Como anda sua relação com o dinheiro? Suas respostas vão nos ajudar a fazer um especial sobre educação financeira. [PESQUISA]

Gripe Suína, um guia saco-roxo

Um guia rápido para o sempre informado leitor do PdH sobre a Gripe Suína, que está assustando geral.

Um guia rápido para o sempre informado leitor do PdH sobre a Gripe Suína, que está assustando geral.

-- Pra quem estava em alguma caverna e não sabe do que se trata --

--

O que é o vírus da gripe e o que quer dizer H1N1?

porquinha2.jpg
"Papai, o que vamos fazer hoje?"

"Dominar o mundo, o mundo!"

Existem 3 tipos de influenza, o vírus que causa a gripe. O mais comum em seres humanos, e causador da gripe suína é o Influenza do tipo A. Duas proteínas dele são importantes para poder entrar em nossas células, e são as proteínas detectadas nos exames, a Hemaglutinina e a Neuraminidase, com base nos tipos dessas proteínas se atribui uma numeração, H 1 a 16 e N 1 a 9. Os mais comuns em seres humanos são os H1 2 e 3 e N1 e 2.


Por que a gripe suína é perigosa?

O motivo para não sermos imunes ao influenza A depois de uma gripe é que o vírus é muito mutante. O fenômeno mais importante é a recombinação, quando dois tipos de influenza diferentes se misturam. Quando isso acontece, o vírus muda abruptamente e nosso sistema imune fica completamente despreparado.

É o que faz com que vacinas falhem.

Essa recombinação costuma ocorrer em animais que sirvam de ponte entre o vírus das aves selvagens - os hospedeiros naturais desse vírus - e os seres humanos. O perigo é que as células do sistema respiratório dos porcos são mais parecidas com as nossas, de forma que um vírus adaptado ao porco teoricamente pode ser transmitido entre humanos com mais facilidade do que um vírus aviário.

Este vírus que infectou pessoas no México e na Califórnia foi sequenciado por uma equipe canadense, e foi descrito pelo CDC(Centro de Controle e Prevenção de Doenças) aqui. Segundo o CDC, a Hemaglutinina e alguns outros genes são próximos dos vírus que normalmente circulam nos EUA, mas a Neuraminidase e outro gene são de linhagens européias e asiáticas, além de um gene parecido com o influenza humano, o qué é novo. Em local nenhum no site do CDC encontrei referências a algum gene ser próximo do H5N1, causador da Gripe Aviária, nem nada que diga que este vírus é próximo do da Gripe Espanhola.

Qual o risco de uma pandemia?

O WHO (Word Health Organization), órgão responsável por monitorar os casos de gripe no mundo, não trabalha com a possibilidade de termos uma pandemia de gripe. Ele trabalha com a certeza de que isso vai acontecer. Mas não necessariamente com o vírus da gripe suína ou da gripe aviária.

O WHO tem uma escala de alerta mundial que vai de 1 a 6 :

1 - tudo tranquilo, não existe nenhuma doença perigosa,

(...)

6 - fudeu tudo a coisa está complicada, a pandemia está correndo solta.

Estamos no estágio 3, existe uma doença mas por enquanto não circula por contágio pessoa a pessoa. Ainda não houve motivos suficientes para passarmos para o nível 4, onde há trasmissão entre humanos frequentemente.

O estágio 4 foi confirmado, o contágio realmente existe de pessoa a pessoa.

Se houver uma pandemia, quais defesas nós temos contra o vírus?

Existem poucos remédios antivirais porque os vírus usam as células para se reproduzir, possuem pouca coisa própria, ao contrário das bactérias. No caso do influenza, existem os inibidores da neuraminidase, que impedem o vírus de se liberar da célula, como a Amantadina e o Tamiflu. Mas o vírus muta e desenvolve resistência facilmente a essas drogas, e não se sabe qual a facilidade disso acontecer com o H1N1.

Outra defesa são as vacinas. Elas são a forma mais barata e rápida de se proteger da gripe. O problema está na agilidade de desenvolver uma vacina para o vírus certo e em tempo hábil para distribuir a população.

gripe-suina-twitter
Charge da gripe suína que invadiu até o Twitter... Falatório tá grande.

Atitudes que podem ajudar:

É mais fácil pegar gripe dando a mão para alguém infectado do que através do ar, já que podemos colocar a mão em contato com o olho e nariz, e contrair o vírus.

Ou seja, lave bem as mãos,  lave bem as mãos, e várias vezes ao dia. Se estiver gripado, cubra o espirro com um lenço e jogue fora.

O influenza se espalha melhor e dura mais em ambientes com clima frio e seco, portanto evite locais fechados e com ar condicionado.

--

Para saber mais sobre o vírus e sobre a gripe suína, bem como as referências que usei para este texto, visite meu post sobre gripe suína no Rainha Vermelha.

Acima de tudo, mantenha a calma, ainda não sabemos quais as chances reais da gripe suína causar uma pandemia, e nem o quão letal esse vírus é. E temos toda a mídia voltada para isso, o que facilita em muito acompanhar e controlar a epidemia.


publicado em 28 de Abril de 2009, 11:48
F941c379f53198c5fa0943184bf967e7?s=130

Atila Iamarino

Doutorando pela USP, biólogo viciado em informação e ciência. Autor do excelente blog Rainha Vermelha e editor do Science Blogs Brasil, o primeiro condomínio de blogs de ciência brasileiro. Vá lá expandir seus horizontes!


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura