Tutorial de negociação para não ser roubado pelos bancos

Seiiti Arata

por
em às | Listas, PdH Shots, Trabalho e negócios


Disseram aí que o brasileiro está com mais medo da inflação do que da violência. Quando isso acontece onde existem babacas à solta que matam pais de família na frente dos filhos por causa de bobeira de trânsito, é deveras preocupante.

Mas será que todo mundo está mesmo com medo da inflação? Nem todos: “Para os bancos, aquilo que é a maior desgraça nacional – a inflação – transforma-se numa galinha dos ovos de ouro” (revista Veja).

Com os lucros bilionários atuais dos bancos dentro de uma situação econômica preocupante, as taxas cobradas ficam ainda mais exorbitantes. E aqui entra um segredo financeiro (que na verdade nem é muito secreto: todo mundo sabe mas são poucos os que efetivamente usam esse conhecimento): Você provavelmente não precisa pagar as anuidades de cartão de crédito ou taxas de bancos.

Hoje em dia existe uma competição tão intensa entre as operadoras de cartão de crédito que é muito raro que as empresas cobrem para ter o privilégio de ter você como cliente. As raras exceções são no caso de você ter um cartão que dê muitos privilégios, como milhagens e outros serviços exclusivos, mas mesmo nesses casos você pode sempre negociar, como eu fiz.

O fato é que caso a sua operadora insista em continuar cobrando uma tarifa que você acha exagerada, o melhor é cair fora. Sério. Tem muita oferta boa por aí e as empresas cobram uma facada na esperança da gente usar o nariz de palhaço e pagar sem reclamar.

Se quiser acompanhar o passo-a-passo da negociação em que eu recuperei R$ 201,60, é só clicar no vídeo abaixo. Desmembrei as técnicas de negociação em 12 dicas simples.


Link YouTube

Algumas dicas extras

1. Considere entrar para uma cooperativa de crédito como a SICOOB ou SICREDI – pedirei ao meu amigo Nando Zapelini fazer alguns comentários a mais, pois ele tem experiência de sobra nessa área.

2. Não se deixe levar pela emoção na negociação. Vi comentários de gente enfurecida que diz “comigo é assim: eu cancelo mesmo o cartão, não perco tempo negociando”. O problema de sair cancelando cartões adoidado é que em primeiro lugar isso não necessariamente é o seu objetivo pretendido na negociação (que é continuar usando o cartão, com anuidade reduzida) e isso pode afetar o seu histórico de crédito.

Imagine o que “o sistema” das instituições financeiras pode pensar ao analisar o histórico de uma pessoa que cancela cartões a todo momento e raramente mantém uma mesma conta de cartão de crédito por vários anos? Isso possivelmente afetará seu cadastro positivo, que é uma novidade na lei brasileira mas que ainda não tem clareza de regulamentação. Pedirei ao meu amigo Conrado Navarro, do Dinheirama, fazer comentários, já que ele tem feito a cobertura desse tema.

Estou aqui criticando os bancos e operadoras de cartão de crédito que exploram os consumidores inocentes que sempre pagam sem mesmo tentar negociar. Mas não são apenas eles: a vida é assim. Na compra de carro, na compra de um apartamento… na vida, temos que aprender a negociar.

O caminho até o inferno é fácil. Mas não deveria ser assim

Em teoria, um banco de boa reputação deveria como regra geral oferecer taxas justas. E assim a gente não perderia tempo negociando. Era apenas questão de escolher os prestadores honestos e que atendem bem seus clientes.

Mas na prática, acabamos vivendo a lei da selva: quem sequer tenta negociar é quem vai engordar o bolso dos bancos e de quebra paga a parte de quem telefonou e negociou com sucesso.

Agora, já pensou o que pode acontecer se a imensa maioria das pessoas começar a telefonar para cancelar as taxas bancárias excessivas? Poderia ser uma mudança de paradigmas, assim como tem acontecido com o mercado de música: o mercado deve repensar seus modelos de negócio. Eu realmente espero que um monte de gente passe a telefonar para os bancos, se recusar a pagar essas taxas e como consequência dar alguns milhões de prejuízo aos bancos. Quem sabe assim eles percebem que pra receber dinheiro dos consumidores, é necessário oferecer serviços melhores?

Só mais um ponto pra balancear a conversa: acho importante quando os bancos cumprem o papel social de educar os clientes a fazer bons investimentos, a poupar para o futuro, a estimular o empreendedorismo e promover cultura. E isso é feito muito bem, sendo o Centro Cultural Banco do Brasil e o Itaú Cultural alguns exemplos que consigo lembrar agora de cabeça. Mas ninguém faz isso por caridade pura: existem mecanismos de benefícios tributários para apoio cultural e os bancos ganham muito com branding, fortalecendo suas marcas.

Seria lindo ver esse mesmo esforço de fazer bonito tratando o cliente com um nível de serviço Zappos, entregando felicidade. Se é possível fazer com sapatos, por que não com serviços financeiros?

Seiiti Arata

Gosta de ajudar pessoas e fazer amigos. E ainda recebe dinheiro pra isso. Fundador da Arata Academy.


Outros artigos escritos por


SEPARAMOS MAIS TEXTOS PARA VOCÊ CONTINUAR LENDO




O texto acima não representa a opinião do PapodeHomem. Conheça a visão e a essência por trás do que fazemos. Queremos uma discussão de alto nível. Antes de comentar, leia nossas boas práticas. Caso deseje enviar um texto e se tornar um autor, venha por aqui.


  • http://osexoeasmulheres.blogspot.com Deb.

    Vi o vídeo ontem, e já detectei alguns erros básicos nas minhas negociações. Em uma próxima vez já vou errar menos. Obrigada pelas dicas, Seiiti!

    Ah, e aproveito para passar uma dica também, de algo que aprendi na prática. Não perder muito tempo argumentando com empresas de telefonia como Oi, Tim etc. Ligo, comunico o problema. Quando eles falam que não podem fazer nada – sempre recitam um texto se eximindo de responsabilidade pelos problemas – ou que o problema é interno (no caso do fixo) e tenho de chamar um técnico por minha conta, simplesmente anoto o número do protocolo e ligo para a Anatel. Em no máximo 3 dias o problema é resolvido.

    • Daniel Felipe

      Ja aprendi a falar com a Oi. É ligar e falar ANATEL. Pronto, eles te atendem direitinho agora.

    • http://arataacademy.com/port Seiiti Arata Jr.

      Bacana, Deb! Obrigado pela dica do lance com a Anatel – eis um outro assunto que dá o que falar…

      • http://osexoeasmulheres.blogspot.com Deb.

        Se dá… já perdi a paciência com o pessoal da Oi algumas vezes. Acho que é um dos piores atendimentos. E é bem o processo que você mostrou… o primeiro atendente só vai te transferir pra outro… que só vai ler telas e não tem autonomia para fazer nada que a gente precisa… e então chegamos no supervisor. (Só que nesse caso nem ele resolve, então não vale a pena.) Aí entra a Anatel. E resolve.

      • Paulo Mei

        O descaso de atendentes de operadoras de celular é o que mais me causa espanto.

        Descobri que em muitas lojas autorizadas, essas de shopping, eles tem uma cabine com 2 ou 3 telefones para que VOCÊ possa utilizar o serviço de atendimento ao cliente. Eles tem uma loja gigantesca, com vários funcionários sorridentes que não tem acesso a nada, eles não podem cancelar minha conta, nem fazer mudança de plano…

        O pior caso foi na VIVO, em que fui apenas me informar sobre os planos pós pagos e antes que eu percebesse estava em uma cabine dessas. (parece piada, mas é sério)

      • http://twitter.com/edegar EDEGAR NEUMANN

        Deb, eu também tenho problemas homéricos com a Oi, e muitas vezes apelo pra ANATEL mesmo. Mas consegui encontrar uma empresa cujo atendimento é pior: Terra (o provedor). Não vou nem entrar em detalhes pois já começo a sentir taquicardia… sério!

      • http://twitter.com/edegar EDEGAR NEUMANN

        Deb, eu também tenho problemas homéricos com a Oi, e muitas vezes apelo pra ANATEL mesmo. Mas consegui encontrar uma empresa cujo atendimento é pior: Terra (o provedor). Não vou nem entrar em detalhes pois já começo a sentir taquicardia… sério!

    • Luiz Fernando

      A TIM que me aguarde… estou a 1 semana ligando, falando todos os dias… vou testar com esse lance da Anatal. :-) Beijoo

      • http://twitter.com/edegar EDEGAR NEUMANN

        Vai funcionar, pode ter certeza. Não digo em 3 dias, mas funciona!

      • http://twitter.com/edegar EDEGAR NEUMANN

        Vai funcionar, pode ter certeza. Não digo em 3 dias, mas funciona!

    • Luiz Fernando

      A TIM que me aguarde… estou a 1 semana ligando, falando todos os dias… vou testar com esse lance da Anatal. :-) Beijoo

  • Leonardo

    Muito bom ver a teoria sendo aplicada na prática.
    Uma técnica que uso na negociação é nunca facilitar o “NÃO” do atendente.Pergunto “O que mais você pode fazer por mim nesta situação?”, forçando uma resposta mais elaborada e testando os poderes do atendente. Se perguntasse “Você pode fazer mais alguma coisa por mim?”, é muito fácil para o atendente responder somente “NÃO”.

  • Daniel Felipe

    Esse texto tinha que ter vindo antes…Esse mês paguei a 6ª e ultima parcela da anuidade do cartão de crédito do Banco do Brasil. R$13 por mês. R$78 por ano.
    Fora os R$16 que me cobram todo mes pela conta corrente. R$192 por ano pra manter a conta corrente.
    E olha que o meu perfil não é “Platinum. É o perfil “Fudidum” mesmo.
    Vou ligar lá e tentar estornar alguma coisa. Dinheiro é sempre bem vindo.

    • http://arataacademy.com/port Seiiti Arata Jr.

      Daniel, mesmo já feito o pagamento, liga assim mesmo. Eles podem te devolver a grana. 

      Mesmo que seja pouco, será um ótimo treinamento para futuras negociações!

    • Luiz Fernando

      Ri muito com o seu perfil “Fudidum”.

      Tenta estornar sim Daniel. Mas já te adianto: tente mostrar, por A+B, que você tem direito a esse estorno. Reclamar por reclamar, dependendo do seu perfil, do seu histórico, não adianta nada.
      Talvez com extratos da conta e fatura do cartão, você consiga mostrar que é um bom cliente, que nunca extrapolou a conta, que sempre pagou dentro do vencimento, que além de pagar anuidade do cartão, paga tarifa da conta, etc… esses são argumentos que já eliminam a tentativa de dizerem “Não”.

      Abraçoo

    • Luiz Fernando

      Ri muito com o seu perfil “Fudidum”.

      Tenta estornar sim Daniel. Mas já te adianto: tente mostrar, por A+B, que você tem direito a esse estorno. Reclamar por reclamar, dependendo do seu perfil, do seu histórico, não adianta nada.
      Talvez com extratos da conta e fatura do cartão, você consiga mostrar que é um bom cliente, que nunca extrapolou a conta, que sempre pagou dentro do vencimento, que além de pagar anuidade do cartão, paga tarifa da conta, etc… esses são argumentos que já eliminam a tentativa de dizerem “Não”.

      Abraçoo

    • Geraldo Lins

      Daniel, o BB tem contas de R$15 ou R$ 25 de manutenção q ‘recarrega’ seu celular nesse mesmo valor. Ou seja, no fim das contas eu parei de pagar celular (ou pagar manutenção de conta). Outra solução é se vc estudar, de faculdade pra cima (pós, mestrado…), a manutenção cai pra R$3,80.

      • Daniel Felipe

        Conte-me mais sobre esse “plano” de recarregar celular?
        Pra mim isso é vantajoso. Gasto exatamente R$17 por mes de celular na TIM.
        To preparando minha “defesa” pra ligar pra lá na segunda feira.

    • Rafael

      Eu sempre consigo o estorno das minhas anuidades de cartão de crédito. Se vc usa e gasta o suficiente eles nem titubeiam em lançar o mesmo valor pago na próxima fatura. Nós não podemos deixar de negociar.

  • http://www.facebook.com/people/Lucas-Fonseca-Lage/1076838765 Lucas Fonseca Lage

    Seiiti vc é um ninja da praticidade hahaha

    • http://arataacademy.com/port Seiiti Arata Jr.

      É nóis, mano. Deiz reau mais o dinheiro do busão

    • http://arataacademy.com/port Seiiti Arata Jr.

      É nóis, mano. Deiz reau mais o dinheiro do busão

  • http://www.facebook.com/lzenon Leonard Zenon

    Não uso cartão.

    • http://arataacademy.com/port Seiiti Arata Jr.

      É uma escolha consciente, Leonard. Cada pessoa tem diferentes prioridades e contexto.

      No meu caso, o cartão acaba me trazendo enormes vantagens com a pontuação de milhagem e, espero, com o novo Cadastro Positivo, deve também diminuir as minhas taxas de juros em grandes compras como imóveis e carros

    • http://arataacademy.com/port Seiiti Arata Jr.

      É uma escolha consciente, Leonard. Cada pessoa tem diferentes prioridades e contexto.

      No meu caso, o cartão acaba me trazendo enormes vantagens com a pontuação de milhagem e, espero, com o novo Cadastro Positivo, deve também diminuir as minhas taxas de juros em grandes compras como imóveis e carros

    • http://twitter.com/isabellaianelli Isabella Ianelli

      É, eu também não, mas todo mundo acha que sou uma dinossaura quando digo isso.

  • Alair Santos

    Daniel,eu também era usuário do Ourocard do BB,mas não vale a pena,ele oferece crédito muito baixo e as tarifas de anuidade são altíssimas,atualmente ultilizo Santander Free e American Express,nem preciso negociar anuidade pois estes cartões me isentam de anuidade,o Santander Free é isento de anuidade com a condição de de fazer dele de ser usado ao menos um vez no mês,já o American Express pede que o cartão seja’usado ao menos uma vez a cada três meses.

    A Credicar ligou pra mim e me ofereceu um cartão sem anuidades também,com uma vantagem ao que já tenho: não tem condições pra ficar isento,ou seja,não precisa fazer gasto mínimo no mês ou no trimestre  para ficar isento,vou experimentá-lo,se for bom eu chuto o do Santander pra bem longe. kkkkkkkkkkkkkkkk

    Ah,detalhe,a Credicard só oferece este cartão pra quem ela quer,não sei que critérios ela usa para escolher,só sei eles é que me ligaram oferecendo,se alguém for pedir esse cartão ela não dá,só dá o que contém anuidade.

    • http://www.reflexoesmasculinas.com.br/ Shâmtia Ayômide

      idem.
      Ourocard é uma merda.

    • http://twitter.com/edegar EDEGAR NEUMANN

      E qual a pontuação do programa do Santander Free?

    • http://twitter.com/edegar EDEGAR NEUMANN

      E qual a pontuação do programa do Santander Free?

  • http://arataacademy.com/port Seiiti Arata Jr.

    Excelente, Leonardo! É o poder das perguntas abertas (como existe mais material escrito sobre isso em inglês do que em português, fica a dica pra quem gostou da recomendação do Leonardo de fazer uma busca google com “open ended questions” e vai descobrir bastante coisa legal)

  • http://papodehomem.com.br/ Gus Fune

    Vale ressaltar que nada disso não vai funcionar se:

    • Você tem o cartão há menos de 1 ano, ou seja, antes de pagar a segunda anuidade (a primeira geralmente já tem descontos), e principalmente: antes de você ter um histórico de gastos com a operadora.
    • Ok, você tem um histórico, qualquer negociação vai ser condizente ao seu perfil de compras. Se você usou o cartão em pequenas compras durante o ano, seu desconto obviamente vai ser menor comparado a uma pessoa que usa o mesmo cartão pra tudo.
    • Atrasar conta, estar com nome do SPC/Serasa e até mesmo possuir empréstimos gordos podem afetar sua posição na negociação. Uma vez eu briguei com o banco pq uma conta minha ia atrasar e eu queria pagar em dia, resultado, toda vez depois disso que ligava no cartão, era mega bem atendido “ah, o senhor tem um histórico EXCELENTE”.
    Algo que aconteceu comigo mês passado foi quando tentei cancelar um cartão que não utilizava. Liguei pra cancelar e o atendimento não foi ok. Inclusive, tentei negociar um desconto na anuidade e o banco não ofereceu nada pq o cartão estava sem uso há 6 meses.

    Reclamei no twitter e o banco entrou em contato. Expliquei que não utilizava muito o cartão, achava a anuidade cara e gostaria de cancelar, pois outra operadora me ofereceu um cartão da mesma bandeira pela mesma anuidade e de uma categoria maior (platinum), eu não menti em relação a questão da oferta do cartão, mas, caso alguem queira tentar isso ai, pode ser que funcione.

    Depois disso, o banco me fez a oferta de que me isentaria da anuidade, mas que, só poderia fazer isso novamente no futuro se eu utilizar mais o cartão (foram 100% honestos nisso).

    O mais curioso é que, eu tentei cancelar pelo telefone e não consegui. Pelo twitter, acabei não cancelando, como o banco veio conversar comigo.

    Também já utilizei o twitter com vários outros problemas e é sempre mais tranquilo. Parece que tem algum ‘twist’ psicológico ou não sei o que em que a situação inverte: o banco vai atrás de você pra resolver seu problema.

    Inclusive, isso daria um excelente post: Twitter e SAC 2.0.

    • http://arataacademy.com/port Seiiti Arata Jr.

      Genial, Gus! Valeu mesmo – sabia que vc tinha um case sensacional pra compartilhar com a sua experiência com o Twitter. Achei legal a idéia pro futuro post! (maquinando umas idéias aqui em modo Gary Vaynerchuck de pensamento)

      • http://papodehomem.com.br/ Gus Fune

        Quando for pensar nisso, me avise que tenho várias histórias de twitter, minhas e de conhecidos. ;)

    • Rodrigo

      Mas receio que isso so funcione bem geralmente pra quem é conhecido na web né, como você e seus quase 2000 followers. Eu por exemplo, que devo ter twittado uma vez so e não entro em minha conta ha meses, não teria voz nenhuma com uma reclamação seja do que for…

    • Luiz Fernando

      Falou e disse Gus! Essas dicas são as básicas pra início. Mas, confesso que tudo se conversa.

      Supondo que um cliente seja muito ruim e tenha tudo contra pra ganhar isenção, ele está provisonando um enorme quantia, tirada diretamente do lucro da agência. Logo, dependendo muito do caso, mais vale a pena isentar de tudo, renegociar tudo a ponto de que a mensalidade esteja dentro da capacidade e seguir com o cliente. Com o decorrer dessa renegociação, se for preciso, cancelar tudo e forçar o cliente a encerrar a conta.

  • http://twitter.com/gibarino Giovanna Barino

    All hail Seiiti Arata!!!

    Devo confessar que a algumas semanas eu fiz uma negociação de anuidade e infelizmente não soube lidar tão bem como você… Apesar de ter conseguido 35% de desconto eu vejo agora que isso realmente foi o mínimo que me ofereceriam. Eu infelizmente acatei a primeira oferta – que erro crasso. Felizmente eles cometeram um erro para efetuar o nosso acordo e em breve eu entrarei em contato pedindo a redução pelos transtornos gerados e lógico usando o pensamento do valor do cliente como você coloca.

    Muito Grata pelo seu post. Irá realmente ajudar em futuras negociações. =D

    • http://arataacademy.com/port Seiiti Arata Jr.

      Valeu @twitter-39075824:disqus - mas na verdade vai ter gente que dirá que a minha negociação nem foi tão intensa assim. Muita gente vai até o final, eliminando totalmente a anuidade.

      No caso do vídeo, não quis deixar essa impressão, de que tem que ser tudo ou nada. A idéia é mostrar como a negociação não é nenhum bicho de sete cabeças, que é algo bastante simples, e até divertido. 

      Na minha opinião, só o fato de vc ter saído da inércia, pegar o telefone e ainda conseguir os 35% foi uma GRANDE VITÓRIA. A grande maioria do público nunca faz isso. São os que pagam o valor total.

      Na próxima anuidade, vc já tem aí um desafio interessante pra se divertir!

  • http://www.facebook.com/people/Guilherme-Valgas/100001756025565 Guilherme Valgas

    Sensacional! O planejamento das estratégias e das ações é fundamental obter um bom resultado nas negociações.

  • Rodrigo Cambiaghi

    Sensacional!! dei risada no final hahahaha

    Da pra aplicar isso muito bem com operadoras de telefone celular também quando for negociar desconto em conta ou desconto em aparelho. 

    Seiiti, o vídeo tem 14 minutos, mas quanto tempo te levou pra fazer toda a negociação? mais de 1 hora né?

    • http://arataacademy.com/port Seiiti Arata Jr.

      Fala @jubareba:disqus !

      Bro, não foi tudo isso não. Acho que no total foram 23 ou 33 minutos, sendo que nos momentos de espera eu fiquei tuitando e respondendo email.

      (O que me deu trabalho mesmo foi editar o vídeo, mas a causa vale a pena)

  • Mel

    Não tô conseguindo ver o vídeo… fica uma tela verde… sou só eu aqui?

  • http://pulse.yahoo.com/_FUT4DR7VSKHTTZ747SN6WDNKRM Vinícius Policarpo Quintão

    Seiiti, tem uns momentos aqui que você merece o oscar:

    - Não é nem a questão do dinheiro…
    - Podemos fechar da seguinte forma, fechar em R$50,40. (Então segura aí!hahaha)

    Como assim não é o dinheiro?? Isso prova que o cara não tá nem aí pro que você tá dizendo, ele não quer você insatisfeito ou debandando…
    O desconto solicitado de duas parcelas chegou a estornar a primeira! Isso prova que a anuidade não tem peso nenhum pra eles, só a taxa de operação cobrada dos estabelecimentos! E prova também que o faro de negociação do supervisor não precisa e NEM DEVE ser apurado o suficiente pra dobrar o cliente…

    Eu gostava de fazer um “telefone sem fio” com as operadoras de telefonia móvel, na era de ouro dos “celulares de presente”. Como não gastava muito ia pra quem me desse um aparelho e maior desconto, se não dessem eu contava a oferta anterior e dizia que ia analisar, e assim sucessivamente…ganhei muito telefone e fatura paga pela metade desse jeito…

    Por fim, meus parabéns pelo planejamento do ato e a lição compartilhada! Seus posts sempre tem um conteúdo útil, isso pra dizer o mínimo!

  • http://www.facebook.com/people/Erick-Setubal/1240951944 Erick Setubal

    Eu ri muitooooo com o video! Não tenho cartão mas vou ligar negociando o cartão da minha família toda e da minha namorada tambem.

  • Luiz Fernando

    Fala Seiiti! Primeiro, obrigado pela lembrança! :-)

    Bom, você tem claras e perfeitas noções de negociação. Não digo a negociação em si, o fato de conseguir desconto, mas de entender como funcionam os processos, as reações, as propostas.
    Essa sua explicação, com vídeo e áudio foram cruciais pra identificar os erros que, geralmente, cometemos.

    Cara, muita gente não sabe, não conhece, mas o cooperativismo de crédito está aí como um movimento alternativo, que busca suprir essas necessidades e falhas que os bancos não têm. Seja por capacidade, por conhecimento, por disponibilidade e, até mesmo, pelo cliente ser dispensável. Sim, contam-se nos dedos os clientes em que o banco fará de tudo para não perder.

    O lance das Cooperativas de Crédito é que, por ser uma organização de pessoas, os produtos e serviços são mais baratos, pois as cooperativas não tem intenção de lucrar com seu portfólio, mas sim, ajudar seu cooperado/cliente, suprir suas necessidades financeiras. Em contrapartida, os bancos são organizações de capital, logo, o objetivo é o lucro.

    Infelizmente, o cooperativismo no geral (há cooperativas de crédito, de habitação, de educação, de turismo, de saúde, etc.) representa apenas 3% do PIB no Brasil. Enquanto em outros países, como Alemanha, EUA, Holanda, Espanha, Malásia, Polônia, Japão, Canadá, a participação no PIB do cooperativismo varia entre 25% e 75%. Essa é a prova de que a sociedade brasileira não conhece as oportunidades.

    Como já comentei no YouTube, fiquei assustado com o valor da sua anuidade. Ela é 4x mais que numa cooperativa de crédito, por exemplo. O Daniel citou o valor da tarifa mensal de conta corrente, que é 2x mais que em cooperativas.

    O pessoal que se interessou, que entender melhor como funciona, é só perguntar. Como o Seiiti falou no post, os dois sistemas macros brasileiros de cooperativismo de crédito são Sicoob e Sicredi, sendo o Sicoob em maior número de agências e o Sicredi em maior número de movimentação financeira.

    abraço!
    Estamos às ordens! :-)

  • http://www.papodehomem.com.br/ Guilherme Nascimento Valadares

    Do caraleo ter feito todo esse trabalho e compartilhado conosco, Seiiti! Pago pau.

    • http://arataacademy.com/port Seiiti Arata Jr.

      Prazer poder compartilhar essas coisas aqui na casa, Guilherme!

  • http://twitter.com/isabellaianelli Isabella Ianelli

    Seiiti, muito bom o post. Vi o vídeo todo da negociação, parando e voltando pra ver se aprendo. Sou do tipo nervosinha, horrível para negociar… Mas vou entrar na linha! hahaha.

    • http://arataacademy.com/port Seiiti Arata Jr.

      Ah, consegue sim, @twitter-37005361:disqus - tenho certeza! É só pegar o telefone e brincar.

      E que tal vermos com o Gitti um treinamento especial de não-meditação pra acalmar o lado nervosinha? Valeria até um vídeo comentado mostrando o passo a passo, hein? ;-)

      • http://nao2nao1.com.br/ Gustavo Gitti

        O lado “nervosinha” é charme, não tem seriedade ou peso algum. Eu mesmo nunca vi.

  • http://twitter.com/isabellaianelli Isabella Ianelli

    Seiiti, muito bom o post. Vi o vídeo todo da negociação, parando e voltando pra ver se aprendo. Sou do tipo nervosinha, horrível para negociar… Mas vou entrar na linha! hahaha.

  • http://donluidi.wordpress.com don luidi

    Seiiti muito bom o post, vou utilizar as suas dicas na minha negociação, mas de aumento salarial (rs)…

    • http://arataacademy.com/port Seiiti Arata Jr.

      Manda bala, Luidi! Negociação para salário tem alguns outros aspectos, talvez eu escreva um post em breve aqui pro PdH (a pauta tá bem grande já…)

  • flor

    Seitii, aprendi isso mas sem nem saber que se tratava de uma jogada com as operadoras, realmente liguei pra credicard pra cancelar meu cartão pela anuidade “gigantesca” que queriam me cobrar, e descobri por acaso que essa jogada dava certo, apartir de então nunca mais paguei anuidade, e repassei isso a amigos e familiares, hoje a maior parde das pessoas que conheço usam essa mesma jogada, muito bom seu video..

  • Rafael Ribeiro Rocha

    Outras dicas, por experiência própria:

    - Telecomunicações (telefone, internet, TV por assinatura): a palavra-mágica é ANATEL! Eles morrem de medo da ANATEL, às vezes só de vc mencionar que vai reclamar na ANATEL já mudam o tom com você, mas se não adiantar vc faz mesmo a reclamação, dá pra fazer pelo site. Rapidamente eles irão entrar em contato com você pra resolver o mais rápido possível o problema. Deve ser pq a ANATEL realmente utiliza o banco de dados de reclamações, lembram que a Telefônica foi proibida por um tempo de vender o Speedy? Deve ser por isso que morrem de medo da ANATEL.

    - Cansado de ficar esperando no telefone? Facebook é a palavra mágica. Tive um problema com a SKY e pelo telefone não resolviam de jeito nenhum. Usando a combinação mortal ANATEL + Postagem na página deles, do facebook, resolveram rapidinho, de grátis (queriam me cobrar por um defeito que não era minha culpa). A vantagem de usar as redes sociais é que ainda são poucos usuários que utilizam, então a atenção que o SAC virtual dá pra você é bem maior, e os profissionais que monitoram as redes sociais devem ser mais bem preparados do que o exército de telemarketing do site.

    Sobre o cartão, realmente é uma ótima dica, estava pensando em ligar no BB, já que meu pai não paga anuidade e a minha foi cobrada. Obrigado!

  • http://www.facebook.com/cristianosvieira Cristiano Vieira

    Uma mensalidade barata para se ter conta corrente é abrir a conta nos Correios (ela será vinculada ao Bradesco, ao menos até esse fim de ano). A manutenção é 7,80 por mês. E tem como também transformá-la em conta bonus, essa que dá crédito para celular.
    Vale tentar.

  • Paulo

    valeu Seiiti, estava estudando sobre finanças já que to começando nesse “mundo” agora, pois seria ruim já começar errado uma vez que não comecei com um salario relativamente baixo pra quem não tem experiencia!

  • Luiz Fernando

    Cara, posso te indicar os três sites abaixo pra ti ler, entender melhor a história e os produtos e serviços que uma cooperativa de crédito pode oferecer. Mas nenhum menciona valores da anuidade do cartão, tarifas de conta corrente, pois isso varia da gestão de cada cooperativa. Então, pra conhecer os produtos e serviços, sugiro:

    http://www.sicredi.com.br

    http://www.sicoob.com.br

    Para conhecer a história do cooperativismo, seus ideais, objetivos, forma de atuação na sociedade, etc., sugiro:

    http://www.cooperativismodecredito.com.br/ 

    Só pra aguçar a curiosidade: o Cirque de Soleil foi financiado por uma cooperativa de crédito. O banco da cidade negou e não acreditou na ideia. Procuraram uma cooperativa de crédito que ajudou e investiu no circo. E hoje está aí! Claro que, atualmente, uma cooperativa de crédito não tem mais suporte financeiro para cobrir as necessidades de um empreendimento do tamanho do Cirque de Soleil, mas já vi reportagens de que nunca abandonaram a cooperativa, sempre estão priorizando negociar com ela primeiro, depois com o banco. :-)

    Se quiseres saber mais aspectos específicos, valores, atendimento, processo de abertura de conta, aprovação de crédito, etc, entre em contato: nandozapelini@hotmail.com

  • Luiz Fernando

    Cara, posso te indicar os três sites abaixo pra ti ler, entender melhor a história e os produtos e serviços que uma cooperativa de crédito pode oferecer. Mas nenhum menciona valores da anuidade do cartão, tarifas de conta corrente, pois isso varia da gestão de cada cooperativa. Então, pra conhecer os produtos e serviços, sugiro:

    http://www.sicredi.com.br

    http://www.sicoob.com.br

    Para conhecer a história do cooperativismo, seus ideais, objetivos, forma de atuação na sociedade, etc., sugiro:

    http://www.cooperativismodecredito.com.br/ 

    Só pra aguçar a curiosidade: o Cirque de Soleil foi financiado por uma cooperativa de crédito. O banco da cidade negou e não acreditou na ideia. Procuraram uma cooperativa de crédito que ajudou e investiu no circo. E hoje está aí! Claro que, atualmente, uma cooperativa de crédito não tem mais suporte financeiro para cobrir as necessidades de um empreendimento do tamanho do Cirque de Soleil, mas já vi reportagens de que nunca abandonaram a cooperativa, sempre estão priorizando negociar com ela primeiro, depois com o banco. :-)

    Se quiseres saber mais aspectos específicos, valores, atendimento, processo de abertura de conta, aprovação de crédito, etc, entre em contato: nandozapelini@hotmail.com

  • http://twitter.com/tarcisiorosa Tarcísio Rosa

    Caramba, eu faço parte da trupe que não negocia nada.
    Eu sempre achei complicado negociar, argumentar e conseguir algo, nas duas vezes que tentei ( com operadoras de celular ), nada arrumei, acabei cancelando. Sempre achei que isso é pra poucos, mas o vídeo mudou totalmente a minha idéia sobre o assunto.

  • Victor

    Boa cara, é um excelente ponto de vista! A operadora do cartão não vai querer comprar briga com um “formador de opinião”. Realmente não sei se este tratamento vip seria extensivo a usuários “ordinários” do Twitter…

  • Victor

    Boa cara, é um excelente ponto de vista! A operadora do cartão não vai querer comprar briga com um “formador de opinião”. Realmente não sei se este tratamento vip seria extensivo a usuários “ordinários” do Twitter…

    • http://papodehomem.com.br/ Gus Fune

      Depende bastante da instituição. Algumas de fato tem uma política de dar atenção apenas a pessoas com mais de 1.000 followers.

      No entanto, a maioria dos bancos presente no twitter tem uma política de responder em poucas horas (mesmo que seja de madrugada), e responder qualquer usuário que seja. Isso vale pro Bradesco, Banco do Brasil e Santander.

      Claro que, qualquer reclamação deve proceder. Uma vez caindo na lista negra de ‘trolls’ ou ‘haters’ da marca, dificilmente você vai conseguir atenção novamente deles.

    • http://papodehomem.com.br/ Gus Fune

      Depende bastante da instituição. Algumas de fato tem uma política de dar atenção apenas a pessoas com mais de 1.000 followers.

      No entanto, a maioria dos bancos presente no twitter tem uma política de responder em poucas horas (mesmo que seja de madrugada), e responder qualquer usuário que seja. Isso vale pro Bradesco, Banco do Brasil e Santander.

      Claro que, qualquer reclamação deve proceder. Uma vez caindo na lista negra de ‘trolls’ ou ‘haters’ da marca, dificilmente você vai conseguir atenção novamente deles.

    • http://papodehomem.com.br/ Gus Fune

      Depende bastante da instituição. Algumas de fato tem uma política de dar atenção apenas a pessoas com mais de 1.000 followers.

      No entanto, a maioria dos bancos presente no twitter tem uma política de responder em poucas horas (mesmo que seja de madrugada), e responder qualquer usuário que seja. Isso vale pro Bradesco, Banco do Brasil e Santander.

      Claro que, qualquer reclamação deve proceder. Uma vez caindo na lista negra de ‘trolls’ ou ‘haters’ da marca, dificilmente você vai conseguir atenção novamente deles.

  • Victor

    Excelente post xará, parabéns! 

    Mais um serviço de utilidade pública da “Arata Academy”.

    Por falar em negociação, acho que duas sugestões fodas de temas pra serem abordados por aqui seriam negociação mesmo (de forma genérica, ampla) e argumentação sob pressão. Quem domina estes dois aspectos tem uma vantagem enorme diante de quem não possui tais conhecimentos/taletos/habilidades…

    • http://arataacademy.com/port Seiiti Arata Jr.

      Valeu, @blade__runner:disqus ! Faz tempo que não te via aqui, xará! Tamos de volta, bastante coisa legal acontecendo

      Sugestão anotada. A pauta de coisas a escrever/fazer tá grande, mas faz parte da lista com certeza. Abração

  • http://www.facebook.com/cristianosvieira Cristiano Vieira

    Muito mas muito bom isso!

  • http://twitter.com/emersonbroga Emerson Broga

    Achei muito interessante o post e aprendi muito tambem com os comentários!! Irei planejar as minhas táticas de negociação e entrar em contato com o banco na segunda-feira! Vocês estão de parabéns!

  • http://arataacademy.com/port Seiiti Arata Jr.

    Concordo totalmente com sua avó – Ótimas dicas, @Philipe3d:disqus ! Valeu compartilhar com a gente – vou inclusive repassar adiante essa idéia de centralizar as operações em um banco no processo preparatório de negociação. Abraço!

  • http://arataacademy.com/port Seiiti Arata Jr.

    Galera, pedi pro nosso amigo @1f35d4193c78672de542aa0f1d305f87:disqus preparar comentários sobre o assunto, já que ele trabalha faz tempo com instituições financeiras – o link vai aqui:
    http://www.arataacademy.com/port/negociacao-jedi-com-administradoras-de-cartao-de-credito/

  • http://www.facebook.com/valeria.cervantes.56 Valeria Cervantes

    Seiti, gostaria de saber QUAL A BANDEIRA E CARTAO DE CREDITO Q CHEGA A DAR 4 milhas pra 1dolar gasto no exterior? Eu tenho todos os cartoes, ouro e platinum e NUNCA VI ISSO. Sera q tenho q fazer algo e nao to sabemdo?
    Podes me ajudar?
    Ab e ob

  • Luciano Schramm

    Seiiti, um certo banco esta me cobrando muitas taxas de serviço, tenho como negociar o cancelamento destas taxas também, podes me dar algumas dicas de negociação?
    Obrigado

  • Pingback: A Classe Alta - Uma visão diferente sobre empreendedorismo e educação financeira - Produzindo.net

  • http://joanefariasnogueira.tumblr.com/ Joane Farias Nogueira

    Sei que post é antigo, mas hoje há os serviços essenciais que te da direito a um conta gratuita, lmitada a 4 saques por mês,2 extratos do mês e cartão de débito gratuito. Só podem te cobrar pelo cartão se for 2ª via.

Papo de homem recomenda

Assine o Papo de homem

Curta o PdH no Facebook
  • 5550 artigos
  • 662345 comentários
  • leitores online