Leia mais de 20 textos sobre masculinidades no canal de Natura Homem no PdH.

Game of Thrones mostra como ainda somos puritanos

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Advertisement
    130x50 jpg

Toda série da HBO tem, quase que obrigatoriamente, que ter peitos na tela e cenas de sexo.

É a tal liberdade de ser um canal fechado da TV a cabo. Foi assim em The Sopranos, é assim em Boardwalk Empire e era assim em True Detective. Me espanta não ter visto algo nesse sentido em The Newsroom. Eles ficaram tão bons que até saiu, no ano passado, um vídeo intitulado It's not porn... it's HBO:

Link YouTube | "Você tá fazendo pornografia!? Não! É HBO!"

A bola da vez, claro, é a série Game of Thrones. Entrando em sua quarta temporada, a adaptação dos livros do assassino em massa George R. R. Martin está no centro das atenções e é considerado um show bem safadinho. São prostituas nuas e rainhas e princesas sem roupa e mulheres com os seios de fora e algumas bundinhas masculinas, afinal, a HBO não é dessas de ter aversão de nudez masculina.

Até aí, ok.

E aí caiu aqui no meu colo, feito pelo pessoal do Cool Material, um infográfico contendo as relações sexuais já consumadas no Game of Thrones.

Ora, estamos falando da série mais danadinha dos últimos tempos, sempre associada a morte e uma putariazinha que -- geralmente --  não faz mal a ninguém. Pensei que iria descer por horas o scroll e ver um infográfico quase que infinito cheio de vai-e-vem e sobe-e-desce, como haveria de ser um documento que mostrasse todas as peripécias da molecadinha de Westeros. Mas a coisa toda é menor do que pensei.

Para ver em tamanho completo, basta clicar na imagem
1

Poxa, há bem menos sacanagem do que eu imaginei. Pensemos: até tem vários traços pra lá e pra cá, mas, por exemplo, lá em cima no canto direito, temos o querido anão Tyrion com três prostitutas desconhecidas. Isso foi logo no começo da série, em uma cena em que todos aparecem juntos na cama. Logo, contaria só como um. Temos duas ligações que resultaram em castração e várias insinuações.

Insinuação? Não temos mais 15 anos.

Somos por demais castos se pensamos que Game of Thrones tem putaria a rodo. Infantes rindo de lado quando alguém fala "pinto". E isso não é demérito. Eu mesmo achava que a série era toda soltinha mesmo, todo nós vibramos - com maior ou menor intensidade, mas vibramos, vá lá -- com o compilado de cenas de sexo que fizeram e soltaram na internet. Eu mesmo achei bem interessante ao perceber que os episódios possuem muito mais nudez que sexo propriamente dito e como isso deveria ser levado com uma naturalidade muito maior.

Ainda temos um caminho a seguir e Game of Thrones pode ser o primeiro passo.


publicado em 08 de Abril de 2014, 08:11
13350456 1045223532179521 7682935491994185264 o

Jader Pires

É escritor e editor do Papo de Homem. Seu livro de contos é o Ela Prefere as Uvas Verdes. Está no Facebook, no Instagram e escreve semanalmente sua newsletter, a Meio-Fio, com contos/crônicas e uma curadoria cultural todas às sextas, direto no seu e-mail.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: