Bungee jumping extremo e pessoal

Rafael Virmond

por
em às | Aventuras e celebrações, Esportes, Mente e atitude, PdH Shots


Em 1960, o então capitão Joe Kittinger era parte de um time especial da Força Aérea norteamericana, dedicado a estudar os efeitos de grandes altitudes no corpo humano. Tratava-se do Projeto Excelsior. Você nunca ouviu falar de Joe. No entanto, ele foi o primeiro homem no espaço.

Em 16 de agosto daquele ano, subiu sozinho em um balão chamado Excelsior III até 30 quilômetros acima do solo, carregando consigo uma câmera. Lá chegando, fez algo impensável para meros mortais. Pulou.

Não era sequer capaz de sentir estar caindo, tão fino era o ar e distante das nuvens como estava. Seu único ponto de referência era o balão, se tornando cada vez menor. Enquanto isso, seu corpo acelerava até uma insana velocidade de 990km/h – a velocidade do som é de 1226km/h. Foram 4 minutos e 36 segundos de queda livre. Após abrir seu paraquedas, mais 9 minutos até o solo.

Joe estabeleceu os recordes mundiais para mais alta subida em um balão, mais alto salto com paraquedas, mais longa queda livre e mais rápida velocidade de um homem pela atmosfera.

Até agora.

O Projeto Red Bull Stratos pretende quebrar esse recorde fazendo o kamikaze  piloto Felix Baumgartner saltar há uma altura de 37.000 metros. Caso tenha sucesso, será o primeiro homem a alcançar velocidade supersônica sem o auxílio de um veículo. Também será coroado filho-da-puta-honorário-mais-foda-do-universo-conhecido.

Joe foi chamado para ser mentor e consultor da missão, visto que não há outra pessoa por aí com experiência remotamente próxima no assunto.


YouTube | Observem o cabelo no peito de Joe Kittinger, em 3:05. Isso é testosterona.

No vídeo acima, um salto teste feito há 21 quilômetros de altitude. Felix alcançou 585km/h. Nada mal, mas precisa de muito mingau para alcançar seu mentor Joe Kittinger. O risco envolvido nos feitos dessa dupla é alto. Necessitam usar uma roupa projetada para o desafio. Qualquer rasgo na armadura pode ser fatal. A temperatura chega a setenta graus negativos.

Basicamente, o sujeito possui bolas de aço.

Vou seguir acompanhando atento o Projeto Stratos e sua exploração pelos limites do humano.

***

Enquanto isso, coloco meus pés no chão e compartilho aqui a quebra de um limite pessoal.

“Começando o ano bem.”

Foi esse meu post no Facebook, em 3 de fevereiro, para contar de meus planos. Eu e um amigo compramos o mesmo pacote.

O mês entre a compra e o salto passou voando, com minha mãe ligando todos os finais de semana para checar se eu estava vivo e repetir como era contra a ideia. Nas palavras dela, “essa loucura”. Loucura, para mim, seria deixar a vida passar sem experiências como essa. Hoje, 17 dias depois após o salto, estou convicto do quão correta foi minha escolha.

Alô, anjo da guarda, se estiver de folga hoje vou te cobrir de porrada quando chegar aí no alto!

O milésimo de segundo entre o momento em que solta seu corpo, percebe que não há mais volta e que, dali em diante, seu único pensamento é um turbilhão de adrenalina, não tem preço.

Saltaria mais uma, duas… mil vezes, assim como indico para todas as pessoas que me perguntam se valem a pena. Da mesma maneira, hoje morro de inveja do aventureiro Felix Baumgartner e sua busca pelo recorde dos 37.000 metros.

Para colocar em perspectiva, são oitocentas e quarenta vezes a altura do meu salto (44 metros).

Por fim, deixo também uma visão mais real do meu salto:


YouTube | “ahhhhh, caralhoporraaaaaeeeee!”

E vocês, pulariam também?

Rafael Virmond

Nascido no interior do Paraná, morador da Capital. Quase advogado, quase adulto e já perdeu mais tempo em jogos de computador que com a faculdade. Mesmo assim, dizem, uma ótima pessoa. Brinca de escrever no Cartas Para Ela.


Outros artigos escritos por


SEPARAMOS MAIS TEXTOS PARA VOCÊ CONTINUAR LENDO




O texto acima não representa a opinião do PapodeHomem. Conheça a visão e a essência por trás do que fazemos. Queremos uma discussão de alto nível. Antes de comentar, leia nossas boas práticas. Caso deseje enviar um texto e se tornar um autor, venha por aqui.


  • http://twitter.com/BrisaFeliz Fernanda Magalhães

     “ahhhhh, caralhoporraaaaaeeeee!”  

    Já pulei, mas confesso que prefiro saltar de paraquedas, me sinto mais segura.

    Rafa, parabéns. Chegou bem no PdH.

    Bjos.    ;)

    • RafaelVirmond

      Valeu Fer! 

      Sabes que me ajudou lááá no inicio, tamo junto guría! 

  • Carlos Eduardo Rosa

    Umas das melhores sensações que existe!

  • Allyson Tomaz

    Ja tinha ouvido falar sobre esse novo recorde que estao querendo bater, so que nao acompanhava.

    Vou começar a acompanhar a partir de agora. Sempre tive vontade de saltar de paraquedas, so que todo mundo sempre falava a mesma coisa, que é loucura, que eu ia morrer. Uns dois meses atras consegui juntar um dinheiro e fiz meu primeiro salto e nao me arrependo nem por um minuto. 
    Essa é uma das sensações que sinto que tenho que viver pra poder sentir de novo. É uma coisa que nao tem explicação.
    Muito bom o post!

    • RafaelVirmond

      Falou tudo: “tenho que viver para poder sentir”. Não há nada comparável. 

      Valeu!

  • http://diariosproibidos.blogspot.com/ Samyta Nunes

    AEEEEEEEEEE!!!! Maneiríssimo, Rafa! Parabéns! ;)

    • RafaelVirmond

      Saaamyta! Valeu!

  • http://www.facebook.com/jcmlima Julio Cesar Melhado Lima

    Tem um projeto mais audacioso ainda, feito por um dos maiores paraquedistas da atualidade – Olav Zipser. 
    Ele quer saltar de um foguete que levara ele a 40 km de altitude.
    Mais detalhes http://www.youtube.com/watch?v=yOzg7vpsgn4

    • RafaelVirmond

      Respeito muito quem pula de paraquedas, é meu próximo passo, certeza!

  • cartasparaela

    Que orgulho, meu querido! Que orgulho!

  • http://www.facebook.com/people/Cristian-Sandrin-Teixeira/100001104115494 Cristian Sandrin Teixeira

    Graaande Rafa !!!Ótimo texto, espero que seja o primeiro de muitos por aqui. PDH cresce muito com sua presença.
    Quanto ao pulo, tenho uma certa obsessâo por fazer, assim como saltar de paraquedas, muito por minha enorme fobia de altura. Já fiz paraglider como iniciação, mas o salto ainda me assusta, mas como você disse loucura é passar pela vida sem experiencias como essa.Grande abraço e bem vindo !!!PS. Imagino como Dona Cleuse deve ter ficado. hahahaha

    • RafaelVirmond

      A mãe ligava todo final de semana cara! Ficou doida comigo, agora, como diz ela, se eu for fazer algo assim denovo, só é para contar depois! 

      Mas é isso ae! Tem que ir mesmo! Vamos marcar junto!

      • http://www.facebook.com/people/Cristian-Sandrin-Teixeira/100001104115494 Cristian Sandrin Teixeira

        Opa, Tá marcado. 

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100001827291534 Mateus Karvat

    Ótimo texto! Apesar de não apreciar muito a ideia de bungee jumping, tenho muita vontade de pular de paraquedas!

    • RafaelVirmond

      Bungee jump tem um preconceito muito grande, muitas pessoas acham que machuca, que você fica com o corpo todo dolorido e afins. Bullshit! A tensão do “chicote” fica toda na corda, você se sente como um iô-iô!

      Mas sim, paraquedas é o próximo passo. Quem sabe um dia eu consigo pular da estratosfera também?

  • Karinar

    Sou de tipo que tem medo de montanha russa. No início desse ano pulei do maior do mundo (217 m) na África do Sul. Uma das melhores coisas que já fiz na vida.

    • http://www.facebook.com/fabiobracht Fabio Bracht

      Você tem medo de montanha-russa e e saltou do bungee jump mais alto do mundo? Como assim, cara?

      (Me explica porque eu também evito montanhas russas e demais brinquedos de parque de diversão.)

  • Rodrigo

    Passei metade do texto tentando imaginar como é alcançar 990km/h em queda livre

    • RafaelVirmond

      E eu to até hoje tentando. Se a 180km/h na estrada a adrenalina já está nas alturas, imagina, literalmente, nas alturas. 

    • http://www.facebook.com/fabiobracht Fabio Bracht

      Isso não é nada: imagina o cara que, se tudo der certo, vai quebrar a velocidade do som com o próprio corpo.

      Insano.

  • http://twitter.com/Felipauskas Felipe Villanova

    Meu ídolo!

  • http://twitter.com/marxboladao Karl Marx Boladão

    Confesso que sou um pouco chato com o capetalismo, mas com certeza gerou desenvolvimento através da busca pela nação mais potente, a que ia mais longe, mais alto. Meu amigo Joe é uma prova disso tudo. Hoje todo mundo é amiguinho. Acho que preciso rever minhas teorias!

    • http://www.papodehomem.com.br/ Guilherme Nascimento Valadares

      Boa ideia, Karl, dar um update em suas teorias. Começou bem com esse Rayban.

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100003321472410 Alana Jacomel

    Raaafa, adorei o texto hein….
    Eu sempre quis pular, e fiquei com mais vontade (e coragem)  depois que vi seu vídeo!
    Não vejo a hora de ter a oportunidade, a sensação deve ser de liberdade total!
    =)

    • RafaelVirmond

      Valeu! Sim, pega seu namorado ai que também tem vontade e vamos juntos!

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100003321472410 Alana Jacomel

    Raaafa!! Adorei o texto..
    Eu sempre quis pular, e fiquei com mais vontade (e coragem) depois que vi seu vídeo!
    Não vejo a hora de ter a oportunidade, a sensação deve ser de liberdade total!!
    =)

  • http://www.facebook.com/Betania.R.Almeida Betania Almeida

    Minha melhor experiência na África do Sul, disparada! Vc não sente o tranco, é uma adrenalina do kct, e é o maior do mundo. São os segundos mais longos da sua vida, enquanto vc se dá conta de que está saltando para o infinito, que pode estar fazendo uma loucura, mas quando começa a se dar conta que está quicando no elástico, não tem explicação… é bom demais! Não dá pra explicar, é perfeito! Parabéns pela coragem e se joga na África, vc vai amar! 
    http://www.youtube.com/watch?v=Mxelc86J7xQ

    • http://www.papodehomem.com.br/ Guilherme Nascimento Valadares

      vídeo bem massa, betania.

      qual a altura desse salto?

      • http://www.facebook.com/Betania.R.Almeida Betania Almeida

        220 metros – recomendo demais! :-)

    • RafaelVirmond

      Que bizarro, eu havia visto seu video uns dias antes do meu pulo! É uma das maiores, se não a maior, do mundo por ai, não é? Sensacional! 

    • http://profiles.yahoo.com/u/GKFMTD3TXJGM4KSDM4RN4HP444 Osmar

      Cara vc é muito louca!!! Que inveja!

    • http://facebook.com/dacfloresta Daniel Castro

      Sempre que vejo um salto de Bungee me orgulho de também ter conhecido a Bloukraans Bridge. Nada se compara àquele sentimento nos primeiros 0,10 segundos de “putaquepariu que merda que eu fiz com a minha vida”!!

      Depois, é só alegria e paz.

  • http://twitter.com/ronigomes Roni Gomes

    Caara, que irado! Quero muito achar um lugar aqui no Rio pra eu poder saltar também. Eu quero muito mesmo! Muito irado cara!

  • Pingback: O que estamos assistindo? [Maio/2012] | Papo de Homem

  • Bruno César Parente

    Nossa realmente irado, náo tem coisa melhor que curtir essas coisas, vou saltar de paraquedas com o Mundo Radical dia 24 de nov e meu coração já esta a 1000 Por hora… Galera q tbm estiver a fim… SÓ mandar um email para mundo.radical@outlook.com e vamoooos lá !!!
    Preço ta muito bom, vale apena.

    Abraços

Papo de homem recomenda

Assine o Papo de homem

Curta o PdH no Facebook
  • 5464 artigos
  • 657908 comentários
  • leitores online