Swing: tudo o que você precisa saber

Beto

por
em às | Frentes, Sexo


Então você está aí, casado ou namorando há um tempo, enfrentando aquela conhecida vontade de dar uma variada no cardápio. É normal, todo homem tem, as mulheres têm também – não vamos mentir. Swing.

Suas opções, no momento, parecem poucas:

beijo

Depois de um tempo o fogo não é mais o mesmo…

1 – aguentar firme e ser fiel – a vontade não vai passar: vai só aumentar com o tempo, e cada vez será mais difícil resistir.

2 – dar umas puladas de cerca – vai dar trabalho e sair caro para o bolso e consciência (caso você tenha uma)

Bom… Há uma terceira opção:

3 – Swing

Imagine você numa festa muito animada: música alta, bebida na cabeça, clima sensual, três meninas se beijando à sua esquerda, suor… Imagine agora uma bela mulher à sua frente, roupa curta, top branco molhado, insinua, chega perto.

Sua mulher lhe abraça por trás, a outra pela frente, um vai e vem delicioso se inicia, roçando corpo, descendo, subindo. Sinta suas mãos percorrendo um corpo desconhecido enquanto sua mulher sussura: – “vai amor, pega ela, pode botar a mão que eu deixo”. Tá pensando que é assim, é? Absolutamente certo. E muito mais!

Em uma pesquisa informal que realizei, 100% dos homens afirmaram que, após entrarem no mundo do swing, pegam no mínimo 5x mais mulheres do que antes (estivessem eles solteiros ou casados).

swing

Queridaaaa, cade você?

Você pode ser um de nós! Minha mulher é bissexual (bastante comum no meio), e é ela quem arruma a maioria das mulheres que eu pego! Isso mesmo – minha mulher é responsável por mais de 75% das “minhas” conquistas!

É claro, ela usufrui de cada uma delas. (Boa conversa para a Cabana do Dr. Love – afinal, o que pode ser mais eficaz do que ter sua própria mulher como treinadora, incentivadora e parceira, dividindo inclusive as conquistas?)

Além disso, Amelie (minha mulher) ainda conquista muitos homens, pelos quais não me interesso. É preciso conviver com o fato de que sua mulher vai aproveitar muito mais. O Swing é comandado pelas mulheres – ninguém discorda. Mas, se você é homen(zinho) do tipo que não aceita que sua mulher tenha este prazer… Bem, você ainda tem as opções 1 e 2.

O que é swing, então?

Definição: Swing é o tradicional relacionamento emocional monogâmico temperado com a poligamia sexual.

Através do meu blog sobre swing recebo muitos e-mails de casais querendo saber se o swing é pra eles. Divido em três grupos distintos e respondo mais ou menos isso:

Grupo 1

Casais com problemas no relacionamento (pouco, péssimo ou nenhum sexo e muitas brigas), mas tentando salvar a relação: Neste caso o swing é a melhor opção para vocês. Convença a patroa, rumem para uma casa de swing ou consigam um convite para uma festa fechada.

Garanto que em pouquíssimo tempo esta farsa que é a relação de vocês acaba, cada um parte para um lado e, com sorte, encontram uma relação mais sadia um tempo depois. Swing é a maneira mais rápida de acabar com uma relação enfraquecida.

Grupo 2

Casais com relacionamento razoável, tudo mais ou menos: Pense bem no assunto, leia bastante, se informe. Calcule muito bem os prós e contras antes de convidar sua mulher.

Ela pode não aceitar e odiar você por ter feito o convite, ou pode aceitar e se revelar uma safada de primeira. E aí ela pode querer sair dando pra todo mundo, e você pode ficar ciumento e medroso. Tome cuidado, então. Pense bem. Dica: elas sempre nos surpreendem.

Grupo 3

Casais com relacionamento ótimo, capacidade de comunicação excelente, muito unidos, excelente sexo, muitas fantasias: Convide-a para juntos estudarem melhor o assunto. Se decidirem iniciar, seu relacionamento ficará mais forte a cada dia, o sexo vai melhorar muito e vocês desenvolverão ainda mais sua capacidade de comunicação. Farão alguns amigos, conhecerão gente que pensa diferente do senso comum, participarão de festas incríveis.

Sua mulher será seu melhor amigo, e você poderá comentar com ela, no supermercado, sobre a gostosa da fila ao lado. Claro, ela vai comentar sobre o gostoso pegando a alface, que tem um braço do tamanho da sua perna e, pelo tamanho do pé e da mão, você pode imaginar o tamanho do… O que foi, achou que seria moleza? Ah, vê se cresce! Seja homem e pague o preço, vale cada centavo!

Importante: O que não fazer após ler este post

gostosa mandando se fuder

Não sabe brincar, não desce pro play

Rumar imediatamente para uma boate de swing sem conversar muito antes (a não ser os com problemas no relacionamento, estes podem ir agora). Swing é esporte radical – dá pra fazer, mas é perigoso. Há uma frase conhecida no meio swinger do Rio de Janeiro – “Não sabe brincar? Não desce pro play”.

Solteiros não devem contratar uma acompanhante (puta) para ir a uma casa de swing. Nós não gostamos de casais armados e as melhores casas de swing os expulsam. Para os solteiros (as) há espaço no meio, e pode ser muito gratificante. No próximo artigo eu explico.

Esse artigo faz parte da Blogagem Inédita, movimento proposto pelo Interney no qual uma enorme quantidade de blogs está postando conteúdo original numa mesma data, hoje.

Quer conhecer mais da Amelie e do Beto? Visite o blog deles, Meu Diário Swing.

Beto


Outros artigos escritos por

Somos entusiastas do embate saudável

O texto acima não representa a opinião do PapodeHomem. Somos um espaço plural, aberto a visões contraditórias. Conheça nossa visão e a essência do que fazemos. Você pode comentar abaixo ou ainda nos enviar um artigo para publicação.


EXPLODA SEU EMAIL

Enviamos um único email por dia, com nossos textos. Cuidado, ele é radioativo.


TEXTOS RELACIONADOS

Queremos uma discussão de alto nível, sem frescuras e bem humorada. Portanto, leia nossa Política de Comentários.


  • Mr. Seal

    Muito bom post. Aguardo o próximo.

  • Mr. Seal

    Muito bom post. Aguardo o próximo.

  • http://www.torcidaflamengo.net Thiago

    Hm.. eu sempre fui meio contra essas coisas… mas agora me parece mais ‘legal’.. hehehe

    Aguardo o próximo, também!

  • http://www.torcidaflamengo.net/ Thiago

    Hm.. eu sempre fui meio contra essas coisas… mas agora me parece mais ‘legal’.. hehehe

    Aguardo o próximo, também!

  • http://senhoritarosa.wordpress.com/ srta. rosa

    Mmmm… sei não. Eu não sei dividir o que é meu, e sinceramente, não acho que encarasse a ressaca do dia seguinte. Pra quem é feliz assim, enjoy it! Mas definitivamente, não é a minha praia. Ia desconcentrar. Hahaha.

  • http://senhoritarosa.wordpress.com srta. rosa

    Mmmm… sei não. Eu não sei dividir o que é meu, e sinceramente, não acho que encarasse a ressaca do dia seguinte. Pra quem é feliz assim, enjoy it! Mas definitivamente, não é a minha praia. Ia desconcentrar. Hahaha.

  • http://www.clockwisemidia.com/ italo

    eh tem q estar mto bem, confesso q tenho vontade, mas a coragem…

  • http://www.clockwisemidia.com italo

    eh tem q estar mto bem, confesso q tenho vontade, mas a coragem…

  • Roberta

    Estou c/ a Rosa. Ñ sou contra quem pratica, mas eu ñ consigo dividir o q é meu.
    Solteiro tb pode? Ñ sabia disso ñ. Vou esperar o próximo artigo (êpa, é só por curiosidade… ñ pensem q vou praticar rs).

  • Roberta

    Estou c/ a Rosa. Ñ sou contra quem pratica, mas eu ñ consigo dividir o q é meu.
    Solteiro tb pode? Ñ sabia disso ñ. Vou esperar o próximo artigo (êpa, é só por curiosidade… ñ pensem q vou praticar rs).

  • Roberta

    É bem por aí, Italo. É uma experiência diferente, nova (pelo menos pra mim rs). Curiosidade ñ falta (quem ñ gostaria de saber como é?). Mas coragem eu ñ tenho ñ rsrs.

  • Roberta

    É bem por aí, Italo. É uma experiência diferente, nova (pelo menos pra mim rs). Curiosidade ñ falta (quem ñ gostaria de saber como é?). Mas coragem eu ñ tenho ñ rsrs.

  • Marcos

    Esse post esta em site errado, isso tá longe de ser “papo de homem”.

    Pura inversão de valores e falta de princípios.
    Quero ver ser homem de verdade pra assumir e cuidar do relacionamento de uma mulher só por toda vida, isso sim é ser HOMEM.

    • Matheus_8521

      e verdade concordo totalmente

  • Marcos

    Esse post esta em site errado, isso tá longe de ser “papo de homem”.

    Pura inversão de valores e falta de princípios.
    Quero ver ser homem de verdade pra assumir e cuidar do relacionamento de uma mulher só por toda vida, isso sim é ser HOMEM.

  • Olocomeu

    Sou contra essa putaria toda, pelo menos pra mim.

    Desejo carnal, assim como faziam os romanos e tantos outros impérios e reinos, me parece algo devasso.

  • Olocomeu

    Sou contra essa putaria toda, pelo menos pra mim.

    Desejo carnal, assim como faziam os romanos e tantos outros impérios e reinos, me parece algo devasso.

  • http://www.clockwisemidia.com/ italo

    ah.. não condeno,
    eh como fio-terra… pô macho q eh macho num adimite q faz fio-terra… mas dizem q eh bom, soh falta a coragem e perceber que o prazer(não o amor) se encontra em formas completamente inesperadas… por isso a Igreja a tanto tempo proibiu o prazer, mas não o ato sexual como forma de reprodução, acho q devemos nos livrar de pré-conceitos e se for falar mal que fale com autoridade de qm sabe as minúcias do assunto, não de qm ve de fora…

  • http://www.clockwisemidia.com italo

    ah.. não condeno,
    eh como fio-terra… pô macho q eh macho num adimite q faz fio-terra… mas dizem q eh bom, soh falta a coragem e perceber que o prazer(não o amor) se encontra em formas completamente inesperadas… por isso a Igreja a tanto tempo proibiu o prazer, mas não o ato sexual como forma de reprodução, acho q devemos nos livrar de pré-conceitos e se for falar mal que fale com autoridade de qm sabe as minúcias do assunto, não de qm ve de fora…

  • http://blogdolua.com/ Marcos Bonilha

    Falei isso em algum outro post e falo de novo.

    Cada um faz o que bem entender, desde que não coloque a vida própria ou de outrem em risco e seja de consentimento de ambos.

    Sou curioso quanto à várias outras coisas, mas não quer dizer que tenha coragem de praticar ou fazer.

    Aí vai de cada um.

    E, sim, acho que esse artigo tem a ver com o PdH.

  • http://blogdolua.com Marcos Bonilha

    Falei isso em algum outro post e falo de novo.

    Cada um faz o que bem entender, desde que não coloque a vida própria ou de outrem em risco e seja de consentimento de ambos.

    Sou curioso quanto à várias outras coisas, mas não quer dizer que tenha coragem de praticar ou fazer.

    Aí vai de cada um.

    E, sim, acho que esse artigo tem a ver com o PdH.

  • http://www.condominios.comopiniao.com/ Marcelo Garrit

    Rapaz, a parada é brabeira!!

    Minha ex-noiva era bi e tinhamos um relacionamento relativamente tranquilo quanto a isso, como o texto ressalta, há que se ter maturidade para fortalecer a relação, não cabem ciúmes, a confiança deve estar acima de tudo.

    Posso dizer que tive momentos maravilhosos ao lado dela, mas tbm passei por momentos complicados.

    Acho que não são todos que conseguem manter um relacionamento assim, o meu acabou por outros motivos não relacionados ao nosso “estilo” de vida, mas amadureci muito emocionalmente falando e aprendi bastante.

    Foi uma experiência marcante, mas não sei se eu repetiria a dose.

    • Anônima

      É Marcelo este foi meu caso…sou casada a 15 anos e sempre fantasiamos um outro na nossa cama, enfim resolvemos por em prática.Fomos a primeira vez e foi constrangedor, mas gostoso muita gente; altas hrs td liberado…transei com um solteiro, chupei outros e por último foi um casal mas não rolou até o fim. Fomos a 2ª vez num outro dia da semana e era um thermas fiquei meio bolada…muita mulher pelada e tal não me senti à vontade…então resolvemos voltar numa outra noite de casais pois achava que meu marido deveria aproveitar tb e acredito que este foi meu maior erro pois falei isso pra ele e ele não gostou…brigamos e ele desistiu de estar neste meio(swing). Eu conversei com ele pois rolou muito estresse; depois disso e senti da seguinte forma: não sei se me sentiria à vontade se ele estivesse com outra mulher…mas ao mesmo tempo não achava justo eu ter saído com outro cara e ele não ter aproveitado.
      Bom, terminando meu relato é mto gosto mas mto arriscado tb…pois vc sabe à riscos de doenças e várias outras coisas…não sei como vai ser daqui pra frente se um dia ele vai querer voltar eu até gostaria, foi bom!!

  • http://www.condominios.comopiniao.com Marcelo Garrit

    Rapaz, a parada é brabeira!!

    Minha ex-noiva era bi e tinhamos um relacionamento relativamente tranquilo quanto a isso, como o texto ressalta, há que se ter maturidade para fortalecer a relação, não cabem ciúmes, a confiança deve estar acima de tudo.

    Posso dizer que tive momentos maravilhosos ao lado dela, mas tbm passei por momentos complicados.

    Acho que não são todos que conseguem manter um relacionamento assim, o meu acabou por outros motivos não relacionados ao nosso “estilo” de vida, mas amadureci muito emocionalmente falando e aprendi bastante.

    Foi uma experiência marcante, mas não sei se eu repetiria a dose.

  • http://www.faneinbox.com/ O Fanny Webber

    Como tudo relacionado a relacionamentos, pode ser um tremendo sucesso ou uma imensa falha para o casal.

    O negocio é, e sempre será, comunicação.

    Sem ela, nada acontece por muito tempo.

  • http://www.faneinbox.com O Fanny Webber

    Como tudo relacionado a relacionamentos, pode ser um tremendo sucesso ou uma imensa falha para o casal.

    O negocio é, e sempre será, comunicação.

    Sem ela, nada acontece por muito tempo.

  • Vanderson

    Se o preço é ser corno, não estou interessado.

    Longe de mim querer ser moralista, mas vamos ser práticos: Se você quer suruba/sacanagem/etc, pra quê namorar/casar? Fique solteiro, pois além de comer mulher à vontade, você não terá sua mulher comida por outro, e na sua frente ainda.

    Enfim, talvez eu seja antiquado.

    • Agarrados

      Me desculpe, mais vc fala assim porque ainda não tem um relacionamento sólido e um amor de verdade. Porque swing nada tem haver com amor, e sim com cumpricidade de aventura entre o casal que se ama, se respeita de verdade. Digo isso, porque sou casada há 10 anos, estamos no swing há 7 anos, somos aquele casal de causar inveja nos outros, porque só vivemos em lua de mel. Mais nos completamos. Enquanto pessoas que casam com pensamentos iguais aos seus, costumam viver um relacionamento de aparencia, muitas vezes o sexo esfria, e um chifra o outro. Vc sabia que fazemos sexo, amor (sozinhos), pelo menos 5 x por semana com muito tesão, desejo como se fosse o primeiro ano??????? Bom, só quis a exp vivida em meu relacionamento. Lilkian

      • kasal

        parabéns gostamos do seu post

    • kasal

      talvez não vc é

  • Vanderson

    Se o preço é ser corno, não estou interessado.

    Longe de mim querer ser moralista, mas vamos ser práticos: Se você quer suruba/sacanagem/etc, pra quê namorar/casar? Fique solteiro, pois além de comer mulher à vontade, você não terá sua mulher comida por outro, e na sua frente ainda.

    Enfim, talvez eu seja antiquado.

  • Hugo

    Realmente, eu não participaria de um fusuê desse não…

  • Hugo

    Realmente, eu não participaria de um fusuê desse não…

  • Sebastian

    Prefiro ficar com a minha 4º opção:

    Muita criatividade no sexo, nem eu nem ela deixamos faltar, a mente é que mora o tesão, e enquanto eu tiver isso nunca vou precisar deixar outro cara comer minha garota e muito menos eu comer outra junto dela pra salvar relação ou apimentá-la.

    Não tenho preconceito com quem faz, apenas acho uma inversão de valores.

    • Marcelo

      Sei la hein, você não curte swing e entrou aqui neste web site pra que??????? As vezes as pessoas morrem de vontade mas pelo medo descriminam o ato…..

      • kasal

        concordo com vc elas não gosta não curte e entra no site pra quer ou seja é puro recalque….

      • Teta

        Não, as vezes é so curiosidade msm

    • kasal

      Sebastian eu simplesmente acho que vc é um belo de um chufrudo..

      • kasal

        correção chifrudo kkkkk

    • max

      inversão de valores? isso é insegurança, medo, preconceito. todo homem é safado e deseja outras mulheres. mesmo amando a esposa. porque não dividir essas fantasias com a patroa. isso é machismo. quem não faz swing não sabe o que tá perdendo. uma brincadeira a 4 ou até mais pessoas é muito bom.

    • ksalxx2

      isso seria o correto, mas como da trabalho ser um casal 2 em 1 só , entao chega um ponto que comecamos acostumar a cabeca em partilhar, , e sua opnião é algo que seria legal se o povo seguisse, a dedicação a 2 é maior do que dedicacão a 50 … basta esforco , objtivo , visão centralizada para na cair en tentação .. isso vale pra qualquer coisa…pois ate drogas entra aos poucos na vida de pessoas….basta ser firme e querer desde a raiz das coisas….. seres humanos são previsiveis em aspectos

    • tamara

      oi interessante, pois um homem carinhoso e criativo, supera os desvios, mesmo a tentação batendo na porta, a menos que a mulher seja um vaddia e muito idiota …., sempre podemos ser fortes e focar a visão no sentimento, e lembrar d coisas do tipo bonitas que vivemos juntos etc … bjoo a todos att tamy

  • Sebastian

    Prefiro ficar com a minha 4º opção:

    Muita criatividade no sexo, nem eu nem ela deixamos faltar, a mente é que mora o tesão, e enquanto eu tiver isso nunca vou precisar deixar outro cara comer minha garota e muito menos eu comer outra junto dela pra salvar relação ou apimentá-la.

    Não tenho preconceito com quem faz, apenas acho uma inversão de valores.

  • Sebastian

    Seila meu, ou eu sou muito cavernoso ou essas sacanagens modernas não entram na minha cabeça mesmo.

    Você investe uma série de coisas pra conquistar uma pessoa pra deixa-lá abrir as pernas pra outro cara ou ela deixar eu dar prazer pra outra guria sendo que estamos juntos.

    É tão mais simples você ser solteiro e pegar quem quiser sem culpa nenhuma.

  • Sebastian

    Seila meu, ou eu sou muito cavernoso ou essas sacanagens modernas não entram na minha cabeça mesmo.

    Você investe uma série de coisas pra conquistar uma pessoa pra deixa-lá abrir as pernas pra outro cara ou ela deixar eu dar prazer pra outra guria sendo que estamos juntos.

    É tão mais simples você ser solteiro e pegar quem quiser sem culpa nenhuma.

  • Rafael TX

    não faço isso
    pois amo de verdade minha parceira

  • Rafael TX

    não faço isso
    pois amo de verdade minha parceira

  • Marcos

    Esse artigo esclareceu um pouco o q eu achava sobre swing….
    Acho q vae da mente aberta d cada um , da comunicaçao…

    Espero pelo proximo artigo

  • Marcos

    Esse artigo esclareceu um pouco o q eu achava sobre swing….
    Acho q vae da mente aberta d cada um , da comunicaçao…

    Espero pelo proximo artigo

  • http://www.andafter.org/ biaa

    Nossa, posso dizer que me surpreendi com as respostas até agora.
    Juro que tava pensando que encontraria muitos caras dizendo “nossa, isso é meu sonho”, “queria que minha namorada topasse” e tal, mas pelo que tô vendo, a maioria ainda pensa o contrário…

    Eu não sei se eu aceitaria, hoje pelo menos, definitivamente não… foi o que o Sebastian falou, eu não gostaria de ver meu namorado dando prazer a outra garota ( e principalmente TENDO prazer com outra), e não sei se eu sentiria tesão por outra pessoa, naquelas condições ou não…

    Mas é sempre bom saber que existem dessas diversas formas de prazer e gente que gosta e não, e cada um aproveita como quiser x)

    • Maurokzado

      olha estamos num momento de casamento de 28 anos. Minha esposa está fantasiando em Bp uol…não me importo com isso mas não admito a independência dela numa real. Tem que ser o casal juntos se não o vínculo é rompido e a casamento acaba.

  • http://www.andafter.org biaa

    Nossa, posso dizer que me surpreendi com as respostas até agora.
    Juro que tava pensando que encontraria muitos caras dizendo “nossa, isso é meu sonho”, “queria que minha namorada topasse” e tal, mas pelo que tô vendo, a maioria ainda pensa o contrário…

    Eu não sei se eu aceitaria, hoje pelo menos, definitivamente não… foi o que o Sebastian falou, eu não gostaria de ver meu namorado dando prazer a outra garota ( e principalmente TENDO prazer com outra), e não sei se eu sentiria tesão por outra pessoa, naquelas condições ou não…

    Mas é sempre bom saber que existem dessas diversas formas de prazer e gente que gosta e não, e cada um aproveita como quiser x)

  • http://coisaordinaria.blogspot.com/ Braga

    Realmente, tem que rolar muita conversa MESMO.

    Especialmente se o casal conta com ciúmes em excesso de um dos lados, ou até mesmo dos dois…

  • http://coisaordinaria.blogspot.com Braga

    Realmente, tem que rolar muita conversa MESMO.

    Especialmente se o casal conta com ciúmes em excesso de um dos lados, ou até mesmo dos dois…

  • http://www.alessandrasilvapoemas.zip.net Alessandra

    Eu sou particularmente contra, sou exclusiva e exigo exclusividade.
    Não duvido que muitos casais possam ser felizes assim .
    Afinal, é muito melhor teu parceiro (a) sugerir o swing do que lhe chifrar escondido (a). Prova consideração e respeito uma vez que busca um pleno acordo.
    Enfim, a favor ou contra o mais importante é você respeitar a si mesmo, não dizer SIM quando quer dizer NÃO. Se não houver
    uma sinergia sexual entre você e seu parceiro (a), o relacionamento vai para o brejo de qualquer maneira.

  • http://www.alessandrasilvapoemas.zip.net/ Alessandra

    Eu sou particularmente contra, sou exclusiva e exigo exclusividade.
    Não duvido que muitos casais possam ser felizes assim .
    Afinal, é muito melhor teu parceiro (a) sugerir o swing do que lhe chifrar escondido (a). Prova consideração e respeito uma vez que busca um pleno acordo.
    Enfim, a favor ou contra o mais importante é você respeitar a si mesmo, não dizer SIM quando quer dizer NÃO. Se não houver
    uma sinergia sexual entre você e seu parceiro (a), o relacionamento vai para o brejo de qualquer maneira.

  • Elisandra

    Eu, egoísta ao estremo. O que é meu, é meu nada de emprestimos, dividir, compartilhar seja lá o termo, é não.
    Excelente artigo, porém fica como mais um texto lido.

  • Elisandra

    Eu, egoísta ao estremo. O que é meu, é meu nada de emprestimos, dividir, compartilhar seja lá o termo, é não.
    Excelente artigo, porém fica como mais um texto lido.

  • John Holiver

    Não tem muito o q comentar…
    Mas vou computar +1 nos votos do ‘tou fora’
    Sakanagem se faz em casa ^^

  • John Holiver

    Não tem muito o q comentar…
    Mas vou computar +1 nos votos do ‘tou fora’
    Sakanagem se faz em casa ^^

  • http://marcoreis.net/ marco reis

    Papo de homem e google. Não sei mais como viver sem.

  • http://marcoreis.net marco reis

    Papo de homem e google. Não sei mais como viver sem.

  • Francisco

    cada vez mais as fantasias se liberam nas mentes e cada vez menos na realidade. Quando ouvi de um psicologo que as pessoas hoje são muito mais puritanas que a 20 ou 30 anos atrás eu achei que era mentira, mas isso está sendo uma comprovação.

    Pessoalmente, eu tenho curiosidade, embora tenha um certo medo. É uma coisa que exige uma relação bem madura e resolvida, respeito e auto-controle, mas que me atrai bastante.

    Não vejo por que exigir exclusividade de alguém. Sei muito bem que não sou o único do mundo capaz de dar prazer à minha namorada, e nem o oposto. Acho ridículo a facilidade com que muitos homens encaram a traição, e ao mesmo tempo tem ciúmes incontroláveis de suas esposas ou namoradas. Isso demonstra grande insegurança. Fraqueza.

    Discordo completamente do Rafael, “Não faço isso pq amo de verdade a minha mulher”. Insinuas que quem faz swing não ama de verdade? pois entre na cabana do dr. love, leia o blog do gustavo gitti, pense um pouco sobre a natureza do amor meu caro. Liberdade. O que seria do amor sem liberdade? mero apego, conformismo, mais do mesmo. Liberdade pra ser monogâmico se quiser, claro, mas o amor escapa a essas definições, não há nada que seja necessário ao amor com excessão da liberdade. Até mesmo os submissos no BDSM, que renegam seu “poder” na relação, (me corrijam se estiver errado) tem a liberdade de terminá-la se assim o desejarem.

    escrevi demais.
    Beto, obrigado pelo texto, irei acompanhar com atenção os seguintes.

  • Francisco

    cada vez mais as fantasias se liberam nas mentes e cada vez menos na realidade. Quando ouvi de um psicologo que as pessoas hoje são muito mais puritanas que a 20 ou 30 anos atrás eu achei que era mentira, mas isso está sendo uma comprovação.

    Pessoalmente, eu tenho curiosidade, embora tenha um certo medo. É uma coisa que exige uma relação bem madura e resolvida, respeito e auto-controle, mas que me atrai bastante.

    Não vejo por que exigir exclusividade de alguém. Sei muito bem que não sou o único do mundo capaz de dar prazer à minha namorada, e nem o oposto. Acho ridículo a facilidade com que muitos homens encaram a traição, e ao mesmo tempo tem ciúmes incontroláveis de suas esposas ou namoradas. Isso demonstra grande insegurança. Fraqueza.

    Discordo completamente do Rafael, “Não faço isso pq amo de verdade a minha mulher”. Insinuas que quem faz swing não ama de verdade? pois entre na cabana do dr. love, leia o blog do gustavo gitti, pense um pouco sobre a natureza do amor meu caro. Liberdade. O que seria do amor sem liberdade? mero apego, conformismo, mais do mesmo. Liberdade pra ser monogâmico se quiser, claro, mas o amor escapa a essas definições, não há nada que seja necessário ao amor com excessão da liberdade. Até mesmo os submissos no BDSM, que renegam seu “poder” na relação, (me corrijam se estiver errado) tem a liberdade de terminá-la se assim o desejarem.

    escrevi demais.
    Beto, obrigado pelo texto, irei acompanhar com atenção os seguintes.

  • Francisco

    cada vez mais as fantasias se liberam nas mentes e cada vez menos na realidade. Quando ouvi de um psicologo que as pessoas hoje são muito mais puritanas que a 20 ou 30 anos atrás eu achei que era mentira, mas isso está sendo uma comprovação.

    Pessoalmente, eu tenho curiosidade, embora tenha um certo medo. É uma coisa que exige uma relação bem madura e resolvida, respeito e auto-controle, mas que me atrai bastante.

    Não vejo por que exigir exclusividade de alguém. Sei muito bem que não sou o único do mundo capaz de dar prazer à minha namorada, e nem o oposto. Acho ridículo a facilidade com que muitos homens encaram a traição, e ao mesmo tempo tem ciúmes incontroláveis de suas esposas ou namoradas. Isso demonstra grande insegurança. Fraqueza.

    Discordo completamente do Rafael, “Não faço isso pq amo de verdade a minha mulher”. Insinuas que quem faz swing não ama de verdade? pois entre na cabana do dr. love, leia o blog do gustavo gitti, pense um pouco sobre a natureza do amor meu caro. Liberdade. O que seria do amor sem liberdade? mero apego, conformismo, mais do mesmo. Liberdade pra ser monogâmico se quiser, claro, mas o amor escapa a essas definições, não há nada que seja necessário ao amor com excessão da liberdade. Até mesmo os submissos no BDSM, que renegam seu “poder” na relação, (me corrijam se estiver errado) tem a liberdade de terminá-la se assim o desejarem.

    escrevi demais.
    Beto, obrigado pelo texto, irei acompanhar com atenção os seguintes.

  • Danilo

    Post sobre: ‘como compartilhar sua mulher e achar o maximo’ definitivamente não era o que eu esperava ler por aqui.

    Grande parte do site se dedica a nos tornar homens mais completos, e não acho que dividir sua parceira com outro homem seja algo construtivo.

    No mundo animal não é! E não creio sermos tão distantes dos animais em se tratando de sentimentos.

    A natureza é sábia, não a contrarie!

    Fora isso tudo, gostar de ser corno é coisa de mulherzinha!

    Mulher nenhuma do mundo vale a sensação de ver a que eu amo dando pra outro!

  • Danilo

    Post sobre: ‘como compartilhar sua mulher e achar o maximo’ definitivamente não era o que eu esperava ler por aqui.

    Grande parte do site se dedica a nos tornar homens mais completos, e não acho que dividir sua parceira com outro homem seja algo construtivo.

    No mundo animal não é! E não creio sermos tão distantes dos animais em se tratando de sentimentos.

    A natureza é sábia, não a contrarie!

    Fora isso tudo, gostar de ser corno é coisa de mulherzinha!

    Mulher nenhuma do mundo vale a sensação de ver a que eu amo dando pra outro!

  • Danilo

    Post sobre: ‘como compartilhar sua mulher e achar o maximo’ definitivamente não era o que eu esperava ler por aqui.

    Grande parte do site se dedica a nos tornar homens mais completos, e não acho que dividir sua parceira com outro homem seja algo construtivo.

    No mundo animal não é! E não creio sermos tão distantes dos animais em se tratando de sentimentos.

    A natureza é sábia, não a contrarie!

    Fora isso tudo, gostar de ser corno é coisa de mulherzinha!

    Mulher nenhuma do mundo vale a sensação de ver a que eu amo dando pra outro!

  • http://meudiarioswing.blogspot.com/ Beto

    Francisco,

    Eu não escreveria melhor. Obrigado.

    E pra turma do “Se você quer sacanagem, melhor ficar solteiro”: É muito, muito melhor se divertir com quem você ama. Pensem nisso! ;)

    Beto.

  • http://meudiarioswing.blogspot.com/ Beto

    Francisco,

    Eu não escreveria melhor. Obrigado.

    E pra turma do “Se você quer sacanagem, melhor ficar solteiro”: É muito, muito melhor se divertir com quem você ama. Pensem nisso! ;)

    Beto.

  • http://meudiarioswing.blogspot.com/ Beto

    Francisco,

    Eu não escreveria melhor. Obrigado.

    E pra turma do “Se você quer sacanagem, melhor ficar solteiro”: É muito, muito melhor se divertir com quem você ama. Pensem nisso! ;)

    Beto.

  • Enéias

    do blog do autor:
    ——————————

    “2008/01/13
    O Swing no Rio está mais triste

    Por algum motivo que ainda não sabemos, neste final de semana que passou o Swing carioca perdeu alguns participantes muito especiais.

    A primeira baixa foi um casal excepcional, que resolveu sair desta vida. Estamos muito tristes com esta decisão, mas respeitamos. Inteligentes como eles são, temos certeza de que qualquer decisão que eles tomem é a certa. Esperamos, contudo, que eles voltem.

    Fica aqui uma grande, grande saudade de amigos de verdade e de swingueiros de primeira linha.

    O swing no Rio nunca mais será o mesmo. Fica mais triste, menos bonito, menos divertido e menos inteligente.

    A segunda baixa foi uma solteirinha bastante conhecida no meio, mas que não conhecíamos pessoalmente. Pela carta de despedida nos pareceu um tanto quando decepcionada com o meio. Triste.

    A terceira baixa quase foi nossa, mas com ajuda de muito amor, compreensão, carinho, comunicação e equilíbrio, conseguimos passar ilesos por este final de semana horrível. Foi difícil, mas vencemos mais esta. Pela primeira vez em muito tempo estou feliz de estar chegando a segunda-feira. Voltamos à rotina do trabalho, cursos, academia, família, casa, cama, mesa e banho. Ainda bem.”
    —————————————

    Sexo sempre é bom, mas nem sempre é saudável. Acho que no final das contas, o preço do swing, e de toda exposição sexual, é alto demais. Ninguém sai ileso de uma experiência dessas!

    E pelo texto do seu blog, nem mesmo vocês, ávidos defensores do swing, estão aguentando a carga dessa vida marginal.

    Pra você, cito meu amigo Paulo: “Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm; todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas edificam.”

  • Enéias

    do blog do autor:
    ——————————

    “2008/01/13
    O Swing no Rio está mais triste

    Por algum motivo que ainda não sabemos, neste final de semana que passou o Swing carioca perdeu alguns participantes muito especiais.

    A primeira baixa foi um casal excepcional, que resolveu sair desta vida. Estamos muito tristes com esta decisão, mas respeitamos. Inteligentes como eles são, temos certeza de que qualquer decisão que eles tomem é a certa. Esperamos, contudo, que eles voltem.

    Fica aqui uma grande, grande saudade de amigos de verdade e de swingueiros de primeira linha.

    O swing no Rio nunca mais será o mesmo. Fica mais triste, menos bonito, menos divertido e menos inteligente.

    A segunda baixa foi uma solteirinha bastante conhecida no meio, mas que não conhecíamos pessoalmente. Pela carta de despedida nos pareceu um tanto quando decepcionada com o meio. Triste.

    A terceira baixa quase foi nossa, mas com ajuda de muito amor, compreensão, carinho, comunicação e equilíbrio, conseguimos passar ilesos por este final de semana horrível. Foi difícil, mas vencemos mais esta. Pela primeira vez em muito tempo estou feliz de estar chegando a segunda-feira. Voltamos à rotina do trabalho, cursos, academia, família, casa, cama, mesa e banho. Ainda bem.”
    —————————————

    Sexo sempre é bom, mas nem sempre é saudável. Acho que no final das contas, o preço do swing, e de toda exposição sexual, é alto demais. Ninguém sai ileso de uma experiência dessas!

    E pelo texto do seu blog, nem mesmo vocês, ávidos defensores do swing, estão aguentando a carga dessa vida marginal.

    Pra você, cito meu amigo Paulo: “Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm; todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas edificam.”

  • Enéias

    do blog do autor:
    ——————————

    “2008/01/13
    O Swing no Rio está mais triste

    Por algum motivo que ainda não sabemos, neste final de semana que passou o Swing carioca perdeu alguns participantes muito especiais.

    A primeira baixa foi um casal excepcional, que resolveu sair desta vida. Estamos muito tristes com esta decisão, mas respeitamos. Inteligentes como eles são, temos certeza de que qualquer decisão que eles tomem é a certa. Esperamos, contudo, que eles voltem.

    Fica aqui uma grande, grande saudade de amigos de verdade e de swingueiros de primeira linha.

    O swing no Rio nunca mais será o mesmo. Fica mais triste, menos bonito, menos divertido e menos inteligente.

    A segunda baixa foi uma solteirinha bastante conhecida no meio, mas que não conhecíamos pessoalmente. Pela carta de despedida nos pareceu um tanto quando decepcionada com o meio. Triste.

    A terceira baixa quase foi nossa, mas com ajuda de muito amor, compreensão, carinho, comunicação e equilíbrio, conseguimos passar ilesos por este final de semana horrível. Foi difícil, mas vencemos mais esta. Pela primeira vez em muito tempo estou feliz de estar chegando a segunda-feira. Voltamos à rotina do trabalho, cursos, academia, família, casa, cama, mesa e banho. Ainda bem.”
    —————————————

    Sexo sempre é bom, mas nem sempre é saudável. Acho que no final das contas, o preço do swing, e de toda exposição sexual, é alto demais. Ninguém sai ileso de uma experiência dessas!

    E pelo texto do seu blog, nem mesmo vocês, ávidos defensores do swing, estão aguentando a carga dessa vida marginal.

    Pra você, cito meu amigo Paulo: “Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm; todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas edificam.”

  • zebu

    ta louco..
    euso faria uma coisa dessas…
    caso eu nao gostasse da minha namorada
    no…so de imaginar eu ja fico puto de ciume…
    esse negocio de swing num é pra mim..definitivamente..
    :D

    agoraaaa
    quando eu arruma uma safadona..q eu um gosto mesmo..
    ai sim…eu posso pensar nisso
    :D

    por enquanto..so uma suruba com gente q eu num dou a minima ja ta bom…

  • zebu

    ta louco..
    euso faria uma coisa dessas…
    caso eu nao gostasse da minha namorada
    no…so de imaginar eu ja fico puto de ciume…
    esse negocio de swing num é pra mim..definitivamente..
    :D

    agoraaaa
    quando eu arruma uma safadona..q eu um gosto mesmo..
    ai sim…eu posso pensar nisso
    :D

    por enquanto..so uma suruba com gente q eu num dou a minima ja ta bom…

  • zebu

    ta louco..
    euso faria uma coisa dessas…
    caso eu nao gostasse da minha namorada
    no…so de imaginar eu ja fico puto de ciume…
    esse negocio de swing num é pra mim..definitivamente..
    :D

    agoraaaa
    quando eu arruma uma safadona..q eu um gosto mesmo..
    ai sim…eu posso pensar nisso
    :D

    por enquanto..so uma suruba com gente q eu num dou a minima ja ta bom…

  • http://meudiarioswing.blogspot.com/ Beto

    Enéias,

    Obrigado pela visita!

    Este foi um fds de merda, mesmo. Mas, preço combinado não é caro, eu sempre soube e avisei aqui: “Swing é esporte radical – dá pra fazer, mas é perigoso.” Tem dias que a gente se arrebenta, quebra um braço, uma perna… É do jogo.

    Não sabe brincar, não desce pro play.

    Beto

  • http://meudiarioswing.blogspot.com/ Beto

    Enéias,

    Obrigado pela visita!

    Este foi um fds de merda, mesmo. Mas, preço combinado não é caro, eu sempre soube e avisei aqui: “Swing é esporte radical – dá pra fazer, mas é perigoso.” Tem dias que a gente se arrebenta, quebra um braço, uma perna… É do jogo.

    Não sabe brincar, não desce pro play.

    Beto

  • http://meudiarioswing.blogspot.com/ Beto

    Enéias,

    Obrigado pela visita!

    Este foi um fds de merda, mesmo. Mas, preço combinado não é caro, eu sempre soube e avisei aqui: “Swing é esporte radical – dá pra fazer, mas é perigoso.” Tem dias que a gente se arrebenta, quebra um braço, uma perna… É do jogo.

    Não sabe brincar, não desce pro play.

    Beto

  • http://www.oitopassos.com/ Tonobohn

    Esperava que o pessoal daqui tivesse a cabeça um pouco mais aberta.

    Tem gente que gosta de chocolate, gente que gosta de palavras-cruzadas e gente que gosta de swing. E daí?

    Beto, bom texto.

    Abraço

  • http://www.oitopassos.com/ Tonobohn

    Esperava que o pessoal daqui tivesse a cabeça um pouco mais aberta.

    Tem gente que gosta de chocolate, gente que gosta de palavras-cruzadas e gente que gosta de swing. E daí?

    Beto, bom texto.

    Abraço

  • http://www.oitopassos.com Tonobohn

    Esperava que o pessoal daqui tivesse a cabeça um pouco mais aberta.

    Tem gente que gosta de chocolate, gente que gosta de palavras-cruzadas e gente que gosta de swing. E daí?

    Beto, bom texto.

    Abraço

  • DaneDane

    Excelente texto.

    como disse o Tonobohn, “Tem gente que gosta de chocolate, gente que gosta de palavras-cruzadas e gente que gosta de swing. ”

    Eu, particularmente, não curto… e curto… vamos lá:

    eu nunca fiz, mas, iria curtir, se tivesse uma fucking friend com cabeça aberta, não houvessem sentimentos de amor, paixão, ciúme nem posse… ou seja, se eu tivesse uma melhor amiga que curtisse, até brincaria uma ou duas vezes… não vou ser hipócrita, todo mundo pensa sacanagem as vezes… e as minhas são bem sacanas… hehe

    mudando um pouco de assunto, vi a capa da VEJA desta semana, bem rapidinho, o tema é violento… algo como “nem tudo que as pessoas dizem que fazem no sexo é verdadeiro, você também é normal”

    Voltando… com os CONTRAS

    Não curto swing… por que ?

    se eu tiver uma companheira, uma pessoa que eu ame, tenha desejo, com certeza, isso será o suficiente…
    sei lá, as vezes me acho estranho as vezes… aliás, muito estranho… quando eu amo alguém, não sinto desejos sexuais por outra pessoa, a não ser ela… isso quando eu amo muito…

    não existe nada melhor do que a combinação:

    amor + paixão + sexo perfeito + exclusividade

    não tem coisa melhor, do que conhecer e ter intimidade com uma pessoa que amamos, saber do que ela gosta, fazer ela ter orgasmos, conhecer o corpo do outro, não ter vergonha, ser “irmãos sexuais” rsrssss

    falo isso por que ja tive namoradas no qual o sexo era perfeito… e havia amor… então, não quero ver a mulher que amo tomando pirocada de outro homem… ainda mais eu vendo…
    e tenho certeza, de que, se for recíproco, ela não gostaria de me ver, chupando outra piriquita, e possuindo outra mulher, e na frente dela…

    esta é a minha opinião. tenho um amigo, aliás, um dos meus melhores amigos, é do ramo, que sempre me convida e conta as vantagens do mundo swinguístico ( engraçado, que ele sempre vem com esses assuntos quando estou de rolo novo… rs) mas, não tive vontade de experimentar…

    solteiro eu iria… mas, solteiros ( homens ) creio eu que não tenha muita utilidade no mundo swinguístico… rs
    já mulher tem né ? rsrssss

    então, é isso. todas as formas de sexo, desde que não exista ressaca moral, e que seja bom para ambas as partes, são ótimas.

    esta é uma modalidade que não curto, e não realizaria…

    Abraçossssssssss

  • DaneDane

    Excelente texto.

    como disse o Tonobohn, “Tem gente que gosta de chocolate, gente que gosta de palavras-cruzadas e gente que gosta de swing. ”

    Eu, particularmente, não curto… e curto… vamos lá:

    eu nunca fiz, mas, iria curtir, se tivesse uma fucking friend com cabeça aberta, não houvessem sentimentos de amor, paixão, ciúme nem posse… ou seja, se eu tivesse uma melhor amiga que curtisse, até brincaria uma ou duas vezes… não vou ser hipócrita, todo mundo pensa sacanagem as vezes… e as minhas são bem sacanas… hehe

    mudando um pouco de assunto, vi a capa da VEJA desta semana, bem rapidinho, o tema é violento… algo como “nem tudo que as pessoas dizem que fazem no sexo é verdadeiro, você também é normal”

    Voltando… com os CONTRAS

    Não curto swing… por que ?

    se eu tiver uma companheira, uma pessoa que eu ame, tenha desejo, com certeza, isso será o suficiente…
    sei lá, as vezes me acho estranho as vezes… aliás, muito estranho… quando eu amo alguém, não sinto desejos sexuais por outra pessoa, a não ser ela… isso quando eu amo muito…

    não existe nada melhor do que a combinação:

    amor + paixão + sexo perfeito + exclusividade

    não tem coisa melhor, do que conhecer e ter intimidade com uma pessoa que amamos, saber do que ela gosta, fazer ela ter orgasmos, conhecer o corpo do outro, não ter vergonha, ser “irmãos sexuais” rsrssss

    falo isso por que ja tive namoradas no qual o sexo era perfeito… e havia amor… então, não quero ver a mulher que amo tomando pirocada de outro homem… ainda mais eu vendo…
    e tenho certeza, de que, se for recíproco, ela não gostaria de me ver, chupando outra piriquita, e possuindo outra mulher, e na frente dela…

    esta é a minha opinião. tenho um amigo, aliás, um dos meus melhores amigos, é do ramo, que sempre me convida e conta as vantagens do mundo swinguístico ( engraçado, que ele sempre vem com esses assuntos quando estou de rolo novo… rs) mas, não tive vontade de experimentar…

    solteiro eu iria… mas, solteiros ( homens ) creio eu que não tenha muita utilidade no mundo swinguístico… rs
    já mulher tem né ? rsrssss

    então, é isso. todas as formas de sexo, desde que não exista ressaca moral, e que seja bom para ambas as partes, são ótimas.

    esta é uma modalidade que não curto, e não realizaria…

    Abraçossssssssss

  • DaneDane

    Excelente texto.

    como disse o Tonobohn, “Tem gente que gosta de chocolate, gente que gosta de palavras-cruzadas e gente que gosta de swing. ”

    Eu, particularmente, não curto… e curto… vamos lá:

    eu nunca fiz, mas, iria curtir, se tivesse uma fucking friend com cabeça aberta, não houvessem sentimentos de amor, paixão, ciúme nem posse… ou seja, se eu tivesse uma melhor amiga que curtisse, até brincaria uma ou duas vezes… não vou ser hipócrita, todo mundo pensa sacanagem as vezes… e as minhas são bem sacanas… hehe

    mudando um pouco de assunto, vi a capa da VEJA desta semana, bem rapidinho, o tema é violento… algo como “nem tudo que as pessoas dizem que fazem no sexo é verdadeiro, você também é normal”

    Voltando… com os CONTRAS

    Não curto swing… por que ?

    se eu tiver uma companheira, uma pessoa que eu ame, tenha desejo, com certeza, isso será o suficiente…
    sei lá, as vezes me acho estranho as vezes… aliás, muito estranho… quando eu amo alguém, não sinto desejos sexuais por outra pessoa, a não ser ela… isso quando eu amo muito…

    não existe nada melhor do que a combinação:

    amor + paixão + sexo perfeito + exclusividade

    não tem coisa melhor, do que conhecer e ter intimidade com uma pessoa que amamos, saber do que ela gosta, fazer ela ter orgasmos, conhecer o corpo do outro, não ter vergonha, ser “irmãos sexuais” rsrssss

    falo isso por que ja tive namoradas no qual o sexo era perfeito… e havia amor… então, não quero ver a mulher que amo tomando pirocada de outro homem… ainda mais eu vendo…
    e tenho certeza, de que, se for recíproco, ela não gostaria de me ver, chupando outra piriquita, e possuindo outra mulher, e na frente dela…

    esta é a minha opinião. tenho um amigo, aliás, um dos meus melhores amigos, é do ramo, que sempre me convida e conta as vantagens do mundo swinguístico ( engraçado, que ele sempre vem com esses assuntos quando estou de rolo novo… rs) mas, não tive vontade de experimentar…

    solteiro eu iria… mas, solteiros ( homens ) creio eu que não tenha muita utilidade no mundo swinguístico… rs
    já mulher tem né ? rsrssss

    então, é isso. todas as formas de sexo, desde que não exista ressaca moral, e que seja bom para ambas as partes, são ótimas.

    esta é uma modalidade que não curto, e não realizaria…

    Abraçossssssssss

  • http://www.clockwisemidia.com/ italo

    eh esporte radical como nosso querido cronista nos disse…
    é como para-quedas, tem gente q faz regularmente, tem gente q tem medo mas faz uma única vez e por ultimo tem gente que não faz nunca!! acho que é mais uma questão de sinergia+comunicação do que uma quetão de amor… eu tenho ciume, não vou negar, mas não acho q o ciúme é uma coisa boa … tipo pode ser encanação minha mas num acho q eh uma coisa saudável, o querer bem é uma coisa bem diferente do ciume… mas cada um eh cada um…

  • http://www.clockwisemidia.com/ italo

    eh esporte radical como nosso querido cronista nos disse…
    é como para-quedas, tem gente q faz regularmente, tem gente q tem medo mas faz uma única vez e por ultimo tem gente que não faz nunca!! acho que é mais uma questão de sinergia+comunicação do que uma quetão de amor… eu tenho ciume, não vou negar, mas não acho q o ciúme é uma coisa boa … tipo pode ser encanação minha mas num acho q eh uma coisa saudável, o querer bem é uma coisa bem diferente do ciume… mas cada um eh cada um…

  • http://www.clockwisemidia.com italo

    eh esporte radical como nosso querido cronista nos disse…
    é como para-quedas, tem gente q faz regularmente, tem gente q tem medo mas faz uma única vez e por ultimo tem gente que não faz nunca!! acho que é mais uma questão de sinergia+comunicação do que uma quetão de amor… eu tenho ciume, não vou negar, mas não acho q o ciúme é uma coisa boa … tipo pode ser encanação minha mas num acho q eh uma coisa saudável, o querer bem é uma coisa bem diferente do ciume… mas cada um eh cada um…

  • Irene Mara

    isso é ” putaria ” com mais um nome, entre tantos…eu não faria e não me relacionaria com quem gostasse( diante de uma proposta dessa, terminaria o relacionamento na hora ) Esse comportamento é uma banalização do sexo, deve até viciar….

  • Irene Mara

    isso é ” putaria ” com mais um nome, entre tantos…eu não faria e não me relacionaria com quem gostasse( diante de uma proposta dessa, terminaria o relacionamento na hora ) Esse comportamento é uma banalização do sexo, deve até viciar….

  • Irene Mara

    isso é ” putaria ” com mais um nome, entre tantos…eu não faria e não me relacionaria com quem gostasse( diante de uma proposta dessa, terminaria o relacionamento na hora ) Esse comportamento é uma banalização do sexo, deve até viciar….

  • Olocomeu

    É, não edifica, como disseram aí.
    Não acrescenta nada.

    Prefiro minha mulher, inventar coisas e lugares, só nós dois.
    Sexo está na cabeça, não é exatamente carnal.

  • Olocomeu

    É, não edifica, como disseram aí.
    Não acrescenta nada.

    Prefiro minha mulher, inventar coisas e lugares, só nós dois.
    Sexo está na cabeça, não é exatamente carnal.

  • Olocomeu

    É, não edifica, como disseram aí.
    Não acrescenta nada.

    Prefiro minha mulher, inventar coisas e lugares, só nós dois.
    Sexo está na cabeça, não é exatamente carnal.

  • http://www.condominios.comopiniao.com/ Marcelo Garrit

    Galera,

    devo confessar que me surpreenderam as respostas, não pela quantidade de pessoas que dizem não topar este tipo de coisa, mas pela carga de preconceito em alguns comentários.

    Como o Beto falou, preço combinado não é caro e TUDO na vida tem seu preço, mesmo os relacionamentos tidos como tradicionais!

    Quer dizer que quem participa de swing não ama???

    Existem várias formas de amar e de demonstrar este amor, TODAS são válidas.

    Seguindo a linha de algumas pessoas que comentaram, é errado ser homosexual, seja por que “vai de encontro a natureza” ou simplesmente porque sou hétero e não curto sexo com outros homens ….

    Isso não existe, cada um sabe da sua vida e o que é melhor para ela, o importante é ser feliz, se eu não curto o que meu amigo, vizinho, conhecido, etc. faz, basta eu não aplicar na minha vida e pronto, ele que seja feliz fazendo o swing dele e eu serei feliz me relacionando só com a minha mulher.

    ponto final!

  • http://www.condominios.comopiniao.com/ Marcelo Garrit

    Galera,

    devo confessar que me surpreenderam as respostas, não pela quantidade de pessoas que dizem não topar este tipo de coisa, mas pela carga de preconceito em alguns comentários.

    Como o Beto falou, preço combinado não é caro e TUDO na vida tem seu preço, mesmo os relacionamentos tidos como tradicionais!

    Quer dizer que quem participa de swing não ama???

    Existem várias formas de amar e de demonstrar este amor, TODAS são válidas.

    Seguindo a linha de algumas pessoas que comentaram, é errado ser homosexual, seja por que “vai de encontro a natureza” ou simplesmente porque sou hétero e não curto sexo com outros homens ….

    Isso não existe, cada um sabe da sua vida e o que é melhor para ela, o importante é ser feliz, se eu não curto o que meu amigo, vizinho, conhecido, etc. faz, basta eu não aplicar na minha vida e pronto, ele que seja feliz fazendo o swing dele e eu serei feliz me relacionando só com a minha mulher.

    ponto final!

  • http://www.condominios.comopiniao.com Marcelo Garrit

    Galera,

    devo confessar que me surpreenderam as respostas, não pela quantidade de pessoas que dizem não topar este tipo de coisa, mas pela carga de preconceito em alguns comentários.

    Como o Beto falou, preço combinado não é caro e TUDO na vida tem seu preço, mesmo os relacionamentos tidos como tradicionais!

    Quer dizer que quem participa de swing não ama???

    Existem várias formas de amar e de demonstrar este amor, TODAS são válidas.

    Seguindo a linha de algumas pessoas que comentaram, é errado ser homosexual, seja por que “vai de encontro a natureza” ou simplesmente porque sou hétero e não curto sexo com outros homens ….

    Isso não existe, cada um sabe da sua vida e o que é melhor para ela, o importante é ser feliz, se eu não curto o que meu amigo, vizinho, conhecido, etc. faz, basta eu não aplicar na minha vida e pronto, ele que seja feliz fazendo o swing dele e eu serei feliz me relacionando só com a minha mulher.

    ponto final!

  • Roberta

    Tô c/ a biaa:
    “Eu não sei se eu aceitaria, hoje pelo menos, definitivamente não… foi o que o Sebastian falou, eu não gostaria de ver meu namorado dando prazer a outra garota ( e principalmente TENDO prazer com outra), e não sei se eu sentiria tesão por outra pessoa, naquelas condições ou não…”

    Discordo do Rafael. Eu ñ “dividiria” um namorado meu c/ outra mulher. Mas ñ é só pq duas pessoas praticam swing q elas ñ se amam. Cada um tem sua maneira de amar, sua liberdade, confiança e desejos. Eu ñ tenho essa vontade, mas conheço casais q se amam e topam essas coisas aí rsrs.

    Tb discordo do Danilo. Ñ acho q o swing ñ seja construtivo pra um relacionamento. Isso vai de cada um (como eu já disse aqui umas 15 vezes hahaha).

    Acho q o DaneDane disse tudo. Assino embaixo.

  • Roberta

    Tô c/ a biaa:
    “Eu não sei se eu aceitaria, hoje pelo menos, definitivamente não… foi o que o Sebastian falou, eu não gostaria de ver meu namorado dando prazer a outra garota ( e principalmente TENDO prazer com outra), e não sei se eu sentiria tesão por outra pessoa, naquelas condições ou não…”

    Discordo do Rafael. Eu ñ “dividiria” um namorado meu c/ outra mulher. Mas ñ é só pq duas pessoas praticam swing q elas ñ se amam. Cada um tem sua maneira de amar, sua liberdade, confiança e desejos. Eu ñ tenho essa vontade, mas conheço casais q se amam e topam essas coisas aí rsrs.

    Tb discordo do Danilo. Ñ acho q o swing ñ seja construtivo pra um relacionamento. Isso vai de cada um (como eu já disse aqui umas 15 vezes hahaha).

    Acho q o DaneDane disse tudo. Assino embaixo.

  • Roberta

    Tô c/ a biaa:
    “Eu não sei se eu aceitaria, hoje pelo menos, definitivamente não… foi o que o Sebastian falou, eu não gostaria de ver meu namorado dando prazer a outra garota ( e principalmente TENDO prazer com outra), e não sei se eu sentiria tesão por outra pessoa, naquelas condições ou não…”

    Discordo do Rafael. Eu ñ “dividiria” um namorado meu c/ outra mulher. Mas ñ é só pq duas pessoas praticam swing q elas ñ se amam. Cada um tem sua maneira de amar, sua liberdade, confiança e desejos. Eu ñ tenho essa vontade, mas conheço casais q se amam e topam essas coisas aí rsrs.

    Tb discordo do Danilo. Ñ acho q o swing ñ seja construtivo pra um relacionamento. Isso vai de cada um (como eu já disse aqui umas 15 vezes hahaha).

    Acho q o DaneDane disse tudo. Assino embaixo.

  • Sebastian

    Caro Beto e Francisco se vocês são felizes deixando outro cara esporrar na sua garota parabéns só não me chame para pegá-las porque amo minha garota.

    ”Pessoalmente, eu tenho curiosidade, embora tenha um certo medo. É uma coisa que exige uma relação bem madura e resolvida, respeito e auto-controle, mas que me atrai bastante.”

    Francisco você quer dizer que quem não faz swing não tem uma relação madura e nem confiança?Quer dizer que quem é adepto esta no topo da masculinidade e segurança?E ainda tem que ter respeito??Faz me rir você.

    Não quero rotular ninguem mais swing nada mais é que uma nova modalidade de putaria.

    Tenho certeza que um dia alguem quiser formar família pensará diferente disso, já que é algo tão liberal tenho certeza que seu filhinho não se importará em ser chamado de filha da puta na escola.

  • Sebastian

    Caro Beto e Francisco se vocês são felizes deixando outro cara esporrar na sua garota parabéns só não me chame para pegá-las porque amo minha garota.

    ”Pessoalmente, eu tenho curiosidade, embora tenha um certo medo. É uma coisa que exige uma relação bem madura e resolvida, respeito e auto-controle, mas que me atrai bastante.”

    Francisco você quer dizer que quem não faz swing não tem uma relação madura e nem confiança?Quer dizer que quem é adepto esta no topo da masculinidade e segurança?E ainda tem que ter respeito??Faz me rir você.

    Não quero rotular ninguem mais swing nada mais é que uma nova modalidade de putaria.

    Tenho certeza que um dia alguem quiser formar família pensará diferente disso, já que é algo tão liberal tenho certeza que seu filhinho não se importará em ser chamado de filha da puta na escola.

  • Sebastian

    Caro Beto e Francisco se vocês são felizes deixando outro cara esporrar na sua garota parabéns só não me chame para pegá-las porque amo minha garota.

    ”Pessoalmente, eu tenho curiosidade, embora tenha um certo medo. É uma coisa que exige uma relação bem madura e resolvida, respeito e auto-controle, mas que me atrai bastante.”

    Francisco você quer dizer que quem não faz swing não tem uma relação madura e nem confiança?Quer dizer que quem é adepto esta no topo da masculinidade e segurança?E ainda tem que ter respeito??Faz me rir você.

    Não quero rotular ninguem mais swing nada mais é que uma nova modalidade de putaria.

    Tenho certeza que um dia alguem quiser formar família pensará diferente disso, já que é algo tão liberal tenho certeza que seu filhinho não se importará em ser chamado de filha da puta na escola.

  • http://showdobob.blogspot.com/ Lucas

    Felizmente prefiro ficar com essa: “Mas, se você é homen(zinho) do tipo que não aceita que sua mulher tenha este prazer… Bem, você ainda tem as opções 1 e 2.”
    Embora sejam oferecidas estas opções, fico o respeito, caso não seja mais possível manter a relação do jeito que esta, bom isso é problema para se resolver dando um fim, como tantos fazem.
    Agora, vender a idéia de que apenas permitindo – aceitando – a liberdade sexual dos parceiros é a salvação para o prazer e vida enquanto casal, isso é desvio de conduta.

    Casais com problemas no relacionamento (pouco, péssimo ou nenhum sexo e muitas brigas), mas tentando salvar a relação: Neste caso o swing é a melhor opção para vocês.

    Sabe que o supermercado aqui da minha cidade usa bastante essa afirmativa “é a melhor opção para você”, já viu alguém falar que se produto é ruim?

    Marcelo,

    Seguindo a linha de algumas pessoas que comentaram, é errado ser homosexual, seja por que “vai de encontro a natureza” ou simplesmente porque sou hétero e não curto sexo com outros homens ….

    Já que tocaste nesse ponto, sabe qual é o real problema?. Por exemplo, existe homossexuais e BIXONAS, os primeiros vivem com a opção deles e não interferem em nada que envolva as outras pessoas com suas respectivas opções, já o últimos, estes inclusive não conseguem conviver com quem não tem a mesma opção que eles, tendo praticamente uma necessidade de dar seu ânus para qualquer homem que aparece, mas esse não é o problema, a questão é que atentam contra aqueles que não tem a mesma opção que eles.
    Agora, também existem pessoas com uma necessidade incrível de fazer com que a homossexualidade seja uma prática comum e saudável. Alguns inclusive defendem o casamento de gays na igreja, ficam tristes e choram, fazem escandalos por que não puderam, tudo por que se julgam normais. Mas vai dizer para eles que o casamento tem como fim a proliferação da espécie – o que até agora, pelo que sei, não é possível só entre homens – e assim não cumpriria seu fim, além do mais, por que chamar de casamento? Não pode ser outro nome, a própria doutrina do Direito esta começando a pensar em contrato entre homossexuais? Para que a frescura de querer equiparar com um casal de homem e mulher? São questões que os BIXONAS certamente podem explicar.
    Não tenho problema algum com homossexuais, mas daí, querer fazer experiências e pregar a liberalidade geral, imoralidade etc. – como este post tácitamente propõe – não concordo não.

    Pessoal, voltando ao assunto do post, digo o seguinte: Existem duas maneiras de fazer uma prova, colando ou estudando.
    Colando o resultado é mais certo, mas existem riscos. Estudando, o resultado é incerto e os riscos de tu ser pego colando são reduzidos a 0, porém a satisfação da nota e premio por ela é inteiramente sua, sabes que fizeste da melhor maneira.
    Bom, vida de casal, embora essa minha história acima seja um péssimo exemplo, é assim. Você pode continuar com o discurso de que apenas com muito sexo e atividades picantes e acabar por se expor a momentos em que você iria desejar muito ter uma relação com mais respeito e dignidade. Ou então, podes lutar e ir pelo caminho mais difícil, enfrentendo o famigerado mito do casamento apenas com o que você tem no coração. Sim, eu esqueço do meu pênis as vezes, algumas pessoas não.
    A pouco tempo eu pensava “não posso casar, na primeira oportunidade vou trair sim minha esposa”, mas então virei homem e decidi “não, QUANDO eu casar, caso insatisfeito, vou por um fim e pronto, pois essa não era a pessoa, mas trair no casamento é sacanagem, respeito é um dos pilares essenciais”. Eu sei que não estou livre e todo esse “blablabla” de quem vai me dizer o contrário ou apenas discordar do que eu disse, mas é essa minha escolha, assim como aqueles que escolhem dar o “cagador” para os outros.

    Sebastian,
    Longe de mim querer ser moralista, mas vamos ser práticos: Se você quer suruba/sacanagem/etc, pra quê namorar/casar? Fique solteiro, pois além de comer mulher à vontade, você não terá sua mulher comida por outro, e na sua frente ainda.

    Disse tudo, grande inversão de valores.

    ps.: Longe de mim ser moralista, cada um com se cada qual – como diria minha avó – mas se é assim que chamam que tem esta opinião, então que seja.

  • http://showdobob.blogspot.com/ Lucas

    Felizmente prefiro ficar com essa: “Mas, se você é homen(zinho) do tipo que não aceita que sua mulher tenha este prazer… Bem, você ainda tem as opções 1 e 2.”
    Embora sejam oferecidas estas opções, fico o respeito, caso não seja mais possível manter a relação do jeito que esta, bom isso é problema para se resolver dando um fim, como tantos fazem.
    Agora, vender a idéia de que apenas permitindo – aceitando – a liberdade sexual dos parceiros é a salvação para o prazer e vida enquanto casal, isso é desvio de conduta.

    Casais com problemas no relacionamento (pouco, péssimo ou nenhum sexo e muitas brigas), mas tentando salvar a relação: Neste caso o swing é a melhor opção para vocês.

    Sabe que o supermercado aqui da minha cidade usa bastante essa afirmativa “é a melhor opção para você”, já viu alguém falar que se produto é ruim?

    Marcelo,

    Seguindo a linha de algumas pessoas que comentaram, é errado ser homosexual, seja por que “vai de encontro a natureza” ou simplesmente porque sou hétero e não curto sexo com outros homens ….

    Já que tocaste nesse ponto, sabe qual é o real problema?. Por exemplo, existe homossexuais e BIXONAS, os primeiros vivem com a opção deles e não interferem em nada que envolva as outras pessoas com suas respectivas opções, já o últimos, estes inclusive não conseguem conviver com quem não tem a mesma opção que eles, tendo praticamente uma necessidade de dar seu ânus para qualquer homem que aparece, mas esse não é o problema, a questão é que atentam contra aqueles que não tem a mesma opção que eles.
    Agora, também existem pessoas com uma necessidade incrível de fazer com que a homossexualidade seja uma prática comum e saudável. Alguns inclusive defendem o casamento de gays na igreja, ficam tristes e choram, fazem escandalos por que não puderam, tudo por que se julgam normais. Mas vai dizer para eles que o casamento tem como fim a proliferação da espécie – o que até agora, pelo que sei, não é possível só entre homens – e assim não cumpriria seu fim, além do mais, por que chamar de casamento? Não pode ser outro nome, a própria doutrina do Direito esta começando a pensar em contrato entre homossexuais? Para que a frescura de querer equiparar com um casal de homem e mulher? São questões que os BIXONAS certamente podem explicar.
    Não tenho problema algum com homossexuais, mas daí, querer fazer experiências e pregar a liberalidade geral, imoralidade etc. – como este post tácitamente propõe – não concordo não.

    Pessoal, voltando ao assunto do post, digo o seguinte: Existem duas maneiras de fazer uma prova, colando ou estudando.
    Colando o resultado é mais certo, mas existem riscos. Estudando, o resultado é incerto e os riscos de tu ser pego colando são reduzidos a 0, porém a satisfação da nota e premio por ela é inteiramente sua, sabes que fizeste da melhor maneira.
    Bom, vida de casal, embora essa minha história acima seja um péssimo exemplo, é assim. Você pode continuar com o discurso de que apenas com muito sexo e atividades picantes e acabar por se expor a momentos em que você iria desejar muito ter uma relação com mais respeito e dignidade. Ou então, podes lutar e ir pelo caminho mais difícil, enfrentendo o famigerado mito do casamento apenas com o que você tem no coração. Sim, eu esqueço do meu pênis as vezes, algumas pessoas não.
    A pouco tempo eu pensava “não posso casar, na primeira oportunidade vou trair sim minha esposa”, mas então virei homem e decidi “não, QUANDO eu casar, caso insatisfeito, vou por um fim e pronto, pois essa não era a pessoa, mas trair no casamento é sacanagem, respeito é um dos pilares essenciais”. Eu sei que não estou livre e todo esse “blablabla” de quem vai me dizer o contrário ou apenas discordar do que eu disse, mas é essa minha escolha, assim como aqueles que escolhem dar o “cagador” para os outros.

    Sebastian,
    Longe de mim querer ser moralista, mas vamos ser práticos: Se você quer suruba/sacanagem/etc, pra quê namorar/casar? Fique solteiro, pois além de comer mulher à vontade, você não terá sua mulher comida por outro, e na sua frente ainda.

    Disse tudo, grande inversão de valores.

    ps.: Longe de mim ser moralista, cada um com se cada qual – como diria minha avó – mas se é assim que chamam que tem esta opinião, então que seja.

  • http://showdobob.blogspot.com Lucas

    Felizmente prefiro ficar com essa: “Mas, se você é homen(zinho) do tipo que não aceita que sua mulher tenha este prazer… Bem, você ainda tem as opções 1 e 2.”
    Embora sejam oferecidas estas opções, fico o respeito, caso não seja mais possível manter a relação do jeito que esta, bom isso é problema para se resolver dando um fim, como tantos fazem.
    Agora, vender a idéia de que apenas permitindo – aceitando – a liberdade sexual dos parceiros é a salvação para o prazer e vida enquanto casal, isso é desvio de conduta.

    Casais com problemas no relacionamento (pouco, péssimo ou nenhum sexo e muitas brigas), mas tentando salvar a relação: Neste caso o swing é a melhor opção para vocês.

    Sabe que o supermercado aqui da minha cidade usa bastante essa afirmativa “é a melhor opção para você”, já viu alguém falar que se produto é ruim?

    Marcelo,

    Seguindo a linha de algumas pessoas que comentaram, é errado ser homosexual, seja por que “vai de encontro a natureza” ou simplesmente porque sou hétero e não curto sexo com outros homens ….

    Já que tocaste nesse ponto, sabe qual é o real problema?. Por exemplo, existe homossexuais e BIXONAS, os primeiros vivem com a opção deles e não interferem em nada que envolva as outras pessoas com suas respectivas opções, já o últimos, estes inclusive não conseguem conviver com quem não tem a mesma opção que eles, tendo praticamente uma necessidade de dar seu ânus para qualquer homem que aparece, mas esse não é o problema, a questão é que atentam contra aqueles que não tem a mesma opção que eles.
    Agora, também existem pessoas com uma necessidade incrível de fazer com que a homossexualidade seja uma prática comum e saudável. Alguns inclusive defendem o casamento de gays na igreja, ficam tristes e choram, fazem escandalos por que não puderam, tudo por que se julgam normais. Mas vai dizer para eles que o casamento tem como fim a proliferação da espécie – o que até agora, pelo que sei, não é possível só entre homens – e assim não cumpriria seu fim, além do mais, por que chamar de casamento? Não pode ser outro nome, a própria doutrina do Direito esta começando a pensar em contrato entre homossexuais? Para que a frescura de querer equiparar com um casal de homem e mulher? São questões que os BIXONAS certamente podem explicar.
    Não tenho problema algum com homossexuais, mas daí, querer fazer experiências e pregar a liberalidade geral, imoralidade etc. – como este post tácitamente propõe – não concordo não.

    Pessoal, voltando ao assunto do post, digo o seguinte: Existem duas maneiras de fazer uma prova, colando ou estudando.
    Colando o resultado é mais certo, mas existem riscos. Estudando, o resultado é incerto e os riscos de tu ser pego colando são reduzidos a 0, porém a satisfação da nota e premio por ela é inteiramente sua, sabes que fizeste da melhor maneira.
    Bom, vida de casal, embora essa minha história acima seja um péssimo exemplo, é assim. Você pode continuar com o discurso de que apenas com muito sexo e atividades picantes e acabar por se expor a momentos em que você iria desejar muito ter uma relação com mais respeito e dignidade. Ou então, podes lutar e ir pelo caminho mais difícil, enfrentendo o famigerado mito do casamento apenas com o que você tem no coração. Sim, eu esqueço do meu pênis as vezes, algumas pessoas não.
    A pouco tempo eu pensava “não posso casar, na primeira oportunidade vou trair sim minha esposa”, mas então virei homem e decidi “não, QUANDO eu casar, caso insatisfeito, vou por um fim e pronto, pois essa não era a pessoa, mas trair no casamento é sacanagem, respeito é um dos pilares essenciais”. Eu sei que não estou livre e todo esse “blablabla” de quem vai me dizer o contrário ou apenas discordar do que eu disse, mas é essa minha escolha, assim como aqueles que escolhem dar o “cagador” para os outros.

    Sebastian,
    Longe de mim querer ser moralista, mas vamos ser práticos: Se você quer suruba/sacanagem/etc, pra quê namorar/casar? Fique solteiro, pois além de comer mulher à vontade, você não terá sua mulher comida por outro, e na sua frente ainda.

    Disse tudo, grande inversão de valores.

    ps.: Longe de mim ser moralista, cada um com se cada qual – como diria minha avó – mas se é assim que chamam que tem esta opinião, então que seja.

  • Sebastian

    Beto
    ”E pra turma do “Se você quer sacanagem, melhor ficar solteiro”: É muito, muito melhor se divertir com quem você ama. Pensem nisso! ”

    Realmente Beto, não precisa ser solteiro pra ter boa sacanagem, apenas penso que não preciso comer outra pessoa e a minha ser comida na minha frente pra eu ou ela gozar mais gostoso.Esse não é o unico meio.

    Ao meu ver pessoas assim são frustradas sexualmente, e necessitam de mais e mais parceiros mesmo que você ja tenha um.

  • Sebastian

    Beto
    ”E pra turma do “Se você quer sacanagem, melhor ficar solteiro”: É muito, muito melhor se divertir com quem você ama. Pensem nisso! ”

    Realmente Beto, não precisa ser solteiro pra ter boa sacanagem, apenas penso que não preciso comer outra pessoa e a minha ser comida na minha frente pra eu ou ela gozar mais gostoso.Esse não é o unico meio.

    Ao meu ver pessoas assim são frustradas sexualmente, e necessitam de mais e mais parceiros mesmo que você ja tenha um.

  • Sebastian

    Beto
    ”E pra turma do “Se você quer sacanagem, melhor ficar solteiro”: É muito, muito melhor se divertir com quem você ama. Pensem nisso! ”

    Realmente Beto, não precisa ser solteiro pra ter boa sacanagem, apenas penso que não preciso comer outra pessoa e a minha ser comida na minha frente pra eu ou ela gozar mais gostoso.Esse não é o unico meio.

    Ao meu ver pessoas assim são frustradas sexualmente, e necessitam de mais e mais parceiros mesmo que você ja tenha um.

  • Sebastian

    Isso ai Lucas novamente bato naquela tecla, tudo culpas das novelas e da Disney né Roberta heheheh.

  • Sebastian

    Isso ai Lucas novamente bato naquela tecla, tudo culpas das novelas e da Disney né Roberta heheheh.

  • Sebastian

    Isso ai Lucas novamente bato naquela tecla, tudo culpas das novelas e da Disney né Roberta heheheh.

  • Roberta

    Ai, vc lembrou? kkkkkkk

    É… td culpa da Globo e da Disney mesmo, Sebastian.

  • Roberta

    Ai, vc lembrou? kkkkkkk

    É… td culpa da Globo e da Disney mesmo, Sebastian.

  • Roberta

    Ai, vc lembrou? kkkkkkk

    É… td culpa da Globo e da Disney mesmo, Sebastian.

  • ViToR ((PR))

    Eu acho que pra fazer swing tem q ser homem de verdade mesmo!!!
    Pq, se vc n põe fé no teu taco chapa, vc com certeza tem medo de ver sua mulher com um outro cara, mas se vc tem consciencia que dá tanto prazer pra sua parceira que ela pode ter uma relação com outro e vai continuar amando vc e te querendo(também porque vc faz mais gostoso) ae sim vc tem CONFIANÇA em si mesmo…
    Minha ex-mulher havia feito um convite mais inusitado ainda, ela gostaria de brincar comigo e uma amiga ao mesmo tempo, eu fiquei de cara.Conversei bastante com ela e isso sempre foi um dos pilares do relacionamento..
    Vai de cada um, quem quer faz, quem não quer não faz..
    Sexo é sempre bom!!!

  • ViToR ((PR))

    Eu acho que pra fazer swing tem q ser homem de verdade mesmo!!!
    Pq, se vc n põe fé no teu taco chapa, vc com certeza tem medo de ver sua mulher com um outro cara, mas se vc tem consciencia que dá tanto prazer pra sua parceira que ela pode ter uma relação com outro e vai continuar amando vc e te querendo(também porque vc faz mais gostoso) ae sim vc tem CONFIANÇA em si mesmo…
    Minha ex-mulher havia feito um convite mais inusitado ainda, ela gostaria de brincar comigo e uma amiga ao mesmo tempo, eu fiquei de cara.Conversei bastante com ela e isso sempre foi um dos pilares do relacionamento..
    Vai de cada um, quem quer faz, quem não quer não faz..
    Sexo é sempre bom!!!

  • ViToR ((PR))

    Eu acho que pra fazer swing tem q ser homem de verdade mesmo!!!
    Pq, se vc n põe fé no teu taco chapa, vc com certeza tem medo de ver sua mulher com um outro cara, mas se vc tem consciencia que dá tanto prazer pra sua parceira que ela pode ter uma relação com outro e vai continuar amando vc e te querendo(também porque vc faz mais gostoso) ae sim vc tem CONFIANÇA em si mesmo…
    Minha ex-mulher havia feito um convite mais inusitado ainda, ela gostaria de brincar comigo e uma amiga ao mesmo tempo, eu fiquei de cara.Conversei bastante com ela e isso sempre foi um dos pilares do relacionamento..
    Vai de cada um, quem quer faz, quem não quer não faz..
    Sexo é sempre bom!!!

  • Francisco

    realmente estas opiniões são moralistas. Isto porque fazer juízo de moral, basicamente, definem algumas coisas como certas e outras como erradas. Atente bem para a diferença entre moral e ética. Colar na prova é uma forma de enganação, uma mentira, que dependendo da prova (se for um vestibular por exemplo) pode ferir a sociedade e as regras em que ela se baseia, prejudicando outras pessoas.
    Na questão do relacionamento, dizer que o casamento, ou a monogamia, ou a heterosexualidade é a opção CERTA é um julgamento de moral, baseado puramente no que você ACHA. É tanta discriminação quanto o racismo por exemplo. A própria idéia de que você tem que ser feliz com apenas uma pessoa, a própria idéia de que só é possível amar UMA pessoa apenas é uma invenção cultural, pois em alguns lugares se faz diferente e não existe problema algum com isso.

    Respondendo ao Sebastian:
    ”Pessoalmente, eu tenho curiosidade, embora tenha um certo medo. É uma coisa que exige uma relação bem madura e resolvida, respeito e auto-controle, mas que me atrai bastante.”

    Não existe nenhuma negativa nessa frase, ou seja, não excluí a possibilidade de alguém num relacionamento puramente monogâmico seja madura, bem resolvida e respeitosa. Apenas concordei com o Beto que no caso do Swing, se a relação não for assim, ela acaba muito mais cedo do que acabaria sem ele.

    Voltando a questão do amor… façamos então uma suposição. Você ama sua garota. Digamos que ela venha lhe falar que fantasia com uma situação de troca de casais, tem muita curiosidade e desejo e gostaria de colocar isso em prática. O que você que ama faz?
    Amar alguém não é justamente a vontade de ver essa pessoa feliz? Porque a pessoa tem que ser feliz do SEU jeito, e não do dela? Claro que isso é só uma suposição, e provavelmente você escolheu para sí uma garota que provavelmente tem gostos parecidos com os teus, mas a pergunta está lançada.
    Se você a ama, terminarias com ela porque “ela quer que outro cara esporre na cara dela na sua frente”?

    OBS: Ciúme e Posse não são AMOR.
    OBS2: engraçado dizerem: longe de mim ser moralista e fazer julgamento de moral, longe de mim rotular as pessoas, já rotulando, longe de mim discriminar as pessoas, discriminando.

  • Francisco

    realmente estas opiniões são moralistas. Isto porque fazer juízo de moral, basicamente, definem algumas coisas como certas e outras como erradas. Atente bem para a diferença entre moral e ética. Colar na prova é uma forma de enganação, uma mentira, que dependendo da prova (se for um vestibular por exemplo) pode ferir a sociedade e as regras em que ela se baseia, prejudicando outras pessoas.
    Na questão do relacionamento, dizer que o casamento, ou a monogamia, ou a heterosexualidade é a opção CERTA é um julgamento de moral, baseado puramente no que você ACHA. É tanta discriminação quanto o racismo por exemplo. A própria idéia de que você tem que ser feliz com apenas uma pessoa, a própria idéia de que só é possível amar UMA pessoa apenas é uma invenção cultural, pois em alguns lugares se faz diferente e não existe problema algum com isso.

    Respondendo ao Sebastian:
    ”Pessoalmente, eu tenho curiosidade, embora tenha um certo medo. É uma coisa que exige uma relação bem madura e resolvida, respeito e auto-controle, mas que me atrai bastante.”

    Não existe nenhuma negativa nessa frase, ou seja, não excluí a possibilidade de alguém num relacionamento puramente monogâmico seja madura, bem resolvida e respeitosa. Apenas concordei com o Beto que no caso do Swing, se a relação não for assim, ela acaba muito mais cedo do que acabaria sem ele.

    Voltando a questão do amor… façamos então uma suposição. Você ama sua garota. Digamos que ela venha lhe falar que fantasia com uma situação de troca de casais, tem muita curiosidade e desejo e gostaria de colocar isso em prática. O que você que ama faz?
    Amar alguém não é justamente a vontade de ver essa pessoa feliz? Porque a pessoa tem que ser feliz do SEU jeito, e não do dela? Claro que isso é só uma suposição, e provavelmente você escolheu para sí uma garota que provavelmente tem gostos parecidos com os teus, mas a pergunta está lançada.
    Se você a ama, terminarias com ela porque “ela quer que outro cara esporre na cara dela na sua frente”?

    OBS: Ciúme e Posse não são AMOR.
    OBS2: engraçado dizerem: longe de mim ser moralista e fazer julgamento de moral, longe de mim rotular as pessoas, já rotulando, longe de mim discriminar as pessoas, discriminando.

  • Francisco

    realmente estas opiniões são moralistas. Isto porque fazer juízo de moral, basicamente, definem algumas coisas como certas e outras como erradas. Atente bem para a diferença entre moral e ética. Colar na prova é uma forma de enganação, uma mentira, que dependendo da prova (se for um vestibular por exemplo) pode ferir a sociedade e as regras em que ela se baseia, prejudicando outras pessoas.
    Na questão do relacionamento, dizer que o casamento, ou a monogamia, ou a heterosexualidade é a opção CERTA é um julgamento de moral, baseado puramente no que você ACHA. É tanta discriminação quanto o racismo por exemplo. A própria idéia de que você tem que ser feliz com apenas uma pessoa, a própria idéia de que só é possível amar UMA pessoa apenas é uma invenção cultural, pois em alguns lugares se faz diferente e não existe problema algum com isso.

    Respondendo ao Sebastian:
    ”Pessoalmente, eu tenho curiosidade, embora tenha um certo medo. É uma coisa que exige uma relação bem madura e resolvida, respeito e auto-controle, mas que me atrai bastante.”

    Não existe nenhuma negativa nessa frase, ou seja, não excluí a possibilidade de alguém num relacionamento puramente monogâmico seja madura, bem resolvida e respeitosa. Apenas concordei com o Beto que no caso do Swing, se a relação não for assim, ela acaba muito mais cedo do que acabaria sem ele.

    Voltando a questão do amor… façamos então uma suposição. Você ama sua garota. Digamos que ela venha lhe falar que fantasia com uma situação de troca de casais, tem muita curiosidade e desejo e gostaria de colocar isso em prática. O que você que ama faz?
    Amar alguém não é justamente a vontade de ver essa pessoa feliz? Porque a pessoa tem que ser feliz do SEU jeito, e não do dela? Claro que isso é só uma suposição, e provavelmente você escolheu para sí uma garota que provavelmente tem gostos parecidos com os teus, mas a pergunta está lançada.
    Se você a ama, terminarias com ela porque “ela quer que outro cara esporre na cara dela na sua frente”?

    OBS: Ciúme e Posse não são AMOR.
    OBS2: engraçado dizerem: longe de mim ser moralista e fazer julgamento de moral, longe de mim rotular as pessoas, já rotulando, longe de mim discriminar as pessoas, discriminando.

  • http://www.condominios.comopiniao.com/ Marcelo Garrit

    Lucas,

    Não entendo a diferenciação que vc fez entre homosexuais e bixonas, respeito a sua opinião e deixo uma pergunta: Se fosse uma mulher que te desse mole ou te cantasse vc não veria problemas, mas como é um homem é errado?

    No MEU ponto de vista ele tem a liberdade de escolha e te achou atraente (vc deveria ficar lisongeado), assim como vc tem a sua liberdade de recusar, como faria se uma mulher que não te interessa fizesse o mesmo.

    Desculpe mas achei suas colocações extremamente preconceituosase quanto a religião (casamento entre homosexuais), tenho as minhas próprias convicções e não as discuto com ninguém, cada um segue aquilo que acha correto.

    Acho que está existindo uma inversão de valores aqui, em momento algum o Beto afirmou que TODOS deveriam praticar swing e que SÓ isso salvaria os relacionamentos.

    Galera, esta na hora de respeitarmos um pouco mais as verdades dos outros, como o Francisco bem colocou, não cabe aqui nenhum julgamento de valores ou moral, o que é bom para mim não precisa ser bom para vc e vice-versa, ninguém é obrigado a seguir as preferências dos outros, mas É obrigado a RESPEITÁ-LAS!

  • http://www.condominios.comopiniao.com/ Marcelo Garrit

    Lucas,

    Não entendo a diferenciação que vc fez entre homosexuais e bixonas, respeito a sua opinião e deixo uma pergunta: Se fosse uma mulher que te desse mole ou te cantasse vc não veria problemas, mas como é um homem é errado?

    No MEU ponto de vista ele tem a liberdade de escolha e te achou atraente (vc deveria ficar lisongeado), assim como vc tem a sua liberdade de recusar, como faria se uma mulher que não te interessa fizesse o mesmo.

    Desculpe mas achei suas colocações extremamente preconceituosase quanto a religião (casamento entre homosexuais), tenho as minhas próprias convicções e não as discuto com ninguém, cada um segue aquilo que acha correto.

    Acho que está existindo uma inversão de valores aqui, em momento algum o Beto afirmou que TODOS deveriam praticar swing e que SÓ isso salvaria os relacionamentos.

    Galera, esta na hora de respeitarmos um pouco mais as verdades dos outros, como o Francisco bem colocou, não cabe aqui nenhum julgamento de valores ou moral, o que é bom para mim não precisa ser bom para vc e vice-versa, ninguém é obrigado a seguir as preferências dos outros, mas É obrigado a RESPEITÁ-LAS!

  • http://www.condominios.comopiniao.com Marcelo Garrit

    Lucas,

    Não entendo a diferenciação que vc fez entre homosexuais e bixonas, respeito a sua opinião e deixo uma pergunta: Se fosse uma mulher que te desse mole ou te cantasse vc não veria problemas, mas como é um homem é errado?

    No MEU ponto de vista ele tem a liberdade de escolha e te achou atraente (vc deveria ficar lisongeado), assim como vc tem a sua liberdade de recusar, como faria se uma mulher que não te interessa fizesse o mesmo.

    Desculpe mas achei suas colocações extremamente preconceituosase quanto a religião (casamento entre homosexuais), tenho as minhas próprias convicções e não as discuto com ninguém, cada um segue aquilo que acha correto.

    Acho que está existindo uma inversão de valores aqui, em momento algum o Beto afirmou que TODOS deveriam praticar swing e que SÓ isso salvaria os relacionamentos.

    Galera, esta na hora de respeitarmos um pouco mais as verdades dos outros, como o Francisco bem colocou, não cabe aqui nenhum julgamento de valores ou moral, o que é bom para mim não precisa ser bom para vc e vice-versa, ninguém é obrigado a seguir as preferências dos outros, mas É obrigado a RESPEITÁ-LAS!

  • Roberta

    Francisco, ñ condeno quem goste ou pratique swing. Eu particularmente ñ faria isso com um parceiro meu, mas cada um é cada um, e td mundo sabe o q gosta e o q faz bem a si próprio.

    Vamos fazer a suposição q vc disse aí em cima. Se um namorado meu (q eu amasse mto) me fizesse essa sugestão (de fazer troca de casal) eu ñ iria terminar c/ ele. Mas simplesmente ñ iria fazer algo q eu ñ quero só pra deixa-lo feliz. Isso ñ é amor. Acredito q amor seja vc fazer o q o outro quer desde q vc tb queira. Tem q haver respeito. Ñ pode ser da maneira q só uma pessoa quer. Tem q existir um consenso.
    Só pq o cara quer fazer um surubão (c/ o perdão da palavra) eu sou obrigada a fazer pra provar meu amor e deixa-lo feliz? Jamais. Amor é respeito, acima de tudo! Se ele ñ respeitar minha opinião, aí sim terei um motivo pra terminar. E se ele quiser terminar pq quer trepar c/ outras pessoas, blz. Melhor terminar do q me trair. Mas eu ñ faria algo q ñ quero só pra ñ “levar chifre” e pra ser a namorada boazinha (troxa) q faz td q o namorado quer.

  • Roberta

    Francisco, ñ condeno quem goste ou pratique swing. Eu particularmente ñ faria isso com um parceiro meu, mas cada um é cada um, e td mundo sabe o q gosta e o q faz bem a si próprio.

    Vamos fazer a suposição q vc disse aí em cima. Se um namorado meu (q eu amasse mto) me fizesse essa sugestão (de fazer troca de casal) eu ñ iria terminar c/ ele. Mas simplesmente ñ iria fazer algo q eu ñ quero só pra deixa-lo feliz. Isso ñ é amor. Acredito q amor seja vc fazer o q o outro quer desde q vc tb queira. Tem q haver respeito. Ñ pode ser da maneira q só uma pessoa quer. Tem q existir um consenso.
    Só pq o cara quer fazer um surubão (c/ o perdão da palavra) eu sou obrigada a fazer pra provar meu amor e deixa-lo feliz? Jamais. Amor é respeito, acima de tudo! Se ele ñ respeitar minha opinião, aí sim terei um motivo pra terminar. E se ele quiser terminar pq quer trepar c/ outras pessoas, blz. Melhor terminar do q me trair. Mas eu ñ faria algo q ñ quero só pra ñ “levar chifre” e pra ser a namorada boazinha (troxa) q faz td q o namorado quer.

  • Roberta

    Francisco, ñ condeno quem goste ou pratique swing. Eu particularmente ñ faria isso com um parceiro meu, mas cada um é cada um, e td mundo sabe o q gosta e o q faz bem a si próprio.

    Vamos fazer a suposição q vc disse aí em cima. Se um namorado meu (q eu amasse mto) me fizesse essa sugestão (de fazer troca de casal) eu ñ iria terminar c/ ele. Mas simplesmente ñ iria fazer algo q eu ñ quero só pra deixa-lo feliz. Isso ñ é amor. Acredito q amor seja vc fazer o q o outro quer desde q vc tb queira. Tem q haver respeito. Ñ pode ser da maneira q só uma pessoa quer. Tem q existir um consenso.
    Só pq o cara quer fazer um surubão (c/ o perdão da palavra) eu sou obrigada a fazer pra provar meu amor e deixa-lo feliz? Jamais. Amor é respeito, acima de tudo! Se ele ñ respeitar minha opinião, aí sim terei um motivo pra terminar. E se ele quiser terminar pq quer trepar c/ outras pessoas, blz. Melhor terminar do q me trair. Mas eu ñ faria algo q ñ quero só pra ñ “levar chifre” e pra ser a namorada boazinha (troxa) q faz td q o namorado quer.

  • Roberta

    Francisco, ñ condeno quem goste ou pratique swing. Eu particularmente ñ faria isso com um parceiro meu, mas cada um é cada um, e td mundo sabe o q gosta e o q faz bem a si próprio.

    Vamos fazer a suposição q vc disse aí em cima. Se um namorado meu (q eu amasse mto) me fizesse essa sugestão (de fazer troca de casal) eu ñ iria terminar c/ ele. Mas simplesmente ñ iria fazer algo q eu ñ quero só pra deixa-lo feliz. Isso ñ é amor. Acredito q amor seja vc fazer o q o outro quer desde q vc tb queira. Tem q haver respeito. Ñ pode ser da maneira q só uma pessoa quer. Tem q existir um consenso.
    Só pq o cara quer fazer um surubão (c/ o perdão da palavra) eu sou obrigada a fazer pra provar meu amor e deixa-lo feliz? Jamais. Amor é respeito, acima de tudo! Se ele ñ respeitar minha opinião, aí sim terei um motivo pra terminar. E se ele quiser terminar pq quer trepar c/ outras pessoas, blz. Melhor terminar do q me trair. Mas eu ñ faria algo q ñ quero só pra ñ “levar chifre” e pra ser a namorada boazinha (troxa) q faz td q o namorado quer.

  • Roberta

    Galera, esta na hora de respeitarmos um pouco mais as verdades dos outros, como o Francisco bem colocou, não cabe aqui nenhum julgamento de valores ou moral, o que é bom para mim não precisa ser bom para vc e vice-versa, ninguém é obrigado a seguir as preferências dos outros, mas É obrigado a RESPEITÁ-LAS!

    Aê Marceloooooooooo!!!

  • Roberta

    Galera, esta na hora de respeitarmos um pouco mais as verdades dos outros, como o Francisco bem colocou, não cabe aqui nenhum julgamento de valores ou moral, o que é bom para mim não precisa ser bom para vc e vice-versa, ninguém é obrigado a seguir as preferências dos outros, mas É obrigado a RESPEITÁ-LAS!

    Aê Marceloooooooooo!!!

  • Roberta

    Galera, esta na hora de respeitarmos um pouco mais as verdades dos outros, como o Francisco bem colocou, não cabe aqui nenhum julgamento de valores ou moral, o que é bom para mim não precisa ser bom para vc e vice-versa, ninguém é obrigado a seguir as preferências dos outros, mas É obrigado a RESPEITÁ-LAS!

    Aê Marceloooooooooo!!!

  • Roberta

    Galera, esta na hora de respeitarmos um pouco mais as verdades dos outros, como o Francisco bem colocou, não cabe aqui nenhum julgamento de valores ou moral, o que é bom para mim não precisa ser bom para vc e vice-versa, ninguém é obrigado a seguir as preferências dos outros, mas É obrigado a RESPEITÁ-LAS!

    Aê Marceloooooooooo!!!

  • Enéias

    Por nada, Beto. :)

    Mas vamos lá:
    Comparar swing com um esporte radical é o mesmo que comparar tomar suco de laranja com usar droga.
    O esporte rádical, como qualquer outro esporte, por mais perigoso que seja, ainda é saudável. Já o swing e a droga, não!

    Os dois são deliciosos no inicio. Mas aos poucos a novidade vai perdendo o impacto e o que fica é somente aquela fissura de conseguir novamente o efeito devassador inicial. Tudo se torna morno e sem graça. Você cada vez precisará de doses maiores e mais pesadas para sentir um naco do que já sentira.
    E nessa busca, a degradação moral, psíquica, física e espiritual será cada vez maior e irreversível.

    Acho que é nesse momento que deve bater uma saudade da época da inocência. Quando o papai-mamãe com a mulher que você escolheu para amar era a coisa mais simples e deliciosa do mundo. Né?!

    Sds,
    Enéias – Que já viveu o bastante para saber que, querendo ou não, existe uma lei moral que rege o universo e a cabeça de cada um.

  • Enéias

    Por nada, Beto. :)

    Mas vamos lá:
    Comparar swing com um esporte radical é o mesmo que comparar tomar suco de laranja com usar droga.
    O esporte rádical, como qualquer outro esporte, por mais perigoso que seja, ainda é saudável. Já o swing e a droga, não!

    Os dois são deliciosos no inicio. Mas aos poucos a novidade vai perdendo o impacto e o que fica é somente aquela fissura de conseguir novamente o efeito devassador inicial. Tudo se torna morno e sem graça. Você cada vez precisará de doses maiores e mais pesadas para sentir um naco do que já sentira.
    E nessa busca, a degradação moral, psíquica, física e espiritual será cada vez maior e irreversível.

    Acho que é nesse momento que deve bater uma saudade da época da inocência. Quando o papai-mamãe com a mulher que você escolheu para amar era a coisa mais simples e deliciosa do mundo. Né?!

    Sds,
    Enéias – Que já viveu o bastante para saber que, querendo ou não, existe uma lei moral que rege o universo e a cabeça de cada um.

  • Enéias

    Por nada, Beto. :)

    Mas vamos lá:
    Comparar swing com um esporte radical é o mesmo que comparar tomar suco de laranja com usar droga.
    O esporte rádical, como qualquer outro esporte, por mais perigoso que seja, ainda é saudável. Já o swing e a droga, não!

    Os dois são deliciosos no inicio. Mas aos poucos a novidade vai perdendo o impacto e o que fica é somente aquela fissura de conseguir novamente o efeito devassador inicial. Tudo se torna morno e sem graça. Você cada vez precisará de doses maiores e mais pesadas para sentir um naco do que já sentira.
    E nessa busca, a degradação moral, psíquica, física e espiritual será cada vez maior e irreversível.

    Acho que é nesse momento que deve bater uma saudade da época da inocência. Quando o papai-mamãe com a mulher que você escolheu para amar era a coisa mais simples e deliciosa do mundo. Né?!

    Sds,
    Enéias – Que já viveu o bastante para saber que, querendo ou não, existe uma lei moral que rege o universo e a cabeça de cada um.

  • Enéias

    Por nada, Beto. :)

    Mas vamos lá:
    Comparar swing com um esporte radical é o mesmo que comparar tomar suco de laranja com usar droga.
    O esporte rádical, como qualquer outro esporte, por mais perigoso que seja, ainda é saudável. Já o swing e a droga, não!

    Os dois são deliciosos no inicio. Mas aos poucos a novidade vai perdendo o impacto e o que fica é somente aquela fissura de conseguir novamente o efeito devassador inicial. Tudo se torna morno e sem graça. Você cada vez precisará de doses maiores e mais pesadas para sentir um naco do que já sentira.
    E nessa busca, a degradação moral, psíquica, física e espiritual será cada vez maior e irreversível.

    Acho que é nesse momento que deve bater uma saudade da época da inocência. Quando o papai-mamãe com a mulher que você escolheu para amar era a coisa mais simples e deliciosa do mundo. Né?!

    Sds,
    Enéias – Que já viveu o bastante para saber que, querendo ou não, existe uma lei moral que rege o universo e a cabeça de cada um.

  • http://www.clockwisemidia.com/ italo

    apoiado… e aee galera vamo marcar um happy hpour?? rsrsrs
    só pra quebrar esse clima meio pesado q se instaurou aqui..

  • http://www.clockwisemidia.com/ italo

    apoiado… e aee galera vamo marcar um happy hpour?? rsrsrs
    só pra quebrar esse clima meio pesado q se instaurou aqui..

  • http://www.clockwisemidia.com/ italo

    apoiado… e aee galera vamo marcar um happy hpour?? rsrsrs
    só pra quebrar esse clima meio pesado q se instaurou aqui..

  • http://www.clockwisemidia.com italo

    apoiado… e aee galera vamo marcar um happy hpour?? rsrsrs
    só pra quebrar esse clima meio pesado q se instaurou aqui..

  • Roberta

    Italo, tá marcado pra amanhã… vê os detalhes lá no Post sobre o comentário nº 20.000.
    Mas só o JC confirmou presença. Ainda ñ sei se vou conseguir ir.

  • Roberta

    Italo, tá marcado pra amanhã… vê os detalhes lá no Post sobre o comentário nº 20.000.
    Mas só o JC confirmou presença. Ainda ñ sei se vou conseguir ir.

  • Roberta

    Italo, tá marcado pra amanhã… vê os detalhes lá no Post sobre o comentário nº 20.000.
    Mas só o JC confirmou presença. Ainda ñ sei se vou conseguir ir.

  • Roberta

    Italo, tá marcado pra amanhã… vê os detalhes lá no Post sobre o comentário nº 20.000.
    Mas só o JC confirmou presença. Ainda ñ sei se vou conseguir ir.

  • Sebastian

    Claro, vamos todos fazer swing todo homem de verdade faz.

    Não ligo a mínima pra quem curte, mas criticar quem não faz como inseguro e dizer que quem não é ciumento faz, é demais pra minha cabeça.

    Ah, moralismo hora nenhuma foi comentado aqui,apenas pelas pessoas que praticam o swing.

    Imagino tb como o Dr.Love disse em um artigo que depois de uma experiência dessas você exigir respeito e lealdade ao seu parceito é ridiculo, depois que a porteira abre ela com certeza dar pra outro cara fora do ritual do swing e você não vai poder reclamar, nesse ponto que eu cheguei, se for pra ter um relacionamento com alguem assim prefiro mais ficar solteiro.

  • Sebastian

    Claro, vamos todos fazer swing todo homem de verdade faz.

    Não ligo a mínima pra quem curte, mas criticar quem não faz como inseguro e dizer que quem não é ciumento faz, é demais pra minha cabeça.

    Ah, moralismo hora nenhuma foi comentado aqui,apenas pelas pessoas que praticam o swing.

    Imagino tb como o Dr.Love disse em um artigo que depois de uma experiência dessas você exigir respeito e lealdade ao seu parceito é ridiculo, depois que a porteira abre ela com certeza dar pra outro cara fora do ritual do swing e você não vai poder reclamar, nesse ponto que eu cheguei, se for pra ter um relacionamento com alguem assim prefiro mais ficar solteiro.

  • Sebastian

    Claro, vamos todos fazer swing todo homem de verdade faz.

    Não ligo a mínima pra quem curte, mas criticar quem não faz como inseguro e dizer que quem não é ciumento faz, é demais pra minha cabeça.

    Ah, moralismo hora nenhuma foi comentado aqui,apenas pelas pessoas que praticam o swing.

    Imagino tb como o Dr.Love disse em um artigo que depois de uma experiência dessas você exigir respeito e lealdade ao seu parceito é ridiculo, depois que a porteira abre ela com certeza dar pra outro cara fora do ritual do swing e você não vai poder reclamar, nesse ponto que eu cheguei, se for pra ter um relacionamento com alguem assim prefiro mais ficar solteiro.

  • Sebastian

    Claro, vamos todos fazer swing todo homem de verdade faz.

    Não ligo a mínima pra quem curte, mas criticar quem não faz como inseguro e dizer que quem não é ciumento faz, é demais pra minha cabeça.

    Ah, moralismo hora nenhuma foi comentado aqui,apenas pelas pessoas que praticam o swing.

    Imagino tb como o Dr.Love disse em um artigo que depois de uma experiência dessas você exigir respeito e lealdade ao seu parceito é ridiculo, depois que a porteira abre ela com certeza dar pra outro cara fora do ritual do swing e você não vai poder reclamar, nesse ponto que eu cheguei, se for pra ter um relacionamento com alguem assim prefiro mais ficar solteiro.

  • TCA

    Sebastian

    Concordo com absolutamente TUDO o que você disse. Apoiado!
    E quero adicionar: problemas de relacionamento não se resolvem da noite pro dia com putaria generalizada, isso é apenas uma desculpa, uma válvula de escape que perde o efeito rapidamente…
    Apoiadíssimo também, Enéas!

  • TCA

    Sebastian

    Concordo com absolutamente TUDO o que você disse. Apoiado!
    E quero adicionar: problemas de relacionamento não se resolvem da noite pro dia com putaria generalizada, isso é apenas uma desculpa, uma válvula de escape que perde o efeito rapidamente…
    Apoiadíssimo também, Enéas!

  • TCA

    Sebastian

    Concordo com absolutamente TUDO o que você disse. Apoiado!
    E quero adicionar: problemas de relacionamento não se resolvem da noite pro dia com putaria generalizada, isso é apenas uma desculpa, uma válvula de escape que perde o efeito rapidamente…
    Apoiadíssimo também, Enéas!

  • TCA

    Sebastian

    Concordo com absolutamente TUDO o que você disse. Apoiado!
    E quero adicionar: problemas de relacionamento não se resolvem da noite pro dia com putaria generalizada, isso é apenas uma desculpa, uma válvula de escape que perde o efeito rapidamente…
    Apoiadíssimo também, Enéas!

  • Passini

    Curiosidade eu tenho, coragem também, só que eu sou solteiro né…rs. Mas, caso tivesse uma namorada, não iria ligar de dividir, sei lá, para mim monogamia é senso-comum baseado em uma cultura de 1000 a.c.

    O amor tornou-se uma propriedade algo que DEVE ser de alguém. As pessoas necessitam de “o amor dela(e) só para mim”. O que fere o ego não é ver outro cara esporrando na sua namorada, é ver que outro homem pode dar prazer para ela, e que ela não é propriedade sua.

    Pelo que eu entendi o que o beto quis dizer não é que quem não pratica swing não tem segurança, ele quis dizer que PARA PRATICAR TEM QUE TER SEGURANÇA NO QUE ESTÁ FAZENDO.

    Sem moralismo e viva as orgias descontraladas…rs!

  • Passini

    Curiosidade eu tenho, coragem também, só que eu sou solteiro né…rs. Mas, caso tivesse uma namorada, não iria ligar de dividir, sei lá, para mim monogamia é senso-comum baseado em uma cultura de 1000 a.c.

    O amor tornou-se uma propriedade algo que DEVE ser de alguém. As pessoas necessitam de “o amor dela(e) só para mim”. O que fere o ego não é ver outro cara esporrando na sua namorada, é ver que outro homem pode dar prazer para ela, e que ela não é propriedade sua.

    Pelo que eu entendi o que o beto quis dizer não é que quem não pratica swing não tem segurança, ele quis dizer que PARA PRATICAR TEM QUE TER SEGURANÇA NO QUE ESTÁ FAZENDO.

    Sem moralismo e viva as orgias descontraladas…rs!

  • Passini

    Curiosidade eu tenho, coragem também, só que eu sou solteiro né…rs. Mas, caso tivesse uma namorada, não iria ligar de dividir, sei lá, para mim monogamia é senso-comum baseado em uma cultura de 1000 a.c.

    O amor tornou-se uma propriedade algo que DEVE ser de alguém. As pessoas necessitam de “o amor dela(e) só para mim”. O que fere o ego não é ver outro cara esporrando na sua namorada, é ver que outro homem pode dar prazer para ela, e que ela não é propriedade sua.

    Pelo que eu entendi o que o beto quis dizer não é que quem não pratica swing não tem segurança, ele quis dizer que PARA PRATICAR TEM QUE TER SEGURANÇA NO QUE ESTÁ FAZENDO.

    Sem moralismo e viva as orgias descontraladas…rs!

  • Passini

    Curiosidade eu tenho, coragem também, só que eu sou solteiro né…rs. Mas, caso tivesse uma namorada, não iria ligar de dividir, sei lá, para mim monogamia é senso-comum baseado em uma cultura de 1000 a.c.

    O amor tornou-se uma propriedade algo que DEVE ser de alguém. As pessoas necessitam de “o amor dela(e) só para mim”. O que fere o ego não é ver outro cara esporrando na sua namorada, é ver que outro homem pode dar prazer para ela, e que ela não é propriedade sua.

    Pelo que eu entendi o que o beto quis dizer não é que quem não pratica swing não tem segurança, ele quis dizer que PARA PRATICAR TEM QUE TER SEGURANÇA NO QUE ESTÁ FAZENDO.

    Sem moralismo e viva as orgias descontraladas…rs!

  • Francisco

    Roberta, entendesse meu ponto de vista.
    Amor é consensual, você faz o que está em seu poder pra deixar o outro feliz na medida que isso te faça feliz também.

    A minha premissa aqui é defender o ponto de vista de que sendo consensual, bem pensado e resolvido, qualquer atividade que um casal tenha vai ser um ato de amor pelo outro.

    O que eu não concordo é com essa discriminação, chamar a mulher swinger de “puta”, compará-lo com uma droga, dizer que não pode haver respeito, lealdade ou amor entre um casal que o pratique.
    Também não quero dizer que todos que tem a mente aberta tem que fazer, meramente que estes vão poder avaliar a situação com dados mais reais. As pessoas tem desejos sim, e quando eles aparecem eles não somem do nada. Se pra um casal fantasiar, pra outros pode não ser.

    Meu outro ponto de discussão é mais filosófico e talvez isso que tenha embaralhado a conversa e gerado a discórdia. É sobre a natureza do amor, na liberdade. O que eu falei a respeito, ao meu ver, é válido para todas as relações, monogâmicas ou não, heterosexuais ou não e por aí vai.

    Concordo plenamente com o Passini, que o amor se tornou propriedade. Acontece que é impossível TER o amor de alguém. O único amor que você pode ter e sentir é o SEU.
    Para mim, o ciúme é um sentimento que vai contra a liberdade, e que estrangula o amor. Muitas vezes é apenas um efeito colateral da paixão, mas a paixão em sí é química, e passa. O ciúme no entanto, nunca vem do amor, e sim do apego. Ciúme é comodismo, falta de amor próprio. Isso porque você não está se sentindo amado, passa a desconfiar. Mas o único amor que você sente é seu próprio. É impossivel sentir o amor de outro, só perceber sinais.
    Muitas vezes o ciúme também surge da projeção do seu próprio desejo, ou seja, da vontade de trair do ciumento. De qualquer forma o ciúme é negativo e leva a estagnação do casal em um círculo vicioso de abandono aos momentos individuais, de brigas e reatamentos sem fim.

    Por fim, quanto a segurança, realmente se partiu para a Tautologia, revelada pelo Passini. “não é que quem não pratica swing não tem segurança, ele quis dizer que PARA PRATICAR TEM QUE TER SEGURANÇA NO QUE ESTÁ FAZENDO.”

  • Francisco

    Roberta, entendesse meu ponto de vista.
    Amor é consensual, você faz o que está em seu poder pra deixar o outro feliz na medida que isso te faça feliz também.

    A minha premissa aqui é defender o ponto de vista de que sendo consensual, bem pensado e resolvido, qualquer atividade que um casal tenha vai ser um ato de amor pelo outro.

    O que eu não concordo é com essa discriminação, chamar a mulher swinger de “puta”, compará-lo com uma droga, dizer que não pode haver respeito, lealdade ou amor entre um casal que o pratique.
    Também não quero dizer que todos que tem a mente aberta tem que fazer, meramente que estes vão poder avaliar a situação com dados mais reais. As pessoas tem desejos sim, e quando eles aparecem eles não somem do nada. Se pra um casal fantasiar, pra outros pode não ser.

    Meu outro ponto de discussão é mais filosófico e talvez isso que tenha embaralhado a conversa e gerado a discórdia. É sobre a natureza do amor, na liberdade. O que eu falei a respeito, ao meu ver, é válido para todas as relações, monogâmicas ou não, heterosexuais ou não e por aí vai.

    Concordo plenamente com o Passini, que o amor se tornou propriedade. Acontece que é impossível TER o amor de alguém. O único amor que você pode ter e sentir é o SEU.
    Para mim, o ciúme é um sentimento que vai contra a liberdade, e que estrangula o amor. Muitas vezes é apenas um efeito colateral da paixão, mas a paixão em sí é química, e passa. O ciúme no entanto, nunca vem do amor, e sim do apego. Ciúme é comodismo, falta de amor próprio. Isso porque você não está se sentindo amado, passa a desconfiar. Mas o único amor que você sente é seu próprio. É impossivel sentir o amor de outro, só perceber sinais.
    Muitas vezes o ciúme também surge da projeção do seu próprio desejo, ou seja, da vontade de trair do ciumento. De qualquer forma o ciúme é negativo e leva a estagnação do casal em um círculo vicioso de abandono aos momentos individuais, de brigas e reatamentos sem fim.

    Por fim, quanto a segurança, realmente se partiu para a Tautologia, revelada pelo Passini. “não é que quem não pratica swing não tem segurança, ele quis dizer que PARA PRATICAR TEM QUE TER SEGURANÇA NO QUE ESTÁ FAZENDO.”

  • http://www.oitopassos.com/ Tonobohn

    Quem critica tanto essa prática, deveria parar alguns minutos para ler esse artigo sobre o mito da monogamia:

    http://www.ceticismo.org/sociedade/os-frageis-alicerces-da-monogamia.html

    Abraço

  • http://www.oitopassos.com Tonobohn

    Quem critica tanto essa prática, deveria parar alguns minutos para ler esse artigo sobre o mito da monogamia:

    http://www.ceticismo.org/sociedade/os-frageis-alicerces-da-monogamia.html

    Abraço

  • http://showdobob.blogspot.com/ Lucas

    Pegaram bem o espírito da coisa, é o que EU acho.
    É por isso que a coisa anda do jeito que anda.
    Agora fica meu:
    Viva aos garantistas, liberais, transviados, com desvio de conduta, transversão de princípios e afins, afinal, nós moralistas só queremos o mal do mundo.

    Agora, só para refletirem, deixo treixos das afirmações que tanto me fazem pensar.

    “É tanta discriminação quanto o racismo por exemplo. A própria idéia de que você tem que ser feliz com apenas uma pessoa, a própria idéia de que só é possível amar UMA pessoa apenas é uma invenção cultural, pois em alguns lugares se faz diferente e não existe problema algum com isso.

    Pergunta para as mulheres deles se elas gostam assim ou se foi uma imposição de uma religião extremista.

    “Se você a ama, terminarias com ela porque “ela quer que outro cara esporre na cara dela na sua frente”?”

    Ha, HA, ha, o melhor é aceitar né? Afinal, que mal tem, essa história de fidelidade etc é tudo intriga da oposição.
    O Beto mesmo diz, é uma brincadeira perigosa, esporte radical. Brinca com a sexualidade e sentimento, isso é perigoso, amigo.
    Usar drogas é muito bom, mas perigoso, também. Mas usa quem quer, conhece os riscos.

    Ia dizer o mesmo que o nobre Enéias:

    “O esporte rádical, como qualquer outro esporte, por mais perigoso que seja, ainda é saudável. Já o swing e a droga, não!”

    “OBS2: engraçado dizerem: longe de mim ser moralista e fazer julgamento de moral, longe de mim rotular as pessoas, já rotulando, longe de mim discriminar as pessoas, discriminando.”

    Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa. Eu respeito homossexuais, corto meu cabelo com um, tenho um ex-primo (primo de uma ex minha) que é viado, mas ele é na dele e tudo mais.
    Quer desvirtuar – para MIM é isso – teu relacionamento aderindo? Bom, é uma escolha sua, assim como os gays, merecem todo respeito do mundo, antes de tudo são seres humanos. Agora, pedir para que todos aceitem é discriminar quem pensa o contrário, não? Sou quadrado e não confio no meu “taco” por isso?
    Digo mais, essa questão do preconceito é o seguinte.

    Vem uma pessoa negra para uma entrevista de emprego:
    Aí você acaba recusando. (FAZ DE CONTA que você não gosta de negros).
    Não houve discriminação alguma, você prefere que pessoas brancas trabalhem com você, assim como evita os que usem um cabelo Punk Rock.
    Agora, se tu falares que não quer por que ele é negro, bom, aí sim existiu discriminação.
    Cada um com suas escolhas.

    Para mim é uma inversão de valores, e aí?
    Não vivo com um óculos cor-de-rosa e aceito qualquer manifestação de uma sociedade contaminada dizendo que é correto e tudo bem. Não gosto, não aprovo e SIM terminaria com a garota, caso ela não ficasse contente com o não, afinal, assim não quero e jamais imporia algo “do tipo”, então vou procurar alguém que não prefira e ela que vá procurar alguém que queira, é simples assim. Mas o próprio convite já daria um “backe” no relacionamento.
    Ou então, faz assim, define AMOR pra mim.

    Roberta,

    Disse tudo. Tem telefone? Huehuh…

    Se mesmo assim achas que estou errado, da uma olhadinha no artigo 5º da Constituição e vê que a manifestação do pensamento é livre, a não ser que seu país seja o Ubezequistão.
    Tu fala o que quer, eu também, e assim a sociedade anda. Vê se tem algo que por mim foi dito que seja imputável. Agora vai me dizer que a Lei é toda errada e que tudo é uma questão cultural?

    Marcelo,

    Eu não estou aqui para impor opinião, mas para manifestar meu descontentamento com esse tipo de coisa, posso? não posso?
    Homossexuais te respeitam, podem te dar cantada e aceitam um “bah, não rola”.
    Bixonas te atacam no banheiro, avançam no seu pênis, passam a mão na sua bunda, abusam de sua paciência. Pergunte para uma mulher o que ela faz quando uma lésbica fica assediando-a.
    Quanto ao casamento, faz assim, ajoelha e chora na frente de uma loja Massônica pedindo para entrar, mas eles dizem pra você que não da, já que não tens alguns requisitos necessários. O que você pode fazer? Nada, por que é assim que é. No Hiate club também é semelhante, rs.
    Bom, a igreja diz que é entre Homem e Mulher, na bíblia (não sou crente ou fanático, tampouco frequento a igreja) diz que é para perpetuar a espécie – não nestas palavras -, Homem e Homem não pode. Agora, vai contrariar? É requisito para o casamento (PONTO).
    Porém, se for para solucionar uma questão social, que casais de gays infelzimente depois que seu parceiro morre deixa o outro sem nada por causa que não existe “casamento” entre eles, é errado, concordo, mas então façam uma coisa com outro nome, Contrato de União Homossexual. Sei lá.
    Existem Homens, Mulheres e Homossexuais. Os homossexuais que parem de querer ser Mulheres, não são.

    É isso aí pessoal, tudo não tem razão nenhuma para existir, esse negócio é tudo questão cultural e vamos acabar com tudo. Os “IPI” estavam certos e nós não sabiamos.

    Maldita Rede Globo.

  • http://showdobob.blogspot.com Lucas

    Pegaram bem o espírito da coisa, é o que EU acho.
    É por isso que a coisa anda do jeito que anda.
    Agora fica meu:
    Viva aos garantistas, liberais, transviados, com desvio de conduta, transversão de princípios e afins, afinal, nós moralistas só queremos o mal do mundo.

    Agora, só para refletirem, deixo treixos das afirmações que tanto me fazem pensar.

    “É tanta discriminação quanto o racismo por exemplo. A própria idéia de que você tem que ser feliz com apenas uma pessoa, a própria idéia de que só é possível amar UMA pessoa apenas é uma invenção cultural, pois em alguns lugares se faz diferente e não existe problema algum com isso.

    Pergunta para as mulheres deles se elas gostam assim ou se foi uma imposição de uma religião extremista.

    “Se você a ama, terminarias com ela porque “ela quer que outro cara esporre na cara dela na sua frente”?”

    Ha, HA, ha, o melhor é aceitar né? Afinal, que mal tem, essa história de fidelidade etc é tudo intriga da oposição.
    O Beto mesmo diz, é uma brincadeira perigosa, esporte radical. Brinca com a sexualidade e sentimento, isso é perigoso, amigo.
    Usar drogas é muito bom, mas perigoso, também. Mas usa quem quer, conhece os riscos.

    Ia dizer o mesmo que o nobre Enéias:

    “O esporte rádical, como qualquer outro esporte, por mais perigoso que seja, ainda é saudável. Já o swing e a droga, não!”

    “OBS2: engraçado dizerem: longe de mim ser moralista e fazer julgamento de moral, longe de mim rotular as pessoas, já rotulando, longe de mim discriminar as pessoas, discriminando.”

    Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa. Eu respeito homossexuais, corto meu cabelo com um, tenho um ex-primo (primo de uma ex minha) que é viado, mas ele é na dele e tudo mais.
    Quer desvirtuar – para MIM é isso – teu relacionamento aderindo? Bom, é uma escolha sua, assim como os gays, merecem todo respeito do mundo, antes de tudo são seres humanos. Agora, pedir para que todos aceitem é discriminar quem pensa o contrário, não? Sou quadrado e não confio no meu “taco” por isso?
    Digo mais, essa questão do preconceito é o seguinte.

    Vem uma pessoa negra para uma entrevista de emprego:
    Aí você acaba recusando. (FAZ DE CONTA que você não gosta de negros).
    Não houve discriminação alguma, você prefere que pessoas brancas trabalhem com você, assim como evita os que usem um cabelo Punk Rock.
    Agora, se tu falares que não quer por que ele é negro, bom, aí sim existiu discriminação.
    Cada um com suas escolhas.

    Para mim é uma inversão de valores, e aí?
    Não vivo com um óculos cor-de-rosa e aceito qualquer manifestação de uma sociedade contaminada dizendo que é correto e tudo bem. Não gosto, não aprovo e SIM terminaria com a garota, caso ela não ficasse contente com o não, afinal, assim não quero e jamais imporia algo “do tipo”, então vou procurar alguém que não prefira e ela que vá procurar alguém que queira, é simples assim. Mas o próprio convite já daria um “backe” no relacionamento.
    Ou então, faz assim, define AMOR pra mim.

    Roberta,

    Disse tudo. Tem telefone? Huehuh…

    Se mesmo assim achas que estou errado, da uma olhadinha no artigo 5º da Constituição e vê que a manifestação do pensamento é livre, a não ser que seu país seja o Ubezequistão.
    Tu fala o que quer, eu também, e assim a sociedade anda. Vê se tem algo que por mim foi dito que seja imputável. Agora vai me dizer que a Lei é toda errada e que tudo é uma questão cultural?

    Marcelo,

    Eu não estou aqui para impor opinião, mas para manifestar meu descontentamento com esse tipo de coisa, posso? não posso?
    Homossexuais te respeitam, podem te dar cantada e aceitam um “bah, não rola”.
    Bixonas te atacam no banheiro, avançam no seu pênis, passam a mão na sua bunda, abusam de sua paciência. Pergunte para uma mulher o que ela faz quando uma lésbica fica assediando-a.
    Quanto ao casamento, faz assim, ajoelha e chora na frente de uma loja Massônica pedindo para entrar, mas eles dizem pra você que não da, já que não tens alguns requisitos necessários. O que você pode fazer? Nada, por que é assim que é. No Hiate club também é semelhante, rs.
    Bom, a igreja diz que é entre Homem e Mulher, na bíblia (não sou crente ou fanático, tampouco frequento a igreja) diz que é para perpetuar a espécie – não nestas palavras -, Homem e Homem não pode. Agora, vai contrariar? É requisito para o casamento (PONTO).
    Porém, se for para solucionar uma questão social, que casais de gays infelzimente depois que seu parceiro morre deixa o outro sem nada por causa que não existe “casamento” entre eles, é errado, concordo, mas então façam uma coisa com outro nome, Contrato de União Homossexual. Sei lá.
    Existem Homens, Mulheres e Homossexuais. Os homossexuais que parem de querer ser Mulheres, não são.

    É isso aí pessoal, tudo não tem razão nenhuma para existir, esse negócio é tudo questão cultural e vamos acabar com tudo. Os “IPI” estavam certos e nós não sabiamos.

    Maldita Rede Globo.

  • Roberta

    Lucas, tenho telefone sim uhsaasuhasusausuaha
    mas por enquanto me add no msn rs
    robertasegatto ‘arroba’ msn.com

  • Roberta

    Lucas, tenho telefone sim uhsaasuhasusausuaha
    mas por enquanto me add no msn rs
    robertasegatto ‘arroba’ msn.com

  • http://showdobob.blogspot.com/ Lucas

    ;) Blz Roberta, já vai ser add assim que eu voltar para casa.

    Ademais, já disse tudo que tinha para dizer, assim como o Sebastian, não vou mudar meu posicionamento, até por que SEI que a intenção de ninguém aqui era que isso acontecesse.
    É bom ver que, assim como os fanáticos religiosos, vocês tem bastante “embasamento”, afinal, de alguma forma tem que se defender para justificar o Swing, inclusive, para salvar um relacionamento. Puff.
    Existem cornos mansos, e existem “Swingueiros”.

    Abraço a todos vocês.

    “É normal, todo homem tem, as mulheres têm também – não vamos mentir. Swing (Ta em cor branca esta palavra).”

    Eu não tenho, já pensei em duas mulheres, mas sinceramente, hoje, minha namorada ou mulher eu não envolveria para a realização desta fantasia. Putaria no casal é entre o casal. Compra vibrador, enfia onde quiser, chama de lagartixa e joga na parede, mas outros envolvidos? Desculpe, não me encaixo nesta afirmação.

  • http://showdobob.blogspot.com Lucas

    ;) Blz Roberta, já vai ser add assim que eu voltar para casa.

    Ademais, já disse tudo que tinha para dizer, assim como o Sebastian, não vou mudar meu posicionamento, até por que SEI que a intenção de ninguém aqui era que isso acontecesse.
    É bom ver que, assim como os fanáticos religiosos, vocês tem bastante “embasamento”, afinal, de alguma forma tem que se defender para justificar o Swing, inclusive, para salvar um relacionamento. Puff.
    Existem cornos mansos, e existem “Swingueiros”.

    Abraço a todos vocês.

    “É normal, todo homem tem, as mulheres têm também – não vamos mentir. Swing (Ta em cor branca esta palavra).”

    Eu não tenho, já pensei em duas mulheres, mas sinceramente, hoje, minha namorada ou mulher eu não envolveria para a realização desta fantasia. Putaria no casal é entre o casal. Compra vibrador, enfia onde quiser, chama de lagartixa e joga na parede, mas outros envolvidos? Desculpe, não me encaixo nesta afirmação.

  • Silrat

    O excesso de libertinagem, em vários setores da vida chamada “moderna”, está destruindo a humanidade… depois as pessoas reclamam da forma como o mundo está (exemplos: crianças malcriadas, violência em geral…)

    Maldita Rede Globo (2)

  • Silrat

    O excesso de libertinagem, em vários setores da vida chamada “moderna”, está destruindo a humanidade… depois as pessoas reclamam da forma como o mundo está (exemplos: crianças malcriadas, violência em geral…)

    Maldita Rede Globo (2)

  • Diogo Schmitt

    Bão.. Marcos, Roberta, Sebastian, Enéias, entre outros, já expuseram, de maneira inteligente, exatamente o que eu penso.

    Comentários à parte:

    Francisco, vc falou sobre liberdade e amor, mas não creio que os dois se relacionem da maneira como você expõe. O amor verdadeiro é livre sim, livre pra decidir respeitar a pessoa amada tornando-a única, insubstituível.

    Se vc acha que o seu amor precisa de um “arreio” na poligamia, então, aí sim, a sua liberdade está dizendo que sua relação é mero apego, conformismo, mais do mesmo.

    Beto, “muito melhor se divertir com quem você ama”, mas você ainda precisa do tal “arreio” ao qual eu me refiro pra se divertir com quem vc “ama”.

  • Diogo Schmitt

    Bão.. Marcos, Roberta, Sebastian, Enéias, entre outros, já expuseram, de maneira inteligente, exatamente o que eu penso.

    Comentários à parte:

    Francisco, vc falou sobre liberdade e amor, mas não creio que os dois se relacionem da maneira como você expõe. O amor verdadeiro é livre sim, livre pra decidir respeitar a pessoa amada tornando-a única, insubstituível.

    Se vc acha que o seu amor precisa de um “arreio” na poligamia, então, aí sim, a sua liberdade está dizendo que sua relação é mero apego, conformismo, mais do mesmo.

    Beto, “muito melhor se divertir com quem você ama”, mas você ainda precisa do tal “arreio” ao qual eu me refiro pra se divertir com quem vc “ama”.

  • http://www.condominios.comopiniao.com/ Marcelo Garrit

    Roberta obrigado, o mais engraçado é ver que algumas pessoas, que não concordam comigo (sim Lucas, vc pode manifestar seu descontentamento) concordarem com o que falei, mesmo pensando que foi vc que o fez… rs

    Lucas,

    A constituição rega a liberdade de expressão, mas até mesmo ela tem seus limites, não sejamos hipócritas e mascarar preconceitos sob a égide (??) da moral e bons constumes, até porque, isto é uma questão extremamente subjetiva, o que é imoral para você não é para mim.

    O Beto ou o Francisco não são pervertidos só porque gostam de um tipo diferente de sexo, assim como vc não é puritano porque prefere as relações tidas como tradicionais.

    Como falei, respeito é bom e TODOS GOSTAM.

  • http://www.condominios.comopiniao.com Marcelo Garrit

    Roberta obrigado, o mais engraçado é ver que algumas pessoas, que não concordam comigo (sim Lucas, vc pode manifestar seu descontentamento) concordarem com o que falei, mesmo pensando que foi vc que o fez… rs

    Lucas,

    A constituição rega a liberdade de expressão, mas até mesmo ela tem seus limites, não sejamos hipócritas e mascarar preconceitos sob a égide (??) da moral e bons constumes, até porque, isto é uma questão extremamente subjetiva, o que é imoral para você não é para mim.

    O Beto ou o Francisco não são pervertidos só porque gostam de um tipo diferente de sexo, assim como vc não é puritano porque prefere as relações tidas como tradicionais.

    Como falei, respeito é bom e TODOS GOSTAM.

  • RM

    Meu raciocínio é mais simples do que isso.
    Tem gente que lida bem com a poligamia – os chamados “open minded”, assim como tem gente que nasceu para a monogamia.
    Não consigo imaginar meu marido e eu no meio de um monte de gente fazendo troca-troca. Inconcebível para nós. Fomos educados para a monogamia e somos muito felizes assim. Quando eu era solteira, nunca lidei bem com relacionamentos paralelos, mesmo que fosse algo bem descompromissado. Nunca consegui ter dois casos ao mesmo tempo, que dirá dividir (a mim ou ao parceiro).
    Talvez sejamos bobos, mas dormimos tranquilamente à noite sem peso na consciência nem dúvidas no coração. A paz de espírito não tem preço, e olha que nem to falando de religião.
    Independente de qualquer coisa, parabéns, Beto. Muito esclarecedor o texto. Só falta vc falar um pouco sobre as neuras e os abalos emocionais que tudo isso envolve (sim, sim… a chamada “ressaca”, já mencionada num post da coluna do Dr.Love).

    Beijos a todos. E cá pra nós, viva a monogamia! :)

  • RM

    Meu raciocínio é mais simples do que isso.
    Tem gente que lida bem com a poligamia – os chamados “open minded”, assim como tem gente que nasceu para a monogamia.
    Não consigo imaginar meu marido e eu no meio de um monte de gente fazendo troca-troca. Inconcebível para nós. Fomos educados para a monogamia e somos muito felizes assim. Quando eu era solteira, nunca lidei bem com relacionamentos paralelos, mesmo que fosse algo bem descompromissado. Nunca consegui ter dois casos ao mesmo tempo, que dirá dividir (a mim ou ao parceiro).
    Talvez sejamos bobos, mas dormimos tranquilamente à noite sem peso na consciência nem dúvidas no coração. A paz de espírito não tem preço, e olha que nem to falando de religião.
    Independente de qualquer coisa, parabéns, Beto. Muito esclarecedor o texto. Só falta vc falar um pouco sobre as neuras e os abalos emocionais que tudo isso envolve (sim, sim… a chamada “ressaca”, já mencionada num post da coluna do Dr.Love).

    Beijos a todos. E cá pra nós, viva a monogamia! :)

  • Francisco

    temos uma verdadeira batalha de opiniões aqui :)
    ao menos isso é bom… pude pensar bastante durante esta tarde…

    uma idéia que estou tentando formular para mim é a do amor. Eu estou tentando aprender que todos amam de maneiras diferentes. Há pessoas que se sentem amadas quando ganham muito carinho. há pessoas que consideram isso sufocante. Cada um ama e se sente amado a seu próprio modo, e não há nada errado com isso. Outra coisa que ando percebendo é que só nos sentimos amados quando nos amamos, e aí surge um dos temas centrais desse debate.

    A sexualidade, o impulso sexual é uma coisa bastante forte e primitiva. Tão forte que Freud a colocou como o cerne de diversos dos problemas que temos como adultos. Grande parte da nossa capacidade de ser feliz vem de liberar essa tensão, e também de suportar a frustração dos nossos desejos sem nos abalarmos. Sobre a natureza dos desejos não temos controle.
    Agora, todos tem desejos diferentes, e temos que viver com eles. Se uma pessoa não dá vazão aos seus desejos, muitas vezes por estes não serem socialmente aceitos, as vezes nem mesmo por ela mesma, aparecem sintomas.

    Aceitar os seus desejos muitas vezes é difícil, como sabemos ao conversar com a maioria dos homossexuais, mas é necessário ao bem estar, à vazão dos desejos, e a aceitação de si mesmo.
    Quem não se aceita não se ama. E quem não se ama não pode amar ninguém.

    A maioria das pessoas com desejos mais “normais” se vira tranqüilamente, as que tem desejos mais incomuns, mas com pouca intensidade também. E o restante? deveria ser condenado a ser infeliz?

    Hoje há diversas atos considerados comuns: pular a cerca, usar dos serviços de uma prostituta, sexo casual. Se uma pessoa já fez isso na vida, o fez por um desejo, que não vai simplesmente sumir com um casamento. Acho louvável a monogamia, se realmente for apaixonada e bela. Eu também tinha uma visão bem monogâmica dos relacionamentos, mas percebi que o desejo de ter outras não vai simplesmente sumir, e como gosto muito da pessoa com qual estou, não quero traí-la, e por isso o swing me atrai. É uma questão de adaptar um impulso com a com um relacionamento consciente e respeitoso. Pra mim a idéia da monogamia não serve, ao menos quero a porta aberta, mesmo que eu não saia do quarto.
    Não vejo o mundo com lentes cor-de-rosa, sei o quão comum a traição é pra acreditar que todos os defensores do amor vão continuar firmes e fortes em suas decisões para todo o sempre, ou mesmo até o final do casamento.
    Como é algo que não tem a possibilidade de ferir ninguém a não ser os diretamente envolvidos na questão, não vejo motivos para julgamento ou falta de respeito, quanto menos a questão de se o amor desse casal é verdadeiro ou não.

  • Francisco

    temos uma verdadeira batalha de opiniões aqui :)
    ao menos isso é bom… pude pensar bastante durante esta tarde…

    uma idéia que estou tentando formular para mim é a do amor. Eu estou tentando aprender que todos amam de maneiras diferentes. Há pessoas que se sentem amadas quando ganham muito carinho. há pessoas que consideram isso sufocante. Cada um ama e se sente amado a seu próprio modo, e não há nada errado com isso. Outra coisa que ando percebendo é que só nos sentimos amados quando nos amamos, e aí surge um dos temas centrais desse debate.

    A sexualidade, o impulso sexual é uma coisa bastante forte e primitiva. Tão forte que Freud a colocou como o cerne de diversos dos problemas que temos como adultos. Grande parte da nossa capacidade de ser feliz vem de liberar essa tensão, e também de suportar a frustração dos nossos desejos sem nos abalarmos. Sobre a natureza dos desejos não temos controle.
    Agora, todos tem desejos diferentes, e temos que viver com eles. Se uma pessoa não dá vazão aos seus desejos, muitas vezes por estes não serem socialmente aceitos, as vezes nem mesmo por ela mesma, aparecem sintomas.

    Aceitar os seus desejos muitas vezes é difícil, como sabemos ao conversar com a maioria dos homossexuais, mas é necessário ao bem estar, à vazão dos desejos, e a aceitação de si mesmo.
    Quem não se aceita não se ama. E quem não se ama não pode amar ninguém.

    A maioria das pessoas com desejos mais “normais” se vira tranqüilamente, as que tem desejos mais incomuns, mas com pouca intensidade também. E o restante? deveria ser condenado a ser infeliz?

    Hoje há diversas atos considerados comuns: pular a cerca, usar dos serviços de uma prostituta, sexo casual. Se uma pessoa já fez isso na vida, o fez por um desejo, que não vai simplesmente sumir com um casamento. Acho louvável a monogamia, se realmente for apaixonada e bela. Eu também tinha uma visão bem monogâmica dos relacionamentos, mas percebi que o desejo de ter outras não vai simplesmente sumir, e como gosto muito da pessoa com qual estou, não quero traí-la, e por isso o swing me atrai. É uma questão de adaptar um impulso com a com um relacionamento consciente e respeitoso. Pra mim a idéia da monogamia não serve, ao menos quero a porta aberta, mesmo que eu não saia do quarto.
    Não vejo o mundo com lentes cor-de-rosa, sei o quão comum a traição é pra acreditar que todos os defensores do amor vão continuar firmes e fortes em suas decisões para todo o sempre, ou mesmo até o final do casamento.
    Como é algo que não tem a possibilidade de ferir ninguém a não ser os diretamente envolvidos na questão, não vejo motivos para julgamento ou falta de respeito, quanto menos a questão de se o amor desse casal é verdadeiro ou não.

  • Sebastian

    Continuo achando que a vitória do Botafogo sobre o Flamengo abalou os rubro-negros.

  • Sebastian

    Continuo achando que a vitória do Botafogo sobre o Flamengo abalou os rubro-negros.

  • http://www.condominios.comopiniao.com/ Marcelo Garrit

    kkkk

    Boa Sebastian… Mas vou discordar de vc (só pq o espírito deste post é esse rsrsrs) … o que abalou aos rubronegros (dentre os quais me incluo) foi o jogo contra o Nacional lé fora ..

    rs

  • http://www.condominios.comopiniao.com Marcelo Garrit

    kkkk

    Boa Sebastian… Mas vou discordar de vc (só pq o espírito deste post é esse rsrsrs) … o que abalou aos rubronegros (dentre os quais me incluo) foi o jogo contra o Nacional lé fora ..

    rs

  • Roberta

    Marcelo, acho q eles se referiram ao meu comentário “Vamos fazer a suposição q vc disse aí em cima… blablabla”.

    Blz, Lucas. Depois a gente conversa.

    Eita, é Diogo? Pensei q fosse Diego kkkkkk (miopia féla da puta)

    E concordo c/ o Francisco: “…todos amam de maneiras diferentes. Há pessoas que se sentem amadas quando ganham muito carinho. há pessoas que consideram isso sufocante. Cada um ama e se sente amado a seu próprio modo, e não há nada errado com isso…”

  • Roberta

    Marcelo, acho q eles se referiram ao meu comentário “Vamos fazer a suposição q vc disse aí em cima… blablabla”.

    Blz, Lucas. Depois a gente conversa.

    Eita, é Diogo? Pensei q fosse Diego kkkkkk (miopia féla da puta)

    E concordo c/ o Francisco: “…todos amam de maneiras diferentes. Há pessoas que se sentem amadas quando ganham muito carinho. há pessoas que consideram isso sufocante. Cada um ama e se sente amado a seu próprio modo, e não há nada errado com isso…”

  • Sebastian

    Isso ai Chicão, só o amor constrói.Vamos deixar de lado esse: ”minha mulher é de todo mundo e todo mundo é meu também” e tomar um chopp.

  • Sebastian

    Isso ai Chicão, só o amor constrói.Vamos deixar de lado esse: ”minha mulher é de todo mundo e todo mundo é meu também” e tomar um chopp.

  • http://showdobob.blogspot.com/ Lucas

    Marcelo, só para constar sobre o que eu concordei com a Roberta.

    Francisco, ñ condeno quem goste ou pratique swing. Eu particularmente ñ faria isso com um parceiro meu, mas cada um é cada um, e td mundo sabe o q gosta e o q faz bem a si próprio.

    Vamos fazer a suposição q vc disse aí em cima. Se um namorado meu (q eu amasse mto) me fizesse essa sugestão (de fazer troca de casal) eu ñ iria terminar c/ ele. Mas simplesmente ñ iria fazer algo q eu ñ quero só pra deixa-lo feliz. Isso ñ é amor. Acredito q amor seja vc fazer o q o outro quer desde q vc tb queira. Tem q haver respeito. Ñ pode ser da maneira q só uma pessoa quer. Tem q existir um consenso.
    Só pq o cara quer fazer um surubão (c/ o perdão da palavra) eu sou obrigada a fazer pra provar meu amor e deixa-lo feliz? Jamais. Amor é respeito, acima de tudo! Se ele ñ respeitar minha opinião, aí sim terei um motivo pra terminar. E se ele quiser terminar pq quer trepar c/ outras pessoas, blz. Melhor terminar do q me trair. Mas eu ñ faria algo q ñ quero só pra ñ “levar chifre” e pra ser a namorada boazinha (troxa) q faz td q o namorado quer.

    Na hora que estava escrevendo não tinha o outro comentário.
    Jamais, Marcelo, iria levar para o lado “pessoal” e concordar com a moça, só por que é moça ou sei lá.
    Enganos acontecem.

    Lembrou bem, Bons costumes.

  • http://showdobob.blogspot.com Lucas

    Marcelo, só para constar sobre o que eu concordei com a Roberta.

    Francisco, ñ condeno quem goste ou pratique swing. Eu particularmente ñ faria isso com um parceiro meu, mas cada um é cada um, e td mundo sabe o q gosta e o q faz bem a si próprio.

    Vamos fazer a suposição q vc disse aí em cima. Se um namorado meu (q eu amasse mto) me fizesse essa sugestão (de fazer troca de casal) eu ñ iria terminar c/ ele. Mas simplesmente ñ iria fazer algo q eu ñ quero só pra deixa-lo feliz. Isso ñ é amor. Acredito q amor seja vc fazer o q o outro quer desde q vc tb queira. Tem q haver respeito. Ñ pode ser da maneira q só uma pessoa quer. Tem q existir um consenso.
    Só pq o cara quer fazer um surubão (c/ o perdão da palavra) eu sou obrigada a fazer pra provar meu amor e deixa-lo feliz? Jamais. Amor é respeito, acima de tudo! Se ele ñ respeitar minha opinião, aí sim terei um motivo pra terminar. E se ele quiser terminar pq quer trepar c/ outras pessoas, blz. Melhor terminar do q me trair. Mas eu ñ faria algo q ñ quero só pra ñ “levar chifre” e pra ser a namorada boazinha (troxa) q faz td q o namorado quer.

    Na hora que estava escrevendo não tinha o outro comentário.
    Jamais, Marcelo, iria levar para o lado “pessoal” e concordar com a moça, só por que é moça ou sei lá.
    Enganos acontecem.

    Lembrou bem, Bons costumes.

  • Sebastian

    Marcelo,

    hehe admita, até em jogo de botão uma derrota pro Fogão já desestabiliza doq uma derrota em libertadores.

  • Sebastian

    Marcelo,

    hehe admita, até em jogo de botão uma derrota pro Fogão já desestabiliza doq uma derrota em libertadores.

  • Roberta

    Lucas diz: “Marcelo, só para constar sobre o que eu concordei com a Roberta”
    Sabia! eheheheheeh sou uma garotinha esperta, vai ;)

    Ah, Sebastian… quero chopp tb. Até pq tá mó calor hoje (graças ao bom Deus). Onde? Quando? Por que? Como? kkkkkk

  • Roberta

    Lucas diz: “Marcelo, só para constar sobre o que eu concordei com a Roberta”
    Sabia! eheheheheeh sou uma garotinha esperta, vai ;)

    Ah, Sebastian… quero chopp tb. Até pq tá mó calor hoje (graças ao bom Deus). Onde? Quando? Por que? Como? kkkkkk

  • http://showdobob.blogspot.com/ Lucas

    Francisco, agora o diálogo começou a ficar claro, extremidades afastadas e conversa melhorada. (rs, só pra rimar).

    Respeito quem quer fazer, só condeno pregar da forma como foi colocada por alguns.

    Bom pessoal, conversa muito boa, mas é hora de ir para casa e depois pegar um buzão pra facul!

  • http://showdobob.blogspot.com/ Lucas

    Francisco, agora o diálogo começou a ficar claro, extremidades afastadas e conversa melhorada. (rs, só pra rimar).

    Respeito quem quer fazer, só condeno pregar da forma como foi colocada por alguns.

    Bom pessoal, conversa muito boa, mas é hora de ir para casa e depois pegar um buzão pra facul!

  • http://showdobob.blogspot.com Lucas

    Francisco, agora o diálogo começou a ficar claro, extremidades afastadas e conversa melhorada. (rs, só pra rimar).

    Respeito quem quer fazer, só condeno pregar da forma como foi colocada por alguns.

    Bom pessoal, conversa muito boa, mas é hora de ir para casa e depois pegar um buzão pra facul!

  • Sebastian

    Robertinha (haha olha a intimidade)

    Bom acho que vou matar a primeira aula hoje e tomar um só pra me concentrar melhor, sabe como é mais sabado aqui em casa rola um churras com chopp 0 grau, tá convidadíssima inclusive os swingers que quiserem ir, só não esqueçam da carne por favor.

  • Sebastian

    Robertinha (haha olha a intimidade)

    Bom acho que vou matar a primeira aula hoje e tomar um só pra me concentrar melhor, sabe como é mais sabado aqui em casa rola um churras com chopp 0 grau, tá convidadíssima inclusive os swingers que quiserem ir, só não esqueçam da carne por favor.

  • http://www.condominios.comopiniao.com/ Marcelo Garrit

    Lucas e Roberta, eu não havia lido o outro comentário… my bad!!

    Sebastian,

    É que derrota para o Botafogo me lembra aquele gol do Maurício (fazendo falta no Leonardo) e tirando o Bota da fila… (é que sou velho e estava no Maracanã neste dia!!!), isso para nós é quase tão traumatizante quanto o gol de barriga do Renato!! rs

    “inclusive os swingers que quiserem ir, só não esqueçam da carne por favor.”

    faltou dizer no bom sentido… hahahaha

  • http://www.condominios.comopiniao.com/ Marcelo Garrit

    Lucas e Roberta, eu não havia lido o outro comentário… my bad!!

    Sebastian,

    É que derrota para o Botafogo me lembra aquele gol do Maurício (fazendo falta no Leonardo) e tirando o Bota da fila… (é que sou velho e estava no Maracanã neste dia!!!), isso para nós é quase tão traumatizante quanto o gol de barriga do Renato!! rs

    “inclusive os swingers que quiserem ir, só não esqueçam da carne por favor.”

    faltou dizer no bom sentido… hahahaha

  • http://www.condominios.comopiniao.com Marcelo Garrit

    Lucas e Roberta, eu não havia lido o outro comentário… my bad!!

    Sebastian,

    É que derrota para o Botafogo me lembra aquele gol do Maurício (fazendo falta no Leonardo) e tirando o Bota da fila… (é que sou velho e estava no Maracanã neste dia!!!), isso para nós é quase tão traumatizante quanto o gol de barriga do Renato!! rs

    “inclusive os swingers que quiserem ir, só não esqueçam da carne por favor.”

    faltou dizer no bom sentido… hahahaha

  • Sebastian

    Marcelo,

    realmente não me lembro desse dia, mas se você diz que foi traumatizante eu acredito, nunca duvidaria dos traumas de um flamenguista hehe.

    Cara juro que não falei nesse sentido, povo só leva cerveja mesmo e esquece que sem carne não tem churasco kkkk.Tô falando serio.

  • Sebastian

    Marcelo,

    realmente não me lembro desse dia, mas se você diz que foi traumatizante eu acredito, nunca duvidaria dos traumas de um flamenguista hehe.

    Cara juro que não falei nesse sentido, povo só leva cerveja mesmo e esquece que sem carne não tem churasco kkkk.Tô falando serio.

  • Sebastian

    Marcelo,

    realmente não me lembro desse dia, mas se você diz que foi traumatizante eu acredito, nunca duvidaria dos traumas de um flamenguista hehe.

    Cara juro que não falei nesse sentido, povo só leva cerveja mesmo e esquece que sem carne não tem churasco kkkk.Tô falando serio.

  • Roberta

    No bom sentido? q bom kkkkkkkkkkk

    Opa, passa os detalhes (endereço e horário) q eu vou. E ainda levo umas amigas minhas. Mas ñ somos swingers ñ.

    E pode deixar q a gente leva carne, até pq se a gente beber sem comer, aí já viu né? husashausauh

  • Roberta

    No bom sentido? q bom kkkkkkkkkkk

    Opa, passa os detalhes (endereço e horário) q eu vou. E ainda levo umas amigas minhas. Mas ñ somos swingers ñ.

    E pode deixar q a gente leva carne, até pq se a gente beber sem comer, aí já viu né? husashausauh

  • Roberta

    No bom sentido? q bom kkkkkkkkkkk

    Opa, passa os detalhes (endereço e horário) q eu vou. E ainda levo umas amigas minhas. Mas ñ somos swingers ñ.

    E pode deixar q a gente leva carne, até pq se a gente beber sem comer, aí já viu né? husashausauh

  • http://verdeolhardejade.blogspot.com/ J@de

    Beto,

    “É normal, todo homem tem, as mulheres têm também – não vamos mentir.”

    Esse, para mim foi o ponto marcante do seu post e o mais importante!!

    Porque, sim, as mulheres têm vontade fazer sexo por atração!!

    Entendo todos os comentários contra, eu nunca tive receio de por exemplo, conhecer um cara hoje e ir prá cama com ele se ele me atrair, mas sei que a probabilidade dele pensar: “não dá prá namorar essa mulher, pô ela já foi logo dando prá mim!!” é muito grande!!

    A sociedade e a religião ensinam que existem dois tipos de mulher: aquela que gosta de sexo, e a que serve para ser a esposa e mãe dos filhos de um homem!!

    Esse mesmo cara diria: “É ruim de eu deixar minha mulher dar prá outro!! Mas eventualmente, ele pode vir a dar uma pulada de cerca que tudo bem, afinal de contas: homem separa sexo de amor!!

    E eu entendo que o swing não é uma pulada de cerca, mas antes é admitir que o sexo de fato não está vinculado ao amor, e respeitar que sua mulher também possa sentir essa vontade!!

    Não vou dizer se concordo ou não, para não ilustrar nenhum julgamento, cada um com seu cada um, só digo que gostei do post!!

    Beijos!!

  • http://verdeolhardejade.blogspot.com/ J@de

    Beto,

    “É normal, todo homem tem, as mulheres têm também – não vamos mentir.”

    Esse, para mim foi o ponto marcante do seu post e o mais importante!!

    Porque, sim, as mulheres têm vontade fazer sexo por atração!!

    Entendo todos os comentários contra, eu nunca tive receio de por exemplo, conhecer um cara hoje e ir prá cama com ele se ele me atrair, mas sei que a probabilidade dele pensar: “não dá prá namorar essa mulher, pô ela já foi logo dando prá mim!!” é muito grande!!

    A sociedade e a religião ensinam que existem dois tipos de mulher: aquela que gosta de sexo, e a que serve para ser a esposa e mãe dos filhos de um homem!!

    Esse mesmo cara diria: “É ruim de eu deixar minha mulher dar prá outro!! Mas eventualmente, ele pode vir a dar uma pulada de cerca que tudo bem, afinal de contas: homem separa sexo de amor!!

    E eu entendo que o swing não é uma pulada de cerca, mas antes é admitir que o sexo de fato não está vinculado ao amor, e respeitar que sua mulher também possa sentir essa vontade!!

    Não vou dizer se concordo ou não, para não ilustrar nenhum julgamento, cada um com seu cada um, só digo que gostei do post!!

    Beijos!!

  • http://verdeolhardejade.blogspot.com J@de

    Beto,

    “É normal, todo homem tem, as mulheres têm também – não vamos mentir.”

    Esse, para mim foi o ponto marcante do seu post e o mais importante!!

    Porque, sim, as mulheres têm vontade fazer sexo por atração!!

    Entendo todos os comentários contra, eu nunca tive receio de por exemplo, conhecer um cara hoje e ir prá cama com ele se ele me atrair, mas sei que a probabilidade dele pensar: “não dá prá namorar essa mulher, pô ela já foi logo dando prá mim!!” é muito grande!!

    A sociedade e a religião ensinam que existem dois tipos de mulher: aquela que gosta de sexo, e a que serve para ser a esposa e mãe dos filhos de um homem!!

    Esse mesmo cara diria: “É ruim de eu deixar minha mulher dar prá outro!! Mas eventualmente, ele pode vir a dar uma pulada de cerca que tudo bem, afinal de contas: homem separa sexo de amor!!

    E eu entendo que o swing não é uma pulada de cerca, mas antes é admitir que o sexo de fato não está vinculado ao amor, e respeitar que sua mulher também possa sentir essa vontade!!

    Não vou dizer se concordo ou não, para não ilustrar nenhum julgamento, cada um com seu cada um, só digo que gostei do post!!

    Beijos!!

  • MB

    Pôxa Jade, você resumiu com muita clareza o que penso sobre o post do Beto, que (com uma linguagem bem masculina, diga-se) expõe muito bem esse assunto e as agruras advindas de tais experiências… Quem for lá no blog verá que o respeito e a admiração dele pela Amelie está presente sempre!

    Vivemos numa sociedade machista tanto por parte de homens como de mulheres, infelizmente! Penso que as novas gerações serão mais livres sexualmente.

    O importante disso tudo é não perder o respeito consigo mesmo.

  • MB

    Pôxa Jade, você resumiu com muita clareza o que penso sobre o post do Beto, que (com uma linguagem bem masculina, diga-se) expõe muito bem esse assunto e as agruras advindas de tais experiências… Quem for lá no blog verá que o respeito e a admiração dele pela Amelie está presente sempre!

    Vivemos numa sociedade machista tanto por parte de homens como de mulheres, infelizmente! Penso que as novas gerações serão mais livres sexualmente.

    O importante disso tudo é não perder o respeito consigo mesmo.

  • MB

    Pôxa Jade, você resumiu com muita clareza o que penso sobre o post do Beto, que (com uma linguagem bem masculina, diga-se) expõe muito bem esse assunto e as agruras advindas de tais experiências… Quem for lá no blog verá que o respeito e a admiração dele pela Amelie está presente sempre!

    Vivemos numa sociedade machista tanto por parte de homens como de mulheres, infelizmente! Penso que as novas gerações serão mais livres sexualmente.

    O importante disso tudo é não perder o respeito consigo mesmo.

  • http://showdobob.blogspot.com Lucas

    J@de,

    seu comentário foi extremamente influenciado por que você detesta, não é de agora, disto que disseste ” aquela que gosta de sexo, e a que serve para ser a esposa e mãe dos filhos de um homem!!” (Já falaste isso no mínimo em mais duas oportunidades aqui no PDH, com razão, mas um pouco sem, também.)

    Eu quero que a mãe dos meus filhos ADORE, AME, sexo hehehhe…. neste ponto prefiro que não generalise, afinal, eu já sou um que não concordo.
    Se ela vai ter vontade de pular a cerca eu devo concentir? Respeitar? Existe a chance de eu não ver isso como parte do relacionamento que eu quero. Posso até ser chamado de hipócrita, mas como bem já disse em algum comentário acima, não vou trair minha esposa, não estou livre, mas não pretendo, espero não precisar disso.

    Abraço.

  • http://showdobob.blogspot.com/ Lucas

    J@de,

    seu comentário foi extremamente influenciado por que você detesta, não é de agora, disto que disseste ” aquela que gosta de sexo, e a que serve para ser a esposa e mãe dos filhos de um homem!!” (Já falaste isso no mínimo em mais duas oportunidades aqui no PDH, com razão, mas um pouco sem, também.)

    Eu quero que a mãe dos meus filhos ADORE, AME, sexo hehehhe…. neste ponto prefiro que não generalise, afinal, eu já sou um que não concordo.
    Se ela vai ter vontade de pular a cerca eu devo concentir? Respeitar? Existe a chance de eu não ver isso como parte do relacionamento que eu quero. Posso até ser chamado de hipócrita, mas como bem já disse em algum comentário acima, não vou trair minha esposa, não estou livre, mas não pretendo, espero não precisar disso.

    Abraço.

  • http://showdobob.blogspot.com/ Lucas

    J@de,

    seu comentário foi extremamente influenciado por que você detesta, não é de agora, disto que disseste ” aquela que gosta de sexo, e a que serve para ser a esposa e mãe dos filhos de um homem!!” (Já falaste isso no mínimo em mais duas oportunidades aqui no PDH, com razão, mas um pouco sem, também.)

    Eu quero que a mãe dos meus filhos ADORE, AME, sexo hehehhe…. neste ponto prefiro que não generalise, afinal, eu já sou um que não concordo.
    Se ela vai ter vontade de pular a cerca eu devo concentir? Respeitar? Existe a chance de eu não ver isso como parte do relacionamento que eu quero. Posso até ser chamado de hipócrita, mas como bem já disse em algum comentário acima, não vou trair minha esposa, não estou livre, mas não pretendo, espero não precisar disso.

    Abraço.

  • GB

    Uau! Quanta polêmica! Engraçado e, ao mesmo tempo, previsível, que em uma revista eletrônica dirigida ao público masculino, a maioria das opiniões seja contrária a prática do swing. Minha opinião, sem generalizar já que existem alguns representantes favoráveis na ala masculina… Mas na nossa sociedade são poucos que conseguem admitir ter esse tipo de prazer entre casais…

    Bom, sou mulher, muitíssimo bem casada e (MUITO) satisfeita sexualmente. Tenho e sempre tive uma vida bem normal. Pois bem, recentemente tivemos nossa primeira experiência no swing, e foi…. reveladoramente maravilhosa!!! Foi delicioso participar de tudo aquilo de maneira plena e consciente. Consciente das consequências boas ou ruins que poderiam advir daquela decisão (decisão conjunta, consensual, amigável e etc….). E a sensação depois de tudo isso? De liberdade absoluta, de que tenho uma relação íntima, aberta e franca comigo mesma, com a minha sexualidade … Sem desejos reprimidos! E tudo isso, até agora, só repercutiu bem no casal…

    Beto, seu post é ótimo, inteligente, sagaz, verdadeira, assim como os demais que estão no blog.

    Jade, concordo com você…

    Essa é uma opinião de uma pessoa que tem vida normal (sempre tive) mas que teve coragem de se aventurar consigo mesma e abertamente com o parceiro (que adorou!) e, por isso, pode falar com “conhecimento de causa”, embora pequeno…

  • GB

    Uau! Quanta polêmica! Engraçado e, ao mesmo tempo, previsível, que em uma revista eletrônica dirigida ao público masculino, a maioria das opiniões seja contrária a prática do swing. Minha opinião, sem generalizar já que existem alguns representantes favoráveis na ala masculina… Mas na nossa sociedade são poucos que conseguem admitir ter esse tipo de prazer entre casais…

    Bom, sou mulher, muitíssimo bem casada e (MUITO) satisfeita sexualmente. Tenho e sempre tive uma vida bem normal. Pois bem, recentemente tivemos nossa primeira experiência no swing, e foi…. reveladoramente maravilhosa!!! Foi delicioso participar de tudo aquilo de maneira plena e consciente. Consciente das consequências boas ou ruins que poderiam advir daquela decisão (decisão conjunta, consensual, amigável e etc….). E a sensação depois de tudo isso? De liberdade absoluta, de que tenho uma relação íntima, aberta e franca comigo mesma, com a minha sexualidade … Sem desejos reprimidos! E tudo isso, até agora, só repercutiu bem no casal…

    Beto, seu post é ótimo, inteligente, sagaz, verdadeira, assim como os demais que estão no blog.

    Jade, concordo com você…

    Essa é uma opinião de uma pessoa que tem vida normal (sempre tive) mas que teve coragem de se aventurar consigo mesma e abertamente com o parceiro (que adorou!) e, por isso, pode falar com “conhecimento de causa”, embora pequeno…

  • GB

    Uau! Quanta polêmica! Engraçado e, ao mesmo tempo, previsível, que em uma revista eletrônica dirigida ao público masculino, a maioria das opiniões seja contrária a prática do swing. Minha opinião, sem generalizar já que existem alguns representantes favoráveis na ala masculina… Mas na nossa sociedade são poucos que conseguem admitir ter esse tipo de prazer entre casais…

    Bom, sou mulher, muitíssimo bem casada e (MUITO) satisfeita sexualmente. Tenho e sempre tive uma vida bem normal. Pois bem, recentemente tivemos nossa primeira experiência no swing, e foi…. reveladoramente maravilhosa!!! Foi delicioso participar de tudo aquilo de maneira plena e consciente. Consciente das consequências boas ou ruins que poderiam advir daquela decisão (decisão conjunta, consensual, amigável e etc….). E a sensação depois de tudo isso? De liberdade absoluta, de que tenho uma relação íntima, aberta e franca comigo mesma, com a minha sexualidade … Sem desejos reprimidos! E tudo isso, até agora, só repercutiu bem no casal…

    Beto, seu post é ótimo, inteligente, sagaz, verdadeira, assim como os demais que estão no blog.

    Jade, concordo com você…

    Essa é uma opinião de uma pessoa que tem vida normal (sempre tive) mas que teve coragem de se aventurar consigo mesma e abertamente com o parceiro (que adorou!) e, por isso, pode falar com “conhecimento de causa”, embora pequeno…

  • http://oblogdasol.blogspot.com/ Sol

    Resolvi invadir este blog pq fiquei sabendo do artigo do Beto da Amelie.
    Concordo em gênero, número e grau em tudo que o Beto escreveu.
    Swing, ménage e ter uma esposa bissexual não é vida sexual e amorosa para todos, é sim um “esporte radical”.
    Sou casada há quase 25 anos, bissexual, swinger e tb podemos dizer que eu e meu marido somos um casal liberal. Entramos para o meio já há algum tempo e nem por isso deixamos de nos amar.
    Ser swinger não implica em swingar com todos que encontramos. Sempre procuramos casais e solteiros que tenham a ver com a gente. Isso se chama AFINIDADE.
    Afinidade no swing não é só sentir vontade (T…) de transar com determinada pessoa, tb é, mas procuramos nossos iguais. Pessoas as quais conseguimos desenvolver um papo e uma possivel amizade.
    Aí vc vai dizer?
    Então vira namorado?
    Não vira namorado não, pois quem está no swing sabe muito bem o que está fazendo. Alguns perdidos que chegam no meio para salvar o casamento não duram muito, logo desaparecem. E esses nós percebemos no primeiro papo e consequentemente evitamos casais problema.
    Fico excitada em ver meu marido com outra mulher, melhor ainda se ela for bissexual, pois assim tb será muito gratificante pra mim. O mesmo acontece com ele. Meu marido adora me ver com outro homem ou com outra mulher.
    Qdo voltamos de uma festa ou de uma casa de swinger, transamos feito loucos em casa. Não é pq transamos com outras pessoas que deixamos de sentir T… por nossos parceiros. Ao contrário, sentimos mais T… ainda.
    Optamos por ser swinger e casal liberal, pq não havia o menor sentido escondermos nossas vontades. Todos nós humanos fantasiamos sexo com outras pessoas, nem que for com o Brad Pitt e Angelina Jolie.
    Aí vc vai dizer:
    Ah!! Mas esses estão longe.
    Que diferença faz fantasiar um sexo louco com um famoso ou com sua vizinha, secretária, chefe, amigo(a)….
    Não faz diferença alguma, ao menos pra mim.
    Nós liberais e swinger temos a habilidade se separar sexo de amor.
    Amo meu marido, tenho certeza que ele me ama, transar com ele é a coisa melhor mundo, porém transar com outras pessoas tb é bom demais.
    O Swing em Sampa vai muito bem.
    Ah!!! Apenas eu Sol sou bissexual, meu marido não é.
    PS – Beto – Explica pra eles a diferença de casal liberal e casal swinger. Se é que eles não sabem.
    Beijocas

    • Marcel

      Olá Sol, adorei seu comentário, me add no seu msn para podermos trocar idéias: lordliberal@hotmail.com, adoraria conhecê-la!!!

      Marcel

    • kasal

      Parabéns adoramos a sua definição nota 1000

  • http://oblogdasol.blogspot.com/ Sol

    Resolvi invadir este blog pq fiquei sabendo do artigo do Beto da Amelie.
    Concordo em gênero, número e grau em tudo que o Beto escreveu.
    Swing, ménage e ter uma esposa bissexual não é vida sexual e amorosa para todos, é sim um “esporte radical”.
    Sou casada há quase 25 anos, bissexual, swinger e tb podemos dizer que eu e meu marido somos um casal liberal. Entramos para o meio já há algum tempo e nem por isso deixamos de nos amar.
    Ser swinger não implica em swingar com todos que encontramos. Sempre procuramos casais e solteiros que tenham a ver com a gente. Isso se chama AFINIDADE.
    Afinidade no swing não é só sentir vontade (T…) de transar com determinada pessoa, tb é, mas procuramos nossos iguais. Pessoas as quais conseguimos desenvolver um papo e uma possivel amizade.
    Aí vc vai dizer?
    Então vira namorado?
    Não vira namorado não, pois quem está no swing sabe muito bem o que está fazendo. Alguns perdidos que chegam no meio para salvar o casamento não duram muito, logo desaparecem. E esses nós percebemos no primeiro papo e consequentemente evitamos casais problema.
    Fico excitada em ver meu marido com outra mulher, melhor ainda se ela for bissexual, pois assim tb será muito gratificante pra mim. O mesmo acontece com ele. Meu marido adora me ver com outro homem ou com outra mulher.
    Qdo voltamos de uma festa ou de uma casa de swinger, transamos feito loucos em casa. Não é pq transamos com outras pessoas que deixamos de sentir T… por nossos parceiros. Ao contrário, sentimos mais T… ainda.
    Optamos por ser swinger e casal liberal, pq não havia o menor sentido escondermos nossas vontades. Todos nós humanos fantasiamos sexo com outras pessoas, nem que for com o Brad Pitt e Angelina Jolie.
    Aí vc vai dizer:
    Ah!! Mas esses estão longe.
    Que diferença faz fantasiar um sexo louco com um famoso ou com sua vizinha, secretária, chefe, amigo(a)….
    Não faz diferença alguma, ao menos pra mim.
    Nós liberais e swinger temos a habilidade se separar sexo de amor.
    Amo meu marido, tenho certeza que ele me ama, transar com ele é a coisa melhor mundo, porém transar com outras pessoas tb é bom demais.
    O Swing em Sampa vai muito bem.
    Ah!!! Apenas eu Sol sou bissexual, meu marido não é.
    PS – Beto – Explica pra eles a diferença de casal liberal e casal swinger. Se é que eles não sabem.
    Beijocas

  • http://oblogdasol.blogspot.com Sol

    Resolvi invadir este blog pq fiquei sabendo do artigo do Beto da Amelie.
    Concordo em gênero, número e grau em tudo que o Beto escreveu.
    Swing, ménage e ter uma esposa bissexual não é vida sexual e amorosa para todos, é sim um “esporte radical”.
    Sou casada há quase 25 anos, bissexual, swinger e tb podemos dizer que eu e meu marido somos um casal liberal. Entramos para o meio já há algum tempo e nem por isso deixamos de nos amar.
    Ser swinger não implica em swingar com todos que encontramos. Sempre procuramos casais e solteiros que tenham a ver com a gente. Isso se chama AFINIDADE.
    Afinidade no swing não é só sentir vontade (T…) de transar com determinada pessoa, tb é, mas procuramos nossos iguais. Pessoas as quais conseguimos desenvolver um papo e uma possivel amizade.
    Aí vc vai dizer?
    Então vira namorado?
    Não vira namorado não, pois quem está no swing sabe muito bem o que está fazendo. Alguns perdidos que chegam no meio para salvar o casamento não duram muito, logo desaparecem. E esses nós percebemos no primeiro papo e consequentemente evitamos casais problema.
    Fico excitada em ver meu marido com outra mulher, melhor ainda se ela for bissexual, pois assim tb será muito gratificante pra mim. O mesmo acontece com ele. Meu marido adora me ver com outro homem ou com outra mulher.
    Qdo voltamos de uma festa ou de uma casa de swinger, transamos feito loucos em casa. Não é pq transamos com outras pessoas que deixamos de sentir T… por nossos parceiros. Ao contrário, sentimos mais T… ainda.
    Optamos por ser swinger e casal liberal, pq não havia o menor sentido escondermos nossas vontades. Todos nós humanos fantasiamos sexo com outras pessoas, nem que for com o Brad Pitt e Angelina Jolie.
    Aí vc vai dizer:
    Ah!! Mas esses estão longe.
    Que diferença faz fantasiar um sexo louco com um famoso ou com sua vizinha, secretária, chefe, amigo(a)….
    Não faz diferença alguma, ao menos pra mim.
    Nós liberais e swinger temos a habilidade se separar sexo de amor.
    Amo meu marido, tenho certeza que ele me ama, transar com ele é a coisa melhor mundo, porém transar com outras pessoas tb é bom demais.
    O Swing em Sampa vai muito bem.
    Ah!!! Apenas eu Sol sou bissexual, meu marido não é.
    PS – Beto – Explica pra eles a diferença de casal liberal e casal swinger. Se é que eles não sabem.
    Beijocas

  • http://eugostodeumacoisaerrada.wordpress.com/ Rachel

    E vamo que vamo.

  • http://eugostodeumacoisaerrada.wordpress.com/ Rachel

    E vamo que vamo.

  • http://eugostodeumacoisaerrada.wordpress.com Rachel

    E vamo que vamo.

  • http://www.meudiarioswing.blogspot.com/ Amelie

    Olá, sou a Amelie, mulher do Beto.
    Resolvi vir deixar a minha opinião tb.
    Qdo o Beto escreveu o texto ele sabia que iria gerar polêmica. Na verdade é o que a Sol já disse, swing não é para qualquer um.

    Sou um amulher madura (33 anos) que já teve alguns relacionamentos anteriores. Posso dizer com convicção que o atual é o mais maduro, excitante, com amor e companheirismo que eu já tive!!! E não acho que tenha sido por causa do swing, não… Já era assim antes e isso foi, na verdade, pré requisito para entrarmos no swing, e não o contrário.

    Não é uma questão de certo ou errado, é gostar e se sentir bem ou não. Pode não fazer parte das fantasias de alguns casais, mas quando faz parte é maravilhoso poder desfrutar isso com a pessoa que vc ama, sem pudores e hipocrisias.

    Não fiquei surpresa com a polêmica gerada pois sei que muitas pessoas não fariam pq não se sentiriam bem com isso (por inúmeros motivos), mas sim com a carga preconceituosa e machista em alguns textos. Só posso dizer que graças a Deus não preciso passar por isso aqui em casa com o marido maravilhoso que eu tenho!!!

  • http://www.meudiarioswing.blogspot.com/ Amelie

    Olá, sou a Amelie, mulher do Beto.
    Resolvi vir deixar a minha opinião tb.
    Qdo o Beto escreveu o texto ele sabia que iria gerar polêmica. Na verdade é o que a Sol já disse, swing não é para qualquer um.

    Sou um amulher madura (33 anos) que já teve alguns relacionamentos anteriores. Posso dizer com convicção que o atual é o mais maduro, excitante, com amor e companheirismo que eu já tive!!! E não acho que tenha sido por causa do swing, não… Já era assim antes e isso foi, na verdade, pré requisito para entrarmos no swing, e não o contrário.

    Não é uma questão de certo ou errado, é gostar e se sentir bem ou não. Pode não fazer parte das fantasias de alguns casais, mas quando faz parte é maravilhoso poder desfrutar isso com a pessoa que vc ama, sem pudores e hipocrisias.

    Não fiquei surpresa com a polêmica gerada pois sei que muitas pessoas não fariam pq não se sentiriam bem com isso (por inúmeros motivos), mas sim com a carga preconceituosa e machista em alguns textos. Só posso dizer que graças a Deus não preciso passar por isso aqui em casa com o marido maravilhoso que eu tenho!!!

  • http://www.meudiarioswing.blogspot.com Amelie

    Olá, sou a Amelie, mulher do Beto.
    Resolvi vir deixar a minha opinião tb.
    Qdo o Beto escreveu o texto ele sabia que iria gerar polêmica. Na verdade é o que a Sol já disse, swing não é para qualquer um.

    Sou um amulher madura (33 anos) que já teve alguns relacionamentos anteriores. Posso dizer com convicção que o atual é o mais maduro, excitante, com amor e companheirismo que eu já tive!!! E não acho que tenha sido por causa do swing, não… Já era assim antes e isso foi, na verdade, pré requisito para entrarmos no swing, e não o contrário.

    Não é uma questão de certo ou errado, é gostar e se sentir bem ou não. Pode não fazer parte das fantasias de alguns casais, mas quando faz parte é maravilhoso poder desfrutar isso com a pessoa que vc ama, sem pudores e hipocrisias.

    Não fiquei surpresa com a polêmica gerada pois sei que muitas pessoas não fariam pq não se sentiriam bem com isso (por inúmeros motivos), mas sim com a carga preconceituosa e machista em alguns textos. Só posso dizer que graças a Deus não preciso passar por isso aqui em casa com o marido maravilhoso que eu tenho!!!

  • kasalfree

    BOm quase tudo já foi dito ,o que vejo é muito preconceito , machismo e uma cultura enfiada goela abaixo pela igreja e sociedade.o que é certo ou errado , nao sei .! É certo ter uma relação dita normal e trair umas 3 vezes ao mes com a secretaria , a amiguinha , a paquera do trabalho ,(pois é isso que ouço dos amigos nas rodas de chopp)?
    Ou será que é normal ser swinguer , nao trair sua(seu) esposa(o), ter uma relação de cumplicidade, curtir cada minuto , nao ter ciumes infantis e ver que ninguem e de ninguem , ninguem e dono de ninguem , os pares se formam por amor afinidade e respeito.Certo pra mim errado pra outros, mais como nao estamos nem ai pra igreja pra dogmas e pra sociedade, queremos apenas ser felizes,ser nós mesmos e é o que temos feito nesses ultimos 3 anos.

    Nao entendo como algumas pessoas acham que fazer swing ou estar nesse meio e frustração ou que a relaçao esta meia boca, como dito pelo proprio Beto no post, SE SUA RELAÇÃO NAO É MARAVILHOSA NAO ENTRE NO SWING ELA IRA ACABAR EM MUITO POUCO TEMPO, E ACHAR QUE (A) PARCEIRO(A) NAO SENTE TESÃO OU ATRAÇÃO POR OUTRAS PESSOAS É TAPAR O SOL COM A PENEIRA, E VIVA AS DIFERENÇAS , FORA OS PRECONCEITOS DE QUALQUER GENERO GRAU ETC.

    CADA UM COM SEU CADA UM

  • kasalfree

    BOm quase tudo já foi dito ,o que vejo é muito preconceito , machismo e uma cultura enfiada goela abaixo pela igreja e sociedade.o que é certo ou errado , nao sei .! É certo ter uma relação dita normal e trair umas 3 vezes ao mes com a secretaria , a amiguinha , a paquera do trabalho ,(pois é isso que ouço dos amigos nas rodas de chopp)?
    Ou será que é normal ser swinguer , nao trair sua(seu) esposa(o), ter uma relação de cumplicidade, curtir cada minuto , nao ter ciumes infantis e ver que ninguem e de ninguem , ninguem e dono de ninguem , os pares se formam por amor afinidade e respeito.Certo pra mim errado pra outros, mais como nao estamos nem ai pra igreja pra dogmas e pra sociedade, queremos apenas ser felizes,ser nós mesmos e é o que temos feito nesses ultimos 3 anos.

    Nao entendo como algumas pessoas acham que fazer swing ou estar nesse meio e frustração ou que a relaçao esta meia boca, como dito pelo proprio Beto no post, SE SUA RELAÇÃO NAO É MARAVILHOSA NAO ENTRE NO SWING ELA IRA ACABAR EM MUITO POUCO TEMPO, E ACHAR QUE (A) PARCEIRO(A) NAO SENTE TESÃO OU ATRAÇÃO POR OUTRAS PESSOAS É TAPAR O SOL COM A PENEIRA, E VIVA AS DIFERENÇAS , FORA OS PRECONCEITOS DE QUALQUER GENERO GRAU ETC.

    CADA UM COM SEU CADA UM

  • kasalfree

    BOm quase tudo já foi dito ,o que vejo é muito preconceito , machismo e uma cultura enfiada goela abaixo pela igreja e sociedade.o que é certo ou errado , nao sei .! É certo ter uma relação dita normal e trair umas 3 vezes ao mes com a secretaria , a amiguinha , a paquera do trabalho ,(pois é isso que ouço dos amigos nas rodas de chopp)?
    Ou será que é normal ser swinguer , nao trair sua(seu) esposa(o), ter uma relação de cumplicidade, curtir cada minuto , nao ter ciumes infantis e ver que ninguem e de ninguem , ninguem e dono de ninguem , os pares se formam por amor afinidade e respeito.Certo pra mim errado pra outros, mais como nao estamos nem ai pra igreja pra dogmas e pra sociedade, queremos apenas ser felizes,ser nós mesmos e é o que temos feito nesses ultimos 3 anos.

    Nao entendo como algumas pessoas acham que fazer swing ou estar nesse meio e frustração ou que a relaçao esta meia boca, como dito pelo proprio Beto no post, SE SUA RELAÇÃO NAO É MARAVILHOSA NAO ENTRE NO SWING ELA IRA ACABAR EM MUITO POUCO TEMPO, E ACHAR QUE (A) PARCEIRO(A) NAO SENTE TESÃO OU ATRAÇÃO POR OUTRAS PESSOAS É TAPAR O SOL COM A PENEIRA, E VIVA AS DIFERENÇAS , FORA OS PRECONCEITOS DE QUALQUER GENERO GRAU ETC.

    CADA UM COM SEU CADA UM

  • http://true-luv.com/sugar Natalya

    Eu comprei um livro chamado O SEXO DAS CELEBRIDADES, parece mais um texto pra monografia de algum estudante de psicanalise ou história, fala dos prazeres de Hitler – enfiando coisas na sua bunda suja – fala sobre Freud – o qual tinha como amante oficial a cunhada, mas as irmas nao se relacionavam – e fala tbm um montaãooo de coisas sobre swing.

    Pra fazer isso, tem que ter a cabeça aberta, maturidade dos casal e ser bem liberal. Legal o assunto, gostei. Beijos!

  • http://true-luv.com/sugar Natalya

    Eu comprei um livro chamado O SEXO DAS CELEBRIDADES, parece mais um texto pra monografia de algum estudante de psicanalise ou história, fala dos prazeres de Hitler – enfiando coisas na sua bunda suja – fala sobre Freud – o qual tinha como amante oficial a cunhada, mas as irmas nao se relacionavam – e fala tbm um montaãooo de coisas sobre swing.

    Pra fazer isso, tem que ter a cabeça aberta, maturidade dos casal e ser bem liberal. Legal o assunto, gostei. Beijos!

  • http://true-luv.com/sugar Natalya

    Eu comprei um livro chamado O SEXO DAS CELEBRIDADES, parece mais um texto pra monografia de algum estudante de psicanalise ou história, fala dos prazeres de Hitler – enfiando coisas na sua bunda suja – fala sobre Freud – o qual tinha como amante oficial a cunhada, mas as irmas nao se relacionavam – e fala tbm um montaãooo de coisas sobre swing.

    Pra fazer isso, tem que ter a cabeça aberta, maturidade dos casal e ser bem liberal. Legal o assunto, gostei. Beijos!

  • Isadora

    Muito interessante o post, colocando em pauta um tema polêmico e de delicado trato.

    Parabéns Beto e por que não Amelie, pela coragem e ousadia, de partilhar com a gente sua intimidade.

  • Isadora

    Muito interessante o post, colocando em pauta um tema polêmico e de delicado trato.

    Parabéns Beto e por que não Amelie, pela coragem e ousadia, de partilhar com a gente sua intimidade.

  • Isadora

    Muito interessante o post, colocando em pauta um tema polêmico e de delicado trato.

    Parabéns Beto e por que não Amelie, pela coragem e ousadia, de partilhar com a gente sua intimidade.

  • Sebastian

    Poxa fiquei sensibilizado com os comentários dos praticantes, estou pensando seriamente em convencer minha garota a buscar novos ares, já que sinto atração pelo sexo feminino por eu ser um heterossexual saudável não tem problemas eu comer todas e ela dar pra todos.

    Acho interessante o fato de reportagens que abordam o assunto os praticantes estarem sempre de máscaras e usando iniciais seja em fóruns, seja aonde for, acho que não há porque de se esconder de algo que lhe trás felicidade e tanto orgulho.

    E ainda ninguém satifez minha curiosidade de saber se os swingers tem filhos e se tem como lidam com essa situação.

    Eu não gostaria de ficar sabendo que minha mãe dava para o amigo do meu pai e vice-versa.

    Opiniões divergentes à parte o que importa é que vocês são felizes e respeito isso.

    Apesar de nunca ter praticado já cansei desse assunto.

    Boa putaria a todos, ops, troca de casais, ou chifrada coletiva consensual, amor em massa, ou coisas por tabelas ah não sei como definir isso.

    Desculpe as brincadeiras ai hehe.

  • Sebastian

    Poxa fiquei sensibilizado com os comentários dos praticantes, estou pensando seriamente em convencer minha garota a buscar novos ares, já que sinto atração pelo sexo feminino por eu ser um heterossexual saudável não tem problemas eu comer todas e ela dar pra todos.

    Acho interessante o fato de reportagens que abordam o assunto os praticantes estarem sempre de máscaras e usando iniciais seja em fóruns, seja aonde for, acho que não há porque de se esconder de algo que lhe trás felicidade e tanto orgulho.

    E ainda ninguém satifez minha curiosidade de saber se os swingers tem filhos e se tem como lidam com essa situação.

    Eu não gostaria de ficar sabendo que minha mãe dava para o amigo do meu pai e vice-versa.

    Opiniões divergentes à parte o que importa é que vocês são felizes e respeito isso.

    Apesar de nunca ter praticado já cansei desse assunto.

    Boa putaria a todos, ops, troca de casais, ou chifrada coletiva consensual, amor em massa, ou coisas por tabelas ah não sei como definir isso.

    Desculpe as brincadeiras ai hehe.

  • Sebastian

    Poxa fiquei sensibilizado com os comentários dos praticantes, estou pensando seriamente em convencer minha garota a buscar novos ares, já que sinto atração pelo sexo feminino por eu ser um heterossexual saudável não tem problemas eu comer todas e ela dar pra todos.

    Acho interessante o fato de reportagens que abordam o assunto os praticantes estarem sempre de máscaras e usando iniciais seja em fóruns, seja aonde for, acho que não há porque de se esconder de algo que lhe trás felicidade e tanto orgulho.

    E ainda ninguém satifez minha curiosidade de saber se os swingers tem filhos e se tem como lidam com essa situação.

    Eu não gostaria de ficar sabendo que minha mãe dava para o amigo do meu pai e vice-versa.

    Opiniões divergentes à parte o que importa é que vocês são felizes e respeito isso.

    Apesar de nunca ter praticado já cansei desse assunto.

    Boa putaria a todos, ops, troca de casais, ou chifrada coletiva consensual, amor em massa, ou coisas por tabelas ah não sei como definir isso.

    Desculpe as brincadeiras ai hehe.

  • http://showdobob.blogspot.com/ Lucas

    Gosto e C*…. né?

    Ainda bem que o swing trás coisas boas para alguns casais, mas não podemos comparar em hipótese alguma as opções de uns com as de outros. É uma viajem sem volta, o lado ruim da coisa, QUE EXISTE, não foi mostrado, um texto que o Enéias trouxe do blog lá é bom e deveria fazer parte do conteúdo. Pode acabar com uma relação, eu não correria esse risco. Alguém já disse, “Tudo tu pode, mas…”
    Muitos dos defensores do swing tiveram o prazer de carregar em suas palavras que a não aceitação de tal putaria (é putaria, nem vem) era ser “quadrado” e medo de perder sua masculinidade, mas acredito e confio na minha, por exemplo. E isso sem precisar ver minha mulher dando o rabo para os outros. Caso eu não seja homem por isso, então que me seja dada outra qualificação, por que se para ser homem tem que aceitar isso, prefiro não ser. Puto também não por que, até o momento (ninguém ta livre) conservo minha preferência por mulheres.
    Tentei, neste exato momento, imaginar minha “ficante” – nem namorada é – com outro cara e eu com outra mulher, bom, não consegui. Prefiro, ainda, o tradicionalismo e “quadradisse”, apostando no meu taco e não deixando para os outros. Vou ter que achar alguém com a mesma idéia, oficorse, senão corro o risco de ter uma mulher frustrada.
    Caso um dia eu tenha a experiência de encontrar uma mulher que queira tal prática, bom, é melhor por um fim, afinal, não vou deixar a moça com o desejo reprimido, até por que sugerir tal prática não condiz com o que EU quero.
    Gosto de putaria, mas a 2 (eu e minha companheira). Mais do que o suficiente.

    Que sejam felizes com tal prática e que seus filhos aprendam com ela.

    “Não é pq transamos com outras pessoas que deixamos de sentir T… por nossos parceiros. Ao contrário, sentimos mais T… ainda.”

    Tem T. pra tudo.

    O T. esta acima de tudo? Bah.
    Acho que o CASAMENTO em si não tem mais sentido, só eu que ainda vejo algum.

  • http://showdobob.blogspot.com/ Lucas

    Gosto e C*…. né?

    Ainda bem que o swing trás coisas boas para alguns casais, mas não podemos comparar em hipótese alguma as opções de uns com as de outros. É uma viajem sem volta, o lado ruim da coisa, QUE EXISTE, não foi mostrado, um texto que o Enéias trouxe do blog lá é bom e deveria fazer parte do conteúdo. Pode acabar com uma relação, eu não correria esse risco. Alguém já disse, “Tudo tu pode, mas…”
    Muitos dos defensores do swing tiveram o prazer de carregar em suas palavras que a não aceitação de tal putaria (é putaria, nem vem) era ser “quadrado” e medo de perder sua masculinidade, mas acredito e confio na minha, por exemplo. E isso sem precisar ver minha mulher dando o rabo para os outros. Caso eu não seja homem por isso, então que me seja dada outra qualificação, por que se para ser homem tem que aceitar isso, prefiro não ser. Puto também não por que, até o momento (ninguém ta livre) conservo minha preferência por mulheres.
    Tentei, neste exato momento, imaginar minha “ficante” – nem namorada é – com outro cara e eu com outra mulher, bom, não consegui. Prefiro, ainda, o tradicionalismo e “quadradisse”, apostando no meu taco e não deixando para os outros. Vou ter que achar alguém com a mesma idéia, oficorse, senão corro o risco de ter uma mulher frustrada.
    Caso um dia eu tenha a experiência de encontrar uma mulher que queira tal prática, bom, é melhor por um fim, afinal, não vou deixar a moça com o desejo reprimido, até por que sugerir tal prática não condiz com o que EU quero.
    Gosto de putaria, mas a 2 (eu e minha companheira). Mais do que o suficiente.

    Que sejam felizes com tal prática e que seus filhos aprendam com ela.

    “Não é pq transamos com outras pessoas que deixamos de sentir T… por nossos parceiros. Ao contrário, sentimos mais T… ainda.”

    Tem T. pra tudo.

    O T. esta acima de tudo? Bah.
    Acho que o CASAMENTO em si não tem mais sentido, só eu que ainda vejo algum.

  • http://showdobob.blogspot.com Lucas

    Gosto e C*…. né?

    Ainda bem que o swing trás coisas boas para alguns casais, mas não podemos comparar em hipótese alguma as opções de uns com as de outros. É uma viajem sem volta, o lado ruim da coisa, QUE EXISTE, não foi mostrado, um texto que o Enéias trouxe do blog lá é bom e deveria fazer parte do conteúdo. Pode acabar com uma relação, eu não correria esse risco. Alguém já disse, “Tudo tu pode, mas…”
    Muitos dos defensores do swing tiveram o prazer de carregar em suas palavras que a não aceitação de tal putaria (é putaria, nem vem) era ser “quadrado” e medo de perder sua masculinidade, mas acredito e confio na minha, por exemplo. E isso sem precisar ver minha mulher dando o rabo para os outros. Caso eu não seja homem por isso, então que me seja dada outra qualificação, por que se para ser homem tem que aceitar isso, prefiro não ser. Puto também não por que, até o momento (ninguém ta livre) conservo minha preferência por mulheres.
    Tentei, neste exato momento, imaginar minha “ficante” – nem namorada é – com outro cara e eu com outra mulher, bom, não consegui. Prefiro, ainda, o tradicionalismo e “quadradisse”, apostando no meu taco e não deixando para os outros. Vou ter que achar alguém com a mesma idéia, oficorse, senão corro o risco de ter uma mulher frustrada.
    Caso um dia eu tenha a experiência de encontrar uma mulher que queira tal prática, bom, é melhor por um fim, afinal, não vou deixar a moça com o desejo reprimido, até por que sugerir tal prática não condiz com o que EU quero.
    Gosto de putaria, mas a 2 (eu e minha companheira). Mais do que o suficiente.

    Que sejam felizes com tal prática e que seus filhos aprendam com ela.

    “Não é pq transamos com outras pessoas que deixamos de sentir T… por nossos parceiros. Ao contrário, sentimos mais T… ainda.”

    Tem T. pra tudo.

    O T. esta acima de tudo? Bah.
    Acho que o CASAMENTO em si não tem mais sentido, só eu que ainda vejo algum.

  • http://showdobob.blogspot.com/ Lucas

    Cultura enfiada “guela” abaixo?

    Deu, também cansei, Sebastian. Vamos nos recolher a nossa quadradisse e medo de que nossos pênis sejam comparados com os dos outros.

    Puff…. faz-me rir.

  • http://showdobob.blogspot.com/ Lucas

    Cultura enfiada “guela” abaixo?

    Deu, também cansei, Sebastian. Vamos nos recolher a nossa quadradisse e medo de que nossos pênis sejam comparados com os dos outros.

    Puff…. faz-me rir.

  • http://showdobob.blogspot.com Lucas

    Cultura enfiada “guela” abaixo?

    Deu, também cansei, Sebastian. Vamos nos recolher a nossa quadradisse e medo de que nossos pênis sejam comparados com os dos outros.

    Puff…. faz-me rir.

  • DaneDane

    os comentarios estão bem apimentados…
    só senti falta dos comentarios do Jhonny C e da J@de.. hehehe
    mas, aguardo.. rs

    bom, eu continuo não concordando…
    alguem ai em cima disse que posse é diferente de amor, e paixão, e o ciume também…

    LÓGICO ! com certeza

    tanto que eu disse, que não faria swing, se tivesse pelo menos 1 dos sentimentos ou atitudes acima…

    só faria mesmo se tivesse uma fucking friend, uma coleguinha que faz sexo comigo de vez em quando pra fazer aquela manutenção… rssrsss mas, não tenho nenhuma amiguinha que toparia fazer isso…

    eu gosto do lance da exclusividade… não tem nada melhor que você querer apenas uma pessoa… enjoou? varia, novas posições, acessórios, roupas sensuais…
    eu já curto o lance das roupinhas… dou vários presentinhos deste genero… hauuhahuauh tipo, calcinhas tochadas no rabo, cinta-liga, camisolinhas sensuais…
    se formos parar e escutar as vontades, os desejos de cada pessoa, ouviríamos coisas absurdas… coisas inemagináveis… e é isso que torna a sexualidade tão interessante…

    eu concordo também, pelo que falaram acima pela “busca incessante” e certas coisas funcionam como a droga…
    no começo é bão, é legal, mas existem momentos ruins, como em qualquer campo da vida, deve se passar por situações tensas e constrangedoras, riscos e mais riscos… mas, na vida sempre há riscos em tudo…

    eu tinha uma namorada, que veio com uns papos deu comer ela e a prima dela juntas… a prima dela é ninfomaniaca… hahaha
    só que veio cheio das regras… eu não podia beijar a moça, nem chupar… por que ela sentiria “ciúmes”…
    mas quando a coisa começou a ficar séria, e a prima dela dando em cima de mim meeeesssssssmooooooo, já rolando mãos e tudo mais, minha ex pirou na hora, chorou, e o escambal…

    então, acho que nem toda fantasia é realizável… ou quando realizada, é um cadeado que arrebentamos, e que não há mais como colar…

    por exemplo… o mesmo amigo meu do swing, disse que pegou uma mulher, que gostava que mijassem em cima dela… tava lá ele, com o outro cara, tomando cerveja e mijando na moça… vai entender fantasia sexual dos outros…
    eu também tenho várias fantasias que ficam só na minha cabeça… hahaha

    já outro amigo, veio me perguntando “já deixou sua mulher lamber seu rabo ?” aí ficou aquele climinha de “ah, eu não deixo ” por parte dele… daí contei algumas coisas e tal, ele veio já confessando… “ah, eu deixei , é muito bom e tal…” hahahahahahahaa

    pelo menos pra mim, quando estou em um quarto com uma mulher, e estivermos num momento sexual bom e tal, vale tudo…

    só não vale dedo no cu, por que dedo no cu deve ser foda… hahahahahahaha.. tenho as minhas pirações com isso…

    mas, swing, como eu disse, curto e não curto…

    fora as neuras… do tipo, não sei se conseguiria comer a mulher de outro cara, com ele olhando, e socando a rola na minha mulher… EU, DANIEL, acho que eu broxo… não sei…

    ainda prefiro sexo a dois… intimidade, prazer, amor, coisas intensas…
    outra coisa, prefiro sexo com namoradas e fucking friends, que conheço bem, sei do que gostam e temos intimidade, do que com “desconhecidas”… o que curto mais no sexo, é a tal da intimidade, da pessoa estar se entregando, bla bla bla… acho importante hehe

    Não tenho nada contra quem pratica…
    da mesma forma que se lançarem um debate de legalização do aborto, ou da liberação da maconha, vai haver burburinhos, pessoas se “ofendem”, levam seu ponto de vista ao extremo, e isso, não dá… há quem goste, há quem não goste.

    ainda prefiro o tradicional.

  • DaneDane

    os comentarios estão bem apimentados…
    só senti falta dos comentarios do Jhonny C e da J@de.. hehehe
    mas, aguardo.. rs

    bom, eu continuo não concordando…
    alguem ai em cima disse que posse é diferente de amor, e paixão, e o ciume também…

    LÓGICO ! com certeza

    tanto que eu disse, que não faria swing, se tivesse pelo menos 1 dos sentimentos ou atitudes acima…

    só faria mesmo se tivesse uma fucking friend, uma coleguinha que faz sexo comigo de vez em quando pra fazer aquela manutenção… rssrsss mas, não tenho nenhuma amiguinha que toparia fazer isso…

    eu gosto do lance da exclusividade… não tem nada melhor que você querer apenas uma pessoa… enjoou? varia, novas posições, acessórios, roupas sensuais…
    eu já curto o lance das roupinhas… dou vários presentinhos deste genero… hauuhahuauh tipo, calcinhas tochadas no rabo, cinta-liga, camisolinhas sensuais…
    se formos parar e escutar as vontades, os desejos de cada pessoa, ouviríamos coisas absurdas… coisas inemagináveis… e é isso que torna a sexualidade tão interessante…

    eu concordo também, pelo que falaram acima pela “busca incessante” e certas coisas funcionam como a droga…
    no começo é bão, é legal, mas existem momentos ruins, como em qualquer campo da vida, deve se passar por situações tensas e constrangedoras, riscos e mais riscos… mas, na vida sempre há riscos em tudo…

    eu tinha uma namorada, que veio com uns papos deu comer ela e a prima dela juntas… a prima dela é ninfomaniaca… hahaha
    só que veio cheio das regras… eu não podia beijar a moça, nem chupar… por que ela sentiria “ciúmes”…
    mas quando a coisa começou a ficar séria, e a prima dela dando em cima de mim meeeesssssssmooooooo, já rolando mãos e tudo mais, minha ex pirou na hora, chorou, e o escambal…

    então, acho que nem toda fantasia é realizável… ou quando realizada, é um cadeado que arrebentamos, e que não há mais como colar…

    por exemplo… o mesmo amigo meu do swing, disse que pegou uma mulher, que gostava que mijassem em cima dela… tava lá ele, com o outro cara, tomando cerveja e mijando na moça… vai entender fantasia sexual dos outros…
    eu também tenho várias fantasias que ficam só na minha cabeça… hahaha

    já outro amigo, veio me perguntando “já deixou sua mulher lamber seu rabo ?” aí ficou aquele climinha de “ah, eu não deixo ” por parte dele… daí contei algumas coisas e tal, ele veio já confessando… “ah, eu deixei , é muito bom e tal…” hahahahahahahaa

    pelo menos pra mim, quando estou em um quarto com uma mulher, e estivermos num momento sexual bom e tal, vale tudo…

    só não vale dedo no cu, por que dedo no cu deve ser foda… hahahahahahaha.. tenho as minhas pirações com isso…

    mas, swing, como eu disse, curto e não curto…

    fora as neuras… do tipo, não sei se conseguiria comer a mulher de outro cara, com ele olhando, e socando a rola na minha mulher… EU, DANIEL, acho que eu broxo… não sei…

    ainda prefiro sexo a dois… intimidade, prazer, amor, coisas intensas…
    outra coisa, prefiro sexo com namoradas e fucking friends, que conheço bem, sei do que gostam e temos intimidade, do que com “desconhecidas”… o que curto mais no sexo, é a tal da intimidade, da pessoa estar se entregando, bla bla bla… acho importante hehe

    Não tenho nada contra quem pratica…
    da mesma forma que se lançarem um debate de legalização do aborto, ou da liberação da maconha, vai haver burburinhos, pessoas se “ofendem”, levam seu ponto de vista ao extremo, e isso, não dá… há quem goste, há quem não goste.

    ainda prefiro o tradicional.

  • DaneDane

    os comentarios estão bem apimentados…
    só senti falta dos comentarios do Jhonny C e da J@de.. hehehe
    mas, aguardo.. rs

    bom, eu continuo não concordando…
    alguem ai em cima disse que posse é diferente de amor, e paixão, e o ciume também…

    LÓGICO ! com certeza

    tanto que eu disse, que não faria swing, se tivesse pelo menos 1 dos sentimentos ou atitudes acima…

    só faria mesmo se tivesse uma fucking friend, uma coleguinha que faz sexo comigo de vez em quando pra fazer aquela manutenção… rssrsss mas, não tenho nenhuma amiguinha que toparia fazer isso…

    eu gosto do lance da exclusividade… não tem nada melhor que você querer apenas uma pessoa… enjoou? varia, novas posições, acessórios, roupas sensuais…
    eu já curto o lance das roupinhas… dou vários presentinhos deste genero… hauuhahuauh tipo, calcinhas tochadas no rabo, cinta-liga, camisolinhas sensuais…
    se formos parar e escutar as vontades, os desejos de cada pessoa, ouviríamos coisas absurdas… coisas inemagináveis… e é isso que torna a sexualidade tão interessante…

    eu concordo também, pelo que falaram acima pela “busca incessante” e certas coisas funcionam como a droga…
    no começo é bão, é legal, mas existem momentos ruins, como em qualquer campo da vida, deve se passar por situações tensas e constrangedoras, riscos e mais riscos… mas, na vida sempre há riscos em tudo…

    eu tinha uma namorada, que veio com uns papos deu comer ela e a prima dela juntas… a prima dela é ninfomaniaca… hahaha
    só que veio cheio das regras… eu não podia beijar a moça, nem chupar… por que ela sentiria “ciúmes”…
    mas quando a coisa começou a ficar séria, e a prima dela dando em cima de mim meeeesssssssmooooooo, já rolando mãos e tudo mais, minha ex pirou na hora, chorou, e o escambal…

    então, acho que nem toda fantasia é realizável… ou quando realizada, é um cadeado que arrebentamos, e que não há mais como colar…

    por exemplo… o mesmo amigo meu do swing, disse que pegou uma mulher, que gostava que mijassem em cima dela… tava lá ele, com o outro cara, tomando cerveja e mijando na moça… vai entender fantasia sexual dos outros…
    eu também tenho várias fantasias que ficam só na minha cabeça… hahaha

    já outro amigo, veio me perguntando “já deixou sua mulher lamber seu rabo ?” aí ficou aquele climinha de “ah, eu não deixo ” por parte dele… daí contei algumas coisas e tal, ele veio já confessando… “ah, eu deixei , é muito bom e tal…” hahahahahahahaa

    pelo menos pra mim, quando estou em um quarto com uma mulher, e estivermos num momento sexual bom e tal, vale tudo…

    só não vale dedo no cu, por que dedo no cu deve ser foda… hahahahahahaha.. tenho as minhas pirações com isso…

    mas, swing, como eu disse, curto e não curto…

    fora as neuras… do tipo, não sei se conseguiria comer a mulher de outro cara, com ele olhando, e socando a rola na minha mulher… EU, DANIEL, acho que eu broxo… não sei…

    ainda prefiro sexo a dois… intimidade, prazer, amor, coisas intensas…
    outra coisa, prefiro sexo com namoradas e fucking friends, que conheço bem, sei do que gostam e temos intimidade, do que com “desconhecidas”… o que curto mais no sexo, é a tal da intimidade, da pessoa estar se entregando, bla bla bla… acho importante hehe

    Não tenho nada contra quem pratica…
    da mesma forma que se lançarem um debate de legalização do aborto, ou da liberação da maconha, vai haver burburinhos, pessoas se “ofendem”, levam seu ponto de vista ao extremo, e isso, não dá… há quem goste, há quem não goste.

    ainda prefiro o tradicional.

  • Churrasquinho

    Nossa! Depois de ler o texto do Beto, fui descendo, descendo e… haja comentário.

    Isso só pode significar, independente de opinião contrária ou a favor, q o texto é um SUCESSO!

    E não poderia ser diferente. Parabéns Beto!

    Não deixarei minha opinião em relação ao assunto (embora tenha várias), pois não estou, por certo, interessado em participar de qualquer discussão. A gente vai envelhecendo, amadurecendo e descobre que desgastes desse tipo não valem à pena.

    Só passei por aqui e deixo este testemunho, para prestigiar o texto deste nobre amigo.

    Sou casado há anos. Não somos swingueiros e adoramos estes bons, bonitos e inteligentes amigos.

    Um grande abraço e um beijo para Beto e Amelie. Que vocês continuem sempre assim… felizes e presentes em nossas vidas.

    PS: Como escreve bem esse Francisco!

  • Churrasquinho

    Nossa! Depois de ler o texto do Beto, fui descendo, descendo e… haja comentário.

    Isso só pode significar, independente de opinião contrária ou a favor, q o texto é um SUCESSO!

    E não poderia ser diferente. Parabéns Beto!

    Não deixarei minha opinião em relação ao assunto (embora tenha várias), pois não estou, por certo, interessado em participar de qualquer discussão. A gente vai envelhecendo, amadurecendo e descobre que desgastes desse tipo não valem à pena.

    Só passei por aqui e deixo este testemunho, para prestigiar o texto deste nobre amigo.

    Sou casado há anos. Não somos swingueiros e adoramos estes bons, bonitos e inteligentes amigos.

    Um grande abraço e um beijo para Beto e Amelie. Que vocês continuem sempre assim… felizes e presentes em nossas vidas.

    PS: Como escreve bem esse Francisco!

  • Churrasquinho

    Nossa! Depois de ler o texto do Beto, fui descendo, descendo e… haja comentário.

    Isso só pode significar, independente de opinião contrária ou a favor, q o texto é um SUCESSO!

    E não poderia ser diferente. Parabéns Beto!

    Não deixarei minha opinião em relação ao assunto (embora tenha várias), pois não estou, por certo, interessado em participar de qualquer discussão. A gente vai envelhecendo, amadurecendo e descobre que desgastes desse tipo não valem à pena.

    Só passei por aqui e deixo este testemunho, para prestigiar o texto deste nobre amigo.

    Sou casado há anos. Não somos swingueiros e adoramos estes bons, bonitos e inteligentes amigos.

    Um grande abraço e um beijo para Beto e Amelie. Que vocês continuem sempre assim… felizes e presentes em nossas vidas.

    PS: Como escreve bem esse Francisco!

  • Irene Mara

    Aiiiiiiiiiiiii, eunãoaguentoessepovo cara de pau, que fica floriando. Swing é putaria mesmo. porque ser hipócrita e não assumir isso. Essa ESTORIA que são casais mais felizes, mais modernos,mais satisfeitos sexualmente, pois acho que são é exatamente o contrário, é só discurso….Cada um Cada um lógico, mas esses discursos…..rsrsrs

  • Irene Mara

    Aiiiiiiiiiiiii, eunãoaguentoessepovo cara de pau, que fica floriando. Swing é putaria mesmo. porque ser hipócrita e não assumir isso. Essa ESTORIA que são casais mais felizes, mais modernos,mais satisfeitos sexualmente, pois acho que são é exatamente o contrário, é só discurso….Cada um Cada um lógico, mas esses discursos…..rsrsrs

  • Irene Mara

    Aiiiiiiiiiiiii, eunãoaguentoessepovo cara de pau, que fica floriando. Swing é putaria mesmo. porque ser hipócrita e não assumir isso. Essa ESTORIA que são casais mais felizes, mais modernos,mais satisfeitos sexualmente, pois acho que são é exatamente o contrário, é só discurso….Cada um Cada um lógico, mas esses discursos…..rsrsrs

  • RM

    hahahaha… Adorei, Irene Mara! rs
    (tá, tá… podem me bater por eu gastar um post com isso, mas não podia deixar de pôr minha risadinha aqui :) )
    Beijos

  • RM

    hahahaha… Adorei, Irene Mara! rs
    (tá, tá… podem me bater por eu gastar um post com isso, mas não podia deixar de pôr minha risadinha aqui :) )
    Beijos

  • RM

    hahahaha… Adorei, Irene Mara! rs
    (tá, tá… podem me bater por eu gastar um post com isso, mas não podia deixar de pôr minha risadinha aqui :) )
    Beijos

  • http://www.faneinbox.com/ O Fanny Webber

    Segundo alguns dicionários putaria além de lugar com putas também é assunto obceno, logo swing é putaria. Agora dizer que casais não podem dizer que são felizes vivendo uma vida em meio a putaria é muito achar que se sabe tudo sobre a vida, Irene Mara.

    Que swing é um tipo de perversão e blá, ok. Não posso discordar, é! Mas isso não quer dizer que seja errado, é simples assim.

    Em todo o lugar à gente satisfeita e insatisfeita. Em um casamento pode haver um casal com satisfação plena e outro insatisfeito. Em um swing pode ter casais com idéias “modernas” (nem tanto né!) de Free Love, gente só pela putaria mesmo, gente ganhando dinheiro com isso (miches, acompanhantes), gente querendo satisfazer parceiro (difícil? nem tanto!).

    Dizer que não existe alguém feliz com a condição é muito achar que a própria felicidade é padrão à nível global, se alguns casais realmente não curtissem as idéia utópica de Swing, ele não seria difundido dessa forma.

    Tive que vir aqui e falar desses discursos nos comentários

  • http://www.faneinbox.com/ O Fanny Webber

    Segundo alguns dicionários putaria além de lugar com putas também é assunto obceno, logo swing é putaria. Agora dizer que casais não podem dizer que são felizes vivendo uma vida em meio a putaria é muito achar que se sabe tudo sobre a vida, Irene Mara.

    Que swing é um tipo de perversão e blá, ok. Não posso discordar, é! Mas isso não quer dizer que seja errado, é simples assim.

    Em todo o lugar à gente satisfeita e insatisfeita. Em um casamento pode haver um casal com satisfação plena e outro insatisfeito. Em um swing pode ter casais com idéias “modernas” (nem tanto né!) de Free Love, gente só pela putaria mesmo, gente ganhando dinheiro com isso (miches, acompanhantes), gente querendo satisfazer parceiro (difícil? nem tanto!).

    Dizer que não existe alguém feliz com a condição é muito achar que a própria felicidade é padrão à nível global, se alguns casais realmente não curtissem as idéia utópica de Swing, ele não seria difundido dessa forma.

    Tive que vir aqui e falar desses discursos nos comentários

  • Philip McCoy

    Ok, entendi.
    Eu, como bicho irracional que sou, quando não mais conseguir controlar meus impulsos sexuais e começar a trair a minha mulher, vou virar swingueiro e fazer isso na frente dela, para que não tenhamos o dito pelo não dito.

    O melhor, é que eu nunca mais vou ficar desconfiando se ela esta
    me traindo ou não….vai ser tudo as claras!

    E como traição é algo inevitável nessa vida, pois somos bichinhos e não temos nenhum controle sobre os nossos impulsos, melhor virar swingueiro de uma vez e abrir o jogo….tirar a máscara de humano e mostrar todo o nosso lado animal.

    E então, amigos, vamos marcar uma suruba? Sou solteiro, mas tenho uma boneca inflável….podem arromba-la sem dó que eu deixo. Deixo até fazer um gang bang com ela…..ela adora e já parou de chorar escondidinho no banheiro.

    bjos

  • Philip McCoy

    Ok, entendi.
    Eu, como bicho irracional que sou, quando não mais conseguir controlar meus impulsos sexuais e começar a trair a minha mulher, vou virar swingueiro e fazer isso na frente dela, para que não tenhamos o dito pelo não dito.

    O melhor, é que eu nunca mais vou ficar desconfiando se ela esta
    me traindo ou não….vai ser tudo as claras!

    E como traição é algo inevitável nessa vida, pois somos bichinhos e não temos nenhum controle sobre os nossos impulsos, melhor virar swingueiro de uma vez e abrir o jogo….tirar a máscara de humano e mostrar todo o nosso lado animal.

    E então, amigos, vamos marcar uma suruba? Sou solteiro, mas tenho uma boneca inflável….podem arromba-la sem dó que eu deixo. Deixo até fazer um gang bang com ela…..ela adora e já parou de chorar escondidinho no banheiro.

    bjos

  • http://www.faneinbox.com O Fanny Webber

    Segundo alguns dicionários putaria além de lugar com putas também é assunto obceno, logo swing é putaria. Agora dizer que casais não podem dizer que são felizes vivendo uma vida em meio a putaria é muito achar que se sabe tudo sobre a vida, Irene Mara.

    Que swing é um tipo de perversão e blá, ok. Não posso discordar, é! Mas isso não quer dizer que seja errado, é simples assim.

    Em todo o lugar à gente satisfeita e insatisfeita. Em um casamento pode haver um casal com satisfação plena e outro insatisfeito. Em um swing pode ter casais com idéias “modernas” (nem tanto né!) de Free Love, gente só pela putaria mesmo, gente ganhando dinheiro com isso (miches, acompanhantes), gente querendo satisfazer parceiro (difícil? nem tanto!).

    Dizer que não existe alguém feliz com a condição é muito achar que a própria felicidade é padrão à nível global, se alguns casais realmente não curtissem as idéia utópica de Swing, ele não seria difundido dessa forma.

    Tive que vir aqui e falar desses discursos nos comentários

  • Philip McCoy

    Ok, entendi.
    Eu, como bicho irracional que sou, quando não mais conseguir controlar meus impulsos sexuais e começar a trair a minha mulher, vou virar swingueiro e fazer isso na frente dela, para que não tenhamos o dito pelo não dito.

    O melhor, é que eu nunca mais vou ficar desconfiando se ela esta
    me traindo ou não….vai ser tudo as claras!

    E como traição é algo inevitável nessa vida, pois somos bichinhos e não temos nenhum controle sobre os nossos impulsos, melhor virar swingueiro de uma vez e abrir o jogo….tirar a máscara de humano e mostrar todo o nosso lado animal.

    E então, amigos, vamos marcar uma suruba? Sou solteiro, mas tenho uma boneca inflável….podem arromba-la sem dó que eu deixo. Deixo até fazer um gang bang com ela…..ela adora e já parou de chorar escondidinho no banheiro.

    bjos

  • RM

    Eu não sou a favor nem tampouco praticante de swing, como já mencionei anteriormente. Mas pessoal! Não vamos montar a Santa Inquisição aqui, né? Cada um age como lhe convém. Apenas manifestem sua opinião sobre o assunto! Não precisa massacrar os membros divergentes! Estou sentindo que logo logo há de se partir para (mais) agressões pessoais e isto definitivamente não é bom nem sadio.
    O Beto de fato merece os parabéns por estar aqui dividindo um pouco de sua intimidade conosco, nos contando um pouco sobre uma prática comum para certos casais. Ponto e basta. Ele não veio perguntar se concordamos ou não com a escolha que fez para sua vida e nem nos obrigar a adotar a tal prática. Acalmem-se, amigos!
    Beijos a todos.

  • RM

    Eu não sou a favor nem tampouco praticante de swing, como já mencionei anteriormente. Mas pessoal! Não vamos montar a Santa Inquisição aqui, né? Cada um age como lhe convém. Apenas manifestem sua opinião sobre o assunto! Não precisa massacrar os membros divergentes! Estou sentindo que logo logo há de se partir para (mais) agressões pessoais e isto definitivamente não é bom nem sadio.
    O Beto de fato merece os parabéns por estar aqui dividindo um pouco de sua intimidade conosco, nos contando um pouco sobre uma prática comum para certos casais. Ponto e basta. Ele não veio perguntar se concordamos ou não com a escolha que fez para sua vida e nem nos obrigar a adotar a tal prática. Acalmem-se, amigos!
    Beijos a todos.

  • RM

    Eu não sou a favor nem tampouco praticante de swing, como já mencionei anteriormente. Mas pessoal! Não vamos montar a Santa Inquisição aqui, né? Cada um age como lhe convém. Apenas manifestem sua opinião sobre o assunto! Não precisa massacrar os membros divergentes! Estou sentindo que logo logo há de se partir para (mais) agressões pessoais e isto definitivamente não é bom nem sadio.
    O Beto de fato merece os parabéns por estar aqui dividindo um pouco de sua intimidade conosco, nos contando um pouco sobre uma prática comum para certos casais. Ponto e basta. Ele não veio perguntar se concordamos ou não com a escolha que fez para sua vida e nem nos obrigar a adotar a tal prática. Acalmem-se, amigos!
    Beijos a todos.

  • RM

    Eu não sou a favor nem tampouco praticante de swing, como já mencionei anteriormente. Mas pessoal! Não vamos montar a Santa Inquisição aqui, né? Cada um age como lhe convém. Apenas manifestem sua opinião sobre o assunto! Não precisa massacrar os membros divergentes! Estou sentindo que logo logo há de se partir para (mais) agressões pessoais e isto definitivamente não é bom nem sadio.
    O Beto de fato merece os parabéns por estar aqui dividindo um pouco de sua intimidade conosco, nos contando um pouco sobre uma prática comum para certos casais. Ponto e basta. Ele não veio perguntar se concordamos ou não com a escolha que fez para sua vida e nem nos obrigar a adotar a tal prática. Acalmem-se, amigos!
    Beijos a todos.

  • Zabuza

    Eh por atitudes assim q o sexo estah banalizado, sou contra esse tipo d prazer, muitos nos post’s anteriores jah disseram algo parecido.

    Pra ser bom num precisa c com uma pessoa diferente, basta apenas vc kerer fazer a outra pessoa c sentir bem, feliz e satisfeita!!!

    C estah entrando numa rotina, a conversa eh o melhor caminho para c chegar a uma relaçaum feliz, mas q c resolva entre os dois, e naum numa bagunça onde naum c resolverah nada!

    ps. Castidade, amor, soh depois do casamento!!

  • Zabuza

    Eh por atitudes assim q o sexo estah banalizado, sou contra esse tipo d prazer, muitos nos post’s anteriores jah disseram algo parecido.

    Pra ser bom num precisa c com uma pessoa diferente, basta apenas vc kerer fazer a outra pessoa c sentir bem, feliz e satisfeita!!!

    C estah entrando numa rotina, a conversa eh o melhor caminho para c chegar a uma relaçaum feliz, mas q c resolva entre os dois, e naum numa bagunça onde naum c resolverah nada!

    ps. Castidade, amor, soh depois do casamento!!

  • Zabuza

    Eh por atitudes assim q o sexo estah banalizado, sou contra esse tipo d prazer, muitos nos post’s anteriores jah disseram algo parecido.

    Pra ser bom num precisa c com uma pessoa diferente, basta apenas vc kerer fazer a outra pessoa c sentir bem, feliz e satisfeita!!!

    C estah entrando numa rotina, a conversa eh o melhor caminho para c chegar a uma relaçaum feliz, mas q c resolva entre os dois, e naum numa bagunça onde naum c resolverah nada!

    ps. Castidade, amor, soh depois do casamento!!

  • Zabuza

    Eh por atitudes assim q o sexo estah banalizado, sou contra esse tipo d prazer, muitos nos post’s anteriores jah disseram algo parecido.

    Pra ser bom num precisa c com uma pessoa diferente, basta apenas vc kerer fazer a outra pessoa c sentir bem, feliz e satisfeita!!!

    C estah entrando numa rotina, a conversa eh o melhor caminho para c chegar a uma relaçaum feliz, mas q c resolva entre os dois, e naum numa bagunça onde naum c resolverah nada!

    ps. Castidade, amor, soh depois do casamento!!

  • http://www.clockwisemidia.com/ italo

    nossa tah parecendo minhas irmãs discutindo aqui…

    nãoo sei se vcs estão percebendo mas vcs se contradizem e estão discutindo pontos irrelevante…

    ok, ok… Swing é putaria, vicia? num sei, sei q até hj nunca viciei em cigarro… já fumei mais do 2 maços num dia e nunca me fez falta… bom se swing é como droga? vejamos … swing =Sexo + adrenalina +fantasias psicológicas… droga = químca que faz seus “neurônios” se comportarem de forma diferente do habitual, acho que eh mais o psicológico que conta…

    se você consegue viver ok; vá e faça…
    se você não conseguiriá olhar o parceiro e os ‘acompanhantes’ da mesma forma… não faça!! ai sim é errado!! errado é fazer algo q não quer pra agradar alguém…

    agora condenar qm o faça.. PELOAMORDEDEUS… caraio acho q não tem crianças no recinto… porra, não te recrimino pq vc fuma, não te recrimino pq vc faz musculação e eu não, não te recrimino pq vc gosta de pes gordinhos… pq razão, causa ou circuntâcia eu vou te recriminar pq vc curte swing?? ou pq vc eh homosexual??

    meu ultimo comentario neste post “polêmico”

  • http://www.clockwisemidia.com/ italo

    nossa tah parecendo minhas irmãs discutindo aqui…

    nãoo sei se vcs estão percebendo mas vcs se contradizem e estão discutindo pontos irrelevante…

    ok, ok… Swing é putaria, vicia? num sei, sei q até hj nunca viciei em cigarro… já fumei mais do 2 maços num dia e nunca me fez falta… bom se swing é como droga? vejamos … swing =Sexo + adrenalina +fantasias psicológicas… droga = químca que faz seus “neurônios” se comportarem de forma diferente do habitual, acho que eh mais o psicológico que conta…

    se você consegue viver ok; vá e faça…
    se você não conseguiriá olhar o parceiro e os ‘acompanhantes’ da mesma forma… não faça!! ai sim é errado!! errado é fazer algo q não quer pra agradar alguém…

    agora condenar qm o faça.. PELOAMORDEDEUS… caraio acho q não tem crianças no recinto… porra, não te recrimino pq vc fuma, não te recrimino pq vc faz musculação e eu não, não te recrimino pq vc gosta de pes gordinhos… pq razão, causa ou circuntâcia eu vou te recriminar pq vc curte swing?? ou pq vc eh homosexual??

    meu ultimo comentario neste post “polêmico”

  • http://www.clockwisemidia.com/ italo

    nossa tah parecendo minhas irmãs discutindo aqui…

    nãoo sei se vcs estão percebendo mas vcs se contradizem e estão discutindo pontos irrelevante…

    ok, ok… Swing é putaria, vicia? num sei, sei q até hj nunca viciei em cigarro… já fumei mais do 2 maços num dia e nunca me fez falta… bom se swing é como droga? vejamos … swing =Sexo + adrenalina +fantasias psicológicas… droga = químca que faz seus “neurônios” se comportarem de forma diferente do habitual, acho que eh mais o psicológico que conta…

    se você consegue viver ok; vá e faça…
    se você não conseguiriá olhar o parceiro e os ‘acompanhantes’ da mesma forma… não faça!! ai sim é errado!! errado é fazer algo q não quer pra agradar alguém…

    agora condenar qm o faça.. PELOAMORDEDEUS… caraio acho q não tem crianças no recinto… porra, não te recrimino pq vc fuma, não te recrimino pq vc faz musculação e eu não, não te recrimino pq vc gosta de pes gordinhos… pq razão, causa ou circuntâcia eu vou te recriminar pq vc curte swing?? ou pq vc eh homosexual??

    meu ultimo comentario neste post “polêmico”

  • http://www.clockwisemidia.com italo

    nossa tah parecendo minhas irmãs discutindo aqui…

    nãoo sei se vcs estão percebendo mas vcs se contradizem e estão discutindo pontos irrelevante…

    ok, ok… Swing é putaria, vicia? num sei, sei q até hj nunca viciei em cigarro… já fumei mais do 2 maços num dia e nunca me fez falta… bom se swing é como droga? vejamos … swing =Sexo + adrenalina +fantasias psicológicas… droga = químca que faz seus “neurônios” se comportarem de forma diferente do habitual, acho que eh mais o psicológico que conta…

    se você consegue viver ok; vá e faça…
    se você não conseguiriá olhar o parceiro e os ‘acompanhantes’ da mesma forma… não faça!! ai sim é errado!! errado é fazer algo q não quer pra agradar alguém…

    agora condenar qm o faça.. PELOAMORDEDEUS… caraio acho q não tem crianças no recinto… porra, não te recrimino pq vc fuma, não te recrimino pq vc faz musculação e eu não, não te recrimino pq vc gosta de pes gordinhos… pq razão, causa ou circuntâcia eu vou te recriminar pq vc curte swing?? ou pq vc eh homosexual??

    meu ultimo comentario neste post “polêmico”

  • Philip McCoy

    Meu comentário foi em tom irônico, porque acho simplesmente ridículo esse papo de que traição é algo inevitável. Como assim???
    Não é porque todos os seus amigos traem, e discutem isso com você na roda de chopp, que você deve considerar isso como algo natural do homem. Pode até ser normal no seu meio, mas não é o natural.

    O que nos difere dos animais é a nossa capacidade de ter controle sobre os nossos impulsos e poder escolher o que quero ou não fazer. Quer fazer swing? Lindo, vai trepar ate cansar e se dar bem (em partes….) ……. mas não fale que foi pro swing porque é natural trair…..é algo que não tem como evitar….balela.

  • Philip McCoy

    Meu comentário foi em tom irônico, porque acho simplesmente ridículo esse papo de que traição é algo inevitável. Como assim???
    Não é porque todos os seus amigos traem, e discutem isso com você na roda de chopp, que você deve considerar isso como algo natural do homem. Pode até ser normal no seu meio, mas não é o natural.

    O que nos difere dos animais é a nossa capacidade de ter controle sobre os nossos impulsos e poder escolher o que quero ou não fazer. Quer fazer swing? Lindo, vai trepar ate cansar e se dar bem (em partes….) ……. mas não fale que foi pro swing porque é natural trair…..é algo que não tem como evitar….balela.

  • Philip McCoy

    Meu comentário foi em tom irônico, porque acho simplesmente ridículo esse papo de que traição é algo inevitável. Como assim???
    Não é porque todos os seus amigos traem, e discutem isso com você na roda de chopp, que você deve considerar isso como algo natural do homem. Pode até ser normal no seu meio, mas não é o natural.

    O que nos difere dos animais é a nossa capacidade de ter controle sobre os nossos impulsos e poder escolher o que quero ou não fazer. Quer fazer swing? Lindo, vai trepar ate cansar e se dar bem (em partes….) ……. mas não fale que foi pro swing porque é natural trair…..é algo que não tem como evitar….balela.

  • Philip McCoy

    Meu comentário foi em tom irônico, porque acho simplesmente ridículo esse papo de que traição é algo inevitável. Como assim???
    Não é porque todos os seus amigos traem, e discutem isso com você na roda de chopp, que você deve considerar isso como algo natural do homem. Pode até ser normal no seu meio, mas não é o natural.

    O que nos difere dos animais é a nossa capacidade de ter controle sobre os nossos impulsos e poder escolher o que quero ou não fazer. Quer fazer swing? Lindo, vai trepar ate cansar e se dar bem (em partes….) ……. mas não fale que foi pro swing porque é natural trair…..é algo que não tem como evitar….balela.

  • Irene Mara

    hahahaha….”.somos bichinhos e não temos nenhum controle sobre os nossos impulsos” o que é isso???????????????????? tem cada uma, que é inacreditável !!!!
    .Fanny – Eu tenho certeza que não conheço tudo sobre a vida. Mas sei separar joio do trigo. Os valores hoje estão inversos e defasados. Não estou criticando quem faça ( problema d cada um ) estou mencionando que esse é mais um entre muitos casos idênticos tipo: posar nua pára revista pornográfica e chamar de” trabalho artístico “, fazer strep. e se intitular” bailarina” e por aí vai….E não acredito mesmo que essas pessoas são felizes.

  • Irene Mara

    hahahaha….”.somos bichinhos e não temos nenhum controle sobre os nossos impulsos” o que é isso???????????????????? tem cada uma, que é inacreditável !!!!
    .Fanny – Eu tenho certeza que não conheço tudo sobre a vida. Mas sei separar joio do trigo. Os valores hoje estão inversos e defasados. Não estou criticando quem faça ( problema d cada um ) estou mencionando que esse é mais um entre muitos casos idênticos tipo: posar nua pára revista pornográfica e chamar de” trabalho artístico “, fazer strep. e se intitular” bailarina” e por aí vai….E não acredito mesmo que essas pessoas são felizes.

  • Irene Mara

    hahahaha….”.somos bichinhos e não temos nenhum controle sobre os nossos impulsos” o que é isso???????????????????? tem cada uma, que é inacreditável !!!!
    .Fanny – Eu tenho certeza que não conheço tudo sobre a vida. Mas sei separar joio do trigo. Os valores hoje estão inversos e defasados. Não estou criticando quem faça ( problema d cada um ) estou mencionando que esse é mais um entre muitos casos idênticos tipo: posar nua pára revista pornográfica e chamar de” trabalho artístico “, fazer strep. e se intitular” bailarina” e por aí vai….E não acredito mesmo que essas pessoas são felizes.

  • Irene Mara

    hahahaha….”.somos bichinhos e não temos nenhum controle sobre os nossos impulsos” o que é isso???????????????????? tem cada uma, que é inacreditável !!!!
    .Fanny – Eu tenho certeza que não conheço tudo sobre a vida. Mas sei separar joio do trigo. Os valores hoje estão inversos e defasados. Não estou criticando quem faça ( problema d cada um ) estou mencionando que esse é mais um entre muitos casos idênticos tipo: posar nua pára revista pornográfica e chamar de” trabalho artístico “, fazer strep. e se intitular” bailarina” e por aí vai….E não acredito mesmo que essas pessoas são felizes.

  • Zabuza

    Reiterando:

    Vivo a castidade!! Amor soh depois do casamento

  • Zabuza

    Reiterando:

    Vivo a castidade!! Amor soh depois do casamento

  • Zabuza

    Reiterando:

    Vivo a castidade!! Amor soh depois do casamento

  • Zabuza

    Reiterando:

    Vivo a castidade!! Amor soh depois do casamento

  • http://purrinhola.zip.net/ andré

    Descontruir preconceitos, pensar diferente da criação e educação que temos, amar o outro de um tanto que permita conceder a ele prazeres inimagináveis, conversar, compreender, se descobrir, se respeitar, enfim, pelo pouco que sei sobre swing, isso pra mim é o supra-sumo de humanidade. Talvez se todos amássemos o próximo dessa forma esse mundo não seria esse mundo…

  • http://purrinhola.zip.net/ andré

    Descontruir preconceitos, pensar diferente da criação e educação que temos, amar o outro de um tanto que permita conceder a ele prazeres inimagináveis, conversar, compreender, se descobrir, se respeitar, enfim, pelo pouco que sei sobre swing, isso pra mim é o supra-sumo de humanidade. Talvez se todos amássemos o próximo dessa forma esse mundo não seria esse mundo…

  • http://purrinhola.zip.net/ andré

    Descontruir preconceitos, pensar diferente da criação e educação que temos, amar o outro de um tanto que permita conceder a ele prazeres inimagináveis, conversar, compreender, se descobrir, se respeitar, enfim, pelo pouco que sei sobre swing, isso pra mim é o supra-sumo de humanidade. Talvez se todos amássemos o próximo dessa forma esse mundo não seria esse mundo…

  • http://purrinhola.zip.net andré

    Descontruir preconceitos, pensar diferente da criação e educação que temos, amar o outro de um tanto que permita conceder a ele prazeres inimagináveis, conversar, compreender, se descobrir, se respeitar, enfim, pelo pouco que sei sobre swing, isso pra mim é o supra-sumo de humanidade. Talvez se todos amássemos o próximo dessa forma esse mundo não seria esse mundo…

  • RM

    Resumindo, Swing é uma maneira de trair com consentimento do parceiro. Assim, “descaracteriza-se” a traição, uma vez que teu companheiro sabe, vê, presencia e participa do momento. Aí a consciência de ambos fica tranquila e podem considerar-se fiéis.
    Pra mim, não dá.
    Bjs. ;)

  • RM

    Resumindo, Swing é uma maneira de trair com consentimento do parceiro. Assim, “descaracteriza-se” a traição, uma vez que teu companheiro sabe, vê, presencia e participa do momento. Aí a consciência de ambos fica tranquila e podem considerar-se fiéis.
    Pra mim, não dá.
    Bjs. ;)

  • RM

    Resumindo, Swing é uma maneira de trair com consentimento do parceiro. Assim, “descaracteriza-se” a traição, uma vez que teu companheiro sabe, vê, presencia e participa do momento. Aí a consciência de ambos fica tranquila e podem considerar-se fiéis.
    Pra mim, não dá.
    Bjs. ;)

  • RM

    Resumindo, Swing é uma maneira de trair com consentimento do parceiro. Assim, “descaracteriza-se” a traição, uma vez que teu companheiro sabe, vê, presencia e participa do momento. Aí a consciência de ambos fica tranquila e podem considerar-se fiéis.
    Pra mim, não dá.
    Bjs. ;)

  • Anderson

    Adoramos a matéria!
    Lendo os comentários, é obvio que surgiria os mais diversos comentários, seja de alguém do meio “swinger” ou não.
    Independentemente do que cada um pensa, devemos deixar claro uma coisa aqui, ou pelo menos por a pulga atrás da orelha de alguns comentários que ao meu ver foram no mínimo maldosos: “Será que corno é aquele cara que sai com sua esposa e em comum acordo fazêm um ménage masculino ou uma troca de casais? Ou será que corno é aquele cara que acredita piamente em sua mulher e ao sair pra trabalhar, ela recebe o Ricardão em casa?
    Ser corno, ser traído, levar bola nas costas, ou seja lá qual nome queira dar, só ocorre quando a outra parte não tem ciência do que seu parceiro faz quando não está contigo!
    Betão, parabéns pela matéria, o meio swinger é exatamente da forma como foi colocado por vc!
    Abração do Anderson e Beijão da Paty (sem neuras…kkk)

  • Anderson

    Adoramos a matéria!
    Lendo os comentários, é obvio que surgiria os mais diversos comentários, seja de alguém do meio “swinger” ou não.
    Independentemente do que cada um pensa, devemos deixar claro uma coisa aqui, ou pelo menos por a pulga atrás da orelha de alguns comentários que ao meu ver foram no mínimo maldosos: “Será que corno é aquele cara que sai com sua esposa e em comum acordo fazêm um ménage masculino ou uma troca de casais? Ou será que corno é aquele cara que acredita piamente em sua mulher e ao sair pra trabalhar, ela recebe o Ricardão em casa?
    Ser corno, ser traído, levar bola nas costas, ou seja lá qual nome queira dar, só ocorre quando a outra parte não tem ciência do que seu parceiro faz quando não está contigo!
    Betão, parabéns pela matéria, o meio swinger é exatamente da forma como foi colocado por vc!
    Abração do Anderson e Beijão da Paty (sem neuras…kkk)

  • Roberta

    Vou roubar um trecho do comentário d’O Fanny: Dizer que não existe alguém feliz com a condição é muito achar que a própria felicidade é padrão à nível global, se alguns casais realmente não curtissem as idéia utópica de Swing, ele não seria difundido dessa forma.

    Ah, q bom q o Philip McCoy veio aqui se explicar, pq eu ñ tinha sacado a ironia uhsaauh. Concordo com vc!

  • Roberta

    Vou roubar um trecho do comentário d’O Fanny: Dizer que não existe alguém feliz com a condição é muito achar que a própria felicidade é padrão à nível global, se alguns casais realmente não curtissem as idéia utópica de Swing, ele não seria difundido dessa forma.

    Ah, q bom q o Philip McCoy veio aqui se explicar, pq eu ñ tinha sacado a ironia uhsaauh. Concordo com vc!

  • Irene Mara

    Realmente – conceito de felicidade é único e não global. Mas até onde sei, nunca vi putaria trazer felicidades…..rsrsrsrs

  • Irene Mara

    Realmente – conceito de felicidade é único e não global. Mas até onde sei, nunca vi putaria trazer felicidades…..rsrsrsrs

  • http://blogdolua.com Marcos Bonilha

    Ah vá, pelo simples fato do conceito de felicidade ser único, é possível a putaria trazer felicidade para alguns. hehehehe

  • http://blogdolua.com/ Marcos Bonilha

    Ah vá, pelo simples fato do conceito de felicidade ser único, é possível a putaria trazer felicidade para alguns. hehehehe

  • http://www.faneinbox.com/ O Fanny Webber

    Irene, ao meu ver felicidade não é um conceito único e muito menos global.

    Felicidade pode estar ligada ao prazer, logo putaria trazendo prazer pode trazer felicidade.

    É fácil não ver putaria trazer felicidades: não participe, não veja e tenha conceitos pré-formados.

  • http://www.faneinbox.com O Fanny Webber

    Irene, ao meu ver felicidade não é um conceito único e muito menos global.

    Felicidade pode estar ligada ao prazer, logo putaria trazendo prazer pode trazer felicidade.

    É fácil não ver putaria trazer felicidades: não participe, não veja e tenha conceitos pré-formados.

  • Irene Mara

    ´hehehhe é verdade Marcos. Tem gente que usa droga e se sente feliz, tem gente que acha que suicídio tb é uma forma de entrar nos portões da felicidades….rsrsrsrs

  • Irene Mara

    ´hehehhe é verdade Marcos. Tem gente que usa droga e se sente feliz, tem gente que acha que suicídio tb é uma forma de entrar nos portões da felicidades….rsrsrsrs

  • http://verdeolhardejade.blogspot.com/ J@de

    DaneDane, já comentei uai!! Agora tô comentando de novo!! hehehehe!!

    Lucas, generalizar nunca, vc me conhece!! O comentário foi baseado em observação e vivência próprias!! Conheço homens e mulheres desencanados, mas infelizmente conheço muito mais pessoas preconceituosas e machistas.

    O assunto é polêmico, porque é uma situação que interessa a pouca gente, está fora dos padrões sociais, mas se o casal age de comum acordo, quem somos nós prá julgar?? Não existe verdade absoluta!!

    Gosto de uma frase, acho que é de Voltaire: “não concordo com uma palavra do que dizeis, mas irei até o inferno por seu direito dizê-la”.

    Respeito para mim é um conceito muito amplo. Não se resume apenas a sexo. “Ah eu respeito muito minha mulher, nunca que eu vou comer o cu dela, prá isso eu pago uma puta!!” “Ah eu respeito meu marido, imagina se eu vou dar prá outro”

    Muitas vezes essa pessoa trata seu parceiro feito lixo, sem consideração, sem carinho, sem amor, sem atenção, isso é respeito??

    Beijos!!

  • http://verdeolhardejade.blogspot.com J@de

    DaneDane, já comentei uai!! Agora tô comentando de novo!! hehehehe!!

    Lucas, generalizar nunca, vc me conhece!! O comentário foi baseado em observação e vivência próprias!! Conheço homens e mulheres desencanados, mas infelizmente conheço muito mais pessoas preconceituosas e machistas.

    O assunto é polêmico, porque é uma situação que interessa a pouca gente, está fora dos padrões sociais, mas se o casal age de comum acordo, quem somos nós prá julgar?? Não existe verdade absoluta!!

    Gosto de uma frase, acho que é de Voltaire: “não concordo com uma palavra do que dizeis, mas irei até o inferno por seu direito dizê-la”.

    Respeito para mim é um conceito muito amplo. Não se resume apenas a sexo. “Ah eu respeito muito minha mulher, nunca que eu vou comer o cu dela, prá isso eu pago uma puta!!” “Ah eu respeito meu marido, imagina se eu vou dar prá outro”

    Muitas vezes essa pessoa trata seu parceiro feito lixo, sem consideração, sem carinho, sem amor, sem atenção, isso é respeito??

    Beijos!!

  • http://www.reporternet.jor.br/ João S Magalhães

    Demais!

    Abs

  • http://www.reporternet.jor.br João S Magalhães

    Demais!

    Abs

  • Roberta

    Aê J@de, disse tudooooo!!!

    Irene, acredito q pra algumas pessoas a putaria traz felicidade sim. Pra mim ñ. Mas cada um é feliz à sua maneira, ué. O mundo seria chato demais se todos pensassem e agissem da mesma maneira, ñ acha?

  • Roberta

    Aê J@de, disse tudooooo!!!

    Irene, acredito q pra algumas pessoas a putaria traz felicidade sim. Pra mim ñ. Mas cada um é feliz à sua maneira, ué. O mundo seria chato demais se todos pensassem e agissem da mesma maneira, ñ acha?

  • Enéias

    “…Não existe verdade absoluta!!”

    Você está absolutamente certa disso? E essa “verdade” é absoluta ou relativa?

    Sua afirmação se anula nela mesma….

    É impressionante como as pessoas ficam repetindo essa e outras frases do tipo, sem perceber que elas são totalmente vazias de qualquer significado…

  • Enéias

    “…Não existe verdade absoluta!!”

    Você está absolutamente certa disso? E essa “verdade” é absoluta ou relativa?

    Sua afirmação se anula nela mesma….

    É impressionante como as pessoas ficam repetindo essa e outras frases do tipo, sem perceber que elas são totalmente vazias de qualquer significado…

  • http://showdobob.blogspot.com/ Lucas

    J@de, pessoas assim tem mais é que se f** mesmo, a única pessoa com quem tu pode fazer putaria é tua mulher, tem gente que até leva para dar pra outro, acredita? (rsrsrs).
    Ta, brincadeiras a parte:

    “Gosto de uma frase, acho que é de Voltaire: “não concordo com uma palavra do que dizeis, mas irei até o inferno por seu direito dizê-la”.

    Esse Voltaire era uma BIXONA!

    HAUhau, brincadeira…

    Abraço.

  • http://showdobob.blogspot.com Lucas

    J@de, pessoas assim tem mais é que se f** mesmo, a única pessoa com quem tu pode fazer putaria é tua mulher, tem gente que até leva para dar pra outro, acredita? (rsrsrs).
    Ta, brincadeiras a parte:

    “Gosto de uma frase, acho que é de Voltaire: “não concordo com uma palavra do que dizeis, mas irei até o inferno por seu direito dizê-la”.

    Esse Voltaire era uma BIXONA!

    HAUhau, brincadeira…

    Abraço.

  • Nanda

    O que é traição? Traição refere-se à quebra de um acordo preestabelecido entre partes.

    Questiono-me, então, onde encontro a traição num acordo que foi definido anteriormente pelo o casal?

    Chego à conclusão que ela somente existe sob o ponto de vista de nossa sociedade – que não tem nada a ver com a vida privada deste casal (se eles mantiverem suas práticas em lugares privados).

    Em algumas sociedades antigas e atuais são permitidas as relações poligâmicas; nelas, provavelmente, nós somos “esquisitos”.

    Agora, se me perguntarem, qual tipo de relação é melhor ou pior, penso q não há sobreposição. O q é valido para um, pode vir a ser um desastre para outro. Escolham a opção que melhor lhe convierem.

    Concordo com o Beto quando ele compara o swing a um esporte radical.

    Nele você terá momentos de extremo tesão e será obrigado a assumir os riscos; estando consciente de que, invariavelmente, você pode se machucar. E deverá ter maturidade suficiente para cuidar das possíveis feridas – suas e de sua esposa/marido.

    É vital ter em mente q o mais importante é a relação e o bem do casal. E, para isto, é preciso muitas doses de SINCERIDADE, COMUNICAÇÃO e nunca ter medo de expor suas incertezas.

    Tá em dúvida? Não faça. Seu marido/esposa está inseguro? Respeite.

    Aprendam a respeitar, honestamente, os limites do outro (seu par) e, principalmente, seus limites. Não adianta vocês permitirem algo que gerará incertezas no coração de um ou de ambos.

    Agora, pintou a curiosidade e vocês estão em comum acordo. Visitem uma casa de swing e apenas olhem suas várias nuances. Discutam o assunto e descubram o que lhes excitam e quais serão os seus limites.

    Beijos de uma amiga não swinger deste casal adorável Beto e Amelie

  • Nanda

    O que é traição? Traição refere-se à quebra de um acordo preestabelecido entre partes.

    Questiono-me, então, onde encontro a traição num acordo que foi definido anteriormente pelo o casal?

    Chego à conclusão que ela somente existe sob o ponto de vista de nossa sociedade – que não tem nada a ver com a vida privada deste casal (se eles mantiverem suas práticas em lugares privados).

    Em algumas sociedades antigas e atuais são permitidas as relações poligâmicas; nelas, provavelmente, nós somos “esquisitos”.

    Agora, se me perguntarem, qual tipo de relação é melhor ou pior, penso q não há sobreposição. O q é valido para um, pode vir a ser um desastre para outro. Escolham a opção que melhor lhe convierem.

    Concordo com o Beto quando ele compara o swing a um esporte radical.

    Nele você terá momentos de extremo tesão e será obrigado a assumir os riscos; estando consciente de que, invariavelmente, você pode se machucar. E deverá ter maturidade suficiente para cuidar das possíveis feridas – suas e de sua esposa/marido.

    É vital ter em mente q o mais importante é a relação e o bem do casal. E, para isto, é preciso muitas doses de SINCERIDADE, COMUNICAÇÃO e nunca ter medo de expor suas incertezas.

    Tá em dúvida? Não faça. Seu marido/esposa está inseguro? Respeite.

    Aprendam a respeitar, honestamente, os limites do outro (seu par) e, principalmente, seus limites. Não adianta vocês permitirem algo que gerará incertezas no coração de um ou de ambos.

    Agora, pintou a curiosidade e vocês estão em comum acordo. Visitem uma casa de swing e apenas olhem suas várias nuances. Discutam o assunto e descubram o que lhes excitam e quais serão os seus limites.

    Beijos de uma amiga não swinger deste casal adorável Beto e Amelie

  • Marcelo

    Galera,

    Na boa… o machismo já caiu por água há muito tempo… Machista demais essa posição de muitos casais que vemos por ai em que o homem e a mulher plantam-se de casal-padrão à frente da sociedade, e por trás temos uma relação falsa e fraca, onde o marido tem um dia na semana que sai para beber com os amigos e termina a noite num puteiro enquanto que a esposa tem um amante na academia ou no escritório. Depois juntos, esta tudo bem, quase não fazem amor…

    E de boa, quantos casais amigos, que entitulamos como “Preto-e-Branco” não tem uma vida assim, pior ainda, é ver o orgulho com que o marido conta as proezas no puteiro… Ainda tá correndo risco de levar doença pra esposa…

    Nós, que nos entitulamos “coloridos” não fazemos nada às escondidas… desde que entramos pro meio, a coisa de 1 ano atrás, até hoje, nossa relação tem ficado cada vez mais forte. Não brigamos, não há espaço para falsidade nem para segredos, o sexo entre nós dois tem ficado cada dia mais gostoso, e nossa saúde como um todo melhorou muito (por que nos expomos à um ambiente de sedução e paquera, e cuidar da saúde mental e física é importante).

    Dizemos, sem medo de errar, que em nosso relacionamento, de mais de 5 anos, nunca estivemos tão unidos e tão felizes…

    E quanto à putaria… as vezes a gente faz com alguns casais amigos, as vezes com alguns solteiros e solteiras amigas, mas a grande maioria das vezes fazemos entre nós… e todas estas, são deliciosas…. a diferença é que quando fazemos entre amigos é sexo e diversão, quando fazemos entre nós, é sexo e amor, muito amor.

    Beijos carinhosos, safados e livres de preconceitos

    Kasal GaMa
    Gabi e Marcelo

  • Marcelo

    Galera,

    Na boa… o machismo já caiu por água há muito tempo… Machista demais essa posição de muitos casais que vemos por ai em que o homem e a mulher plantam-se de casal-padrão à frente da sociedade, e por trás temos uma relação falsa e fraca, onde o marido tem um dia na semana que sai para beber com os amigos e termina a noite num puteiro enquanto que a esposa tem um amante na academia ou no escritório. Depois juntos, esta tudo bem, quase não fazem amor…

    E de boa, quantos casais amigos, que entitulamos como “Preto-e-Branco” não tem uma vida assim, pior ainda, é ver o orgulho com que o marido conta as proezas no puteiro… Ainda tá correndo risco de levar doença pra esposa…

    Nós, que nos entitulamos “coloridos” não fazemos nada às escondidas… desde que entramos pro meio, a coisa de 1 ano atrás, até hoje, nossa relação tem ficado cada vez mais forte. Não brigamos, não há espaço para falsidade nem para segredos, o sexo entre nós dois tem ficado cada dia mais gostoso, e nossa saúde como um todo melhorou muito (por que nos expomos à um ambiente de sedução e paquera, e cuidar da saúde mental e física é importante).

    Dizemos, sem medo de errar, que em nosso relacionamento, de mais de 5 anos, nunca estivemos tão unidos e tão felizes…

    E quanto à putaria… as vezes a gente faz com alguns casais amigos, as vezes com alguns solteiros e solteiras amigas, mas a grande maioria das vezes fazemos entre nós… e todas estas, são deliciosas…. a diferença é que quando fazemos entre amigos é sexo e diversão, quando fazemos entre nós, é sexo e amor, muito amor.

    Beijos carinhosos, safados e livres de preconceitos

    Kasal GaMa
    Gabi e Marcelo

  • Lonly_DF

    Ótimo post, eu qdo era casado, era do meio swinger.
    Separamos por motivos que não tem nada haver com swing e se brincar, daqui um tempo eu e ela estamos indo a festas liberais novamente.

    Todos os meus amigos são swingers, eu vivo o meio swinger sempre que posso e por opção estou afastado das festas.

    Sempre aconselhei a quem tem curiosidade para experimentar, mas é bom saber que pode dar tudo errado.

    Mas eu concordo com o post, vale o investimento!

  • Lonly_DF

    Ótimo post, eu qdo era casado, era do meio swinger.
    Separamos por motivos que não tem nada haver com swing e se brincar, daqui um tempo eu e ela estamos indo a festas liberais novamente.

    Todos os meus amigos são swingers, eu vivo o meio swinger sempre que posso e por opção estou afastado das festas.

    Sempre aconselhei a quem tem curiosidade para experimentar, mas é bom saber que pode dar tudo errado.

    Mas eu concordo com o post, vale o investimento!

  • Bianca

    Eu vim aqui para participar de uma discussão sobre swing, mas não vou perder meu tempo. Aqui não há ninguém (tirando poucos) que queira realmente discutir este assunto. Muita ironia, hipocrisia e falta de respeito.

    Vocês, pessoas contra o modo de vida swinger, devo-lhes meus parabéns, o discurso de vcs é lindo, maravilhoso, impecável e racional. Acho que devo me jogar da ponte por ser swinger. Pena que tudo que dizem é historinha para boi dormir… O que li aqui me lembra aqueles padres pedófilos. Bom de discurso, mas a prática…….

    Li em algum lugar aí em cima que como podemos nos esconder atrás de máscaras e siglas. Respondo: Por causa de pessoas como vc. De pessoas como Hitler (citado aqui tb), preconceituosas e sem a menor empatia pelo próximo.

    Li desta mesma pessoa se nós temos filhos. Sim, temos. Somos normais como você.

    Li ainda desta pessoa que ela não gostaria de ficar sabendo que sua mãe dava para o amigo do seu pai e vice-versa. Sim, sinto informar que a senhora sua mãe fazia sexo e gostava. Ela é normal como você.

    Esta mesma figura disse ainda: Opiniões divergentes à parte o que importa é que vocês são felizes e respeito isso.

    E finaliza: Boa putaria a todos, ops, troca de casais, ou chifrada coletiva consensual, amor em massa, ou coisas por tabelas ah não sei como definir isso.

    Isso é respeito? Ou apenas o discurso é respeitoso? Pareceu a alguém aqui que ele respeitou quem não pensa como ele???

    Cresçam e amadureçam. Escute quem é diferente de você, pois um dia o diferente será você.

    Beto, ótimo post.

    Beijinhos

    Bianca – Casal RuBi
    Casal praticante do swing, feliz e com filhos.

    • Andreia

      Meus parabéns ao Casal RuBi.
      Adorei !!!

  • Bianca

    Eu vim aqui para participar de uma discussão sobre swing, mas não vou perder meu tempo. Aqui não há ninguém (tirando poucos) que queira realmente discutir este assunto. Muita ironia, hipocrisia e falta de respeito.

    Vocês, pessoas contra o modo de vida swinger, devo-lhes meus parabéns, o discurso de vcs é lindo, maravilhoso, impecável e racional. Acho que devo me jogar da ponte por ser swinger. Pena que tudo que dizem é historinha para boi dormir… O que li aqui me lembra aqueles padres pedófilos. Bom de discurso, mas a prática…….

    Li em algum lugar aí em cima que como podemos nos esconder atrás de máscaras e siglas. Respondo: Por causa de pessoas como vc. De pessoas como Hitler (citado aqui tb), preconceituosas e sem a menor empatia pelo próximo.

    Li desta mesma pessoa se nós temos filhos. Sim, temos. Somos normais como você.

    Li ainda desta pessoa que ela não gostaria de ficar sabendo que sua mãe dava para o amigo do seu pai e vice-versa. Sim, sinto informar que a senhora sua mãe fazia sexo e gostava. Ela é normal como você.

    Esta mesma figura disse ainda: Opiniões divergentes à parte o que importa é que vocês são felizes e respeito isso.

    E finaliza: Boa putaria a todos, ops, troca de casais, ou chifrada coletiva consensual, amor em massa, ou coisas por tabelas ah não sei como definir isso.

    Isso é respeito? Ou apenas o discurso é respeitoso? Pareceu a alguém aqui que ele respeitou quem não pensa como ele???

    Cresçam e amadureçam. Escute quem é diferente de você, pois um dia o diferente será você.

    Beto, ótimo post.

    Beijinhos

    Bianca – Casal RuBi
    Casal praticante do swing, feliz e com filhos.

  • http://eugostodeumacoisaerrada.wordpress.com/ Rachel

    Eu tenho uma dúvida que acho que ainda não foi debatida aqui Infelizmente não tô conseguindo acompanhar os comentários na mesma rapidez com que estão surgindo, por isso se estiver repetindo, só apontem em qual comment o assunto foi abordado.

    Como fica a questão da camisinha durante o swing? Todo mundo usa de boa, certinho, ou rola uma resistência? E tem mesinhas de canto com montes de camisinhas dando sopa, pra quem quiser pegar num momento de necessidade??

    Valeuziss..

  • http://eugostodeumacoisaerrada.wordpress.com Rachel

    Eu tenho uma dúvida que acho que ainda não foi debatida aqui Infelizmente não tô conseguindo acompanhar os comentários na mesma rapidez com que estão surgindo, por isso se estiver repetindo, só apontem em qual comment o assunto foi abordado.

    Como fica a questão da camisinha durante o swing? Todo mundo usa de boa, certinho, ou rola uma resistência? E tem mesinhas de canto com montes de camisinhas dando sopa, pra quem quiser pegar num momento de necessidade??

    Valeuziss..

  • Olocomeu

    Quando ver que não está só na satisfação carnal o caminho, no meio dessa devassidão, depois não venha chorar.
    É o que eu acho.

    Pra mim, é só a repetição dos fatos que ocorriam em Roma e ajudou a degenerar seus habitantes.

  • Olocomeu

    Quando ver que não está só na satisfação carnal o caminho, no meio dessa devassidão, depois não venha chorar.
    É o que eu acho.

    Pra mim, é só a repetição dos fatos que ocorriam em Roma e ajudou a degenerar seus habitantes.

  • Marcelo

    Rachel,

    Camisinha cada uma leva a sua…. estão à venda nas casas de swing e claro, nas festinhas particulares, a gente deixa ali, à mão…

    E não é pouca… vai trocar de parceira, troca camisinha, vai trocar de lado, troca a camisinha…

    Se vier um ou outro falando que não quer usar camisinha, de boa… tá fora… sem camisinha só entre nós mesmo, e pq ela faz uso de anticoncepcional e ambos fazemos exames periódicos para ver se está tudo bem quanto à doenças (já faziamos isso antes mesmo de entrarmos pro meio)…

    Olocomeu

    Quem disse que Roma teve seus habitantes degenerados a partir destes “fatos” ? A sociedade grega como um todo durou muito tempo e as pessoas tinham como simbolo de status a quantidade de parceiros sexuais, que na época podiam ser homens e mulheres sem vínculos entre si.

    E o meio swinger não está MESMO só na satisfação carnal… Qualquer amizade entre pessoas do meio é mais gostosa, leve e sadia que outras amizades, puramente pelo fato de não termos preconceitos e não sermos hipócritas…

    Beijos e abraços carinhosos, sem preconceitos, sem hipocrisisa!

    Kasal GaMa
    Gabi e Marcelo

  • Marcelo

    Rachel,

    Camisinha cada uma leva a sua…. estão à venda nas casas de swing e claro, nas festinhas particulares, a gente deixa ali, à mão…

    E não é pouca… vai trocar de parceira, troca camisinha, vai trocar de lado, troca a camisinha…

    Se vier um ou outro falando que não quer usar camisinha, de boa… tá fora… sem camisinha só entre nós mesmo, e pq ela faz uso de anticoncepcional e ambos fazemos exames periódicos para ver se está tudo bem quanto à doenças (já faziamos isso antes mesmo de entrarmos pro meio)…

    Olocomeu

    Quem disse que Roma teve seus habitantes degenerados a partir destes “fatos” ? A sociedade grega como um todo durou muito tempo e as pessoas tinham como simbolo de status a quantidade de parceiros sexuais, que na época podiam ser homens e mulheres sem vínculos entre si.

    E o meio swinger não está MESMO só na satisfação carnal… Qualquer amizade entre pessoas do meio é mais gostosa, leve e sadia que outras amizades, puramente pelo fato de não termos preconceitos e não sermos hipócritas…

    Beijos e abraços carinhosos, sem preconceitos, sem hipocrisisa!

    Kasal GaMa
    Gabi e Marcelo

  • Rafael

    Eu valorizo que cada um se satizfaça do modo que bem entender, desvalorizo essa regra, essa ilusao de dizer oq é certo ou oq é errado nesse assunto, a igreja mto menos a sociedade, tem esse dever nesse assunto, as pessoas q dizem ser contra com todo esse preconceito, meus lamentos, bizarro nao é fazer swing e sim julgar um “ato” no qual vc nao se enquadra.
    e concordo oq seria o amor sem a liberdade ??
    tenho certeza q assim como eu, muitos ou ate mais q a maioria tem vontade de experimentar, mas por fins eticos nao realizam, putaria nao resolve problema de casal nenhum, querer achar q o swing vai dar um “UP” sabemos q é mentira, tenho uma namorada linda e amo muito ela, tenho muita vontade de experimentar, mas ela por querer exclusividade, nao tem como, qndo cheguei a tocar no assunto quase fui crussificado, portanto, seguindo as leis da natureza, sou homem safado mesmo, sabe oq ela ganha ? CHIFRE !!!

    I’M SO SORRY…

  • Rafael

    Eu valorizo que cada um se satizfaça do modo que bem entender, desvalorizo essa regra, essa ilusao de dizer oq é certo ou oq é errado nesse assunto, a igreja mto menos a sociedade, tem esse dever nesse assunto, as pessoas q dizem ser contra com todo esse preconceito, meus lamentos, bizarro nao é fazer swing e sim julgar um “ato” no qual vc nao se enquadra.
    e concordo oq seria o amor sem a liberdade ??
    tenho certeza q assim como eu, muitos ou ate mais q a maioria tem vontade de experimentar, mas por fins eticos nao realizam, putaria nao resolve problema de casal nenhum, querer achar q o swing vai dar um “UP” sabemos q é mentira, tenho uma namorada linda e amo muito ela, tenho muita vontade de experimentar, mas ela por querer exclusividade, nao tem como, qndo cheguei a tocar no assunto quase fui crussificado, portanto, seguindo as leis da natureza, sou homem safado mesmo, sabe oq ela ganha ? CHIFRE !!!

    I’M SO SORRY…

  • http://geradorii.com/ Ewaldy Marengo

    Pois é, eu e minha namorada já tínhamos combinado. Nada d swing, apenas sexo a três com pessoas conhecidas e muita conversa sobre quem seria. O problema??? O amigo que participaria de uma dessas se declarou apaixonado por ela Ô_ô aíí acabou td.. maravilha, né????

  • http://geradorii.com Ewaldy Marengo

    Pois é, eu e minha namorada já tínhamos combinado. Nada d swing, apenas sexo a três com pessoas conhecidas e muita conversa sobre quem seria. O problema??? O amigo que participaria de uma dessas se declarou apaixonado por ela Ô_ô aíí acabou td.. maravilha, né????

  • kasalfree

    Ewaldy , sao os riscos do esporte radical , tivemso um problema parecido com um amiguinha, a soluçao mandar voar , nossa confiança e amor nao se abalam com esses pequenos desvios

  • kasalfree

    Ewaldy , sao os riscos do esporte radical , tivemso um problema parecido com um amiguinha, a soluçao mandar voar , nossa confiança e amor nao se abalam com esses pequenos desvios

  • Angelike

    Eu sou swinger e vou tentar responder alguns comentários, me sinto no direito de fazer isso, porque um ano atras eu pensava exatamente igual a maioria das pessoas aqui, hoje penso totalmente diferente. Deixando bem claro que cada um tem o direito de escolher o que quer para si, se não é pra você, não se sente preparado para uma relação liberal, não deve fazer mesmo e deve ser respeitado por isso. O que não se pode é fazer julgamentos como vi por aqui.

    “Nossa, posso dizer que me surpreendi com as respostas até agora.
    Juro que tava pensando que encontraria muitos caras dizendo “nossa, isso é meu sonho”, “queria que minha namorada topasse” e tal, mas pelo que tô vendo, a maioria ainda pensa o contrário…”

    Ledo engano, a maioria dos homens adoraria isso, desde que NÃO fosse com a namorada/esposa.

    “Eu sou particularmente contra, sou exclusiva e exigo exclusividade.”

    Tem certeza que o fato de exigir a exclusividade é garantia que a tenha?

    “não faço isso
    pois amo de verdade minha parceira”

    Você tem algum aparelho que mede amor? Gostaria de saber, pq pela forma que você falou, quem ama não faz isso, então você deve ter alguma forma de medir o amor alheio, que eu desconheço. Para ser uma pessoa melhor, comece não julgando o sentimento das outras pessoas.

    “No mundo animal não é! E não creio sermos tão distantes dos animais em se tratando de sentimentos.A natureza é sábia, não a contrarie! ”

    Hummm, você não deve entender muito de natureza. O comportamento sexual muda muito de uma espécie pra outra, não tem como garantir que ser monogâmico seja característica dos Homo sapiens, até porque descendemos dos primatas e muitas outras espécies que descendem dos primatas não são monogâmicas, por exemplo: das duas espécies mais próximas ao homem a Pan troglodytes tem o macho dominante e a Pan paniscus (que tem a mais próxima relação com o Homo sapiens) é chegada numa suruba.

    “isso é ” putaria ” com mais um nome, entre tantos…eu não faria e não me relacionaria com quem gostasse( diante de uma proposta dessa, terminaria o relacionamento na hora ) Esse comportamento é uma banalização do sexo, deve até viciar….”

    Você é daquelas que prefere que seu parceiro faça putaria com outras? Depois nós é que somos cornos……

    “Não quero rotular ninguem mais swing nada mais é que uma nova modalidade de putaria. Tenho certeza que um dia alguem quiser formar família pensará diferente disso, já que é algo tão liberal tenho certeza que seu filhinho não se importará em ser chamado de filha da puta na escola.”

    Você nasceu de chocadeira? Ou é daqueles que acha que sua mãe é virgem?

    “depois de uma experiência dessas você exigir respeito e lealdade ao seu parceito é ridiculo, depois que a porteira abre ela com certeza dar pra outro cara fora do ritual do swing e você não vai poder reclamar”

    Bem meu caro, desde quando respeito e lealdade só existe em casamento monogâmico? Ou melhor, será que existe em casamento monogâmico? Conheço bem mais da vida do que você e o que se ve no dia-a-dia é algo bem diferente. Respeito e lealdade vem do carater de cada um e não de ser monogamico ou não.
    Quanto a “dar pra outro cara” quem garante que ela não esteja dando e você nem saiba? rs Quantas vezes isso acontece, de o marido ou a mulher terem amantes, transarem com outras pessoas escondido. Ah, mas ai é permitido ne? Afinal, o 11º Mandamento, traia, mas não seja descoberto. Isso a sociedade aceita, perdoa. Depois nós é que somos cornos….

    “vc falou sobre liberdade e amor, mas não creio que os dois se relacionem da maneira como você expõe. O amor verdadeiro é livre sim, livre pra decidir respeitar a pessoa amada tornando-a única, insubstituível.”

    No swing ninguem AMA duas pessoas, continua-se amando o parceiro. O SEXO é que rola com outras pessoas.
    Engraçado que os homens são os reis do sexo casual, o que prova que existe sexo SEM amor, porque aqui insistem em dizer que quem faz swing não ama? No swing se busca prazer sexual, é apenas o sexo, não se busca outro amor.

    Continuo….

    • gisele

      espetacular sua colocação Angelike,mostra que vc é uma pessoa pé no chão,vive num mundo real onde a hipocrisia não tem vez! parabéns vc é um ser humano com grandes possibilidades de ser feliz na vida,pois é muito bem resolvido.

      • kasal

        no mínimo vc esta querendo comer a mulher do cara seu farcista

    • kasal

      Resumindo com esse nome dever ser uma bichona moralista e tanto

  • Angelike

    Eu sou swinger e vou tentar responder alguns comentários, me sinto no direito de fazer isso, porque um ano atras eu pensava exatamente igual a maioria das pessoas aqui, hoje penso totalmente diferente. Deixando bem claro que cada um tem o direito de escolher o que quer para si, se não é pra você, não se sente preparado para uma relação liberal, não deve fazer mesmo e deve ser respeitado por isso. O que não se pode é fazer julgamentos como vi por aqui.

    “Nossa, posso dizer que me surpreendi com as respostas até agora.
    Juro que tava pensando que encontraria muitos caras dizendo “nossa, isso é meu sonho”, “queria que minha namorada topasse” e tal, mas pelo que tô vendo, a maioria ainda pensa o contrário…”

    Ledo engano, a maioria dos homens adoraria isso, desde que NÃO fosse com a namorada/esposa.

    “Eu sou particularmente contra, sou exclusiva e exigo exclusividade.”

    Tem certeza que o fato de exigir a exclusividade é garantia que a tenha?

    “não faço isso
    pois amo de verdade minha parceira”

    Você tem algum aparelho que mede amor? Gostaria de saber, pq pela forma que você falou, quem ama não faz isso, então você deve ter alguma forma de medir o amor alheio, que eu desconheço. Para ser uma pessoa melhor, comece não julgando o sentimento das outras pessoas.

    “No mundo animal não é! E não creio sermos tão distantes dos animais em se tratando de sentimentos.A natureza é sábia, não a contrarie! ”

    Hummm, você não deve entender muito de natureza. O comportamento sexual muda muito de uma espécie pra outra, não tem como garantir que ser monogâmico seja característica dos Homo sapiens, até porque descendemos dos primatas e muitas outras espécies que descendem dos primatas não são monogâmicas, por exemplo: das duas espécies mais próximas ao homem a Pan troglodytes tem o macho dominante e a Pan paniscus (que tem a mais próxima relação com o Homo sapiens) é chegada numa suruba.

    “isso é ” putaria ” com mais um nome, entre tantos…eu não faria e não me relacionaria com quem gostasse( diante de uma proposta dessa, terminaria o relacionamento na hora ) Esse comportamento é uma banalização do sexo, deve até viciar….”

    Você é daquelas que prefere que seu parceiro faça putaria com outras? Depois nós é que somos cornos……

    “Não quero rotular ninguem mais swing nada mais é que uma nova modalidade de putaria. Tenho certeza que um dia alguem quiser formar família pensará diferente disso, já que é algo tão liberal tenho certeza que seu filhinho não se importará em ser chamado de filha da puta na escola.”

    Você nasceu de chocadeira? Ou é daqueles que acha que sua mãe é virgem?

    “depois de uma experiência dessas você exigir respeito e lealdade ao seu parceito é ridiculo, depois que a porteira abre ela com certeza dar pra outro cara fora do ritual do swing e você não vai poder reclamar”

    Bem meu caro, desde quando respeito e lealdade só existe em casamento monogâmico? Ou melhor, será que existe em casamento monogâmico? Conheço bem mais da vida do que você e o que se ve no dia-a-dia é algo bem diferente. Respeito e lealdade vem do carater de cada um e não de ser monogamico ou não.
    Quanto a “dar pra outro cara” quem garante que ela não esteja dando e você nem saiba? rs Quantas vezes isso acontece, de o marido ou a mulher terem amantes, transarem com outras pessoas escondido. Ah, mas ai é permitido ne? Afinal, o 11º Mandamento, traia, mas não seja descoberto. Isso a sociedade aceita, perdoa. Depois nós é que somos cornos….

    “vc falou sobre liberdade e amor, mas não creio que os dois se relacionem da maneira como você expõe. O amor verdadeiro é livre sim, livre pra decidir respeitar a pessoa amada tornando-a única, insubstituível.”

    No swing ninguem AMA duas pessoas, continua-se amando o parceiro. O SEXO é que rola com outras pessoas.
    Engraçado que os homens são os reis do sexo casual, o que prova que existe sexo SEM amor, porque aqui insistem em dizer que quem faz swing não ama? No swing se busca prazer sexual, é apenas o sexo, não se busca outro amor.

    Continuo….

  • Angelike

    “Acho interessante o fato de reportagens que abordam o assunto os praticantes estarem sempre de máscaras e usando iniciais seja em fóruns, seja aonde for, acho que não há porque de se esconder de algo que lhe trás felicidade e tanto orgulho.”

    Usamos máscaras sim, porque vivemos em uma sociedade moralista e hipócrita, que aceita que o homem traia, pule a cerca, hj se começa a aceitar até que a mulher faça isso, mas tem que ser escondido. Esse é um prazer que não pode ser partilhado entre os dois.
    Se o casal faz isso junto, com pelo consentimento, sofremos as consequências, acusações sem fim (os comentários aqui são exemplo) de gente que vive colocando chifre no parceiro, mas que diz que SWING NÃO!!!!
    Nos econdemos de pessoas como vc Sebastian, que povoam o mundo.

    É post demais falando a mesma coisa.

    Vou então dizer o seguinte:

    O sexo que faço com outros homens no swing é MUITO BOM, mas NUNCA vai ser MELHOR do que o sexo que faço com m eu parceiro. Porque no swing rola tesão, com o meu parceiro é AMOR. Não importa o tamanho do pau do outro, se ele tem pegada, se ele trepa gostoso, NUNCA VAI SER MELHOR do que com meu parceiro. A mesma coisa ele com a outra mulher, ela pode ter um corpão, ser A GOSTOSA, mas nunca vai dar a ele o que eu dou, que é o sentimento.
    Não tem coisa mais linda do que o desprendimento de ver seu parceiro tendo prazer, seja com você ou com outra e você ver nos olhos dele que é a você que ele ama.
    entre nós o que existe é AMOR e RESPEITO, eu jamais diria NÃO VOU DIVIDIR O QUE É MEU. Ele é uma pessoa e não um objeto para eu ter posse dele. Meu é a casa, o carro, as roupas, ele é apenas companheiro, amigo, amor. Não sou dona dele.

    Aos homens que falam que não dividem a mulher e as mulheres que dizem que não dividem o homem.

    Você ACHAM que não dividem ne?

    beijos

    • gisele

      Vc é um espetáculo! gde abraço

  • Angelike

    “Acho interessante o fato de reportagens que abordam o assunto os praticantes estarem sempre de máscaras e usando iniciais seja em fóruns, seja aonde for, acho que não há porque de se esconder de algo que lhe trás felicidade e tanto orgulho.”

    Usamos máscaras sim, porque vivemos em uma sociedade moralista e hipócrita, que aceita que o homem traia, pule a cerca, hj se começa a aceitar até que a mulher faça isso, mas tem que ser escondido. Esse é um prazer que não pode ser partilhado entre os dois.
    Se o casal faz isso junto, com pelo consentimento, sofremos as consequências, acusações sem fim (os comentários aqui são exemplo) de gente que vive colocando chifre no parceiro, mas que diz que SWING NÃO!!!!
    Nos econdemos de pessoas como vc Sebastian, que povoam o mundo.

    É post demais falando a mesma coisa.

    Vou então dizer o seguinte:

    O sexo que faço com outros homens no swing é MUITO BOM, mas NUNCA vai ser MELHOR do que o sexo que faço com m eu parceiro. Porque no swing rola tesão, com o meu parceiro é AMOR. Não importa o tamanho do pau do outro, se ele tem pegada, se ele trepa gostoso, NUNCA VAI SER MELHOR do que com meu parceiro. A mesma coisa ele com a outra mulher, ela pode ter um corpão, ser A GOSTOSA, mas nunca vai dar a ele o que eu dou, que é o sentimento.
    Não tem coisa mais linda do que o desprendimento de ver seu parceiro tendo prazer, seja com você ou com outra e você ver nos olhos dele que é a você que ele ama.
    entre nós o que existe é AMOR e RESPEITO, eu jamais diria NÃO VOU DIVIDIR O QUE É MEU. Ele é uma pessoa e não um objeto para eu ter posse dele. Meu é a casa, o carro, as roupas, ele é apenas companheiro, amigo, amor. Não sou dona dele.

    Aos homens que falam que não dividem a mulher e as mulheres que dizem que não dividem o homem.

    Você ACHAM que não dividem ne?

    beijos

  • Marcelo

    Angelike,

    Mandou bem! Mandou MUITO BEM!!!!

    Beijos carinhosos,

    Marcelo
    Kasal GaMa

  • Marcelo

    Angelike,

    Mandou bem! Mandou MUITO BEM!!!!

    Beijos carinhosos,

    Marcelo
    Kasal GaMa

  • kasalfree

    MUITO BOM , ADORAMOS ARRASOU LINDISSIMA

  • kasalfree

    MUITO BOM , ADORAMOS ARRASOU LINDISSIMA

  • Ricardo

    Todo ser humano em sã consciência e que tenha um relacionamento sadio jamais vai frequentar um lugar desses.

  • Ricardo

    Todo ser humano em sã consciência e que tenha um relacionamento sadio jamais vai frequentar um lugar desses.

  • Pingback: » » Sex Drops » A VIDA SECRETA

  • Wendell

    Olha, sou leitor do PdH a muito tempo. Mas passei um tempo viajando, e agora, ao voltar e acessar um dos meus sites preferidos e meu dou com…isso.

    Cadê o “Papo de Homem” que eu conheci? Pombas, sem querer dar uma de cristão ou púdico, mas peraí, quê isso? Apelação total.

    Ainda me veio uma mal-resolvida ali em cima botar a culpa da promiscuidade dela na “hipocrisia do mundo”.

    O mundo é hipócrita? Com certeza! As pessoas o são? Boa parte delas.

    Se você quer ser diferente, PROCURE ALGUÉM DIFERENTE, SEJA ALGUÉM DIFERENTE. Casamento não nasceu pra ser ruim, tampouco namoro. Um relacionamento sadio é entre duas pessoas que se amam e se querem bem, pombas! Querer botar mais gente nesse meio, desconhecida, numa orgia animalesca é idiotice pura. Coisa de gente estressadinha com o mundo em que vive, mas que não faz o básico para o mudar.

    Esse artigo é definitivamente A PIOR COISA que eu já li, nã oso no PdH, mas em toda a internet. Péssimo.

  • Wendell

    Olha, sou leitor do PdH a muito tempo. Mas passei um tempo viajando, e agora, ao voltar e acessar um dos meus sites preferidos e meu dou com…isso.

    Cadê o “Papo de Homem” que eu conheci? Pombas, sem querer dar uma de cristão ou púdico, mas peraí, quê isso? Apelação total.

    Ainda me veio uma mal-resolvida ali em cima botar a culpa da promiscuidade dela na “hipocrisia do mundo”.

    O mundo é hipócrita? Com certeza! As pessoas o são? Boa parte delas.

    Se você quer ser diferente, PROCURE ALGUÉM DIFERENTE, SEJA ALGUÉM DIFERENTE. Casamento não nasceu pra ser ruim, tampouco namoro. Um relacionamento sadio é entre duas pessoas que se amam e se querem bem, pombas! Querer botar mais gente nesse meio, desconhecida, numa orgia animalesca é idiotice pura. Coisa de gente estressadinha com o mundo em que vive, mas que não faz o básico para o mudar.

    Esse artigo é definitivamente A PIOR COISA que eu já li, nã oso no PdH, mas em toda a internet. Péssimo.

  • Daniel

    Parece mundo da lua mesmo. Pessoas que nunca se viu… e as doenças. Ligação afetiva após o acontecido. Esse negócio não vira mesmo. Perversão não termina bem. Conte para os filhos(as) depois!

  • Daniel

    Parece mundo da lua mesmo. Pessoas que nunca se viu… e as doenças. Ligação afetiva após o acontecido. Esse negócio não vira mesmo. Perversão não termina bem. Conte para os filhos(as) depois!

  • Sebastian

    Opa, disse que nem ia perder meu tempo em comentar aqui novamente, porém fiquei surpreso de um comentário meu ter deixado a senhorita Bianca um pouco encomodada ao ponto de me comparar com o Hitler kkkkkkk e padre pedófilo então?kkkkk, logo eu que mais acima convidei todos pra um chopp meu e ja fiz tanta sacanagem quando era solteiro.

    Me desculpa se peguei pesado, mais como vocês são tão seguros de si e estão um nível acima na escala evolutiva pensei que não iriam ficar tão sensíveis mediante as palavras que foram postas como putaria entre outros.

    Pois então minha mãe gosta de sexo mesmo senão eu nem teria nascido se ela deu ou não pra um amigo do meu pai problema dela, apenas não iria soltar foguetes pelo fato….

    E o chopp ainda tá de pé.

    E chega, próximo tópico.

  • Sebastian

    Opa, disse que nem ia perder meu tempo em comentar aqui novamente, porém fiquei surpreso de um comentário meu ter deixado a senhorita Bianca um pouco encomodada ao ponto de me comparar com o Hitler kkkkkkk e padre pedófilo então?kkkkk, logo eu que mais acima convidei todos pra um chopp meu e ja fiz tanta sacanagem quando era solteiro.

    Me desculpa se peguei pesado, mais como vocês são tão seguros de si e estão um nível acima na escala evolutiva pensei que não iriam ficar tão sensíveis mediante as palavras que foram postas como putaria entre outros.

    Pois então minha mãe gosta de sexo mesmo senão eu nem teria nascido se ela deu ou não pra um amigo do meu pai problema dela, apenas não iria soltar foguetes pelo fato….

    E o chopp ainda tá de pé.

    E chega, próximo tópico.

  • Sebastian

    ops. errata : incômodada*

  • Sebastian

    ops. errata : incômodada*

  • http://www.faneinbox.com/ O Fanny Webber

    Wendell, vou te dizer que a PdH não mudou muita coisa desde que você deixou de ler. Se antes tu lia tudo e gostava era porque a revista tinha um numero menor de convidados aqui.

    A PdH cresceu e tem todo o tipo de leitor, inclusive os interessados por conhecer mais sobre swing. Quando o mesmo assunto foi abordado pelo Dr. Love não houve esse povo querendo aparecer aqui.

    Entendo tua opinião sobre o assunto. A principio, eu também não iria praticar swing. Mas isso não quer dizer que eu após ler (ou não) eu tenha o direito de vir aqui tentar impor uma opinião desmoralizando outra pessoa.

    A internet é um espaço democrático e tu pode vir aqui falar que não gosta de swing, mas tudo com dosagem. Tu tem tua capacidade de formar opinião e o resto dos leitores não são inferiores ao ponto de ter que ler tu atacar um artigo dessa maneira para mudar de opinião.

    PdH ainda tem muitos outros artigos e é atualizada, é só questão de tu achar algo que te interesse e debater sobre isso, deixando os outros debaterem sobre o que querem.

    Beto, parabéns pelo texto cara, começou com polêmica ein! hahaha Os outros artigos prometem!

  • http://www.faneinbox.com O Fanny Webber

    Wendell, vou te dizer que a PdH não mudou muita coisa desde que você deixou de ler. Se antes tu lia tudo e gostava era porque a revista tinha um numero menor de convidados aqui.

    A PdH cresceu e tem todo o tipo de leitor, inclusive os interessados por conhecer mais sobre swing. Quando o mesmo assunto foi abordado pelo Dr. Love não houve esse povo querendo aparecer aqui.

    Entendo tua opinião sobre o assunto. A principio, eu também não iria praticar swing. Mas isso não quer dizer que eu após ler (ou não) eu tenha o direito de vir aqui tentar impor uma opinião desmoralizando outra pessoa.

    A internet é um espaço democrático e tu pode vir aqui falar que não gosta de swing, mas tudo com dosagem. Tu tem tua capacidade de formar opinião e o resto dos leitores não são inferiores ao ponto de ter que ler tu atacar um artigo dessa maneira para mudar de opinião.

    PdH ainda tem muitos outros artigos e é atualizada, é só questão de tu achar algo que te interesse e debater sobre isso, deixando os outros debaterem sobre o que querem.

    Beto, parabéns pelo texto cara, começou com polêmica ein! hahaha Os outros artigos prometem!

  • Enéias

    Aproveitando a participação em massa da nação swing, mando uma dúvida:

    Vocês participariam de uma festa com alguém da família presente (irmã/irmão/pai/mãe/filho/filha)?

    Faço essa pergunta, porque ficou parecendo, de acordo com os posts de alguns swingueiros, que vocês enxergam o sexo sem nenhum tipo de tabu ou preconceito…..e totalmente despido de qualquer lei moral ou religiosa…..e como o incesto se encaixa na tal lei moral e religiosa…

    Já rolou algo parecido com vocês? Tipo, chegar numa festa e dar de cara com alguém da família e o lance rolar numa boa?

    Ou incesto já é demais? rs

    É somente um curiosidade mesmo….sem querer alfinetar nem nada, ok?

  • Enéias

    Aproveitando a participação em massa da nação swing, mando uma dúvida:

    Vocês participariam de uma festa com alguém da família presente (irmã/irmão/pai/mãe/filho/filha)?

    Faço essa pergunta, porque ficou parecendo, de acordo com os posts de alguns swingueiros, que vocês enxergam o sexo sem nenhum tipo de tabu ou preconceito…..e totalmente despido de qualquer lei moral ou religiosa…..e como o incesto se encaixa na tal lei moral e religiosa…

    Já rolou algo parecido com vocês? Tipo, chegar numa festa e dar de cara com alguém da família e o lance rolar numa boa?

    Ou incesto já é demais? rs

    É somente um curiosidade mesmo….sem querer alfinetar nem nada, ok?

  • http://oblogdasol.blogspot.com/ Sol

    Enéias

    Quem disse que a ética vem da religião?
    Quem diz que a ética vem da religão é aquele que não sabe pq obedece.
    Pq vc tem ética? É pelo bem comum ou pq mandaram vc ter?
    Quem disse que a ética vem da SUA religião?

    Houve uma época que a religião fazia foqueira como seres humanos. Todas as mulheres que saiam fora dos padrôes da sociedade eram queimada como bruxas.

    Deixa eu sair correndo pq estão tentando me queimar, kkkkk

    Bom final de semana a todos
    Beijocas aos swingueiros

  • http://oblogdasol.blogspot.com Sol

    Enéias

    Quem disse que a ética vem da religião?
    Quem diz que a ética vem da religão é aquele que não sabe pq obedece.
    Pq vc tem ética? É pelo bem comum ou pq mandaram vc ter?
    Quem disse que a ética vem da SUA religião?

    Houve uma época que a religião fazia foqueira como seres humanos. Todas as mulheres que saiam fora dos padrôes da sociedade eram queimada como bruxas.

    Deixa eu sair correndo pq estão tentando me queimar, kkkkk

    Bom final de semana a todos
    Beijocas aos swingueiros

  • Sr. X

    “Usamos máscaras sim, porque vivemos em uma sociedade moralista e hipócrita”

    Por que todo mundo adora falar “sociedade é hipócrita e blá blá blá”? É chover no molhado.

    “Ele é uma pessoa e não um objeto para eu ter posse dele. Meu
    é a casa, o carro, as roupas, ele é apenas companheiro, amigo, amor. Não sou dona dele.”

    Certamente. Se ambos concordam, ok. Contudo, algumas pessoas como eu, fornecem e exigem exclusividade, pois só se exige aquilo que você pode proporcionar. E se há acordo, tudo bem.

    “Aos homens que falam que não dividem a mulher e as mulheres que dizem que não dividem o homem.
    Você ACHAM que não dividem ne?”

    Se eu não acreditasse nisso não estaria namorando. Confiança, lembra?
    Fala sério, generalzar a situação dizendo que “todos dividem todos” é uma tentativa forçada de validar seu ponto de vista, além de demonstrar uma certa falta de confiança, visto que parece isso: “Ah, eu não acho que ela(e) não vá pular cerca, logo vamos tornar a chifrada algo consensual e mútuo”

    “O sexo que faço com outros homens no swing é MUITO BOM, mas NUNCA vai ser MELHOR do que o sexo que faço com meu parceiro”

    Se o sexo com seu parceiro é o melhor, por que a necessidade de fazer com outros? Cada vez que você trepa com outro, você deixa de ter sexo com seu parceiro, que você mesma disse que é de melhor qualidade, ou seja, você opta por algo inferior sabendo que pode ter algo melhor. Contraditório hein? (A não ser que você esteja mentindo sobre o sexo com outros nunca ser melhor)

    Pessoalmente, eu não curto swing e não faria isso. Aliás, nunca precisei fazer um “escambo de parceiros(as)” pra pegar mulher, como muitos aqui também não precisam.

    E pra finalizar, quantidade não quer dizer qualidade. Prefiro qualidade.

  • Sr. X

    “Usamos máscaras sim, porque vivemos em uma sociedade moralista e hipócrita”

    Por que todo mundo adora falar “sociedade é hipócrita e blá blá blá”? É chover no molhado.

    “Ele é uma pessoa e não um objeto para eu ter posse dele. Meu
    é a casa, o carro, as roupas, ele é apenas companheiro, amigo, amor. Não sou dona dele.”

    Certamente. Se ambos concordam, ok. Contudo, algumas pessoas como eu, fornecem e exigem exclusividade, pois só se exige aquilo que você pode proporcionar. E se há acordo, tudo bem.

    “Aos homens que falam que não dividem a mulher e as mulheres que dizem que não dividem o homem.
    Você ACHAM que não dividem ne?”

    Se eu não acreditasse nisso não estaria namorando. Confiança, lembra?
    Fala sério, generalzar a situação dizendo que “todos dividem todos” é uma tentativa forçada de validar seu ponto de vista, além de demonstrar uma certa falta de confiança, visto que parece isso: “Ah, eu não acho que ela(e) não vá pular cerca, logo vamos tornar a chifrada algo consensual e mútuo”

    “O sexo que faço com outros homens no swing é MUITO BOM, mas NUNCA vai ser MELHOR do que o sexo que faço com meu parceiro”

    Se o sexo com seu parceiro é o melhor, por que a necessidade de fazer com outros? Cada vez que você trepa com outro, você deixa de ter sexo com seu parceiro, que você mesma disse que é de melhor qualidade, ou seja, você opta por algo inferior sabendo que pode ter algo melhor. Contraditório hein? (A não ser que você esteja mentindo sobre o sexo com outros nunca ser melhor)

    Pessoalmente, eu não curto swing e não faria isso. Aliás, nunca precisei fazer um “escambo de parceiros(as)” pra pegar mulher, como muitos aqui também não precisam.

    E pra finalizar, quantidade não quer dizer qualidade. Prefiro qualidade.

  • Marcel/

    Putz o Sr. X acabou com a hipocrisia sei lá de quem , mas que acabou , acabou.

  • Marcel/

    Putz o Sr. X acabou com a hipocrisia sei lá de quem , mas que acabou , acabou.

  • Marcel/

    E só para deixar minha opinião .

    Swinger para mim não passa de um pervertido sem moral.

    E que além de não ter moral ainda quer imputar a “sociedade” a hipocrisia que é caractéristica de vocês.

    Vocês são hipócritas sim e o são num nível abjeto e vergonhoso.
    A sociedade reprime os gays e os ridiculariza ( ainda bem ) e nem por isso os gays se escondem da forma que vocês anormais se escondem.

    Que tal uma parada do “orgulho swinger” ? Eu duvido e sabe porque? São hipócritas . Querem bancar os superiores e os “desencanados” mas na verdade são apenas pessoas medíocres que querem dar dignidade a uma aberração moral .

    Além de hipocrítas são covardes e parece que o lema dos hipócritas e covardes hoje em dia é atribuir à sociedade uma hipocrisia que é toda de vocês.

    Quem sabe ano que vem os pedófilos não comecem a chamar a sociedade de “moralista e hipócrita” também por reprimir a aberração desses animais tão dementes quanto vocês.

  • Marcel/

    E só para deixar minha opinião .

    Swinger para mim não passa de um pervertido sem moral.

    E que além de não ter moral ainda quer imputar a “sociedade” a hipocrisia que é caractéristica de vocês.

    Vocês são hipócritas sim e o são num nível abjeto e vergonhoso.
    A sociedade reprime os gays e os ridiculariza ( ainda bem ) e nem por isso os gays se escondem da forma que vocês anormais se escondem.

    Que tal uma parada do “orgulho swinger” ? Eu duvido e sabe porque? São hipócritas . Querem bancar os superiores e os “desencanados” mas na verdade são apenas pessoas medíocres que querem dar dignidade a uma aberração moral .

    Além de hipocrítas são covardes e parece que o lema dos hipócritas e covardes hoje em dia é atribuir à sociedade uma hipocrisia que é toda de vocês.

    Quem sabe ano que vem os pedófilos não comecem a chamar a sociedade de “moralista e hipócrita” também por reprimir a aberração desses animais tão dementes quanto vocês.

  • Marcel/

    Sol

    Não fala do que não sabe . Vai cantar em inglês que você ganha mais.

  • Marcel/

    Sol

    Não fala do que não sabe . Vai cantar em inglês que você ganha mais.

  • Marcel/

    “Gosto de uma frase, acho que é de Voltaire: “não concordo com uma palavra do que dizeis, mas irei até o inferno por seu direito dizê-la”.

    Voltaire não é aquele que dizia isso e que ganhava dinheiro traficando seres humanos da África para a Ámerica?

    É ele até poderia defender o direito de falar , já o direito a liberdade ele não queria defender , ia interferir muito com os lucros dele .

    Outro hipócrita.

  • Marcel/

    “Gosto de uma frase, acho que é de Voltaire: “não concordo com uma palavra do que dizeis, mas irei até o inferno por seu direito dizê-la”.

    Voltaire não é aquele que dizia isso e que ganhava dinheiro traficando seres humanos da África para a Ámerica?

    É ele até poderia defender o direito de falar , já o direito a liberdade ele não queria defender , ia interferir muito com os lucros dele .

    Outro hipócrita.

  • Irene Mara

    O discurso dos swuing.é sempre o mesmo ” é melhor fazer swing do que o marido ir pra casa de massag. e a mulher trair na academia” ( é a frase mais em comum nos comentários acima ) Engraçado, eles já partem do princípio que toda mulher com certeza vai trair e o marido também, e chama de hipócrita todos que não aceitam. Acho que eles tem tanta certeza que serão cornos, então que seja com consentimentos….rsrsrsrsrsrs

  • Irene Mara

    O discurso dos swuing.é sempre o mesmo ” é melhor fazer swing do que o marido ir pra casa de massag. e a mulher trair na academia” ( é a frase mais em comum nos comentários acima ) Engraçado, eles já partem do princípio que toda mulher com certeza vai trair e o marido também, e chama de hipócrita todos que não aceitam. Acho que eles tem tanta certeza que serão cornos, então que seja com consentimentos….rsrsrsrsrsrs

  • http://www.faneinbox.com/ O Fanny Webber

    Os discursos são sempre os mesmos de ambos os lados.

    Ta faltando um pouco de maturidade aqui nos comentários, tratem o texto como algo para educar, para adiquirir conhecimento, mesmo que vocês não vão praticar.

    Aqui não ta muito diferente de uma inquisição, onde queimavam bruxas. É muito fácil atacar o que não se conhece, por pura insegurança.

  • http://www.faneinbox.com O Fanny Webber

    Os discursos são sempre os mesmos de ambos os lados.

    Ta faltando um pouco de maturidade aqui nos comentários, tratem o texto como algo para educar, para adiquirir conhecimento, mesmo que vocês não vão praticar.

    Aqui não ta muito diferente de uma inquisição, onde queimavam bruxas. É muito fácil atacar o que não se conhece, por pura insegurança.

  • Amor

    Gente que absurdo rssssssssssss

    “Swinger para mim não passa de um pervertido sem moral.”

    Hahahahaha rs

    “Quem sabe ano que vem os pedófilos não comecem a chamar a sociedade de “moralista e hipócrita” também por reprimir a aberração desses animais tão dementes quanto vocês.”

    Eu não sabia que swing era crime… engraçado porque nunca vi nenhum casal ou solteiro ser preso por isso rs vc está acusando os swingers de serem animais só porque transam com outras pessoas ? Engraçado que os solteiros podem transar com inúmeras pessoas, mas quando casa é crime transar com outro ?
    Se for assim, vamos ter que mandar prender todos os homens e mulheres casados que traem seus parceiros..

    Desculpe mas vcs estão insultando os swingers à toa….
    acho q tá doendo alguma coisa ai em vc viu ??? Derepente essa foto do Capitão Nascimento te fez mal.. porque vc também não coloca a sua foto ?? “Vocês são hipócritas sim e o são num nível abjeto e vergonhoso.
    A sociedade reprime os gays e os ridiculariza ( ainda bem ) e nem por isso os gays se escondem da forma que vocês anormais se escondem” Porque não mostra o seu rosto também ?? Tá se escondendo ?

    Desculpeeee rs mas eu acho que vc tem mtos desejos reprimidos ou a sua esposa ou namorada te botou um baita chifre e agora vc está querendo se vingar de todos à sua volta ! rs

    Esse debate deixou de ser bom porque as pessoas não sabem respeitar a opinião dos outros !!!

    E tenho dito.

  • Amor

    Gente que absurdo rssssssssssss

    “Swinger para mim não passa de um pervertido sem moral.”

    Hahahahaha rs

    “Quem sabe ano que vem os pedófilos não comecem a chamar a sociedade de “moralista e hipócrita” também por reprimir a aberração desses animais tão dementes quanto vocês.”

    Eu não sabia que swing era crime… engraçado porque nunca vi nenhum casal ou solteiro ser preso por isso rs vc está acusando os swingers de serem animais só porque transam com outras pessoas ? Engraçado que os solteiros podem transar com inúmeras pessoas, mas quando casa é crime transar com outro ?
    Se for assim, vamos ter que mandar prender todos os homens e mulheres casados que traem seus parceiros..

    Desculpe mas vcs estão insultando os swingers à toa….
    acho q tá doendo alguma coisa ai em vc viu ??? Derepente essa foto do Capitão Nascimento te fez mal.. porque vc também não coloca a sua foto ?? “Vocês são hipócritas sim e o são num nível abjeto e vergonhoso.
    A sociedade reprime os gays e os ridiculariza ( ainda bem ) e nem por isso os gays se escondem da forma que vocês anormais se escondem” Porque não mostra o seu rosto também ?? Tá se escondendo ?

    Desculpeeee rs mas eu acho que vc tem mtos desejos reprimidos ou a sua esposa ou namorada te botou um baita chifre e agora vc está querendo se vingar de todos à sua volta ! rs

    Esse debate deixou de ser bom porque as pessoas não sabem respeitar a opinião dos outros !!!

    E tenho dito.

  • Irene Mara

    eu não falei…rsrsrsrs não adianta, não sai desse enrola enrola até agora, a única coisa concreta e verdadeira que saiu do “swuing” é que ele é putaria e ponto.

  • Irene Mara

    eu não falei…rsrsrsrs não adianta, não sai desse enrola enrola até agora, a única coisa concreta e verdadeira que saiu do “swuing” é que ele é putaria e ponto.

  • Let’s

    Aff, não tive paciência para ler tudo…

    E vendo aqui em baixo que se eu nao correr o Thiago pega o meu lugar de quem mais postou…..

    Bem, vou tentar começar de maneira imparcial:

    Freud diz que todos os seres humanos sao potencialmente bissexuais, por isso falamos “escolha” sexual. Geralmente esta escolha é colocada pela sociedade que define, pelo senso comum o que é normalidade.

    Li, certa vez em um livro que animais conseguiam um número X de relaçoes por dia com a uma só parceira, e 20X com parceiras diferentes. Portanto, a variedade sexual, apimenta e aumenta a frequencia sexual. Importante lembrar que foram estudos feitos em animais nao racionais… mas, os homens tem essa genetica, pela propria necessidade de diferenciaçao da especie.

    Bom, temos que considerar tb as pessoas que apresentam o que chamomos de Voyerismo, que so conseguem chegar lá, sendo observados…Isso para a psicologia, é uma patologia….

    Mas de perto ngm é normal.

    Eu, particulamente, acho que amor entre as pessoas em geral não é egoista, mas o amor homem/mulher é.

    Eu nao gostaria de ver a pessoa que eu amo( Daniel) pegando outra mulher, e se eu nao gosto nao vou fazer com ele o que nao gostaria pra mim…

    É claro que acontece de vc, no decorrer de um relacionamento desejar outras pessoas….

    Desejo e amor, sao coisas diferentes, e , principalmente independetes…Se acontecem juntas, otimo.

    Mas, somo seres pensantes, e sabemos pesar as coisas….Sabemos qdo um relacionamento é mais importante do que uma realizaçao sexual.

  • Let’s

    Aff, não tive paciência para ler tudo…

    E vendo aqui em baixo que se eu nao correr o Thiago pega o meu lugar de quem mais postou…..

    Bem, vou tentar começar de maneira imparcial:

    Freud diz que todos os seres humanos sao potencialmente bissexuais, por isso falamos “escolha” sexual. Geralmente esta escolha é colocada pela sociedade que define, pelo senso comum o que é normalidade.

    Li, certa vez em um livro que animais conseguiam um número X de relaçoes por dia com a uma só parceira, e 20X com parceiras diferentes. Portanto, a variedade sexual, apimenta e aumenta a frequencia sexual. Importante lembrar que foram estudos feitos em animais nao racionais… mas, os homens tem essa genetica, pela propria necessidade de diferenciaçao da especie.

    Bom, temos que considerar tb as pessoas que apresentam o que chamomos de Voyerismo, que so conseguem chegar lá, sendo observados…Isso para a psicologia, é uma patologia….

    Mas de perto ngm é normal.

    Eu, particulamente, acho que amor entre as pessoas em geral não é egoista, mas o amor homem/mulher é.

    Eu nao gostaria de ver a pessoa que eu amo( Daniel) pegando outra mulher, e se eu nao gosto nao vou fazer com ele o que nao gostaria pra mim…

    É claro que acontece de vc, no decorrer de um relacionamento desejar outras pessoas….

    Desejo e amor, sao coisas diferentes, e , principalmente independetes…Se acontecem juntas, otimo.

    Mas, somo seres pensantes, e sabemos pesar as coisas….Sabemos qdo um relacionamento é mais importante do que uma realizaçao sexual.

  • http://oblogdasol.blogspot.com/ Sol

    Marcel
    Não entendi!!!!!!!!!!!!!!
    Quem não consegue argumentar diz que não sabemos o que estamos dizendo.
    Quem sabe o que das preferências de cada um ?
    Viva a Diversidade.
    Gays, lésbicas, swinger, liberais, heteros, bis…..todos tem direitos nesta vida.
    Quem somos nós para dizer quem tem direitos?
    Gosto do que gosto e ninguém, absolutamente ninguém tem o direito de dizer o que tenho que fazer com minha vida sexual.
    Cada um faz o que gosta. Vale tudo o que é consensual entre adultos conscientes.
    Não vim aqui para dizer o que é errado e o que é certo.
    Vim apenas dizer que sou swinger e feliz. Tenho o direito de me expressar tanto qto vcs. E com certeza fui mais educada, pois não sai rotulando ninguém.
    Nossa!!!!!!!!!!Qto ódio no coração!!!!!!!!!!!!
    Cadê a religião de vcs?
    Deixa pra lá, pois minha fogueira já está armada.kkkkkk
    Bom final de semana.
    Beijocas somente para os swinger.

  • http://oblogdasol.blogspot.com Sol

    Marcel
    Não entendi!!!!!!!!!!!!!!
    Quem não consegue argumentar diz que não sabemos o que estamos dizendo.
    Quem sabe o que das preferências de cada um ?
    Viva a Diversidade.
    Gays, lésbicas, swinger, liberais, heteros, bis…..todos tem direitos nesta vida.
    Quem somos nós para dizer quem tem direitos?
    Gosto do que gosto e ninguém, absolutamente ninguém tem o direito de dizer o que tenho que fazer com minha vida sexual.
    Cada um faz o que gosta. Vale tudo o que é consensual entre adultos conscientes.
    Não vim aqui para dizer o que é errado e o que é certo.
    Vim apenas dizer que sou swinger e feliz. Tenho o direito de me expressar tanto qto vcs. E com certeza fui mais educada, pois não sai rotulando ninguém.
    Nossa!!!!!!!!!!Qto ódio no coração!!!!!!!!!!!!
    Cadê a religião de vcs?
    Deixa pra lá, pois minha fogueira já está armada.kkkkkk
    Bom final de semana.
    Beijocas somente para os swinger.

  • http://showdobob.blogspot.com/ Lucas

    Sol, me desculpe, mas acabaste criticando a religião e não entendeu nada que o rapaz perguntou. Ele apenas sugeriu que, segundo a igreja católica, como a maioria, o incesto não pode. Como fica essa questão?

    Deixem de começar a esculachar e atenter a curiosidade do rapaz que veio perguntar na boa.

    “e como o incesto se encaixa na tal lei moral e religiosa…”

    Em nenhum momento disse que ética é religião, parem de fazer presunções.

  • http://showdobob.blogspot.com Lucas

    Sol, me desculpe, mas acabaste criticando a religião e não entendeu nada que o rapaz perguntou. Ele apenas sugeriu que, segundo a igreja católica, como a maioria, o incesto não pode. Como fica essa questão?

    Deixem de começar a esculachar e atenter a curiosidade do rapaz que veio perguntar na boa.

    “e como o incesto se encaixa na tal lei moral e religiosa…”

    Em nenhum momento disse que ética é religião, parem de fazer presunções.

  • Daniel “Wally”

    Bom, eu não tenho abertura mental prá isso, sou ciumento o bastante para conseguir sequer imaginar tal coisa comigo. Tudo bem que o swing é o sonho de todos os caras solteiros, mas a partir do momento em que estamos com a pessoa que amamos os sentimentos mudam. Admiro o “desprendimento” dos swinguers em relação a isso, mas eu não tenho tal capacidade.
    A Lets disse certo, não consigo imaginá-la com outro, só a menção da imaginação já me dá nos nervos. Sou ciumento sim, alguns podem me chamar de antiquado, egoísta mas, numa boa, não dá. (Para quem não sabe eu e a Lets somos noivos).
    Concordo com a sol em relação ao consenso. E ainda bem eu e a Lets temos esse consenso.

  • Daniel “Wally”

    Bom, eu não tenho abertura mental prá isso, sou ciumento o bastante para conseguir sequer imaginar tal coisa comigo. Tudo bem que o swing é o sonho de todos os caras solteiros, mas a partir do momento em que estamos com a pessoa que amamos os sentimentos mudam. Admiro o “desprendimento” dos swinguers em relação a isso, mas eu não tenho tal capacidade.
    A Lets disse certo, não consigo imaginá-la com outro, só a menção da imaginação já me dá nos nervos. Sou ciumento sim, alguns podem me chamar de antiquado, egoísta mas, numa boa, não dá. (Para quem não sabe eu e a Lets somos noivos).
    Concordo com a sol em relação ao consenso. E ainda bem eu e a Lets temos esse consenso.

  • http://showdobob.blogspot.com/ Lucas

    Amor,

    “quando casa é crime transar com outro ?”

    Ah, pqp!
    Nem sempre o que é justo é justiça e nem sempre a justiça é justa.

    “Quem somos nós para dizer quem tem direitos?”

    Ah, sinceramente…

    Escravos do sexo, isso que vocês são.
    ;)
    Aproveitem e me ataquem dizendo que sou mal amado e o diabo, que quero me vingar por não sei o que e talz, afinal, foi isso que disseram ao marcel/.

  • kasalfree

    A sociedade reprime os gays e os ridiculariza ( ainda bem ) ”

    Depois dessa perola , o que se pode dizer , seculo 21 e ainda temos que ler isto, qualquer tipo de preconceito e discriminação é digno de uma fogueira srs

    conte 10 amigos seus casados e pergunte se eles ja trairam a esposa , façam essa pesquisa , eu fiz , o resultado
    Dos10 casados , e que amam a esposa todos disseram ter traido a esposa em algum momento da vida e ainda mais , se aparecesse aquela gostosa ele traçaria sem a menor culpa , logo , viva a relação dita normal onde se ama muito se respeita pouco e se trai pra caraiiii..POR FAVOR SEM GENERALIZAR É CLARO , E SEM QUERER DIZER O QUE É CERTO OU ERRADO .SEJAM FELIZES

  • http://showdobob.blogspot.com Lucas

    Amor,

    “quando casa é crime transar com outro ?”

    Ah, pqp!
    Nem sempre o que é justo é justiça e nem sempre a justiça é justa.

    “Quem somos nós para dizer quem tem direitos?”

    Ah, sinceramente…

    Escravos do sexo, isso que vocês são.
    ;)
    Aproveitem e me ataquem dizendo que sou mal amado e o diabo, que quero me vingar por não sei o que e talz, afinal, foi isso que disseram ao marcel/.

  • kasalfree

    A sociedade reprime os gays e os ridiculariza ( ainda bem ) ”

    Depois dessa perola , o que se pode dizer , seculo 21 e ainda temos que ler isto, qualquer tipo de preconceito e discriminação é digno de uma fogueira srs

    conte 10 amigos seus casados e pergunte se eles ja trairam a esposa , façam essa pesquisa , eu fiz , o resultado
    Dos10 casados , e que amam a esposa todos disseram ter traido a esposa em algum momento da vida e ainda mais , se aparecesse aquela gostosa ele traçaria sem a menor culpa , logo , viva a relação dita normal onde se ama muito se respeita pouco e se trai pra caraiiii..POR FAVOR SEM GENERALIZAR É CLARO , E SEM QUERER DIZER O QUE É CERTO OU ERRADO .SEJAM FELIZES

  • Hugow

    Temperar para que os outros comam, não é pra mim… De modo algum…

  • Hugow

    Temperar para que os outros comam, não é pra mim… De modo algum…

  • http://showdobob.blogspot.com/ Lucas

    kasalfree,

    “Dos10 casados , e que amam a esposa todos disseram ter traido a esposa em algum momento da vida e ainda mais , se”

    te atira da ponte por que os outros se jogam também.
    Isso é problema destas pessoas, eu já trai, óbvio. Mas quero um casamento que não precise disso, vou lutar por isso e não simplesmente aceitar que a putaria ta solta e fazer também. São homens que precisam se auto afirmar e não tem controle sobre a merda que tem no meio das pernas.
    Pra tudo existe um tempo, tem o tempo de crescer também.

  • http://showdobob.blogspot.com Lucas

    kasalfree,

    “Dos10 casados , e que amam a esposa todos disseram ter traido a esposa em algum momento da vida e ainda mais , se”

    te atira da ponte por que os outros se jogam também.
    Isso é problema destas pessoas, eu já trai, óbvio. Mas quero um casamento que não precise disso, vou lutar por isso e não simplesmente aceitar que a putaria ta solta e fazer também. São homens que precisam se auto afirmar e não tem controle sobre a merda que tem no meio das pernas.
    Pra tudo existe um tempo, tem o tempo de crescer também.

  • http://oblogdasol.blogspot.com/ Sol

    Lucas

    Respondendo

    Não critiquei religião, só disse que fé e religião não cabia nesta conversa. Levar mulheres para fogueira é história, fatos.

    Não podemos confundir ética com religião.

    NÃO ACONTECE INCESTO NÃO.

    Já soube de casal que encontrou o filho em uma balada liberal.
    Eles conversaram, ficou tudo numa boa. Afinal, o filho encontrou o pai e mãe juntos, e não o pai ou a mãe com outras pessoas ou sozinhos.

    Se eu encontrar um familiar nesse meio, vou aceitar, pois ele tem os mesmo direitos que eu tenho de estar lá.

    Swing não tem nada a ver com incesto, por favor, não fiquem supondo nada.

  • http://oblogdasol.blogspot.com Sol

    Lucas

    Respondendo

    Não critiquei religião, só disse que fé e religião não cabia nesta conversa. Levar mulheres para fogueira é história, fatos.

    Não podemos confundir ética com religião.

    NÃO ACONTECE INCESTO NÃO.

    Já soube de casal que encontrou o filho em uma balada liberal.
    Eles conversaram, ficou tudo numa boa. Afinal, o filho encontrou o pai e mãe juntos, e não o pai ou a mãe com outras pessoas ou sozinhos.

    Se eu encontrar um familiar nesse meio, vou aceitar, pois ele tem os mesmo direitos que eu tenho de estar lá.

    Swing não tem nada a ver com incesto, por favor, não fiquem supondo nada.

  • http://showdobob.blogspot.com/ Lucas

    Ah, antes que se ofendam, usar o tom ríspido não é rotular, atacar e sei lá mais o que. Vocês não fazem mal algum, como me disse a Roberta, concordo com ela. Assim como as outras diferenças que existem por aí, mas tem pensamentos de vocês que realmente atacam os que preservam os chamados, famigerados por vocês, bons costumes.
    Eu adoro uma putaria, mas então para que casar? Quer fazer putaria então fica solteiro.

    Juro que não comento mais aqui, ta até parecendo que tenho um ataque histérico de tanta moralidade que aflora nos meus comentários.

    Fiquem aí, lutem contra a “sociedade hipócrita”.

    Uhuuuu… viva a libertinagem, afinal, o mundo não vai durar muito mais mesmo.

  • http://showdobob.blogspot.com Lucas

    Ah, antes que se ofendam, usar o tom ríspido não é rotular, atacar e sei lá mais o que. Vocês não fazem mal algum, como me disse a Roberta, concordo com ela. Assim como as outras diferenças que existem por aí, mas tem pensamentos de vocês que realmente atacam os que preservam os chamados, famigerados por vocês, bons costumes.
    Eu adoro uma putaria, mas então para que casar? Quer fazer putaria então fica solteiro.

    Juro que não comento mais aqui, ta até parecendo que tenho um ataque histérico de tanta moralidade que aflora nos meus comentários.

    Fiquem aí, lutem contra a “sociedade hipócrita”.

    Uhuuuu… viva a libertinagem, afinal, o mundo não vai durar muito mais mesmo.

  • Roberta

    Eita preula. Nem li os últimos comentários.

    Grrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr
    Acho q o Jc, o Italo e o Guilherme sabem do q estou “reclamando”
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk só posso dar risada

  • Roberta

    Eita preula. Nem li os últimos comentários.

    Grrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr
    Acho q o Jc, o Italo e o Guilherme sabem do q estou “reclamando”
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk só posso dar risada

  • http://quatrocentosporcento.wordpress.com/ naopod

    É a velha questão da inversão da sociedade.
    A sociedade diz que não pode, não deve…
    isso alimenta a curiosidade.

    Quando o pensamento do casal tem uma mente muito alinhado, com papo bem aberto, é
    mais fácil discutir desejos diferentes sem intrigas.
    Entra a confiança e saber os limites de crenças da parceira.
    Como saber isso… Plantando verde!

    Só que a maioria tem medo de sugerir mesmo morrendo de vontade.
    Uma bela conversa, faz toda diferênça.

    A maioria dos casais tem crenças limitantes, medo de perder a pessoa amada (chamo de ciúmes). Isso impede de falar certas coisas.

    Realmente não é para qualquer casal.

  • http://quatrocentosporcento.wordpress.com/ naopod

    É a velha questão da inversão da sociedade.
    A sociedade diz que não pode, não deve…
    isso alimenta a curiosidade.

    Quando o pensamento do casal tem uma mente muito alinhado, com papo bem aberto, é
    mais fácil discutir desejos diferentes sem intrigas.
    Entra a confiança e saber os limites de crenças da parceira.
    Como saber isso… Plantando verde!

    Só que a maioria tem medo de sugerir mesmo morrendo de vontade.
    Uma bela conversa, faz toda diferênça.

    A maioria dos casais tem crenças limitantes, medo de perder a pessoa amada (chamo de ciúmes). Isso impede de falar certas coisas.

    Realmente não é para qualquer casal.

  • http://quatrocentosporcento.wordpress.com naopod

    É a velha questão da inversão da sociedade.
    A sociedade diz que não pode, não deve…
    isso alimenta a curiosidade.

    Quando o pensamento do casal tem uma mente muito alinhado, com papo bem aberto, é
    mais fácil discutir desejos diferentes sem intrigas.
    Entra a confiança e saber os limites de crenças da parceira.
    Como saber isso… Plantando verde!

    Só que a maioria tem medo de sugerir mesmo morrendo de vontade.
    Uma bela conversa, faz toda diferênça.

    A maioria dos casais tem crenças limitantes, medo de perder a pessoa amada (chamo de ciúmes). Isso impede de falar certas coisas.

    Realmente não é para qualquer casal.

  • kasalfree

    Lucas isso aqui é só uma exposição de ideias , seu desespero e ataque são totalmente fora de contesto .

    Bom nunca perguntei a meus amigos quantos se suicidaram , kakakak ou sera que tomo chopp com fantasmas , masssss , a resposta voce ja deu , voce traiu , puxa vida e a coitada da sua amada em casa achando que voce era o amor da vida dela , que nao tem desejos e que mesmo tendo os reprime.
    Putaria pra nós e trair o outro e nao ter respeito nenhum pelo companheiro , e já que somos putos e safados , fazemso juntos nada melhor , ah nao melhor é chegar em casa da putaria , fazer amor e dormir de conchinha isso sim é o maximo .

    Niguem precisa fazer swing ta gente , parece que estamos obrigando os normais a virarem aberraçoes , kkk já dizia Nelson Rodrigues – toda unanimidade é burra

    • MARCELO

      OI BOA NOITE EU SOU CASADO A 10 ANOS EU AMO A MINHA MULHER MAIS EU QUERO QUE ELA FODA COM OUTRO HOMEM MAIS EU NÃO FAÇO IDÉIA COM QUEI EU SOU DE SANTA CATARINA VCS PODE ME AJUDA O MEU MAIL É CELIATOTO@HOTMAIL.COM

  • http://quatrocentosporcento.wordpress.com/ naopod

    É a velha questão da inversão da sociedade.
    A sociedade diz que não pode, não deve…
    isso alimenta a curiosidade.

    Quando o pensamento do casal tem uma mente muito alinhado, com papo bem aberto, é
    mais fácil discutir desejos diferentes sem intrigas.
    Entra a confiança e saber os limites de crenças da parceira.
    Como saber isso… Plantando verde!

    Só que a maioria tem medo de sugerir mesmo morrendo de vontade.
    Uma bela conversa, faz toda diferença.

    A maioria dos casais tem crenças limitantes, medo de perder a pessoa amada (chamo de ciúmes). Isso impede de falar certas coisas.

    Realmente não é para qualquer casal.

  • kasalfree

    Lucas isso aqui é só uma exposição de ideias , seu desespero e ataque são totalmente fora de contesto .

    Bom nunca perguntei a meus amigos quantos se suicidaram , kakakak ou sera que tomo chopp com fantasmas , masssss , a resposta voce ja deu , voce traiu , puxa vida e a coitada da sua amada em casa achando que voce era o amor da vida dela , que nao tem desejos e que mesmo tendo os reprime.
    Putaria pra nós e trair o outro e nao ter respeito nenhum pelo companheiro , e já que somos putos e safados , fazemso juntos nada melhor , ah nao melhor é chegar em casa da putaria , fazer amor e dormir de conchinha isso sim é o maximo .

    Niguem precisa fazer swing ta gente , parece que estamos obrigando os normais a virarem aberraçoes , kkk já dizia Nelson Rodrigues – toda unanimidade é burra

  • http://quatrocentosporcento.wordpress.com naopod

    É a velha questão da inversão da sociedade.
    A sociedade diz que não pode, não deve…
    isso alimenta a curiosidade.

    Quando o pensamento do casal tem uma mente muito alinhado, com papo bem aberto, é
    mais fácil discutir desejos diferentes sem intrigas.
    Entra a confiança e saber os limites de crenças da parceira.
    Como saber isso… Plantando verde!

    Só que a maioria tem medo de sugerir mesmo morrendo de vontade.
    Uma bela conversa, faz toda diferença.

    A maioria dos casais tem crenças limitantes, medo de perder a pessoa amada (chamo de ciúmes). Isso impede de falar certas coisas.

    Realmente não é para qualquer casal.

  • kasalfree

    LUCAS quando voce diz que ja traiu e que isso é ÓBVIO , voce atesta o que ja foi dito ,trair e normal , e será que porque casou nao vai trair mais , será , eu duvido , que bom que nao precisamos ser normais e trair o parceiro , e que bom que existem pessoas” normais ” que na traem seus parceiros, mais voce Lucas não está nessas opçoes , você é NORMALLL , QUE LEGAL , MAIS TRAI , QUE PENA.

  • kasalfree

    LUCAS quando voce diz que ja traiu e que isso é ÓBVIO , voce atesta o que ja foi dito ,trair e normal , e será que porque casou nao vai trair mais , será , eu duvido , que bom que nao precisamos ser normais e trair o parceiro , e que bom que existem pessoas” normais ” que na traem seus parceiros, mais voce Lucas não está nessas opçoes , você é NORMALLL , QUE LEGAL , MAIS TRAI , QUE PENA.

  • Loba

    Li todos os comentários feitos até agora e alguns realmente me entristecem, acho que não tanto pelo preconceito, mas por ver pessoas que não tem menor idéia do que seja o swing simplesmente rotular, distorcer, recriminar e querer impor aos outros o que pra elas é tido como CERTO.

    Percebo que o que está acontecendo nada mais é que um não entendimento do artigo do Beto… Ele não veio aqui obrigar a ninguem achar que o swing tem que ser aceito por todos…
    Apenas tenta mostrar e fazer entender aos “normais” o mecanismo do que vivemos enquanto swingers…

    Estamos aqui pra discutir idéias, não pra discutir pessoas…
    Uma pena mesmo que isso seja confundido dessa maneira!!

    O real objetivo do artigo e acredito que da maioria dos posts dos que praticam o swing é fazer entender como é de verdade essa prática e tirar da cabeça das pessoas que não conhecem a visão distorcida que se tem disso, de que é uma putaria generalizada, todos com todos todo o tempo…
    Essa idéia vem de filmes pornograficos que vemos, e não é real!

    Até eu, e provávelmente muitos de nós antes de conhecer o meio chegou a achar isso, a pensar que chegariamos numa festa ou casa de swing e estariam todos pelados da entrada a saída, todos pegando todos e que seriamos obrigados a participar…

    Totalmente errado!!
    Mas só vim a descobrir isso depois de me propor a ir pra conhecer, e muito sinceramente, achei mais respeito nesse mundo do que no mundo dito “normal”.
    Ningem tocou em mim ou investiu sem que eu consentisse.

    Coisa aliás que não acontece nem nas ruas muitas vezes… Ou nos ônibus e trens que muitos tem que pegar pra chegar ao seu trabalho e retornar a suas casas…
    QUAL MULHER AQUI, QUE UTILIZA ESSES MEIOS DE TRANSPORTE DIARIAMENTE PODE ME DIZER QUE JAMAIS LEVOU UMA ENCOXADA DE ALGUEM NUM HORÁRIO DE PICO??
    ISSO É ALGO QUE ME IRRITA COMPLETAMENTE, PQ PRA MIM TOTAL FALTA DE RESPEITO!!

    Aos que não conseguiriam viver o swing, ter uma relação aberta, OS RESPEITO TODOS, ninguem é obrigado a viver aquilo que não lhe faz bem.

    Só acho que não temos como dizer que quiabo ou fígado( ECAAAA) é ruim se não provarmos…

    E no caso do swing não é diferente, só acho que poderia criticar veementemente, aquelas pessoas que pelo menos já viram como funciona de verdade ( NEM ESTOU FALANDO EM PARTICIPAR OU EXPERIMENTAR, APENAS EM VER!!!)

    E outra coisa, o mesmo RESPEITO QUE TEMOS PELOS QUE NÃO ACEITAM A IDÉIA É DEVIDO A NÓS TB, QUE A VIVEMOS!!

    Ah outra coisinha que acredito rodar na cabecinha dos não swingers… NÓS TEMOS SIM UMA VIDA NORMAL, NÃO SOMOS OU PENSAMOS EM SEXO 24 HORAS POR DIA, NÃO SAIMOS APENAS PRA BALADAS LIBERAIS, VAMOS TB AO TEATRO, CIMENA, BARES E RESTAURANTES, CASA DE FAMILIARES, TRABALHO, FACULDADES E TUDO MAIS QUE UM “NORMAL FAZ.

    ____________________________________________________
    Agora um pouco sobre nós ( E pro Sebastian, que por várias vezes perguntou se os swingers tem filhos…rss)

    Somos um casal maduro, eu tenho 43 anos e meu marido 51, casados há 19 anos e diga-se muito bem casados!! E no swing a três anos.

    Um casal de filhos adolescentes, QUE POR SINAL SABE O QUE CURTIMOS, e foi muito mais maduro que muitos aqui, pois a posição deles foi: SE ESTÁ BOM PRA VC’S DOIS JUNTOS, QUEM SOMOS NÓS PRA FALAR QQR COISA!!! SEJAM FELIZES COMO LHES FAZ BEM!!!!

    Portanto gente, não estou aqui pra me justificar ou querer que aceitem a nossa maneira de pensar, PQ QUEM É IMPORTANTE PRA NÓS ( NOSSOS FILHOS), NOS ENTENDE, ACEITA E RESPEITA COMO NÓS SOMOS E COM O QUE GOSTAMOS!!

    Ah e quanto a quem pratica o swing não colocar nomes reais ou aparecer sempre com máscaras deve-se ou fato de preservarmos nossos filhos e nossa família de uma maneira geral, afinal não é pq gostamos desse modo de vida que outros são obrigados a gostar e aceitar.
    E se apenas num artigo como esse já somos quase queimados na fogueira, imaginem pessoalmente,… Como sempre digo, nós, eu e meu marido somos adultos e resolvidos o suficiente pra encararmos as criticas e afrontas que receberiamos e saber muito bem nos defender, mas nosso filhos não precisam viver isso… Enquanto o swing não é aceito e o preconceito algo tão gritante como vi nos comentários feitos aqui infelizmwente temos que manter nossas identidades oculta!!

    Bom, acho que já falei demais…
    Ótima páscoa a todos e aproveitem para refletir sobre o assunto!!

    Amelie e Beto, mais uma vez, meus parabéns pelo artigo…
    Muito bem escrito!!
    E parabéns tb pelo maravilhoso casal que são, felizes e bem resolvidos…

  • Loba

    Li todos os comentários feitos até agora e alguns realmente me entristecem, acho que não tanto pelo preconceito, mas por ver pessoas que não tem menor idéia do que seja o swing simplesmente rotular, distorcer, recriminar e querer impor aos outros o que pra elas é tido como CERTO.

    Percebo que o que está acontecendo nada mais é que um não entendimento do artigo do Beto… Ele não veio aqui obrigar a ninguem achar que o swing tem que ser aceito por todos…
    Apenas tenta mostrar e fazer entender aos “normais” o mecanismo do que vivemos enquanto swingers…

    Estamos aqui pra discutir idéias, não pra discutir pessoas…
    Uma pena mesmo que isso seja confundido dessa maneira!!

    O real objetivo do artigo e acredito que da maioria dos posts dos que praticam o swing é fazer entender como é de verdade essa prática e tirar da cabeça das pessoas que não conhecem a visão distorcida que se tem disso, de que é uma putaria generalizada, todos com todos todo o tempo…
    Essa idéia vem de filmes pornograficos que vemos, e não é real!

    Até eu, e provávelmente muitos de nós antes de conhecer o meio chegou a achar isso, a pensar que chegariamos numa festa ou casa de swing e estariam todos pelados da entrada a saída, todos pegando todos e que seriamos obrigados a participar…

    Totalmente errado!!
    Mas só vim a descobrir isso depois de me propor a ir pra conhecer, e muito sinceramente, achei mais respeito nesse mundo do que no mundo dito “normal”.
    Ningem tocou em mim ou investiu sem que eu consentisse.

    Coisa aliás que não acontece nem nas ruas muitas vezes… Ou nos ônibus e trens que muitos tem que pegar pra chegar ao seu trabalho e retornar a suas casas…
    QUAL MULHER AQUI, QUE UTILIZA ESSES MEIOS DE TRANSPORTE DIARIAMENTE PODE ME DIZER QUE JAMAIS LEVOU UMA ENCOXADA DE ALGUEM NUM HORÁRIO DE PICO??
    ISSO É ALGO QUE ME IRRITA COMPLETAMENTE, PQ PRA MIM TOTAL FALTA DE RESPEITO!!

    Aos que não conseguiriam viver o swing, ter uma relação aberta, OS RESPEITO TODOS, ninguem é obrigado a viver aquilo que não lhe faz bem.

    Só acho que não temos como dizer que quiabo ou fígado( ECAAAA) é ruim se não provarmos…

    E no caso do swing não é diferente, só acho que poderia criticar veementemente, aquelas pessoas que pelo menos já viram como funciona de verdade ( NEM ESTOU FALANDO EM PARTICIPAR OU EXPERIMENTAR, APENAS EM VER!!!)

    E outra coisa, o mesmo RESPEITO QUE TEMOS PELOS QUE NÃO ACEITAM A IDÉIA É DEVIDO A NÓS TB, QUE A VIVEMOS!!

    Ah outra coisinha que acredito rodar na cabecinha dos não swingers… NÓS TEMOS SIM UMA VIDA NORMAL, NÃO SOMOS OU PENSAMOS EM SEXO 24 HORAS POR DIA, NÃO SAIMOS APENAS PRA BALADAS LIBERAIS, VAMOS TB AO TEATRO, CIMENA, BARES E RESTAURANTES, CASA DE FAMILIARES, TRABALHO, FACULDADES E TUDO MAIS QUE UM “NORMAL FAZ.

    ____________________________________________________
    Agora um pouco sobre nós ( E pro Sebastian, que por várias vezes perguntou se os swingers tem filhos…rss)

    Somos um casal maduro, eu tenho 43 anos e meu marido 51, casados há 19 anos e diga-se muito bem casados!! E no swing a três anos.

    Um casal de filhos adolescentes, QUE POR SINAL SABE O QUE CURTIMOS, e foi muito mais maduro que muitos aqui, pois a posição deles foi: SE ESTÁ BOM PRA VC’S DOIS JUNTOS, QUEM SOMOS NÓS PRA FALAR QQR COISA!!! SEJAM FELIZES COMO LHES FAZ BEM!!!!

    Portanto gente, não estou aqui pra me justificar ou querer que aceitem a nossa maneira de pensar, PQ QUEM É IMPORTANTE PRA NÓS ( NOSSOS FILHOS), NOS ENTENDE, ACEITA E RESPEITA COMO NÓS SOMOS E COM O QUE GOSTAMOS!!

    Ah e quanto a quem pratica o swing não colocar nomes reais ou aparecer sempre com máscaras deve-se ou fato de preservarmos nossos filhos e nossa família de uma maneira geral, afinal não é pq gostamos desse modo de vida que outros são obrigados a gostar e aceitar.
    E se apenas num artigo como esse já somos quase queimados na fogueira, imaginem pessoalmente,… Como sempre digo, nós, eu e meu marido somos adultos e resolvidos o suficiente pra encararmos as criticas e afrontas que receberiamos e saber muito bem nos defender, mas nosso filhos não precisam viver isso… Enquanto o swing não é aceito e o preconceito algo tão gritante como vi nos comentários feitos aqui infelizmwente temos que manter nossas identidades oculta!!

    Bom, acho que já falei demais…
    Ótima páscoa a todos e aproveitem para refletir sobre o assunto!!

    Amelie e Beto, mais uma vez, meus parabéns pelo artigo…
    Muito bem escrito!!
    E parabéns tb pelo maravilhoso casal que são, felizes e bem resolvidos…

  • Let’s

    ô!

    Isso devia ser uma discussão de idéias, não de pessoas…

    Tá virando troca de ofensas…

  • Let’s

    ô!

    Isso devia ser uma discussão de idéias, não de pessoas…

    Tá virando troca de ofensas…

  • RM

    Eu já havia alertado sobre isso, Let’s! Discordar é natural e remete a uma discussão saudável. Mas o rumo da discussão já está na agressão. Assim não é legal.
    Como disse, o swing não é pra mim. Mas achei muito legal o artigo, so gostaria que o emocional dos swingers fosse mais explorado numa próxima oportunidade (coisa que eu duvido que aconteça devido a péssima receptividade que houve aqui).
    De resto, não tenho mais o que dizer.
    Beijos.

  • RM

    Eu já havia alertado sobre isso, Let’s! Discordar é natural e remete a uma discussão saudável. Mas o rumo da discussão já está na agressão. Assim não é legal.
    Como disse, o swing não é pra mim. Mas achei muito legal o artigo, so gostaria que o emocional dos swingers fosse mais explorado numa próxima oportunidade (coisa que eu duvido que aconteça devido a péssima receptividade que houve aqui).
    De resto, não tenho mais o que dizer.
    Beijos.

  • kasalfree

    realmente RM pessima receptividade de alguns, mais o ser humano e assim mesmo , quer é falar mal , malhar a vida do outro , assim ele se sente melhor na vidinha mediocre dele

  • kasalfree

    realmente RM pessima receptividade de alguns, mais o ser humano e assim mesmo , quer é falar mal , malhar a vida do outro , assim ele se sente melhor na vidinha mediocre dele

  • Angelike

    Enéias
    comentou em 19.03.2008 às 23:57
    “Aproveitando a participação em massa da nação swing, mando uma dúvida:

    Vocês participariam de uma festa com alguém da família presente (irmã/irmão/pai/mãe/filho/filha)?”

    Você transa com sua mulher/namorada na frente da familia(irmã/irmão/pai/mãe/filho/filha)?

    Tá respondido ne?

  • http://casalc4rio.blogspot.com/ Sr.C4

    Muito bom, Beto!
    Acho que dá uma esclarecida legal, embora superficial, do que é esse nosso delicioso mundo do swing.
    Mas ainda há muitos meandros a serem destrinchados, que os aventureiros fiquem avisados!
    Mas como você disse, a recompensa é boa. E como é boa!
    Parabéns!

  • Angelike

    Enéias
    comentou em 19.03.2008 às 23:57
    “Aproveitando a participação em massa da nação swing, mando uma dúvida:

    Vocês participariam de uma festa com alguém da família presente (irmã/irmão/pai/mãe/filho/filha)?”

    Você transa com sua mulher/namorada na frente da familia(irmã/irmão/pai/mãe/filho/filha)?

    Tá respondido ne?

  • http://casalc4rio.blogspot.com Sr.C4

    Muito bom, Beto!
    Acho que dá uma esclarecida legal, embora superficial, do que é esse nosso delicioso mundo do swing.
    Mas ainda há muitos meandros a serem destrinchados, que os aventureiros fiquem avisados!
    Mas como você disse, a recompensa é boa. E como é boa!
    Parabéns!

  • marcel/

    “Amor”

    “Eu não sabia que swing era crime… engraçado porque nunca vi nenhum casal ou solteiro ser preso por isso rs vc está acusando os swingers de serem animais só porque transam com outras pessoas ? Engraçado que os solteiros podem transar com inúmeras pessoas, mas quando casa é crime transar com outro ?”

    Eu chamei esses pervetidos ridículos de criminosos ? Aprenda a ler antes de escrever .

    Chamei esses seres inferiores e hipócritas de anormais e imorais , o que é bem diferente de criminosos.
    Não estou acusando esses macacos sem rabo de serem animais por transarem com os da mesma espécie e sim por quererem dar dignidade a algo aberrante e ridículo.
    Apenas isso “amor” .

  • marcel/

    “Amor”

    “Eu não sabia que swing era crime… engraçado porque nunca vi nenhum casal ou solteiro ser preso por isso rs vc está acusando os swingers de serem animais só porque transam com outras pessoas ? Engraçado que os solteiros podem transar com inúmeras pessoas, mas quando casa é crime transar com outro ?”

    Eu chamei esses pervetidos ridículos de criminosos ? Aprenda a ler antes de escrever .

    Chamei esses seres inferiores e hipócritas de anormais e imorais , o que é bem diferente de criminosos.
    Não estou acusando esses macacos sem rabo de serem animais por transarem com os da mesma espécie e sim por quererem dar dignidade a algo aberrante e ridículo.
    Apenas isso “amor” .

  • marcel/

    E como esqueci de dizer aí acima esses “praticantes” de swing não passam de uns hipócritas e ridículos.

    Hipócritas porque consideram normal algo anormal e ridículos porque como sabem que é realmente anormal tem que racionalizar suas práticas pervertidas através de um discurso vazio e apelativo .
    Se realmente vocês achassem “normal” essa prática imunda vocês não passariam tanto tempo se defendendo do ataque dos “hipócritas” esse tipo de defesa é o primeiro sintoma de que algo incomoda vocês.

    E esse discurso de defesa desse lixo imundo é apenas a tentativa desesperada de obter aprovação social ( estranhamente da sociedade que vocês chamam de hipócrita ) francamente é mais que ridículo isso é além de tudo muito bobo.

  • marcel/

    E como esqueci de dizer aí acima esses “praticantes” de swing não passam de uns hipócritas e ridículos.

    Hipócritas porque consideram normal algo anormal e ridículos porque como sabem que é realmente anormal tem que racionalizar suas práticas pervertidas através de um discurso vazio e apelativo .
    Se realmente vocês achassem “normal” essa prática imunda vocês não passariam tanto tempo se defendendo do ataque dos “hipócritas” esse tipo de defesa é o primeiro sintoma de que algo incomoda vocês.

    E esse discurso de defesa desse lixo imundo é apenas a tentativa desesperada de obter aprovação social ( estranhamente da sociedade que vocês chamam de hipócrita ) francamente é mais que ridículo isso é além de tudo muito bobo.

  • jcs

    Não teria esta coragem, mas parabenizo que pratica, porque cada um escolhe a melhor maneira de encontrar seu prazer

  • jcs

    Não teria esta coragem, mas parabenizo que pratica, porque cada um escolhe a melhor maneira de encontrar seu prazer

  • jcs

    Não teria esta coragem, mas parabenizo que pratica, porque cada um escolhe a melhor maneira de encontrar seu prazer

  • Casal B&B

    Caramba, eu ia ler todos os comentários, mas quando vi quantos eram… melhor me pronunciar logo.

    É engraçado ver pessoas tratarem outras pessoas como objetos que podem possuir (“dividir o que é meu” e coisas do gênero).

    Também me divertiu a preocupação de outros com a possibilidade de ser “corno”. Reflete bem como essas pessoas vêem os outros e como são dependentes das opiniões alheias (é claro que todos damos alguma importância às opiniões dos outros, mas ninguém devia chegara tanto).

    Agora, adorei quando o cidadão acima falou em “normal”. Como se ele soubesse o que é ou não é normal, como se “normal” fosse ele. Como se tivesse UM normal. Aliás, que foto é aquela? Está segurando um fuzil? Isso é normal? Ah, mermão, pede pra sair! Só me senti realmente ofendido quando chamou os praticantes (e simpatizantes) do swing de bobos. Magoei. Viu, seu feio, bobo e chato!

    Praticantes e simpatizantes do swing não estão procurando a aprovação da sociedade, fazem parte dela. Se criticam “a sociedade” estão errados também, pela mesma razão.

    Quando pararmos de dar importância ao que é acessório (ficar vigiando e julgando a sexualidade dos outros) e nos preocuparmos com o que é essencial (convivência pacífica), todos viveremos melhor.

    P.S. Não ainda não fizemos swing. Achamos interessante, excitante, mas ainda não é para nós. Para quem é, divirtam-se. Para quem não é, também.

  • Casal B&B

    Caramba, eu ia ler todos os comentários, mas quando vi quantos eram… melhor me pronunciar logo.

    É engraçado ver pessoas tratarem outras pessoas como objetos que podem possuir (“dividir o que é meu” e coisas do gênero).

    Também me divertiu a preocupação de outros com a possibilidade de ser “corno”. Reflete bem como essas pessoas vêem os outros e como são dependentes das opiniões alheias (é claro que todos damos alguma importância às opiniões dos outros, mas ninguém devia chegara tanto).

    Agora, adorei quando o cidadão acima falou em “normal”. Como se ele soubesse o que é ou não é normal, como se “normal” fosse ele. Como se tivesse UM normal. Aliás, que foto é aquela? Está segurando um fuzil? Isso é normal? Ah, mermão, pede pra sair! Só me senti realmente ofendido quando chamou os praticantes (e simpatizantes) do swing de bobos. Magoei. Viu, seu feio, bobo e chato!

    Praticantes e simpatizantes do swing não estão procurando a aprovação da sociedade, fazem parte dela. Se criticam “a sociedade” estão errados também, pela mesma razão.

    Quando pararmos de dar importância ao que é acessório (ficar vigiando e julgando a sexualidade dos outros) e nos preocuparmos com o que é essencial (convivência pacífica), todos viveremos melhor.

    P.S. Não ainda não fizemos swing. Achamos interessante, excitante, mas ainda não é para nós. Para quem é, divirtam-se. Para quem não é, também.

  • Casal B&B

    Caramba, eu ia ler todos os comentários, mas quando vi quantos eram… melhor me pronunciar logo.

    É engraçado ver pessoas tratarem outras pessoas como objetos que podem possuir (“dividir o que é meu” e coisas do gênero).

    Também me divertiu a preocupação de outros com a possibilidade de ser “corno”. Reflete bem como essas pessoas vêem os outros e como são dependentes das opiniões alheias (é claro que todos damos alguma importância às opiniões dos outros, mas ninguém devia chegara tanto).

    Agora, adorei quando o cidadão acima falou em “normal”. Como se ele soubesse o que é ou não é normal, como se “normal” fosse ele. Como se tivesse UM normal. Aliás, que foto é aquela? Está segurando um fuzil? Isso é normal? Ah, mermão, pede pra sair! Só me senti realmente ofendido quando chamou os praticantes (e simpatizantes) do swing de bobos. Magoei. Viu, seu feio, bobo e chato!

    Praticantes e simpatizantes do swing não estão procurando a aprovação da sociedade, fazem parte dela. Se criticam “a sociedade” estão errados também, pela mesma razão.

    Quando pararmos de dar importância ao que é acessório (ficar vigiando e julgando a sexualidade dos outros) e nos preocuparmos com o que é essencial (convivência pacífica), todos viveremos melhor.

    P.S. Não ainda não fizemos swing. Achamos interessante, excitante, mas ainda não é para nós. Para quem é, divirtam-se. Para quem não é, também.

  • Francisco

    já deu pra aprender muito com estas linhas e entrelinhas…
    e por mais que seja um ditado popular, acho que se aplica a boa parte dos comentadores mais agressivos… “quem desdenha quer comprar”

    Quando não temos interesse não temos agressividade, simplesmente ignoramos. O incômodo é como uma curiosidade do contrário, mas tenho certeza também que ninguém vai admitir isso.

    Especialmente para o Marcel, um desafio.
    Defina a normalidade universal.
    Encontre algo, um modo de vida único que deixe todos os 6 bilhões de cidadões desse mundo felizes. A não ser é claro que querer ser feliz não seja normal…

  • Francisco

    já deu pra aprender muito com estas linhas e entrelinhas…
    e por mais que seja um ditado popular, acho que se aplica a boa parte dos comentadores mais agressivos… “quem desdenha quer comprar”

    Quando não temos interesse não temos agressividade, simplesmente ignoramos. O incômodo é como uma curiosidade do contrário, mas tenho certeza também que ninguém vai admitir isso.

    Especialmente para o Marcel, um desafio.
    Defina a normalidade universal.
    Encontre algo, um modo de vida único que deixe todos os 6 bilhões de cidadões desse mundo felizes. A não ser é claro que querer ser feliz não seja normal…

  • Francisco

    já deu pra aprender muito com estas linhas e entrelinhas…
    e por mais que seja um ditado popular, acho que se aplica a boa parte dos comentadores mais agressivos… “quem desdenha quer comprar”

    Quando não temos interesse não temos agressividade, simplesmente ignoramos. O incômodo é como uma curiosidade do contrário, mas tenho certeza também que ninguém vai admitir isso.

    Especialmente para o Marcel, um desafio.
    Defina a normalidade universal.
    Encontre algo, um modo de vida único que deixe todos os 6 bilhões de cidadões desse mundo felizes. A não ser é claro que querer ser feliz não seja normal…

  • Marcel/

    Francisco

    A regra da normalidade sou eu .

    Eu sou a medida de todas as coisas.

    O que para mim é anormal deve ser anormal para todos que têm bom senso.

    O que para mim é normal deve ser normal para todo mundo .

    Se todos fossem como eu esse mundo seria bem melhor com certeza. Pronto respondi seu “desafio”.

    Infelizmente esse mundo está cheio de doentes e pervertidos , mas eu não me preocupo com isso o fim de vocês ( anormais ) se aproxima.

  • Marcel/

    Francisco

    A regra da normalidade sou eu .

    Eu sou a medida de todas as coisas.

    O que para mim é anormal deve ser anormal para todos que têm bom senso.

    O que para mim é normal deve ser normal para todo mundo .

    Se todos fossem como eu esse mundo seria bem melhor com certeza. Pronto respondi seu “desafio”.

    Infelizmente esse mundo está cheio de doentes e pervertidos , mas eu não me preocupo com isso o fim de vocês ( anormais ) se aproxima.

  • Marcel/

    Francisco

    A regra da normalidade sou eu .

    Eu sou a medida de todas as coisas.

    O que para mim é anormal deve ser anormal para todos que têm bom senso.

    O que para mim é normal deve ser normal para todo mundo .

    Se todos fossem como eu esse mundo seria bem melhor com certeza. Pronto respondi seu “desafio”.

    Infelizmente esse mundo está cheio de doentes e pervertidos , mas eu não me preocupo com isso o fim de vocês ( anormais ) se aproxima.

  • Marcel/

    “Casal” B e B ( bicha e boiola )

    “Agora, adorei quando o cidadão acima falou em “normal”. Como se ele soubesse o que é ou não é normal, como se “normal” fosse ele. Como se tivesse UM normal. Aliás, que foto é aquela? Está segurando um fuzil? Isso é normal? Ah, mermão, pede pra sair! Só me senti realmente ofendido quando chamou os praticantes (e simpatizantes) do swing de bobos. Magoei. Viu, seu feio, bobo e chato!”

    Eu sei o que é normal . Se você não sabe foda-se . Há sim uma normalidade e colocar em dúvida que a normalidade exista é um sintoma da sua anormalidade seu B de banana .

    Magoou é ? Tadinha de você passa ano que vem no Iraque que eu vou me importar com o que um psicopata broxa diz ,pensa ou faz.

  • Marcel/

    “Casal” B e B ( bicha e boiola )

    “Agora, adorei quando o cidadão acima falou em “normal”. Como se ele soubesse o que é ou não é normal, como se “normal” fosse ele. Como se tivesse UM normal. Aliás, que foto é aquela? Está segurando um fuzil? Isso é normal? Ah, mermão, pede pra sair! Só me senti realmente ofendido quando chamou os praticantes (e simpatizantes) do swing de bobos. Magoei. Viu, seu feio, bobo e chato!”

    Eu sei o que é normal . Se você não sabe foda-se . Há sim uma normalidade e colocar em dúvida que a normalidade exista é um sintoma da sua anormalidade seu B de banana .

    Magoou é ? Tadinha de você passa ano que vem no Iraque que eu vou me importar com o que um psicopata broxa diz ,pensa ou faz.

  • Marcel/

    “Casal” B e B ( bicha e boiola )

    “Agora, adorei quando o cidadão acima falou em “normal”. Como se ele soubesse o que é ou não é normal, como se “normal” fosse ele. Como se tivesse UM normal. Aliás, que foto é aquela? Está segurando um fuzil? Isso é normal? Ah, mermão, pede pra sair! Só me senti realmente ofendido quando chamou os praticantes (e simpatizantes) do swing de bobos. Magoei. Viu, seu feio, bobo e chato!”

    Eu sei o que é normal . Se você não sabe foda-se . Há sim uma normalidade e colocar em dúvida que a normalidade exista é um sintoma da sua anormalidade seu B de banana .

    Magoou é ? Tadinha de você passa ano que vem no Iraque que eu vou me importar com o que um psicopata broxa diz ,pensa ou faz.

  • Marcel/

    “Casal” B e B ( Banana e banana )

    “P.S. Não ainda não fizemos swing. Achamos interessante, excitante, mas ainda não é para nós. Para quem é, divirtam-se. Para quem não é, também.”

    Viu sempre procurando aprovação , é realmente ridículo esse tipo de desejo . Até imagino a cena : Minha mulher está dando o cu para um barrigudo , mas não me julguem eu não sou um corno babaca que para me excitar preciso ser humilhado afinal eu também estou comendo a barriguda da mulher dele e vou conseguir ficar de pau duro durante 3 minutos completo.

    Anormais ridículos.

  • Marcel/

    “Casal” B e B ( Banana e banana )

    “P.S. Não ainda não fizemos swing. Achamos interessante, excitante, mas ainda não é para nós. Para quem é, divirtam-se. Para quem não é, também.”

    Viu sempre procurando aprovação , é realmente ridículo esse tipo de desejo . Até imagino a cena : Minha mulher está dando o cu para um barrigudo , mas não me julguem eu não sou um corno babaca que para me excitar preciso ser humilhado afinal eu também estou comendo a barriguda da mulher dele e vou conseguir ficar de pau duro durante 3 minutos completo.

    Anormais ridículos.

  • Marcel/

    “Casal” B e B ( Banana e banana )

    “P.S. Não ainda não fizemos swing. Achamos interessante, excitante, mas ainda não é para nós. Para quem é, divirtam-se. Para quem não é, também.”

    Viu sempre procurando aprovação , é realmente ridículo esse tipo de desejo . Até imagino a cena : Minha mulher está dando o cu para um barrigudo , mas não me julguem eu não sou um corno babaca que para me excitar preciso ser humilhado afinal eu também estou comendo a barriguda da mulher dele e vou conseguir ficar de pau duro durante 3 minutos completo.

    Anormais ridículos.

  • http://www.proveisso.net/ Johnny C

    pooooooooooorra, me senti até iimportante agora! Levei puxão de orelha pessoalmente do Beto pra vir comentar! Desculpa não ter comentado antes Beto, e prometo que assim que tiver um tempinho venho ler os comentários pra fazer um decente =p

    Mas agora, na correria da minha arrumação pra ir pro aeroporto (Vix, #BlogCampES), só posso dizer rapidamete que ficou muito bom o artigo!

    Minha experiência com Swing é completamente nula =p fui uma vez apenas numa casa aqui em Sampa, em Moema, com minha ex, mas fomos só visitantes… entramos, olhamos um pouco e fomos embora. Mas o que mais nos atraiu lá mesmo foi a “visibilidade” rs… e na época minha ex tinha recém beijado a primeira garota da vida dela, queria conhecer um pouco mais e tal, ai já viu né? Mas nem aconteceu nada, como eu disse, entramos vimos e saimos!

    Depois eu volto pra falar algo dos comentários, que a Roberta já comentou comigo que tava rolado barraco e intolerância por aqui… tsc tsc…

    Respeito povo. Lembrem-se sempre dessa palavra!

    Um ótimo feriado para todos!

  • http://www.proveisso.net/ Johnny C

    pooooooooooorra, me senti até iimportante agora! Levei puxão de orelha pessoalmente do Beto pra vir comentar! Desculpa não ter comentado antes Beto, e prometo que assim que tiver um tempinho venho ler os comentários pra fazer um decente =p

    Mas agora, na correria da minha arrumação pra ir pro aeroporto (Vix, #BlogCampES), só posso dizer rapidamete que ficou muito bom o artigo!

    Minha experiência com Swing é completamente nula =p fui uma vez apenas numa casa aqui em Sampa, em Moema, com minha ex, mas fomos só visitantes… entramos, olhamos um pouco e fomos embora. Mas o que mais nos atraiu lá mesmo foi a “visibilidade” rs… e na época minha ex tinha recém beijado a primeira garota da vida dela, queria conhecer um pouco mais e tal, ai já viu né? Mas nem aconteceu nada, como eu disse, entramos vimos e saimos!

    Depois eu volto pra falar algo dos comentários, que a Roberta já comentou comigo que tava rolado barraco e intolerância por aqui… tsc tsc…

    Respeito povo. Lembrem-se sempre dessa palavra!

    Um ótimo feriado para todos!

  • http://www.proveisso.net Johnny C

    pooooooooooorra, me senti até iimportante agora! Levei puxão de orelha pessoalmente do Beto pra vir comentar! Desculpa não ter comentado antes Beto, e prometo que assim que tiver um tempinho venho ler os comentários pra fazer um decente =p

    Mas agora, na correria da minha arrumação pra ir pro aeroporto (Vix, #BlogCampES), só posso dizer rapidamete que ficou muito bom o artigo!

    Minha experiência com Swing é completamente nula =p fui uma vez apenas numa casa aqui em Sampa, em Moema, com minha ex, mas fomos só visitantes… entramos, olhamos um pouco e fomos embora. Mas o que mais nos atraiu lá mesmo foi a “visibilidade” rs… e na época minha ex tinha recém beijado a primeira garota da vida dela, queria conhecer um pouco mais e tal, ai já viu né? Mas nem aconteceu nada, como eu disse, entramos vimos e saimos!

    Depois eu volto pra falar algo dos comentários, que a Roberta já comentou comigo que tava rolado barraco e intolerância por aqui… tsc tsc…

    Respeito povo. Lembrem-se sempre dessa palavra!

    Um ótimo feriado para todos!

  • LM

    Beto, seu artigo ficou tão bom que esse post é só pra elogiar! Parabéns. Expôs de forma correta! Mostrou as empolgações, receios e inseguranças que temos no início.
    A sua visão sobre o swing ficou divertidamente mostrada! Uma visão que, só depois que vc perde o medo e resolve conhecer de perto (conhecer! não necessariamente aderir) é que vc passa a entender. Mandou mto bem! Abraços

  • LM

    Beto, seu artigo ficou tão bom que esse post é só pra elogiar! Parabéns. Expôs de forma correta! Mostrou as empolgações, receios e inseguranças que temos no início.
    A sua visão sobre o swing ficou divertidamente mostrada! Uma visão que, só depois que vc perde o medo e resolve conhecer de perto (conhecer! não necessariamente aderir) é que vc passa a entender. Mandou mto bem! Abraços

  • LM

    Beto, seu artigo ficou tão bom que esse post é só pra elogiar! Parabéns. Expôs de forma correta! Mostrou as empolgações, receios e inseguranças que temos no início.
    A sua visão sobre o swing ficou divertidamente mostrada! Uma visão que, só depois que vc perde o medo e resolve conhecer de perto (conhecer! não necessariamente aderir) é que vc passa a entender. Mandou mto bem! Abraços

  • Roberta

    “Respeito povo. Lembrem-se sempre dessa palavra!” (2)

  • Roberta

    “Respeito povo. Lembrem-se sempre dessa palavra!” (2)

  • Roberta

    “Respeito povo. Lembrem-se sempre dessa palavra!” (2)

  • LM

    Agora, sobre os comentários…..
    É uma hipocrisia ficar pagando de fiel qdo não consegue sequer desvirar o pescoço qdo passa uma gostosa do seu lado. Ficar mentindo que só tem olhos pra parceira qdo, de noite, vc fecha os olhos e fica imaginando a vizinha do 4o andar. Faz juras de exclusividade mas deseja, no seu íntimo, ter outra pessoa também. Supondo que seu cônjuge tb é o modelo de segurança e fidelidade.
    Não existe monogamia! Nem que seja só em pensamento, ou que vc parta pra pular a cerca uma vez por semana ou uma vez a cada dez anos. A rotina sexual uma hora bate. Vc (homem ou mulher) passa a querer alguém que te interessou, passa a querer algo novo, passa a queser sentir aquele desejo ardendo por dentro, e que há muito não sente. Daí fica se culpando pq quer aquilo e inconscientemente fica buscando motivos que justifiquem seu sexo extra-conjugal. Daí é ladeira abaixo: tudo que acontece (ou não acontece) na rotina conjugal é motivo pra achar que vc merece algo empolgante de novo. Daí, com mto receio e algum peso na consciência vc pula a cerca pela primeira vez. Daí, é igual coçar: é só começar que não pára. Depois de um tempo vc está até achando que a outra pessoa até merece que vc a traia. Pronto! Vcs já delimitaram dois times opostos e cada um de vcs jogando num deles, um contra o outro. Acreditem, já fui um falso fiel. Não me fez bem…
    Swing não é sinônimo de avacalhação, ôba-ôba, libertinagem.
    Vc pode estar num ôba-ôba, pegando geral, mesmo vc sendo um falso fiel. Saindo cada dia com uma, pagando por serviços sexuais, pagando pra realizar fantasias que vc não realiza na cama de casa e, consequentemente, arriscando seu casamento (lembrem-se que os filhos estão nessa história tb) e correndo o risco de levar de presente pra dentro de casa uma DST.
    Então, não vamos confundir. ôba-ôba, libertinagem, não está ligado ao swing, mas aos hábitos irresponsáveis. E isso não depende da sua opção sexual, mas da sua responsabilidade.
    Nós temos a liberdade de realizarmos nossas fantasias junto da pessoa que amamos. Curtimos tudo juntos, aumentamos nossa cumplicidade, nossa união e temos uma relação apimentadíssima, cheia de tesão pelo próprio parceiro durante anos, sem apagar a chama. Somos cúmplices, parceiros e amantes de nossas esposas/maridos. Não precisamos trair, não precisamos esconder o jogo, não precisamos passar falso moralismo, não precisamos ter um número secreto de celular nem ficar inventando jogo de futebol na sexta-eira de noite. Não brigamos por besteirinhas, não discutimos por ciúme pq o cara diz que a capa da playboy “até q é gatinha”. Gastamos nossas energias com coisas boas! Com boas amizades, bons bate-papos, comentando que tal e tal é bonita/o, falando sobre a última fantasia que tivemos, e, melhor de tudo, realizando todas elas! Tudo juntos. Não to levantando bandeira nem querendo convencer ninguém. Já estive dos dois lados: o careta e o liberal, e digo – não dá pra vc falar com propriedade de algo que não conhece, ou que conhece apenas superficialmente. E nesse caso, a visão que vc tem é apenas parcial, viciada por conceitos pré-formados e pela mídia ou pelas “conversinhas”. E mídia e “conversinha” têm uma coisa em comum: vivem do sensacionalismo! Então só mostram o que dá ibope, discussão. E o que seria? A depravação, a traição, e outras coisas baixas, mas que rendem papo. Na boa: quer discutir? Entenda, conheça e depois fale. Não tente esbravejar o que é senso comum, o que é cultura de boteco, não fale do que vc só ouviu falar. Vc tem que ver de perto pra entender como a coisa funciona, como realmente é. Os casais iniciantes ficam aflitos demais no início, pq na maioria das vezes imaginam que a coisa é de um jeito que não é. Se não conhece, respeite apenas. Tente se informar.
    E nós vamos continuar com nossos casamentos cheios de cumplicidade, união e sexo feliz! Como diz a música, “a nossa liberdade é o que nos prende”! ;)

  • LM

    Agora, sobre os comentários…..
    É uma hipocrisia ficar pagando de fiel qdo não consegue sequer desvirar o pescoço qdo passa uma gostosa do seu lado. Ficar mentindo que só tem olhos pra parceira qdo, de noite, vc fecha os olhos e fica imaginando a vizinha do 4o andar. Faz juras de exclusividade mas deseja, no seu íntimo, ter outra pessoa também. Supondo que seu cônjuge tb é o modelo de segurança e fidelidade.
    Não existe monogamia! Nem que seja só em pensamento, ou que vc parta pra pular a cerca uma vez por semana ou uma vez a cada dez anos. A rotina sexual uma hora bate. Vc (homem ou mulher) passa a querer alguém que te interessou, passa a querer algo novo, passa a queser sentir aquele desejo ardendo por dentro, e que há muito não sente. Daí fica se culpando pq quer aquilo e inconscientemente fica buscando motivos que justifiquem seu sexo extra-conjugal. Daí é ladeira abaixo: tudo que acontece (ou não acontece) na rotina conjugal é motivo pra achar que vc merece algo empolgante de novo. Daí, com mto receio e algum peso na consciência vc pula a cerca pela primeira vez. Daí, é igual coçar: é só começar que não pára. Depois de um tempo vc está até achando que a outra pessoa até merece que vc a traia. Pronto! Vcs já delimitaram dois times opostos e cada um de vcs jogando num deles, um contra o outro. Acreditem, já fui um falso fiel. Não me fez bem…
    Swing não é sinônimo de avacalhação, ôba-ôba, libertinagem.
    Vc pode estar num ôba-ôba, pegando geral, mesmo vc sendo um falso fiel. Saindo cada dia com uma, pagando por serviços sexuais, pagando pra realizar fantasias que vc não realiza na cama de casa e, consequentemente, arriscando seu casamento (lembrem-se que os filhos estão nessa história tb) e correndo o risco de levar de presente pra dentro de casa uma DST.
    Então, não vamos confundir. ôba-ôba, libertinagem, não está ligado ao swing, mas aos hábitos irresponsáveis. E isso não depende da sua opção sexual, mas da sua responsabilidade.
    Nós temos a liberdade de realizarmos nossas fantasias junto da pessoa que amamos. Curtimos tudo juntos, aumentamos nossa cumplicidade, nossa união e temos uma relação apimentadíssima, cheia de tesão pelo próprio parceiro durante anos, sem apagar a chama. Somos cúmplices, parceiros e amantes de nossas esposas/maridos. Não precisamos trair, não precisamos esconder o jogo, não precisamos passar falso moralismo, não precisamos ter um número secreto de celular nem ficar inventando jogo de futebol na sexta-eira de noite. Não brigamos por besteirinhas, não discutimos por ciúme pq o cara diz que a capa da playboy “até q é gatinha”. Gastamos nossas energias com coisas boas! Com boas amizades, bons bate-papos, comentando que tal e tal é bonita/o, falando sobre a última fantasia que tivemos, e, melhor de tudo, realizando todas elas! Tudo juntos. Não to levantando bandeira nem querendo convencer ninguém. Já estive dos dois lados: o careta e o liberal, e digo – não dá pra vc falar com propriedade de algo que não conhece, ou que conhece apenas superficialmente. E nesse caso, a visão que vc tem é apenas parcial, viciada por conceitos pré-formados e pela mídia ou pelas “conversinhas”. E mídia e “conversinha” têm uma coisa em comum: vivem do sensacionalismo! Então só mostram o que dá ibope, discussão. E o que seria? A depravação, a traição, e outras coisas baixas, mas que rendem papo. Na boa: quer discutir? Entenda, conheça e depois fale. Não tente esbravejar o que é senso comum, o que é cultura de boteco, não fale do que vc só ouviu falar. Vc tem que ver de perto pra entender como a coisa funciona, como realmente é. Os casais iniciantes ficam aflitos demais no início, pq na maioria das vezes imaginam que a coisa é de um jeito que não é. Se não conhece, respeite apenas. Tente se informar.
    E nós vamos continuar com nossos casamentos cheios de cumplicidade, união e sexo feliz! Como diz a música, “a nossa liberdade é o que nos prende”! ;)

  • LM

    Agora, sobre os comentários…..
    É uma hipocrisia ficar pagando de fiel qdo não consegue sequer desvirar o pescoço qdo passa uma gostosa do seu lado. Ficar mentindo que só tem olhos pra parceira qdo, de noite, vc fecha os olhos e fica imaginando a vizinha do 4o andar. Faz juras de exclusividade mas deseja, no seu íntimo, ter outra pessoa também. Supondo que seu cônjuge tb é o modelo de segurança e fidelidade.
    Não existe monogamia! Nem que seja só em pensamento, ou que vc parta pra pular a cerca uma vez por semana ou uma vez a cada dez anos. A rotina sexual uma hora bate. Vc (homem ou mulher) passa a querer alguém que te interessou, passa a querer algo novo, passa a queser sentir aquele desejo ardendo por dentro, e que há muito não sente. Daí fica se culpando pq quer aquilo e inconscientemente fica buscando motivos que justifiquem seu sexo extra-conjugal. Daí é ladeira abaixo: tudo que acontece (ou não acontece) na rotina conjugal é motivo pra achar que vc merece algo empolgante de novo. Daí, com mto receio e algum peso na consciência vc pula a cerca pela primeira vez. Daí, é igual coçar: é só começar que não pára. Depois de um tempo vc está até achando que a outra pessoa até merece que vc a traia. Pronto! Vcs já delimitaram dois times opostos e cada um de vcs jogando num deles, um contra o outro. Acreditem, já fui um falso fiel. Não me fez bem…
    Swing não é sinônimo de avacalhação, ôba-ôba, libertinagem.
    Vc pode estar num ôba-ôba, pegando geral, mesmo vc sendo um falso fiel. Saindo cada dia com uma, pagando por serviços sexuais, pagando pra realizar fantasias que vc não realiza na cama de casa e, consequentemente, arriscando seu casamento (lembrem-se que os filhos estão nessa história tb) e correndo o risco de levar de presente pra dentro de casa uma DST.
    Então, não vamos confundir. ôba-ôba, libertinagem, não está ligado ao swing, mas aos hábitos irresponsáveis. E isso não depende da sua opção sexual, mas da sua responsabilidade.
    Nós temos a liberdade de realizarmos nossas fantasias junto da pessoa que amamos. Curtimos tudo juntos, aumentamos nossa cumplicidade, nossa união e temos uma relação apimentadíssima, cheia de tesão pelo próprio parceiro durante anos, sem apagar a chama. Somos cúmplices, parceiros e amantes de nossas esposas/maridos. Não precisamos trair, não precisamos esconder o jogo, não precisamos passar falso moralismo, não precisamos ter um número secreto de celular nem ficar inventando jogo de futebol na sexta-eira de noite. Não brigamos por besteirinhas, não discutimos por ciúme pq o cara diz que a capa da playboy “até q é gatinha”. Gastamos nossas energias com coisas boas! Com boas amizades, bons bate-papos, comentando que tal e tal é bonita/o, falando sobre a última fantasia que tivemos, e, melhor de tudo, realizando todas elas! Tudo juntos. Não to levantando bandeira nem querendo convencer ninguém. Já estive dos dois lados: o careta e o liberal, e digo – não dá pra vc falar com propriedade de algo que não conhece, ou que conhece apenas superficialmente. E nesse caso, a visão que vc tem é apenas parcial, viciada por conceitos pré-formados e pela mídia ou pelas “conversinhas”. E mídia e “conversinha” têm uma coisa em comum: vivem do sensacionalismo! Então só mostram o que dá ibope, discussão. E o que seria? A depravação, a traição, e outras coisas baixas, mas que rendem papo. Na boa: quer discutir? Entenda, conheça e depois fale. Não tente esbravejar o que é senso comum, o que é cultura de boteco, não fale do que vc só ouviu falar. Vc tem que ver de perto pra entender como a coisa funciona, como realmente é. Os casais iniciantes ficam aflitos demais no início, pq na maioria das vezes imaginam que a coisa é de um jeito que não é. Se não conhece, respeite apenas. Tente se informar.
    E nós vamos continuar com nossos casamentos cheios de cumplicidade, união e sexo feliz! Como diz a música, “a nossa liberdade é o que nos prende”! ;)

  • Enéias

    Angelike

    Não, eu não transaria na frente dos meus pais ou filhos….mas eu também não praticaria swing. Então…não sou parametro pra nada.

    E querida, responder uma pergunta com outra pergunta é o mesmo que não responder nada.

    Mais curiosidades: casais homossexuais podem participar de uma festa normalmente? Acontece de ir muito gay enrustido que, na verdade, quer mais pegar nos outros caras do que participar da troca?

  • Enéias

    Angelike

    Não, eu não transaria na frente dos meus pais ou filhos….mas eu também não praticaria swing. Então…não sou parametro pra nada.

    E querida, responder uma pergunta com outra pergunta é o mesmo que não responder nada.

    Mais curiosidades: casais homossexuais podem participar de uma festa normalmente? Acontece de ir muito gay enrustido que, na verdade, quer mais pegar nos outros caras do que participar da troca?

  • Enéias

    Angelike

    Não, eu não transaria na frente dos meus pais ou filhos….mas eu também não praticaria swing. Então…não sou parametro pra nada.

    E querida, responder uma pergunta com outra pergunta é o mesmo que não responder nada.

    Mais curiosidades: casais homossexuais podem participar de uma festa normalmente? Acontece de ir muito gay enrustido que, na verdade, quer mais pegar nos outros caras do que participar da troca?

  • LM

    Enéias, existem casais em que ambos são bi. Não é a minha praia, mas se eles curtem entre eles, são felizes assim e não fazem mal a ninguém e nem desrespeitam ninguém… Então vai fundo né! Existem uma espécie de lema: tudo é permitido, mas nda é obrigatório. Faz o que tá a fim.

  • LM

    Enéias, existem casais em que ambos são bi. Não é a minha praia, mas se eles curtem entre eles, são felizes assim e não fazem mal a ninguém e nem desrespeitam ninguém… Então vai fundo né! Existem uma espécie de lema: tudo é permitido, mas nda é obrigatório. Faz o que tá a fim.

  • LM

    Enéias, existem casais em que ambos são bi. Não é a minha praia, mas se eles curtem entre eles, são felizes assim e não fazem mal a ninguém e nem desrespeitam ninguém… Então vai fundo né! Existem uma espécie de lema: tudo é permitido, mas nda é obrigatório. Faz o que tá a fim.

  • Junior

    Putz!
    Ótimo post LM !!!!!!!
    Falou e disse! Mto bom! Assino embaixo

  • Junior

    Putz!
    Ótimo post LM !!!!!!!
    Falou e disse! Mto bom! Assino embaixo

  • Junior

    Putz!
    Ótimo post LM !!!!!!!
    Falou e disse! Mto bom! Assino embaixo

  • Roberta

    Tô c/ o Junior

  • Roberta

    Tô c/ o Junior

  • Roberta

    Tô c/ o Junior

  • http://www.sacanagem.art.br/ sacanagem

    Tô em dúvida.

  • http://www.sacanagem.art.br/ sacanagem

    Tô em dúvida.

  • http://www.sacanagem.art.br sacanagem

    Tô em dúvida.

  • Angelike

    Deu pra perceber que quem não tem argumentos, parte pra ofensa.

    Quem parte pra ofensa perde a razão.

  • Angelike

    Deu pra perceber que quem não tem argumentos, parte pra ofensa.

    Quem parte pra ofensa perde a razão.

  • Angelike

    Deu pra perceber que quem não tem argumentos, parte pra ofensa.

    Quem parte pra ofensa perde a razão.

  • Cacá

    Amigos, relaxem.
    Marcel não existe. Ele é apenas uma personagem, como Pedro de Lara, que está aqui só para agitar o auditório.
    Na verdade, ele não acredita em nada daquilo que escreve.
    Ninguém realmente pensa assim.
    Quando leio os comentários dele eu me divirto, fecho os olhos, e imagino Pedro de Lara, com aquela flor enorme, olhar alucinado, digitando insanidades só para nos alegrar.
    Aí vaiamos a personagem, como o auditório do Programa Silvio Santos.
    Depois, ele mesmo deve rir das bobagens que escreveu.

  • Cacá

    Amigos, relaxem.
    Marcel não existe. Ele é apenas uma personagem, como Pedro de Lara, que está aqui só para agitar o auditório.
    Na verdade, ele não acredita em nada daquilo que escreve.
    Ninguém realmente pensa assim.
    Quando leio os comentários dele eu me divirto, fecho os olhos, e imagino Pedro de Lara, com aquela flor enorme, olhar alucinado, digitando insanidades só para nos alegrar.
    Aí vaiamos a personagem, como o auditório do Programa Silvio Santos.
    Depois, ele mesmo deve rir das bobagens que escreveu.

  • Cacá

    Amigos, relaxem.
    Marcel não existe. Ele é apenas uma personagem, como Pedro de Lara, que está aqui só para agitar o auditório.
    Na verdade, ele não acredita em nada daquilo que escreve.
    Ninguém realmente pensa assim.
    Quando leio os comentários dele eu me divirto, fecho os olhos, e imagino Pedro de Lara, com aquela flor enorme, olhar alucinado, digitando insanidades só para nos alegrar.
    Aí vaiamos a personagem, como o auditório do Programa Silvio Santos.
    Depois, ele mesmo deve rir das bobagens que escreveu.

  • Kay

    “Os cães ladram e a caravana passa…” Isso é sinal que avancamos…

    “Preste atencão ao ruído que faz: Quanto mais vazia uma carroca, mais barulho ela fará…”

    “Pessoas medíocres falam de outras pessoas.
    Pessoas razoáveis falam de coisas.
    Pessoas inteligentes falam de IDÉIAS.”

    Frases Clichês, mas bastante adequadas aos comentários em sua maioria. Parece que se perdeu o sentido real da discussão.

    Penso que quando o Beto escreveu este artigo, não tinha em mente levantar toda essa polêmica agressiva. De um lado ou de outro. Talvez algo como: “Pra quem teeeem a curiosidade, vai ser interessante saber antes que:…”

    Se vc não gosta, não gosta e pronto. Que se respeite.
    Se não está preparado, ok. Talvez chegue a hora.
    Se vc adora, curte demais, ok… seja feliz!
    O ponto não deve ser QUEM ESTA CERTO… mas que cada pessoa seja respeitada em sua opinião, posicão, escolha.

    Alguém (a favor ou contra) já parou pra pensar em uma situacão como:
    - Seu amigo de tempos, parceiro de trabalho, padrinho de um filho seu, é swingueiro. Vc não é. (E não sabe que ele é…rs) Nem por isso deixam de estar num churrasco da família no sábado. À noite, ele sai com a mulher pra uma baladinha liberal, vc quis ficar em casa e curtir um bom filme. E daí??? Quem tá certo e quem tá errado? Ninguém e Ninguém… cada um escolheu fazer o que gosta naquele dia…

    Swingueiros não são “Jack Bauers Sexuais” (hihihi) 24h por dia pensando em sexo num raciocínio simples.
    Somos pessoas normais. Trabalhamos, pagamos contas, também nos precoupamos com a violência, com a guerra, com a fome. Também torcemos por um time, escolhemos um candidato, queremos que nossos filhos crescam como seres humanos decentes, que se formem e formem uma boa familia. Também levamos o cachorro pra passear, a filha pro Balé e também pegamos fila no cinema do domingo. Ah! E comemos pipoca…

    Poxa vida, TOLERÂNCIA é algo bom, sim? Que cada um possa fazer o que deseja (seja momentâneo, seja descoberta, seja prazer ou seja vício mesmo). Sem rótulos de certo/errado, mas sempre e quando seja “bom”, seja pra quem faz ou quem escolhe não fazer.

    No final das contas, sempre haverá opiniões diferentes, disso se alimenta a beleza das idéias e pra um alguém que diz: “Argh! Que barbaridade! Não faria e nem pensar!”, pode ser que exista alguém curioso estilo “o que gostaria de saber e não sabia a quem perguntar”… pra isso foi escrito o artigo. E de uma maneira muito leve e agradavel, como todos os textos do Beto.

    Que o RESPEITO, a TOLERANCIA e a PAZ comecem REALMENTE em nós. E o que vc faz na cama, no chão ou na cozinha, com o seu parceiro(s) ou quem e o que vc escolher, seja RESPEITADO!

    * Quem escreve é uma swingueira. Que reza, que trabalha, que deseja uma vida boa. Que é contra a guerra e todos os tipos de violência, mas que sabe que essas ameacas existem. Que curte diplomacia, filmes de amor e adoooooora um chopp com os amigos… e vinho também, e tequila*** hehehe. Que cuida de animais abandonados, que tem os seus próprios, que faz trabalho voluntário e que devia escrever mais pra a mãe e os amigos que estão longe. Que apadrinha criancas pobres pensando que elas também podem ter uma chance. E que odeia acordar cedo. E que adoooooora de praia e deve comer menos chocolate nessa Páscoa… Entáo tá.

    Beijos pra vcs!!! Que de um jeito ou de outro, swingando ou correndo, tenham uma vida boa e abencoada! Fui!

  • Kay

    “Os cães ladram e a caravana passa…” Isso é sinal que avancamos…

    “Preste atencão ao ruído que faz: Quanto mais vazia uma carroca, mais barulho ela fará…”

    “Pessoas medíocres falam de outras pessoas.
    Pessoas razoáveis falam de coisas.
    Pessoas inteligentes falam de IDÉIAS.”

    Frases Clichês, mas bastante adequadas aos comentários em sua maioria. Parece que se perdeu o sentido real da discussão.

    Penso que quando o Beto escreveu este artigo, não tinha em mente levantar toda essa polêmica agressiva. De um lado ou de outro. Talvez algo como: “Pra quem teeeem a curiosidade, vai ser interessante saber antes que:…”

    Se vc não gosta, não gosta e pronto. Que se respeite.
    Se não está preparado, ok. Talvez chegue a hora.
    Se vc adora, curte demais, ok… seja feliz!
    O ponto não deve ser QUEM ESTA CERTO… mas que cada pessoa seja respeitada em sua opinião, posicão, escolha.

    Alguém (a favor ou contra) já parou pra pensar em uma situacão como:
    - Seu amigo de tempos, parceiro de trabalho, padrinho de um filho seu, é swingueiro. Vc não é. (E não sabe que ele é…rs) Nem por isso deixam de estar num churrasco da família no sábado. À noite, ele sai com a mulher pra uma baladinha liberal, vc quis ficar em casa e curtir um bom filme. E daí??? Quem tá certo e quem tá errado? Ninguém e Ninguém… cada um escolheu fazer o que gosta naquele dia…

    Swingueiros não são “Jack Bauers Sexuais” (hihihi) 24h por dia pensando em sexo num raciocínio simples.
    Somos pessoas normais. Trabalhamos, pagamos contas, também nos precoupamos com a violência, com a guerra, com a fome. Também torcemos por um time, escolhemos um candidato, queremos que nossos filhos crescam como seres humanos decentes, que se formem e formem uma boa familia. Também levamos o cachorro pra passear, a filha pro Balé e também pegamos fila no cinema do domingo. Ah! E comemos pipoca…

    Poxa vida, TOLERÂNCIA é algo bom, sim? Que cada um possa fazer o que deseja (seja momentâneo, seja descoberta, seja prazer ou seja vício mesmo). Sem rótulos de certo/errado, mas sempre e quando seja “bom”, seja pra quem faz ou quem escolhe não fazer.

    No final das contas, sempre haverá opiniões diferentes, disso se alimenta a beleza das idéias e pra um alguém que diz: “Argh! Que barbaridade! Não faria e nem pensar!”, pode ser que exista alguém curioso estilo “o que gostaria de saber e não sabia a quem perguntar”… pra isso foi escrito o artigo. E de uma maneira muito leve e agradavel, como todos os textos do Beto.

    Que o RESPEITO, a TOLERANCIA e a PAZ comecem REALMENTE em nós. E o que vc faz na cama, no chão ou na cozinha, com o seu parceiro(s) ou quem e o que vc escolher, seja RESPEITADO!

    * Quem escreve é uma swingueira. Que reza, que trabalha, que deseja uma vida boa. Que é contra a guerra e todos os tipos de violência, mas que sabe que essas ameacas existem. Que curte diplomacia, filmes de amor e adoooooora um chopp com os amigos… e vinho também, e tequila*** hehehe. Que cuida de animais abandonados, que tem os seus próprios, que faz trabalho voluntário e que devia escrever mais pra a mãe e os amigos que estão longe. Que apadrinha criancas pobres pensando que elas também podem ter uma chance. E que odeia acordar cedo. E que adoooooora de praia e deve comer menos chocolate nessa Páscoa… Entáo tá.

    Beijos pra vcs!!! Que de um jeito ou de outro, swingando ou correndo, tenham uma vida boa e abencoada! Fui!

  • Kay

    “Os cães ladram e a caravana passa…” Isso é sinal que avancamos…

    “Preste atencão ao ruído que faz: Quanto mais vazia uma carroca, mais barulho ela fará…”

    “Pessoas medíocres falam de outras pessoas.
    Pessoas razoáveis falam de coisas.
    Pessoas inteligentes falam de IDÉIAS.”

    Frases Clichês, mas bastante adequadas aos comentários em sua maioria. Parece que se perdeu o sentido real da discussão.

    Penso que quando o Beto escreveu este artigo, não tinha em mente levantar toda essa polêmica agressiva. De um lado ou de outro. Talvez algo como: “Pra quem teeeem a curiosidade, vai ser interessante saber antes que:…”

    Se vc não gosta, não gosta e pronto. Que se respeite.
    Se não está preparado, ok. Talvez chegue a hora.
    Se vc adora, curte demais, ok… seja feliz!
    O ponto não deve ser QUEM ESTA CERTO… mas que cada pessoa seja respeitada em sua opinião, posicão, escolha.

    Alguém (a favor ou contra) já parou pra pensar em uma situacão como:
    - Seu amigo de tempos, parceiro de trabalho, padrinho de um filho seu, é swingueiro. Vc não é. (E não sabe que ele é…rs) Nem por isso deixam de estar num churrasco da família no sábado. À noite, ele sai com a mulher pra uma baladinha liberal, vc quis ficar em casa e curtir um bom filme. E daí??? Quem tá certo e quem tá errado? Ninguém e Ninguém… cada um escolheu fazer o que gosta naquele dia…

    Swingueiros não são “Jack Bauers Sexuais” (hihihi) 24h por dia pensando em sexo num raciocínio simples.
    Somos pessoas normais. Trabalhamos, pagamos contas, também nos precoupamos com a violência, com a guerra, com a fome. Também torcemos por um time, escolhemos um candidato, queremos que nossos filhos crescam como seres humanos decentes, que se formem e formem uma boa familia. Também levamos o cachorro pra passear, a filha pro Balé e também pegamos fila no cinema do domingo. Ah! E comemos pipoca…

    Poxa vida, TOLERÂNCIA é algo bom, sim? Que cada um possa fazer o que deseja (seja momentâneo, seja descoberta, seja prazer ou seja vício mesmo). Sem rótulos de certo/errado, mas sempre e quando seja “bom”, seja pra quem faz ou quem escolhe não fazer.

    No final das contas, sempre haverá opiniões diferentes, disso se alimenta a beleza das idéias e pra um alguém que diz: “Argh! Que barbaridade! Não faria e nem pensar!”, pode ser que exista alguém curioso estilo “o que gostaria de saber e não sabia a quem perguntar”… pra isso foi escrito o artigo. E de uma maneira muito leve e agradavel, como todos os textos do Beto.

    Que o RESPEITO, a TOLERANCIA e a PAZ comecem REALMENTE em nós. E o que vc faz na cama, no chão ou na cozinha, com o seu parceiro(s) ou quem e o que vc escolher, seja RESPEITADO!

    * Quem escreve é uma swingueira. Que reza, que trabalha, que deseja uma vida boa. Que é contra a guerra e todos os tipos de violência, mas que sabe que essas ameacas existem. Que curte diplomacia, filmes de amor e adoooooora um chopp com os amigos… e vinho também, e tequila*** hehehe. Que cuida de animais abandonados, que tem os seus próprios, que faz trabalho voluntário e que devia escrever mais pra a mãe e os amigos que estão longe. Que apadrinha criancas pobres pensando que elas também podem ter uma chance. E que odeia acordar cedo. E que adoooooora de praia e deve comer menos chocolate nessa Páscoa… Entáo tá.

    Beijos pra vcs!!! Que de um jeito ou de outro, swingando ou correndo, tenham uma vida boa e abencoada! Fui!

  • Kay

    Todo mundo cantou e ninguém brigou…

    Já sei namorar
    Já sei beijar de língua agora só me resta sonhar
    Já sei aonde ir, Já sai onde ficar
    Agora só me falta sair

    Não tenho paciência pra televisão
    Eu não sou audiência para a solidão
    Eu sou de ninguém
    Eu sou de todo mundo e todo mundo me quer bem
    Eu sou de ninguém
    Eu sou de todo mundo
    E todo mundo é meu também!!

    Já sei namorar
    Já sei chutar a bola agora só me falta ganhar!
    Não tenho juiz
    Se vc quer a vida em jogo eu quero é ser feliz!

    Tô te querendo como ninguém
    Tô te querendo como Deus quiser
    Tô te querendo, Como eu te quero!
    Tô te querendo, como se quer!

    E que cada um queira como quiser!!! hehehe

  • Kay

    Todo mundo cantou e ninguém brigou…

    Já sei namorar
    Já sei beijar de língua agora só me resta sonhar
    Já sei aonde ir, Já sai onde ficar
    Agora só me falta sair

    Não tenho paciência pra televisão
    Eu não sou audiência para a solidão
    Eu sou de ninguém
    Eu sou de todo mundo e todo mundo me quer bem
    Eu sou de ninguém
    Eu sou de todo mundo
    E todo mundo é meu também!!

    Já sei namorar
    Já sei chutar a bola agora só me falta ganhar!
    Não tenho juiz
    Se vc quer a vida em jogo eu quero é ser feliz!

    Tô te querendo como ninguém
    Tô te querendo como Deus quiser
    Tô te querendo, Como eu te quero!
    Tô te querendo, como se quer!

    E que cada um queira como quiser!!! hehehe

  • Kay

    Todo mundo cantou e ninguém brigou…

    Já sei namorar
    Já sei beijar de língua agora só me resta sonhar
    Já sei aonde ir, Já sai onde ficar
    Agora só me falta sair

    Não tenho paciência pra televisão
    Eu não sou audiência para a solidão
    Eu sou de ninguém
    Eu sou de todo mundo e todo mundo me quer bem
    Eu sou de ninguém
    Eu sou de todo mundo
    E todo mundo é meu também!!

    Já sei namorar
    Já sei chutar a bola agora só me falta ganhar!
    Não tenho juiz
    Se vc quer a vida em jogo eu quero é ser feliz!

    Tô te querendo como ninguém
    Tô te querendo como Deus quiser
    Tô te querendo, Como eu te quero!
    Tô te querendo, como se quer!

    E que cada um queira como quiser!!! hehehe

  • Roberta

    Aeeeeeeeeeeeee

  • Roberta

    Aeeeeeeeeeeeee

  • Roberta

    Aeeeeeeeeeeeee

  • http://www.meudiarioswing.blogspot.com/ Amelie

    Cacá, adorei o que vc escreveu sobre o Marcel. Concordo com vc, aquilo não pode ser de verdade!! rsrsrs

  • http://www.meudiarioswing.blogspot.com/ Amelie

    Cacá, adorei o que vc escreveu sobre o Marcel. Concordo com vc, aquilo não pode ser de verdade!! rsrsrs

  • http://www.meudiarioswing.blogspot.com Amelie

    Cacá, adorei o que vc escreveu sobre o Marcel. Concordo com vc, aquilo não pode ser de verdade!! rsrsrs

  • kasalfree

    e um viva ao PEDRO DE LARA !!!!!!!!!!

    PEDRO DE LARA E COISA NOSSA
    PEDRO DE LARA É COISA NOSSA
    MAIS QUE VAI VAI
    MAIS QUE VAI VEM

  • kasalfree

    e um viva ao PEDRO DE LARA !!!!!!!!!!

    PEDRO DE LARA E COISA NOSSA
    PEDRO DE LARA É COISA NOSSA
    MAIS QUE VAI VAI
    MAIS QUE VAI VEM

  • kasalfree

    e um viva ao PEDRO DE LARA !!!!!!!!!!

    PEDRO DE LARA E COISA NOSSA
    PEDRO DE LARA É COISA NOSSA
    MAIS QUE VAI VAI
    MAIS QUE VAI VEM

  • http://www.swingreal.com/ Alice do Real Bsb

    Até pensei em comentar.
    Até pensei em revidar.
    Até pensei em resolver algumas dúvidas.
    Até pensei em dar um soco no olho de cada um dos imbecis que nos agrediram covardemente.
    Até pensei em beijar os poucos que entenderam o Artigo e comentaram de forma isenta, mesmo não querendo participar do meio swinger.
    Até fiquei feliz, em alguns momentos da leitura, quando percebi que o objetivo do Beto foi alcançado.
    Até chorei de raiva com a maldade, com o rótulo, com a mistura de privado com incesto, com a imagem da Cegonha trazendo o bebê pra mãezinha de um dos enrustidos que comentou lá em cima e que não imagina que essa mesma Mãezinha dele transa alucinadamente com o Paizinho dele (ou com o padeiro, açougueiro, vizinho).
    Até morri de rir com a desinformação, alienação e absoluta inveja de vários desses falsos moralistas que devem morrer de se masturbar imaginando a mulherzinha dele, fiel, beijando a boca de uma outra amiguinha fiel.
    Mas desisti depois de ler o comentário da KAY.
    Resolveu, e respondeu, tudo de uma maneira irrecorrível.
    Leiam, vale à pena.
    E olha que não vou nem perder tempo, que tenho de sobra, respondendo individualmente alguns dos amiguinhos lá de cima. Mas lhes digo só uma coisinha: Xô, Invejosos!!

  • http://www.swingreal.com/ Alice do Real Bsb

    Até pensei em comentar.
    Até pensei em revidar.
    Até pensei em resolver algumas dúvidas.
    Até pensei em dar um soco no olho de cada um dos imbecis que nos agrediram covardemente.
    Até pensei em beijar os poucos que entenderam o Artigo e comentaram de forma isenta, mesmo não querendo participar do meio swinger.
    Até fiquei feliz, em alguns momentos da leitura, quando percebi que o objetivo do Beto foi alcançado.
    Até chorei de raiva com a maldade, com o rótulo, com a mistura de privado com incesto, com a imagem da Cegonha trazendo o bebê pra mãezinha de um dos enrustidos que comentou lá em cima e que não imagina que essa mesma Mãezinha dele transa alucinadamente com o Paizinho dele (ou com o padeiro, açougueiro, vizinho).
    Até morri de rir com a desinformação, alienação e absoluta inveja de vários desses falsos moralistas que devem morrer de se masturbar imaginando a mulherzinha dele, fiel, beijando a boca de uma outra amiguinha fiel.
    Mas desisti depois de ler o comentário da KAY.
    Resolveu, e respondeu, tudo de uma maneira irrecorrível.
    Leiam, vale à pena.
    E olha que não vou nem perder tempo, que tenho de sobra, respondendo individualmente alguns dos amiguinhos lá de cima. Mas lhes digo só uma coisinha: Xô, Invejosos!!

  • http://www.swingreal.com Alice do Real Bsb

    Até pensei em comentar.
    Até pensei em revidar.
    Até pensei em resolver algumas dúvidas.
    Até pensei em dar um soco no olho de cada um dos imbecis que nos agrediram covardemente.
    Até pensei em beijar os poucos que entenderam o Artigo e comentaram de forma isenta, mesmo não querendo participar do meio swinger.
    Até fiquei feliz, em alguns momentos da leitura, quando percebi que o objetivo do Beto foi alcançado.
    Até chorei de raiva com a maldade, com o rótulo, com a mistura de privado com incesto, com a imagem da Cegonha trazendo o bebê pra mãezinha de um dos enrustidos que comentou lá em cima e que não imagina que essa mesma Mãezinha dele transa alucinadamente com o Paizinho dele (ou com o padeiro, açougueiro, vizinho).
    Até morri de rir com a desinformação, alienação e absoluta inveja de vários desses falsos moralistas que devem morrer de se masturbar imaginando a mulherzinha dele, fiel, beijando a boca de uma outra amiguinha fiel.
    Mas desisti depois de ler o comentário da KAY.
    Resolveu, e respondeu, tudo de uma maneira irrecorrível.
    Leiam, vale à pena.
    E olha que não vou nem perder tempo, que tenho de sobra, respondendo individualmente alguns dos amiguinhos lá de cima. Mas lhes digo só uma coisinha: Xô, Invejosos!!

  • http://www.swingreal.com/ Alice do Real Bsb

    Ah!
    Recomendo, ainda, a leitura do comentário do LM.
    Bastante objetivo.
    E pra esclarecer aos Xô, Invejosos digo o seguinte: Sim, nós conhecemos o LM pessoalmente e eles são lindos, alegres, casados, com formação superior, DELICIOSOS, independentes e LIVRES.
    Hummmmmmmm!!!
    Fiquei com saudades…rs

  • http://www.swingreal.com/ Alice do Real Bsb

    Ah!
    Recomendo, ainda, a leitura do comentário do LM.
    Bastante objetivo.
    E pra esclarecer aos Xô, Invejosos digo o seguinte: Sim, nós conhecemos o LM pessoalmente e eles são lindos, alegres, casados, com formação superior, DELICIOSOS, independentes e LIVRES.
    Hummmmmmmm!!!
    Fiquei com saudades…rs

  • http://www.swingreal.com Alice do Real Bsb

    Ah!
    Recomendo, ainda, a leitura do comentário do LM.
    Bastante objetivo.
    E pra esclarecer aos Xô, Invejosos digo o seguinte: Sim, nós conhecemos o LM pessoalmente e eles são lindos, alegres, casados, com formação superior, DELICIOSOS, independentes e LIVRES.
    Hummmmmmmm!!!
    Fiquei com saudades…rs

  • Marcel/

    Sobre minha bela existência .

    Bem eu existo sim , mas para pessoas anormais seria melhor que eu não existisse ( não estou dizendo que o cacá seja um anormal ) pois eu penso dessa forma e muitos bilhões também e isso todos os anormais sabem e temem.

    A hora de vocês anormais está chegando.

    Eu não me importo nem por um segundo com o que esses anormais fazem .

    O que reclamo é que além serem anormais querem fazer da anormalidade algo digno como se fosse possível isso acontecer.

    E só querem fazer isso porque sabem que são desajustados e sentem-se mal com isso . Não adianta mesmo que 100 % da população mundial apoíasse suas práticas ridículas esse sentimento de anormalidade não iria desaparecer , não se iludam anormais.

  • Marcel/

    Sobre minha bela existência .

    Bem eu existo sim , mas para pessoas anormais seria melhor que eu não existisse ( não estou dizendo que o cacá seja um anormal ) pois eu penso dessa forma e muitos bilhões também e isso todos os anormais sabem e temem.

    A hora de vocês anormais está chegando.

    Eu não me importo nem por um segundo com o que esses anormais fazem .

    O que reclamo é que além serem anormais querem fazer da anormalidade algo digno como se fosse possível isso acontecer.

    E só querem fazer isso porque sabem que são desajustados e sentem-se mal com isso . Não adianta mesmo que 100 % da população mundial apoíasse suas práticas ridículas esse sentimento de anormalidade não iria desaparecer , não se iludam anormais.

  • Marcel/

    Sobre minha bela existência .

    Bem eu existo sim , mas para pessoas anormais seria melhor que eu não existisse ( não estou dizendo que o cacá seja um anormal ) pois eu penso dessa forma e muitos bilhões também e isso todos os anormais sabem e temem.

    A hora de vocês anormais está chegando.

    Eu não me importo nem por um segundo com o que esses anormais fazem .

    O que reclamo é que além serem anormais querem fazer da anormalidade algo digno como se fosse possível isso acontecer.

    E só querem fazer isso porque sabem que são desajustados e sentem-se mal com isso . Não adianta mesmo que 100 % da população mundial apoíasse suas práticas ridículas esse sentimento de anormalidade não iria desaparecer , não se iludam anormais.

  • Anna

    Meu Pai do Céu tô escandalizada…

    É incrivel a quantidade de pessoas que se julgam do direito de ditar norma de conduta…
    Hipocrisia ! pra mim um cancer do caráter, affffffff.
    Não faria. Pq não me excitaria e é ponto. Mas dai a Julgar quem faz, boa distância
    A idade média já passou!!!!!!!!! graças á Deus. Mas os inquisidores continuam de plantão.
    Gente foda e deixe foder, sem preconceitos. Ninguém é modelo de conduta pra ninguém…
    Vamos calçar as sandálias da humildade, né !!!!!!!!!!!!

    Quem é vc

  • Anna

    Meu Pai do Céu tô escandalizada…

    É incrivel a quantidade de pessoas que se julgam do direito de ditar norma de conduta…
    Hipocrisia ! pra mim um cancer do caráter, affffffff.
    Não faria. Pq não me excitaria e é ponto. Mas dai a Julgar quem faz, boa distância
    A idade média já passou!!!!!!!!! graças á Deus. Mas os inquisidores continuam de plantão.
    Gente foda e deixe foder, sem preconceitos. Ninguém é modelo de conduta pra ninguém…
    Vamos calçar as sandálias da humildade, né !!!!!!!!!!!!

    Quem é vc

  • kasalfree

    Juro que tinha prometido nao escrever mais, nao aguentei , so queria saber uma coisinha, Marcel onde voce vive , que planeta é esse , o dia dos anormais esta chegando!Sera que seremos queimados , ou vamos pro inferno .Olha nunca ri tanto , ler o Marcel realmente é uma piada, e com essa foto de tropa de elite , fala serio….
    Olha, ser normal como voce , mais nem com muito dinheiro , percebe-se a infelicidade nas linhas que escreve , que triste, chega a dar pena , mais como nao sou santo a pena passa rapido e a vontade e de dar umas chibatadas com ele amarrado no tronco , ops vai que ele curte e se descobre , aiaiaiai

  • kasalfree

    Juro que tinha prometido nao escrever mais, nao aguentei , so queria saber uma coisinha, Marcel onde voce vive , que planeta é esse , o dia dos anormais esta chegando!Sera que seremos queimados , ou vamos pro inferno .Olha nunca ri tanto , ler o Marcel realmente é uma piada, e com essa foto de tropa de elite , fala serio….
    Olha, ser normal como voce , mais nem com muito dinheiro , percebe-se a infelicidade nas linhas que escreve , que triste, chega a dar pena , mais como nao sou santo a pena passa rapido e a vontade e de dar umas chibatadas com ele amarrado no tronco , ops vai que ele curte e se descobre , aiaiaiai

  • kasalfree

    Juro que tinha prometido nao escrever mais, nao aguentei , so queria saber uma coisinha, Marcel onde voce vive , que planeta é esse , o dia dos anormais esta chegando!Sera que seremos queimados , ou vamos pro inferno .Olha nunca ri tanto , ler o Marcel realmente é uma piada, e com essa foto de tropa de elite , fala serio….
    Olha, ser normal como voce , mais nem com muito dinheiro , percebe-se a infelicidade nas linhas que escreve , que triste, chega a dar pena , mais como nao sou santo a pena passa rapido e a vontade e de dar umas chibatadas com ele amarrado no tronco , ops vai que ele curte e se descobre , aiaiaiai

  • laila

    olha, eu nunca fui swinger, mas fiquei sinceramente chocada com o nível dos comentários. péssimo. e esse tal de marcel é o troll mais chato e sem-noção que eu já vi. só dá pra respondê-lo na base do ‘feio, bobo e chato’. esse cara saiu do hospício; só pode…

  • laila

    olha, eu nunca fui swinger, mas fiquei sinceramente chocada com o nível dos comentários. péssimo. e esse tal de marcel é o troll mais chato e sem-noção que eu já vi. só dá pra respondê-lo na base do ‘feio, bobo e chato’. esse cara saiu do hospício; só pode…

  • laila

    olha, eu nunca fui swinger, mas fiquei sinceramente chocada com o nível dos comentários. péssimo. e esse tal de marcel é o troll mais chato e sem-noção que eu já vi. só dá pra respondê-lo na base do ‘feio, bobo e chato’. esse cara saiu do hospício; só pode…

  • laila

    ah, e outra coisa. para o energúmeno que comparou swing e pedofilia, só uma coisinha: oi, querido, swing é consensual, ok? é algo praticado entre dois adultos com o consentimento de ambos. por outro lado, pedofilia é algo que agride a integridade de um ser ainda em formação, que não tem como se defender. será que ficou claro, cavalgadura?

  • laila

    ah, e outra coisa. para o energúmeno que comparou swing e pedofilia, só uma coisinha: oi, querido, swing é consensual, ok? é algo praticado entre dois adultos com o consentimento de ambos. por outro lado, pedofilia é algo que agride a integridade de um ser ainda em formação, que não tem como se defender. será que ficou claro, cavalgadura?

  • laila

    ah, e outra coisa. para o energúmeno que comparou swing e pedofilia, só uma coisinha: oi, querido, swing é consensual, ok? é algo praticado entre dois adultos com o consentimento de ambos. por outro lado, pedofilia é algo que agride a integridade de um ser ainda em formação, que não tem como se defender. será que ficou claro, cavalgadura?

  • Junior

    Conheço bem o tipo do Marcel! É o primeiro a ser contemplado com uma galhada!
    Conheci uma meia dúzia de sujeitos assim. O ponto comum entre eles é que as suas esposas ou namoradas inventavam uma desculpa pra poderem sair às escondidas com outra mulher ou com um casal, pq tinham tesão ou cuiriosidade naquilo mas não podiam nem tocar no assunto com o caretão. Pq tem a cabeça quadrada demais pra aceitar que a própria mulher tb tem fantasias! Bate no peito que é o macho da parada. Mas não tem hombridade de encarar a situação, tapa o sol com a peneira.
    E com a galhada! kkkkkk…
    E ainda acaba ganhando sócio oculto. Mas isso é de boa, pq o caretão não vai nem tomar conhecimento né… Não consegue ver num palmo à frente.
    Quer exclusividade? Quer ser o único gostosão do mundo? Quer uma mulher que não pense em ninguém mais?
    Compra uma boneca inflável!
    Vc ainda economiza a cerimônia de casamento

  • Junior

    Conheço bem o tipo do Marcel! É o primeiro a ser contemplado com uma galhada!
    Conheci uma meia dúzia de sujeitos assim. O ponto comum entre eles é que as suas esposas ou namoradas inventavam uma desculpa pra poderem sair às escondidas com outra mulher ou com um casal, pq tinham tesão ou cuiriosidade naquilo mas não podiam nem tocar no assunto com o caretão. Pq tem a cabeça quadrada demais pra aceitar que a própria mulher tb tem fantasias! Bate no peito que é o macho da parada. Mas não tem hombridade de encarar a situação, tapa o sol com a peneira.
    E com a galhada! kkkkkk…
    E ainda acaba ganhando sócio oculto. Mas isso é de boa, pq o caretão não vai nem tomar conhecimento né… Não consegue ver num palmo à frente.
    Quer exclusividade? Quer ser o único gostosão do mundo? Quer uma mulher que não pense em ninguém mais?
    Compra uma boneca inflável!
    Vc ainda economiza a cerimônia de casamento

  • Junior

    Conheço bem o tipo do Marcel! É o primeiro a ser contemplado com uma galhada!
    Conheci uma meia dúzia de sujeitos assim. O ponto comum entre eles é que as suas esposas ou namoradas inventavam uma desculpa pra poderem sair às escondidas com outra mulher ou com um casal, pq tinham tesão ou cuiriosidade naquilo mas não podiam nem tocar no assunto com o caretão. Pq tem a cabeça quadrada demais pra aceitar que a própria mulher tb tem fantasias! Bate no peito que é o macho da parada. Mas não tem hombridade de encarar a situação, tapa o sol com a peneira.
    E com a galhada! kkkkkk…
    E ainda acaba ganhando sócio oculto. Mas isso é de boa, pq o caretão não vai nem tomar conhecimento né… Não consegue ver num palmo à frente.
    Quer exclusividade? Quer ser o único gostosão do mundo? Quer uma mulher que não pense em ninguém mais?
    Compra uma boneca inflável!
    Vc ainda economiza a cerimônia de casamento

  • Elisandra

    Nossa esse post gerou um bate boca ferrado.rsrsrs
    Lendo os comentários imaginei grupos se degladiando.
    Pra que tudo isso, cada um é dono de si, faz o que bem quer da vida, corpo, relacionamento. O que é certo pra mim, não o é para o outro, o mesmo ocorre com o que considero errado. Cada individuo tem conceitos sobre as coisas e o modo como são praticadas.

  • Elisandra

    Nossa esse post gerou um bate boca ferrado.rsrsrs
    Lendo os comentários imaginei grupos se degladiando.
    Pra que tudo isso, cada um é dono de si, faz o que bem quer da vida, corpo, relacionamento. O que é certo pra mim, não o é para o outro, o mesmo ocorre com o que considero errado. Cada individuo tem conceitos sobre as coisas e o modo como são praticadas.

  • Elisandra

    Nossa esse post gerou um bate boca ferrado.rsrsrs
    Lendo os comentários imaginei grupos se degladiando.
    Pra que tudo isso, cada um é dono de si, faz o que bem quer da vida, corpo, relacionamento. O que é certo pra mim, não o é para o outro, o mesmo ocorre com o que considero errado. Cada individuo tem conceitos sobre as coisas e o modo como são praticadas.

  • kasalfree

    FIM HAHAH

  • kasalfree

    FIM HAHAH

  • kasalfree

    FIM HAHAH

  • Cacá

    Você quer monogamia?
    Case-se com um cisne.

    Dica de livro: O Mito da Monogamia, de David Barash.
    http://veja.abril.com.br/010807/p_132.shtml

    E lá vai o 1º capítulo:
    http://veja.abril.com.br/idade/exclusivo/010807/trecho_monogamia.html

  • Cacá

    Você quer monogamia?
    Case-se com um cisne.

    Dica de livro: O Mito da Monogamia, de David Barash.
    http://veja.abril.com.br/010807/p_132.shtml

    E lá vai o 1º capítulo:
    http://veja.abril.com.br/idade/exclusivo/010807/trecho_monogamia.html

  • Cacá

    Você quer monogamia?
    Case-se com um cisne.

    Dica de livro: O Mito da Monogamia, de David Barash.
    http://veja.abril.com.br/010807/p_132.shtml

    E lá vai o 1º capítulo:
    http://veja.abril.com.br/idade/exclusivo/010807/trecho_monogamia.html

  • Sebastian

    Poutz, achei que ja tinha acabado essa discussão inútil.

    Mais que é putaria isso é kkkkkk.

    Relaxem pessoas, quando você morrer até a terra vai te comer mesmo.[pensamento swinger]

  • Sebastian

    Poutz, achei que ja tinha acabado essa discussão inútil.

    Mais que é putaria isso é kkkkkk.

    Relaxem pessoas, quando você morrer até a terra vai te comer mesmo.[pensamento swinger]

  • Sebastian

    Poutz, achei que ja tinha acabado essa discussão inútil.

    Mais que é putaria isso é kkkkkk.

    Relaxem pessoas, quando você morrer até a terra vai te comer mesmo.[pensamento swinger]

  • http://showdobob.blogspot.com/ Lucas

    Prefiro acreditar do que me vender a uma idéia generalizada. Todos traem, puff, falem por vocês. É uma questão de opção.
    Eu já traí, acho que posso trair novamente, mas casamento eu já me decidi, ao menos vou tentar, não custa nada.
    É questão de acreditar. Eu prefiro não trair, deitar e dormir com minha monogamia, feliz.

  • http://showdobob.blogspot.com/ Lucas

    Prefiro acreditar do que me vender a uma idéia generalizada. Todos traem, puff, falem por vocês. É uma questão de opção.
    Eu já traí, acho que posso trair novamente, mas casamento eu já me decidi, ao menos vou tentar, não custa nada.
    É questão de acreditar. Eu prefiro não trair, deitar e dormir com minha monogamia, feliz.

  • http://showdobob.blogspot.com Lucas

    Prefiro acreditar do que me vender a uma idéia generalizada. Todos traem, puff, falem por vocês. É uma questão de opção.
    Eu já traí, acho que posso trair novamente, mas casamento eu já me decidi, ao menos vou tentar, não custa nada.
    É questão de acreditar. Eu prefiro não trair, deitar e dormir com minha monogamia, feliz.

  • Sr. X

    Angelike não respondeu às minhas colocações. Estou no aguardo.

    Os “pró-swing” sempre batem na tecla de que TODOS são infiéis.
    Mas na verdade, é uma tentativa de estender uma característica deles mesmos (a incapacidade de manter um relacionamento com somente um parceiro) aos outros, para assim se justificarem e ainda saírem como “sinceros” e “anti-hipócritas”, ou seja, uma espécie de de mártir da liberação sexual numa “sociedade hipócrita”.

    Como disse em um post anterior, quem quiser chifrar e ser chifrado ao viv… digo, fazer swing, que vá. Entretanto, defender isso, “jogando lama” nos que não são a favor, é no mínimo, apelação. O combate tem que ser no campo das IDÉIAS, e só (Marcel, isso também vale pra você).

    Para mim, quando um homem de verdade assume um compromisso, este deve cumprir todos os termos de tal coisa. Não pular cerca é um deles, pois se você quer mais de uma (a menos que você seja adepto do Islã), não se prenda a nenhuma, afinal “Honra e proveito não cabem no mesmo saco”.

    Assim como quem entra no swing tem que saber o que está fazendo (tenho minhas dúvidas), quem entra num relacionamento monogâmico também tem que saber.

    Fazer comparações com a poligamia de animais é interessante, mas parece levar em conta apenas o aspecto de instinto reprodutor. Se nos guiássemos somente por este instinto, nosso planeta estaria bem mais povoado que hoje. Parece que o sentimento e o raciocínio “morrem” em frente ao imperativo de tal instinto.

  • Sr. X

    Angelike não respondeu às minhas colocações. Estou no aguardo.

    Os “pró-swing” sempre batem na tecla de que TODOS são infiéis.
    Mas na verdade, é uma tentativa de estender uma característica deles mesmos (a incapacidade de manter um relacionamento com somente um parceiro) aos outros, para assim se justificarem e ainda saírem como “sinceros” e “anti-hipócritas”, ou seja, uma espécie de de mártir da liberação sexual numa “sociedade hipócrita”.

    Como disse em um post anterior, quem quiser chifrar e ser chifrado ao viv… digo, fazer swing, que vá. Entretanto, defender isso, “jogando lama” nos que não são a favor, é no mínimo, apelação. O combate tem que ser no campo das IDÉIAS, e só (Marcel, isso também vale pra você).

    Para mim, quando um homem de verdade assume um compromisso, este deve cumprir todos os termos de tal coisa. Não pular cerca é um deles, pois se você quer mais de uma (a menos que você seja adepto do Islã), não se prenda a nenhuma, afinal “Honra e proveito não cabem no mesmo saco”.

    Assim como quem entra no swing tem que saber o que está fazendo (tenho minhas dúvidas), quem entra num relacionamento monogâmico também tem que saber.

    Fazer comparações com a poligamia de animais é interessante, mas parece levar em conta apenas o aspecto de instinto reprodutor. Se nos guiássemos somente por este instinto, nosso planeta estaria bem mais povoado que hoje. Parece que o sentimento e o raciocínio “morrem” em frente ao imperativo de tal instinto.

  • Sr. X

    Angelike não respondeu às minhas colocações. Estou no aguardo.

    Os “pró-swing” sempre batem na tecla de que TODOS são infiéis.
    Mas na verdade, é uma tentativa de estender uma característica deles mesmos (a incapacidade de manter um relacionamento com somente um parceiro) aos outros, para assim se justificarem e ainda saírem como “sinceros” e “anti-hipócritas”, ou seja, uma espécie de de mártir da liberação sexual numa “sociedade hipócrita”.

    Como disse em um post anterior, quem quiser chifrar e ser chifrado ao viv… digo, fazer swing, que vá. Entretanto, defender isso, “jogando lama” nos que não são a favor, é no mínimo, apelação. O combate tem que ser no campo das IDÉIAS, e só (Marcel, isso também vale pra você).

    Para mim, quando um homem de verdade assume um compromisso, este deve cumprir todos os termos de tal coisa. Não pular cerca é um deles, pois se você quer mais de uma (a menos que você seja adepto do Islã), não se prenda a nenhuma, afinal “Honra e proveito não cabem no mesmo saco”.

    Assim como quem entra no swing tem que saber o que está fazendo (tenho minhas dúvidas), quem entra num relacionamento monogâmico também tem que saber.

    Fazer comparações com a poligamia de animais é interessante, mas parece levar em conta apenas o aspecto de instinto reprodutor. Se nos guiássemos somente por este instinto, nosso planeta estaria bem mais povoado que hoje. Parece que o sentimento e o raciocínio “morrem” em frente ao imperativo de tal instinto.

  • http://verdeolhardejade.blogspot.com/ J@de

    Eu não ia nem mais vir abrir os comentários desse post, mas tive que vir agradecer ao Cacá pelas boas risadas que você me proporcionou!! Eu nunca tinha pensado que o marcel/ era cover do Pedro de Lara!! hahahahaha!!

    Ah marcel/ no meu blog não tá, meu chapa??

  • http://verdeolhardejade.blogspot.com/ J@de

    Eu não ia nem mais vir abrir os comentários desse post, mas tive que vir agradecer ao Cacá pelas boas risadas que você me proporcionou!! Eu nunca tinha pensado que o marcel/ era cover do Pedro de Lara!! hahahahaha!!

    Ah marcel/ no meu blog não tá, meu chapa??

  • http://verdeolhardejade.blogspot.com J@de

    Eu não ia nem mais vir abrir os comentários desse post, mas tive que vir agradecer ao Cacá pelas boas risadas que você me proporcionou!! Eu nunca tinha pensado que o marcel/ era cover do Pedro de Lara!! hahahahaha!!

    Ah marcel/ no meu blog não tá, meu chapa??

  • Loba

    Sr. X, bom dia!

    Não achamos que todos são infiéis, se leu meu post verá que isso não foi dito…

    Apenas admitimos (estou falando de nós como um casal, eu e meu marido) que não morremos por estarmos juntos… Continuamos sim tendo desejos, sentindo atração por outros e resolvemos depois de alguns anos de casados voltar a viver nosso desejos.

    A maneira como vemos traição(chifres, como vc fala) é diferente…
    Fazer algo escondido, sem dar a chance ao parceiro de tb ter suas fantasias seria trair, agora estarmos juntos, abertos, conversarmos, admitirmos isso pra nós é compartilhar.
    E exatamente por ter uma relação assim, eu jamais aceitaria saber que meu marido fez algo escondido de mim, para nós, liberais o trair é ainda pior se descoberto, pois não precisamos esconder nada do outro, não dando assim motivos pra que as coisas aconteçam as escondidas.

    “Para mim, quando um homem de verdade assume um compromisso, este deve cumprir todos os termos de tal coisa. Não pular cerca é um deles, pois se você quer mais de uma (a menos que você seja adepto do Islã), não se prenda a nenhuma, afinal “Honra e proveito não cabem no mesmo saco”.”

    Concordo e muito com sua afirmação acima. Com certeza temos que cumprir nossos compromissos. Mas cada qual da maneira que se comprometeu…
    Quem vive a monogamia como estilo de vida que o cumpra, em todos os sentidos, não apenas no físico, como tb no pensamento.
    Quem vive a poligamia que o cumpra tb!

    Cada um sabe o que lhe faz feliz e ninguem tem direito de julgar atitudes de outros.
    O respeito a meu ver começa com a gente mesmo… Se sabemos respeitar nossa idéias, conseguiremos tb respeitar aos outros.

  • Loba

    Sr. X, bom dia!

    Não achamos que todos são infiéis, se leu meu post verá que isso não foi dito…

    Apenas admitimos (estou falando de nós como um casal, eu e meu marido) que não morremos por estarmos juntos… Continuamos sim tendo desejos, sentindo atração por outros e resolvemos depois de alguns anos de casados voltar a viver nosso desejos.

    A maneira como vemos traição(chifres, como vc fala) é diferente…
    Fazer algo escondido, sem dar a chance ao parceiro de tb ter suas fantasias seria trair, agora estarmos juntos, abertos, conversarmos, admitirmos isso pra nós é compartilhar.
    E exatamente por ter uma relação assim, eu jamais aceitaria saber que meu marido fez algo escondido de mim, para nós, liberais o trair é ainda pior se descoberto, pois não precisamos esconder nada do outro, não dando assim motivos pra que as coisas aconteçam as escondidas.

    “Para mim, quando um homem de verdade assume um compromisso, este deve cumprir todos os termos de tal coisa. Não pular cerca é um deles, pois se você quer mais de uma (a menos que você seja adepto do Islã), não se prenda a nenhuma, afinal “Honra e proveito não cabem no mesmo saco”.”

    Concordo e muito com sua afirmação acima. Com certeza temos que cumprir nossos compromissos. Mas cada qual da maneira que se comprometeu…
    Quem vive a monogamia como estilo de vida que o cumpra, em todos os sentidos, não apenas no físico, como tb no pensamento.
    Quem vive a poligamia que o cumpra tb!

    Cada um sabe o que lhe faz feliz e ninguem tem direito de julgar atitudes de outros.
    O respeito a meu ver começa com a gente mesmo… Se sabemos respeitar nossa idéias, conseguiremos tb respeitar aos outros.

  • Loba

    Sr. X, bom dia!

    Não achamos que todos são infiéis, se leu meu post verá que isso não foi dito…

    Apenas admitimos (estou falando de nós como um casal, eu e meu marido) que não morremos por estarmos juntos… Continuamos sim tendo desejos, sentindo atração por outros e resolvemos depois de alguns anos de casados voltar a viver nosso desejos.

    A maneira como vemos traição(chifres, como vc fala) é diferente…
    Fazer algo escondido, sem dar a chance ao parceiro de tb ter suas fantasias seria trair, agora estarmos juntos, abertos, conversarmos, admitirmos isso pra nós é compartilhar.
    E exatamente por ter uma relação assim, eu jamais aceitaria saber que meu marido fez algo escondido de mim, para nós, liberais o trair é ainda pior se descoberto, pois não precisamos esconder nada do outro, não dando assim motivos pra que as coisas aconteçam as escondidas.

    “Para mim, quando um homem de verdade assume um compromisso, este deve cumprir todos os termos de tal coisa. Não pular cerca é um deles, pois se você quer mais de uma (a menos que você seja adepto do Islã), não se prenda a nenhuma, afinal “Honra e proveito não cabem no mesmo saco”.”

    Concordo e muito com sua afirmação acima. Com certeza temos que cumprir nossos compromissos. Mas cada qual da maneira que se comprometeu…
    Quem vive a monogamia como estilo de vida que o cumpra, em todos os sentidos, não apenas no físico, como tb no pensamento.
    Quem vive a poligamia que o cumpra tb!

    Cada um sabe o que lhe faz feliz e ninguem tem direito de julgar atitudes de outros.
    O respeito a meu ver começa com a gente mesmo… Se sabemos respeitar nossa idéias, conseguiremos tb respeitar aos outros.

  • Casal B&B

    J@de,

    Há uma alternativa para a tese dele ser o Pedro de Lara: me pareceu ser o Marcelranduba, uma versão “Tropa de elite” do Massaranduba (o fodão do Bairro Peixoto”do Casseta e Planeta (“Vou dá porrada!”), solteirão que vivia com o Montanha.

    Agora, uma coisa é certa, fiquei preocupadíssimo quando ele disse que “A hora de vocês anormais está chegando”. Que medo!

    Ainda bem que o Marcelranduba garantiu: “Eu não me importo nem por um segundo com o que esses anormais fazem”. Já pensaram se se importasse?

    A prova da boa vontade do cidadão é ter trocado a foto. Agora está sorridente, mais leve, mais alegre, assim, meio gay.

    Betão, obrigado pela oportunidade de participar desse papo, foi bem engraçado. Mande um beijo gostoso pra Amelie.

  • Casal B&B

    J@de,

    Há uma alternativa para a tese dele ser o Pedro de Lara: me pareceu ser o Marcelranduba, uma versão “Tropa de elite” do Massaranduba (o fodão do Bairro Peixoto”do Casseta e Planeta (“Vou dá porrada!”), solteirão que vivia com o Montanha.

    Agora, uma coisa é certa, fiquei preocupadíssimo quando ele disse que “A hora de vocês anormais está chegando”. Que medo!

    Ainda bem que o Marcelranduba garantiu: “Eu não me importo nem por um segundo com o que esses anormais fazem”. Já pensaram se se importasse?

    A prova da boa vontade do cidadão é ter trocado a foto. Agora está sorridente, mais leve, mais alegre, assim, meio gay.

    Betão, obrigado pela oportunidade de participar desse papo, foi bem engraçado. Mande um beijo gostoso pra Amelie.

  • Casal B&B

    J@de,

    Há uma alternativa para a tese dele ser o Pedro de Lara: me pareceu ser o Marcelranduba, uma versão “Tropa de elite” do Massaranduba (o fodão do Bairro Peixoto”do Casseta e Planeta (“Vou dá porrada!”), solteirão que vivia com o Montanha.

    Agora, uma coisa é certa, fiquei preocupadíssimo quando ele disse que “A hora de vocês anormais está chegando”. Que medo!

    Ainda bem que o Marcelranduba garantiu: “Eu não me importo nem por um segundo com o que esses anormais fazem”. Já pensaram se se importasse?

    A prova da boa vontade do cidadão é ter trocado a foto. Agora está sorridente, mais leve, mais alegre, assim, meio gay.

    Betão, obrigado pela oportunidade de participar desse papo, foi bem engraçado. Mande um beijo gostoso pra Amelie.

  • Let’s

    Eu acho sinceramente que as pessoas deveriam se importar mais como o caratér do que com a escolha sexual de qualquer cidadão.

    Falar de pedofilia, com certeza é mais complexo do que aqui….
    Pedófilos sao pessoas doentes, que nao enxergam a criança como um sujeito mas sim como um objeto….ah…discussao pra mais tarde…

    Quanto ao uso da palavra anormal, ela só cabe qdo nos referimos ao que foge do padrao. Por ex. Anormal comer meleca… Já que pessoas normais ( a grande maioria) nao come melecas.

    Agora como ja tinha dito lá em cima, existe sim um desvio sexual ( nao padrao) como disse acima: “Bom, temos que considerar tb as pessoas que apresentam o que chamomos de Voyerismo, que so conseguem chegar lá, sendo observados…Isso para a psicologia, é uma patologia….”

    Eu acho mesmo que o swing se confunde com orgia, acho que é o primeiro que vem a mente. é só falar em swing que vem uma sena de Sodoma e Gomorra na minha mente.

    Eu gostaria de esclarecimentos….

  • Let’s

    Eu acho sinceramente que as pessoas deveriam se importar mais como o caratér do que com a escolha sexual de qualquer cidadão.

    Falar de pedofilia, com certeza é mais complexo do que aqui….
    Pedófilos sao pessoas doentes, que nao enxergam a criança como um sujeito mas sim como um objeto….ah…discussao pra mais tarde…

    Quanto ao uso da palavra anormal, ela só cabe qdo nos referimos ao que foge do padrao. Por ex. Anormal comer meleca… Já que pessoas normais ( a grande maioria) nao come melecas.

    Agora como ja tinha dito lá em cima, existe sim um desvio sexual ( nao padrao) como disse acima: “Bom, temos que considerar tb as pessoas que apresentam o que chamomos de Voyerismo, que so conseguem chegar lá, sendo observados…Isso para a psicologia, é uma patologia….”

    Eu acho mesmo que o swing se confunde com orgia, acho que é o primeiro que vem a mente. é só falar em swing que vem uma sena de Sodoma e Gomorra na minha mente.

    Eu gostaria de esclarecimentos….

  • Let’s

    Em tempo: Sou contra qq forma de preconceito…

    Antes de formular minha opniao, busco fontes de conhecimento pra tal…

    Anormal nao deveria ser usado pra ofender as pessoas…

    “Eu acho sinceramente que as pessoas deveriam se importar mais como o caratér do que com a escolha sexual de qualquer cidadão.”

  • Let’s

    Em tempo: Sou contra qq forma de preconceito…

    Antes de formular minha opniao, busco fontes de conhecimento pra tal…

    Anormal nao deveria ser usado pra ofender as pessoas…

    “Eu acho sinceramente que as pessoas deveriam se importar mais como o caratér do que com a escolha sexual de qualquer cidadão.”

  • LM

    Ih, Let…
    Swing tá bem longe de ser isso… E, como falamos num post antes, só vendo de perto pra saber como é. E não falo sobre ver o sexo, mas ver a relação interpessoal.
    Swing não é sexo. Na verdade, sexo é uma parte do swing, que tem mais a ver com a sua relação tanto com seu parceiro qto com os amigos do meio. E não pense que todos transam com todos pq não é assim.
    Na verdade, é vc aceitar, dentro de algumas regrinhas que cada casal define pra si, que seu parceiro tem fantasias q envolvem o sexo não convencional: bissexualismo (a maioria das garotas são bi), vouyerismo, exibicionismo, troca de parceiros, menage masculino ou feminino, e outras formas não convencionais de se ter prazer. É admitir que vc tem e seu parceiro tb e aceitar realizar essas fantasias juntos.
    (quem não tem essas fantasias, respeitamos)
    O que rola e o que não rola depende da afinidade q se cria entre as pessoas. Temos amigos mto queridos com quem nunca rolou nada até hoje, seja por que motivo for. Isso pq amizade e atração não estão condicionados.
    E swing não é orgia. Alias, tem casais swingers que não topam de jeito nenhum sair com mais de um casal ao mesmo tempo. Imagine todas as variaçõea possíveis dessas formas de sexo…
    Fato é que a amizade liberal é mto mais gostosa, cria mto mais proximidade, mesmo não envolvendo o sexo.
    Mas é como disseram anteriormente: é esporte radical. Tem que ter a idéia bem trabalhada na cabeça.
    Swingers são pessoas normais como vc! Alguns tendem a imaginar que é um grupo de pessoas obscuras e tal. Mas é engraçado qdo vc entra no meio e descobre que seu vizinho, seu amigo de faculdade, seu chefe, o padrinho do seu filho, pessoas do seu dia a dia são liberais e vc não imaginava. E, como pessoas normais, tb vão evoluindo (tenho certeza q vão me criticar por esse termo). Explico: no começo vc tem mto tesão em fazer um monte de coisa. Mas tb tem medo ou ciúme de outro montão de coisa. Com o tempo é que vc vai conseguindo separar alguns sentimentos que às vezes causam confusão, pricipalmente na adolescência: tesão, amor, carinho, ciúme, posse… Pra nós eles são mto mais independentes um do outro.
    Não sei se era exatamente isso que vc buscava saber, pois é um mundo de questões. O autor do texto tem um blog ótimo. Tem tb outros blogs, uns mais jocosos, outros mais informativos. É legal pra quem quer CONHECER, ter uma leitura pra saber melhor, nem que seja só pra saber como funciona. Aumentar a cultura e poder debater sem comentários clichês (não é o seu caso, Let) mas perguntando coisas com fundamento. Espero que tenha ajudado um pouco. Mas se não foi isso, pode questionar de novo! ;)

  • LM

    Ih, Let…
    Swing tá bem longe de ser isso… E, como falamos num post antes, só vendo de perto pra saber como é. E não falo sobre ver o sexo, mas ver a relação interpessoal.
    Swing não é sexo. Na verdade, sexo é uma parte do swing, que tem mais a ver com a sua relação tanto com seu parceiro qto com os amigos do meio. E não pense que todos transam com todos pq não é assim.
    Na verdade, é vc aceitar, dentro de algumas regrinhas que cada casal define pra si, que seu parceiro tem fantasias q envolvem o sexo não convencional: bissexualismo (a maioria das garotas são bi), vouyerismo, exibicionismo, troca de parceiros, menage masculino ou feminino, e outras formas não convencionais de se ter prazer. É admitir que vc tem e seu parceiro tb e aceitar realizar essas fantasias juntos.
    (quem não tem essas fantasias, respeitamos)
    O que rola e o que não rola depende da afinidade q se cria entre as pessoas. Temos amigos mto queridos com quem nunca rolou nada até hoje, seja por que motivo for. Isso pq amizade e atração não estão condicionados.
    E swing não é orgia. Alias, tem casais swingers que não topam de jeito nenhum sair com mais de um casal ao mesmo tempo. Imagine todas as variaçõea possíveis dessas formas de sexo…
    Fato é que a amizade liberal é mto mais gostosa, cria mto mais proximidade, mesmo não envolvendo o sexo.
    Mas é como disseram anteriormente: é esporte radical. Tem que ter a idéia bem trabalhada na cabeça.
    Swingers são pessoas normais como vc! Alguns tendem a imaginar que é um grupo de pessoas obscuras e tal. Mas é engraçado qdo vc entra no meio e descobre que seu vizinho, seu amigo de faculdade, seu chefe, o padrinho do seu filho, pessoas do seu dia a dia são liberais e vc não imaginava. E, como pessoas normais, tb vão evoluindo (tenho certeza q vão me criticar por esse termo). Explico: no começo vc tem mto tesão em fazer um monte de coisa. Mas tb tem medo ou ciúme de outro montão de coisa. Com o tempo é que vc vai conseguindo separar alguns sentimentos que às vezes causam confusão, pricipalmente na adolescência: tesão, amor, carinho, ciúme, posse… Pra nós eles são mto mais independentes um do outro.
    Não sei se era exatamente isso que vc buscava saber, pois é um mundo de questões. O autor do texto tem um blog ótimo. Tem tb outros blogs, uns mais jocosos, outros mais informativos. É legal pra quem quer CONHECER, ter uma leitura pra saber melhor, nem que seja só pra saber como funciona. Aumentar a cultura e poder debater sem comentários clichês (não é o seu caso, Let) mas perguntando coisas com fundamento. Espero que tenha ajudado um pouco. Mas se não foi isso, pode questionar de novo! ;)

  • Loba

    Let’s
    Como já comentei em outro post, eu mesma, antes de iniciar a pratica do swing fazia a mesma idéia que vc.
    Quando não conhecemos é sim a imagem que nos vem a mente, de uma total orgia…
    Porém não é assim que funciona, numa festa swing por exemplo vc não vai chegar e encontrar todos nus e sexo acontecendo nos quatro cantos do ambiente…

    É uma festa normal, onde as pessoas conversam( e sobre vários assuntos, não apenas sexo), bebem, dançam…
    A diferença de outras festas para uma festa liberal é que com certeza as mulheres estarão vestidas mais sensualmente e que podemos comentar sem medo como a esposa do amigo está sensual, como o marido da amiga está cheiroso, lindo!

    Em algumas ocasiões, quando se reunem poucos casais o sexo até pode não acabar acontecendo, mas vamos rir e nos divertir da mesma maneira. Nada é obrigatório no nosso ambiente.

  • Loba

    Let’s
    Como já comentei em outro post, eu mesma, antes de iniciar a pratica do swing fazia a mesma idéia que vc.
    Quando não conhecemos é sim a imagem que nos vem a mente, de uma total orgia…
    Porém não é assim que funciona, numa festa swing por exemplo vc não vai chegar e encontrar todos nus e sexo acontecendo nos quatro cantos do ambiente…

    É uma festa normal, onde as pessoas conversam( e sobre vários assuntos, não apenas sexo), bebem, dançam…
    A diferença de outras festas para uma festa liberal é que com certeza as mulheres estarão vestidas mais sensualmente e que podemos comentar sem medo como a esposa do amigo está sensual, como o marido da amiga está cheiroso, lindo!

    Em algumas ocasiões, quando se reunem poucos casais o sexo até pode não acabar acontecendo, mas vamos rir e nos divertir da mesma maneira. Nada é obrigatório no nosso ambiente.

  • Sr. X

    Boa noite Loba. É bom ver que existem pessoas dispostas a debater tal assunto de maneira saudável, e peço desculpas pela demora.

    “Apenas admitimos (estou falando de nós como um casal, eu e meu marido) que não morremos por estarmos juntos… Continuamos sim tendo desejos, sentindo atração por outros e resolvemos depois de alguns anos de casados voltar a viver nosso desejos.”

    Concordo que é inevitável que sintamos desejo por outras pessoas, e como você mesma disse, tanto você quanto seu marido concordaram com a troca de parceiro. Logo, de acordo com o que você disse, ambos não podem oferecer exclusividade, então estabeleceu-se o consenso de tal prática. Particularmente, sou adepto de “abrir o apetite onde quer que seja, mas comer em casa”.

    “A maneira como vemos traição(chifres, como vc fala) é diferente…
    Fazer algo escondido, sem dar a chance ao parceiro de tb ter suas fantasias seria trair, agora estarmos juntos, abertos, conversarmos, admitirmos isso pra nós é compartilhar.”

    Como você disse, se não é escondido. Entretanto, o que me deixa intrigado, é manter uma relação onde teoricamente se promete exclusividade ao parceiro, mas vocês renegam isso. Isso descaracteriza uma união, chegando mais perto de uma amizade colorida, onde não há o tão recriminado “apego”.

    Bom, mas há fantasias para todo o gosto. Existem homens que se excitam vendo sua mulher sendo comida por outro. Vai entender…

    “Quem vive a monogamia como estilo de vida que o cumpra, em todos os sentidos, não apenas no físico, como tb no pensamento.”

    Concordo em parte. Existe um abismo muito grande entre o pensar e o fazer. Por exemplo, pensar ou ter vontade de matar alguém não me torna um assassino, da mesma forma que pensar em adultério ou ter vontade de cometer um, não me torna um adúltero. O problema é quando a mesma idéia se fixa na mente, e provavelmente se transformará numa ação.

    O que eu quis dizer, a grosso modo, é que todos nós pensamos muitas besteiras, mas nem todas são executadas.

  • Sr. X

    Boa noite Loba. É bom ver que existem pessoas dispostas a debater tal assunto de maneira saudável, e peço desculpas pela demora.

    “Apenas admitimos (estou falando de nós como um casal, eu e meu marido) que não morremos por estarmos juntos… Continuamos sim tendo desejos, sentindo atração por outros e resolvemos depois de alguns anos de casados voltar a viver nosso desejos.”

    Concordo que é inevitável que sintamos desejo por outras pessoas, e como você mesma disse, tanto você quanto seu marido concordaram com a troca de parceiro. Logo, de acordo com o que você disse, ambos não podem oferecer exclusividade, então estabeleceu-se o consenso de tal prática. Particularmente, sou adepto de “abrir o apetite onde quer que seja, mas comer em casa”.

    “A maneira como vemos traição(chifres, como vc fala) é diferente…
    Fazer algo escondido, sem dar a chance ao parceiro de tb ter suas fantasias seria trair, agora estarmos juntos, abertos, conversarmos, admitirmos isso pra nós é compartilhar.”

    Como você disse, se não é escondido. Entretanto, o que me deixa intrigado, é manter uma relação onde teoricamente se promete exclusividade ao parceiro, mas vocês renegam isso. Isso descaracteriza uma união, chegando mais perto de uma amizade colorida, onde não há o tão recriminado “apego”.

    Bom, mas há fantasias para todo o gosto. Existem homens que se excitam vendo sua mulher sendo comida por outro. Vai entender…

    “Quem vive a monogamia como estilo de vida que o cumpra, em todos os sentidos, não apenas no físico, como tb no pensamento.”

    Concordo em parte. Existe um abismo muito grande entre o pensar e o fazer. Por exemplo, pensar ou ter vontade de matar alguém não me torna um assassino, da mesma forma que pensar em adultério ou ter vontade de cometer um, não me torna um adúltero. O problema é quando a mesma idéia se fixa na mente, e provavelmente se transformará numa ação.

    O que eu quis dizer, a grosso modo, é que todos nós pensamos muitas besteiras, mas nem todas são executadas.

  • Francisco

    “Como você disse, se não é escondido. Entretanto, o que me deixa intrigado, é manter uma relação onde teoricamente se promete exclusividade ao parceiro, mas vocês renegam isso. Isso descaracteriza uma união, chegando mais perto de uma amizade colorida, onde não há o tão recriminado ‘apego’.”

    Particularmente discordo apenas desta parte.
    O casamento realmente pressupõe uma exclusividade, mas esta não é definida oficialmente, e passa portanto a ser definida pelo comum acordo do casal. Afinal, há casais que definem exclusividade como não poder ter amigos, outros é tranqüilo que se saia sozinho, desde que não tenha qualquer tipo de contato intimo com ninguém.
    No caso do swing a exclusividade é afetiva. É uma exclusividade de intimidade. Difere da “amizade colorida” pela solidez, estabilidade. Os amigos do casal vão e vem, mas o seu parceiro permanece.
    Na realidade o único pressuposto do casamento é a criação de uma união estável e com objetivo de constituir família. Ter exclusividade sexual ou não neste caso não altera esta premissa.

  • Francisco

    “Como você disse, se não é escondido. Entretanto, o que me deixa intrigado, é manter uma relação onde teoricamente se promete exclusividade ao parceiro, mas vocês renegam isso. Isso descaracteriza uma união, chegando mais perto de uma amizade colorida, onde não há o tão recriminado ‘apego’.”

    Particularmente discordo apenas desta parte.
    O casamento realmente pressupõe uma exclusividade, mas esta não é definida oficialmente, e passa portanto a ser definida pelo comum acordo do casal. Afinal, há casais que definem exclusividade como não poder ter amigos, outros é tranqüilo que se saia sozinho, desde que não tenha qualquer tipo de contato intimo com ninguém.
    No caso do swing a exclusividade é afetiva. É uma exclusividade de intimidade. Difere da “amizade colorida” pela solidez, estabilidade. Os amigos do casal vão e vem, mas o seu parceiro permanece.
    Na realidade o único pressuposto do casamento é a criação de uma união estável e com objetivo de constituir família. Ter exclusividade sexual ou não neste caso não altera esta premissa.

  • Loba

    Boa noite Sr.X!!
    Não se preocupe com a demora, nem sempre podemos responder na hora… Entendo ;)

    Bom, vamos lá:

    A questão é que podemos sim oferecer exclusividade, o swing não é uma constante em nossas vidas, em nossa relação.
    É apenas mais uma maneira de vivermos o sexo.
    Porém, mesmo os casais swinger, gostam e preservam seus momentos apenas com os parceiros que tem. Algumas vezes nos afastamos do meio tb, pra apenas vivermos os nossos momentos individualmente, mantendo o sexo apenas com o parceiro, só não deixamos os amigos que fizemos, pois a amizade independe totalmente do sexo.

    ” Entretanto, o que me deixa intrigado, é manter uma relação onde teoricamente se promete exclusividade ao parceiro, mas vocês renegam isso. Isso descaracteriza uma união, chegando mais perto de uma amizade colorida, onde não há o tão recriminado “apego”.”

    No nosso caso a exclusividade não foi teorica durante 16 anos do casamento. E quando surgiu a idéia do swing (que partiu de mim) foi muito conversada, não pense que foi assim tão fácil a aceitação. Levamos um ano em longas conversas antes de tentar fazer os primeiros contatos… Pq surgem sim muitas dúvidas, principalmente da parte dele, que não pensava no assunto.
    Mas como sempre falamos abertamente e de maneira muito sincera , pude explicar o que realmente desejava e consegui faze-lo entender e chegar ao ponto de tentar… Se não tivesse sido bom para os dois talvez eu não estivesse aqui hj, debatendo isso com vc…

    Concordo plenamente com vc quando fala que há uma grande distancia entre o pensar e o fazer…
    Mas eu quis dizer exatamente pelo que colocou depois, quando uma idéia ou pessoa no caso, se fixa na mente, isso pra mim já caracteriza a traição…

    Bom, acredito que falei bastante…
    Mas estou aberta a novos questionamentos… Sempre muito enriquecedor conseguir debater algo tão particular e polêmico com alguem que saiba faze-lo educadamente.

    Um abraço

  • Loba

    Boa noite Sr.X!!
    Não se preocupe com a demora, nem sempre podemos responder na hora… Entendo ;)

    Bom, vamos lá:

    A questão é que podemos sim oferecer exclusividade, o swing não é uma constante em nossas vidas, em nossa relação.
    É apenas mais uma maneira de vivermos o sexo.
    Porém, mesmo os casais swinger, gostam e preservam seus momentos apenas com os parceiros que tem. Algumas vezes nos afastamos do meio tb, pra apenas vivermos os nossos momentos individualmente, mantendo o sexo apenas com o parceiro, só não deixamos os amigos que fizemos, pois a amizade independe totalmente do sexo.

    ” Entretanto, o que me deixa intrigado, é manter uma relação onde teoricamente se promete exclusividade ao parceiro, mas vocês renegam isso. Isso descaracteriza uma união, chegando mais perto de uma amizade colorida, onde não há o tão recriminado “apego”.”

    No nosso caso a exclusividade não foi teorica durante 16 anos do casamento. E quando surgiu a idéia do swing (que partiu de mim) foi muito conversada, não pense que foi assim tão fácil a aceitação. Levamos um ano em longas conversas antes de tentar fazer os primeiros contatos… Pq surgem sim muitas dúvidas, principalmente da parte dele, que não pensava no assunto.
    Mas como sempre falamos abertamente e de maneira muito sincera , pude explicar o que realmente desejava e consegui faze-lo entender e chegar ao ponto de tentar… Se não tivesse sido bom para os dois talvez eu não estivesse aqui hj, debatendo isso com vc…

    Concordo plenamente com vc quando fala que há uma grande distancia entre o pensar e o fazer…
    Mas eu quis dizer exatamente pelo que colocou depois, quando uma idéia ou pessoa no caso, se fixa na mente, isso pra mim já caracteriza a traição…

    Bom, acredito que falei bastante…
    Mas estou aberta a novos questionamentos… Sempre muito enriquecedor conseguir debater algo tão particular e polêmico com alguem que saiba faze-lo educadamente.

    Um abraço

  • Loba

    Muito bem colocado Francisco!

    Algo que acabou me fugindo…
    Não procuramos o swing pra nos apaixonar, normalmente isso não envolve qqr tipo de sentimento além de amizade e desejo sexual.
    A afetividade continua sendo exclusividade do parceiro com quem casamos.

  • Loba

    Muito bem colocado Francisco!

    Algo que acabou me fugindo…
    Não procuramos o swing pra nos apaixonar, normalmente isso não envolve qqr tipo de sentimento além de amizade e desejo sexual.
    A afetividade continua sendo exclusividade do parceiro com quem casamos.

  • Sr. X

    “O casamento realmente pressupõe uma exclusividade, mas esta não é definida oficialmente, e passa portanto a ser definida pelo comum acordo do casal.”

    Se não é definida oficialmente, então como que há um tempo atrás o adultério era crime? Isso denota que o senso comum coloca a exclusividade como premissa, sim, embora na prática nem todos a sigam.

    “Afinal, há casais que definem exclusividade como não poder ter amigos, outros é tranqüilo que se saia sozinho, desde que não tenha qualquer tipo de contato intimo com ninguém.”

    Há também casais também que definem exclusividade como prender a mulher em casa. E daí? Você querer rebater uma generalização com casos específicos é um erro crasso, meu caro. Eu peguei o que o senso comum define como exclusividade.

    “No caso do swing a exclusividade é afetiva. É uma exclusividade de intimidade. Difere da “amizade colorida” pela solidez, estabilidade. Os amigos do casal vão e vem, mas o seu parceiro permanece.”

    Amizades duram muito tempo também, às vezes até mais tempo, além de serem mais estáveis que muitos relacionamentos. Continua sendo uma amizade bem forte, só que com “sacanagem” no meio. O que nos leva novamente à amizade colorida.

    “Na realidade o único pressuposto do casamento é a criação de uma união estável e com objetivo de constituir família.”

    Errado em parte. Existem casais que não possuem filhos.

    Loba:

    Colocações interessantes. E o sexo com outros chega a ser melhor do que com o seu marido? Afinal, procurar coisas piores é burrice, não acha?

  • Sr. X

    “O casamento realmente pressupõe uma exclusividade, mas esta não é definida oficialmente, e passa portanto a ser definida pelo comum acordo do casal.”

    Se não é definida oficialmente, então como que há um tempo atrás o adultério era crime? Isso denota que o senso comum coloca a exclusividade como premissa, sim, embora na prática nem todos a sigam.

    “Afinal, há casais que definem exclusividade como não poder ter amigos, outros é tranqüilo que se saia sozinho, desde que não tenha qualquer tipo de contato intimo com ninguém.”

    Há também casais também que definem exclusividade como prender a mulher em casa. E daí? Você querer rebater uma generalização com casos específicos é um erro crasso, meu caro. Eu peguei o que o senso comum define como exclusividade.

    “No caso do swing a exclusividade é afetiva. É uma exclusividade de intimidade. Difere da “amizade colorida” pela solidez, estabilidade. Os amigos do casal vão e vem, mas o seu parceiro permanece.”

    Amizades duram muito tempo também, às vezes até mais tempo, além de serem mais estáveis que muitos relacionamentos. Continua sendo uma amizade bem forte, só que com “sacanagem” no meio. O que nos leva novamente à amizade colorida.

    “Na realidade o único pressuposto do casamento é a criação de uma união estável e com objetivo de constituir família.”

    Errado em parte. Existem casais que não possuem filhos.

    Loba:

    Colocações interessantes. E o sexo com outros chega a ser melhor do que com o seu marido? Afinal, procurar coisas piores é burrice, não acha?

  • Loba

    Sr. X,

    sem dúvida nunca procuramos coisas piores, seria realmente uma burrice…

    Mas ninguem tras escrito na testa como é na cama não é mesmo? Apenas provando pra descobrir…

    Agora, não que o sexo com outros seja melhor, apenas é diferente.

    O sexo com meu marido envolve amor, e se dá uma maneira intensa… Com outros é prazer apenas, coisa de pele pura e simplesmente, e se acaba ali na cama.
    São ótimos momentos sim, principalmente quando temos junto quem amamos. Eu sinto tesão em ve-lo com outra pessoa por mais estranho que isso possa parecer, mas me excita e me dá prazer.

  • Loba

    Sr. X,

    sem dúvida nunca procuramos coisas piores, seria realmente uma burrice…

    Mas ninguem tras escrito na testa como é na cama não é mesmo? Apenas provando pra descobrir…

    Agora, não que o sexo com outros seja melhor, apenas é diferente.

    O sexo com meu marido envolve amor, e se dá uma maneira intensa… Com outros é prazer apenas, coisa de pele pura e simplesmente, e se acaba ali na cama.
    São ótimos momentos sim, principalmente quando temos junto quem amamos. Eu sinto tesão em ve-lo com outra pessoa por mais estranho que isso possa parecer, mas me excita e me dá prazer.

  • Sr. X

    Loba,

    Então se trata de uma espécie de Voyerismo também.

    Como já disse, não curto a idéia do swing, pois a idéia de ver minha mulher com outro NÃO me excitaria e o contrário também é válido, não faço. Enfim, caímos no bom e velho “Não faça com os outros aquilo que não gostaria que fizessem com você”.

    Eu achei o debate satisfatório, pois não se pode criticar aquilo que não se tem ciência. “A acusação encerra” =P

    Cada um que goze da maneira que achar mais gostosa, mas querer ditar que o swing é o elixir do relacionamento moderno (como alguns deram a entender) é um pouco de presunção, não acha?

    abraços

  • Sr. X

    Loba,

    Então se trata de uma espécie de Voyerismo também.

    Como já disse, não curto a idéia do swing, pois a idéia de ver minha mulher com outro NÃO me excitaria e o contrário também é válido, não faço. Enfim, caímos no bom e velho “Não faça com os outros aquilo que não gostaria que fizessem com você”.

    Eu achei o debate satisfatório, pois não se pode criticar aquilo que não se tem ciência. “A acusação encerra” =P

    Cada um que goze da maneira que achar mais gostosa, mas querer ditar que o swing é o elixir do relacionamento moderno (como alguns deram a entender) é um pouco de presunção, não acha?

    abraços

  • Francisco

    Concordo plenamente com teus comentários Sr. X, dentro do contexto do senso comum.
    O adultério ERA crime. Não sei se hoje é uma contravenção ou não. Mesmo que seja, as contravenções só o são quando há denúncia de alguma parte lesada, o que no swing não acontece. O casamento em sí exige exclusividade, como eu mesmo disse. Se no senso comum essa exclusividade é sexual, fazer o que. O senso comum é uma coisa que demora a mudar, mas muda, e não é base para afirmar se algo é bom ou não, quanto mais se é certo ou errado. Também temos que ver que o casamento não é exclusivamente religioso, então não tem necessariamente todos aqueles juramentos e tal, é sim um contrato civil, importante para organizar uma família, resolver questões de herança e tal.
    Realmente, de acordo com a tua definição um casal swingueiro pode ter uma amizade colorida muito forte, intima e estável. Mas caso um casal como esse tenha filhos, eles tem seus direitos, seus pais se casam para assegurar esses direitos. Afinal, hoje temos métodos para assegurar que os filhos são do parceiro fixo e não dos “outros”. A fidelidade no casamento sempre teve a razão histórica de evitar filhos bastardos, o restante foi criado pra justificar isso perante à sociedade.
    Realmente existem casais que não tem filhos. Neste caso é uma instituição quase totalmente religiosa, visto que os únicos direitos adquiridos são o de passar os bens em caso de morte, e a divisão deles em caso de separação. E se você olhar pelo religioso, aí sim vais ver que em quase todas as religiões (cristãs) o sexo só é permitido para reprodução…

    Quanto a tua questão para a Loba, faço questão de também dar minha opinião. Sexualidade é uma coisa muito pessoal, a variedade de fetiches e “parafiilias” está aí pra provar. Encontrar alguém que também goste das tuas manias é uma das coisas mais importantes que buscamos nos nossos parceiros.
    A minha opinião é de que o fato de fazer o swing deve ser bom e deve deixar o sexo entre o casal ainda melhor, já que ambos se sentem livres e realizados. Talvez sem ele o sexo entre o casal não fosse tão bom. Então já não seria questão de trocar o bom pelo pior, e sim de tornar o bom melhor ainda.
    Os praticantes poderiam dar seu parecer?

  • Francisco

    Concordo plenamente com teus comentários Sr. X, dentro do contexto do senso comum.
    O adultério ERA crime. Não sei se hoje é uma contravenção ou não. Mesmo que seja, as contravenções só o são quando há denúncia de alguma parte lesada, o que no swing não acontece. O casamento em sí exige exclusividade, como eu mesmo disse. Se no senso comum essa exclusividade é sexual, fazer o que. O senso comum é uma coisa que demora a mudar, mas muda, e não é base para afirmar se algo é bom ou não, quanto mais se é certo ou errado. Também temos que ver que o casamento não é exclusivamente religioso, então não tem necessariamente todos aqueles juramentos e tal, é sim um contrato civil, importante para organizar uma família, resolver questões de herança e tal.
    Realmente, de acordo com a tua definição um casal swingueiro pode ter uma amizade colorida muito forte, intima e estável. Mas caso um casal como esse tenha filhos, eles tem seus direitos, seus pais se casam para assegurar esses direitos. Afinal, hoje temos métodos para assegurar que os filhos são do parceiro fixo e não dos “outros”. A fidelidade no casamento sempre teve a razão histórica de evitar filhos bastardos, o restante foi criado pra justificar isso perante à sociedade.
    Realmente existem casais que não tem filhos. Neste caso é uma instituição quase totalmente religiosa, visto que os únicos direitos adquiridos são o de passar os bens em caso de morte, e a divisão deles em caso de separação. E se você olhar pelo religioso, aí sim vais ver que em quase todas as religiões (cristãs) o sexo só é permitido para reprodução…

    Quanto a tua questão para a Loba, faço questão de também dar minha opinião. Sexualidade é uma coisa muito pessoal, a variedade de fetiches e “parafiilias” está aí pra provar. Encontrar alguém que também goste das tuas manias é uma das coisas mais importantes que buscamos nos nossos parceiros.
    A minha opinião é de que o fato de fazer o swing deve ser bom e deve deixar o sexo entre o casal ainda melhor, já que ambos se sentem livres e realizados. Talvez sem ele o sexo entre o casal não fosse tão bom. Então já não seria questão de trocar o bom pelo pior, e sim de tornar o bom melhor ainda.
    Os praticantes poderiam dar seu parecer?

  • Sr. X

    Francisco,

    Eu usei o senso comum para nortear o conceito de exclusividade, e só. Nunca disse que o senso comum dita o que é pior nem melhor. Utilizei-me dele para não cairmos numa subjetividade excessiva.

  • Sr. X

    Francisco,

    Eu usei o senso comum para nortear o conceito de exclusividade, e só. Nunca disse que o senso comum dita o que é pior nem melhor. Utilizei-me dele para não cairmos numa subjetividade excessiva.

  • Núbia

    Ei gostaria de dar os parabens por essa reportagem!!
    não sei as outras mulheres mas eu achava que os homens seriam sempre a favor da sacanagem mutua ,e essa reportagem me fez ver o quanto eles são iguais a mim(pelo menos a mairoria deles…
    Apartir de agora olharei os homens de um outro angulo!!
    Beijinhos carinhosos.

  • Núbia

    Ei gostaria de dar os parabens por essa reportagem!!
    não sei as outras mulheres mas eu achava que os homens seriam sempre a favor da sacanagem mutua ,e essa reportagem me fez ver o quanto eles são iguais a mim(pelo menos a mairoria deles…
    Apartir de agora olharei os homens de um outro angulo!!
    Beijinhos carinhosos.

  • LM

    Sr. X,
    Não defendemos que swing é o elixir da vida moderna. Como dissemos antes, não estamos levantando bandeira nem querendo convencer ninguém. Estamos apenas dividindo com vc e os demais os nossos pontos de vista. Explicando coisas que quem tá de fora não entende como rola. Até nós, qdo éramos apenas curiosos, não imaginávamos que seria como vemos hoje. Tínhamos uma idéia bem diferente, bem “sodoma e gomorra”. Hj sabemos que não é assim.

    Outra coisa, não dá pra comparar o sexo com sua esposa/marido com o sexo com outras pessoas. São bem diferentes. O sexo com quem vc ama, o sexo a três, o sexo entre casais, tudo é bem diferente um do outro, envolve prazeres e sentimentos diferentes. Então não dá pra comparar nem dizer se é melhor ou pior. Sentimos falta do sexo com nossas amadas, sentimos falta de uma farra tb, qdo estamos há algum tempo sem praticar.

    Quanto à fidelidade, até isso é relativo. Como explicaram mto bem anteriormente, temos exclusividade de relacionamento, de afeto. Mtas sociedades e religiões, ainda hoje, permitem que o homem se case outras vezes. Mtos personagens bíblicos tinham diversas esposas. Em alguns casos a poligamia era até imposta: a mulher deveria casar com o irmão mais velho de seu marido caso ele morresse. Algumas religiões e sociedades apenas restringiam em alguns casos essa poligamia: restringiam a um número de 4 esposas, restringiam a um número que o homem fosse capaz de sustentar, etc.
    Repito: não to levantando bandeira, mas demonstrando com FATOS (não me critiquem por esses fatos terem acontecido! Nem nascido eu era!) que monogamia ou poligamia devem ser tratados como fenômenos culturais, de culturas que se mutam, e não como dogmas.
    Ao Francisco, Sr X e Loba, parabéns pelos posts! To vendo que dá pra trocar idéias com vcs.

  • LM

    Sr. X,
    Não defendemos que swing é o elixir da vida moderna. Como dissemos antes, não estamos levantando bandeira nem querendo convencer ninguém. Estamos apenas dividindo com vc e os demais os nossos pontos de vista. Explicando coisas que quem tá de fora não entende como rola. Até nós, qdo éramos apenas curiosos, não imaginávamos que seria como vemos hoje. Tínhamos uma idéia bem diferente, bem “sodoma e gomorra”. Hj sabemos que não é assim.

    Outra coisa, não dá pra comparar o sexo com sua esposa/marido com o sexo com outras pessoas. São bem diferentes. O sexo com quem vc ama, o sexo a três, o sexo entre casais, tudo é bem diferente um do outro, envolve prazeres e sentimentos diferentes. Então não dá pra comparar nem dizer se é melhor ou pior. Sentimos falta do sexo com nossas amadas, sentimos falta de uma farra tb, qdo estamos há algum tempo sem praticar.

    Quanto à fidelidade, até isso é relativo. Como explicaram mto bem anteriormente, temos exclusividade de relacionamento, de afeto. Mtas sociedades e religiões, ainda hoje, permitem que o homem se case outras vezes. Mtos personagens bíblicos tinham diversas esposas. Em alguns casos a poligamia era até imposta: a mulher deveria casar com o irmão mais velho de seu marido caso ele morresse. Algumas religiões e sociedades apenas restringiam em alguns casos essa poligamia: restringiam a um número de 4 esposas, restringiam a um número que o homem fosse capaz de sustentar, etc.
    Repito: não to levantando bandeira, mas demonstrando com FATOS (não me critiquem por esses fatos terem acontecido! Nem nascido eu era!) que monogamia ou poligamia devem ser tratados como fenômenos culturais, de culturas que se mutam, e não como dogmas.
    Ao Francisco, Sr X e Loba, parabéns pelos posts! To vendo que dá pra trocar idéias com vcs.

  • http://www.proveisso.net/ Johnny C

    ahhh olha só, eu tenho uma dúvida em relação a casas de swing…

    “Solteiros não devem contratar uma acompanhante (puta) para ir a uma casa de swing. Nós não gostamos de casais armados e as melhores casas de swing os expulsam. Para os solteiros (as) há espaço no meio, e pode ser muito gratificante. No próximo artigo eu explico.”

    talvez esteja adiantando o assunto do próximo artigo mas… e se o casal no caso não for armado, mas não for nada sério? tipo um rolo que dura um tempo já, alguns meses?

  • http://www.proveisso.net Johnny C

    ahhh olha só, eu tenho uma dúvida em relação a casas de swing…

    “Solteiros não devem contratar uma acompanhante (puta) para ir a uma casa de swing. Nós não gostamos de casais armados e as melhores casas de swing os expulsam. Para os solteiros (as) há espaço no meio, e pode ser muito gratificante. No próximo artigo eu explico.”

    talvez esteja adiantando o assunto do próximo artigo mas… e se o casal no caso não for armado, mas não for nada sério? tipo um rolo que dura um tempo já, alguns meses?

  • LM

    Ótimo ponto, Johnny C!
    Já nos perguntamos tb o que deveria ser considerado um CASAL. Uma vez conheci uma mulher que morava em Minas e um cara do Rio. Eles eram casados, cada um com uma pessoa diferente. Apesar da distância mantinham entre si um relacionamento extra-conjugal há alguns anos e, quando se encontravam, além de se curtirem, realizavam suas fantasias com outros casais, garotas, casas de swing, etc. Me perguntei: isso deve ser considerado um casal??? Eles são fiéis na infidelidade, mas enfim…
    Outra coisa: namorados. E ai? É casal ou não é? Namoro longo, namoro recente…
    O ponto fulcral nessa discussão toda é a estabilidade afetiva. Casais normalmente buscam casais. Sejam casados, namorados, etc. Buscam pessoas que se gostem, que se respeitem e que tenham cumplicidade um pelo outro. Talvez um casal de namorados tenha mais que uma dupla realmente casada no papel…
    Cada caso é um caso. E cada pessoa ve cada caso de uma forma diferente. Se um casal sentiu afinidade e segurança de sair com outro casal que não é estável, boa sorte! Aproveitem!
    Não existe uma regra.
    Mas é sempre bom procurar alguém que te transmita confiança.

  • LM

    Ótimo ponto, Johnny C!
    Já nos perguntamos tb o que deveria ser considerado um CASAL. Uma vez conheci uma mulher que morava em Minas e um cara do Rio. Eles eram casados, cada um com uma pessoa diferente. Apesar da distância mantinham entre si um relacionamento extra-conjugal há alguns anos e, quando se encontravam, além de se curtirem, realizavam suas fantasias com outros casais, garotas, casas de swing, etc. Me perguntei: isso deve ser considerado um casal??? Eles são fiéis na infidelidade, mas enfim…
    Outra coisa: namorados. E ai? É casal ou não é? Namoro longo, namoro recente…
    O ponto fulcral nessa discussão toda é a estabilidade afetiva. Casais normalmente buscam casais. Sejam casados, namorados, etc. Buscam pessoas que se gostem, que se respeitem e que tenham cumplicidade um pelo outro. Talvez um casal de namorados tenha mais que uma dupla realmente casada no papel…
    Cada caso é um caso. E cada pessoa ve cada caso de uma forma diferente. Se um casal sentiu afinidade e segurança de sair com outro casal que não é estável, boa sorte! Aproveitem!
    Não existe uma regra.
    Mas é sempre bom procurar alguém que te transmita confiança.

  • Loba

    Sr. X, bom dia!!

    No meu caso trata-se sim de um pouco de voyerismo tb. Mas existem casais e casais, pessoas e pessoas e cada um com seus acordos, suas regrinhas e suas fantasias. E que uma vez acertadas entre o casal tem que ser cumpridas, senão gera incomodos… O que acontece é que essas regras são flexiveis e sempre rediscutidas entre o casal, pq em um primeiro momento não se tem como prever td que possa acontecer, logo o habitual é que cada casal converse muito depois de um encontro, de uma festa e se acerte dentro do que possa ter mudado com os acontecimentos.

    Sem dúvida alguma, não devemos fazer ao outro aquilo que não queremos que nos faça…
    E tb não devemos faze-lo apenas por vingença né?! Ele/a me traiu, agora vou dar o troco… Perderiamos até um pouco da nossa essência por isso.

    Bom, quanto a defender o swing como elixir de um relacionamento moderno, não levantamos essa bandeira.
    Realmente alguns posts acabam dando essa impressão, mas isso ocorre pq as pessoas defendem com veemencia a idéia que lhes é aprazível, é apenas defesa de idéias, filosofia de vida que escolheram, não imposição do que gostam como verdade pra todos.
    Em outros casos as colocações são tb defesa aos ataques que sofremos e quando nos defendemos, em qqr situação, acabamos sendo mais fortes nas colocações.

    Alguns sentiram-se totalmente ofendidos com o artigo do Beto, e acreditaram que inclusive ele, com o artigo está tentando convencer as pessoas que não são adeptas ao swing de que deveriam vive-lo senão suas relação se tornariam uma porcaria…
    Em momento algum foi isso que tentou falar, quando coloca os tres tipos de casais, é referindo-se aos casais que tem vontade e curiosidade de estar nesse meio, temos experiência quanto a isso, conversamos com milhares de casais todos os dias, lemos, recebemos emails, mais ainda o Beto, que mantem um blog…
    Já fui questionada por vários com relações doentes, me perguntando se o swing realmente melhora o casamento e sempre respondo: SWING NÃO É REMÉDIO PRA NINGUEM, SE SUA RELAÇÃO ESTÁ BOA É COMO UMA VITAMINA QUE VEM PRA ALIMENTA-LA E FAZER CRESCER AINDA MAIS, AGORA SE ESTÁ DOENTE OU FALIDA, CORRA DELE, POIS SERÁ UM VENENO FATAL!!
    Quando se tem um casamento doente, entrar no swing é o passo mais rápido pra acabar com ele, pq nesse caso passamos a fazer comparativos, o que de maneira alguma é saudável.

    Agora, tem os casais que nunca pensaram nisso, não tem essas fantasias e nem ouviram falar sobre o assunto ainda. E outros ainda, como acho ser o seu caso, que tem alguma idéia do assunto, chegam a tentar entender um pouco mais apenas pra poder conversar mas que jamais pensariam em pratica-lo.
    E tenha certeza, respeitamos a todos!
    Só sentimos muitíssimo não receber o mesmo respeito, mas faz parte…

  • Loba

    Sr. X, bom dia!!

    No meu caso trata-se sim de um pouco de voyerismo tb. Mas existem casais e casais, pessoas e pessoas e cada um com seus acordos, suas regrinhas e suas fantasias. E que uma vez acertadas entre o casal tem que ser cumpridas, senão gera incomodos… O que acontece é que essas regras são flexiveis e sempre rediscutidas entre o casal, pq em um primeiro momento não se tem como prever td que possa acontecer, logo o habitual é que cada casal converse muito depois de um encontro, de uma festa e se acerte dentro do que possa ter mudado com os acontecimentos.

    Sem dúvida alguma, não devemos fazer ao outro aquilo que não queremos que nos faça…
    E tb não devemos faze-lo apenas por vingença né?! Ele/a me traiu, agora vou dar o troco… Perderiamos até um pouco da nossa essência por isso.

    Bom, quanto a defender o swing como elixir de um relacionamento moderno, não levantamos essa bandeira.
    Realmente alguns posts acabam dando essa impressão, mas isso ocorre pq as pessoas defendem com veemencia a idéia que lhes é aprazível, é apenas defesa de idéias, filosofia de vida que escolheram, não imposição do que gostam como verdade pra todos.
    Em outros casos as colocações são tb defesa aos ataques que sofremos e quando nos defendemos, em qqr situação, acabamos sendo mais fortes nas colocações.

    Alguns sentiram-se totalmente ofendidos com o artigo do Beto, e acreditaram que inclusive ele, com o artigo está tentando convencer as pessoas que não são adeptas ao swing de que deveriam vive-lo senão suas relação se tornariam uma porcaria…
    Em momento algum foi isso que tentou falar, quando coloca os tres tipos de casais, é referindo-se aos casais que tem vontade e curiosidade de estar nesse meio, temos experiência quanto a isso, conversamos com milhares de casais todos os dias, lemos, recebemos emails, mais ainda o Beto, que mantem um blog…
    Já fui questionada por vários com relações doentes, me perguntando se o swing realmente melhora o casamento e sempre respondo: SWING NÃO É REMÉDIO PRA NINGUEM, SE SUA RELAÇÃO ESTÁ BOA É COMO UMA VITAMINA QUE VEM PRA ALIMENTA-LA E FAZER CRESCER AINDA MAIS, AGORA SE ESTÁ DOENTE OU FALIDA, CORRA DELE, POIS SERÁ UM VENENO FATAL!!
    Quando se tem um casamento doente, entrar no swing é o passo mais rápido pra acabar com ele, pq nesse caso passamos a fazer comparativos, o que de maneira alguma é saudável.

    Agora, tem os casais que nunca pensaram nisso, não tem essas fantasias e nem ouviram falar sobre o assunto ainda. E outros ainda, como acho ser o seu caso, que tem alguma idéia do assunto, chegam a tentar entender um pouco mais apenas pra poder conversar mas que jamais pensariam em pratica-lo.
    E tenha certeza, respeitamos a todos!
    Só sentimos muitíssimo não receber o mesmo respeito, mas faz parte…

  • Loba

    Johnny C,

    isso é realmente um ponto complicado.
    Mas como respondeu LM, procuramos sair com casais que nos passem total confiança.

    Eu em particular, prefiro os solteiros mesmo nesse caso, homens ou mulheres que assumem que estão sozinhos e querem mesmo assim participar do meio swing… Entra aí o sexo a três, que é chamado de menage.
    O menage pode ser feminino, 2 H e 1 M, ou masculino, 2 M e 1 H.
    No menage feminino é normal (mas não obrigatório) que ocorra o bi feminino.
    No menage masculino, em sua grande maioria não ocorre o bi, mas caso no casal o desejo seja esse e o terceiro elemento envolvido aceitar pode acontecer sim.

  • Loba

    Johnny C,

    isso é realmente um ponto complicado.
    Mas como respondeu LM, procuramos sair com casais que nos passem total confiança.

    Eu em particular, prefiro os solteiros mesmo nesse caso, homens ou mulheres que assumem que estão sozinhos e querem mesmo assim participar do meio swing… Entra aí o sexo a três, que é chamado de menage.
    O menage pode ser feminino, 2 H e 1 M, ou masculino, 2 M e 1 H.
    No menage feminino é normal (mas não obrigatório) que ocorra o bi feminino.
    No menage masculino, em sua grande maioria não ocorre o bi, mas caso no casal o desejo seja esse e o terceiro elemento envolvido aceitar pode acontecer sim.

  • Angelike

    Sr. X comentou em 24.03.2008 às 11:32

    Angelike não respondeu às minhas colocações. Estou no aguardo.

    N ão vi nenhuma pergunta dirigida a mim.

    Agora se vai perguntar se faço swing na frente dos meus filhos, desista.
    Porque eu vou perguntar se você faz na frente dos seus, já que o seu sexo é CERTO e o meu é ERRADO.

  • Angelike

    Sr. X comentou em 24.03.2008 às 11:32

    Angelike não respondeu às minhas colocações. Estou no aguardo.

    N ão vi nenhuma pergunta dirigida a mim.

    Agora se vai perguntar se faço swing na frente dos meus filhos, desista.
    Porque eu vou perguntar se você faz na frente dos seus, já que o seu sexo é CERTO e o meu é ERRADO.

  • Alice do Real BsB

    Olha só, Genteeeee!!!!
    O nível do debate está melhorando e já tem alguns comentários sérios e com perguntas e dúvidas reais. Fiquei feliz!
    O Energúmeno…Ôps! O Sério e capaz Sr. Marcel (aquele mesmo… do fuzil) que tem capacidade intelectual para debater com dingnidade e apenas no campo das idéias, que nos colocou como pedófilos e afirmou que a nossa hora estava chegando…parou de tumultuar. Tem coisa melhor do que isso? NÃÃÃO!!!!
    Legal ler comentários como o do LM, da Let, do Sr. X e tantos outros que nos elevam aos normais patamares da civilidade. Muito bom!
    Swing, amigos, é escolha de casal. Não se faz swing com apenas um dos cônjuges, ou apenas com um dos namorados, noivos.
    Se é escolha de ambos, vamos respeitar. Se é imposto por um, vamos condenar. Aliás, esse tipo de “participante” do mundo liberal é rapidamente desmascarado e excluído do convívio com os demais liberais…e ponto. Não se transige com gente que não seja capaz de entender e aceitar e , mesmo assim, se submete à vontade do mais forte da relação (homem ou mulher) e se infiltra nos ambientes swingers…e, pior, se coloca na subserviente condição de “adepto porque meu parceiro gosta”. Horrível!
    Só transita no meio quem realmente pensa conjuntamente na realização das fantasias.
    Quem não sabe brincar não desce pro Play.
    E olha que estou “boazinha” hoje, viu?
    Tenho 28 anos, a 5 anos estou casada, independente, com uma filhinha linda, concursada (estabilidade profissional), formação superior, defendendo tese do mestrado em breve…e NÃO vou aguentar rótulos. Eu dou o que é meu (essa linguagem eles entendem) e pronto.
    Depois não sabem a razão de usarmos pseudônimos. Piada, né?
    Beijinhos aos que querem participar (e já são muitos) com idéias e esclarecimentos de dúvidas e desprezo aos que se escondem com ataques hipócritas.

  • Alice do Real BsB

    Olha só, Genteeeee!!!!
    O nível do debate está melhorando e já tem alguns comentários sérios e com perguntas e dúvidas reais. Fiquei feliz!
    O Energúmeno…Ôps! O Sério e capaz Sr. Marcel (aquele mesmo… do fuzil) que tem capacidade intelectual para debater com dingnidade e apenas no campo das idéias, que nos colocou como pedófilos e afirmou que a nossa hora estava chegando…parou de tumultuar. Tem coisa melhor do que isso? NÃÃÃO!!!!
    Legal ler comentários como o do LM, da Let, do Sr. X e tantos outros que nos elevam aos normais patamares da civilidade. Muito bom!
    Swing, amigos, é escolha de casal. Não se faz swing com apenas um dos cônjuges, ou apenas com um dos namorados, noivos.
    Se é escolha de ambos, vamos respeitar. Se é imposto por um, vamos condenar. Aliás, esse tipo de “participante” do mundo liberal é rapidamente desmascarado e excluído do convívio com os demais liberais…e ponto. Não se transige com gente que não seja capaz de entender e aceitar e , mesmo assim, se submete à vontade do mais forte da relação (homem ou mulher) e se infiltra nos ambientes swingers…e, pior, se coloca na subserviente condição de “adepto porque meu parceiro gosta”. Horrível!
    Só transita no meio quem realmente pensa conjuntamente na realização das fantasias.
    Quem não sabe brincar não desce pro Play.
    E olha que estou “boazinha” hoje, viu?
    Tenho 28 anos, a 5 anos estou casada, independente, com uma filhinha linda, concursada (estabilidade profissional), formação superior, defendendo tese do mestrado em breve…e NÃO vou aguentar rótulos. Eu dou o que é meu (essa linguagem eles entendem) e pronto.
    Depois não sabem a razão de usarmos pseudônimos. Piada, né?
    Beijinhos aos que querem participar (e já são muitos) com idéias e esclarecimentos de dúvidas e desprezo aos que se escondem com ataques hipócritas.

  • http://www.proveisso.net/ Johnny C

    bom… vamos lá, por partes como diria Jack. rs

    LM> resumindo, só indo na cara e na coragem pra saber, certo? Tipo, é bem isso que eu falei… não somos namorados, só rolo mesmo, apesar de já durar algum tempo nenhum dos dois tem a menor intenção em (pelo menos por enquanto) passar pra algo sério. Mas nos damos super bem, e ela comentou que estava começando a ficar curiosa com essa história, já até comentamos sobre ir numa casa de swing só pra ver como é e afins.

    Loba> seu comentário me lembrou exatamente o ponto que ela me frisou quando conversamos sobre o assunto hoje, a vontade não é do swing mas sim do menage. Tanto que vez ou outra, quando a gente tava indo do shopping pra casa, ela apontava alguém na rua e comentava “tem que ser uma mais ou menos assim” rs… mas ela falou que ainda não tem vontade de ir além de beijos e mãos bobas.

    Eu já fazia uma certa idéia sobre essa parte dos menages, pelo próprio blog do Beto (que escreveu o artigo, acompanho o blog dele tem um tempinho já).

    Aos dois, muito obrigado pelas respostas :)

  • http://www.proveisso.net Johnny C

    bom… vamos lá, por partes como diria Jack. rs

    LM> resumindo, só indo na cara e na coragem pra saber, certo? Tipo, é bem isso que eu falei… não somos namorados, só rolo mesmo, apesar de já durar algum tempo nenhum dos dois tem a menor intenção em (pelo menos por enquanto) passar pra algo sério. Mas nos damos super bem, e ela comentou que estava começando a ficar curiosa com essa história, já até comentamos sobre ir numa casa de swing só pra ver como é e afins.

    Loba> seu comentário me lembrou exatamente o ponto que ela me frisou quando conversamos sobre o assunto hoje, a vontade não é do swing mas sim do menage. Tanto que vez ou outra, quando a gente tava indo do shopping pra casa, ela apontava alguém na rua e comentava “tem que ser uma mais ou menos assim” rs… mas ela falou que ainda não tem vontade de ir além de beijos e mãos bobas.

    Eu já fazia uma certa idéia sobre essa parte dos menages, pelo próprio blog do Beto (que escreveu o artigo, acompanho o blog dele tem um tempinho já).

    Aos dois, muito obrigado pelas respostas :)

  • http://www.meudiarioswing.blogspot.com/ Beto

    Johnny C,

    Obrigado pela participação, este post não seria completo sem você!

    E, olha, vocês estão no caminho certo, vai pintar um menage logo, logo! rsrs

    Realmente Alice, o papo ficou muito mais interessante de uns comentários pra cá. Gostei!

  • http://www.meudiarioswing.blogspot.com Beto

    Johnny C,

    Obrigado pela participação, este post não seria completo sem você!

    E, olha, vocês estão no caminho certo, vai pintar um menage logo, logo! rsrs

    Realmente Alice, o papo ficou muito mais interessante de uns comentários pra cá. Gostei!

  • http://www.proveisso.net/ Johnny C

    Po Beto… vc falando desse jeito, já depois do puxão de orelha, e depois de ter visto quanta gente me conhecia no BlogCamp… daqui a pouco eu realmente vou acreditar no Alexandre Sena e achar que sou famoso kkkk

  • http://www.proveisso.net Johnny C

    Po Beto… vc falando desse jeito, já depois do puxão de orelha, e depois de ter visto quanta gente me conhecia no BlogCamp… daqui a pouco eu realmente vou acreditar no Alexandre Sena e achar que sou famoso kkkk

  • Roberta

    Ñ li mtos dos últimos comentários, mas percebi a coisa ficou sim mais interessante.
    Faz tempo q eu queria colocar essa música aqui, mas só lembrei agora, então lá vai rsrs

    Amor é um livro, sexo é esporte
    Sexo é escolha, amor é sorte…

    Amor é pensamento, teorema
    Amor é novela
    Sexo é cinema..

    Sexo é imaginação, fantasia
    Amor é prosa
    Sexo é poesia…

    O amor nos torna patéticos
    Sexo é uma selva de epiléticos…

    Amor é cristão, sexo é pagão
    Amor é latifúndio, sexo é invasão
    Amor é divino, sexo é animal
    Amor é bossa nova, sexo é carnaval

    Amor é para sempre… sexo também
    Sexo é do bom, amor é do bem…

    Amor sem sexo é amizade
    Sexo sem amor é vontade…

    Amor é um, sexo é dois
    Sexo antes, amor depois…

    Sexo vem dos outros e vai embora
    Amor vem de nós e demora…

    Amor é isso, sexo é aquilo
    E coisa e tal! E tal e coisa!

    Ai o amor!
    Hum! O sexo!

  • Roberta

    Ñ li mtos dos últimos comentários, mas percebi a coisa ficou sim mais interessante.
    Faz tempo q eu queria colocar essa música aqui, mas só lembrei agora, então lá vai rsrs

    Amor é um livro, sexo é esporte
    Sexo é escolha, amor é sorte…

    Amor é pensamento, teorema
    Amor é novela
    Sexo é cinema..

    Sexo é imaginação, fantasia
    Amor é prosa
    Sexo é poesia…

    O amor nos torna patéticos
    Sexo é uma selva de epiléticos…

    Amor é cristão, sexo é pagão
    Amor é latifúndio, sexo é invasão
    Amor é divino, sexo é animal
    Amor é bossa nova, sexo é carnaval

    Amor é para sempre… sexo também
    Sexo é do bom, amor é do bem…

    Amor sem sexo é amizade
    Sexo sem amor é vontade…

    Amor é um, sexo é dois
    Sexo antes, amor depois…

    Sexo vem dos outros e vai embora
    Amor vem de nós e demora…

    Amor é isso, sexo é aquilo
    E coisa e tal! E tal e coisa!

    Ai o amor!
    Hum! O sexo!

  • http://www.proveisso.net/ Johnny C

    isso é Rita Lee, não Ro? show =)

  • http://www.proveisso.net Johnny C

    isso é Rita Lee, não Ro? show =)

  • Roberta

    É sim, Johnny. Amor e Sexo, de Rita Lee, Arnaldo Jabor e mais algumas pessoas q ñ lembro rsrs.

  • Roberta

    É sim, Johnny. Amor e Sexo, de Rita Lee, Arnaldo Jabor e mais algumas pessoas q ñ lembro rsrs.

  • Isadora

    Roberta,
    tem tudo a ver vc ter trazido este ‘poema’ da Rita Lee pra o debate aqui. Vc atentíssima e ligadinha, como sempre, né geminiana ! rsrsrs…

  • Isadora

    Roberta,
    tem tudo a ver vc ter trazido este ‘poema’ da Rita Lee pra o debate aqui. Vc atentíssima e ligadinha, como sempre, né geminiana ! rsrsrs…

  • Marido da Mestiça

    Boa Tarde a Todos!! Sol e Caca, Beto, Angelike, Alice, Loba e demais blogueiros!! Nossa ficamos tão surpresos com a defesa do swing aqui, pois conhecemos alguns dos que aqui postaram em nossa defessa e são pessoas extremamente qualificadas para tal. Pessoas centradas e equilibradas… Dentro e fora do Swing…

    A matéria e os casais que escreveram sobre o tema foram tão equilibrados que desequilibraram os opositores ao tema, que sem argumentos partiram para a agressão pessoal…

    Particularmente penso que toda unanimidade é burra e para cada verdade absoluta existe uma excessão… Então respeito cada uma das opiões aqui postadas, desde que discutam o tema em questão e não pessoas.

    Vou falar um pouco sobre nossa experiência no Swing… Nossa vontade de ir para o Swing partiu de uma evolução natural do nosso casamento, temos muito tesão e cumplicidade um pelo outro o que nos permitiu sermos nossos melhores amigos.

    Diferente de muitos casais ditos “Normais” quando minha esposa via um cara bonito na rua ela não falava para uma amiga… contava para mim… e vice-versa… Isso para nós é respeito e cumplicidade. Que atire a primeira pedra quem nunca fez um comentário desses com um amigo ou amiga…

    Bem… à partir dai começamos a conversar sobre o assunto.. Para nós o mais importante é a família e nossas fantasias veem em segundo plano, então fomos aos poucos nos acostumando com a idéia, nos excitando com as fantasias e nos permitindo conhecer um pouco do meio, testando sempre se cada passo que davamos interfiria de alguma forma na nossa relação.

    Nossa primeira surpesa foi quando decidimos ir pela primeira vez numa casa de swing… pensavamos numa muvuca danada.. eu particularmente pensava que ia entrar e tropeçar de cara em alguém transando… Então foi um choque de realidade que tivemos quando ao entrar fomos recebidos em um bar comum, com pessoas comuns e Vestidas!!! Sim!! Todos estavam de roupa!!! kkk

    Agora o que nos fez ver aquele lugar um lugar especial, diferente e anormal foi a recepção que tivemos! Casais vinham conversar conosco, fazendo todo o possível para nos mostrar a casa, se apresentar e fazer com que nos sentissemos à vontade – e olhem que isso sem nenhuma conotação sexual, apenas amizade e cordialidade! Um dos casais que estavam nesse primeiro momento era a Sol e o Caca… Poxa, que casal legal, bonitos, inteligentes e despretenciosos (chega de rasgar seda, mas foram essenciais na boa impressão que tivemos do meio).

    Uma das impressões que as pessoas de fora tem do swing é que rola uma Suruba geral, que é só entrar e já vem um cara comer sua esposa, oferecendo a esposa dele para o outro comer…

    Mas a realidade é bem diferente… É apenas um lugar onde encontramos pessoas com interesses e mentalidade comum às nossas fantasias, o que aumenta as chances de realiza-las. Mas para que isso aconteça existem uma série de fatores comuns ao swing e ao meio “normal” que são: afinidades, fantasias em comum, amizade, tesão, quimica, respeito, etc…. Então para acontecer algo gostoso é preciso reunir todos esses fatores em cada individuo que forma o casal – Todos precisam estar na mesma sintonia para que aconteça o swing….

    Isso sem dúvida melhorou em muito nossa excelente relação… Trouxe mais sintonia, mais liberdade…e como diria Raul Seixas: “Amor só dura em liberdade”.

    Fora do swing somos um casal como qualquer outro, porém com uma pitada de tesão a mais.. Trabalhamos juntos, criamos nosso filho, temos nossa casa, nossa empresa e nos permitimos curtir não só o swing, mas nós dois… Vamos todos os meses a Motéis (nós dois), brincamos muito em casa e vivemos um relacionamento que causa inveja a muitas pessoas de fora (como já nos contaram).

    Swing é troca, não só troca de casais, troca de respeito, de cumplicidade, de amor, de confiança entre o casal e é isso que faz a coisa ser tão gostosa…

    Marido da Mestiça

  • Marido da Mestiça

    Boa Tarde a Todos!! Sol e Caca, Beto, Angelike, Alice, Loba e demais blogueiros!! Nossa ficamos tão surpresos com a defesa do swing aqui, pois conhecemos alguns dos que aqui postaram em nossa defessa e são pessoas extremamente qualificadas para tal. Pessoas centradas e equilibradas… Dentro e fora do Swing…

    A matéria e os casais que escreveram sobre o tema foram tão equilibrados que desequilibraram os opositores ao tema, que sem argumentos partiram para a agressão pessoal…

    Particularmente penso que toda unanimidade é burra e para cada verdade absoluta existe uma excessão… Então respeito cada uma das opiões aqui postadas, desde que discutam o tema em questão e não pessoas.

    Vou falar um pouco sobre nossa experiência no Swing… Nossa vontade de ir para o Swing partiu de uma evolução natural do nosso casamento, temos muito tesão e cumplicidade um pelo outro o que nos permitiu sermos nossos melhores amigos.

    Diferente de muitos casais ditos “Normais” quando minha esposa via um cara bonito na rua ela não falava para uma amiga… contava para mim… e vice-versa… Isso para nós é respeito e cumplicidade. Que atire a primeira pedra quem nunca fez um comentário desses com um amigo ou amiga…

    Bem… à partir dai começamos a conversar sobre o assunto.. Para nós o mais importante é a família e nossas fantasias veem em segundo plano, então fomos aos poucos nos acostumando com a idéia, nos excitando com as fantasias e nos permitindo conhecer um pouco do meio, testando sempre se cada passo que davamos interfiria de alguma forma na nossa relação.

    Nossa primeira surpesa foi quando decidimos ir pela primeira vez numa casa de swing… pensavamos numa muvuca danada.. eu particularmente pensava que ia entrar e tropeçar de cara em alguém transando… Então foi um choque de realidade que tivemos quando ao entrar fomos recebidos em um bar comum, com pessoas comuns e Vestidas!!! Sim!! Todos estavam de roupa!!! kkk

    Agora o que nos fez ver aquele lugar um lugar especial, diferente e anormal foi a recepção que tivemos! Casais vinham conversar conosco, fazendo todo o possível para nos mostrar a casa, se apresentar e fazer com que nos sentissemos à vontade – e olhem que isso sem nenhuma conotação sexual, apenas amizade e cordialidade! Um dos casais que estavam nesse primeiro momento era a Sol e o Caca… Poxa, que casal legal, bonitos, inteligentes e despretenciosos (chega de rasgar seda, mas foram essenciais na boa impressão que tivemos do meio).

    Uma das impressões que as pessoas de fora tem do swing é que rola uma Suruba geral, que é só entrar e já vem um cara comer sua esposa, oferecendo a esposa dele para o outro comer…

    Mas a realidade é bem diferente… É apenas um lugar onde encontramos pessoas com interesses e mentalidade comum às nossas fantasias, o que aumenta as chances de realiza-las. Mas para que isso aconteça existem uma série de fatores comuns ao swing e ao meio “normal” que são: afinidades, fantasias em comum, amizade, tesão, quimica, respeito, etc…. Então para acontecer algo gostoso é preciso reunir todos esses fatores em cada individuo que forma o casal – Todos precisam estar na mesma sintonia para que aconteça o swing….

    Isso sem dúvida melhorou em muito nossa excelente relação… Trouxe mais sintonia, mais liberdade…e como diria Raul Seixas: “Amor só dura em liberdade”.

    Fora do swing somos um casal como qualquer outro, porém com uma pitada de tesão a mais.. Trabalhamos juntos, criamos nosso filho, temos nossa casa, nossa empresa e nos permitimos curtir não só o swing, mas nós dois… Vamos todos os meses a Motéis (nós dois), brincamos muito em casa e vivemos um relacionamento que causa inveja a muitas pessoas de fora (como já nos contaram).

    Swing é troca, não só troca de casais, troca de respeito, de cumplicidade, de amor, de confiança entre o casal e é isso que faz a coisa ser tão gostosa…

    Marido da Mestiça

  • Alice do Real BsB

    Ontem eu estava “amarguinha”, né?
    As pessoas decentes não merecem revides. Até que iniciei bem….mas descambei pra respostas abusadas.
    Vou me comportar, Galerinha. Prometo!
    kkkk
    Let’s, essa música veio na hora certa…amei!
    Você é uma Gracinha de Blogueira.
    Beijinhos da
    Alicinha Paz e Amor.

  • Alice do Real BsB

    Ontem eu estava “amarguinha”, né?
    As pessoas decentes não merecem revides. Até que iniciei bem….mas descambei pra respostas abusadas.
    Vou me comportar, Galerinha. Prometo!
    kkkk
    Let’s, essa música veio na hora certa…amei!
    Você é uma Gracinha de Blogueira.
    Beijinhos da
    Alicinha Paz e Amor.

  • Klau

    Beto, excelente seu texto!
    Chocante perceber o grau de preconceito das pessoas quanto as preferências alheias.
    Penso que ninguém é obrigado a concordar, a participar, porém tratar o assunto como anormalidade? Colocar em dúvida o amor de outras pessoas? Isso é absurdo!
    Não é doença, não é anormalidade, pra mim é um estilo de vida. O direito de realizar suas fantasias sexuais, seus desejos. Administrar sua vida com direito a escolha. O nome disso é liberdade, e não afeta a vida de mais ninguém a não ser a sua própria, caso escolha mal.
    Sou mulher, sou swinger, e sou muito, mas muito amada…

    PS: Adorei PAPOdeHOMEM, inteligente!

  • Klau

    Beto, excelente seu texto!
    Chocante perceber o grau de preconceito das pessoas quanto as preferências alheias.
    Penso que ninguém é obrigado a concordar, a participar, porém tratar o assunto como anormalidade? Colocar em dúvida o amor de outras pessoas? Isso é absurdo!
    Não é doença, não é anormalidade, pra mim é um estilo de vida. O direito de realizar suas fantasias sexuais, seus desejos. Administrar sua vida com direito a escolha. O nome disso é liberdade, e não afeta a vida de mais ninguém a não ser a sua própria, caso escolha mal.
    Sou mulher, sou swinger, e sou muito, mas muito amada…

    PS: Adorei PAPOdeHOMEM, inteligente!

  • Aline-SP

    Acho que cada um faz o que quer, o que gosta, o q lhe dá prazer!
    Eu já tive algumas experiências mais “liberais”, digamos, com a consentimento de meu marido e continuo muito bem casada.
    Monogamia é um mito, pois vira-e-mexe sentimos desejos por outras pessoas.
    Gosto de debater o tema. Quem quiser trocar idéias (não aceito extremistas radicais hehe), add meu msn:
    alininhaspbr arroba hotmail.com

    Bjs a todos!

  • Aline-SP

    Acho que cada um faz o que quer, o que gosta, o q lhe dá prazer!
    Eu já tive algumas experiências mais “liberais”, digamos, com a consentimento de meu marido e continuo muito bem casada.
    Monogamia é um mito, pois vira-e-mexe sentimos desejos por outras pessoas.
    Gosto de debater o tema. Quem quiser trocar idéias (não aceito extremistas radicais hehe), add meu msn:
    alininhaspbr arroba hotmail.com

    Bjs a todos!

  • Marcel/

    Ué o bando de anormais ainda estão defendendo essa doença moral e mental ?

    O dia de vocês está chegando cretinos pédofilos .

    Ia me esquecendo bando de hipócritas.

  • Marcel/

    Ué o bando de anormais ainda estão defendendo essa doença moral e mental ?

    O dia de vocês está chegando cretinos pédofilos .

    Ia me esquecendo bando de hipócritas.

  • Marcel/

    E só para concluir .

    Vocês sabem que são anormais auhauahauahauahauaahauaaua

  • Marcel/

    E só para concluir .

    Vocês sabem que são anormais auhauahauahauahauaahauaaua

  • Marcel/

    Porque será que todo corno adora uma casa de troca de bactéria e vírus ( casa de swing ) ?

    Porque será que todo gordo de meia idade adora casa de swing ?

    Porra só dá gente feia e puta naquele antro de imundicie.

    E depois ainda querem se sentir normais .

    Já disse e vou repetir : Essa ânsia de aceitação ideológica dessa imundície é o que mais prova que vocês são doentes e têm uma tendência à pedofilia homossexualismo e uma vontade de controle sobre outros.

    Francamente vão se tratar na China seus malucos.

    A racionalização de vocês é tão ridícula que chega a ser cômica auhauahauahauahauaahauahauahaua.

    Agora vamos aos tipos que quando se encontram fatalmente frequentam essas cabeça-de-porco .

    A pseudo-fêmea :
    Uma puta safada , mas sem coragem de assumir a putaria sozinha e assim manter uma aparência de normalidade ( toda puta é uma anormal ) se não tiver um corno filho-da-puta para ser humilhado por ela e ainda servir de álibi.

    O pseudo-macho ( foda-se a separação por hífen ):

    Um banana que não tem coragem de assumir que tem vontade mesmo é de dar o cu e usa a puta para de uma forma velada realizar esse desejo . Além de ser um viado enrustido é um viado que quer ser corno de qualquer maneira.

    Como vêem são dois anormais que se encontram e por se sentirem mal com a anormalidade querem de alguma forma compensar esse sentimento profundo de inadequação através do ” casamento ” e agora também através da divulgação da ” normalidade ” dessa prática ridícula.

    Tsc, tsc, tsc coitados precisam apenas de cadeia e quem sabe um pouco de tortura chinesa.

    ahuhauahauaauahauahauahauahauahaauahauaa

  • Marcel/

    Porque será que todo corno adora uma casa de troca de bactéria e vírus ( casa de swing ) ?

    Porque será que todo gordo de meia idade adora casa de swing ?

    Porra só dá gente feia e puta naquele antro de imundicie.

    E depois ainda querem se sentir normais .

    Já disse e vou repetir : Essa ânsia de aceitação ideológica dessa imundície é o que mais prova que vocês são doentes e têm uma tendência à pedofilia homossexualismo e uma vontade de controle sobre outros.

    Francamente vão se tratar na China seus malucos.

    A racionalização de vocês é tão ridícula que chega a ser cômica auhauahauahauahauaahauahauahaua.

    Agora vamos aos tipos que quando se encontram fatalmente frequentam essas cabeça-de-porco .

    A pseudo-fêmea :
    Uma puta safada , mas sem coragem de assumir a putaria sozinha e assim manter uma aparência de normalidade ( toda puta é uma anormal ) se não tiver um corno filho-da-puta para ser humilhado por ela e ainda servir de álibi.

    O pseudo-macho ( foda-se a separação por hífen ):

    Um banana que não tem coragem de assumir que tem vontade mesmo é de dar o cu e usa a puta para de uma forma velada realizar esse desejo . Além de ser um viado enrustido é um viado que quer ser corno de qualquer maneira.

    Como vêem são dois anormais que se encontram e por se sentirem mal com a anormalidade querem de alguma forma compensar esse sentimento profundo de inadequação através do ” casamento ” e agora também através da divulgação da ” normalidade ” dessa prática ridícula.

    Tsc, tsc, tsc coitados precisam apenas de cadeia e quem sabe um pouco de tortura chinesa.

    ahuhauahauaauahauahauahauahauahaauahauaa

  • Marido da Mestiça

    Olá Marcel!!

    Tudo bem?! Vou tentar ajuda-lo a participar de forma mais inteligente dos debates por aqui. É claro que seria pretensioso demais de minha parte acreditar que você possa melhorar a eloqüência e argumentos, da noite para o dia, só com minhas dicas. Para isso é necessário que você dedique tempo para leitura, aprendizado, estudo… mas vamos lá. Observar que seus comentários estão ente aspas…

    “1. O dia de vocês está chegando cretinos pédofilos”
    Falácia do Argumentum ad Baculum / Apelo à Força – Acontece quando alguém recorre à ameaça para induzir os leitores a aceitarem argumentos vazios como verdade! Nosso dia está chegando todos os dias.. afinal somos seres humanos e à cada dia nossas células envelhecem… Agora fim do mundo já esperei em 70, 80, 90, 2000…

    2. “Porque será que todo gordo de meia idade adora casa de swing ? (e outras deste tipo)”
    Falácia Had Oc – Acontece quando determinada pessoa sem argumentos, cria uma conexão sem nexo para tentar justificar uma idéia… Exemplo… há gordos de meia idade no swing – casais vão para o swing – então esses casais são gordos e de meia idade… Dispensa comentários..

    3. “E depois ainda querem se sentir normais ”
    Essa, particularmente eu adoro! Chama-se falácia Argumentum ad Numerum – O debatente acredita ser normal o que faz porque a maior parte das pessoas fazem o mesmo… Não há correlação entre os dois fatos, e não existem atos normais ou anormais.

    4. “Agora vamos aos tipos que quando se encontram fatalmente frequentam essas cabeça-de-porco… normalidade ” dessa prática ridícula.”
    Falácia da Reificação – Quando um conceito abstrato é tratado como concreto… Onde ficam essas casas? Quais são os casais que a frequentam? Você pode provar isso?

    5. Bom… seu texto daria páginas e páginas de como não se deve debater… Mas vamos a última e mais relevante obervada em todo o texto – o ataque às pessoas e não as idéias…
    Falácia do Argumentum ad Hominen – Consiste no fato de que, na ausência de argumentos sólidos, o debatente ataca o opositor tentando lhe imputar fama, circustâncias, moral duvidosas tentando lhe impor a falta de credibilidade… É notório que este argumento amplamente utilizado por você não prova a falsidade do relatado aqui por nós, muito menos altera a circustância dos argumentos lógicos aqui postados.

    Como disse anteriormente, Marcel, é um prazer discutir com pessoas inteligentes! Espero ter contribúido com o tema!

    Abraços!

    Marido da Mestiça!

  • Marido da Mestiça

    Olá Marcel!!

    Tudo bem?! Vou tentar ajuda-lo a participar de forma mais inteligente dos debates por aqui. É claro que seria pretensioso demais de minha parte acreditar que você possa melhorar a eloqüência e argumentos, da noite para o dia, só com minhas dicas. Para isso é necessário que você dedique tempo para leitura, aprendizado, estudo… mas vamos lá. Observar que seus comentários estão ente aspas…

    “1. O dia de vocês está chegando cretinos pédofilos”
    Falácia do Argumentum ad Baculum / Apelo à Força – Acontece quando alguém recorre à ameaça para induzir os leitores a aceitarem argumentos vazios como verdade! Nosso dia está chegando todos os dias.. afinal somos seres humanos e à cada dia nossas células envelhecem… Agora fim do mundo já esperei em 70, 80, 90, 2000…

    2. “Porque será que todo gordo de meia idade adora casa de swing ? (e outras deste tipo)”
    Falácia Had Oc – Acontece quando determinada pessoa sem argumentos, cria uma conexão sem nexo para tentar justificar uma idéia… Exemplo… há gordos de meia idade no swing – casais vão para o swing – então esses casais são gordos e de meia idade… Dispensa comentários..

    3. “E depois ainda querem se sentir normais ”
    Essa, particularmente eu adoro! Chama-se falácia Argumentum ad Numerum – O debatente acredita ser normal o que faz porque a maior parte das pessoas fazem o mesmo… Não há correlação entre os dois fatos, e não existem atos normais ou anormais.

    4. “Agora vamos aos tipos que quando se encontram fatalmente frequentam essas cabeça-de-porco… normalidade ” dessa prática ridícula.”
    Falácia da Reificação – Quando um conceito abstrato é tratado como concreto… Onde ficam essas casas? Quais são os casais que a frequentam? Você pode provar isso?

    5. Bom… seu texto daria páginas e páginas de como não se deve debater… Mas vamos a última e mais relevante obervada em todo o texto – o ataque às pessoas e não as idéias…
    Falácia do Argumentum ad Hominen – Consiste no fato de que, na ausência de argumentos sólidos, o debatente ataca o opositor tentando lhe imputar fama, circustâncias, moral duvidosas tentando lhe impor a falta de credibilidade… É notório que este argumento amplamente utilizado por você não prova a falsidade do relatado aqui por nós, muito menos altera a circustância dos argumentos lógicos aqui postados.

    Como disse anteriormente, Marcel, é um prazer discutir com pessoas inteligentes! Espero ter contribúido com o tema!

    Abraços!

    Marido da Mestiça!

  • Loba

    Marido da Mestiça

    Realmente um grande prazer ler posts inteligentes…
    Cultura, conhecimento e principalmente EDUCAÇÃO deveriam fazer parte tanto de pessoas “NORMAIS” ( na visão de alguns) como “ANORMAIS”. Mas infelizmente não é isso que se nota.

    Alguns normais fazem total questão de ser INFAMES!!!

    Beijos queridos

    Lobinh@

  • Loba

    Marido da Mestiça

    Realmente um grande prazer ler posts inteligentes…
    Cultura, conhecimento e principalmente EDUCAÇÃO deveriam fazer parte tanto de pessoas “NORMAIS” ( na visão de alguns) como “ANORMAIS”. Mas infelizmente não é isso que se nota.

    Alguns normais fazem total questão de ser INFAMES!!!

    Beijos queridos

    Lobinh@

  • Loba

    Marido da Mestiça

    Realmente um grande prazer ler posts inteligentes…
    Cultura, conhecimento e principalmente EDUCAÇÃO deveriam fazer parte tanto de pessoas “NORMAIS” ( na visão de alguns) como “ANORMAIS”. Mas infelizmente não é isso que se nota.

    Alguns normais fazem total questão de ser INFAMES!!!

    Beijos queridos

    Lobinh@

  • Marcel/

    Eu não falo com corno anormal .

  • Marcel/

    Eu não falo com corno anormal .

  • Marcel/

    Eu não falo com corno anormal .

  • Marido da Mestiça

    Oi Márcel!

    Novamente a Falácia do Argumentum ad Hominen… É amigo, como disse anteriormente, para discutir é preciso ter formação, educação, boa vontade… Entendemos sua dificuldade em manter os argumentos!

    Abraços!

  • Marido da Mestiça

    Oi Márcel!

    Novamente a Falácia do Argumentum ad Hominen… É amigo, como disse anteriormente, para discutir é preciso ter formação, educação, boa vontade… Entendemos sua dificuldade em manter os argumentos!

    Abraços!

  • Marido da Mestiça

    Oi Márcel!

    Novamente a Falácia do Argumentum ad Hominen… É amigo, como disse anteriormente, para discutir é preciso ter formação, educação, boa vontade… Entendemos sua dificuldade em manter os argumentos!

    Abraços!

  • Núbia

    Oi pessoal!
    Não frequento casas de swing ,mas acho que no mundo em que vivemos atualmente devemos respeitar as vontades ,costumes e culturas de outras pessoas.Sou totalmente contra ,mas não ha em mim preconceito algum contra quem pratica…Alias o preconceito é infundado ja que cada pessoa tem sua propria opinião sobre o que é certo ou errado.

    Beijinhos pra todos!!

    OBS:Marido da Mestiça ,parabéns pelo post!

  • Núbia

    Oi pessoal!
    Não frequento casas de swing ,mas acho que no mundo em que vivemos atualmente devemos respeitar as vontades ,costumes e culturas de outras pessoas.Sou totalmente contra ,mas não ha em mim preconceito algum contra quem pratica…Alias o preconceito é infundado ja que cada pessoa tem sua propria opinião sobre o que é certo ou errado.

    Beijinhos pra todos!!

    OBS:Marido da Mestiça ,parabéns pelo post!

  • Núbia

    Oi pessoal!
    Não frequento casas de swing ,mas acho que no mundo em que vivemos atualmente devemos respeitar as vontades ,costumes e culturas de outras pessoas.Sou totalmente contra ,mas não ha em mim preconceito algum contra quem pratica…Alias o preconceito é infundado ja que cada pessoa tem sua propria opinião sobre o que é certo ou errado.

    Beijinhos pra todos!!

    OBS:Marido da Mestiça ,parabéns pelo post!

  • Marido da Mestiça

    Olá Núbia!!

    Agradeço o respeito e o elogio.. Sabe, estavamos conversando sobre isso nos últimos dias… Eu também não gosto de muita coisa, mas passo elas por uma peneira… se não está fazendo mal ao próximo, eu posso até não concordar com a idéia, mas respeito quem a pratica… Acho que a tolerância é uma grande virtude de um ser humano…
    Veja, apenas mostramos, a convite do site, como é o mundo do Swing, não convidamos ninguém a participar, nem dissemos que quem não vai ao Swing está errado… Pois o que é bom para mim, pode não ser bom para você e respeitar estas diferenças é premissa básica para uma convivência social harmoniosa….

    Beijos e Abraços!

  • Marido da Mestiça

    Olá Núbia!!

    Agradeço o respeito e o elogio.. Sabe, estavamos conversando sobre isso nos últimos dias… Eu também não gosto de muita coisa, mas passo elas por uma peneira… se não está fazendo mal ao próximo, eu posso até não concordar com a idéia, mas respeito quem a pratica… Acho que a tolerância é uma grande virtude de um ser humano…
    Veja, apenas mostramos, a convite do site, como é o mundo do Swing, não convidamos ninguém a participar, nem dissemos que quem não vai ao Swing está errado… Pois o que é bom para mim, pode não ser bom para você e respeitar estas diferenças é premissa básica para uma convivência social harmoniosa….

    Beijos e Abraços!

  • Marido da Mestiça

    Olá Núbia!!

    Agradeço o respeito e o elogio.. Sabe, estavamos conversando sobre isso nos últimos dias… Eu também não gosto de muita coisa, mas passo elas por uma peneira… se não está fazendo mal ao próximo, eu posso até não concordar com a idéia, mas respeito quem a pratica… Acho que a tolerância é uma grande virtude de um ser humano…
    Veja, apenas mostramos, a convite do site, como é o mundo do Swing, não convidamos ninguém a participar, nem dissemos que quem não vai ao Swing está errado… Pois o que é bom para mim, pode não ser bom para você e respeitar estas diferenças é premissa básica para uma convivência social harmoniosa….

    Beijos e Abraços!

  • Alice do Real BsB

    Olá, amigos!!

    Passando para elogiar o Post do “Marido da Mestiça”. Definitivo.
    Nem vou mais gastar neurônios com o Energúmeno do Fuzil.
    Muitos beijos e que evitem dar um soco no olho do Garotinho-que-vai-quebrar-muito-a-cara-quando-crescer.
    rsrsrs

  • Alice do Real BsB

    Olá, amigos!!

    Passando para elogiar o Post do “Marido da Mestiça”. Definitivo.
    Nem vou mais gastar neurônios com o Energúmeno do Fuzil.
    Muitos beijos e que evitem dar um soco no olho do Garotinho-que-vai-quebrar-muito-a-cara-quando-crescer.
    rsrsrs

  • Alice do Real BsB

    Olá, amigos!!

    Passando para elogiar o Post do “Marido da Mestiça”. Definitivo.
    Nem vou mais gastar neurônios com o Energúmeno do Fuzil.
    Muitos beijos e que evitem dar um soco no olho do Garotinho-que-vai-quebrar-muito-a-cara-quando-crescer.
    rsrsrs

  • Núbia

    Boa noite !!

    Marido da Mestiça: por nada querido.

    Alice do Real BsB : Você querida ,disse tudo em poucas palavras, há certas pessoa que só aprende no decorrer da vida a respitar o espaço e os direitos de outros.

    Beijinhos.

  • Núbia

    Boa noite !!

    Marido da Mestiça: por nada querido.

    Alice do Real BsB : Você querida ,disse tudo em poucas palavras, há certas pessoa que só aprende no decorrer da vida a respitar o espaço e os direitos de outros.

    Beijinhos.

  • Núbia

    Boa noite !!

    Marido da Mestiça: por nada querido.

    Alice do Real BsB : Você querida ,disse tudo em poucas palavras, há certas pessoa que só aprende no decorrer da vida a respitar o espaço e os direitos de outros.

    Beijinhos.

  • Bruno

    Bom…nunk frequentei..só q acho q cabe uma pergunta para quem falou q não quer ver sua namorada “dando” para outro na frente dele…

    E se vcs namorassem com uma mina q tem desejos de um “a tres” só q ao inves de homem..fosse uma mulher…vcs iriam dizer q isso nao é normal…q é só ela q vc quer..ou vcs iriam topar? pq é mtu facil falar q nao aceita qd é do sexo oposto..e qd for do msm sexo q o dela?

    Acho q dizer isso de exclusividade na teoria é mtu facil…na pratica é totalmente diferente..falar q da exclusividade com o sexo oposto eh uma coisa…mas e se for do msm sexo da namorada?

    faço essa pergunta para homens pq acho q eh menor o número de mulheres q topariam com 2 caras…

    Me respondam isso..só isso

  • Bruno

    Bom…nunk frequentei..só q acho q cabe uma pergunta para quem falou q não quer ver sua namorada “dando” para outro na frente dele…

    E se vcs namorassem com uma mina q tem desejos de um “a tres” só q ao inves de homem..fosse uma mulher…vcs iriam dizer q isso nao é normal…q é só ela q vc quer..ou vcs iriam topar? pq é mtu facil falar q nao aceita qd é do sexo oposto..e qd for do msm sexo q o dela?

    Acho q dizer isso de exclusividade na teoria é mtu facil…na pratica é totalmente diferente..falar q da exclusividade com o sexo oposto eh uma coisa…mas e se for do msm sexo da namorada?

    faço essa pergunta para homens pq acho q eh menor o número de mulheres q topariam com 2 caras…

    Me respondam isso..só isso

  • Bruno

    Bom…nunk frequentei..só q acho q cabe uma pergunta para quem falou q não quer ver sua namorada “dando” para outro na frente dele…

    E se vcs namorassem com uma mina q tem desejos de um “a tres” só q ao inves de homem..fosse uma mulher…vcs iriam dizer q isso nao é normal…q é só ela q vc quer..ou vcs iriam topar? pq é mtu facil falar q nao aceita qd é do sexo oposto..e qd for do msm sexo q o dela?

    Acho q dizer isso de exclusividade na teoria é mtu facil…na pratica é totalmente diferente..falar q da exclusividade com o sexo oposto eh uma coisa…mas e se for do msm sexo da namorada?

    faço essa pergunta para homens pq acho q eh menor o número de mulheres q topariam com 2 caras…

    Me respondam isso..só isso

  • http://www.slamento.com.br/ chelão

    2008 fulia … a direção que as coisas tomam ……………
    à que ponto o homem chega !?
    debater … opiniões .. competir coerências .. se intreter com
    boatos fúteis .. adquirir um padrão de estética para conseguir um trampo ou simplesmente gesticular socialmente sua vaidade monstra !!? .. e otros tantos arrombado defendendo sua liberdade de perversão … vocês estão no Brasil certo ?
    significa que ??? é bunda lelê o ano intero .. Muito político faz swing ?!! Falta de ética na mesa de quem nos “administra”?
    enquanto agente enfrenta tanta burocracia tem que ficar ouvindo na fila essas conversinha de piu piu e xoxóta !!!
    não sou crente .. mas fica com um ar divino quando se pronuncia uma ideia certa perante tanta falta de compromisso !!
    Você ai cidadão … dono desse site .. generaliza la em cima quando diz: “Então você está aí, casado ou namorando há um tempo, enfrentando aquela conhecida vontade de dar uma variada no cardápio. É normal, TODO homem tem, as mulheres TÊM também – não vamos mentir…” E após esse texto ja começa a “seduzir” falando de alguma dançarina exuberante com a camiseta molhada .. pique as dançarina do gugu .. banho de espuma .. ou de esperma ?? em fim, induzindo ao leitor imaginar estar nessa situação normal hoje em dia !! É só ter dinheiro para gastar com bobagem e adentrar qualquer casa noturna .. não precisa ser de swing não … até na rua se colocar um som .. abrir o porta mala em algum local onde se frequentam pessoas que ingerem substancias que auteram o comportamento são .. que ja vai estar feita a proposta para a fulia !!!
    .. quem não vai mentir ??
    eu tambem não vou se você tiver o dom de publicar …
    o assunto que eu abordei não se relaciona com a palta aqui discutida ??? não se relaciona sexualmente .. mas esse estrago ideológico é consequência da informação que chega até nós !
    Fale por você sinhor autor .. ao dizer que todos são dessa forma .. quem possue sentimento VERDADEIRO respeita a mulher que ama e supera SE houver algum dia depressivamente algum momento de fraquesa perante as minisaias que disfilam a todo instante pelo Brasil … eu falo por quem é consciente .. não se deixa envolver pelo caminho erótico .. onde as pessoas vivem de aparência .. cultivam uma falsa simpatia entre sí .. e se traem banalizando o pensamento racional do ser humano ..
    muitas pessoas estão perdidas em meio a tudo isso .. e vocês ajudam ???? haaaa .. só os afundam mais … pessoas que tem o dom de desmerecer a família podem facilmente entrar para a política .. reparem na gretchen !! assim que escreve ??
    falando em assim que escreve provavelmente vai recortar algumas partes do meu comentário e tentar debater sozinho com seu intelectoformadordeopinião !!!! as pessoas devem acompanhar então não vos decepcioneis … você fala muito bem se nao faz palestras deveria discursar em família ou em eventos … mas não se esqueça .. conhecimento não é sabedoria .. você pode estudar o que for malucão ..
    se não sabe o que é certo na rua você passa mau !!!
    se tem dinheiro ?? si esconde memo que nem bandido .. atraz das grades da sua casa … si não tem !!?? continua com esses papos atraentes .. na favela muita gente gosta de funk !!!!!!
    um abraço a quem é consciente .. mas duvido que cliquem e desçam a barrinha até aqui em baixo .. tem que ter mta esperança ou vontade de comentar tambem para quebrar na ideia essas patifaria .. pensem bem .. seus filhos tambem vão topar com essas atitudes algum dia .. se não tiver preocupado com isso pague pensão … e deixe só mais um ser humano viver sem atenção no mundo da sacanagem e da miséria …

    MUITA PAZ AOS SOFREDORES

  • http://www.slamento.com.br/ chelão

    2008 fulia … a direção que as coisas tomam ……………
    à que ponto o homem chega !?
    debater … opiniões .. competir coerências .. se intreter com
    boatos fúteis .. adquirir um padrão de estética para conseguir um trampo ou simplesmente gesticular socialmente sua vaidade monstra !!? .. e otros tantos arrombado defendendo sua liberdade de perversão … vocês estão no Brasil certo ?
    significa que ??? é bunda lelê o ano intero .. Muito político faz swing ?!! Falta de ética na mesa de quem nos “administra”?
    enquanto agente enfrenta tanta burocracia tem que ficar ouvindo na fila essas conversinha de piu piu e xoxóta !!!
    não sou crente .. mas fica com um ar divino quando se pronuncia uma ideia certa perante tanta falta de compromisso !!
    Você ai cidadão … dono desse site .. generaliza la em cima quando diz: “Então você está aí, casado ou namorando há um tempo, enfrentando aquela conhecida vontade de dar uma variada no cardápio. É normal, TODO homem tem, as mulheres TÊM também – não vamos mentir…” E após esse texto ja começa a “seduzir” falando de alguma dançarina exuberante com a camiseta molhada .. pique as dançarina do gugu .. banho de espuma .. ou de esperma ?? em fim, induzindo ao leitor imaginar estar nessa situação normal hoje em dia !! É só ter dinheiro para gastar com bobagem e adentrar qualquer casa noturna .. não precisa ser de swing não … até na rua se colocar um som .. abrir o porta mala em algum local onde se frequentam pessoas que ingerem substancias que auteram o comportamento são .. que ja vai estar feita a proposta para a fulia !!!
    .. quem não vai mentir ??
    eu tambem não vou se você tiver o dom de publicar …
    o assunto que eu abordei não se relaciona com a palta aqui discutida ??? não se relaciona sexualmente .. mas esse estrago ideológico é consequência da informação que chega até nós !
    Fale por você sinhor autor .. ao dizer que todos são dessa forma .. quem possue sentimento VERDADEIRO respeita a mulher que ama e supera SE houver algum dia depressivamente algum momento de fraquesa perante as minisaias que disfilam a todo instante pelo Brasil … eu falo por quem é consciente .. não se deixa envolver pelo caminho erótico .. onde as pessoas vivem de aparência .. cultivam uma falsa simpatia entre sí .. e se traem banalizando o pensamento racional do ser humano ..
    muitas pessoas estão perdidas em meio a tudo isso .. e vocês ajudam ???? haaaa .. só os afundam mais … pessoas que tem o dom de desmerecer a família podem facilmente entrar para a política .. reparem na gretchen !! assim que escreve ??
    falando em assim que escreve provavelmente vai recortar algumas partes do meu comentário e tentar debater sozinho com seu intelectoformadordeopinião !!!! as pessoas devem acompanhar então não vos decepcioneis … você fala muito bem se nao faz palestras deveria discursar em família ou em eventos … mas não se esqueça .. conhecimento não é sabedoria .. você pode estudar o que for malucão ..
    se não sabe o que é certo na rua você passa mau !!!
    se tem dinheiro ?? si esconde memo que nem bandido .. atraz das grades da sua casa … si não tem !!?? continua com esses papos atraentes .. na favela muita gente gosta de funk !!!!!!
    um abraço a quem é consciente .. mas duvido que cliquem e desçam a barrinha até aqui em baixo .. tem que ter mta esperança ou vontade de comentar tambem para quebrar na ideia essas patifaria .. pensem bem .. seus filhos tambem vão topar com essas atitudes algum dia .. se não tiver preocupado com isso pague pensão … e deixe só mais um ser humano viver sem atenção no mundo da sacanagem e da miséria …

    MUITA PAZ AOS SOFREDORES

  • http://www.slamento.com.br chelão

    2008 fulia … a direção que as coisas tomam ……………
    à que ponto o homem chega !?
    debater … opiniões .. competir coerências .. se intreter com
    boatos fúteis .. adquirir um padrão de estética para conseguir um trampo ou simplesmente gesticular socialmente sua vaidade monstra !!? .. e otros tantos arrombado defendendo sua liberdade de perversão … vocês estão no Brasil certo ?
    significa que ??? é bunda lelê o ano intero .. Muito político faz swing ?!! Falta de ética na mesa de quem nos “administra”?
    enquanto agente enfrenta tanta burocracia tem que ficar ouvindo na fila essas conversinha de piu piu e xoxóta !!!
    não sou crente .. mas fica com um ar divino quando se pronuncia uma ideia certa perante tanta falta de compromisso !!
    Você ai cidadão … dono desse site .. generaliza la em cima quando diz: “Então você está aí, casado ou namorando há um tempo, enfrentando aquela conhecida vontade de dar uma variada no cardápio. É normal, TODO homem tem, as mulheres TÊM também – não vamos mentir…” E após esse texto ja começa a “seduzir” falando de alguma dançarina exuberante com a camiseta molhada .. pique as dançarina do gugu .. banho de espuma .. ou de esperma ?? em fim, induzindo ao leitor imaginar estar nessa situação normal hoje em dia !! É só ter dinheiro para gastar com bobagem e adentrar qualquer casa noturna .. não precisa ser de swing não … até na rua se colocar um som .. abrir o porta mala em algum local onde se frequentam pessoas que ingerem substancias que auteram o comportamento são .. que ja vai estar feita a proposta para a fulia !!!
    .. quem não vai mentir ??
    eu tambem não vou se você tiver o dom de publicar …
    o assunto que eu abordei não se relaciona com a palta aqui discutida ??? não se relaciona sexualmente .. mas esse estrago ideológico é consequência da informação que chega até nós !
    Fale por você sinhor autor .. ao dizer que todos são dessa forma .. quem possue sentimento VERDADEIRO respeita a mulher que ama e supera SE houver algum dia depressivamente algum momento de fraquesa perante as minisaias que disfilam a todo instante pelo Brasil … eu falo por quem é consciente .. não se deixa envolver pelo caminho erótico .. onde as pessoas vivem de aparência .. cultivam uma falsa simpatia entre sí .. e se traem banalizando o pensamento racional do ser humano ..
    muitas pessoas estão perdidas em meio a tudo isso .. e vocês ajudam ???? haaaa .. só os afundam mais … pessoas que tem o dom de desmerecer a família podem facilmente entrar para a política .. reparem na gretchen !! assim que escreve ??
    falando em assim que escreve provavelmente vai recortar algumas partes do meu comentário e tentar debater sozinho com seu intelectoformadordeopinião !!!! as pessoas devem acompanhar então não vos decepcioneis … você fala muito bem se nao faz palestras deveria discursar em família ou em eventos … mas não se esqueça .. conhecimento não é sabedoria .. você pode estudar o que for malucão ..
    se não sabe o que é certo na rua você passa mau !!!
    se tem dinheiro ?? si esconde memo que nem bandido .. atraz das grades da sua casa … si não tem !!?? continua com esses papos atraentes .. na favela muita gente gosta de funk !!!!!!
    um abraço a quem é consciente .. mas duvido que cliquem e desçam a barrinha até aqui em baixo .. tem que ter mta esperança ou vontade de comentar tambem para quebrar na ideia essas patifaria .. pensem bem .. seus filhos tambem vão topar com essas atitudes algum dia .. se não tiver preocupado com isso pague pensão … e deixe só mais um ser humano viver sem atenção no mundo da sacanagem e da miséria …

    MUITA PAZ AOS SOFREDORES

  • http://www.sohlamento.com.br/ chelão

    papo de homem ??
    hoje em dia faz homenagem a pilantragem …
    quem é você beto ???? .. deveria ser redator da Monique Evans…
    ou da Luciana Gimenes … um futuro promissor
    nessa sua carreira mesmo .. quem dera eu ser assim .. conseguir passar por cima de tudo que é certo .. para ganhar dinheiro ..
    ia tá rico … ou simplesmente intreter os internautas com a disculpa
    de que é papo de homem .. que que é isso doidão ??
    presta atenção no que você comunica .. isso nao dá em processos.. nem problemas que possam deregrir sua imagem omitida .. pra mim voce pode ser o beto barbosa .. Mas se você evoluir algum dia como pessoa leia essa materia que você se dispos a fazer … se por ironia do destino de coração si arrepender desce pra lê as palavras de mais um anônimo que perde tempo com isso .. mas em uma intenção inversa … que nasce da mesma geração mas não acompanha essa procedência mundana !!!!
    só lamento !!
    vacilão !!!

  • http://www.sohlamento.com.br/ chelão

    papo de homem ??
    hoje em dia faz homenagem a pilantragem …
    quem é você beto ???? .. deveria ser redator da Monique Evans…
    ou da Luciana Gimenes … um futuro promissor
    nessa sua carreira mesmo .. quem dera eu ser assim .. conseguir passar por cima de tudo que é certo .. para ganhar dinheiro ..
    ia tá rico … ou simplesmente intreter os internautas com a disculpa
    de que é papo de homem .. que que é isso doidão ??
    presta atenção no que você comunica .. isso nao dá em processos.. nem problemas que possam deregrir sua imagem omitida .. pra mim voce pode ser o beto barbosa .. Mas se você evoluir algum dia como pessoa leia essa materia que você se dispos a fazer … se por ironia do destino de coração si arrepender desce pra lê as palavras de mais um anônimo que perde tempo com isso .. mas em uma intenção inversa … que nasce da mesma geração mas não acompanha essa procedência mundana !!!!
    só lamento !!
    vacilão !!!

  • http://www.sohlamento.com.br chelão

    papo de homem ??
    hoje em dia faz homenagem a pilantragem …
    quem é você beto ???? .. deveria ser redator da Monique Evans…
    ou da Luciana Gimenes … um futuro promissor
    nessa sua carreira mesmo .. quem dera eu ser assim .. conseguir passar por cima de tudo que é certo .. para ganhar dinheiro ..
    ia tá rico … ou simplesmente intreter os internautas com a disculpa
    de que é papo de homem .. que que é isso doidão ??
    presta atenção no que você comunica .. isso nao dá em processos.. nem problemas que possam deregrir sua imagem omitida .. pra mim voce pode ser o beto barbosa .. Mas se você evoluir algum dia como pessoa leia essa materia que você se dispos a fazer … se por ironia do destino de coração si arrepender desce pra lê as palavras de mais um anônimo que perde tempo com isso .. mas em uma intenção inversa … que nasce da mesma geração mas não acompanha essa procedência mundana !!!!
    só lamento !!
    vacilão !!!

  • Marido da Mestiça

    Nossa, o cara ressucitou o Post…kkk… Pensei que tivéssemos encerrado o assunto.

    Chelão, só falta a fogueira hein!! Este post foi publicado no século XXI!

    Para quem não entendeu “nientes”, segue legenda:

    intreter = entreter
    otros = outros
    otros tantos arrombado = outros tantos arrombados
    essas conversinha = essas conversinhas

    Nossa, nem cheguei ao segundo parágrafo. Desisto.

    Existem detalhes nos debates on line que me saltam aos olhos como falhas de argumentos, falácias de apelo à força, reitificação, numerum entre muitas outras porém, a que considero mais agressiva é a de apelo à força:

    “seus filhos tambem vão topar com essas atitudes algum dia .. se não tiver preocupado com isso pague pensão … e deixe só mais um ser humano viver sem atenção no mundo da sacanagem e da miséria …”

    Chelão, gostaria muito de discutir, mas não encontrei nexo nas suas argumentações ou melhor, não entendi nada. Você cometeu todos os pecados da argumentação e se pudesse dizer algo de seu texto, diria que é um manual do que não fazer em uma discussão on line.

    Um abraço!

  • Marido da Mestiça

    Nossa, o cara ressucitou o Post…kkk… Pensei que tivéssemos encerrado o assunto.

    Chelão, só falta a fogueira hein!! Este post foi publicado no século XXI!

    Para quem não entendeu “nientes”, segue legenda:

    intreter = entreter
    otros = outros
    otros tantos arrombado = outros tantos arrombados
    essas conversinha = essas conversinhas

    Nossa, nem cheguei ao segundo parágrafo. Desisto.

    Existem detalhes nos debates on line que me saltam aos olhos como falhas de argumentos, falácias de apelo à força, reitificação, numerum entre muitas outras porém, a que considero mais agressiva é a de apelo à força:

    “seus filhos tambem vão topar com essas atitudes algum dia .. se não tiver preocupado com isso pague pensão … e deixe só mais um ser humano viver sem atenção no mundo da sacanagem e da miséria …”

    Chelão, gostaria muito de discutir, mas não encontrei nexo nas suas argumentações ou melhor, não entendi nada. Você cometeu todos os pecados da argumentação e se pudesse dizer algo de seu texto, diria que é um manual do que não fazer em uma discussão on line.

    Um abraço!

  • Marido da Mestiça

    Nossa, o cara ressucitou o Post…kkk… Pensei que tivéssemos encerrado o assunto.

    Chelão, só falta a fogueira hein!! Este post foi publicado no século XXI!

    Para quem não entendeu “nientes”, segue legenda:

    intreter = entreter
    otros = outros
    otros tantos arrombado = outros tantos arrombados
    essas conversinha = essas conversinhas

    Nossa, nem cheguei ao segundo parágrafo. Desisto.

    Existem detalhes nos debates on line que me saltam aos olhos como falhas de argumentos, falácias de apelo à força, reitificação, numerum entre muitas outras porém, a que considero mais agressiva é a de apelo à força:

    “seus filhos tambem vão topar com essas atitudes algum dia .. se não tiver preocupado com isso pague pensão … e deixe só mais um ser humano viver sem atenção no mundo da sacanagem e da miséria …”

    Chelão, gostaria muito de discutir, mas não encontrei nexo nas suas argumentações ou melhor, não entendi nada. Você cometeu todos os pecados da argumentação e se pudesse dizer algo de seu texto, diria que é um manual do que não fazer em uma discussão on line.

    Um abraço!

  • http://www.sohlamento.com.br/ chelão

    lembrando que nao estou condenando suas práticas ..
    assim como si faz o que quer com seu livre arbítrio ..
    tem a liberdade de expressão tambem .. e seus objetivos com isso né … nítidamente o texto usa sua liberdade de expressão
    para entrar na mente do infeliz que o lê … eu simplesmente nao julguei .. expressei minha revolta sobre o que corrompe
    a caminhada das pessoas inocentes .. nas costas da lei
    suas conversam estão corretas … quem sou eu marginal .. taxado de loco que vive decentemente o que fala né não !?!
    intão ja ta julgando … essas conversas nao entram na minha mente … o coração fala mais alto !!
    si jóga !

  • http://www.sohlamento.com.br/ chelão

    lembrando que nao estou condenando suas práticas ..
    assim como si faz o que quer com seu livre arbítrio ..
    tem a liberdade de expressão tambem .. e seus objetivos com isso né … nítidamente o texto usa sua liberdade de expressão
    para entrar na mente do infeliz que o lê … eu simplesmente nao julguei .. expressei minha revolta sobre o que corrompe
    a caminhada das pessoas inocentes .. nas costas da lei
    suas conversam estão corretas … quem sou eu marginal .. taxado de loco que vive decentemente o que fala né não !?!
    intão ja ta julgando … essas conversas nao entram na minha mente … o coração fala mais alto !!
    si jóga !

  • http://www.sohlamento.com.br chelão

    lembrando que nao estou condenando suas práticas ..
    assim como si faz o que quer com seu livre arbítrio ..
    tem a liberdade de expressão tambem .. e seus objetivos com isso né … nítidamente o texto usa sua liberdade de expressão
    para entrar na mente do infeliz que o lê … eu simplesmente nao julguei .. expressei minha revolta sobre o que corrompe
    a caminhada das pessoas inocentes .. nas costas da lei
    suas conversam estão corretas … quem sou eu marginal .. taxado de loco que vive decentemente o que fala né não !?!
    intão ja ta julgando … essas conversas nao entram na minha mente … o coração fala mais alto !!
    si jóga !

  • http://www.sohlamento.com.br/ chelão

    suas normas são patéticas … nao importa a estética das palavras .. as letras digitadas são iguais .. eu nao ressucitei nada .. quem dá vida à essas ideias fracas são vocês …
    e quem causa a morte delas somos nós .. intendeu ??

    vai recortando meu texto e comentando para os otario que te come ler … você não vê nexo porque ta perplexo …
    no mundão ta cheio de pessoas que nem você
    se exaltando nas conversas … se você nao é o professor pasquale nem adianta corrigir meu argumento ..
    finge que não entende o conteúdo
    para continuar comendo a mente dos seus discípulos

  • http://www.sohlamento.com.br/ chelão

    suas normas são patéticas … nao importa a estética das palavras .. as letras digitadas são iguais .. eu nao ressucitei nada .. quem dá vida à essas ideias fracas são vocês …
    e quem causa a morte delas somos nós .. intendeu ??

    vai recortando meu texto e comentando para os otario que te come ler … você não vê nexo porque ta perplexo …
    no mundão ta cheio de pessoas que nem você
    se exaltando nas conversas … se você nao é o professor pasquale nem adianta corrigir meu argumento ..
    finge que não entende o conteúdo
    para continuar comendo a mente dos seus discípulos

  • http://www.sohlamento.com.br chelão

    suas normas são patéticas … nao importa a estética das palavras .. as letras digitadas são iguais .. eu nao ressucitei nada .. quem dá vida à essas ideias fracas são vocês …
    e quem causa a morte delas somos nós .. intendeu ??

    vai recortando meu texto e comentando para os otario que te come ler … você não vê nexo porque ta perplexo …
    no mundão ta cheio de pessoas que nem você
    se exaltando nas conversas … se você nao é o professor pasquale nem adianta corrigir meu argumento ..
    finge que não entende o conteúdo
    para continuar comendo a mente dos seus discípulos

  • http://www.sohlamento.com.br/ chelão

    “numerum entre muitas outras porém, a que considero mais agressiva é a de apelo à força:”

    apelo à força ???? quantas pessoas não são estupradas
    por culpa dessas seduções seus filho da puta !!!!!

    e se ainda vem me dizer como debater em uma discussão online ??????????? haaaa não marido da mestiça …

    pau no seu cú .. manda sua mina abri o olho e ve o quanto a buceta dela ta arregaçada … swing de cú é rola .. falô ô peida na linguiça … se ta ligado que quando desliga o pc
    e sai na rua fica diferente … ou intão desabafa pra sua mina que você prefere a Sabrina Sato por culpa de ser insensato
    na maneira de conduzir sua mente fraca

  • http://www.sohlamento.com.br/ chelão

    “numerum entre muitas outras porém, a que considero mais agressiva é a de apelo à força:”

    apelo à força ???? quantas pessoas não são estupradas
    por culpa dessas seduções seus filho da puta !!!!!

    e se ainda vem me dizer como debater em uma discussão online ??????????? haaaa não marido da mestiça …

    pau no seu cú .. manda sua mina abri o olho e ve o quanto a buceta dela ta arregaçada … swing de cú é rola .. falô ô peida na linguiça … se ta ligado que quando desliga o pc
    e sai na rua fica diferente … ou intão desabafa pra sua mina que você prefere a Sabrina Sato por culpa de ser insensato
    na maneira de conduzir sua mente fraca

  • http://www.sohlamento.com.br chelão

    “numerum entre muitas outras porém, a que considero mais agressiva é a de apelo à força:”

    apelo à força ???? quantas pessoas não são estupradas
    por culpa dessas seduções seus filho da puta !!!!!

    e se ainda vem me dizer como debater em uma discussão online ??????????? haaaa não marido da mestiça …

    pau no seu cú .. manda sua mina abri o olho e ve o quanto a buceta dela ta arregaçada … swing de cú é rola .. falô ô peida na linguiça … se ta ligado que quando desliga o pc
    e sai na rua fica diferente … ou intão desabafa pra sua mina que você prefere a Sabrina Sato por culpa de ser insensato
    na maneira de conduzir sua mente fraca

  • Francisco

    lol
    :)
    muito engraçado

    só posso dizer que quem se irrita com práticas alheias que não tem efeito algum sobre a vida de mais ninguém é porque no fundo se interessou.

    O velho “quem desdenha quer comprar….”

  • Francisco

    lol
    :)
    muito engraçado

    só posso dizer que quem se irrita com práticas alheias que não tem efeito algum sobre a vida de mais ninguém é porque no fundo se interessou.

    O velho “quem desdenha quer comprar….”

  • Francisco

    lol
    :)
    muito engraçado

    só posso dizer que quem se irrita com práticas alheias que não tem efeito algum sobre a vida de mais ninguém é porque no fundo se interessou.

    O velho “quem desdenha quer comprar….”

  • http://www.sohlamento.com.br/ chelão

    se nao causasse efeito na vida de ninguem .. seria algo que vc faria sozinho .. e se você não sabe lidá com seus defeitos
    quem sou eu para com a sua fraze feita ” quem desdenha quer comprar” … “cavalo amarrado tambem pasta” … “se tem namorado ? eu nao sou ciumento” .. é a mesma malicia chico bento .. ve bem quem você segue .. ou si segue com kaiser bock moscão !!!

  • http://www.sohlamento.com.br/ chelão

    se nao causasse efeito na vida de ninguem .. seria algo que vc faria sozinho .. e se você não sabe lidá com seus defeitos
    quem sou eu para com a sua fraze feita ” quem desdenha quer comprar” … “cavalo amarrado tambem pasta” … “se tem namorado ? eu nao sou ciumento” .. é a mesma malicia chico bento .. ve bem quem você segue .. ou si segue com kaiser bock moscão !!!

  • Marido da Mestiça

    Chelão,

    Pode ter certeza de que a intolerância foi muito mais maléfica para a Sociedade durante todo o sempre do que a liberdade sexual consentida entre duas (ou mais) pessoas adultas.
    Históricamente a igreja matou ou consentiu em assassinatos de grandes massas, basta lembrar da “Santa Inquisição” ou da 2a. Guerra Mundial – pois é, Hitler tinha o apoio da Igreja Católica… Recentemente, depois de 60 anos, o Papa João Paulo II pediu desculpas ao povo Judeu…

    Infelizmente lunáticos assim nascem todos os dias, outros são moldados nas formas do preconceito, da teologia obtusa (enquanto pastores andam de Iate e padres comem criancinhas) e o resultado disso são indivíduos inaptos a viver em Sociedade como um bolo que cresce torto e duro porque o confeiteiro esqueceu de colocar fermento…

    Os fermentos sociais são a cultura e a tolerância – saber aceitar as diferenças é um ótimo ingrediente para se viver em sociedade, experimente!

    Que fique claro que tenho grande apreço pelas pessoas religiosas, sejam evangélicos, católicos, etc… Mas insisto em combater as RELIGIÕES, que para mim são interpretações ambíguas da Bíblia ( já lí duas vezes, uma delas a apologética), usadas como massa de manobra para enrriquecimento ilícito de pessoas não tão santas como se nomeiam… O resultado é que uma idéia dessas em cabeças vazias produzem doentes… de cabeça e coração. Não costumo discutir esses assuntos mas diversas partes de seu texto me chamam a atenção:

    não sou crente ..
    não vos decepcioneis …
    seu livre arbítrio ..
    dos seus discípulos.. etc..

    Meu amigo, desculpe mas quem necessita de tratamento psicológico é você! Converse com alguem de fora da Seita que sua cabeça está uma salada…

    De resto encerro aqui, como disse durante toda minha participação no PDH, não discuto agressões pessoais.

    Abraços!

  • Marido da Mestiça

    Chelão,

    Pode ter certeza de que a intolerância foi muito mais maléfica para a Sociedade durante todo o sempre do que a liberdade sexual consentida entre duas (ou mais) pessoas adultas.
    Históricamente a igreja matou ou consentiu em assassinatos de grandes massas, basta lembrar da “Santa Inquisição” ou da 2a. Guerra Mundial – pois é, Hitler tinha o apoio da Igreja Católica… Recentemente, depois de 60 anos, o Papa João Paulo II pediu desculpas ao povo Judeu…

    Infelizmente lunáticos assim nascem todos os dias, outros são moldados nas formas do preconceito, da teologia obtusa (enquanto pastores andam de Iate e padres comem criancinhas) e o resultado disso são indivíduos inaptos a viver em Sociedade como um bolo que cresce torto e duro porque o confeiteiro esqueceu de colocar fermento…

    Os fermentos sociais são a cultura e a tolerância – saber aceitar as diferenças é um ótimo ingrediente para se viver em sociedade, experimente!

    Que fique claro que tenho grande apreço pelas pessoas religiosas, sejam evangélicos, católicos, etc… Mas insisto em combater as RELIGIÕES, que para mim são interpretações ambíguas da Bíblia ( já lí duas vezes, uma delas a apologética), usadas como massa de manobra para enrriquecimento ilícito de pessoas não tão santas como se nomeiam… O resultado é que uma idéia dessas em cabeças vazias produzem doentes… de cabeça e coração. Não costumo discutir esses assuntos mas diversas partes de seu texto me chamam a atenção:

    não sou crente ..
    não vos decepcioneis …
    seu livre arbítrio ..
    dos seus discípulos.. etc..

    Meu amigo, desculpe mas quem necessita de tratamento psicológico é você! Converse com alguem de fora da Seita que sua cabeça está uma salada…

    De resto encerro aqui, como disse durante toda minha participação no PDH, não discuto agressões pessoais.

    Abraços!

  • http://www.sohlamento.com.br chelão

    se nao causasse efeito na vida de ninguem .. seria algo que vc faria sozinho .. e se você não sabe lidá com seus defeitos
    quem sou eu para com a sua fraze feita ” quem desdenha quer comprar” … “cavalo amarrado tambem pasta” … “se tem namorado ? eu nao sou ciumento” .. é a mesma malicia chico bento .. ve bem quem você segue .. ou si segue com kaiser bock moscão !!!

  • Marido da Mestiça

    Chelão,

    Pode ter certeza de que a intolerância foi muito mais maléfica para a Sociedade durante todo o sempre do que a liberdade sexual consentida entre duas (ou mais) pessoas adultas.
    Históricamente a igreja matou ou consentiu em assassinatos de grandes massas, basta lembrar da “Santa Inquisição” ou da 2a. Guerra Mundial – pois é, Hitler tinha o apoio da Igreja Católica… Recentemente, depois de 60 anos, o Papa João Paulo II pediu desculpas ao povo Judeu…

    Infelizmente lunáticos assim nascem todos os dias, outros são moldados nas formas do preconceito, da teologia obtusa (enquanto pastores andam de Iate e padres comem criancinhas) e o resultado disso são indivíduos inaptos a viver em Sociedade como um bolo que cresce torto e duro porque o confeiteiro esqueceu de colocar fermento…

    Os fermentos sociais são a cultura e a tolerância – saber aceitar as diferenças é um ótimo ingrediente para se viver em sociedade, experimente!

    Que fique claro que tenho grande apreço pelas pessoas religiosas, sejam evangélicos, católicos, etc… Mas insisto em combater as RELIGIÕES, que para mim são interpretações ambíguas da Bíblia ( já lí duas vezes, uma delas a apologética), usadas como massa de manobra para enrriquecimento ilícito de pessoas não tão santas como se nomeiam… O resultado é que uma idéia dessas em cabeças vazias produzem doentes… de cabeça e coração. Não costumo discutir esses assuntos mas diversas partes de seu texto me chamam a atenção:

    não sou crente ..
    não vos decepcioneis …
    seu livre arbítrio ..
    dos seus discípulos.. etc..

    Meu amigo, desculpe mas quem necessita de tratamento psicológico é você! Converse com alguem de fora da Seita que sua cabeça está uma salada…

    De resto encerro aqui, como disse durante toda minha participação no PDH, não discuto agressões pessoais.

    Abraços!

  • http://www.sohlamento.com.br/ chelão

    você pode ser historiador .. ler a bíblia de traz pra frente … decorar o nome dos padres que comem criancinhas .. ser um sociólogo … pode até me superar com sua cabeça bem evoluída promíscoamente … ja que eu preciso de um tratamento psicológico .. escrevo errado .. acredito na dignidade e sou burro ..
    Porém , isso não lhe garante ser o dono da verdade.
    e quem está falando de religião ?? as palavras que usei ???
    Bom para quem ja imagina que se trata de uma seita ,
    religião é farofa … que vem da farinha do mesmo saco e que contribui para esse fermento sem consistencia.

    Olha a solução que o cidadão traz .. “cultura e tolerância” !!!
    mais tolerância que agente tem que ter ja bate uma ância !
    cultura = Ação, efeito, arte ou maneira de cultivar a terra ou certas plantas. Se sua cultura rega nossas raízes
    com agua suja nunca irão render bons frutos …

    isso não é informação que si passe .. isso é perdição !!

    óóóóó perdição !!! ta na bíblia .. vai te chamar a atenção essa tambem ??? pois é .. enquanto você debate ai defendendo a tése de trair a sua mulher legalizadamente ..
    muita gente está sofrendo por ter sido traído ..
    ou se arrependendo de simplesmente ter falado alguma besteira … ou por ter assistido
    as novelas da televizão brasileira .. que mantem em pé
    o bolo torto que vocês adoram..

    É papo de muleque … ve direito esse domínio …
    papo de homem independe dos desejos …
    e sim parte da essência .. o respeito pela existência
    de pessoas com caráter … que contrastam com suas imbecilidades sem transparencia ..
    nessa opacidade que vocês toleram e acham graça …
    ninguem sabe o que se passa .. pois a individualidade
    contida no seu enorme ego é o que traz a tona
    a impressão de que é normal esquecer os valores
    de um sentimento verdadeiro .. para satisfazer
    suas fantasias .. fantasias que desfarçam suas almas sujas
    como o carnaval

  • http://www.sohlamento.com.br/ chelão

    você pode ser historiador .. ler a bíblia de traz pra frente … decorar o nome dos padres que comem criancinhas .. ser um sociólogo … pode até me superar com sua cabeça bem evoluída promíscoamente … ja que eu preciso de um tratamento psicológico .. escrevo errado .. acredito na dignidade e sou burro ..
    Porém , isso não lhe garante ser o dono da verdade.
    e quem está falando de religião ?? as palavras que usei ???
    Bom para quem ja imagina que se trata de uma seita ,
    religião é farofa … que vem da farinha do mesmo saco e que contribui para esse fermento sem consistencia.

    Olha a solução que o cidadão traz .. “cultura e tolerância” !!!
    mais tolerância que agente tem que ter ja bate uma ância !
    cultura = Ação, efeito, arte ou maneira de cultivar a terra ou certas plantas. Se sua cultura rega nossas raízes
    com agua suja nunca irão render bons frutos …

    isso não é informação que si passe .. isso é perdição !!

    óóóóó perdição !!! ta na bíblia .. vai te chamar a atenção essa tambem ??? pois é .. enquanto você debate ai defendendo a tése de trair a sua mulher legalizadamente ..
    muita gente está sofrendo por ter sido traído ..
    ou se arrependendo de simplesmente ter falado alguma besteira … ou por ter assistido
    as novelas da televizão brasileira .. que mantem em pé
    o bolo torto que vocês adoram..

    É papo de muleque … ve direito esse domínio …
    papo de homem independe dos desejos …
    e sim parte da essência .. o respeito pela existência
    de pessoas com caráter … que contrastam com suas imbecilidades sem transparencia ..
    nessa opacidade que vocês toleram e acham graça …
    ninguem sabe o que se passa .. pois a individualidade
    contida no seu enorme ego é o que traz a tona
    a impressão de que é normal esquecer os valores
    de um sentimento verdadeiro .. para satisfazer
    suas fantasias .. fantasias que desfarçam suas almas sujas
    como o carnaval

  • http://www.sohlamento.com.br chelão

    você pode ser historiador .. ler a bíblia de traz pra frente … decorar o nome dos padres que comem criancinhas .. ser um sociólogo … pode até me superar com sua cabeça bem evoluída promíscoamente … ja que eu preciso de um tratamento psicológico .. escrevo errado .. acredito na dignidade e sou burro ..
    Porém , isso não lhe garante ser o dono da verdade.
    e quem está falando de religião ?? as palavras que usei ???
    Bom para quem ja imagina que se trata de uma seita ,
    religião é farofa … que vem da farinha do mesmo saco e que contribui para esse fermento sem consistencia.

    Olha a solução que o cidadão traz .. “cultura e tolerância” !!!
    mais tolerância que agente tem que ter ja bate uma ância !
    cultura = Ação, efeito, arte ou maneira de cultivar a terra ou certas plantas. Se sua cultura rega nossas raízes
    com agua suja nunca irão render bons frutos …

    isso não é informação que si passe .. isso é perdição !!

    óóóóó perdição !!! ta na bíblia .. vai te chamar a atenção essa tambem ??? pois é .. enquanto você debate ai defendendo a tése de trair a sua mulher legalizadamente ..
    muita gente está sofrendo por ter sido traído ..
    ou se arrependendo de simplesmente ter falado alguma besteira … ou por ter assistido
    as novelas da televizão brasileira .. que mantem em pé
    o bolo torto que vocês adoram..

    É papo de muleque … ve direito esse domínio …
    papo de homem independe dos desejos …
    e sim parte da essência .. o respeito pela existência
    de pessoas com caráter … que contrastam com suas imbecilidades sem transparencia ..
    nessa opacidade que vocês toleram e acham graça …
    ninguem sabe o que se passa .. pois a individualidade
    contida no seu enorme ego é o que traz a tona
    a impressão de que é normal esquecer os valores
    de um sentimento verdadeiro .. para satisfazer
    suas fantasias .. fantasias que desfarçam suas almas sujas
    como o carnaval

  • http://www.sohlamento.com.br/ chelão

    “…vontade de dar uma variada no cardápio..”
    como se a mulher fosse um produto .. ou melhor .. uma refeição .. Vocês estão desmerecendo o valor da mulher ..
    fazendo-as aceitarem a bosta da situação que nos encontramos.. ja são tantas retardadas … anonimas e famosas … que realmente da pra enxer seu cardápio …

    mas si liga aí intelectual sem noção .. NÃO SÃO TODAS ..
    SE VOCÊ É FILHO DA PUTA .. E SÓ CONHECEU PERVERSAS NA SUA VIDA FODA-SE .. NÃO TEVE SORTE .. É A MAIORIA MESMO .. ENTÃO APROVEITA NESSE MEIO .. ONDE OS MONSTRO SE DIVERTE .. PORQUE QUEM TEM UMA PERCEPÇÃO SEM RESTRIÇÃO SOFRE … POR CULPA DE VOCÊS MESMO .. QUE AINDA ACHAM ELEGANTE COLOCAR NA PORRA DESSA REVISTA ESSAS PATIFARIA QUE AGNT TEM QUE TOLERAR TODO DIA …

    NAO DISCUTE AGRESSÕES PESSOAIS ??
    SÃO PALAVRAS BRUSCAS NA INTERNETE
    SE FOSSE PESSOALMENTE UMA AGRESSÃO
    VOCÊ TARIA SEM CONDIÇÃO SE SIGUIR EM FRENTE

    BABILÃO FILHO DA PUTA !!!!!

  • http://www.sohlamento.com.br chelão

    “…vontade de dar uma variada no cardápio..”
    como se a mulher fosse um produto .. ou melhor .. uma refeição .. Vocês estão desmerecendo o valor da mulher ..
    fazendo-as aceitarem a bosta da situação que nos encontramos.. ja são tantas retardadas … anonimas e famosas … que realmente da pra enxer seu cardápio …

    mas si liga aí intelectual sem noção .. NÃO SÃO TODAS ..
    SE VOCÊ É FILHO DA PUTA .. E SÓ CONHECEU PERVERSAS NA SUA VIDA FODA-SE .. NÃO TEVE SORTE .. É A MAIORIA MESMO .. ENTÃO APROVEITA NESSE MEIO .. ONDE OS MONSTRO SE DIVERTE .. PORQUE QUEM TEM UMA PERCEPÇÃO SEM RESTRIÇÃO SOFRE … POR CULPA DE VOCÊS MESMO .. QUE AINDA ACHAM ELEGANTE COLOCAR NA PORRA DESSA REVISTA ESSAS PATIFARIA QUE AGNT TEM QUE TOLERAR TODO DIA …

    NAO DISCUTE AGRESSÕES PESSOAIS ??
    SÃO PALAVRAS BRUSCAS NA INTERNETE
    SE FOSSE PESSOALMENTE UMA AGRESSÃO
    VOCÊ TARIA SEM CONDIÇÃO SE SIGUIR EM FRENTE

    BABILÃO FILHO DA PUTA !!!!!

  • http://www.sohlamento.com.br/ chelão

    QUER FALAR DE CONFEITEIRO ESSE ARROMBADO AINDA ..
    O MALUCO VAI JOGA CONFETE NA CASA DO CARALHO !!

  • http://www.sohlamento.com.br chelão

    QUER FALAR DE CONFEITEIRO ESSE ARROMBADO AINDA ..
    O MALUCO VAI JOGA CONFETE NA CASA DO CARALHO !!

