Cuide da sua casa | Ignição #32

Algumas práticas simples para ajudar a tirar a bagunça da sua vida.

Um prato, um copo, uma panela. Uma roupa aqui, outra ali. Um sapato na sala, um tênis na mesa de trabalho. Uma toalha em cima da cama. "Amanhã eu tiro o lixo". Assim, quando você resolve olhar pro lado, é difícil de entender onde foi que tudo começou. Cansa.

É difícil ser criativo, produtivo ou até mesmo extrair um descanso de qualidade em um espaço que está uma bagunça. Mais complicado ainda se há problemas maiores como maçanetas quebradas, torneiras frouxas, tomadas que não funcionam, infiltrações, etc.

Pode parecer pouca coisa, mas uma infinitude de pequenas dificuldades somam pra gerar um tipo de atrito que torna a sua própria circulação no espaço dificultosa. Então, algo tão simples quanto cuidar da sua alimentação fica obstruído por outras tarefas, como ter que lavar as louças das refeições anteriores. Quando você nota, já está com o iFood na mão, pedindo qualquer coisa pra passar a fome (ou seja, se alimentando mal) e aumentando a sua dívida no cartão de crédito.

Aqui eu tenho três pequenas práticas, três pontos de partida para que você possa começar a desfazer a nuvem de bagunça na sua vida.

Tenha uma lista de problemas e pendências

Pense nos momentos gostosos com a casa no jeito

Uma casa facilmente acumula defeitos, paredes sujas, maçanetas quebradas, lâmpadas de corredor pra trocar, tapetes velhos, etc. De repente, quando outra pessoa chega é que você nota o tanto de gambiarras que precisa fazer pra se movimentar ali dentro.

Eu criei uma lista onde vou anotando cada uma dessas pendências, grandes ou pequenas. Se houve um incômodo ou defeito, vai pra lá. Com o tempo, você conhece sua casa como ninguém e não precisa ficar se perguntando, nem se deparar por acaso com o que falta fazer para tomar uma ação. Você pode se programar e ir abatendo cada tarefa sistematicamente.

Hoje, tenho um projeto no Trello, com tudo o que falta fazer, o que já está em andamento e o que concluí.

Por isso, já deixo o aviso, aprender a fazer esses reparos, consertar sua própria casa, é muito empoderador e viciante. A loja de materiais de construção é um dos meus lugares favoritos, juro.

Não deixe sua bagunça para depois

Pra organização, tenho exercitado simplesmente não deixar para mais tarde.

Se como, não saio da cozinha sem lavar a louça. Se jogo tênis na sala, retiro quando saio. Roupas e outras coisas que vão sendo largadas, coloco tudo de volta no lugar.

Meu gatilho é a saída de qualquer cômodo.

Claro, nem sempre dá pra fazer, já que a gente gosta de se atrasar e se perder em compromissos, mas é algo bom de se manter em mente para criar o hábito.

Crie uma agenda clara

Criei uma agenda definida, com dias e horários reservados para a limpeza e manutenção.

Aos sábados, lavo roupa e limpo tudo para o final de semana.

Segunda-feira à noite eu arrumo tudo rapidamente. Passo uma vassoura, coloco algumas coisas no lugar, lavo a louça do final de semana. Acredite, consome menos do tempo que a mente preguiçosa gosta de fazer parecer.

E, como eu já venho arrumando tudo periodicamente, o esforço se reduz.

Sábado também é meu dia de meter a mão na massa e consertar coisas quebradas que têm aos montes em uma casa. Assim, eu sei que esse é o dia de pegar algo da minha lista (que citei ali em cima) e matar aquela tarefa.

Dessa forma, o esforço se dilui, você não fica com aquela nuvem de problemas na cabeça e, de repente, consegue abrir espaço para dar passos maiores rumo ao seu próprio bem-estar.

Pense que você vai se presentear com a casa limpa no futuro.

Experimente por duas semanas e volte aqui para contar a história

Duas semanas é um bom tempo para se perceber mudanças que não sejam apenas imediatas e para começar a formar um hábito. Fale com seus amigos, tente fazer a prática junto com mais alguém, para que vocês possam se motivar e incentivar. Acompanhado é mais fácil de realizar mudanças duradouras.

Depois, venha aqui nos comentários e nos conte como foi. ;)

* * *

Essa é a prática da vez. Espero que seja útil e sirva pra começar a aprofundar seu caminho na tentativa de criar um mundo melhor.

Deixo também o convite, para quem quiser, para o nosso grupo do WhatsApp. Quem se interessar, pode me mandar um e-mail em luciano@papodehomem.com.br, com o título “QUERO ENTRAR PARA O GRUPO DA IGNIÇÃO”. É importantíssimo me contar a sua história e por que quer entrar para o grupo. :)

Como sempre, o papo segue nos comentários. Fico muito curioso em saber quais as suas experiências apoiando iniciativas que sejam importantes pra você. Vem contar aqui embaixo?

Abraço e até a próxima!

* * *

O que é a coluna Ignição?

Resumindo: queremos iniciar processos de transformação por meio de ações práticas.

Aqui no Papo de Homem temos trocentos textos filosofentos falando de tudo. Agora, vamos pra outra abordagem.

Menos papo, mais ação.

Você está perdido e não sabe o que fazer da vida? 

Aqui vamos oferecer um ponto de partida, ações simples que você possa usar como um aquecimento, que coloque seus "músculos" no ponto para você gradativamente começar a lidar com seus problemas de frente.

Como funciona?

De duas em duas semanas vamos sugerir ações práticas acessíveis, para que você possa sair da inércia.

Depois, publicamos mais um artigo para conversar sobre a prática. Pedimos que venham no artigo e relatem, em detalhes, como foi a experiência. Vale qualquer coisa, inclusive e principalmente, se der tudo errado, pois é nessas horas que a gente precisa de apoio e a coisa de termos uma comunidade mais vai fazer sentido. Nos colocando em movimento vamos começar a descobrir irmãos, amigos, enfim, parceiros de transformação.

Com o tempo, vamos cultivar uma rede de parceiros, dispostos a transformar suas vidas e também conversarem sobre o processo todo como uma forma de se incentivarem e se apoiarem. 

A Ignição é incrível, onde encontro os experimentos anteriores?

Muito fácil!

Aqui temos uma lista organizada com 29 práticas para iniciar o seu processo de transformação.

E se quiser uma lista sempre atualizada, porém menos organizada, basta entrar na coleção Ignição.

Já conhece o ebook "As 25 maiores crises dos homens — e como superá-las", produzido pelo PdH?

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Se deseja adquirir ou presentear alguém que possa se beneficiar, compre a sua edição aqui.

Para conhecer mais sobre o conteúdo do livro e tudo que vai encontrar lá dentro, leia esse texto.

Ao comprar o livro, você também ajuda a manter o PapodeHomem vivo.

Nosso rendimento com anúncios caiu drasticamente nos últimos dois anos, assim como aconteceu com toda a indústria jornalística, no Brasil e no mundo (a verba agora se concentra no Facebook e no Google). Como o que fazemos é para vocês e não para gerar o maior número de clicks com textos vazios, essa ajuda é essencial para nossa sustentabilidade.


publicado em 16 de Março de 2020, 09:28
Avatar01

Luciano Ribeiro

Cantor, guitarrista, compositor e editor do PapodeHomem nas horas vagas. Você pode assistir no Youtube e ouvir no Spotify. Quer ser seu amigo no Instagram.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Sugestões de leitura