevivesse ao Johny Walker…
    Berrar tb eh legal! ahsuhuas

  • http://www.papodehomem.com.br/ Felipe Ramos

    Massa Felipe!

    Nada melhor do que some good actions pra sair da rotina!!

    DUCA!!!

  • Bruno Vani

    Não tive nenhum problema que sobrevivesse ao Johny Walker…
    Berrar tb eh legal! ahsuhuas

  • http://www.papodehomem.com.br/ Felipe Ramos

    Massa Felipe!

    Nada melhor do que some good actions pra sair da rotina!!

    DUCA!!!

  • Bruno Vani

    Não tive nenhum problema que sobrevivesse ao Johny Walker…
    Berrar tb eh legal! ahsuhuas

  • http://www.papodehomem.com.br Felipe Ramos

    Massa Felipe!

    Nada melhor do que some good actions pra sair da rotina!!

    DUCA!!!

  • Bruno Vani

    Não tive nenhum problema que sobrevivesse ao Johny Walker…
    Berrar tb eh legal! ahsuhuas

  • http://www.papodehomem.com.br/ Felipe Ramos

    Ahhh…e não da bola pro Gitti

    - He is a fucking monk :P

  • http://www.papodehomem.com.br/ Felipe Ramos

    Ahhh…e não da bola pro Gitti

    - He is a fucking monk :P

  • http://www.papodehomem.com.br/ Felipe Ramos

    Ahhh…e não da bola pro Gitti

    - He is a fucking monk :P

  • http://www.papodehomem.com.br/ Felipe Ramos

    Ahhh…e não da bola pro Gitti

    - He is a fucking monk :P

  • http://www.papodehomem.com.br/ Felipe Ramos

    Ahhh…e não da bola pro Gitti

    - He is a fucking monk :P

  • http://www.papodehomem.com.br/ Felipe Ramos

    Ahhh…e não da bola pro Gitti

    - He is a fucking monk :P

  • http://www.papodehomem.com.br/ Felipe Ramos

    Ahhh…e não da bola pro Gitti

    - He is a fucking monk :P

  • http://www.papodehomem.com.br/ Felipe Ramos

    Ahhh…e não da bola pro Gitti

    - He is a fucking monk :P

  • http://www.papodehomem.com.br Felipe Ramos

    Ahhh…e não da bola pro Gitti

    - He is a fucking monk :P

  • Ops

    Gitti também pegou a Clarisse?

  • Ops

    Gitti também pegou a Clarisse?

  • Ops

    Gitti também pegou a Clarisse?

  • Ops

    Gitti também pegou a Clarisse?

  • Ops

    Gitti também pegou a Clarisse?

  • Ops

    Gitti também pegou a Clarisse?

  • Ops

    Gitti também pegou a Clarisse?

  • Ops

    Gitti também pegou a Clarisse?

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com/ Atre

    Alguém podia escrever um texto de auto-ajuda as pessoas que não lidam bem com as opiniões que não lhe agradam…
    Aliás, já reparou como no mundo real/virtual ta cheio desse tipo de gente? Vc fala algo que não agrada a pessoa e ela ‘surta’…Assim como ‘incha’ quando ouve/lê o contrário…

    Dificilmente ela argumente com vc na boa ou leva uma conversa com argumentos que não sejam da linha dos ID…e raramente ENTENDE que em nenhum dos casos (BOM OU RUIM) é necessariamente VERDADE.
    São APENAS opiniões (que vão parecer melhores ou piores de acordo com o que A GENTE espera ler).

    ah, e eu podia dizer algo sobre um ou outro comentário sobre ‘mim’ aí…mas são só opiniões deles, faz parte.
    Além disso, post só com nome, sem link pra gente visitar… SABE-se lá se não é da MESMA pessoa?

    De repente também é uma forma de ‘aliviar’…ENTÃO tá valendo ;)

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com/ Atre

    Alguém podia escrever um texto de auto-ajuda as pessoas que não lidam bem com as opiniões que não lhe agradam…
    Aliás, já reparou como no mundo real/virtual ta cheio desse tipo de gente? Vc fala algo que não agrada a pessoa e ela ‘surta’…Assim como ‘incha’ quando ouve/lê o contrário…

    Dificilmente ela argumente com vc na boa ou leva uma conversa com argumentos que não sejam da linha dos ID…e raramente ENTENDE que em nenhum dos casos (BOM OU RUIM) é necessariamente VERDADE.
    São APENAS opiniões (que vão parecer melhores ou piores de acordo com o que A GENTE espera ler).

    ah, e eu podia dizer algo sobre um ou outro comentário sobre ‘mim’ aí…mas são só opiniões deles, faz parte.
    Além disso, post só com nome, sem link pra gente visitar… SABE-se lá se não é da MESMA pessoa?

    De repente também é uma forma de ‘aliviar’…ENTÃO tá valendo ;)

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com/ Atre

    Alguém podia escrever um texto de auto-ajuda as pessoas que não lidam bem com as opiniões que não lhe agradam…
    Aliás, já reparou como no mundo real/virtual ta cheio desse tipo de gente? Vc fala algo que não agrada a pessoa e ela ‘surta’…Assim como ‘incha’ quando ouve/lê o contrário…

    Dificilmente ela argumente com vc na boa ou leva uma conversa com argumentos que não sejam da linha dos ID…e raramente ENTENDE que em nenhum dos casos (BOM OU RUIM) é necessariamente VERDADE.
    São APENAS opiniões (que vão parecer melhores ou piores de acordo com o que A GENTE espera ler).

    ah, e eu podia dizer algo sobre um ou outro comentário sobre ‘mim’ aí…mas são só opiniões deles, faz parte.
    Além disso, post só com nome, sem link pra gente visitar… SABE-se lá se não é da MESMA pessoa?

    De repente também é uma forma de ‘aliviar’…ENTÃO tá valendo ;)

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com/ Atre

    Alguém podia escrever um texto de auto-ajuda as pessoas que não lidam bem com as opiniões que não lhe agradam…
    Aliás, já reparou como no mundo real/virtual ta cheio desse tipo de gente? Vc fala algo que não agrada a pessoa e ela ‘surta’…Assim como ‘incha’ quando ouve/lê o contrário…

    Dificilmente ela argumente com vc na boa ou leva uma conversa com argumentos que não sejam da linha dos ID…e raramente ENTENDE que em nenhum dos casos (BOM OU RUIM) é necessariamente VERDADE.
    São APENAS opiniões (que vão parecer melhores ou piores de acordo com o que A GENTE espera ler).

    ah, e eu podia dizer algo sobre um ou outro comentário sobre ‘mim’ aí…mas são só opiniões deles, faz parte.
    Além disso, post só com nome, sem link pra gente visitar… SABE-se lá se não é da MESMA pessoa?

    De repente também é uma forma de ‘aliviar’…ENTÃO tá valendo ;)

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com/ Atre

    Alguém podia escrever um texto de auto-ajuda as pessoas que não lidam bem com as opiniões que não lhe agradam…
    Aliás, já reparou como no mundo real/virtual ta cheio desse tipo de gente? Vc fala algo que não agrada a pessoa e ela ‘surta’…Assim como ‘incha’ quando ouve/lê o contrário…

    Dificilmente ela argumente com vc na boa ou leva uma conversa com argumentos que não sejam da linha dos ID…e raramente ENTENDE que em nenhum dos casos (BOM OU RUIM) é necessariamente VERDADE.
    São APENAS opiniões (que vão parecer melhores ou piores de acordo com o que A GENTE espera ler).

    ah, e eu podia dizer algo sobre um ou outro comentário sobre ‘mim’ aí…mas são só opiniões deles, faz parte.
    Além disso, post só com nome, sem link pra gente visitar… SABE-se lá se não é da MESMA pessoa?

    De repente também é uma forma de ‘aliviar’…ENTÃO tá valendo ;)

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com Atre

    Alguém podia escrever um texto de auto-ajuda as pessoas que não lidam bem com as opiniões que não lhe agradam…
    Aliás, já reparou como no mundo real/virtual ta cheio desse tipo de gente? Vc fala algo que não agrada a pessoa e ela ‘surta’…Assim como ‘incha’ quando ouve/lê o contrário…

    Dificilmente ela argumente com vc na boa ou leva uma conversa com argumentos que não sejam da linha dos ID…e raramente ENTENDE que em nenhum dos casos (BOM OU RUIM) é necessariamente VERDADE.
    São APENAS opiniões (que vão parecer melhores ou piores de acordo com o que A GENTE espera ler).

    ah, e eu podia dizer algo sobre um ou outro comentário sobre ‘mim’ aí…mas são só opiniões deles, faz parte.
    Além disso, post só com nome, sem link pra gente visitar… SABE-se lá se não é da MESMA pessoa?

    De repente também é uma forma de ‘aliviar’…ENTÃO tá valendo ;)

  • Maria Eduarda

    Hummm, gostei!
    Bofe…

  • Maria Eduarda

    Hummm, gostei!
    Bofe…

  • Maria Eduarda

    Hummm, gostei!
    Bofe…

  • Maria Eduarda

    Hummm, gostei!
    Bofe…

  • Maria Eduarda

    Hummm, gostei!
    Bofe…

  • http://www.mobral.com/ Maldito

    Muito bom comentário, ATre…

    A dica da punheta realmente não falha… e é melhor que a do video game ou filme… tanto porque se chega numa fase que tá muito foda de passar, aí é que a raiva vem mesmo… Já a punheta é o melhor ato de auto-solidariedade que um homem pode ter consigo mesmo…

    Outra dica que eu tenho é dirigir… Mas não dirigir pra arregaçar, sair arrumando confusão no trãnsito ou ainda andar a 150 por hora na cidade… Pegue seu carro, bote um som que você gosta num volume bem alto e caia na estrada, feche os vidros, ligue o ar condicionado e, novamente, não poupe gastos… quando você chegar em casa, vai estar melhor.

  • http://www.mobral.com/ Maldito

    Muito bom comentário, ATre…

    A dica da punheta realmente não falha… e é melhor que a do video game ou filme… tanto porque se chega numa fase que tá muito foda de passar, aí é que a raiva vem mesmo… Já a punheta é o melhor ato de auto-solidariedade que um homem pode ter consigo mesmo…

    Outra dica que eu tenho é dirigir… Mas não dirigir pra arregaçar, sair arrumando confusão no trãnsito ou ainda andar a 150 por hora na cidade… Pegue seu carro, bote um som que você gosta num volume bem alto e caia na estrada, feche os vidros, ligue o ar condicionado e, novamente, não poupe gastos… quando você chegar em casa, vai estar melhor.

  • http://www.mobral.com/ Maldito

    Muito bom comentário, ATre…

    A dica da punheta realmente não falha… e é melhor que a do video game ou filme… tanto porque se chega numa fase que tá muito foda de passar, aí é que a raiva vem mesmo… Já a punheta é o melhor ato de auto-solidariedade que um homem pode ter consigo mesmo…

    Outra dica que eu tenho é dirigir… Mas não dirigir pra arregaçar, sair arrumando confusão no trãnsito ou ainda andar a 150 por hora na cidade… Pegue seu carro, bote um som que você gosta num volume bem alto e caia na estrada, feche os vidros, ligue o ar condicionado e, novamente, não poupe gastos… quando você chegar em casa, vai estar melhor.

  • http://www.mobral.com/ Maldito

    Muito bom comentário, ATre…

    A dica da punheta realmente não falha… e é melhor que a do video game ou filme… tanto porque se chega numa fase que tá muito foda de passar, aí é que a raiva vem mesmo… Já a punheta é o melhor ato de auto-solidariedade que um homem pode ter consigo mesmo…

    Outra dica que eu tenho é dirigir… Mas não dirigir pra arregaçar, sair arrumando confusão no trãnsito ou ainda andar a 150 por hora na cidade… Pegue seu carro, bote um som que você gosta num volume bem alto e caia na estrada, feche os vidros, ligue o ar condicionado e, novamente, não poupe gastos… quando você chegar em casa, vai estar melhor.

  • http://www.mobral.com/ Maldito

    Muito bom comentário, ATre…

    A dica da punheta realmente não falha… e é melhor que a do video game ou filme… tanto porque se chega numa fase que tá muito foda de passar, aí é que a raiva vem mesmo… Já a punheta é o melhor ato de auto-solidariedade que um homem pode ter consigo mesmo…

    Outra dica que eu tenho é dirigir… Mas não dirigir pra arregaçar, sair arrumando confusão no trãnsito ou ainda andar a 150 por hora na cidade… Pegue seu carro, bote um som que você gosta num volume bem alto e caia na estrada, feche os vidros, ligue o ar condicionado e, novamente, não poupe gastos… quando você chegar em casa, vai estar melhor.

  • http://www.mobral.com/ Maldito

    Muito bom comentário, ATre…

    A dica da punheta realmente não falha… e é melhor que a do video game ou filme… tanto porque se chega numa fase que tá muito foda de passar, aí é que a raiva vem mesmo… Já a punheta é o melhor ato de auto-solidariedade que um homem pode ter consigo mesmo…

    Outra dica que eu tenho é dirigir… Mas não dirigir pra arregaçar, sair arrumando confusão no trãnsito ou ainda andar a 150 por hora na cidade… Pegue seu carro, bote um som que você gosta num volume bem alto e caia na estrada, feche os vidros, ligue o ar condicionado e, novamente, não poupe gastos… quando você chegar em casa, vai estar melhor.

  • http://www.mobral.com/ Maldito

    Muito bom comentário, ATre…

    A dica da punheta realmente não falha… e é melhor que a do video game ou filme… tanto porque se chega numa fase que tá muito foda de passar, aí é que a raiva vem mesmo… Já a punheta é o melhor ato de auto-solidariedade que um homem pode ter consigo mesmo…

    Outra dica que eu tenho é dirigir… Mas não dirigir pra arregaçar, sair arrumando confusão no trãnsito ou ainda andar a 150 por hora na cidade… Pegue seu carro, bote um som que você gosta num volume bem alto e caia na estrada, feche os vidros, ligue o ar condicionado e, novamente, não poupe gastos… quando você chegar em casa, vai estar melhor.

  • http://www.mobral.com/ Maldito

    Muito bom comentário, ATre…

    A dica da punheta realmente não falha… e é melhor que a do video game ou filme… tanto porque se chega numa fase que tá muito foda de passar, aí é que a raiva vem mesmo… Já a punheta é o melhor ato de auto-solidariedade que um homem pode ter consigo mesmo…

    Outra dica que eu tenho é dirigir… Mas não dirigir pra arregaçar, sair arrumando confusão no trãnsito ou ainda andar a 150 por hora na cidade… Pegue seu carro, bote um som que você gosta num volume bem alto e caia na estrada, feche os vidros, ligue o ar condicionado e, novamente, não poupe gastos… quando você chegar em casa, vai estar melhor.

  • http://www.mobral.com Maldito

    Muito bom comentário, ATre…

    A dica da punheta realmente não falha… e é melhor que a do video game ou filme… tanto porque se chega numa fase que tá muito foda de passar, aí é que a raiva vem mesmo… Já a punheta é o melhor ato de auto-solidariedade que um homem pode ter consigo mesmo…

    Outra dica que eu tenho é dirigir… Mas não dirigir pra arregaçar, sair arrumando confusão no trãnsito ou ainda andar a 150 por hora na cidade… Pegue seu carro, bote um som que você gosta num volume bem alto e caia na estrada, feche os vidros, ligue o ar condicionado e, novamente, não poupe gastos… quando você chegar em casa, vai estar melhor.

  • http://www.mrkind.pro.br/blog Gentil

    Valeu, Felipe.
    Eu gosto do meu video game, o único brinquedo
    que minha criança gosta de jogar (em casa).
    Agora, um bom pagode, bem alto,
    com uma bela cervejada, é DUCARALHO!
    Ou uma noite inteira num evento tipo cidade elétrica em Poa,
    com 3 trios elétricos tocando a noite toda, com um rio de cerveja descendo goela abaixo!
    Ou mais ainda, carnaval no Recife!
    Mas na real, mesmo, quando eu me senti totalmente pressionado,
    pois eu dava aulas em até 7 lugares diferentes pra pagar
    o pão e o leite, eu mandei tudo às favas e me demiti.
    Passei três anos desempregado, apenas me mantendo
    com meia dúzia de alunos particulares e a grana que economizei nos 11 anos de trabalho.
    E sabe o melhor?
    NUNCA ME ARREPENDI DE TER PEDIDO DEMISSÃO!
    Foi a melhor coisa que fiz na vida!
    Pois aí fui fazer só o que gosto.
    No momento, terminei um contrato e não estou nem um pouco preocupado, pois DEUS É PAI!
    p.s. uma dica pra quem gosta de um bom destilado (eu prefiro cachaça, com ervas, que eu mesmo preparo): sempre coma um bom pedaço de doce depois da cachaçada ou cervejada, ou destilada, pois é o açúcar que mata a ressaca posterior, e não água. Pode ser também mel, ou meia melancia geladinha. Mas precisa ser doce. E aí o cabra pode mandar ver no destilado ou fermentado, que o doce mata a ressaca de antemão.
    Depois que aprendi isso em 2004, nunca mais tive uma ressaca!
    Por isso minha cachaça eu faço com mel, 100 ml p/ litro é o bastante!
    E deixo meu link caso ATRE queira me visitar :)

  • http://www.mrkind.pro.br/blog Gentil

    Valeu, Felipe.
    Eu gosto do meu video game, o único brinquedo
    que minha criança gosta de jogar (em casa).
    Agora, um bom pagode, bem alto,
    com uma bela cervejada, é DUCARALHO!
    Ou uma noite inteira num evento tipo cidade elétrica em Poa,
    com 3 trios elétricos tocando a noite toda, com um rio de cerveja descendo goela abaixo!
    Ou mais ainda, carnaval no Recife!
    Mas na real, mesmo, quando eu me senti totalmente pressionado,
    pois eu dava aulas em até 7 lugares diferentes pra pagar
    o pão e o leite, eu mandei tudo às favas e me demiti.
    Passei três anos desempregado, apenas me mantendo
    com meia dúzia de alunos particulares e a grana que economizei nos 11 anos de trabalho.
    E sabe o melhor?
    NUNCA ME ARREPENDI DE TER PEDIDO DEMISSÃO!
    Foi a melhor coisa que fiz na vida!
    Pois aí fui fazer só o que gosto.
    No momento, terminei um contrato e não estou nem um pouco preocupado, pois DEUS É PAI!
    p.s. uma dica pra quem gosta de um bom destilado (eu prefiro cachaça, com ervas, que eu mesmo preparo): sempre coma um bom pedaço de doce depois da cachaçada ou cervejada, ou destilada, pois é o açúcar que mata a ressaca posterior, e não água. Pode ser também mel, ou meia melancia geladinha. Mas precisa ser doce. E aí o cabra pode mandar ver no destilado ou fermentado, que o doce mata a ressaca de antemão.
    Depois que aprendi isso em 2004, nunca mais tive uma ressaca!
    Por isso minha cachaça eu faço com mel, 100 ml p/ litro é o bastante!
    E deixo meu link caso ATRE queira me visitar :)

  • http://www.mrkind.pro.br/blog Gentil

    Valeu, Felipe.
    Eu gosto do meu video game, o único brinquedo
    que minha criança gosta de jogar (em casa).
    Agora, um bom pagode, bem alto,
    com uma bela cervejada, é DUCARALHO!
    Ou uma noite inteira num evento tipo cidade elétrica em Poa,
    com 3 trios elétricos tocando a noite toda, com um rio de cerveja descendo goela abaixo!
    Ou mais ainda, carnaval no Recife!
    Mas na real, mesmo, quando eu me senti totalmente pressionado,
    pois eu dava aulas em até 7 lugares diferentes pra pagar
    o pão e o leite, eu mandei tudo às favas e me demiti.
    Passei três anos desempregado, apenas me mantendo
    com meia dúzia de alunos particulares e a grana que economizei nos 11 anos de trabalho.
    E sabe o melhor?
    NUNCA ME ARREPENDI DE TER PEDIDO DEMISSÃO!
    Foi a melhor coisa que fiz na vida!
    Pois aí fui fazer só o que gosto.
    No momento, terminei um contrato e não estou nem um pouco preocupado, pois DEUS É PAI!
    p.s. uma dica pra quem gosta de um bom destilado (eu prefiro cachaça, com ervas, que eu mesmo preparo): sempre coma um bom pedaço de doce depois da cachaçada ou cervejada, ou destilada, pois é o açúcar que mata a ressaca posterior, e não água. Pode ser também mel, ou meia melancia geladinha. Mas precisa ser doce. E aí o cabra pode mandar ver no destilado ou fermentado, que o doce mata a ressaca de antemão.
    Depois que aprendi isso em 2004, nunca mais tive uma ressaca!
    Por isso minha cachaça eu faço com mel, 100 ml p/ litro é o bastante!
    E deixo meu link caso ATRE queira me visitar :)

  • http://www.mrkind.pro.br/blog Gentil

    Valeu, Felipe.
    Eu gosto do meu video game, o único brinquedo
    que minha criança gosta de jogar (em casa).
    Agora, um bom pagode, bem alto,
    com uma bela cervejada, é DUCARALHO!
    Ou uma noite inteira num evento tipo cidade elétrica em Poa,
    com 3 trios elétricos tocando a noite toda, com um rio de cerveja descendo goela abaixo!
    Ou mais ainda, carnaval no Recife!
    Mas na real, mesmo, quando eu me senti totalmente pressionado,
    pois eu dava aulas em até 7 lugares diferentes pra pagar
    o pão e o leite, eu mandei tudo às favas e me demiti.
    Passei três anos desempregado, apenas me mantendo
    com meia dúzia de alunos particulares e a grana que economizei nos 11 anos de trabalho.
    E sabe o melhor?
    NUNCA ME ARREPENDI DE TER PEDIDO DEMISSÃO!
    Foi a melhor coisa que fiz na vida!
    Pois aí fui fazer só o que gosto.
    No momento, terminei um contrato e não estou nem um pouco preocupado, pois DEUS É PAI!
    p.s. uma dica pra quem gosta de um bom destilado (eu prefiro cachaça, com ervas, que eu mesmo preparo): sempre coma um bom pedaço de doce depois da cachaçada ou cervejada, ou destilada, pois é o açúcar que mata a ressaca posterior, e não água. Pode ser também mel, ou meia melancia geladinha. Mas precisa ser doce. E aí o cabra pode mandar ver no destilado ou fermentado, que o doce mata a ressaca de antemão.
    Depois que aprendi isso em 2004, nunca mais tive uma ressaca!
    Por isso minha cachaça eu faço com mel, 100 ml p/ litro é o bastante!
    E deixo meu link caso ATRE queira me visitar :)

  • http://www.mrkind.pro.br/blog Gentil

    Valeu, Felipe.
    Eu gosto do meu video game, o único brinquedo
    que minha criança gosta de jogar (em casa).
    Agora, um bom pagode, bem alto,
    com uma bela cervejada, é DUCARALHO!
    Ou uma noite inteira num evento tipo cidade elétrica em Poa,
    com 3 trios elétricos tocando a noite toda, com um rio de cerveja descendo goela abaixo!
    Ou mais ainda, carnaval no Recife!
    Mas na real, mesmo, quando eu me senti totalmente pressionado,
    pois eu dava aulas em até 7 lugares diferentes pra pagar
    o pão e o leite, eu mandei tudo às favas e me demiti.
    Passei três anos desempregado, apenas me mantendo
    com meia dúzia de alunos particulares e a grana que economizei nos 11 anos de trabalho.
    E sabe o melhor?
    NUNCA ME ARREPENDI DE TER PEDIDO DEMISSÃO!
    Foi a melhor coisa que fiz na vida!
    Pois aí fui fazer só o que gosto.
    No momento, terminei um contrato e não estou nem um pouco preocupado, pois DEUS É PAI!
    p.s. uma dica pra quem gosta de um bom destilado (eu prefiro cachaça, com ervas, que eu mesmo preparo): sempre coma um bom pedaço de doce depois da cachaçada ou cervejada, ou destilada, pois é o açúcar que mata a ressaca posterior, e não água. Pode ser também mel, ou meia melancia geladinha. Mas precisa ser doce. E aí o cabra pode mandar ver no destilado ou fermentado, que o doce mata a ressaca de antemão.
    Depois que aprendi isso em 2004, nunca mais tive uma ressaca!
    Por isso minha cachaça eu faço com mel, 100 ml p/ litro é o bastante!
    E deixo meu link caso ATRE queira me visitar :)

  • http://www.mrkind.pro.br/blog Gentil

    Valeu, Felipe.
    Eu gosto do meu video game, o único brinquedo
    que minha criança gosta de jogar (em casa).
    Agora, um bom pagode, bem alto,
    com uma bela cervejada, é DUCARALHO!
    Ou uma noite inteira num evento tipo cidade elétrica em Poa,
    com 3 trios elétricos tocando a noite toda, com um rio de cerveja descendo goela abaixo!
    Ou mais ainda, carnaval no Recife!
    Mas na real, mesmo, quando eu me senti totalmente pressionado,
    pois eu dava aulas em até 7 lugares diferentes pra pagar
    o pão e o leite, eu mandei tudo às favas e me demiti.
    Passei três anos desempregado, apenas me mantendo
    com meia dúzia de alunos particulares e a grana que economizei nos 11 anos de trabalho.
    E sabe o melhor?
    NUNCA ME ARREPENDI DE TER PEDIDO DEMISSÃO!
    Foi a melhor coisa que fiz na vida!
    Pois aí fui fazer só o que gosto.
    No momento, terminei um contrato e não estou nem um pouco preocupado, pois DEUS É PAI!
    p.s. uma dica pra quem gosta de um bom destilado (eu prefiro cachaça, com ervas, que eu mesmo preparo): sempre coma um bom pedaço de doce depois da cachaçada ou cervejada, ou destilada, pois é o açúcar que mata a ressaca posterior, e não água. Pode ser também mel, ou meia melancia geladinha. Mas precisa ser doce. E aí o cabra pode mandar ver no destilado ou fermentado, que o doce mata a ressaca de antemão.
    Depois que aprendi isso em 2004, nunca mais tive uma ressaca!
    Por isso minha cachaça eu faço com mel, 100 ml p/ litro é o bastante!
    E deixo meu link caso ATRE queira me visitar :)

  • http://www.mrkind.pro.br/blog Gentil

    Valeu, Felipe.
    Eu gosto do meu video game, o único brinquedo
    que minha criança gosta de jogar (em casa).
    Agora, um bom pagode, bem alto,
    com uma bela cervejada, é DUCARALHO!
    Ou uma noite inteira num evento tipo cidade elétrica em Poa,
    com 3 trios elétricos tocando a noite toda, com um rio de cerveja descendo goela abaixo!
    Ou mais ainda, carnaval no Recife!
    Mas na real, mesmo, quando eu me senti totalmente pressionado,
    pois eu dava aulas em até 7 lugares diferentes pra pagar
    o pão e o leite, eu mandei tudo às favas e me demiti.
    Passei três anos desempregado, apenas me mantendo
    com meia dúzia de alunos particulares e a grana que economizei nos 11 anos de trabalho.
    E sabe o melhor?
    NUNCA ME ARREPENDI DE TER PEDIDO DEMISSÃO!
    Foi a melhor coisa que fiz na vida!
    Pois aí fui fazer só o que gosto.
    No momento, terminei um contrato e não estou nem um pouco preocupado, pois DEUS É PAI!
    p.s. uma dica pra quem gosta de um bom destilado (eu prefiro cachaça, com ervas, que eu mesmo preparo): sempre coma um bom pedaço de doce depois da cachaçada ou cervejada, ou destilada, pois é o açúcar que mata a ressaca posterior, e não água. Pode ser também mel, ou meia melancia geladinha. Mas precisa ser doce. E aí o cabra pode mandar ver no destilado ou fermentado, que o doce mata a ressaca de antemão.
    Depois que aprendi isso em 2004, nunca mais tive uma ressaca!
    Por isso minha cachaça eu faço com mel, 100 ml p/ litro é o bastante!
    E deixo meu link caso ATRE queira me visitar :)

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com/ Atre

    Imagina se eu ía recusar um convite tão GENTIL desses…..

    já fui visitar… ;)

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com/ Atre

    Imagina se eu ía recusar um convite tão GENTIL desses…..

    já fui visitar… ;)

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com/ Atre

    Imagina se eu ía recusar um convite tão GENTIL desses…..

    já fui visitar… ;)

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com/ Atre

    Imagina se eu ía recusar um convite tão GENTIL desses…..

    já fui visitar… ;)

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com/ Atre

    Imagina se eu ía recusar um convite tão GENTIL desses…..

    já fui visitar… ;)

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com/ Atre

    Imagina se eu ía recusar um convite tão GENTIL desses…..

    já fui visitar… ;)

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com/ Atre

    Imagina se eu ía recusar um convite tão GENTIL desses…..

    já fui visitar… ;)

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com/ Atre

    Imagina se eu ía recusar um convite tão GENTIL desses…..

    já fui visitar… ;)

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com Atre

    Imagina se eu ía recusar um convite tão GENTIL desses…..

    já fui visitar… ;)

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com/ Atre

    olha…agora eu não to mais parecendo um dos HOMENS DE PRETO…
    A imagem no blog ta mais pra ‘Gasparzinho”……………..rs

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com/ Atre

    olha…agora eu não to mais parecendo um dos HOMENS DE PRETO…
    A imagem no blog ta mais pra ‘Gasparzinho”……………..rs

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com/ Atre

    olha…agora eu não to mais parecendo um dos HOMENS DE PRETO…
    A imagem no blog ta mais pra ‘Gasparzinho”……………..rs

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com/ Atre

    olha…agora eu não to mais parecendo um dos HOMENS DE PRETO…
    A imagem no blog ta mais pra ‘Gasparzinho”……………..rs

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com/ Atre

    olha…agora eu não to mais parecendo um dos HOMENS DE PRETO…
    A imagem no blog ta mais pra ‘Gasparzinho”……………..rs

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com/ Atre

    olha…agora eu não to mais parecendo um dos HOMENS DE PRETO…
    A imagem no blog ta mais pra ‘Gasparzinho”……………..rs

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com Atre

    olha…agora eu não to mais parecendo um dos HOMENS DE PRETO…
    A imagem no blog ta mais pra ‘Gasparzinho”……………..rs

  • Gustavo Alencastro

    Aliviar o stress

    Basquete e skate, no meu caso é claro.

  • Gustavo Alencastro

    Aliviar o stress

    Basquete e skate, no meu caso é claro.

  • Gustavo Alencastro

    Aliviar o stress

    Basquete e skate, no meu caso é claro.

  • Gustavo Alencastro

    Aliviar o stress

    Basquete e skate, no meu caso é claro.

  • Gustavo Alencastro

    Aliviar o stress

    Basquete e skate, no meu caso é claro.

  • Gustavo Alencastro

    Aliviar o stress

    Basquete e skate, no meu caso é claro.

  • Gustavo Alencastro

    Aliviar o stress

    Basquete e skate, no meu caso é claro.

  • Gustavo Alencastro

    Aliviar o stress

    Basquete e skate, no meu caso é claro.

  • Gustavo Alencastro

    Aliviar o stress

    Basquete e skate, no meu caso é claro.

  • Gustavo Alencastro

    Aliviar o stress

    Basquete e skate, no meu caso é claro.

  • Gustavo Alencastro

    Aliviar o stress

    Basquete e skate, no meu caso é claro.

  • Cigano

    Esse é um assunto bastante delicado, pois é um dos principais temas descutidos na atualidade.

    Voce começa com o título ” Dicas de como libertar-se da pressão cotidiana”

    lá vai eu ler como se ”libertar”…e vejo no seu texto que das dicas que voce deu não libertam nada, apenas aliviam por um momento.
    ex: jogo video-game, assisto filme, ótimo pra distrair…mas e depois do jogo e do filme??!! os problemas voltam, não concorda??!!

    Existe algumas maneiras de lidar com as pressões do cotidiano, isso depende de pessoa pra pessoa…mas a principal de todas é lidar e enfrentar as pressões e não fujir delas, porque elas existem e não desaparecem nunca.

    …é,o texto não foi legal e merece ser comentado e refletido várias vezes porque tem muitas pessoas que pensam assim como voce escreveu e se dão muito mal. :)

  • Cigano

    Esse é um assunto bastante delicado, pois é um dos principais temas descutidos na atualidade.

    Voce começa com o título ” Dicas de como libertar-se da pressão cotidiana”

    lá vai eu ler como se ”libertar”…e vejo no seu texto que das dicas que voce deu não libertam nada, apenas aliviam por um momento.
    ex: jogo video-game, assisto filme, ótimo pra distrair…mas e depois do jogo e do filme??!! os problemas voltam, não concorda??!!

    Existe algumas maneiras de lidar com as pressões do cotidiano, isso depende de pessoa pra pessoa…mas a principal de todas é lidar e enfrentar as pressões e não fujir delas, porque elas existem e não desaparecem nunca.

    …é,o texto não foi legal e merece ser comentado e refletido várias vezes porque tem muitas pessoas que pensam assim como voce escreveu e se dão muito mal. :)

  • Cigano

    Esse é um assunto bastante delicado, pois é um dos principais temas descutidos na atualidade.

    Voce começa com o título ” Dicas de como libertar-se da pressão cotidiana”

    lá vai eu ler como se ”libertar”…e vejo no seu texto que das dicas que voce deu não libertam nada, apenas aliviam por um momento.
    ex: jogo video-game, assisto filme, ótimo pra distrair…mas e depois do jogo e do filme??!! os problemas voltam, não concorda??!!

    Existe algumas maneiras de lidar com as pressões do cotidiano, isso depende de pessoa pra pessoa…mas a principal de todas é lidar e enfrentar as pressões e não fujir delas, porque elas existem e não desaparecem nunca.

    …é,o texto não foi legal e merece ser comentado e refletido várias vezes porque tem muitas pessoas que pensam assim como voce escreveu e se dão muito mal. :)

  • Cigano

    Esse é um assunto bastante delicado, pois é um dos principais temas descutidos na atualidade.

    Voce começa com o título ” Dicas de como libertar-se da pressão cotidiana”

    lá vai eu ler como se ”libertar”…e vejo no seu texto que das dicas que voce deu não libertam nada, apenas aliviam por um momento.
    ex: jogo video-game, assisto filme, ótimo pra distrair…mas e depois do jogo e do filme??!! os problemas voltam, não concorda??!!

    Existe algumas maneiras de lidar com as pressões do cotidiano, isso depende de pessoa pra pessoa…mas a principal de todas é lidar e enfrentar as pressões e não fujir delas, porque elas existem e não desaparecem nunca.

    …é,o texto não foi legal e merece ser comentado e refletido várias vezes porque tem muitas pessoas que pensam assim como voce escreveu e se dão muito mal. :)

  • Cigano

    Esse é um assunto bastante delicado, pois é um dos principais temas descutidos na atualidade.

    Voce começa com o título ” Dicas de como libertar-se da pressão cotidiana”

    lá vai eu ler como se ”libertar”…e vejo no seu texto que das dicas que voce deu não libertam nada, apenas aliviam por um momento.
    ex: jogo video-game, assisto filme, ótimo pra distrair…mas e depois do jogo e do filme??!! os problemas voltam, não concorda??!!

    Existe algumas maneiras de lidar com as pressões do cotidiano, isso depende de pessoa pra pessoa…mas a principal de todas é lidar e enfrentar as pressões e não fujir delas, porque elas existem e não desaparecem nunca.

    …é,o texto não foi legal e merece ser comentado e refletido várias vezes porque tem muitas pessoas que pensam assim como voce escreveu e se dão muito mal. :)

  • Cigano

    Esse é um assunto bastante delicado, pois é um dos principais temas descutidos na atualidade.

    Voce começa com o título ” Dicas de como libertar-se da pressão cotidiana”

    lá vai eu ler como se ”libertar”…e vejo no seu texto que das dicas que voce deu não libertam nada, apenas aliviam por um momento.
    ex: jogo video-game, assisto filme, ótimo pra distrair…mas e depois do jogo e do filme??!! os problemas voltam, não concorda??!!

    Existe algumas maneiras de lidar com as pressões do cotidiano, isso depende de pessoa pra pessoa…mas a principal de todas é lidar e enfrentar as pressões e não fujir delas, porque elas existem e não desaparecem nunca.

    …é,o texto não foi legal e merece ser comentado e refletido várias vezes porque tem muitas pessoas que pensam assim como voce escreveu e se dão muito mal. :)

  • Cigano

    Esse é um assunto bastante delicado, pois é um dos principais temas descutidos na atualidade.

    Voce começa com o título ” Dicas de como libertar-se da pressão cotidiana”

    lá vai eu ler como se ”libertar”…e vejo no seu texto que das dicas que voce deu não libertam nada, apenas aliviam por um momento.
    ex: jogo video-game, assisto filme, ótimo pra distrair…mas e depois do jogo e do filme??!! os problemas voltam, não concorda??!!

    Existe algumas maneiras de lidar com as pressões do cotidiano, isso depende de pessoa pra pessoa…mas a principal de todas é lidar e enfrentar as pressões e não fujir delas, porque elas existem e não desaparecem nunca.

    …é,o texto não foi legal e merece ser comentado e refletido várias vezes porque tem muitas pessoas que pensam assim como voce escreveu e se dão muito mal. :)

  • Cigano

    Esse é um assunto bastante delicado, pois é um dos principais temas descutidos na atualidade.

    Voce começa com o título ” Dicas de como libertar-se da pressão cotidiana”

    lá vai eu ler como se ”libertar”…e vejo no seu texto que das dicas que voce deu não libertam nada, apenas aliviam por um momento.
    ex: jogo video-game, assisto filme, ótimo pra distrair…mas e depois do jogo e do filme??!! os problemas voltam, não concorda??!!

    Existe algumas maneiras de lidar com as pressões do cotidiano, isso depende de pessoa pra pessoa…mas a principal de todas é lidar e enfrentar as pressões e não fujir delas, porque elas existem e não desaparecem nunca.

    …é,o texto não foi legal e merece ser comentado e refletido várias vezes porque tem muitas pessoas que pensam assim como voce escreveu e se dão muito mal. :)

  • Cigano

    Esse é um assunto bastante delicado, pois é um dos principais temas descutidos na atualidade.

    Voce começa com o título ” Dicas de como libertar-se da pressão cotidiana”

    lá vai eu ler como se ”libertar”…e vejo no seu texto que das dicas que voce deu não libertam nada, apenas aliviam por um momento.
    ex: jogo video-game, assisto filme, ótimo pra distrair…mas e depois do jogo e do filme??!! os problemas voltam, não concorda??!!

    Existe algumas maneiras de lidar com as pressões do cotidiano, isso depende de pessoa pra pessoa…mas a principal de todas é lidar e enfrentar as pressões e não fujir delas, porque elas existem e não desaparecem nunca.

    …é,o texto não foi legal e merece ser comentado e refletido várias vezes porque tem muitas pessoas que pensam assim como voce escreveu e se dão muito mal. :)

  • Cigano

    Esse é um assunto bastante delicado, pois é um dos principais temas descutidos na atualidade.

    Voce começa com o título ” Dicas de como libertar-se da pressão cotidiana”

    lá vai eu ler como se ”libertar”…e vejo no seu texto que das dicas que voce deu não libertam nada, apenas aliviam por um momento.
    ex: jogo video-game, assisto filme, ótimo pra distrair…mas e depois do jogo e do filme??!! os problemas voltam, não concorda??!!

    Existe algumas maneiras de lidar com as pressões do cotidiano, isso depende de pessoa pra pessoa…mas a principal de todas é lidar e enfrentar as pressões e não fujir delas, porque elas existem e não desaparecem nunca.

    …é,o texto não foi legal e merece ser comentado e refletido várias vezes porque tem muitas pessoas que pensam assim como voce escreveu e se dão muito mal. :)

  • Cigano

    Esse é um assunto bastante delicado, pois é um dos principais temas descutidos na atualidade.

    Voce começa com o título ” Dicas de como libertar-se da pressão cotidiana”

    lá vai eu ler como se ”libertar”…e vejo no seu texto que das dicas que voce deu não libertam nada, apenas aliviam por um momento.
    ex: jogo video-game, assisto filme, ótimo pra distrair…mas e depois do jogo e do filme??!! os problemas voltam, não concorda??!!

    Existe algumas maneiras de lidar com as pressões do cotidiano, isso depende de pessoa pra pessoa…mas a principal de todas é lidar e enfrentar as pressões e não fujir delas, porque elas existem e não desaparecem nunca.

    …é,o texto não foi legal e merece ser comentado e refletido várias vezes porque tem muitas pessoas que pensam assim como voce escreveu e se dão muito mal. :)

  • Cigano

    Esse é um assunto bastante delicado, pois é um dos principais temas descutidos na atualidade.

    Voce começa com o título ” Dicas de como libertar-se da pressão cotidiana”

    lá vai eu ler como se ”libertar”…e vejo no seu texto que das dicas que voce deu não libertam nada, apenas aliviam por um momento.
    ex: jogo video-game, assisto filme, ótimo pra distrair…mas e depois do jogo e do filme??!! os problemas voltam, não concorda??!!

    Existe algumas maneiras de lidar com as pressões do cotidiano, isso depende de pessoa pra pessoa…mas a principal de todas é lidar e enfrentar as pressões e não fujir delas, porque elas existem e não desaparecem nunca.

    …é,o texto não foi legal e merece ser comentado e refletido várias vezes porque tem muitas pessoas que pensam assim como voce escreveu e se dão muito mal. :)

  • Cigano

    Esse é um assunto bastante delicado, pois é um dos principais temas descutidos na atualidade.

    Voce começa com o título ” Dicas de como libertar-se da pressão cotidiana”

    lá vai eu ler como se ”libertar”…e vejo no seu texto que das dicas que voce deu não libertam nada, apenas aliviam por um momento.
    ex: jogo video-game, assisto filme, ótimo pra distrair…mas e depois do jogo e do filme??!! os problemas voltam, não concorda??!!

    Existe algumas maneiras de lidar com as pressões do cotidiano, isso depende de pessoa pra pessoa…mas a principal de todas é lidar e enfrentar as pressões e não fujir delas, porque elas existem e não desaparecem nunca.

    …é,o texto não foi legal e merece ser comentado e refletido várias vezes porque tem muitas pessoas que pensam assim como voce escreveu e se dão muito mal. :)

  • Cigano

    Esse é um assunto bastante delicado, pois é um dos principais temas descutidos na atualidade.

    Voce começa com o título ” Dicas de como libertar-se da pressão cotidiana”

    lá vai eu ler como se ”libertar”…e vejo no seu texto que das dicas que voce deu não libertam nada, apenas aliviam por um momento.
    ex: jogo video-game, assisto filme, ótimo pra distrair…mas e depois do jogo e do filme??!! os problemas voltam, não concorda??!!

    Existe algumas maneiras de lidar com as pressões do cotidiano, isso depende de pessoa pra pessoa…mas a principal de todas é lidar e enfrentar as pressões e não fujir delas, porque elas existem e não desaparecem nunca.

    …é,o texto não foi legal e merece ser comentado e refletido várias vezes porque tem muitas pessoas que pensam assim como voce escreveu e se dão muito mal. :)

  • http://www.controleremoto.tv/ Felipe Neto

    Cigano, não acredito que você tenha, de fato, lido o texto.

    Pois a todo momento é dito que as dicas são para alívio temporário… Mas que a real solução é enfrentar os problemas de frente.

  • http://www.controleremoto.tv/ Felipe Neto

    Cigano, não acredito que você tenha, de fato, lido o texto.

    Pois a todo momento é dito que as dicas são para alívio temporário… Mas que a real solução é enfrentar os problemas de frente.

  • http://www.controleremoto.tv/ Felipe Neto

    Cigano, não acredito que você tenha, de fato, lido o texto.

    Pois a todo momento é dito que as dicas são para alívio temporário… Mas que a real solução é enfrentar os problemas de frente.

  • http://www.controleremoto.tv/ Felipe Neto

    Cigano, não acredito que você tenha, de fato, lido o texto.

    Pois a todo momento é dito que as dicas são para alívio temporário… Mas que a real solução é enfrentar os problemas de frente.

  • http://www.controleremoto.tv/ Felipe Neto

    Cigano, não acredito que você tenha, de fato, lido o texto.

    Pois a todo momento é dito que as dicas são para alívio temporário… Mas que a real solução é enfrentar os problemas de frente.

  • http://www.controleremoto.tv/ Felipe Neto

    Cigano, não acredito que você tenha, de fato, lido o texto.

    Pois a todo momento é dito que as dicas são para alívio temporário… Mas que a real solução é enfrentar os problemas de frente.

  • http://www.controleremoto.tv Felipe Neto

    Cigano, não acredito que você tenha, de fato, lido o texto.

    Pois a todo momento é dito que as dicas são para alívio temporário… Mas que a real solução é enfrentar os problemas de frente.

  • Baralho

    discordo de algumas coisas no texto mas a ideia é boa.

    acho que a parte do ‘drink the problem away’ seria melhor se fosse entendida como ‘sair com os amigos pra relaxar no boteco’ e não beber descontroladamente. bebida so vai te trazer mais problemas.

    ligar o som no maximo e cantar sempre ajuda mesmo. ou ir numa rave. nada melhor que isso, pelo menos pra mim.

  • Baralho

    discordo de algumas coisas no texto mas a ideia é boa.

    acho que a parte do ‘drink the problem away’ seria melhor se fosse entendida como ‘sair com os amigos pra relaxar no boteco’ e não beber descontroladamente. bebida so vai te trazer mais problemas.

    ligar o som no maximo e cantar sempre ajuda mesmo. ou ir numa rave. nada melhor que isso, pelo menos pra mim.

  • Baralho

    discordo de algumas coisas no texto mas a ideia é boa.

    acho que a parte do ‘drink the problem away’ seria melhor se fosse entendida como ‘sair com os amigos pra relaxar no boteco’ e não beber descontroladamente. bebida so vai te trazer mais problemas.

    ligar o som no maximo e cantar sempre ajuda mesmo. ou ir numa rave. nada melhor que isso, pelo menos pra mim.

  • Baralho

    discordo de algumas coisas no texto mas a ideia é boa.

    acho que a parte do ‘drink the problem away’ seria melhor se fosse entendida como ‘sair com os amigos pra relaxar no boteco’ e não beber descontroladamente. bebida so vai te trazer mais problemas.

    ligar o som no maximo e cantar sempre ajuda mesmo. ou ir numa rave. nada melhor que isso, pelo menos pra mim.

  • Baralho

    discordo de algumas coisas no texto mas a ideia é boa.

    acho que a parte do ‘drink the problem away’ seria melhor se fosse entendida como ‘sair com os amigos pra relaxar no boteco’ e não beber descontroladamente. bebida so vai te trazer mais problemas.

    ligar o som no maximo e cantar sempre ajuda mesmo. ou ir numa rave. nada melhor que isso, pelo menos pra mim.

  • Baralho

    discordo de algumas coisas no texto mas a ideia é boa.

    acho que a parte do ‘drink the problem away’ seria melhor se fosse entendida como ‘sair com os amigos pra relaxar no boteco’ e não beber descontroladamente. bebida so vai te trazer mais problemas.

    ligar o som no maximo e cantar sempre ajuda mesmo. ou ir numa rave. nada melhor que isso, pelo menos pra mim.

  • Baralho

    discordo de algumas coisas no texto mas a ideia é boa.

    acho que a parte do ‘drink the problem away’ seria melhor se fosse entendida como ‘sair com os amigos pra relaxar no boteco’ e não beber descontroladamente. bebida so vai te trazer mais problemas.

    ligar o som no maximo e cantar sempre ajuda mesmo. ou ir numa rave. nada melhor que isso, pelo menos pra mim.

  • Baralho

    discordo de algumas coisas no texto mas a ideia é boa.

    acho que a parte do ‘drink the problem away’ seria melhor se fosse entendida como ‘sair com os amigos pra relaxar no boteco’ e não beber descontroladamente. bebida so vai te trazer mais problemas.

    ligar o som no maximo e cantar sempre ajuda mesmo. ou ir numa rave. nada melhor que isso, pelo menos pra mim.

  • Cássio

    Sensacional

  • Cássio

    Sensacional

  • Cássio

    Sensacional

  • Cássio

    Sensacional

  • Cássio

    Sensacional

  • Cássio

    Sensacional

  • Cássio

    Sensacional

  • Cássio

    Sensacional

  • Cássio

    Sensacional

  • Cássio

    Sensacional

  • Toni Balada

    Nossa quanto flame pra um post comum, isso dá ibope :D

  • Toni Balada

    Nossa quanto flame pra um post comum, isso dá ibope :D

  • Toni Balada

    Nossa quanto flame pra um post comum, isso dá ibope :D

  • Toni Balada

    Nossa quanto flame pra um post comum, isso dá ibope :D

  • Toni Balada

    Nossa quanto flame pra um post comum, isso dá ibope :D

  • Toni Balada

    Nossa quanto flame pra um post comum, isso dá ibope :D

  • andressa

    Vou dizer o seguinte, tudo; menos “punheta” ah nao rola nao, principalmente quando se tem um “pixadao” por perto, pq se “siriricar” ? homem tubo bem é de praxe eles “baterem uma pensando na gostosona da cam, mas mulher “siriricar” é foda! Pra mim é pura falta de imcompetencia, uma mulher se masturbar sozinha, no chuveiro, ou sentada no vazo, sei lá, mas qdo se está acompanhada, e ate sádio “bater uma” mas sozinha…putz! vai caçar um homem pra TREPAR.

  • andressa

    Vou dizer o seguinte, tudo; menos “punheta” ah nao rola nao, principalmente quando se tem um “pixadao” por perto, pq se “siriricar” ? homem tubo bem é de praxe eles “baterem uma pensando na gostosona da cam, mas mulher “siriricar” é foda! Pra mim é pura falta de imcompetencia, uma mulher se masturbar sozinha, no chuveiro, ou sentada no vazo, sei lá, mas qdo se está acompanhada, e ate sádio “bater uma” mas sozinha…putz! vai caçar um homem pra TREPAR.

  • andressa

    Vou dizer o seguinte, tudo; menos “punheta” ah nao rola nao, principalmente quando se tem um “pixadao” por perto, pq se “siriricar” ? homem tubo bem é de praxe eles “baterem uma pensando na gostosona da cam, mas mulher “siriricar” é foda! Pra mim é pura falta de imcompetencia, uma mulher se masturbar sozinha, no chuveiro, ou sentada no vazo, sei lá, mas qdo se está acompanhada, e ate sádio “bater uma” mas sozinha…putz! vai caçar um homem pra TREPAR.

  • andressa

    Vou dizer o seguinte, tudo; menos “punheta” ah nao rola nao, principalmente quando se tem um “pixadao” por perto, pq se “siriricar” ? homem tubo bem é de praxe eles “baterem uma pensando na gostosona da cam, mas mulher “siriricar” é foda! Pra mim é pura falta de imcompetencia, uma mulher se masturbar sozinha, no chuveiro, ou sentada no vazo, sei lá, mas qdo se está acompanhada, e ate sádio “bater uma” mas sozinha…putz! vai caçar um homem pra TREPAR.

  • andressa

    ALIAS POR PURA FALTA DE COMPETENCIA!!!

  • andressa

    ALIAS POR PURA FALTA DE COMPETENCIA!!!

  • andressa

    ALIAS POR PURA FALTA DE COMPETENCIA!!!

  • andressa

    ALIAS POR PURA FALTA DE COMPETENCIA!!!

  • andressa

    ALIAS POR PURA FALTA DE COMPETENCIA!!!

  • andressa

    ALIAS POR PURA FALTA DE COMPETENCIA!!!

  • andressa

    ALIAS POR PURA FALTA DE COMPETENCIA!!!

  • Matheus

    Ótimo artigo!

    “não é o quão forte você bate; mas sim o quanto você consegue apanhar, e continuar seguindo em frente.’
    Todos apanhamos, somos humilhados, perdemos tudo, recomeçamos do zero. O que importa é seguir. Não desistir.”

    Não poderia vir em melhor hora!

  • Matheus

    Ótimo artigo!

    “não é o quão forte você bate; mas sim o quanto você consegue apanhar, e continuar seguindo em frente.’
    Todos apanhamos, somos humilhados, perdemos tudo, recomeçamos do zero. O que importa é seguir. Não desistir.”

    Não poderia vir em melhor hora!

  • Matheus

    Ótimo artigo!

    “não é o quão forte você bate; mas sim o quanto você consegue apanhar, e continuar seguindo em frente.’
    Todos apanhamos, somos humilhados, perdemos tudo, recomeçamos do zero. O que importa é seguir. Não desistir.”

    Não poderia vir em melhor hora!

  • Matheus

    Ótimo artigo!

    “não é o quão forte você bate; mas sim o quanto você consegue apanhar, e continuar seguindo em frente.’
    Todos apanhamos, somos humilhados, perdemos tudo, recomeçamos do zero. O que importa é seguir. Não desistir.”

    Não poderia vir em melhor hora!

  • Matheus

    Ótimo artigo!

    “não é o quão forte você bate; mas sim o quanto você consegue apanhar, e continuar seguindo em frente.’
    Todos apanhamos, somos humilhados, perdemos tudo, recomeçamos do zero. O que importa é seguir. Não desistir.”

    Não poderia vir em melhor hora!

  • Matheus

    Ótimo artigo!

    “não é o quão forte você bate; mas sim o quanto você consegue apanhar, e continuar seguindo em frente.’
    Todos apanhamos, somos humilhados, perdemos tudo, recomeçamos do zero. O que importa é seguir. Não desistir.”

    Não poderia vir em melhor hora!

  • Matheus

    Ótimo artigo!

    “não é o quão forte você bate; mas sim o quanto você consegue apanhar, e continuar seguindo em frente.’
    Todos apanhamos, somos humilhados, perdemos tudo, recomeçamos do zero. O que importa é seguir. Não desistir.”

    Não poderia vir em melhor hora!

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com/ Atre

    “homem tubo bem é de praxe eles “baterem uma pensando na gostosona da cam, mas mulher “siriricar” é foda! Pra mim é pura falta de imcompetencia (ou competencia como ela corrigiu abaixo), uma mulher se masturbar sozinha, no chuveiro, ou sentada no vazo, sei lá…”

    E depois ainda dizem que o mundo seria menos preconceituoso se governado por mulheres… BOM, depende, claro….

    isso me lembra o lance de que mulher reclama MUITO do jeito dos homens que SÃO CRIADOS POR ELAS.

    Vai entender cabeça de mulher mesmo…SÓ se for pra se estressar….rs

    E o que que tem a siririca com o fato da gente ter parceiro ou não?

    tá…isso é assunto pra OUTRO post……………..rs

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com/ Atre

    “homem tubo bem é de praxe eles “baterem uma pensando na gostosona da cam, mas mulher “siriricar” é foda! Pra mim é pura falta de imcompetencia (ou competencia como ela corrigiu abaixo), uma mulher se masturbar sozinha, no chuveiro, ou sentada no vazo, sei lá…”

    E depois ainda dizem que o mundo seria menos preconceituoso se governado por mulheres… BOM, depende, claro….

    isso me lembra o lance de que mulher reclama MUITO do jeito dos homens que SÃO CRIADOS POR ELAS.

    Vai entender cabeça de mulher mesmo…SÓ se for pra se estressar….rs

    E o que que tem a siririca com o fato da gente ter parceiro ou não?

    tá…isso é assunto pra OUTRO post……………..rs

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com/ Atre

    “homem tubo bem é de praxe eles “baterem uma pensando na gostosona da cam, mas mulher “siriricar” é foda! Pra mim é pura falta de imcompetencia (ou competencia como ela corrigiu abaixo), uma mulher se masturbar sozinha, no chuveiro, ou sentada no vazo, sei lá…”

    E depois ainda dizem que o mundo seria menos preconceituoso se governado por mulheres… BOM, depende, claro….

    isso me lembra o lance de que mulher reclama MUITO do jeito dos homens que SÃO CRIADOS POR ELAS.

    Vai entender cabeça de mulher mesmo…SÓ se for pra se estressar….rs

    E o que que tem a siririca com o fato da gente ter parceiro ou não?

    tá…isso é assunto pra OUTRO post……………..rs

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com/ Atre

    “homem tubo bem é de praxe eles “baterem uma pensando na gostosona da cam, mas mulher “siriricar” é foda! Pra mim é pura falta de imcompetencia (ou competencia como ela corrigiu abaixo), uma mulher se masturbar sozinha, no chuveiro, ou sentada no vazo, sei lá…”

    E depois ainda dizem que o mundo seria menos preconceituoso se governado por mulheres… BOM, depende, claro….

    isso me lembra o lance de que mulher reclama MUITO do jeito dos homens que SÃO CRIADOS POR ELAS.

    Vai entender cabeça de mulher mesmo…SÓ se for pra se estressar….rs

    E o que que tem a siririca com o fato da gente ter parceiro ou não?

    tá…isso é assunto pra OUTRO post……………..rs

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com/ Atre

    “homem tubo bem é de praxe eles “baterem uma pensando na gostosona da cam, mas mulher “siriricar” é foda! Pra mim é pura falta de imcompetencia (ou competencia como ela corrigiu abaixo), uma mulher se masturbar sozinha, no chuveiro, ou sentada no vazo, sei lá…”

    E depois ainda dizem que o mundo seria menos preconceituoso se governado por mulheres… BOM, depende, claro….

    isso me lembra o lance de que mulher reclama MUITO do jeito dos homens que SÃO CRIADOS POR ELAS.

    Vai entender cabeça de mulher mesmo…SÓ se for pra se estressar….rs

    E o que que tem a siririca com o fato da gente ter parceiro ou não?

    tá…isso é assunto pra OUTRO post……………..rs

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com Atre

    “homem tubo bem é de praxe eles “baterem uma pensando na gostosona da cam, mas mulher “siriricar” é foda! Pra mim é pura falta de imcompetencia (ou competencia como ela corrigiu abaixo), uma mulher se masturbar sozinha, no chuveiro, ou sentada no vazo, sei lá…”

    E depois ainda dizem que o mundo seria menos preconceituoso se governado por mulheres… BOM, depende, claro….

    isso me lembra o lance de que mulher reclama MUITO do jeito dos homens que SÃO CRIADOS POR ELAS.

    Vai entender cabeça de mulher mesmo…SÓ se for pra se estressar….rs

    E o que que tem a siririca com o fato da gente ter parceiro ou não?

    tá…isso é assunto pra OUTRO post……………..rs

  • http://www.orkut.com.br/Main#Profile.aspx?rl=mp&uid=8387067162726345209 Grechejr

    O Rodrigo Almeida disse tudo.

    Mas quanta polêmica, isso me parece falta de capacidade de interpretar um texto, conseguir absorver a essência do pensamento que foi expresso nessas linhas.

    Eu passo por um momento de muitissima pressão no trabalho, trabalhando 14 horas, a noite, das 18 as 08 da manhã. Esse tipo de pressão não é boa, não me faz ser criativo. Me deixa acabado, morto…. Ai venho aqui, leio esse excelente texto e vejo nos comentários um monte de bibas, emos e vegans falando bobagens!!!!

    Ahhh por favor!!! Virem homem, aprendam que tomar uma, fumar um charuto, comer ou qualquer coisa dita no texto não tem nada demais, só estamos falando de uma forma de aliviar a pressão.

  • http://www.orkut.com.br/Main#Profile.aspx?rl=mp&uid=8387067162726345209 Grechejr

    O Rodrigo Almeida disse tudo.

    Mas quanta polêmica, isso me parece falta de capacidade de interpretar um texto, conseguir absorver a essência do pensamento que foi expresso nessas linhas.

    Eu passo por um momento de muitissima pressão no trabalho, trabalhando 14 horas, a noite, das 18 as 08 da manhã. Esse tipo de pressão não é boa, não me faz ser criativo. Me deixa acabado, morto…. Ai venho aqui, leio esse excelente texto e vejo nos comentários um monte de bibas, emos e vegans falando bobagens!!!!

    Ahhh por favor!!! Virem homem, aprendam que tomar uma, fumar um charuto, comer ou qualquer coisa dita no texto não tem nada demais, só estamos falando de uma forma de aliviar a pressão.

  • http://www.orkut.com.br/Main#Profile.aspx?rl=mp&uid=8387067162726345209 Grechejr

    O Rodrigo Almeida disse tudo.

    Mas quanta polêmica, isso me parece falta de capacidade de interpretar um texto, conseguir absorver a essência do pensamento que foi expresso nessas linhas.

    Eu passo por um momento de muitissima pressão no trabalho, trabalhando 14 horas, a noite, das 18 as 08 da manhã. Esse tipo de pressão não é boa, não me faz ser criativo. Me deixa acabado, morto…. Ai venho aqui, leio esse excelente texto e vejo nos comentários um monte de bibas, emos e vegans falando bobagens!!!!

    Ahhh por favor!!! Virem homem, aprendam que tomar uma, fumar um charuto, comer ou qualquer coisa dita no texto não tem nada demais, só estamos falando de uma forma de aliviar a pressão.

  • http://www.orkut.com.br/Main#Profile.aspx?rl=mp&uid=8387067162726345209 Grechejr

    O Rodrigo Almeida disse tudo.

    Mas quanta polêmica, isso me parece falta de capacidade de interpretar um texto, conseguir absorver a essência do pensamento que foi expresso nessas linhas.

    Eu passo por um momento de muitissima pressão no trabalho, trabalhando 14 horas, a noite, das 18 as 08 da manhã. Esse tipo de pressão não é boa, não me faz ser criativo. Me deixa acabado, morto…. Ai venho aqui, leio esse excelente texto e vejo nos comentários um monte de bibas, emos e vegans falando bobagens!!!!

    Ahhh por favor!!! Virem homem, aprendam que tomar uma, fumar um charuto, comer ou qualquer coisa dita no texto não tem nada demais, só estamos falando de uma forma de aliviar a pressão.

  • http://www.orkut.com.br/Main#Profile.aspx?rl=mp&uid=8387067162726345209 Grechejr

    O Rodrigo Almeida disse tudo.

    Mas quanta polêmica, isso me parece falta de capacidade de interpretar um texto, conseguir absorver a essência do pensamento que foi expresso nessas linhas.

    Eu passo por um momento de muitissima pressão no trabalho, trabalhando 14 horas, a noite, das 18 as 08 da manhã. Esse tipo de pressão não é boa, não me faz ser criativo. Me deixa acabado, morto…. Ai venho aqui, leio esse excelente texto e vejo nos comentários um monte de bibas, emos e vegans falando bobagens!!!!

    Ahhh por favor!!! Virem homem, aprendam que tomar uma, fumar um charuto, comer ou qualquer coisa dita no texto não tem nada demais, só estamos falando de uma forma de aliviar a pressão.

  • http://www.orkut.com.br/Main#Profile.aspx?rl=mp&uid=8387067162726345209 Grechejr

    O Rodrigo Almeida disse tudo.

    Mas quanta polêmica, isso me parece falta de capacidade de interpretar um texto, conseguir absorver a essência do pensamento que foi expresso nessas linhas.

    Eu passo por um momento de muitissima pressão no trabalho, trabalhando 14 horas, a noite, das 18 as 08 da manhã. Esse tipo de pressão não é boa, não me faz ser criativo. Me deixa acabado, morto…. Ai venho aqui, leio esse excelente texto e vejo nos comentários um monte de bibas, emos e vegans falando bobagens!!!!

    Ahhh por favor!!! Virem homem, aprendam que tomar uma, fumar um charuto, comer ou qualquer coisa dita no texto não tem nada demais, só estamos falando de uma forma de aliviar a pressão.

  • http://www.orkut.com.br/Main#Profile.aspx?rl=mp&uid=8387067162726345209 Grechejr

    O Rodrigo Almeida disse tudo.

    Mas quanta polêmica, isso me parece falta de capacidade de interpretar um texto, conseguir absorver a essência do pensamento que foi expresso nessas linhas.

    Eu passo por um momento de muitissima pressão no trabalho, trabalhando 14 horas, a noite, das 18 as 08 da manhã. Esse tipo de pressão não é boa, não me faz ser criativo. Me deixa acabado, morto…. Ai venho aqui, leio esse excelente texto e vejo nos comentários um monte de bibas, emos e vegans falando bobagens!!!!

    Ahhh por favor!!! Virem homem, aprendam que tomar uma, fumar um charuto, comer ou qualquer coisa dita no texto não tem nada demais, só estamos falando de uma forma de aliviar a pressão.

  • http://www.orkut.com.br/Main#Profile.aspx?rl=mp&uid=8387067162726345209 Grechejr

    O Rodrigo Almeida disse tudo.

    Mas quanta polêmica, isso me parece falta de capacidade de interpretar um texto, conseguir absorver a essência do pensamento que foi expresso nessas linhas.

    Eu passo por um momento de muitissima pressão no trabalho, trabalhando 14 horas, a noite, das 18 as 08 da manhã. Esse tipo de pressão não é boa, não me faz ser criativo. Me deixa acabado, morto…. Ai venho aqui, leio esse excelente texto e vejo nos comentários um monte de bibas, emos e vegans falando bobagens!!!!

    Ahhh por favor!!! Virem homem, aprendam que tomar uma, fumar um charuto, comer ou qualquer coisa dita no texto não tem nada demais, só estamos falando de uma forma de aliviar a pressão.

  • http://www.orkut.com.br/Main#Profile.aspx?rl=mp&uid=8387067162726345209 Grechejr

    O Rodrigo Almeida disse tudo.

    Mas quanta polêmica, isso me parece falta de capacidade de interpretar um texto, conseguir absorver a essência do pensamento que foi expresso nessas linhas.

    Eu passo por um momento de muitissima pressão no trabalho, trabalhando 14 horas, a noite, das 18 as 08 da manhã. Esse tipo de pressão não é boa, não me faz ser criativo. Me deixa acabado, morto…. Ai venho aqui, leio esse excelente texto e vejo nos comentários um monte de bibas, emos e vegans falando bobagens!!!!

    Ahhh por favor!!! Virem homem, aprendam que tomar uma, fumar um charuto, comer ou qualquer coisa dita no texto não tem nada demais, só estamos falando de uma forma de aliviar a pressão.

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com/ Atre

    ANDRESSA (a dos comentários aí em cima) se vc ler esse aqui, por favor me manda um e-mail conversaatrevida@gmail.com que eu queria te fazer um convite (NENHUMA sacanagem nisso…EU JURO…rs)

    Como vc não tem link,não dá pra te procurar a não ser por aqui…

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com/ Atre

    ANDRESSA (a dos comentários aí em cima) se vc ler esse aqui, por favor me manda um e-mail conversaatrevida@gmail.com que eu queria te fazer um convite (NENHUMA sacanagem nisso…EU JURO…rs)

    Como vc não tem link,não dá pra te procurar a não ser por aqui…

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com/ Atre

    ANDRESSA (a dos comentários aí em cima) se vc ler esse aqui, por favor me manda um e-mail conversaatrevida@gmail.com que eu queria te fazer um convite (NENHUMA sacanagem nisso…EU JURO…rs)

    Como vc não tem link,não dá pra te procurar a não ser por aqui…

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com/ Atre

    ANDRESSA (a dos comentários aí em cima) se vc ler esse aqui, por favor me manda um e-mail conversaatrevida@gmail.com que eu queria te fazer um convite (NENHUMA sacanagem nisso…EU JURO…rs)

    Como vc não tem link,não dá pra te procurar a não ser por aqui…

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com/ Atre

    ANDRESSA (a dos comentários aí em cima) se vc ler esse aqui, por favor me manda um e-mail conversaatrevida@gmail.com que eu queria te fazer um convite (NENHUMA sacanagem nisso…EU JURO…rs)

    Como vc não tem link,não dá pra te procurar a não ser por aqui…

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com/ Atre

    ANDRESSA (a dos comentários aí em cima) se vc ler esse aqui, por favor me manda um e-mail conversaatrevida@gmail.com que eu queria te fazer um convite (NENHUMA sacanagem nisso…EU JURO…rs)

    Como vc não tem link,não dá pra te procurar a não ser por aqui…

  • http://www.conversaatrevida.blogspot.com Atre

    ANDRESSA (a dos comentários aí em cima) se vc ler esse aqui, por favor me manda um e-mail conversaatrevida@gmail.com que eu queria te fazer um convite (NENHUMA sacanagem nisso…EU JURO…rs)

    Como vc não tem link,não dá pra te procurar a não ser por aqui…

  • Sulllivan

    Todas as dicas acima sao muito pertinentes e se sabiamente utilizadas, fazem a nossa vida menos dificil. Gostaria de acresentar também uma outra dica: praticar alguma arte marcial, de preferencia uma arte japonesa. As artes mariciais sao excelentes nao só como exercício físico, para para esquecer dos problemas externos e liberar energias negativas. E tem outra: nao há nada melhor do que ‘dar porrada’ quando se está nervoso !

    Agora outra coisa que queria comentar é que no meu caso, tá bem foda, eu praticamente gasto TODO o meu salário “aliviando” a pressao. Voces também sofrem desse mal ? Eu consigo guardar muito pouco do meu salário para ‘o futuro’.

    Alguma dica ?

  • Sulllivan

    Todas as dicas acima sao muito pertinentes e se sabiamente utilizadas, fazem a nossa vida menos dificil. Gostaria de acresentar também uma outra dica: praticar alguma arte marcial, de preferencia uma arte japonesa. As artes mariciais sao excelentes nao só como exercício físico, para para esquecer dos problemas externos e liberar energias negativas. E tem outra: nao há nada melhor do que ‘dar porrada’ quando se está nervoso !

    Agora outra coisa que queria comentar é que no meu caso, tá bem foda, eu praticamente gasto TODO o meu salário “aliviando” a pressao. Voces também sofrem desse mal ? Eu consigo guardar muito pouco do meu salário para ‘o futuro’.

    Alguma dica ?

  • Sulllivan

    Todas as dicas acima sao muito pertinentes e se sabiamente utilizadas, fazem a nossa vida menos dificil. Gostaria de acresentar também uma outra dica: praticar alguma arte marcial, de preferencia uma arte japonesa. As artes mariciais sao excelentes nao só como exercício físico, para para esquecer dos problemas externos e liberar energias negativas. E tem outra: nao há nada melhor do que ‘dar porrada’ quando se está nervoso !

    Agora outra coisa que queria comentar é que no meu caso, tá bem foda, eu praticamente gasto TODO o meu salário “aliviando” a pressao. Voces também sofrem desse mal ? Eu consigo guardar muito pouco do meu salário para ‘o futuro’.

    Alguma dica ?

  • Sulllivan

    Todas as dicas acima sao muito pertinentes e se sabiamente utilizadas, fazem a nossa vida menos dificil. Gostaria de acresentar também uma outra dica: praticar alguma arte marcial, de preferencia uma arte japonesa. As artes mariciais sao excelentes nao só como exercício físico, para para esquecer dos problemas externos e liberar energias negativas. E tem outra: nao há nada melhor do que ‘dar porrada’ quando se está nervoso !

    Agora outra coisa que queria comentar é que no meu caso, tá bem foda, eu praticamente gasto TODO o meu salário “aliviando” a pressao. Voces também sofrem desse mal ? Eu consigo guardar muito pouco do meu salário para ‘o futuro’.

    Alguma dica ?

  • Sulllivan

    Todas as dicas acima sao muito pertinentes e se sabiamente utilizadas, fazem a nossa vida menos dificil. Gostaria de acresentar também uma outra dica: praticar alguma arte marcial, de preferencia uma arte japonesa. As artes mariciais sao excelentes nao só como exercício físico, para para esquecer dos problemas externos e liberar energias negativas. E tem outra: nao há nada melhor do que ‘dar porrada’ quando se está nervoso !

    Agora outra coisa que queria comentar é que no meu caso, tá bem foda, eu praticamente gasto TODO o meu salário “aliviando” a pressao. Voces também sofrem desse mal ? Eu consigo guardar muito pouco do meu salário para ‘o futuro’.

    Alguma dica ?

  • Sulllivan

    Todas as dicas acima sao muito pertinentes e se sabiamente utilizadas, fazem a nossa vida menos dificil. Gostaria de acresentar também uma outra dica: praticar alguma arte marcial, de preferencia uma arte japonesa. As artes mariciais sao excelentes nao só como exercício físico, para para esquecer dos problemas externos e liberar energias negativas. E tem outra: nao há nada melhor do que ‘dar porrada’ quando se está nervoso !

    Agora outra coisa que queria comentar é que no meu caso, tá bem foda, eu praticamente gasto TODO o meu salário “aliviando” a pressao. Voces também sofrem desse mal ? Eu consigo guardar muito pouco do meu salário para ‘o futuro’.

    Alguma dica ?

  • Sulllivan

    Todas as dicas acima sao muito pertinentes e se sabiamente utilizadas, fazem a nossa vida menos dificil. Gostaria de acresentar também uma outra dica: praticar alguma arte marcial, de preferencia uma arte japonesa. As artes mariciais sao excelentes nao só como exercício físico, para para esquecer dos problemas externos e liberar energias negativas. E tem outra: nao há nada melhor do que ‘dar porrada’ quando se está nervoso !

    Agora outra coisa que queria comentar é que no meu caso, tá bem foda, eu praticamente gasto TODO o meu salário “aliviando” a pressao. Voces também sofrem desse mal ? Eu consigo guardar muito pouco do meu salário para ‘o futuro’.

    Alguma dica ?

  • Sulllivan

    Todas as dicas acima sao muito pertinentes e se sabiamente utilizadas, fazem a nossa vida menos dificil. Gostaria de acresentar também uma outra dica: praticar alguma arte marcial, de preferencia uma arte japonesa. As artes mariciais sao excelentes nao só como exercício físico, para para esquecer dos problemas externos e liberar energias negativas. E tem outra: nao há nada melhor do que ‘dar porrada’ quando se está nervoso !

    Agora outra coisa que queria comentar é que no meu caso, tá bem foda, eu praticamente gasto TODO o meu salário “aliviando” a pressao. Voces também sofrem desse mal ? Eu consigo guardar muito pouco do meu salário para ‘o futuro’.

    Alguma dica ?

  • Sulllivan

    Todas as dicas acima sao muito pertinentes e se sabiamente utilizadas, fazem a nossa vida menos dificil. Gostaria de acresentar também uma outra dica: praticar alguma arte marcial, de preferencia uma arte japonesa. As artes mariciais sao excelentes nao só como exercício físico, para para esquecer dos problemas externos e liberar energias negativas. E tem outra: nao há nada melhor do que ‘dar porrada’ quando se está nervoso !

    Agora outra coisa que queria comentar é que no meu caso, tá bem foda, eu praticamente gasto TODO o meu salário “aliviando” a pressao. Voces também sofrem desse mal ? Eu consigo guardar muito pouco do meu salário para ‘o futuro’.

    Alguma dica ?

  • Marcelo Gotardo (CeLoTe)

    grande texto
    vou seguir esses 6 passos haha
    e a frase do rock é muito boa haha

  • Marcelo Gotardo (CeLoTe)

    grande texto
    vou seguir esses 6 passos haha
    e a frase do rock é muito boa haha

  • Marcelo Gotardo (CeLoTe)

    grande texto
    vou seguir esses 6 passos haha
    e a frase do rock é muito boa haha

  • Marcelo Gotardo (CeLoTe)

    grande texto
    vou seguir esses 6 passos haha
    e a frase do rock é muito boa haha

  • Marcelo Gotardo (CeLoTe)

    grande texto
    vou seguir esses 6 passos haha
    e a frase do rock é muito boa haha

  • Marcelo Gotardo (CeLoTe)

    grande texto
    vou seguir esses 6 passos haha
    e a frase do rock é muito boa haha

  • Marcelo Gotardo (CeLoTe)

    grande texto
    vou seguir esses 6 passos haha
    e a frase do rock é muito boa haha

  • Marcelo Gotardo (CeLoTe)

    grande texto
    vou seguir esses 6 passos haha
    e a frase do rock é muito boa haha

  • Marcelo Gotardo (CeLoTe)

    grande texto
    vou seguir esses 6 passos haha
    e a frase do rock é muito boa haha

  • Marcelo Gotardo (CeLoTe)

    rocky*

  • Marcelo Gotardo (CeLoTe)

    rocky*

  • Marcelo Gotardo (CeLoTe)

    rocky*

  • Marcelo Gotardo (CeLoTe)

    rocky*

  • Marcelo Gotardo (CeLoTe)

    rocky*

  • Marcelo Gotardo (CeLoTe)

    rocky*

  • Marcelo Gotardo (CeLoTe)

    rocky*

  • Marcelo Gotardo (CeLoTe)

    rocky*

  • Marcelo Gotardo (CeLoTe)

    rocky*

  • Marcelo Gotardo (CeLoTe)

    rocky*

  • Marcelo Gotardo (CeLoTe)

    grande texto
    vou seguir esses 6 passos haha
    e a frase do rock é muito boa haha

  • Marcelo Gotardo (CeLoTe)

    rocky*

  • http://twitter.com/rodrigofantini Rodrigo Fantini

    Um bom wisky resolve tudo….

  • http://twitter.com/rodrigofantini Rodrigo Fantini

    Um bom wisky resolve tudo….

  • http://twitter.com/rodrigofantini Rodrigo Fantini

    Um bom wisky resolve tudo….

  • http://twitter.com/rodrigofantini Rodrigo Fantini

    Um bom wisky resolve tudo….

  • http://twitter.com/rodrigofantini Rodrigo Fantini

    Um bom wisky resolve tudo….

  • http://twitter.com/rodrigofantini Rodrigo Fantini

    Um bom wisky resolve tudo….

  • http://twitter.com/rodrigofantini Rodrigo Fantini

    Um bom wisky resolve tudo….

  • http://twitter.com/rodrigofantini Rodrigo Fantini

    Um bom wisky resolve tudo….

  • http://twitter.com/rodrigofantini Rodrigo Fantini

    Um bom wisky resolve tudo….

  • http://twitter.com/rodrigofantini Rodrigo Fantini

    Um bom wisky resolve tudo….

  • http://twitter.com/rodrigofantini Rodrigo Fantini

    *whisky

  • http://twitter.com/rodrigofantini Rodrigo Fantini

    *whisky

  • http://twitter.com/rodrigofantini Rodrigo Fantini

    *whisky

  • http://twitter.com/rodrigofantini Rodrigo Fantini

    *whisky

  • http://twitter.com/rodrigofantini Rodrigo Fantini

    *whisky

  • http://twitter.com/rodrigofantini Rodrigo Fantini

    *whisky

  • http://twitter.com/rodrigofantini Rodrigo Fantini

    *whisky

  • http://twitter.com/rodrigofantini Rodrigo Fantini

    *whisky

  • http://twitter.com/rodrigofantini Rodrigo Fantini

    *whisky

  • http://underlineg.blogspot.com/ _G

    Acho que atingi o burnout quando fiquei uma semana trampando direto, mas aê: naquela época eu não tinha nada melhor pra fazer mesmo [era praticamente um homem cinza], então nem liguei.

    mas pra aliviar a pressão eu costumo ou trepar, ou beber. Masturbação é difícil quando se tem a mulher ali do lado quase todo dia, né mesmo?

  • http://underlineg.blogspot.com/ _G

    Acho que atingi o burnout quando fiquei uma semana trampando direto, mas aê: naquela época eu não tinha nada melhor pra fazer mesmo [era praticamente um homem cinza], então nem liguei.

    mas pra aliviar a pressão eu costumo ou trepar, ou beber. Masturbação é difícil quando se tem a mulher ali do lado quase todo dia, né mesmo?

  • http://underlineg.blogspot.com/ _G

    Acho que atingi o burnout quando fiquei uma semana trampando direto, mas aê: naquela época eu não tinha nada melhor pra fazer mesmo [era praticamente um homem cinza], então nem liguei.

    mas pra aliviar a pressão eu costumo ou trepar, ou beber. Masturbação é difícil quando se tem a mulher ali do lado quase todo dia, né mesmo?

  • http://underlineg.blogspot.com/ _G

    Acho que atingi o burnout quando fiquei uma semana trampando direto, mas aê: naquela época eu não tinha nada melhor pra fazer mesmo [era praticamente um homem cinza], então nem liguei.

    mas pra aliviar a pressão eu costumo ou trepar, ou beber. Masturbação é difícil quando se tem a mulher ali do lado quase todo dia, né mesmo?

  • http://underlineg.blogspot.com/ _G

    Acho que atingi o burnout quando fiquei uma semana trampando direto, mas aê: naquela época eu não tinha nada melhor pra fazer mesmo [era praticamente um homem cinza], então nem liguei.

    mas pra aliviar a pressão eu costumo ou trepar, ou beber. Masturbação é difícil quando se tem a mulher ali do lado quase todo dia, né mesmo?

  • http://underlineg.blogspot.com/ _G

    Acho que atingi o burnout quando fiquei uma semana trampando direto, mas aê: naquela época eu não tinha nada melhor pra fazer mesmo [era praticamente um homem cinza], então nem liguei.

    mas pra aliviar a pressão eu costumo ou trepar, ou beber. Masturbação é difícil quando se tem a mulher ali do lado quase todo dia, né mesmo?

  • http://underlineg.blogspot.com/ _G

    Acho que atingi o burnout quando fiquei uma semana trampando direto, mas aê: naquela época eu não tinha nada melhor pra fazer mesmo [era praticamente um homem cinza], então nem liguei.

    mas pra aliviar a pressão eu costumo ou trepar, ou beber. Masturbação é difícil quando se tem a mulher ali do lado quase todo dia, né mesmo?

  • http://underlineg.blogspot.com _G

    Acho que atingi o burnout quando fiquei uma semana trampando direto, mas aê: naquela época eu não tinha nada melhor pra fazer mesmo [era praticamente um homem cinza], então nem liguei.

    mas pra aliviar a pressão eu costumo ou trepar, ou beber. Masturbação é difícil quando se tem a mulher ali do lado quase todo dia, né mesmo?

  • http://underlineg.blogspot.com/ _G

    Mas, acho eu, que quem tem burnout é quem simplesmente não tem vida social / amorosa ou qualquer outro dia, e não aprendeu ainda os benefícios de sair, tomar umas cervejas, voltar pra casa e trepar feito um animal selvagem. No dia seguinte, fazer um exercício qualquer e ir fazendo outras coisas que se goste…

  • http://underlineg.blogspot.com/ _G

    Mas, acho eu, que quem tem burnout é quem simplesmente não tem vida social / amorosa ou qualquer outro dia, e não aprendeu ainda os benefícios de sair, tomar umas cervejas, voltar pra casa e trepar feito um animal selvagem. No dia seguinte, fazer um exercício qualquer e ir fazendo outras coisas que se goste…

  • http://underlineg.blogspot.com/ _G

    Mas, acho eu, que quem tem burnout é quem simplesmente não tem vida social / amorosa ou qualquer outro dia, e não aprendeu ainda os benefícios de sair, tomar umas cervejas, voltar pra casa e trepar feito um animal selvagem. No dia seguinte, fazer um exercício qualquer e ir fazendo outras coisas que se goste…

  • http://underlineg.blogspot.com/ _G

    Mas, acho eu, que quem tem burnout é quem simplesmente não tem vida social / amorosa ou qualquer outro dia, e não aprendeu ainda os benefícios de sair, tomar umas cervejas, voltar pra casa e trepar feito um animal selvagem. No dia seguinte, fazer um exercício qualquer e ir fazendo outras coisas que se goste…

  • http://underlineg.blogspot.com/ _G

    Mas, acho eu, que quem tem burnout é quem simplesmente não tem vida social / amorosa ou qualquer outro dia, e não aprendeu ainda os benefícios de sair, tomar umas cervejas, voltar pra casa e trepar feito um animal selvagem. No dia seguinte, fazer um exercício qualquer e ir fazendo outras coisas que se goste…

  • http://underlineg.blogspot.com/ _G

    Mas, acho eu, que quem tem burnout é quem simplesmente não tem vida social / amorosa ou qualquer outro dia, e não aprendeu ainda os benefícios de sair, tomar umas cervejas, voltar pra casa e trepar feito um animal selvagem. No dia seguinte, fazer um exercício qualquer e ir fazendo outras coisas que se goste…

  • http://underlineg.blogspot.com/ _G

    Mas, acho eu, que quem tem burnout é quem simplesmente não tem vida social / amorosa ou qualquer outro dia, e não aprendeu ainda os benefícios de sair, tomar umas cervejas, voltar pra casa e trepar feito um animal selvagem. No dia seguinte, fazer um exercício qualquer e ir fazendo outras coisas que se goste…

  • http://underlineg.blogspot.com/ _G

    Mas, acho eu, que quem tem burnout é quem simplesmente não tem vida social / amorosa ou qualquer outro dia, e não aprendeu ainda os benefícios de sair, tomar umas cervejas, voltar pra casa e trepar feito um animal selvagem. No dia seguinte, fazer um exercício qualquer e ir fazendo outras coisas que se goste…

  • http://underlineg.blogspot.com/ _G

    Mas, acho eu, que quem tem burnout é quem simplesmente não tem vida social / amorosa ou qualquer outro dia, e não aprendeu ainda os benefícios de sair, tomar umas cervejas, voltar pra casa e trepar feito um animal selvagem. No dia seguinte, fazer um exercício qualquer e ir fazendo outras coisas que se goste…

  • http://underlineg.blogspot.com/ _G

    Mas, acho eu, que quem tem burnout é quem simplesmente não tem vida social / amorosa ou qualquer outro dia, e não aprendeu ainda os benefícios de sair, tomar umas cervejas, voltar pra casa e trepar feito um animal selvagem. No dia seguinte, fazer um exercício qualquer e ir fazendo outras coisas que se goste…

  • http://underlineg.blogspot.com _G

    Mas, acho eu, que quem tem burnout é quem simplesmente não tem vida social / amorosa ou qualquer outro dia, e não aprendeu ainda os benefícios de sair, tomar umas cervejas, voltar pra casa e trepar feito um animal selvagem. No dia seguinte, fazer um exercício qualquer e ir fazendo outras coisas que se goste…

  • Neto

    artigo tosked mode on

  • Neto

    artigo tosked mode on

  • Neto

    artigo tosked mode on

  • Neto

    artigo tosked mode on

  • Neto

    artigo tosked mode on

  • Neto

    artigo tosked mode on

  • Neto

    artigo tosked mode on

  • Neto

    artigo tosked mode on

  • Neto

    artigo tosked mode on

  • Neto

    artigo tosked mode on

  • Glauco

    Post infeliz…

    Se a Pdh tivesse sido edificada por posts como esse, eu jamais teria feito dela a home do meu browser.

    That’s all folks!

  • Glauco

    Post infeliz…

    Se a Pdh tivesse sido edificada por posts como esse, eu jamais teria feito dela a home do meu browser.

    That’s all folks!

  • Glauco

    Post infeliz…

    Se a Pdh tivesse sido edificada por posts como esse, eu jamais teria feito dela a home do meu browser.

    That’s all folks!

  • Glauco

    Post infeliz…

    Se a Pdh tivesse sido edificada por posts como esse, eu jamais teria feito dela a home do meu browser.

    That’s all folks!

  • Glauco

    Post infeliz…

    Se a Pdh tivesse sido edificada por posts como esse, eu jamais teria feito dela a home do meu browser.

    That’s all folks!

  • Glauco

    Post infeliz…

    Se a Pdh tivesse sido edificada por posts como esse, eu jamais teria feito dela a home do meu browser.

    That’s all folks!

  • Glauco

    Post infeliz…

    Se a Pdh tivesse sido edificada por posts como esse, eu jamais teria feito dela a home do meu browser.

    That’s all folks!

  • http://www.sapucaos.blogspot.com/ Thiago Selliach

    Cara, eu tenho duas coisas que me fazer ativar totalmente aquele shutdown interior e esquecer todo o resto, fora beber pois éssa é clássica demais para estar na lista:

    - Tocar Bateria: Algo fora do real. Espancar todo o stress com as baquetas é animal. Não tem nenhum lugar em que eu me sinta tão desligado do mundo como quando estou tocando bateria. Ou qualquer outro instrumento musical que exija a habilidade e concentração extras.

    - Jogar: Aqui se abre um leque. É um hobby. Jogar qualquer coisa que distraia. De Mário, Call of Duty, Need for Speed e Futebol, até àquela canastrinha esperta, com um copo de whisky (pode ser barato mesmo) e duas canastraS de As a As na mesa, aí o mundo é infinito. =D

  • http://www.sapucaos.blogspot.com/ Thiago Selliach

    Cara, eu tenho duas coisas que me fazer ativar totalmente aquele shutdown interior e esquecer todo o resto, fora beber pois éssa é clássica demais para estar na lista:

    - Tocar Bateria: Algo fora do real. Espancar todo o stress com as baquetas é animal. Não tem nenhum lugar em que eu me sinta tão desligado do mundo como quando estou tocando bateria. Ou qualquer outro instrumento musical que exija a habilidade e concentração extras.

    - Jogar: Aqui se abre um leque. É um hobby. Jogar qualquer coisa que distraia. De Mário, Call of Duty, Need for Speed e Futebol, até àquela canastrinha esperta, com um copo de whisky (pode ser barato mesmo) e duas canastraS de As a As na mesa, aí o mundo é infinito. =D

  • http://www.sapucaos.blogspot.com/ Thiago Selliach

    Cara, eu tenho duas coisas que me fazer ativar totalmente aquele shutdown interior e esquecer todo o resto, fora beber pois éssa é clássica demais para estar na lista:

    - Tocar Bateria: Algo fora do real. Espancar todo o stress com as baquetas é animal. Não tem nenhum lugar em que eu me sinta tão desligado do mundo como quando estou tocando bateria. Ou qualquer outro instrumento musical que exija a habilidade e concentração extras.

    - Jogar: Aqui se abre um leque. É um hobby. Jogar qualquer coisa que distraia. De Mário, Call of Duty, Need for Speed e Futebol, até àquela canastrinha esperta, com um copo de whisky (pode ser barato mesmo) e duas canastraS de As a As na mesa, aí o mundo é infinito. =D

  • http://www.sapucaos.blogspot.com/ Thiago Selliach

    Cara, eu tenho duas coisas que me fazer ativar totalmente aquele shutdown interior e esquecer todo o resto, fora beber pois éssa é clássica demais para estar na lista:

    - Tocar Bateria: Algo fora do real. Espancar todo o stress com as baquetas é animal. Não tem nenhum lugar em que eu me sinta tão desligado do mundo como quando estou tocando bateria. Ou qualquer outro instrumento musical que exija a habilidade e concentração extras.

    - Jogar: Aqui se abre um leque. É um hobby. Jogar qualquer coisa que distraia. De Mário, Call of Duty, Need for Speed e Futebol, até àquela canastrinha esperta, com um copo de whisky (pode ser barato mesmo) e duas canastraS de As a As na mesa, aí o mundo é infinito. =D

  • http://www.sapucaos.blogspot.com/ Thiago Selliach

    Cara, eu tenho duas coisas que me fazer ativar totalmente aquele shutdown interior e esquecer todo o resto, fora beber pois éssa é clássica demais para estar na lista:

    - Tocar Bateria: Algo fora do real. Espancar todo o stress com as baquetas é animal. Não tem nenhum lugar em que eu me sinta tão desligado do mundo como quando estou tocando bateria. Ou qualquer outro instrumento musical que exija a habilidade e concentração extras.

    - Jogar: Aqui se abre um leque. É um hobby. Jogar qualquer coisa que distraia. De Mário, Call of Duty, Need for Speed e Futebol, até àquela canastrinha esperta, com um copo de whisky (pode ser barato mesmo) e duas canastraS de As a As na mesa, aí o mundo é infinito. =D

  • http://www.sapucaos.blogspot.com/ Thiago Selliach

    Cara, eu tenho duas coisas que me fazer ativar totalmente aquele shutdown interior e esquecer todo o resto, fora beber pois éssa é clássica demais para estar na lista:

    - Tocar Bateria: Algo fora do real. Espancar todo o stress com as baquetas é animal. Não tem nenhum lugar em que eu me sinta tão desligado do mundo como quando estou tocando bateria. Ou qualquer outro instrumento musical que exija a habilidade e concentração extras.

    - Jogar: Aqui se abre um leque. É um hobby. Jogar qualquer coisa que distraia. De Mário, Call of Duty, Need for Speed e Futebol, até àquela canastrinha esperta, com um copo de whisky (pode ser barato mesmo) e duas canastraS de As a As na mesa, aí o mundo é infinito. =D

  • http://www.sapucaos.blogspot.com/ Thiago Selliach

    Cara, eu tenho duas coisas que me fazer ativar totalmente aquele shutdown interior e esquecer todo o resto, fora beber pois éssa é clássica demais para estar na lista:

    - Tocar Bateria: Algo fora do real. Espancar todo o stress com as baquetas é animal. Não tem nenhum lugar em que eu me sinta tão desligado do mundo como quando estou tocando bateria. Ou qualquer outro instrumento musical que exija a habilidade e concentração extras.

    - Jogar: Aqui se abre um leque. É um hobby. Jogar qualquer coisa que distraia. De Mário, Call of Duty, Need for Speed e Futebol, até àquela canastrinha esperta, com um copo de whisky (pode ser barato mesmo) e duas canastraS de As a As na mesa, aí o mundo é infinito. =D

  • http://www.sapucaos.blogspot.com/ Thiago Selliach

    Cara, eu tenho duas coisas que me fazer ativar totalmente aquele shutdown interior e esquecer todo o resto, fora beber pois éssa é clássica demais para estar na lista:

    - Tocar Bateria: Algo fora do real. Espancar todo o stress com as baquetas é animal. Não tem nenhum lugar em que eu me sinta tão desligado do mundo como quando estou tocando bateria. Ou qualquer outro instrumento musical que exija a habilidade e concentração extras.

    - Jogar: Aqui se abre um leque. É um hobby. Jogar qualquer coisa que distraia. De Mário, Call of Duty, Need for Speed e Futebol, até àquela canastrinha esperta, com um copo de whisky (pode ser barato mesmo) e duas canastraS de As a As na mesa, aí o mundo é infinito. =D

  • http://www.sapucaos.blogspot.com/ Thiago Selliach

    Cara, eu tenho duas coisas que me fazer ativar totalmente aquele shutdown interior e esquecer todo o resto, fora beber pois éssa é clássica demais para estar na lista:

    - Tocar Bateria: Algo fora do real. Espancar todo o stress com as baquetas é animal. Não tem nenhum lugar em que eu me sinta tão desligado do mundo como quando estou tocando bateria. Ou qualquer outro instrumento musical que exija a habilidade e concentração extras.

    - Jogar: Aqui se abre um leque. É um hobby. Jogar qualquer coisa que distraia. De Mário, Call of Duty, Need for Speed e Futebol, até àquela canastrinha esperta, com um copo de whisky (pode ser barato mesmo) e duas canastraS de As a As na mesa, aí o mundo é infinito. =D

  • http://www.sapucaos.blogspot.com Thiago Selliach

    Cara, eu tenho duas coisas que me fazer ativar totalmente aquele shutdown interior e esquecer todo o resto, fora beber pois éssa é clássica demais para estar na lista:

    - Tocar Bateria: Algo fora do real. Espancar todo o stress com as baquetas é animal. Não tem nenhum lugar em que eu me sinta tão desligado do mundo como quando estou tocando bateria. Ou qualquer outro instrumento musical que exija a habilidade e concentração extras.

    - Jogar: Aqui se abre um leque. É um hobby. Jogar qualquer coisa que distraia. De Mário, Call of Duty, Need for Speed e Futebol, até àquela canastrinha esperta, com um copo de whisky (pode ser barato mesmo) e duas canastraS de As a As na mesa, aí o mundo é infinito. =D

  • Rodrigo Tadeu

    Permita dizer que achei o artigo superficial.
    Ainda não gosto de ver games, sexo e bebidas como escapadinha da vida…. isso é alienação!
    Gosto de beber, de foder e de jogar… mas isso não tem nada a ver com minha necessidade de escapar das pressões do dia-a-dia.

    De qualquer maneira, acredito essa ser uma discussão válida em que todos os pontos de vista devem ser respeitados.

    Segue o MEU PONTO DE VISTA a respeito do assunto…

    A pressão é uma força que nos molda e nos dirige…é algo intrínseco à nossa existência. E como tudo que existe, possui suas faces boas e suas faces ruins. Conhecê-la, assim como conhecer a si mesmo, é o que faz a diferença.

    Vamos lá.
    Imaginem o ato sexual sem pressão… não teria o mesmo prazer, certo?! Aqui a pressão é ajustada a todo momento a fim de maximizar o prazer… hehehehe
    E quando o espermatozóide fecunda o óvulo? Consegue só com muita pressão! (ainda bem!! é vida!)
    O próprio ar que respiramos nos exerce pressão. E é uma pressão que nos permite viver na Terra da maneira que conhecemos.

    Pressão arterial, pressão do pneu do carro, pressão no trabalho, pressão que exerço sobre mim porque quero o meu “sucesso” (muitas vezes sem nem ter pensado no que seria sucesso para mim) ou quando quero alguma coisa…

    É muito importante lembrarmos que pressão, na natureza, é um catalisador!!! E o que é um catalisador?
    Ora, é algo que faz com que uma determinada reação (que TENDE a acontecer naturalmente numa velocidade menor) aconteça mais rápido.

    Logo, pressão é um artifício da natureza que é exercido sobre algo ou alguém para que este chegue a um resultado de modo mais rápido.
    Muitas vezes uma leve pressão gera mais resultado que uma alta pressão.

    Acredito que boa parte dos PROBLEMAS GERADOS PELA PRESSÃO pode ser classificado em 2 grandes frentes:

    1 – a PRIMEIRA é quando vivemos num processo inconsciente de negação da existência dela. Acontece quando somos pressionados e, mesmo assim, agimos (consciente ou inconscientemente) como se nada estivesse acontecendo. É como se quiséssemos ser “do contra”, vejamos abaixo:
    pessoas que estão com problemas financeiros mas que não procuram uma solução verdadeira para o problema como cortar seus gastos ou aumentar os ganhos. Nesse caso, o impasse se instala e a pressão exercida não acelera a chegada à solução. Nesse caso, ela DEIXA DE SER “catalisador” do processo de chegada a solução para ser um “potencializador” do problema a ser solucionado.

    2- A SEGUNDA parte desses problemas ocorre quando a pressão é exercida em algo (ou alguém) que tem pouco ou nenhum domínio ou influência sobre o processo de chegada ao resultado.
    Por exemplo: de que adianta ficar se pressionando para chegar rápido em casa se sabemos que teremos muuuuito trânsito por todo o caminho?

    É preciso alcançarmos consciência do que está a nossa volta para que possamos entender que a pressão é uma coisa que sendo bem dosada e bem trabalhada nos ajuda a crescer.

    Nunca fuja da pressão.
    Beba por que quer beber, jogue porque quer jogar, masturbe-se por que quer gozar, foda porque quer foder!

    Mas NUNCA usem as coisas boas da vida como porta de saída (ainda que momentânea) das suas pressões.

    Leia-se: coisas boas da Vida = SEXO ou DROGAS ou ROCK’n ROLL.

    Acho que é isso!

  • Rodrigo Tadeu

    Permita dizer que achei o artigo superficial.
    Ainda não gosto de ver games, sexo e bebidas como escapadinha da vida…. isso é alienação!
    Gosto de beber, de foder e de jogar… mas isso não tem nada a ver com minha necessidade de escapar das pressões do dia-a-dia.

    De qualquer maneira, acredito essa ser uma discussão válida em que todos os pontos de vista devem ser respeitados.

    Segue o MEU PONTO DE VISTA a respeito do assunto…

    A pressão é uma força que nos molda e nos dirige…é algo intrínseco à nossa existência. E como tudo que existe, possui suas faces boas e suas faces ruins. Conhecê-la, assim como conhecer a si mesmo, é o que faz a diferença.

    Vamos lá.
    Imaginem o ato sexual sem pressão… não teria o mesmo prazer, certo?! Aqui a pressão é ajustada a todo momento a fim de maximizar o prazer… hehehehe
    E quando o espermatozóide fecunda o óvulo? Consegue só com muita pressão! (ainda bem!! é vida!)
    O próprio ar que respiramos nos exerce pressão. E é uma pressão que nos permite viver na Terra da maneira que conhecemos.

    Pressão arterial, pressão do pneu do carro, pressão no trabalho, pressão que exerço sobre mim porque quero o meu “sucesso” (muitas vezes sem nem ter pensado no que seria sucesso para mim) ou quando quero alguma coisa…

    É muito importante lembrarmos que pressão, na natureza, é um catalisador!!! E o que é um catalisador?
    Ora, é algo que faz com que uma determinada reação (que TENDE a acontecer naturalmente numa velocidade menor) aconteça mais rápido.

    Logo, pressão é um artifício da natureza que é exercido sobre algo ou alguém para que este chegue a um resultado de modo mais rápido.
    Muitas vezes uma leve pressão gera mais resultado que uma alta pressão.

    Acredito que boa parte dos PROBLEMAS GERADOS PELA PRESSÃO pode ser classificado em 2 grandes frentes:

    1 – a PRIMEIRA é quando vivemos num processo inconsciente de negação da existência dela. Acontece quando somos pressionados e, mesmo assim, agimos (consciente ou inconscientemente) como se nada estivesse acontecendo. É como se quiséssemos ser “do contra”, vejamos abaixo:
    pessoas que estão com problemas financeiros mas que não procuram uma solução verdadeira para o problema como cortar seus gastos ou aumentar os ganhos. Nesse caso, o impasse se instala e a pressão exercida não acelera a chegada à solução. Nesse caso, ela DEIXA DE SER “catalisador” do processo de chegada a solução para ser um “potencializador” do problema a ser solucionado.

    2- A SEGUNDA parte desses problemas ocorre quando a pressão é exercida em algo (ou alguém) que tem pouco ou nenhum domínio ou influência sobre o processo de chegada ao resultado.
    Por exemplo: de que adianta ficar se pressionando para chegar rápido em casa se sabemos que teremos muuuuito trânsito por todo o caminho?

    É preciso alcançarmos consciência do que está a nossa volta para que possamos entender que a pressão é uma coisa que sendo bem dosada e bem trabalhada nos ajuda a crescer.

    Nunca fuja da pressão.
    Beba por que quer beber, jogue porque quer jogar, masturbe-se por que quer gozar, foda porque quer foder!

    Mas NUNCA usem as coisas boas da vida como porta de saída (ainda que momentânea) das suas pressões.

    Leia-se: coisas boas da Vida = SEXO ou DROGAS ou ROCK’n ROLL.

    Acho que é isso!

  • Rodrigo Tadeu

    Permita dizer que achei o artigo superficial.
    Ainda não gosto de ver games, sexo e bebidas como escapadinha da vida…. isso é alienação!
    Gosto de beber, de foder e de jogar… mas isso não tem nada a ver com minha necessidade de escapar das pressões do dia-a-dia.

    De qualquer maneira, acredito essa ser uma discussão válida em que todos os pontos de vista devem ser respeitados.

    Segue o MEU PONTO DE VISTA a respeito do assunto…

    A pressão é uma força que nos molda e nos dirige…é algo intrínseco à nossa existência. E como tudo que existe, possui suas faces boas e suas faces ruins. Conhecê-la, assim como conhecer a si mesmo, é o que faz a diferença.

    Vamos lá.
    Imaginem o ato sexual sem pressão… não teria o mesmo prazer, certo?! Aqui a pressão é ajustada a todo momento a fim de maximizar o prazer… hehehehe
    E quando o espermatozóide fecunda o óvulo? Consegue só com muita pressão! (ainda bem!! é vida!)
    O próprio ar que respiramos nos exerce pressão. E é uma pressão que nos permite viver na Terra da maneira que conhecemos.

    Pressão arterial, pressão do pneu do carro, pressão no trabalho, pressão que exerço sobre mim porque quero o meu “sucesso” (muitas vezes sem nem ter pensado no que seria sucesso para mim) ou quando quero alguma coisa…

    É muito importante lembrarmos que pressão, na natureza, é um catalisador!!! E o que é um catalisador?
    Ora, é algo que faz com que uma determinada reação (que TENDE a acontecer naturalmente numa velocidade menor) aconteça mais rápido.

    Logo, pressão é um artifício da natureza que é exercido sobre algo ou alguém para que este chegue a um resultado de modo mais rápido.
    Muitas vezes uma leve pressão gera mais resultado que uma alta pressão.

    Acredito que boa parte dos PROBLEMAS GERADOS PELA PRESSÃO pode ser classificado em 2 grandes frentes:

    1 – a PRIMEIRA é quando vivemos num processo inconsciente de negação da existência dela. Acontece quando somos pressionados e, mesmo assim, agimos (consciente ou inconscientemente) como se nada estivesse acontecendo. É como se quiséssemos ser “do contra”, vejamos abaixo:
    pessoas que estão com problemas financeiros mas que não procuram uma solução verdadeira para o problema como cortar seus gastos ou aumentar os ganhos. Nesse caso, o impasse se instala e a pressão exercida não acelera a chegada à solução. Nesse caso, ela DEIXA DE SER “catalisador” do processo de chegada a solução para ser um “potencializador” do problema a ser solucionado.

    2- A SEGUNDA parte desses problemas ocorre quando a pressão é exercida em algo (ou alguém) que tem pouco ou nenhum domínio ou influência sobre o processo de chegada ao resultado.
    Por exemplo: de que adianta ficar se pressionando para chegar rápido em casa se sabemos que teremos muuuuito trânsito por todo o caminho?

    É preciso alcançarmos consciência do que está a nossa volta para que possamos entender que a pressão é uma coisa que sendo bem dosada e bem trabalhada nos ajuda a crescer.

    Nunca fuja da pressão.
    Beba por que quer beber, jogue porque quer jogar, masturbe-se por que quer gozar, foda porque quer foder!

    Mas NUNCA usem as coisas boas da vida como porta de saída (ainda que momentânea) das suas pressões.

    Leia-se: coisas boas da Vida = SEXO ou DROGAS ou ROCK’n ROLL.

    Acho que é isso!

  • Rodrigo Tadeu

    Permita dizer que achei o artigo superficial.
    Ainda não gosto de ver games, sexo e bebidas como escapadinha da vida…. isso é alienação!
    Gosto de beber, de foder e de jogar… mas isso não tem nada a ver com minha necessidade de escapar das pressões do dia-a-dia.

    De qualquer maneira, acredito essa ser uma discussão válida em que todos os pontos de vista devem ser respeitados.

    Segue o MEU PONTO DE VISTA a respeito do assunto…

    A pressão é uma força que nos molda e nos dirige…é algo intrínseco à nossa existência. E como tudo que existe, possui suas faces boas e suas faces ruins. Conhecê-la, assim como conhecer a si mesmo, é o que faz a diferença.

    Vamos lá.
    Imaginem o ato sexual sem pressão… não teria o mesmo prazer, certo?! Aqui a pressão é ajustada a todo momento a fim de maximizar o prazer… hehehehe
    E quando o espermatozóide fecunda o óvulo? Consegue só com muita pressão! (ainda bem!! é vida!)
    O próprio ar que respiramos nos exerce pressão. E é uma pressão que nos permite viver na Terra da maneira que conhecemos.

    Pressão arterial, pressão do pneu do carro, pressão no trabalho, pressão que exerço sobre mim porque quero o meu “sucesso” (muitas vezes sem nem ter pensado no que seria sucesso para mim) ou quando quero alguma coisa…

    É muito importante lembrarmos que pressão, na natureza, é um catalisador!!! E o que é um catalisador?
    Ora, é algo que faz com que uma determinada reação (que TENDE a acontecer naturalmente numa velocidade menor) aconteça mais rápido.

    Logo, pressão é um artifício da natureza que é exercido sobre algo ou alguém para que este chegue a um resultado de modo mais rápido.
    Muitas vezes uma leve pressão gera mais resultado que uma alta pressão.

    Acredito que boa parte dos PROBLEMAS GERADOS PELA PRESSÃO pode ser classificado em 2 grandes frentes:

    1 – a PRIMEIRA é quando vivemos num processo inconsciente de negação da existência dela. Acontece quando somos pressionados e, mesmo assim, agimos (consciente ou inconscientemente) como se nada estivesse acontecendo. É como se quiséssemos ser “do contra”, vejamos abaixo:
    pessoas que estão com problemas financeiros mas que não procuram uma solução verdadeira para o problema como cortar seus gastos ou aumentar os ganhos. Nesse caso, o impasse se instala e a pressão exercida não acelera a chegada à solução. Nesse caso, ela DEIXA DE SER “catalisador” do processo de chegada a solução para ser um “potencializador” do problema a ser solucionado.

    2- A SEGUNDA parte desses problemas ocorre quando a pressão é exercida em algo (ou alguém) que tem pouco ou nenhum domínio ou influência sobre o processo de chegada ao resultado.
    Por exemplo: de que adianta ficar se pressionando para chegar rápido em casa se sabemos que teremos muuuuito trânsito por todo o caminho?

    É preciso alcançarmos consciência do que está a nossa volta para que possamos entender que a pressão é uma coisa que sendo bem dosada e bem trabalhada nos ajuda a crescer.

    Nunca fuja da pressão.
    Beba por que quer beber, jogue porque quer jogar, masturbe-se por que quer gozar, foda porque quer foder!

    Mas NUNCA usem as coisas boas da vida como porta de saída (ainda que momentânea) das suas pressões.

    Leia-se: coisas boas da Vida = SEXO ou DROGAS ou ROCK’n ROLL.

    Acho que é isso!

  • Rodrigo Tadeu

    Permita dizer que achei o artigo superficial.
    Ainda não gosto de ver games, sexo e bebidas como escapadinha da vida…. isso é alienação!
    Gosto de beber, de foder e de jogar… mas isso não tem nada a ver com minha necessidade de escapar das pressões do dia-a-dia.

    De qualquer maneira, acredito essa ser uma discussão válida em que todos os pontos de vista devem ser respeitados.

    Segue o MEU PONTO DE VISTA a respeito do assunto…

    A pressão é uma força que nos molda e nos dirige…é algo intrínseco à nossa existência. E como tudo que existe, possui suas faces boas e suas faces ruins. Conhecê-la, assim como conhecer a si mesmo, é o que faz a diferença.

    Vamos lá.
    Imaginem o ato sexual sem pressão… não teria o mesmo prazer, certo?! Aqui a pressão é ajustada a todo momento a fim de maximizar o prazer… hehehehe
    E quando o espermatozóide fecunda o óvulo? Consegue só com muita pressão! (ainda bem!! é vida!)
    O próprio ar que respiramos nos exerce pressão. E é uma pressão que nos permite viver na Terra da maneira que conhecemos.

    Pressão arterial, pressão do pneu do carro, pressão no trabalho, pressão que exerço sobre mim porque quero o meu “sucesso” (muitas vezes sem nem ter pensado no que seria sucesso para mim) ou quando quero alguma coisa…

    É muito importante lembrarmos que pressão, na natureza, é um catalisador!!! E o que é um catalisador?
    Ora, é algo que faz com que uma determinada reação (que TENDE a acontecer naturalmente numa velocidade menor) aconteça mais rápido.

    Logo, pressão é um artifício da natureza que é exercido sobre algo ou alguém para que este chegue a um resultado de modo mais rápido.
    Muitas vezes uma leve pressão gera mais resultado que uma alta pressão.

    Acredito que boa parte dos PROBLEMAS GERADOS PELA PRESSÃO pode ser classificado em 2 grandes frentes:

    1 – a PRIMEIRA é quando vivemos num processo inconsciente de negação da existência dela. Acontece quando somos pressionados e, mesmo assim, agimos (consciente ou inconscientemente) como se nada estivesse acontecendo. É como se quiséssemos ser “do contra”, vejamos abaixo:
    pessoas que estão com problemas financeiros mas que não procuram uma solução verdadeira para o problema como cortar seus gastos ou aumentar os ganhos. Nesse caso, o impasse se instala e a pressão exercida não acelera a chegada à solução. Nesse caso, ela DEIXA DE SER “catalisador” do processo de chegada a solução para ser um “potencializador” do problema a ser solucionado.

    2- A SEGUNDA parte desses problemas ocorre quando a pressão é exercida em algo (ou alguém) que tem pouco ou nenhum domínio ou influência sobre o processo de chegada ao resultado.
    Por exemplo: de que adianta ficar se pressionando para chegar rápido em casa se sabemos que teremos muuuuito trânsito por todo o caminho?

    É preciso alcançarmos consciência do que está a nossa volta para que possamos entender que a pressão é uma coisa que sendo bem dosada e bem trabalhada nos ajuda a crescer.

    Nunca fuja da pressão.
    Beba por que quer beber, jogue porque quer jogar, masturbe-se por que quer gozar, foda porque quer foder!

    Mas NUNCA usem as coisas boas da vida como porta de saída (ainda que momentânea) das suas pressões.

    Leia-se: coisas boas da Vida = SEXO ou DROGAS ou ROCK’n ROLL.

    Acho que é isso!

  • Rodrigo Tadeu

    Permita dizer que achei o artigo superficial.
    Ainda não gosto de ver games, sexo e bebidas como escapadinha da vida…. isso é alienação!
    Gosto de beber, de foder e de jogar… mas isso não tem nada a ver com minha necessidade de escapar das pressões do dia-a-dia.

    De qualquer maneira, acredito essa ser uma discussão válida em que todos os pontos de vista devem ser respeitados.

    Segue o MEU PONTO DE VISTA a respeito do assunto…

    A pressão é uma força que nos molda e nos dirige…é algo intrínseco à nossa existência. E como tudo que existe, possui suas faces boas e suas faces ruins. Conhecê-la, assim como conhecer a si mesmo, é o que faz a diferença.

    Vamos lá.
    Imaginem o ato sexual sem pressão… não teria o mesmo prazer, certo?! Aqui a pressão é ajustada a todo momento a fim de maximizar o prazer… hehehehe
    E quando o espermatozóide fecunda o óvulo? Consegue só com muita pressão! (ainda bem!! é vida!)
    O próprio ar que respiramos nos exerce pressão. E é uma pressão que nos permite viver na Terra da maneira que conhecemos.

    Pressão arterial, pressão do pneu do carro, pressão no trabalho, pressão que exerço sobre mim porque quero o meu “sucesso” (muitas vezes sem nem ter pensado no que seria sucesso para mim) ou quando quero alguma coisa…

    É muito importante lembrarmos que pressão, na natureza, é um catalisador!!! E o que é um catalisador?
    Ora, é algo que faz com que uma determinada reação (que TENDE a acontecer naturalmente numa velocidade menor) aconteça mais rápido.

    Logo, pressão é um artifício da natureza que é exercido sobre algo ou alguém para que este chegue a um resultado de modo mais rápido.
    Muitas vezes uma leve pressão gera mais resultado que uma alta pressão.

    Acredito que boa parte dos PROBLEMAS GERADOS PELA PRESSÃO pode ser classificado em 2 grandes frentes:

    1 – a PRIMEIRA é quando vivemos num processo inconsciente de negação da existência dela. Acontece quando somos pressionados e, mesmo assim, agimos (consciente ou inconscientemente) como se nada estivesse acontecendo. É como se quiséssemos ser “do contra”, vejamos abaixo:
    pessoas que estão com problemas financeiros mas que não procuram uma solução verdadeira para o problema como cortar seus gastos ou aumentar os ganhos. Nesse caso, o impasse se instala e a pressão exercida não acelera a chegada à solução. Nesse caso, ela DEIXA DE SER “catalisador” do processo de chegada a solução para ser um “potencializador” do problema a ser solucionado.

    2- A SEGUNDA parte desses problemas ocorre quando a pressão é exercida em algo (ou alguém) que tem pouco ou nenhum domínio ou influência sobre o processo de chegada ao resultado.
    Por exemplo: de que adianta ficar se pressionando para chegar rápido em casa se sabemos que teremos muuuuito trânsito por todo o caminho?

    É preciso alcançarmos consciência do que está a nossa volta para que possamos entender que a pressão é uma coisa que sendo bem dosada e bem trabalhada nos ajuda a crescer.

    Nunca fuja da pressão.
    Beba por que quer beber, jogue porque quer jogar, masturbe-se por que quer gozar, foda porque quer foder!

    Mas NUNCA usem as coisas boas da vida como porta de saída (ainda que momentânea) das suas pressões.

    Leia-se: coisas boas da Vida = SEXO ou DROGAS ou ROCK’n ROLL.

    Acho que é isso!

  • Rodrigo Tadeu

    Permita dizer que achei o artigo superficial.
    Ainda não gosto de ver games, sexo e bebidas como escapadinha da vida…. isso é alienação!
    Gosto de beber, de foder e de jogar… mas isso não tem nada a ver com minha necessidade de escapar das pressões do dia-a-dia.

    De qualquer maneira, acredito essa ser uma discussão válida em que todos os pontos de vista devem ser respeitados.

    Segue o MEU PONTO DE VISTA a respeito do assunto…

    A pressão é uma força que nos molda e nos dirige…é algo intrínseco à nossa existência. E como tudo que existe, possui suas faces boas e suas faces ruins. Conhecê-la, assim como conhecer a si mesmo, é o que faz a diferença.

    Vamos lá.
    Imaginem o ato sexual sem pressão… não teria o mesmo prazer, certo?! Aqui a pressão é ajustada a todo momento a fim de maximizar o prazer… hehehehe
    E quando o espermatozóide fecunda o óvulo? Consegue só com muita pressão! (ainda bem!! é vida!)
    O próprio ar que respiramos nos exerce pressão. E é uma pressão que nos permite viver na Terra da maneira que conhecemos.

    Pressão arterial, pressão do pneu do carro, pressão no trabalho, pressão que exerço sobre mim porque quero o meu “sucesso” (muitas vezes sem nem ter pensado no que seria sucesso para mim) ou quando quero alguma coisa…

    É muito importante lembrarmos que pressão, na natureza, é um catalisador!!! E o que é um catalisador?
    Ora, é algo que faz com que uma determinada reação (que TENDE a acontecer naturalmente numa velocidade menor) aconteça mais rápido.

    Logo, pressão é um artifício da natureza que é exercido sobre algo ou alguém para que este chegue a um resultado de modo mais rápido.
    Muitas vezes uma leve pressão gera mais resultado que uma alta pressão.

    Acredito que boa parte dos PROBLEMAS GERADOS PELA PRESSÃO pode ser classificado em 2 grandes frentes:

    1 – a PRIMEIRA é quando vivemos num processo inconsciente de negação da existência dela. Acontece quando somos pressionados e, mesmo assim, agimos (consciente ou inconscientemente) como se nada estivesse acontecendo. É como se quiséssemos ser “do contra”, vejamos abaixo:
    pessoas que estão com problemas financeiros mas que não procuram uma solução verdadeira para o problema como cortar seus gastos ou aumentar os ganhos. Nesse caso, o impasse se instala e a pressão exercida não acelera a chegada à solução. Nesse caso, ela DEIXA DE SER “catalisador” do processo de chegada a solução para ser um “potencializador” do problema a ser solucionado.

    2- A SEGUNDA parte desses problemas ocorre quando a pressão é exercida em algo (ou alguém) que tem pouco ou nenhum domínio ou influência sobre o processo de chegada ao resultado.
    Por exemplo: de que adianta ficar se pressionando para chegar rápido em casa se sabemos que teremos muuuuito trânsito por todo o caminho?

    É preciso alcançarmos consciência do que está a nossa volta para que possamos entender que a pressão é uma coisa que sendo bem dosada e bem trabalhada nos ajuda a crescer.

    Nunca fuja da pressão.
    Beba por que quer beber, jogue porque quer jogar, masturbe-se por que quer gozar, foda porque quer foder!

    Mas NUNCA usem as coisas boas da vida como porta de saída (ainda que momentânea) das suas pressões.

    Leia-se: coisas boas da Vida = SEXO ou DROGAS ou ROCK’n ROLL.

    Acho que é isso!

  • Rodrigo Tadeu

    Permita dizer que achei o artigo superficial.
    Ainda não gosto de ver games, sexo e bebidas como escapadinha da vida…. isso é alienação!
    Gosto de beber, de foder e de jogar… mas isso não tem nada a ver com minha necessidade de escapar das pressões do dia-a-dia.

    De qualquer maneira, acredito essa ser uma discussão válida em que todos os pontos de vista devem ser respeitados.

    Segue o MEU PONTO DE VISTA a respeito do assunto…

    A pressão é uma força que nos molda e nos dirige…é algo intrínseco à nossa existência. E como tudo que existe, possui suas faces boas e suas faces ruins. Conhecê-la, assim como conhecer a si mesmo, é o que faz a diferença.

    Vamos lá.
    Imaginem o ato sexual sem pressão… não teria o mesmo prazer, certo?! Aqui a pressão é ajustada a todo momento a fim de maximizar o prazer… hehehehe
    E quando o espermatozóide fecunda o óvulo? Consegue só com muita pressão! (ainda bem!! é vida!)
    O próprio ar que respiramos nos exerce pressão. E é uma pressão que nos permite viver na Terra da maneira que conhecemos.

    Pressão arterial, pressão do pneu do carro, pressão no trabalho, pressão que exerço sobre mim porque quero o meu “sucesso” (muitas vezes sem nem ter pensado no que seria sucesso para mim) ou quando quero alguma coisa…

    É muito importante lembrarmos que pressão, na natureza, é um catalisador!!! E o que é um catalisador?
    Ora, é algo que faz com que uma determinada reação (que TENDE a acontecer naturalmente numa velocidade menor) aconteça mais rápido.

    Logo, pressão é um artifício da natureza que é exercido sobre algo ou alguém para que este chegue a um resultado de modo mais rápido.
    Muitas vezes uma leve pressão gera mais resultado que uma alta pressão.

    Acredito que boa parte dos PROBLEMAS GERADOS PELA PRESSÃO pode ser classificado em 2 grandes frentes:

    1 – a PRIMEIRA é quando vivemos num processo inconsciente de negação da existência dela. Acontece quando somos pressionados e, mesmo assim, agimos (consciente ou inconscientemente) como se nada estivesse acontecendo. É como se quiséssemos ser “do contra”, vejamos abaixo:
    pessoas que estão com problemas financeiros mas que não procuram uma solução verdadeira para o problema como cortar seus gastos ou aumentar os ganhos. Nesse caso, o impasse se instala e a pressão exercida não acelera a chegada à solução. Nesse caso, ela DEIXA DE SER “catalisador” do processo de chegada a solução para ser um “potencializador” do problema a ser solucionado.

    2- A SEGUNDA parte desses problemas ocorre quando a pressão é exercida em algo (ou alguém) que tem pouco ou nenhum domínio ou influência sobre o processo de chegada ao resultado.
    Por exemplo: de que adianta ficar se pressionando para chegar rápido em casa se sabemos que teremos muuuuito trânsito por todo o caminho?

    É preciso alcançarmos consciência do que está a nossa volta para que possamos entender que a pressão é uma coisa que sendo bem dosada e bem trabalhada nos ajuda a crescer.

    Nunca fuja da pressão.
    Beba por que quer beber, jogue porque quer jogar, masturbe-se por que quer gozar, foda porque quer foder!

    Mas NUNCA usem as coisas boas da vida como porta de saída (ainda que momentânea) das suas pressões.

    Leia-se: coisas boas da Vida = SEXO ou DROGAS ou ROCK’n ROLL.

    Acho que é isso!

  • Pingback: PdH começa o ano com 1000 textos — A Revista Papo de Homem - Lifestyle Magazine

  • brasa_

    fumar um baseado tb ajuda bastante a relaxar

  • brasa_

    fumar um baseado tb ajuda bastante a relaxar

  • brasa_

    fumar um baseado tb ajuda bastante a relaxar

  • brasa_

    fumar um baseado tb ajuda bastante a relaxar

  • brasa_

    fumar um baseado tb ajuda bastante a relaxar

  • brasa_

    fumar um baseado tb ajuda bastante a relaxar

  • brasa_

    fumar um baseado tb ajuda bastante a relaxar

  • Lilian

    Oi Felipe!
    Descobri esse blog recentemente e não sei se não li o suficiente mas, ainda não vi um post causar tanta discórdia. rsrsrs
    A minha humilde opinião é que você escreveu um bom texto embora muitos não concordem e, o principal é que as pessoas aprendam a respeitar as opiniões alheias sem se sentirem agredidas o tempo todo. O que eu vi aqui são muitas trocas de farpas…
    Suas sugestões, como o próprio nome diz, são apenas sugestões.
    As pessoas são livres para se libertarem das pressões da forma que acham mais convenientes para o momento. Agora, atire a primeira pedra quem nunca “afogou” um problema ou quem nunca brincou pra se distrair… É só uma forma de colocar aquilo que está te deixando louco de lado pra tentar vê-lo de outro ângulo.
    Sucesso pra você nos próximos post e continue em frente!
    E por gentileza, não se sintam ofendidos com a minha opinião… Como disse um gênio: “sou apenas um grão de areia na imensidão da praia”.

  • Lilian

    Oi Felipe!
    Descobri esse blog recentemente e não sei se não li o suficiente mas, ainda não vi um post causar tanta discórdia. rsrsrs
    A minha humilde opinião é que você escreveu um bom texto embora muitos não concordem e, o principal é que as pessoas aprendam a respeitar as opiniões alheias sem se sentirem agredidas o tempo todo. O que eu vi aqui são muitas trocas de farpas…
    Suas sugestões, como o próprio nome diz, são apenas sugestões.
    As pessoas são livres para se libertarem das pressões da forma que acham mais convenientes para o momento. Agora, atire a primeira pedra quem nunca “afogou” um problema ou quem nunca brincou pra se distrair… É só uma forma de colocar aquilo que está te deixando louco de lado pra tentar vê-lo de outro ângulo.
    Sucesso pra você nos próximos post e continue em frente!
    E por gentileza, não se sintam ofendidos com a minha opinião… Como disse um gênio: “sou apenas um grão de areia na imensidão da praia”.

  • Lilian

    Oi Felipe!
    Descobri esse blog recentemente e não sei se não li o suficiente mas, ainda não vi um post causar tanta discórdia. rsrsrs
    A minha humilde opinião é que você escreveu um bom texto embora muitos não concordem e, o principal é que as pessoas aprendam a respeitar as opiniões alheias sem se sentirem agredidas o tempo todo. O que eu vi aqui são muitas trocas de farpas…
    Suas sugestões, como o próprio nome diz, são apenas sugestões.
    As pessoas são livres para se libertarem das pressões da forma que acham mais convenientes para o momento. Agora, atire a primeira pedra quem nunca “afogou” um problema ou quem nunca brincou pra se distrair… É só uma forma de colocar aquilo que está te deixando louco de lado pra tentar vê-lo de outro ângulo.
    Sucesso pra você nos próximos post e continue em frente!
    E por gentileza, não se sintam ofendidos com a minha opinião… Como disse um gênio: “sou apenas um grão de areia na imensidão da praia”.

  • Lilian

    Oi Felipe!
    Descobri esse blog recentemente e não sei se não li o suficiente mas, ainda não vi um post causar tanta discórdia. rsrsrs
    A minha humilde opinião é que você escreveu um bom texto embora muitos não concordem e, o principal é que as pessoas aprendam a respeitar as opiniões alheias sem se sentirem agredidas o tempo todo. O que eu vi aqui são muitas trocas de farpas…
    Suas sugestões, como o próprio nome diz, são apenas sugestões.
    As pessoas são livres para se libertarem das pressões da forma que acham mais convenientes para o momento. Agora, atire a primeira pedra quem nunca “afogou” um problema ou quem nunca brincou pra se distrair… É só uma forma de colocar aquilo que está te deixando louco de lado pra tentar vê-lo de outro ângulo.
    Sucesso pra você nos próximos post e continue em frente!
    E por gentileza, não se sintam ofendidos com a minha opinião… Como disse um gênio: “sou apenas um grão de areia na imensidão da praia”.

  • Lilian

    Oi Felipe!
    Descobri esse blog recentemente e não sei se não li o suficiente mas, ainda não vi um post causar tanta discórdia. rsrsrs
    A minha humilde opinião é que você escreveu um bom texto embora muitos não concordem e, o principal é que as pessoas aprendam a respeitar as opiniões alheias sem se sentirem agredidas o tempo todo. O que eu vi aqui são muitas trocas de farpas…
    Suas sugestões, como o próprio nome diz, são apenas sugestões.
    As pessoas são livres para se libertarem das pressões da forma que acham mais convenientes para o momento. Agora, atire a primeira pedra quem nunca “afogou” um problema ou quem nunca brincou pra se distrair… É só uma forma de colocar aquilo que está te deixando louco de lado pra tentar vê-lo de outro ângulo.
    Sucesso pra você nos próximos post e continue em frente!
    E por gentileza, não se sintam ofendidos com a minha opinião… Como disse um gênio: “sou apenas um grão de areia na imensidão da praia”.

  • Lilian

    Oi Felipe!
    Descobri esse blog recentemente e não sei se não li o suficiente mas, ainda não vi um post causar tanta discórdia. rsrsrs
    A minha humilde opinião é que você escreveu um bom texto embora muitos não concordem e, o principal é que as pessoas aprendam a respeitar as opiniões alheias sem se sentirem agredidas o tempo todo. O que eu vi aqui são muitas trocas de farpas…
    Suas sugestões, como o próprio nome diz, são apenas sugestões.
    As pessoas são livres para se libertarem das pressões da forma que acham mais convenientes para o momento. Agora, atire a primeira pedra quem nunca “afogou” um problema ou quem nunca brincou pra se distrair… É só uma forma de colocar aquilo que está te deixando louco de lado pra tentar vê-lo de outro ângulo.
    Sucesso pra você nos próximos post e continue em frente!
    E por gentileza, não se sintam ofendidos com a minha opinião… Como disse um gênio: “sou apenas um grão de areia na imensidão da praia”.

  • Lilian

    Oi Felipe!
    Descobri esse blog recentemente e não sei se não li o suficiente mas, ainda não vi um post causar tanta discórdia. rsrsrs
    A minha humilde opinião é que você escreveu um bom texto embora muitos não concordem e, o principal é que as pessoas aprendam a respeitar as opiniões alheias sem se sentirem agredidas o tempo todo. O que eu vi aqui são muitas trocas de farpas…
    Suas sugestões, como o próprio nome diz, são apenas sugestões.
    As pessoas são livres para se libertarem das pressões da forma que acham mais convenientes para o momento. Agora, atire a primeira pedra quem nunca “afogou” um problema ou quem nunca brincou pra se distrair… É só uma forma de colocar aquilo que está te deixando louco de lado pra tentar vê-lo de outro ângulo.
    Sucesso pra você nos próximos post e continue em frente!
    E por gentileza, não se sintam ofendidos com a minha opinião… Como disse um gênio: “sou apenas um grão de areia na imensidão da praia”.

  • Lilian

    Oi Felipe!
    Descobri esse blog recentemente e não sei se não li o suficiente mas, ainda não vi um post causar tanta discórdia. rsrsrs
    A minha humilde opinião é que você escreveu um bom texto embora muitos não concordem e, o principal é que as pessoas aprendam a respeitar as opiniões alheias sem se sentirem agredidas o tempo todo. O que eu vi aqui são muitas trocas de farpas…
    Suas sugestões, como o próprio nome diz, são apenas sugestões.
    As pessoas são livres para se libertarem das pressões da forma que acham mais convenientes para o momento. Agora, atire a primeira pedra quem nunca “afogou” um problema ou quem nunca brincou pra se distrair… É só uma forma de colocar aquilo que está te deixando louco de lado pra tentar vê-lo de outro ângulo.
    Sucesso pra você nos próximos post e continue em frente!
    E por gentileza, não se sintam ofendidos com a minha opinião… Como disse um gênio: “sou apenas um grão de areia na imensidão da praia”.

  • Lilian

    corrigindo: próximos postS

  • Lilian

    corrigindo: próximos postS

  • Lilian

    corrigindo: próximos postS

  • Lilian

    corrigindo: próximos postS

  • Lilian

    corrigindo: próximos postS

  • Lilian

    corrigindo: próximos postS

  • Lilian

    corrigindo: próximos postS

  • Lilian

    corrigindo: próximos postS

  • Lilian

    corrigindo: próximos postS

  • cazzobrasilia

    Eu também achei fraco o post…um tema excelente desperdiçado por inexperiência e falatya de revisão… mais interessante foi o comentário do @Rodrigo Tadeu… “Mas NUNCA usem as coisas boas da vida como porta de saída (ainda que momentânea) das suas pressões.”

    Interessante é que mesmo um texto ruim pode provocar excelentes comentários…

    …e o chilique que o cara deu por causa do comentário da @Atre foi muito comédia…

  • cazzobrasilia

    Eu também achei fraco o post…um tema excelente desperdiçado por inexperiência e falatya de revisão… mais interessante foi o comentário do @Rodrigo Tadeu… “Mas NUNCA usem as coisas boas da vida como porta de saída (ainda que momentânea) das suas pressões.”

    Interessante é que mesmo um texto ruim pode provocar excelentes comentários…

    …e o chilique que o cara deu por causa do comentário da @Atre foi muito comédia…

  • cazzobrasilia

    Eu também achei fraco o post…um tema excelente desperdiçado por inexperiência e falatya de revisão… mais interessante foi o comentário do @Rodrigo Tadeu… “Mas NUNCA usem as coisas boas da vida como porta de saída (ainda que momentânea) das suas pressões.”

    Interessante é que mesmo um texto ruim pode provocar excelentes comentários…

    …e o chilique que o cara deu por causa do comentário da @Atre foi muito comédia…

  • cazzobrasilia

    Eu também achei fraco o post…um tema excelente desperdiçado por inexperiência e falatya de revisão… mais interessante foi o comentário do @Rodrigo Tadeu… “Mas NUNCA usem as coisas boas da vida como porta de saída (ainda que momentânea) das suas pressões.”

    Interessante é que mesmo um texto ruim pode provocar excelentes comentários…

    …e o chilique que o cara deu por causa do comentário da @Atre foi muito comédia…

  • cazzobrasilia

    Eu também achei fraco o post…um tema excelente desperdiçado por inexperiência e falatya de revisão… mais interessante foi o comentário do @Rodrigo Tadeu… “Mas NUNCA usem as coisas boas da vida como porta de saída (ainda que momentânea) das suas pressões.”

    Interessante é que mesmo um texto ruim pode provocar excelentes comentários…

    …e o chilique que o cara deu por causa do comentário da @Atre foi muito comédia…

  • cazzobrasilia

    Eu também achei fraco o post…um tema excelente desperdiçado por inexperiência e falatya de revisão… mais interessante foi o comentário do @Rodrigo Tadeu… “Mas NUNCA usem as coisas boas da vida como porta de saída (ainda que momentânea) das suas pressões.”

    Interessante é que mesmo um texto ruim pode provocar excelentes comentários…

    …e o chilique que o cara deu por causa do comentário da @Atre foi muito comédia…

  • cazzobrasilia

    Eu também achei fraco o post…um tema excelente desperdiçado por inexperiência e falatya de revisão… mais interessante foi o comentário do @Rodrigo Tadeu… “Mas NUNCA usem as coisas boas da vida como porta de saída (ainda que momentânea) das suas pressões.”

    Interessante é que mesmo um texto ruim pode provocar excelentes comentários…

    …e o chilique que o cara deu por causa do comentário da @Atre foi muito comédia…

  • cazzobrasilia

    Eu também achei fraco o post…um tema excelente desperdiçado por inexperiência e falatya de revisão… mais interessante foi o comentário do @Rodrigo Tadeu… “Mas NUNCA usem as coisas boas da vida como porta de saída (ainda que momentânea) das suas pressões.”

    Interessante é que mesmo um texto ruim pode provocar excelentes comentários…

    …e o chilique que o cara deu por causa do comentário da @Atre foi muito comédia…

  • cazzobrasilia

    Eu também achei fraco o post…um tema excelente desperdiçado por inexperiência e falatya de revisão… mais interessante foi o comentário do @Rodrigo Tadeu… “Mas NUNCA usem as coisas boas da vida como porta de saída (ainda que momentânea) das suas pressões.”

    Interessante é que mesmo um texto ruim pode provocar excelentes comentários…

    …e o chilique que o cara deu por causa do comentário da @Atre foi muito comédia…

  • cazzobrasilia

    Eu também achei fraco o post…um tema excelente desperdiçado por inexperiência e falatya de revisão… mais interessante foi o comentário do @Rodrigo Tadeu… “Mas NUNCA usem as coisas boas da vida como porta de saída (ainda que momentânea) das suas pressões.”

    Interessante é que mesmo um texto ruim pode provocar excelentes comentários…

    …e o chilique que o cara deu por causa do comentário da @Atre foi muito comédia…

  • cazzobrasilia

    Eu também achei fraco o post…um tema excelente desperdiçado por inexperiência e falatya de revisão… mais interessante foi o comentário do @Rodrigo Tadeu… “Mas NUNCA usem as coisas boas da vida como porta de saída (ainda que momentânea) das suas pressões.”

    Interessante é que mesmo um texto ruim pode provocar excelentes comentários…

    …e o chilique que o cara deu por causa do comentário da @Atre foi muito comédia…

  • Its me charlie

    Sou mais adepto ao keep walking johnny walker, red label, bom demais e depois dar aquela chibatadinha boa na patroa…hehe

  • Its me charlie

    Sou mais adepto ao keep walking johnny walker, red label, bom demais e depois dar aquela chibatadinha boa na patroa…hehe

  • Its me charlie

    Sou mais adepto ao keep walking johnny walker, red label, bom demais e depois dar aquela chibatadinha boa na patroa…hehe

  • Its me charlie

    Sou mais adepto ao keep walking johnny walker, red label, bom demais e depois dar aquela chibatadinha boa na patroa…hehe

  • Its me charlie

    Sou mais adepto ao keep walking johnny walker, red label, bom demais e depois dar aquela chibatadinha boa na patroa…hehe

  • Its me charlie

    Sou mais adepto ao keep walking johnny walker, red label, bom demais e depois dar aquela chibatadinha boa na patroa…hehe

  • Its me charlie

    Sou mais adepto ao keep walking johnny walker, red label, bom demais e depois dar aquela chibatadinha boa na patroa…hehe

  • Its me charlie

    Sou mais adepto ao keep walking johnny walker, red label, bom demais e depois dar aquela chibatadinha boa na patroa…hehe

  • Its me charlie

    Sou mais adepto ao keep walking johnny walker, red label, bom demais e depois dar aquela chibatadinha boa na patroa…hehe

  • J CP

    Gostei do texto e lendo os comentários diria que quase todos, não entenderam que o que se sugere é que se viva a vida a cada momento sem levar muito a sério os acontecimentos que fazem nos sentir pressionados, pois a maioria das pessoas hoje vivem em uma disputa consigo proprio e com os outros esquecendo de que a qualquer momento tudo pode acabar, por mim tudo certo respeito a opinião de todos mas porque devemops viver seguindo rotinas pré estabelecidas sem dar uma chance para nos mesmo de sentirmos ou fazermos algo expontaneo, parabens pelo texto, pois pelo comentarios deu para ver que enquanto discutimos aqui nossas opiniões não estamos dando valor as pressões que estavamos sentindo ainda ha pouco. Que venha mais polemicas é saudavel!!

  • http://www.myspace.com/bluesy_marcos Matsuura Junichiro

    Tocar um instrumento é bom.

    Tem na Internet, no Jogueaki, um joguinho chamado “Mate os Teletubbies”. Show de bola.
    Tem também o “Hulk Smash Up” (Acho que o nome é esse, não lembro), no mesmo site  (http://www.jogueaki.com.br).
    Tem também o “Love Overdose” no zezao.com.

    Outra alternativa é assistir “Vida de Garoto”, trollando os caras (Uuuuuhhhh, ridículooooooos!!!! Vocês, colírios da Capricho são todos viadinhos!!!! Lixooooooo!!!!).

  • http://www.myspace.com/bluesy_marcos Matsuura Junichiro

    Tocar um instrumento é bom.

    Tem na Internet, no Jogueaki, um joguinho chamado “Mate os Teletubbies”. Show de bola.
    Tem também o “Hulk Smash Up” (Acho que o nome é esse, não lembro), no mesmo site  (http://www.jogueaki.com.br).
    Tem também o “Love Overdose” no zezao.com.

    Outra alternativa é assistir “Vida de Garoto”, trollando os caras (Uuuuuhhhh, ridículooooooos!!!! Vocês, colírios da Capricho são todos viadinhos!!!! Lixooooooo!!!!).

  • http://www.myspace.com/bluesy_marcos Matsuura Junichiro

    Tocar um instrumento é bom.

    Tem na Internet, no Jogueaki, um joguinho chamado “Mate os Teletubbies”. Show de bola.
    Tem também o “Hulk Smash Up” (Acho que o nome é esse, não lembro), no mesmo site  (http://www.jogueaki.com.br).
    Tem também o “Love Overdose” no zezao.com.

    Outra alternativa é assistir “Vida de Garoto”, trollando os caras (Uuuuuhhhh, ridículooooooos!!!! Vocês, colírios da Capricho são todos viadinhos!!!! Lixooooooo!!!!).

  • Jairo Luiz de Souza

    Muito Bom o texto…
    Algumas dicas realmente funcionam comigo, e as que não funcionam é porque ainda não testei..hehhe… mas vou testar. Parabéns.

  • Joana

    Masturbação mode-on – é grátis, mas no nível atual de tensão meu braço ta ficando cansado, acho que vou ter problemas…rsrsrs

Papo de homem recomenda

Assine o Papo de homem

Curta o PdH no Facebook
  • 5365 artigos
  • 654538 comentários
  • leitores online