Quer ser anfitrião de uma sessão independente de nosso novo doc "O silêncio dos homens" em sua comunidade? Se cadastre aqui! Já são mais de 300 pessoas voluntárias em todo o país.

Tenho dúvidas sobre a minha sexualidade | Mentoria PdH #53

"Quando terminei, para mim foi um imenso alívio, pois tirei o peso das costas de estar me colocando numa situação desagradável para atender expectativas alheias."

  • Nossos atuais Mecenas:
  • 47 nh 1 png
  • Logo havaianas 130x50 png

"Olá!

Meu nome é V. [Mulher] e tenho 28 anos.

Gostaria de compartilhar com vocês minhas dúvidas acerca da minha sexualidade e, quem sabe, clarear alguns pontos nebulosos que pairam sobre a minha mente.

Desde criança fantasiei muito sobre casamento, sobre uma vida perfeita em casal, envolvendo casa e filhos. Contudo, conforme a adolescência avançava, notei que frente as minhas colegas de turma, tive pouco interesse amoroso, ou melhor, não demonstrava nenhum. Eu fugia de possíveis pretendentes, preferindo viver entre animais de estimação e meus amados animes.  

Demorei muito para 'ficar' a primeira vez. Pode soar estranho para alguns, mas o meu primeiro beijo foi já na faculdade com 26 anos, com um garoto aleatório que escolhi por muita pressão de minhas colegas. A experiência, de um modo geral, foi bastante desagradável, não gostei do beijo e nem de ficar abraçada ao rapaz.

Após esse breve relacionamento, conheci um outro homem e 'namoramos' por duas semanas. Coloquei namorar entre aspas, pois nem consegui sentir algo por ele e nem consegui beijá-lo. Literalmente, o enrolei para atender as meras convenções sociais e agradar meus familiares e amigos próximos.

Quando terminei, para mim foi um imenso alívio, pois tirei o peso das costas de estar me colocando numa situação desagradável para atender expectativas alheias. Detalhe, até dancei sozinha no meu quarto, tamanha felicidade.  

Assim, de lá para cá venho tentando me entender. Fiz pesquisas, conversei com membros de comunidades LGBT e com pessoas assexuais. Acredito que dentre todos os aspectos da sexualidade, o meu perfil seria o de uma assexual arromântica.

Porém, ainda tenho dúvidas, pois no meu passado vivi experiências traumáticas (violência física e psicológica) provenientes do relacionamento abusivo do meu pai e de minha mãe. Isso me leva a duvidar se eu realmente sou assexual ou se eu tenho um trauma a ser superado.

Atualmente estou bem comigo mesma. Adoro fazer coisas sozinha, passear, estudar, e me divertir. Todavia, esse vazio, essa necessidade de um relacionamento me atormentam. Assim, gostaria de uma opinião sincera sobre o assunto e de saber se mais alguém já passou por uma experiência semelhante.

Muito obrigada, desde já

Atenciosamente!"

Como responder e ajudar no Mentoria PdH (leia para evitar ter seu comentário apagado):

  • comentem sempre em primeira pessoa, contando da sua experiência direta com o tema — e não só dizendo o que a pessoa tem que fazer, como um professor distante da situação
  • não ridicularizem, humilhem ou façam piada com o outro
  • sejam específicos ao contar do que funcionou ou não para vocês
  • estamos cultivando relações de parceria de acordo com a perspectiva proposta aqui, que vai além das amizades usuais (vale a leitura desse link)
  • comentários grosseiros, rudes, agressivos ou que fujam do foco, serão deletados

Como enviar minha pergunta?

Você pode mandar sua pergunta para posts@papodehomem.com.br .

O assunto do email deve ter o seguinte formato: "PERGUNTA | Mentoria PdH" — assim conseguimos filtrar e encontrar as mensagens com facilidade.

Posso fazer perguntas simples e práticas, na linha "Como planejo minha mudança de cidade sem quebrar? Como organizar melhor o tempo pra cuidar de meu filho? Como lidar com o diagnóstico de uma doença grave?" ?

Queremos tratar também de dificuldades práticas enfrentadas por nós no dia-a-dia.

Então, quem tiver questões nessa linha, envie pra nós. Assim vamos construindo um mosaico mais amplo de assuntos com a Mentoria.

Essa Mentoria é incrível. Onde encontro as perguntas anteriores?

Basta entrar na coleção Mentoria PdH.

V., um presente pra você:

Vamos te enviar por email o ebook "As 25 maiores crises dos homens — e como superá-las", produzido pelo PdH.

Se deseja adquirir ou presentear alguém que possa se beneficiar, compre a sua edição aqui.

Para conhecer mais sobre o conteúdo do livro e tudo que vai encontrar lá dentro, leia esse texto.

Ao comprar o livro, você também ajuda a manter o PapodeHomem vivo.

Nosso rendimento com anúncios caiu drasticamente nos últimos dois anos, assim como aconteceu com toda a indústria jornalística, no Brasil e no mundo (a verba agora se concentra no Facebook e no Google). Como o que fazemos é para vocês e não para gerar o maior número de clicks com textos vazios, essa ajuda é essencial para nossa sustentabilidade.


publicado em 15 de Julho de 2019, 16:25
File

Guilherme Nascimento Valadares

Editor-chefe do PapodeHomem, co-fundador d'o lugar. Membro do Comitê #ElesporElas, da ONU Mulheres. Professor do programa CEB (Cultivating Emotional Balance). Oferece cursos de equilíbrio emocional e escreve pequenas ficções no Instagram.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: