Estão abertas as incrições para a última turma de 2017 do nosso curso de equilíbrio emocional para homens. São apenas 20 vagas. :)

A Grande Corrida da Cerveja

  • Nossos atuais Mecenas:
  • 130x50 jpg
  • Advertisement
    130x50 jpg

Éramos cinco equipes com quatro atletas cada. O objetivo era carregar um engradado de cerveja de 24 garrafas de 600ml por 3 km e o primeiro time a chegar ganha.

Detalhe, o engradado sai cheio e volta vazio, caso contrário a equipe é eliminada. As outras regras da corrida são:

- não pode induzir o vômito;
- não pode derrubar cerveja;
- não pode deixar tampinhas no caminho;

Já na linha de largada os times se mostraram bastante motivados em iniciar a competição. "Vamos logo, antes que a cerveja esquente!". Os gritos de apelo não bastaram e a corrida só começou às 16h, como havia sido combinado.

corrida-cerveja
Repare na cadência e na uniformidade da equipe. Isso é treino, muito treino.

16 horas

Largada

16h01

Bender abre as primeiras duas garrafas;

16h02

Começamos a "corrida", eu e meu primo, também Bender, tomando no gargalo. Meu irmão, também Bender, e o primo que não é Bender, bebendo no copo.

16h05

Bender abre mais duas garrafas enquanto ultrapassamos o líder.

16h06

Assumimos a estratégia "Dick Vigarista" e começamos a chamar os outros atletas de perdedores.

16h10

Mais duas garrafas.

16h15

Bender bros assumem o controle do engradado. Os primos bebem mais.

Algumas equipes realizaram verdadeiras tunagens nos seus engradados. Usaram varas para carregar o engradado mais facilmente. Construíram sistemas de insulação de ar com placas de isopor e também "embalaram" o brinquedo em lona impermeável para que o gelo não se perdesse facilmente.

Tudo isso para manter a cerveja potável durante as 2 ou 3 horas previstas de duração da olimpíada etílica. Nós nos limitamos a colocar um saco de gelo sobre a cerveja e cobrir tudo com um papelão. Ate que funcionou.

16h20

Depois de bebermos a sétima ou oitava cerveja decidimos relaxar um pouco para evitar o vômito e aceleramos o passo.

16h25

Estávamos 500 metros na frente do segundo e a namorada de um concorrente veio perguntar quantas ainda tínhamos no engradado. "Cinco", mentimos;

16h31

Começamos a voltar no circuito (era ida e volta);

corrida-cerveja2
Encontro de equipes, momento dramático na competição

16h34

A mentira das cinco garrafas funcionou e as outras equipes passaram a beber muito mais rápido. Tão rápido ao ponto de começarem a vomitar sem precisar pôr o dedo na goela. Foi um espetáculo muito melhor do que a Fórmula 1;

16h37

Atropelamos uma equipe. Depois ainda jogamos cerveja quente neles.

16h40

Paramos para descansar e tomar um pouco de água.

16h45

Perdemos a liderança para uma equipe de vomitadores compulsivos.

16h50

Bender abre a cerveja 9 e 10;

sunguinhas
O pessoal importou sunguinhas da Nike, com baixo atrito ao vento, para aumentar a performance

16h55

Num sprint fantástico corremos para a linha de chegada gritando "só falta uma!";

16h56

Professor de História de uma equipe fica nervoso e passa a beber/vomitar em quantidades nunca antes vistos;

16h57

Bender 1, 2, 3 e primo fazem a festa da vitória;

16h59

Equipe do professor de historia cruza a linha de chegada vomitando e lamenta o segundo lugar;

17h02

Outras equipes descobrem que não havíamos bebido toda nossa cerveja;

17h07

Bender indignado com a vitória da bílis sobre a cerveja esconde o troféu;

largada-cerveja
Momento animalesco de esforço e superação na luta contra o cansaço

19h00

Última equipe - a do isopor - termina a corrida ao beber sua ultima cerveja ainda fria. Uma verdadeira vitória da engenharia etílica.

Lembrete para a próxima corrida: não encher a barriga de churrasco antes de correr e insistir na ilegalidade do vômito.

Update! Veja o vídeo do magnífico evento:


publicado em 09 de Outubro de 2007, 06:37
11143499 10152850853642066 223295243028169436 n

Daniel Bender

Jornalista, Diretor de E-commerce e Caçador de Descontos no 1001 Cupom de Descontos. Sempre disponível para conversar no boteco.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: