Amigos, amigos… sexo FAZ parte.

Mary Jane e Srta. Scarpin

por
em às | Colunas, Ladies Room


Em referência ao texto anterior da nossa colega Juliana Precaro Siqueira, gostaríamos de falar um pouco sobre outro aspecto da amizade masculina.

Bem, na verdade, achamos que existem amigos e Amigos. Alguns realmente são apenas bons amigos, mas não podemos nos esquecer dos nossos queridíssimos coloridos ou porque não P.A. . Quem ainda não tem, não sabe o que está perdendo. Vamos então esclarecer alguns conceitos e dar algumas dicas para as colegas que desejarem entrar nessa.

pa0

Hoje é dia de matéria nova, queridas.

A sociedade não está preparada para o sexo casual.

Um dos estereótipos sobre homens e mulheres que ouvimos por aí é que mulheres se envolvem emocionalmente com seus parceiros sexuais, ou seja, se você se envolve, as pessoas dizem que você não tinha como evitar e que é tudo culpa da “fragilidade” feminina.

Por outro lado, se você não se envolve, então, automaticamente você passa a ser a vadia fria e calculista que não gosta de ninguém. Homens, por outro lado, são considerados garotões mother-fuckers quando não se envolvem e bananas quando se envolvem. Principalmente se o banana em questão se envolver com a vadia fria e calculista.

Novidades pessoal, as coisas mudaram! Ou melhor, as mulheres. Acordem para a realidade em que vivemos.

Tudo tem evoluido. Então, porque não evoluir também esses estereótipos retrógados sobre homens e mulheres? As mulheres também desejam, as mulheres também tem carência físicas e apenas físicas. A verdade é que nunca deixaram de tê-las, mas o fato em questão é que agora elas estão agindo. E sem culpa!

Ahh, e sabe aquela história que mulher trai por sentimento e homem trai por tesão? Balela! Pode ser que já tenha sido assim, mas hoje não é mais. Acordem! Como diria mestre DeRose:

“Todos traem, todos sabem, todos negam, todos fingem que acreditam. E assim caminha a humanidade, aos trancos e barrancos, em direção a um nível maior de lucidez e de honestidade que deve estar em algum lugar lá no fim do túnel.”

Infelizmente a sociedade não está preparada para acordar, enquanto isso a gente vai fazendo o que nos deixa feliz e sendo discretos que é pra não chocar.

Mas esse aí, é assunto para um próximo post. Vamos voltar ao assunto das amizades coloridas.

Sobre PAs

Pau-Amigo (P.A.), Pinto-Amigo (P.A.), Fuck Buddy, Amigo-colorido, Booty Call, Disk-Sexo… não importa, são vários os termos adotados para aquele seu amigo que te salva nos momentos de carência sexual. Mas vamos ficar com P.A. (Pê-Á) que é o mais discreto.

pa1

PA é McDonalds sexual do século XXI. Fat free and Stress free.

Basicamente o P.A. é alguém que você já conhece e confia, e:

- Se sente a vontade conversando.

- Já paqueram antes e rola aquela química total.

- Tem uma boa idéia do histórico sexual /DSTs dele. (importantíssimo)

- E não ser seu EX. Como o próprio nome já diz, é Pê-A, e não P-EX. (importantíssimo 2)

Bem, quais são as vantagens de um PA?

1) Sexo de boa qualidade na hora que você quiser.

2 Não tem que agüentar ciúmes do cara, nem explicar onde você tem andado.

3) Você NUNCA precisa discutir a relação.

4) Não precisa mudar sua rotina por causa do cara.

5) Não precisa ficar de chamego depois do sexo (conchinha etc) e pode ter a cama só pra você depois.

6) Não precisa mentir, você pode sempre ser 100% sincera com seu PA. É um alivio inenarrável.

7) Evita que você ligue para aquele seu ex ou paquera por quem você está quase se apaixonando.

8 ) É excelente para a auto-estima. E para a pele também viu, amiga?

9) É uma curtição sem compromisso com alguém que você conhece e tem uma intimidade.

pa2

Peraí, existe alguma desvantagem?

As Regras

Colegas, ter um PA é ótimo, mas para que você possa aproveitar tudo que ele tem a te oferecer, precisa saber antes algumas regrinhas para não acabar confundindo as coisas e ficar arrasada depois.

1) Nunca, NUNCA queira namorar seu PA. Fuja das DR’s (Discussão de relacionamento) a todo custo. Não fale sobre o assunto “vocês”, e mude de assunto se ele falar. Sejam claros sobre o que vocês são. Apenas dois amigos que tem uma excelente química sexual, estão aproveitando o momento numa prática simbiose, E ASSIM DEVEM permanecer.

2) Um bom PA é aquele que não faz seu tipo para namoro. Por exemplo, algumas mulheres escolhem os mais cafajestes e cachorros possíveis (mas excelentes amigos diga-se de passagem) assim seu risco de se apaixonarem é quase nulo.

Não vão querer namorar alguém que elas SABEM que vai sacanear. Agora se você é chegada em um “cafa”, então procure o oposto para seu PA. Lembre-se apenas que ele deve ser SEMPRE um cara moderno e igualitário. Fuja dos machistas-cabeça-pequena amiga. Eles vão achar que estão TE USANDO sozinhos e podem queimar seu filme depois.

3) Não LIGUE para bater papinho e falar de sentimentos e de como você está com saudades dele, ou de como ele é tudo que você sempre sonhou… Uma das características FUNDAMENTAIS do seu relacionamento com seu PA é a sinceridade, então nada de fingir que está caidinha pelo cara, e você está se sentindo assim, caia fora porque você está se apaixonando e aí vai dar MERDA capitão.

4) Só mande mensagens de texto marcando encontro ou com conteúdo sacana. O objetivo aqui é o sexo e o prazer, não vamos esquecer nunca disso.

5) A não ser que você já esteja muito segura do seu relacionamento P.A.-ístico de vocês não se encontre muito com o moço… intervalos mínimos de 7 a 15 dias são recomendados.

6) Se o PA é novo, não conversem sobre planos de vida, família, carreira, ex-relacionamentos. Você pode fazer isso DEPOIS que ele for P.A. oficial. Aliás, um dos assunto que normalmente você conversa com seu P.A. é sobre históricos sexuais, além de criar o maior clima sexual durante o papo, você passa a ter um nível maior de confiança com o moço. DST’s não brincam.

7) Não saia só com ele sextas e sábados à noite, a não ser que seja depois de uma noitada mais de 1 da manhã e você só quer o encontro para dormir mais relaxada e feliz.

pa3

Cuidado pra não fazer do seu PA uma Paixonite Aguda. A linha é tênue, chérie.

8 ) Evitem fazer programinhas de casais. Se vocês começam a sair muito a dois pode começar a confundir sua cabecinha ou a dele. O melhor é que não saiam juntos para outra coisa que não seja sexo, mas se forem sair, que chamem vários amigos para evitar o clima de romance.

9) Não apresente ele para os seus amigos e muito menos para sua família, você corre riscos deles gostarem dele e ficarem colocando idéias “namorísticas” na sua cabeça. Família e amigas adoram fazer isso com você. Se ele já é da turma então tudo bem, contanto que ninguém saiba do segredinho de vocês.

10) Sejam discretos. Sejam discretos. Sejam discretos. Nada de sair por aí anunciando para todo mundo que você agora é moderna, leu no Ladies Room sobre PAs e já arrumou 3, o Paulinho, o Pedrão e o Carlos. Por favor, façam o que vocês quiserem, mas SEJAM discretas. A sociedade não está preparada para certas coisas, ainda, infelizmente. E as pessoas ficam com muita inveja dessa sua relação maravilhosa, como você é aberta e feliz, e começam a se meter e a jogar praga ou lhe criticar pelas costas.

11) Atração física mútua. Se SÓ você tiver tesão nele ou vice-versa isso se chama sexo por pena. E no, thanks!

12) Você pode ser amiga ou não do seu P.A. Existe o P.A. que é o amigo colorido e existe o P.A. que vive no próprio mundinho dele. Esse último é aquele cara que você gosta de transar, mas não necessariamente conversar. Aliás o menos em comum que vocês tiverem melhor. Nós particularmente somos pró P.A. amigo colorido, nos sentimos bem mais a vontade, sem falar que é sempre bom ter algo pra conversar pós-sexo.

13) Não faça cobranças, não queira saber da vida dele, não pergunte sobre os sentimentos dele com relação a você, não fique neurótica se ele não te atender, não fuce o Orkut dele… enfim.. DESAPEGUE. Se tiver se apegando muito, CAI FORA colega, é FRIA.

14) Procure se possível ter mais de um P.A. Ficar na dependência só daquele é meio caminho andado para se frustrar quando o chamar para as atividades e ele estiver ocupado. Você pode até acabar tendo ciúmes, sentimento que não deve existir NUNCA.

15) Camisinha e Pílula. Sempre. Não vamos brincar.

Leitoras e leitores, agora que vocês já estão informados da nova realidade, estejam atentos e comecem a cogitar as possíveis amizades coloridas (vulgo P.A.) e usufruir gozando assim dá vida.

Se você se chateou ou se sentiu ofendido com esse post o problema é todo seu colega. Por favor respeitem as divergências pessoais de cada um. Nosso objetivo não é convencer ninguém, é apenas de INFORMAR. Mulheres tem direito sim ao prazer. E viva a diversidade!

E você o que acha? Vale a pena ter P.A.’s?

Mary Jane e Srta. Scarpin

Mary Jane é analista de sistemas e Srta. Scarpin é publicitária. As duas integram a equipe de mulheres afiadas do site Salto Afiado.


Outros artigos escritos por


SEPARAMOS MAIS TEXTOS PARA VOCÊ CONTINUAR LENDO




O texto acima não representa a opinião do PapodeHomem. Conheça a visão e a essência por trás do que fazemos. Queremos uma discussão de alto nível. Antes de comentar, leia nossas boas práticas. Caso deseje enviar um texto e se tornar um autor, venha por aqui.


  • http://arielceres.host.sk/ Olocomeu

    No, Thanks.

  • http://arielceres.host.sk/ Olocomeu

    No, Thanks.

  • http://arielceres.host.sk/ Olocomeu

    No, Thanks.

  • http://arielceres.host.sk/ Olocomeu

    No, Thanks.

  • http://arielceres.host.sk/ Olocomeu

    No, Thanks.

  • http://arielceres.host.sk/ Olocomeu

    No, Thanks.

  • http://arielceres.host.sk/ Olocomeu

    No, Thanks.

  • http://arielceres.host.sk Olocomeu

    No, Thanks.

  • lulu

    poxa que texto legal!!!!!! adorei!!! concordo com cada letra desse texto!!!! se toda mulher tivesse um P.A, o mundo ia ser lindo!!!! kkk… abraços!!!

    • badman

      Se não fosse a confiança que tenho no site PdH eu diria que esse texto

      certamente foi escrito por um homem….rsrsrs isso eh sonho de mulher??

      pois eh sonho de todo homem de saco roxo (como chamam aqui) ..macho protetor e inteligente.

      sexo bom..com muita química…mas sem pegar no pé depois rsrs

      • convidada =)

        Isso é sonho de mulher também!! Ainda mais quando o peguete não se liga que ela quer mais que pegação, e respeita demais! “respeito tbm tem limite!ahahah” e nós necessitamos de sexo tbm, sem aqule grude chato de onde vc tá, oq ta fazendo, tá com quem.. toda hora

      • Lua

        Hahahaha claro que isso é sonho de mulher também. Sabe o quanto é difícil ter um “namoro” pra então ter sexo? Se a mulher transa cedo, é uma vadia, o cara pega algumas vezes e some. Se ela se faz de difícil, o cara some porque só quer curtir. Se ele quer a difícil, fica insistindo e aí você descobre que o cara não te dá tesão. Enfim, nada melhor que um bom P.A., por mais que depois possamos sofrer as consequências negativas! MAs quer saber? Já anotei os conselhos ali, e já sei a hora em que devo sair fora.

    • Celuc

      Lulu. posso ser seu PA? rsrs… Mto bom isso! Meu sonho!

  • lulu

    poxa que texto legal!!!!!! adorei!!! concordo com cada letra desse texto!!!! se toda mulher tivesse um P.A, o mundo ia ser lindo!!!! kkk… abraços!!!

  • lulu

    poxa que texto legal!!!!!! adorei!!! concordo com cada letra desse texto!!!! se toda mulher tivesse um P.A, o mundo ia ser lindo!!!! kkk… abraços!!!

  • lulu

    poxa que texto legal!!!!!! adorei!!! concordo com cada letra desse texto!!!! se toda mulher tivesse um P.A, o mundo ia ser lindo!!!! kkk… abraços!!!

  • lulu

    poxa que texto legal!!!!!! adorei!!! concordo com cada letra desse texto!!!! se toda mulher tivesse um P.A, o mundo ia ser lindo!!!! kkk… abraços!!!

  • lulu

    poxa que texto legal!!!!!! adorei!!! concordo com cada letra desse texto!!!! se toda mulher tivesse um P.A, o mundo ia ser lindo!!!! kkk… abraços!!!

  • ex-PA

    Eu já fui PA, período feliz… Hj minha FF (Fuck Friend) está fora do país e tenho tentado me tornar PA de alguma outra amiga, mas é meio complicado, a questão do ciúmes é difícil de lidar, a mulher tem que ter uma cabeça bem aberta pra entender que o PA está ali pra apoiá-la no que for necessário, não somente no sexo, mas com o sexo fica melhor, senão seria só A, hehehehe…

  • ex-PA

    Eu já fui PA, período feliz… Hj minha FF (Fuck Friend) está fora do país e tenho tentado me tornar PA de alguma outra amiga, mas é meio complicado, a questão do ciúmes é difícil de lidar, a mulher tem que ter uma cabeça bem aberta pra entender que o PA está ali pra apoiá-la no que for necessário, não somente no sexo, mas com o sexo fica melhor, senão seria só A, hehehehe…

  • ex-PA

    Eu já fui PA, período feliz… Hj minha FF (Fuck Friend) está fora do país e tenho tentado me tornar PA de alguma outra amiga, mas é meio complicado, a questão do ciúmes é difícil de lidar, a mulher tem que ter uma cabeça bem aberta pra entender que o PA está ali pra apoiá-la no que for necessário, não somente no sexo, mas com o sexo fica melhor, senão seria só A, hehehehe…

  • ex-PA

    Eu já fui PA, período feliz… Hj minha FF (Fuck Friend) está fora do país e tenho tentado me tornar PA de alguma outra amiga, mas é meio complicado, a questão do ciúmes é difícil de lidar, a mulher tem que ter uma cabeça bem aberta pra entender que o PA está ali pra apoiá-la no que for necessário, não somente no sexo, mas com o sexo fica melhor, senão seria só A, hehehehe…

  • ex-PA

    Eu já fui PA, período feliz… Hj minha FF (Fuck Friend) está fora do país e tenho tentado me tornar PA de alguma outra amiga, mas é meio complicado, a questão do ciúmes é difícil de lidar, a mulher tem que ter uma cabeça bem aberta pra entender que o PA está ali pra apoiá-la no que for necessário, não somente no sexo, mas com o sexo fica melhor, senão seria só A, hehehehe…

  • ex-PA

    Eu já fui PA, período feliz… Hj minha FF (Fuck Friend) está fora do país e tenho tentado me tornar PA de alguma outra amiga, mas é meio complicado, a questão do ciúmes é difícil de lidar, a mulher tem que ter uma cabeça bem aberta pra entender que o PA está ali pra apoiá-la no que for necessário, não somente no sexo, mas com o sexo fica melhor, senão seria só A, hehehehe…

  • ehg

    droga, sou um P.A.!

  • ehg

    droga, sou um P.A.!

  • ehg

    droga, sou um P.A.!

  • ehg

    droga, sou um P.A.!

  • ehg

    droga, sou um P.A.!

  • ehg

    droga, sou um P.A.!

  • ehg

    droga, sou um P.A.!

  • http://www.oventilador.org/ Elis

    “E viva a diversidade!”

  • http://www.oventilador.org/ Elis

    “E viva a diversidade!”

  • http://www.oventilador.org/ Elis

    “E viva a diversidade!”

  • http://www.oventilador.org/ Elis

    “E viva a diversidade!”

  • http://www.oventilador.org/ Elis

    “E viva a diversidade!”

  • http://www.oventilador.org Elis

    “E viva a diversidade!”

  • Insolente

    Quando eu era adolescente, tive a oportunidade de ouvir de mais de uma boca masculina a seguinte frase:

    “As mulheres poderiam ser como cadelas no cio, que saem dando por aí toda vez que a natureza chama”.

    De certa forma, sempre acreditei que MUITOS de nós homens agimos como cachorros, que simplesmente saem colocando o pinto em tudo quanto é fenda de tudo quanto é mulher que esteja desejosa. Vejo que esse “privilégio” está se estendendo ao gênero feminino também.

    O que, de certa forma, chama-me a atenção para um trecho em especial do texto:

    “2) Um bom PA é aquele que não faz seu tipo para namoro. Por exemplo, algumas mulheres escolhem os mais cafajestes e cachorros possíveis (mas excelentes amigos diga-se de passagem) assim seu risco de se apaixonarem é quase nulo.”

    O contrário, é óbvio, também vale… Quero dizer, aqui caímos naquela velha dicotomia dos anos 40 entre as “valorosas” e as “cachorras”, cada uma com sua função. Uma para o casório e a outra para a “fudelança louca”.

    E pode até mesmo ser impressão minha, mas a MAIOR PARTE dessas regras parece ter o intuito de diminuir o risco de se apaixonar e, em decorrência, acontecer uma cagada maior… Noto até mesmo um certo temor imupulsionando tais regras. Mas será que, mesmo assim, segui-las é o suficiente? Ainda mais tratando-se de “sexo com boa qualidade”?

    O que me lembra um filme que trata sobre esse destemperamento emocional proveniente do sexo sem compromisso. O nome do filme é “Paixão e sedução”.

    Agora tudo isso deixa umas dúvidas que muito me instigam: é correto termos como cafajeste e galinha, quando não é correto o termo vadia fria e calculista? E todo aquele papo de “todo homem não presta” também seria correto sob esse contexto?

    Generalizar é algo, no mínimo, imprudente. Então, só pra não esquecer, todas as pessoas são diferentes. Pode ser que não seja conveniente pra todas as mulheres a coisa do P.A, assim como pode não ser conveniente para todos os homens a coisa da B.A. Existem sim pessoas mais emocionalmente suscetíveis. E veja que falo de pessoas, não trato apenas de gênero…

  • Insolente

    Quando eu era adolescente, tive a oportunidade de ouvir de mais de uma boca masculina a seguinte frase:

    “As mulheres poderiam ser como cadelas no cio, que saem dando por aí toda vez que a natureza chama”.

    De certa forma, sempre acreditei que MUITOS de nós homens agimos como cachorros, que simplesmente saem colocando o pinto em tudo quanto é fenda de tudo quanto é mulher que esteja desejosa. Vejo que esse “privilégio” está se estendendo ao gênero feminino também.

    O que, de certa forma, chama-me a atenção para um trecho em especial do texto:

    “2) Um bom PA é aquele que não faz seu tipo para namoro. Por exemplo, algumas mulheres escolhem os mais cafajestes e cachorros possíveis (mas excelentes amigos diga-se de passagem) assim seu risco de se apaixonarem é quase nulo.”

    O contrário, é óbvio, também vale… Quero dizer, aqui caímos naquela velha dicotomia dos anos 40 entre as “valorosas” e as “cachorras”, cada uma com sua função. Uma para o casório e a outra para a “fudelança louca”.

    E pode até mesmo ser impressão minha, mas a MAIOR PARTE dessas regras parece ter o intuito de diminuir o risco de se apaixonar e, em decorrência, acontecer uma cagada maior… Noto até mesmo um certo temor imupulsionando tais regras. Mas será que, mesmo assim, segui-las é o suficiente? Ainda mais tratando-se de “sexo com boa qualidade”?

    O que me lembra um filme que trata sobre esse destemperamento emocional proveniente do sexo sem compromisso. O nome do filme é “Paixão e sedução”.

    Agora tudo isso deixa umas dúvidas que muito me instigam: é correto termos como cafajeste e galinha, quando não é correto o termo vadia fria e calculista? E todo aquele papo de “todo homem não presta” também seria correto sob esse contexto?

    Generalizar é algo, no mínimo, imprudente. Então, só pra não esquecer, todas as pessoas são diferentes. Pode ser que não seja conveniente pra todas as mulheres a coisa do P.A, assim como pode não ser conveniente para todos os homens a coisa da B.A. Existem sim pessoas mais emocionalmente suscetíveis. E veja que falo de pessoas, não trato apenas de gênero…

  • Insolente

    Quando eu era adolescente, tive a oportunidade de ouvir de mais de uma boca masculina a seguinte frase:

    “As mulheres poderiam ser como cadelas no cio, que saem dando por aí toda vez que a natureza chama”.

    De certa forma, sempre acreditei que MUITOS de nós homens agimos como cachorros, que simplesmente saem colocando o pinto em tudo quanto é fenda de tudo quanto é mulher que esteja desejosa. Vejo que esse “privilégio” está se estendendo ao gênero feminino também.

    O que, de certa forma, chama-me a atenção para um trecho em especial do texto:

    “2) Um bom PA é aquele que não faz seu tipo para namoro. Por exemplo, algumas mulheres escolhem os mais cafajestes e cachorros possíveis (mas excelentes amigos diga-se de passagem) assim seu risco de se apaixonarem é quase nulo.”

    O contrário, é óbvio, também vale… Quero dizer, aqui caímos naquela velha dicotomia dos anos 40 entre as “valorosas” e as “cachorras”, cada uma com sua função. Uma para o casório e a outra para a “fudelança louca”.

    E pode até mesmo ser impressão minha, mas a MAIOR PARTE dessas regras parece ter o intuito de diminuir o risco de se apaixonar e, em decorrência, acontecer uma cagada maior… Noto até mesmo um certo temor imupulsionando tais regras. Mas será que, mesmo assim, segui-las é o suficiente? Ainda mais tratando-se de “sexo com boa qualidade”?

    O que me lembra um filme que trata sobre esse destemperamento emocional proveniente do sexo sem compromisso. O nome do filme é “Paixão e sedução”.

    Agora tudo isso deixa umas dúvidas que muito me instigam: é correto termos como cafajeste e galinha, quando não é correto o termo vadia fria e calculista? E todo aquele papo de “todo homem não presta” também seria correto sob esse contexto?

    Generalizar é algo, no mínimo, imprudente. Então, só pra não esquecer, todas as pessoas são diferentes. Pode ser que não seja conveniente pra todas as mulheres a coisa do P.A, assim como pode não ser conveniente para todos os homens a coisa da B.A. Existem sim pessoas mais emocionalmente suscetíveis. E veja que falo de pessoas, não trato apenas de gênero…

  • Insolente

    Quando eu era adolescente, tive a oportunidade de ouvir de mais de uma boca masculina a seguinte frase:

    “As mulheres poderiam ser como cadelas no cio, que saem dando por aí toda vez que a natureza chama”.

    De certa forma, sempre acreditei que MUITOS de nós homens agimos como cachorros, que simplesmente saem colocando o pinto em tudo quanto é fenda de tudo quanto é mulher que esteja desejosa. Vejo que esse “privilégio” está se estendendo ao gênero feminino também.

    O que, de certa forma, chama-me a atenção para um trecho em especial do texto:

    “2) Um bom PA é aquele que não faz seu tipo para namoro. Por exemplo, algumas mulheres escolhem os mais cafajestes e cachorros possíveis (mas excelentes amigos diga-se de passagem) assim seu risco de se apaixonarem é quase nulo.”

    O contrário, é óbvio, também vale… Quero dizer, aqui caímos naquela velha dicotomia dos anos 40 entre as “valorosas” e as “cachorras”, cada uma com sua função. Uma para o casório e a outra para a “fudelança louca”.

    E pode até mesmo ser impressão minha, mas a MAIOR PARTE dessas regras parece ter o intuito de diminuir o risco de se apaixonar e, em decorrência, acontecer uma cagada maior… Noto até mesmo um certo temor imupulsionando tais regras. Mas será que, mesmo assim, segui-las é o suficiente? Ainda mais tratando-se de “sexo com boa qualidade”?

    O que me lembra um filme que trata sobre esse destemperamento emocional proveniente do sexo sem compromisso. O nome do filme é “Paixão e sedução”.

    Agora tudo isso deixa umas dúvidas que muito me instigam: é correto termos como cafajeste e galinha, quando não é correto o termo vadia fria e calculista? E todo aquele papo de “todo homem não presta” também seria correto sob esse contexto?

    Generalizar é algo, no mínimo, imprudente. Então, só pra não esquecer, todas as pessoas são diferentes. Pode ser que não seja conveniente pra todas as mulheres a coisa do P.A, assim como pode não ser conveniente para todos os homens a coisa da B.A. Existem sim pessoas mais emocionalmente suscetíveis. E veja que falo de pessoas, não trato apenas de gênero…

  • Insolente

    Quando eu era adolescente, tive a oportunidade de ouvir de mais de uma boca masculina a seguinte frase:

    “As mulheres poderiam ser como cadelas no cio, que saem dando por aí toda vez que a natureza chama”.

    De certa forma, sempre acreditei que MUITOS de nós homens agimos como cachorros, que simplesmente saem colocando o pinto em tudo quanto é fenda de tudo quanto é mulher que esteja desejosa. Vejo que esse “privilégio” está se estendendo ao gênero feminino também.

    O que, de certa forma, chama-me a atenção para um trecho em especial do texto:

    “2) Um bom PA é aquele que não faz seu tipo para namoro. Por exemplo, algumas mulheres escolhem os mais cafajestes e cachorros possíveis (mas excelentes amigos diga-se de passagem) assim seu risco de se apaixonarem é quase nulo.”

    O contrário, é óbvio, também vale… Quero dizer, aqui caímos naquela velha dicotomia dos anos 40 entre as “valorosas” e as “cachorras”, cada uma com sua função. Uma para o casório e a outra para a “fudelança louca”.

    E pode até mesmo ser impressão minha, mas a MAIOR PARTE dessas regras parece ter o intuito de diminuir o risco de se apaixonar e, em decorrência, acontecer uma cagada maior… Noto até mesmo um certo temor imupulsionando tais regras. Mas será que, mesmo assim, segui-las é o suficiente? Ainda mais tratando-se de “sexo com boa qualidade”?

    O que me lembra um filme que trata sobre esse destemperamento emocional proveniente do sexo sem compromisso. O nome do filme é “Paixão e sedução”.

    Agora tudo isso deixa umas dúvidas que muito me instigam: é correto termos como cafajeste e galinha, quando não é correto o termo vadia fria e calculista? E todo aquele papo de “todo homem não presta” também seria correto sob esse contexto?

    Generalizar é algo, no mínimo, imprudente. Então, só pra não esquecer, todas as pessoas são diferentes. Pode ser que não seja conveniente pra todas as mulheres a coisa do P.A, assim como pode não ser conveniente para todos os homens a coisa da B.A. Existem sim pessoas mais emocionalmente suscetíveis. E veja que falo de pessoas, não trato apenas de gênero…

  • Insolente

    Quando eu era adolescente, tive a oportunidade de ouvir de mais de uma boca masculina a seguinte frase:

    “As mulheres poderiam ser como cadelas no cio, que saem dando por aí toda vez que a natureza chama”.

    De certa forma, sempre acreditei que MUITOS de nós homens agimos como cachorros, que simplesmente saem colocando o pinto em tudo quanto é fenda de tudo quanto é mulher que esteja desejosa. Vejo que esse “privilégio” está se estendendo ao gênero feminino também.

    O que, de certa forma, chama-me a atenção para um trecho em especial do texto:

    “2) Um bom PA é aquele que não faz seu tipo para namoro. Por exemplo, algumas mulheres escolhem os mais cafajestes e cachorros possíveis (mas excelentes amigos diga-se de passagem) assim seu risco de se apaixonarem é quase nulo.”

    O contrário, é óbvio, também vale… Quero dizer, aqui caímos naquela velha dicotomia dos anos 40 entre as “valorosas” e as “cachorras”, cada uma com sua função. Uma para o casório e a outra para a “fudelança louca”.

    E pode até mesmo ser impressão minha, mas a MAIOR PARTE dessas regras parece ter o intuito de diminuir o risco de se apaixonar e, em decorrência, acontecer uma cagada maior… Noto até mesmo um certo temor imupulsionando tais regras. Mas será que, mesmo assim, segui-las é o suficiente? Ainda mais tratando-se de “sexo com boa qualidade”?

    O que me lembra um filme que trata sobre esse destemperamento emocional proveniente do sexo sem compromisso. O nome do filme é “Paixão e sedução”.

    Agora tudo isso deixa umas dúvidas que muito me instigam: é correto termos como cafajeste e galinha, quando não é correto o termo vadia fria e calculista? E todo aquele papo de “todo homem não presta” também seria correto sob esse contexto?

    Generalizar é algo, no mínimo, imprudente. Então, só pra não esquecer, todas as pessoas são diferentes. Pode ser que não seja conveniente pra todas as mulheres a coisa do P.A, assim como pode não ser conveniente para todos os homens a coisa da B.A. Existem sim pessoas mais emocionalmente suscetíveis. E veja que falo de pessoas, não trato apenas de gênero…

  • Insolente

    Quando eu era adolescente, tive a oportunidade de ouvir de mais de uma boca masculina a seguinte frase:

    “As mulheres poderiam ser como cadelas no cio, que saem dando por aí toda vez que a natureza chama”.

    De certa forma, sempre acreditei que MUITOS de nós homens agimos como cachorros, que simplesmente saem colocando o pinto em tudo quanto é fenda de tudo quanto é mulher que esteja desejosa. Vejo que esse “privilégio” está se estendendo ao gênero feminino também.

    O que, de certa forma, chama-me a atenção para um trecho em especial do texto:

    “2) Um bom PA é aquele que não faz seu tipo para namoro. Por exemplo, algumas mulheres escolhem os mais cafajestes e cachorros possíveis (mas excelentes amigos diga-se de passagem) assim seu risco de se apaixonarem é quase nulo.”

    O contrário, é óbvio, também vale… Quero dizer, aqui caímos naquela velha dicotomia dos anos 40 entre as “valorosas” e as “cachorras”, cada uma com sua função. Uma para o casório e a outra para a “fudelança louca”.

    E pode até mesmo ser impressão minha, mas a MAIOR PARTE dessas regras parece ter o intuito de diminuir o risco de se apaixonar e, em decorrência, acontecer uma cagada maior… Noto até mesmo um certo temor imupulsionando tais regras. Mas será que, mesmo assim, segui-las é o suficiente? Ainda mais tratando-se de “sexo com boa qualidade”?

    O que me lembra um filme que trata sobre esse destemperamento emocional proveniente do sexo sem compromisso. O nome do filme é “Paixão e sedução”.

    Agora tudo isso deixa umas dúvidas que muito me instigam: é correto termos como cafajeste e galinha, quando não é correto o termo vadia fria e calculista? E todo aquele papo de “todo homem não presta” também seria correto sob esse contexto?

    Generalizar é algo, no mínimo, imprudente. Então, só pra não esquecer, todas as pessoas são diferentes. Pode ser que não seja conveniente pra todas as mulheres a coisa do P.A, assim como pode não ser conveniente para todos os homens a coisa da B.A. Existem sim pessoas mais emocionalmente suscetíveis. E veja que falo de pessoas, não trato apenas de gênero…

  • Insolente

    Quando eu era adolescente, tive a oportunidade de ouvir de mais de uma boca masculina a seguinte frase:

    “As mulheres poderiam ser como cadelas no cio, que saem dando por aí toda vez que a natureza chama”.

    De certa forma, sempre acreditei que MUITOS de nós homens agimos como cachorros, que simplesmente saem colocando o pinto em tudo quanto é fenda de tudo quanto é mulher que esteja desejosa. Vejo que esse “privilégio” está se estendendo ao gênero feminino também.

    O que, de certa forma, chama-me a atenção para um trecho em especial do texto:

    “2) Um bom PA é aquele que não faz seu tipo para namoro. Por exemplo, algumas mulheres escolhem os mais cafajestes e cachorros possíveis (mas excelentes amigos diga-se de passagem) assim seu risco de se apaixonarem é quase nulo.”

    O contrário, é óbvio, também vale… Quero dizer, aqui caímos naquela velha dicotomia dos anos 40 entre as “valorosas” e as “cachorras”, cada uma com sua função. Uma para o casório e a outra para a “fudelança louca”.

    E pode até mesmo ser impressão minha, mas a MAIOR PARTE dessas regras parece ter o intuito de diminuir o risco de se apaixonar e, em decorrência, acontecer uma cagada maior… Noto até mesmo um certo temor imupulsionando tais regras. Mas será que, mesmo assim, segui-las é o suficiente? Ainda mais tratando-se de “sexo com boa qualidade”?

    O que me lembra um filme que trata sobre esse destemperamento emocional proveniente do sexo sem compromisso. O nome do filme é “Paixão e sedução”.

    Agora tudo isso deixa umas dúvidas que muito me instigam: é correto termos como cafajeste e galinha, quando não é correto o termo vadia fria e calculista? E todo aquele papo de “todo homem não presta” também seria correto sob esse contexto?

    Generalizar é algo, no mínimo, imprudente. Então, só pra não esquecer, todas as pessoas são diferentes. Pode ser que não seja conveniente pra todas as mulheres a coisa do P.A, assim como pode não ser conveniente para todos os homens a coisa da B.A. Existem sim pessoas mais emocionalmente suscetíveis. E veja que falo de pessoas, não trato apenas de gênero…

  • Insolente

    Quando eu era adolescente, tive a oportunidade de ouvir de mais de uma boca masculina a seguinte frase:

    “As mulheres poderiam ser como cadelas no cio, que saem dando por aí toda vez que a natureza chama”.

    De certa forma, sempre acreditei que MUITOS de nós homens agimos como cachorros, que simplesmente saem colocando o pinto em tudo quanto é fenda de tudo quanto é mulher que esteja desejosa. Vejo que esse “privilégio” está se estendendo ao gênero feminino também.

    O que, de certa forma, chama-me a atenção para um trecho em especial do texto:

    “2) Um bom PA é aquele que não faz seu tipo para namoro. Por exemplo, algumas mulheres escolhem os mais cafajestes e cachorros possíveis (mas excelentes amigos diga-se de passagem) assim seu risco de se apaixonarem é quase nulo.”

    O contrário, é óbvio, também vale… Quero dizer, aqui caímos naquela velha dicotomia dos anos 40 entre as “valorosas” e as “cachorras”, cada uma com sua função. Uma para o casório e a outra para a “fudelança louca”.

    E pode até mesmo ser impressão minha, mas a MAIOR PARTE dessas regras parece ter o intuito de diminuir o risco de se apaixonar e, em decorrência, acontecer uma cagada maior… Noto até mesmo um certo temor imupulsionando tais regras. Mas será que, mesmo assim, segui-las é o suficiente? Ainda mais tratando-se de “sexo com boa qualidade”?

    O que me lembra um filme que trata sobre esse destemperamento emocional proveniente do sexo sem compromisso. O nome do filme é “Paixão e sedução”.

    Agora tudo isso deixa umas dúvidas que muito me instigam: é correto termos como cafajeste e galinha, quando não é correto o termo vadia fria e calculista? E todo aquele papo de “todo homem não presta” também seria correto sob esse contexto?

    Generalizar é algo, no mínimo, imprudente. Então, só pra não esquecer, todas as pessoas são diferentes. Pode ser que não seja conveniente pra todas as mulheres a coisa do P.A, assim como pode não ser conveniente para todos os homens a coisa da B.A. Existem sim pessoas mais emocionalmente suscetíveis. E veja que falo de pessoas, não trato apenas de gênero…

  • PA

    Aposto que alguma mulher se interessou em ter um PA depois de ler esse ótimo texto e eu estou disponível para ser um ótimo PA e amigo para boas conversas, ainda mais nos dias frios.
    Se alguma tiver interesse é só avisar.

  • PA

    Aposto que alguma mulher se interessou em ter um PA depois de ler esse ótimo texto e eu estou disponível para ser um ótimo PA e amigo para boas conversas, ainda mais nos dias frios.
    Se alguma tiver interesse é só avisar.

  • PA

    Aposto que alguma mulher se interessou em ter um PA depois de ler esse ótimo texto e eu estou disponível para ser um ótimo PA e amigo para boas conversas, ainda mais nos dias frios.
    Se alguma tiver interesse é só avisar.

  • PA

    Aposto que alguma mulher se interessou em ter um PA depois de ler esse ótimo texto e eu estou disponível para ser um ótimo PA e amigo para boas conversas, ainda mais nos dias frios.
    Se alguma tiver interesse é só avisar.

  • PA

    Aposto que alguma mulher se interessou em ter um PA depois de ler esse ótimo texto e eu estou disponível para ser um ótimo PA e amigo para boas conversas, ainda mais nos dias frios.
    Se alguma tiver interesse é só avisar.

  • PA

    Aposto que alguma mulher se interessou em ter um PA depois de ler esse ótimo texto e eu estou disponível para ser um ótimo PA e amigo para boas conversas, ainda mais nos dias frios.
    Se alguma tiver interesse é só avisar.

  • PA

    Aposto que alguma mulher se interessou em ter um PA depois de ler esse ótimo texto e eu estou disponível para ser um ótimo PA e amigo para boas conversas, ainda mais nos dias frios.
    Se alguma tiver interesse é só avisar.

  • PA

    Aposto que alguma mulher se interessou em ter um PA depois de ler esse ótimo texto e eu estou disponível para ser um ótimo PA e amigo para boas conversas, ainda mais nos dias frios.
    Se alguma tiver interesse é só avisar.

  • PA

    Aposto que alguma mulher se interessou em ter um PA depois de ler esse ótimo texto e eu estou disponível para ser um ótimo PA e amigo para boas conversas, ainda mais nos dias frios.
    Se alguma tiver interesse é só avisar.

  • Rodrigo Almeida

    Apoiadas!

  • Rodrigo Almeida

    Apoiadas!

  • Rodrigo Almeida

    Apoiadas!

  • Rodrigo Almeida

    Apoiadas!

  • Rodrigo Almeida

    Apoiadas!

  • Rodrigo Almeida

    Apoiadas!

  • Rodrigo Almeida

    Apoiadas!

  • Megaman X

    É complicado pois a gente nunca sabe que passa na cabeça da outra pessoa, tinha uma amiga no qual a gente se encontrava só pra transar mesmo até que um certo dia do nada ela pulou fora, até acho que foi minha culpa pois eu sempre queria deixar bem claro que eu apenas queria aquilo com ela e ela me dizia o mesmo mas acho que ela acabou gostando de mim. As vezes encontro ela nas festas mas ela continua sozinha e me evita bastante, era uma pessoa legal e tenho vontade de sair com ela novamente mas ela não quer e entendo afinal ela não quer se machucar acredito.

  • Megaman X

    É complicado pois a gente nunca sabe que passa na cabeça da outra pessoa, tinha uma amiga no qual a gente se encontrava só pra transar mesmo até que um certo dia do nada ela pulou fora, até acho que foi minha culpa pois eu sempre queria deixar bem claro que eu apenas queria aquilo com ela e ela me dizia o mesmo mas acho que ela acabou gostando de mim. As vezes encontro ela nas festas mas ela continua sozinha e me evita bastante, era uma pessoa legal e tenho vontade de sair com ela novamente mas ela não quer e entendo afinal ela não quer se machucar acredito.

  • Megaman X

    É complicado pois a gente nunca sabe que passa na cabeça da outra pessoa, tinha uma amiga no qual a gente se encontrava só pra transar mesmo até que um certo dia do nada ela pulou fora, até acho que foi minha culpa pois eu sempre queria deixar bem claro que eu apenas queria aquilo com ela e ela me dizia o mesmo mas acho que ela acabou gostando de mim. As vezes encontro ela nas festas mas ela continua sozinha e me evita bastante, era uma pessoa legal e tenho vontade de sair com ela novamente mas ela não quer e entendo afinal ela não quer se machucar acredito.

  • Megaman X

    É complicado pois a gente nunca sabe que passa na cabeça da outra pessoa, tinha uma amiga no qual a gente se encontrava só pra transar mesmo até que um certo dia do nada ela pulou fora, até acho que foi minha culpa pois eu sempre queria deixar bem claro que eu apenas queria aquilo com ela e ela me dizia o mesmo mas acho que ela acabou gostando de mim. As vezes encontro ela nas festas mas ela continua sozinha e me evita bastante, era uma pessoa legal e tenho vontade de sair com ela novamente mas ela não quer e entendo afinal ela não quer se machucar acredito.

  • Megaman X

    É complicado pois a gente nunca sabe que passa na cabeça da outra pessoa, tinha uma amiga no qual a gente se encontrava só pra transar mesmo até que um certo dia do nada ela pulou fora, até acho que foi minha culpa pois eu sempre queria deixar bem claro que eu apenas queria aquilo com ela e ela me dizia o mesmo mas acho que ela acabou gostando de mim. As vezes encontro ela nas festas mas ela continua sozinha e me evita bastante, era uma pessoa legal e tenho vontade de sair com ela novamente mas ela não quer e entendo afinal ela não quer se machucar acredito.

  • Megaman X

    É complicado pois a gente nunca sabe que passa na cabeça da outra pessoa, tinha uma amiga no qual a gente se encontrava só pra transar mesmo até que um certo dia do nada ela pulou fora, até acho que foi minha culpa pois eu sempre queria deixar bem claro que eu apenas queria aquilo com ela e ela me dizia o mesmo mas acho que ela acabou gostando de mim. As vezes encontro ela nas festas mas ela continua sozinha e me evita bastante, era uma pessoa legal e tenho vontade de sair com ela novamente mas ela não quer e entendo afinal ela não quer se machucar acredito.

  • http://rumcomcoca.blogspot.com/ Erik

    Já cheguei a ser P.A. de uma amiga na epoca de escola

    bons tempos aqueles……

  • http://rumcomcoca.blogspot.com/ Erik

    Já cheguei a ser P.A. de uma amiga na epoca de escola

    bons tempos aqueles……

  • http://rumcomcoca.blogspot.com/ Erik

    Já cheguei a ser P.A. de uma amiga na epoca de escola

    bons tempos aqueles……

  • http://rumcomcoca.blogspot.com/ Erik

    Já cheguei a ser P.A. de uma amiga na epoca de escola

    bons tempos aqueles……

  • http://rumcomcoca.blogspot.com/ Erik

    Já cheguei a ser P.A. de uma amiga na epoca de escola

    bons tempos aqueles……

  • http://rumcomcoca.blogspot.com Erik

    Já cheguei a ser P.A. de uma amiga na epoca de escola

    bons tempos aqueles……

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    Insolente,a dorei o comentário! Mostra que você refletiu bem sobre o texto. Era essa a intenção mesmo.
    Assim, as dicas não são necessariamente para evitar a paixão, até porque acredito que paixão na hora que rola neguim, não tem como evitar… (pelo menos no meu caso), mas para evitar uma certa expectativa irreal por alguma das partes. Claro que segui-las a risca nao garante que vá acontecer algum imprevisto, mas são coisas bacanas de serem seguidas… eu diria assim o BÁSICO…
    Ao falar ,
    “2) Um bom PA é aquele que não faz seu tipo para namoro. Por exemplo, algumas mulheres escolhem os mais cafajestes e cachorros possíveis (mas excelentes amigos diga-se de passagem) assim seu risco de se apaixonarem é quase nulo.”

    Eu estava me referindo a opniões pessoais minhas.. nao chamei de cafajeste e cachorro no sentido perjorativo de forma alguma.. quis dizer que eu particularmente ( e Scarpin também) preferimos escolher para PA aqueles caras que a gente sabe que são traidores mesmo, que não são bons namorados no sentido de fidelidade mesmo… fazendo isso a vontade de namorar com eles meio que desaparece e a gente consegue manter o desapego, mas isso é a gente né. Todo mundo é diferente.
    Também odiamos generalizações.

    Se termos como cafajeste,galinha,vadia fria e calculista são corretos ou não corretos isso não cabe a mim a dizer, no momento que eu tomar um partido eu estaria favorecendo um ou outro. Mas concordo com você que não deve existir nem o machismo e nem o feminismo do termo. Usei o termo que é normalmente usado pela sociedade para descrever melhor as situações.

    Adorei o comentario.
    E viva a diversidade! o/

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    Insolente,a dorei o comentário! Mostra que você refletiu bem sobre o texto. Era essa a intenção mesmo.
    Assim, as dicas não são necessariamente para evitar a paixão, até porque acredito que paixão na hora que rola neguim, não tem como evitar… (pelo menos no meu caso), mas para evitar uma certa expectativa irreal por alguma das partes. Claro que segui-las a risca nao garante que vá acontecer algum imprevisto, mas são coisas bacanas de serem seguidas… eu diria assim o BÁSICO…
    Ao falar ,
    “2) Um bom PA é aquele que não faz seu tipo para namoro. Por exemplo, algumas mulheres escolhem os mais cafajestes e cachorros possíveis (mas excelentes amigos diga-se de passagem) assim seu risco de se apaixonarem é quase nulo.”

    Eu estava me referindo a opniões pessoais minhas.. nao chamei de cafajeste e cachorro no sentido perjorativo de forma alguma.. quis dizer que eu particularmente ( e Scarpin também) preferimos escolher para PA aqueles caras que a gente sabe que são traidores mesmo, que não são bons namorados no sentido de fidelidade mesmo… fazendo isso a vontade de namorar com eles meio que desaparece e a gente consegue manter o desapego, mas isso é a gente né. Todo mundo é diferente.
    Também odiamos generalizações.

    Se termos como cafajeste,galinha,vadia fria e calculista são corretos ou não corretos isso não cabe a mim a dizer, no momento que eu tomar um partido eu estaria favorecendo um ou outro. Mas concordo com você que não deve existir nem o machismo e nem o feminismo do termo. Usei o termo que é normalmente usado pela sociedade para descrever melhor as situações.

    Adorei o comentario.
    E viva a diversidade! o/

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    Insolente,a dorei o comentário! Mostra que você refletiu bem sobre o texto. Era essa a intenção mesmo.
    Assim, as dicas não são necessariamente para evitar a paixão, até porque acredito que paixão na hora que rola neguim, não tem como evitar… (pelo menos no meu caso), mas para evitar uma certa expectativa irreal por alguma das partes. Claro que segui-las a risca nao garante que vá acontecer algum imprevisto, mas são coisas bacanas de serem seguidas… eu diria assim o BÁSICO…
    Ao falar ,
    “2) Um bom PA é aquele que não faz seu tipo para namoro. Por exemplo, algumas mulheres escolhem os mais cafajestes e cachorros possíveis (mas excelentes amigos diga-se de passagem) assim seu risco de se apaixonarem é quase nulo.”

    Eu estava me referindo a opniões pessoais minhas.. nao chamei de cafajeste e cachorro no sentido perjorativo de forma alguma.. quis dizer que eu particularmente ( e Scarpin também) preferimos escolher para PA aqueles caras que a gente sabe que são traidores mesmo, que não são bons namorados no sentido de fidelidade mesmo… fazendo isso a vontade de namorar com eles meio que desaparece e a gente consegue manter o desapego, mas isso é a gente né. Todo mundo é diferente.
    Também odiamos generalizações.

    Se termos como cafajeste,galinha,vadia fria e calculista são corretos ou não corretos isso não cabe a mim a dizer, no momento que eu tomar um partido eu estaria favorecendo um ou outro. Mas concordo com você que não deve existir nem o machismo e nem o feminismo do termo. Usei o termo que é normalmente usado pela sociedade para descrever melhor as situações.

    Adorei o comentario.
    E viva a diversidade! o/

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    Insolente,a dorei o comentário! Mostra que você refletiu bem sobre o texto. Era essa a intenção mesmo.
    Assim, as dicas não são necessariamente para evitar a paixão, até porque acredito que paixão na hora que rola neguim, não tem como evitar… (pelo menos no meu caso), mas para evitar uma certa expectativa irreal por alguma das partes. Claro que segui-las a risca nao garante que vá acontecer algum imprevisto, mas são coisas bacanas de serem seguidas… eu diria assim o BÁSICO…
    Ao falar ,
    “2) Um bom PA é aquele que não faz seu tipo para namoro. Por exemplo, algumas mulheres escolhem os mais cafajestes e cachorros possíveis (mas excelentes amigos diga-se de passagem) assim seu risco de se apaixonarem é quase nulo.”

    Eu estava me referindo a opniões pessoais minhas.. nao chamei de cafajeste e cachorro no sentido perjorativo de forma alguma.. quis dizer que eu particularmente ( e Scarpin também) preferimos escolher para PA aqueles caras que a gente sabe que são traidores mesmo, que não são bons namorados no sentido de fidelidade mesmo… fazendo isso a vontade de namorar com eles meio que desaparece e a gente consegue manter o desapego, mas isso é a gente né. Todo mundo é diferente.
    Também odiamos generalizações.

    Se termos como cafajeste,galinha,vadia fria e calculista são corretos ou não corretos isso não cabe a mim a dizer, no momento que eu tomar um partido eu estaria favorecendo um ou outro. Mas concordo com você que não deve existir nem o machismo e nem o feminismo do termo. Usei o termo que é normalmente usado pela sociedade para descrever melhor as situações.

    Adorei o comentario.
    E viva a diversidade! o/

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    Insolente,a dorei o comentário! Mostra que você refletiu bem sobre o texto. Era essa a intenção mesmo.
    Assim, as dicas não são necessariamente para evitar a paixão, até porque acredito que paixão na hora que rola neguim, não tem como evitar… (pelo menos no meu caso), mas para evitar uma certa expectativa irreal por alguma das partes. Claro que segui-las a risca nao garante que vá acontecer algum imprevisto, mas são coisas bacanas de serem seguidas… eu diria assim o BÁSICO…
    Ao falar ,
    “2) Um bom PA é aquele que não faz seu tipo para namoro. Por exemplo, algumas mulheres escolhem os mais cafajestes e cachorros possíveis (mas excelentes amigos diga-se de passagem) assim seu risco de se apaixonarem é quase nulo.”

    Eu estava me referindo a opniões pessoais minhas.. nao chamei de cafajeste e cachorro no sentido perjorativo de forma alguma.. quis dizer que eu particularmente ( e Scarpin também) preferimos escolher para PA aqueles caras que a gente sabe que são traidores mesmo, que não são bons namorados no sentido de fidelidade mesmo… fazendo isso a vontade de namorar com eles meio que desaparece e a gente consegue manter o desapego, mas isso é a gente né. Todo mundo é diferente.
    Também odiamos generalizações.

    Se termos como cafajeste,galinha,vadia fria e calculista são corretos ou não corretos isso não cabe a mim a dizer, no momento que eu tomar um partido eu estaria favorecendo um ou outro. Mas concordo com você que não deve existir nem o machismo e nem o feminismo do termo. Usei o termo que é normalmente usado pela sociedade para descrever melhor as situações.

    Adorei o comentario.
    E viva a diversidade! o/

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    Insolente,a dorei o comentário! Mostra que você refletiu bem sobre o texto. Era essa a intenção mesmo.
    Assim, as dicas não são necessariamente para evitar a paixão, até porque acredito que paixão na hora que rola neguim, não tem como evitar… (pelo menos no meu caso), mas para evitar uma certa expectativa irreal por alguma das partes. Claro que segui-las a risca nao garante que vá acontecer algum imprevisto, mas são coisas bacanas de serem seguidas… eu diria assim o BÁSICO…
    Ao falar ,
    “2) Um bom PA é aquele que não faz seu tipo para namoro. Por exemplo, algumas mulheres escolhem os mais cafajestes e cachorros possíveis (mas excelentes amigos diga-se de passagem) assim seu risco de se apaixonarem é quase nulo.”

    Eu estava me referindo a opniões pessoais minhas.. nao chamei de cafajeste e cachorro no sentido perjorativo de forma alguma.. quis dizer que eu particularmente ( e Scarpin também) preferimos escolher para PA aqueles caras que a gente sabe que são traidores mesmo, que não são bons namorados no sentido de fidelidade mesmo… fazendo isso a vontade de namorar com eles meio que desaparece e a gente consegue manter o desapego, mas isso é a gente né. Todo mundo é diferente.
    Também odiamos generalizações.

    Se termos como cafajeste,galinha,vadia fria e calculista são corretos ou não corretos isso não cabe a mim a dizer, no momento que eu tomar um partido eu estaria favorecendo um ou outro. Mas concordo com você que não deve existir nem o machismo e nem o feminismo do termo. Usei o termo que é normalmente usado pela sociedade para descrever melhor as situações.

    Adorei o comentario.
    E viva a diversidade! o/

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    Insolente,a dorei o comentário! Mostra que você refletiu bem sobre o texto. Era essa a intenção mesmo.
    Assim, as dicas não são necessariamente para evitar a paixão, até porque acredito que paixão na hora que rola neguim, não tem como evitar… (pelo menos no meu caso), mas para evitar uma certa expectativa irreal por alguma das partes. Claro que segui-las a risca nao garante que vá acontecer algum imprevisto, mas são coisas bacanas de serem seguidas… eu diria assim o BÁSICO…
    Ao falar ,
    “2) Um bom PA é aquele que não faz seu tipo para namoro. Por exemplo, algumas mulheres escolhem os mais cafajestes e cachorros possíveis (mas excelentes amigos diga-se de passagem) assim seu risco de se apaixonarem é quase nulo.”

    Eu estava me referindo a opniões pessoais minhas.. nao chamei de cafajeste e cachorro no sentido perjorativo de forma alguma.. quis dizer que eu particularmente ( e Scarpin também) preferimos escolher para PA aqueles caras que a gente sabe que são traidores mesmo, que não são bons namorados no sentido de fidelidade mesmo… fazendo isso a vontade de namorar com eles meio que desaparece e a gente consegue manter o desapego, mas isso é a gente né. Todo mundo é diferente.
    Também odiamos generalizações.

    Se termos como cafajeste,galinha,vadia fria e calculista são corretos ou não corretos isso não cabe a mim a dizer, no momento que eu tomar um partido eu estaria favorecendo um ou outro. Mas concordo com você que não deve existir nem o machismo e nem o feminismo do termo. Usei o termo que é normalmente usado pela sociedade para descrever melhor as situações.

    Adorei o comentario.
    E viva a diversidade! o/

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    Insolente,a dorei o comentário! Mostra que você refletiu bem sobre o texto. Era essa a intenção mesmo.
    Assim, as dicas não são necessariamente para evitar a paixão, até porque acredito que paixão na hora que rola neguim, não tem como evitar… (pelo menos no meu caso), mas para evitar uma certa expectativa irreal por alguma das partes. Claro que segui-las a risca nao garante que vá acontecer algum imprevisto, mas são coisas bacanas de serem seguidas… eu diria assim o BÁSICO…
    Ao falar ,
    “2) Um bom PA é aquele que não faz seu tipo para namoro. Por exemplo, algumas mulheres escolhem os mais cafajestes e cachorros possíveis (mas excelentes amigos diga-se de passagem) assim seu risco de se apaixonarem é quase nulo.”

    Eu estava me referindo a opniões pessoais minhas.. nao chamei de cafajeste e cachorro no sentido perjorativo de forma alguma.. quis dizer que eu particularmente ( e Scarpin também) preferimos escolher para PA aqueles caras que a gente sabe que são traidores mesmo, que não são bons namorados no sentido de fidelidade mesmo… fazendo isso a vontade de namorar com eles meio que desaparece e a gente consegue manter o desapego, mas isso é a gente né. Todo mundo é diferente.
    Também odiamos generalizações.

    Se termos como cafajeste,galinha,vadia fria e calculista são corretos ou não corretos isso não cabe a mim a dizer, no momento que eu tomar um partido eu estaria favorecendo um ou outro. Mas concordo com você que não deve existir nem o machismo e nem o feminismo do termo. Usei o termo que é normalmente usado pela sociedade para descrever melhor as situações.

    Adorei o comentario.
    E viva a diversidade! o/

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com MaryJane

    Insolente,a dorei o comentário! Mostra que você refletiu bem sobre o texto. Era essa a intenção mesmo.
    Assim, as dicas não são necessariamente para evitar a paixão, até porque acredito que paixão na hora que rola neguim, não tem como evitar… (pelo menos no meu caso), mas para evitar uma certa expectativa irreal por alguma das partes. Claro que segui-las a risca nao garante que vá acontecer algum imprevisto, mas são coisas bacanas de serem seguidas… eu diria assim o BÁSICO…
    Ao falar ,
    “2) Um bom PA é aquele que não faz seu tipo para namoro. Por exemplo, algumas mulheres escolhem os mais cafajestes e cachorros possíveis (mas excelentes amigos diga-se de passagem) assim seu risco de se apaixonarem é quase nulo.”

    Eu estava me referindo a opniões pessoais minhas.. nao chamei de cafajeste e cachorro no sentido perjorativo de forma alguma.. quis dizer que eu particularmente ( e Scarpin também) preferimos escolher para PA aqueles caras que a gente sabe que são traidores mesmo, que não são bons namorados no sentido de fidelidade mesmo… fazendo isso a vontade de namorar com eles meio que desaparece e a gente consegue manter o desapego, mas isso é a gente né. Todo mundo é diferente.
    Também odiamos generalizações.

    Se termos como cafajeste,galinha,vadia fria e calculista são corretos ou não corretos isso não cabe a mim a dizer, no momento que eu tomar um partido eu estaria favorecendo um ou outro. Mas concordo com você que não deve existir nem o machismo e nem o feminismo do termo. Usei o termo que é normalmente usado pela sociedade para descrever melhor as situações.

    Adorei o comentario.
    E viva a diversidade! \o/

  • http://www.papodehomem.com.br/author/thiago-oshiro-campi Thiago Oshiro Campi

    rs…o tempo dirá a cada uma o preço final desse “estilo de vida”. Já cansei de ver o semblante deprimente e triste dessas mulheres quando a vida faz a curva e o semi-centenário é concluído. Ouvir os lamentos e arrependimentos então…nem me fale.

    Incrível a busca da igualdade em gêneros completamente diferentes. Alguém sabiamente disse: “homens são de marte, mulheres são de venus”. Boa sorte na empreitada mulherada. Que a força esteja com vocês ;-)

  • http://www.papodehomem.com.br/author/thiago-oshiro-campi Thiago Oshiro Campi

    rs…o tempo dirá a cada uma o preço final desse “estilo de vida”. Já cansei de ver o semblante deprimente e triste dessas mulheres quando a vida faz a curva e o semi-centenário é concluído. Ouvir os lamentos e arrependimentos então…nem me fale.

    Incrível a busca da igualdade em gêneros completamente diferentes. Alguém sabiamente disse: “homens são de marte, mulheres são de venus”. Boa sorte na empreitada mulherada. Que a força esteja com vocês ;-)

    • Livre

      Até que enfim alguém de bom senso responde a este texto!! Obrigada, Thiago!
      Sou livre para não cair nessa falsa “liberdade”, egoísta e inconsequente.
      Livre para ser eu mesma, e viver algo realmente verdadeiro com quem realmente vale a pena!

      • sirleide

        Livre, concordo com vc. Precisamos viver algo verdadeiro com alguém que vale a pena. Eu fui vítima de uma situação dessas e saí ferida. Pois é, não é fácil. Não aconselho ninguém a apostar nesse tipo de relação. 

        Ficamos juntos a primeira vez, pensei q não fosse mais acontecer, foi tão gostoso q continuamos nos encontrando. Só que eu já sentia algo por ele…É uma longo história, acho até q caberia escrever um livro…rsrsrsrs

        Enfim, me apaixonei, contei para ele, q por sua vez, deixou bem claro que gostava de mim apenas como amiga, que se sentia bem comigo, que eu era gostosa, tarada, e só…acabei me sentido usada, a pior das mulheres, acho até q ele se aproveitou da minha carência. Espero q tenha servido de lição.
        Estou tentando apanhar os pedaços… espero superar o mais rápido possível.

        Perdi o amigo e o parceiro.

      • Lucas

        Na verdade, o que você fez foi bem bem diferente do que o texto sugere. O texto insiste em evitar deixar que os sentimentos floresçam, pq é assim que alguém acaba machuca. Não é bem verdade?
        Ter desilusões amorosas faz parte da vida.
        Se você pudesse voltar no tempo você deixaria de fazer alguma coisa? Perderia a oportunidade de fazer aquele sexo gostoso várias vezes com um amigo querido somente para manter o seu coração menos calejado?

    • robert luiz souza de melo

      o problema é que a maiorias das mulheres acha que quando tiver quarenta e tantos anos, elas serão infelizes se não tiverem um homem do lado, mas isso não é verdade

  • http://www.papodehomem.com.br/author/thiago-oshiro-campi Thiago Oshiro Campi

    rs…o tempo dirá a cada uma o preço final desse “estilo de vida”. Já cansei de ver o semblante deprimente e triste dessas mulheres quando a vida faz a curva e o semi-centenário é concluído. Ouvir os lamentos e arrependimentos então…nem me fale.

    Incrível a busca da igualdade em gêneros completamente diferentes. Alguém sabiamente disse: “homens são de marte, mulheres são de venus”. Boa sorte na empreitada mulherada. Que a força esteja com vocês ;-)

  • http://www.papodehomem.com.br/author/thiago-oshiro-campi Thiago Oshiro Campi

    rs…o tempo dirá a cada uma o preço final desse “estilo de vida”. Já cansei de ver o semblante deprimente e triste dessas mulheres quando a vida faz a curva e o semi-centenário é concluído. Ouvir os lamentos e arrependimentos então…nem me fale.

    Incrível a busca da igualdade em gêneros completamente diferentes. Alguém sabiamente disse: “homens são de marte, mulheres são de venus”. Boa sorte na empreitada mulherada. Que a força esteja com vocês ;-)

  • http://www.papodehomem.com.br/author/thiago-oshiro-campi Thiago Oshiro Campi

    rs…o tempo dirá a cada uma o preço final desse “estilo de vida”. Já cansei de ver o semblante deprimente e triste dessas mulheres quando a vida faz a curva e o semi-centenário é concluído. Ouvir os lamentos e arrependimentos então…nem me fale.

    Incrível a busca da igualdade em gêneros completamente diferentes. Alguém sabiamente disse: “homens são de marte, mulheres são de venus”. Boa sorte na empreitada mulherada. Que a força esteja com vocês ;-)

  • http://www.papodehomem.com.br/author/thiago-oshiro-campi Thiago Oshiro Campi

    rs…o tempo dirá a cada uma o preço final desse “estilo de vida”. Já cansei de ver o semblante deprimente e triste dessas mulheres quando a vida faz a curva e o semi-centenário é concluído. Ouvir os lamentos e arrependimentos então…nem me fale.

    Incrível a busca da igualdade em gêneros completamente diferentes. Alguém sabiamente disse: “homens são de marte, mulheres são de venus”. Boa sorte na empreitada mulherada. Que a força esteja com vocês ;-)

  • http://www.papodehomem.com.br/author/thiago-oshiro-campi Thiago Oshiro Campi

    rs…o tempo dirá a cada uma o preço final desse “estilo de vida”. Já cansei de ver o semblante deprimente e triste dessas mulheres quando a vida faz a curva e o semi-centenário é concluído. Ouvir os lamentos e arrependimentos então…nem me fale.

    Incrível a busca da igualdade em gêneros completamente diferentes. Alguém sabiamente disse: “homens são de marte, mulheres são de venus”. Boa sorte na empreitada mulherada. Que a força esteja com vocês ;-)

  • http://www.papodehomem.com.br/author/thiago-oshiro-campi Thiago Oshiro Campi

    rs…o tempo dirá a cada uma o preço final desse “estilo de vida”. Já cansei de ver o semblante deprimente e triste dessas mulheres quando a vida faz a curva e o semi-centenário é concluído. Ouvir os lamentos e arrependimentos então…nem me fale.

    Incrível a busca da igualdade em gêneros completamente diferentes. Alguém sabiamente disse: “homens são de marte, mulheres são de venus”. Boa sorte na empreitada mulherada. Que a força esteja com vocês ;-)

  • Coturno

    Palmas à Mary Jane e à Srta. Scapin, por se porem em pé de igualdade com os homens e terem a prudência de serem discretas ao máximo. O mundo realmente não está preparado para vocês.

    Cabe aqui uma pequena explanação sobre os termos “cafajeste” e “canalha”: o cafajeste é sincero e toda mulher adora ele se põe como um P.A. e não engana ninguém, só não é aconselhavel se apaixonar o que geralmente acontece…. Já o canalha engana, mente e se mostra como o príncipe encantado, e cai fora deixando a mocinha indefesa aos prantos, ou melhor, na merda mesmo.

    Já um relacionamento entre um P.A. e uma B.A. é arriscada, mas não impossível. Penso que as coisas devem estar muito bem balanceadas. Mas só um casal de A.’s pode viver uma experiência sincera como perga DeRose, não?

  • Coturno

    Palmas à Mary Jane e à Srta. Scapin, por se porem em pé de igualdade com os homens e terem a prudência de serem discretas ao máximo. O mundo realmente não está preparado para vocês.

    Cabe aqui uma pequena explanação sobre os termos “cafajeste” e “canalha”: o cafajeste é sincero e toda mulher adora ele se põe como um P.A. e não engana ninguém, só não é aconselhavel se apaixonar o que geralmente acontece…. Já o canalha engana, mente e se mostra como o príncipe encantado, e cai fora deixando a mocinha indefesa aos prantos, ou melhor, na merda mesmo.

    Já um relacionamento entre um P.A. e uma B.A. é arriscada, mas não impossível. Penso que as coisas devem estar muito bem balanceadas. Mas só um casal de A.’s pode viver uma experiência sincera como perga DeRose, não?

  • Coturno

    Palmas à Mary Jane e à Srta. Scapin, por se porem em pé de igualdade com os homens e terem a prudência de serem discretas ao máximo. O mundo realmente não está preparado para vocês.

    Cabe aqui uma pequena explanação sobre os termos “cafajeste” e “canalha”: o cafajeste é sincero e toda mulher adora ele se põe como um P.A. e não engana ninguém, só não é aconselhavel se apaixonar o que geralmente acontece…. Já o canalha engana, mente e se mostra como o príncipe encantado, e cai fora deixando a mocinha indefesa aos prantos, ou melhor, na merda mesmo.

    Já um relacionamento entre um P.A. e uma B.A. é arriscada, mas não impossível. Penso que as coisas devem estar muito bem balanceadas. Mas só um casal de A.’s pode viver uma experiência sincera como perga DeRose, não?

  • Coturno

    Palmas à Mary Jane e à Srta. Scapin, por se porem em pé de igualdade com os homens e terem a prudência de serem discretas ao máximo. O mundo realmente não está preparado para vocês.

    Cabe aqui uma pequena explanação sobre os termos “cafajeste” e “canalha”: o cafajeste é sincero e toda mulher adora ele se põe como um P.A. e não engana ninguém, só não é aconselhavel se apaixonar o que geralmente acontece…. Já o canalha engana, mente e se mostra como o príncipe encantado, e cai fora deixando a mocinha indefesa aos prantos, ou melhor, na merda mesmo.

    Já um relacionamento entre um P.A. e uma B.A. é arriscada, mas não impossível. Penso que as coisas devem estar muito bem balanceadas. Mas só um casal de A.’s pode viver uma experiência sincera como perga DeRose, não?

  • Coturno

    Palmas à Mary Jane e à Srta. Scapin, por se porem em pé de igualdade com os homens e terem a prudência de serem discretas ao máximo. O mundo realmente não está preparado para vocês.

    Cabe aqui uma pequena explanação sobre os termos “cafajeste” e “canalha”: o cafajeste é sincero e toda mulher adora ele se põe como um P.A. e não engana ninguém, só não é aconselhavel se apaixonar o que geralmente acontece…. Já o canalha engana, mente e se mostra como o príncipe encantado, e cai fora deixando a mocinha indefesa aos prantos, ou melhor, na merda mesmo.

    Já um relacionamento entre um P.A. e uma B.A. é arriscada, mas não impossível. Penso que as coisas devem estar muito bem balanceadas. Mas só um casal de A.’s pode viver uma experiência sincera como perga DeRose, não?

  • Coturno

    Palmas à Mary Jane e à Srta. Scapin, por se porem em pé de igualdade com os homens e terem a prudência de serem discretas ao máximo. O mundo realmente não está preparado para vocês.

    Cabe aqui uma pequena explanação sobre os termos “cafajeste” e “canalha”: o cafajeste é sincero e toda mulher adora ele se põe como um P.A. e não engana ninguém, só não é aconselhavel se apaixonar o que geralmente acontece…. Já o canalha engana, mente e se mostra como o príncipe encantado, e cai fora deixando a mocinha indefesa aos prantos, ou melhor, na merda mesmo.

    Já um relacionamento entre um P.A. e uma B.A. é arriscada, mas não impossível. Penso que as coisas devem estar muito bem balanceadas. Mas só um casal de A.’s pode viver uma experiência sincera como perga DeRose, não?

  • Insolente

    Comentei o seguinte no comentário da Juliana:

    Transa DESCOMPROMISSADA com amiga só é válida se ela – a amiga – for “pirigueti”. Assim não se confundem as coisas, pois não são geradas possibilidades e expectativas de um relacionamento mais sério. Ora! Só se o sujeito tiver muito pouco controle emocional pra querer ter algo mais sério com uma mulher dessa espécie…. Além do mais, depois ela não terá muita autoridade para cobranças, que são grandes importunos.

    Então, Mary Jane, creio que pensamos parecido na coisa de preferir PA/BA de pessoas alcunhadas por tais termos. E parando pra pensar melhor agora, é fato que o termo cafajeste e galinha possuem um tom bem menos depreciativo do que vadia fria e calculista. Dependendo do contexto, galinha e cafajeste ganham até uma certa denotação cômica. Ou, até mesmo, pode ser visto sob aquele atributo do garanhão “mother fucker”. Agora vadia fria, até hoje, nunca vi ser usado sem possuir um tom depreciativo.

  • Insolente

    Comentei o seguinte no comentário da Juliana:

    Transa DESCOMPROMISSADA com amiga só é válida se ela – a amiga – for “pirigueti”. Assim não se confundem as coisas, pois não são geradas possibilidades e expectativas de um relacionamento mais sério. Ora! Só se o sujeito tiver muito pouco controle emocional pra querer ter algo mais sério com uma mulher dessa espécie…. Além do mais, depois ela não terá muita autoridade para cobranças, que são grandes importunos.

    Então, Mary Jane, creio que pensamos parecido na coisa de preferir PA/BA de pessoas alcunhadas por tais termos. E parando pra pensar melhor agora, é fato que o termo cafajeste e galinha possuem um tom bem menos depreciativo do que vadia fria e calculista. Dependendo do contexto, galinha e cafajeste ganham até uma certa denotação cômica. Ou, até mesmo, pode ser visto sob aquele atributo do garanhão “mother fucker”. Agora vadia fria, até hoje, nunca vi ser usado sem possuir um tom depreciativo.

  • Insolente

    Comentei o seguinte no comentário da Juliana:

    Transa DESCOMPROMISSADA com amiga só é válida se ela – a amiga – for “pirigueti”. Assim não se confundem as coisas, pois não são geradas possibilidades e expectativas de um relacionamento mais sério. Ora! Só se o sujeito tiver muito pouco controle emocional pra querer ter algo mais sério com uma mulher dessa espécie…. Além do mais, depois ela não terá muita autoridade para cobranças, que são grandes importunos.

    Então, Mary Jane, creio que pensamos parecido na coisa de preferir PA/BA de pessoas alcunhadas por tais termos. E parando pra pensar melhor agora, é fato que o termo cafajeste e galinha possuem um tom bem menos depreciativo do que vadia fria e calculista. Dependendo do contexto, galinha e cafajeste ganham até uma certa denotação cômica. Ou, até mesmo, pode ser visto sob aquele atributo do garanhão “mother fucker”. Agora vadia fria, até hoje, nunca vi ser usado sem possuir um tom depreciativo.

  • Insolente

    Comentei o seguinte no comentário da Juliana:

    Transa DESCOMPROMISSADA com amiga só é válida se ela – a amiga – for “pirigueti”. Assim não se confundem as coisas, pois não são geradas possibilidades e expectativas de um relacionamento mais sério. Ora! Só se o sujeito tiver muito pouco controle emocional pra querer ter algo mais sério com uma mulher dessa espécie…. Além do mais, depois ela não terá muita autoridade para cobranças, que são grandes importunos.

    Então, Mary Jane, creio que pensamos parecido na coisa de preferir PA/BA de pessoas alcunhadas por tais termos. E parando pra pensar melhor agora, é fato que o termo cafajeste e galinha possuem um tom bem menos depreciativo do que vadia fria e calculista. Dependendo do contexto, galinha e cafajeste ganham até uma certa denotação cômica. Ou, até mesmo, pode ser visto sob aquele atributo do garanhão “mother fucker”. Agora vadia fria, até hoje, nunca vi ser usado sem possuir um tom depreciativo.

  • Insolente

    Comentei o seguinte no comentário da Juliana:

    Transa DESCOMPROMISSADA com amiga só é válida se ela – a amiga – for “pirigueti”. Assim não se confundem as coisas, pois não são geradas possibilidades e expectativas de um relacionamento mais sério. Ora! Só se o sujeito tiver muito pouco controle emocional pra querer ter algo mais sério com uma mulher dessa espécie…. Além do mais, depois ela não terá muita autoridade para cobranças, que são grandes importunos.

    Então, Mary Jane, creio que pensamos parecido na coisa de preferir PA/BA de pessoas alcunhadas por tais termos. E parando pra pensar melhor agora, é fato que o termo cafajeste e galinha possuem um tom bem menos depreciativo do que vadia fria e calculista. Dependendo do contexto, galinha e cafajeste ganham até uma certa denotação cômica. Ou, até mesmo, pode ser visto sob aquele atributo do garanhão “mother fucker”. Agora vadia fria, até hoje, nunca vi ser usado sem possuir um tom depreciativo.

  • Insolente

    Comentei o seguinte no comentário da Juliana:

    Transa DESCOMPROMISSADA com amiga só é válida se ela – a amiga – for “pirigueti”. Assim não se confundem as coisas, pois não são geradas possibilidades e expectativas de um relacionamento mais sério. Ora! Só se o sujeito tiver muito pouco controle emocional pra querer ter algo mais sério com uma mulher dessa espécie…. Além do mais, depois ela não terá muita autoridade para cobranças, que são grandes importunos.

    Então, Mary Jane, creio que pensamos parecido na coisa de preferir PA/BA de pessoas alcunhadas por tais termos. E parando pra pensar melhor agora, é fato que o termo cafajeste e galinha possuem um tom bem menos depreciativo do que vadia fria e calculista. Dependendo do contexto, galinha e cafajeste ganham até uma certa denotação cômica. Ou, até mesmo, pode ser visto sob aquele atributo do garanhão “mother fucker”. Agora vadia fria, até hoje, nunca vi ser usado sem possuir um tom depreciativo.

  • Insolente

    Comentei o seguinte no comentário da Juliana:

    Transa DESCOMPROMISSADA com amiga só é válida se ela – a amiga – for “pirigueti”. Assim não se confundem as coisas, pois não são geradas possibilidades e expectativas de um relacionamento mais sério. Ora! Só se o sujeito tiver muito pouco controle emocional pra querer ter algo mais sério com uma mulher dessa espécie…. Além do mais, depois ela não terá muita autoridade para cobranças, que são grandes importunos.

    Então, Mary Jane, creio que pensamos parecido na coisa de preferir PA/BA de pessoas alcunhadas por tais termos. E parando pra pensar melhor agora, é fato que o termo cafajeste e galinha possuem um tom bem menos depreciativo do que vadia fria e calculista. Dependendo do contexto, galinha e cafajeste ganham até uma certa denotação cômica. Ou, até mesmo, pode ser visto sob aquele atributo do garanhão “mother fucker”. Agora vadia fria, até hoje, nunca vi ser usado sem possuir um tom depreciativo.

  • Insolente

    Comentei o seguinte no comentário da Juliana:

    Transa DESCOMPROMISSADA com amiga só é válida se ela – a amiga – for “pirigueti”. Assim não se confundem as coisas, pois não são geradas possibilidades e expectativas de um relacionamento mais sério. Ora! Só se o sujeito tiver muito pouco controle emocional pra querer ter algo mais sério com uma mulher dessa espécie…. Além do mais, depois ela não terá muita autoridade para cobranças, que são grandes importunos.

    Então, Mary Jane, creio que pensamos parecido na coisa de preferir PA/BA de pessoas alcunhadas por tais termos. E parando pra pensar melhor agora, é fato que o termo cafajeste e galinha possuem um tom bem menos depreciativo do que vadia fria e calculista. Dependendo do contexto, galinha e cafajeste ganham até uma certa denotação cômica. Ou, até mesmo, pode ser visto sob aquele atributo do garanhão “mother fucker”. Agora vadia fria, até hoje, nunca vi ser usado sem possuir um tom depreciativo.

  • Insolente

    Comentei o seguinte no comentário da Juliana:

    Transa DESCOMPROMISSADA com amiga só é válida se ela – a amiga – for “pirigueti”. Assim não se confundem as coisas, pois não são geradas possibilidades e expectativas de um relacionamento mais sério. Ora! Só se o sujeito tiver muito pouco controle emocional pra querer ter algo mais sério com uma mulher dessa espécie…. Além do mais, depois ela não terá muita autoridade para cobranças, que são grandes importunos.

    Então, Mary Jane, creio que pensamos parecido na coisa de preferir PA/BA de pessoas alcunhadas por tais termos. E parando pra pensar melhor agora, é fato que o termo cafajeste e galinha possuem um tom bem menos depreciativo do que vadia fria e calculista. Dependendo do contexto, galinha e cafajeste ganham até uma certa denotação cômica. Ou, até mesmo, pode ser visto sob aquele atributo do garanhão “mother fucker”. Agora vadia fria, até hoje, nunca vi ser usado sem possuir um tom depreciativo. Já cachorra e biscate possuem um quê menos ofensivo.

  • Insolente

    Comentei o seguinte no comentário da Juliana:

    Transa DESCOMPROMISSADA com amiga só é válida se ela – a amiga – for “pirigueti”. Assim não se confundem as coisas, pois não são geradas possibilidades e expectativas de um relacionamento mais sério. Ora! Só se o sujeito tiver muito pouco controle emocional pra querer ter algo mais sério com uma mulher dessa espécie…. Além do mais, depois ela não terá muita autoridade para cobranças, que são grandes importunos.

    Então, Mary Jane, creio que pensamos parecido na coisa de preferir PA/BA de pessoas alcunhadas por tais termos. E parando pra pensar melhor agora, é fato que o termo cafajeste e galinha possuem um tom bem menos depreciativo do que vadia fria e calculista. Dependendo do contexto, galinha e cafajeste ganham até uma certa denotação cômica. Ou, até mesmo, pode ser visto sob aquele atributo do garanhão “mother fucker”. Agora vadia fria, até hoje, nunca vi ser usado sem possuir um tom depreciativo. Já cachorra e biscate possuem um quê menos ofensivo.

  • Insolente

    Comentei o seguinte no comentário da Juliana:

    Transa DESCOMPROMISSADA com amiga só é válida se ela – a amiga – for “pirigueti”. Assim não se confundem as coisas, pois não são geradas possibilidades e expectativas de um relacionamento mais sério. Ora! Só se o sujeito tiver muito pouco controle emocional pra querer ter algo mais sério com uma mulher dessa espécie…. Além do mais, depois ela não terá muita autoridade para cobranças, que são grandes importunos.

    Então, Mary Jane, creio que pensamos parecido na coisa de preferir PA/BA de pessoas alcunhadas por tais termos. E parando pra pensar melhor agora, é fato que o termo cafajeste e galinha possuem um tom bem menos depreciativo do que vadia fria e calculista. Dependendo do contexto, galinha e cafajeste ganham até uma certa denotação cômica. Ou, até mesmo, pode ser visto sob aquele atributo do garanhão “mother fucker”. Agora vadia fria, até hoje, nunca vi ser usado sem possuir um tom depreciativo. Já cachorra e biscate possuem um quê menos ofensivo.

  • Insolente

    Comentei o seguinte no comentário da Juliana:

    Transa DESCOMPROMISSADA com amiga só é válida se ela – a amiga – for “pirigueti”. Assim não se confundem as coisas, pois não são geradas possibilidades e expectativas de um relacionamento mais sério. Ora! Só se o sujeito tiver muito pouco controle emocional pra querer ter algo mais sério com uma mulher dessa espécie…. Além do mais, depois ela não terá muita autoridade para cobranças, que são grandes importunos.

    Então, Mary Jane, creio que pensamos parecido na coisa de preferir PA/BA de pessoas alcunhadas por tais termos. E parando pra pensar melhor agora, é fato que o termo cafajeste e galinha possuem um tom bem menos depreciativo do que vadia fria e calculista. Dependendo do contexto, galinha e cafajeste ganham até uma certa denotação cômica. Ou, até mesmo, pode ser visto sob aquele atributo do garanhão “mother fucker”. Agora vadia fria, até hoje, nunca vi ser usado sem possuir um tom depreciativo. Já cachorra e biscate possuem um quê menos ofensivo.

  • Insolente

    Comentei o seguinte no comentário da Juliana:

    Transa DESCOMPROMISSADA com amiga só é válida se ela – a amiga – for “pirigueti”. Assim não se confundem as coisas, pois não são geradas possibilidades e expectativas de um relacionamento mais sério. Ora! Só se o sujeito tiver muito pouco controle emocional pra querer ter algo mais sério com uma mulher dessa espécie…. Além do mais, depois ela não terá muita autoridade para cobranças, que são grandes importunos.

    Então, Mary Jane, creio que pensamos parecido na coisa de preferir PA/BA de pessoas alcunhadas por tais termos. E parando pra pensar melhor agora, é fato que o termo cafajeste e galinha possuem um tom bem menos depreciativo do que vadia fria e calculista. Dependendo do contexto, galinha e cafajeste ganham até uma certa denotação cômica. Ou, até mesmo, pode ser visto sob aquele atributo do garanhão “mother fucker”. Agora vadia fria, até hoje, nunca vi ser usado sem possuir um tom depreciativo. Já cachorra e biscate possuem um quê menos ofensivo.

  • Insolente

    Comentei o seguinte no comentário da Juliana:

    Transa DESCOMPROMISSADA com amiga só é válida se ela – a amiga – for “pirigueti”. Assim não se confundem as coisas, pois não são geradas possibilidades e expectativas de um relacionamento mais sério. Ora! Só se o sujeito tiver muito pouco controle emocional pra querer ter algo mais sério com uma mulher dessa espécie…. Além do mais, depois ela não terá muita autoridade para cobranças, que são grandes importunos.

    Então, Mary Jane, creio que pensamos parecido na coisa de preferir PA/BA de pessoas alcunhadas por tais termos. E parando pra pensar melhor agora, é fato que o termo cafajeste e galinha possuem um tom bem menos depreciativo do que vadia fria e calculista. Dependendo do contexto, galinha e cafajeste ganham até uma certa denotação cômica. Ou, até mesmo, pode ser visto sob aquele atributo do garanhão “mother fucker”. Agora vadia fria, até hoje, nunca vi ser usado sem possuir um tom depreciativo. Já cachorra e biscate possuem um quê menos ofensivo.

  • Insolente

    Comentei o seguinte no comentário da Juliana:

    Transa DESCOMPROMISSADA com amiga só é válida se ela – a amiga – for “pirigueti”. Assim não se confundem as coisas, pois não são geradas possibilidades e expectativas de um relacionamento mais sério. Ora! Só se o sujeito tiver muito pouco controle emocional pra querer ter algo mais sério com uma mulher dessa espécie…. Além do mais, depois ela não terá muita autoridade para cobranças, que são grandes importunos.

    Então, Mary Jane, creio que pensamos parecido na coisa de preferir PA/BA de pessoas alcunhadas por tais termos. E parando pra pensar melhor agora, é fato que o termo cafajeste e galinha possuem um tom bem menos depreciativo do que vadia fria e calculista. Dependendo do contexto, galinha e cafajeste ganham até uma certa denotação cômica. Ou, até mesmo, pode ser visto sob aquele atributo do garanhão “mother fucker”. Agora vadia fria, até hoje, nunca vi ser usado sem possuir um tom depreciativo. Já cachorra e biscate possuem um quê menos ofensivo.

  • Insolente

    Comentei o seguinte no comentário da Juliana:

    Transa DESCOMPROMISSADA com amiga só é válida se ela – a amiga – for “pirigueti”. Assim não se confundem as coisas, pois não são geradas possibilidades e expectativas de um relacionamento mais sério. Ora! Só se o sujeito tiver muito pouco controle emocional pra querer ter algo mais sério com uma mulher dessa espécie…. Além do mais, depois ela não terá muita autoridade para cobranças, que são grandes importunos.

    Então, Mary Jane, creio que pensamos parecido na coisa de preferir PA/BA de pessoas alcunhadas por tais termos. E parando pra pensar melhor agora, é fato que o termo cafajeste e galinha possuem um tom bem menos depreciativo do que vadia fria e calculista. Dependendo do contexto, galinha e cafajeste ganham até uma certa denotação cômica. Ou, até mesmo, pode ser visto sob aquele atributo do garanhão “mother fucker”. Agora vadia fria, até hoje, nunca vi ser usado sem possuir um tom depreciativo. Já cachorra e biscate possuem um quê menos ofensivo.

  • Coturno

    Vadia fria pode ser depreciativo, mas simplesmente “vadia” deveria ser elevado ao posto de elogio. Soa muito bem, não?

  • Coturno

    Vadia fria pode ser depreciativo, mas simplesmente “vadia” deveria ser elevado ao posto de elogio. Soa muito bem, não?

  • Coturno

    Vadia fria pode ser depreciativo, mas simplesmente “vadia” deveria ser elevado ao posto de elogio. Soa muito bem, não?

  • Coturno

    Vadia fria pode ser depreciativo, mas simplesmente “vadia” deveria ser elevado ao posto de elogio. Soa muito bem, não?

  • Coturno

    Vadia fria pode ser depreciativo, mas simplesmente “vadia” deveria ser elevado ao posto de elogio. Soa muito bem, não?

  • Coturno

    Vadia fria pode ser depreciativo, mas simplesmente “vadia” deveria ser elevado ao posto de elogio. Soa muito bem, não?

  • Coturno

    Vadia fria pode ser depreciativo, mas simplesmente “vadia” deveria ser elevado ao posto de elogio. Soa muito bem, não?

  • Insolente

    Ah! Eu não sei, eu não sei, Coturno. Do meu ponto de vista, cachorra e biscate é legal, mas vadia não. Nunca vi nenhuma brincadeira envolvendo chamar uma mulher de vadia. Mas já vi brincadeiras com mulheres envolvendo os termos cachorra e biscate. Penso que vadia está mais relacionado às atividades profissionais ou ociosas da mulher, enquanto os outros termos estão mais relacionados ao gosto pelo sexo(algo natural).

  • Insolente

    Ah! Eu não sei, eu não sei, Coturno. Do meu ponto de vista, cachorra e biscate é legal, mas vadia não. Nunca vi nenhuma brincadeira envolvendo chamar uma mulher de vadia. Mas já vi brincadeiras com mulheres envolvendo os termos cachorra e biscate. Penso que vadia está mais relacionado às atividades profissionais ou ociosas da mulher, enquanto os outros termos estão mais relacionados ao gosto pelo sexo(algo natural).

  • Insolente

    Ah! Eu não sei, eu não sei, Coturno. Do meu ponto de vista, cachorra e biscate é legal, mas vadia não. Nunca vi nenhuma brincadeira envolvendo chamar uma mulher de vadia. Mas já vi brincadeiras com mulheres envolvendo os termos cachorra e biscate. Penso que vadia está mais relacionado às atividades profissionais ou ociosas da mulher, enquanto os outros termos estão mais relacionados ao gosto pelo sexo(algo natural).

  • Insolente

    Ah! Eu não sei, eu não sei, Coturno. Do meu ponto de vista, cachorra e biscate é legal, mas vadia não. Nunca vi nenhuma brincadeira envolvendo chamar uma mulher de vadia. Mas já vi brincadeiras com mulheres envolvendo os termos cachorra e biscate. Penso que vadia está mais relacionado às atividades profissionais ou ociosas da mulher, enquanto os outros termos estão mais relacionados ao gosto pelo sexo(algo natural).

  • Insolente

    Ah! Eu não sei, eu não sei, Coturno. Do meu ponto de vista, cachorra e biscate é legal, mas vadia não. Nunca vi nenhuma brincadeira envolvendo chamar uma mulher de vadia. Mas já vi brincadeiras com mulheres envolvendo os termos cachorra e biscate. Penso que vadia está mais relacionado às atividades profissionais ou ociosas da mulher, enquanto os outros termos estão mais relacionados ao gosto pelo sexo(algo natural).

  • Insolente

    Ah! Eu não sei, eu não sei, Coturno. Do meu ponto de vista, cachorra e biscate é legal, mas vadia não. Nunca vi nenhuma brincadeira envolvendo chamar uma mulher de vadia. Mas já vi brincadeiras com mulheres envolvendo os termos cachorra e biscate. Penso que vadia está mais relacionado às atividades profissionais ou ociosas da mulher, enquanto os outros termos estão mais relacionados ao gosto pelo sexo(algo natural).

  • Insolente

    Ah! Eu não sei, eu não sei, Coturno. Do meu ponto de vista, cachorra e biscate é legal, mas vadia não. Nunca vi nenhuma brincadeira envolvendo chamar uma mulher de vadia. Mas já vi brincadeiras com mulheres envolvendo os termos cachorra e biscate. Penso que vadia está mais relacionado às atividades profissionais ou ociosas da mulher, enquanto os outros termos estão mais relacionados ao gosto pelo sexo(algo natural).

  • Insolente

    Ah! Eu não sei, eu não sei, Coturno. Do meu ponto de vista, cachorra e biscate é legal, mas vadia não. Nunca vi nenhuma brincadeira envolvendo chamar uma mulher de vadia. Mas já vi brincadeiras com mulheres envolvendo os termos cachorra e biscate. Penso que vadia está mais relacionado às atividades profissionais ou ociosas da mulher, enquanto os outros termos estão mais relacionados ao gosto pelo sexo(algo natural).

  • Insolente

    Ah! Eu não sei, eu não sei, Coturno. Do meu ponto de vista, cachorra e biscate é legal, mas vadia não. Nunca vi nenhuma brincadeira envolvendo chamar uma mulher de vadia. Mas já vi brincadeiras com mulheres envolvendo os termos cachorra e biscate. Penso que vadia está mais relacionado às atividades profissionais ou ociosas da mulher, enquanto os outros termos estão mais relacionados ao gosto pelo sexo(algo natural).

  • Caio

    Eu gosto das minhas relações de friends with benefits.

    Sempre mantenho pelo menos uma que vejo ao menos uma vez por mês no domingo, que é o dia da carencia.

    agente se dá super bem
    quando a P.A oficial está namorando ou eu estou
    agente da uma ligeira afastada

    mas qnd ficamos solteiros sempre nos procuramos.

    e assim caminha a humanidade hehhe

  • Caio

    Eu gosto das minhas relações de friends with benefits.

    Sempre mantenho pelo menos uma que vejo ao menos uma vez por mês no domingo, que é o dia da carencia.

    agente se dá super bem
    quando a P.A oficial está namorando ou eu estou
    agente da uma ligeira afastada

    mas qnd ficamos solteiros sempre nos procuramos.

    e assim caminha a humanidade hehhe

  • Caio

    Eu gosto das minhas relações de friends with benefits.

    Sempre mantenho pelo menos uma que vejo ao menos uma vez por mês no domingo, que é o dia da carencia.

    agente se dá super bem
    quando a P.A oficial está namorando ou eu estou
    agente da uma ligeira afastada

    mas qnd ficamos solteiros sempre nos procuramos.

    e assim caminha a humanidade hehhe

  • Caio

    Eu gosto das minhas relações de friends with benefits.

    Sempre mantenho pelo menos uma que vejo ao menos uma vez por mês no domingo, que é o dia da carencia.

    agente se dá super bem
    quando a P.A oficial está namorando ou eu estou
    agente da uma ligeira afastada

    mas qnd ficamos solteiros sempre nos procuramos.

    e assim caminha a humanidade hehhe

  • Caio

    Eu gosto das minhas relações de friends with benefits.

    Sempre mantenho pelo menos uma que vejo ao menos uma vez por mês no domingo, que é o dia da carencia.

    agente se dá super bem
    quando a P.A oficial está namorando ou eu estou
    agente da uma ligeira afastada

    mas qnd ficamos solteiros sempre nos procuramos.

    e assim caminha a humanidade hehhe

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    Concordo, assim como cretino e devassa. Deveriam ser elogios.

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    Concordo, assim como cretino e devassa. Deveriam ser elogios.

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    Concordo, assim como cretino e devassa. Deveriam ser elogios.

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    Concordo, assim como cretino e devassa. Deveriam ser elogios.

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    Concordo, assim como cretino e devassa. Deveriam ser elogios.

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com MaryJane

    Concordo, assim como cretino e devassa. Deveriam ser elogios.

  • MaçãEtílica

    Desculpa… Sou bonito,tenho 28 anos e não tenho a menor vontade de ser P.A de alguma mulher.
    Quando estou solteiro prefiro pagar uma Prostituta a dormir com mulheres que conheço e tenho um relacionamento de amizade.

    Sexo quando não estou com alguem que goste é puramente mecanico… So quero me satisfazer.

    • robert luiz souza de melo

      as suas amigas tambem

  • MaçãEtílica

    Desculpa… Sou bonito,tenho 28 anos e não tenho a menor vontade de ser P.A de alguma mulher.
    Quando estou solteiro prefiro pagar uma Prostituta a dormir com mulheres que conheço e tenho um relacionamento de amizade.

    Sexo quando não estou com alguem que goste é puramente mecanico… So quero me satisfazer.

  • MaçãEtílica

    Desculpa… Sou bonito,tenho 28 anos e não tenho a menor vontade de ser P.A de alguma mulher.
    Quando estou solteiro prefiro pagar uma Prostituta a dormir com mulheres que conheço e tenho um relacionamento de amizade.

    Sexo quando não estou com alguem que goste é puramente mecanico… So quero me satisfazer.

  • MaçãEtílica

    Desculpa… Sou bonito,tenho 28 anos e não tenho a menor vontade de ser P.A de alguma mulher.
    Quando estou solteiro prefiro pagar uma Prostituta a dormir com mulheres que conheço e tenho um relacionamento de amizade.

    Sexo quando não estou com alguem que goste é puramente mecanico… So quero me satisfazer.

  • MaçãEtílica

    Desculpa… Sou bonito,tenho 28 anos e não tenho a menor vontade de ser P.A de alguma mulher.
    Quando estou solteiro prefiro pagar uma Prostituta a dormir com mulheres que conheço e tenho um relacionamento de amizade.

    Sexo quando não estou com alguem que goste é puramente mecanico… So quero me satisfazer.

  • MaçãEtílica

    Desculpa… Sou bonito,tenho 28 anos e não tenho a menor vontade de ser P.A de alguma mulher.
    Quando estou solteiro prefiro pagar uma Prostituta a dormir com mulheres que conheço e tenho um relacionamento de amizade.

    Sexo quando não estou com alguem que goste é puramente mecanico… So quero me satisfazer.

  • MaçãEtílica

    Desculpa… Sou bonito,tenho 28 anos e não tenho a menor vontade de ser P.A de alguma mulher.
    Quando estou solteiro prefiro pagar uma Prostituta a dormir com mulheres que conheço e tenho um relacionamento de amizade.

    Sexo quando não estou com alguem que goste é puramente mecanico… So quero me satisfazer.

  • MaçãEtílica

    Desculpa… Sou bonito,tenho 28 anos e não tenho a menor vontade de ser P.A de alguma mulher.
    Quando estou solteiro prefiro pagar uma Prostituta a dormir com mulheres que conheço e tenho um relacionamento de amizade.

    Sexo quando não estou com alguem que goste é puramente mecanico… So quero me satisfazer.

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Sapatilha

    Sensacional o texto acima…vcs já devem ter passado por situações em que são destratados por uma mulher ?( seja ela funcionária de banco, vendedora tanto faz). A primeira coisa q se diz é: Só pode ser mal comida!!! Certeza q se elas tivessem um PA o ambiente de trabalho iria melhorar bastante, Certeza

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Sapatilha

    Sensacional o texto acima…vcs já devem ter passado por situações em que são destratados por uma mulher ?( seja ela funcionária de banco, vendedora tanto faz). A primeira coisa q se diz é: Só pode ser mal comida!!! Certeza q se elas tivessem um PA o ambiente de trabalho iria melhorar bastante, Certeza

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Sapatilha

    Sensacional o texto acima…vcs já devem ter passado por situações em que são destratados por uma mulher ?( seja ela funcionária de banco, vendedora tanto faz). A primeira coisa q se diz é: Só pode ser mal comida!!! Certeza q se elas tivessem um PA o ambiente de trabalho iria melhorar bastante, Certeza

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Sapatilha

    Sensacional o texto acima…vcs já devem ter passado por situações em que são destratados por uma mulher ?( seja ela funcionária de banco, vendedora tanto faz). A primeira coisa q se diz é: Só pode ser mal comida!!! Certeza q se elas tivessem um PA o ambiente de trabalho iria melhorar bastante, Certeza

  • http://www.proveisso.net/ Johnny C

    show o artigo! mandaram muito bem mesmo. Já tive minhas “amigas coloridas”/”botty calls”, e já fui um também =p hoje to mais sossegado… sentindo saudades e todas aquelas coisas “bregas” kkkk

    “Por favor, façam o que vocês quiserem, mas SEJAM discretas. A sociedade não está preparada para certas coisas, ainda, infelizmente. E as pessoas ficam com muita inveja dessa sua relação maravilhosa, como você é aberta e feliz, e começam a se meter e a jogar praga ou lhe criticar pelas costas.” [2] cara… MUITA atenção pra essa “singela” frase, porque ela fala TUDO.

    E pra quem quiser se aventurar nesse estilo de vida, boa sorte, muita diversão e nunca esqueçam da camisinha e pílula!

  • http://www.proveisso.net/ Johnny C

    show o artigo! mandaram muito bem mesmo. Já tive minhas “amigas coloridas”/”botty calls”, e já fui um também =p hoje to mais sossegado… sentindo saudades e todas aquelas coisas “bregas” kkkk

    “Por favor, façam o que vocês quiserem, mas SEJAM discretas. A sociedade não está preparada para certas coisas, ainda, infelizmente. E as pessoas ficam com muita inveja dessa sua relação maravilhosa, como você é aberta e feliz, e começam a se meter e a jogar praga ou lhe criticar pelas costas.” [2] cara… MUITA atenção pra essa “singela” frase, porque ela fala TUDO.

    E pra quem quiser se aventurar nesse estilo de vida, boa sorte, muita diversão e nunca esqueçam da camisinha e pílula!

  • http://www.proveisso.net/ Johnny C

    show o artigo! mandaram muito bem mesmo. Já tive minhas “amigas coloridas”/”botty calls”, e já fui um também =p hoje to mais sossegado… sentindo saudades e todas aquelas coisas “bregas” kkkk

    “Por favor, façam o que vocês quiserem, mas SEJAM discretas. A sociedade não está preparada para certas coisas, ainda, infelizmente. E as pessoas ficam com muita inveja dessa sua relação maravilhosa, como você é aberta e feliz, e começam a se meter e a jogar praga ou lhe criticar pelas costas.” [2] cara… MUITA atenção pra essa “singela” frase, porque ela fala TUDO.

    E pra quem quiser se aventurar nesse estilo de vida, boa sorte, muita diversão e nunca esqueçam da camisinha e pílula!

  • http://www.proveisso.net/ Johnny C

    show o artigo! mandaram muito bem mesmo. Já tive minhas “amigas coloridas”/”botty calls”, e já fui um também =p hoje to mais sossegado… sentindo saudades e todas aquelas coisas “bregas” kkkk

    “Por favor, façam o que vocês quiserem, mas SEJAM discretas. A sociedade não está preparada para certas coisas, ainda, infelizmente. E as pessoas ficam com muita inveja dessa sua relação maravilhosa, como você é aberta e feliz, e começam a se meter e a jogar praga ou lhe criticar pelas costas.” [2] cara… MUITA atenção pra essa “singela” frase, porque ela fala TUDO.

    E pra quem quiser se aventurar nesse estilo de vida, boa sorte, muita diversão e nunca esqueçam da camisinha e pílula!

  • http://www.proveisso.net/ Johnny C

    show o artigo! mandaram muito bem mesmo. Já tive minhas “amigas coloridas”/”botty calls”, e já fui um também =p hoje to mais sossegado… sentindo saudades e todas aquelas coisas “bregas” kkkk

    “Por favor, façam o que vocês quiserem, mas SEJAM discretas. A sociedade não está preparada para certas coisas, ainda, infelizmente. E as pessoas ficam com muita inveja dessa sua relação maravilhosa, como você é aberta e feliz, e começam a se meter e a jogar praga ou lhe criticar pelas costas.” [2] cara… MUITA atenção pra essa “singela” frase, porque ela fala TUDO.

    E pra quem quiser se aventurar nesse estilo de vida, boa sorte, muita diversão e nunca esqueçam da camisinha e pílula!

  • http://www.proveisso.net/ Johnny C

    show o artigo! mandaram muito bem mesmo. Já tive minhas “amigas coloridas”/”botty calls”, e já fui um também =p hoje to mais sossegado… sentindo saudades e todas aquelas coisas “bregas” kkkk

    “Por favor, façam o que vocês quiserem, mas SEJAM discretas. A sociedade não está preparada para certas coisas, ainda, infelizmente. E as pessoas ficam com muita inveja dessa sua relação maravilhosa, como você é aberta e feliz, e começam a se meter e a jogar praga ou lhe criticar pelas costas.” [2] cara… MUITA atenção pra essa “singela” frase, porque ela fala TUDO.

    E pra quem quiser se aventurar nesse estilo de vida, boa sorte, muita diversão e nunca esqueçam da camisinha e pílula!

  • http://www.proveisso.net Johnny C

    show o artigo! mandaram muito bem mesmo. Já tive minhas “amigas coloridas”/”botty calls”, e já fui um também =p hoje to mais sossegado… sentindo saudades e todas aquelas coisas “bregas” kkkk

    “Por favor, façam o que vocês quiserem, mas SEJAM discretas. A sociedade não está preparada para certas coisas, ainda, infelizmente. E as pessoas ficam com muita inveja dessa sua relação maravilhosa, como você é aberta e feliz, e começam a se meter e a jogar praga ou lhe criticar pelas costas.” [2] cara… MUITA atenção pra essa “singela” frase, porque ela fala TUDO.

    E pra quem quiser se aventurar nesse estilo de vida, boa sorte, muita diversão e nunca esqueçam da camisinha e pílula!

  • http://www.mfbad.wordpress.com/ Jonathan

    Tipo…tenho uma espécie de PA (não sei se expressão serve pro sexo feminino), uma amiga com quem tenho muitas conversas, conheços todos os amigos dela, aliás eles são meus amigos também, gostamos de avaliar (mesmo que brincando) as paqueras um do outro e o sexo é muito, eu disse muito bom. Enfim, somos o oposto de quase todas as “regras” citadas no post.
    Mas lembrando que estou só comentando porque acho que se fosse outra pessoa, eu teria que seguir quase todas as regras.

    Visitem meu mísero “brog”: http://www.mfbad.wordpress.com

  • http://www.mfbad.wordpress.com/ Jonathan

    Tipo…tenho uma espécie de PA (não sei se expressão serve pro sexo feminino), uma amiga com quem tenho muitas conversas, conheços todos os amigos dela, aliás eles são meus amigos também, gostamos de avaliar (mesmo que brincando) as paqueras um do outro e o sexo é muito, eu disse muito bom. Enfim, somos o oposto de quase todas as “regras” citadas no post.
    Mas lembrando que estou só comentando porque acho que se fosse outra pessoa, eu teria que seguir quase todas as regras.

    Visitem meu mísero “brog”: http://www.mfbad.wordpress.com

  • http://www.mfbad.wordpress.com/ Jonathan

    Tipo…tenho uma espécie de PA (não sei se expressão serve pro sexo feminino), uma amiga com quem tenho muitas conversas, conheços todos os amigos dela, aliás eles são meus amigos também, gostamos de avaliar (mesmo que brincando) as paqueras um do outro e o sexo é muito, eu disse muito bom. Enfim, somos o oposto de quase todas as “regras” citadas no post.
    Mas lembrando que estou só comentando porque acho que se fosse outra pessoa, eu teria que seguir quase todas as regras.

    Visitem meu mísero “brog”: http://www.mfbad.wordpress.com

  • http://www.mfbad.wordpress.com/ Jonathan

    Tipo…tenho uma espécie de PA (não sei se expressão serve pro sexo feminino), uma amiga com quem tenho muitas conversas, conheços todos os amigos dela, aliás eles são meus amigos também, gostamos de avaliar (mesmo que brincando) as paqueras um do outro e o sexo é muito, eu disse muito bom. Enfim, somos o oposto de quase todas as “regras” citadas no post.
    Mas lembrando que estou só comentando porque acho que se fosse outra pessoa, eu teria que seguir quase todas as regras.

    Visitem meu mísero “brog”: http://www.mfbad.wordpress.com

  • http://www.mfbad.wordpress.com/ Jonathan

    Tipo…tenho uma espécie de PA (não sei se expressão serve pro sexo feminino), uma amiga com quem tenho muitas conversas, conheços todos os amigos dela, aliás eles são meus amigos também, gostamos de avaliar (mesmo que brincando) as paqueras um do outro e o sexo é muito, eu disse muito bom. Enfim, somos o oposto de quase todas as “regras” citadas no post.
    Mas lembrando que estou só comentando porque acho que se fosse outra pessoa, eu teria que seguir quase todas as regras.

    Visitem meu mísero “brog”: http://www.mfbad.wordpress.com

  • http://www.mfbad.wordpress.com/ Jonathan

    Tipo…tenho uma espécie de PA (não sei se expressão serve pro sexo feminino), uma amiga com quem tenho muitas conversas, conheços todos os amigos dela, aliás eles são meus amigos também, gostamos de avaliar (mesmo que brincando) as paqueras um do outro e o sexo é muito, eu disse muito bom. Enfim, somos o oposto de quase todas as “regras” citadas no post.
    Mas lembrando que estou só comentando porque acho que se fosse outra pessoa, eu teria que seguir quase todas as regras.

    Visitem meu mísero “brog”: http://www.mfbad.wordpress.com

  • http://www.mfbad.wordpress.com/ Jonathan

    Tipo…tenho uma espécie de PA (não sei se expressão serve pro sexo feminino), uma amiga com quem tenho muitas conversas, conheços todos os amigos dela, aliás eles são meus amigos também, gostamos de avaliar (mesmo que brincando) as paqueras um do outro e o sexo é muito, eu disse muito bom. Enfim, somos o oposto de quase todas as “regras” citadas no post.
    Mas lembrando que estou só comentando porque acho que se fosse outra pessoa, eu teria que seguir quase todas as regras.

    Visitem meu mísero “brog”: http://www.mfbad.wordpress.com

  • http://www.mfbad.wordpress.com Jonathan

    Tipo…tenho uma espécie de PA (não sei se expressão serve pro sexo feminino), uma amiga com quem tenho muitas conversas, conheços todos os amigos dela, aliás eles são meus amigos também, gostamos de avaliar (mesmo que brincando) as paqueras um do outro e o sexo é muito, eu disse muito bom. Enfim, somos o oposto de quase todas as “regras” citadas no post.
    Mas lembrando que estou só comentando porque acho que se fosse outra pessoa, eu teria que seguir quase todas as regras.

    Visitem meu mísero “brog”: http://www.mfbad.wordpress.com

  • http://www.oventilador.org/ Patricia

    Muitas das vezes nem precisamos das regras…

    Na verdade acho que qualifica um amigo como P.A ou FF são as regras.
    Seu amigo (ou suposto-amigo) só é PA,se vc em hipotese alguma namoraria ele, se não liga p/ ele e, só manda menságem qndo quer sexo e/ou está mto, mto mto carente…

    E, muitas das vezes é bom deixar o PA na geladeira!
    *só recorrer em casos extremos … huahua

  • http://www.oventilador.org/ Patricia

    Muitas das vezes nem precisamos das regras…

    Na verdade acho que qualifica um amigo como P.A ou FF são as regras.
    Seu amigo (ou suposto-amigo) só é PA,se vc em hipotese alguma namoraria ele, se não liga p/ ele e, só manda menságem qndo quer sexo e/ou está mto, mto mto carente…

    E, muitas das vezes é bom deixar o PA na geladeira!
    *só recorrer em casos extremos … huahua

  • http://www.oventilador.org/ Patricia

    Muitas das vezes nem precisamos das regras…

    Na verdade acho que qualifica um amigo como P.A ou FF são as regras.
    Seu amigo (ou suposto-amigo) só é PA,se vc em hipotese alguma namoraria ele, se não liga p/ ele e, só manda menságem qndo quer sexo e/ou está mto, mto mto carente…

    E, muitas das vezes é bom deixar o PA na geladeira!
    *só recorrer em casos extremos … huahua

  • http://www.oventilador.org/ Patricia

    Muitas das vezes nem precisamos das regras…

    Na verdade acho que qualifica um amigo como P.A ou FF são as regras.
    Seu amigo (ou suposto-amigo) só é PA,se vc em hipotese alguma namoraria ele, se não liga p/ ele e, só manda menságem qndo quer sexo e/ou está mto, mto mto carente…

    E, muitas das vezes é bom deixar o PA na geladeira!
    *só recorrer em casos extremos … huahua

  • http://www.oventilador.org/ Patricia

    Muitas das vezes nem precisamos das regras…

    Na verdade acho que qualifica um amigo como P.A ou FF são as regras.
    Seu amigo (ou suposto-amigo) só é PA,se vc em hipotese alguma namoraria ele, se não liga p/ ele e, só manda menságem qndo quer sexo e/ou está mto, mto mto carente…

    E, muitas das vezes é bom deixar o PA na geladeira!
    *só recorrer em casos extremos … huahua

  • http://www.oventilador.org/ Patricia

    Muitas das vezes nem precisamos das regras…

    Na verdade acho que qualifica um amigo como P.A ou FF são as regras.
    Seu amigo (ou suposto-amigo) só é PA,se vc em hipotese alguma namoraria ele, se não liga p/ ele e, só manda menságem qndo quer sexo e/ou está mto, mto mto carente…

    E, muitas das vezes é bom deixar o PA na geladeira!
    *só recorrer em casos extremos … huahua

  • http://www.oventilador.org/ Patricia

    Muitas das vezes nem precisamos das regras…

    Na verdade acho que qualifica um amigo como P.A ou FF são as regras.
    Seu amigo (ou suposto-amigo) só é PA,se vc em hipotese alguma namoraria ele, se não liga p/ ele e, só manda menságem qndo quer sexo e/ou está mto, mto mto carente…

    E, muitas das vezes é bom deixar o PA na geladeira!
    *só recorrer em casos extremos … huahua

  • http://www.oventilador.org Patricia

    Muitas das vezes nem precisamos das regras…

    Na verdade acho que qualifica um amigo como P.A ou FF são as regras.
    Seu amigo (ou suposto-amigo) só é PA,se vc em hipotese alguma namoraria ele, se não liga p/ ele e, só manda menságem qndo quer sexo e/ou está mto, mto mto carente…

    E, muitas das vezes é bom deixar o PA na geladeira!
    *só recorrer em casos extremos … huahua

  • Pingback: Dormi a sesta e acordei com uma brasileira « Palpitar

  • LUA

    Se eu posso comprar o meu pinto de borracha para que vou querer um P.A? Se eu posso dar pra quem quiser sem compromisso já que as coisas mudaram e principalmente evoluíram PRA QUE VOU QUERER UM P.A.! Hoje de fato as mulheres estão digamos mais ABERTASSS. E como! Vejo meninas de 15 anos com mais experiência sexual que eu que tenho 35. Já tive um P.A ele era meu e de mais 20 meninas que segurança pode ter nisso? Concordo mais com o MaçãEtílica! Sinto mais prazer me masturbando do que DANDO PRA VER ENTRAR! Existem coisas em um homem que fazem com que as mulheres tenham vontade de dar pra ele. Como vc acha que um gordo feio transa? Ele tem alguma coisa que faz com uma mulher tenha vontade de dar pra ele (…..). NA BOA NÃO TEM COISA MAIS DELICIOSA DO QUE TRANSAR COM O CARA QUE VC: GOSTA DO PINTO, DO CHEIRO, DO GOSTO, DO PAPO, DA PELE, DO CABELO, DO JEITO QUE REBOLA HUMMM. Da pra dosar tudo isso com: AMOR, PAIXÃO, CIÚMES ETC.. Tudo é uma questão de EQUILIBRIO. Bom eu gosto assim se não for assim vou comprar um PINTO de BORRACHA!!!

  • LUA

    Se eu posso comprar o meu pinto de borracha para que vou querer um P.A? Se eu posso dar pra quem quiser sem compromisso já que as coisas mudaram e principalmente evoluíram PRA QUE VOU QUERER UM P.A.! Hoje de fato as mulheres estão digamos mais ABERTASSS. E como! Vejo meninas de 15 anos com mais experiência sexual que eu que tenho 35. Já tive um P.A ele era meu e de mais 20 meninas que segurança pode ter nisso? Concordo mais com o MaçãEtílica! Sinto mais prazer me masturbando do que DANDO PRA VER ENTRAR! Existem coisas em um homem que fazem com que as mulheres tenham vontade de dar pra ele. Como vc acha que um gordo feio transa? Ele tem alguma coisa que faz com uma mulher tenha vontade de dar pra ele (…..). NA BOA NÃO TEM COISA MAIS DELICIOSA DO QUE TRANSAR COM O CARA QUE VC: GOSTA DO PINTO, DO CHEIRO, DO GOSTO, DO PAPO, DA PELE, DO CABELO, DO JEITO QUE REBOLA HUMMM. Da pra dosar tudo isso com: AMOR, PAIXÃO, CIÚMES ETC.. Tudo é uma questão de EQUILIBRIO. Bom eu gosto assim se não for assim vou comprar um PINTO de BORRACHA!!!

  • LUA

    Se eu posso comprar o meu pinto de borracha para que vou querer um P.A? Se eu posso dar pra quem quiser sem compromisso já que as coisas mudaram e principalmente evoluíram PRA QUE VOU QUERER UM P.A.! Hoje de fato as mulheres estão digamos mais ABERTASSS. E como! Vejo meninas de 15 anos com mais experiência sexual que eu que tenho 35. Já tive um P.A ele era meu e de mais 20 meninas que segurança pode ter nisso? Concordo mais com o MaçãEtílica! Sinto mais prazer me masturbando do que DANDO PRA VER ENTRAR! Existem coisas em um homem que fazem com que as mulheres tenham vontade de dar pra ele. Como vc acha que um gordo feio transa? Ele tem alguma coisa que faz com uma mulher tenha vontade de dar pra ele (…..). NA BOA NÃO TEM COISA MAIS DELICIOSA DO QUE TRANSAR COM O CARA QUE VC: GOSTA DO PINTO, DO CHEIRO, DO GOSTO, DO PAPO, DA PELE, DO CABELO, DO JEITO QUE REBOLA HUMMM. Da pra dosar tudo isso com: AMOR, PAIXÃO, CIÚMES ETC.. Tudo é uma questão de EQUILIBRIO. Bom eu gosto assim se não for assim vou comprar um PINTO de BORRACHA!!!

  • LUA

    Se eu posso comprar o meu pinto de borracha para que vou querer um P.A? Se eu posso dar pra quem quiser sem compromisso já que as coisas mudaram e principalmente evoluíram PRA QUE VOU QUERER UM P.A.! Hoje de fato as mulheres estão digamos mais ABERTASSS. E como! Vejo meninas de 15 anos com mais experiência sexual que eu que tenho 35. Já tive um P.A ele era meu e de mais 20 meninas que segurança pode ter nisso? Concordo mais com o MaçãEtílica! Sinto mais prazer me masturbando do que DANDO PRA VER ENTRAR! Existem coisas em um homem que fazem com que as mulheres tenham vontade de dar pra ele. Como vc acha que um gordo feio transa? Ele tem alguma coisa que faz com uma mulher tenha vontade de dar pra ele (…..). NA BOA NÃO TEM COISA MAIS DELICIOSA DO QUE TRANSAR COM O CARA QUE VC: GOSTA DO PINTO, DO CHEIRO, DO GOSTO, DO PAPO, DA PELE, DO CABELO, DO JEITO QUE REBOLA HUMMM. Da pra dosar tudo isso com: AMOR, PAIXÃO, CIÚMES ETC.. Tudo é uma questão de EQUILIBRIO. Bom eu gosto assim se não for assim vou comprar um PINTO de BORRACHA!!!

  • LUA

    Se eu posso comprar o meu pinto de borracha para que vou querer um P.A? Se eu posso dar pra quem quiser sem compromisso já que as coisas mudaram e principalmente evoluíram PRA QUE VOU QUERER UM P.A.! Hoje de fato as mulheres estão digamos mais ABERTASSS. E como! Vejo meninas de 15 anos com mais experiência sexual que eu que tenho 35. Já tive um P.A ele era meu e de mais 20 meninas que segurança pode ter nisso? Concordo mais com o MaçãEtílica! Sinto mais prazer me masturbando do que DANDO PRA VER ENTRAR! Existem coisas em um homem que fazem com que as mulheres tenham vontade de dar pra ele. Como vc acha que um gordo feio transa? Ele tem alguma coisa que faz com uma mulher tenha vontade de dar pra ele (…..). NA BOA NÃO TEM COISA MAIS DELICIOSA DO QUE TRANSAR COM O CARA QUE VC: GOSTA DO PINTO, DO CHEIRO, DO GOSTO, DO PAPO, DA PELE, DO CABELO, DO JEITO QUE REBOLA HUMMM. Da pra dosar tudo isso com: AMOR, PAIXÃO, CIÚMES ETC.. Tudo é uma questão de EQUILIBRIO. Bom eu gosto assim se não for assim vou comprar um PINTO de BORRACHA!!!

  • LUA

    Se eu posso comprar o meu pinto de borracha para que vou querer um P.A? Se eu posso dar pra quem quiser sem compromisso já que as coisas mudaram e principalmente evoluíram PRA QUE VOU QUERER UM P.A.! Hoje de fato as mulheres estão digamos mais ABERTASSS. E como! Vejo meninas de 15 anos com mais experiência sexual que eu que tenho 35. Já tive um P.A ele era meu e de mais 20 meninas que segurança pode ter nisso? Concordo mais com o MaçãEtílica! Sinto mais prazer me masturbando do que DANDO PRA VER ENTRAR! Existem coisas em um homem que fazem com que as mulheres tenham vontade de dar pra ele. Como vc acha que um gordo feio transa? Ele tem alguma coisa que faz com uma mulher tenha vontade de dar pra ele (…..). NA BOA NÃO TEM COISA MAIS DELICIOSA DO QUE TRANSAR COM O CARA QUE VC: GOSTA DO PINTO, DO CHEIRO, DO GOSTO, DO PAPO, DA PELE, DO CABELO, DO JEITO QUE REBOLA HUMMM. Da pra dosar tudo isso com: AMOR, PAIXÃO, CIÚMES ETC.. Tudo é uma questão de EQUILIBRIO. Bom eu gosto assim se não for assim vou comprar um PINTO de BORRACHA!!!

  • LUA

    Se eu posso comprar o meu pinto de borracha para que vou querer um P.A? Se eu posso dar pra quem quiser sem compromisso já que as coisas mudaram e principalmente evoluíram PRA QUE VOU QUERER UM P.A.! Hoje de fato as mulheres estão digamos mais ABERTASSS. E como! Vejo meninas de 15 anos com mais experiência sexual que eu que tenho 35. Já tive um P.A ele era meu e de mais 20 meninas que segurança pode ter nisso? Concordo mais com o MaçãEtílica! Sinto mais prazer me masturbando do que DANDO PRA VER ENTRAR! Existem coisas em um homem que fazem com que as mulheres tenham vontade de dar pra ele. Como vc acha que um gordo feio transa? Ele tem alguma coisa que faz com uma mulher tenha vontade de dar pra ele (…..). NA BOA NÃO TEM COISA MAIS DELICIOSA DO QUE TRANSAR COM O CARA QUE VC: GOSTA DO PINTO, DO CHEIRO, DO GOSTO, DO PAPO, DA PELE, DO CABELO, DO JEITO QUE REBOLA HUMMM. Da pra dosar tudo isso com: AMOR, PAIXÃO, CIÚMES ETC.. Tudo é uma questão de EQUILIBRIO. Bom eu gosto assim se não for assim vou comprar um PINTO de BORRACHA!!!

  • LUA

    Se eu posso comprar o meu pinto de borracha para que vou querer um P.A? Se eu posso dar pra quem quiser sem compromisso já que as coisas mudaram e principalmente evoluíram PRA QUE VOU QUERER UM P.A.! Hoje de fato as mulheres estão digamos mais ABERTASSS. E como! Vejo meninas de 15 anos com mais experiência sexual que eu que tenho 35. Já tive um P.A ele era meu e de mais 20 meninas que segurança pode ter nisso? Concordo mais com o MaçãEtílica! Sinto mais prazer me masturbando do que DANDO PRA VER ENTRAR! Existem coisas em um homem que fazem com que as mulheres tenham vontade de dar pra ele. Como vc acha que um gordo feio transa? Ele tem alguma coisa que faz com uma mulher tenha vontade de dar pra ele (…..). NA BOA NÃO TEM COISA MAIS DELICIOSA DO QUE TRANSAR COM O CARA QUE VC: GOSTA DO PINTO, DO CHEIRO, DO GOSTO, DO PAPO, DA PELE, DO CABELO, DO JEITO QUE REBOLA HUMMM. Da pra dosar tudo isso com: AMOR, PAIXÃO, CIÚMES ETC.. Tudo é uma questão de EQUILIBRIO. Bom eu gosto assim se não for assim vou comprar um PINTO de BORRACHA!!!

  • LUA

    Se eu posso comprar o meu pinto de borracha para que vou querer um P.A? Se eu posso dar pra quem quiser sem compromisso já que as coisas mudaram e principalmente evoluíram PRA QUE VOU QUERER UM P.A.! Hoje de fato as mulheres estão digamos mais ABERTASSS. E como! Vejo meninas de 15 anos com mais experiência sexual que eu que tenho 35. Já tive um P.A ele era meu e de mais 20 meninas que segurança pode ter nisso? Concordo mais com o MaçãEtílica! Sinto mais prazer me masturbando do que DANDO PRA VER ENTRAR! Existem coisas em um homem que fazem com que as mulheres tenham vontade de dar pra ele. Como vc acha que um gordo feio transa? Ele tem alguma coisa que faz com uma mulher tenha vontade de dar pra ele (…..). NA BOA NÃO TEM COISA MAIS DELICIOSA DO QUE TRANSAR COM O CARA QUE VC: GOSTA DO PINTO, DO CHEIRO, DO GOSTO, DO PAPO, DA PELE, DO CABELO, DO JEITO QUE REBOLA HUMMM. Da pra dosar tudo isso com: AMOR, PAIXÃO, CIÚMES ETC.. Tudo é uma questão de EQUILIBRIO. Bom eu gosto assim se não for assim vou comprar um PINTO de BORRACHA!!!

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    1. Acho que você não escolheu muito bem esse seu PA colega.

    2. PINTO DE BORRACHA? Que coisa mais demodê. O negócio agora é o Rabbit. Muito mais avançado gata ;) Vai por mim.

    http://en.wikipedia.org/wiki/Rabbit_vibrator

    E viva a diversidade o/

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    1. Acho que você não escolheu muito bem esse seu PA colega.

    2. PINTO DE BORRACHA? Que coisa mais demodê. O negócio agora é o Rabbit. Muito mais avançado gata ;) Vai por mim.

    http://en.wikipedia.org/wiki/Rabbit_vibrator

    E viva a diversidade o/

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    1. Acho que você não escolheu muito bem esse seu PA colega.

    2. PINTO DE BORRACHA? Que coisa mais demodê. O negócio agora é o Rabbit. Muito mais avançado gata ;) Vai por mim.

    http://en.wikipedia.org/wiki/Rabbit_vibrator

    E viva a diversidade o/

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    1. Acho que você não escolheu muito bem esse seu PA colega.

    2. PINTO DE BORRACHA? Que coisa mais demodê. O negócio agora é o Rabbit. Muito mais avançado gata ;) Vai por mim.

    http://en.wikipedia.org/wiki/Rabbit_vibrator

    E viva a diversidade o/

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    1. Acho que você não escolheu muito bem esse seu PA colega.

    2. PINTO DE BORRACHA? Que coisa mais demodê. O negócio agora é o Rabbit. Muito mais avançado gata ;) Vai por mim.

    http://en.wikipedia.org/wiki/Rabbit_vibrator

    E viva a diversidade o/

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    1. Acho que você não escolheu muito bem esse seu PA colega.

    2. PINTO DE BORRACHA? Que coisa mais demodê. O negócio agora é o Rabbit. Muito mais avançado gata ;) Vai por mim.

    http://en.wikipedia.org/wiki/Rabbit_vibrator

    E viva a diversidade o/

  • http://palpitar.blogs.sapo.pt/ Palpitar

    Te citei no meu blog.
    Grande texto.
    Um abraço

  • http://palpitar.blogs.sapo.pt/ Palpitar

    Te citei no meu blog.
    Grande texto.
    Um abraço

  • http://palpitar.blogs.sapo.pt/ Palpitar

    Te citei no meu blog.
    Grande texto.
    Um abraço

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    1. Acho que você não escolheu muito bem esse seu PA colega.

    2. PINTO DE BORRACHA? Que coisa mais demodê. O negócio agora é o Rabbit. Muito mais avançado gata ;) Vai por mim.

    http://en.wikipedia.org/wiki/Rabbit_vibrator

    E viva a diversidade o/

  • Lucas Ramos

    O texto tá muito massa!!!
    Parabéns!!!
    P.S.: Eu sou um P.A.!!!!
    P.P.S.: É muito bom ser um P.A.!

  • http://palpitar.blogs.sapo.pt/ Palpitar

    Te citei no meu blog.
    Grande texto.
    Um abraço

  • http://palpitar.blogs.sapo.pt/ Palpitar

    Te citei no meu blog.
    Grande texto.
    Um abraço

  • Lucas Ramos

    O texto tá muito massa!!!
    Parabéns!!!
    P.S.: Eu sou um P.A.!!!!
    P.P.S.: É muito bom ser um P.A.!

  • Lucas Ramos

    O texto tá muito massa!!!
    Parabéns!!!
    P.S.: Eu sou um P.A.!!!!
    P.P.S.: É muito bom ser um P.A.!

  • Lucas Ramos

    O texto tá muito massa!!!
    Parabéns!!!
    P.S.: Eu sou um P.A.!!!!
    P.P.S.: É muito bom ser um P.A.!

  • http://palpitar.blogs.sapo.pt/ Palpitar

    Te citei no meu blog.
    Grande texto.
    Um abraço

  • http://palpitar.blogs.sapo.pt/ Palpitar

    Te citei no meu blog.
    Grande texto.
    Um abraço

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com MaryJane

    1. Acho que você não escolheu muito bem esse seu PA colega.

    2. PINTO DE BORRACHA? Que coisa mais demodê. O negócio agora é o Rabbit. Muito mais avançado gata ;) Vai por mim.

    http://en.wikipedia.org/wiki/Rabbit_vibrator

    E viva a diversidade \o/

  • http://palpitar.blogs.sapo.pt/ Palpitar

    Te citei no meu blog.
    Grande texto.
    Um abraço

  • Lucas Ramos

    O texto tá muito massa!!!
    Parabéns!!!
    P.S.: Eu sou um P.A.!!!!
    P.P.S.: É muito bom ser um P.A.!

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    E viva a diversidade! o/

    Adorando os comentários. ;D

    Valeu pessoal!

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    E viva a diversidade! o/

    Adorando os comentários. ;D

    Valeu pessoal!

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    E viva a diversidade! o/

    Adorando os comentários. ;D

    Valeu pessoal!

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    E viva a diversidade! o/

    Adorando os comentários. ;D

    Valeu pessoal!

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    E viva a diversidade! o/

    Adorando os comentários. ;D

    Valeu pessoal!

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    E viva a diversidade! o/

    Adorando os comentários. ;D

    Valeu pessoal!

  • http://saltoafiado.blogspot.com Srta. Scarpin

    E viva a diversidade! \o/

    Adorando os comentários. ;D

    Valeu pessoal!

  • Sebastian

    O duro são as mulheres conseguirem seguir essas 15 regras à letra dominadas pelos homens.Boa sorte!

    Te toda forma é um grande texto.

    Já fui P.A e não deu certo, acabamos namorando.

    • Enny

      Ahh eu ja acho que deu tanto certo que vcs namoraram. rs

  • Sebastian

    O duro são as mulheres conseguirem seguir essas 15 regras à letra dominadas pelos homens.Boa sorte!

    Te toda forma é um grande texto.

    Já fui P.A e não deu certo, acabamos namorando.

  • Sebastian

    O duro são as mulheres conseguirem seguir essas 15 regras à letra dominadas pelos homens.Boa sorte!

    Te toda forma é um grande texto.

    Já fui P.A e não deu certo, acabamos namorando.

  • Sebastian

    O duro são as mulheres conseguirem seguir essas 15 regras à letra dominadas pelos homens.Boa sorte!

    Te toda forma é um grande texto.

    Já fui P.A e não deu certo, acabamos namorando.

  • Sebastian

    O duro são as mulheres conseguirem seguir essas 15 regras à letra dominadas pelos homens.Boa sorte!

    Te toda forma é um grande texto.

    Já fui P.A e não deu certo, acabamos namorando.

  • Sebastian

    O duro são as mulheres conseguirem seguir essas 15 regras à letra dominadas pelos homens.Boa sorte!

    Te toda forma é um grande texto.

    Já fui P.A e não deu certo, acabamos namorando.

  • Sebastian

    O duro são as mulheres conseguirem seguir essas 15 regras à letra dominadas pelos homens.Boa sorte!

    Te toda forma é um grande texto.

    Já fui P.A e não deu certo, acabamos namorando.

  • Sebastian

    O duro são as mulheres conseguirem seguir essas 15 regras à letra dominadas pelos homens.Boa sorte!

    Te toda forma é um grande texto.

    Já fui P.A e não deu certo, acabamos namorando.

  • Sebastian

    O duro são as mulheres conseguirem seguir essas 15 regras à letra dominadas pelos homens.Boa sorte!

    Te toda forma é um grande texto.

    Já fui P.A e não deu certo, acabamos namorando.

  • Caio

    Engraçado vocês colocarem “fuck buddy”, “friends with benefits” e “booty calls” como sendo P.As. Acho que isso cria uma confusão, que nem o MaçãEtílica falando que se sentiria mal transando com uma amiga “mecanicamente”. Pra mim, tem uma diferença:

    Fuck Buddy: como o nome diz, um “parceira de foda”, seria uma mulher que eu conheci numa festa, é gente boa, rolou um papo legal, a gente acabou se pegando e de vez em quando saímos, bebemos, transamos e não nos vemos por algum tempo. Esse é o relacionamento que eu normalmente procuro; duas pessoas que só querem se divertir, tem algumas coisas em comum, se sentem bem um com o outro; é difícil encontrar.

    Friends with Benefits: também, como o nome diz, “amiga com benefícios”, uma mina que eu conheci, pode não ter rolado nada de início, a gente ficou amigo, um dia rolou uma pegação, a gente freqüenta mais ou menos os mesmos lugares mas nem por isso a gente sempre tá junto e nem por isso a gente sempre se pega. (Esse tipo de relacionamento me parece muito, muito difícil de acontecer, só conheço “em teoria”, hehehe.)

    Booty Call: “ligação pra sexo”. Esse daí é o seguinte: me encontrei com uma mina, numa balada (provavelmente bêbado e com tesão), mal conversei, mas o tesão foi forte, acabei indo pra casa com ela. Não temos nada em comum, às vezes até um acha o outro um pouco feio, mas o sexo é bão. Então, nunca combinamos nada, cada um sai com sua turma, “à caça” ou não, mas quando chega no final da noite e nenhum dois pegou ninguém, mas tá com vontade, rola aquela mensagem/ligação “e aí, onde vc tá?”. Se encontram, se fodem, cada um vai pro seu canto.

    Às vezes nem precisa ser no final da balada; o espírito é, bateu a vontade, liga e torce pro outro estar livre e afim (se o sexo for bão mesmo, normalmente o outro aceita, hehehehe). Acho que esse é o mais parecido com o PA que vocês descreveram.

    Enfim, é isso. Ótimo texto! Mas queria ver um comentário do tipo “nossa, nunca tentei isso. Vou tentar!”, de alguma mulher, ao invés de só aparecer gente que já tentou e concorda ou gente que nunca tentou e discorda.

  • Caio

    Engraçado vocês colocarem “fuck buddy”, “friends with benefits” e “booty calls” como sendo P.As. Acho que isso cria uma confusão, que nem o MaçãEtílica falando que se sentiria mal transando com uma amiga “mecanicamente”. Pra mim, tem uma diferença:

    Fuck Buddy: como o nome diz, um “parceira de foda”, seria uma mulher que eu conheci numa festa, é gente boa, rolou um papo legal, a gente acabou se pegando e de vez em quando saímos, bebemos, transamos e não nos vemos por algum tempo. Esse é o relacionamento que eu normalmente procuro; duas pessoas que só querem se divertir, tem algumas coisas em comum, se sentem bem um com o outro; é difícil encontrar.

    Friends with Benefits: também, como o nome diz, “amiga com benefícios”, uma mina que eu conheci, pode não ter rolado nada de início, a gente ficou amigo, um dia rolou uma pegação, a gente freqüenta mais ou menos os mesmos lugares mas nem por isso a gente sempre tá junto e nem por isso a gente sempre se pega. (Esse tipo de relacionamento me parece muito, muito difícil de acontecer, só conheço “em teoria”, hehehe.)

    Booty Call: “ligação pra sexo”. Esse daí é o seguinte: me encontrei com uma mina, numa balada (provavelmente bêbado e com tesão), mal conversei, mas o tesão foi forte, acabei indo pra casa com ela. Não temos nada em comum, às vezes até um acha o outro um pouco feio, mas o sexo é bão. Então, nunca combinamos nada, cada um sai com sua turma, “à caça” ou não, mas quando chega no final da noite e nenhum dois pegou ninguém, mas tá com vontade, rola aquela mensagem/ligação “e aí, onde vc tá?”. Se encontram, se fodem, cada um vai pro seu canto.

    Às vezes nem precisa ser no final da balada; o espírito é, bateu a vontade, liga e torce pro outro estar livre e afim (se o sexo for bão mesmo, normalmente o outro aceita, hehehehe). Acho que esse é o mais parecido com o PA que vocês descreveram.

    Enfim, é isso. Ótimo texto! Mas queria ver um comentário do tipo “nossa, nunca tentei isso. Vou tentar!”, de alguma mulher, ao invés de só aparecer gente que já tentou e concorda ou gente que nunca tentou e discorda.

  • Caio

    Engraçado vocês colocarem “fuck buddy”, “friends with benefits” e “booty calls” como sendo P.As. Acho que isso cria uma confusão, que nem o MaçãEtílica falando que se sentiria mal transando com uma amiga “mecanicamente”. Pra mim, tem uma diferença:

    Fuck Buddy: como o nome diz, um “parceira de foda”, seria uma mulher que eu conheci numa festa, é gente boa, rolou um papo legal, a gente acabou se pegando e de vez em quando saímos, bebemos, transamos e não nos vemos por algum tempo. Esse é o relacionamento que eu normalmente procuro; duas pessoas que só querem se divertir, tem algumas coisas em comum, se sentem bem um com o outro; é difícil encontrar.

    Friends with Benefits: também, como o nome diz, “amiga com benefícios”, uma mina que eu conheci, pode não ter rolado nada de início, a gente ficou amigo, um dia rolou uma pegação, a gente freqüenta mais ou menos os mesmos lugares mas nem por isso a gente sempre tá junto e nem por isso a gente sempre se pega. (Esse tipo de relacionamento me parece muito, muito difícil de acontecer, só conheço “em teoria”, hehehe.)

    Booty Call: “ligação pra sexo”. Esse daí é o seguinte: me encontrei com uma mina, numa balada (provavelmente bêbado e com tesão), mal conversei, mas o tesão foi forte, acabei indo pra casa com ela. Não temos nada em comum, às vezes até um acha o outro um pouco feio, mas o sexo é bão. Então, nunca combinamos nada, cada um sai com sua turma, “à caça” ou não, mas quando chega no final da noite e nenhum dois pegou ninguém, mas tá com vontade, rola aquela mensagem/ligação “e aí, onde vc tá?”. Se encontram, se fodem, cada um vai pro seu canto.

    Às vezes nem precisa ser no final da balada; o espírito é, bateu a vontade, liga e torce pro outro estar livre e afim (se o sexo for bão mesmo, normalmente o outro aceita, hehehehe). Acho que esse é o mais parecido com o PA que vocês descreveram.

    Enfim, é isso. Ótimo texto! Mas queria ver um comentário do tipo “nossa, nunca tentei isso. Vou tentar!”, de alguma mulher, ao invés de só aparecer gente que já tentou e concorda ou gente que nunca tentou e discorda.

  • Caio

    Engraçado vocês colocarem “fuck buddy”, “friends with benefits” e “booty calls” como sendo P.As. Acho que isso cria uma confusão, que nem o MaçãEtílica falando que se sentiria mal transando com uma amiga “mecanicamente”. Pra mim, tem uma diferença:

    Fuck Buddy: como o nome diz, um “parceira de foda”, seria uma mulher que eu conheci numa festa, é gente boa, rolou um papo legal, a gente acabou se pegando e de vez em quando saímos, bebemos, transamos e não nos vemos por algum tempo. Esse é o relacionamento que eu normalmente procuro; duas pessoas que só querem se divertir, tem algumas coisas em comum, se sentem bem um com o outro; é difícil encontrar.

    Friends with Benefits: também, como o nome diz, “amiga com benefícios”, uma mina que eu conheci, pode não ter rolado nada de início, a gente ficou amigo, um dia rolou uma pegação, a gente freqüenta mais ou menos os mesmos lugares mas nem por isso a gente sempre tá junto e nem por isso a gente sempre se pega. (Esse tipo de relacionamento me parece muito, muito difícil de acontecer, só conheço “em teoria”, hehehe.)

    Booty Call: “ligação pra sexo”. Esse daí é o seguinte: me encontrei com uma mina, numa balada (provavelmente bêbado e com tesão), mal conversei, mas o tesão foi forte, acabei indo pra casa com ela. Não temos nada em comum, às vezes até um acha o outro um pouco feio, mas o sexo é bão. Então, nunca combinamos nada, cada um sai com sua turma, “à caça” ou não, mas quando chega no final da noite e nenhum dois pegou ninguém, mas tá com vontade, rola aquela mensagem/ligação “e aí, onde vc tá?”. Se encontram, se fodem, cada um vai pro seu canto.

    Às vezes nem precisa ser no final da balada; o espírito é, bateu a vontade, liga e torce pro outro estar livre e afim (se o sexo for bão mesmo, normalmente o outro aceita, hehehehe). Acho que esse é o mais parecido com o PA que vocês descreveram.

    Enfim, é isso. Ótimo texto! Mas queria ver um comentário do tipo “nossa, nunca tentei isso. Vou tentar!”, de alguma mulher, ao invés de só aparecer gente que já tentou e concorda ou gente que nunca tentou e discorda.

  • Caio

    Engraçado vocês colocarem “fuck buddy”, “friends with benefits” e “booty calls” como sendo P.As. Acho que isso cria uma confusão, que nem o MaçãEtílica falando que se sentiria mal transando com uma amiga “mecanicamente”. Pra mim, tem uma diferença:

    Fuck Buddy: como o nome diz, um “parceira de foda”, seria uma mulher que eu conheci numa festa, é gente boa, rolou um papo legal, a gente acabou se pegando e de vez em quando saímos, bebemos, transamos e não nos vemos por algum tempo. Esse é o relacionamento que eu normalmente procuro; duas pessoas que só querem se divertir, tem algumas coisas em comum, se sentem bem um com o outro; é difícil encontrar.

    Friends with Benefits: também, como o nome diz, “amiga com benefícios”, uma mina que eu conheci, pode não ter rolado nada de início, a gente ficou amigo, um dia rolou uma pegação, a gente freqüenta mais ou menos os mesmos lugares mas nem por isso a gente sempre tá junto e nem por isso a gente sempre se pega. (Esse tipo de relacionamento me parece muito, muito difícil de acontecer, só conheço “em teoria”, hehehe.)

    Booty Call: “ligação pra sexo”. Esse daí é o seguinte: me encontrei com uma mina, numa balada (provavelmente bêbado e com tesão), mal conversei, mas o tesão foi forte, acabei indo pra casa com ela. Não temos nada em comum, às vezes até um acha o outro um pouco feio, mas o sexo é bão. Então, nunca combinamos nada, cada um sai com sua turma, “à caça” ou não, mas quando chega no final da noite e nenhum dois pegou ninguém, mas tá com vontade, rola aquela mensagem/ligação “e aí, onde vc tá?”. Se encontram, se fodem, cada um vai pro seu canto.

    Às vezes nem precisa ser no final da balada; o espírito é, bateu a vontade, liga e torce pro outro estar livre e afim (se o sexo for bão mesmo, normalmente o outro aceita, hehehehe). Acho que esse é o mais parecido com o PA que vocês descreveram.

    Enfim, é isso. Ótimo texto! Mas queria ver um comentário do tipo “nossa, nunca tentei isso. Vou tentar!”, de alguma mulher, ao invés de só aparecer gente que já tentou e concorda ou gente que nunca tentou e discorda.

  • Caio

    Engraçado vocês colocarem “fuck buddy”, “friends with benefits” e “booty calls” como sendo P.As. Acho que isso cria uma confusão, que nem o MaçãEtílica falando que se sentiria mal transando com uma amiga “mecanicamente”. Pra mim, tem uma diferença:

    Fuck Buddy: como o nome diz, um “parceira de foda”, seria uma mulher que eu conheci numa festa, é gente boa, rolou um papo legal, a gente acabou se pegando e de vez em quando saímos, bebemos, transamos e não nos vemos por algum tempo. Esse é o relacionamento que eu normalmente procuro; duas pessoas que só querem se divertir, tem algumas coisas em comum, se sentem bem um com o outro; é difícil encontrar.

    Friends with Benefits: também, como o nome diz, “amiga com benefícios”, uma mina que eu conheci, pode não ter rolado nada de início, a gente ficou amigo, um dia rolou uma pegação, a gente freqüenta mais ou menos os mesmos lugares mas nem por isso a gente sempre tá junto e nem por isso a gente sempre se pega. (Esse tipo de relacionamento me parece muito, muito difícil de acontecer, só conheço “em teoria”, hehehe.)

    Booty Call: “ligação pra sexo”. Esse daí é o seguinte: me encontrei com uma mina, numa balada (provavelmente bêbado e com tesão), mal conversei, mas o tesão foi forte, acabei indo pra casa com ela. Não temos nada em comum, às vezes até um acha o outro um pouco feio, mas o sexo é bão. Então, nunca combinamos nada, cada um sai com sua turma, “à caça” ou não, mas quando chega no final da noite e nenhum dois pegou ninguém, mas tá com vontade, rola aquela mensagem/ligação “e aí, onde vc tá?”. Se encontram, se fodem, cada um vai pro seu canto.

    Às vezes nem precisa ser no final da balada; o espírito é, bateu a vontade, liga e torce pro outro estar livre e afim (se o sexo for bão mesmo, normalmente o outro aceita, hehehehe). Acho que esse é o mais parecido com o PA que vocês descreveram.

    Enfim, é isso. Ótimo texto! Mas queria ver um comentário do tipo “nossa, nunca tentei isso. Vou tentar!”, de alguma mulher, ao invés de só aparecer gente que já tentou e concorda ou gente que nunca tentou e discorda.

  • Caio

    Engraçado vocês colocarem “fuck buddy”, “friends with benefits” e “booty calls” como sendo P.As. Acho que isso cria uma confusão, que nem o MaçãEtílica falando que se sentiria mal transando com uma amiga “mecanicamente”. Pra mim, tem uma diferença:

    Fuck Buddy: como o nome diz, um “parceira de foda”, seria uma mulher que eu conheci numa festa, é gente boa, rolou um papo legal, a gente acabou se pegando e de vez em quando saímos, bebemos, transamos e não nos vemos por algum tempo. Esse é o relacionamento que eu normalmente procuro; duas pessoas que só querem se divertir, tem algumas coisas em comum, se sentem bem um com o outro; é difícil encontrar.

    Friends with Benefits: também, como o nome diz, “amiga com benefícios”, uma mina que eu conheci, pode não ter rolado nada de início, a gente ficou amigo, um dia rolou uma pegação, a gente freqüenta mais ou menos os mesmos lugares mas nem por isso a gente sempre tá junto e nem por isso a gente sempre se pega. (Esse tipo de relacionamento me parece muito, muito difícil de acontecer, só conheço “em teoria”, hehehe.)

    Booty Call: “ligação pra sexo”. Esse daí é o seguinte: me encontrei com uma mina, numa balada (provavelmente bêbado e com tesão), mal conversei, mas o tesão foi forte, acabei indo pra casa com ela. Não temos nada em comum, às vezes até um acha o outro um pouco feio, mas o sexo é bão. Então, nunca combinamos nada, cada um sai com sua turma, “à caça” ou não, mas quando chega no final da noite e nenhum dois pegou ninguém, mas tá com vontade, rola aquela mensagem/ligação “e aí, onde vc tá?”. Se encontram, se fodem, cada um vai pro seu canto.

    Às vezes nem precisa ser no final da balada; o espírito é, bateu a vontade, liga e torce pro outro estar livre e afim (se o sexo for bão mesmo, normalmente o outro aceita, hehehehe). Acho que esse é o mais parecido com o PA que vocês descreveram.

    Enfim, é isso. Ótimo texto! Mas queria ver um comentário do tipo “nossa, nunca tentei isso. Vou tentar!”, de alguma mulher, ao invés de só aparecer gente que já tentou e concorda ou gente que nunca tentou e discorda.

  • Caio

    Engraçado vocês colocarem “fuck buddy”, “friends with benefits” e “booty calls” como sendo P.As. Acho que isso cria uma confusão, que nem o MaçãEtílica falando que se sentiria mal transando com uma amiga “mecanicamente”. Pra mim, tem uma diferença:

    Fuck Buddy: como o nome diz, um “parceira de foda”, seria uma mulher que eu conheci numa festa, é gente boa, rolou um papo legal, a gente acabou se pegando e de vez em quando saímos, bebemos, transamos e não nos vemos por algum tempo. Esse é o relacionamento que eu normalmente procuro; duas pessoas que só querem se divertir, tem algumas coisas em comum, se sentem bem um com o outro; é difícil encontrar.

    Friends with Benefits: também, como o nome diz, “amiga com benefícios”, uma mina que eu conheci, pode não ter rolado nada de início, a gente ficou amigo, um dia rolou uma pegação, a gente freqüenta mais ou menos os mesmos lugares mas nem por isso a gente sempre tá junto e nem por isso a gente sempre se pega. (Esse tipo de relacionamento me parece muito, muito difícil de acontecer, só conheço “em teoria”, hehehe.)

    Booty Call: “ligação pra sexo”. Esse daí é o seguinte: me encontrei com uma mina, numa balada (provavelmente bêbado e com tesão), mal conversei, mas o tesão foi forte, acabei indo pra casa com ela. Não temos nada em comum, às vezes até um acha o outro um pouco feio, mas o sexo é bão. Então, nunca combinamos nada, cada um sai com sua turma, “à caça” ou não, mas quando chega no final da noite e nenhum dois pegou ninguém, mas tá com vontade, rola aquela mensagem/ligação “e aí, onde vc tá?”. Se encontram, se fodem, cada um vai pro seu canto.

    Às vezes nem precisa ser no final da balada; o espírito é, bateu a vontade, liga e torce pro outro estar livre e afim (se o sexo for bão mesmo, normalmente o outro aceita, hehehehe). Acho que esse é o mais parecido com o PA que vocês descreveram.

    Enfim, é isso. Ótimo texto! Mas queria ver um comentário do tipo “nossa, nunca tentei isso. Vou tentar!”, de alguma mulher, ao invés de só aparecer gente que já tentou e concorda ou gente que nunca tentou e discorda.

  • Caio

    Engraçado vocês colocarem “fuck buddy”, “friends with benefits” e “booty calls” como sendo P.As. Acho que isso cria uma confusão, que nem o MaçãEtílica falando que se sentiria mal transando com uma amiga “mecanicamente”. Pra mim, tem uma diferença:

    Fuck Buddy: como o nome diz, um “parceira de foda”, seria uma mulher que eu conheci numa festa, é gente boa, rolou um papo legal, a gente acabou se pegando e de vez em quando saímos, bebemos, transamos e não nos vemos por algum tempo. Esse é o relacionamento que eu normalmente procuro; duas pessoas que só querem se divertir, tem algumas coisas em comum, se sentem bem um com o outro; é difícil encontrar.

    Friends with Benefits: também, como o nome diz, “amiga com benefícios”, uma mina que eu conheci, pode não ter rolado nada de início, a gente ficou amigo, um dia rolou uma pegação, a gente freqüenta mais ou menos os mesmos lugares mas nem por isso a gente sempre tá junto e nem por isso a gente sempre se pega. (Esse tipo de relacionamento me parece muito, muito difícil de acontecer, só conheço “em teoria”, hehehe.)

    Booty Call: “ligação pra sexo”. Esse daí é o seguinte: me encontrei com uma mina, numa balada (provavelmente bêbado e com tesão), mal conversei, mas o tesão foi forte, acabei indo pra casa com ela. Não temos nada em comum, às vezes até um acha o outro um pouco feio, mas o sexo é bão. Então, nunca combinamos nada, cada um sai com sua turma, “à caça” ou não, mas quando chega no final da noite e nenhum dois pegou ninguém, mas tá com vontade, rola aquela mensagem/ligação “e aí, onde vc tá?”. Se encontram, se fodem, cada um vai pro seu canto.

    Às vezes nem precisa ser no final da balada; o espírito é, bateu a vontade, liga e torce pro outro estar livre e afim (se o sexo for bão mesmo, normalmente o outro aceita, hehehehe). Acho que esse é o mais parecido com o PA que vocês descreveram.

    Enfim, é isso. Ótimo texto! Mas queria ver um comentário do tipo “nossa, nunca tentei isso. Vou tentar!”, de alguma mulher, ao invés de só aparecer gente que já tentou e concorda ou gente que nunca tentou e discorda.

  • http://femininobrainstorming.blogspot.com/ Ju Siqueira

    Ótimo texto, Colegas de Room!

    Entretanto, ainda fico na curiosidade em conhecer alguém que tenha tido um relacionamento – seja ele qual for – com o tal do PA e que o mesmo tenha se mantido estável e sem grandes crises.

    Acho ótimo, mas acho que é o tipo de coisa que fica lindo na teoria e no texto, porque na realidade…Infelizmente, a coisa não funciona. Tem que ter muitos anos de terapia no meio, pra se manter um relacionamento que envolva sexo e…Não se envolver, afinal.

    Da primeira vez, tudo bem. Segunda, Terceira. Aí, vc vai se empolgando…Vê que “Porra, que bacana! Como eu sou cabeça-feita! Ótimo. Tenho o meu P.A. que não atrapalha a minha vida profissional, me faz gozar quando eu quero, é ótima companhia pra beber e fazer balada…Tenho sexo fácil que não atrapalha as outras áreas da minha vida em que eu tbm quero gozar. Sozinha, no caso”.

    Só que daí, você vê que tem que estabilizar todas as suas emoções, loucuras e paixões, em cima de 15 regrinhas nada básicas, pra manter a mente sã e o corpo…hum….idem, talvez. Simplesmente porque somos seres HUMANOS. E essa última palavrinha coloca qualquer tipo de regra ou conceito abaixo. Felizmente.

    Tenho namorado, morro de tesão nele, então…Vejo essa situação sob outra perspectiva. Mas se não tivesse aí vai a minha equação: Fofolete, compra um vibrador super luxo-poder-e-cobiça na Maizon Z. Você goza gostoso, mantém o amigo e principalmente…Não corre o risco de ter dor de cabeça. Antes, durante ou depois.

  • http://femininobrainstorming.blogspot.com/ Ju Siqueira

    Ótimo texto, Colegas de Room!

    Entretanto, ainda fico na curiosidade em conhecer alguém que tenha tido um relacionamento – seja ele qual for – com o tal do PA e que o mesmo tenha se mantido estável e sem grandes crises.

    Acho ótimo, mas acho que é o tipo de coisa que fica lindo na teoria e no texto, porque na realidade…Infelizmente, a coisa não funciona. Tem que ter muitos anos de terapia no meio, pra se manter um relacionamento que envolva sexo e…Não se envolver, afinal.

    Da primeira vez, tudo bem. Segunda, Terceira. Aí, vc vai se empolgando…Vê que “Porra, que bacana! Como eu sou cabeça-feita! Ótimo. Tenho o meu P.A. que não atrapalha a minha vida profissional, me faz gozar quando eu quero, é ótima companhia pra beber e fazer balada…Tenho sexo fácil que não atrapalha as outras áreas da minha vida em que eu tbm quero gozar. Sozinha, no caso”.

    Só que daí, você vê que tem que estabilizar todas as suas emoções, loucuras e paixões, em cima de 15 regrinhas nada básicas, pra manter a mente sã e o corpo…hum….idem, talvez. Simplesmente porque somos seres HUMANOS. E essa última palavrinha coloca qualquer tipo de regra ou conceito abaixo. Felizmente.

    Tenho namorado, morro de tesão nele, então…Vejo essa situação sob outra perspectiva. Mas se não tivesse aí vai a minha equação: Fofolete, compra um vibrador super luxo-poder-e-cobiça na Maizon Z. Você goza gostoso, mantém o amigo e principalmente…Não corre o risco de ter dor de cabeça. Antes, durante ou depois.

  • http://femininobrainstorming.blogspot.com/ Ju Siqueira

    Ótimo texto, Colegas de Room!

    Entretanto, ainda fico na curiosidade em conhecer alguém que tenha tido um relacionamento – seja ele qual for – com o tal do PA e que o mesmo tenha se mantido estável e sem grandes crises.

    Acho ótimo, mas acho que é o tipo de coisa que fica lindo na teoria e no texto, porque na realidade…Infelizmente, a coisa não funciona. Tem que ter muitos anos de terapia no meio, pra se manter um relacionamento que envolva sexo e…Não se envolver, afinal.

    Da primeira vez, tudo bem. Segunda, Terceira. Aí, vc vai se empolgando…Vê que “Porra, que bacana! Como eu sou cabeça-feita! Ótimo. Tenho o meu P.A. que não atrapalha a minha vida profissional, me faz gozar quando eu quero, é ótima companhia pra beber e fazer balada…Tenho sexo fácil que não atrapalha as outras áreas da minha vida em que eu tbm quero gozar. Sozinha, no caso”.

    Só que daí, você vê que tem que estabilizar todas as suas emoções, loucuras e paixões, em cima de 15 regrinhas nada básicas, pra manter a mente sã e o corpo…hum….idem, talvez. Simplesmente porque somos seres HUMANOS. E essa última palavrinha coloca qualquer tipo de regra ou conceito abaixo. Felizmente.

    Tenho namorado, morro de tesão nele, então…Vejo essa situação sob outra perspectiva. Mas se não tivesse aí vai a minha equação: Fofolete, compra um vibrador super luxo-poder-e-cobiça na Maizon Z. Você goza gostoso, mantém o amigo e principalmente…Não corre o risco de ter dor de cabeça. Antes, durante ou depois.

  • http://femininobrainstorming.blogspot.com/ Ju Siqueira

    Ótimo texto, Colegas de Room!

    Entretanto, ainda fico na curiosidade em conhecer alguém que tenha tido um relacionamento – seja ele qual for – com o tal do PA e que o mesmo tenha se mantido estável e sem grandes crises.

    Acho ótimo, mas acho que é o tipo de coisa que fica lindo na teoria e no texto, porque na realidade…Infelizmente, a coisa não funciona. Tem que ter muitos anos de terapia no meio, pra se manter um relacionamento que envolva sexo e…Não se envolver, afinal.

    Da primeira vez, tudo bem. Segunda, Terceira. Aí, vc vai se empolgando…Vê que “Porra, que bacana! Como eu sou cabeça-feita! Ótimo. Tenho o meu P.A. que não atrapalha a minha vida profissional, me faz gozar quando eu quero, é ótima companhia pra beber e fazer balada…Tenho sexo fácil que não atrapalha as outras áreas da minha vida em que eu tbm quero gozar. Sozinha, no caso”.

    Só que daí, você vê que tem que estabilizar todas as suas emoções, loucuras e paixões, em cima de 15 regrinhas nada básicas, pra manter a mente sã e o corpo…hum….idem, talvez. Simplesmente porque somos seres HUMANOS. E essa última palavrinha coloca qualquer tipo de regra ou conceito abaixo. Felizmente.

    Tenho namorado, morro de tesão nele, então…Vejo essa situação sob outra perspectiva. Mas se não tivesse aí vai a minha equação: Fofolete, compra um vibrador super luxo-poder-e-cobiça na Maizon Z. Você goza gostoso, mantém o amigo e principalmente…Não corre o risco de ter dor de cabeça. Antes, durante ou depois.

  • http://femininobrainstorming.blogspot.com/ Ju Siqueira

    Ótimo texto, Colegas de Room!

    Entretanto, ainda fico na curiosidade em conhecer alguém que tenha tido um relacionamento – seja ele qual for – com o tal do PA e que o mesmo tenha se mantido estável e sem grandes crises.

    Acho ótimo, mas acho que é o tipo de coisa que fica lindo na teoria e no texto, porque na realidade…Infelizmente, a coisa não funciona. Tem que ter muitos anos de terapia no meio, pra se manter um relacionamento que envolva sexo e…Não se envolver, afinal.

    Da primeira vez, tudo bem. Segunda, Terceira. Aí, vc vai se empolgando…Vê que “Porra, que bacana! Como eu sou cabeça-feita! Ótimo. Tenho o meu P.A. que não atrapalha a minha vida profissional, me faz gozar quando eu quero, é ótima companhia pra beber e fazer balada…Tenho sexo fácil que não atrapalha as outras áreas da minha vida em que eu tbm quero gozar. Sozinha, no caso”.

    Só que daí, você vê que tem que estabilizar todas as suas emoções, loucuras e paixões, em cima de 15 regrinhas nada básicas, pra manter a mente sã e o corpo…hum….idem, talvez. Simplesmente porque somos seres HUMANOS. E essa última palavrinha coloca qualquer tipo de regra ou conceito abaixo. Felizmente.

    Tenho namorado, morro de tesão nele, então…Vejo essa situação sob outra perspectiva. Mas se não tivesse aí vai a minha equação: Fofolete, compra um vibrador super luxo-poder-e-cobiça na Maizon Z. Você goza gostoso, mantém o amigo e principalmente…Não corre o risco de ter dor de cabeça. Antes, durante ou depois.

  • http://femininobrainstorming.blogspot.com/ Ju Siqueira

    Ótimo texto, Colegas de Room!

    Entretanto, ainda fico na curiosidade em conhecer alguém que tenha tido um relacionamento – seja ele qual for – com o tal do PA e que o mesmo tenha se mantido estável e sem grandes crises.

    Acho ótimo, mas acho que é o tipo de coisa que fica lindo na teoria e no texto, porque na realidade…Infelizmente, a coisa não funciona. Tem que ter muitos anos de terapia no meio, pra se manter um relacionamento que envolva sexo e…Não se envolver, afinal.

    Da primeira vez, tudo bem. Segunda, Terceira. Aí, vc vai se empolgando…Vê que “Porra, que bacana! Como eu sou cabeça-feita! Ótimo. Tenho o meu P.A. que não atrapalha a minha vida profissional, me faz gozar quando eu quero, é ótima companhia pra beber e fazer balada…Tenho sexo fácil que não atrapalha as outras áreas da minha vida em que eu tbm quero gozar. Sozinha, no caso”.

    Só que daí, você vê que tem que estabilizar todas as suas emoções, loucuras e paixões, em cima de 15 regrinhas nada básicas, pra manter a mente sã e o corpo…hum….idem, talvez. Simplesmente porque somos seres HUMANOS. E essa última palavrinha coloca qualquer tipo de regra ou conceito abaixo. Felizmente.

    Tenho namorado, morro de tesão nele, então…Vejo essa situação sob outra perspectiva. Mas se não tivesse aí vai a minha equação: Fofolete, compra um vibrador super luxo-poder-e-cobiça na Maizon Z. Você goza gostoso, mantém o amigo e principalmente…Não corre o risco de ter dor de cabeça. Antes, durante ou depois.

  • http://femininobrainstorming.blogspot.com/ Ju Siqueira

    Ótimo texto, Colegas de Room!

    Entretanto, ainda fico na curiosidade em conhecer alguém que tenha tido um relacionamento – seja ele qual for – com o tal do PA e que o mesmo tenha se mantido estável e sem grandes crises.

    Acho ótimo, mas acho que é o tipo de coisa que fica lindo na teoria e no texto, porque na realidade…Infelizmente, a coisa não funciona. Tem que ter muitos anos de terapia no meio, pra se manter um relacionamento que envolva sexo e…Não se envolver, afinal.

    Da primeira vez, tudo bem. Segunda, Terceira. Aí, vc vai se empolgando…Vê que “Porra, que bacana! Como eu sou cabeça-feita! Ótimo. Tenho o meu P.A. que não atrapalha a minha vida profissional, me faz gozar quando eu quero, é ótima companhia pra beber e fazer balada…Tenho sexo fácil que não atrapalha as outras áreas da minha vida em que eu tbm quero gozar. Sozinha, no caso”.

    Só que daí, você vê que tem que estabilizar todas as suas emoções, loucuras e paixões, em cima de 15 regrinhas nada básicas, pra manter a mente sã e o corpo…hum….idem, talvez. Simplesmente porque somos seres HUMANOS. E essa última palavrinha coloca qualquer tipo de regra ou conceito abaixo. Felizmente.

    Tenho namorado, morro de tesão nele, então…Vejo essa situação sob outra perspectiva. Mas se não tivesse aí vai a minha equação: Fofolete, compra um vibrador super luxo-poder-e-cobiça na Maizon Z. Você goza gostoso, mantém o amigo e principalmente…Não corre o risco de ter dor de cabeça. Antes, durante ou depois.

  • http://femininobrainstorming.blogspot.com/ Ju Siqueira

    Ótimo texto, Colegas de Room!

    Entretanto, ainda fico na curiosidade em conhecer alguém que tenha tido um relacionamento – seja ele qual for – com o tal do PA e que o mesmo tenha se mantido estável e sem grandes crises.

    Acho ótimo, mas acho que é o tipo de coisa que fica lindo na teoria e no texto, porque na realidade…Infelizmente, a coisa não funciona. Tem que ter muitos anos de terapia no meio, pra se manter um relacionamento que envolva sexo e…Não se envolver, afinal.

    Da primeira vez, tudo bem. Segunda, Terceira. Aí, vc vai se empolgando…Vê que “Porra, que bacana! Como eu sou cabeça-feita! Ótimo. Tenho o meu P.A. que não atrapalha a minha vida profissional, me faz gozar quando eu quero, é ótima companhia pra beber e fazer balada…Tenho sexo fácil que não atrapalha as outras áreas da minha vida em que eu tbm quero gozar. Sozinha, no caso”.

    Só que daí, você vê que tem que estabilizar todas as suas emoções, loucuras e paixões, em cima de 15 regrinhas nada básicas, pra manter a mente sã e o corpo…hum….idem, talvez. Simplesmente porque somos seres HUMANOS. E essa última palavrinha coloca qualquer tipo de regra ou conceito abaixo. Felizmente.

    Tenho namorado, morro de tesão nele, então…Vejo essa situação sob outra perspectiva. Mas se não tivesse aí vai a minha equação: Fofolete, compra um vibrador super luxo-poder-e-cobiça na Maizon Z. Você goza gostoso, mantém o amigo e principalmente…Não corre o risco de ter dor de cabeça. Antes, durante ou depois.

  • http://paralembrarouesquecer.blogspot.com/ Carla

    Achei legal o texto e concordo com as dicas, masss… não consigo ter um PA! Já tentei algumas vezes, mas deu merda. Acabo me envolvendo.
    =/

    :*

    • Leda

      Isso é natural. Os homens até figem que não se envolvem emocionalmente, mas é muito raro.

  • http://paralembrarouesquecer.blogspot.com/ Carla

    Achei legal o texto e concordo com as dicas, masss… não consigo ter um PA! Já tentei algumas vezes, mas deu merda. Acabo me envolvendo.
    =/

    :*

  • http://paralembrarouesquecer.blogspot.com/ Carla

    Achei legal o texto e concordo com as dicas, masss… não consigo ter um PA! Já tentei algumas vezes, mas deu merda. Acabo me envolvendo.
    =/

    :*

  • http://paralembrarouesquecer.blogspot.com/ Carla

    Achei legal o texto e concordo com as dicas, masss… não consigo ter um PA! Já tentei algumas vezes, mas deu merda. Acabo me envolvendo.
    =/

    :*

  • http://paralembrarouesquecer.blogspot.com/ Carla

    Achei legal o texto e concordo com as dicas, masss… não consigo ter um PA! Já tentei algumas vezes, mas deu merda. Acabo me envolvendo.
    =/

    :*

  • http://paralembrarouesquecer.blogspot.com/ Carla

    Achei legal o texto e concordo com as dicas, masss… não consigo ter um PA! Já tentei algumas vezes, mas deu merda. Acabo me envolvendo.
    =/

    :*

  • http://paralembrarouesquecer.blogspot.com/ Carla

    Achei legal o texto e concordo com as dicas, masss… não consigo ter um PA! Já tentei algumas vezes, mas deu merda. Acabo me envolvendo.
    =/

    :*

  • http://paralembrarouesquecer.blogspot.com/ Carla

    Achei legal o texto e concordo com as dicas, masss… não consigo ter um PA! Já tentei algumas vezes, mas deu merda. Acabo me envolvendo.
    =/

    :*

  • http://paralembrarouesquecer.blogspot.com Carla

    Achei legal o texto e concordo com as dicas, masss… não consigo ter um PA! Já tentei algumas vezes, mas deu merda. Acabo me envolvendo.
    =/

    :*

  • Calvin

    Quero ver isso na prática…

    Na boa, não acredito. Já tentei ser P.A. e o que recebi em troca foram cenas de ciúmes, cobranças e SMS no celular…

    Ah, tá, a linha é tão tenue quanto imperceptível.

    Ju,

    Assino em baixo o que vc disse, no final a maioria vai se entupir de chocolate para produzir serotonina o suficiente para fazer um suicida em potencial ser voluntário contra o corte das auraucárias.

  • Calvin

    Quero ver isso na prática…

    Na boa, não acredito. Já tentei ser P.A. e o que recebi em troca foram cenas de ciúmes, cobranças e SMS no celular…

    Ah, tá, a linha é tão tenue quanto imperceptível.

    Ju,

    Assino em baixo o que vc disse, no final a maioria vai se entupir de chocolate para produzir serotonina o suficiente para fazer um suicida em potencial ser voluntário contra o corte das auraucárias.

  • Calvin

    Quero ver isso na prática…

    Na boa, não acredito. Já tentei ser P.A. e o que recebi em troca foram cenas de ciúmes, cobranças e SMS no celular…

    Ah, tá, a linha é tão tenue quanto imperceptível.

    Ju,

    Assino em baixo o que vc disse, no final a maioria vai se entupir de chocolate para produzir serotonina o suficiente para fazer um suicida em potencial ser voluntário contra o corte das auraucárias.

  • Calvin

    Quero ver isso na prática…

    Na boa, não acredito. Já tentei ser P.A. e o que recebi em troca foram cenas de ciúmes, cobranças e SMS no celular…

    Ah, tá, a linha é tão tenue quanto imperceptível.

    Ju,

    Assino em baixo o que vc disse, no final a maioria vai se entupir de chocolate para produzir serotonina o suficiente para fazer um suicida em potencial ser voluntário contra o corte das auraucárias.

  • Calvin

    Quero ver isso na prática…

    Na boa, não acredito. Já tentei ser P.A. e o que recebi em troca foram cenas de ciúmes, cobranças e SMS no celular…

    Ah, tá, a linha é tão tenue quanto imperceptível.

    Ju,

    Assino em baixo o que vc disse, no final a maioria vai se entupir de chocolate para produzir serotonina o suficiente para fazer um suicida em potencial ser voluntário contra o corte das auraucárias.

  • Calvin

    Quero ver isso na prática…

    Na boa, não acredito. Já tentei ser P.A. e o que recebi em troca foram cenas de ciúmes, cobranças e SMS no celular…

    Ah, tá, a linha é tão tenue quanto imperceptível.

    Ju,

    Assino em baixo o que vc disse, no final a maioria vai se entupir de chocolate para produzir serotonina o suficiente para fazer um suicida em potencial ser voluntário contra o corte das auraucárias.

  • Calvin

    Quero ver isso na prática…

    Na boa, não acredito. Já tentei ser P.A. e o que recebi em troca foram cenas de ciúmes, cobranças e SMS no celular…

    Ah, tá, a linha é tão tenue quanto imperceptível.

    Ju,

    Assino em baixo o que vc disse, no final a maioria vai se entupir de chocolate para produzir serotonina o suficiente para fazer um suicida em potencial ser voluntário contra o corte das auraucárias.

  • Calvin

    Quero ver isso na prática…

    Na boa, não acredito. Já tentei ser P.A. e o que recebi em troca foram cenas de ciúmes, cobranças e SMS no celular…

    Ah, tá, a linha é tão tenue quanto imperceptível.

    Ju,

    Assino em baixo o que vc disse, no final a maioria vai se entupir de chocolate para produzir serotonina o suficiente para fazer um suicida em potencial ser voluntário contra o corte das auraucárias.

  • http://namanhaqueuvou.blogspot.com/ Grande Irmão

    Eu sou aquele amante à moda antiga
    Do tempo que ainda manda flores…

    Respeito e acho legal as mulheres tomarem seu espaço, não tenho problemas com sexo, tento ser tolerante e igualitário. Essa explosão de individualismo é normal na nossa sociedade hedonista. O bom e velho Marx já dizia que o capitalismo conseguiu tirar o véu de romantismo das profissões, mas agora consegue despir de sensibilidade até mesmo as relações humanas, transformando-nos em objetos, em máquinas de sexo e beleza, cuja vida tem que ser vivida no aqui-e-agora, intensamente, até a exaustão.

    Do modo que se apresenta hoje em dia é estúpido. Relações cada vez mais distantes sentimentalmente sem uma base comunitária que suporte a solidão. Fast-food e fast-foda. Pra quem gosta, divirta-se. Liberta-se sexualmente, mas prende-se cada vez mais o homem à alienação, ao Prozac, ao carro do ano e ao crédito barato, e recheia-se tudo isso com eufemismos: por isso que os reacionários estão cada vez mais aparecendo, pois há quem ache isso tudo a decadência da civilização ocidental – sabe a volta do casamento na Igreja e da virgindade até o casório?

    Enfim, faça amor, não faça guerra. O sexo liberta, mas o sexo com sentimento. Se tivéssemos uma comunidade a quem recorrer quando sozinhos, todos seriam PA’s e BA’s dos outros, e a harmonia do Éden voltaria à Terra. Amém!

    • Agnes

      queria elaborar melhor minha resposta, mas lá vai assim mesmo. concordo com você, infelizmente as relações hoje se tornaram cada vez mais fluidas e fetichizadas. mulheres e homens tratados como meros objetos prontos para consumo. os avanços apregoados no mais das vezes não tem como pano de fundo a emancipação de rótulos, estigmas e dogmas a nós impostos e sim a mera substituição destes por outros. A liberdade não está em “foder” com todo mundo e sim em poder estar próximo das pessoas a quem apreciamos dos mais diversos modos. não sou puritana, moralista nem nada do tipo. só não acho que nossa emancipação esteja ligada à fluidez das relações, muito pelo contrário acho isso muito pó-moderno, individualista e bem outros istas que deixa pra lá.
      Enfim, liberdade sim, igualdade para homens e mulheres, mas sem toda essa individuação.

  • http://namanhaqueuvou.blogspot.com/ Grande Irmão

    Eu sou aquele amante à moda antiga
    Do tempo que ainda manda flores…

    Respeito e acho legal as mulheres tomarem seu espaço, não tenho problemas com sexo, tento ser tolerante e igualitário. Essa explosão de individualismo é normal na nossa sociedade hedonista. O bom e velho Marx já dizia que o capitalismo conseguiu tirar o véu de romantismo das profissões, mas agora consegue despir de sensibilidade até mesmo as relações humanas, transformando-nos em objetos, em máquinas de sexo e beleza, cuja vida tem que ser vivida no aqui-e-agora, intensamente, até a exaustão.

    Do modo que se apresenta hoje em dia é estúpido. Relações cada vez mais distantes sentimentalmente sem uma base comunitária que suporte a solidão. Fast-food e fast-foda. Pra quem gosta, divirta-se. Liberta-se sexualmente, mas prende-se cada vez mais o homem à alienação, ao Prozac, ao carro do ano e ao crédito barato, e recheia-se tudo isso com eufemismos: por isso que os reacionários estão cada vez mais aparecendo, pois há quem ache isso tudo a decadência da civilização ocidental – sabe a volta do casamento na Igreja e da virgindade até o casório?

    Enfim, faça amor, não faça guerra. O sexo liberta, mas o sexo com sentimento. Se tivéssemos uma comunidade a quem recorrer quando sozinhos, todos seriam PA’s e BA’s dos outros, e a harmonia do Éden voltaria à Terra. Amém!

  • http://namanhaqueuvou.blogspot.com/ Grande Irmão

    Eu sou aquele amante à moda antiga
    Do tempo que ainda manda flores…

    Respeito e acho legal as mulheres tomarem seu espaço, não tenho problemas com sexo, tento ser tolerante e igualitário. Essa explosão de individualismo é normal na nossa sociedade hedonista. O bom e velho Marx já dizia que o capitalismo conseguiu tirar o véu de romantismo das profissões, mas agora consegue despir de sensibilidade até mesmo as relações humanas, transformando-nos em objetos, em máquinas de sexo e beleza, cuja vida tem que ser vivida no aqui-e-agora, intensamente, até a exaustão.

    Do modo que se apresenta hoje em dia é estúpido. Relações cada vez mais distantes sentimentalmente sem uma base comunitária que suporte a solidão. Fast-food e fast-foda. Pra quem gosta, divirta-se. Liberta-se sexualmente, mas prende-se cada vez mais o homem à alienação, ao Prozac, ao carro do ano e ao crédito barato, e recheia-se tudo isso com eufemismos: por isso que os reacionários estão cada vez mais aparecendo, pois há quem ache isso tudo a decadência da civilização ocidental – sabe a volta do casamento na Igreja e da virgindade até o casório?

    Enfim, faça amor, não faça guerra. O sexo liberta, mas o sexo com sentimento. Se tivéssemos uma comunidade a quem recorrer quando sozinhos, todos seriam PA’s e BA’s dos outros, e a harmonia do Éden voltaria à Terra. Amém!

  • http://namanhaqueuvou.blogspot.com/ Grande Irmão

    Eu sou aquele amante à moda antiga
    Do tempo que ainda manda flores…

    Respeito e acho legal as mulheres tomarem seu espaço, não tenho problemas com sexo, tento ser tolerante e igualitário. Essa explosão de individualismo é normal na nossa sociedade hedonista. O bom e velho Marx já dizia que o capitalismo conseguiu tirar o véu de romantismo das profissões, mas agora consegue despir de sensibilidade até mesmo as relações humanas, transformando-nos em objetos, em máquinas de sexo e beleza, cuja vida tem que ser vivida no aqui-e-agora, intensamente, até a exaustão.

    Do modo que se apresenta hoje em dia é estúpido. Relações cada vez mais distantes sentimentalmente sem uma base comunitária que suporte a solidão. Fast-food e fast-foda. Pra quem gosta, divirta-se. Liberta-se sexualmente, mas prende-se cada vez mais o homem à alienação, ao Prozac, ao carro do ano e ao crédito barato, e recheia-se tudo isso com eufemismos: por isso que os reacionários estão cada vez mais aparecendo, pois há quem ache isso tudo a decadência da civilização ocidental – sabe a volta do casamento na Igreja e da virgindade até o casório?

    Enfim, faça amor, não faça guerra. O sexo liberta, mas o sexo com sentimento. Se tivéssemos uma comunidade a quem recorrer quando sozinhos, todos seriam PA’s e BA’s dos outros, e a harmonia do Éden voltaria à Terra. Amém!

  • http://namanhaqueuvou.blogspot.com/ Grande Irmão

    Eu sou aquele amante à moda antiga
    Do tempo que ainda manda flores…

    Respeito e acho legal as mulheres tomarem seu espaço, não tenho problemas com sexo, tento ser tolerante e igualitário. Essa explosão de individualismo é normal na nossa sociedade hedonista. O bom e velho Marx já dizia que o capitalismo conseguiu tirar o véu de romantismo das profissões, mas agora consegue despir de sensibilidade até mesmo as relações humanas, transformando-nos em objetos, em máquinas de sexo e beleza, cuja vida tem que ser vivida no aqui-e-agora, intensamente, até a exaustão.

    Do modo que se apresenta hoje em dia é estúpido. Relações cada vez mais distantes sentimentalmente sem uma base comunitária que suporte a solidão. Fast-food e fast-foda. Pra quem gosta, divirta-se. Liberta-se sexualmente, mas prende-se cada vez mais o homem à alienação, ao Prozac, ao carro do ano e ao crédito barato, e recheia-se tudo isso com eufemismos: por isso que os reacionários estão cada vez mais aparecendo, pois há quem ache isso tudo a decadência da civilização ocidental – sabe a volta do casamento na Igreja e da virgindade até o casório?

    Enfim, faça amor, não faça guerra. O sexo liberta, mas o sexo com sentimento. Se tivéssemos uma comunidade a quem recorrer quando sozinhos, todos seriam PA’s e BA’s dos outros, e a harmonia do Éden voltaria à Terra. Amém!

  • http://namanhaqueuvou.blogspot.com/ Grande Irmão

    Eu sou aquele amante à moda antiga
    Do tempo que ainda manda flores…

    Respeito e acho legal as mulheres tomarem seu espaço, não tenho problemas com sexo, tento ser tolerante e igualitário. Essa explosão de individualismo é normal na nossa sociedade hedonista. O bom e velho Marx já dizia que o capitalismo conseguiu tirar o véu de romantismo das profissões, mas agora consegue despir de sensibilidade até mesmo as relações humanas, transformando-nos em objetos, em máquinas de sexo e beleza, cuja vida tem que ser vivida no aqui-e-agora, intensamente, até a exaustão.

    Do modo que se apresenta hoje em dia é estúpido. Relações cada vez mais distantes sentimentalmente sem uma base comunitária que suporte a solidão. Fast-food e fast-foda. Pra quem gosta, divirta-se. Liberta-se sexualmente, mas prende-se cada vez mais o homem à alienação, ao Prozac, ao carro do ano e ao crédito barato, e recheia-se tudo isso com eufemismos: por isso que os reacionários estão cada vez mais aparecendo, pois há quem ache isso tudo a decadência da civilização ocidental – sabe a volta do casamento na Igreja e da virgindade até o casório?

    Enfim, faça amor, não faça guerra. O sexo liberta, mas o sexo com sentimento. Se tivéssemos uma comunidade a quem recorrer quando sozinhos, todos seriam PA’s e BA’s dos outros, e a harmonia do Éden voltaria à Terra. Amém!

  • http://namanhaqueuvou.blogspot.com/ Grande Irmão

    Eu sou aquele amante à moda antiga
    Do tempo que ainda manda flores…

    Respeito e acho legal as mulheres tomarem seu espaço, não tenho problemas com sexo, tento ser tolerante e igualitário. Essa explosão de individualismo é normal na nossa sociedade hedonista. O bom e velho Marx já dizia que o capitalismo conseguiu tirar o véu de romantismo das profissões, mas agora consegue despir de sensibilidade até mesmo as relações humanas, transformando-nos em objetos, em máquinas de sexo e beleza, cuja vida tem que ser vivida no aqui-e-agora, intensamente, até a exaustão.

    Do modo que se apresenta hoje em dia é estúpido. Relações cada vez mais distantes sentimentalmente sem uma base comunitária que suporte a solidão. Fast-food e fast-foda. Pra quem gosta, divirta-se. Liberta-se sexualmente, mas prende-se cada vez mais o homem à alienação, ao Prozac, ao carro do ano e ao crédito barato, e recheia-se tudo isso com eufemismos: por isso que os reacionários estão cada vez mais aparecendo, pois há quem ache isso tudo a decadência da civilização ocidental – sabe a volta do casamento na Igreja e da virgindade até o casório?

    Enfim, faça amor, não faça guerra. O sexo liberta, mas o sexo com sentimento. Se tivéssemos uma comunidade a quem recorrer quando sozinhos, todos seriam PA’s e BA’s dos outros, e a harmonia do Éden voltaria à Terra. Amém!

  • http://namanhaqueuvou.blogspot.com/ Grande Irmão

    Eu sou aquele amante à moda antiga
    Do tempo que ainda manda flores…

    Respeito e acho legal as mulheres tomarem seu espaço, não tenho problemas com sexo, tento ser tolerante e igualitário. Essa explosão de individualismo é normal na nossa sociedade hedonista. O bom e velho Marx já dizia que o capitalismo conseguiu tirar o véu de romantismo das profissões, mas agora consegue despir de sensibilidade até mesmo as relações humanas, transformando-nos em objetos, em máquinas de sexo e beleza, cuja vida tem que ser vivida no aqui-e-agora, intensamente, até a exaustão.

    Do modo que se apresenta hoje em dia é estúpido. Relações cada vez mais distantes sentimentalmente sem uma base comunitária que suporte a solidão. Fast-food e fast-foda. Pra quem gosta, divirta-se. Liberta-se sexualmente, mas prende-se cada vez mais o homem à alienação, ao Prozac, ao carro do ano e ao crédito barato, e recheia-se tudo isso com eufemismos: por isso que os reacionários estão cada vez mais aparecendo, pois há quem ache isso tudo a decadência da civilização ocidental – sabe a volta do casamento na Igreja e da virgindade até o casório?

    Enfim, faça amor, não faça guerra. O sexo liberta, mas o sexo com sentimento. Se tivéssemos uma comunidade a quem recorrer quando sozinhos, todos seriam PA’s e BA’s dos outros, e a harmonia do Éden voltaria à Terra. Amém!

  • Calvin

    Só para complementar, a linha é tão tênue que você só vai perceber que ela existe quando já atravessou-a.

  • Calvin

    Só para complementar, a linha é tão tênue que você só vai perceber que ela existe quando já atravessou-a.

  • Calvin

    Só para complementar, a linha é tão tênue que você só vai perceber que ela existe quando já atravessou-a.

  • Calvin

    Só para complementar, a linha é tão tênue que você só vai perceber que ela existe quando já atravessou-a.

  • Calvin

    Só para complementar, a linha é tão tênue que você só vai perceber que ela existe quando já atravessou-a.

  • Calvin

    Só para complementar, a linha é tão tênue que você só vai perceber que ela existe quando já atravessou-a.

  • Calvin

    Só para complementar, a linha é tão tênue que você só vai perceber que ela existe quando já atravessou-a.

  • Calvin

    Só para complementar, a linha é tão tênue que você só vai perceber que ela existe quando já atravessou-a.

  • http://namanhaqueuvou.blogspot.com Grande Irmão

    Eu sou aquele amante à moda antiga
    Do tempo que ainda manda flores…

    Respeito e acho legal as mulheres tomarem seu espaço, não tenho problemas com sexo, tento ser tolerante e igualitário. Essa explosão de individualismo é normal na nossa sociedade hedonista. O bom e velho Marx já dizia que o capitalismo conseguiu tirar o véu de romantismo das profissões, mas agora consegue despir de sensibilidade até mesmo as relações humanas, transformando-nos em objetos, em máquinas de sexo e beleza, cuja vida tem que ser vivida no aqui-e-agora, intensamente, até a exaustão.

    Do modo que se apresenta hoje em dia é estúpido. Relações cada vez mais distantes sentimentalmente sem uma base comunitária que suporte a solidão. Fast-food e fast-foda. Pra quem gosta, divirta-se. Liberta-se sexualmente, mas prende-se cada vez mais o homem à alienação, ao Prozac, ao carro do ano e ao crédito barato, e recheia-se tudo isso com eufemismos: por isso que os reacionários estão cada vez mais aparecendo, pois há quem ache isso tudo a decadência da civilização ocidental – sabe a volta do casamento na Igreja e da virgindade até o casório?

    Enfim, faça amor, não faça guerra. O sexo liberta, mas o sexo com sentimento. Se tivéssemos uma comunidade a quem recorrer quando sozinhos, todos seriam PA’s e BA’s dos outros, e a harmonia do Éden voltaria à Terra. Amém!

  • Calvin

    Só para complementar, a linha é tão tênue que você só vai perceber que ela existe quando já atravessou-a.

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Mary Jane

    Caio,
    você está certissimo nos conceitos que você descreveu. Na verdade estes são conceitos americanos. O que temos observado é que o pessoal chama de PA qualquer um dos 3. Na verdade PA é aquele cara que você tem booty calls mas sendo que com uma certa frequencia, e esse PA pode vir na forma de um fuck buddy ou um friend with benefits, dependendo da sua preferência e sorte. Eu já tive as duas formas e prefiro o amigo com benefícios, mas é realmente bem mais difícil de achar.

    Com relação ao comentário da colega Ju, eu repito, nosso objetivo não foi de convencer ninguem, apenas de informar que existem outras possibilidades e formas de relacionamentos diferentes do padrao adotado pela sociedade, que aliás já anda bem desgastado e cheio de mentiras, sofrimentos e hipocrisias, mas claro existem os que fogem dessa generalizaçao.

    As regras só se tornam dificeis de ser seguidas se você não está preparada para esse tipo de relacionamento. E claro, dependendo da sua maturidade nesse aspecto nem precisam ser todas seguidas assim. Eu mesma nem sigo todas mais. Tenho bem claro na minha cabeça o que quero do meu PA e sou muito sincera a respeito. Acho que a caracteristica básica de um PA acaba sendo apenas alguem que você se dá muito bem na cama e fora dela mas que você não quer compromisso, namoro, etc…

    É apenas uma opção a mais a ser considerada, entendam. Assim como aquele super vibrador tb é, assim como contratar uma prostituta também é… nada é certo ou errado. Façam o que quiserem, mas sejam discretos.

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Mary Jane

    Caio,
    você está certissimo nos conceitos que você descreveu. Na verdade estes são conceitos americanos. O que temos observado é que o pessoal chama de PA qualquer um dos 3. Na verdade PA é aquele cara que você tem booty calls mas sendo que com uma certa frequencia, e esse PA pode vir na forma de um fuck buddy ou um friend with benefits, dependendo da sua preferência e sorte. Eu já tive as duas formas e prefiro o amigo com benefícios, mas é realmente bem mais difícil de achar.

    Com relação ao comentário da colega Ju, eu repito, nosso objetivo não foi de convencer ninguem, apenas de informar que existem outras possibilidades e formas de relacionamentos diferentes do padrao adotado pela sociedade, que aliás já anda bem desgastado e cheio de mentiras, sofrimentos e hipocrisias, mas claro existem os que fogem dessa generalizaçao.

    As regras só se tornam dificeis de ser seguidas se você não está preparada para esse tipo de relacionamento. E claro, dependendo da sua maturidade nesse aspecto nem precisam ser todas seguidas assim. Eu mesma nem sigo todas mais. Tenho bem claro na minha cabeça o que quero do meu PA e sou muito sincera a respeito. Acho que a caracteristica básica de um PA acaba sendo apenas alguem que você se dá muito bem na cama e fora dela mas que você não quer compromisso, namoro, etc…

    É apenas uma opção a mais a ser considerada, entendam. Assim como aquele super vibrador tb é, assim como contratar uma prostituta também é… nada é certo ou errado. Façam o que quiserem, mas sejam discretos.

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Mary Jane

    Caio,
    você está certissimo nos conceitos que você descreveu. Na verdade estes são conceitos americanos. O que temos observado é que o pessoal chama de PA qualquer um dos 3. Na verdade PA é aquele cara que você tem booty calls mas sendo que com uma certa frequencia, e esse PA pode vir na forma de um fuck buddy ou um friend with benefits, dependendo da sua preferência e sorte. Eu já tive as duas formas e prefiro o amigo com benefícios, mas é realmente bem mais difícil de achar.

    Com relação ao comentário da colega Ju, eu repito, nosso objetivo não foi de convencer ninguem, apenas de informar que existem outras possibilidades e formas de relacionamentos diferentes do padrao adotado pela sociedade, que aliás já anda bem desgastado e cheio de mentiras, sofrimentos e hipocrisias, mas claro existem os que fogem dessa generalizaçao.

    As regras só se tornam dificeis de ser seguidas se você não está preparada para esse tipo de relacionamento. E claro, dependendo da sua maturidade nesse aspecto nem precisam ser todas seguidas assim. Eu mesma nem sigo todas mais. Tenho bem claro na minha cabeça o que quero do meu PA e sou muito sincera a respeito. Acho que a caracteristica básica de um PA acaba sendo apenas alguem que você se dá muito bem na cama e fora dela mas que você não quer compromisso, namoro, etc…

    É apenas uma opção a mais a ser considerada, entendam. Assim como aquele super vibrador tb é, assim como contratar uma prostituta também é… nada é certo ou errado. Façam o que quiserem, mas sejam discretos.

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Mary Jane

    Caio,
    você está certissimo nos conceitos que você descreveu. Na verdade estes são conceitos americanos. O que temos observado é que o pessoal chama de PA qualquer um dos 3. Na verdade PA é aquele cara que você tem booty calls mas sendo que com uma certa frequencia, e esse PA pode vir na forma de um fuck buddy ou um friend with benefits, dependendo da sua preferência e sorte. Eu já tive as duas formas e prefiro o amigo com benefícios, mas é realmente bem mais difícil de achar.

    Com relação ao comentário da colega Ju, eu repito, nosso objetivo não foi de convencer ninguem, apenas de informar que existem outras possibilidades e formas de relacionamentos diferentes do padrao adotado pela sociedade, que aliás já anda bem desgastado e cheio de mentiras, sofrimentos e hipocrisias, mas claro existem os que fogem dessa generalizaçao.

    As regras só se tornam dificeis de ser seguidas se você não está preparada para esse tipo de relacionamento. E claro, dependendo da sua maturidade nesse aspecto nem precisam ser todas seguidas assim. Eu mesma nem sigo todas mais. Tenho bem claro na minha cabeça o que quero do meu PA e sou muito sincera a respeito. Acho que a caracteristica básica de um PA acaba sendo apenas alguem que você se dá muito bem na cama e fora dela mas que você não quer compromisso, namoro, etc…

    É apenas uma opção a mais a ser considerada, entendam. Assim como aquele super vibrador tb é, assim como contratar uma prostituta também é… nada é certo ou errado. Façam o que quiserem, mas sejam discretos.

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Mary Jane

    Caio,
    você está certissimo nos conceitos que você descreveu. Na verdade estes são conceitos americanos. O que temos observado é que o pessoal chama de PA qualquer um dos 3. Na verdade PA é aquele cara que você tem booty calls mas sendo que com uma certa frequencia, e esse PA pode vir na forma de um fuck buddy ou um friend with benefits, dependendo da sua preferência e sorte. Eu já tive as duas formas e prefiro o amigo com benefícios, mas é realmente bem mais difícil de achar.

    Com relação ao comentário da colega Ju, eu repito, nosso objetivo não foi de convencer ninguem, apenas de informar que existem outras possibilidades e formas de relacionamentos diferentes do padrao adotado pela sociedade, que aliás já anda bem desgastado e cheio de mentiras, sofrimentos e hipocrisias, mas claro existem os que fogem dessa generalizaçao.

    As regras só se tornam dificeis de ser seguidas se você não está preparada para esse tipo de relacionamento. E claro, dependendo da sua maturidade nesse aspecto nem precisam ser todas seguidas assim. Eu mesma nem sigo todas mais. Tenho bem claro na minha cabeça o que quero do meu PA e sou muito sincera a respeito. Acho que a caracteristica básica de um PA acaba sendo apenas alguem que você se dá muito bem na cama e fora dela mas que você não quer compromisso, namoro, etc…

    É apenas uma opção a mais a ser considerada, entendam. Assim como aquele super vibrador tb é, assim como contratar uma prostituta também é… nada é certo ou errado. Façam o que quiserem, mas sejam discretos.

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Mary Jane

    Caio,
    você está certissimo nos conceitos que você descreveu. Na verdade estes são conceitos americanos. O que temos observado é que o pessoal chama de PA qualquer um dos 3. Na verdade PA é aquele cara que você tem booty calls mas sendo que com uma certa frequencia, e esse PA pode vir na forma de um fuck buddy ou um friend with benefits, dependendo da sua preferência e sorte. Eu já tive as duas formas e prefiro o amigo com benefícios, mas é realmente bem mais difícil de achar.

    Com relação ao comentário da colega Ju, eu repito, nosso objetivo não foi de convencer ninguem, apenas de informar que existem outras possibilidades e formas de relacionamentos diferentes do padrao adotado pela sociedade, que aliás já anda bem desgastado e cheio de mentiras, sofrimentos e hipocrisias, mas claro existem os que fogem dessa generalizaçao.

    As regras só se tornam dificeis de ser seguidas se você não está preparada para esse tipo de relacionamento. E claro, dependendo da sua maturidade nesse aspecto nem precisam ser todas seguidas assim. Eu mesma nem sigo todas mais. Tenho bem claro na minha cabeça o que quero do meu PA e sou muito sincera a respeito. Acho que a caracteristica básica de um PA acaba sendo apenas alguem que você se dá muito bem na cama e fora dela mas que você não quer compromisso, namoro, etc…

    É apenas uma opção a mais a ser considerada, entendam. Assim como aquele super vibrador tb é, assim como contratar uma prostituta também é… nada é certo ou errado. Façam o que quiserem, mas sejam discretos.

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Mary Jane

    Caio,
    você está certissimo nos conceitos que você descreveu. Na verdade estes são conceitos americanos. O que temos observado é que o pessoal chama de PA qualquer um dos 3. Na verdade PA é aquele cara que você tem booty calls mas sendo que com uma certa frequencia, e esse PA pode vir na forma de um fuck buddy ou um friend with benefits, dependendo da sua preferência e sorte. Eu já tive as duas formas e prefiro o amigo com benefícios, mas é realmente bem mais difícil de achar.

    Com relação ao comentário da colega Ju, eu repito, nosso objetivo não foi de convencer ninguem, apenas de informar que existem outras possibilidades e formas de relacionamentos diferentes do padrao adotado pela sociedade, que aliás já anda bem desgastado e cheio de mentiras, sofrimentos e hipocrisias, mas claro existem os que fogem dessa generalizaçao.

    As regras só se tornam dificeis de ser seguidas se você não está preparada para esse tipo de relacionamento. E claro, dependendo da sua maturidade nesse aspecto nem precisam ser todas seguidas assim. Eu mesma nem sigo todas mais. Tenho bem claro na minha cabeça o que quero do meu PA e sou muito sincera a respeito. Acho que a caracteristica básica de um PA acaba sendo apenas alguem que você se dá muito bem na cama e fora dela mas que você não quer compromisso, namoro, etc…

    É apenas uma opção a mais a ser considerada, entendam. Assim como aquele super vibrador tb é, assim como contratar uma prostituta também é… nada é certo ou errado. Façam o que quiserem, mas sejam discretos.

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Mary Jane

    Caio,
    você está certissimo nos conceitos que você descreveu. Na verdade estes são conceitos americanos. O que temos observado é que o pessoal chama de PA qualquer um dos 3. Na verdade PA é aquele cara que você tem booty calls mas sendo que com uma certa frequencia, e esse PA pode vir na forma de um fuck buddy ou um friend with benefits, dependendo da sua preferência e sorte. Eu já tive as duas formas e prefiro o amigo com benefícios, mas é realmente bem mais difícil de achar.

    Com relação ao comentário da colega Ju, eu repito, nosso objetivo não foi de convencer ninguem, apenas de informar que existem outras possibilidades e formas de relacionamentos diferentes do padrao adotado pela sociedade, que aliás já anda bem desgastado e cheio de mentiras, sofrimentos e hipocrisias, mas claro existem os que fogem dessa generalizaçao.

    As regras só se tornam dificeis de ser seguidas se você não está preparada para esse tipo de relacionamento. E claro, dependendo da sua maturidade nesse aspecto nem precisam ser todas seguidas assim. Eu mesma nem sigo todas mais. Tenho bem claro na minha cabeça o que quero do meu PA e sou muito sincera a respeito. Acho que a caracteristica básica de um PA acaba sendo apenas alguem que você se dá muito bem na cama e fora dela mas que você não quer compromisso, namoro, etc…

    É apenas uma opção a mais a ser considerada, entendam. Assim como aquele super vibrador tb é, assim como contratar uma prostituta também é… nada é certo ou errado. Façam o que quiserem, mas sejam discretos.

  • http://saltoafiado.blogspot.com Mary Jane

    Caio,
    você está certissimo nos conceitos que você descreveu. Na verdade estes são conceitos americanos. O que temos observado é que o pessoal chama de PA qualquer um dos 3. Na verdade PA é aquele cara que você tem booty calls mas sendo que com uma certa frequencia, e esse PA pode vir na forma de um fuck buddy ou um friend with benefits, dependendo da sua preferência e sorte. Eu já tive as duas formas e prefiro o amigo com benefícios, mas é realmente bem mais difícil de achar.

    Com relação ao comentário da colega Ju, eu repito, nosso objetivo não foi de convencer ninguem, apenas de informar que existem outras possibilidades e formas de relacionamentos diferentes do padrao adotado pela sociedade, que aliás já anda bem desgastado e cheio de mentiras, sofrimentos e hipocrisias, mas claro existem os que fogem dessa generalizaçao.

    As regras só se tornam dificeis de ser seguidas se você não está preparada para esse tipo de relacionamento. E claro, dependendo da sua maturidade nesse aspecto nem precisam ser todas seguidas assim. Eu mesma nem sigo todas mais. Tenho bem claro na minha cabeça o que quero do meu PA e sou muito sincera a respeito. Acho que a caracteristica básica de um PA acaba sendo apenas alguem que você se dá muito bem na cama e fora dela mas que você não quer compromisso, namoro, etc…

    É apenas uma opção a mais a ser considerada, entendam. Assim como aquele super vibrador tb é, assim como contratar uma prostituta também é… nada é certo ou errado. Façam o que quiserem, mas sejam discretos.

  • Tristessa

    A D O R E I esse artigo.

    Tipo foi muito esclarecedor pra mim hehehhe

    Meu P.A (ou quase hehe) é Tudo de Bom e o que é melhor, já deixou bem claro q não quer compromisso (o que é ótimo pq eu tb não quero), eu havia comentado com ele q estava na “seca” aí ele se ofereceu pra resolver meu “problema” e que esse será nosso segredinho.

    O foda só é que ainda não conseguimos nos encontrar, pois sempre surge um imprevisto de minha parte ou da parte dele =(

  • Tristessa

    A D O R E I esse artigo.

    Tipo foi muito esclarecedor pra mim hehehhe

    Meu P.A (ou quase hehe) é Tudo de Bom e o que é melhor, já deixou bem claro q não quer compromisso (o que é ótimo pq eu tb não quero), eu havia comentado com ele q estava na “seca” aí ele se ofereceu pra resolver meu “problema” e que esse será nosso segredinho.

    O foda só é que ainda não conseguimos nos encontrar, pois sempre surge um imprevisto de minha parte ou da parte dele =(

  • Tristessa

    A D O R E I esse artigo.

    Tipo foi muito esclarecedor pra mim hehehhe

    Meu P.A (ou quase hehe) é Tudo de Bom e o que é melhor, já deixou bem claro q não quer compromisso (o que é ótimo pq eu tb não quero), eu havia comentado com ele q estava na “seca” aí ele se ofereceu pra resolver meu “problema” e que esse será nosso segredinho.

    O foda só é que ainda não conseguimos nos encontrar, pois sempre surge um imprevisto de minha parte ou da parte dele =(

  • Tristessa

    A D O R E I esse artigo.

    Tipo foi muito esclarecedor pra mim hehehhe

    Meu P.A (ou quase hehe) é Tudo de Bom e o que é melhor, já deixou bem claro q não quer compromisso (o que é ótimo pq eu tb não quero), eu havia comentado com ele q estava na “seca” aí ele se ofereceu pra resolver meu “problema” e que esse será nosso segredinho.

    O foda só é que ainda não conseguimos nos encontrar, pois sempre surge um imprevisto de minha parte ou da parte dele =(

  • Tristessa

    A D O R E I esse artigo.

    Tipo foi muito esclarecedor pra mim hehehhe

    Meu P.A (ou quase hehe) é Tudo de Bom e o que é melhor, já deixou bem claro q não quer compromisso (o que é ótimo pq eu tb não quero), eu havia comentado com ele q estava na “seca” aí ele se ofereceu pra resolver meu “problema” e que esse será nosso segredinho.

    O foda só é que ainda não conseguimos nos encontrar, pois sempre surge um imprevisto de minha parte ou da parte dele =(

  • Tristessa

    A D O R E I esse artigo.

    Tipo foi muito esclarecedor pra mim hehehhe

    Meu P.A (ou quase hehe) é Tudo de Bom e o que é melhor, já deixou bem claro q não quer compromisso (o que é ótimo pq eu tb não quero), eu havia comentado com ele q estava na “seca” aí ele se ofereceu pra resolver meu “problema” e que esse será nosso segredinho.

    O foda só é que ainda não conseguimos nos encontrar, pois sempre surge um imprevisto de minha parte ou da parte dele =(

  • Tristessa

    A D O R E I esse artigo.

    Tipo foi muito esclarecedor pra mim hehehhe

    Meu P.A (ou quase hehe) é Tudo de Bom e o que é melhor, já deixou bem claro q não quer compromisso (o que é ótimo pq eu tb não quero), eu havia comentado com ele q estava na “seca” aí ele se ofereceu pra resolver meu “problema” e que esse será nosso segredinho.

    O foda só é que ainda não conseguimos nos encontrar, pois sempre surge um imprevisto de minha parte ou da parte dele =(

  • Tristessa

    A D O R E I esse artigo.

    Tipo foi muito esclarecedor pra mim hehehhe

    Meu P.A (ou quase hehe) é Tudo de Bom e o que é melhor, já deixou bem claro q não quer compromisso (o que é ótimo pq eu tb não quero), eu havia comentado com ele q estava na “seca” aí ele se ofereceu pra resolver meu “problema” e que esse será nosso segredinho.

    O foda só é que ainda não conseguimos nos encontrar, pois sempre surge um imprevisto de minha parte ou da parte dele =(

  • Tristessa

    há sim, essas regras são super importantes, já estão guardadinhas aki no meu PC

  • Tristessa

    há sim, essas regras são super importantes, já estão guardadinhas aki no meu PC

  • Tristessa

    há sim, essas regras são super importantes, já estão guardadinhas aki no meu PC

  • Tristessa

    há sim, essas regras são super importantes, já estão guardadinhas aki no meu PC

  • Tristessa

    há sim, essas regras são super importantes, já estão guardadinhas aki no meu PC

  • Tristessa

    há sim, essas regras são super importantes, já estão guardadinhas aki no meu PC

  • Tristessa

    há sim, essas regras são super importantes, já estão guardadinhas aki no meu PC

  • Nati

    Como o Insolente já disse ali em cima, existem mais regras pra não se envolver do que benefícios em se ter um P.A. Isso mostra, pra mim, que mulheres por mais que tenham tesão se envolvem com os caras que a tratem/comam bem.

    Pra mim, se o cara é eleito pra ir pra cama comigo, e depois me faz querer replay, tem qualidades já.

    Então porque não se apaixonar?

    O lance mais importante é não se iludir a respeito do outro. SE ILUDIR, algo bem pessoal. Que pode ocorrer com o cara que está saindo com você só pra te comer, ou com o cara que trabalha ao seu lado e você acha que te dá bola.

    Não poder sair e mãos dadas e fingir de namoradinho com um cara só porque vocês não saão namorados é perder uma oportunidade única.

    Se as mulheres estão conseguindo seu espaço, não é fazendo as coisas completamente escondido.

    Claro que também, não acho que devemos desfilar com 1 a cada dia em lugares públicos. Ainda mais porque eu imagino que a rotatividade não seja tão grande assim. Mas este lance de não assumir o que está fazendo ainda me grila.

    Eu simplesmente DETESTO carinhas que ficam comigo dentro de cinemas, ou em baladas e depois quando vamos pra rua, simplesmente soltam da minha mão.. Como também me arrependo as vezes que já fiz isso com eles.

    Porra, se está fazendo assuma! Inclusive as consequencias.

    E se um cara pra ficar comigo, não puder saber do meu “passado”, ele não me respeita o suficiente para estar ao meu lado.

    A maioria dos homens ainda querem “Virgens experientes” como bem disse um amigo meu. E cabe à nós mulheres assumirmos nossas escolhas, e não aceitarmos caras inseguros para estarem ao nosso lado.

    Mais ou menos isso.. =D

    Bejim

  • Nati

    Como o Insolente já disse ali em cima, existem mais regras pra não se envolver do que benefícios em se ter um P.A. Isso mostra, pra mim, que mulheres por mais que tenham tesão se envolvem com os caras que a tratem/comam bem.

    Pra mim, se o cara é eleito pra ir pra cama comigo, e depois me faz querer replay, tem qualidades já.

    Então porque não se apaixonar?

    O lance mais importante é não se iludir a respeito do outro. SE ILUDIR, algo bem pessoal. Que pode ocorrer com o cara que está saindo com você só pra te comer, ou com o cara que trabalha ao seu lado e você acha que te dá bola.

    Não poder sair e mãos dadas e fingir de namoradinho com um cara só porque vocês não saão namorados é perder uma oportunidade única.

    Se as mulheres estão conseguindo seu espaço, não é fazendo as coisas completamente escondido.

    Claro que também, não acho que devemos desfilar com 1 a cada dia em lugares públicos. Ainda mais porque eu imagino que a rotatividade não seja tão grande assim. Mas este lance de não assumir o que está fazendo ainda me grila.

    Eu simplesmente DETESTO carinhas que ficam comigo dentro de cinemas, ou em baladas e depois quando vamos pra rua, simplesmente soltam da minha mão.. Como também me arrependo as vezes que já fiz isso com eles.

    Porra, se está fazendo assuma! Inclusive as consequencias.

    E se um cara pra ficar comigo, não puder saber do meu “passado”, ele não me respeita o suficiente para estar ao meu lado.

    A maioria dos homens ainda querem “Virgens experientes” como bem disse um amigo meu. E cabe à nós mulheres assumirmos nossas escolhas, e não aceitarmos caras inseguros para estarem ao nosso lado.

    Mais ou menos isso.. =D

    Bejim

    • Bio_michele

      Vc foi incrivel!

    • http://www.facebook.com/rnrobsonnascimento Robson Nascimento

      Nati, vc disse tudo.

  • Nati

    Como o Insolente já disse ali em cima, existem mais regras pra não se envolver do que benefícios em se ter um P.A. Isso mostra, pra mim, que mulheres por mais que tenham tesão se envolvem com os caras que a tratem/comam bem.

    Pra mim, se o cara é eleito pra ir pra cama comigo, e depois me faz querer replay, tem qualidades já.

    Então porque não se apaixonar?

    O lance mais importante é não se iludir a respeito do outro. SE ILUDIR, algo bem pessoal. Que pode ocorrer com o cara que está saindo com você só pra te comer, ou com o cara que trabalha ao seu lado e você acha que te dá bola.

    Não poder sair e mãos dadas e fingir de namoradinho com um cara só porque vocês não saão namorados é perder uma oportunidade única.

    Se as mulheres estão conseguindo seu espaço, não é fazendo as coisas completamente escondido.

    Claro que também, não acho que devemos desfilar com 1 a cada dia em lugares públicos. Ainda mais porque eu imagino que a rotatividade não seja tão grande assim. Mas este lance de não assumir o que está fazendo ainda me grila.

    Eu simplesmente DETESTO carinhas que ficam comigo dentro de cinemas, ou em baladas e depois quando vamos pra rua, simplesmente soltam da minha mão.. Como também me arrependo as vezes que já fiz isso com eles.

    Porra, se está fazendo assuma! Inclusive as consequencias.

    E se um cara pra ficar comigo, não puder saber do meu “passado”, ele não me respeita o suficiente para estar ao meu lado.

    A maioria dos homens ainda querem “Virgens experientes” como bem disse um amigo meu. E cabe à nós mulheres assumirmos nossas escolhas, e não aceitarmos caras inseguros para estarem ao nosso lado.

    Mais ou menos isso.. =D

    Bejim

  • Nati

    Como o Insolente já disse ali em cima, existem mais regras pra não se envolver do que benefícios em se ter um P.A. Isso mostra, pra mim, que mulheres por mais que tenham tesão se envolvem com os caras que a tratem/comam bem.

    Pra mim, se o cara é eleito pra ir pra cama comigo, e depois me faz querer replay, tem qualidades já.

    Então porque não se apaixonar?

    O lance mais importante é não se iludir a respeito do outro. SE ILUDIR, algo bem pessoal. Que pode ocorrer com o cara que está saindo com você só pra te comer, ou com o cara que trabalha ao seu lado e você acha que te dá bola.

    Não poder sair e mãos dadas e fingir de namoradinho com um cara só porque vocês não saão namorados é perder uma oportunidade única.

    Se as mulheres estão conseguindo seu espaço, não é fazendo as coisas completamente escondido.

    Claro que também, não acho que devemos desfilar com 1 a cada dia em lugares públicos. Ainda mais porque eu imagino que a rotatividade não seja tão grande assim. Mas este lance de não assumir o que está fazendo ainda me grila.

    Eu simplesmente DETESTO carinhas que ficam comigo dentro de cinemas, ou em baladas e depois quando vamos pra rua, simplesmente soltam da minha mão.. Como também me arrependo as vezes que já fiz isso com eles.

    Porra, se está fazendo assuma! Inclusive as consequencias.

    E se um cara pra ficar comigo, não puder saber do meu “passado”, ele não me respeita o suficiente para estar ao meu lado.

    A maioria dos homens ainda querem “Virgens experientes” como bem disse um amigo meu. E cabe à nós mulheres assumirmos nossas escolhas, e não aceitarmos caras inseguros para estarem ao nosso lado.

    Mais ou menos isso.. =D

    Bejim

  • Nati

    Como o Insolente já disse ali em cima, existem mais regras pra não se envolver do que benefícios em se ter um P.A. Isso mostra, pra mim, que mulheres por mais que tenham tesão se envolvem com os caras que a tratem/comam bem.

    Pra mim, se o cara é eleito pra ir pra cama comigo, e depois me faz querer replay, tem qualidades já.

    Então porque não se apaixonar?

    O lance mais importante é não se iludir a respeito do outro. SE ILUDIR, algo bem pessoal. Que pode ocorrer com o cara que está saindo com você só pra te comer, ou com o cara que trabalha ao seu lado e você acha que te dá bola.

    Não poder sair e mãos dadas e fingir de namoradinho com um cara só porque vocês não saão namorados é perder uma oportunidade única.

    Se as mulheres estão conseguindo seu espaço, não é fazendo as coisas completamente escondido.

    Claro que também, não acho que devemos desfilar com 1 a cada dia em lugares públicos. Ainda mais porque eu imagino que a rotatividade não seja tão grande assim. Mas este lance de não assumir o que está fazendo ainda me grila.

    Eu simplesmente DETESTO carinhas que ficam comigo dentro de cinemas, ou em baladas e depois quando vamos pra rua, simplesmente soltam da minha mão.. Como também me arrependo as vezes que já fiz isso com eles.

    Porra, se está fazendo assuma! Inclusive as consequencias.

    E se um cara pra ficar comigo, não puder saber do meu “passado”, ele não me respeita o suficiente para estar ao meu lado.

    A maioria dos homens ainda querem “Virgens experientes” como bem disse um amigo meu. E cabe à nós mulheres assumirmos nossas escolhas, e não aceitarmos caras inseguros para estarem ao nosso lado.

    Mais ou menos isso.. =D

    Bejim

  • Nati

    Como o Insolente já disse ali em cima, existem mais regras pra não se envolver do que benefícios em se ter um P.A. Isso mostra, pra mim, que mulheres por mais que tenham tesão se envolvem com os caras que a tratem/comam bem.

    Pra mim, se o cara é eleito pra ir pra cama comigo, e depois me faz querer replay, tem qualidades já.

    Então porque não se apaixonar?

    O lance mais importante é não se iludir a respeito do outro. SE ILUDIR, algo bem pessoal. Que pode ocorrer com o cara que está saindo com você só pra te comer, ou com o cara que trabalha ao seu lado e você acha que te dá bola.

    Não poder sair e mãos dadas e fingir de namoradinho com um cara só porque vocês não saão namorados é perder uma oportunidade única.

    Se as mulheres estão conseguindo seu espaço, não é fazendo as coisas completamente escondido.

    Claro que também, não acho que devemos desfilar com 1 a cada dia em lugares públicos. Ainda mais porque eu imagino que a rotatividade não seja tão grande assim. Mas este lance de não assumir o que está fazendo ainda me grila.

    Eu simplesmente DETESTO carinhas que ficam comigo dentro de cinemas, ou em baladas e depois quando vamos pra rua, simplesmente soltam da minha mão.. Como também me arrependo as vezes que já fiz isso com eles.

    Porra, se está fazendo assuma! Inclusive as consequencias.

    E se um cara pra ficar comigo, não puder saber do meu “passado”, ele não me respeita o suficiente para estar ao meu lado.

    A maioria dos homens ainda querem “Virgens experientes” como bem disse um amigo meu. E cabe à nós mulheres assumirmos nossas escolhas, e não aceitarmos caras inseguros para estarem ao nosso lado.

    Mais ou menos isso.. =D

    Bejim

  • Nati

    Como o Insolente já disse ali em cima, existem mais regras pra não se envolver do que benefícios em se ter um P.A. Isso mostra, pra mim, que mulheres por mais que tenham tesão se envolvem com os caras que a tratem/comam bem.

    Pra mim, se o cara é eleito pra ir pra cama comigo, e depois me faz querer replay, tem qualidades já.

    Então porque não se apaixonar?

    O lance mais importante é não se iludir a respeito do outro. SE ILUDIR, algo bem pessoal. Que pode ocorrer com o cara que está saindo com você só pra te comer, ou com o cara que trabalha ao seu lado e você acha que te dá bola.

    Não poder sair e mãos dadas e fingir de namoradinho com um cara só porque vocês não saão namorados é perder uma oportunidade única.

    Se as mulheres estão conseguindo seu espaço, não é fazendo as coisas completamente escondido.

    Claro que também, não acho que devemos desfilar com 1 a cada dia em lugares públicos. Ainda mais porque eu imagino que a rotatividade não seja tão grande assim. Mas este lance de não assumir o que está fazendo ainda me grila.

    Eu simplesmente DETESTO carinhas que ficam comigo dentro de cinemas, ou em baladas e depois quando vamos pra rua, simplesmente soltam da minha mão.. Como também me arrependo as vezes que já fiz isso com eles.

    Porra, se está fazendo assuma! Inclusive as consequencias.

    E se um cara pra ficar comigo, não puder saber do meu “passado”, ele não me respeita o suficiente para estar ao meu lado.

    A maioria dos homens ainda querem “Virgens experientes” como bem disse um amigo meu. E cabe à nós mulheres assumirmos nossas escolhas, e não aceitarmos caras inseguros para estarem ao nosso lado.

    Mais ou menos isso.. =D

    Bejim

  • Nati

    Como o Insolente já disse ali em cima, existem mais regras pra não se envolver do que benefícios em se ter um P.A. Isso mostra, pra mim, que mulheres por mais que tenham tesão se envolvem com os caras que a tratem/comam bem.

    Pra mim, se o cara é eleito pra ir pra cama comigo, e depois me faz querer replay, tem qualidades já.

    Então porque não se apaixonar?

    O lance mais importante é não se iludir a respeito do outro. SE ILUDIR, algo bem pessoal. Que pode ocorrer com o cara que está saindo com você só pra te comer, ou com o cara que trabalha ao seu lado e você acha que te dá bola.

    Não poder sair e mãos dadas e fingir de namoradinho com um cara só porque vocês não saão namorados é perder uma oportunidade única.

    Se as mulheres estão conseguindo seu espaço, não é fazendo as coisas completamente escondido.

    Claro que também, não acho que devemos desfilar com 1 a cada dia em lugares públicos. Ainda mais porque eu imagino que a rotatividade não seja tão grande assim. Mas este lance de não assumir o que está fazendo ainda me grila.

    Eu simplesmente DETESTO carinhas que ficam comigo dentro de cinemas, ou em baladas e depois quando vamos pra rua, simplesmente soltam da minha mão.. Como também me arrependo as vezes que já fiz isso com eles.

    Porra, se está fazendo assuma! Inclusive as consequencias.

    E se um cara pra ficar comigo, não puder saber do meu “passado”, ele não me respeita o suficiente para estar ao meu lado.

    A maioria dos homens ainda querem “Virgens experientes” como bem disse um amigo meu. E cabe à nós mulheres assumirmos nossas escolhas, e não aceitarmos caras inseguros para estarem ao nosso lado.

    Mais ou menos isso.. =D

    Bejim

  • Nati

    Como o Insolente já disse ali em cima, existem mais regras pra não se envolver do que benefícios em se ter um P.A. Isso mostra, pra mim, que mulheres por mais que tenham tesão se envolvem com os caras que a tratem/comam bem.

    Pra mim, se o cara é eleito pra ir pra cama comigo, e depois me faz querer replay, tem qualidades já.

    Então porque não se apaixonar?

    O lance mais importante é não se iludir a respeito do outro. SE ILUDIR, algo bem pessoal. Que pode ocorrer com o cara que está saindo com você só pra te comer, ou com o cara que trabalha ao seu lado e você acha que te dá bola.

    Não poder sair e mãos dadas e fingir de namoradinho com um cara só porque vocês não saão namorados é perder uma oportunidade única.

    Se as mulheres estão conseguindo seu espaço, não é fazendo as coisas completamente escondido.

    Claro que também, não acho que devemos desfilar com 1 a cada dia em lugares públicos. Ainda mais porque eu imagino que a rotatividade não seja tão grande assim. Mas este lance de não assumir o que está fazendo ainda me grila.

    Eu simplesmente DETESTO carinhas que ficam comigo dentro de cinemas, ou em baladas e depois quando vamos pra rua, simplesmente soltam da minha mão.. Como também me arrependo as vezes que já fiz isso com eles.

    Porra, se está fazendo assuma! Inclusive as consequencias.

    E se um cara pra ficar comigo, não puder saber do meu “passado”, ele não me respeita o suficiente para estar ao meu lado.

    A maioria dos homens ainda querem “Virgens experientes” como bem disse um amigo meu. E cabe à nós mulheres assumirmos nossas escolhas, e não aceitarmos caras inseguros para estarem ao nosso lado.

    Mais ou menos isso.. =D

    Bejim

  • Nati

    Como o Insolente já disse ali em cima, existem mais regras pra não se envolver do que benefícios em se ter um P.A. Isso mostra, pra mim, que mulheres por mais que tenham tesão se envolvem com os caras que a tratem/comam bem.

    Pra mim, se o cara é eleito pra ir pra cama comigo, e depois me faz querer replay, tem qualidades já.

    Então porque não se apaixonar?

    O lance mais importante é não se iludir a respeito do outro. SE ILUDIR, algo bem pessoal. Que pode ocorrer com o cara que está saindo com você só pra te comer, ou com o cara que trabalha ao seu lado e você acha que te dá bola.

    Não poder sair e mãos dadas e fingir de namoradinho com um cara só porque vocês não saão namorados é perder uma oportunidade única.

    Se as mulheres estão conseguindo seu espaço, não é fazendo as coisas completamente escondido.

    Claro que também, não acho que devemos desfilar com 1 a cada dia em lugares públicos. Ainda mais porque eu imagino que a rotatividade não seja tão grande assim. Mas este lance de não assumir o que está fazendo ainda me grila.

    Eu simplesmente DETESTO carinhas que ficam comigo dentro de cinemas, ou em baladas e depois quando vamos pra rua, simplesmente soltam da minha mão.. Como também me arrependo as vezes que já fiz isso com eles.

    Porra, se está fazendo assuma! Inclusive as consequencias.

    E se um cara pra ficar comigo, não puder saber do meu “passado”, ele não me respeita o suficiente para estar ao meu lado.

    A maioria dos homens ainda querem “Virgens experientes” como bem disse um amigo meu. E cabe à nós mulheres assumirmos nossas escolhas, e não aceitarmos caras inseguros para estarem ao nosso lado.

    Mais ou menos isso.. =D

    Bejim

  • Lonly_DF

    Lonlyzão tá aí pra ser P. A. de quem quiser viu?
    Sou ótimo amigo e muito melhor amante…hehehehehehe

  • Lonly_DF

    Lonlyzão tá aí pra ser P. A. de quem quiser viu?
    Sou ótimo amigo e muito melhor amante…hehehehehehe

  • Lonly_DF

    Lonlyzão tá aí pra ser P. A. de quem quiser viu?
    Sou ótimo amigo e muito melhor amante…hehehehehehe

  • Lonly_DF

    Lonlyzão tá aí pra ser P. A. de quem quiser viu?
    Sou ótimo amigo e muito melhor amante…hehehehehehe

  • Lonly_DF

    Lonlyzão tá aí pra ser P. A. de quem quiser viu?
    Sou ótimo amigo e muito melhor amante…hehehehehehe

  • Lonly_DF

    Lonlyzão tá aí pra ser P. A. de quem quiser viu?
    Sou ótimo amigo e muito melhor amante…hehehehehehe

  • Lonly_DF

    Lonlyzão tá aí pra ser P. A. de quem quiser viu?
    Sou ótimo amigo e muito melhor amante…hehehehehehe

  • Daniel

    Esse artigo tem que ser divulgado amplamente! Excelente iniciativa!!!
    Meu estoque ultimamente tá baixo, a maioria arranjou namorado =(

  • Daniel

    Esse artigo tem que ser divulgado amplamente! Excelente iniciativa!!!
    Meu estoque ultimamente tá baixo, a maioria arranjou namorado =(

  • Daniel

    Esse artigo tem que ser divulgado amplamente! Excelente iniciativa!!!
    Meu estoque ultimamente tá baixo, a maioria arranjou namorado =(

  • Daniel

    Esse artigo tem que ser divulgado amplamente! Excelente iniciativa!!!
    Meu estoque ultimamente tá baixo, a maioria arranjou namorado =(

  • Marcos

    “5) Não precisa ficar de chamego depois do sexo (conchinha etc) e pode ter a cama só pra você depois.”

    hahahaha
    Essa foi boa, essas mulheres tão parecendo caminhoneiras!!

    Isso foi e sempre vai ser vontade de mulher, ficar de chamego, e não de homem…

    Acho que vocês tão se empolgando com o negócio de os tempos mudaram né?
    Seu macho pede chamego depois de fonfar?

    haha
    Ridiculo, parece que vcs tão querendo virar homens.
    Não se esqueçam, que o que atrai um homem é justamente uma mulher.

  • Daniel

    Esse artigo tem que ser divulgado amplamente! Excelente iniciativa!!!
    Meu estoque ultimamente tá baixo, a maioria arranjou namorado =(

  • Marcos

    “5) Não precisa ficar de chamego depois do sexo (conchinha etc) e pode ter a cama só pra você depois.”

    hahahaha
    Essa foi boa, essas mulheres tão parecendo caminhoneiras!!

    Isso foi e sempre vai ser vontade de mulher, ficar de chamego, e não de homem…

    Acho que vocês tão se empolgando com o negócio de os tempos mudaram né?
    Seu macho pede chamego depois de fonfar?

    haha
    Ridiculo, parece que vcs tão querendo virar homens.
    Não se esqueçam, que o que atrai um homem é justamente uma mulher.

  • Marcos

    “5) Não precisa ficar de chamego depois do sexo (conchinha etc) e pode ter a cama só pra você depois.”

    hahahaha
    Essa foi boa, essas mulheres tão parecendo caminhoneiras!!

    Isso foi e sempre vai ser vontade de mulher, ficar de chamego, e não de homem…

    Acho que vocês tão se empolgando com o negócio de os tempos mudaram né?
    Seu macho pede chamego depois de fonfar?

    haha
    Ridiculo, parece que vcs tão querendo virar homens.
    Não se esqueçam, que o que atrai um homem é justamente uma mulher.

  • Marcos

    “5) Não precisa ficar de chamego depois do sexo (conchinha etc) e pode ter a cama só pra você depois.”

    hahahaha
    Essa foi boa, essas mulheres tão parecendo caminhoneiras!!

    Isso foi e sempre vai ser vontade de mulher, ficar de chamego, e não de homem…

    Acho que vocês tão se empolgando com o negócio de os tempos mudaram né?
    Seu macho pede chamego depois de fonfar?

    haha
    Ridiculo, parece que vcs tão querendo virar homens.
    Não se esqueçam, que o que atrai um homem é justamente uma mulher.

  • Marcos

    “5) Não precisa ficar de chamego depois do sexo (conchinha etc) e pode ter a cama só pra você depois.”

    hahahaha
    Essa foi boa, essas mulheres tão parecendo caminhoneiras!!

    Isso foi e sempre vai ser vontade de mulher, ficar de chamego, e não de homem…

    Acho que vocês tão se empolgando com o negócio de os tempos mudaram né?
    Seu macho pede chamego depois de fonfar?

    haha
    Ridiculo, parece que vcs tão querendo virar homens.
    Não se esqueçam, que o que atrai um homem é justamente uma mulher.

  • Daniel

    Esse artigo tem que ser divulgado amplamente! Excelente iniciativa!!!
    Meu estoque ultimamente tá baixo, a maioria arranjou namorado =(

  • Marcos

    “5) Não precisa ficar de chamego depois do sexo (conchinha etc) e pode ter a cama só pra você depois.”

    hahahaha
    Essa foi boa, essas mulheres tão parecendo caminhoneiras!!

    Isso foi e sempre vai ser vontade de mulher, ficar de chamego, e não de homem…

    Acho que vocês tão se empolgando com o negócio de os tempos mudaram né?
    Seu macho pede chamego depois de fonfar?

    haha
    Ridiculo, parece que vcs tão querendo virar homens.
    Não se esqueçam, que o que atrai um homem é justamente uma mulher.

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    Se tem homem gosta de “cuddling” eu não sei. Mas que tem homem que pede e fica todo noiado se você não quer tem demais.

    Não estamos deixando de ser femininas por isso não fófi.

    Machistas… me divertem.

    E viva a diversidade. o/

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    Se tem homem gosta de “cuddling” eu não sei. Mas que tem homem que pede e fica todo noiado se você não quer tem demais.

    Não estamos deixando de ser femininas por isso não fófi.

    Machistas… me divertem.

    E viva a diversidade. o/

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    Se tem homem gosta de “cuddling” eu não sei. Mas que tem homem que pede e fica todo noiado se você não quer tem demais.

    Não estamos deixando de ser femininas por isso não fófi.

    Machistas… me divertem.

    E viva a diversidade. o/

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    Se tem homem gosta de “cuddling” eu não sei. Mas que tem homem que pede e fica todo noiado se você não quer tem demais.

    Não estamos deixando de ser femininas por isso não fófi.

    Machistas… me divertem.

    E viva a diversidade. o/

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    Se tem homem gosta de “cuddling” eu não sei. Mas que tem homem que pede e fica todo noiado se você não quer tem demais.

    Não estamos deixando de ser femininas por isso não fófi.

    Machistas… me divertem.

    E viva a diversidade. o/

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    Se tem homem gosta de “cuddling” eu não sei. Mas que tem homem que pede e fica todo noiado se você não quer tem demais.

    Não estamos deixando de ser femininas por isso não fófi.

    Machistas… me divertem.

    E viva a diversidade. o/

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    Se tem homem gosta de “cuddling” eu não sei. Mas que tem homem que pede e fica todo noiado se você não quer tem demais.

    Não estamos deixando de ser femininas por isso não fófi.

    Machistas… me divertem.

    E viva a diversidade. o/

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    Se tem homem gosta de “cuddling” eu não sei. Mas que tem homem que pede e fica todo noiado se você não quer tem demais.

    Não estamos deixando de ser femininas por isso não fófi.

    Machistas… me divertem.

    E viva a diversidade. o/

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    Se tem homem gosta de “cuddling” eu não sei. Mas que tem homem que pede e fica todo noiado se você não quer tem demais.

    Não estamos deixando de ser femininas por isso não fófi.

    Machistas… me divertem.

    E viva a diversidade. o/

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com MaryJane

    Se tem homem gosta de “cuddling” eu não sei. Mas que tem homem que pede e fica todo noiado se você não quer tem demais.

    Não estamos deixando de ser femininas por isso não fófi.

    Machistas… me divertem.

    E viva a diversidade. \o/

  • http://www.pictolirica.com/ Maria Thereza

    incrível o texto, realmente, parabéns! falaram todas as verdades! por que só homem pode querer sexo casual sem ser mal visto?

    já foi citado ali em cima a relação vantagens de um P.A. x regras para não se envolver. sinceramente, a partir do momento em que há um mínimo de envolvimento, já não é mais P.A., então acho que vale a regra “se envolveu, caia fora”. e também, se (E SOMENTE SE) o envolvimento for mútuo, não vejo mal nenhum em surgir um relacionamento daí.

  • http://www.pictolirica.com/ Maria Thereza

    incrível o texto, realmente, parabéns! falaram todas as verdades! por que só homem pode querer sexo casual sem ser mal visto?

    já foi citado ali em cima a relação vantagens de um P.A. x regras para não se envolver. sinceramente, a partir do momento em que há um mínimo de envolvimento, já não é mais P.A., então acho que vale a regra “se envolveu, caia fora”. e também, se (E SOMENTE SE) o envolvimento for mútuo, não vejo mal nenhum em surgir um relacionamento daí.

  • http://www.pictolirica.com/ Maria Thereza

    incrível o texto, realmente, parabéns! falaram todas as verdades! por que só homem pode querer sexo casual sem ser mal visto?

    já foi citado ali em cima a relação vantagens de um P.A. x regras para não se envolver. sinceramente, a partir do momento em que há um mínimo de envolvimento, já não é mais P.A., então acho que vale a regra “se envolveu, caia fora”. e também, se (E SOMENTE SE) o envolvimento for mútuo, não vejo mal nenhum em surgir um relacionamento daí.

  • http://www.pictolirica.com/ Maria Thereza

    incrível o texto, realmente, parabéns! falaram todas as verdades! por que só homem pode querer sexo casual sem ser mal visto?

    já foi citado ali em cima a relação vantagens de um P.A. x regras para não se envolver. sinceramente, a partir do momento em que há um mínimo de envolvimento, já não é mais P.A., então acho que vale a regra “se envolveu, caia fora”. e também, se (E SOMENTE SE) o envolvimento for mútuo, não vejo mal nenhum em surgir um relacionamento daí.

  • http://www.pictolirica.com/ Maria Thereza

    incrível o texto, realmente, parabéns! falaram todas as verdades! por que só homem pode querer sexo casual sem ser mal visto?

    já foi citado ali em cima a relação vantagens de um P.A. x regras para não se envolver. sinceramente, a partir do momento em que há um mínimo de envolvimento, já não é mais P.A., então acho que vale a regra “se envolveu, caia fora”. e também, se (E SOMENTE SE) o envolvimento for mútuo, não vejo mal nenhum em surgir um relacionamento daí.

  • http://www.pictolirica.com/ Maria Thereza

    incrível o texto, realmente, parabéns! falaram todas as verdades! por que só homem pode querer sexo casual sem ser mal visto?

    já foi citado ali em cima a relação vantagens de um P.A. x regras para não se envolver. sinceramente, a partir do momento em que há um mínimo de envolvimento, já não é mais P.A., então acho que vale a regra “se envolveu, caia fora”. e também, se (E SOMENTE SE) o envolvimento for mútuo, não vejo mal nenhum em surgir um relacionamento daí.

  • http://www.pictolirica.com Maria Thereza

    incrível o texto, realmente, parabéns! falaram todas as verdades! por que só homem pode querer sexo casual sem ser mal visto?

    já foi citado ali em cima a relação vantagens de um P.A. x regras para não se envolver. sinceramente, a partir do momento em que há um mínimo de envolvimento, já não é mais P.A., então acho que vale a regra “se envolveu, caia fora”. e também, se (E SOMENTE SE) o envolvimento for mútuo, não vejo mal nenhum em surgir um relacionamento daí.

  • http://rafaelliziero.blogspot.com/ Rafael

    Começou bem o texto , mas discorreu demais nas regras. Se alguém seguir todas, deixa de ser casual, perde o interesse. Sexo é des-regrado! Se alguém precisar de um manual pra sexo casual então é porque não está na hora de praticá-lo.

  • http://rafaelliziero.blogspot.com/ Rafael

    Começou bem o texto , mas discorreu demais nas regras. Se alguém seguir todas, deixa de ser casual, perde o interesse. Sexo é des-regrado! Se alguém precisar de um manual pra sexo casual então é porque não está na hora de praticá-lo.

  • http://rafaelliziero.blogspot.com/ Rafael

    Começou bem o texto , mas discorreu demais nas regras. Se alguém seguir todas, deixa de ser casual, perde o interesse. Sexo é des-regrado! Se alguém precisar de um manual pra sexo casual então é porque não está na hora de praticá-lo.

  • http://rafaelliziero.blogspot.com/ Rafael

    Começou bem o texto , mas discorreu demais nas regras. Se alguém seguir todas, deixa de ser casual, perde o interesse. Sexo é des-regrado! Se alguém precisar de um manual pra sexo casual então é porque não está na hora de praticá-lo.

  • http://rafaelliziero.blogspot.com/ Rafael

    Começou bem o texto , mas discorreu demais nas regras. Se alguém seguir todas, deixa de ser casual, perde o interesse. Sexo é des-regrado! Se alguém precisar de um manual pra sexo casual então é porque não está na hora de praticá-lo.

  • http://rafaelliziero.blogspot.com/ Rafael

    Começou bem o texto , mas discorreu demais nas regras. Se alguém seguir todas, deixa de ser casual, perde o interesse. Sexo é des-regrado! Se alguém precisar de um manual pra sexo casual então é porque não está na hora de praticá-lo.

  • http://rafaelliziero.blogspot.com/ Rafael

    Começou bem o texto , mas discorreu demais nas regras. Se alguém seguir todas, deixa de ser casual, perde o interesse. Sexo é des-regrado! Se alguém precisar de um manual pra sexo casual então é porque não está na hora de praticá-lo.

  • http://rafaelliziero.blogspot.com/ Rafael

    Começou bem o texto , mas discorreu demais nas regras. Se alguém seguir todas, deixa de ser casual, perde o interesse. Sexo é des-regrado! Se alguém precisar de um manual pra sexo casual então é porque não está na hora de praticá-lo.

  • http://rafaelliziero.blogspot.com/ Rafael

    Começou bem o texto , mas discorreu demais nas regras. Se alguém seguir todas, deixa de ser casual, perde o interesse. Sexo é des-regrado! Se alguém precisar de um manual pra sexo casual então é porque não está na hora de praticá-lo.

  • http://rafaelliziero.blogspot.com Rafael

    Começou bem o texto , mas discorreu demais nas regras. Se alguém seguir todas, deixa de ser casual, perde o interesse. Sexo é des-regrado! Se alguém precisar de um manual pra sexo casual então é porque não está na hora de praticá-lo.

  • Insolente

    Maria Thereza, não creio que o envolvimento mútuo seja o suficiente pra pensar em um relacionamento. Há muitos relacionamentos que, só de levar em conta características da outra pessoa, vc já sabe que aquilo só pode dar em merda. Digo que é bom, pelo menos, ser um tanto criterioso na escolha do rolo/caso/cônjuge/affair/truelove, já que pessoas podem sim ter diferenças insuperáveis. Assim evita-se entrar em barcas furadas.

  • Insolente

    Maria Thereza, não creio que o envolvimento mútuo seja o suficiente pra pensar em um relacionamento. Há muitos relacionamentos que, só de levar em conta características da outra pessoa, vc já sabe que aquilo só pode dar em merda. Digo que é bom, pelo menos, ser um tanto criterioso na escolha do rolo/caso/cônjuge/affair/truelove, já que pessoas podem sim ter diferenças insuperáveis. Assim evita-se entrar em barcas furadas.

  • Insolente

    Maria Thereza, não creio que o envolvimento mútuo seja o suficiente pra pensar em um relacionamento. Há muitos relacionamentos que, só de levar em conta características da outra pessoa, vc já sabe que aquilo só pode dar em merda. Digo que é bom, pelo menos, ser um tanto criterioso na escolha do rolo/caso/cônjuge/affair/truelove, já que pessoas podem sim ter diferenças insuperáveis. Assim evita-se entrar em barcas furadas.

  • Insolente

    Maria Thereza, não creio que o envolvimento mútuo seja o suficiente pra pensar em um relacionamento. Há muitos relacionamentos que, só de levar em conta características da outra pessoa, vc já sabe que aquilo só pode dar em merda. Digo que é bom, pelo menos, ser um tanto criterioso na escolha do rolo/caso/cônjuge/affair/truelove, já que pessoas podem sim ter diferenças insuperáveis. Assim evita-se entrar em barcas furadas.

  • Insolente

    Maria Thereza, não creio que o envolvimento mútuo seja o suficiente pra pensar em um relacionamento. Há muitos relacionamentos que, só de levar em conta características da outra pessoa, vc já sabe que aquilo só pode dar em merda. Digo que é bom, pelo menos, ser um tanto criterioso na escolha do rolo/caso/cônjuge/affair/truelove, já que pessoas podem sim ter diferenças insuperáveis. Assim evita-se entrar em barcas furadas.

  • Insolente

    Maria Thereza, não creio que o envolvimento mútuo seja o suficiente pra pensar em um relacionamento. Há muitos relacionamentos que, só de levar em conta características da outra pessoa, vc já sabe que aquilo só pode dar em merda. Digo que é bom, pelo menos, ser um tanto criterioso na escolha do rolo/caso/cônjuge/affair/truelove, já que pessoas podem sim ter diferenças insuperáveis. Assim evita-se entrar em barcas furadas.

  • Nati

    Concordo com o Rafael.

    Plenamente!

  • Nati

    Concordo com o Rafael.

    Plenamente!

  • Nati

    Concordo com o Rafael.

    Plenamente!

  • Nati

    Concordo com o Rafael.

    Plenamente!

  • Nati

    Concordo com o Rafael.

    Plenamente!

  • Nina

    Muito bom o texto, moderno e reacionário. Mulheres precisam ler isso, para despertar para uma relidade que muitas vezes é melhor que um compromisso sério. Onde mudam nossas atitudes, nossos hábitos e nos prendem para as novidades do mundo.

    Valeu!

    Ps: Ah e respondendo ao CAIO, nunca tentei, gostei e vou tentar….

  • Nina

    Muito bom o texto, moderno e reacionário. Mulheres precisam ler isso, para despertar para uma relidade que muitas vezes é melhor que um compromisso sério. Onde mudam nossas atitudes, nossos hábitos e nos prendem para as novidades do mundo.

    Valeu!

    Ps: Ah e respondendo ao CAIO, nunca tentei, gostei e vou tentar….

  • Nina

    Muito bom o texto, moderno e reacionário. Mulheres precisam ler isso, para despertar para uma relidade que muitas vezes é melhor que um compromisso sério. Onde mudam nossas atitudes, nossos hábitos e nos prendem para as novidades do mundo.

    Valeu!

    Ps: Ah e respondendo ao CAIO, nunca tentei, gostei e vou tentar….

  • Nina

    Muito bom o texto, moderno e reacionário. Mulheres precisam ler isso, para despertar para uma relidade que muitas vezes é melhor que um compromisso sério. Onde mudam nossas atitudes, nossos hábitos e nos prendem para as novidades do mundo.

    Valeu!

    Ps: Ah e respondendo ao CAIO, nunca tentei, gostei e vou tentar….

  • Nina

    Muito bom o texto, moderno e reacionário. Mulheres precisam ler isso, para despertar para uma relidade que muitas vezes é melhor que um compromisso sério. Onde mudam nossas atitudes, nossos hábitos e nos prendem para as novidades do mundo.

    Valeu!

    Ps: Ah e respondendo ao CAIO, nunca tentei, gostei e vou tentar….

  • Nina

    Muito bom o texto, moderno e reacionário. Mulheres precisam ler isso, para despertar para uma relidade que muitas vezes é melhor que um compromisso sério. Onde mudam nossas atitudes, nossos hábitos e nos prendem para as novidades do mundo.

    Valeu!

    Ps: Ah e respondendo ao CAIO, nunca tentei, gostei e vou tentar….

  • Nina

    Muito bom o texto, moderno e reacionário. Mulheres precisam ler isso, para despertar para uma relidade que muitas vezes é melhor que um compromisso sério. Onde mudam nossas atitudes, nossos hábitos e nos prendem para as novidades do mundo.

    Valeu!

    Ps: Ah e respondendo ao CAIO, nunca tentei, gostei e vou tentar….

  • Marcos

    Claro que machistas te divertem, álias, isso aqui são regras de como ser uma “macha”! hahaha

    Mulher esperta demais espanta homens.

    Não é de se espantar o tanto de mulheres espertas, solteiras, bem sucedidas e infelizes que existem por aí…
    Daquelas que o namorado é um cachorro, não o cachorro homem, o cachorro animal mesmo, para compensar a falta afetiva…

    A ignorância é uma dádiva, os ignorantes é que são felizes.

    E não adianta, as mulheres são muito mais sentimentais que os homens, e elas acabam sempre, sempre se envolvendo.

  • Marcos

    Claro que machistas te divertem, álias, isso aqui são regras de como ser uma “macha”! hahaha

    Mulher esperta demais espanta homens.

    Não é de se espantar o tanto de mulheres espertas, solteiras, bem sucedidas e infelizes que existem por aí…
    Daquelas que o namorado é um cachorro, não o cachorro homem, o cachorro animal mesmo, para compensar a falta afetiva…

    A ignorância é uma dádiva, os ignorantes é que são felizes.

    E não adianta, as mulheres são muito mais sentimentais que os homens, e elas acabam sempre, sempre se envolvendo.

  • Marcos

    Claro que machistas te divertem, álias, isso aqui são regras de como ser uma “macha”! hahaha

    Mulher esperta demais espanta homens.

    Não é de se espantar o tanto de mulheres espertas, solteiras, bem sucedidas e infelizes que existem por aí…
    Daquelas que o namorado é um cachorro, não o cachorro homem, o cachorro animal mesmo, para compensar a falta afetiva…

    A ignorância é uma dádiva, os ignorantes é que são felizes.

    E não adianta, as mulheres são muito mais sentimentais que os homens, e elas acabam sempre, sempre se envolvendo.

  • Marcos

    Claro que machistas te divertem, álias, isso aqui são regras de como ser uma “macha”! hahaha

    Mulher esperta demais espanta homens.

    Não é de se espantar o tanto de mulheres espertas, solteiras, bem sucedidas e infelizes que existem por aí…
    Daquelas que o namorado é um cachorro, não o cachorro homem, o cachorro animal mesmo, para compensar a falta afetiva…

    A ignorância é uma dádiva, os ignorantes é que são felizes.

    E não adianta, as mulheres são muito mais sentimentais que os homens, e elas acabam sempre, sempre se envolvendo.

  • Marcos

    Claro que machistas te divertem, álias, isso aqui são regras de como ser uma “macha”! hahaha

    Mulher esperta demais espanta homens.

    Não é de se espantar o tanto de mulheres espertas, solteiras, bem sucedidas e infelizes que existem por aí…
    Daquelas que o namorado é um cachorro, não o cachorro homem, o cachorro animal mesmo, para compensar a falta afetiva…

    A ignorância é uma dádiva, os ignorantes é que são felizes.

    E não adianta, as mulheres são muito mais sentimentais que os homens, e elas acabam sempre, sempre se envolvendo.

  • Marcos

    Claro que machistas te divertem, álias, isso aqui são regras de como ser uma “macha”! hahaha

    Mulher esperta demais espanta homens.

    Não é de se espantar o tanto de mulheres espertas, solteiras, bem sucedidas e infelizes que existem por aí…
    Daquelas que o namorado é um cachorro, não o cachorro homem, o cachorro animal mesmo, para compensar a falta afetiva…

    A ignorância é uma dádiva, os ignorantes é que são felizes.

    E não adianta, as mulheres são muito mais sentimentais que os homens, e elas acabam sempre, sempre se envolvendo.

  • Marcos

    Claro que machistas te divertem, álias, isso aqui são regras de como ser uma “macha”! hahaha

    Mulher esperta demais espanta homens.

    Não é de se espantar o tanto de mulheres espertas, solteiras, bem sucedidas e infelizes que existem por aí…
    Daquelas que o namorado é um cachorro, não o cachorro homem, o cachorro animal mesmo, para compensar a falta afetiva…

    A ignorância é uma dádiva, os ignorantes é que são felizes.

    E não adianta, as mulheres são muito mais sentimentais que os homens, e elas acabam sempre, sempre se envolvendo.

  • Marcos

    Claro que machistas te divertem, álias, isso aqui são regras de como ser uma “macha”! hahaha

    Mulher esperta demais espanta homens.

    Não é de se espantar o tanto de mulheres espertas, solteiras, bem sucedidas e infelizes que existem por aí…
    Daquelas que o namorado é um cachorro, não o cachorro homem, o cachorro animal mesmo, para compensar a falta afetiva…

    A ignorância é uma dádiva, os ignorantes é que são felizes.

    E não adianta, as mulheres são muito mais sentimentais que os homens, e elas acabam sempre, sempre se envolvendo.

  • Marcos

    Claro que machistas te divertem, álias, isso aqui são regras de como ser uma “macha”! hahaha

    Mulher esperta demais espanta homens.

    Não é de se espantar o tanto de mulheres espertas, solteiras, bem sucedidas e infelizes que existem por aí…
    Daquelas que o namorado é um cachorro, não o cachorro homem, o cachorro animal mesmo, para compensar a falta afetiva…

    A ignorância é uma dádiva, os ignorantes é que são felizes.

    E não adianta, as mulheres são muito mais sentimentais que os homens, e elas acabam sempre, sempre se envolvendo.

  • Ráy

    Eu costumo dizer que a relação de Amizade Colorida é a mais sincera de todas, porque nós homens não precisamos dizer “Eu te amo!” pra ir pra cama com uma mulher e as mulheres não precisam abrir as´pernas sem tesão apenas para manter um relacionamento fraco…

    Sou P.A. de algumas amigas, é incrível a sensação de liberdade sexual e de expressão que se tem numa relação dessas. Muito bom!

    Tenho um vídeo que mostra mais ou menos as enrascadas que as mulheres se metem por aí… É uma campanha contra a AIDS, mas ficou super bem bolada!

    Se vocês quiserem postá-la, entrem em contato comigo por e-mail, pois o youtube não deixa adicionar o vídeo pq “Viola os Termos de Uso”, tsc. rs.

    Lambidas pras moças!

  • Ráy

    Eu costumo dizer que a relação de Amizade Colorida é a mais sincera de todas, porque nós homens não precisamos dizer “Eu te amo!” pra ir pra cama com uma mulher e as mulheres não precisam abrir as´pernas sem tesão apenas para manter um relacionamento fraco…

    Sou P.A. de algumas amigas, é incrível a sensação de liberdade sexual e de expressão que se tem numa relação dessas. Muito bom!

    Tenho um vídeo que mostra mais ou menos as enrascadas que as mulheres se metem por aí… É uma campanha contra a AIDS, mas ficou super bem bolada!

    Se vocês quiserem postá-la, entrem em contato comigo por e-mail, pois o youtube não deixa adicionar o vídeo pq “Viola os Termos de Uso”, tsc. rs.

    Lambidas pras moças!

  • Ráy

    Eu costumo dizer que a relação de Amizade Colorida é a mais sincera de todas, porque nós homens não precisamos dizer “Eu te amo!” pra ir pra cama com uma mulher e as mulheres não precisam abrir as´pernas sem tesão apenas para manter um relacionamento fraco…

    Sou P.A. de algumas amigas, é incrível a sensação de liberdade sexual e de expressão que se tem numa relação dessas. Muito bom!

    Tenho um vídeo que mostra mais ou menos as enrascadas que as mulheres se metem por aí… É uma campanha contra a AIDS, mas ficou super bem bolada!

    Se vocês quiserem postá-la, entrem em contato comigo por e-mail, pois o youtube não deixa adicionar o vídeo pq “Viola os Termos de Uso”, tsc. rs.

    Lambidas pras moças!

  • Ráy

    Eu costumo dizer que a relação de Amizade Colorida é a mais sincera de todas, porque nós homens não precisamos dizer “Eu te amo!” pra ir pra cama com uma mulher e as mulheres não precisam abrir as´pernas sem tesão apenas para manter um relacionamento fraco…

    Sou P.A. de algumas amigas, é incrível a sensação de liberdade sexual e de expressão que se tem numa relação dessas. Muito bom!

    Tenho um vídeo que mostra mais ou menos as enrascadas que as mulheres se metem por aí… É uma campanha contra a AIDS, mas ficou super bem bolada!

    Se vocês quiserem postá-la, entrem em contato comigo por e-mail, pois o youtube não deixa adicionar o vídeo pq “Viola os Termos de Uso”, tsc. rs.

    Lambidas pras moças!

  • Ráy

    Eu costumo dizer que a relação de Amizade Colorida é a mais sincera de todas, porque nós homens não precisamos dizer “Eu te amo!” pra ir pra cama com uma mulher e as mulheres não precisam abrir as´pernas sem tesão apenas para manter um relacionamento fraco…

    Sou P.A. de algumas amigas, é incrível a sensação de liberdade sexual e de expressão que se tem numa relação dessas. Muito bom!

    Tenho um vídeo que mostra mais ou menos as enrascadas que as mulheres se metem por aí… É uma campanha contra a AIDS, mas ficou super bem bolada!

    Se vocês quiserem postá-la, entrem em contato comigo por e-mail, pois o youtube não deixa adicionar o vídeo pq “Viola os Termos de Uso”, tsc. rs.

    Lambidas pras moças!

  • Ráy

    Eu costumo dizer que a relação de Amizade Colorida é a mais sincera de todas, porque nós homens não precisamos dizer “Eu te amo!” pra ir pra cama com uma mulher e as mulheres não precisam abrir as´pernas sem tesão apenas para manter um relacionamento fraco…

    Sou P.A. de algumas amigas, é incrível a sensação de liberdade sexual e de expressão que se tem numa relação dessas. Muito bom!

    Tenho um vídeo que mostra mais ou menos as enrascadas que as mulheres se metem por aí… É uma campanha contra a AIDS, mas ficou super bem bolada!

    Se vocês quiserem postá-la, entrem em contato comigo por e-mail, pois o youtube não deixa adicionar o vídeo pq “Viola os Termos de Uso”, tsc. rs.

    Lambidas pras moças!

  • Ráy

    Eu costumo dizer que a relação de Amizade Colorida é a mais sincera de todas, porque nós homens não precisamos dizer “Eu te amo!” pra ir pra cama com uma mulher e as mulheres não precisam abrir as´pernas sem tesão apenas para manter um relacionamento fraco…

    Sou P.A. de algumas amigas, é incrível a sensação de liberdade sexual e de expressão que se tem numa relação dessas. Muito bom!

    Tenho um vídeo que mostra mais ou menos as enrascadas que as mulheres se metem por aí… É uma campanha contra a AIDS, mas ficou super bem bolada!

    Se vocês quiserem postá-la, entrem em contato comigo por e-mail, pois o youtube não deixa adicionar o vídeo pq “Viola os Termos de Uso”, tsc. rs.

    Lambidas pras moças!

  • zebu

    coisa de gente mal amada
    xD

  • zebu

    coisa de gente mal amada
    xD

  • zebu

    coisa de gente mal amada
    xD

  • zebu

    coisa de gente mal amada
    xD

  • zebu

    coisa de gente mal amada
    xD

  • zebu

    coisa de gente mal amada
    xD

  • http://avidasecreta.com/ B. (A Vida Secreta)

    Ai, não consegui ler o monte de comentários, mas parabéns mocinhas, conseguiram sintetizar o conceito. Quer dizer, nem tanto, pois inventaram regras demais para algo muito simples e inclusive foi dito e repetido ao longo do texto.

    - tem que ter química (tensão sexual)
    - querer bem o outro (e sentir a recíproca verdadeira)
    - e NUNCA pegar no pé (do contrário, dá este direito em troca)

    No mais é deixar rolar mesmo, amigos são ótimos “entre amores”. Envolvimento, sem comprometimento.

  • http://avidasecreta.com/ B. (A Vida Secreta)

    Ai, não consegui ler o monte de comentários, mas parabéns mocinhas, conseguiram sintetizar o conceito. Quer dizer, nem tanto, pois inventaram regras demais para algo muito simples e inclusive foi dito e repetido ao longo do texto.

    - tem que ter química (tensão sexual)
    - querer bem o outro (e sentir a recíproca verdadeira)
    - e NUNCA pegar no pé (do contrário, dá este direito em troca)

    No mais é deixar rolar mesmo, amigos são ótimos “entre amores”. Envolvimento, sem comprometimento.

  • http://avidasecreta.com/ B. (A Vida Secreta)

    Ai, não consegui ler o monte de comentários, mas parabéns mocinhas, conseguiram sintetizar o conceito. Quer dizer, nem tanto, pois inventaram regras demais para algo muito simples e inclusive foi dito e repetido ao longo do texto.

    - tem que ter química (tensão sexual)
    - querer bem o outro (e sentir a recíproca verdadeira)
    - e NUNCA pegar no pé (do contrário, dá este direito em troca)

    No mais é deixar rolar mesmo, amigos são ótimos “entre amores”. Envolvimento, sem comprometimento.

  • http://avidasecreta.com/ B. (A Vida Secreta)

    Ai, não consegui ler o monte de comentários, mas parabéns mocinhas, conseguiram sintetizar o conceito. Quer dizer, nem tanto, pois inventaram regras demais para algo muito simples e inclusive foi dito e repetido ao longo do texto.

    - tem que ter química (tensão sexual)
    - querer bem o outro (e sentir a recíproca verdadeira)
    - e NUNCA pegar no pé (do contrário, dá este direito em troca)

    No mais é deixar rolar mesmo, amigos são ótimos “entre amores”. Envolvimento, sem comprometimento.

  • http://avidasecreta.com B. (A Vida Secreta)

    Ai, não consegui ler o monte de comentários, mas parabéns mocinhas, conseguiram sintetizar o conceito. Quer dizer, nem tanto, pois inventaram regras demais para algo muito simples e inclusive foi dito e repetido ao longo do texto.

    - tem que ter química (tensão sexual)
    - querer bem o outro (e sentir a recíproca verdadeira)
    - e NUNCA pegar no pé (do contrário, dá este direito em troca)

    No mais é deixar rolar mesmo, amigos são ótimos “entre amores”. Envolvimento, sem comprometimento.

  • Roberta

    “5) Não precisa ficar de chamego depois do sexo (conchinha etc) e pode ter a cama só pra você depois.” -> ah, mas eu ADORO ficar de conchinha… fazendo (e principalmente recebendo) carinho. Sei q mtos homens ñ gostam disso, mas eu gosto… e um dia arranjo alguém pra mim, tá?

    Tem que ter muitos anos de terapia no meio, pra se manter um relacionamento que envolva sexo e… não se envolver, afinal. [2]

    Pra mim, se o cara é eleito pra ir pra cama comigo, e depois me faz querer replay, tem qualidades já. Então porque não se apaixonar? [2]

    Legal pra quem consegue conviver c/ isso. Eu ñ conseguiria. Eu me envolvo fácil. Assim ñ dá rs.

    Há um tempo estava ficando c/ um cara… ficamos bastante tempo. Até q… rolou. Foi uma merda! Ñ sei se por esse motivo, ou por outro (nem eu me entendo ¬¬) eu comecei a me afastar dele. Ñ atendia ligações, ñ respondia SMS, ñ queria sair com ele, nem ouvir falar dele.

    Aí, imagine se ele fosse um amigo meu. A amizade teria ido pro brejo. É estranho. Pra mim isso ñ rola. Pelo menos por enquanto. “Nunca diga nunca” rs.

    E se um cara pra ficar comigo, não puder saber do meu “passado”, ele não me respeita o suficiente para estar ao meu lado. [2] ñ que meu passado seja sujo, mas…

    e também, se (E SOMENTE SE) o envolvimento for mútuo, não vejo mal nenhum em surgir um relacionamento daí. [2]

    Rafael falou tudo!

  • Roberta

    “5) Não precisa ficar de chamego depois do sexo (conchinha etc) e pode ter a cama só pra você depois.” -> ah, mas eu ADORO ficar de conchinha… fazendo (e principalmente recebendo) carinho. Sei q mtos homens ñ gostam disso, mas eu gosto… e um dia arranjo alguém pra mim, tá?

    Tem que ter muitos anos de terapia no meio, pra se manter um relacionamento que envolva sexo e… não se envolver, afinal. [2]

    Pra mim, se o cara é eleito pra ir pra cama comigo, e depois me faz querer replay, tem qualidades já. Então porque não se apaixonar? [2]

    Legal pra quem consegue conviver c/ isso. Eu ñ conseguiria. Eu me envolvo fácil. Assim ñ dá rs.

    Há um tempo estava ficando c/ um cara… ficamos bastante tempo. Até q… rolou. Foi uma merda! Ñ sei se por esse motivo, ou por outro (nem eu me entendo ¬¬) eu comecei a me afastar dele. Ñ atendia ligações, ñ respondia SMS, ñ queria sair com ele, nem ouvir falar dele.

    Aí, imagine se ele fosse um amigo meu. A amizade teria ido pro brejo. É estranho. Pra mim isso ñ rola. Pelo menos por enquanto. “Nunca diga nunca” rs.

    E se um cara pra ficar comigo, não puder saber do meu “passado”, ele não me respeita o suficiente para estar ao meu lado. [2] ñ que meu passado seja sujo, mas…

    e também, se (E SOMENTE SE) o envolvimento for mútuo, não vejo mal nenhum em surgir um relacionamento daí. [2]

    Rafael falou tudo!

  • Roberta

    “5) Não precisa ficar de chamego depois do sexo (conchinha etc) e pode ter a cama só pra você depois.” -> ah, mas eu ADORO ficar de conchinha… fazendo (e principalmente recebendo) carinho. Sei q mtos homens ñ gostam disso, mas eu gosto… e um dia arranjo alguém pra mim, tá?

    Tem que ter muitos anos de terapia no meio, pra se manter um relacionamento que envolva sexo e… não se envolver, afinal. [2]

    Pra mim, se o cara é eleito pra ir pra cama comigo, e depois me faz querer replay, tem qualidades já. Então porque não se apaixonar? [2]

    Legal pra quem consegue conviver c/ isso. Eu ñ conseguiria. Eu me envolvo fácil. Assim ñ dá rs.

    Há um tempo estava ficando c/ um cara… ficamos bastante tempo. Até q… rolou. Foi uma merda! Ñ sei se por esse motivo, ou por outro (nem eu me entendo ¬¬) eu comecei a me afastar dele. Ñ atendia ligações, ñ respondia SMS, ñ queria sair com ele, nem ouvir falar dele.

    Aí, imagine se ele fosse um amigo meu. A amizade teria ido pro brejo. É estranho. Pra mim isso ñ rola. Pelo menos por enquanto. “Nunca diga nunca” rs.

    E se um cara pra ficar comigo, não puder saber do meu “passado”, ele não me respeita o suficiente para estar ao meu lado. [2] ñ que meu passado seja sujo, mas…

    e também, se (E SOMENTE SE) o envolvimento for mútuo, não vejo mal nenhum em surgir um relacionamento daí. [2]

    Rafael falou tudo!

  • Roberta

    “5) Não precisa ficar de chamego depois do sexo (conchinha etc) e pode ter a cama só pra você depois.” -> ah, mas eu ADORO ficar de conchinha… fazendo (e principalmente recebendo) carinho. Sei q mtos homens ñ gostam disso, mas eu gosto… e um dia arranjo alguém pra mim, tá?

    Tem que ter muitos anos de terapia no meio, pra se manter um relacionamento que envolva sexo e… não se envolver, afinal. [2]

    Pra mim, se o cara é eleito pra ir pra cama comigo, e depois me faz querer replay, tem qualidades já. Então porque não se apaixonar? [2]

    Legal pra quem consegue conviver c/ isso. Eu ñ conseguiria. Eu me envolvo fácil. Assim ñ dá rs.

    Há um tempo estava ficando c/ um cara… ficamos bastante tempo. Até q… rolou. Foi uma merda! Ñ sei se por esse motivo, ou por outro (nem eu me entendo ¬¬) eu comecei a me afastar dele. Ñ atendia ligações, ñ respondia SMS, ñ queria sair com ele, nem ouvir falar dele.

    Aí, imagine se ele fosse um amigo meu. A amizade teria ido pro brejo. É estranho. Pra mim isso ñ rola. Pelo menos por enquanto. “Nunca diga nunca” rs.

    E se um cara pra ficar comigo, não puder saber do meu “passado”, ele não me respeita o suficiente para estar ao meu lado. [2] ñ que meu passado seja sujo, mas…

    e também, se (E SOMENTE SE) o envolvimento for mútuo, não vejo mal nenhum em surgir um relacionamento daí. [2]

    Rafael falou tudo!

  • Roberta

    “5) Não precisa ficar de chamego depois do sexo (conchinha etc) e pode ter a cama só pra você depois.” -> ah, mas eu ADORO ficar de conchinha… fazendo (e principalmente recebendo) carinho. Sei q mtos homens ñ gostam disso, mas eu gosto… e um dia arranjo alguém pra mim, tá?

    Tem que ter muitos anos de terapia no meio, pra se manter um relacionamento que envolva sexo e… não se envolver, afinal. [2]

    Pra mim, se o cara é eleito pra ir pra cama comigo, e depois me faz querer replay, tem qualidades já. Então porque não se apaixonar? [2]

    Legal pra quem consegue conviver c/ isso. Eu ñ conseguiria. Eu me envolvo fácil. Assim ñ dá rs.

    Há um tempo estava ficando c/ um cara… ficamos bastante tempo. Até q… rolou. Foi uma merda! Ñ sei se por esse motivo, ou por outro (nem eu me entendo ¬¬) eu comecei a me afastar dele. Ñ atendia ligações, ñ respondia SMS, ñ queria sair com ele, nem ouvir falar dele.

    Aí, imagine se ele fosse um amigo meu. A amizade teria ido pro brejo. É estranho. Pra mim isso ñ rola. Pelo menos por enquanto. “Nunca diga nunca” rs.

    E se um cara pra ficar comigo, não puder saber do meu “passado”, ele não me respeita o suficiente para estar ao meu lado. [2] ñ que meu passado seja sujo, mas…

    e também, se (E SOMENTE SE) o envolvimento for mútuo, não vejo mal nenhum em surgir um relacionamento daí. [2]

    Rafael falou tudo!

  • Roberta

    “5) Não precisa ficar de chamego depois do sexo (conchinha etc) e pode ter a cama só pra você depois.” -> ah, mas eu ADORO ficar de conchinha… fazendo (e principalmente recebendo) carinho. Sei q mtos homens ñ gostam disso, mas eu gosto… e um dia arranjo alguém pra mim, tá?

    Tem que ter muitos anos de terapia no meio, pra se manter um relacionamento que envolva sexo e… não se envolver, afinal. [2]

    Pra mim, se o cara é eleito pra ir pra cama comigo, e depois me faz querer replay, tem qualidades já. Então porque não se apaixonar? [2]

    Legal pra quem consegue conviver c/ isso. Eu ñ conseguiria. Eu me envolvo fácil. Assim ñ dá rs.

    Há um tempo estava ficando c/ um cara… ficamos bastante tempo. Até q… rolou. Foi uma merda! Ñ sei se por esse motivo, ou por outro (nem eu me entendo ¬¬) eu comecei a me afastar dele. Ñ atendia ligações, ñ respondia SMS, ñ queria sair com ele, nem ouvir falar dele.

    Aí, imagine se ele fosse um amigo meu. A amizade teria ido pro brejo. É estranho. Pra mim isso ñ rola. Pelo menos por enquanto. “Nunca diga nunca” rs.

    E se um cara pra ficar comigo, não puder saber do meu “passado”, ele não me respeita o suficiente para estar ao meu lado. [2] ñ que meu passado seja sujo, mas…

    e também, se (E SOMENTE SE) o envolvimento for mútuo, não vejo mal nenhum em surgir um relacionamento daí. [2]

    Rafael falou tudo!

  • Roberta

    “5) Não precisa ficar de chamego depois do sexo (conchinha etc) e pode ter a cama só pra você depois.” -> ah, mas eu ADORO ficar de conchinha… fazendo (e principalmente recebendo) carinho. Sei q mtos homens ñ gostam disso, mas eu gosto… e um dia arranjo alguém pra mim, tá?

    Tem que ter muitos anos de terapia no meio, pra se manter um relacionamento que envolva sexo e… não se envolver, afinal. [2]

    Pra mim, se o cara é eleito pra ir pra cama comigo, e depois me faz querer replay, tem qualidades já. Então porque não se apaixonar? [2]

    Legal pra quem consegue conviver c/ isso. Eu ñ conseguiria. Eu me envolvo fácil. Assim ñ dá rs.

    Há um tempo estava ficando c/ um cara… ficamos bastante tempo. Até q… rolou. Foi uma merda! Ñ sei se por esse motivo, ou por outro (nem eu me entendo ¬¬) eu comecei a me afastar dele. Ñ atendia ligações, ñ respondia SMS, ñ queria sair com ele, nem ouvir falar dele.

    Aí, imagine se ele fosse um amigo meu. A amizade teria ido pro brejo. É estranho. Pra mim isso ñ rola. Pelo menos por enquanto. “Nunca diga nunca” rs.

    E se um cara pra ficar comigo, não puder saber do meu “passado”, ele não me respeita o suficiente para estar ao meu lado. [2] ñ que meu passado seja sujo, mas…

    e também, se (E SOMENTE SE) o envolvimento for mútuo, não vejo mal nenhum em surgir um relacionamento daí. [2]

    Rafael falou tudo!

  • Roberta

    “5) Não precisa ficar de chamego depois do sexo (conchinha etc) e pode ter a cama só pra você depois.” -> ah, mas eu ADORO ficar de conchinha… fazendo (e principalmente recebendo) carinho. Sei q mtos homens ñ gostam disso, mas eu gosto… e um dia arranjo alguém pra mim, tá?

    Tem que ter muitos anos de terapia no meio, pra se manter um relacionamento que envolva sexo e… não se envolver, afinal. [2]

    Pra mim, se o cara é eleito pra ir pra cama comigo, e depois me faz querer replay, tem qualidades já. Então porque não se apaixonar? [2]

    Legal pra quem consegue conviver c/ isso. Eu ñ conseguiria. Eu me envolvo fácil. Assim ñ dá rs.

    Há um tempo estava ficando c/ um cara… ficamos bastante tempo. Até q… rolou. Foi uma merda! Ñ sei se por esse motivo, ou por outro (nem eu me entendo ¬¬) eu comecei a me afastar dele. Ñ atendia ligações, ñ respondia SMS, ñ queria sair com ele, nem ouvir falar dele.

    Aí, imagine se ele fosse um amigo meu. A amizade teria ido pro brejo. É estranho. Pra mim isso ñ rola. Pelo menos por enquanto. “Nunca diga nunca” rs.

    E se um cara pra ficar comigo, não puder saber do meu “passado”, ele não me respeita o suficiente para estar ao meu lado. [2] ñ que meu passado seja sujo, mas…

    e também, se (E SOMENTE SE) o envolvimento for mútuo, não vejo mal nenhum em surgir um relacionamento daí. [2]

    Rafael falou tudo!

  • Roberta

    “5) Não precisa ficar de chamego depois do sexo (conchinha etc) e pode ter a cama só pra você depois.” -> ah, mas eu ADORO ficar de conchinha… fazendo (e principalmente recebendo) carinho. Sei q mtos homens ñ gostam disso, mas eu gosto… e um dia arranjo alguém pra mim, tá?

    Tem que ter muitos anos de terapia no meio, pra se manter um relacionamento que envolva sexo e… não se envolver, afinal. [2]

    Pra mim, se o cara é eleito pra ir pra cama comigo, e depois me faz querer replay, tem qualidades já. Então porque não se apaixonar? [2]

    Legal pra quem consegue conviver c/ isso. Eu ñ conseguiria. Eu me envolvo fácil. Assim ñ dá rs.

    Há um tempo estava ficando c/ um cara… ficamos bastante tempo. Até q… rolou. Foi uma merda! Ñ sei se por esse motivo, ou por outro (nem eu me entendo ¬¬) eu comecei a me afastar dele. Ñ atendia ligações, ñ respondia SMS, ñ queria sair com ele, nem ouvir falar dele.

    Aí, imagine se ele fosse um amigo meu. A amizade teria ido pro brejo. É estranho. Pra mim isso ñ rola. Pelo menos por enquanto. “Nunca diga nunca” rs.

    E se um cara pra ficar comigo, não puder saber do meu “passado”, ele não me respeita o suficiente para estar ao meu lado. [2] ñ que meu passado seja sujo, mas…

    e também, se (E SOMENTE SE) o envolvimento for mútuo, não vejo mal nenhum em surgir um relacionamento daí. [2]

    Rafael falou tudo!

  • Roberta

    “5) Não precisa ficar de chamego depois do sexo (conchinha etc) e pode ter a cama só pra você depois.” -> ah, mas eu ADORO ficar de conchinha… fazendo (e principalmente recebendo) carinho. Sei q mtos homens ñ gostam disso, mas eu gosto… e um dia arranjo alguém pra mim, tá?

    Tem que ter muitos anos de terapia no meio, pra se manter um relacionamento que envolva sexo e… não se envolver, afinal. [2]

    Pra mim, se o cara é eleito pra ir pra cama comigo, e depois me faz querer replay, tem qualidades já. Então porque não se apaixonar? [2]

    Legal pra quem consegue conviver c/ isso. Eu ñ conseguiria. Eu me envolvo fácil. Assim ñ dá rs.

    Há um tempo estava ficando c/ um cara… ficamos bastante tempo. Até q… rolou. Foi uma merda! Ñ sei se por esse motivo, ou por outro (nem eu me entendo ¬¬) eu comecei a me afastar dele. Ñ atendia ligações, ñ respondia SMS, ñ queria sair com ele, nem ouvir falar dele.

    Aí, imagine se ele fosse um amigo meu. A amizade teria ido pro brejo. É estranho. Pra mim isso ñ rola. Pelo menos por enquanto. “Nunca diga nunca” rs.

    E se um cara pra ficar comigo, não puder saber do meu “passado”, ele não me respeita o suficiente para estar ao meu lado. [2] ñ que meu passado seja sujo, mas…

    e também, se (E SOMENTE SE) o envolvimento for mútuo, não vejo mal nenhum em surgir um relacionamento daí. [2]

    Rafael falou tudo!

  • Roberta

    “5) Não precisa ficar de chamego depois do sexo (conchinha etc) e pode ter a cama só pra você depois.” -> ah, mas eu ADORO ficar de conchinha… fazendo (e principalmente recebendo) carinho. Sei q mtos homens ñ gostam disso, mas eu gosto… e um dia arranjo alguém pra mim, tá?

    Tem que ter muitos anos de terapia no meio, pra se manter um relacionamento que envolva sexo e… não se envolver, afinal. [2]

    Pra mim, se o cara é eleito pra ir pra cama comigo, e depois me faz querer replay, tem qualidades já. Então porque não se apaixonar? [2]

    Legal pra quem consegue conviver c/ isso. Eu ñ conseguiria. Eu me envolvo fácil. Assim ñ dá rs.

    Há um tempo estava ficando c/ um cara… ficamos bastante tempo. Até q… rolou. Foi uma merda! Ñ sei se por esse motivo, ou por outro (nem eu me entendo ¬¬) eu comecei a me afastar dele. Ñ atendia ligações, ñ respondia SMS, ñ queria sair com ele, nem ouvir falar dele.

    Aí, imagine se ele fosse um amigo meu. A amizade teria ido pro brejo. É estranho. Pra mim isso ñ rola. Pelo menos por enquanto. “Nunca diga nunca” rs.

    E se um cara pra ficar comigo, não puder saber do meu “passado”, ele não me respeita o suficiente para estar ao meu lado. [2] ñ que meu passado seja sujo, mas…

    e também, se (E SOMENTE SE) o envolvimento for mútuo, não vejo mal nenhum em surgir um relacionamento daí. [2]

    Rafael falou tudo!

  • http://paralembrarouesquecer.blogspot.com/ Carla

    Concordo com vc, Roberta!

    “Sei q mtos homens ñ gostam disso, mas eu gosto… e um dia arranjo alguém pra mim, tá?”[2]

    Também compartilho a opinião da Nati, quando ela diz que se o cara foi eleito para ir pra cama comigo, então pq não se apaixonar?

    Como eu disse lá em cima, até já tentei ter PA, mas realmente não consigo. Claro que não critico quem consegue/tem/defende, acho que cada um deve se sentir bem com aquilo que tem vontade de fazer.
    Mas vou muito com o que já foi dito, e penso que não seja machismo: a mulher deve se comportar como mulher, e isso não significa submissão. Digo isso por experiência própria, pois tenho muitas ferramentas para ser mulher-alfa, o q me deixa sempre atenta para não ultrapassar limites que podem me afastar do sexo oposto [e isso eu não quero! rsrsrs]
    Não é de se espantar o tanto de mulheres espertas, solteiras, bem sucedidas e infelizes que existem por aí…[2]
    A ignorância é uma dádiva, os ignorantes é que são felizes.[2]

    :***

  • http://paralembrarouesquecer.blogspot.com/ Carla

    Concordo com vc, Roberta!

    “Sei q mtos homens ñ gostam disso, mas eu gosto… e um dia arranjo alguém pra mim, tá?”[2]

    Também compartilho a opinião da Nati, quando ela diz que se o cara foi eleito para ir pra cama comigo, então pq não se apaixonar?

    Como eu disse lá em cima, até já tentei ter PA, mas realmente não consigo. Claro que não critico quem consegue/tem/defende, acho que cada um deve se sentir bem com aquilo que tem vontade de fazer.
    Mas vou muito com o que já foi dito, e penso que não seja machismo: a mulher deve se comportar como mulher, e isso não significa submissão. Digo isso por experiência própria, pois tenho muitas ferramentas para ser mulher-alfa, o q me deixa sempre atenta para não ultrapassar limites que podem me afastar do sexo oposto [e isso eu não quero! rsrsrs]
    Não é de se espantar o tanto de mulheres espertas, solteiras, bem sucedidas e infelizes que existem por aí…[2]
    A ignorância é uma dádiva, os ignorantes é que são felizes.[2]

    :***

  • http://paralembrarouesquecer.blogspot.com/ Carla

    Concordo com vc, Roberta!

    “Sei q mtos homens ñ gostam disso, mas eu gosto… e um dia arranjo alguém pra mim, tá?”[2]

    Também compartilho a opinião da Nati, quando ela diz que se o cara foi eleito para ir pra cama comigo, então pq não se apaixonar?

    Como eu disse lá em cima, até já tentei ter PA, mas realmente não consigo. Claro que não critico quem consegue/tem/defende, acho que cada um deve se sentir bem com aquilo que tem vontade de fazer.
    Mas vou muito com o que já foi dito, e penso que não seja machismo: a mulher deve se comportar como mulher, e isso não significa submissão. Digo isso por experiência própria, pois tenho muitas ferramentas para ser mulher-alfa, o q me deixa sempre atenta para não ultrapassar limites que podem me afastar do sexo oposto [e isso eu não quero! rsrsrs]
    Não é de se espantar o tanto de mulheres espertas, solteiras, bem sucedidas e infelizes que existem por aí…[2]
    A ignorância é uma dádiva, os ignorantes é que são felizes.[2]

    :***

  • http://paralembrarouesquecer.blogspot.com/ Carla

    Concordo com vc, Roberta!

    “Sei q mtos homens ñ gostam disso, mas eu gosto… e um dia arranjo alguém pra mim, tá?”[2]

    Também compartilho a opinião da Nati, quando ela diz que se o cara foi eleito para ir pra cama comigo, então pq não se apaixonar?

    Como eu disse lá em cima, até já tentei ter PA, mas realmente não consigo. Claro que não critico quem consegue/tem/defende, acho que cada um deve se sentir bem com aquilo que tem vontade de fazer.
    Mas vou muito com o que já foi dito, e penso que não seja machismo: a mulher deve se comportar como mulher, e isso não significa submissão. Digo isso por experiência própria, pois tenho muitas ferramentas para ser mulher-alfa, o q me deixa sempre atenta para não ultrapassar limites que podem me afastar do sexo oposto [e isso eu não quero! rsrsrs]
    Não é de se espantar o tanto de mulheres espertas, solteiras, bem sucedidas e infelizes que existem por aí…[2]
    A ignorância é uma dádiva, os ignorantes é que são felizes.[2]

    :***

  • http://paralembrarouesquecer.blogspot.com Carla

    Concordo com vc, Roberta!

    “Sei q mtos homens ñ gostam disso, mas eu gosto… e um dia arranjo alguém pra mim, tá?”[2]

    Também compartilho a opinião da Nati, quando ela diz que se o cara foi eleito para ir pra cama comigo, então pq não se apaixonar?

    Como eu disse lá em cima, até já tentei ter PA, mas realmente não consigo. Claro que não critico quem consegue/tem/defende, acho que cada um deve se sentir bem com aquilo que tem vontade de fazer.
    Mas vou muito com o que já foi dito, e penso que não seja machismo: a mulher deve se comportar como mulher, e isso não significa submissão. Digo isso por experiência própria, pois tenho muitas ferramentas para ser mulher-alfa, o q me deixa sempre atenta para não ultrapassar limites que podem me afastar do sexo oposto [e isso eu não quero! rsrsrs]
    Não é de se espantar o tanto de mulheres espertas, solteiras, bem sucedidas e infelizes que existem por aí…[2]
    A ignorância é uma dádiva, os ignorantes é que são felizes.[2]

    :***

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    Abrindo um parentese aqui que tem gente que tá confundindo tudo. Não é porque estamos dizendo que mulher gosta de prazer por prazer sim que ela também nao pode gostar de intimidade e romantismos. Há momentos e momentos. Abram a cabeça meus caros leitores, não existe apenas o preto e o branco, pensem nos belos tons de cinza.

    Sei que tem MUITAS regras aí, fomos compilando-as baseadas em experiencias proprias e de várias amigas e amigOS. O uso vai depender da carência afetiva de cada um(a). Eu nem vejo mais regras, só a liberdade.

    “A sociedade não está preparada para certas coisas, ainda, infelizmente. E as pessoas ficam com muita inveja dessa sua relação maravilhosa, como você é aberta e feliz, e começam a se meter e a jogar praga ou lhe criticar pelas costas.” [2]

    Num disse? ahuahuahau

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    Abrindo um parentese aqui que tem gente que tá confundindo tudo. Não é porque estamos dizendo que mulher gosta de prazer por prazer sim que ela também nao pode gostar de intimidade e romantismos. Há momentos e momentos. Abram a cabeça meus caros leitores, não existe apenas o preto e o branco, pensem nos belos tons de cinza.

    Sei que tem MUITAS regras aí, fomos compilando-as baseadas em experiencias proprias e de várias amigas e amigOS. O uso vai depender da carência afetiva de cada um(a). Eu nem vejo mais regras, só a liberdade.

    “A sociedade não está preparada para certas coisas, ainda, infelizmente. E as pessoas ficam com muita inveja dessa sua relação maravilhosa, como você é aberta e feliz, e começam a se meter e a jogar praga ou lhe criticar pelas costas.” [2]

    Num disse? ahuahuahau

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    Abrindo um parentese aqui que tem gente que tá confundindo tudo. Não é porque estamos dizendo que mulher gosta de prazer por prazer sim que ela também nao pode gostar de intimidade e romantismos. Há momentos e momentos. Abram a cabeça meus caros leitores, não existe apenas o preto e o branco, pensem nos belos tons de cinza.

    Sei que tem MUITAS regras aí, fomos compilando-as baseadas em experiencias proprias e de várias amigas e amigOS. O uso vai depender da carência afetiva de cada um(a). Eu nem vejo mais regras, só a liberdade.

    “A sociedade não está preparada para certas coisas, ainda, infelizmente. E as pessoas ficam com muita inveja dessa sua relação maravilhosa, como você é aberta e feliz, e começam a se meter e a jogar praga ou lhe criticar pelas costas.” [2]

    Num disse? ahuahuahau

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    Abrindo um parentese aqui que tem gente que tá confundindo tudo. Não é porque estamos dizendo que mulher gosta de prazer por prazer sim que ela também nao pode gostar de intimidade e romantismos. Há momentos e momentos. Abram a cabeça meus caros leitores, não existe apenas o preto e o branco, pensem nos belos tons de cinza.

    Sei que tem MUITAS regras aí, fomos compilando-as baseadas em experiencias proprias e de várias amigas e amigOS. O uso vai depender da carência afetiva de cada um(a). Eu nem vejo mais regras, só a liberdade.

    “A sociedade não está preparada para certas coisas, ainda, infelizmente. E as pessoas ficam com muita inveja dessa sua relação maravilhosa, como você é aberta e feliz, e começam a se meter e a jogar praga ou lhe criticar pelas costas.” [2]

    Num disse? ahuahuahau

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    Abrindo um parentese aqui que tem gente que tá confundindo tudo. Não é porque estamos dizendo que mulher gosta de prazer por prazer sim que ela também nao pode gostar de intimidade e romantismos. Há momentos e momentos. Abram a cabeça meus caros leitores, não existe apenas o preto e o branco, pensem nos belos tons de cinza.

    Sei que tem MUITAS regras aí, fomos compilando-as baseadas em experiencias proprias e de várias amigas e amigOS. O uso vai depender da carência afetiva de cada um(a). Eu nem vejo mais regras, só a liberdade.

    “A sociedade não está preparada para certas coisas, ainda, infelizmente. E as pessoas ficam com muita inveja dessa sua relação maravilhosa, como você é aberta e feliz, e começam a se meter e a jogar praga ou lhe criticar pelas costas.” [2]

    Num disse? ahuahuahau

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    Abrindo um parentese aqui que tem gente que tá confundindo tudo. Não é porque estamos dizendo que mulher gosta de prazer por prazer sim que ela também nao pode gostar de intimidade e romantismos. Há momentos e momentos. Abram a cabeça meus caros leitores, não existe apenas o preto e o branco, pensem nos belos tons de cinza.

    Sei que tem MUITAS regras aí, fomos compilando-as baseadas em experiencias proprias e de várias amigas e amigOS. O uso vai depender da carência afetiva de cada um(a). Eu nem vejo mais regras, só a liberdade.

    “A sociedade não está preparada para certas coisas, ainda, infelizmente. E as pessoas ficam com muita inveja dessa sua relação maravilhosa, como você é aberta e feliz, e começam a se meter e a jogar praga ou lhe criticar pelas costas.” [2]

    Num disse? ahuahuahau

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com MaryJane

    Abrindo um parentese aqui que tem gente que tá confundindo tudo. Não é porque estamos dizendo que mulher gosta de prazer por prazer sim que ela também nao pode gostar de intimidade e romantismos. Há momentos e momentos. Abram a cabeça meus caros leitores, não existe apenas o preto e o branco, pensem nos belos tons de cinza.

    Sei que tem MUITAS regras aí, fomos compilando-as baseadas em experiencias proprias e de várias amigas e amigOS. O uso vai depender da carência afetiva de cada um(a). Eu nem vejo mais regras, só a liberdade.

    “A sociedade não está preparada para certas coisas, ainda, infelizmente. E as pessoas ficam com muita inveja dessa sua relação maravilhosa, como você é aberta e feliz, e começam a se meter e a jogar praga ou lhe criticar pelas costas.” [2]

    Num disse? ahuahuahau

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    Boa novamente Mary Jane. ;)

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    Boa novamente Mary Jane. ;)

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    Boa novamente Mary Jane. ;)

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    Boa novamente Mary Jane. ;)

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    Boa novamente Mary Jane. ;)

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    Boa novamente Mary Jane. ;)

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    Boa novamente Mary Jane. ;)

  • http://saltoafiado.blogspot.com Srta. Scarpin

    Boa novamente Mary Jane. ;)

  • Roberta

    e viva a diversidade. o/

  • Roberta

    e viva a diversidade. o/

  • Roberta

    e viva a diversidade. o/

  • Roberta

    e viva a diversidade. o/

  • Roberta

    e viva a diversidade. o/

  • Roberta

    e viva a diversidade. o/

  • Roberta

    e viva a diversidade. \o/

  • Coturno

    1. quem acha que um P.A. é substituível por um pinto de borracha… realmente tem que comprar um pinto de borracha. Eu nunca que iria querer uma buceta de borracha. Nem com gelzinho que esquenta.

    2. mulher esperta demais espanta homens? com certeza não espanta homens espertos demais. talvez algum esperto de menos…

    3. a ignorancia realmente é uma dádiva, pra quem prefere a alienação de achar que as mulheres são realmente tão diferente dos homens.

    os tempos são outros, vc está concordando com o seu avô e não com seu futuro filho. dance conforme a música ou fique no canto do salão…

  • Coturno

    1. quem acha que um P.A. é substituível por um pinto de borracha… realmente tem que comprar um pinto de borracha. Eu nunca que iria querer uma buceta de borracha. Nem com gelzinho que esquenta.

    2. mulher esperta demais espanta homens? com certeza não espanta homens espertos demais. talvez algum esperto de menos…

    3. a ignorancia realmente é uma dádiva, pra quem prefere a alienação de achar que as mulheres são realmente tão diferente dos homens.

    os tempos são outros, vc está concordando com o seu avô e não com seu futuro filho. dance conforme a música ou fique no canto do salão…

  • Coturno

    1. quem acha que um P.A. é substituível por um pinto de borracha… realmente tem que comprar um pinto de borracha. Eu nunca que iria querer uma buceta de borracha. Nem com gelzinho que esquenta.

    2. mulher esperta demais espanta homens? com certeza não espanta homens espertos demais. talvez algum esperto de menos…

    3. a ignorancia realmente é uma dádiva, pra quem prefere a alienação de achar que as mulheres são realmente tão diferente dos homens.

    os tempos são outros, vc está concordando com o seu avô e não com seu futuro filho. dance conforme a música ou fique no canto do salão…

  • Coturno

    1. quem acha que um P.A. é substituível por um pinto de borracha… realmente tem que comprar um pinto de borracha. Eu nunca que iria querer uma buceta de borracha. Nem com gelzinho que esquenta.

    2. mulher esperta demais espanta homens? com certeza não espanta homens espertos demais. talvez algum esperto de menos…

    3. a ignorancia realmente é uma dádiva, pra quem prefere a alienação de achar que as mulheres são realmente tão diferente dos homens.

    os tempos são outros, vc está concordando com o seu avô e não com seu futuro filho. dance conforme a música ou fique no canto do salão…

  • Coturno

    1. quem acha que um P.A. é substituível por um pinto de borracha… realmente tem que comprar um pinto de borracha. Eu nunca que iria querer uma buceta de borracha. Nem com gelzinho que esquenta.

    2. mulher esperta demais espanta homens? com certeza não espanta homens espertos demais. talvez algum esperto de menos…

    3. a ignorancia realmente é uma dádiva, pra quem prefere a alienação de achar que as mulheres são realmente tão diferente dos homens.

    os tempos são outros, vc está concordando com o seu avô e não com seu futuro filho. dance conforme a música ou fique no canto do salão…

  • Coturno

    1. quem acha que um P.A. é substituível por um pinto de borracha… realmente tem que comprar um pinto de borracha. Eu nunca que iria querer uma buceta de borracha. Nem com gelzinho que esquenta.

    2. mulher esperta demais espanta homens? com certeza não espanta homens espertos demais. talvez algum esperto de menos…

    3. a ignorancia realmente é uma dádiva, pra quem prefere a alienação de achar que as mulheres são realmente tão diferente dos homens.

    os tempos são outros, vc está concordando com o seu avô e não com seu futuro filho. dance conforme a música ou fique no canto do salão…

  • Coturno

    1. quem acha que um P.A. é substituível por um pinto de borracha… realmente tem que comprar um pinto de borracha. Eu nunca que iria querer uma buceta de borracha. Nem com gelzinho que esquenta.

    2. mulher esperta demais espanta homens? com certeza não espanta homens espertos demais. talvez algum esperto de menos…

    3. a ignorancia realmente é uma dádiva, pra quem prefere a alienação de achar que as mulheres são realmente tão diferente dos homens.

    os tempos são outros, vc está concordando com o seu avô e não com seu futuro filho. dance conforme a música ou fique no canto do salão…

  • Coturno

    1. quem acha que um P.A. é substituível por um pinto de borracha… realmente tem que comprar um pinto de borracha. Eu nunca que iria querer uma buceta de borracha. Nem com gelzinho que esquenta.

    2. mulher esperta demais espanta homens? com certeza não espanta homens espertos demais. talvez algum esperto de menos…

    3. a ignorancia realmente é uma dádiva, pra quem prefere a alienação de achar que as mulheres são realmente tão diferente dos homens.

    os tempos são outros, vc está concordando com o seu avô e não com seu futuro filho. dance conforme a música ou fique no canto do salão…

  • Coturno

    1. quem acha que um P.A. é substituível por um pinto de borracha… realmente tem que comprar um pinto de borracha. Eu nunca que iria querer uma buceta de borracha. Nem com gelzinho que esquenta.

    2. mulher esperta demais espanta homens? com certeza não espanta homens espertos demais. talvez algum esperto de menos…

    3. a ignorancia realmente é uma dádiva, pra quem prefere a alienação de achar que as mulheres são realmente tão diferente dos homens.

    os tempos são outros, vc está concordando com o seu avô e não com seu futuro filho. dance conforme a música ou fique no canto do salão…

  • Coturno

    1. quem acha que um P.A. é substituível por um pinto de borracha… realmente tem que comprar um pinto de borracha. Eu nunca que iria querer uma buceta de borracha. Nem com gelzinho que esquenta.

    2. mulher esperta demais espanta homens? com certeza não espanta homens espertos demais. talvez algum esperto de menos…

    3. a ignorancia realmente é uma dádiva, pra quem prefere a alienação de achar que as mulheres são realmente tão diferente dos homens.

    os tempos são outros, vc está concordando com o seu avô e não com seu futuro filho. dance conforme a música ou fique no canto do salão…

  • Coturno

    1. quem acha que um P.A. é substituível por um pinto de borracha… realmente tem que comprar um pinto de borracha. Eu nunca que iria querer uma buceta de borracha. Nem com gelzinho que esquenta.

    2. mulher esperta demais espanta homens? com certeza não espanta homens espertos demais. talvez algum esperto de menos…

    3. a ignorancia realmente é uma dádiva, pra quem prefere a alienação de achar que as mulheres são realmente tão diferente dos homens.

    os tempos são outros, vc está concordando com o seu avô e não com seu futuro filho. dance conforme a música ou fique no canto do salão…

  • http://paralembrarouesquecer.blogspot.com/ Carla

    Acho que o espaço para comentários está aberto para a expressão de opiniões as mais diversas, mesmo pq somos muito diferentes na forma de pensar e sentir.

    Justamente por isso, pessoas se sentem felizes adotando o sexo casual intermitente como parte de sua vida e outras não o fazem simplesmente por não conseguirem. E ambas conseguem encontrar pessoas que compartilhem seus pontos de vista e se sentem bem assim.

    Como a MaryJane falou, uma coisa não anula a outra. Acredito que o que o texto propôs foi uma situação específica na imensa vida de cada um.

    Viva a diversidade[1.687.490] o/o

    Ah, somente para esclarecer: [NA MINHA OPINIÃO] sexo casual não é igual a sexo casual intermitente. Nada contra a primeira situação; não consigo manter a segunda.

    =*

  • http://paralembrarouesquecer.blogspot.com/ Carla

    Acho que o espaço para comentários está aberto para a expressão de opiniões as mais diversas, mesmo pq somos muito diferentes na forma de pensar e sentir.

    Justamente por isso, pessoas se sentem felizes adotando o sexo casual intermitente como parte de sua vida e outras não o fazem simplesmente por não conseguirem. E ambas conseguem encontrar pessoas que compartilhem seus pontos de vista e se sentem bem assim.

    Como a MaryJane falou, uma coisa não anula a outra. Acredito que o que o texto propôs foi uma situação específica na imensa vida de cada um.

    Viva a diversidade[1.687.490] o/o

    Ah, somente para esclarecer: [NA MINHA OPINIÃO] sexo casual não é igual a sexo casual intermitente. Nada contra a primeira situação; não consigo manter a segunda.

    =*

  • http://paralembrarouesquecer.blogspot.com/ Carla

    Acho que o espaço para comentários está aberto para a expressão de opiniões as mais diversas, mesmo pq somos muito diferentes na forma de pensar e sentir.

    Justamente por isso, pessoas se sentem felizes adotando o sexo casual intermitente como parte de sua vida e outras não o fazem simplesmente por não conseguirem. E ambas conseguem encontrar pessoas que compartilhem seus pontos de vista e se sentem bem assim.

    Como a MaryJane falou, uma coisa não anula a outra. Acredito que o que o texto propôs foi uma situação específica na imensa vida de cada um.

    Viva a diversidade[1.687.490] o/o

    Ah, somente para esclarecer: [NA MINHA OPINIÃO] sexo casual não é igual a sexo casual intermitente. Nada contra a primeira situação; não consigo manter a segunda.

    =*

  • http://paralembrarouesquecer.blogspot.com/ Carla

    Acho que o espaço para comentários está aberto para a expressão de opiniões as mais diversas, mesmo pq somos muito diferentes na forma de pensar e sentir.

    Justamente por isso, pessoas se sentem felizes adotando o sexo casual intermitente como parte de sua vida e outras não o fazem simplesmente por não conseguirem. E ambas conseguem encontrar pessoas que compartilhem seus pontos de vista e se sentem bem assim.

    Como a MaryJane falou, uma coisa não anula a outra. Acredito que o que o texto propôs foi uma situação específica na imensa vida de cada um.

    Viva a diversidade[1.687.490] o/o

    Ah, somente para esclarecer: [NA MINHA OPINIÃO] sexo casual não é igual a sexo casual intermitente. Nada contra a primeira situação; não consigo manter a segunda.

    =*

  • http://paralembrarouesquecer.blogspot.com Carla

    Acho que o espaço para comentários está aberto para a expressão de opiniões as mais diversas, mesmo pq somos muito diferentes na forma de pensar e sentir.

    Justamente por isso, pessoas se sentem felizes adotando o sexo casual intermitente como parte de sua vida e outras não o fazem simplesmente por não conseguirem. E ambas conseguem encontrar pessoas que compartilhem seus pontos de vista e se sentem bem assim.

    Como a MaryJane falou, uma coisa não anula a outra. Acredito que o que o texto propôs foi uma situação específica na imensa vida de cada um.

    Viva a diversidade[1.687.490] o/\o

    Ah, somente para esclarecer: [NA MINHA OPINIÃO] sexo casual não é igual a sexo casual intermitente. Nada contra a primeira situação; não consigo manter a segunda.

    =*

  • Marcos

    Belo comentário Carla, você realmente entendeu o que eu queria dizer…

    Coturno,
    na verdade o homem é tão esperto que quando vê uma dessas quer é distância da encrenca. haha
    E se as mulheres não fossem diferentes dos homens não haveria graça nenhuma né?
    Acho que minha preocupação é com o futuro mesmo…
    Me preocupo só com a futilidade de tudo isso, esse tipo de coisa tem que ser exceção, e não regra.

    Imagina no futuro nossos filhos dizendo: “Ah não, aquele ali eu nem conheço direito é só alguém que meteu gostoso comigo outro dia…”

    hahaha
    ps. e olha que sou adepto do sexo casual.

  • Marcos

    Belo comentário Carla, você realmente entendeu o que eu queria dizer…

    Coturno,
    na verdade o homem é tão esperto que quando vê uma dessas quer é distância da encrenca. haha
    E se as mulheres não fossem diferentes dos homens não haveria graça nenhuma né?
    Acho que minha preocupação é com o futuro mesmo…
    Me preocupo só com a futilidade de tudo isso, esse tipo de coisa tem que ser exceção, e não regra.

    Imagina no futuro nossos filhos dizendo: “Ah não, aquele ali eu nem conheço direito é só alguém que meteu gostoso comigo outro dia…”

    hahaha
    ps. e olha que sou adepto do sexo casual.

  • Marcos

    Belo comentário Carla, você realmente entendeu o que eu queria dizer…

    Coturno,
    na verdade o homem é tão esperto que quando vê uma dessas quer é distância da encrenca. haha
    E se as mulheres não fossem diferentes dos homens não haveria graça nenhuma né?
    Acho que minha preocupação é com o futuro mesmo…
    Me preocupo só com a futilidade de tudo isso, esse tipo de coisa tem que ser exceção, e não regra.

    Imagina no futuro nossos filhos dizendo: “Ah não, aquele ali eu nem conheço direito é só alguém que meteu gostoso comigo outro dia…”

    hahaha
    ps. e olha que sou adepto do sexo casual.

  • Marcos

    Belo comentário Carla, você realmente entendeu o que eu queria dizer…

    Coturno,
    na verdade o homem é tão esperto que quando vê uma dessas quer é distância da encrenca. haha
    E se as mulheres não fossem diferentes dos homens não haveria graça nenhuma né?
    Acho que minha preocupação é com o futuro mesmo…
    Me preocupo só com a futilidade de tudo isso, esse tipo de coisa tem que ser exceção, e não regra.

    Imagina no futuro nossos filhos dizendo: “Ah não, aquele ali eu nem conheço direito é só alguém que meteu gostoso comigo outro dia…”

    hahaha
    ps. e olha que sou adepto do sexo casual.

  • Marcos

    Belo comentário Carla, você realmente entendeu o que eu queria dizer…

    Coturno,
    na verdade o homem é tão esperto que quando vê uma dessas quer é distância da encrenca. haha
    E se as mulheres não fossem diferentes dos homens não haveria graça nenhuma né?
    Acho que minha preocupação é com o futuro mesmo…
    Me preocupo só com a futilidade de tudo isso, esse tipo de coisa tem que ser exceção, e não regra.

    Imagina no futuro nossos filhos dizendo: “Ah não, aquele ali eu nem conheço direito é só alguém que meteu gostoso comigo outro dia…”

    hahaha
    ps. e olha que sou adepto do sexo casual.

  • Marcos

    Belo comentário Carla, você realmente entendeu o que eu queria dizer…

    Coturno,
    na verdade o homem é tão esperto que quando vê uma dessas quer é distância da encrenca. haha
    E se as mulheres não fossem diferentes dos homens não haveria graça nenhuma né?
    Acho que minha preocupação é com o futuro mesmo…
    Me preocupo só com a futilidade de tudo isso, esse tipo de coisa tem que ser exceção, e não regra.

    Imagina no futuro nossos filhos dizendo: “Ah não, aquele ali eu nem conheço direito é só alguém que meteu gostoso comigo outro dia…”

    hahaha
    ps. e olha que sou adepto do sexo casual.

  • Marcos

    Belo comentário Carla, você realmente entendeu o que eu queria dizer…

    Coturno,
    na verdade o homem é tão esperto que quando vê uma dessas quer é distância da encrenca. haha
    E se as mulheres não fossem diferentes dos homens não haveria graça nenhuma né?
    Acho que minha preocupação é com o futuro mesmo…
    Me preocupo só com a futilidade de tudo isso, esse tipo de coisa tem que ser exceção, e não regra.

    Imagina no futuro nossos filhos dizendo: “Ah não, aquele ali eu nem conheço direito é só alguém que meteu gostoso comigo outro dia…”

    hahaha
    ps. e olha que sou adepto do sexo casual.

  • Marcos

    Belo comentário Carla, você realmente entendeu o que eu queria dizer…

    Coturno,
    na verdade o homem é tão esperto que quando vê uma dessas quer é distância da encrenca. haha
    E se as mulheres não fossem diferentes dos homens não haveria graça nenhuma né?
    Acho que minha preocupação é com o futuro mesmo…
    Me preocupo só com a futilidade de tudo isso, esse tipo de coisa tem que ser exceção, e não regra.

    Imagina no futuro nossos filhos dizendo: “Ah não, aquele ali eu nem conheço direito é só alguém que meteu gostoso comigo outro dia…”

    hahaha
    ps. e olha que sou adepto do sexo casual.

  • Marcos

    Belo comentário Carla, você realmente entendeu o que eu queria dizer…

    Coturno,
    na verdade o homem é tão esperto que quando vê uma dessas quer é distância da encrenca. haha
    E se as mulheres não fossem diferentes dos homens não haveria graça nenhuma né?
    Acho que minha preocupação é com o futuro mesmo…
    Me preocupo só com a futilidade de tudo isso, esse tipo de coisa tem que ser exceção, e não regra.

    Imagina no futuro nossos filhos dizendo: “Ah não, aquele ali eu nem conheço direito é só alguém que meteu gostoso comigo outro dia…”

    hahaha
    ps. e olha que sou adepto do sexo casual.

  • Marcos

    Belo comentário Carla, você realmente entendeu o que eu queria dizer…

    Coturno,
    na verdade o homem é tão esperto que quando vê uma dessas quer é distância da encrenca. haha
    E se as mulheres não fossem diferentes dos homens não haveria graça nenhuma né?
    Acho que minha preocupação é com o futuro mesmo…
    Me preocupo só com a futilidade de tudo isso, esse tipo de coisa tem que ser exceção, e não regra.

    Imagina no futuro nossos filhos dizendo: “Ah não, aquele ali eu nem conheço direito é só alguém que meteu gostoso comigo outro dia…”

    hahaha
    ps. e olha que sou adepto do sexo casual.

  • Marcos

    Belo comentário Carla, você realmente entendeu o que eu queria dizer…

    Coturno,
    na verdade o homem é tão esperto que quando vê uma dessas quer é distância da encrenca. haha
    E se as mulheres não fossem diferentes dos homens não haveria graça nenhuma né?
    Acho que minha preocupação é com o futuro mesmo…
    Me preocupo só com a futilidade de tudo isso, esse tipo de coisa tem que ser exceção, e não regra.

    Imagina no futuro nossos filhos dizendo: “Ah não, aquele ali eu nem conheço direito é só alguém que meteu gostoso comigo outro dia…”

    hahaha
    ps. e olha que sou adepto do sexo casual.

  • Marcos

    Belo comentário Carla, você realmente entendeu o que eu queria dizer…

    Coturno,
    na verdade o homem é tão esperto que quando vê uma dessas quer é distância da encrenca. haha
    E se as mulheres não fossem diferentes dos homens não haveria graça nenhuma né?
    Acho que minha preocupação é com o futuro mesmo…
    Me preocupo só com a futilidade de tudo isso, esse tipo de coisa tem que ser exceção, e não regra.

    Imagina no futuro nossos filhos dizendo: “Ah não, aquele ali eu nem conheço direito é só alguém que meteu gostoso comigo outro dia…”

    hahaha
    ps. e olha que sou adepto do sexo casual.

  • Marcos

    Belo comentário Carla, você realmente entendeu o que eu queria dizer…

    Coturno,
    na verdade o homem é tão esperto que quando vê uma dessas quer é distância da encrenca. haha
    E se as mulheres não fossem diferentes dos homens não haveria graça nenhuma né?
    Acho que minha preocupação é com o futuro mesmo…
    Me preocupo só com a futilidade de tudo isso, esse tipo de coisa tem que ser exceção, e não regra.

    Imagina no futuro nossos filhos dizendo: “Ah não, aquele ali eu nem conheço direito é só alguém que meteu gostoso comigo outro dia…”

    hahaha
    ps. e olha que sou adepto do sexo casual.

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ Miss All Star

    Não sei até quando as mulheres vão continuar negando e fungindo da própria sexualidade.

    Como todo animal, o ser humano (masculino e FEMININO) tem suas necessidades. Sexo é só mais uma delas.. Não sei pq tanta apapagaiação com relação ao tema. Really.

    Acho lindo romantismo e suas derivações. Acho ma-ra-vi-lho-so todo esse racaclá de borboletinhas no estômago e afins. Mas isso é outra coisa..

    Falar de sexo sem compromisso não é falar de desapego.. Mas é aquela: enquanto não acho o cara certo, pq não me divertir com o errado? E se o errado virar o certo, e se vc tiver PLENA CERTEZA dos motivos dessa transformação, vá em frente. Pq não?

    Mas uma coisa é certa: PAs só funcionam praquelas que realmente encontraram seu lugar no mundo e tem ciência das possibilidades (e limites) de sua autonomia. Bancar a modernosa não adianta.. só vai render uns bons anos de remorso.

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ Miss All Star

    Não sei até quando as mulheres vão continuar negando e fungindo da própria sexualidade.

    Como todo animal, o ser humano (masculino e FEMININO) tem suas necessidades. Sexo é só mais uma delas.. Não sei pq tanta apapagaiação com relação ao tema. Really.

    Acho lindo romantismo e suas derivações. Acho ma-ra-vi-lho-so todo esse racaclá de borboletinhas no estômago e afins. Mas isso é outra coisa..

    Falar de sexo sem compromisso não é falar de desapego.. Mas é aquela: enquanto não acho o cara certo, pq não me divertir com o errado? E se o errado virar o certo, e se vc tiver PLENA CERTEZA dos motivos dessa transformação, vá em frente. Pq não?

    Mas uma coisa é certa: PAs só funcionam praquelas que realmente encontraram seu lugar no mundo e tem ciência das possibilidades (e limites) de sua autonomia. Bancar a modernosa não adianta.. só vai render uns bons anos de remorso.

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ Miss All Star

    Não sei até quando as mulheres vão continuar negando e fungindo da própria sexualidade.

    Como todo animal, o ser humano (masculino e FEMININO) tem suas necessidades. Sexo é só mais uma delas.. Não sei pq tanta apapagaiação com relação ao tema. Really.

    Acho lindo romantismo e suas derivações. Acho ma-ra-vi-lho-so todo esse racaclá de borboletinhas no estômago e afins. Mas isso é outra coisa..

    Falar de sexo sem compromisso não é falar de desapego.. Mas é aquela: enquanto não acho o cara certo, pq não me divertir com o errado? E se o errado virar o certo, e se vc tiver PLENA CERTEZA dos motivos dessa transformação, vá em frente. Pq não?

    Mas uma coisa é certa: PAs só funcionam praquelas que realmente encontraram seu lugar no mundo e tem ciência das possibilidades (e limites) de sua autonomia. Bancar a modernosa não adianta.. só vai render uns bons anos de remorso.

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ Miss All Star

    Não sei até quando as mulheres vão continuar negando e fungindo da própria sexualidade.

    Como todo animal, o ser humano (masculino e FEMININO) tem suas necessidades. Sexo é só mais uma delas.. Não sei pq tanta apapagaiação com relação ao tema. Really.

    Acho lindo romantismo e suas derivações. Acho ma-ra-vi-lho-so todo esse racaclá de borboletinhas no estômago e afins. Mas isso é outra coisa..

    Falar de sexo sem compromisso não é falar de desapego.. Mas é aquela: enquanto não acho o cara certo, pq não me divertir com o errado? E se o errado virar o certo, e se vc tiver PLENA CERTEZA dos motivos dessa transformação, vá em frente. Pq não?

    Mas uma coisa é certa: PAs só funcionam praquelas que realmente encontraram seu lugar no mundo e tem ciência das possibilidades (e limites) de sua autonomia. Bancar a modernosa não adianta.. só vai render uns bons anos de remorso.

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ Miss All Star

    Não sei até quando as mulheres vão continuar negando e fungindo da própria sexualidade.

    Como todo animal, o ser humano (masculino e FEMININO) tem suas necessidades. Sexo é só mais uma delas.. Não sei pq tanta apapagaiação com relação ao tema. Really.

    Acho lindo romantismo e suas derivações. Acho ma-ra-vi-lho-so todo esse racaclá de borboletinhas no estômago e afins. Mas isso é outra coisa..

    Falar de sexo sem compromisso não é falar de desapego.. Mas é aquela: enquanto não acho o cara certo, pq não me divertir com o errado? E se o errado virar o certo, e se vc tiver PLENA CERTEZA dos motivos dessa transformação, vá em frente. Pq não?

    Mas uma coisa é certa: PAs só funcionam praquelas que realmente encontraram seu lugar no mundo e tem ciência das possibilidades (e limites) de sua autonomia. Bancar a modernosa não adianta.. só vai render uns bons anos de remorso.

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ Miss All Star

    Não sei até quando as mulheres vão continuar negando e fungindo da própria sexualidade.

    Como todo animal, o ser humano (masculino e FEMININO) tem suas necessidades. Sexo é só mais uma delas.. Não sei pq tanta apapagaiação com relação ao tema. Really.

    Acho lindo romantismo e suas derivações. Acho ma-ra-vi-lho-so todo esse racaclá de borboletinhas no estômago e afins. Mas isso é outra coisa..

    Falar de sexo sem compromisso não é falar de desapego.. Mas é aquela: enquanto não acho o cara certo, pq não me divertir com o errado? E se o errado virar o certo, e se vc tiver PLENA CERTEZA dos motivos dessa transformação, vá em frente. Pq não?

    Mas uma coisa é certa: PAs só funcionam praquelas que realmente encontraram seu lugar no mundo e tem ciência das possibilidades (e limites) de sua autonomia. Bancar a modernosa não adianta.. só vai render uns bons anos de remorso.

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ Miss All Star

    Não sei até quando as mulheres vão continuar negando e fungindo da própria sexualidade.

    Como todo animal, o ser humano (masculino e FEMININO) tem suas necessidades. Sexo é só mais uma delas.. Não sei pq tanta apapagaiação com relação ao tema. Really.

    Acho lindo romantismo e suas derivações. Acho ma-ra-vi-lho-so todo esse racaclá de borboletinhas no estômago e afins. Mas isso é outra coisa..

    Falar de sexo sem compromisso não é falar de desapego.. Mas é aquela: enquanto não acho o cara certo, pq não me divertir com o errado? E se o errado virar o certo, e se vc tiver PLENA CERTEZA dos motivos dessa transformação, vá em frente. Pq não?

    Mas uma coisa é certa: PAs só funcionam praquelas que realmente encontraram seu lugar no mundo e tem ciência das possibilidades (e limites) de sua autonomia. Bancar a modernosa não adianta.. só vai render uns bons anos de remorso.

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ Miss All Star

    Não sei até quando as mulheres vão continuar negando e fungindo da própria sexualidade.

    Como todo animal, o ser humano (masculino e FEMININO) tem suas necessidades. Sexo é só mais uma delas.. Não sei pq tanta apapagaiação com relação ao tema. Really.

    Acho lindo romantismo e suas derivações. Acho ma-ra-vi-lho-so todo esse racaclá de borboletinhas no estômago e afins. Mas isso é outra coisa..

    Falar de sexo sem compromisso não é falar de desapego.. Mas é aquela: enquanto não acho o cara certo, pq não me divertir com o errado? E se o errado virar o certo, e se vc tiver PLENA CERTEZA dos motivos dessa transformação, vá em frente. Pq não?

    Mas uma coisa é certa: PAs só funcionam praquelas que realmente encontraram seu lugar no mundo e tem ciência das possibilidades (e limites) de sua autonomia. Bancar a modernosa não adianta.. só vai render uns bons anos de remorso.

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ Miss All Star

    Não sei até quando as mulheres vão continuar negando e fungindo da própria sexualidade.

    Como todo animal, o ser humano (masculino e FEMININO) tem suas necessidades. Sexo é só mais uma delas.. Não sei pq tanta apapagaiação com relação ao tema. Really.

    Acho lindo romantismo e suas derivações. Acho ma-ra-vi-lho-so todo esse racaclá de borboletinhas no estômago e afins. Mas isso é outra coisa..

    Falar de sexo sem compromisso não é falar de desapego.. Mas é aquela: enquanto não acho o cara certo, pq não me divertir com o errado? E se o errado virar o certo, e se vc tiver PLENA CERTEZA dos motivos dessa transformação, vá em frente. Pq não?

    Mas uma coisa é certa: PAs só funcionam praquelas que realmente encontraram seu lugar no mundo e tem ciência das possibilidades (e limites) de sua autonomia. Bancar a modernosa não adianta.. só vai render uns bons anos de remorso.

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ Miss All Star

    Não sei até quando as mulheres vão continuar negando e fungindo da própria sexualidade.

    Como todo animal, o ser humano (masculino e FEMININO) tem suas necessidades. Sexo é só mais uma delas.. Não sei pq tanta apapagaiação com relação ao tema. Really.

    Acho lindo romantismo e suas derivações. Acho ma-ra-vi-lho-so todo esse racaclá de borboletinhas no estômago e afins. Mas isso é outra coisa..

    Falar de sexo sem compromisso não é falar de desapego.. Mas é aquela: enquanto não acho o cara certo, pq não me divertir com o errado? E se o errado virar o certo, e se vc tiver PLENA CERTEZA dos motivos dessa transformação, vá em frente. Pq não?

    Mas uma coisa é certa: PAs só funcionam praquelas que realmente encontraram seu lugar no mundo e tem ciência das possibilidades (e limites) de sua autonomia. Bancar a modernosa não adianta.. só vai render uns bons anos de remorso.

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ Miss All Star

    Não sei até quando as mulheres vão continuar negando e fungindo da própria sexualidade.

    Como todo animal, o ser humano (masculino e FEMININO) tem suas necessidades. Sexo é só mais uma delas.. Não sei pq tanta apapagaiação com relação ao tema. Really.

    Acho lindo romantismo e suas derivações. Acho ma-ra-vi-lho-so todo esse racaclá de borboletinhas no estômago e afins. Mas isso é outra coisa..

    Falar de sexo sem compromisso não é falar de desapego.. Mas é aquela: enquanto não acho o cara certo, pq não me divertir com o errado? E se o errado virar o certo, e se vc tiver PLENA CERTEZA dos motivos dessa transformação, vá em frente. Pq não?

    Mas uma coisa é certa: PAs só funcionam praquelas que realmente encontraram seu lugar no mundo e tem ciência das possibilidades (e limites) de sua autonomia. Bancar a modernosa não adianta.. só vai render uns bons anos de remorso.

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com Miss All Star

    Não sei até quando as mulheres vão continuar negando e fungindo da própria sexualidade.

    Como todo animal, o ser humano (masculino e FEMININO) tem suas necessidades. Sexo é só mais uma delas.. Não sei pq tanta apapagaiação com relação ao tema. Really.

    Acho lindo romantismo e suas derivações. Acho ma-ra-vi-lho-so todo esse racaclá de borboletinhas no estômago e afins. Mas isso é outra coisa..

    Falar de sexo sem compromisso não é falar de desapego.. Mas é aquela: enquanto não acho o cara certo, pq não me divertir com o errado? E se o errado virar o certo, e se vc tiver PLENA CERTEZA dos motivos dessa transformação, vá em frente. Pq não?

    Mas uma coisa é certa: PAs só funcionam praquelas que realmente encontraram seu lugar no mundo e tem ciência das possibilidades (e limites) de sua autonomia. Bancar a modernosa não adianta.. só vai render uns bons anos de remorso.

  • http://www.italocarneiro.wordpress.com/ italo

    fo** o texto… mto bom
    melhor ainda o “complemento” do caio para as diferenças de P.A

    bom “friend with benefits” é raro, mas é bom… só não se envolver muito, estou tentando passar essa pra só “friend” mesmo, sabe qndo enche o saco? pois bem, ou eu faço isso ou eu vou me envolver, coisa que eu não quero no momento(com ela) Booty Call é meio homem-objeto, é legal no começo depois é uma merda, você como homem se sente um merda…(não sei qnto aos outros, mas eu num curto mesmo!!!)

    para os “fuck friends” (P.A) (B.A) eu prefiro mulhres mais velhas, tipo daquelas que vc conhece, sai junto e rola uma química, mas ela tem a vida dela e vc a sua… ai é bacana, vcs se pegam de vez em qndo e já era… mas se rolar algo mais acho que não tem que ficar encucando de “eu não posso me apaixonar”

    e tem garotas que gostam de carinhos e ainda sim não se apaixonam… falo por experiência própia…

    e viva a diversidade,sem ela o mundo seria tão interessante qnto venda de lotes de boi…=p

  • http://www.italocarneiro.wordpress.com/ italo

    fo** o texto… mto bom
    melhor ainda o “complemento” do caio para as diferenças de P.A

    bom “friend with benefits” é raro, mas é bom… só não se envolver muito, estou tentando passar essa pra só “friend” mesmo, sabe qndo enche o saco? pois bem, ou eu faço isso ou eu vou me envolver, coisa que eu não quero no momento(com ela) Booty Call é meio homem-objeto, é legal no começo depois é uma merda, você como homem se sente um merda…(não sei qnto aos outros, mas eu num curto mesmo!!!)

    para os “fuck friends” (P.A) (B.A) eu prefiro mulhres mais velhas, tipo daquelas que vc conhece, sai junto e rola uma química, mas ela tem a vida dela e vc a sua… ai é bacana, vcs se pegam de vez em qndo e já era… mas se rolar algo mais acho que não tem que ficar encucando de “eu não posso me apaixonar”

    e tem garotas que gostam de carinhos e ainda sim não se apaixonam… falo por experiência própia…

    e viva a diversidade,sem ela o mundo seria tão interessante qnto venda de lotes de boi…=p

  • http://www.italocarneiro.wordpress.com/ italo

    fo** o texto… mto bom
    melhor ainda o “complemento” do caio para as diferenças de P.A

    bom “friend with benefits” é raro, mas é bom… só não se envolver muito, estou tentando passar essa pra só “friend” mesmo, sabe qndo enche o saco? pois bem, ou eu faço isso ou eu vou me envolver, coisa que eu não quero no momento(com ela) Booty Call é meio homem-objeto, é legal no começo depois é uma merda, você como homem se sente um merda…(não sei qnto aos outros, mas eu num curto mesmo!!!)

    para os “fuck friends” (P.A) (B.A) eu prefiro mulhres mais velhas, tipo daquelas que vc conhece, sai junto e rola uma química, mas ela tem a vida dela e vc a sua… ai é bacana, vcs se pegam de vez em qndo e já era… mas se rolar algo mais acho que não tem que ficar encucando de “eu não posso me apaixonar”

    e tem garotas que gostam de carinhos e ainda sim não se apaixonam… falo por experiência própia…

    e viva a diversidade,sem ela o mundo seria tão interessante qnto venda de lotes de boi…=p

  • http://www.italocarneiro.wordpress.com/ italo

    fo** o texto… mto bom
    melhor ainda o “complemento” do caio para as diferenças de P.A

    bom “friend with benefits” é raro, mas é bom… só não se envolver muito, estou tentando passar essa pra só “friend” mesmo, sabe qndo enche o saco? pois bem, ou eu faço isso ou eu vou me envolver, coisa que eu não quero no momento(com ela) Booty Call é meio homem-objeto, é legal no começo depois é uma merda, você como homem se sente um merda…(não sei qnto aos outros, mas eu num curto mesmo!!!)

    para os “fuck friends” (P.A) (B.A) eu prefiro mulhres mais velhas, tipo daquelas que vc conhece, sai junto e rola uma química, mas ela tem a vida dela e vc a sua… ai é bacana, vcs se pegam de vez em qndo e já era… mas se rolar algo mais acho que não tem que ficar encucando de “eu não posso me apaixonar”

    e tem garotas que gostam de carinhos e ainda sim não se apaixonam… falo por experiência própia…

    e viva a diversidade,sem ela o mundo seria tão interessante qnto venda de lotes de boi…=p

  • http://www.italocarneiro.wordpress.com/ italo

    fo** o texto… mto bom
    melhor ainda o “complemento” do caio para as diferenças de P.A

    bom “friend with benefits” é raro, mas é bom… só não se envolver muito, estou tentando passar essa pra só “friend” mesmo, sabe qndo enche o saco? pois bem, ou eu faço isso ou eu vou me envolver, coisa que eu não quero no momento(com ela) Booty Call é meio homem-objeto, é legal no começo depois é uma merda, você como homem se sente um merda…(não sei qnto aos outros, mas eu num curto mesmo!!!)

    para os “fuck friends” (P.A) (B.A) eu prefiro mulhres mais velhas, tipo daquelas que vc conhece, sai junto e rola uma química, mas ela tem a vida dela e vc a sua… ai é bacana, vcs se pegam de vez em qndo e já era… mas se rolar algo mais acho que não tem que ficar encucando de “eu não posso me apaixonar”

    e tem garotas que gostam de carinhos e ainda sim não se apaixonam… falo por experiência própia…

    e viva a diversidade,sem ela o mundo seria tão interessante qnto venda de lotes de boi…=p

  • http://www.italocarneiro.wordpress.com/ italo

    fo** o texto… mto bom
    melhor ainda o “complemento” do caio para as diferenças de P.A

    bom “friend with benefits” é raro, mas é bom… só não se envolver muito, estou tentando passar essa pra só “friend” mesmo, sabe qndo enche o saco? pois bem, ou eu faço isso ou eu vou me envolver, coisa que eu não quero no momento(com ela) Booty Call é meio homem-objeto, é legal no começo depois é uma merda, você como homem se sente um merda…(não sei qnto aos outros, mas eu num curto mesmo!!!)

    para os “fuck friends” (P.A) (B.A) eu prefiro mulhres mais velhas, tipo daquelas que vc conhece, sai junto e rola uma química, mas ela tem a vida dela e vc a sua… ai é bacana, vcs se pegam de vez em qndo e já era… mas se rolar algo mais acho que não tem que ficar encucando de “eu não posso me apaixonar”

    e tem garotas que gostam de carinhos e ainda sim não se apaixonam… falo por experiência própia…

    e viva a diversidade,sem ela o mundo seria tão interessante qnto venda de lotes de boi…=p

  • http://www.italocarneiro.wordpress.com/ italo

    fo** o texto… mto bom
    melhor ainda o “complemento” do caio para as diferenças de P.A

    bom “friend with benefits” é raro, mas é bom… só não se envolver muito, estou tentando passar essa pra só “friend” mesmo, sabe qndo enche o saco? pois bem, ou eu faço isso ou eu vou me envolver, coisa que eu não quero no momento(com ela) Booty Call é meio homem-objeto, é legal no começo depois é uma merda, você como homem se sente um merda…(não sei qnto aos outros, mas eu num curto mesmo!!!)

    para os “fuck friends” (P.A) (B.A) eu prefiro mulhres mais velhas, tipo daquelas que vc conhece, sai junto e rola uma química, mas ela tem a vida dela e vc a sua… ai é bacana, vcs se pegam de vez em qndo e já era… mas se rolar algo mais acho que não tem que ficar encucando de “eu não posso me apaixonar”

    e tem garotas que gostam de carinhos e ainda sim não se apaixonam… falo por experiência própia…

    e viva a diversidade,sem ela o mundo seria tão interessante qnto venda de lotes de boi…=p

  • http://www.italocarneiro.wordpress.com/ italo

    fo** o texto… mto bom
    melhor ainda o “complemento” do caio para as diferenças de P.A

    bom “friend with benefits” é raro, mas é bom… só não se envolver muito, estou tentando passar essa pra só “friend” mesmo, sabe qndo enche o saco? pois bem, ou eu faço isso ou eu vou me envolver, coisa que eu não quero no momento(com ela) Booty Call é meio homem-objeto, é legal no começo depois é uma merda, você como homem se sente um merda…(não sei qnto aos outros, mas eu num curto mesmo!!!)

    para os “fuck friends” (P.A) (B.A) eu prefiro mulhres mais velhas, tipo daquelas que vc conhece, sai junto e rola uma química, mas ela tem a vida dela e vc a sua… ai é bacana, vcs se pegam de vez em qndo e já era… mas se rolar algo mais acho que não tem que ficar encucando de “eu não posso me apaixonar”

    e tem garotas que gostam de carinhos e ainda sim não se apaixonam… falo por experiência própia…

    e viva a diversidade,sem ela o mundo seria tão interessante qnto venda de lotes de boi…=p

  • http://www.italocarneiro.wordpress.com italo

    fo** o texto… mto bom
    melhor ainda o “complemento” do caio para as diferenças de P.A

    bom “friend with benefits” é raro, mas é bom… só não se envolver muito, estou tentando passar essa pra só “friend” mesmo, sabe qndo enche o saco? pois bem, ou eu faço isso ou eu vou me envolver, coisa que eu não quero no momento(com ela) Booty Call é meio homem-objeto, é legal no começo depois é uma merda, você como homem se sente um merda…(não sei qnto aos outros, mas eu num curto mesmo!!!)

    para os “fuck friends” (P.A) (B.A) eu prefiro mulhres mais velhas, tipo daquelas que vc conhece, sai junto e rola uma química, mas ela tem a vida dela e vc a sua… ai é bacana, vcs se pegam de vez em qndo e já era… mas se rolar algo mais acho que não tem que ficar encucando de “eu não posso me apaixonar”

    e tem garotas que gostam de carinhos e ainda sim não se apaixonam… falo por experiência própia…

    e viva a diversidade,sem ela o mundo seria tão interessante qnto venda de lotes de boi…=p

  • nunaina

    prá mim o texto das meninas está mais para querer que se torne um sonho realizado,ou realizável…

    pois um ou o outro se apaixona – porque não? se está tão bom ,porque esperar melhor?

    e qdo vem o desejo de ter filhos?

    eu tinha uma colega que adorava ter um PA mas qdo quis ter filhos – ele não
    ela teve um

    mas ficou triste por ele não acompanhar o seu sonho.

    então termimou-se o que nunca tinha existido.

    A mulher tem que estar em um patamar altissimo de independendcia emocional pra encarar e viver uma situação destas e NÂO sair machucada.

    se mesmo contratando um garoto de programa ela periga se apaixonar imagina um Amigo,carinhoso,Gostoso,sexo bom,sem cobranças,cíumes,etc.Gente é um sonho e vc vai querer que ele le dure prá sempre!

    agora melhor ainda qdo esta amizade vire algo melhor!

    tipo: eterno enqto dure mas com possibilidades de dar certo…rsr

  • nunaina

    prá mim o texto das meninas está mais para querer que se torne um sonho realizado,ou realizável…

    pois um ou o outro se apaixona – porque não? se está tão bom ,porque esperar melhor?

    e qdo vem o desejo de ter filhos?

    eu tinha uma colega que adorava ter um PA mas qdo quis ter filhos – ele não
    ela teve um

    mas ficou triste por ele não acompanhar o seu sonho.

    então termimou-se o que nunca tinha existido.

    A mulher tem que estar em um patamar altissimo de independendcia emocional pra encarar e viver uma situação destas e NÂO sair machucada.

    se mesmo contratando um garoto de programa ela periga se apaixonar imagina um Amigo,carinhoso,Gostoso,sexo bom,sem cobranças,cíumes,etc.Gente é um sonho e vc vai querer que ele le dure prá sempre!

    agora melhor ainda qdo esta amizade vire algo melhor!

    tipo: eterno enqto dure mas com possibilidades de dar certo…rsr

  • nunaina

    pois sempre há o risco de se envolver.

    e o bom da vida são os riscos, a aventura!

  • nunaina

    pois sempre há o risco de se envolver.

    e o bom da vida são os riscos, a aventura!

  • rafael

    mas quem consegue manter uma “amizade” homem X mulher e nunca imaginar, pensar, em como seria se rolasse…

    acho que muitas mulheres reprimem os desejos carnais, talvez o modo que foram criadas, educacao e coisa e tal… mas nada mais é que normal desejar um amigo(a) mesmo q nao for um amigo, que fosse uma deliciosa que passou na rua ate o gostosao da loja ao lado, todo mundo tem desejos e quem nunca pensou em algo assim q atire a primeira pedra e se caso rolar, ideal é ter postura e se manter firme, eu tenho amigas maravilhosas, que ja ate ajudei, uma delas disse ate q foi uma experiencia e tanto… controlar emocoes, e nao deixar se levar, pq vc ter uma amiga gostosa e nao imaginar como seria na cama, eu duvido !!! pensamos muito em sexo, e isso nao poderiamos deixar de imaginar !!!!

  • rafael

    mas quem consegue manter uma “amizade” homem X mulher e nunca imaginar, pensar, em como seria se rolasse…

    acho que muitas mulheres reprimem os desejos carnais, talvez o modo que foram criadas, educacao e coisa e tal… mas nada mais é que normal desejar um amigo(a) mesmo q nao for um amigo, que fosse uma deliciosa que passou na rua ate o gostosao da loja ao lado, todo mundo tem desejos e quem nunca pensou em algo assim q atire a primeira pedra e se caso rolar, ideal é ter postura e se manter firme, eu tenho amigas maravilhosas, que ja ate ajudei, uma delas disse ate q foi uma experiencia e tanto… controlar emocoes, e nao deixar se levar, pq vc ter uma amiga gostosa e nao imaginar como seria na cama, eu duvido !!! pensamos muito em sexo, e isso nao poderiamos deixar de imaginar !!!!

  • http://www.comendocereja.blogspot.com/ cereja do bolo

    Que atirem a primeira pedra.

    Quem nunca fingiu nada na vida. Quem não pensa em sexo milhares de vezes ao dia. Quem não pode durante um minuto esquecer do tempo.

    E como diz um deznecessário da vida fortalecer uma foda bacana é tuudo de bom!

    Parabéns pelo texto!

  • http://www.comendocereja.blogspot.com cereja do bolo

    Que atirem a primeira pedra.

    Quem nunca fingiu nada na vida. Quem não pensa em sexo milhares de vezes ao dia. Quem não pode durante um minuto esquecer do tempo.

    E como diz um deznecessário da vida fortalecer uma foda bacana é tuudo de bom!

    Parabéns pelo texto!

  • Megaman X

    Na minha opinião, pra vc ter um tipo de pessoa dessa na sua vida, ela não tem que ter nada a ver com vc e vice versa, tem que existir apenas a atração fisica e mais nada, se tiver mais coisas em comum se preparem para a paixão hehehe.

  • Megaman X

    Na minha opinião, pra vc ter um tipo de pessoa dessa na sua vida, ela não tem que ter nada a ver com vc e vice versa, tem que existir apenas a atração fisica e mais nada, se tiver mais coisas em comum se preparem para a paixão hehehe.

  • Alex

    puts massa msm, eu tenhu 2 PA direeto da uns roles, eh massa pq nao tem enrolo, nao tem ciumes, e rola moh diversidade na cama, no carro, no mato… kkkk e por aew vaai…

    + agora voltei com minha namorada, pq umA d minhas PAs começou meio q com carinhos e bjinhos pro meu lado, ai logo sai foora, e tb rolo d eu volta com minha namorada neh… vou seguir em frente, + o bom msm eh saber q c eu largar, vou ter minhas PAs a disposiçao.

    post bem dhr…

    curto d+ o site

  • Alex

    puts massa msm, eu tenhu 2 PA direeto da uns roles, eh massa pq nao tem enrolo, nao tem ciumes, e rola moh diversidade na cama, no carro, no mato… kkkk e por aew vaai…

    + agora voltei com minha namorada, pq umA d minhas PAs começou meio q com carinhos e bjinhos pro meu lado, ai logo sai foora, e tb rolo d eu volta com minha namorada neh… vou seguir em frente, + o bom msm eh saber q c eu largar, vou ter minhas PAs a disposiçao.

    post bem dhr…

    curto d+ o site

  • Vinicius

    Acho que esse grito exaltado por direitos iguais a homens e mulheres é mera desculpa e justificação feminina para o “sexo sem amor”.

    Realmente, como disse o Thiago Oshiro lá em cima, “só o tempo dirá as conseqüências desse estilo de vida”. Ele apenas quis ser legal e esconder o que todo mundo sabe: que confiança podemos ter numa pessoa que sempre levou o sexo como mero instrumento de prazer, e que acabava tendo vários parceiros só pra se satisfazer?

    Esse estilo de vida está muito ligado a infidelidade e o que a gente acaba não percebendo é que não existe um P.A. não cafageste/galinha/vadia. Pode existir no começo, se a pessoa tem apenas um P.A., mas a partir do momento que você se relaciona com 3 ou 4 pessoas como sugere o texto, você inevitavelmente vira um cafageste/vadia. É tudo questão de não aceitar ou não querer acreditar que você é.

    Não estou restringindo esse julgamento a mulheres. Desaprovo tanto os homens quanto as mulheres que acham que o prazer está acima de tudo e que portanto consideram o sexo por prazer algo plausível. A questão é que não só por motivos sociais mas também por motivos fisionômicos do ser humano, o homem tende sempre a querer mais o sexo e a procurar mais isso. Por o homem ter a função de “atacar” e a mulher de selecionar as melhores ofertas, acaba sendo mais fácil para mulher ter uma transa casual. Enquanto o homem tem que agir, para a mulher basta dizer sim.

    Os P.A.s devem ser aquelas pessoas boas pra transar, mas que não servem para casar. O que acaba sendo um ciclo e nos torna pessoas para não casar.
    Que segurança teremos em uma pessoa que não consegue ficar sem transar por muito tempo? Se a situação não estiver boa no relacionamento, se por muito trabalho, viagens ou qualquer coisa o casal não estiver transando, então seria justificável trair?

    Enfim, a justificativa de direitos iguais cai no erro de que a maioria dos homens não é cafageste e não transa por transar. Pode ter transado uma vez ou outra com esse motivo, mas não leva isso como filosofia de vida. Se você não acredita basta olhar no trabalho ou faculdade quantos homens são assim e quantos não são.
    Assim como a sociedade impõe que mulher que dá por prazer é vadia/puta, ela impõe que no geral os homens são todos garanhões e comem várias mulheres. E isso não é verdade, a maioria dos homens gostaria de ser assim e até aparenta ser, mas na verdade não são.

    Apesar de meu comentário parecer totalmente machista e antiquado não vejo problema que existam mulheres com esse pensamento. Só estou expondo minha opinião de que vocês estão se comparando aos próprios homens que sempre fizeram as mulheres sofrer. E, no fundo, a maioria dos homens nunca dará valor para mulheres com atitudes assim, o que não os impedirá de se divertir com elas, só se divertir.

    • Elaine C D Almeida

      disse tudo!

      • ksa

        Concordo com sua opinião, mas hoje as mulheres só querem saber de se divertir tb! Justo sua preocupação no intuito de preservar a “imagem feminina”, mas os tempos mudaram, as mulheres estão cansadas, querem sim prazer, interromper a maternidade pelo maior tempo possível, ser grandes empresárias… pode ter certeza que ainda vão lembrar de forma saudosista os tempos de suas avós. Mas o mundo é assim, gira.

    • Guest

      Seres humanos são suscetíveis a mudanças, então não “estar” uma pessoa pra casar não faz de você definitivamente um canalha/vadia da mesma forma que ser marriage material aos 20 anos vai determinar que aos 40 você será o marido perfeito.

      Por que você bebe refrigerante? Por que joga videogame? Há prazeres que são necessários e se ambos estiverem de acordo, por que não ter 2, 3 parceiros/as que você sabe que são gente boa, o papo flui e você sabe que tá jogando limpo com você? Se você não é a favor de sexo sem sentimentos afetivos, blz. Não faça, mas vir aqui dizer que ter 2 P.A.s faz de uma mulher uma vadia (ou faz do cara um canalha) é, no mínimo, um pensamento retrógrado. Coisa de vadia é usar o pobre coitado que achou que ia ter uma namoradinha fiel pra passar o reveillon, descarta-lo antes da Ação de Graças ou faze-lo de boytoy, sem a autorização ou consciência dele (o mesmo vale pros homens).

      Sobre isso gerar infidelidade, é aí que você se engana. Se sai um relacionamento de um PA, o que não é o ideal (porque é pecado transformar PA em ex), esse vai ser o relacionamento mais legal de todos. Mulher tende a fazer joguinho, o que ela não precisa e nem quer com o PA dela. A partir dai, o PA é o cara que mais conhece a mulher que tá com ele, e os dois sempre vão ter muita liberdade pra falar sobre os desejos que têm um pelo outro ou por outras pessoas. O PA sabe que não é dono dela. A BA sabe que não é dona dele. Isso é o melhor que qualquer um quer de um relacionamento. Não ser visto como propriedade por alguém que você gosta é o Nirvana!
      Mas, realmente, se a mulher conhece um cara como você, as chances dela te trair vão ser grandes. Ainda mais com um PA cabeça fria dando sopa por ai ;)

    • Lígia Araújo

      Seres humanos são suscetíveis a mudanças, então não “estar” uma pessoa pra casar não faz de você definitivamente um canalha/vadia da mesma forma que ser marriage material aos 20 anos não vai determinar que aos 40 você será o marido perfeito.

      Por que você bebe refrigerante? Por que joga videogame? Há prazeres que são necessários e se ambos estiverem de acordo, por que não ter 2, 3 parceiros/as que você sabe que são gente boa, o papo flui e você sabe que tá jogando limpo com você? Se você não é a favor de sexo sem sentimentos afetivos, blz. Não faça, mas vir aqui dizer que ter 2 P.A.s faz de uma mulher uma vadia (ou faz do cara um canalha) é, no mínimo, um pensamento retrógrado. Coisa de vadia é usar o pobre coitado que achou que ia ter uma namoradinha fiel pra passar o reveillon, descarta-lo antes da Ação de Graças ou faze-lo de boytoy, sem a autorização ou consciência dele (o mesmo vale pros homens).

      Sobre isso gerar infidelidade, é aí que você se engana. Se sai um relacionamento de um PA, o que não é o ideal (porque é pecado transformar PA em ex), esse vai ser o relacionamento mais legal de todos. Mulher tende a fazer joguinho, o que ela não precisa e nem quer com o PA dela. A partir dai, o PA é o cara que mais conhece a mulher que tá com ele, e os dois sempre vão ter muita liberdade pra falar sobre os desejos que têm um pelo outro ou por outras pessoas. O PA sabe que não é dono dela. A BA sabe que não é dona dele. Isso é o melhor que qualquer um quer de um relacionamento. Não ser visto como propriedade por alguém que você gosta é o Nirvana!

      Mas, realmente, se a mulher conhece um cara como você, as chances dela te trair vão ser grandes. Ainda mais com um PA cabeça fria dando sopa por ai ;)

  • Vinicius

    Acho que esse grito exaltado por direitos iguais a homens e mulheres é mera desculpa e justificação feminina para o “sexo sem amor”.

    Realmente, como disse o Thiago Oshiro lá em cima, “só o tempo dirá as conseqüências desse estilo de vida”. Ele apenas quis ser legal e esconder o que todo mundo sabe: que confiança podemos ter numa pessoa que sempre levou o sexo como mero instrumento de prazer, e que acabava tendo vários parceiros só pra se satisfazer?

    Esse estilo de vida está muito ligado a infidelidade e o que a gente acaba não percebendo é que não existe um P.A. não cafageste/galinha/vadia. Pode existir no começo, se a pessoa tem apenas um P.A., mas a partir do momento que você se relaciona com 3 ou 4 pessoas como sugere o texto, você inevitavelmente vira um cafageste/vadia. É tudo questão de não aceitar ou não querer acreditar que você é.

    Não estou restringindo esse julgamento a mulheres. Desaprovo tanto os homens quanto as mulheres que acham que o prazer está acima de tudo e que portanto consideram o sexo por prazer algo plausível. A questão é que não só por motivos sociais mas também por motivos fisionômicos do ser humano, o homem tende sempre a querer mais o sexo e a procurar mais isso. Por o homem ter a função de “atacar” e a mulher de selecionar as melhores ofertas, acaba sendo mais fácil para mulher ter uma transa casual. Enquanto o homem tem que agir, para a mulher basta dizer sim.

    Os P.A.s devem ser aquelas pessoas boas pra transar, mas que não servem para casar. O que acaba sendo um ciclo e nos torna pessoas para não casar.
    Que segurança teremos em uma pessoa que não consegue ficar sem transar por muito tempo? Se a situação não estiver boa no relacionamento, se por muito trabalho, viagens ou qualquer coisa o casal não estiver transando, então seria justificável trair?

    Enfim, a justificativa de direitos iguais cai no erro de que a maioria dos homens não é cafageste e não transa por transar. Pode ter transado uma vez ou outra com esse motivo, mas não leva isso como filosofia de vida. Se você não acredita basta olhar no trabalho ou faculdade quantos homens são assim e quantos não são.
    Assim como a sociedade impõe que mulher que dá por prazer é vadia/puta, ela impõe que no geral os homens são todos garanhões e comem várias mulheres. E isso não é verdade, a maioria dos homens gostaria de ser assim e até aparenta ser, mas na verdade não são.

    Apesar de meu comentário parecer totalmente machista e antiquado não vejo problema que existam mulheres com esse pensamento. Só estou expondo minha opinião de que vocês estão se comparando aos próprios homens que sempre fizeram as mulheres sofrer. E, no fundo, a maioria dos homens nunca dará valor para mulheres com atitudes assim, o que não os impedirá de se divertir com elas, só se divertir.

  • Insolente

    Vinicíos, cada palavra sua é, pelo menos, digna de aplausos. Boa perspectiva e, de fato, vc trata de algo bem mais próximo da realidade do que do idealizado.

  • Insolente

    Vinicíos, cada palavra sua é, pelo menos, digna de aplausos. Boa perspectiva e, de fato, vc trata de algo bem mais próximo da realidade do que do idealizado.

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    [Acho que esse grito exaltado por direitos iguais a homens e mulheres é mera desculpa e justificação feminina para o “sexo sem amor”.]

    A justificativa do sexo sem amor não têm nada a ver com direitos iguais a homens e mulheres, tem a ver com o fato que todo mundo é ser humano e sentre prazer.

    [que confiança podemos ter numa pessoa que sempre levou o sexo como mero instrumento de prazer, e que acabava tendo vários parceiros só pra se satisfazer?]

    Aí vai depender do seu nível de sinceridade com a pessoa. E sexo é instrumento de várias coisas, INCLUSIVE, prazer. Eu NUNCA traí um namorado meu,tive vários e sempre fui muito dedicada nos meus relacionamentos, agora já fui traída inclusive por alguns que pensavam muito parecido com você.
    A questão que deve ser levada em consideração é ética e valores. Traição não faz parte do meu código de ética. Um relação saudável (sim porque nao) com meu amigo com benefícios não fere a MINHA ética e moral em nada. Mas isso sou eu né. Cada pessoa tem seu conjunto de valores e vive como quer. Acho errado você generalizar, só isso. Tá sendo machista sim, em primeiro lugar por achar esse texto feminista, quando na verdade ele fala apenas de seres humanos.

    [Que segurança teremos em uma pessoa que não consegue ficar sem transar por muito tempo?]

    Como assim não consegue? Você tá confundindo necessidade por vontade e desejo. Realmente tem as pessoas que não conseguem, mas por favor, não vamos generalizar de novo, esse texto não foi sobre isso, e sim sobre uma alternativa pra quando você não está querendo entrar num relacionamento, NO MOMENTO, seja por qual motivo for.

    [Assim como a sociedade impõe que mulher que dá por prazer é vadia/puta, ela impõe que no geral os homens são todos garanhões e comem várias mulheres. E isso não é verdade, a maioria dos homens gostaria de ser assim e até aparenta ser, mas na verdade não são.]
    Mais uma vez, estou aqui falando de pessoas, não homens e mulheres. Falei apenas em PA porque estamos no Ladies Room, mas o texto se estende para homens e suas BAs também. As regras foram apenas voltadas um pouco mais pro publico feminino, pois temos que convir que a mulher realmente tende a se envolver mais rápido que o homem e confundir as coisas. Mas toda regra tem suas exceções.. e se tem.

    [E, no fundo, a maioria dos homens nunca dará valor para mulheres com atitudes assim, o que não os impedirá de se divertir com elas, só se divertir.]

    1. …a maioria… não todos.
    2. … as mulheres tb se divertem já que é uma relação de cooperação mútua.

    Tudo isso que você falou só confirma o que eu falei acima que a discrição se faz necessaria. A maioria dos homens e mulheres pensa como você mesmo.

    E por favor gente, deixem de viver tanto em função de machismos/feminismos , estamos falando aqui sobre o complexo e maravilhoso ser humano.

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com MaryJane

    [Acho que esse grito exaltado por direitos iguais a homens e mulheres é mera desculpa e justificação feminina para o “sexo sem amor”.]

    A justificativa do sexo sem amor não têm nada a ver com direitos iguais a homens e mulheres, tem a ver com o fato que todo mundo é ser humano e sentre prazer.

    [que confiança podemos ter numa pessoa que sempre levou o sexo como mero instrumento de prazer, e que acabava tendo vários parceiros só pra se satisfazer?]

    Aí vai depender do seu nível de sinceridade com a pessoa. E sexo é instrumento de várias coisas, INCLUSIVE, prazer. Eu NUNCA traí um namorado meu,tive vários e sempre fui muito dedicada nos meus relacionamentos, agora já fui traída inclusive por alguns que pensavam muito parecido com você.
    A questão que deve ser levada em consideração é ética e valores. Traição não faz parte do meu código de ética. Um relação saudável (sim porque nao) com meu amigo com benefícios não fere a MINHA ética e moral em nada. Mas isso sou eu né. Cada pessoa tem seu conjunto de valores e vive como quer. Acho errado você generalizar, só isso. Tá sendo machista sim, em primeiro lugar por achar esse texto feminista, quando na verdade ele fala apenas de seres humanos.

    [Que segurança teremos em uma pessoa que não consegue ficar sem transar por muito tempo?]

    Como assim não consegue? Você tá confundindo necessidade por vontade e desejo. Realmente tem as pessoas que não conseguem, mas por favor, não vamos generalizar de novo, esse texto não foi sobre isso, e sim sobre uma alternativa pra quando você não está querendo entrar num relacionamento, NO MOMENTO, seja por qual motivo for.

    [Assim como a sociedade impõe que mulher que dá por prazer é vadia/puta, ela impõe que no geral os homens são todos garanhões e comem várias mulheres. E isso não é verdade, a maioria dos homens gostaria de ser assim e até aparenta ser, mas na verdade não são.]
    Mais uma vez, estou aqui falando de pessoas, não homens e mulheres. Falei apenas em PA porque estamos no Ladies Room, mas o texto se estende para homens e suas BAs também. As regras foram apenas voltadas um pouco mais pro publico feminino, pois temos que convir que a mulher realmente tende a se envolver mais rápido que o homem e confundir as coisas. Mas toda regra tem suas exceções.. e se tem.

    [E, no fundo, a maioria dos homens nunca dará valor para mulheres com atitudes assim, o que não os impedirá de se divertir com elas, só se divertir.]

    1. …a maioria… não todos.
    2. … as mulheres tb se divertem já que é uma relação de cooperação mútua.

    Tudo isso que você falou só confirma o que eu falei acima que a discrição se faz necessaria. A maioria dos homens e mulheres pensa como você mesmo.

    E por favor gente, deixem de viver tanto em função de machismos/feminismos , estamos falando aqui sobre o complexo e maravilhoso ser humano.

  • Nati

    Infelizmente as coisas são como o Vinicius falou mesmo. E não acho que ele foi machista. Acho que ele foi realista.

    Tanto que precisamos ainda esconder nossa “liberdade”. Ou seja acatamos o mundo machista também.

    Acho que quando as mulheres estiverem realmente seguras para este tipo de situação, elas não se importarão mais com a opinião dos outros.

    Porque isto só interfere mesmo na escolha do marido/esposa.

    E ter que fingir ser diferente do que já se fez, ou se faz, pra alguém que vc pretende passar o resto da vida (teoricamente) eu não acho legal.

    Então devemos pensar direitinho, se realmente esta liberdade é tão importante.

    Porque acredito que somos iguais. Mas em vez de me jogar nos relacionamentos furtivos como alguns homens fazem, prefiro alguem que tenha escolhido uma vida mais seleta.

    E sim, eles existem!

  • Nati

    Infelizmente as coisas são como o Vinicius falou mesmo. E não acho que ele foi machista. Acho que ele foi realista.

    Tanto que precisamos ainda esconder nossa “liberdade”. Ou seja acatamos o mundo machista também.

    Acho que quando as mulheres estiverem realmente seguras para este tipo de situação, elas não se importarão mais com a opinião dos outros.

    Porque isto só interfere mesmo na escolha do marido/esposa.

    E ter que fingir ser diferente do que já se fez, ou se faz, pra alguém que vc pretende passar o resto da vida (teoricamente) eu não acho legal.

    Então devemos pensar direitinho, se realmente esta liberdade é tão importante.

    Porque acredito que somos iguais. Mas em vez de me jogar nos relacionamentos furtivos como alguns homens fazem, prefiro alguem que tenha escolhido uma vida mais seleta.

    E sim, eles existem!

  • Insolente

    Creio que o ponto entre o texto da Mary Jane/Srta.Scarpin e do Vinicius é o exato instante onde há a seguinte justificativa:

    Uma alternativa pra quando você não está querendo entrar num relacionamento, NO MOMENTO, seja por qual motivo for.

    A questão é que, no instante onde não há compromissos, vc poderá se dar ao luxo de uma conduta de biscate/cafajeste. Já no instante onde há compromissos, a pessoa não se pode dar a esse luxo. Talvez o problema, EM MUITAS PESSOAS, seja alternar esses estilos de vida seguindo o sistema de valores geralmente implícito nas relações, que é aquele que trata sobre fidelidade, respeito, compreensão… Isso porque o comportamento, muitas vezes, é difícil de mudar, ainda mais quando essa mudança se dá de forma abrupta. Quando falo em comportamento, refiro-me a um conjunto de pequenos hábitos NÃO EM NÍVEL CONSCIENTE que podem contribuir para a traição, tais quais insinuações, abertura a pessoas atraentes, avaliação de possíveis alvos e não possuir a mínima continência(em relacionamentos nem sempre há sexo “a la carte”). Há uma frase que diz que a oportunidade faz o ladrão. Quero dizer que, se vc não mudar todo um conjunto de pequenos hábitos que nem sempre são fáceis de mudar, vc estará dando oportunidade a um comportamento abjeto e que pode causar sofrimento a terceiros. Claro que há as pessoas que, mesmo não tendo abdicado dos velhos hábitos época P.A/BA, RESISTEM às tentações. Mas, cá entre nós e sejamos realistas, a resistência é inversamente proporcional ao tempo. Existem pessoas mais resistentes e menos resistentes, mas ninguém é de ferro pra sempre. Há provações que estão além da capacidade humana.

    Também devemos lembrar que o histórico sexual da(o) parceira(o) também pode influenciar negativamente numa relação, uma vez que muitas vezes nossos passados nos perseguem – tanto fisicamente quanto moralmente.

    E, por último, lembrei de uma coisa que não foi mencionada:

    O sexo pode até ser, em diversos casos, um perigoso catalisador para o envolvimento emocional. Isso é uma verdade, mas esse envolvimento pode se dar até mesmo antes do sexo. Talvez não em todos, mas em pobres diabos que têm tolos no peito como eu…

    E deve ser dito que, quando se trata do tema, deve-se ter muito cuidado pra não simplificar a psique humana. O ser-humano não só deseja ou pensa, mas também sente; e, quando sente, é capaz de condutas além do imaginável.

    P.S.: Biscate e cafajeste não foram usados em sentido perjorativo, mas no sentido de condutas dos adeptos aos P.As/B.As.

  • Insolente

    Creio que o ponto entre o texto da Mary Jane/Srta.Scarpin e do Vinicius é o exato instante onde há a seguinte justificativa:

    Uma alternativa pra quando você não está querendo entrar num relacionamento, NO MOMENTO, seja por qual motivo for.

    A questão é que, no instante onde não há compromissos, vc poderá se dar ao luxo de uma conduta de biscate/cafajeste. Já no instante onde há compromissos, a pessoa não se pode dar a esse luxo. Talvez o problema, EM MUITAS PESSOAS, seja alternar esses estilos de vida seguindo o sistema de valores geralmente implícito nas relações, que é aquele que trata sobre fidelidade, respeito, compreensão… Isso porque o comportamento, muitas vezes, é difícil de mudar, ainda mais quando essa mudança se dá de forma abrupta. Quando falo em comportamento, refiro-me a um conjunto de pequenos hábitos NÃO EM NÍVEL CONSCIENTE que podem contribuir para a traição, tais quais insinuações, abertura a pessoas atraentes, avaliação de possíveis alvos e não possuir a mínima continência(em relacionamentos nem sempre há sexo “a la carte”). Há uma frase que diz que a oportunidade faz o ladrão. Quero dizer que, se vc não mudar todo um conjunto de pequenos hábitos que nem sempre são fáceis de mudar, vc estará dando oportunidade a um comportamento abjeto e que pode causar sofrimento a terceiros. Claro que há as pessoas que, mesmo não tendo abdicado dos velhos hábitos época P.A/BA, RESISTEM às tentações. Mas, cá entre nós e sejamos realistas, a resistência é inversamente proporcional ao tempo. Existem pessoas mais resistentes e menos resistentes, mas ninguém é de ferro pra sempre. Há provações que estão além da capacidade humana.

    Também devemos lembrar que o histórico sexual da(o) parceira(o) também pode influenciar negativamente numa relação, uma vez que muitas vezes nossos passados nos perseguem – tanto fisicamente quanto moralmente.

    E, por último, lembrei de uma coisa que não foi mencionada:

    O sexo pode até ser, em diversos casos, um perigoso catalisador para o envolvimento emocional. Isso é uma verdade, mas esse envolvimento pode se dar até mesmo antes do sexo. Talvez não em todos, mas em pobres diabos que têm tolos no peito como eu…

    E deve ser dito que, quando se trata do tema, deve-se ter muito cuidado pra não simplificar a psique humana. O ser-humano não só deseja ou pensa, mas também sente; e, quando sente, é capaz de condutas além do imaginável.

    P.S.: Biscate e cafajeste não foram usados em sentido perjorativo, mas no sentido de condutas dos adeptos aos P.As/B.As.

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ Mary Jane

    Valeu Insolente! Captou a mensagem!!
    Eu sabia que uma hora iam nos entender
    o/

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com Mary Jane

    Valeu Insolente! Captou a mensagem!!
    Eu sabia que uma hora iam nos entender
    \o/

  • Nati

    Otima conclusão mesmo…

  • Nati

    Otima conclusão mesmo…

  • Jussyê

    sabem das coisas.

  • Jussyê

    sabem das coisas.

  • Calvin

    1) Sexo de boa qualidade na hora que você quiser.

    3) Você NUNCA precisa discutir a relação.

    4) Não precisa mudar sua rotina por causa do cara.

    5) Não precisa ficar de chamego depois do sexo (conchinha etc) e pode ter a cama só pra você depois.

    6) Não precisa mentir, você pode sempre ser 100% sincera com seu PA. É um alivio inenarrável.

    Ué, existe mulher que NÃO COBRA ISSO???? Por favor, me apresentem…

  • Calvin

    1) Sexo de boa qualidade na hora que você quiser.

    3) Você NUNCA precisa discutir a relação.

    4) Não precisa mudar sua rotina por causa do cara.

    5) Não precisa ficar de chamego depois do sexo (conchinha etc) e pode ter a cama só pra você depois.

    6) Não precisa mentir, você pode sempre ser 100% sincera com seu PA. É um alivio inenarrável.

    Ué, existe mulher que NÃO COBRA ISSO???? Por favor, me apresentem…

  • http://www.bibliaonline.com.br/ Natália

    Bom, a Verdade é que ter um P.A. vai totalmente contra os planos de Deus instituídos para o homem.

    Vale apena arriscar assim a salvação da alma?

  • http://www.bibliaonline.com.br Natália

    Bom, a Verdade é que ter um P.A. vai totalmente contra os planos de Deus instituídos para o homem.

    Vale apena arriscar assim a salvação da alma?

  • Nati

    HAUhuhauha

    É verdade galera.. devemos preocupar com nossa alma?

    Ou não né!
    Acho que seu eu for pro inferno todo mundo que eu conheço vai estar lá!

    E sim Calvin, existe mulheres que não cobram nada disso. (Eu não sou uma delas… rs)

    =)

  • Nati

    HAUhuhauha

    É verdade galera.. devemos preocupar com nossa alma?

    Ou não né!
    Acho que seu eu for pro inferno todo mundo que eu conheço vai estar lá!

    E sim Calvin, existe mulheres que não cobram nada disso. (Eu não sou uma delas… rs)

    =)

  • http://senhoritarosa.wordpress.com/ srta. rosa

    Toda razão. Risky business. Mas se não tê-los… como praticar!!!! Tudo que eu quero são borboletas no estômago. Pa’s ainda são melhor opção do que roubadas.

    Bezzos,

  • http://senhoritarosa.wordpress.com/ srta. rosa

    Toda razão. Risky business. Mas se não tê-los… como praticar!!!! Tudo que eu quero são borboletas no estômago. Pa’s ainda são melhor opção do que roubadas.

    Bezzos,

  • http://senhoritarosa.wordpress.com srta. rosa

    Toda razão. Risky business. Mas se não tê-los… como praticar!!!! Tudo que eu quero são borboletas no estômago. Pa’s ainda são melhor opção do que roubadas.

    Bezzos,

  • Caio

    Tá legal a discussão dos comentários (e brigado Nina, pelo menos alguém aderiu, hehe!).

    Talvez isto esclareça algumas coisas. A grande questão aqui é sinceridade. Quando se coloca as coisas por essa perspectiva, vc vê além dos rótulos, além dos argumentos circunstanciais.

    “E ter que fingir ser diferente do que já se fez, ou se faz, pra alguém…” – Nina

    “Talvez o problema, EM MUITAS PESSOAS, seja alternar esses estilos de vida…”

    “Esse estilo de vida está muito ligado a infidelidade” – Vinícius

    De jeito nenhum. Só porque eu tenho uma, duas, três BAs não quer dizer que eu sou infiel. Tirem de suas cabeças que o relacionamento monogâmico é o padrão de moralidade universal. Eu deixo muito claro que não estou me relacionando só com uma mulher, ponto. As que não concordam, param de ficar comigo, as que concordam continuam, sem que haja nada de infidelidade no meio. Se eu começo a namorar uma menina, eu paro de me relacionar com outras.

    Eu não tive que mudar em nada minha personalidade, continuei sempre honesto com minhas intenções (Nina), nem fui infiel com ninguém, pois elas sabiam das minhas intenções e concordaram com isso (Vinícius), só tive que ter a cabeça resolvida para saber que uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa, compreendido?! (Insolente)

    “Os P.A.s devem ser aquelas pessoas boas pra transar, mas que não servem para casar.” – Vinícius

    Vc generalizou “os PAs”. Eu posso não ser alguém “bom pra casar” para as BAs com quem eu me relaciono, e vice-versa. Mas eu posso conhecer alguém que eu acho bom pra casar, e essa pessoa pode ter PAs e eu BAs, mas a combinação perfeita é entre eu e ela. Assim como uma BA minha pode ser a mulher dos sonhos de um PA dela. Eu vejo “ser um PA” de me divertir sem compromisso nem dor-de-cabeça nem peso na consciência, enquanto não encontro alguém que eu possa falar “é essa”.

    Queria escrever mais, mas vai ficar muito longo, então só uma última coisa:

    “Há provações que estão além da capacidade humana.” – Insolente

    Essa frase é cretina, Insolente. Se você está num relacionamento monogâmico, ou pior, casado, e trai, vc conscientemente fez merda. Não tem desculpas, não tem como falar “não deu pra resistir”. Se vc traiu, é porque em algum ponto vc ainda não estava totalmente bem resolvido, e portanto, não estava pronto pra um casamento. Tenho certeza que só vou casar quando tiver certeza que aquela mulher é a que me completa realmente (assim como só namoro quando tenho certeza que não vou ter dúvidas sobre a minha decisão). Talvez isso me deixe solteiro pra sempre, hehehehe.

    Abraços (e desculpa pelo post enorme)

  • Caio

    Tá legal a discussão dos comentários (e brigado Nina, pelo menos alguém aderiu, hehe!).

    Talvez isto esclareça algumas coisas. A grande questão aqui é sinceridade. Quando se coloca as coisas por essa perspectiva, vc vê além dos rótulos, além dos argumentos circunstanciais.

    “E ter que fingir ser diferente do que já se fez, ou se faz, pra alguém…” – Nina

    “Talvez o problema, EM MUITAS PESSOAS, seja alternar esses estilos de vida…”

    “Esse estilo de vida está muito ligado a infidelidade” – Vinícius

    De jeito nenhum. Só porque eu tenho uma, duas, três BAs não quer dizer que eu sou infiel. Tirem de suas cabeças que o relacionamento monogâmico é o padrão de moralidade universal. Eu deixo muito claro que não estou me relacionando só com uma mulher, ponto. As que não concordam, param de ficar comigo, as que concordam continuam, sem que haja nada de infidelidade no meio. Se eu começo a namorar uma menina, eu paro de me relacionar com outras.

    Eu não tive que mudar em nada minha personalidade, continuei sempre honesto com minhas intenções (Nina), nem fui infiel com ninguém, pois elas sabiam das minhas intenções e concordaram com isso (Vinícius), só tive que ter a cabeça resolvida para saber que uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa, compreendido?! (Insolente)

    “Os P.A.s devem ser aquelas pessoas boas pra transar, mas que não servem para casar.” – Vinícius

    Vc generalizou “os PAs”. Eu posso não ser alguém “bom pra casar” para as BAs com quem eu me relaciono, e vice-versa. Mas eu posso conhecer alguém que eu acho bom pra casar, e essa pessoa pode ter PAs e eu BAs, mas a combinação perfeita é entre eu e ela. Assim como uma BA minha pode ser a mulher dos sonhos de um PA dela. Eu vejo “ser um PA” de me divertir sem compromisso nem dor-de-cabeça nem peso na consciência, enquanto não encontro alguém que eu possa falar “é essa”.

    Queria escrever mais, mas vai ficar muito longo, então só uma última coisa:

    “Há provações que estão além da capacidade humana.” – Insolente

    Essa frase é cretina, Insolente. Se você está num relacionamento monogâmico, ou pior, casado, e trai, vc conscientemente fez merda. Não tem desculpas, não tem como falar “não deu pra resistir”. Se vc traiu, é porque em algum ponto vc ainda não estava totalmente bem resolvido, e portanto, não estava pronto pra um casamento. Tenho certeza que só vou casar quando tiver certeza que aquela mulher é a que me completa realmente (assim como só namoro quando tenho certeza que não vou ter dúvidas sobre a minha decisão). Talvez isso me deixe solteiro pra sempre, hehehehe.

    Abraços (e desculpa pelo post enorme)

  • Caio

    Tá legal a discussão dos comentários (e brigado Nina, pelo menos alguém aderiu, hehe!).

    Talvez isto esclareça algumas coisas. A grande questão aqui é sinceridade. Quando se coloca as coisas por essa perspectiva, vc vê além dos rótulos, além dos argumentos circunstanciais.

    “E ter que fingir ser diferente do que já se fez, ou se faz, pra alguém…” – Nina

    “Talvez o problema, EM MUITAS PESSOAS, seja alternar esses estilos de vida…”

    “Esse estilo de vida está muito ligado a infidelidade” – Vinícius

    De jeito nenhum. Só porque eu tenho uma, duas, três BAs não quer dizer que eu sou infiel. Tirem de suas cabeças que o relacionamento monogâmico é o padrão de moralidade universal. Eu deixo muito claro que não estou me relacionando só com uma mulher, ponto. As que não concordam, param de ficar comigo, as que concordam continuam, sem que haja nada de infidelidade no meio. Se eu começo a namorar uma menina, eu paro de me relacionar com outras.

    Eu não tive que mudar em nada minha personalidade, continuei sempre honesto com minhas intenções (Nina), nem fui infiel com ninguém, pois elas sabiam das minhas intenções e concordaram com isso (Vinícius), só tive que ter a cabeça resolvida para saber que uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa, compreendido?! (Insolente)

    “Os P.A.s devem ser aquelas pessoas boas pra transar, mas que não servem para casar.” – Vinícius

    Vc generalizou “os PAs”. Eu posso não ser alguém “bom pra casar” para as BAs com quem eu me relaciono, e vice-versa. Mas eu posso conhecer alguém que eu acho bom pra casar, e essa pessoa pode ter PAs e eu BAs, mas a combinação perfeita é entre eu e ela. Assim como uma BA minha pode ser a mulher dos sonhos de um PA dela. Eu vejo “ser um PA” de me divertir sem compromisso nem dor-de-cabeça nem peso na consciência, enquanto não encontro alguém que eu possa falar “é essa”.

    Queria escrever mais, mas vai ficar muito longo, então só uma última coisa:

    “Há provações que estão além da capacidade humana.” – Insolente

    Essa frase é cretina, Insolente. Se você está num relacionamento monogâmico, ou pior, casado, e trai, vc conscientemente fez merda. Não tem desculpas, não tem como falar “não deu pra resistir”. Se vc traiu, é porque em algum ponto vc ainda não estava totalmente bem resolvido, e portanto, não estava pronto pra um casamento. Tenho certeza que só vou casar quando tiver certeza que aquela mulher é a que me completa realmente (assim como só namoro quando tenho certeza que não vou ter dúvidas sobre a minha decisão). Talvez isso me deixe solteiro pra sempre, hehehehe.

    Abraços (e desculpa pelo post enorme)

  • Caio

    Tá legal a discussão dos comentários (e brigado Nina, pelo menos alguém aderiu, hehe!).

    Talvez isto esclareça algumas coisas. A grande questão aqui é sinceridade. Quando se coloca as coisas por essa perspectiva, vc vê além dos rótulos, além dos argumentos circunstanciais.

    “E ter que fingir ser diferente do que já se fez, ou se faz, pra alguém…” – Nina

    “Talvez o problema, EM MUITAS PESSOAS, seja alternar esses estilos de vida…”

    “Esse estilo de vida está muito ligado a infidelidade” – Vinícius

    De jeito nenhum. Só porque eu tenho uma, duas, três BAs não quer dizer que eu sou infiel. Tirem de suas cabeças que o relacionamento monogâmico é o padrão de moralidade universal. Eu deixo muito claro que não estou me relacionando só com uma mulher, ponto. As que não concordam, param de ficar comigo, as que concordam continuam, sem que haja nada de infidelidade no meio. Se eu começo a namorar uma menina, eu paro de me relacionar com outras.

    Eu não tive que mudar em nada minha personalidade, continuei sempre honesto com minhas intenções (Nina), nem fui infiel com ninguém, pois elas sabiam das minhas intenções e concordaram com isso (Vinícius), só tive que ter a cabeça resolvida para saber que uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa, compreendido?! (Insolente)

    “Os P.A.s devem ser aquelas pessoas boas pra transar, mas que não servem para casar.” – Vinícius

    Vc generalizou “os PAs”. Eu posso não ser alguém “bom pra casar” para as BAs com quem eu me relaciono, e vice-versa. Mas eu posso conhecer alguém que eu acho bom pra casar, e essa pessoa pode ter PAs e eu BAs, mas a combinação perfeita é entre eu e ela. Assim como uma BA minha pode ser a mulher dos sonhos de um PA dela. Eu vejo “ser um PA” de me divertir sem compromisso nem dor-de-cabeça nem peso na consciência, enquanto não encontro alguém que eu possa falar “é essa”.

    Queria escrever mais, mas vai ficar muito longo, então só uma última coisa:

    “Há provações que estão além da capacidade humana.” – Insolente

    Essa frase é cretina, Insolente. Se você está num relacionamento monogâmico, ou pior, casado, e trai, vc conscientemente fez merda. Não tem desculpas, não tem como falar “não deu pra resistir”. Se vc traiu, é porque em algum ponto vc ainda não estava totalmente bem resolvido, e portanto, não estava pronto pra um casamento. Tenho certeza que só vou casar quando tiver certeza que aquela mulher é a que me completa realmente (assim como só namoro quando tenho certeza que não vou ter dúvidas sobre a minha decisão). Talvez isso me deixe solteiro pra sempre, hehehehe.

    Abraços (e desculpa pelo post enorme)

  • Insolente

    Caio, não é querendo ofendê-lo, mas há fortes indícios que vc teve uma interpretação equivocada do meu comentário. Pra mim, fica até um tanto inviável querer levantar qualquer discussão contigo, já que vc parece não entender o que eu escrevo. Seria como discutir com uma criança. E também não perderei meu tempo colocando legendas em cada frase do meu texto. Portanto, me desculpe se não o escrevi pensando em pessoas como vc.

  • Insolente

    Caio, não é querendo ofendê-lo, mas há fortes indícios que vc teve uma interpretação equivocada do meu comentário. Pra mim, fica até um tanto inviável querer levantar qualquer discussão contigo, já que vc parece não entender o que eu escrevo. Seria como discutir com uma criança. E também não perderei meu tempo colocando legendas em cada frase do meu texto. Portanto, me desculpe se não o escrevi pensando em pessoas como vc.

  • Insolente

    Caio, não é querendo ofendê-lo, mas há fortes indícios que vc teve uma interpretação equivocada do meu comentário. Pra mim, fica até um tanto inviável querer levantar qualquer discussão contigo, já que vc parece não entender o que eu escrevo. Seria como discutir com uma criança. E também não perderei meu tempo colocando legendas em cada frase do meu texto. Portanto, me desculpe se não o escrevi pensando em pessoas como vc.

  • Insolente

    Caio, não é querendo ofendê-lo, mas há fortes indícios que vc teve uma interpretação equivocada do meu comentário. Pra mim, fica até um tanto inviável querer levantar qualquer discussão contigo, já que vc parece não entender o que eu escrevo. Seria como discutir com uma criança. E também não perderei meu tempo colocando legendas em cada frase do meu texto. Portanto, me desculpe se não o escrevi pensando em pessoas como vc.

  • Caio

    Insolente, se eu fiz uma interpretação errada do teu texto, me desculpe. Na verdade eu concordei com tudo, só achei cretina, vazia a frase “há provações que estão além da capacidade humana”.

    Se vc acha que se colocar num pedestal de superioridade mental e falar que “pessoas como eu” não tem o direito de tentar argumentar, nem de saber porque estão erradas é a atitude correta, tudo bem, eu fico na minha ignorância.

  • Caio

    Insolente, se eu fiz uma interpretação errada do teu texto, me desculpe. Na verdade eu concordei com tudo, só achei cretina, vazia a frase “há provações que estão além da capacidade humana”.

    Se vc acha que se colocar num pedestal de superioridade mental e falar que “pessoas como eu” não tem o direito de tentar argumentar, nem de saber porque estão erradas é a atitude correta, tudo bem, eu fico na minha ignorância.

  • Caio

    Insolente, se eu fiz uma interpretação errada do teu texto, me desculpe. Na verdade eu concordei com tudo, só achei cretina, vazia a frase “há provações que estão além da capacidade humana”.

    Se vc acha que se colocar num pedestal de superioridade mental e falar que “pessoas como eu” não tem o direito de tentar argumentar, nem de saber porque estão erradas é a atitude correta, tudo bem, eu fico na minha ignorância.

  • Caio

    Insolente, se eu fiz uma interpretação errada do teu texto, me desculpe. Na verdade eu concordei com tudo, só achei cretina, vazia a frase “há provações que estão além da capacidade humana”.

    Se vc acha que se colocar num pedestal de superioridade mental e falar que “pessoas como eu” não tem o direito de tentar argumentar, nem de saber porque estão erradas é a atitude correta, tudo bem, eu fico na minha ignorância.

  • Igor_182

    bobagem…todo bom P.A tem sempre que aturar o velho ciuminho, acessos de carência e vontade de privação por parte da mulher! Principalmente se tiver namorada, nos dois primeiros casos….

    Pelo menos, comigo é assim…

  • Igor_182

    bobagem…todo bom P.A tem sempre que aturar o velho ciuminho, acessos de carência e vontade de privação por parte da mulher! Principalmente se tiver namorada, nos dois primeiros casos….

    Pelo menos, comigo é assim…

  • Igor_182

    bobagem…todo bom P.A tem sempre que aturar o velho ciuminho, acessos de carência e vontade de privação por parte da mulher! Principalmente se tiver namorada, nos dois primeiros casos….

    Pelo menos, comigo é assim…

  • Igor_182

    bobagem…todo bom P.A tem sempre que aturar o velho ciuminho, acessos de carência e vontade de privação por parte da mulher! Principalmente se tiver namorada, nos dois primeiros casos….

    Pelo menos, comigo é assim…

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Mary Jane

    Caio, quer ser meu PA? auhuahauhaua

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Mary Jane

    Caio, quer ser meu PA? auhuahauhaua

  • http://saltoafiado.blogspot.com Mary Jane

    Caio, quer ser meu PA? auhuahauhaua

  • http://www.espelhando.com.br/ Thiago

    Sou sentimentalista. Dane-se o resto. Prefiro uma só que eu goste e ame do que 200 BAs com quem eu faça sexo casual e não tenha afinidade alguma, amor algum ou paixão nenhuma.

    Mas, nunca nego fogo. Portanto esse tipo de amizade não faz nada mal.. Só acho superficial demais, PRA MIM.

    Não sei o que é moralidade, não sou ninguém pra dizer o que é e o que não é moral. PRA MIM, não vira.

  • http://www.espelhando.com.br/ Thiago

    Sou sentimentalista. Dane-se o resto. Prefiro uma só que eu goste e ame do que 200 BAs com quem eu faça sexo casual e não tenha afinidade alguma, amor algum ou paixão nenhuma.

    Mas, nunca nego fogo. Portanto esse tipo de amizade não faz nada mal.. Só acho superficial demais, PRA MIM.

    Não sei o que é moralidade, não sou ninguém pra dizer o que é e o que não é moral. PRA MIM, não vira.

  • http://www.espelhando.com.br/ Thiago

    Sou sentimentalista. Dane-se o resto. Prefiro uma só que eu goste e ame do que 200 BAs com quem eu faça sexo casual e não tenha afinidade alguma, amor algum ou paixão nenhuma.

    Mas, nunca nego fogo. Portanto esse tipo de amizade não faz nada mal.. Só acho superficial demais, PRA MIM.

    Não sei o que é moralidade, não sou ninguém pra dizer o que é e o que não é moral. PRA MIM, não vira.

  • http://www.espelhando.com.br Thiago

    Sou sentimentalista. Dane-se o resto. Prefiro uma só que eu goste e ame do que 200 BAs com quem eu faça sexo casual e não tenha afinidade alguma, amor algum ou paixão nenhuma.

    Mas, nunca nego fogo. Portanto esse tipo de amizade não faz nada mal.. Só acho superficial demais, PRA MIM.

    Não sei o que é moralidade, não sou ninguém pra dizer o que é e o que não é moral. PRA MIM, não vira.

  • Caio

    Thiago, eu também prefiro uma só que eu goste e ame, tanto é que eu quero me casar um belo dia. Também acho que o sexo é muito melhor com amor e paixão. Mas você consegue sempre ter ao teu lado alguém que vc goste e ame? E quando termina, vc não transa com ninguém até achar alguém que goste e ame?

    E MaryJane… Vamos conversar, hehehe.

    Abraços

  • Caio

    Thiago, eu também prefiro uma só que eu goste e ame, tanto é que eu quero me casar um belo dia. Também acho que o sexo é muito melhor com amor e paixão. Mas você consegue sempre ter ao teu lado alguém que vc goste e ame? E quando termina, vc não transa com ninguém até achar alguém que goste e ame?

    E MaryJane… Vamos conversar, hehehe.

    Abraços

  • Caio

    Thiago, eu também prefiro uma só que eu goste e ame, tanto é que eu quero me casar um belo dia. Também acho que o sexo é muito melhor com amor e paixão. Mas você consegue sempre ter ao teu lado alguém que vc goste e ame? E quando termina, vc não transa com ninguém até achar alguém que goste e ame?

    E MaryJane… Vamos conversar, hehehe.

    Abraços

  • Caio

    Thiago, eu também prefiro uma só que eu goste e ame, tanto é que eu quero me casar um belo dia. Também acho que o sexo é muito melhor com amor e paixão. Mas você consegue sempre ter ao teu lado alguém que vc goste e ame? E quando termina, vc não transa com ninguém até achar alguém que goste e ame?

    E MaryJane… Vamos conversar, hehehe.

    Abraços

  • Insolente

    Caio, não quero me colocar num pedestal de superioridade mental, até mesmo porque determinar superioridade mental é algo impossível. As inteligências são múltiplas e a capacidade cognitiva também pode depender de conhecimentos prévios. Isso pra não dizer da capacidade de ser imparcial em relação a um determinado tema, que está diretamente ligada ao querer ouvir/aprender. Não estou aqui pra defender um ponto de vista ou outro, tanto que muitas vezes posso parecer ambíguo e em cima do muro nos coments desse texto. O que eu disse no meu comentário anterior é porque sua concepção da personalidade parece ser um tanto restrita a elementos lógicos. Como se a razão humana fosse a senhora das ações durante TODO o tempo. Como se não houvesse momentos onde o diabo mora e a racionalidade vai pras cucuias, tais como os instantes de carência, desilusão, raiva, insegurança, embriaguez, abstinência involuntária… Boa parte do meu texto foi baseada nessa concepção, onde a personalidade também é fortemente marcada por elementos não racionais. Então como eu iria discutir sobre comportamento humano com alguém que tem um ponto-de-vista tão diferente acerca disso? Por isso falei aquilo. Seria como um russo e um japonês discutindo, um com o outro, em suas em línguas de origem. Não haveria como um entender o outro. E, embora vc ache a frase cretina, eu não a uso no intuito de defender a traição. No contexto que eu a coloquei, ela teve o intuito de contestar o modelo da resistência em nome do modelo de uma conduta que evite exposições a tentações. Afinal, para vc se manter fiel, é melhor continuar fazendo questão de sentar ao lado da colega de trabalho gostosa e pirigueti ou é melhor abrir mão desse privilégio? É melhor escolher ser diretor de filmes pornô ou diretor de filmes educativos?

    E convenhamos que falar que a frase de alguém é cretina não demonstra a intenção de uma discussão saudável…Também por isso falei aquilo, pra não alimentar uma discussão que parecia ter começado errada e pra não sair de cabeça baixa.

  • Insolente

    Caio, não quero me colocar num pedestal de superioridade mental, até mesmo porque determinar superioridade mental é algo impossível. As inteligências são múltiplas e a capacidade cognitiva também pode depender de conhecimentos prévios. Isso pra não dizer da capacidade de ser imparcial em relação a um determinado tema, que está diretamente ligada ao querer ouvir/aprender. Não estou aqui pra defender um ponto de vista ou outro, tanto que muitas vezes posso parecer ambíguo e em cima do muro nos coments desse texto. O que eu disse no meu comentário anterior é porque sua concepção da personalidade parece ser um tanto restrita a elementos lógicos. Como se a razão humana fosse a senhora das ações durante TODO o tempo. Como se não houvesse momentos onde o diabo mora e a racionalidade vai pras cucuias, tais como os instantes de carência, desilusão, raiva, insegurança, embriaguez, abstinência involuntária… Boa parte do meu texto foi baseada nessa concepção, onde a personalidade também é fortemente marcada por elementos não racionais. Então como eu iria discutir sobre comportamento humano com alguém que tem um ponto-de-vista tão diferente acerca disso? Por isso falei aquilo. Seria como um russo e um japonês discutindo, um com o outro, em suas em línguas de origem. Não haveria como um entender o outro. E, embora vc ache a frase cretina, eu não a uso no intuito de defender a traição. No contexto que eu a coloquei, ela teve o intuito de contestar o modelo da resistência em nome do modelo de uma conduta que evite exposições a tentações. Afinal, para vc se manter fiel, é melhor continuar fazendo questão de sentar ao lado da colega de trabalho gostosa e pirigueti ou é melhor abrir mão desse privilégio? É melhor escolher ser diretor de filmes pornô ou diretor de filmes educativos?

    E convenhamos que falar que a frase de alguém é cretina não demonstra a intenção de uma discussão saudável…Também por isso falei aquilo, pra não alimentar uma discussão que parecia ter começado errada e pra não sair de cabeça baixa.

  • Insolente

    Caio, não quero me colocar num pedestal de superioridade mental, até mesmo porque determinar superioridade mental é algo impossível. As inteligências são múltiplas e a capacidade cognitiva também pode depender de conhecimentos prévios. Isso pra não dizer da capacidade de ser imparcial em relação a um determinado tema, que está diretamente ligada ao querer ouvir/aprender. Não estou aqui pra defender um ponto de vista ou outro, tanto que muitas vezes posso parecer ambíguo e em cima do muro nos coments desse texto. O que eu disse no meu comentário anterior é porque sua concepção da personalidade parece ser um tanto restrita a elementos lógicos. Como se a razão humana fosse a senhora das ações durante TODO o tempo. Como se não houvesse momentos onde o diabo mora e a racionalidade vai pras cucuias, tais como os instantes de carência, desilusão, raiva, insegurança, embriaguez, abstinência involuntária… Boa parte do meu texto foi baseada nessa concepção, onde a personalidade também é fortemente marcada por elementos não racionais. Então como eu iria discutir sobre comportamento humano com alguém que tem um ponto-de-vista tão diferente acerca disso? Por isso falei aquilo. Seria como um russo e um japonês discutindo, um com o outro, em suas em línguas de origem. Não haveria como um entender o outro. E, embora vc ache a frase cretina, eu não a uso no intuito de defender a traição. No contexto que eu a coloquei, ela teve o intuito de contestar o modelo da resistência em nome do modelo de uma conduta que evite exposições a tentações. Afinal, para vc se manter fiel, é melhor continuar fazendo questão de sentar ao lado da colega de trabalho gostosa e pirigueti ou é melhor abrir mão desse privilégio? É melhor escolher ser diretor de filmes pornô ou diretor de filmes educativos?

    E convenhamos que falar que a frase de alguém é cretina não demonstra a intenção de uma discussão saudável…Também por isso falei aquilo, pra não alimentar uma discussão que parecia ter começado errada e pra não sair de cabeça baixa.

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    Caio, quer ser meu 1o. p.a.? ou quem sabe, namorado? hahahaha ;P

    Ele foi o ÚNICO que entendeu a essencia do texto.

    o/o

    =*

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    Caio, quer ser meu 1o. p.a.? ou quem sabe, namorado? hahahaha ;P

    Ele foi o ÚNICO que entendeu a essencia do texto.

    o/o

    =*

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    Caio, quer ser meu 1o. p.a.? ou quem sabe, namorado? hahahaha ;P

    Ele foi o ÚNICO que entendeu a essencia do texto.

    o/o

    =*

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    Caio, quer ser meu 1o. p.a.? ou quem sabe, namorado? hahahaha ;P

    Ele foi o ÚNICO que entendeu a essencia do texto.

    o/o

    =*

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    Caio, quer ser meu 1o. p.a.? ou quem sabe, namorado? hahahaha ;P

    Ele foi o ÚNICO que entendeu a essencia do texto.

    o/\o

    =*

  • Marcos

    Pô, mas vcs são experts em P.A. e tão aí assediando o Caio para ser o 1º P.A?
    Como assim?
    Cadê a experiência?
    É “façam o que eu digo, mas eu não sei se é assim mesmo”? hahahhaha

  • Marcos

    Pô, mas vcs são experts em P.A. e tão aí assediando o Caio para ser o 1º P.A?
    Como assim?
    Cadê a experiência?
    É “façam o que eu digo, mas eu não sei se é assim mesmo”? hahahhaha

  • Marcos

    Pô, mas vcs são experts em P.A. e tão aí assediando o Caio para ser o 1º P.A?
    Como assim?
    Cadê a experiência?
    É “façam o que eu digo, mas eu não sei se é assim mesmo”? hahahhaha

  • Marcos

    Pô, mas vcs são experts em P.A. e tão aí assediando o Caio para ser o 1º P.A?
    Como assim?
    Cadê a experiência?
    É “façam o que eu digo, mas eu não sei se é assim mesmo”? hahahhaha

  • Marcos

    Pô, mas vcs são experts em P.A. e tão aí assediando o Caio para ser o 1º P.A?
    Como assim?
    Cadê a experiência?
    É “façam o que eu digo, mas eu não sei se é assim mesmo”? hahahhaha

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Mary Jane

    Huahuahauhauhaauah Essa Scarpin se passa!
    Marquinhos amore, experiencia em P.A. a gente tem sim, não te preocupa, acho que a Srta. Scarpin está apenas aplicando a técnica da discrição, mas quando falo que temos experiencia não falo SOMENTE de experiencia propria mas TAMBÉM sobre experiencias e casos de varias amigas e amigos mais proximos com quem conversamos sobre o assunto. O texto foi resultado de dessas várias conversas e discussões filosóficas que tivemos sobre essa realidade e achamos que seria interessante escrever sobre o assunto.
    E mais uma vez, não estamos mandando ninguem fazer nada…. rsrsrs, foi informação.

    E Caio honey, estamos aí…Acho que você realmente entendeu o espirito do texto, mas eu não concordo com a Scarpin de que você tenha sido o ÚNICO. Varias pessoas entenderam o que a gente quis dizer, e depois de tantos comentários , acho que a maioria entendeu. Mas você tem sido muito feliz nos seus comentários e impressionou as afiadas.

    :*

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Mary Jane

    Huahuahauhauhaauah Essa Scarpin se passa!
    Marquinhos amore, experiencia em P.A. a gente tem sim, não te preocupa, acho que a Srta. Scarpin está apenas aplicando a técnica da discrição, mas quando falo que temos experiencia não falo SOMENTE de experiencia propria mas TAMBÉM sobre experiencias e casos de varias amigas e amigos mais proximos com quem conversamos sobre o assunto. O texto foi resultado de dessas várias conversas e discussões filosóficas que tivemos sobre essa realidade e achamos que seria interessante escrever sobre o assunto.
    E mais uma vez, não estamos mandando ninguem fazer nada…. rsrsrs, foi informação.

    E Caio honey, estamos aí…Acho que você realmente entendeu o espirito do texto, mas eu não concordo com a Scarpin de que você tenha sido o ÚNICO. Varias pessoas entenderam o que a gente quis dizer, e depois de tantos comentários , acho que a maioria entendeu. Mas você tem sido muito feliz nos seus comentários e impressionou as afiadas.

    :*

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Mary Jane

    Huahuahauhauhaauah Essa Scarpin se passa!
    Marquinhos amore, experiencia em P.A. a gente tem sim, não te preocupa, acho que a Srta. Scarpin está apenas aplicando a técnica da discrição, mas quando falo que temos experiencia não falo SOMENTE de experiencia propria mas TAMBÉM sobre experiencias e casos de varias amigas e amigos mais proximos com quem conversamos sobre o assunto. O texto foi resultado de dessas várias conversas e discussões filosóficas que tivemos sobre essa realidade e achamos que seria interessante escrever sobre o assunto.
    E mais uma vez, não estamos mandando ninguem fazer nada…. rsrsrs, foi informação.

    E Caio honey, estamos aí…Acho que você realmente entendeu o espirito do texto, mas eu não concordo com a Scarpin de que você tenha sido o ÚNICO. Varias pessoas entenderam o que a gente quis dizer, e depois de tantos comentários , acho que a maioria entendeu. Mas você tem sido muito feliz nos seus comentários e impressionou as afiadas.

    :*

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Mary Jane

    Huahuahauhauhaauah Essa Scarpin se passa!
    Marquinhos amore, experiencia em P.A. a gente tem sim, não te preocupa, acho que a Srta. Scarpin está apenas aplicando a técnica da discrição, mas quando falo que temos experiencia não falo SOMENTE de experiencia propria mas TAMBÉM sobre experiencias e casos de varias amigas e amigos mais proximos com quem conversamos sobre o assunto. O texto foi resultado de dessas várias conversas e discussões filosóficas que tivemos sobre essa realidade e achamos que seria interessante escrever sobre o assunto.
    E mais uma vez, não estamos mandando ninguem fazer nada…. rsrsrs, foi informação.

    E Caio honey, estamos aí…Acho que você realmente entendeu o espirito do texto, mas eu não concordo com a Scarpin de que você tenha sido o ÚNICO. Varias pessoas entenderam o que a gente quis dizer, e depois de tantos comentários , acho que a maioria entendeu. Mas você tem sido muito feliz nos seus comentários e impressionou as afiadas.

    :*

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Mary Jane

    Huahuahauhauhaauah Essa Scarpin se passa!
    Marquinhos amore, experiencia em P.A. a gente tem sim, não te preocupa, acho que a Srta. Scarpin está apenas aplicando a técnica da discrição, mas quando falo que temos experiencia não falo SOMENTE de experiencia propria mas TAMBÉM sobre experiencias e casos de varias amigas e amigos mais proximos com quem conversamos sobre o assunto. O texto foi resultado de dessas várias conversas e discussões filosóficas que tivemos sobre essa realidade e achamos que seria interessante escrever sobre o assunto.
    E mais uma vez, não estamos mandando ninguem fazer nada…. rsrsrs, foi informação.

    E Caio honey, estamos aí…Acho que você realmente entendeu o espirito do texto, mas eu não concordo com a Scarpin de que você tenha sido o ÚNICO. Varias pessoas entenderam o que a gente quis dizer, e depois de tantos comentários , acho que a maioria entendeu. Mas você tem sido muito feliz nos seus comentários e impressionou as afiadas.

    :*

  • http://saltoafiado.blogspot.com Mary Jane

    Huahuahauhauhaauah Essa Scarpin se passa!
    Marquinhos amore, experiencia em P.A. a gente tem sim, não te preocupa, acho que a Srta. Scarpin está apenas aplicando a técnica da discrição, mas quando falo que temos experiencia não falo SOMENTE de experiencia propria mas TAMBÉM sobre experiencias e casos de varias amigas e amigos mais proximos com quem conversamos sobre o assunto. O texto foi resultado de dessas várias conversas e discussões filosóficas que tivemos sobre essa realidade e achamos que seria interessante escrever sobre o assunto.
    E mais uma vez, não estamos mandando ninguem fazer nada…. rsrsrs, foi informação.

    E Caio honey, estamos aí…Acho que você realmente entendeu o espirito do texto, mas eu não concordo com a Scarpin de que você tenha sido o ÚNICO. Varias pessoas entenderam o que a gente quis dizer, e depois de tantos comentários , acho que a maioria entendeu. Mas você tem sido muito feliz nos seus comentários e impressionou as afiadas.

    :*

  • Irene Mara

    Eu não gosto de PA, ou estamos juntos ou não estamos, mas tenho amigas que gostam e vivem felizes assim.

  • Irene Mara

    Eu não gosto de PA, ou estamos juntos ou não estamos, mas tenho amigas que gostam e vivem felizes assim.

  • Irene Mara

    Eu não gosto de PA, ou estamos juntos ou não estamos, mas tenho amigas que gostam e vivem felizes assim.

  • Irene Mara

    Eu não gosto de PA, ou estamos juntos ou não estamos, mas tenho amigas que gostam e vivem felizes assim.

  • Irene Mara

    Eu não gosto de PA, ou estamos juntos ou não estamos, mas tenho amigas que gostam e vivem felizes assim.

  • Irene Mara

    Eu não gosto de PA, ou estamos juntos ou não estamos, mas tenho amigas que gostam e vivem felizes assim.

  • Irene Mara

    Eu não gosto de PA, ou estamos juntos ou não estamos, mas tenho amigas que gostam e vivem felizes assim.

  • Nati

    Caio,

    É NATI e não Nina! rs

    E eu não acho que as relações monogâmicas são as únicas que servem.

    E eu acho que as pessoas devem agir como vc diz que age. Com sinceridade.
    Eu faço isso, você topa? Se sim, ótimo. Se não, obrigada.

    Mas o que na maioria das vezes não é isso que acontece. Os homens ainda querem mulheres “castas e puras”, mesmo se divertindo com um monte por ai.

    Eu concordo plenamente com vc, um PA pode ser o homem da vida de uma mulher e uma BA de um outro cara.

    Oque poderia ter mais um pouquinho seria respeito com a pessoa. Justamente para que ela não tenha que fingir nada do que não é!

    Bju

  • Nati

    Caio,

    É NATI e não Nina! rs

    E eu não acho que as relações monogâmicas são as únicas que servem.

    E eu acho que as pessoas devem agir como vc diz que age. Com sinceridade.
    Eu faço isso, você topa? Se sim, ótimo. Se não, obrigada.

    Mas o que na maioria das vezes não é isso que acontece. Os homens ainda querem mulheres “castas e puras”, mesmo se divertindo com um monte por ai.

    Eu concordo plenamente com vc, um PA pode ser o homem da vida de uma mulher e uma BA de um outro cara.

    Oque poderia ter mais um pouquinho seria respeito com a pessoa. Justamente para que ela não tenha que fingir nada do que não é!

    Bju

  • Nati

    Caio,

    É NATI e não Nina! rs

    E eu não acho que as relações monogâmicas são as únicas que servem.

    E eu acho que as pessoas devem agir como vc diz que age. Com sinceridade.
    Eu faço isso, você topa? Se sim, ótimo. Se não, obrigada.

    Mas o que na maioria das vezes não é isso que acontece. Os homens ainda querem mulheres “castas e puras”, mesmo se divertindo com um monte por ai.

    Eu concordo plenamente com vc, um PA pode ser o homem da vida de uma mulher e uma BA de um outro cara.

    Oque poderia ter mais um pouquinho seria respeito com a pessoa. Justamente para que ela não tenha que fingir nada do que não é!

    Bju

  • Nati

    Caio,

    É NATI e não Nina! rs

    E eu não acho que as relações monogâmicas são as únicas que servem.

    E eu acho que as pessoas devem agir como vc diz que age. Com sinceridade.
    Eu faço isso, você topa? Se sim, ótimo. Se não, obrigada.

    Mas o que na maioria das vezes não é isso que acontece. Os homens ainda querem mulheres “castas e puras”, mesmo se divertindo com um monte por ai.

    Eu concordo plenamente com vc, um PA pode ser o homem da vida de uma mulher e uma BA de um outro cara.

    Oque poderia ter mais um pouquinho seria respeito com a pessoa. Justamente para que ela não tenha que fingir nada do que não é!

    Bju

  • Nati

    Caio,

    É NATI e não Nina! rs

    E eu não acho que as relações monogâmicas são as únicas que servem.

    E eu acho que as pessoas devem agir como vc diz que age. Com sinceridade.
    Eu faço isso, você topa? Se sim, ótimo. Se não, obrigada.

    Mas o que na maioria das vezes não é isso que acontece. Os homens ainda querem mulheres “castas e puras”, mesmo se divertindo com um monte por ai.

    Eu concordo plenamente com vc, um PA pode ser o homem da vida de uma mulher e uma BA de um outro cara.

    Oque poderia ter mais um pouquinho seria respeito com a pessoa. Justamente para que ela não tenha que fingir nada do que não é!

    Bju

  • Nati

    Caio,

    É NATI e não Nina! rs

    E eu não acho que as relações monogâmicas são as únicas que servem.

    E eu acho que as pessoas devem agir como vc diz que age. Com sinceridade.
    Eu faço isso, você topa? Se sim, ótimo. Se não, obrigada.

    Mas o que na maioria das vezes não é isso que acontece. Os homens ainda querem mulheres “castas e puras”, mesmo se divertindo com um monte por ai.

    Eu concordo plenamente com vc, um PA pode ser o homem da vida de uma mulher e uma BA de um outro cara.

    Oque poderia ter mais um pouquinho seria respeito com a pessoa. Justamente para que ela não tenha que fingir nada do que não é!

    Bju

  • Nati

    Caio,

    É NATI e não Nina! rs

    E eu não acho que as relações monogâmicas são as únicas que servem.

    E eu acho que as pessoas devem agir como vc diz que age. Com sinceridade.
    Eu faço isso, você topa? Se sim, ótimo. Se não, obrigada.

    Mas o que na maioria das vezes não é isso que acontece. Os homens ainda querem mulheres “castas e puras”, mesmo se divertindo com um monte por ai.

    Eu concordo plenamente com vc, um PA pode ser o homem da vida de uma mulher e uma BA de um outro cara.

    Oque poderia ter mais um pouquinho seria respeito com a pessoa. Justamente para que ela não tenha que fingir nada do que não é!

    Bju

  • Rafa pereira

    é eu concordo com o caio , o assunto aqui é sobre sinceridade , pois eu vejo muitas mulheres , muitas mesmos q ja aderiram a esse estilo de vida , porem têm vergonha de admitir por questões morais da sociedade, eu ja fui PA de muitas
    mulheres e tenho BA’s passageiras. Concordo também qdo dizem “uma BA nao serve pra casar” eu nao gostaria de casar como uma mulher q tenha essa conduta , aliás
    to procurando uma mulher q eu pense comigo “é essa !!” mas ta cada vez mais difícil de achar pois essa maneira de encarar os relacionamentos na minha opnião ja virou regra
    e infelizmente so praticamente obrigado a me adaptar ou eu fico sem transar com ninguem . abraços

  • Rafa pereira

    é eu concordo com o caio , o assunto aqui é sobre sinceridade , pois eu vejo muitas mulheres , muitas mesmos q ja aderiram a esse estilo de vida , porem têm vergonha de admitir por questões morais da sociedade, eu ja fui PA de muitas
    mulheres e tenho BA’s passageiras. Concordo também qdo dizem “uma BA nao serve pra casar” eu nao gostaria de casar como uma mulher q tenha essa conduta , aliás
    to procurando uma mulher q eu pense comigo “é essa !!” mas ta cada vez mais difícil de achar pois essa maneira de encarar os relacionamentos na minha opnião ja virou regra
    e infelizmente so praticamente obrigado a me adaptar ou eu fico sem transar com ninguem . abraços

  • Rafa pereira

    é eu concordo com o caio , o assunto aqui é sobre sinceridade , pois eu vejo muitas mulheres , muitas mesmos q ja aderiram a esse estilo de vida , porem têm vergonha de admitir por questões morais da sociedade, eu ja fui PA de muitas
    mulheres e tenho BA’s passageiras. Concordo também qdo dizem “uma BA nao serve pra casar” eu nao gostaria de casar como uma mulher q tenha essa conduta , aliás
    to procurando uma mulher q eu pense comigo “é essa !!” mas ta cada vez mais difícil de achar pois essa maneira de encarar os relacionamentos na minha opnião ja virou regra
    e infelizmente so praticamente obrigado a me adaptar ou eu fico sem transar com ninguem . abraços

  • Rafa pereira

    é eu concordo com o caio , o assunto aqui é sobre sinceridade , pois eu vejo muitas mulheres , muitas mesmos q ja aderiram a esse estilo de vida , porem têm vergonha de admitir por questões morais da sociedade, eu ja fui PA de muitas
    mulheres e tenho BA’s passageiras. Concordo também qdo dizem “uma BA nao serve pra casar” eu nao gostaria de casar como uma mulher q tenha essa conduta , aliás
    to procurando uma mulher q eu pense comigo “é essa !!” mas ta cada vez mais difícil de achar pois essa maneira de encarar os relacionamentos na minha opnião ja virou regra
    e infelizmente so praticamente obrigado a me adaptar ou eu fico sem transar com ninguem . abraços

  • Rafa pereira

    é eu concordo com o caio , o assunto aqui é sobre sinceridade , pois eu vejo muitas mulheres , muitas mesmos q ja aderiram a esse estilo de vida , porem têm vergonha de admitir por questões morais da sociedade, eu ja fui PA de muitas
    mulheres e tenho BA’s passageiras. Concordo também qdo dizem “uma BA nao serve pra casar” eu nao gostaria de casar como uma mulher q tenha essa conduta , aliás
    to procurando uma mulher q eu pense comigo “é essa !!” mas ta cada vez mais difícil de achar pois essa maneira de encarar os relacionamentos na minha opnião ja virou regra
    e infelizmente so praticamente obrigado a me adaptar ou eu fico sem transar com ninguem . abraços

  • Rafa pereira

    é eu concordo com o caio , o assunto aqui é sobre sinceridade , pois eu vejo muitas mulheres , muitas mesmos q ja aderiram a esse estilo de vida , porem têm vergonha de admitir por questões morais da sociedade, eu ja fui PA de muitas
    mulheres e tenho BA’s passageiras. Concordo também qdo dizem “uma BA nao serve pra casar” eu nao gostaria de casar como uma mulher q tenha essa conduta , aliás
    to procurando uma mulher q eu pense comigo “é essa !!” mas ta cada vez mais difícil de achar pois essa maneira de encarar os relacionamentos na minha opnião ja virou regra
    e infelizmente so praticamente obrigado a me adaptar ou eu fico sem transar com ninguem . abraços

  • Rafa pereira

    é eu concordo com o caio , o assunto aqui é sobre sinceridade , pois eu vejo muitas mulheres , muitas mesmos q ja aderiram a esse estilo de vida , porem têm vergonha de admitir por questões morais da sociedade, eu ja fui PA de muitas
    mulheres e tenho BA’s passageiras. Concordo também qdo dizem “uma BA nao serve pra casar” eu nao gostaria de casar como uma mulher q tenha essa conduta , aliás
    to procurando uma mulher q eu pense comigo “é essa !!” mas ta cada vez mais difícil de achar pois essa maneira de encarar os relacionamentos na minha opnião ja virou regra
    e infelizmente so praticamente obrigado a me adaptar ou eu fico sem transar com ninguem . abraços

  • Nina

    Bom realmente muitos entenderam a dinâmica do texto, mas o Caio poderia ajudar várias garotas a adentrar essa vida um tanto quanto “sincera”…hehehe

  • Nina

    Bom realmente muitos entenderam a dinâmica do texto, mas o Caio poderia ajudar várias garotas a adentrar essa vida um tanto quanto “sincera”…hehehe

  • Nina

    Bom realmente muitos entenderam a dinâmica do texto, mas o Caio poderia ajudar várias garotas a adentrar essa vida um tanto quanto “sincera”…hehehe

  • Nina

    Bom realmente muitos entenderam a dinâmica do texto, mas o Caio poderia ajudar várias garotas a adentrar essa vida um tanto quanto “sincera”…hehehe

  • Nina

    Bom realmente muitos entenderam a dinâmica do texto, mas o Caio poderia ajudar várias garotas a adentrar essa vida um tanto quanto “sincera”…hehehe

  • Nina

    Bom realmente muitos entenderam a dinâmica do texto, mas o Caio poderia ajudar várias garotas a adentrar essa vida um tanto quanto “sincera”…hehehe

  • Jair

    Legal… o texto é bom… mas eu ainda não sei o significado das letras “P.A”… Oq significa ???

  • Jair

    Legal… o texto é bom… mas eu ainda não sei o significado das letras “P.A”… Oq significa ???

  • Jair

    Legal… o texto é bom… mas eu ainda não sei o significado das letras “P.A”… Oq significa ???

  • Jair

    Legal… o texto é bom… mas eu ainda não sei o significado das letras “P.A”… Oq significa ???

  • Jair

    Legal… o texto é bom… mas eu ainda não sei o significado das letras “P.A”… Oq significa ???

  • Jair

    Legal… o texto é bom… mas eu ainda não sei o significado das letras “P.A”… Oq significa ???

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    Vocês levam muito ao pé da letra galera!
    ABRAM A MENTE! SAIAM DA MATRIX MEU POVO! pelo-amor-di!

    isso não é dicotomia não, NÃO é 8 ou 80! É 34, 56, 79!
    AMPLIEM SEUS HORIZONTES, VEJAM NOVOS!

    E Marcos, você precisa comer coliformes fecais para saber que não presta? Experiências não se resumem somente a práticas/experiências pessoais não.

    E outra coisa, NOVAMENTE, a gente não está mandando ninguém fazer nada! Estamos INFORMANDO. IN-FOR-MAN-DO!

    Got it?

    []‘

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    Vocês levam muito ao pé da letra galera!
    ABRAM A MENTE! SAIAM DA MATRIX MEU POVO! pelo-amor-di!

    isso não é dicotomia não, NÃO é 8 ou 80! É 34, 56, 79!
    AMPLIEM SEUS HORIZONTES, VEJAM NOVOS!

    E Marcos, você precisa comer coliformes fecais para saber que não presta? Experiências não se resumem somente a práticas/experiências pessoais não.

    E outra coisa, NOVAMENTE, a gente não está mandando ninguém fazer nada! Estamos INFORMANDO. IN-FOR-MAN-DO!

    Got it?

    []‘

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    Vocês levam muito ao pé da letra galera!
    ABRAM A MENTE! SAIAM DA MATRIX MEU POVO! pelo-amor-di!

    isso não é dicotomia não, NÃO é 8 ou 80! É 34, 56, 79!
    AMPLIEM SEUS HORIZONTES, VEJAM NOVOS!

    E Marcos, você precisa comer coliformes fecais para saber que não presta? Experiências não se resumem somente a práticas/experiências pessoais não.

    E outra coisa, NOVAMENTE, a gente não está mandando ninguém fazer nada! Estamos INFORMANDO. IN-FOR-MAN-DO!

    Got it?

    []‘

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    Vocês levam muito ao pé da letra galera!
    ABRAM A MENTE! SAIAM DA MATRIX MEU POVO! pelo-amor-di!

    isso não é dicotomia não, NÃO é 8 ou 80! É 34, 56, 79!
    AMPLIEM SEUS HORIZONTES, VEJAM NOVOS!

    E Marcos, você precisa comer coliformes fecais para saber que não presta? Experiências não se resumem somente a práticas/experiências pessoais não.

    E outra coisa, NOVAMENTE, a gente não está mandando ninguém fazer nada! Estamos INFORMANDO. IN-FOR-MAN-DO!

    Got it?

    []‘

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    Vocês levam muito ao pé da letra galera!
    ABRAM A MENTE! SAIAM DA MATRIX MEU POVO! pelo-amor-di!

    isso não é dicotomia não, NÃO é 8 ou 80! É 34, 56, 79!
    AMPLIEM SEUS HORIZONTES, VEJAM NOVOS!

    E Marcos, você precisa comer coliformes fecais para saber que não presta? Experiências não se resumem somente a práticas/experiências pessoais não.

    E outra coisa, NOVAMENTE, a gente não está mandando ninguém fazer nada! Estamos INFORMANDO. IN-FOR-MAN-DO!

    Got it?

    []‘

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    Vocês levam muito ao pé da letra galera!
    ABRAM A MENTE! SAIAM DA MATRIX MEU POVO! pelo-amor-di!

    isso não é dicotomia não, NÃO é 8 ou 80! É 34, 56, 79!
    AMPLIEM SEUS HORIZONTES, VEJAM NOVOS!

    E Marcos, você precisa comer coliformes fecais para saber que não presta? Experiências não se resumem somente a práticas/experiências pessoais não.

    E outra coisa, NOVAMENTE, a gente não está mandando ninguém fazer nada! Estamos INFORMANDO. IN-FOR-MAN-DO!

    Got it?

    []‘

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    Vocês levam muito ao pé da letra galera!
    ABRAM A MENTE! SAIAM DA MATRIX MEU POVO! pelo-amor-di!

    isso não é dicotomia não, NÃO é 8 ou 80! É 34, 56, 79!
    AMPLIEM SEUS HORIZONTES, VEJAM NOVOS!

    E Marcos, você precisa comer coliformes fecais para saber que não presta? Experiências não se resumem somente a práticas/experiências pessoais não.

    E outra coisa, NOVAMENTE, a gente não está mandando ninguém fazer nada! Estamos INFORMANDO. IN-FOR-MAN-DO!

    Got it?

    []‘

  • http://saltoafiado.blogspot.com Srta. Scarpin

    Vocês levam muito ao pé da letra galera!
    ABRAM A MENTE! SAIAM DA MATRIX MEU POVO! pelo-amor-di!

    isso não é dicotomia não, NÃO é 8 ou 80! É 34, 56, 79!
    AMPLIEM SEUS HORIZONTES, VEJAM NOVOS!

    E Marcos, você precisa comer coliformes fecais para saber que não presta? Experiências não se resumem somente a práticas/experiências pessoais não.

    E outra coisa, NOVAMENTE, a gente não está mandando ninguém fazer nada! Estamos INFORMANDO. IN-FOR-MAN-DO!

    Got it?

    []‘

  • Rafa pereira

    sera q da pra para de escrever estes termos em ingles ?

    q coisa chata e pobre . obrigado

  • Rafa pereira

    sera q da pra para de escrever estes termos em ingles ?

    q coisa chata e pobre . obrigado

  • Rafa pereira

    sera q da pra para de escrever estes termos em ingles ?

    q coisa chata e pobre . obrigado

  • Rafa pereira

    sera q da pra para de escrever estes termos em ingles ?

    q coisa chata e pobre . obrigado

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    NO, thanks!

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    NO, thanks!

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    NO, thanks!

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    NO, thanks!

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    NO, thanks!

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    NO, thanks!

  • http://saltoafiado.blogspot.com Srta. Scarpin

    NO, thanks!

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    Edaksi , re malaka? (pronto, grego tá melhor? Mais culto não?)

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    Edaksi , re malaka? (pronto, grego tá melhor? Mais culto não?)

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    Edaksi , re malaka? (pronto, grego tá melhor? Mais culto não?)

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    Edaksi , re malaka? (pronto, grego tá melhor? Mais culto não?)

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    Edaksi , re malaka? (pronto, grego tá melhor? Mais culto não?)

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    Edaksi , re malaka? (pronto, grego tá melhor? Mais culto não?)

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    Edaksi , re malaka? (pronto, grego tá melhor? Mais culto não?)

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ MaryJane

    Edaksi , re malaka? (pronto, grego tá melhor? Mais culto não?)

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com MaryJane

    Edaksi , re malaka? (pronto, grego tá melhor? Mais culto não?)

  • Rafa pereira

    basta falar português coloquial q ta bom demais , simplicidade acima de tudo

  • Rafa pereira

    basta falar português coloquial q ta bom demais , simplicidade acima de tudo

  • Rafa pereira

    basta falar português coloquial q ta bom demais , simplicidade acima de tudo

  • Rafa pereira

    basta falar português coloquial q ta bom demais , simplicidade acima de tudo

  • Rafa pereira

    basta falar português coloquial q ta bom demais , simplicidade acima de tudo

  • Rodrigo

    Eu gostaria de ter uma B.A.
    abraços

  • Rodrigo

    Eu gostaria de ter uma B.A.
    abraços

  • Rodrigo

    Eu gostaria de ter uma B.A.
    abraços

  • Rodrigo

    Eu gostaria de ter uma B.A.
    abraços

  • Rodrigo

    Eu gostaria de ter uma B.A.
    abraços

  • Rodrigo

    Eu gostaria de ter uma B.A.
    abraços

  • Rodrigo

    Eu gostaria de ter uma B.A.
    abraços

  • Rodrigo

    Eu gostaria de ter uma B.A.
    abraços

  • http://substantivolatil.com/ Mirian Bottan

    Pra quem desistiu do amor e do amor próprio pode ser uma boa mesmo.

    I’ll pass, thanks.

  • http://substantivolatil.com/ Mirian Bottan

    Pra quem desistiu do amor e do amor próprio pode ser uma boa mesmo.

    I’ll pass, thanks.

  • http://substantivolatil.com/ Mirian Bottan

    Pra quem desistiu do amor e do amor próprio pode ser uma boa mesmo.

    I’ll pass, thanks.

  • http://substantivolatil.com/ Mirian Bottan

    Pra quem desistiu do amor e do amor próprio pode ser uma boa mesmo.

    I’ll pass, thanks.

  • http://substantivolatil.com/ Mirian Bottan

    Pra quem desistiu do amor e do amor próprio pode ser uma boa mesmo.

    I’ll pass, thanks.

  • http://substantivolatil.com/ Mirian Bottan

    Pra quem desistiu do amor e do amor próprio pode ser uma boa mesmo.

    I’ll pass, thanks.

  • http://substantivolatil.com/ Mirian Bottan

    Pra quem desistiu do amor e do amor próprio pode ser uma boa mesmo.

    I’ll pass, thanks.

  • http://substantivolatil.com/ Mirian Bottan

    Pra quem desistiu do amor e do amor próprio pode ser uma boa mesmo.

    I’ll pass, thanks.

  • http://substantivolatil.com Mirian Bottan

    Pra quem desistiu do amor e do amor próprio pode ser uma boa mesmo.

    I’ll pass, thanks.

  • Calvin

    Mirian,

    Desistir do amor é que nem dizer que é ateu. Quando a coisa f*d* de vez, só dizem “Ai, meu deus”.

    Tá, a galera esqueceu que o destino é imprevisível. O seja, pode-se ter um relacionamento sim com uma B.A., acho que é mais provável aliás.

    O negócio é viver.. B.A. (putz, isso me lembra o esquadrão classe A, quero não…). P.A. P.Q.P. Etc.. .

    Deixa a vida correr…

    A maioria não está preparado para viver, ainda fantasia amor, romance, etc, etc… O negócio em relacionamentos é viver um dia de cada vez. Aproveitar cada momento.

    Ah, já saí da matrix faz tempo… Esqueçam regras… Vão ser feliz.

    []‘s

  • Calvin

    Mirian,

    Desistir do amor é que nem dizer que é ateu. Quando a coisa f*d* de vez, só dizem “Ai, meu deus”.

    Tá, a galera esqueceu que o destino é imprevisível. O seja, pode-se ter um relacionamento sim com uma B.A., acho que é mais provável aliás.

    O negócio é viver.. B.A. (putz, isso me lembra o esquadrão classe A, quero não…). P.A. P.Q.P. Etc.. .

    Deixa a vida correr…

    A maioria não está preparado para viver, ainda fantasia amor, romance, etc, etc… O negócio em relacionamentos é viver um dia de cada vez. Aproveitar cada momento.

    Ah, já saí da matrix faz tempo… Esqueçam regras… Vão ser feliz.

    []‘s

  • Calvin

    Mirian,

    Desistir do amor é que nem dizer que é ateu. Quando a coisa f*d* de vez, só dizem “Ai, meu deus”.

    Tá, a galera esqueceu que o destino é imprevisível. O seja, pode-se ter um relacionamento sim com uma B.A., acho que é mais provável aliás.

    O negócio é viver.. B.A. (putz, isso me lembra o esquadrão classe A, quero não…). P.A. P.Q.P. Etc.. .

    Deixa a vida correr…

    A maioria não está preparado para viver, ainda fantasia amor, romance, etc, etc… O negócio em relacionamentos é viver um dia de cada vez. Aproveitar cada momento.

    Ah, já saí da matrix faz tempo… Esqueçam regras… Vão ser feliz.

    []‘s

  • Calvin

    Mirian,

    Desistir do amor é que nem dizer que é ateu. Quando a coisa f*d* de vez, só dizem “Ai, meu deus”.

    Tá, a galera esqueceu que o destino é imprevisível. O seja, pode-se ter um relacionamento sim com uma B.A., acho que é mais provável aliás.

    O negócio é viver.. B.A. (putz, isso me lembra o esquadrão classe A, quero não…). P.A. P.Q.P. Etc.. .

    Deixa a vida correr…

    A maioria não está preparado para viver, ainda fantasia amor, romance, etc, etc… O negócio em relacionamentos é viver um dia de cada vez. Aproveitar cada momento.

    Ah, já saí da matrix faz tempo… Esqueçam regras… Vão ser feliz.

    []‘s

  • Calvin

    Mirian,

    Desistir do amor é que nem dizer que é ateu. Quando a coisa f*d* de vez, só dizem “Ai, meu deus”.

    Tá, a galera esqueceu que o destino é imprevisível. O seja, pode-se ter um relacionamento sim com uma B.A., acho que é mais provável aliás.

    O negócio é viver.. B.A. (putz, isso me lembra o esquadrão classe A, quero não…). P.A. P.Q.P. Etc.. .

    Deixa a vida correr…

    A maioria não está preparado para viver, ainda fantasia amor, romance, etc, etc… O negócio em relacionamentos é viver um dia de cada vez. Aproveitar cada momento.

    Ah, já saí da matrix faz tempo… Esqueçam regras… Vão ser feliz.

    []‘s

  • Calvin

    Mirian,

    Desistir do amor é que nem dizer que é ateu. Quando a coisa f*d* de vez, só dizem “Ai, meu deus”.

    Tá, a galera esqueceu que o destino é imprevisível. O seja, pode-se ter um relacionamento sim com uma B.A., acho que é mais provável aliás.

    O negócio é viver.. B.A. (putz, isso me lembra o esquadrão classe A, quero não…). P.A. P.Q.P. Etc.. .

    Deixa a vida correr…

    A maioria não está preparado para viver, ainda fantasia amor, romance, etc, etc… O negócio em relacionamentos é viver um dia de cada vez. Aproveitar cada momento.

    Ah, já saí da matrix faz tempo… Esqueçam regras… Vão ser feliz.

    []‘s

  • Calvin

    Mirian,

    Desistir do amor é que nem dizer que é ateu. Quando a coisa f*d* de vez, só dizem “Ai, meu deus”.

    Tá, a galera esqueceu que o destino é imprevisível. O seja, pode-se ter um relacionamento sim com uma B.A., acho que é mais provável aliás.

    O negócio é viver.. B.A. (putz, isso me lembra o esquadrão classe A, quero não…). P.A. P.Q.P. Etc.. .

    Deixa a vida correr…

    A maioria não está preparado para viver, ainda fantasia amor, romance, etc, etc… O negócio em relacionamentos é viver um dia de cada vez. Aproveitar cada momento.

    Ah, já saí da matrix faz tempo… Esqueçam regras… Vão ser feliz.

    []‘s

  • Calvin

    Mirian,

    Desistir do amor é que nem dizer que é ateu. Quando a coisa f*d* de vez, só dizem “Ai, meu deus”.

    Tá, a galera esqueceu que o destino é imprevisível. O seja, pode-se ter um relacionamento sim com uma B.A., acho que é mais provável aliás.

    O negócio é viver.. B.A. (putz, isso me lembra o esquadrão classe A, quero não…). P.A. P.Q.P. Etc.. .

    Deixa a vida correr…

    A maioria não está preparado para viver, ainda fantasia amor, romance, etc, etc… O negócio em relacionamentos é viver um dia de cada vez. Aproveitar cada momento.

    Ah, já saí da matrix faz tempo… Esqueçam regras… Vão ser feliz.

    []‘s

  • Calvin

    Mirian,

    Desistir do amor é que nem dizer que é ateu. Quando a coisa f*d* de vez, só dizem “Ai, meu deus”.

    Tá, a galera esqueceu que o destino é imprevisível. O seja, pode-se ter um relacionamento sim com uma B.A., acho que é mais provável aliás.

    O negócio é viver.. B.A. (putz, isso me lembra o esquadrão classe A, quero não…). P.A. P.Q.P. Etc.. .

    Deixa a vida correr…

    A maioria não está preparado para viver, ainda fantasia amor, romance, etc, etc… O negócio em relacionamentos é viver um dia de cada vez. Aproveitar cada momento.

    Ah, já saí da matrix faz tempo… Esqueçam regras… Vão ser feliz.

    []‘s

  • Alice

    Mirian,
    Falta de amor próprio => baixa estima => insegurança => pessimo sexo =>Péssimo PA e BA.

    Deixe de julgar e melhore.

    E concordo com o Calvin, o que importa é ser feliz sem magoar ninguem e só.

    Também já me despluguei faz tempo.

    bjs

  • Alice

    Mirian,
    Falta de amor próprio => baixa estima => insegurança => pessimo sexo =>Péssimo PA e BA.

    Deixe de julgar e melhore.

    E concordo com o Calvin, o que importa é ser feliz sem magoar ninguem e só.

    Também já me despluguei faz tempo.

    bjs

  • Alice

    Mirian,
    Falta de amor próprio => baixa estima => insegurança => pessimo sexo =>Péssimo PA e BA.

    Deixe de julgar e melhore.

    E concordo com o Calvin, o que importa é ser feliz sem magoar ninguem e só.

    Também já me despluguei faz tempo.

    bjs

  • Alice

    Mirian,
    Falta de amor próprio => baixa estima => insegurança => pessimo sexo =>Péssimo PA e BA.

    Deixe de julgar e melhore.

    E concordo com o Calvin, o que importa é ser feliz sem magoar ninguem e só.

    Também já me despluguei faz tempo.

    bjs

  • Alice

    Mirian,
    Falta de amor próprio => baixa estima => insegurança => pessimo sexo =>Péssimo PA e BA.

    Deixe de julgar e melhore.

    E concordo com o Calvin, o que importa é ser feliz sem magoar ninguem e só.

    Também já me despluguei faz tempo.

    bjs

  • Alice

    Mirian,
    Falta de amor próprio => baixa estima => insegurança => pessimo sexo =>Péssimo PA e BA.

    Deixe de julgar e melhore.

    E concordo com o Calvin, o que importa é ser feliz sem magoar ninguem e só.

    Também já me despluguei faz tempo.

    bjs

  • Alice

    Mirian,
    Falta de amor próprio => baixa estima => insegurança => pessimo sexo =>Péssimo PA e BA.

    Deixe de julgar e melhore.

    E concordo com o Calvin, o que importa é ser feliz sem magoar ninguem e só.

    Também já me despluguei faz tempo.

    bjs

  • Alice

    Mirian,
    Falta de amor próprio => baixa estima => insegurança => pessimo sexo =>Péssimo PA e BA.

    Deixe de julgar e melhore.

    E concordo com o Calvin, o que importa é ser feliz sem magoar ninguem e só.

    Também já me despluguei faz tempo.

    bjs

  • VELOSO

    Miriam,

    Não se trata de falta de amor próprio. Muito ao contrário.

    Pessoas que são capazes de ter ou ser P.A. ou B.A., são pessoas extremamente seguras de si, pois para ser ou ter um P.A. é preciso um desprendimento muito grande, tanto no que se refere à questão sentimental, amorosa, quanto no que se refere à questão sexual, ao conhecimento do seu corpo e dos seus limites!

    Só são capazes de entender e entrar nesse tipo de relacionamento pessoas que tem um auto conhecimento muito elevado e uma auto estima invejável, visto que ao contrário, infalívelmente sofreram por problemas de amor não correspondido, paixonite aguda, ciumes, entre outros males!rsrsr

    Ainda não tive o fortúnio de ter uma B.A. com quem pudesse contar nas horas de necessidade física ou psíquica, mas estou abertos a possibilidades!

  • VELOSO

    Miriam,

    Não se trata de falta de amor próprio. Muito ao contrário.

    Pessoas que são capazes de ter ou ser P.A. ou B.A., são pessoas extremamente seguras de si, pois para ser ou ter um P.A. é preciso um desprendimento muito grande, tanto no que se refere à questão sentimental, amorosa, quanto no que se refere à questão sexual, ao conhecimento do seu corpo e dos seus limites!

    Só são capazes de entender e entrar nesse tipo de relacionamento pessoas que tem um auto conhecimento muito elevado e uma auto estima invejável, visto que ao contrário, infalívelmente sofreram por problemas de amor não correspondido, paixonite aguda, ciumes, entre outros males!rsrsr

    Ainda não tive o fortúnio de ter uma B.A. com quem pudesse contar nas horas de necessidade física ou psíquica, mas estou abertos a possibilidades!

  • VELOSO

    Miriam,

    Não se trata de falta de amor próprio. Muito ao contrário.

    Pessoas que são capazes de ter ou ser P.A. ou B.A., são pessoas extremamente seguras de si, pois para ser ou ter um P.A. é preciso um desprendimento muito grande, tanto no que se refere à questão sentimental, amorosa, quanto no que se refere à questão sexual, ao conhecimento do seu corpo e dos seus limites!

    Só são capazes de entender e entrar nesse tipo de relacionamento pessoas que tem um auto conhecimento muito elevado e uma auto estima invejável, visto que ao contrário, infalívelmente sofreram por problemas de amor não correspondido, paixonite aguda, ciumes, entre outros males!rsrsr

    Ainda não tive o fortúnio de ter uma B.A. com quem pudesse contar nas horas de necessidade física ou psíquica, mas estou abertos a possibilidades!

  • VELOSO

    Miriam,

    Não se trata de falta de amor próprio. Muito ao contrário.

    Pessoas que são capazes de ter ou ser P.A. ou B.A., são pessoas extremamente seguras de si, pois para ser ou ter um P.A. é preciso um desprendimento muito grande, tanto no que se refere à questão sentimental, amorosa, quanto no que se refere à questão sexual, ao conhecimento do seu corpo e dos seus limites!

    Só são capazes de entender e entrar nesse tipo de relacionamento pessoas que tem um auto conhecimento muito elevado e uma auto estima invejável, visto que ao contrário, infalívelmente sofreram por problemas de amor não correspondido, paixonite aguda, ciumes, entre outros males!rsrsr

    Ainda não tive o fortúnio de ter uma B.A. com quem pudesse contar nas horas de necessidade física ou psíquica, mas estou abertos a possibilidades!

  • VELOSO

    Miriam,

    Não se trata de falta de amor próprio. Muito ao contrário.

    Pessoas que são capazes de ter ou ser P.A. ou B.A., são pessoas extremamente seguras de si, pois para ser ou ter um P.A. é preciso um desprendimento muito grande, tanto no que se refere à questão sentimental, amorosa, quanto no que se refere à questão sexual, ao conhecimento do seu corpo e dos seus limites!

    Só são capazes de entender e entrar nesse tipo de relacionamento pessoas que tem um auto conhecimento muito elevado e uma auto estima invejável, visto que ao contrário, infalívelmente sofreram por problemas de amor não correspondido, paixonite aguda, ciumes, entre outros males!rsrsr

    Ainda não tive o fortúnio de ter uma B.A. com quem pudesse contar nas horas de necessidade física ou psíquica, mas estou abertos a possibilidades!

  • VELOSO

    Miriam,

    Não se trata de falta de amor próprio. Muito ao contrário.

    Pessoas que são capazes de ter ou ser P.A. ou B.A., são pessoas extremamente seguras de si, pois para ser ou ter um P.A. é preciso um desprendimento muito grande, tanto no que se refere à questão sentimental, amorosa, quanto no que se refere à questão sexual, ao conhecimento do seu corpo e dos seus limites!

    Só são capazes de entender e entrar nesse tipo de relacionamento pessoas que tem um auto conhecimento muito elevado e uma auto estima invejável, visto que ao contrário, infalívelmente sofreram por problemas de amor não correspondido, paixonite aguda, ciumes, entre outros males!rsrsr

    Ainda não tive o fortúnio de ter uma B.A. com quem pudesse contar nas horas de necessidade física ou psíquica, mas estou abertos a possibilidades!

  • VELOSO

    Miriam,

    Não se trata de falta de amor próprio. Muito ao contrário.

    Pessoas que são capazes de ter ou ser P.A. ou B.A., são pessoas extremamente seguras de si, pois para ser ou ter um P.A. é preciso um desprendimento muito grande, tanto no que se refere à questão sentimental, amorosa, quanto no que se refere à questão sexual, ao conhecimento do seu corpo e dos seus limites!

    Só são capazes de entender e entrar nesse tipo de relacionamento pessoas que tem um auto conhecimento muito elevado e uma auto estima invejável, visto que ao contrário, infalívelmente sofreram por problemas de amor não correspondido, paixonite aguda, ciumes, entre outros males!rsrsr

    Ainda não tive o fortúnio de ter uma B.A. com quem pudesse contar nas horas de necessidade física ou psíquica, mas estou abertos a possibilidades!

  • VELOSO

    Welcome to the Matrix!

  • VELOSO

    Welcome to the Matrix!

  • VELOSO

    Welcome to the Matrix!

  • VELOSO

    Welcome to the Matrix!

  • VELOSO

    Welcome to the Matrix!

  • VELOSO

    Welcome to the Matrix!

  • VELOSO

    Welcome to the Matrix!

  • VELOSO

    Welcome to the Matrix!

  • VELOSO

    Welcome to the Matrix!

  • VELOSO

    Welcome to the Matrix!

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    “Ah, já saí da matrix faz tempo… Esqueçam regras… Vão ser feliz.”

    o/o/ Hands up for Calvin e Veloso!

    Vamos ser felizes!

    ;D

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    “Ah, já saí da matrix faz tempo… Esqueçam regras… Vão ser feliz.”

    o/o/ Hands up for Calvin e Veloso!

    Vamos ser felizes!

    ;D

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    “Ah, já saí da matrix faz tempo… Esqueçam regras… Vão ser feliz.”

    o/o/ Hands up for Calvin e Veloso!

    Vamos ser felizes!

    ;D

  • http://saltoafiado.blogspot.com Srta. Scarpin

    “Ah, já saí da matrix faz tempo… Esqueçam regras… Vão ser feliz.”

    \o/\o/ Hands up for Calvin e Veloso!

    Vamos ser felizes!

    ;D

  • Calvin

    [Alice escreveu:]
    “E concordo com o Calvin, o que importa é ser feliz sem magoar ninguem e só.”
    [/Alice]

    Perfeito!!!

    Alice,

    Vamos para Zion e podemos ser nossos respectivos PA/BA…

    Que tal?

  • Calvin

    [Alice escreveu:]
    “E concordo com o Calvin, o que importa é ser feliz sem magoar ninguem e só.”
    [/Alice]

    Perfeito!!!

    Alice,

    Vamos para Zion e podemos ser nossos respectivos PA/BA…

    Que tal?

  • Calvin

    [Alice escreveu:]
    “E concordo com o Calvin, o que importa é ser feliz sem magoar ninguem e só.”
    [/Alice]

    Perfeito!!!

    Alice,

    Vamos para Zion e podemos ser nossos respectivos PA/BA…

    Que tal?

  • Calvin

    [Alice escreveu:]
    “E concordo com o Calvin, o que importa é ser feliz sem magoar ninguem e só.”
    [/Alice]

    Perfeito!!!

    Alice,

    Vamos para Zion e podemos ser nossos respectivos PA/BA…

    Que tal?

  • Calvin

    [Alice escreveu:]
    “E concordo com o Calvin, o que importa é ser feliz sem magoar ninguem e só.”
    [/Alice]

    Perfeito!!!

    Alice,

    Vamos para Zion e podemos ser nossos respectivos PA/BA…

    Que tal?

  • Calvin

    [Alice escreveu:]
    “E concordo com o Calvin, o que importa é ser feliz sem magoar ninguem e só.”
    [/Alice]

    Perfeito!!!

    Alice,

    Vamos para Zion e podemos ser nossos respectivos PA/BA…

    Que tal?

  • Calvin

    [Alice escreveu:]
    “E concordo com o Calvin, o que importa é ser feliz sem magoar ninguem e só.”
    [/Alice]

    Perfeito!!!

    Alice,

    Vamos para Zion e podemos ser nossos respectivos PA/BA…

    Que tal?

  • Calvin

    Só complementando essa história de P/BA…

    Porque não deixam as coisas acontecerem naturalmente? Galera, o que tem que ser será…

    Vai vivendo…

    Como diria Oscar Wilde “A vida é muito importante para ser levada a sério”.

    Dou algumas dicas:

    - Dependa menos possível emocionalmente dos outros. Além de não mandar uma carga emocional para seu relacionamento, as coisas fluem mais naturalmente;
    - Nosce te ipsum — Resolva seus problemas emocionais antes de se envolver com qualquer coisa externa na sua vida. Não procure cobrir suas carências afetivas em outra pessoa.
    - Comece a acreditar em você, não ache que você é alguma coisa, acredite que você realmente é.
    - Evite a dúvida. Ou é sim ou não… A dúvida nos corrói

    Depois que você vencer esses desafios, você pode fazer o que quiser da vida. Nada vai te abalar. Os tamanho dos problemas são proporcionais a importância que damos a eles.

    Mais matrix impossível.

    Srta. Scarpin, quer ser minha BA? hahahahaha…

  • Calvin

    Só complementando essa história de P/BA…

    Porque não deixam as coisas acontecerem naturalmente? Galera, o que tem que ser será…

    Vai vivendo…

    Como diria Oscar Wilde “A vida é muito importante para ser levada a sério”.

    Dou algumas dicas:

    - Dependa menos possível emocionalmente dos outros. Além de não mandar uma carga emocional para seu relacionamento, as coisas fluem mais naturalmente;
    - Nosce te ipsum — Resolva seus problemas emocionais antes de se envolver com qualquer coisa externa na sua vida. Não procure cobrir suas carências afetivas em outra pessoa.
    - Comece a acreditar em você, não ache que você é alguma coisa, acredite que você realmente é.
    - Evite a dúvida. Ou é sim ou não… A dúvida nos corrói

    Depois que você vencer esses desafios, você pode fazer o que quiser da vida. Nada vai te abalar. Os tamanho dos problemas são proporcionais a importância que damos a eles.

    Mais matrix impossível.

    Srta. Scarpin, quer ser minha BA? hahahahaha…

  • Calvin

    Só complementando essa história de P/BA…

    Porque não deixam as coisas acontecerem naturalmente? Galera, o que tem que ser será…

    Vai vivendo…

    Como diria Oscar Wilde “A vida é muito importante para ser levada a sério”.

    Dou algumas dicas:

    - Dependa menos possível emocionalmente dos outros. Além de não mandar uma carga emocional para seu relacionamento, as coisas fluem mais naturalmente;
    - Nosce te ipsum — Resolva seus problemas emocionais antes de se envolver com qualquer coisa externa na sua vida. Não procure cobrir suas carências afetivas em outra pessoa.
    - Comece a acreditar em você, não ache que você é alguma coisa, acredite que você realmente é.
    - Evite a dúvida. Ou é sim ou não… A dúvida nos corrói

    Depois que você vencer esses desafios, você pode fazer o que quiser da vida. Nada vai te abalar. Os tamanho dos problemas são proporcionais a importância que damos a eles.

    Mais matrix impossível.

    Srta. Scarpin, quer ser minha BA? hahahahaha…

  • Calvin

    Só complementando essa história de P/BA…

    Porque não deixam as coisas acontecerem naturalmente? Galera, o que tem que ser será…

    Vai vivendo…

    Como diria Oscar Wilde “A vida é muito importante para ser levada a sério”.

    Dou algumas dicas:

    - Dependa menos possível emocionalmente dos outros. Além de não mandar uma carga emocional para seu relacionamento, as coisas fluem mais naturalmente;
    - Nosce te ipsum — Resolva seus problemas emocionais antes de se envolver com qualquer coisa externa na sua vida. Não procure cobrir suas carências afetivas em outra pessoa.
    - Comece a acreditar em você, não ache que você é alguma coisa, acredite que você realmente é.
    - Evite a dúvida. Ou é sim ou não… A dúvida nos corrói

    Depois que você vencer esses desafios, você pode fazer o que quiser da vida. Nada vai te abalar. Os tamanho dos problemas são proporcionais a importância que damos a eles.

    Mais matrix impossível.

    Srta. Scarpin, quer ser minha BA? hahahahaha…

  • Calvin

    Só complementando essa história de P/BA…

    Porque não deixam as coisas acontecerem naturalmente? Galera, o que tem que ser será…

    Vai vivendo…

    Como diria Oscar Wilde “A vida é muito importante para ser levada a sério”.

    Dou algumas dicas:

    - Dependa menos possível emocionalmente dos outros. Além de não mandar uma carga emocional para seu relacionamento, as coisas fluem mais naturalmente;
    - Nosce te ipsum — Resolva seus problemas emocionais antes de se envolver com qualquer coisa externa na sua vida. Não procure cobrir suas carências afetivas em outra pessoa.
    - Comece a acreditar em você, não ache que você é alguma coisa, acredite que você realmente é.
    - Evite a dúvida. Ou é sim ou não… A dúvida nos corrói

    Depois que você vencer esses desafios, você pode fazer o que quiser da vida. Nada vai te abalar. Os tamanho dos problemas são proporcionais a importância que damos a eles.

    Mais matrix impossível.

    Srta. Scarpin, quer ser minha BA? hahahahaha…

  • Calvin

    Só complementando essa história de P/BA…

    Porque não deixam as coisas acontecerem naturalmente? Galera, o que tem que ser será…

    Vai vivendo…

    Como diria Oscar Wilde “A vida é muito importante para ser levada a sério”.

    Dou algumas dicas:

    - Dependa menos possível emocionalmente dos outros. Além de não mandar uma carga emocional para seu relacionamento, as coisas fluem mais naturalmente;
    - Nosce te ipsum — Resolva seus problemas emocionais antes de se envolver com qualquer coisa externa na sua vida. Não procure cobrir suas carências afetivas em outra pessoa.
    - Comece a acreditar em você, não ache que você é alguma coisa, acredite que você realmente é.
    - Evite a dúvida. Ou é sim ou não… A dúvida nos corrói

    Depois que você vencer esses desafios, você pode fazer o que quiser da vida. Nada vai te abalar. Os tamanho dos problemas são proporcionais a importância que damos a eles.

    Mais matrix impossível.

    Srta. Scarpin, quer ser minha BA? hahahahaha…

  • Calvin

    Só complementando essa história de P/BA…

    Porque não deixam as coisas acontecerem naturalmente? Galera, o que tem que ser será…

    Vai vivendo…

    Como diria Oscar Wilde “A vida é muito importante para ser levada a sério”.

    Dou algumas dicas:

    - Dependa menos possível emocionalmente dos outros. Além de não mandar uma carga emocional para seu relacionamento, as coisas fluem mais naturalmente;
    - Nosce te ipsum — Resolva seus problemas emocionais antes de se envolver com qualquer coisa externa na sua vida. Não procure cobrir suas carências afetivas em outra pessoa.
    - Comece a acreditar em você, não ache que você é alguma coisa, acredite que você realmente é.
    - Evite a dúvida. Ou é sim ou não… A dúvida nos corrói

    Depois que você vencer esses desafios, você pode fazer o que quiser da vida. Nada vai te abalar. Os tamanho dos problemas são proporcionais a importância que damos a eles.

    Mais matrix impossível.

    Srta. Scarpin, quer ser minha BA? hahahahaha…

  • Calvin

    Só complementando essa história de P/BA…

    Porque não deixam as coisas acontecerem naturalmente? Galera, o que tem que ser será…

    Vai vivendo…

    Como diria Oscar Wilde “A vida é muito importante para ser levada a sério”.

    Dou algumas dicas:

    - Dependa menos possível emocionalmente dos outros. Além de não mandar uma carga emocional para seu relacionamento, as coisas fluem mais naturalmente;
    - Nosce te ipsum — Resolva seus problemas emocionais antes de se envolver com qualquer coisa externa na sua vida. Não procure cobrir suas carências afetivas em outra pessoa.
    - Comece a acreditar em você, não ache que você é alguma coisa, acredite que você realmente é.
    - Evite a dúvida. Ou é sim ou não… A dúvida nos corrói

    Depois que você vencer esses desafios, você pode fazer o que quiser da vida. Nada vai te abalar. Os tamanho dos problemas são proporcionais a importância que damos a eles.

    Mais matrix impossível.

    Srta. Scarpin, quer ser minha BA? hahahahaha…

  • Tristessa

    Parabéns Calvin, adorei as dicas =)

  • Tristessa

    Parabéns Calvin, adorei as dicas =)

  • Tristessa

    Parabéns Calvin, adorei as dicas =)

  • Tristessa

    Parabéns Calvin, adorei as dicas =)

  • Tristessa

    Parabéns Calvin, adorei as dicas =)

  • Tristessa

    Parabéns Calvin, adorei as dicas =)

  • Tristessa

    Parabéns Calvin, adorei as dicas =)

  • VELOSO

    Tõ na fila também Srta. Scarpin!

  • VELOSO

    Tõ na fila também Srta. Scarpin!

  • VELOSO

    Tõ na fila também Srta. Scarpin!

  • VELOSO

    Tõ na fila também Srta. Scarpin!

  • VELOSO

    Tõ na fila também Srta. Scarpin!

  • VELOSO

    Tõ na fila também Srta. Scarpin!

  • VELOSO

    Tõ na fila também Srta. Scarpin!

  • Euzão

    Sabe, muitas mulheres vivem criticando os homens pelo excesso de sexualidade neles presente em seus olhares. Explico: as mulheres criticam os homens por elas as verem como objeto de desejo sexual.

    Ora, como o mundo dá voltas, heim!?

    Acabo de ver a “institucionalização” do amigo-objeto-sexual vindo de uma mulher!!!!

    E viva a masculinização das mulheres… mas sem perder a feminilidade, por favor!

  • Euzão

    Sabe, muitas mulheres vivem criticando os homens pelo excesso de sexualidade neles presente em seus olhares. Explico: as mulheres criticam os homens por elas as verem como objeto de desejo sexual.

    Ora, como o mundo dá voltas, heim!?

    Acabo de ver a “institucionalização” do amigo-objeto-sexual vindo de uma mulher!!!!

    E viva a masculinização das mulheres… mas sem perder a feminilidade, por favor!

  • Euzão

    Sabe, muitas mulheres vivem criticando os homens pelo excesso de sexualidade neles presente em seus olhares. Explico: as mulheres criticam os homens por elas as verem como objeto de desejo sexual.

    Ora, como o mundo dá voltas, heim!?

    Acabo de ver a “institucionalização” do amigo-objeto-sexual vindo de uma mulher!!!!

    E viva a masculinização das mulheres… mas sem perder a feminilidade, por favor!

  • Euzão

    Sabe, muitas mulheres vivem criticando os homens pelo excesso de sexualidade neles presente em seus olhares. Explico: as mulheres criticam os homens por elas as verem como objeto de desejo sexual.

    Ora, como o mundo dá voltas, heim!?

    Acabo de ver a “institucionalização” do amigo-objeto-sexual vindo de uma mulher!!!!

    E viva a masculinização das mulheres… mas sem perder a feminilidade, por favor!

  • Euzão

    Sabe, muitas mulheres vivem criticando os homens pelo excesso de sexualidade neles presente em seus olhares. Explico: as mulheres criticam os homens por elas as verem como objeto de desejo sexual.

    Ora, como o mundo dá voltas, heim!?

    Acabo de ver a “institucionalização” do amigo-objeto-sexual vindo de uma mulher!!!!

    E viva a masculinização das mulheres… mas sem perder a feminilidade, por favor!

  • Euzão

    Sabe, muitas mulheres vivem criticando os homens pelo excesso de sexualidade neles presente em seus olhares. Explico: as mulheres criticam os homens por elas as verem como objeto de desejo sexual.

    Ora, como o mundo dá voltas, heim!?

    Acabo de ver a “institucionalização” do amigo-objeto-sexual vindo de uma mulher!!!!

    E viva a masculinização das mulheres… mas sem perder a feminilidade, por favor!

  • Euzão

    Sabe, muitas mulheres vivem criticando os homens pelo excesso de sexualidade neles presente em seus olhares. Explico: as mulheres criticam os homens por elas as verem como objeto de desejo sexual.

    Ora, como o mundo dá voltas, heim!?

    Acabo de ver a “institucionalização” do amigo-objeto-sexual vindo de uma mulher!!!!

    E viva a masculinização das mulheres… mas sem perder a feminilidade, por favor!

  • Euzão

    Sabe, muitas mulheres vivem criticando os homens pelo excesso de sexualidade neles presente em seus olhares. Explico: as mulheres criticam os homens por elas as verem como objeto de desejo sexual.

    Ora, como o mundo dá voltas, heim!?

    Acabo de ver a “institucionalização” do amigo-objeto-sexual vindo de uma mulher!!!!

    E viva a masculinização das mulheres… mas sem perder a feminilidade, por favor!

  • Euzão

    Pelo que eu vi, e concordo, o único jeito de um relacionamento de mútua coisificação sexual dar certo é a sinceridade também mútua.

    Ter um amigo-objeto-sexual para satisfazer necessidades momentâneas de carência fisiolágica sexual só dá certo se esse amigo-objeto também ter a mesma necessidade e percepção.

    É mais ou menos uma técnica de limitação de parceiros para pessoas propensas à promiscuidade (meu caso, rs).

    Pessoas que tem necessidades sexuais que não podem ser contidas e que necessitam de outras pessoas-objetos-sexuais para satisfazê-las e somente para isso, e que não querem incorrer em riscos de ter que sempre sair a caça desesperadamente, ou ainda preferem economizar o valor dos profissionais do sequisso (vulgo sexo), podem optar em formar um acordo prévio de mútua satisfação com outra pessoa com a mesma necessidade.

  • Euzão

    Pelo que eu vi, e concordo, o único jeito de um relacionamento de mútua coisificação sexual dar certo é a sinceridade também mútua.

    Ter um amigo-objeto-sexual para satisfazer necessidades momentâneas de carência fisiolágica sexual só dá certo se esse amigo-objeto também ter a mesma necessidade e percepção.

    É mais ou menos uma técnica de limitação de parceiros para pessoas propensas à promiscuidade (meu caso, rs).

    Pessoas que tem necessidades sexuais que não podem ser contidas e que necessitam de outras pessoas-objetos-sexuais para satisfazê-las e somente para isso, e que não querem incorrer em riscos de ter que sempre sair a caça desesperadamente, ou ainda preferem economizar o valor dos profissionais do sequisso (vulgo sexo), podem optar em formar um acordo prévio de mútua satisfação com outra pessoa com a mesma necessidade.

  • Euzão

    Pelo que eu vi, e concordo, o único jeito de um relacionamento de mútua coisificação sexual dar certo é a sinceridade também mútua.

    Ter um amigo-objeto-sexual para satisfazer necessidades momentâneas de carência fisiolágica sexual só dá certo se esse amigo-objeto também ter a mesma necessidade e percepção.

    É mais ou menos uma técnica de limitação de parceiros para pessoas propensas à promiscuidade (meu caso, rs).

    Pessoas que tem necessidades sexuais que não podem ser contidas e que necessitam de outras pessoas-objetos-sexuais para satisfazê-las e somente para isso, e que não querem incorrer em riscos de ter que sempre sair a caça desesperadamente, ou ainda preferem economizar o valor dos profissionais do sequisso (vulgo sexo), podem optar em formar um acordo prévio de mútua satisfação com outra pessoa com a mesma necessidade.

  • Euzão

    Pelo que eu vi, e concordo, o único jeito de um relacionamento de mútua coisificação sexual dar certo é a sinceridade também mútua.

    Ter um amigo-objeto-sexual para satisfazer necessidades momentâneas de carência fisiolágica sexual só dá certo se esse amigo-objeto também ter a mesma necessidade e percepção.

    É mais ou menos uma técnica de limitação de parceiros para pessoas propensas à promiscuidade (meu caso, rs).

    Pessoas que tem necessidades sexuais que não podem ser contidas e que necessitam de outras pessoas-objetos-sexuais para satisfazê-las e somente para isso, e que não querem incorrer em riscos de ter que sempre sair a caça desesperadamente, ou ainda preferem economizar o valor dos profissionais do sequisso (vulgo sexo), podem optar em formar um acordo prévio de mútua satisfação com outra pessoa com a mesma necessidade.

  • Euzão

    Pelo que eu vi, e concordo, o único jeito de um relacionamento de mútua coisificação sexual dar certo é a sinceridade também mútua.

    Ter um amigo-objeto-sexual para satisfazer necessidades momentâneas de carência fisiolágica sexual só dá certo se esse amigo-objeto também ter a mesma necessidade e percepção.

    É mais ou menos uma técnica de limitação de parceiros para pessoas propensas à promiscuidade (meu caso, rs).

    Pessoas que tem necessidades sexuais que não podem ser contidas e que necessitam de outras pessoas-objetos-sexuais para satisfazê-las e somente para isso, e que não querem incorrer em riscos de ter que sempre sair a caça desesperadamente, ou ainda preferem economizar o valor dos profissionais do sequisso (vulgo sexo), podem optar em formar um acordo prévio de mútua satisfação com outra pessoa com a mesma necessidade.

  • Euzão

    Pelo que eu vi, e concordo, o único jeito de um relacionamento de mútua coisificação sexual dar certo é a sinceridade também mútua.

    Ter um amigo-objeto-sexual para satisfazer necessidades momentâneas de carência fisiolágica sexual só dá certo se esse amigo-objeto também ter a mesma necessidade e percepção.

    É mais ou menos uma técnica de limitação de parceiros para pessoas propensas à promiscuidade (meu caso, rs).

    Pessoas que tem necessidades sexuais que não podem ser contidas e que necessitam de outras pessoas-objetos-sexuais para satisfazê-las e somente para isso, e que não querem incorrer em riscos de ter que sempre sair a caça desesperadamente, ou ainda preferem economizar o valor dos profissionais do sequisso (vulgo sexo), podem optar em formar um acordo prévio de mútua satisfação com outra pessoa com a mesma necessidade.

  • Euzão

    Pelo que eu vi, e concordo, o único jeito de um relacionamento de mútua coisificação sexual dar certo é a sinceridade também mútua.

    Ter um amigo-objeto-sexual para satisfazer necessidades momentâneas de carência fisiolágica sexual só dá certo se esse amigo-objeto também ter a mesma necessidade e percepção.

    É mais ou menos uma técnica de limitação de parceiros para pessoas propensas à promiscuidade (meu caso, rs).

    Pessoas que tem necessidades sexuais que não podem ser contidas e que necessitam de outras pessoas-objetos-sexuais para satisfazê-las e somente para isso, e que não querem incorrer em riscos de ter que sempre sair a caça desesperadamente, ou ainda preferem economizar o valor dos profissionais do sequisso (vulgo sexo), podem optar em formar um acordo prévio de mútua satisfação com outra pessoa com a mesma necessidade.

  • Euzão

    Pelo que eu vi, e concordo, o único jeito de um relacionamento de mútua coisificação sexual dar certo é a sinceridade também mútua.

    Ter um amigo-objeto-sexual para satisfazer necessidades momentâneas de carência fisiolágica sexual só dá certo se esse amigo-objeto também ter a mesma necessidade e percepção.

    É mais ou menos uma técnica de limitação de parceiros para pessoas propensas à promiscuidade (meu caso, rs).

    Pessoas que tem necessidades sexuais que não podem ser contidas e que necessitam de outras pessoas-objetos-sexuais para satisfazê-las e somente para isso, e que não querem incorrer em riscos de ter que sempre sair a caça desesperadamente, ou ainda preferem economizar o valor dos profissionais do sequisso (vulgo sexo), podem optar em formar um acordo prévio de mútua satisfação com outra pessoa com a mesma necessidade.

  • Euzão

    Último comentário:

    Realmente, ter uma, seria BA?, é um grande negócio! Economizaria com prostitutas; economizaria na night esforço e dinheiro; não correria o risco de ser taxado como explorador sexual de mulheres, conquanto a BA faria de livre iniciativa;

    sem falar que centrando em uma ou poucas mulheres a tarefa de mero objeto de satisfação sexual, eu acabaria por reduzir o número de mulheres hipócritas que pelas costas me chamam de “aquele que só queria transar comigo e me usar”.

  • Euzão

    Último comentário:

    Realmente, ter uma, seria BA?, é um grande negócio! Economizaria com prostitutas; economizaria na night esforço e dinheiro; não correria o risco de ser taxado como explorador sexual de mulheres, conquanto a BA faria de livre iniciativa;

    sem falar que centrando em uma ou poucas mulheres a tarefa de mero objeto de satisfação sexual, eu acabaria por reduzir o número de mulheres hipócritas que pelas costas me chamam de “aquele que só queria transar comigo e me usar”.

  • Euzão

    Último comentário:

    Realmente, ter uma, seria BA?, é um grande negócio! Economizaria com prostitutas; economizaria na night esforço e dinheiro; não correria o risco de ser taxado como explorador sexual de mulheres, conquanto a BA faria de livre iniciativa;

    sem falar que centrando em uma ou poucas mulheres a tarefa de mero objeto de satisfação sexual, eu acabaria por reduzir o número de mulheres hipócritas que pelas costas me chamam de “aquele que só queria transar comigo e me usar”.

  • Euzão

    Último comentário:

    Realmente, ter uma, seria BA?, é um grande negócio! Economizaria com prostitutas; economizaria na night esforço e dinheiro; não correria o risco de ser taxado como explorador sexual de mulheres, conquanto a BA faria de livre iniciativa;

    sem falar que centrando em uma ou poucas mulheres a tarefa de mero objeto de satisfação sexual, eu acabaria por reduzir o número de mulheres hipócritas que pelas costas me chamam de “aquele que só queria transar comigo e me usar”.

  • Euzão

    Último comentário:

    Realmente, ter uma, seria BA?, é um grande negócio! Economizaria com prostitutas; economizaria na night esforço e dinheiro; não correria o risco de ser taxado como explorador sexual de mulheres, conquanto a BA faria de livre iniciativa;

    sem falar que centrando em uma ou poucas mulheres a tarefa de mero objeto de satisfação sexual, eu acabaria por reduzir o número de mulheres hipócritas que pelas costas me chamam de “aquele que só queria transar comigo e me usar”.

  • Euzão

    Último comentário:

    Realmente, ter uma, seria BA?, é um grande negócio! Economizaria com prostitutas; economizaria na night esforço e dinheiro; não correria o risco de ser taxado como explorador sexual de mulheres, conquanto a BA faria de livre iniciativa;

    sem falar que centrando em uma ou poucas mulheres a tarefa de mero objeto de satisfação sexual, eu acabaria por reduzir o número de mulheres hipócritas que pelas costas me chamam de “aquele que só queria transar comigo e me usar”.

  • Euzão

    Último comentário:

    Realmente, ter uma, seria BA?, é um grande negócio! Economizaria com prostitutas; economizaria na night esforço e dinheiro; não correria o risco de ser taxado como explorador sexual de mulheres, conquanto a BA faria de livre iniciativa;

    sem falar que centrando em uma ou poucas mulheres a tarefa de mero objeto de satisfação sexual, eu acabaria por reduzir o número de mulheres hipócritas que pelas costas me chamam de “aquele que só queria transar comigo e me usar”.

  • Euzão

    Último comentário:

    Realmente, ter uma, seria BA?, é um grande negócio! Economizaria com prostitutas; economizaria na night esforço e dinheiro; não correria o risco de ser taxado como explorador sexual de mulheres, conquanto a BA faria de livre iniciativa;

    sem falar que centrando em uma ou poucas mulheres a tarefa de mero objeto de satisfação sexual, eu acabaria por reduzir o número de mulheres hipócritas que pelas costas me chamam de “aquele que só queria transar comigo e me usar”.

  • Euzão

    Último comentário:

    Realmente, ter uma, seria BA?, é um grande negócio! Economizaria com prostitutas; economizaria na night esforço e dinheiro; não correria o risco de ser taxado como explorador sexual de mulheres, conquanto a BA faria de livre iniciativa;

    sem falar que centrando em uma ou poucas mulheres a tarefa de mero objeto de satisfação sexual, eu acabaria por reduzir o número de mulheres hipócritas que pelas costas me chamam de “aquele que só queria transar comigo e me usar”.

  • Euzão

    Último comentário:

    Realmente, ter uma, seria BA?, é um grande negócio! Economizaria com prostitutas; economizaria na night esforço e dinheiro; não correria o risco de ser taxado como explorador sexual de mulheres, conquanto a BA faria de livre iniciativa;

    sem falar que centrando em uma ou poucas mulheres a tarefa de mero objeto de satisfação sexual, eu acabaria por reduzir o número de mulheres hipócritas que pelas costas me chamam de “aquele que só queria transar comigo e me usar”.

  • Calvin

    Euzão disse:
    “Sabe, muitas mulheres vivem criticando os homens pelo excesso de sexualidade neles presente em seus olhares.”

    Nada consta fella. Mulheres adoram ser desejadas.

    Só quando ela não está afim ou de tpm.

  • Calvin

    Euzão disse:
    “Sabe, muitas mulheres vivem criticando os homens pelo excesso de sexualidade neles presente em seus olhares.”

    Nada consta fella. Mulheres adoram ser desejadas.

    Só quando ela não está afim ou de tpm.

  • Calvin

    Euzão disse:
    “Sabe, muitas mulheres vivem criticando os homens pelo excesso de sexualidade neles presente em seus olhares.”

    Nada consta fella. Mulheres adoram ser desejadas.

    Só quando ela não está afim ou de tpm.

  • Calvin

    Euzão disse:
    “Sabe, muitas mulheres vivem criticando os homens pelo excesso de sexualidade neles presente em seus olhares.”

    Nada consta fella. Mulheres adoram ser desejadas.

    Só quando ela não está afim ou de tpm.

  • Calvin

    Euzão disse:
    “Sabe, muitas mulheres vivem criticando os homens pelo excesso de sexualidade neles presente em seus olhares.”

    Nada consta fella. Mulheres adoram ser desejadas.

    Só quando ela não está afim ou de tpm.

  • Calvin

    Euzão disse:
    “Sabe, muitas mulheres vivem criticando os homens pelo excesso de sexualidade neles presente em seus olhares.”

    Nada consta fella. Mulheres adoram ser desejadas.

    Só quando ela não está afim ou de tpm.

  • Calvin

    Euzão disse:
    “Sabe, muitas mulheres vivem criticando os homens pelo excesso de sexualidade neles presente em seus olhares.”

    Nada consta fella. Mulheres adoram ser desejadas.

    Só quando ela não está afim ou de tpm.

  • VELOSO

    Euzão,

    Não acho que tenha relação com evitar a promiscuidade.

    Trata-se de uma coisa um tanto quanto mais complexa que isso.

  • VELOSO

    Euzão,

    Não acho que tenha relação com evitar a promiscuidade.

    Trata-se de uma coisa um tanto quanto mais complexa que isso.

  • VELOSO

    Euzão,

    Não acho que tenha relação com evitar a promiscuidade.

    Trata-se de uma coisa um tanto quanto mais complexa que isso.

  • VELOSO

    Euzão,

    Não acho que tenha relação com evitar a promiscuidade.

    Trata-se de uma coisa um tanto quanto mais complexa que isso.

  • VELOSO

    Euzão,

    Não acho que tenha relação com evitar a promiscuidade.

    Trata-se de uma coisa um tanto quanto mais complexa que isso.

  • VELOSO

    Euzão,

    Não acho que tenha relação com evitar a promiscuidade.

    Trata-se de uma coisa um tanto quanto mais complexa que isso.

  • VELOSO

    Euzão,

    Não acho que tenha relação com evitar a promiscuidade.

    Trata-se de uma coisa um tanto quanto mais complexa que isso.

  • VELOSO

    Euzão,

    Não acho que tenha relação com evitar a promiscuidade.

    Trata-se de uma coisa um tanto quanto mais complexa que isso.

  • Euzão

    Calvin,
    as mulheres gostam da sexualidade presente no olhar masculino à elas dirigido, mas, com certeza, absoluta certeza, elas vivem a reclamar do excesso, daquele excesso em que o homem só a vê com olhos de cobiça sexual, a ponto nada mas ver nela, ignorando todas as muitas outras qualidades.

    pense bem!

  • Euzão

    Calvin,
    as mulheres gostam da sexualidade presente no olhar masculino à elas dirigido, mas, com certeza, absoluta certeza, elas vivem a reclamar do excesso, daquele excesso em que o homem só a vê com olhos de cobiça sexual, a ponto nada mas ver nela, ignorando todas as muitas outras qualidades.

    pense bem!

  • Euzão

    Calvin,
    as mulheres gostam da sexualidade presente no olhar masculino à elas dirigido, mas, com certeza, absoluta certeza, elas vivem a reclamar do excesso, daquele excesso em que o homem só a vê com olhos de cobiça sexual, a ponto nada mas ver nela, ignorando todas as muitas outras qualidades.

    pense bem!

  • Euzão

    Calvin,
    as mulheres gostam da sexualidade presente no olhar masculino à elas dirigido, mas, com certeza, absoluta certeza, elas vivem a reclamar do excesso, daquele excesso em que o homem só a vê com olhos de cobiça sexual, a ponto nada mas ver nela, ignorando todas as muitas outras qualidades.

    pense bem!

  • Euzão

    Calvin,
    as mulheres gostam da sexualidade presente no olhar masculino à elas dirigido, mas, com certeza, absoluta certeza, elas vivem a reclamar do excesso, daquele excesso em que o homem só a vê com olhos de cobiça sexual, a ponto nada mas ver nela, ignorando todas as muitas outras qualidades.

    pense bem!

  • Euzão

    Calvin,
    as mulheres gostam da sexualidade presente no olhar masculino à elas dirigido, mas, com certeza, absoluta certeza, elas vivem a reclamar do excesso, daquele excesso em que o homem só a vê com olhos de cobiça sexual, a ponto nada mas ver nela, ignorando todas as muitas outras qualidades.

    pense bem!

  • Euzão

    Calvin,
    as mulheres gostam da sexualidade presente no olhar masculino à elas dirigido, mas, com certeza, absoluta certeza, elas vivem a reclamar do excesso, daquele excesso em que o homem só a vê com olhos de cobiça sexual, a ponto nada mas ver nela, ignorando todas as muitas outras qualidades.

    pense bem!

  • Euzão

    Calvin,
    as mulheres gostam da sexualidade presente no olhar masculino à elas dirigido, mas, com certeza, absoluta certeza, elas vivem a reclamar do excesso, daquele excesso em que o homem só a vê com olhos de cobiça sexual, a ponto nada mas ver nela, ignorando todas as muitas outras qualidades.

    pense bem!

  • Euzão

    Calvin,
    as mulheres gostam da sexualidade presente no olhar masculino à elas dirigido, mas, com certeza, absoluta certeza, elas vivem a reclamar do excesso, daquele excesso em que o homem só a vê com olhos de cobiça sexual, a ponto nada mas ver nela, ignorando todas as muitas outras qualidades.

    pense bem!

  • Calvin

    Ah tá Euzão… entendi…

    Isso nunca fiz… geralmente a coisa corre naturalmente… apresento interesse sem ser agressivo nem rude.
    Tem funcionado…

    []‘s

  • Calvin

    Ah tá Euzão… entendi…

    Isso nunca fiz… geralmente a coisa corre naturalmente… apresento interesse sem ser agressivo nem rude.
    Tem funcionado…

    []‘s

  • Calvin

    Ah tá Euzão… entendi…

    Isso nunca fiz… geralmente a coisa corre naturalmente… apresento interesse sem ser agressivo nem rude.
    Tem funcionado…

    []‘s

  • Calvin

    Ah tá Euzão… entendi…

    Isso nunca fiz… geralmente a coisa corre naturalmente… apresento interesse sem ser agressivo nem rude.
    Tem funcionado…

    []‘s

  • Calvin

    Ah tá Euzão… entendi…

    Isso nunca fiz… geralmente a coisa corre naturalmente… apresento interesse sem ser agressivo nem rude.
    Tem funcionado…

    []‘s

  • Calvin

    Ah tá Euzão… entendi…

    Isso nunca fiz… geralmente a coisa corre naturalmente… apresento interesse sem ser agressivo nem rude.
    Tem funcionado…

    []‘s

  • Calvin

    Ah tá Euzão… entendi…

    Isso nunca fiz… geralmente a coisa corre naturalmente… apresento interesse sem ser agressivo nem rude.
    Tem funcionado…

    []‘s

  • Calvin

    Ah tá Euzão… entendi…

    Isso nunca fiz… geralmente a coisa corre naturalmente… apresento interesse sem ser agressivo nem rude.
    Tem funcionado…

    []‘s

  • Calvin

    Ah tá Euzão… entendi…

    Isso nunca fiz… geralmente a coisa corre naturalmente… apresento interesse sem ser agressivo nem rude.
    Tem funcionado…

    []‘s

  • Calvin

    Ah tá Euzão… entendi…

    Isso nunca fiz… geralmente a coisa corre naturalmente… apresento interesse sem ser agressivo nem rude.
    Tem funcionado…

    []‘s

  • Euzão

    No caso, um PA eh um homem visto apenas como objeto sexual (dizer que tem outras qualidades somente serve para dizer que elas não contam, quando o principal mesmo o desempenho sexual e descenessidade de algo a mais).

    Por isso a citação que o mundo dá voltas foi nesse sentido, as mulheres sempre pareceram (e ainda parecem) transcender à uma visão meramente sexual, quando o homem, ao contrário, sempre centrou intenções nisso. E, qual não é a surpresa de ver um artigo feminino institucionalizando um comportamento meramente sexual? (com regras e tudo o mais!!!)

  • Euzão

    No caso, um PA eh um homem visto apenas como objeto sexual (dizer que tem outras qualidades somente serve para dizer que elas não contam, quando o principal mesmo o desempenho sexual e descenessidade de algo a mais).

    Por isso a citação que o mundo dá voltas foi nesse sentido, as mulheres sempre pareceram (e ainda parecem) transcender à uma visão meramente sexual, quando o homem, ao contrário, sempre centrou intenções nisso. E, qual não é a surpresa de ver um artigo feminino institucionalizando um comportamento meramente sexual? (com regras e tudo o mais!!!)

  • Euzão

    No caso, um PA eh um homem visto apenas como objeto sexual (dizer que tem outras qualidades somente serve para dizer que elas não contam, quando o principal mesmo o desempenho sexual e descenessidade de algo a mais).

    Por isso a citação que o mundo dá voltas foi nesse sentido, as mulheres sempre pareceram (e ainda parecem) transcender à uma visão meramente sexual, quando o homem, ao contrário, sempre centrou intenções nisso. E, qual não é a surpresa de ver um artigo feminino institucionalizando um comportamento meramente sexual? (com regras e tudo o mais!!!)

  • Euzão

    No caso, um PA eh um homem visto apenas como objeto sexual (dizer que tem outras qualidades somente serve para dizer que elas não contam, quando o principal mesmo o desempenho sexual e descenessidade de algo a mais).

    Por isso a citação que o mundo dá voltas foi nesse sentido, as mulheres sempre pareceram (e ainda parecem) transcender à uma visão meramente sexual, quando o homem, ao contrário, sempre centrou intenções nisso. E, qual não é a surpresa de ver um artigo feminino institucionalizando um comportamento meramente sexual? (com regras e tudo o mais!!!)

  • Euzão

    No caso, um PA eh um homem visto apenas como objeto sexual (dizer que tem outras qualidades somente serve para dizer que elas não contam, quando o principal mesmo o desempenho sexual e descenessidade de algo a mais).

    Por isso a citação que o mundo dá voltas foi nesse sentido, as mulheres sempre pareceram (e ainda parecem) transcender à uma visão meramente sexual, quando o homem, ao contrário, sempre centrou intenções nisso. E, qual não é a surpresa de ver um artigo feminino institucionalizando um comportamento meramente sexual? (com regras e tudo o mais!!!)

  • Euzão

    No caso, um PA eh um homem visto apenas como objeto sexual (dizer que tem outras qualidades somente serve para dizer que elas não contam, quando o principal mesmo o desempenho sexual e descenessidade de algo a mais).

    Por isso a citação que o mundo dá voltas foi nesse sentido, as mulheres sempre pareceram (e ainda parecem) transcender à uma visão meramente sexual, quando o homem, ao contrário, sempre centrou intenções nisso. E, qual não é a surpresa de ver um artigo feminino institucionalizando um comportamento meramente sexual? (com regras e tudo o mais!!!)

  • Euzão

    No caso, um PA eh um homem visto apenas como objeto sexual (dizer que tem outras qualidades somente serve para dizer que elas não contam, quando o principal mesmo o desempenho sexual e descenessidade de algo a mais).

    Por isso a citação que o mundo dá voltas foi nesse sentido, as mulheres sempre pareceram (e ainda parecem) transcender à uma visão meramente sexual, quando o homem, ao contrário, sempre centrou intenções nisso. E, qual não é a surpresa de ver um artigo feminino institucionalizando um comportamento meramente sexual? (com regras e tudo o mais!!!)

  • Euzão

    No caso, um PA eh um homem visto apenas como objeto sexual (dizer que tem outras qualidades somente serve para dizer que elas não contam, quando o principal mesmo o desempenho sexual e descenessidade de algo a mais).

    Por isso a citação que o mundo dá voltas foi nesse sentido, as mulheres sempre pareceram (e ainda parecem) transcender à uma visão meramente sexual, quando o homem, ao contrário, sempre centrou intenções nisso. E, qual não é a surpresa de ver um artigo feminino institucionalizando um comportamento meramente sexual? (com regras e tudo o mais!!!)

  • Euzão

    No caso, um PA eh um homem visto apenas como objeto sexual (dizer que tem outras qualidades somente serve para dizer que elas não contam, quando o principal mesmo o desempenho sexual e descenessidade de algo a mais).

    Por isso a citação que o mundo dá voltas foi nesse sentido, as mulheres sempre pareceram (e ainda parecem) transcender à uma visão meramente sexual, quando o homem, ao contrário, sempre centrou intenções nisso. E, qual não é a surpresa de ver um artigo feminino institucionalizando um comportamento meramente sexual? (com regras e tudo o mais!!!)

  • Euzão

    No caso, um PA eh um homem visto apenas como objeto sexual (dizer que tem outras qualidades somente serve para dizer que elas não contam, quando o principal mesmo o desempenho sexual e descenessidade de algo a mais).

    Por isso a citação que o mundo dá voltas foi nesse sentido, as mulheres sempre pareceram (e ainda parecem) transcender à uma visão meramente sexual, quando o homem, ao contrário, sempre centrou intenções nisso. E, qual não é a surpresa de ver um artigo feminino institucionalizando um comportamento meramente sexual? (com regras e tudo o mais!!!)

  • Alice

    Pilula vermelha é o que há.

    Simbora pra Zion meu povo! Excursão do Calvin!

    Morpheus: “Tonight let us make them remember: This is ZION, and we ARE NOT AFRAID.”

  • Alice

    Pilula vermelha é o que há.

    Simbora pra Zion meu povo! Excursão do Calvin!

    Morpheus: “Tonight let us make them remember: This is ZION, and we ARE NOT AFRAID.”

  • Alice

    Pilula vermelha é o que há.

    Simbora pra Zion meu povo! Excursão do Calvin!

    Morpheus: “Tonight let us make them remember: This is ZION, and we ARE NOT AFRAID.”

  • Alice

    Pilula vermelha é o que há.

    Simbora pra Zion meu povo! Excursão do Calvin!

    Morpheus: “Tonight let us make them remember: This is ZION, and we ARE NOT AFRAID.”

  • Alice

    Pilula vermelha é o que há.

    Simbora pra Zion meu povo! Excursão do Calvin!

    Morpheus: “Tonight let us make them remember: This is ZION, and we ARE NOT AFRAID.”

  • Alice

    Pilula vermelha é o que há.

    Simbora pra Zion meu povo! Excursão do Calvin!

    Morpheus: “Tonight let us make them remember: This is ZION, and we ARE NOT AFRAID.”

  • Alice

    Pilula vermelha é o que há.

    Simbora pra Zion meu povo! Excursão do Calvin!

    Morpheus: “Tonight let us make them remember: This is ZION, and we ARE NOT AFRAID.”

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ Mary Jane

    Missão cumprida!

    ps. Coloca meu nome aí na excursão Calvin!

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ Mary Jane

    Missão cumprida!

    ps. Coloca meu nome aí na excursão Calvin!

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ Mary Jane

    Missão cumprida!

    ps. Coloca meu nome aí na excursão Calvin!

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ Mary Jane

    Missão cumprida!

    ps. Coloca meu nome aí na excursão Calvin!

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ Mary Jane

    Missão cumprida!

    ps. Coloca meu nome aí na excursão Calvin!

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ Mary Jane

    Missão cumprida!

    ps. Coloca meu nome aí na excursão Calvin!

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ Mary Jane

    Missão cumprida!

    ps. Coloca meu nome aí na excursão Calvin!

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com/ Mary Jane

    Missão cumprida!

    ps. Coloca meu nome aí na excursão Calvin!

  • http://www.saltoafiado.blogspot.com Mary Jane

    Missão cumprida!

    ps. Coloca meu nome aí na excursão Calvin!

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    Calvin e Velozo,
    Que onda! hahahahaha ;D

    Como é bom uma boa mesa redonda com uma ótima discussão, né verdade amigos e amigas?

    hihihi

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    Calvin e Velozo,
    Que onda! hahahahaha ;D

    Como é bom uma boa mesa redonda com uma ótima discussão, né verdade amigos e amigas?

    hihihi

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    Calvin e Velozo,
    Que onda! hahahahaha ;D

    Como é bom uma boa mesa redonda com uma ótima discussão, né verdade amigos e amigas?

    hihihi

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    Calvin e Velozo,
    Que onda! hahahahaha ;D

    Como é bom uma boa mesa redonda com uma ótima discussão, né verdade amigos e amigas?

    hihihi

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    Calvin e Velozo,
    Que onda! hahahahaha ;D

    Como é bom uma boa mesa redonda com uma ótima discussão, né verdade amigos e amigas?

    hihihi

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    Calvin e Velozo,
    Que onda! hahahahaha ;D

    Como é bom uma boa mesa redonda com uma ótima discussão, né verdade amigos e amigas?

    hihihi

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    Calvin e Velozo,
    Que onda! hahahahaha ;D

    Como é bom uma boa mesa redonda com uma ótima discussão, né verdade amigos e amigas?

    hihihi

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    Calvin e Velozo,
    Que onda! hahahahaha ;D

    Como é bom uma boa mesa redonda com uma ótima discussão, né verdade amigos e amigas?

    hihihi

  • http://saltoafiado.blogspot.com/ Srta. Scarpin

    Calvin e Velozo,
    Que onda! hahahahaha ;D

    Como é bom uma boa mesa redonda com uma ótima discussão, né verdade amigos e amigas?

    hihihi

  • http://saltoafiado.blogspot.com Srta. Scarpin

    Calvin e Velozo,
    Que onda! hahahahaha ;D

    Como é bom uma boa mesa redonda com uma ótima discussão, né verdade amigos e amigas?

    hihihi

  • VELOSO

    Me leva nessa onda Scarpin! rsrsrsrs

    De fato é muito bom podermos expressar nossas idéias despidos de qualquer medo!

    Conte com o PA aqui!

  • VELOSO

    Me leva nessa onda Scarpin! rsrsrsrs

    De fato é muito bom podermos expressar nossas idéias despidos de qualquer medo!

    Conte com o PA aqui!

  • VELOSO

    Me leva nessa onda Scarpin! rsrsrsrs

    De fato é muito bom podermos expressar nossas idéias despidos de qualquer medo!

    Conte com o PA aqui!

  • VELOSO

    Me leva nessa onda Scarpin! rsrsrsrs

    De fato é muito bom podermos expressar nossas idéias despidos de qualquer medo!

    Conte com o PA aqui!

  • VELOSO

    Me leva nessa onda Scarpin! rsrsrsrs

    De fato é muito bom podermos expressar nossas idéias despidos de qualquer medo!

    Conte com o PA aqui!

  • VELOSO

    Me leva nessa onda Scarpin! rsrsrsrs

    De fato é muito bom podermos expressar nossas idéias despidos de qualquer medo!

    Conte com o PA aqui!

  • Euzão

    VELOSO disse:

    “Euzão,

    Não acho que tenha relação com evitar a promiscuidade.

    Trata-se de uma coisa um tanto quanto mais complexa que isso.”

    Eu não disse que o que se pretende com um PA é evitar a promiscuidade, (o que seria um contra-senso por definição) mas sim, eu disse, que evitaria a multiplicação de parceiros para os promíscuos.

    há uma abismal diferença…

  • Euzão

    VELOSO disse:

    “Euzão,

    Não acho que tenha relação com evitar a promiscuidade.

    Trata-se de uma coisa um tanto quanto mais complexa que isso.”

    Eu não disse que o que se pretende com um PA é evitar a promiscuidade, (o que seria um contra-senso por definição) mas sim, eu disse, que evitaria a multiplicação de parceiros para os promíscuos.

    há uma abismal diferença…

  • Euzão

    VELOSO disse:

    “Euzão,

    Não acho que tenha relação com evitar a promiscuidade.

    Trata-se de uma coisa um tanto quanto mais complexa que isso.”

    Eu não disse que o que se pretende com um PA é evitar a promiscuidade, (o que seria um contra-senso por definição) mas sim, eu disse, que evitaria a multiplicação de parceiros para os promíscuos.

    há uma abismal diferença…

  • Euzão

    VELOSO disse:

    “Euzão,

    Não acho que tenha relação com evitar a promiscuidade.

    Trata-se de uma coisa um tanto quanto mais complexa que isso.”

    Eu não disse que o que se pretende com um PA é evitar a promiscuidade, (o que seria um contra-senso por definição) mas sim, eu disse, que evitaria a multiplicação de parceiros para os promíscuos.

    há uma abismal diferença…

  • Euzão

    VELOSO disse:

    “Euzão,

    Não acho que tenha relação com evitar a promiscuidade.

    Trata-se de uma coisa um tanto quanto mais complexa que isso.”

    Eu não disse que o que se pretende com um PA é evitar a promiscuidade, (o que seria um contra-senso por definição) mas sim, eu disse, que evitaria a multiplicação de parceiros para os promíscuos.

    há uma abismal diferença…

  • Euzão

    VELOSO disse:

    “Euzão,

    Não acho que tenha relação com evitar a promiscuidade.

    Trata-se de uma coisa um tanto quanto mais complexa que isso.”

    Eu não disse que o que se pretende com um PA é evitar a promiscuidade, (o que seria um contra-senso por definição) mas sim, eu disse, que evitaria a multiplicação de parceiros para os promíscuos.

    há uma abismal diferença…

  • Euzão

    VELOSO disse:

    “Euzão,

    Não acho que tenha relação com evitar a promiscuidade.

    Trata-se de uma coisa um tanto quanto mais complexa que isso.”

    Eu não disse que o que se pretende com um PA é evitar a promiscuidade, (o que seria um contra-senso por definição) mas sim, eu disse, que evitaria a multiplicação de parceiros para os promíscuos.

    há uma abismal diferença…

  • Euzão

    VELOSO disse:

    “Euzão,

    Não acho que tenha relação com evitar a promiscuidade.

    Trata-se de uma coisa um tanto quanto mais complexa que isso.”

    Eu não disse que o que se pretende com um PA é evitar a promiscuidade, (o que seria um contra-senso por definição) mas sim, eu disse, que evitaria a multiplicação de parceiros para os promíscuos.

    há uma abismal diferença…

  • VELOSO

    Compreendido grande Euzão!

  • VELOSO

    Compreendido grande Euzão!

  • VELOSO

    Compreendido grande Euzão!

  • VELOSO

    Compreendido grande Euzão!

  • VELOSO

    Compreendido grande Euzão!

  • VELOSO

    Compreendido grande Euzão!

  • VELOSO

    Compreendido grande Euzão!

  • VELOSO

    Compreendido grande Euzão!

  • VELOSO

    Compreendido grande Euzão!

  • Mary Jane (a orginal)

    pqp. escrevi um post imenso mas mandei como eprgunta. ê saco.

    Resumindo.

    Tanto faz se é certo ou errado, se a pessoa se sente bem ou não.

    O que ficou confuso no meu entendimento foi:

    Se a coisa é tão natural para as lady´s do room, já que está tão evidenciado no texto que mulheres n]ão são frágeis e emocionais assim, e bla bla bla…

    POR QUE DIABOS NAS TAIS DICAS, 3 DE 5, MENCIONAM OS “PERIGOS” QUE AS GAROTAS DEVEM EVITAR PARA NÃO ENVOLVEREM-SE EMOCIONALMENTE COM O DITO P.A.?

    Isso é contraditório, no mínimo.

    E faz parecer que as lady´s do room estão apenas querendo convencer a si mesmas que são liberais, e querem apenas sexo de forma a não investir mais em uma relação de verdade, pois é arriscado demais sofrer.

    Tem muita falha nos argumentos.

  • Mary Jane (a orginal)

    pqp. escrevi um post imenso mas mandei como eprgunta. ê saco.

    Resumindo.

    Tanto faz se é certo ou errado, se a pessoa se sente bem ou não.

    O que ficou confuso no meu entendimento foi:

    Se a coisa é tão natural para as lady´s do room, já que está tão evidenciado no texto que mulheres n]ão são frágeis e emocionais assim, e bla bla bla…

    POR QUE DIABOS NAS TAIS DICAS, 3 DE 5, MENCIONAM OS “PERIGOS” QUE AS GAROTAS DEVEM EVITAR PARA NÃO ENVOLVEREM-SE EMOCIONALMENTE COM O DITO P.A.?

    Isso é contraditório, no mínimo.

    E faz parecer que as lady´s do room estão apenas querendo convencer a si mesmas que são liberais, e querem apenas sexo de forma a não investir mais em uma relação de verdade, pois é arriscado demais sofrer.

    Tem muita falha nos argumentos.

  • Mary Jane (a orginal)

    pqp. escrevi um post imenso mas mandei como eprgunta. ê saco.

    Resumindo.

    Tanto faz se é certo ou errado, se a pessoa se sente bem ou não.

    O que ficou confuso no meu entendimento foi:

    Se a coisa é tão natural para as lady´s do room, já que está tão evidenciado no texto que mulheres n]ão são frágeis e emocionais assim, e bla bla bla…

    POR QUE DIABOS NAS TAIS DICAS, 3 DE 5, MENCIONAM OS “PERIGOS” QUE AS GAROTAS DEVEM EVITAR PARA NÃO ENVOLVEREM-SE EMOCIONALMENTE COM O DITO P.A.?

    Isso é contraditório, no mínimo.

    E faz parecer que as lady´s do room estão apenas querendo convencer a si mesmas que são liberais, e querem apenas sexo de forma a não investir mais em uma relação de verdade, pois é arriscado demais sofrer.

    Tem muita falha nos argumentos.

  • Mary Jane (a orginal)

    pqp. escrevi um post imenso mas mandei como eprgunta. ê saco.

    Resumindo.

    Tanto faz se é certo ou errado, se a pessoa se sente bem ou não.

    O que ficou confuso no meu entendimento foi:

    Se a coisa é tão natural para as lady´s do room, já que está tão evidenciado no texto que mulheres n]ão são frágeis e emocionais assim, e bla bla bla…

    POR QUE DIABOS NAS TAIS DICAS, 3 DE 5, MENCIONAM OS “PERIGOS” QUE AS GAROTAS DEVEM EVITAR PARA NÃO ENVOLVEREM-SE EMOCIONALMENTE COM O DITO P.A.?

    Isso é contraditório, no mínimo.

    E faz parecer que as lady´s do room estão apenas querendo convencer a si mesmas que são liberais, e querem apenas sexo de forma a não investir mais em uma relação de verdade, pois é arriscado demais sofrer.

    Tem muita falha nos argumentos.

  • Mary Jane (a orginal)

    pqp. escrevi um post imenso mas mandei como eprgunta. ê saco.

    Resumindo.

    Tanto faz se é certo ou errado, se a pessoa se sente bem ou não.

    O que ficou confuso no meu entendimento foi:

    Se a coisa é tão natural para as lady´s do room, já que está tão evidenciado no texto que mulheres n]ão são frágeis e emocionais assim, e bla bla bla…

    POR QUE DIABOS NAS TAIS DICAS, 3 DE 5, MENCIONAM OS “PERIGOS” QUE AS GAROTAS DEVEM EVITAR PARA NÃO ENVOLVEREM-SE EMOCIONALMENTE COM O DITO P.A.?

    Isso é contraditório, no mínimo.

    E faz parecer que as lady´s do room estão apenas querendo convencer a si mesmas que são liberais, e querem apenas sexo de forma a não investir mais em uma relação de verdade, pois é arriscado demais sofrer.

    Tem muita falha nos argumentos.

  • Mary Jane (a orginal)

    pqp. escrevi um post imenso mas mandei como eprgunta. ê saco.

    Resumindo.

    Tanto faz se é certo ou errado, se a pessoa se sente bem ou não.

    O que ficou confuso no meu entendimento foi:

    Se a coisa é tão natural para as lady´s do room, já que está tão evidenciado no texto que mulheres n]ão são frágeis e emocionais assim, e bla bla bla…

    POR QUE DIABOS NAS TAIS DICAS, 3 DE 5, MENCIONAM OS “PERIGOS” QUE AS GAROTAS DEVEM EVITAR PARA NÃO ENVOLVEREM-SE EMOCIONALMENTE COM O DITO P.A.?

    Isso é contraditório, no mínimo.

    E faz parecer que as lady´s do room estão apenas querendo convencer a si mesmas que são liberais, e querem apenas sexo de forma a não investir mais em uma relação de verdade, pois é arriscado demais sofrer.

    Tem muita falha nos argumentos.

  • Mary Jane (a orginal)

    pqp. escrevi um post imenso mas mandei como eprgunta. ê saco.

    Resumindo.

    Tanto faz se é certo ou errado, se a pessoa se sente bem ou não.

    O que ficou confuso no meu entendimento foi:

    Se a coisa é tão natural para as lady´s do room, já que está tão evidenciado no texto que mulheres n]ão são frágeis e emocionais assim, e bla bla bla…

    POR QUE DIABOS NAS TAIS DICAS, 3 DE 5, MENCIONAM OS “PERIGOS” QUE AS GAROTAS DEVEM EVITAR PARA NÃO ENVOLVEREM-SE EMOCIONALMENTE COM O DITO P.A.?

    Isso é contraditório, no mínimo.

    E faz parecer que as lady´s do room estão apenas querendo convencer a si mesmas que são liberais, e querem apenas sexo de forma a não investir mais em uma relação de verdade, pois é arriscado demais sofrer.

    Tem muita falha nos argumentos.

  • Mary Jane (a orginal)

    pqp. escrevi um post imenso mas mandei como eprgunta. ê saco.

    Resumindo.

    Tanto faz se é certo ou errado, se a pessoa se sente bem ou não.

    O que ficou confuso no meu entendimento foi:

    Se a coisa é tão natural para as lady´s do room, já que está tão evidenciado no texto que mulheres n]ão são frágeis e emocionais assim, e bla bla bla…

    POR QUE DIABOS NAS TAIS DICAS, 3 DE 5, MENCIONAM OS “PERIGOS” QUE AS GAROTAS DEVEM EVITAR PARA NÃO ENVOLVEREM-SE EMOCIONALMENTE COM O DITO P.A.?

    Isso é contraditório, no mínimo.

    E faz parecer que as lady´s do room estão apenas querendo convencer a si mesmas que são liberais, e querem apenas sexo de forma a não investir mais em uma relação de verdade, pois é arriscado demais sofrer.

    Tem muita falha nos argumentos.

  • Mary Jane (a orginal)

    pqp. escrevi um post imenso mas mandei como eprgunta. ê saco.

    Resumindo.

    Tanto faz se é certo ou errado, se a pessoa se sente bem ou não.

    O que ficou confuso no meu entendimento foi:

    Se a coisa é tão natural para as lady´s do room, já que está tão evidenciado no texto que mulheres n]ão são frágeis e emocionais assim, e bla bla bla…

    POR QUE DIABOS NAS TAIS DICAS, 3 DE 5, MENCIONAM OS “PERIGOS” QUE AS GAROTAS DEVEM EVITAR PARA NÃO ENVOLVEREM-SE EMOCIONALMENTE COM O DITO P.A.?

    Isso é contraditório, no mínimo.

    E faz parecer que as lady´s do room estão apenas querendo convencer a si mesmas que são liberais, e querem apenas sexo de forma a não investir mais em uma relação de verdade, pois é arriscado demais sofrer.

    Tem muita falha nos argumentos.

  • Mary Jane (a orginal)

    pqp. escrevi um post imenso mas mandei como eprgunta. ê saco.

    Resumindo.

    Tanto faz se é certo ou errado, se a pessoa se sente bem ou não.

    O que ficou confuso no meu entendimento foi:

    Se a coisa é tão natural para as lady´s do room, já que está tão evidenciado no texto que mulheres n]ão são frágeis e emocionais assim, e bla bla bla…

    POR QUE DIABOS NAS TAIS DICAS, 3 DE 5, MENCIONAM OS “PERIGOS” QUE AS GAROTAS DEVEM EVITAR PARA NÃO ENVOLVEREM-SE EMOCIONALMENTE COM O DITO P.A.?

    Isso é contraditório, no mínimo.

    E faz parecer que as lady´s do room estão apenas querendo convencer a si mesmas que são liberais, e querem apenas sexo de forma a não investir mais em uma relação de verdade, pois é arriscado demais sofrer.

    Tem muita falha nos argumentos.

  • Mary Jane (a orginal)

    pqp. escrevi um post imenso mas mandei como eprgunta. ê saco.

    Resumindo.

    Tanto faz se é certo ou errado, se a pessoa se sente bem ou não.

    O que ficou confuso no meu entendimento foi:

    Se a coisa é tão natural para as lady´s do room, já que está tão evidenciado no texto que mulheres n]ão são frágeis e emocionais assim, e bla bla bla…

    POR QUE DIABOS NAS TAIS DICAS, 3 DE 5, MENCIONAM OS “PERIGOS” QUE AS GAROTAS DEVEM EVITAR PARA NÃO ENVOLVEREM-SE EMOCIONALMENTE COM O DITO P.A.?

    Isso é contraditório, no mínimo.

    E faz parecer que as lady´s do room estão apenas querendo convencer a si mesmas que são liberais, e querem apenas sexo de forma a não investir mais em uma relação de verdade, pois é arriscado demais sofrer.

    Tem muita falha nos argumentos.

  • Mary Jane (a orginal)

    antes que questionem.

    o “lady´s do room” foi proposital.

  • Mary Jane (a orginal)

    antes que questionem.

    o “lady´s do room” foi proposital.

  • Mary Jane (a orginal)

    antes que questionem.

    o “lady´s do room” foi proposital.

  • Mary Jane (a orginal)

    antes que questionem.

    o “lady´s do room” foi proposital.

  • Mary Jane (a orginal)

    antes que questionem.

    o “lady´s do room” foi proposital.

  • Mary Jane (a orginal)

    antes que questionem.

    o “lady´s do room” foi proposital.

  • Mary Jane (a orginal)

    antes que questionem.

    o “lady´s do room” foi proposital.

  • http://substantivolatil.com/ Mirian Bottan

    Opinião e gosto é que nem cu, gente. Eu acho deprimente, digam o que disserem, tenho esse direito.

    Me parece muito mais uma saída patética pra não se afogar no limbo da carência. Auto afirmação, e blablablous.

    Quero ver é pulso pra ficar sozinha e FELIZ sem ter que dar pro primeiro que aparece. Ou pro segundo, ou whatever.

    Tosco.

  • http://substantivolatil.com/ Mirian Bottan

    Opinião e gosto é que nem cu, gente. Eu acho deprimente, digam o que disserem, tenho esse direito.

    Me parece muito mais uma saída patética pra não se afogar no limbo da carência. Auto afirmação, e blablablous.

    Quero ver é pulso pra ficar sozinha e FELIZ sem ter que dar pro primeiro que aparece. Ou pro segundo, ou whatever.

    Tosco.

  • http://substantivolatil.com/ Mirian Bottan

    Opinião e gosto é que nem cu, gente. Eu acho deprimente, digam o que disserem, tenho esse direito.

    Me parece muito mais uma saída patética pra não se afogar no limbo da carência. Auto afirmação, e blablablous.

    Quero ver é pulso pra ficar sozinha e FELIZ sem ter que dar pro primeiro que aparece. Ou pro segundo, ou whatever.

    Tosco.

  • http://substantivolatil.com/ Mirian Bottan

    Opinião e gosto é que nem cu, gente. Eu acho deprimente, digam o que disserem, tenho esse direito.

    Me parece muito mais uma saída patética pra não se afogar no limbo da carência. Auto afirmação, e blablablous.

    Quero ver é pulso pra ficar sozinha e FELIZ sem ter que dar pro primeiro que aparece. Ou pro segundo, ou whatever.

    Tosco.

  • http://substantivolatil.com Mirian Bottan

    Opinião e gosto é que nem cu, gente. Eu acho deprimente, digam o que disserem, tenho esse direito.

    Me parece muito mais uma saída patética pra não se afogar no limbo da carência. Auto afirmação, e blablablous.

    Quero ver é pulso pra ficar sozinha e FELIZ sem ter que dar pro primeiro que aparece. Ou pro segundo, ou whatever.

    Tosco.

  • Calvin

    Mirian,

    Acho que você tem razão, em partes.

    Cada um é cada um, tem algumas que sofrem de afliceta, outras não gostam de sexo, outras são pansexuais e existem até algumas adeptas de zoofilia.

    Acho que cada um é cada um. Desde que não magoem ninguém, faz o que quiser.

    É lógico, a partir do momento que você entra na fogueira tem grandes chances de se queimar.

    Fechou a caravana da Zona Leste para Zion? Lembra do Matrix 2 onde depois do discurso do Morpheus tem a festa?

    Parece que vai ter outra… Levem camisinha.

    []“s

  • Calvin

    Mirian,

    Acho que você tem razão, em partes.

    Cada um é cada um, tem algumas que sofrem de afliceta, outras não gostam de sexo, outras são pansexuais e existem até algumas adeptas de zoofilia.

    Acho que cada um é cada um. Desde que não magoem ninguém, faz o que quiser.

    É lógico, a partir do momento que você entra na fogueira tem grandes chances de se queimar.

    Fechou a caravana da Zona Leste para Zion? Lembra do Matrix 2 onde depois do discurso do Morpheus tem a festa?

    Parece que vai ter outra… Levem camisinha.

    []“s

  • Calvin

    Mirian,

    Acho que você tem razão, em partes.

    Cada um é cada um, tem algumas que sofrem de afliceta, outras não gostam de sexo, outras são pansexuais e existem até algumas adeptas de zoofilia.

    Acho que cada um é cada um. Desde que não magoem ninguém, faz o que quiser.

    É lógico, a partir do momento que você entra na fogueira tem grandes chances de se queimar.

    Fechou a caravana da Zona Leste para Zion? Lembra do Matrix 2 onde depois do discurso do Morpheus tem a festa?

    Parece que vai ter outra… Levem camisinha.

    []“s

  • Calvin

    Mirian,

    Acho que você tem razão, em partes.

    Cada um é cada um, tem algumas que sofrem de afliceta, outras não gostam de sexo, outras são pansexuais e existem até algumas adeptas de zoofilia.

    Acho que cada um é cada um. Desde que não magoem ninguém, faz o que quiser.

    É lógico, a partir do momento que você entra na fogueira tem grandes chances de se queimar.

    Fechou a caravana da Zona Leste para Zion? Lembra do Matrix 2 onde depois do discurso do Morpheus tem a festa?

    Parece que vai ter outra… Levem camisinha.

    []“s

  • Calvin

    Mirian,

    Acho que você tem razão, em partes.

    Cada um é cada um, tem algumas que sofrem de afliceta, outras não gostam de sexo, outras são pansexuais e existem até algumas adeptas de zoofilia.

    Acho que cada um é cada um. Desde que não magoem ninguém, faz o que quiser.

    É lógico, a partir do momento que você entra na fogueira tem grandes chances de se queimar.

    Fechou a caravana da Zona Leste para Zion? Lembra do Matrix 2 onde depois do discurso do Morpheus tem a festa?

    Parece que vai ter outra… Levem camisinha.

    []“s

  • Calvin

    Mirian,

    Acho que você tem razão, em partes.

    Cada um é cada um, tem algumas que sofrem de afliceta, outras não gostam de sexo, outras são pansexuais e existem até algumas adeptas de zoofilia.

    Acho que cada um é cada um. Desde que não magoem ninguém, faz o que quiser.

    É lógico, a partir do momento que você entra na fogueira tem grandes chances de se queimar.

    Fechou a caravana da Zona Leste para Zion? Lembra do Matrix 2 onde depois do discurso do Morpheus tem a festa?

    Parece que vai ter outra… Levem camisinha.

    []“s

  • Calvin

    Mirian,

    Acho que você tem razão, em partes.

    Cada um é cada um, tem algumas que sofrem de afliceta, outras não gostam de sexo, outras são pansexuais e existem até algumas adeptas de zoofilia.

    Acho que cada um é cada um. Desde que não magoem ninguém, faz o que quiser.

    É lógico, a partir do momento que você entra na fogueira tem grandes chances de se queimar.

    Fechou a caravana da Zona Leste para Zion? Lembra do Matrix 2 onde depois do discurso do Morpheus tem a festa?

    Parece que vai ter outra… Levem camisinha.

    []“s

  • Calvin

    Mirian,

    Acho que você tem razão, em partes.

    Cada um é cada um, tem algumas que sofrem de afliceta, outras não gostam de sexo, outras são pansexuais e existem até algumas adeptas de zoofilia.

    Acho que cada um é cada um. Desde que não magoem ninguém, faz o que quiser.

    É lógico, a partir do momento que você entra na fogueira tem grandes chances de se queimar.

    Fechou a caravana da Zona Leste para Zion? Lembra do Matrix 2 onde depois do discurso do Morpheus tem a festa?

    Parece que vai ter outra… Levem camisinha.

    []“s

  • Calvin

    Mirian,

    Acho que você tem razão, em partes.

    Cada um é cada um, tem algumas que sofrem de afliceta, outras não gostam de sexo, outras são pansexuais e existem até algumas adeptas de zoofilia.

    Acho que cada um é cada um. Desde que não magoem ninguém, faz o que quiser.

    É lógico, a partir do momento que você entra na fogueira tem grandes chances de se queimar.

    Fechou a caravana da Zona Leste para Zion? Lembra do Matrix 2 onde depois do discurso do Morpheus tem a festa?

    Parece que vai ter outra… Levem camisinha.

    []“s

  • Calvin

    Mirian,

    Cada um é cada um, tem algumas que sofrem de afliceta, outras não gostam de sexo, outras são pansexuais e existem até algumas adeptas de zoofilia.

    Acho que cada um é cada um. Desde que não magoem ninguém, faz o que quiser.

    É lógico, a partir do momento que você entra na fogueira tem grandes chances de se queimar.

    Fechou a caravana da Zona Leste para Zion? Lembra do Matrix 2 onde depois do discurso do Morpheus tem a festa?

    Parece que vai ter outra… Levem camisinha.

    []“s

  • Calvin

    Mirian,

    Cada um é cada um, tem algumas que sofrem de afliceta, outras não gostam de sexo, outras são pansexuais e existem até algumas adeptas de zoofilia.

    Acho que cada um é cada um. Desde que não magoem ninguém, faz o que quiser.

    É lógico, a partir do momento que você entra na fogueira tem grandes chances de se queimar.

    Fechou a caravana da Zona Leste para Zion? Lembra do Matrix 2 onde depois do discurso do Morpheus tem a festa?

    Parece que vai ter outra… Levem camisinha.

    []“s

  • Calvin

    Mirian,

    Cada um é cada um, tem algumas que sofrem de afliceta, outras não gostam de sexo, outras são pansexuais e existem até algumas adeptas de zoofilia.

    Acho que cada um é cada um. Desde que não magoem ninguém, faz o que quiser.

    É lógico, a partir do momento que você entra na fogueira tem grandes chances de se queimar.

    Fechou a caravana da Zona Leste para Zion? Lembra do Matrix 2 onde depois do discurso do Morpheus tem a festa?

    Parece que vai ter outra… Levem camisinha.

    []“s

  • Calvin

    Mirian,

    Cada um é cada um, tem algumas que sofrem de afliceta, outras não gostam de sexo, outras são pansexuais e existem até algumas adeptas de zoofilia.

    Acho que cada um é cada um. Desde que não magoem ninguém, faz o que quiser.

    É lógico, a partir do momento que você entra na fogueira tem grandes chances de se queimar.

    Fechou a caravana da Zona Leste para Zion? Lembra do Matrix 2 onde depois do discurso do Morpheus tem a festa?

    Parece que vai ter outra… Levem camisinha.

    []“s

  • Calvin

    Mirian,

    Cada um é cada um, tem algumas que sofrem de afliceta, outras não gostam de sexo, outras são pansexuais e existem até algumas adeptas de zoofilia.

    Acho que cada um é cada um. Desde que não magoem ninguém, faz o que quiser.

    É lógico, a partir do momento que você entra na fogueira tem grandes chances de se queimar.

    Fechou a caravana da Zona Leste para Zion? Lembra do Matrix 2 onde depois do discurso do Morpheus tem a festa?

    Parece que vai ter outra… Levem camisinha.

    []“s

  • Calvin

    Mirian,

    Cada um é cada um, tem algumas que sofrem de afliceta, outras não gostam de sexo, outras são pansexuais e existem até algumas adeptas de zoofilia.

    Acho que cada um é cada um. Desde que não magoem ninguém, faz o que quiser.

    É lógico, a partir do momento que você entra na fogueira tem grandes chances de se queimar.

    Fechou a caravana da Zona Leste para Zion? Lembra do Matrix 2 onde depois do discurso do Morpheus tem a festa?

    Parece que vai ter outra… Levem camisinha.

    []“s

  • Calvin

    Mirian,

    Cada um é cada um, tem algumas que sofrem de afliceta, outras não gostam de sexo, outras são pansexuais e existem até algumas adeptas de zoofilia.

    Acho que cada um é cada um. Desde que não magoem ninguém, faz o que quiser.

    É lógico, a partir do momento que você entra na fogueira tem grandes chances de se queimar.

    Fechou a caravana da Zona Leste para Zion? Lembra do Matrix 2 onde depois do discurso do Morpheus tem a festa?

    Parece que vai ter outra… Levem camisinha.

    []“s

  • Calvin

    Mirian,

    Cada um é cada um, tem algumas que sofrem de afliceta, outras não gostam de sexo, outras são pansexuais e existem até algumas adeptas de zoofilia.

    Acho que cada um é cada um. Desde que não magoem ninguém, faz o que quiser.

    É lógico, a partir do momento que você entra na fogueira tem grandes chances de se queimar.

    Fechou a caravana da Zona Leste para Zion? Lembra do Matrix 2 onde depois do discurso do Morpheus tem a festa?

    Parece que vai ter outra… Levem camisinha.

    []“s

  • Calvin

    Mirian,

    Cada um é cada um, tem algumas que sofrem de afliceta, outras não gostam de sexo, outras são pansexuais e existem até algumas adeptas de zoofilia.

    Acho que cada um é cada um. Desde que não magoem ninguém, faz o que quiser.

    É lógico, a partir do momento que você entra na fogueira tem grandes chances de se queimar.

    Fechou a caravana da Zona Leste para Zion? Lembra do Matrix 2 onde depois do discurso do Morpheus tem a festa?

    Parece que vai ter outra… Levem camisinha.

    []“s

  • Calvin

    Mirian,

    Cada um é cada um, tem algumas que sofrem de afliceta, outras não gostam de sexo, outras são pansexuais e existem até algumas adeptas de zoofilia.

    Acho que cada um é cada um. Desde que não magoem ninguém, faz o que quiser.

    É lógico, a partir do momento que você entra na fogueira tem grandes chances de se queimar.

    Fechou a caravana da Zona Leste para Zion? Lembra do Matrix 2 onde depois do discurso do Morpheus tem a festa?

    Parece que vai ter outra… Levem camisinha.

    []“s

  • Calvin

    Mirian,

    Cada um é cada um, tem algumas que sofrem de afliceta, outras não gostam de sexo, outras são pansexuais e existem até algumas adeptas de zoofilia.

    Acho que cada um é cada um. Desde que não magoem ninguém, faz o que quiser.

    É lógico, a partir do momento que você entra na fogueira tem grandes chances de se queimar.

    Fechou a caravana da Zona Leste para Zion? Lembra do Matrix 2 onde depois do discurso do Morpheus tem a festa?

    Parece que vai ter outra… Levem camisinha.

    []“s

  • Igor_182

    Miriam, apoidado! As poucas mulheres que valem a pena pensam assim…

  • Igor_182

    Miriam, apoidado! As poucas mulheres que valem a pena pensam assim…

  • Igor_182

    Miriam, apoidado! As poucas mulheres que valem a pena pensam assim…

  • Igor_182

    Miriam, apoidado! As poucas mulheres que valem a pena pensam assim…

  • Igor_182

    Miriam, apoidado! As poucas mulheres que valem a pena pensam assim…

  • Igor_182

    Miriam, apoidado! As poucas mulheres que valem a pena pensam assim…

  • Igor_182

    Miriam, apoidado! As poucas mulheres que valem a pena pensam assim…

  • Igor_182

    Miriam, apoidado! As poucas mulheres que valem a pena pensam assim…

  • Caio

    Caramba, fico fora um dia e o papo só fica melhor.

    “Como é bom uma boa mesa redonda com uma ótima discussão, né verdade amigos e amigas?”

    Pô, se a galera morasse em Sampa, podia rolar uma mesa de bar, não? Fica a sugestão…

    Bom, teve muito comentário bom, e queria fazer uma ou outra perguntinha, mas infelizmente tô precisando mesmo de um bom sono (alguma BA tem uma cama confortável pra me acolher? Prometo sexo, mas só amanhã de manhã, hehe…). Só vou falar do mais recente, assim o papo continua e eu não fico meia hora lendo e escrevendo…

    Respondendo pra Mary Jane (a orginal): acho que se o Lady’s Room fosse um lugar que SÓ mulheres bem-esclarecidas que sabem tudo sobre PAs acessassem, não teria porque existir o Lady’s Room. Esses avisos sobre os “perigos” são pra explicitar alguns pontos para aquelas que lêem o Lady’s Room pois querem expandir seus horizontes. É na mesma linha daquilo que eu falei, “queria ver alguma mulher falar ‘gostei, nunca tentei e vou tentar’” (aliás, Nina, vamos conversar…).

    Abraços!

  • Caio

    Caramba, fico fora um dia e o papo só fica melhor.

    “Como é bom uma boa mesa redonda com uma ótima discussão, né verdade amigos e amigas?”

    Pô, se a galera morasse em Sampa, podia rolar uma mesa de bar, não? Fica a sugestão…

    Bom, teve muito comentário bom, e queria fazer uma ou outra perguntinha, mas infelizmente tô precisando mesmo de um bom sono (alguma BA tem uma cama confortável pra me acolher? Prometo sexo, mas só amanhã de manhã, hehe…). Só vou falar do mais recente, assim o papo continua e eu não fico meia hora lendo e escrevendo…

    Respondendo pra Mary Jane (a orginal): acho que se o Lady’s Room fosse um lugar que SÓ mulheres bem-esclarecidas que sabem tudo sobre PAs acessassem, não teria porque existir o Lady’s Room. Esses avisos sobre os “perigos” são pra explicitar alguns pontos para aquelas que lêem o Lady’s Room pois querem expandir seus horizontes. É na mesma linha daquilo que eu falei, “queria ver alguma mulher falar ‘gostei, nunca tentei e vou tentar’” (aliás, Nina, vamos conversar…).

    Abraços!

  • Caio

    Caramba, fico fora um dia e o papo só fica melhor.

    “Como é bom uma boa mesa redonda com uma ótima discussão, né verdade amigos e amigas?”

    Pô, se a galera morasse em Sampa, podia rolar uma mesa de bar, não? Fica a sugestão…

    Bom, teve muito comentário bom, e queria fazer uma ou outra perguntinha, mas infelizmente tô precisando mesmo de um bom sono (alguma BA tem uma cama confortável pra me acolher? Prometo sexo, mas só amanhã de manhã, hehe…). Só vou falar do mais recente, assim o papo continua e eu não fico meia hora lendo e escrevendo…

    Respondendo pra Mary Jane (a orginal): acho que se o Lady’s Room fosse um lugar que SÓ mulheres bem-esclarecidas que sabem tudo sobre PAs acessassem, não teria porque existir o Lady’s Room. Esses avisos sobre os “perigos” são pra explicitar alguns pontos para aquelas que lêem o Lady’s Room pois querem expandir seus horizontes. É na mesma linha daquilo que eu falei, “queria ver alguma mulher falar ‘gostei, nunca tentei e vou tentar’” (aliás, Nina, vamos conversar…).

    Abraços!

  • Caio

    Caramba, fico fora um dia e o papo só fica melhor.

    “Como é bom uma boa mesa redonda com uma ótima discussão, né verdade amigos e amigas?”

    Pô, se a galera morasse em Sampa, podia rolar uma mesa de bar, não? Fica a sugestão…

    Bom, teve muito comentário bom, e queria fazer uma ou outra perguntinha, mas infelizmente tô precisando mesmo de um bom sono (alguma BA tem uma cama confortável pra me acolher? Prometo sexo, mas só amanhã de manhã, hehe…). Só vou falar do mais recente, assim o papo continua e eu não fico meia hora lendo e escrevendo…

    Respondendo pra Mary Jane (a orginal): acho que se o Lady’s Room fosse um lugar que SÓ mulheres bem-esclarecidas que sabem tudo sobre PAs acessassem, não teria porque existir o Lady’s Room. Esses avisos sobre os “perigos” são pra explicitar alguns pontos para aquelas que lêem o Lady’s Room pois querem expandir seus horizontes. É na mesma linha daquilo que eu falei, “queria ver alguma mulher falar ‘gostei, nunca tentei e vou tentar’” (aliás, Nina, vamos conversar…).

    Abraços!

  • Caio

    Caramba, fico fora um dia e o papo só fica melhor.

    “Como é bom uma boa mesa redonda com uma ótima discussão, né verdade amigos e amigas?”

    Pô, se a galera morasse em Sampa, podia rolar uma mesa de bar, não? Fica a sugestão…

    Bom, teve muito comentário bom, e queria fazer uma ou outra perguntinha, mas infelizmente tô precisando mesmo de um bom sono (alguma BA tem uma cama confortável pra me acolher? Prometo sexo, mas só amanhã de manhã, hehe…). Só vou falar do mais recente, assim o papo continua e eu não fico meia hora lendo e escrevendo…

    Respondendo pra Mary Jane (a orginal): acho que se o Lady’s Room fosse um lugar que SÓ mulheres bem-esclarecidas que sabem tudo sobre PAs acessassem, não teria porque existir o Lady’s Room. Esses avisos sobre os “perigos” são pra explicitar alguns pontos para aquelas que lêem o Lady’s Room pois querem expandir seus horizontes. É na mesma linha daquilo que eu falei, “queria ver alguma mulher falar ‘gostei, nunca tentei e vou tentar’” (aliás, Nina, vamos conversar…).

    Abraços!

  • Caio

    Caramba, fico fora um dia e o papo só fica melhor.

    “Como é bom uma boa mesa redonda com uma ótima discussão, né verdade amigos e amigas?”

    Pô, se a galera morasse em Sampa, podia rolar uma mesa de bar, não? Fica a sugestão…

    Bom, teve muito comentário bom, e queria fazer uma ou outra perguntinha, mas infelizmente tô precisando mesmo de um bom sono (alguma BA tem uma cama confortável pra me acolher? Prometo sexo, mas só amanhã de manhã, hehe…). Só vou falar do mais recente, assim o papo continua e eu não fico meia hora lendo e escrevendo…

    Respondendo pra Mary Jane (a orginal): acho que se o Lady’s Room fosse um lugar que SÓ mulheres bem-esclarecidas que sabem tudo sobre PAs acessassem, não teria porque existir o Lady’s Room. Esses avisos sobre os “perigos” são pra explicitar alguns pontos para aquelas que lêem o Lady’s Room pois querem expandir seus horizontes. É na mesma linha daquilo que eu falei, “queria ver alguma mulher falar ‘gostei, nunca tentei e vou tentar’” (aliás, Nina, vamos conversar…).

    Abraços!

  • Caio

    Caramba, fico fora um dia e o papo só fica melhor.

    “Como é bom uma boa mesa redonda com uma ótima discussão, né verdade amigos e amigas?”

    Pô, se a galera morasse em Sampa, podia rolar uma mesa de bar, não? Fica a sugestão…

    Bom, teve muito comentário bom, e queria fazer uma ou outra perguntinha, mas infelizmente tô precisando mesmo de um bom sono (alguma BA tem uma cama confortável pra me acolher? Prometo sexo, mas só amanhã de manhã, hehe…). Só vou falar do mais recente, assim o papo continua e eu não fico meia hora lendo e escrevendo…

    Respondendo pra Mary Jane (a orginal): acho que se o Lady’s Room fosse um lugar que SÓ mulheres bem-esclarecidas que sabem tudo sobre PAs acessassem, não teria porque existir o Lady’s Room. Esses avisos sobre os “perigos” são pra explicitar alguns pontos para aquelas que lêem o Lady’s Room pois querem expandir seus horizontes. É na mesma linha daquilo que eu falei, “queria ver alguma mulher falar ‘gostei, nunca tentei e vou tentar’” (aliás, Nina, vamos conversar…).

    Abraços!

  • Caio

    Caramba, fico fora um dia e o papo só fica melhor.

    “Como é bom uma boa mesa redonda com uma ótima discussão, né verdade amigos e amigas?”

    Pô, se a galera morasse em Sampa, podia rolar uma mesa de bar, não? Fica a sugestão…

    Bom, teve muito comentário bom, e queria fazer uma ou outra perguntinha, mas infelizmente tô precisando mesmo de um bom sono (alguma BA tem uma cama confortável pra me acolher? Prometo sexo, mas só amanhã de manhã, hehe…). Só vou falar do mais recente, assim o papo continua e eu não fico meia hora lendo e escrevendo…

    Respondendo pra Mary Jane (a orginal): acho que se o Lady’s Room fosse um lugar que SÓ mulheres bem-esclarecidas que sabem tudo sobre PAs acessassem, não teria porque existir o Lady’s Room. Esses avisos sobre os “perigos” são pra explicitar alguns pontos para aquelas que lêem o Lady’s Room pois querem expandir seus horizontes. É na mesma linha daquilo que eu falei, “queria ver alguma mulher falar ‘gostei, nunca tentei e vou tentar’” (aliás, Nina, vamos conversar…).

    Abraços!

  • Caio

    Caramba, fico fora um dia e o papo só fica melhor.

    “Como é bom uma boa mesa redonda com uma ótima discussão, né verdade amigos e amigas?”

    Pô, se a galera morasse em Sampa, podia rolar uma mesa de bar, não? Fica a sugestão…

    Bom, teve muito comentário bom, e queria fazer uma ou outra perguntinha, mas infelizmente tô precisando mesmo de um bom sono (alguma BA tem uma cama confortável pra me acolher? Prometo sexo, mas só amanhã de manhã, hehe…). Só vou falar do mais recente, assim o papo continua e eu não fico meia hora lendo e escrevendo…

    Respondendo pra Mary Jane (a orginal): acho que se o Lady’s Room fosse um lugar que SÓ mulheres bem-esclarecidas que sabem tudo sobre PAs acessassem, não teria porque existir o Lady’s Room. Esses avisos sobre os “perigos” são pra explicitar alguns pontos para aquelas que lêem o Lady’s Room pois querem expandir seus horizontes. É na mesma linha daquilo que eu falei, “queria ver alguma mulher falar ‘gostei, nunca tentei e vou tentar’” (aliás, Nina, vamos conversar…).

    Abraços!

  • Marlon

    Eu acho que fórmulas não funcionam quando o assunto é comportamento.

    Esse post parece matéria da Capricho. (eu imagino :) )

    Acho interessante a parte das “regras”.

    E esta forma de comportamento ser chamada de “moda”.

    Como se as pessoas fossem reagir da mesma forma em situações idênticas. Como se pudesse criar um manual de instruções para relacionamentos. Como se fosse uma ciência exata.

    Catalogar comportamentos: muito estranho.

    Concordo com quem acha que o importante é ser feliz.

    Se seu modo de vida é diferente, tudo bem. Ele não precisa ser registrado em lugar nenhum, nem precisa ter um manual, nem ser batizado com um nome, etc. E ninguém precisa aceitar ou rejeitar. Ninguém tem nada a ver com sua vida.

    “Mas seja discreta, pois a sociedade não está preparada para aceitar este tipo de comportamento…”

    Sei lá… Quem se importa com o que a sociedade está preparada ou não pra aceitar? Isso soa como “seja uma vagabunda, mas faça cara de santinha”.

  • Marlon

    Eu acho que fórmulas não funcionam quando o assunto é comportamento.

    Esse post parece matéria da Capricho. (eu imagino :) )

    Acho interessante a parte das “regras”.

    E esta forma de comportamento ser chamada de “moda”.

    Como se as pessoas fossem reagir da mesma forma em situações idênticas. Como se pudesse criar um manual de instruções para relacionamentos. Como se fosse uma ciência exata.

    Catalogar comportamentos: muito estranho.

    Concordo com quem acha que o importante é ser feliz.

    Se seu modo de vida é diferente, tudo bem. Ele não precisa ser registrado em lugar nenhum, nem precisa ter um manual, nem ser batizado com um nome, etc. E ninguém precisa aceitar ou rejeitar. Ninguém tem nada a ver com sua vida.

    “Mas seja discreta, pois a sociedade não está preparada para aceitar este tipo de comportamento…”

    Sei lá… Quem se importa com o que a sociedade está preparada ou não pra aceitar? Isso soa como “seja uma vagabunda, mas faça cara de santinha”.

  • Marlon

    Eu acho que fórmulas não funcionam quando o assunto é comportamento.

    Esse post parece matéria da Capricho. (eu imagino :) )

    Acho interessante a parte das “regras”.

    E esta forma de comportamento ser chamada de “moda”.

    Como se as pessoas fossem reagir da mesma forma em situações idênticas. Como se pudesse criar um manual de instruções para relacionamentos. Como se fosse uma ciência exata.

    Catalogar comportamentos: muito estranho.

    Concordo com quem acha que o importante é ser feliz.

    Se seu modo de vida é diferente, tudo bem. Ele não precisa ser registrado em lugar nenhum, nem precisa ter um manual, nem ser batizado com um nome, etc. E ninguém precisa aceitar ou rejeitar. Ninguém tem nada a ver com sua vida.

    “Mas seja discreta, pois a sociedade não está preparada para aceitar este tipo de comportamento…”

    Sei lá… Quem se importa com o que a sociedade está preparada ou não pra aceitar? Isso soa como “seja uma vagabunda, mas faça cara de santinha”.

  • Marlon

    Eu acho que fórmulas não funcionam quando o assunto é comportamento.

    Esse post parece matéria da Capricho. (eu imagino :) )

    Acho interessante a parte das “regras”.

    E esta forma de comportamento ser chamada de “moda”.

    Como se as pessoas fossem reagir da mesma forma em situações idênticas. Como se pudesse criar um manual de instruções para relacionamentos. Como se fosse uma ciência exata.

    Catalogar comportamentos: muito estranho.

    Concordo com quem acha que o importante é ser feliz.

    Se seu modo de vida é diferente, tudo bem. Ele não precisa ser registrado em lugar nenhum, nem precisa ter um manual, nem ser batizado com um nome, etc. E ninguém precisa aceitar ou rejeitar. Ninguém tem nada a ver com sua vida.

    “Mas seja discreta, pois a sociedade não está preparada para aceitar este tipo de comportamento…”

    Sei lá… Quem se importa com o que a sociedade está preparada ou não pra aceitar? Isso soa como “seja uma vagabunda, mas faça cara de santinha”.

  • Marlon

    Eu acho que fórmulas não funcionam quando o assunto é comportamento.

    Esse post parece matéria da Capricho. (eu imagino :) )

    Acho interessante a parte das “regras”.

    E esta forma de comportamento ser chamada de “moda”.

    Como se as pessoas fossem reagir da mesma forma em situações idênticas. Como se pudesse criar um manual de instruções para relacionamentos. Como se fosse uma ciência exata.

    Catalogar comportamentos: muito estranho.

    Concordo com quem acha que o importante é ser feliz.

    Se seu modo de vida é diferente, tudo bem. Ele não precisa ser registrado em lugar nenhum, nem precisa ter um manual, nem ser batizado com um nome, etc. E ninguém precisa aceitar ou rejeitar. Ninguém tem nada a ver com sua vida.

    “Mas seja discreta, pois a sociedade não está preparada para aceitar este tipo de comportamento…”

    Sei lá… Quem se importa com o que a sociedade está preparada ou não pra aceitar? Isso soa como “seja uma vagabunda, mas faça cara de santinha”.

  • Marlon

    Eu acho que fórmulas não funcionam quando o assunto é comportamento.

    Esse post parece matéria da Capricho. (eu imagino :) )

    Acho interessante a parte das “regras”.

    E esta forma de comportamento ser chamada de “moda”.

    Como se as pessoas fossem reagir da mesma forma em situações idênticas. Como se pudesse criar um manual de instruções para relacionamentos. Como se fosse uma ciência exata.

    Catalogar comportamentos: muito estranho.

    Concordo com quem acha que o importante é ser feliz.

    Se seu modo de vida é diferente, tudo bem. Ele não precisa ser registrado em lugar nenhum, nem precisa ter um manual, nem ser batizado com um nome, etc. E ninguém precisa aceitar ou rejeitar. Ninguém tem nada a ver com sua vida.

    “Mas seja discreta, pois a sociedade não está preparada para aceitar este tipo de comportamento…”

    Sei lá… Quem se importa com o que a sociedade está preparada ou não pra aceitar? Isso soa como “seja uma vagabunda, mas faça cara de santinha”.

  • Marlon

    Eu acho que fórmulas não funcionam quando o assunto é comportamento.

    Esse post parece matéria da Capricho. (eu imagino :) )

    Acho interessante a parte das “regras”.

    E esta forma de comportamento ser chamada de “moda”.

    Como se as pessoas fossem reagir da mesma forma em situações idênticas. Como se pudesse criar um manual de instruções para relacionamentos. Como se fosse uma ciência exata.

    Catalogar comportamentos: muito estranho.

    Concordo com quem acha que o importante é ser feliz.

    Se seu modo de vida é diferente, tudo bem. Ele não precisa ser registrado em lugar nenhum, nem precisa ter um manual, nem ser batizado com um nome, etc. E ninguém precisa aceitar ou rejeitar. Ninguém tem nada a ver com sua vida.

    “Mas seja discreta, pois a sociedade não está preparada para aceitar este tipo de comportamento…”

    Sei lá… Quem se importa com o que a sociedade está preparada ou não pra aceitar? Isso soa como “seja uma vagabunda, mas faça cara de santinha”.

  • Marlon

    Eu acho que fórmulas não funcionam quando o assunto é comportamento.

    Esse post parece matéria da Capricho. (eu imagino :) )

    Acho interessante a parte das “regras”.

    E esta forma de comportamento ser chamada de “moda”.

    Como se as pessoas fossem reagir da mesma forma em situações idênticas. Como se pudesse criar um manual de instruções para relacionamentos. Como se fosse uma ciência exata.

    Catalogar comportamentos: muito estranho.

    Concordo com quem acha que o importante é ser feliz.

    Se seu modo de vida é diferente, tudo bem. Ele não precisa ser registrado em lugar nenhum, nem precisa ter um manual, nem ser batizado com um nome, etc. E ninguém precisa aceitar ou rejeitar. Ninguém tem nada a ver com sua vida.

    “Mas seja discreta, pois a sociedade não está preparada para aceitar este tipo de comportamento…”

    Sei lá… Quem se importa com o que a sociedade está preparada ou não pra aceitar? Isso soa como “seja uma vagabunda, mas faça cara de santinha”.

  • Marlon

    Não sra. Se pra sociedade issó é comportamento de vagabunda e vc é assim, seja uma vagabunda assumida.

  • Marlon

    Não sra. Se pra sociedade issó é comportamento de vagabunda e vc é assim, seja uma vagabunda assumida.

  • Marlon

    Não sra. Se pra sociedade issó é comportamento de vagabunda e vc é assim, seja uma vagabunda assumida.

  • Marlon

    Não sra. Se pra sociedade issó é comportamento de vagabunda e vc é assim, seja uma vagabunda assumida.

  • Marlon

    Não sra. Se pra sociedade issó é comportamento de vagabunda e vc é assim, seja uma vagabunda assumida.

  • Marlon

    Não sra. Se pra sociedade issó é comportamento de vagabunda e vc é assim, seja uma vagabunda assumida.

  • http://danielkiske.blogspot.com/ DaneDane

    Conheci este lance de “P.A”, a um tempo atrás, quando estava colocando fim em um namoro, e estavamos tendo “aquela” DR final… nos fins do assunto, após “desejarmos tudo de bom” para o outro, devolver algumas coisas, e tal, eis que me surge um :

    Ela – “não demos certo, mas nossa química na cama é perfeita, gosto muito de fazer sexo com vc, vc me dá prazer e bla bla bla… você quer ser meu P.A. ?

    EU – P.A. ??? que isso ?

    Ela – Pinto Amigo… quando eu me sentir carente e se eu ainda for solteira, nós fazemos sexo sem compromisso…

    EU – fiquei horrorizado

    sim, me assustei quando ouvi aquilo.
    eu comparo os “P.A” e as “B.A” como uma prostituição sem gastos… muitas pessoas quando estão subindo pelas paredes, a muito tempo sem sexo, recorrem a garotas de programas, sexo pós baladas com o primeiro(a) que aparece, ex namoradas, ou na falta das opções anteriores, masturbação…

    eu particularmente, não curto este lance de ser o pinto amigo de alguma mulher…

    se eu conheço uma mulher bonita, gostosa, tem uma química sexual comigo, com certeza, ao invés de ser um pinto amigo dela, quero ser um grande homem na vida dela, portanto, conquistaria a moça e teria ela do meu lado. um namoro, tal…

    seria burrice ter uma mulher gostosa/bonita/etc na mão e ser apenas um “P.A.”

    acho que os “P.A” funcionam mais para pessoas que não querem (ou não conseguem) ter relacionamento sério, ou querem ter os “P.A” como amantes, casos… sei lá

    se é um “P.A”, não é ficante, namorada, esposa, ou nada que crie laços de amor, paixão e desejo.

    PRA MIM, ser “P.A” é algo carnal. e, como diz uma amiga minha, “eu não sou um pedaço de carne”

    já fui P.A. sim… mas, acabou que rolava ciúmes, posse, e começou a surgir sentimentos…

    em outro caso, queria ser apenas um “P.A”… tirei a virgindade dela, ela com 24 anos (sim, é verdade)… perdeu sua virgindade comigo… mas tudo bem, eu seria um PA né?
    mas aí, ela se apaixonou, e daí pra frente, o que seria apenas uma trepadinha de vez em quando, se transformou num enorme peso na minha consciencia…

    “porra, a mulher se guardou a vida inteira, pra eu comer, não querer namorar e não me envolver”

    fiquei com isso 1 ano na cabeça…

    Não curto mesmo.

    Sozinho, namorando, casado ou o que quer que seja… eu sou feliz sozinho… e espero, alguém especial me cativar, aí sim, se tudo dá certo…

    Prefiro ficar sozinho, do que ter um monte de “Buceta amiga”, comer todas elas, gozar com o corpo, e sentir um vazio na alma.

    ahhhhh, viajei demais já…

    Não gosto. pronto.

  • http://danielkiske.blogspot.com/ DaneDane

    Conheci este lance de “P.A”, a um tempo atrás, quando estava colocando fim em um namoro, e estavamos tendo “aquela” DR final… nos fins do assunto, após “desejarmos tudo de bom” para o outro, devolver algumas coisas, e tal, eis que me surge um :

    Ela – “não demos certo, mas nossa química na cama é perfeita, gosto muito de fazer sexo com vc, vc me dá prazer e bla bla bla… você quer ser meu P.A. ?

    EU – P.A. ??? que isso ?

    Ela – Pinto Amigo… quando eu me sentir carente e se eu ainda for solteira, nós fazemos sexo sem compromisso…

    EU – fiquei horrorizado

    sim, me assustei quando ouvi aquilo.
    eu comparo os “P.A” e as “B.A” como uma prostituição sem gastos… muitas pessoas quando estão subindo pelas paredes, a muito tempo sem sexo, recorrem a garotas de programas, sexo pós baladas com o primeiro(a) que aparece, ex namoradas, ou na falta das opções anteriores, masturbação…

    eu particularmente, não curto este lance de ser o pinto amigo de alguma mulher…

    se eu conheço uma mulher bonita, gostosa, tem uma química sexual comigo, com certeza, ao invés de ser um pinto amigo dela, quero ser um grande homem na vida dela, portanto, conquistaria a moça e teria ela do meu lado. um namoro, tal…

    seria burrice ter uma mulher gostosa/bonita/etc na mão e ser apenas um “P.A.”

    acho que os “P.A” funcionam mais para pessoas que não querem (ou não conseguem) ter relacionamento sério, ou querem ter os “P.A” como amantes, casos… sei lá

    se é um “P.A”, não é ficante, namorada, esposa, ou nada que crie laços de amor, paixão e desejo.

    PRA MIM, ser “P.A” é algo carnal. e, como diz uma amiga minha, “eu não sou um pedaço de carne”

    já fui P.A. sim… mas, acabou que rolava ciúmes, posse, e começou a surgir sentimentos…

    em outro caso, queria ser apenas um “P.A”… tirei a virgindade dela, ela com 24 anos (sim, é verdade)… perdeu sua virgindade comigo… mas tudo bem, eu seria um PA né?
    mas aí, ela se apaixonou, e daí pra frente, o que seria apenas uma trepadinha de vez em quando, se transformou num enorme peso na minha consciencia…

    “porra, a mulher se guardou a vida inteira, pra eu comer, não querer namorar e não me envolver”

    fiquei com isso 1 ano na cabeça…

    Não curto mesmo.

    Sozinho, namorando, casado ou o que quer que seja… eu sou feliz sozinho… e espero, alguém especial me cativar, aí sim, se tudo dá certo…

    Prefiro ficar sozinho, do que ter um monte de “Buceta amiga”, comer todas elas, gozar com o corpo, e sentir um vazio na alma.

    ahhhhh, viajei demais já…

    Não gosto. pronto.

  • http://danielkiske.blogspot.com/ DaneDane

    Conheci este lance de “P.A”, a um tempo atrás, quando estava colocando fim em um namoro, e estavamos tendo “aquela” DR final… nos fins do assunto, após “desejarmos tudo de bom” para o outro, devolver algumas coisas, e tal, eis que me surge um :

    Ela – “não demos certo, mas nossa química na cama é perfeita, gosto muito de fazer sexo com vc, vc me dá prazer e bla bla bla… você quer ser meu P.A. ?

    EU – P.A. ??? que isso ?

    Ela – Pinto Amigo… quando eu me sentir carente e se eu ainda for solteira, nós fazemos sexo sem compromisso…

    EU – fiquei horrorizado

    sim, me assustei quando ouvi aquilo.
    eu comparo os “P.A” e as “B.A” como uma prostituição sem gastos… muitas pessoas quando estão subindo pelas paredes, a muito tempo sem sexo, recorrem a garotas de programas, sexo pós baladas com o primeiro(a) que aparece, ex namoradas, ou na falta das opções anteriores, masturbação…

    eu particularmente, não curto este lance de ser o pinto amigo de alguma mulher…

    se eu conheço uma mulher bonita, gostosa, tem uma química sexual comigo, com certeza, ao invés de ser um pinto amigo dela, quero ser um grande homem na vida dela, portanto, conquistaria a moça e teria ela do meu lado. um namoro, tal…

    seria burrice ter uma mulher gostosa/bonita/etc na mão e ser apenas um “P.A.”

    acho que os “P.A” funcionam mais para pessoas que não querem (ou não conseguem) ter relacionamento sério, ou querem ter os “P.A” como amantes, casos… sei lá

    se é um “P.A”, não é ficante, namorada, esposa, ou nada que crie laços de amor, paixão e desejo.

    PRA MIM, ser “P.A” é algo carnal. e, como diz uma amiga minha, “eu não sou um pedaço de carne”

    já fui P.A. sim… mas, acabou que rolava ciúmes, posse, e começou a surgir sentimentos…

    em outro caso, queria ser apenas um “P.A”… tirei a virgindade dela, ela com 24 anos (sim, é verdade)… perdeu sua virgindade comigo… mas tudo bem, eu seria um PA né?
    mas aí, ela se apaixonou, e daí pra frente, o que seria apenas uma trepadinha de vez em quando, se transformou num enorme peso na minha consciencia…

    “porra, a mulher se guardou a vida inteira, pra eu comer, não querer namorar e não me envolver”

    fiquei com isso 1 ano na cabeça…

    Não curto mesmo.

    Sozinho, namorando, casado ou o que quer que seja… eu sou feliz sozinho… e espero, alguém especial me cativar, aí sim, se tudo dá certo…

    Prefiro ficar sozinho, do que ter um monte de “Buceta amiga”, comer todas elas, gozar com o corpo, e sentir um vazio na alma.

    ahhhhh, viajei demais já…

    Não gosto. pronto.

  • http://danielkiske.blogspot.com/ DaneDane

    Conheci este lance de “P.A”, a um tempo atrás, quando estava colocando fim em um namoro, e estavamos tendo “aquela” DR final… nos fins do assunto, após “desejarmos tudo de bom” para o outro, devolver algumas coisas, e tal, eis que me surge um :

    Ela – “não demos certo, mas nossa química na cama é perfeita, gosto muito de fazer sexo com vc, vc me dá prazer e bla bla bla… você quer ser meu P.A. ?

    EU – P.A. ??? que isso ?

    Ela – Pinto Amigo… quando eu me sentir carente e se eu ainda for solteira, nós fazemos sexo sem compromisso…

    EU – fiquei horrorizado

    sim, me assustei quando ouvi aquilo.
    eu comparo os “P.A” e as “B.A” como uma prostituição sem gastos… muitas pessoas quando estão subindo pelas paredes, a muito tempo sem sexo, recorrem a garotas de programas, sexo pós baladas com o primeiro(a) que aparece, ex namoradas, ou na falta das opções anteriores, masturbação…

    eu particularmente, não curto este lance de ser o pinto amigo de alguma mulher…

    se eu conheço uma mulher bonita, gostosa, tem uma química sexual comigo, com certeza, ao invés de ser um pinto amigo dela, quero ser um grande homem na vida dela, portanto, conquistaria a moça e teria ela do meu lado. um namoro, tal…

    seria burrice ter uma mulher gostosa/bonita/etc na mão e ser apenas um “P.A.”

    acho que os “P.A” funcionam mais para pessoas que não querem (ou não conseguem) ter relacionamento sério, ou querem ter os “P.A” como amantes, casos… sei lá

    se é um “P.A”, não é ficante, namorada, esposa, ou nada que crie laços de amor, paixão e desejo.

    PRA MIM, ser “P.A” é algo carnal. e, como diz uma amiga minha, “eu não sou um pedaço de carne”

    já fui P.A. sim… mas, acabou que rolava ciúmes, posse, e começou a surgir sentimentos…

    em outro caso, queria ser apenas um “P.A”… tirei a virgindade dela, ela com 24 anos (sim, é verdade)… perdeu sua virgindade comigo… mas tudo bem, eu seria um PA né?
    mas aí, ela se apaixonou, e daí pra frente, o que seria apenas uma trepadinha de vez em quando, se transformou num enorme peso na minha consciencia…

    “porra, a mulher se guardou a vida inteira, pra eu comer, não querer namorar e não me envolver”

    fiquei com isso 1 ano na cabeça…

    Não curto mesmo.

    Sozinho, namorando, casado ou o que quer que seja… eu sou feliz sozinho… e espero, alguém especial me cativar, aí sim, se tudo dá certo…

    Prefiro ficar sozinho, do que ter um monte de “Buceta amiga”, comer todas elas, gozar com o corpo, e sentir um vazio na alma.

    ahhhhh, viajei demais já…

    Não gosto. pronto.

  • http://danielkiske.blogspot.com/ DaneDane

    Conheci este lance de “P.A”, a um tempo atrás, quando estava colocando fim em um namoro, e estavamos tendo “aquela” DR final… nos fins do assunto, após “desejarmos tudo de bom” para o outro, devolver algumas coisas, e tal, eis que me surge um :

    Ela – “não demos certo, mas nossa química na cama é perfeita, gosto muito de fazer sexo com vc, vc me dá prazer e bla bla bla… você quer ser meu P.A. ?

    EU – P.A. ??? que isso ?

    Ela – Pinto Amigo… quando eu me sentir carente e se eu ainda for solteira, nós fazemos sexo sem compromisso…

    EU – fiquei horrorizado

    sim, me assustei quando ouvi aquilo.
    eu comparo os “P.A” e as “B.A” como uma prostituição sem gastos… muitas pessoas quando estão subindo pelas paredes, a muito tempo sem sexo, recorrem a garotas de programas, sexo pós baladas com o primeiro(a) que aparece, ex namoradas, ou na falta das opções anteriores, masturbação…

    eu particularmente, não curto este lance de ser o pinto amigo de alguma mulher…

    se eu conheço uma mulher bonita, gostosa, tem uma química sexual comigo, com certeza, ao invés de ser um pinto amigo dela, quero ser um grande homem na vida dela, portanto, conquistaria a moça e teria ela do meu lado. um namoro, tal…

    seria burrice ter uma mulher gostosa/bonita/etc na mão e ser apenas um “P.A.”

    acho que os “P.A” funcionam mais para pessoas que não querem (ou não conseguem) ter relacionamento sério, ou querem ter os “P.A” como amantes, casos… sei lá

    se é um “P.A”, não é ficante, namorada, esposa, ou nada que crie laços de amor, paixão e desejo.

    PRA MIM, ser “P.A” é algo carnal. e, como diz uma amiga minha, “eu não sou um pedaço de carne”

    já fui P.A. sim… mas, acabou que rolava ciúmes, posse, e começou a surgir sentimentos…

    em outro caso, queria ser apenas um “P.A”… tirei a virgindade dela, ela com 24 anos (sim, é verdade)… perdeu sua virgindade comigo… mas tudo bem, eu seria um PA né?
    mas aí, ela se apaixonou, e daí pra frente, o que seria apenas uma trepadinha de vez em quando, se transformou num enorme peso na minha consciencia…

    “porra, a mulher se guardou a vida inteira, pra eu comer, não querer namorar e não me envolver”

    fiquei com isso 1 ano na cabeça…

    Não curto mesmo.

    Sozinho, namorando, casado ou o que quer que seja… eu sou feliz sozinho… e espero, alguém especial me cativar, aí sim, se tudo dá certo…

    Prefiro ficar sozinho, do que ter um monte de “Buceta amiga”, comer todas elas, gozar com o corpo, e sentir um vazio na alma.

    ahhhhh, viajei demais já…

    Não gosto. pronto.

  • http://danielkiske.blogspot.com/ DaneDane

    Conheci este lance de “P.A”, a um tempo atrás, quando estava colocando fim em um namoro, e estavamos tendo “aquela” DR final… nos fins do assunto, após “desejarmos tudo de bom” para o outro, devolver algumas coisas, e tal, eis que me surge um :

    Ela – “não demos certo, mas nossa química na cama é perfeita, gosto muito de fazer sexo com vc, vc me dá prazer e bla bla bla… você quer ser meu P.A. ?

    EU – P.A. ??? que isso ?

    Ela – Pinto Amigo… quando eu me sentir carente e se eu ainda for solteira, nós fazemos sexo sem compromisso…

    EU – fiquei horrorizado

    sim, me assustei quando ouvi aquilo.
    eu comparo os “P.A” e as “B.A” como uma prostituição sem gastos… muitas pessoas quando estão subindo pelas paredes, a muito tempo sem sexo, recorrem a garotas de programas, sexo pós baladas com o primeiro(a) que aparece, ex namoradas, ou na falta das opções anteriores, masturbação…

    eu particularmente, não curto este lance de ser o pinto amigo de alguma mulher…

    se eu conheço uma mulher bonita, gostosa, tem uma química sexual comigo, com certeza, ao invés de ser um pinto amigo dela, quero ser um grande homem na vida dela, portanto, conquistaria a moça e teria ela do meu lado. um namoro, tal…

    seria burrice ter uma mulher gostosa/bonita/etc na mão e ser apenas um “P.A.”

    acho que os “P.A” funcionam mais para pessoas que não querem (ou não conseguem) ter relacionamento sério, ou querem ter os “P.A” como amantes, casos… sei lá

    se é um “P.A”, não é ficante, namorada, esposa, ou nada que crie laços de amor, paixão e desejo.

    PRA MIM, ser “P.A” é algo carnal. e, como diz uma amiga minha, “eu não sou um pedaço de carne”

    já fui P.A. sim… mas, acabou que rolava ciúmes, posse, e começou a surgir sentimentos…

    em outro caso, queria ser apenas um “P.A”… tirei a virgindade dela, ela com 24 anos (sim, é verdade)… perdeu sua virgindade comigo… mas tudo bem, eu seria um PA né?
    mas aí, ela se apaixonou, e daí pra frente, o que seria apenas uma trepadinha de vez em quando, se transformou num enorme peso na minha consciencia…

    “porra, a mulher se guardou a vida inteira, pra eu comer, não querer namorar e não me envolver”

    fiquei com isso 1 ano na cabeça…

    Não curto mesmo.

    Sozinho, namorando, casado ou o que quer que seja… eu sou feliz sozinho… e espero, alguém especial me cativar, aí sim, se tudo dá certo…

    Prefiro ficar sozinho, do que ter um monte de “Buceta amiga”, comer todas elas, gozar com o corpo, e sentir um vazio na alma.

    ahhhhh, viajei demais já…

    Não gosto. pronto.

  • http://danielkiske.blogspot.com/ DaneDane

    Conheci este lance de “P.A”, a um tempo atrás, quando estava colocando fim em um namoro, e estavamos tendo “aquela” DR final… nos fins do assunto, após “desejarmos tudo de bom” para o outro, devolver algumas coisas, e tal, eis que me surge um :

    Ela – “não demos certo, mas nossa química na cama é perfeita, gosto muito de fazer sexo com vc, vc me dá prazer e bla bla bla… você quer ser meu P.A. ?

    EU – P.A. ??? que isso ?

    Ela – Pinto Amigo… quando eu me sentir carente e se eu ainda for solteira, nós fazemos sexo sem compromisso…

    EU – fiquei horrorizado

    sim, me assustei quando ouvi aquilo.
    eu comparo os “P.A” e as “B.A” como uma prostituição sem gastos… muitas pessoas quando estão subindo pelas paredes, a muito tempo sem sexo, recorrem a garotas de programas, sexo pós baladas com o primeiro(a) que aparece, ex namoradas, ou na falta das opções anteriores, masturbação…

    eu particularmente, não curto este lance de ser o pinto amigo de alguma mulher…

    se eu conheço uma mulher bonita, gostosa, tem uma química sexual comigo, com certeza, ao invés de ser um pinto amigo dela, quero ser um grande homem na vida dela, portanto, conquistaria a moça e teria ela do meu lado. um namoro, tal…

    seria burrice ter uma mulher gostosa/bonita/etc na mão e ser apenas um “P.A.”

    acho que os “P.A” funcionam mais para pessoas que não querem (ou não conseguem) ter relacionamento sério, ou querem ter os “P.A” como amantes, casos… sei lá

    se é um “P.A”, não é ficante, namorada, esposa, ou nada que crie laços de amor, paixão e desejo.

    PRA MIM, ser “P.A” é algo carnal. e, como diz uma amiga minha, “eu não sou um pedaço de carne”

    já fui P.A. sim… mas, acabou que rolava ciúmes, posse, e começou a surgir sentimentos…

    em outro caso, queria ser apenas um “P.A”… tirei a virgindade dela, ela com 24 anos (sim, é verdade)… perdeu sua virgindade comigo… mas tudo bem, eu seria um PA né?
    mas aí, ela se apaixonou, e daí pra frente, o que seria apenas uma trepadinha de vez em quando, se transformou num enorme peso na minha consciencia…

    “porra, a mulher se guardou a vida inteira, pra eu comer, não querer namorar e não me envolver”

    fiquei com isso 1 ano na cabeça…

    Não curto mesmo.

    Sozinho, namorando, casado ou o que quer que seja… eu sou feliz sozinho… e espero, alguém especial me cativar, aí sim, se tudo dá certo…

    Prefiro ficar sozinho, do que ter um monte de “Buceta amiga”, comer todas elas, gozar com o corpo, e sentir um vazio na alma.

    ahhhhh, viajei demais já…

    Não gosto. pronto.

  • http://danielkiske.blogspot.com/ DaneDane

    Conheci este lance de “P.A”, a um tempo atrás, quando estava colocando fim em um namoro, e estavamos tendo “aquela” DR final… nos fins do assunto, após “desejarmos tudo de bom” para o outro, devolver algumas coisas, e tal, eis que me surge um :

    Ela – “não demos certo, mas nossa química na cama é perfeita, gosto muito de fazer sexo com vc, vc me dá prazer e bla bla bla… você quer ser meu P.A. ?

    EU – P.A. ??? que isso ?

    Ela – Pinto Amigo… quando eu me sentir carente e se eu ainda for solteira, nós fazemos sexo sem compromisso…

    EU – fiquei horrorizado

    sim, me assustei quando ouvi aquilo.
    eu comparo os “P.A” e as “B.A” como uma prostituição sem gastos… muitas pessoas quando estão subindo pelas paredes, a muito tempo sem sexo, recorrem a garotas de programas, sexo pós baladas com o primeiro(a) que aparece, ex namoradas, ou na falta das opções anteriores, masturbação…

    eu particularmente, não curto este lance de ser o pinto amigo de alguma mulher…

    se eu conheço uma mulher bonita, gostosa, tem uma química sexual comigo, com certeza, ao invés de ser um pinto amigo dela, quero ser um grande homem na vida dela, portanto, conquistaria a moça e teria ela do meu lado. um namoro, tal…

    seria burrice ter uma mulher gostosa/bonita/etc na mão e ser apenas um “P.A.”

    acho que os “P.A” funcionam mais para pessoas que não querem (ou não conseguem) ter relacionamento sério, ou querem ter os “P.A” como amantes, casos… sei lá

    se é um “P.A”, não é ficante, namorada, esposa, ou nada que crie laços de amor, paixão e desejo.

    PRA MIM, ser “P.A” é algo carnal. e, como diz uma amiga minha, “eu não sou um pedaço de carne”

    já fui P.A. sim… mas, acabou que rolava ciúmes, posse, e começou a surgir sentimentos…

    em outro caso, queria ser apenas um “P.A”… tirei a virgindade dela, ela com 24 anos (sim, é verdade)… perdeu sua virgindade comigo… mas tudo bem, eu seria um PA né?
    mas aí, ela se apaixonou, e daí pra frente, o que seria apenas uma trepadinha de vez em quando, se transformou num enorme peso na minha consciencia…

    “porra, a mulher se guardou a vida inteira, pra eu comer, não querer namorar e não me envolver”

    fiquei com isso 1 ano na cabeça…

    Não curto mesmo.

    Sozinho, namorando, casado ou o que quer que seja… eu sou feliz sozinho… e espero, alguém especial me cativar, aí sim, se tudo dá certo…

    Prefiro ficar sozinho, do que ter um monte de “Buceta amiga”, comer todas elas, gozar com o corpo, e sentir um vazio na alma.

    ahhhhh, viajei demais já…

    Não gosto. pronto.

  • http://danielkiske.blogspot.com/ DaneDane

    Conheci este lance de “P.A”, a um tempo atrás, quando estava colocando fim em um namoro, e estavamos tendo “aquela” DR final… nos fins do assunto, após “desejarmos tudo de bom” para o outro, devolver algumas coisas, e tal, eis que me surge um :

    Ela – “não demos certo, mas nossa química na cama é perfeita, gosto muito de fazer sexo com vc, vc me dá prazer e bla bla bla… você quer ser meu P.A. ?

    EU – P.A. ??? que isso ?

    Ela – Pinto Amigo… quando eu me sentir carente e se eu ainda for solteira, nós fazemos sexo sem compromisso…

    EU – fiquei horrorizado

    sim, me assustei quando ouvi aquilo.
    eu comparo os “P.A” e as “B.A” como uma prostituição sem gastos… muitas pessoas quando estão subindo pelas paredes, a muito tempo sem sexo, recorrem a garotas de programas, sexo pós baladas com o primeiro(a) que aparece, ex namoradas, ou na falta das opções anteriores, masturbação…

    eu particularmente, não curto este lance de ser o pinto amigo de alguma mulher…

    se eu conheço uma mulher bonita, gostosa, tem uma química sexual comigo, com certeza, ao invés de ser um pinto amigo dela, quero ser um grande homem na vida dela, portanto, conquistaria a moça e teria ela do meu lado. um namoro, tal…

    seria burrice ter uma mulher gostosa/bonita/etc na mão e ser apenas um “P.A.”

    acho que os “P.A” funcionam mais para pessoas que não querem (ou não conseguem) ter relacionamento sério, ou querem ter os “P.A” como amantes, casos… sei lá

    se é um “P.A”, não é ficante, namorada, esposa, ou nada que crie laços de amor, paixão e desejo.

    PRA MIM, ser “P.A” é algo carnal. e, como diz uma amiga minha, “eu não sou um pedaço de carne”

    já fui P.A. sim… mas, acabou que rolava ciúmes, posse, e começou a surgir sentimentos…

    em outro caso, queria ser apenas um “P.A”… tirei a virgindade dela, ela com 24 anos (sim, é verdade)… perdeu sua virgindade comigo… mas tudo bem, eu seria um PA né?
    mas aí, ela se apaixonou, e daí pra frente, o que seria apenas uma trepadinha de vez em quando, se transformou num enorme peso na minha consciencia…

    “porra, a mulher se guardou a vida inteira, pra eu comer, não querer namorar e não me envolver”

    fiquei com isso 1 ano na cabeça…

    Não curto mesmo.

    Sozinho, namorando, casado ou o que quer que seja… eu sou feliz sozinho… e espero, alguém especial me cativar, aí sim, se tudo dá certo…

    Prefiro ficar sozinho, do que ter um monte de “Buceta amiga”, comer todas elas, gozar com o corpo, e sentir um vazio na alma.

    ahhhhh, viajei demais já…

    Não gosto. pronto.

  • http://danielkiske.blogspot.com DaneDane

    Conheci este lance de “P.A”, a um tempo atrás, quando estava colocando fim em um namoro, e estavamos tendo “aquela” DR final… nos fins do assunto, após “desejarmos tudo de bom” para o outro, devolver algumas coisas, e tal, eis que me surge um :

    Ela – “não demos certo, mas nossa química na cama é perfeita, gosto muito de fazer sexo com vc, vc me dá prazer e bla bla bla… você quer ser meu P.A. ?

    EU – P.A. ??? que isso ?

    Ela – Pinto Amigo… quando eu me sentir carente e se eu ainda for solteira, nós fazemos sexo sem compromisso…

    EU – fiquei horrorizado

    sim, me assustei quando ouvi aquilo.
    eu comparo os “P.A” e as “B.A” como uma prostituição sem gastos… muitas pessoas quando estão subindo pelas paredes, a muito tempo sem sexo, recorrem a garotas de programas, sexo pós baladas com o primeiro(a) que aparece, ex namoradas, ou na falta das opções anteriores, masturbação…

    eu particularmente, não curto este lance de ser o pinto amigo de alguma mulher…

    se eu conheço uma mulher bonita, gostosa, tem uma química sexual comigo, com certeza, ao invés de ser um pinto amigo dela, quero ser um grande homem na vida dela, portanto, conquistaria a moça e teria ela do meu lado. um namoro, tal…

    seria burrice ter uma mulher gostosa/bonita/etc na mão e ser apenas um “P.A.”

    acho que os “P.A” funcionam mais para pessoas que não querem (ou não conseguem) ter relacionamento sério, ou querem ter os “P.A” como amantes, casos… sei lá

    se é um “P.A”, não é ficante, namorada, esposa, ou nada que crie laços de amor, paixão e desejo.

    PRA MIM, ser “P.A” é algo carnal. e, como diz uma amiga minha, “eu não sou um pedaço de carne”

    já fui P.A. sim… mas, acabou que rolava ciúmes, posse, e começou a surgir sentimentos…

    em outro caso, queria ser apenas um “P.A”… tirei a virgindade dela, ela com 24 anos (sim, é verdade)… perdeu sua virgindade comigo… mas tudo bem, eu seria um PA né?
    mas aí, ela se apaixonou, e daí pra frente, o que seria apenas uma trepadinha de vez em quando, se transformou num enorme peso na minha consciencia…

    “porra, a mulher se guardou a vida inteira, pra eu comer, não querer namorar e não me envolver”

    fiquei com isso 1 ano na cabeça…

    Não curto mesmo.

    Sozinho, namorando, casado ou o que quer que seja… eu sou feliz sozinho… e espero, alguém especial me cativar, aí sim, se tudo dá certo…

    Prefiro ficar sozinho, do que ter um monte de “Buceta amiga”, comer todas elas, gozar com o corpo, e sentir um vazio na alma.

    ahhhhh, viajei demais já…

    Não gosto. pronto.

  • Isadora

    Excelente texto, tema da maior relevância, se queremos melhor compreender as relações entre homem e mulher no tempo em que vivemos nos dias de hoje, e por que não dizer, nessa virada de século.

    Século XXI, física quântica na parada, que nos demonstra que tudo tem a ver com tudo, “não se toca uma flor sem incomodar uma estrela”. Segundo esse princípio, nossas relações são como uma rede. Aqui fiz e isso vai repercutir sei lá onde, energeticamente… Uma loucura mesmo !

    Desculpem pela viagem, aparentemente estratosférica…
    Mas, não é à toa que estamos aqui nesse blog/ post, discutindo sobre tema tão fundamental, buscando algo , que no fim das contas é: como cada um descobre o seu próprio jeito de ser mais feliz, com mais/ menos,ou até sem sexo.

    Debate interessante e que trás questões da nossa contemporaneidade, em que mulheres e homens se expõem, narrando suas experiências, impressões, sensações, desejos, sobre um tema ainda tabu, entre muitos homens, principalmente, em relação a mulheres que têm um PA, e trepam sem compromisso.

    Como é bom saber que existem homens tão interessantes perdidos por aih/aqui, que se revelam livres pra encontrar o seu grande amor, mesmo entre uma que seja sua BA !

    Até porque estamos o tempo inteiro nos conhecendo/reconhecendo diante das situações que nos desafiam cotidianamente , diante de nossos sentimentos e da realidade concreta que vivenciamos nas relações afetivo/sexuais.

  • Isadora

    Excelente texto, tema da maior relevância, se queremos melhor compreender as relações entre homem e mulher no tempo em que vivemos nos dias de hoje, e por que não dizer, nessa virada de século.

    Século XXI, física quântica na parada, que nos demonstra que tudo tem a ver com tudo, “não se toca uma flor sem incomodar uma estrela”. Segundo esse princípio, nossas relações são como uma rede. Aqui fiz e isso vai repercutir sei lá onde, energeticamente… Uma loucura mesmo !

    Desculpem pela viagem, aparentemente estratosférica…
    Mas, não é à toa que estamos aqui nesse blog/ post, discutindo sobre tema tão fundamental, buscando algo , que no fim das contas é: como cada um descobre o seu próprio jeito de ser mais feliz, com mais/ menos,ou até sem sexo.

    Debate interessante e que trás questões da nossa contemporaneidade, em que mulheres e homens se expõem, narrando suas experiências, impressões, sensações, desejos, sobre um tema ainda tabu, entre muitos homens, principalmente, em relação a mulheres que têm um PA, e trepam sem compromisso.

    Como é bom saber que existem homens tão interessantes perdidos por aih/aqui, que se revelam livres pra encontrar o seu grande amor, mesmo entre uma que seja sua BA !

    Até porque estamos o tempo inteiro nos conhecendo/reconhecendo diante das situações que nos desafiam cotidianamente , diante de nossos sentimentos e da realidade concreta que vivenciamos nas relações afetivo/sexuais.

  • Isadora

    Excelente texto, tema da maior relevância, se queremos melhor compreender as relações entre homem e mulher no tempo em que vivemos nos dias de hoje, e por que não dizer, nessa virada de século.

    Século XXI, física quântica na parada, que nos demonstra que tudo tem a ver com tudo, “não se toca uma flor sem incomodar uma estrela”. Segundo esse princípio, nossas relações são como uma rede. Aqui fiz e isso vai repercutir sei lá onde, energeticamente… Uma loucura mesmo !

    Desculpem pela viagem, aparentemente estratosférica…
    Mas, não é à toa que estamos aqui nesse blog/ post, discutindo sobre tema tão fundamental, buscando algo , que no fim das contas é: como cada um descobre o seu próprio jeito de ser mais feliz, com mais/ menos,ou até sem sexo.

    Debate interessante e que trás questões da nossa contemporaneidade, em que mulheres e homens se expõem, narrando suas experiências, impressões, sensações, desejos, sobre um tema ainda tabu, entre muitos homens, principalmente, em relação a mulheres que têm um PA, e trepam sem compromisso.

    Como é bom saber que existem homens tão interessantes perdidos por aih/aqui, que se revelam livres pra encontrar o seu grande amor, mesmo entre uma que seja sua BA !

    Até porque estamos o tempo inteiro nos conhecendo/reconhecendo diante das situações que nos desafiam cotidianamente , diante de nossos sentimentos e da realidade concreta que vivenciamos nas relações afetivo/sexuais.

  • Isadora

    Excelente texto, tema da maior relevância, se queremos melhor compreender as relações entre homem e mulher no tempo em que vivemos nos dias de hoje, e por que não dizer, nessa virada de século.

    Século XXI, física quântica na parada, que nos demonstra que tudo tem a ver com tudo, “não se toca uma flor sem incomodar uma estrela”. Segundo esse princípio, nossas relações são como uma rede. Aqui fiz e isso vai repercutir sei lá onde, energeticamente… Uma loucura mesmo !

    Desculpem pela viagem, aparentemente estratosférica…
    Mas, não é à toa que estamos aqui nesse blog/ post, discutindo sobre tema tão fundamental, buscando algo , que no fim das contas é: como cada um descobre o seu próprio jeito de ser mais feliz, com mais/ menos,ou até sem sexo.

    Debate interessante e que trás questões da nossa contemporaneidade, em que mulheres e homens se expõem, narrando suas experiências, impressões, sensações, desejos, sobre um tema ainda tabu, entre muitos homens, principalmente, em relação a mulheres que têm um PA, e trepam sem compromisso.

    Como é bom saber que existem homens tão interessantes perdidos por aih/aqui, que se revelam livres pra encontrar o seu grande amor, mesmo entre uma que seja sua BA !

    Até porque estamos o tempo inteiro nos conhecendo/reconhecendo diante das situações que nos desafiam cotidianamente , diante de nossos sentimentos e da realidade concreta que vivenciamos nas relações afetivo/sexuais.

  • Isadora

    Excelente texto, tema da maior relevância, se queremos melhor compreender as relações entre homem e mulher no tempo em que vivemos nos dias de hoje, e por que não dizer, nessa virada de século.

    Século XXI, física quântica na parada, que nos demonstra que tudo tem a ver com tudo, “não se toca uma flor sem incomodar uma estrela”. Segundo esse princípio, nossas relações são como uma rede. Aqui fiz e isso vai repercutir sei lá onde, energeticamente… Uma loucura mesmo !

    Desculpem pela viagem, aparentemente estratosférica…
    Mas, não é à toa que estamos aqui nesse blog/ post, discutindo sobre tema tão fundamental, buscando algo , que no fim das contas é: como cada um descobre o seu próprio jeito de ser mais feliz, com mais/ menos,ou até sem sexo.

    Debate interessante e que trás questões da nossa contemporaneidade, em que mulheres e homens se expõem, narrando suas experiências, impressões, sensações, desejos, sobre um tema ainda tabu, entre muitos homens, principalmente, em relação a mulheres que têm um PA, e trepam sem compromisso.

    Como é bom saber que existem homens tão interessantes perdidos por aih/aqui, que se revelam livres pra encontrar o seu grande amor, mesmo entre uma que seja sua BA !

    Até porque estamos o tempo inteiro nos conhecendo/reconhecendo diante das situações que nos desafiam cotidianamente , diante de nossos sentimentos e da realidade concreta que vivenciamos nas relações afetivo/sexuais.

  • Isadora

    Excelente texto, tema da maior relevância, se queremos melhor compreender as relações entre homem e mulher no tempo em que vivemos nos dias de hoje, e por que não dizer, nessa virada de século.

    Século XXI, física quântica na parada, que nos demonstra que tudo tem a ver com tudo, “não se toca uma flor sem incomodar uma estrela”. Segundo esse princípio, nossas relações são como uma rede. Aqui fiz e isso vai repercutir sei lá onde, energeticamente… Uma loucura mesmo !

    Desculpem pela viagem, aparentemente estratosférica…
    Mas, não é à toa que estamos aqui nesse blog/ post, discutindo sobre tema tão fundamental, buscando algo , que no fim das contas é: como cada um descobre o seu próprio jeito de ser mais feliz, com mais/ menos,ou até sem sexo.

    Debate interessante e que trás questões da nossa contemporaneidade, em que mulheres e homens se expõem, narrando suas experiências, impressões, sensações, desejos, sobre um tema ainda tabu, entre muitos homens, principalmente, em relação a mulheres que têm um PA, e trepam sem compromisso.

    Como é bom saber que existem homens tão interessantes perdidos por aih/aqui, que se revelam livres pra encontrar o seu grande amor, mesmo entre uma que seja sua BA !

    Até porque estamos o tempo inteiro nos conhecendo/reconhecendo diante das situações que nos desafiam cotidianamente , diante de nossos sentimentos e da realidade concreta que vivenciamos nas relações afetivo/sexuais.

  • Isadora

    Excelente texto, tema da maior relevância, se queremos melhor compreender as relações entre homem e mulher no tempo em que vivemos nos dias de hoje, e por que não dizer, nessa virada de século.

    Século XXI, física quântica na parada, que nos demonstra que tudo tem a ver com tudo, “não se toca uma flor sem incomodar uma estrela”. Segundo esse princípio, nossas relações são como uma rede. Aqui fiz e isso vai repercutir sei lá onde, energeticamente… Uma loucura mesmo !

    Desculpem pela viagem, aparentemente estratosférica…
    Mas, não é à toa que estamos aqui nesse blog/ post, discutindo sobre tema tão fundamental, buscando algo , que no fim das contas é: como cada um descobre o seu próprio jeito de ser mais feliz, com mais/ menos,ou até sem sexo.

    Debate interessante e que trás questões da nossa contemporaneidade, em que mulheres e homens se expõem, narrando suas experiências, impressões, sensações, desejos, sobre um tema ainda tabu, entre muitos homens, principalmente, em relação a mulheres que têm um PA, e trepam sem compromisso.

    Como é bom saber que existem homens tão interessantes perdidos por aih/aqui, que se revelam livres pra encontrar o seu grande amor, mesmo entre uma que seja sua BA !

    Até porque estamos o tempo inteiro nos conhecendo/reconhecendo diante das situações que nos desafiam cotidianamente , diante de nossos sentimentos e da realidade concreta que vivenciamos nas relações afetivo/sexuais.

  • Isadora

    Excelente texto, tema da maior relevância, se queremos melhor compreender as relações entre homem e mulher no tempo em que vivemos nos dias de hoje, e por que não dizer, nessa virada de século.

    Século XXI, física quântica na parada, que nos demonstra que tudo tem a ver com tudo, “não se toca uma flor sem incomodar uma estrela”. Segundo esse princípio, nossas relações são como uma rede. Aqui fiz e isso vai repercutir sei lá onde, energeticamente… Uma loucura mesmo !

    Desculpem pela viagem, aparentemente estratosférica…
    Mas, não é à toa que estamos aqui nesse blog/ post, discutindo sobre tema tão fundamental, buscando algo , que no fim das contas é: como cada um descobre o seu próprio jeito de ser mais feliz, com mais/ menos,ou até sem sexo.

    Debate interessante e que trás questões da nossa contemporaneidade, em que mulheres e homens se expõem, narrando suas experiências, impressões, sensações, desejos, sobre um tema ainda tabu, entre muitos homens, principalmente, em relação a mulheres que têm um PA, e trepam sem compromisso.

    Como é bom saber que existem homens tão interessantes perdidos por aih/aqui, que se revelam livres pra encontrar o seu grande amor, mesmo entre uma que seja sua BA !

    Até porque estamos o tempo inteiro nos conhecendo/reconhecendo diante das situações que nos desafiam cotidianamente , diante de nossos sentime