Estão abertas as incrições para a última turma de 2017 do nosso curso de equilíbrio emocional para homens. São apenas 20 vagas. :)

Como tirar Certidão de Nascimento, RG e CPF de um recém-nascido

Lidando com a parte burocrática do seu bebê

  • Nossos atuais Mecenas:
  • 130x50 jpg
  • Advertisement
    130x50 jpg

Sua cria nasceu, todos felizes e contentes.

Provavelmente nas primeiras semanas você, pai, vai se sentir um coadjuvante, sem saber direito como ajudar. Isso porque o bebê passa a maior parte do tempo com a mãe, mamando.

Leva um tempinho até sua cria ficar um pouco independente e você poder brilhar mais como pai, mas a boa notícia é que você pode agilizar a parte burocrática e tirar os documentos do novo serzinho. Vem que eu te ajudo com isso!

Como tirar Certidão de Nascimento

Esse é o primeiro documento oficial de um cidadão, sem ele você não consegue tirar RG, CPF, ter acesso a postos de saúde, vacinação ou programas do governo.

Do que você precisa:

  • Declaração de Nascido Vivo (DNV) - Fornecida pela maternidade onde a criança nasceu (aqui tem um modelo de DNV);

  • Certidão de casamento, caso os pais forem casados;

  • Documento do pai e da mãe.

Quanto custa:

  • A primeira certidão de nascimento é de graça, conforme o artigo 30 da Lei nº 9.534/97. A segunda via também é gratuita para os reconhecidamente pobres.
  • Recomendo que você aproveite a viagem e faça duas vias para garantir e pagar uma taxa adicional que varia de acordo com cada cartório (fica em torno de R$ 20).

Onde e quando fazer:

  • A maioria das maternidades tem um cartório dentro, então, faça enquanto estiver lá.
  • Se sua cria nasceu em casa, vá ao cartório mais próximo com o documento

Mas meu filho tem mais de 1 ano e eu nunca tirei a certidão de nascimento dele

  • Leve o DNV do hospital junto com os documentos dos pais e a declaração de duas testemunhas conhecidas.

Como faço para tirar segunda via da certidão?

  • Pela internet ou em qualquer cartório do Brasil (e não precisa mais ir ao cartório onde foi feito o primeiro registro).

Meu filho nasceu/vai nascer em casa, como faço para registrá-lo?

  • Se o parto foi assistido por um profissional de saúde, ele deverá fornecer o DNV. Aí, é só apresentá-lo junto com os documentos dos pais em qualquer cartório.
  • Se o parto não foi assistido por um profissional de saúde, talvez seja necessário levar ao cartório documentos que comprovem a gestação da mulher, como exames pré natais e até fotos.
  • Alguns cartórios são mais exigentes para casos de parto domiciliar, e fazem isso para garantir que a criança é realmente daquele casal ou dificultar adoções ilegais.

Como tirar CPF

Se você pretende abrir uma conta bancária e fazer uma aplicação para pagar a futura faculdade do seu bebê, se você é o atual presidente e quer fazer uma doação de R$ 2 milhões ao seu caçula como forma de antecipar a herança, ou se você quer apenas adiantar alguns documentos do seu filho, então é necessário que sua cria tenha um CPF.

Minha dica é tirá-lo antes do RG, assim o número do primeiro já vai constar no segundo.

Do que você precisa:

  • Certidão de nascimento ou RG

  • Seu documento (pai, mãe ou guardião legal)

  • Documento que comprove a guarda (caso você não seja o pai ou mãe)

Quanto custa:

  • Em torno de R$ 7,00

Onde fazer:

  • Agências dos correios

  • Banco do Brasil ou Caixa

Quando fazer

  • Assim que estiver com a certidão de nascimento em mãos.

Como faço para ter o cartão do CPF?

  • O cartão azulzinho foi descontinuado. A partir de agora você pode imprimir a qualquer momento o CPF pela internet.

Como tirar RG

Esse é o primeiro documento com foto da sua cria. Serve como certidão de nascimento para 99% dos casos e será o documento oficial da criança pelo resto da vida dela.

Primeira foto da turma e primeira 3x4 do RG são coisas que a gente guarda pra sempre, veja bem.

O RG também é válido para entrar e sair dos países do Mercosul (Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela), sem necessidade de passaporte.

Caso não saiba, em breve o RG será extinto e passará a se chamar RIC - Registro de Identidade Civil

Do que você precisa:

  • Presença física da criança

  • Certidão de nascimento

  • Documento do pai ou responsável

  • Acompanhamento do responsável (até 16 anos)

  • CPF (opcional)

  • Duas fotos 3x4

Em alguns lugares não é mais necessário levar a foto 3x4 porque ela é feita no local. Dê uma procurada no serviço integrado do seu estado.

Quanto custa:

  • Primeira via: de graça!
  • Segunda via, se for por furto ou roubo, também é de graça - apresentando boletim de ocorrência.
  • Mas se for por perda ou documento danificado, custa em torno de R$ 30,00 dependendo do lugar.

Onde tirar:

  • Cada estado tem sua peculiaridade na emissão do RG, mas geralmente ele é feito pela SSP - Secretaria de Segurança Pública, delegacias ou por um serviço integrado como o Poupatempo, em São Paulo e Rio, e UAI (Unidade de Atendimento interligado), em Minas gerais.
  • Procure se informar como é feito na sua cidade.

Quando fazer:

  • Teoricamente, o ideal é que seja feito assim que a certidão de nascimento da cria estiver em mãos;
  • Na prática não lá é muito recomendado você ir a um local público e cheio de gente com um recém nascido. Há pais que dão as primeiras vacinas antes de ir, outros que esperam 3 meses, outros 1 ano e outros acham que isso é uma grande bobagem e vão assim que a criança nasce.
  • Vai do que cada um achar melhor.

Agendamento:

  • A maioria dos serviços integrados oferecem agendamento com hora marcada, assim você evita ficar na fila de bobeira.
  • Lembre-se, você estará com uma criança de colo, ou seja, tem direito ao atendimento preferencial.

***

Espero que esse compilado ajude vocês :)


publicado em 18 de Abril de 2017, 09:30
Fa6216a91d207a00d48a0f1c69f44eb9?s=130

Rodrigo Cambiaghi

Gerente de atendimento do PapodeHomem, reveza o tempo entre filha, esposa, cão, trabalho, banda, games, horta de casa, cozinha e aulas de canto. No instagram posta fotos da filha, do cachorro, da coleção de games antigos, nerdices e coisas aleatórias.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: