Tudo que eu mais queria nessa noite era dormir com a mão nas tuas coxas | Do Amor #51

Isso aqui é sobre vontades

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Selo consul
  • 130x50 jpg
  • Chivas pdh 130x50 selo

Tudo que eu mais queria nessa noite era dormir com a mão nas tuas coxas. A garota que eu conheci no bar já estava dormindo no meu quarto, então desliguei tudo, apaguei as luzes e atravessei a sala feito espectro. Nada se mexeu e nenhum som foi percebido. O calor que fazia era tremendo e foi curioso perceber que eu não estava suando. Nenhuma gota brotava em meu rosto, no peito. Era como se eu fosse capaz de reter tudo que pudesse sair de mim e chamar atenção.

A vontade de você era uma delas.

Meu corpo lânguido chegou na cozinha ainda no escuro e, por conhecer bem a disposição de todos os móveis e eletrodomésticos, não trombei em nada e não tive dificuldade em atravessar o pequeno corredor que liga esses dois cômodos da casa. Tomei um copo grande de água quase de uma vez, em poucas goladas que me fizeram acentuar a respiração.

O desejo era tanto que, quando dei por mim, passou já mais de vinte minutos que eu estava na mesma posição, com as mãos apoiadas na pia e os olhos mirando um nada. Tomei então a decisão de queimar todos os frames de minha mente acendendo a luz e encarando minha fraqueza no reflexo da porta do microondas. Foi aí que minha imaginação provou ser bem mais forte do que eu podia pensar, pois eu ainda tinha milhões de cenas pra me aguçar, mesmo sabendo que, nessa noite, você não seria minha de forma alguma.

Não voltei pra cama, pro meu quarto. Nessa noite, a esperança é que foi minha parceira e me acompanhou na madrugada sem sono.

Obs.: esse texto foi originalmente publicado na Meio-Fio #56.

Ajude o projeto do Livro Do Amor no Catarse!

Como fazer essa iniciativa dar certo?

Com a participação de cada um de vocês. Um projeto colaborativo e profissional, revisado e com capa bonita, todos os contos diagramadinhos lá dentro, agradecimentos em dedicatórias feitas para cada livro e, claro, recompensas!

Temos pôsteres, livros em dupla pra você dar pra quem você tá afim, com notinha de amor escrita pelo Jader Pires e tudo! Tem coração em forma de obra de arte também, tudo Do Amor, pra ler, pra pendurar, pra oferecer como presente, um coração pra se colocar no pedestal.

Vamos!?

Entra lá na página do projeto no Catarse, olha lá do lado direito e escolhe sua recompensa, a que mais te apetece, e veremos esse projeto bonito demais sair para o papel!


Link YouTube

Qualquer dúvida, só me chamar. Vem, me chama, vamos falar. O que importa é fazer acontecer. Ah! Avisa os amigos também!


publicado em 17 de Fevereiro de 2017, 00:00
13350456 1045223532179521 7682935491994185264 o

Jader Pires

É escritor e editor do Papo de Homem. Seu livro de contos é o Ela Prefere as Uvas Verdes. Está no Facebook, no Instagram e escreve semanalmente sua newsletter, a Meio-Fio, com contos/crônicas e uma curadoria cultural todas às sextas, direto no seu e-mail.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: