Como podemos colaborar com a gestão do lixo nas cidades?

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Advertisement
    130x50 jpg

Quem não tem em casa guardado há anos um celular antigo que não funciona mais, uma sacola de medicamentos vencidos ou uma pilha de roupas em bom estado mas que não saem do cabide? Pois se nas últimas décadas ficou mais fácil consumir, ficou também mais difícil saber o que fazer com os resíduos que são gerados neste processo.

SEVEN-DAYS-OF-GARBAGE
Na série "7 days of garbage", o fotógrafo Gregg Segal registrou pessoas junto ao lixo gerado por elas em uma semana

Felizmente já existem muitas iniciativas que reciclam, reusam e prolongam a vida de diversos tipos de materiais e objetos. O Projeto Desapego Consciente tem como proposta mediar o encontro entre estas iniciativas e as pessoas que querem dar o destino adequado para determinados materiais. Pra isso, o site do projeto apresenta um mapeamento de pontos de coleta para descarte, troca e doação, aonde é possível filtrar a busca pelo tipo de material e bairro de preferência.

Link Youtube | Vídeo de lançamento do projeto.

screenshot-docs.google.com 2014-10-24 12-44-06
Pontos de coleta podem ser encontrados pelo tipo de material e bairro de preferência

Por enquanto, o projeto está ativo somente em Curitiba, mas gostaríamos muito de levá-lo para outras cidades. Mas fica aqui um convite, se você gostaria que este serviço estivesse disponível na sua cidade, acesse o site e cadastre-se em "eu quero na minha cidade".

screenshot-docs.google.com 2014-10-24 12-47-30
Até agora já recebemos cadastros de pessoas interessadas em cidades como Teresina, Brasília, João Pessoa, Florianópolis, Natal, Imbituva, Rio de Janeiro, Paranaguá, Guaratinguetá, Pontal do Paraná, Ribeirão Preto e Parnamirim. Vamos aumentar esta rede?

No livro “O que é meu é seu: Como o consumo colaborativo vai mudar o nosso mundo”, Rachel Botsman e Roo Rogers explicam que redes inteligentes tecnológicas tem grande potencial em superar modos de hiperconsumo, fornecendo benefícios ambientais significativos ao "aumentar eficiência de uso, ao reduzir o desperdício, ao incentivar o desenvolvimento de produtos melhores e ao observar o excedente criado pelo excesso de produção de consumo". Neste contexto, a internet pode promover conexão, encontro, informação e colaboração.

screenshot-docs.google.com 2014-10-24 12-50-10
Casinha para coleta seletiva em área residencial de Gotemburgo, na Suécia. Nela, moradores descartam diversos tipos de resíduos, separados por categoria. Pontos de coleta como este estão espalhados em diversas áreas residenciais da cidade. Assim, todos participam da coleta seletiva

Afinal, quando buscamos o destino correto para resíduos e objetos excedentes do nosso próprio consumo é que também paramos pra pensar: precisamos mesmo disso tudo? Como podemos criar sistemas mais inteligentes para gestão de resíduos? Como beneficiar todas as pessoas que participam do processo de produção, consumo e descarte, atenuando os impactos no planeta? Como promover estilos de vida mais sustentáveis e colaborativos?

O Projeto Desapego Consciente está aí para pensarmos juntos estas e outras perguntas.


publicado em 26 de Outubro de 2014, 07:00
84efe3db16dcb07b5dbacbd8a97c4540?s=130

Ana Claudia França

Professora da UTFPR. Dedica-se à pesquisa e desenvolvimento dos temas: Design, Cultura, Imagem e Comunicação. Interessa-se por tudo que possa melhorar relações entre pessoas e a vida em sociedade. Escreve também em seu blog.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: