Pais de primeira viagem e pais experientes, preparamos um evento de um dia inteiro pra vocês. É o "PAI: os desafios da paternidade atual". 20/08 — ingressos à venda!

[18+] Os bom dias que fizeram nossa cabeça em 2016

Escolhemos os ensaios que mais empolgaram a equipe do PapodeHomem neste ano

  • Nossos atuais Mecenas:
  • Advertisement
    130x250 1 jpg

Seguimos em busca de uma coluna de sensual mais interessante. Temos, sim - e antes de mais nada - muito a percorrer. Este foi o ano em que, oficialmente, pedimos mais diversidade em corpos e peles

Mas, olhando o macro, estamos bem orgulhosos de ter chegado até aqui. Essa era uma série de respiro, uma coisinha de moleques pra aliviar a segunda-feira. Daí se olha que, em 2014, colocamos o primeiro ensaio masculino, algo pontual, que se tornou modus operandi. Hoje, ao menos uma vez por mês ensaios com homens são publicados aqui na casa, com a vontade que aumente a quantidade.

O mesmo para corpos variados, peles, jeitos, conversas, desabafos.

Homens, quebrem essa caixa! Fotógrafos, fotografem mais corpos e tons de pele fora do padrão e nos enviem. A exploração do Bom dia – em torno do nu, sensualidade e sexualidade – segue.

Guilherme Valadares

Bom, se você é fotógrafo(a) ou tem um ensaio que deseja publicar, fale conosco pelo jader@papodehomem.com.br.

Abaixo, os Bom Dias que mais fizeram nossa cabeça em 2015.

[18+] Bom Dia, Maria Clara (escolha do Rodrigo Cambiaghi)

Esse ensaio tem três coisas que eu gosto muito: a história que a Maria Clara conta no texto sobre quando ela publicou as fotos; O Bernardo, o menino que clicou o ensaio tem só 19 anos (com essa idade, a maioria de nós não sabia nem como ligar o flash da câmera).

E a Maria Clara tem algo que me lembra um caso do meu passado, muito rápido, muito intenso e que me marcou pra sempre.

[18+] Bom Dia, Érica Caru (escolha da Carol Rocha)

Érica Caru, sensibilidade e deslumbrante são palavras que combinam muito bem na mesma frase.

Quando o Jader me perguntou qual tinha sido o melhor bom dia do ano, o nome dela veio na mesma hora à cabeça. O intimismo, o olhar e a forma crua e sincera das fotos me levam para dentro daquele quarto, como se eu mesma a estivesse fotografando. De sobra, a Érica me lembra demais uma das maiores crushs da minha vida: Esperanza Spalding, linda de se ver e escutar. 

[18+] Bom Dia, Lely Czelusniak (escolha do Luciano Ribeiro)

Esse ano o Bom Dia arrasou.

Tanta coisa bonita em termos de fotografia e sensual, outros olhares, bom dias masculinos, etc. Mas esse bom dia da Lely Czelusniak, pra mim, já foi incrível logo no começo do ano. Meu favorito de 2016.

[18+] Bom Dia, Rafa Campos (escolha do Jader Pires)

Não é pra ser bonzinho ou pra escolher ensaio de homem pra mostrar que tô desconstruidão. Acontece que eu conheço o Rafael de fato e foi a primeira vez que vi alguém que tenho vínculos além do profissional de ensaios e fotógrafos e pessoas fotografadas a sair com um ensaio nu em alguma publicação.

O que acho massa demais nesse ensaio, além dessa percepção de ver alguém que comumente vejo vestido, porém agora sem roupa alguma, é a maneira muito caseira que dá ar em cada foto. Digo, tem algo nas imagens que transmitem uma coisa maior de "vem cá, me mostra bonito e pelado pras pessoas" do que "o que essa imagem quer transmitir é a vida, o universo e as coisas tudo", saca.

Essa parada bem crua de "senta aí, deixa eu bater uma foto sua" me encanta sempre que vejo esse Bom Dia.

Fez a minha cabeça este ano.

[18+] Bom Dia, Thaís Marin (escolha do Phellipe Araújo)

O Bom Dia da Thaís me pegou de jeito porque ela é fotógrafa e aceitou estar atrás das lentes. Isso despertou minha atenção.

Eu também acho essa sessão de fotos extremamente sensual, por isso esse é o meu bom dia favorito de 2016.

[18+] Bom Dia, Marina Borges (escolha do Guilherme Valadares)

Fez minha cabeça o "Bom dia, Marina Borges", ensaio no qual Nilton dos Anjos a fotografou para o projeto Nu em Pele

Gosto demais das cores, linhas e texturas dessas fotos. Em especial, o que mais me fisga é o olhar de Marina. Ora mais serena e tranquila, quase entediada, ora um cado desconfortável. Mas ali, presente. Acho um tremendo charme expressões mais sérias e naturais, como a dela. Parece que não há tentativa de seduzir alguém atrás das lentes. 

E sua participação nos comentários (como nesse aqui) foi excelente. Às vezes parece ficar em segundo plano, mas a intenção do Bom dia é também provocar bons diálogos e expandir o que acreditamos ser o sensual.

[18+] Bom Dia, Jessica Beppler (escolha do Eduardo Amuri)

Já tive fases de consumir bastante pornografia, e fases de passar longe do xvideos. De todo jeito, durante as fases todas, meu olhar para os ensaios aqui do Bom Dia sempre foi um lance diferente, meio arte, meio conceito.

Era um dos poucos momentos que eu, com olhar bem chucro, parava pra prestar atenção em luz, cenários, composição da parada toda. Tenho diversos amigos fotógrafos e mesmo quando eles me mandam fotos eu não me sinto muito apto a palpitar. Com o Bom Dia eu arriscava meus pitacos, lia o texto com calma, mas com esse ensaio foi diferente.

Precisei de bastante atenção redobrada pra não me perder no olhar e nas curvas da moça.

* * *

Qual o teu Bom Dia favorito de 2016? Conta aqui embaixo.

Boa semana a todos.


publicado em 02 de Janeiro de 2017, 00:00
13350456 1045223532179521 7682935491994185264 o

Jader Pires

É escritor e editor do Papo de Homem. Seu livro de contos é o Ela Prefere as Uvas Verdes. Está no Facebook, no Instagram e escreve semanalmente sua newsletter, a Meio-Fio, com contos/crônicas e uma curadoria cultural todas às sextas, direto no seu e-mail.


Puxe uma cadeira e comente, a casa é sua. Cultivamos diálogos não-violentos, significativos e bem humorados há mais de dez anos. Para saber como fazemos, leianossa política de comentários.

Nossos atuais Mecenas: