Quer dar um tapa no visual mas não sabe por onde começar? Fizemos um curso online de estilo pra isso, o “Mas você vai de chinelo?”. Inscreva-se agora! É gratuito!

Um mês de gratidão | Ignição #24

Uma prática simples para mudar o olhar sobre o seu cotidiano

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Logo havaianas 130x50 png
  • 47 nh 1 png

Olá, pessoal!

2019 já está entre nós e espero que vocês estejam tendo um ótimo começo de ano.

Daqui, passei um recesso bem aconchegante, curtindo o conforto do lar e pensando em novas formas de fazer rolar a nossa querida coluna.

O motivo é que, no final do ano passado, testamos um formato que seria propor a prática e depois ter um texto de follow-up.

Porém, isso não funcionou. Das pessoas que se manifestaram no segundo texto, nenhuma tinha qualquer conexão com o artigo anterior. Então, acho que é melhor partirmos pra outra abordagem.

É por isso que decidi abrir o primeiro grupo de WhatsApp oficial do PdH. Vai ser um grupo voltado para as pessoas que querem participar e fazer as práticas da coluna Ignição. Acredito que assim podemos atender melhor ao que a coluna se propõe: servir de impulso para quem quer aquela força pra melhorar alguns aspectos da própria vida, oferecendo uma certa continuidade e o apoio do grupo.

Vamos começar em caráter de teste, pra sondar se a dinâmica funciona mesmo ou não. Por isso, gostaria que quem se interessasse, enviasse um email pra luciano@papodehomem.com.br, contando o que espera do grupo e já com o número de telefone pra eu poder adicionar.

Vou selecionar apenas 20 pessoas para esse começo e vamos expandindo à medida que uma dinâmica saudável se estabelecer e sentirmos que já dá pra avançar e acolher mais gente.

Então, vamos à primeira prática de 2019. 

Um mês de gratidão

Às vezes, entramos em um certo fluxo das coisas onde fica difícil lidar com a rotina. Parece que a menor contrariedade, de repente, se torna uma agulhada. Some a isso a quantidade delas durante um dia e você tem a receita para um pequeno inferno pessoal.

O motivo, claro, costuma variar. Para uns é o chefe mandando mensagens no seu WhatsApp às 23hrs, para outros é a cortada no trânsito, um roommate desorganizado ou o cachorro que insiste em fazer cocô dentro de casa.

O ponto é que de vez em quando nos tornamos reclamadores crônicos. Tudo é horrível e a toxicidade parece não ter fim.

Falamos algumas vezes aqui no Papo de Homem dos danos que o hábito de reclamar podem causar na sua vida e já propusemos desafios para quem quisesse dar uma pausa nesse vício.

Porém, para algumas pessoas, esse caminho da negação não funciona. Eu mesmo tenho dificuldade em parar de fazer algo. Muito melhor é quando simplesmente começo algo diferente. 

Como eu entro diversas vezes nisso, certa vez fiz por sugestão de uma amiga um exercício que quero compartilhar.

Ela me disse que tinha um caderno no qual todo dia ela escrevia três coisas pelas quais ela tinha que agradecer.

Eu, que não era muito dado a essas práticas meio tilelês, demorei um tempo pra aderir. Foi preciso, primeiro, descobrir que havia uma pesquisa científica que indicavam por meio de um experimento que a gratidão pode gerar mudanças no cérebro que mudam a forma como você experimenta a realidade, inclusive, condicionando-o a ser ainda mais grato.

Quando comecei, era bastante difícil. Eu me sentia forçando algo que não existia. Às vezes, tinha algo pra falar e as outras eu não conseguia. Então, pensava em algo super simples que eu não agradeceria de outra forma. Mas fazia.

Assim foi na primeira semana. Na segunda, eu já conseguia preencher o relato com menos esforço.

Ao final, sobravam motivos pra agradecer. 

Não sei se por coincidência ou se de fato algo diferente aconteceu, mas aparentemente, eu estava cercado de coisas boas acontecendo ao meu redor. Pessoas agradecendo pelos meus artigos, amigos que faziam visitas, presentes que eu ganhava e mil outras pequenas coisas que eu não notava.

De um modo geral, isso mudou muito a minha percepção sobre o que eu recebia do mundo, mas também gerou em mim um certo fluxo de energia positiva que me fez muito bem. Desde então, sinto que estou mudado em relação à toda a negatividade que eu proliferava. Qual minha surpresa em ver que os estudos corroboram essa percepção, afirmando que os efeitos de gratidão turbinada podem ser sentidos mesmo meses após o experimento.

Volta e meia, ainda faço o exercício de gratidão.

Por isso, venho aqui recomendar a prática da semana.

Pegue um caderno exclusivamente para isso e, todos os dias, antes de dormir, anote 3 motivos para gratidão no dia.

Pode ser qualquer coisa, do pão com manteiga que estava gostoso ao iPhone que você ganhou de brinde em um sorteio.

Com o tempo, tente observar como fica o seu humor, se isso muda algo, se você começa ou não a ver as dádivas no caminho. 

Se você topar o desafio, avisa aqui embaixo nos comentários. É importante que as outras pessoas vejam quem está embarcando, pra gente criar uma maré de energia propositiva e dar aquele empurrão em quem precisa. 

De resto, vamos conversando no decorrer da prática.

Prontos?

Vejo vocês daqui a 15 dias!

* * *

O que é a coluna Ignição?

Resumindo: queremos iniciar processos de transformação por meio de ações práticas.

Aqui no Papo de Homem temos trocentos textos filosofentos falando de tudo. Agora, vamos pra outra abordagem.

Menos papo, mais ação.

Você está perdido e não sabe o que fazer da vida? 

Aqui vamos oferecer um ponto de partida, ações simples que você possa usar como um aquecimento, que coloque seus "músculos" no ponto para você gradativamente começar a lidar com seus problemas de frente.

Como funciona?

De duas em duas semanas vamos sugerir ações práticas acessíveis, para que você possa sair da inércia.

Depois, publicamos mais um artigo para conversar sobre a prática. Pedimos que venham no artigo e relatem, em detalhes, como foi a experiência. Vale qualquer coisa, inclusive e principalmente, se der tudo errado, pois é nessas horas que a gente precisa de apoio e a coisa de termos uma comunidade mais vai fazer sentido. Nos colocando em movimento vamos começar a descobrir irmãos, amigos, enfim, parceiros de transformação.

Com o tempo, vamos cultivar uma rede de parceiros, dispostos a transformar suas vidas e também conversarem sobre o processo todo como uma forma de se incentivarem e se apoiarem. 

A Ignição é incrível, onde encontro os experimentos anteriores?

Muito fácil! Basta entrar na coleção Ignição.

Já conhece o ebook "As 25 maiores crises dos homens — e como superá-las", produzido pelo PdH?

 
 
 
 
 
 

Se deseja adquirir ou presentear alguém que possa se beneficiar, compre a sua edição aqui.

Para conhecer mais sobre o conteúdo do ebook e tudo que vai encontrar lá dentro, leia esse texto.

Ao comprar o livro, você também ajuda a manter o PapodeHomem vivo.

Nosso rendimento com anúncios caiu drasticamente nos últimos dois anos, assim como aconteceu com toda a indústria jornalística, no Brasil e no mundo (a verba agora se concentra no Facebook e no Google). Como o que fazemos é para vocês e não para gerar o maior número de clicks com textos vazios, essa ajuda é essencial para nossa sustentabilidade.


publicado em 16 de Janeiro de 2019, 00:00
Avatar01

Luciano Ribeiro

Cantor, guitarrista, compositor e editor do PapodeHomem nas horas vagas. Você pode ouvir no Spotify. Também escreve no Medium e em seu blog pessoal. Quer ser seu amigo no Instagram.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: