Quer ser anfitrião de uma sessão independente de nosso novo doc "O silêncio dos homens" em sua comunidade? Se cadastre aqui! Já são mais de 478 pessoas voluntárias em todo o país.

5 Motos que você deveria conhecer em 2019

Cinco modelos das motocicletas mais interessantes que estão saindo no mercado.

  • Nossos atuais Mecenas:
  • 47 nh 1 png
  • Logo havaianas 130x50 png

Pouco tempo atrás, o Papo de Homem tinha uma série bem interessante chamada “Homens que você deveria conhecer” que vale muito a leitura.

Partindo de uma livre inspiração nela, hoje vamos falar sobre novas motocicletas. Sim, caro leitor e cara leitora, apesar das incertezas na economia no mundo das duas rodas, o ano de 2019 promete. Separei aqui cinco motos inovadoras que você deveria conhecer.

1. Ducati Panigale V4 Speciale

Só a palavra Ducati já faz bater mais acelerado o coração dos amantes da "macchina italiana". Porém, com este lançamento, a marca fez cair o queixo de qualquer pessoa - como eu - que gosta de motos esportivas.

Depois de muitos anos apostando nos motores de 2 cilindros em L, a nova Panigale V4 Speciale é movida por um motor de 4 cilindros em “v”  (como o próprio nome já adianta), advindo diretamente das pistas de corrida. Para quem gosta de números anota aí: 226 cv de potência máxima e apenas 174 kg de peso. Sim, a relação peso potência é de menos de 1!

Para controlar todo esse conjunto sem precisar incorporar Andrea Dovizioso no pacote, temos todo tipo de assistências das mais atuais disponíveis. Controle de tração de arrancada, ABS de última geração, controle de empinada, modos de pilotagem e até controle do nível de atuação do freio motor.

Só não adianta ter tudo isso e um piloto descontrolado.

Já para aquele leitor que não liga para números, saiba que a moto é muito linda. Dá para comprar só pra deixar na sala de enfeite - o que seria uma maldade sem tamanho com uma moto desta.

. Chance de ser vendida por aqui: Certa já para Setembro de 2019;

. Melhor lugar para conhecer: Autódromo de Interlagos - SP;

. Inovação: Motor V4 e peso/potência absurdamente baixo;

. A minha seria: Igual a foto, com uma bolha mais alta

. Preço: R$ 269.000 (apenas 3 unidades).

2. Harley-Davidson Livewire

Como eu já falei aqui no PapodeHomem, o carros elétricos e híbridos já são uma realidade (ainda que para poucos) aqui no Brasil.

Porém, no mercado de duas rodas essa participação sempre foi tímida, ainda mais quando se fala em grandes fabricantes. A surpresa veio com a Harley-Davidson, uma das mais tradicionais do mercado. Tudo nesta moto é novo, até mesmo o som do motor elétrico foi alterado para “soar” com uma Harley.

Na Livewire, no lugar no tanque de combustível, está a entrada da tomada para carregar as baterias. O desempenho promete de 0 a 100 km/h em 3,5 segundos, além de 177 km de autonomia. E antes que alguém pergunte nos comentários, pode tomar chuva a vontade que o motor é totalmente isolado, Ok?

. Chance de ser vendida por aqui: Provavelmente só em 2020;

. Melhor lugar para conhecer: No dia a dia, em uma cidade com bom asfalto.

. Inovação: Motor elétrico em larga escala;

. A minha seria: Amarela fosca, com uma bolha mais alta

. Preço: Indefinido.

3. Triumph Scrambler 1200

Imagine uma moto com visual clássico, porém, pronta para encarar terrenos acidentados e com motor de sobra. Foi assim que surgiu uma das mais aguardadas da inglesa Triumph.

Na nova Scrambler, o motor 1200 rende 90 cv de potência máxima. Suspensões de longo curso (200 mm) rodas raiadas e painel de TFT fecham o conjunto. Se por fora o visual é clássico, no painel, é possível acessar a navegação, controles de tração, modos de pilotagem e até mesmo a configuração da câmera Gopro via bluetooth. Este modelo busca atender principalmente quem gosta de se aventurar nas estradas de terra, sem jamais perder o estilo.

. Chance de ser vendida por aqui: Prevista para o primeiro semestre de 2019;

. Melhor lugar para conhecer: Num bate e volta até a Pedra Grande, em Atibaia/SP;

. Inovação: Retrô, porém com conexão com a GoPro e navegação;

. A minha seria: XC verde, com protetor de mãos e uma bolha mais alta

. Preço: Indefinido.

4. Yamaha Niken

Das cinco motos mostradas aqui, sem dúvidas a mais “diferentona” é a Yamaha Niken. Anota aí: 2 conjuntos de suspensões dianteiras e freios, motor da MT-09 e três rodas. Se no Brasil vemos no máximo aqueles triciclos com motor de carro, ou então o Can-Am Spyder, este modelo é diferente de tudo que você já viu.

Usando um sistema de suspensões unidas por um paralelogramo, ela consegue se inclinar nas curvas proporcionando uma pilotagem muito mais parecida com uma motocicleta. Esta pode ser a solução para muitos motociclistas em potencial mas que por algum motivo ou receio não compram um modelo de “apenas” duas rodas. A Niken também já sai de fábrica pronta para fazer uma ponta na interminável série de filmes “Transformers”.

. Chance de ser vendida por aqui: Muito baixa, por ser um modelo de nicho;

. Melhor lugar para conhecer: No litoral de Portugal, no verão;

. Inovação: Basicamente tudo, tirando o motor e a traseira da Mt-09;

. A minha seria: Azul, com uma bolha mais alta (deu para notar que gosto de bolhas?);

. Preço: Indefinido (deve ser aceito o Tesseract).

5. Honda Goldwing

Imagine algo diferente, que você gostaria de ter na sua moto atual.

Pensou?

Muito provavelmente a Goldwing já tem. Sendo o topo de linha das motocicletas Honda, a Goldwing sempre foi vitrine para tudo que de melhor pode ser oferecido numa moto. Praticamente uma Halo Bike.

Partida sem chave, câmbio automático, aquecedor de manopla e de banco, assistente de partida em rampa são simples demais para você? Saiba que ela foi a primeira moto do mundo a oferecer airbag. Sim: a i r b a g. Em uma moto.

A última inovação deste modelo é ser a primeira a receber uma central multimídia com Apple Car Play - ou seria Apple Moto Play?

Para finalizar, ela também conta com som rádio, marcha ré, bolha e bagageiros com comandos elétricos. Com espaço para dois ocupantes, além de muita bagagem e muito conforto, é basicamente uma viagem de primeira classe em duas rodas. Só não espere preço de econômica fora de temporada. Porém, antes de você correr ver o preço, aviso que sai mais em conta que a Ducati, na exclusiva “categoria” motocicletas para pessoas com grandes quantidades de dinheiro disponível.

. Chance de ser vendida por aqui: Já disponível;

. Melhor lugar para conhecer: Num bate e volta até Punta Del Leste, no Uruguai;

. Inovação: Multimídia, além de airbag etc., etc.;

. A minha seria: Versão Tour (mais completa) vermelha e preta

. Preço: R$ 156.500 mais frete.

E do lado de lá da tela? Você leitor tem alguma moto que gostaria de conhecer ou saber mais em 2019?

A caixa de comentários está aberta e estou sempre por lá.

Até a próxima!


publicado em 29 de Janeiro de 2019, 00:00
Avatar jpg

Lucas Rizzollo

Jornalista especializado em carros e motos. Nascido com gasolina nas veias e fanático pelo o assunto desde sempre. Quando não está lendo ou escrevendo joga Poker e também Futebol Americano. Você pode seguir no Instagram.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: