[18+] De mulheres comuns e safadas: putaria para poucos

Bel

por
em às | Artigos e ensaios, Ladies Room, Sexo


Você está num bar, na casa de amigo, na balada ou numa festinha aleatória e conhece uma menina muito gata, muito gente boa. Ela é maneira, engraçada, dá um mole fodido para você e a conversa flui como se vocês se conhecessem há 10 mil anos. A tensão sexual é nítida, mas não chegaremos ao bem-bom: foquemo-nos na interação. As preliminares sociais, por assim dizer.

Não, amigão, não é assim que você trata uma menina que acabou de conhecer

Preliminares sociais

Por mais que ela seja linda e esteja dando mole, você vai apertar a bunda dela e fazer uma piadinha a respeito? Talvez sim, dependendo da brecha do momento, mas é bem improvável. Assim como é pouco provável que você fale daquela broxada antes do primeiro sexo anal com sua ex. Pode ser que vocês conversem tudo isso e mais um pouco, mas convenhamos, é raro. Para que tal intimidade aconteça, é necessário que vocês se identifiquem como unha-e-carne, jiló-e-talo, castanha-e-caju em poucos instantes. Não é impossível, apenas bem raro. O normal é que tais intimidades surjam com o tempo.

O mesmo se aplica ao sexo propriamente dito, como apontei no meu texto passado sobre mulheres, intimidade, safadeza e sexo. Muitos leitores questionaram:

Ser “puta” ou “não puta” depende agora não mais de transar ou não de primeira, mas sim do que a menina libera logo de primeira.

Tsc tsc, por favor… Liberar “tudo” – seja se entregar psicologicamente ou sexualmente – exige certo grau de conforto um com o outro. Intimidade e carinho fomentam a entrega mútua total, a vontade de se mostrar para o outro como não se mostra para ninguém. Confiar totalmente em qualquer um é uma ingenuidade que normalmente não tem bons resultados.

Vejamos a visão da mulher:

“Ah, e se eu quiser dar o cu e levar esporro na cara logo de primeira? Significa que sou puta?”

É claro que não.  E mesmo que ela faça de tudo, não significa que ela seja nada além de uma mulher com fantasias peculiares. Veja bem o caso da Lasciva, por exemplo, que inclusive publicou no PdH o manual “Deep throat em 7 passos“.  Uma mulher inteligente e bem decidida que não apenas faz de tudo na primeira vez, mas gosta disso e ainda conta tudo pra gente na internet! É algo reprovável? Jamais, de forma alguma… Pelo contrário, sou fã e leitora assídua. Mas quantas mulheres assim existem?

Se a mulher quiser cavalgar um cara no primeiro encontro, quem pode condená-la?

 

Realizar suas fantasias é um direito seu, mas a impressão que passa é que você faz de tudo com qualquer um que te dê tesão. Como diz a sábia Stoya, “homens não gostam de pensar que todo mundo já esteve ali”. Passa-se a impressão de que ela é um brinquedo a mercê da vontade do outro, que qualquer coisa que qualquer homem peça você faz. Como citei anteriormente, isso é coisa de mulher que tem fetiches específicos.

Da mesma forma que não conto tudo para todos, na primeira vez que faço sexo com um cara sou tachada de “meiguinha”. Só depois é que os adjetivos vão se intensificando: sedenta, devassa, minha gostosa, minha safada etc. Eu nunca fui do tipo que precisa da aprovação das outras pessoas (se assim fosse, não escrevia sobre sexo na internet pra todo mundo ver minha cara, né?), mas existem certas coisas que eu simplesmente não faço de primeira. Por “vergonha”? Será que este é o termo certo?

E nem me refiro às coisas cabulosas. Até mesmo alguns atos simples, como por exemplo fazer e receber sexo oral com contato visual. Tendo-se um relacionamento mais íntimo, tal ato torna-se padrão, mas qual não foi minha surpresa quando algumas amigas minhas me confessaram que nunca olharam nos olhos de seus namorados durante o oral. Elas disfarçam dando uma de “sensual” e jogando os cabelos no rosto por pura vergonha, o que já julgo ser um pudor demasiado e desnecessário.

Olhar requer intimidade?

 

De qualquer forma, retornamos à questão que pus no primeiro post: a puta safada existe, mas eu preciso de um mínimo de intimidade para deixar a bruxa à solta, e isso pouco tem a ver com a sua beleza, charme ou performance. É simplesmente uma questão de intimidade.

De coisas belas, sujas e gostosas

Ah, mas como eu era saidinha e porra-louca quando mais nova! Selvagem no auge dos meus 20 e poucos anos, saía, dançava, era desejada e escolhia o rapaz mais legal – nunca o mais bonito, por ironia do destino – para flertar mais seriamente. O tempo passou e meus dias de sexo leviano e descompromissado foram trocados por relacionamentos firmes e íntimos. Tal mudança me fez perceber que eu não sabia nada sobre sexo! Você aprende muito sobre homens quando foca mais em quantidade do que em qualidade, mas você aprende muito mais sobre pessoas – especialmente sobre si mesmo – quando se aventura na intimidade mais insólita de uma pessoa só.

Por exemplo, o tal do olhar nos olhos. Por mais rotineiro que seja, é algo que exige muita intimidade pra mim. Eu simplesmente não vou fazer um oral com carinha de safada em qualquer um, de forma alguma. É uma entrega que demanda intimidade, carinho, uma conexão além da física.

Tal conexão também é necessária, por exemplo, para o sexo anal, ainda tabu para muita gente. Sei que existem mulheres que adoram e que só atingem o clímax dessa forma mas, na minha visão, é um ato de submissão completa, de total entrega ao parceiro. Precisa-se de um conforto extremo um com o outro, assim como o meia-nove. Não tem nada demais: é apenas um sexo oral mútuo. Mas acho que se torna muito mais gostoso e promíscuo quando o casal tem uma cumplicidade plena para se lambuzar sem restrições um no outro. Fazer por fazer não vale à pena.

Outra coisa que é furada fazer de forma leviana são os swings, ménages e surubas. Terreno perigosíssimo, posto que é necessário uma parceria e intimidade nível bróder para colocar outras pessoas no relacionamento. É muito fácil a garota aceitar um ménage só para agradar o parceiro e ficar se roendo de ciúmes depois. Para tal assunto surgir em pauta também é necessário aceitar totalmente o desejo do outro. Uma vez, o tema “ménage a trois” surgiu com um ex-namorado e eu disse que dependia muito de encontrar a garota certa. Pra minha completa surpresa, a resposta dele foi:

“Garota? Eu tava pensando em um outro homem.”

Dividir sua namorada pode ser divertido

 

Isso só mostra que, por mais liberal que você seja, existem coisas que ainda surpreendem e testam/ultrapassam seus limites. Na época eu não topei o ménage, e acho que dificilmente toparia. O tempo passou e graças aos céus agora eu tenho um namorado, digamos, “normal”. (Sem preconceitos, mas acho que a maioria dos rapazes preferem duas moças, certo?)

Falando em normalidades, outra coisa que é bem comum mas exige intimidade é o tal do dirty talking. Eu tenho o terrível mal da verborragia, e com gemidos a coisa não é diferente. Já me zoaram muito porque eu gemo de prazer até mesmo quando devoro alguma refeição muito deliciosa. Imagina a barulheira em outras situações tão ou mais prazerosas… Pode tampar minha boca, me sufocar ou me dar uma fronha pra morder: controlar vocalizações pra mim é difícil. Ainda assim, tem um naipe de baixarias que apenas o namorado está destinado a ouvir. Em fodas levianas fala-se o leviano, mas as putarias mais íntimas e deliciosas… há de se chegar até lá.

Freud explica por que alguns homens têm tesão em gozar no rosto das mulheres?

Uma vez  levei uma amiga minha recém-casada na sex shop. E ela estava bolada porque o marido começou a pedir pra gozar na cara dela, e ela com mil minhocas na cabeça.

“Será que ele está me desvalorizando? Será que ele está perdendo o tesão em mim? Por que ele está fazendo isso agora?”

Tranquilizei a moça com o seguinte pensamento: ele sempre teve esse tesão em ser dominador, mas só agora se sentiu confortável para submeter a esposa a isso. Abraça o papel de putinha, amiga! Ele é seu macho, uai. Se ele sente tesão nisso, e se receber uma porrinha ocasionalmente não te incomoda, vai na fé e dá corda pra fantasia dele! Isso só vai fortalecer a relação.


Link Vimeo | Quem não curte?

 

Aliás, é interessante que homens que curtem essa parada de gozar na cara da mulher geralmente curtem também o tal do tapinha. Essa é clichezíssima! Tal manobra, creio eu, contém muito mais receio do homem do que dá mulher, afinal, não dá para o cara saber a reação da moça que leva um. Entretanto, da mesma forma que eu desconfio da performance sexual de um homem que não come de tudo, desconfio da capacidade de ser safadinha de uma menina que reclama de uns tapas. Um belo tapa na bunda de uma mulher é um “puta merda, como você é gostosa!”. Assim como um belo apertão na bochecha de um nenê é um “puta merda, como você é fofinho!”. É saudável e recomendável não apenas receber um belo de um tapa com um gemido de prazer, mas também pedir por isso, provocar isso com esfregadas e gemidos estratégicos.  Opa, mas que papo quente, hein? Acho que já deu por aqui.

Para concluir rapidamente – de repente surgiram coisas melhor pra fazer, if you know what I mean –, não precisamos julgar ninguém: nem porque fez-se sexo de primeira, nem porque fez-se um sexo clichê, ou selvagem ou na beira de um penhasco com uma plateia olhando. Estamos falando do que “normalmente” acontece, e “normalmente” os primeiros sexos num terreno novo são rascunhos. Quanto mais se pratica, mais próximo se chega de uma obra-prima.

Bel

Paradoxal, crítica, chata, bebum, adepta do hedonismo e misantropia. Mas é uma boa pessoa. No Twitter: @lemonndrop.


Outros artigos escritos por


SEPARAMOS MAIS TEXTOS PARA VOCÊ CONTINUAR LENDO




O texto acima não representa a opinião do PapodeHomem. Conheça a visão e a essência por trás do que fazemos. Queremos uma discussão de alto nível. Antes de comentar, leia nossas boas práticas. Caso deseje enviar um texto e se tornar um autor, venha por aqui.


  • Dado Teles

    Um belo tapa na bunda de uma mulher é um “puta merda, como você é gostosa!”

    Melhor definição, impossível!

    • milena

      oi

    • anonimo

      poxa vendo um site desse
      tomen vergonha voçe ja tem idade

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100000104077969 Guilherme Casimiro

    Caralho, Bel.

    :)

  • http://www.facebook.com/viictor7 Victor Alexandre

    Se não me engano já comentei um texto seu, sobre um assunto parecido com este. De fato, não só as mulheres, mas, homens também, não se soltam totalmente a primeiro contato. Sexo, pra mim, é algo relacionado com aquela química, com a troca de olhares. Raramente uma mulher se solta rápido. E isso, só se descobre com um relacionamento mais íntimo, com uma unica pessoa.

    Adorei saber que você geme gostoso. Aliás, todos os homens adoram uma mulher que sabe a diferença entre um gemido espontâneo e um grito escandaloso que as vezes até tira o tesão do homem.

    Sobre ménage, me considero um homem ‘normal’. Já fiz com duas mulheres. Porém, já fiz com uma mulher e uma amigo meu… Calmaaaa. Eu não fiz nada com ele. Apenas com ela. E ele também só fez com ela. Simples assim.

    Enfim, sexo é entrega, confiança e vai também da mentalidade da pessoa. Meu mais alto grau de putaria, reservo para poucas.

    Ótimo texto Bel, sua linda!

  • http://www.hynd.com.br/ Jorge Maluf

    Curti a última frase do texto, que praticamente resume tudo.

    “normalmente” os primeiros sexos num terreno novo são rascunhos. Quanto mais se pratica, mais próximo se chega de uma obra-prima. 

    É quase sempre assim mesmo. Por isso que na maioria das vezes um one night stand não da pra aproveitar tando como outros encontros com a mesma pessoa. :)

    Um beijo e ótima passagem de ano. ^^

  • http://diariosproibidos.blogspot.com/ Samyta Nunes

    Que delícia de texto, Bel! I can totally relate!!!
    Beijos!

  • André Kaminski

    Curto os textos da Bel e suas críticas, por sinal, no texto da guria que odiava tapas na bunda, o cara que disse que ela devia ser um porre no sexo “desconfiando do desempenho sexual dela” foi massacrado nos comentários. Por sinal, concordando com você, postei o mesmo wallpaper que gerou aquele texto do “desconfie do desempenho sexual de um homem que não come de tudo” naquela época.

    No mais, é sempre bastante enriquecedor ver a visão feminina sem pregas sociais e sem medo de julgamentos como o de seus textos. Dá para se perceber nitidamente a segurança de suas visões e de suas palavras, sem aquele receio de “eu digo mas não faço, eu gosto mas não gosto” que muitos dos homens percebem em algumas mulheres. Isso sempre nos ajuda a refletir e a repensar sobre o assunto.

    Agradeço pela excelente leitura de final de ano.

  • http://www.umpapolivre.com Paulo Roberto

    Muito bom o texto, Bel.

    Se bem que esses GIFs se movendo (por melhor que sejam), são pertubadores na hora de ler.

  • http://twitter.com/lemonndrop Bel

    depois venha com tempo e comente os tópicos que desejar! =**

  • http://twitter.com/lemonndrop Bel

    uau, a sua intensidade de entrega não é pra qualquer um MESMO. 

  • http://twitter.com/lemonndrop Bel

    eu imaginei que o tal do gozo na cara e o menage tivessem a ver com dominação, mas você conseguiu explicar bem em que se baseia tal desejo. é pegar essa mulher furacão aí que você citou e dominar até quase à “humilhação” (consentida e saudável), deve dar uma sensação de poder mesmo. 

    • marcos gomes

      conserteza na hora ela e puta pra mim.

  • http://twitter.com/lemonndrop Bel

    vem cá então, çua limda! também sou sua fã, tem horas que me refreio demais no que escrevo e fico pensando “ahh, se eu fosse anônima que nem a Lasciva…”. esse texto teria umas três páginas a mais. 

    • Rodolfo Viana

      a lasciva não é anônima. o nome dela é jorge. ela é um desses gordinhos que ficam na frente do PC comento cheetos e vendo pornografia, saca?

      ou não.

      • Anônimo

        tudo verdade! adoro cheetos enquanto assisto porn, durante a madrugada. e também curto que o Rodolfo me chame de Jorge, quando estou comendo ele.

      • Rodolfo Viana

        eu adoro.

  • Lucas

    Quer casar comigo?

  • http://twitter.com/BrisaFeliz Fernanda Magalhães

    ” Eu desconfio da performance sexual de um homem que não come de tudo, desconfio da capacidade de ser safadinha de uma menina que reclama de uns tapas”.

    Bel, delicia!

    Um 2012 cheio de tesão pela vida, a todos!

    • marcos gomes

      a mulher e so abrir as pernas, pra mim sentir prazer e só goza

    • Edson

      Oi Faço td com Vc.Bjs

  • Rodrigo

    Nada melhor que um texto da Bel pra fechar o ano!
    E concordo com o lance da intimidade, independente de fazer tudo ou não minhas fodas mais memoraveis foram com garotas que eu tinha bem mais intimidade pessoal/sexual, sem falar naquele momento em que ela perde a vergonha e passa a pedir/fazer as coisas que não fazia de inicio.

  • http://www.facebook.com/viictor7 Victor Alexandre

    Adoro mulheres decididas! Nem sei o que tô fazendo do outro lado do Brasil né…

    • milena

      oi

  • Rodolfo Viana

    eu concordo. o pdh não é mais o mesmo. este foi o pior post que li aqui. volta dr love.

  • mi

    UAU! Caso você não seja comprometido, considere o seguinte comentário: que sorte seria esbarrar com você. 

  • http://tenholaminhasduvidas.blogspot.com/ Marcelle Araky

    Gustavo, entendo que tenha suas convicções, e longe de mim me associar ao feminismo, mas também não me vejo como referência dentro de um discurso que tem clara intenção de ser machista, por mais que houvesse uma boa intenção por trás disso.

    Eu faço as minhas escolhas e elas são referentes à minha consciência, sem embasamento em qualquer movimento social, político ou filosófico. O meio-termo é a melhor pedida. Parece-me que alguns povos chamam de “bom senso”, mas admito que estou um tanto sem vontade de debater o tema, já que este é um espaço sobre SEXO e esmiuçar uma declaração infeliz me tira o tesão.Acima do período de festas, desejo a você um feliz ano novo!

  • rgm melo

    Intimidade é tudo. Torna a foda muito mais foda!

  • http://twitter.com/filipe_coxa luiz filipe

    Sou teu fã……..

  • http://twitter.com/ninaaubasi Nina Aubasi .

    Foda!
     
    Melhor trecho: Abraça o papel de putinha, amiga! Ele é seu macho, uai. 

    • rafael henrique

      oi gata aqui quem fala eo rei do
      sexooooooo

      • rafael henrique

        hahahahaha vc que fazer sexo comigo
        vc nao vai searepender

    • netinh

      que fazer sexo vei comigo

  • Alice

    Coitado de você e de todos os homens que perderam as melhores mulheres por causa desse pensamentozinho. E namoraram ou casaram com aquelas que tocaram o terror dando na primeira pra um monte de caras, menos pra vocês, seus trouxas. E para de ouvir seu pai: ele não faz ideia do que é ser jovem em uma época em que as mulheres podem expressar de forma mais livre seus desejos (provavelmente ele trai a sua mãe pra realizar as fantasias que ele não conta pra ela por ‘respeito’). 

  • Alice

    Bem, caso você não seja comprometido, é você que eu quero conhecer. ;) rsrs Concordo com o que você disse, claro.

  • Alice

    Essa história de etiqueta sexual é simplesmente ridícula. Coisa de
    revista de dois reais (tenho um exemplar em casa de uma que se chama
    “Mulher dia a dia” que mostro para minhas amigas, para que elas NÃO
    levem em consideração). Sem contar que você sempre fala em padrões de
    NORMALIDADE. E se esquece de que a simples ideia de uma mulher ter tesão
    (ou orgasmo, né, Freud?), ou seja, querer mesmo trepar com um homem e
    sentir prazer no ato até há pouco tempo era considerada estapafúrdia. Ou
    seja, que é normalidade, cara pálida? O que faz a maioria? Bem, na
    China espancar a esposa é visto como normal por quase 100% dos homens. No Brasil, o casamento gay é rejeitado por 70% das pessoas. E
    aí? Dá pra pensar que normalidade é maioria? Você tem todo direito de querer ser chamada de puta apenas por seus
    namorados. Eu tenho o direito de não querer ser chamada de puta por
    ninguém. Mas tenho todo o direito de querer tudo na cama, da primeira à última vez, a depender do tesão. Com essa etiqueta toda que você usa, Bel,o sexo casual tem uma bela chance de ser entediante.
    ps: não sei como as pessoas não enxergam a arbitrariedade de coisas como: pode fazer sexo oral, mas não pode olhar nos olhos ou pode fazer e receber sexo oral, mas não pode 69 e por aí vai.

    • Edson

      Oi gata quero te Conhecer.Bjs

    • xande vale tudo

      é isso ai, na cama e em quatro paredes vale tudo, adoro gozar na cara da minha esposa xupar sua xota gostosa e adoro que ele chupa meu caralho e meu cu

  • Gustavo Franco Falcão

    Volto a repetir e por mais que muitas não aceitem ouvir, não estou entrando nas questões abordadas no texto na minha concepção todos não livres para desejarem o que quiser, para formular seus próprios conceitos e vontades a questão não é essa, a intenção do meu comentário não é reprimir esse tipo de manifestação feminina, caso a mulher sinta vontade de se entregar de primeira, não há problema alguma nisso, concordo com as posições pessoais expostas pela autora do texto.

    O que quis dizer em um dos comentários acima foi que de uma forma bem simplista e resumidamente falando, é um ótimo conhecer uma mulher interessantes, linda, gostosa, inteligente, ficar com ela e comer na primeira noite rs. Eu particularmente acho o máximo, já fiz diversas vezes e jah conheci várias garotas nas quais fiz sexo na primeira noite, baladas, barzinhos, etc …

    O fato é que, por mai que não muito bem aceitável pela comunidade feminina, é que nenhum Homem, e quando falo nenhum é quase nenhuma ou a grande maioria, não se apaixonaria por uma mulher que entregasse pra ele na primeira noite, óbvio a exceções, talvez muitas, mas a grande maioria Não !! Volto a repitir que a intenção não é reprimir e vou a repitir também que é muito bom o sexo casual, mas dentre os Homens que conheci e que troquei experiências de todas as idades possíveis, as mulheres que mais abalaram seus corações foram aquelas que tiverem que ser conquistadas, descobertas, pois esse é o verdadeiro proposito masculino no campo “Relacionamentos”. Agora se a intenção da mulher não é ter nada sério, apenas se divertir e curtir um bom sexo casual, o meu comentário acima não se emprega para este caso. Enfim a opinião é livre !

    • Alice

      Gustavo, homens como você não valem a pena para mulheres como eu. E mulheres como eu não valem a pena para homens como você. Está tudo no seu devido lugar. Você não consegue se distanciar do que é dito pela maioria dos homens e perceber que ser diferente deles é mais humano, digno, melhor.  “Garotas nas quais fiz sexo” é um exemplo de como a mulher é só um vaso pra você, é onde você deposita sua fraqueza de macho que não sabe respeitar o desejo da parceira, a liberdade dela, a escolha, o tesão. Quem sabe respeitar a liberdade faz sexo “com” e não “em” alguém.

  • http://www.facebook.com/people/Renan-Junqueira/100002632243996 Renan Junqueira

    Um belo tapa na bunda de uma mulher é um “puta merda, como você é gostosa!” – melhor definição IMPOSSIVEL!!! parabens pelo texto! Parabens Bel!

  • http://www.facebook.com/people/José-Najib-Abboud/100001560579048 José Najib Abboud

    “Um belo tapa na bunda de uma mulher é um “puta merda, como você é gostosa!”. Não há figura de linguagem que traduza melhor um belo tapa! Hahaha..sensacional!

  • Lokeshh

    Gosto de dar liberdade de expressão para minha parceira, as mulheres tem muitas vontades e desejos que gostariam de dar asas, mas não o fazem por receio de serem mal compreendidas o que geralmente acontece. O bom bom mesmo é se soltar, fazer oque tiver vontade na hora que tiver vontade, claro que não pode ser com qualquer pessoa, pois como já foi dito, isso precisa da básica “cumplicidade”.
    Tem que transar gostoso e quente meeeessssmo, but…escolha bem pois muitos homens ainda não entenderam que as mulheres também adoram gozar.

    Texto delicioso!!!

    • Virginia

      Parabéns, vc é raridade. 

  • Luciane

    Adorei o que escreveu. Sou uma mulher que gosta de homem da mesma forma que um homem gosta de mulher. Simples como beber água. Não somos personagens, somos humanos, somos iguais, temos desejos e vontades. Há momentos em que somos caça e outros caçadores. Gosto do sangue correndo quente, do coração disparado, desprezo estereótipos. É na entrega que doamos nossos demônios para sermos abençoados como anjos.

  • Katy Cris

    Também penso assim….já transei com dois caras e foi bom demais….
    O “normalzinho” é pouco pra mim…e o que a sociedade pensa, pouco me interessa! 

    • fernando

      ola gata

      • fernando

        vc mora
        onde

    • marcos gomes

      normal ea vida isso e pouco ja transou com um cavalo.

    • ivan

      q pena q nos naõ nosconhece

    • felipe

      eu quado vi vc eu gosei

    • paulo

      isso mesmo linda me add no face pra gnt c conhcere melhor duinpaulocesar

    • gibson

      oiiie

    • luan

      oi amoh

    • luan

      linda tem face !”

    • creu

      vc gosta de conheser pessoas espesial miliga linda

    • marcio carioca

      oi linda me me manda um comvite pla min nofeice marcio silva alves jae goistoza

    • manel

      o gostosa

    • kaike

      vc e o sonho dequalquer homem gostosa

    • gustavo

      Oiiii lindona

    • mark

      me liga gata e vem tranzar comigo e meu amigo ver se vc aguenta 62 91205941

    • antonio

      oi

  • Safada sim, tapa não

    Um belo tapa na minha bunda ou um belo apertão no meu peito pra mim é um: “puta merda, seu idiota, tá me atrapalhando seu imbecil!”.
    Tem coisas q requerem mais intimidade comigo sim, coisas ligeiramente diferentes desse “normal” do texto.

    Eu incluiria no rascunho evitar essa merda toda de machucar, bater, apertar e deixar marcas.

  • Juh_gyn

    Sensacional!!! Bjos Bel, virei sua fã!

  • Raquel Dória

     Vou aproveitar que não vou mais para a fogueira por dizer o que penso a respeito do prazer feminino… o fato é que o julgamento direcionado a mulher que se coloca sexualmente ativa logo de cara sempre vai acontecer… infelizmente inclusive das próprias mulheres… que ruim isso… É hora de nós mulheres militarmos em causa própria e admitirmos que gostamos tanto de sexo ou mais do que os homens…
     que a busca do nosso prazer pode e deve ser aceita por todos sem distinção afinal, em um planeta que (por enquanto) só há dois gêneros presentes e ambos se desejam mutuamente todos sairiam ganhando e fazendo muito mais sexo… mais e melhor… 

  • Vivianne

     Esse texto é fabuloso, qual a mulher q nunca fez um sexo casual na vida? neem por iso ela pode julgada.. ameii tudo, já fiz sim sexo casual, adorei e faria denovo.. tenho mta responsábilidade e não me jugo e não deixo me julgarem por isso! realmente, o lance de ohar nos olhos é só quando se tem paixão, inimidade e td mais.!!

  • http://www.facebook.com/people/Thais-Simoni/100001620100642 Thais Simoni

    Leio, espero uns meses, sinto saudade da sensação de ler esse texto e leio de novo. Esse texto é sensacional.

  • ilton

    meu pau e groco faco voce gosa

  • ADEILSON

    OI GOSTOSA]

  • rafael henrique

    oi ]

  • marcelo arruda

    nois homes temos muito tesao e tem q se asim mesmo

  • larissa de caetano tricolor

    gostosa agora o macho

  • Pedro

    essa Mariah é safada eem!!

    • paulo henrique

      é verdade

  • marcos gomes

    amigos todas mulheres faz sexo por dinheiro, e vc finge esquece adoro piriguetes prostitutas adimiro, novelas vejo cada uma fazer traiçoes com outro homem e dizer ser trabalho, covardia trabalho por trabalho a prostituta fala logo so quero o dinheiro eo homem diz eu o prazer, na novela eles fica nu se beijam eo povo diz trabalho so porque ganha bem tem fama uma safadeza só, porisso adoro trair so com a beleza fazer muito sexo e namora muito, a vida e um teatro e pra quem se diz certinho uma mentira seja igual a supressi mae do supla relaxa e goza de bom a vida só vai da isso de melhor, meu numero 02199775321 vivo ou 02176874092 claro

    ou 021 80668516 tim

    • marcos gomes

      esse cara entende a vida e um teatro beijo tecno e mentira e vc caiu no teatro viu bobo.

  • monique

    oi amor iai sexos quidea eu vou na jua casa

  • monique

    oiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

  • monique

    iaia amor

  • quero vc

    me add no msn mininas kenny_6924@hotmail.com sou de sao paulo capital tenho 25 anos sou branco cabelos castanho claro pircing no nariz e no dente estou aguardando moro na zona norte de sao paulo beijos

  • welber

    eu adora fazer sexo anal pq é mais gostozo

  • maicon

    muito linda vc em

  • gilberto

    Sou casado a oito anos, e eu e minha esposa ja esperimentamos quase tudo, a tres com ela e mais uma depois comigo e mais outro, ja fizemos troca de casais. Acho que tudo depende da maturidade dos envolvidos, muito dialogo e cumplicidade e nao sentimos desvalorizados com isso e nem menos humanos que as outras pessoas. Para nos entre quatro paredes vale tudo.

  • gibson

    oiiie mariah

  • gibson

    to focado em vc gostosa

  • weslley

    oi gata

  • ffffff

    eu acho que voces m nao gosta paciencia
    sao boas pessoas mesmo sendo putas nao ha mal nisso quem gosta gosta que

  • carol

    eu sou munhe eu adoro faze sexo com munhe tenho19 anos se uma menina quiser faze sexo com migo meu numero e ddd 21 meu celula e 76452627

  • Henrique

    Ola se e mto gata gostei do que vooc falou c mta firmeza. Qem sabe nao podemos conversar direitinho meu numero ta ai linda Henrique Sao Paulo (011964385916) tim. Bjus .. *-*

  • Ruffy

    Booooom sou homem na verdade criança .-. e apareceu esse anuncio resolvi ler e agora estou eu akii mas falando serio tu assisti One Piece :

    • anonimo

      kkkkkkkkkkk

  • luan

    quero fuder

  • Perigosa

    agora eu entendi o “porquê” dos tapas na minha bunda…haHAHhaha…não reclamo
    mais..

  • kelly

    Que delicia akela chupada uii :P

  • Edson

    Gostaria de me conhecer?Bjs

  • junior

    a minha mulher ,viu que eu sou louco por sexo, então, ela faz oq eu gosto, anal,etc, jogos ,ela gosta de ver eu transar com as amigas dela, e melhor as amigas pagam, somos muitos felizes. há 12 anos.

  • leandro de souza pereira

    um metidinha um quedelisia

  • leandro de souza pereira

    lanber aqueles peitinhos

  • carlos

    alguma safada ae

  • fernando

    esse lance de gozar na cara,ou na boca não curto não, só se a gata fizer questão ou acontecer um acidente

  • paulo henrique

    porra queria videos porno pesquisei videos de mulheres eladas tranzando vai se catar

  • paulo henrique

    dA O CÚ DESGRAÇADA

  • paulo henrique

    CHUPA MEU PÁU
    BEIJA MEU PÁU
    BEIJA MEUS OVOS

  • paulo henrique

    CARALHO MULESTA DA CACHORRA

  • adeilsondasilvasouza

    souderecifemorenoclaro170.20cbemdotadodilson08187457689

  • vivi

    escriba a mi correo electrónico debajo (vivianrabia4real@ymail.com) para que yo pueda enviar mis fotos y le dirá más sobre mí mismo introducciones y la razón por la cual entro en contacto con

  • lana

    Concordo totalmente. O texto é claramente machista. E daí que o cara pode pensar A ou B? e se pensar, e se achar ruim, ele que caia fora.

  • James

    Essa bel tem as piores qualidades que uma mulher pode ter e escreve textos babacas.

  • Ana Vasconcelos

    Que saudade que dá do AOE lendo esses posts da Bel, pqp!

  • Manoel

    “normalmente” os primeiros sexos num terreno novo são rascunhos. Quanto mais se pratica, mais próximo se chega de uma obra-prima. —> chave de ouro

  • gustavo

    oi

  • gustavo

    cara vcs são gostosas pra caralho porra ai eu pegando uma de vcs gatas…

  • Violeta

    Oh dorgas! como conseguir bom sexo sendo feia? :/

  • Puluko

    Já consegui sexo casual no primeiro encontro por duas vezes: na segunda vez foi DEMAIS. Sexo no banco de trás do carro, no meio da rua… Sexo duro, selvagem, BRUTO: fui dando a corda, perseguindo os toques e a garota aceitando. Percebi a selvageria da parte dela e fui seguindo o baile conforme a musica tocava. Resumo: sexo oral, palavras sujas e o Celtinha pulando selvagemente no meio de uma rua deserta. Inverno à fio e mesmo assim, ambos suados…
    Que delícia, meu Deus… Que delícia!

Papo de homem recomenda

Assine o Papo de homem

Curta o PdH no Facebook
  • 5402 artigos
  • 655495 comentários
  • leitores online