  • http://www.sohlamento.com.br/ chelão

    “Thiago
    comentou em 17.03.2008 às 16:59
    Hm.. eu sempre fui meio contra essas coisas… mas agora me parece mais ‘legal’.. hehehe

    Aguardo o próximo, também”

    isso é lavagem cerebral .. que nem si faz na publicidade ..
    transformam até pobres em consumistas ilusionados …
    corromperam mais um otário !!!
    seis nao sabem o que tão fazendo .. brincando com a mente das pessoas .. td mundo tem desejos sim .. mas aí !!!

    “eu sei que tudo posso .. mas nem tudo me convém”

    sei que o que é certo é certo .. eu me preservo !!!

    e lunático .. lunático é quem vive no mundo da lua ..
    e quem vive la noção da gravidade é zero ..
    então se vc nao tem noçao da gravidade .. expressar as merda que vc faz tudo bem .. mas atrair pessoas para o seu meio ..
    nessa maneira de marketing escrota .. seduzindo os fracos …
    sem ter noção da gravidade disso …

    quem é lunático ???

    a atenção ta em extinção .. mas eu to vivo

  • http://www.sohlamento.com.br chelão

    “Thiago
    comentou em 17.03.2008 às 16:59
    Hm.. eu sempre fui meio contra essas coisas… mas agora me parece mais ‘legal’.. hehehe

    Aguardo o próximo, também”

    isso é lavagem cerebral .. que nem si faz na publicidade ..
    transformam até pobres em consumistas ilusionados …
    corromperam mais um otário !!!
    seis nao sabem o que tão fazendo .. brincando com a mente das pessoas .. td mundo tem desejos sim .. mas aí !!!

    “eu sei que tudo posso .. mas nem tudo me convém”

    sei que o que é certo é certo .. eu me preservo !!!

    e lunático .. lunático é quem vive no mundo da lua ..
    e quem vive la noção da gravidade é zero ..
    então se vc nao tem noçao da gravidade .. expressar as merda que vc faz tudo bem .. mas atrair pessoas para o seu meio ..
    nessa maneira de marketing escrota .. seduzindo os fracos …
    sem ter noção da gravidade disso …

    quem é lunático ???

    a atenção ta em extinção .. mas eu to vivo

  • mary

    Sebastião adorei sua opinião no começo mas depois você quase mudou de ideia!Eu tambem sou contra a ideia de dividir a pessoa que amo com deus e todo mundo tambem não iria gostar que meu namorado saice comendo todas por ai como eu não acho certo eu ter um namorado e sair dando para os outros.afinalnal ninguem gosta de andar com infeites na cabeça não é mesmo oque você acha?concorda ou não comigo?

  • http://seila mary

    Sebastião adorei sua opinião no começo mas depois você quase mudou de ideia!Eu tambem sou contra a ideia de dividir a pessoa que amo com deus e todo mundo tambem não iria gostar que meu namorado saice comendo todas por ai como eu não acho certo eu ter um namorado e sair dando para os outros.afinalnal ninguem gosta de andar com infeites na cabeça não é mesmo oque você acha?concorda ou não comigo?

  • sander

    engraçado ver isso aki parece q todo mundo é contra pelo menos a maioria, ja frequentei diversas festas de swing e estavam lotadas de änormais¨ porque os normais perdem tempo discutindo o q é errado ou certo
    kkkkkkkkk

  • sander

    engraçado ver isso aki parece q todo mundo é contra pelo menos a maioria, ja frequentei diversas festas de swing e estavam lotadas de änormais¨ porque os normais perdem tempo discutindo o q é errado ou certo
    kkkkkkkkk

  • sander

    E tem mais, os q se acham normais preferem e levam chifre sem saber basta olhar para a rua e vc ve mtas pessoas que se sabe q levam ou q poe chifre mas nao tem a dignidade de fazer isso com a pessoa q escolheram para amar e ser cuplices nem tem noção do q é cumplicidade

  • sander

    E tem mais, os q se acham normais preferem e levam chifre sem saber basta olhar para a rua e vc ve mtas pessoas que se sabe q levam ou q poe chifre mas nao tem a dignidade de fazer isso com a pessoa q escolheram para amar e ser cuplices nem tem noção do q é cumplicidade

  • norte

    eu sou como a Roberta não troco a minha por mais mais nada ,

    mas no mundo de hoje já não se vê afeto nos casais mais novos .

    este ano é o ano dos meus 25 anos de casado e estou muito feliz

    de ter a minha linda cara metade cá comigo .

  • norte

    eu sou como a Roberta não troco a minha por mais mais nada ,

    mas no mundo de hoje já não se vê afeto nos casais mais novos .

    este ano é o ano dos meus 25 anos de casado e estou muito feliz

    de ter a minha linda cara metade cá comigo .

  • http://www.prazeremdobro.com.br/ Prazer em Dobro

    Swing não é para todos e erra quem tenta convencer os outros a praticá-lo.

    Swing é uma pimenta, um tempero, não é prato principal!

    Um casal que tem um bom relacionamento e quer experimentar um tempero extra tem tudo para aderir e se dar bem com isso.

    Casais que estão felizes no seu dia-a-dia monogâmico e não sentem vontade de experimentar o swing também estão certos, pra que mecher em algo se não tem vontade.

  • http://www.prazeremdobro.com.br/ Prazer em Dobro

    Swing não é para todos e erra quem tenta convencer os outros a praticá-lo.

    Swing é uma pimenta, um tempero, não é prato principal!

    Um casal que tem um bom relacionamento e quer experimentar um tempero extra tem tudo para aderir e se dar bem com isso.

    Casais que estão felizes no seu dia-a-dia monogâmico e não sentem vontade de experimentar o swing também estão certos, pra que mecher em algo se não tem vontade.

  • natalia

    nossa!!! parece ser muito legal.queria muito praticar isso com meu namorado,não que nosso relacionamento esteje frio ao contrario,é que eu gosto de sempre estar praticando coisas novas com ele,mas tem uma coisinha…eu tenho medo que ele venha gostar mais da outra garota,excitar mais ao ve-la e toca-la,por que ela taria sendo… como posso dizer:CARNE NOVA na jogada. não achem que estou dizendo isso pq sou feia ou coisa do tipo, ao contrario, sou muito bonita e atraente.mais carne nona é carne nova né. tanto que quando passa qualquer mulher na frente de um homem com uma mini saia e uma blusa decotada não tem homem que nao olha né? bomm…. oque eu quero dizer é que preciso de uma ajudinha,para mim talves ver tudo isso de uma forma diferente e me animar ainda mais. PODEM ME AJUDAR????

    • a andre

      eu to com o mesmo problema, porem sou homem e não sei como chegar na minhas esposa e falar isso com ela, tenho muita vontade de participar de um swinger, e acho que esquentaria ainda mais nossa relação, tenho 26 anos e ela 33, so que ela e bem fechada. Voce como mulher tem alguma dica pra mim?

      • Max

        a dica é colocar filmes pornôs que tenham cenas de swing ou de menage feminino e ir dando indiretas e perguntando se ela teria coragem? ai dependendo do que voce sentir voce sabe se deve falar da fantasia ou se deve frear. Funcionou comigo e minha esposa, somos casados a 9 anos e fazemos swing a uns 4 quase 5 anos. somos muito felizes

      • Manuela

        Bem se ela é fechada, é bom começar a falar na cama coisas apimentadinhas, mas de leve, foi o que fiz com meu parceiro.
        falei sobre como ele era diferente, cabeça aberta, que comigo podia tudo, e comecei a falar de fantasias como bem leve…estarmos dançando eu sem calcinha e um casal nos observando…ele começou a gostar …. a insinuação é legal…. depois falei que ele era tudo para mim que o cara com ela era só aperitivo, e ela podia ser o dele…rimos e bebemos. Na cama aquela noite foi o máximo. Não fizemos nada com o casal que nem nos via …era só fantasia.
        Acabamos parando na estrada de volta para casa e fizemos super brincadeiras . Ele foi adotando a ideia. Fomos só a bares bem liberais e dançar foi o canal. Agora estou preparando nossa primeira saída com um outro casal , mas não sei ainda como.
        Não sei se ajudei, mas não desista de pelo menos curtir com ela na fantasia, é bem gostoso.

    • Anjinho

      Ola boa tarde natalia, se esta preparada para brincar então desce para o play, me add no skype para conversarmos melhor, anjinho_dc@hotmail.com, te aguardo, bjs.

    • Manuela

      Se vc é ciumenta , não se garante, cuidado.
      Vc tem que sentir firmeza nele, para ele vc é a mulher mais linda e mais desejável que há…a outra é só brinquedo de prazer.
      Converse bvem com ele , combine tudo se não vai se machucar.

    • Tom.

      penso igualmente.

  • http://swing-tudo-que-vc-precisa-saber natalia

    nossa!!! parece ser muito legal.queria muito praticar isso com meu namorado,não que nosso relacionamento esteje frio ao contrario,é que eu gosto de sempre estar praticando coisas novas com ele,mas tem uma coisinha…eu tenho medo que ele venha gostar mais da outra garota,excitar mais ao ve-la e toca-la,por que ela taria sendo… como posso dizer:CARNE NOVA na jogada. não achem que estou dizendo isso pq sou feia ou coisa do tipo, ao contrario, sou muito bonita e atraente.mais carne nona é carne nova né. tanto que quando passa qualquer mulher na frente de um homem com uma mini saia e uma blusa decotada não tem homem que nao olha né? bomm…. oque eu quero dizer é que preciso de uma ajudinha,para mim talves ver tudo isso de uma forma diferente e me animar ainda mais. PODEM ME AJUDAR????

  • Pingback: Swing: tudo o que você precisa saber « Tudo sobre Swing em Santa Catarina - Casas de Swing, Casais, Manage.

  • fausto

    deve c muito legal ve otro cara cmoendo a sua mulher! nossa! q bobagem.

  • http://sdasd fausto

    deve c muito legal ve otro cara cmoendo a sua mulher! nossa! q bobagem.

  • JD

    só se fosse com amigos(as) muito kbç abertas.. até já rolou combinar de ir em dois caisais (amigos de facul) mas ainda não se consumou…

  • JD

    só se fosse com amigos(as) muito kbç abertas.. até já rolou combinar de ir em dois caisais (amigos de facul) mas ainda não se consumou…

  • forasteiro

    Fui com minha mulher, nos amamos, somos fogosos, e curiosos…é um terreno perigoso…apesar de só vermos, nao participarmos(existe essa possibilidade) ela ficou completamente excitada e eu dei uma travada na hora…não chegou a comprometer nossa relação, mas hoje estamos conversando muito sobre o assunto, pesando o que seria bom ou nao….já que existe a vontade mútua de colocar uma outra mulher na nossa cama…talvez voltemos buscando isso e aconteça outras coisas mais….talvez nunca mais role nada parecido e ficamos só nas fantasias na nossa cama mesmo….o lado bom é a cumplicidade, a maneira de lidar com isso sem hipocrisia, sem precisar fazer nada escondido, lidar com o tesão sem traiçao, e aceitar o outro com todas as suas fantasias, desejos, e tentar juntos, um realizar o outro…mas….todo cuidado com nossas escolhas é pouco, e as vezes simplesmente as coisas caminham para um destino, depende do grau de maturidade e cumplicidade da relação…nao vejo como inversão de valores, pode sim é ser uma prova de caráter. parabens pelo texto beto!

  • forasteiro

    Fui com minha mulher, nos amamos, somos fogosos, e curiosos…é um terreno perigoso…apesar de só vermos, nao participarmos(existe essa possibilidade) ela ficou completamente excitada e eu dei uma travada na hora…não chegou a comprometer nossa relação, mas hoje estamos conversando muito sobre o assunto, pesando o que seria bom ou nao….já que existe a vontade mútua de colocar uma outra mulher na nossa cama…talvez voltemos buscando isso e aconteça outras coisas mais….talvez nunca mais role nada parecido e ficamos só nas fantasias na nossa cama mesmo….o lado bom é a cumplicidade, a maneira de lidar com isso sem hipocrisia, sem precisar fazer nada escondido, lidar com o tesão sem traiçao, e aceitar o outro com todas as suas fantasias, desejos, e tentar juntos, um realizar o outro…mas….todo cuidado com nossas escolhas é pouco, e as vezes simplesmente as coisas caminham para um destino, depende do grau de maturidade e cumplicidade da relação…nao vejo como inversão de valores, pode sim é ser uma prova de caráter. parabens pelo texto beto!

  • lia

    Como ainda existem homens preconceituosos, parece que estao na idade da pedra. Tentem aceitar que desejos, tesao, fantasias estao na cabeça de qualquer pessoa, e que bom seria se todos conseguissem vivenciar isso com cumplicidade e o devido respeito dentro de suas relações. Pior é a traição velada, sacanear, dar os pulos fora, paquerar aquele bonitao quando o marido levanta pra ir ao banheiro e outras tantas safadezas q vejo algumas mulheres contarem com tanta naturalidade, e os homens entao, nem se fala….
    Se preferem continuar bancando os antiquados, hipócritas, vivam em seus mundinhos “seguros e normais” e respeitem quem escolheu trocar amor, cumplicidade, amizade e tudo mais com seu parceiro.

  • lia

    Como ainda existem homens preconceituosos, parece que estao na idade da pedra. Tentem aceitar que desejos, tesao, fantasias estao na cabeça de qualquer pessoa, e que bom seria se todos conseguissem vivenciar isso com cumplicidade e o devido respeito dentro de suas relações. Pior é a traição velada, sacanear, dar os pulos fora, paquerar aquele bonitao quando o marido levanta pra ir ao banheiro e outras tantas safadezas q vejo algumas mulheres contarem com tanta naturalidade, e os homens entao, nem se fala….
    Se preferem continuar bancando os antiquados, hipócritas, vivam em seus mundinhos “seguros e normais” e respeitem quem escolheu trocar amor, cumplicidade, amizade e tudo mais com seu parceiro.

  • Gutrintao

    Swing sim…….mas com moderação….Já frequentei várias vezes , achei positivo…
    o que mais me admiro é os homens que não aceitam isso com a sua mulher mas quando comem fora aí já não existe problema nenhum …Swing é só para quem gosta e para quem sabe realmente o que é …aposto que muita gente não sabe …No Swing tem de haver muito respeito pelos outros , afinidade e sem quimica não rola nada…acreditem …
    Outro dado curioso é que 80% dos praticantes de SWING nunca o assumem na sua vida social …

  • Gutrintao

    Swing sim…….mas com moderação….Já frequentei várias vezes , achei positivo…
    o que mais me admiro é os homens que não aceitam isso com a sua mulher mas quando comem fora aí já não existe problema nenhum …Swing é só para quem gosta e para quem sabe realmente o que é …aposto que muita gente não sabe …No Swing tem de haver muito respeito pelos outros , afinidade e sem quimica não rola nada…acreditem …
    Outro dado curioso é que 80% dos praticantes de SWING nunca o assumem na sua vida social …

  • Gutrintao

    Swing sim…….mas com moderação….Já frequentei várias vezes , achei positivo…
    o que mais me admiro é os homens que não aceitam isso com a sua mulher mas quando comem fora aí já não existe problema nenhum …Swing é só para quem gosta e para quem sabe realmente o que é …aposto que muita gente não sabe …No Swing tem de haver muito respeito pelos outros , afinidade e sem quimica não rola nada…acreditem …
    Outro dado curioso é que 80% dos praticantes de SWING nunca o assumem na sua vida social …

  • http://www.terra.com.br/ marine

    sinceramente,acho perigoso,pois pode confundir sentimentos,acredito que ninguem garante nem si proprio,imagime garantir os outros. isto pode se tornar um siclo vicioso,e sempre querer mais,e mais novidades, a ponto de prejudicar a si proprio .

  • http://www.terra.com.br/ marine

    sinceramente,acho perigoso,pois pode confundir sentimentos,acredito que ninguem garante nem si proprio,imagime garantir os outros. isto pode se tornar um siclo vicioso,e sempre querer mais,e mais novidades, a ponto de prejudicar a si proprio .

  • http://www.terra.com.br marine

    sinceramente,acho perigoso,pois pode confundir sentimentos,acredito que ninguem garante nem si proprio,imagime garantir os outros. isto pode se tornar um siclo vicioso,e sempre querer mais,e mais novidades, a ponto de prejudicar a si proprio .

  • http://www.uol.com.br/ gastão

    acho que o ser humano é muito falso,em sua maioria,se fosse apenas para sua satisfação seria muito facil,mais envolve a pessoa que ele acha que é dono.Por isso existem tantos preconceitos.É verdade que temos que ter pudor e dominio proprio,mais quando se trata de fustigar o tesão independente de sentimentos tenho muita coragem.tem muita gente que prefere ficar morrendo e se masturbando com filmes cansativos de verdadeira imoralidade que não chega a lugar nenhum.Mais não participam de uma forma direta porem indireta,pois quanto mais gente e tesão mostram no filme mais tarado ficam,sou mais realista,não pratico porque não me sinto preparado mais me dá o maior tesão.

  • http://www.uol.com.br/ gastão

    acho que o ser humano é muito falso,em sua maioria,se fosse apenas para sua satisfação seria muito facil,mais envolve a pessoa que ele acha que é dono.Por isso existem tantos preconceitos.É verdade que temos que ter pudor e dominio proprio,mais quando se trata de fustigar o tesão independente de sentimentos tenho muita coragem.tem muita gente que prefere ficar morrendo e se masturbando com filmes cansativos de verdadeira imoralidade que não chega a lugar nenhum.Mais não participam de uma forma direta porem indireta,pois quanto mais gente e tesão mostram no filme mais tarado ficam,sou mais realista,não pratico porque não me sinto preparado mais me dá o maior tesão.

  • http://www.uol.com.br gastão

    acho que o ser humano é muito falso,em sua maioria,se fosse apenas para sua satisfação seria muito facil,mais envolve a pessoa que ele acha que é dono.Por isso existem tantos preconceitos.É verdade que temos que ter pudor e dominio proprio,mais quando se trata de fustigar o tesão independente de sentimentos tenho muita coragem.tem muita gente que prefere ficar morrendo e se masturbando com filmes cansativos de verdadeira imoralidade que não chega a lugar nenhum.Mais não participam de uma forma direta porem indireta,pois quanto mais gente e tesão mostram no filme mais tarado ficam,sou mais realista,não pratico porque não me sinto preparado mais me dá o maior tesão.

  • Sérginhou

    Swing é coisa de corno manso.

  • Sérginhou

    Swing é coisa de corno manso.

  • http://abs@abs.com Sérginhou

    Swing é coisa de corno manso.

  • chefe

    rsrsrsrsrs tem um monte de homem que tem medo swing porque tem medo de suas mulheres gostar de outra pica e esquecer que tem uma coisinha em casa mas eles nao estao o tempo todo com sua esposa ou namoradas o bom do swing e que elas mostram o que elas relmente e. se voce realmente se garante nao tem que ter medo do amanha .

  • chefe

    rsrsrsrsrs tem um monte de homem que tem medo swing porque tem medo de suas mulheres gostar de outra pica e esquecer que tem uma coisinha em casa mas eles nao estao o tempo todo com sua esposa ou namoradas o bom do swing e que elas mostram o que elas relmente e. se voce realmente se garante nao tem que ter medo do amanha .

  • kalaf

    Qual é a desse povo q fica criticando quem pratica o swing?
    Criticam sem conhecer, moldados por conceitos antigos…
    Muitos criticam, mas traem, desejam outras ou outros….
    Ninguem precisa fazer ou deixar de fazer, isso é uma opção de cada casal…
    Já fui com minha mulher, mas foi só pra ela realizar uma fantasia de tocar em outra mulher, nao teve outro homem com ela e eu só fiquei admirando aquela cena maravilhosa….
    Experiencia boa, mas ainda nao repetimos, pois o mais importante é a saúde de nossa relação, não somos pervertidos e nao precisamos disso para ter prazer…
    Mas é muito realizar fantasias juntos, dar prazer pra quem a gente ama e aceitar os desejos do outro. Só quem ja teve a experiencia sabe a sensação de cumplicidade que se cria entre o casal.
    É um terreno perigoso, claro, como já foi dito aqui.Podemos voltar um dia e surgir algo mais e ela ou eu sentirmos vontade de transar com outros parceiros. Ninguem é dono de ninguem, ninguem ta sacaneando ninguem, apenas duas pessoas que se amam, se entendem, vivendo suas vidas e por algum motivo, por vontade e por sinceridade na relação, chegaram a esse ponto comum.
    Ninguem deve nada pra ninguem, muito menos pra moralistas hipócritas!

  • kalaf

    Qual é a desse povo q fica criticando quem pratica o swing?
    Criticam sem conhecer, moldados por conceitos antigos…
    Muitos criticam, mas traem, desejam outras ou outros….
    Ninguem precisa fazer ou deixar de fazer, isso é uma opção de cada casal…
    Já fui com minha mulher, mas foi só pra ela realizar uma fantasia de tocar em outra mulher, nao teve outro homem com ela e eu só fiquei admirando aquela cena maravilhosa….
    Experiencia boa, mas ainda nao repetimos, pois o mais importante é a saúde de nossa relação, não somos pervertidos e nao precisamos disso para ter prazer…
    Mas é muito realizar fantasias juntos, dar prazer pra quem a gente ama e aceitar os desejos do outro. Só quem ja teve a experiencia sabe a sensação de cumplicidade que se cria entre o casal.
    É um terreno perigoso, claro, como já foi dito aqui.Podemos voltar um dia e surgir algo mais e ela ou eu sentirmos vontade de transar com outros parceiros. Ninguem é dono de ninguem, ninguem ta sacaneando ninguem, apenas duas pessoas que se amam, se entendem, vivendo suas vidas e por algum motivo, por vontade e por sinceridade na relação, chegaram a esse ponto comum.
    Ninguem deve nada pra ninguem, muito menos pra moralistas hipócritas!

  • kalaf

    Qual é a desse povo q fica criticando quem pratica o swing?
    Criticam sem conhecer, moldados por conceitos antigos…
    Muitos criticam, mas traem, desejam outras ou outros….
    Ninguem precisa fazer ou deixar de fazer, isso é uma opção de cada casal…
    Já fui com minha mulher, mas foi só pra ela realizar uma fantasia de tocar em outra mulher, nao teve outro homem com ela e eu só fiquei admirando aquela cena maravilhosa….
    Experiencia boa, mas ainda nao repetimos, pois o mais importante é a saúde de nossa relação, não somos pervertidos e nao precisamos disso para ter prazer…
    Mas é muito realizar fantasias juntos, dar prazer pra quem a gente ama e aceitar os desejos do outro. Só quem ja teve a experiencia sabe a sensação de cumplicidade que se cria entre o casal.
    É um terreno perigoso, claro, como já foi dito aqui.Podemos voltar um dia e surgir algo mais e ela ou eu sentirmos vontade de transar com outros parceiros. Ninguem é dono de ninguem, ninguem ta sacaneando ninguem, apenas duas pessoas que se amam, se entendem, vivendo suas vidas e por algum motivo, por vontade e por sinceridade na relação, chegaram a esse ponto comum.
    Ninguem deve nada pra ninguem, muito menos pra moralistas hipócritas!

  • kérima

    Nossa eu estou assustada nemsabia que isso existia gente , vcs não pensam nas crianças nos filhos dos filhos de como será a vida dos filhos sabendo que os pais praticam umas coisas dessas algumas pessoas teram um julgamento terrivel no final e não vai adiantar pedir perdão ele é uma pessoas maravilhosa que sabe tudo o que pensamos o que vamos falar e tal eu só acho dando a minha opinião que se querem se destruirem com essas sacanagens não levem outras pessoas com sigo sabe todos os recados que eu li me fez pensar o quanto somos senvergonhas e que não pensamos na fidelidade com a ou o nosso parceiro e que por mais que não tenhamos prazer totalmente com os nossos parceiros não deviamos ficar nos mostrando como viemos ao mundo para ¨outros¨ isso é tão feia se soubessem como deus fica triste com isso não fariam eu apoio muitas pessoas mas julgo muitas outras sei la eu acho que o maximo que podemos querer fazer com os nossos parceiros é imitar um file porno agora essa historia me espantou obrigada por terem me concebido estas informações
    Abraços

    Boa Sorte para todos !!!!

  • kérima

    Nossa eu estou assustada nemsabia que isso existia gente , vcs não pensam nas crianças nos filhos dos filhos de como será a vida dos filhos sabendo que os pais praticam umas coisas dessas algumas pessoas teram um julgamento terrivel no final e não vai adiantar pedir perdão ele é uma pessoas maravilhosa que sabe tudo o que pensamos o que vamos falar e tal eu só acho dando a minha opinião que se querem se destruirem com essas sacanagens não levem outras pessoas com sigo sabe todos os recados que eu li me fez pensar o quanto somos senvergonhas e que não pensamos na fidelidade com a ou o nosso parceiro e que por mais que não tenhamos prazer totalmente com os nossos parceiros não deviamos ficar nos mostrando como viemos ao mundo para ¨outros¨ isso é tão feia se soubessem como deus fica triste com isso não fariam eu apoio muitas pessoas mas julgo muitas outras sei la eu acho que o maximo que podemos querer fazer com os nossos parceiros é imitar um file porno agora essa historia me espantou obrigada por terem me concebido estas informações
    Abraços

    Boa Sorte para todos !!!!

  • kérima

    Nossa eu estou assustada nemsabia que isso existia gente , vcs não pensam nas crianças nos filhos dos filhos de como será a vida dos filhos sabendo que os pais praticam umas coisas dessas algumas pessoas teram um julgamento terrivel no final e não vai adiantar pedir perdão ele é uma pessoas maravilhosa que sabe tudo o que pensamos o que vamos falar e tal eu só acho dando a minha opinião que se querem se destruirem com essas sacanagens não levem outras pessoas com sigo sabe todos os recados que eu li me fez pensar o quanto somos senvergonhas e que não pensamos na fidelidade com a ou o nosso parceiro e que por mais que não tenhamos prazer totalmente com os nossos parceiros não deviamos ficar nos mostrando como viemos ao mundo para ¨outros¨ isso é tão feia se soubessem como deus fica triste com isso não fariam eu apoio muitas pessoas mas julgo muitas outras sei la eu acho que o maximo que podemos querer fazer com os nossos parceiros é imitar um file porno agora essa historia me espantou obrigada por terem me concebido estas informações
    Abraços

    Boa Sorte para todos !!!!

  • araci borges

    os swingers são mais hipócritas do que a sociedade que condenam, primeiro porque fazem parte desta mesma sociedade, depois porque se escondem.São também presunções quando se dizem mais felizes que os demias seres humanos.Niunguém garante fidelidade só porque pratica swing, o meio está cheio de problemas, sei porque já fui swinger e conheço bem toda essa balela, porém a única coisa que me irrita é a falsidade apregoada pelos praticantes de que tudo é cor de rosa.

  • araci borges

    os swingers são mais hipócritas do que a sociedade que condenam, primeiro porque fazem parte desta mesma sociedade, depois porque se escondem.São também presunções quando se dizem mais felizes que os demias seres humanos.Niunguém garante fidelidade só porque pratica swing, o meio está cheio de problemas, sei porque já fui swinger e conheço bem toda essa balela, porém a única coisa que me irrita é a falsidade apregoada pelos praticantes de que tudo é cor de rosa.

  • araci borges

    os swingers são mais hipócritas do que a sociedade que condenam, primeiro porque fazem parte desta mesma sociedade, depois porque se escondem.São também presunções quando se dizem mais felizes que os demias seres humanos.Niunguém garante fidelidade só porque pratica swing, o meio está cheio de problemas, sei porque já fui swinger e conheço bem toda essa balela, porém a única coisa que me irrita é a falsidade apregoada pelos praticantes de que tudo é cor de rosa.

  • Eliza

    UAU…
    Tenho que comentar e dar meus parabéns!!! Adorei o que escreveu, pois foi fiél ao que realmente acontece no meio do swing!!! Mtos lugares onde já li, as pessoas distorcem mto! Sou adepta ao 3o passo, mas para quem tem criatividade, que invente o 4o em diante! rsrs

    Eu e meu marido estamos no “meio” há 2 anos. A primeira vez que fomos a uma casa de swing foi por curiosidade (ansiosíssimos e com medo de nos assustar, afinal tínhamos os nosso valores como mtos comentaram aí em cima). O ambiente é mto sensual, mtas mulheres lindas, casais discretos e o clima que favorece.. resumindo, tivemos uma das melhores noites entre nós 2 apenas numa das salinhas! Porém, nada disso teria acontecido sem as boas conversas, confiança e cumplicidade.. rolou mto olho no olho entre nós e nada de oba-oba, fora que combinamos sinais para se alguém não gostasse, fôssemos embora (não precisou!)!
    Com o passar do tempo, fomos amadurecendo, conhecendo e nos tornamos mais confiantes no nosso relacionamento, podendo assim ouvir e seguir nossas fantasias mais secretas, sempre de modo saudável, com responsabilidade e respeito. Ainda não fazemos trocas, mas já tivemos noites a 3 e a 4 inesquecíveis… me tornei uma bi assumida qdo o assunto é sexo! O melhor de tudo?? Meu amor me acompanha nessas aventuras!!! E o que escreveu da mulher mandar é realidade… o que, se eles ainda não sacaram, mtoooo os favorece, pq as mulheres seduzem tanto casais como outras mulheres!
    Hoje somos muito tranquilos e estamos no meio buscando o que alguns (não todos) tb buscam… realizar fantasias (dos olhares ao sexo) com sensualidade, com amigos de nível que estejam dispostos às mesmas coisas!
    Não indico nem recomendo, apenas porque tem q surgir da fantasia do casal… mas posso falar que amaaaamos e nosso relacionamento só melhorou depois disso!
    Adorei…
    Bjinhos

    • Marcel

      Olá Eliza!! Adorei seu comentário! me add no seu msn para podermos trocar idéias: lordliberal@hotmail.com

      Marcel

  • Eliza

    UAU…
    Tenho que comentar e dar meus parabéns!!! Adorei o que escreveu, pois foi fiél ao que realmente acontece no meio do swing!!! Mtos lugares onde já li, as pessoas distorcem mto! Sou adepta ao 3o passo, mas para quem tem criatividade, que invente o 4o em diante! rsrs

    Eu e meu marido estamos no “meio” há 2 anos. A primeira vez que fomos a uma casa de swing foi por curiosidade (ansiosíssimos e com medo de nos assustar, afinal tínhamos os nosso valores como mtos comentaram aí em cima). O ambiente é mto sensual, mtas mulheres lindas, casais discretos e o clima que favorece.. resumindo, tivemos uma das melhores noites entre nós 2 apenas numa das salinhas! Porém, nada disso teria acontecido sem as boas conversas, confiança e cumplicidade.. rolou mto olho no olho entre nós e nada de oba-oba, fora que combinamos sinais para se alguém não gostasse, fôssemos embora (não precisou!)!
    Com o passar do tempo, fomos amadurecendo, conhecendo e nos tornamos mais confiantes no nosso relacionamento, podendo assim ouvir e seguir nossas fantasias mais secretas, sempre de modo saudável, com responsabilidade e respeito. Ainda não fazemos trocas, mas já tivemos noites a 3 e a 4 inesquecíveis… me tornei uma bi assumida qdo o assunto é sexo! O melhor de tudo?? Meu amor me acompanha nessas aventuras!!! E o que escreveu da mulher mandar é realidade… o que, se eles ainda não sacaram, mtoooo os favorece, pq as mulheres seduzem tanto casais como outras mulheres!
    Hoje somos muito tranquilos e estamos no meio buscando o que alguns (não todos) tb buscam… realizar fantasias (dos olhares ao sexo) com sensualidade, com amigos de nível que estejam dispostos às mesmas coisas!
    Não indico nem recomendo, apenas porque tem q surgir da fantasia do casal… mas posso falar que amaaaamos e nosso relacionamento só melhorou depois disso!
    Adorei…
    Bjinhos

  • Eliza

    UAU…
    Tenho que comentar e dar meus parabéns!!! Adorei o que escreveu, pois foi fiél ao que realmente acontece no meio do swing!!! Mtos lugares onde já li, as pessoas distorcem mto! Sou adepta ao 3o passo, mas para quem tem criatividade, que invente o 4o em diante! rsrs

    Eu e meu marido estamos no “meio” há 2 anos. A primeira vez que fomos a uma casa de swing foi por curiosidade (ansiosíssimos e com medo de nos assustar, afinal tínhamos os nosso valores como mtos comentaram aí em cima). O ambiente é mto sensual, mtas mulheres lindas, casais discretos e o clima que favorece.. resumindo, tivemos uma das melhores noites entre nós 2 apenas numa das salinhas! Porém, nada disso teria acontecido sem as boas conversas, confiança e cumplicidade.. rolou mto olho no olho entre nós e nada de oba-oba, fora que combinamos sinais para se alguém não gostasse, fôssemos embora (não precisou!)!
    Com o passar do tempo, fomos amadurecendo, conhecendo e nos tornamos mais confiantes no nosso relacionamento, podendo assim ouvir e seguir nossas fantasias mais secretas, sempre de modo saudável, com responsabilidade e respeito. Ainda não fazemos trocas, mas já tivemos noites a 3 e a 4 inesquecíveis… me tornei uma bi assumida qdo o assunto é sexo! O melhor de tudo?? Meu amor me acompanha nessas aventuras!!! E o que escreveu da mulher mandar é realidade… o que, se eles ainda não sacaram, mtoooo os favorece, pq as mulheres seduzem tanto casais como outras mulheres!
    Hoje somos muito tranquilos e estamos no meio buscando o que alguns (não todos) tb buscam… realizar fantasias (dos olhares ao sexo) com sensualidade, com amigos de nível que estejam dispostos às mesmas coisas!
    Não indico nem recomendo, apenas porque tem q surgir da fantasia do casal… mas posso falar que amaaaamos e nosso relacionamento só melhorou depois disso!
    Adorei…
    Bjinhos

  • patricia

    ola, li sobre o assunto e vi que é realmente isso mesmo que rola, o sexo e a troca com outros casais so acontece si rolar afinidade não é uma coisa obrigatoria como muitos acham, estamos no meio swing a quase dois anos, e descobrir o meio swing pra nos foi td de bom, pq não rola so sexo ou putaria existe tambem muita amizade respeito ,estamos sempre em festas reunidos com os amigos si rolar algo a mais que isso blz si não valeu por estar juntos dos amigos mais uma vez e é sempre bom estar conhecendo pessoas novas ,o que ultimamente vem acontecendo cresce o numero de pessoas entre 18 a 20 anos entrando no meio swing não somos contra pq acreditamos que cada um cuida e leva sua vida da mamenira que lhe convir,cada um é responsavel por aquilo que faz ou escolhe!!! abraços a todo

  • patricia

    ola, li sobre o assunto e vi que é realmente isso mesmo que rola, o sexo e a troca com outros casais so acontece si rolar afinidade não é uma coisa obrigatoria como muitos acham, estamos no meio swing a quase dois anos, e descobrir o meio swing pra nos foi td de bom, pq não rola so sexo ou putaria existe tambem muita amizade respeito ,estamos sempre em festas reunidos com os amigos si rolar algo a mais que isso blz si não valeu por estar juntos dos amigos mais uma vez e é sempre bom estar conhecendo pessoas novas ,o que ultimamente vem acontecendo cresce o numero de pessoas entre 18 a 20 anos entrando no meio swing não somos contra pq acreditamos que cada um cuida e leva sua vida da mamenira que lhe convir,cada um é responsavel por aquilo que faz ou escolhe!!! abraços a todo

  • patricia

    ola, li sobre o assunto e vi que é realmente isso mesmo que rola, o sexo e a troca com outros casais so acontece si rolar afinidade não é uma coisa obrigatoria como muitos acham, estamos no meio swing a quase dois anos, e descobrir o meio swing pra nos foi td de bom, pq não rola so sexo ou putaria existe tambem muita amizade respeito ,estamos sempre em festas reunidos com os amigos si rolar algo a mais que isso blz si não valeu por estar juntos dos amigos mais uma vez e é sempre bom estar conhecendo pessoas novas ,o que ultimamente vem acontecendo cresce o numero de pessoas entre 18 a 20 anos entrando no meio swing não somos contra pq acreditamos que cada um cuida e leva sua vida da mamenira que lhe convir,cada um é responsavel por aquilo que faz ou escolhe!!! abraços a todo

  • eliesio

    Muitos ainda tem uma mentalidade machista. Achando que vossas companheiras, não tem fantasias sexuais.A mulher também deseja sim transa com outro,mais tem medo de se declararem,mais o idiota acha que só ele quem pode. Amulher só não se entrega pra quaquer um.
    Ela precisar que aconteça um clima, se rolar pode ter certeza que ela se entrega total.

  • eliesio

    Muitos ainda tem uma mentalidade machista. Achando que vossas companheiras, não tem fantasias sexuais.A mulher também deseja sim transa com outro,mais tem medo de se declararem,mais o idiota acha que só ele quem pode. Amulher só não se entrega pra quaquer um.
    Ela precisar que aconteça um clima, se rolar pode ter certeza que ela se entrega total.

  • http://eliesio eliesio

    Muitos ainda tem uma mentalidade machista. Achando que vossas companheiras, não tem fantasias sexuais.A mulher também deseja sim transa com outro,mais tem medo de se declararem,mais o idiota acha que só ele quem pode. Amulher só não se entrega pra quaquer um.
    Ela precisar que aconteça um clima, se rolar pode ter certeza que ela se entrega total.

  • CRISTINA

    O alto grau de preconceito nos dias atuais me surpreende e muito, onde as pessoas batem no peito dizendo serem contra o preconceito, tal palavra que pelo nome se define pré + conceito, ou seja um conceito que se forma a respeito de algo antes de conhecer e saber como é. Muitos homens ao invés de dialogar com suas esposas a respeito do relacionamento preferem procurar fora de casa algo que lhes satisfaça e depois vem com esse papinho de exclusividade, traição entre outros listados acima. Quero q me diga quem nunca desejou a mulher de um amigo, a mulher que nunca se imaginou com mais de um homem. Sou casada, eu e meu marido já praticamos swing, e desde da 1ª vez nossa relação q já era boa melhorou muito. Não estou dizendo aqui q os casais com problemas na relação deveriam adotar a prática do swing, mas que deveriam ter mais diálogo permitindo que o parceiro pudesse conhecer alguns lados que às vezes ocultamos tanto.

  • CRISTINA

    O alto grau de preconceito nos dias atuais me surpreende e muito, onde as pessoas batem no peito dizendo serem contra o preconceito, tal palavra que pelo nome se define pré + conceito, ou seja um conceito que se forma a respeito de algo antes de conhecer e saber como é. Muitos homens ao invés de dialogar com suas esposas a respeito do relacionamento preferem procurar fora de casa algo que lhes satisfaça e depois vem com esse papinho de exclusividade, traição entre outros listados acima. Quero q me diga quem nunca desejou a mulher de um amigo, a mulher que nunca se imaginou com mais de um homem. Sou casada, eu e meu marido já praticamos swing, e desde da 1ª vez nossa relação q já era boa melhorou muito. Não estou dizendo aqui q os casais com problemas na relação deveriam adotar a prática do swing, mas que deveriam ter mais diálogo permitindo que o parceiro pudesse conhecer alguns lados que às vezes ocultamos tanto.

  • CRISTINA

    O alto grau de preconceito nos dias atuais me surpreende e muito, onde as pessoas batem no peito dizendo serem contra o preconceito, tal palavra que pelo nome se define pré + conceito, ou seja um conceito que se forma a respeito de algo antes de conhecer e saber como é. Muitos homens ao invés de dialogar com suas esposas a respeito do relacionamento preferem procurar fora de casa algo que lhes satisfaça e depois vem com esse papinho de exclusividade, traição entre outros listados acima. Quero q me diga quem nunca desejou a mulher de um amigo, a mulher que nunca se imaginou com mais de um homem. Sou casada, eu e meu marido já praticamos swing, e desde da 1ª vez nossa relação q já era boa melhorou muito. Não estou dizendo aqui q os casais com problemas na relação deveriam adotar a prática do swing, mas que deveriam ter mais diálogo permitindo que o parceiro pudesse conhecer alguns lados que às vezes ocultamos tanto.

  • CRISTINA

    A respeito dos que dizem que isso não é papo de homem, não acham que tem q ser muito homem pra assumir gostar de ver a esposa com outro homem que não sejam vcs. Será que não seria a falta de autoconfiança e o medo da parceira encontrar algo melhor que justifique tanto falso moralismo e puritanismo da parte de alguns homens. Me desculpem mas talvez vcs sejam grandes candidatos a cornos de verdade. Gente vamos abrir a mente, não precisa gostar/praticar, é só respeitar e não ficar dando desculpas carregadas de preconceito sobre o q não se conhece.

  • CRISTINA

    A respeito dos que dizem que isso não é papo de homem, não acham que tem q ser muito homem pra assumir gostar de ver a esposa com outro homem que não sejam vcs. Será que não seria a falta de autoconfiança e o medo da parceira encontrar algo melhor que justifique tanto falso moralismo e puritanismo da parte de alguns homens. Me desculpem mas talvez vcs sejam grandes candidatos a cornos de verdade. Gente vamos abrir a mente, não precisa gostar/praticar, é só respeitar e não ficar dando desculpas carregadas de preconceito sobre o q não se conhece.

  • CRISTINA

    A respeito dos que dizem que isso não é papo de homem, não acham que tem q ser muito homem pra assumir gostar de ver a esposa com outro homem que não sejam vcs. Será que não seria a falta de autoconfiança e o medo da parceira encontrar algo melhor que justifique tanto falso moralismo e puritanismo da parte de alguns homens. Me desculpem mas talvez vcs sejam grandes candidatos a cornos de verdade. Gente vamos abrir a mente, não precisa gostar/praticar, é só respeitar e não ficar dando desculpas carregadas de preconceito sobre o q não se conhece.

  • CRISTINA

    Parabéns pelas opiniões, Gastão, Eliza e Patrícia, os comentários foram educados, não preconceituosos e esclarecedores.

  • CRISTINA

    Parabéns pelas opiniões, Gastão, Eliza e Patrícia, os comentários foram educados, não preconceituosos e esclarecedores.

  • Manero

    Tem dinheiro? Se não tem não vá, pois vai pasasr rídiculo!

  • Manero

    Tem dinheiro? Se não tem não vá, pois vai pasasr rídiculo!

  • Manero

    Tem dinheiro? Se não tem não vá, pois vai pasasr rídiculo!

  • cazzobrasilia

    Putz… nem vou flar do swing em si… fiquei abismado mesmo é com a ignorancia, violencia, virulencia… caraca… não é a toa que a gnete vê a violencia nas ruas.. ela ja existe dentro da cabeça das pessoas…
    Outra coisa que me deixa sempre chateado é a maneira como as pessoas escrevem.. caraca… não é nem a questão de escrever errado… é a total confusão mental… impressionante mesmo….

  • cazzobrasilia

    Putz… nem vou flar do swing em si… fiquei abismado mesmo é com a ignorancia, violencia, virulencia… caraca… não é a toa que a gnete vê a violencia nas ruas.. ela ja existe dentro da cabeça das pessoas…
    Outra coisa que me deixa sempre chateado é a maneira como as pessoas escrevem.. caraca… não é nem a questão de escrever errado… é a total confusão mental… impressionante mesmo….

  • cazzobrasilia

    Putz… nem vou flar do swing em si… fiquei abismado mesmo é com a ignorancia, violencia, virulencia… caraca… não é a toa que a gnete vê a violencia nas ruas.. ela ja existe dentro da cabeça das pessoas…
    Outra coisa que me deixa sempre chateado é a maneira como as pessoas escrevem.. caraca… não é nem a questão de escrever errado… é a total confusão mental… impressionante mesmo….

  • Renato

    Fiquei impressionado com a quantidade de comentários sobre o assunto. Me parece que a prática do swing é uma tendencia crescente, em contraponto ao casamento tradicional monogâmico e de certa forma hipócrita(sem generalizações,, pois toda generalização é burra. Sou divorciado, fui três vezes a casa de swing com amigas e voltaria ocasionalmente. Considero o ciúme muito próximo da posse e penso que o swing é apenas a ponta mais tradicional ate de uma nova revoluçao sexual que esta em andamento(sexo cada vez mais cedo, mulheres descobrindo que podem fazer sexo sem afeto, etc…). Se casasse novamente poderia fazer o ,suing ocasionalmente, até porque nunc a senti ciumes de minhas ex-companheiras. Enfim, penso que o swing, mesmo sendo uma tendencia cresente, está ligado a personalidade e gostos de cada um.

  • Renato

    Fiquei impressionado com a quantidade de comentários sobre o assunto. Me parece que a prática do swing é uma tendencia crescente, em contraponto ao casamento tradicional monogâmico e de certa forma hipócrita(sem generalizações,, pois toda generalização é burra. Sou divorciado, fui três vezes a casa de swing com amigas e voltaria ocasionalmente. Considero o ciúme muito próximo da posse e penso que o swing é apenas a ponta mais tradicional ate de uma nova revoluçao sexual que esta em andamento(sexo cada vez mais cedo, mulheres descobrindo que podem fazer sexo sem afeto, etc…). Se casasse novamente poderia fazer o ,suing ocasionalmente, até porque nunc a senti ciumes de minhas ex-companheiras. Enfim, penso que o swing, mesmo sendo uma tendencia cresente, está ligado a personalidade e gostos de cada um.

  • Renato

    Fiquei impressionado com a quantidade de comentários sobre o assunto. Me parece que a prática do swing é uma tendencia crescente, em contraponto ao casamento tradicional monogâmico e de certa forma hipócrita(sem generalizações,, pois toda generalização é burra. Sou divorciado, fui três vezes a casa de swing com amigas e voltaria ocasionalmente. Considero o ciúme muito próximo da posse e penso que o swing é apenas a ponta mais tradicional ate de uma nova revoluçao sexual que esta em andamento(sexo cada vez mais cedo, mulheres descobrindo que podem fazer sexo sem afeto, etc…). Se casasse novamente poderia fazer o ,suing ocasionalmente, até porque nunc a senti ciumes de minhas ex-companheiras. Enfim, penso que o swing, mesmo sendo uma tendencia cresente, está ligado a personalidade e gostos de cada um.

  • caero

    estamos casados a 18 anos temos filhos e uma familia muito feliz e digo mas experimentamos o swingr a alguns anos e curtimos
    swingr nao e so sexo e sim uma bela amizade entre casais como disse o amigo swing e para casais decididos e que estejam em perfeita armonia e um mundo que so quem participa e conhese sabe o respeito que se tem no meio swing sim traiçao nao .
    pois no meio swing se encontra muitos namorantes ond seu parseiro de casamento nao curte e o outro sae com um namorante para curtir swing onde e a fantasya dela pois por preconseitos bobos ou machistas ou ferministas acabam sendo traidos e nao trocam ideis a respeito do que o outro tem vontade ou nao

  • caero

    estamos casados a 18 anos temos filhos e uma familia muito feliz e digo mas experimentamos o swingr a alguns anos e curtimos
    swingr nao e so sexo e sim uma bela amizade entre casais como disse o amigo swing e para casais decididos e que estejam em perfeita armonia e um mundo que so quem participa e conhese sabe o respeito que se tem no meio swing sim traiçao nao .
    pois no meio swing se encontra muitos namorantes ond seu parseiro de casamento nao curte e o outro sae com um namorante para curtir swing onde e a fantasya dela pois por preconseitos bobos ou machistas ou ferministas acabam sendo traidos e nao trocam ideis a respeito do que o outro tem vontade ou nao

  • caero

    estamos casados a 18 anos temos filhos e uma familia muito feliz e digo mas experimentamos o swingr a alguns anos e curtimos
    swingr nao e so sexo e sim uma bela amizade entre casais como disse o amigo swing e para casais decididos e que estejam em perfeita armonia e um mundo que so quem participa e conhese sabe o respeito que se tem no meio swing sim traiçao nao .
    pois no meio swing se encontra muitos namorantes ond seu parseiro de casamento nao curte e o outro sae com um namorante para curtir swing onde e a fantasya dela pois por preconseitos bobos ou machistas ou ferministas acabam sendo traidos e nao trocam ideis a respeito do que o outro tem vontade ou nao

  • Tito

    Olá a todos.
    Sou casado a 22 anos, me dou super bem com minha esposa, transamos super bem tbém.Claro que ninguém é de ferro e de uns tempos pra cá temos trazido sempre “alguém fantasia” pra cama com a gente.Ora fazemos sexo entre nós mais uma “gata fantasia”, e aí faço tudo parecer o mais real possível, das minhas palavras no seu ouvido , do jeito que eu a toco, e vejo o seu desejo crescer, gemer e declarar que realmente quer,
    - Eu quero tesão, eu quero tesão.
    Outras vezes trago um “amigo fantasia”. Tipo ela transa com 2 H.Uso um vibrador penis super realista e ela goza e pede
    eu quero ! eu quero !.
    Sempre quis ir com ela a uma casa de swing, mas falta coragem pra sair da fantasia e cair na realidade.
    Mas, será que a fantasia virando realidade não vai deixar pra trás todo um tesão que se vive mesmo só de fantasias ?
    Caso algum casal, ou alguma gata ler meu comentário e entender, está convidado a nos conhecer melhor.
    Somos bonitos saudáveis com filhos e liberais.
    Somos apenas hiper super discretos.
    Sejam felizes, o que vale é ser feliz e gozar o tesão que buscamos.
    Tito

  • Tito

    Olá a todos.
    Sou casado a 22 anos, me dou super bem com minha esposa, transamos super bem tbém.Claro que ninguém é de ferro e de uns tempos pra cá temos trazido sempre “alguém fantasia” pra cama com a gente.Ora fazemos sexo entre nós mais uma “gata fantasia”, e aí faço tudo parecer o mais real possível, das minhas palavras no seu ouvido , do jeito que eu a toco, e vejo o seu desejo crescer, gemer e declarar que realmente quer,
    - Eu quero tesão, eu quero tesão.
    Outras vezes trago um “amigo fantasia”. Tipo ela transa com 2 H.Uso um vibrador penis super realista e ela goza e pede
    eu quero ! eu quero !.
    Sempre quis ir com ela a uma casa de swing, mas falta coragem pra sair da fantasia e cair na realidade.
    Mas, será que a fantasia virando realidade não vai deixar pra trás todo um tesão que se vive mesmo só de fantasias ?
    Caso algum casal, ou alguma gata ler meu comentário e entender, está convidado a nos conhecer melhor.
    Somos bonitos saudáveis com filhos e liberais.
    Somos apenas hiper super discretos.
    Sejam felizes, o que vale é ser feliz e gozar o tesão que buscamos.
    Tito

  • Tito

    Olá a todos.
    Sou casado a 22 anos, me dou super bem com minha esposa, transamos super bem tbém.Claro que ninguém é de ferro e de uns tempos pra cá temos trazido sempre “alguém fantasia” pra cama com a gente.Ora fazemos sexo entre nós mais uma “gata fantasia”, e aí faço tudo parecer o mais real possível, das minhas palavras no seu ouvido , do jeito que eu a toco, e vejo o seu desejo crescer, gemer e declarar que realmente quer,
    - Eu quero tesão, eu quero tesão.
    Outras vezes trago um “amigo fantasia”. Tipo ela transa com 2 H.Uso um vibrador penis super realista e ela goza e pede
    eu quero ! eu quero !.
    Sempre quis ir com ela a uma casa de swing, mas falta coragem pra sair da fantasia e cair na realidade.
    Mas, será que a fantasia virando realidade não vai deixar pra trás todo um tesão que se vive mesmo só de fantasias ?
    Caso algum casal, ou alguma gata ler meu comentário e entender, está convidado a nos conhecer melhor.
    Somos bonitos saudáveis com filhos e liberais.
    Somos apenas hiper super discretos.
    Sejam felizes, o que vale é ser feliz e gozar o tesão que buscamos.
    Tito

  • Marcelo

    Se vc é uma pessoa mais tradicional (diferente de ser conservadora), não tem interesse em sexo mais ousado, e principalmente é uma pessoa ciumenta, acredito que o swing não seja para vc, swing é para pessoas mais descontraidas, descoladas que gostam de fantasiar e realizar seus desejos, mas como foi dito por varios colegas acima exige uma enorme carga de cumplicidade de cada um, antes de pensar em ir a uma casa ou coisa parecida vc deve se conhecer primeiramente e tb o seu parceiro ou parceira para não ter problemas depois.

  • Marcelo

    Se vc é uma pessoa mais tradicional (diferente de ser conservadora), não tem interesse em sexo mais ousado, e principalmente é uma pessoa ciumenta, acredito que o swing não seja para vc, swing é para pessoas mais descontraidas, descoladas que gostam de fantasiar e realizar seus desejos, mas como foi dito por varios colegas acima exige uma enorme carga de cumplicidade de cada um, antes de pensar em ir a uma casa ou coisa parecida vc deve se conhecer primeiramente e tb o seu parceiro ou parceira para não ter problemas depois.

  • Marcelo

    Se vc é uma pessoa mais tradicional (diferente de ser conservadora), não tem interesse em sexo mais ousado, e principalmente é uma pessoa ciumenta, acredito que o swing não seja para vc, swing é para pessoas mais descontraidas, descoladas que gostam de fantasiar e realizar seus desejos, mas como foi dito por varios colegas acima exige uma enorme carga de cumplicidade de cada um, antes de pensar em ir a uma casa ou coisa parecida vc deve se conhecer primeiramente e tb o seu parceiro ou parceira para não ter problemas depois.

  • joão

    E fantástico o swing, é milenar faz bem para a libido de qualquer um,para os leigos é uma questão de quebrar o tabu de ser dono(a) do parceiro(a). Nos exitamos cada vez que vemos os “corpos” . Depois do swing nunca mais brigamos por siúme estupido, o que mais separa casais, Nunca nos traímos,ficamos felizes quando alguém nos dá em cima, corremos contar para o outro, com a auto estima alta. Cara você foi o máximo com esse Forum.
    Japa

  • joão

    E fantástico o swing, é milenar faz bem para a libido de qualquer um,para os leigos é uma questão de quebrar o tabu de ser dono(a) do parceiro(a). Nos exitamos cada vez que vemos os “corpos” . Depois do swing nunca mais brigamos por siúme estupido, o que mais separa casais, Nunca nos traímos,ficamos felizes quando alguém nos dá em cima, corremos contar para o outro, com a auto estima alta. Cara você foi o máximo com esse Forum.
    Japa

  • http://72999616 joão

    E fantástico o swing, é milenar faz bem para a libido de qualquer um,para os leigos é uma questão de quebrar o tabu de ser dono(a) do parceiro(a). Nos exitamos cada vez que vemos os “corpos” . Depois do swing nunca mais brigamos por siúme estupido, o que mais separa casais, Nunca nos traímos,ficamos felizes quando alguém nos dá em cima, corremos contar para o outro, com a auto estima alta. Cara você foi o máximo com esse Forum.
    Japa

  • marcio greik lamounier de sous

    boa noite pessoal.Apos ler alguns comentarios chequei a uma conclusão que o swing e sim um meio de interação entre os casais,pois como disse alguns comentarios (“quem não gostaria de da um pulo fora) sou casado a 04 anos eu e minha esposa fomos a uma casa de swing,achamos um ambiente bacana,pessoas bonitas e casais legais.Para poder criticar uma casa de swing ou casais que praticam tevemos ter o conhecimento do que se tranta swing.pois são pessoas maravilhosas,nao que diizer que vem vai a uma casa de swing que tem que trocar de casal ou fazer sexo,muito pelo contrario e um ambiente onde procuramos conhecer casais e pessoas legais para um bom papo ou algo mais dependendo da interação nos mesmos ate o presente momento nao trocamos casais mais ja fizemos sexo dentro da boate,casa etc onde pratica swing e deixamos varios casais ecitados.onde em momento algum houve troca de casal ou gente em cima gritando ou sei la.apenas observando e com muito respeito.O que procuramos em uma casa de swing ou casais liberais e o prazer independente que haja interação ou não.por isso nao devemos criticar sem conhecer.

  • marcio greik lamounier de sous

    boa noite pessoal.Apos ler alguns comentarios chequei a uma conclusão que o swing e sim um meio de interação entre os casais,pois como disse alguns comentarios (“quem não gostaria de da um pulo fora) sou casado a 04 anos eu e minha esposa fomos a uma casa de swing,achamos um ambiente bacana,pessoas bonitas e casais legais.Para poder criticar uma casa de swing ou casais que praticam tevemos ter o conhecimento do que se tranta swing.pois são pessoas maravilhosas,nao que diizer que vem vai a uma casa de swing que tem que trocar de casal ou fazer sexo,muito pelo contrario e um ambiente onde procuramos conhecer casais e pessoas legais para um bom papo ou algo mais dependendo da interação nos mesmos ate o presente momento nao trocamos casais mais ja fizemos sexo dentro da boate,casa etc onde pratica swing e deixamos varios casais ecitados.onde em momento algum houve troca de casal ou gente em cima gritando ou sei la.apenas observando e com muito respeito.O que procuramos em uma casa de swing ou casais liberais e o prazer independente que haja interação ou não.por isso nao devemos criticar sem conhecer.

  • marcio greik lamounier de sousa

    boa noite pessoal.Apos ler alguns comentarios chequei a uma conclusão que o swing e sim um meio de interação entre os casais,pois como disse alguns comentarios (“quem não gostaria de da um pulo fora) sou casado a 04 anos eu e minha esposa fomos a uma casa de swing,achamos um ambiente bacana,pessoas bonitas e casais legais.Para poder criticar uma casa de swing ou casais que praticam tevemos ter o conhecimento do que se tranta swing.pois são pessoas maravilhosas,nao que diizer que vem vai a uma casa de swing que tem que trocar de casal ou fazer sexo,muito pelo contrario e um ambiente onde procuramos conhecer casais e pessoas legais para um bom papo ou algo mais dependendo da interação nos mesmos ate o presente momento nao trocamos casais mais ja fizemos sexo dentro da boate,casa etc onde pratica swing e deixamos varios casais ecitados.onde em momento algum houve troca de casal ou gente em cima gritando ou sei la.apenas observando e com muito respeito.O que procuramos em uma casa de swing ou casais liberais e o prazer independente que haja interação ou não.por isso nao devemos criticar sem conhecer.

  • paulo

    somos casados e fizemos sexo a três uma ves, foi otimo, nao homosex, mais gosto de muito prazer, sei que é um tabú.
    Muitos que estao falando que saõ contra aqui , tem tabem diversas fantasias!

  • paulo

    somos casados e fizemos sexo a três uma ves, foi otimo, nao homosex, mais gosto de muito prazer, sei que é um tabú.
    Muitos que estao falando que saõ contra aqui , tem tabem diversas fantasias!

  • paulo

    somos casados e fizemos sexo a três uma ves, foi otimo, nao homosex, mais gosto de muito prazer, sei que é um tabú.
    Muitos que estao falando que saõ contra aqui , tem tabem diversas fantasias!

  • Amanda

    Bom Pra mim que tenho o relacionamento aberto, namoro a 4 anos e acho que já está na hora de esquentar a relação, adorei as dicas. Eu e meu parceiro já conversamos muito sobre o assunto, sabemos que rola um pouco de ciúme, mas se for pensar nos beneficios, vale a pena arriscar, já que somos tão amigos a ponto já comentarmos sobre outras pessoas gostosas que passam por nós e até mesmo inclui-lás nas nossas relações virtuais. Agora é só tomar coragem e mandar ver, acho que relacionamento perfeito é um confiar 100% no outro e realizar todas as fantasias, por mais malucas que sejam. Me diz, qual homem que não sonha com uma mulher assim?????

    • Marcel

      Olá Amanda!! Como é bom saber que existem pessoas com atitude e cabeça aberta nesse mundo cada vez mais alienado. Me add no seu msn para podermos trocar idéias. lordliberal@hotmail.com

      Marcel

    • pedro

      verdade Amanda eu sou um sonhador rsrsrsrs casado mas minha esposa não aceitaria tenho muita curiosidade de conhecer uma casa beijoss

    • kasal

      Amanda vc esta corretíssima o homem que nunca desejou ou deseja outra mulher são gays recalcados, vá conhecer uma casa de swing e vc verá que as coisas só acontece se vc quiser e o seu companheiro vai adorar com certeza, as pessoas que morre de medo de ir em uma casa é porque não tem confiança em si próprio ou tem medo de não conseguir controlar o seu lado hetero ou homo

  • Amanda

    Bom Pra mim que tenho o relacionamento aberto, namoro a 4 anos e acho que já está na hora de esquentar a relação, adorei as dicas. Eu e meu parceiro já conversamos muito sobre o assunto, sabemos que rola um pouco de ciúme, mas se for pensar nos beneficios, vale a pena arriscar, já que somos tão amigos a ponto já comentarmos sobre outras pessoas gostosas que passam por nós e até mesmo inclui-lás nas nossas relações virtuais. Agora é só tomar coragem e mandar ver, acho que relacionamento perfeito é um confiar 100% no outro e realizar todas as fantasias, por mais malucas que sejam. Me diz, qual homem que não sonha com uma mulher assim?????

  • Amanda

    Bom Pra mim que tenho o relacionamento aberto, namoro a 4 anos e acho que já está na hora de esquentar a relação, adorei as dicas. Eu e meu parceiro já conversamos muito sobre o assunto, sabemos que rola um pouco de ciúme, mas se for pensar nos beneficios, vale a pena arriscar, já que somos tão amigos a ponto já comentarmos sobre outras pessoas gostosas que passam por nós e até mesmo inclui-lás nas nossas relações virtuais. Agora é só tomar coragem e mandar ver, acho que relacionamento perfeito é um confiar 100% no outro e realizar todas as fantasias, por mais malucas que sejam. Me diz, qual homem que não sonha com uma mulher assim?????

  • ROGERIO

    SWING É PARA UMA RELAÇÃO MUITO SÓLIDA E UMA FORMA DE APIMENTAR AQUILO QUE JÁ É BOM.
    NÃO TRAIO A MINHA MULHER, NÃO TENHO VONTADE, POIS TODAS AS MINHAS FANTASIAS ELA ESTÁ COMIGO E EU COM ELA. NÃO FUMO, NÃO BEBO, NUNCA USEI DROGAS E SOMOS PESSOAS NORMAIS A CIMA DE QUALQUER SUSPEITA, NOS RESPEITAMOS MUITO, SE ALGUÉM ME DÁ MOLE CONTO PRA ELA E ELA VICE VERSA. SEI QUE NÃO SOU CORNO.
    APROVO MUITO O SWING!!!!!!!!!

  • ROGERIO

    SWING É PARA UMA RELAÇÃO MUITO SÓLIDA E UMA FORMA DE APIMENTAR AQUILO QUE JÁ É BOM.
    NÃO TRAIO A MINHA MULHER, NÃO TENHO VONTADE, POIS TODAS AS MINHAS FANTASIAS ELA ESTÁ COMIGO E EU COM ELA. NÃO FUMO, NÃO BEBO, NUNCA USEI DROGAS E SOMOS PESSOAS NORMAIS A CIMA DE QUALQUER SUSPEITA, NOS RESPEITAMOS MUITO, SE ALGUÉM ME DÁ MOLE CONTO PRA ELA E ELA VICE VERSA. SEI QUE NÃO SOU CORNO.
    APROVO MUITO O SWING!!!!!!!!!

  • ROGERIO

    SWING É PARA UMA RELAÇÃO MUITO SÓLIDA E UMA FORMA DE APIMENTAR AQUILO QUE JÁ É BOM.
    NÃO TRAIO A MINHA MULHER, NÃO TENHO VONTADE, POIS TODAS AS MINHAS FANTASIAS ELA ESTÁ COMIGO E EU COM ELA. NÃO FUMO, NÃO BEBO, NUNCA USEI DROGAS E SOMOS PESSOAS NORMAIS A CIMA DE QUALQUER SUSPEITA, NOS RESPEITAMOS MUITO, SE ALGUÉM ME DÁ MOLE CONTO PRA ELA E ELA VICE VERSA. SEI QUE NÃO SOU CORNO.
    APROVO MUITO O SWING!!!!!!!!!

  • Moisés

    Junto com o passar dos anos, tudo o que é considerado bizarro, imoral, asqueroso e anti-ético, vai ganhando espaço entre as pessoas a passam a ser caracterizadas como ”naturalidade” pelas mesmas. Cada vez que paro e olho para o mundo ao meu redor, vejo um mundo mais imundo, nojento, imoral, sem vergonha, repulsivo e asqueroso.

  • Moisés

    Junto com o passar dos anos, tudo o que é considerado bizarro, imoral, asqueroso e anti-ético, vai ganhando espaço entre as pessoas a passam a ser caracterizadas como ”naturalidade” pelas mesmas. Cada vez que paro e olho para o mundo ao meu redor, vejo um mundo mais imundo, nojento, imoral, sem vergonha, repulsivo e asqueroso.

  • Moisés

    Junto com o passar dos anos, tudo o que é considerado bizarro, imoral, asqueroso e anti-ético, vai ganhando espaço entre as pessoas a passam a ser caracterizadas como ”naturalidade” pelas mesmas. Cada vez que paro e olho para o mundo ao meu redor, vejo um mundo mais imundo, nojento, imoral, sem vergonha, repulsivo e asqueroso.

  • chelão

    Brasil 2010… alienação… promiscuidade… e comodismo.
    Uma pá de burgues filho da puta pra explanar ideia furada… E se identificar com quem si rende as suas fraquesas. Com o excesso de sedução nas propagandas, nas simpatias forçadas do dia dia, a maioria não sabe lidar com esses impulsos impuros e acaba nessa putaria pensando não estar errado. Como quem forma opinião e te questiona: Mas o que é certo e o que é errado?? O certo não é ser fiel ao amor verdadeiro e proteger aquilo que tem valor… O certo é trair com o conscentimento. Ja que não tem sentimento si rende as atrações pelas vaidades escrotas de quem imbute no comportamentos falsidades que seduzem. Isso que é certo… Foda-se o mundo as coisas que deveriamos buscar… Vamos aceitar o que a novela nos fala… Os padres serem pedófilos… Os estupradores se especializarem. Usem roupas provocativas… Leiam livros da bruna surfistinha e defenda a puta da Geise… Aproveite e “estravasaa.. libera e joga tudo pro ar” que nem diz a vaca leiteira da Claudia Leite. Que vendendo entretenimento propaga essa putaria que voces acham bonito contar historia pra quem não presta atenção nem no que pensa. Quanto mais no que alguem escreve aqui nessa merda ! Bando de playboy filho da puta do caralho !

  • Manuh

    meu ex namorado me fez uma proposta de dividimos uma mulher na cama, eu eu aceitei, mas acebei perdendo o contato com ele, quando terminamos por motivos pessoais, mas um dia experimentarei sexo a três.

  • Tt

    A modernidade do nosso século cada dia me surpreende, não sou a favor ( Respeito).

  • Cabongo

    Legal o artigo. Bem resumido. Eu e minha esposa temos a fantasia, mas concordamos que vamos deixar acontecer naturalmente. Casais em crise muito cuidado. Se resolvam antes de partir para essa sacanagem gostosa. Acredito (posso estar errado) que, quanto mais cumplicidade e amizade entre o casal, maiores as chances de dar tudo certo. Como o autor escreveu se informe bem. Rola de tudo nesse meio.

  • Marcel

    Galera!! O que me surpreendeu nas respostas, foi que mesmo os que dizem que são contra, tem curiosidade de conhecer, ou de experimentar, mas dizem que não têm coragem. Ora, não sejamos hipócritas, passar a vida inteira reprimindo seus desejos, lendo posts sobre coisas que gostaria de fazer e de realizar, e fazendo comentários preconceituosos sobre o que tem curiosidade é demais pra minha cabeça. A sociedade realmente está muito puritana e deixando as pessoas cada vez mais medrosas quanto ao que desejam realizar. Estamos mais preocupados com que os outros pensarão a nosso respeito e nos esquecemos de quem somos. Gente, a vida é curta, e não sabemos se viveremos novamente para fazer o que gostaríamos!! Tudo na vida é experiência, e mais vale se arrepender do que fez, do que ficar se remoendo pelo que não fez. E pra finalizar, nunca fui à uma casa de swing, mas adoraria!!!

  • Tiago

    Cara! Legal o seu artigo. Estarei aguardando o próximo pois sou um cara solteiro que está louco pra ir em uma casa de swing e até agora não achei ninguem interessante pra em uma. Estarei aguardando o próximo artigo para os homens solteiros que estão afim de ir em uma casa de swing. Falou e um abraço!

  • Trilhacross

    eu quero…

  • Pepbelpa

    Vocês tem que aprender muito devem ser todos criancinhas imaturas. Todos falsos moralistas e hipocritas

  • Thallesrio

    monte de louco, se vcs nao gostam de swing( como muitos q blogaram ) pq estao sempre visitando o blog? aceite a sua realidade e GOZA

  • Casal triunfo

    nossa… quantas opinioes estou de bok aberta…
    bom somos adeptos do swing a 3 anos…
    e como ja disse nosso amigo ai swing é um esporte radical, posso dizer p vcs q meu casamento melhorou em 100% depois q entramos p o swing (nao q nao fosse bom antes) mas nos tornamos muito mais amigos, parceiros, companheiros…
    claro nem tudo sao flores mas no geral é muito bom…
    nao estou fazendo apologia ao swing só estou dando minha opiniao…
    estou apavorada com alguns comentarios preconceitosos aqui, achei q encontraria um monte de caras dizendo q adorariam entrar nessa…

  • gabryella gomes

    se todos os casais soubesse oque é bom hummmm nao perderia a oportunidade nunca em estar em um swing, pois mudou minha vida, meu casamento de 10 anos se renova a cada dia e sempre parece q somos recem casados mais com uma convivencia formidavel, amo ver ele tocar outra mullher participar disso me deixa muito excitada…. eu recomendo

  • Felipe-n-20

    ae servo de deus se eh contra ta fazendo oke pesquisando o assunto?

  • Eliabe Jose

    Eu e minha esposa fomos praticantes do swing por aproximadamente
    dois anos, e nesse tempo constatamos que o swing não faz bem ao casal casado
    que se ama e se respeita.

    Sempre tivemos um critério muito claro, primeiro criávamos amizade,
    com isso conhecemos muitos casais com perfis dos mais diversos, desde os casais
    profissionais promoters de festa liberais, passando por casais montados de
    homens casados com amante ou garota de programa, até casais adolescentes que ainda
    namoravam. Todos tinham a mesma característica: Viver intensamente seus desejos
    carnais, fazer sexo sem compromisso.

    Existem muitos argumentos para se praticar o swing. Alguns dizem
    que salvou seu casamento da rotina e da mesmice, outros que o sexo melhora muito.
    Porém swing não salva casamentos, apenas mascara o real problema. Geralmente o
    cara já traia a esposa, fato é que 99,9% dos casos é o homem que sugere. No
    meio a maioria das mulheres dizem ser bissexual, essa prática é comum, pois a
    mulher sente-se mais segura tocando em outra do que se entregar para outro. Algumas
    vezes elas se dizem bi apenas por conveniência e insistência do marido.

    O principal argumento de quem entra para a permissividade de
    uma vida sexual liberal é o de que fazer swing não é traição. O problema é que a
    traição não se trata apenas de algo físico, mas também mental. A traição
    acontece no corpo e também na alma. Fazer sexo com outra pessoa que não seja
    nosso cônjuge, mesmo permitido, é no mínimo egoísta. No swing agimos por instintos
    e nos tornamos animalescos e insensíveis ao sentimento alheio.

    Sem perceber se faz um culto ao corpo e ao sexo, eles tornam-se
    um altar no relacionamento. No inicio tudo é maravilhoso e o relacionamento
    parece passar por um upgrade. Depois de um tempo o apetite insaciável do corpo
    aumenta e se torna incontrolável. Os dois querem novas experiências cada vez
    mais depravadas e sem sentido. O sexo é uma das forças mais poderosas da
    natureza e se deixarmos ele nos domina por inteiro.

    Aos poucos nossa esposa vira moeda de troca. Por mais sutil
    que pareça, nossa esposa se torna uma espécie de objeto, ela já não se cuida
    para o marido, alias, alguns maridos nem reparava na esposa, somente agora, com
    o swing ela tornou-se bela e maravilhosa. Daí ela busca emagrecer, ficar mais e
    mais bonita, não por uma pratica saudável para o seu marido, mas para os outros
    ou outras, seu parceiro não é mais seu, é de todos.

    O voto sacramentado do casamento é desfeito. O amor torna-se
    parcial, frágil e egoísta. Troca-se não apenas os parceiros, mas também doenças
    venéreas, mentais e espirituais. Os filhos percebem e sente que algo mudou, o
    casal parece feliz e realizado, mas na verdade é algo momentâneo e passageiro. Com
    o tempo as consequências serão devastadoras.

    O casal esquece que vai envelhecer, se envelhecerem juntos
    vão perceber o vazio que foi a vida liberal, cultuaram o sexo e deixaram muitas
    outras pequenas alegrias do dia-a-dia passar despercebidas.

    Hoje já existe uma indústria especializada em sexo para
    casais. Filmes ensinando entrar para o universo liberal, sites de relacionamentos,
    salas de bate papo e as famosas boates para casais. Fazendo do casal mais um
    produto a ser explorado.

    Se você é um casal curioso para conhecer o mundo liberal,
    saiba de uma vez por todas que esse meio não é para casais que se ama e se
    respeita. Mesmo que digam que se ama, perderam a ideia de amor e respeito,
    inverteram os valores. Como eles dizem: “Swing é brincadeira de adulto.” Eu
    digo por experiência: “Swing é para adulto que perdeu a referencia familiar e
    matrimonial.”

    Se você é um casal já no meio liberal, tente esse teste
    simples, se isso não te domina como uma droga tente ficarem três meses sem
    swing. Não vale por motivo de doença ou gravidez, muitos se ausentam do meio
    por esses motivos. Mas tentem se curtir sem fantasiar outros em vossa cama. Se não
    conseguir é porque já estas como um inseto indefeso na teia da aranha.

    Hoje junto os pedaços do meu relacionamento. Estou
    reaprendendo as coisas mais simples de um relacionamento sadio, reaprendendo
    amar sem barganhas e interesses egoístas. Reaprendendo a amar sem querer nada
    em troca, querer apenas o outro. Isso basta para ser feliz até que a morte nos
    separe.

  • louize

    Olá sempre tive vontade de participar de um encontro desses cidi
    decidi ir mas como estava sem namorado convidei
    meu ex marido e ele adorou minha vida mudou muito
    depois dessa experiencia sou muito mais realizada.

  • sincero

    Vc e’ hipocrita!!! Citou varias passagens biblicas mas ta vasculhando blog de swing e agora vai dizer q e’ so’ curiosidade!!! Triste do homem q for te comer! Deve ser um freezer na maior potencia.

    • kasal

      verdade concordo plenamente fala como um pastor e fica postando em site de casais liberais hipocrisia pura

  • Lorrana

    Adorei o post.
    Pratico swing a pouco tempo mas se soubesse o quanto é bom ja teria começado a anos.

  • Anônima

    Este foi meu caso…sou casada a 15 anos e sempre fantasiamos um outro na nossa cama, enfim resolvemos por em prática.Fomos a primeira vez e foi constrangedor, mas gostoso muita gente; altas hrs td liberado…transei com um solteiro, chupei outros e por último foi um casal mas não rolou até o fim. Fomos a 2ª vez num outro dia da semana e era um thermas fiquei meio bolada…muita mulher pelada e tal não me senti à vontade…então resolvemos voltar numa outra noite de casais pois achava que meu marido deveria aproveitar tb e acredito que este foi meu maior erro pois falei isso pra ele e ele não gostou…brigamos e ele desistiu de estar neste meio(swing). Eu conversei com ele pois rolou muito estresse; depois disso e senti da seguinte forma: não sei se me sentiria à vontade se ele estivesse com outra mulher…mas ao mesmo tempo não achava justo eu ter saído com outro cara e ele não ter aproveitado.

    Bom, terminando meu relato é mto gostoso mas mto arriscado tb…pois vc sabe à riscos de doenças e várias outras coisas…não sei como vai ser daqui pra frente se um dia ele vai querer voltar eu até gostaria, foi bom!!

  • ca

    Depois que eu e meu noivo começamos, nao conseguimos mais parar, e eu particularmente, adooooro ver ele com outra, beijando, roçando e etc. me excita, sou corninha assumida :p

  • pauloeamanda

    olha, nos após muita conversa e vontade resolvemos ir a uma casa de swing, no primeiro dia foi muito bom, o clima era gostoso casais fazendo sexo a vontade, muita pegação, chupadas dedadas e etc. Minha esposa e eu demonstrando felicidade com o que víamos e sentíamos, transamos até numa cabine com portinha para sermos acariciados, e claro, ela foi muito e adorou a sensação. Resolvemos voltar no dia seguinte para participar mais daqueles momentos inesquecíveis e prazerosos, e isso aconteceu, entramos na mesma cabine e nos, em conjunto, resolvemos convidar alguém para participar da festinha, e claro, ela foi as nuvens e eu gostei do que estava vendo e sentindo(todo era diferente e prazeroso e com muito tesão), ela nem sabia o rosto do sujeito, nos gozamos muito. Tudo foi tão bom que resolvemos voltar no dia seguinte também, e fazer mais coisas que ainda não tínhamos feito(acho que já estávamos alucinados ou viciados vendo e sentindo o que todos querem, poucos tem coragem e quase ninguém e sincero quando se fala ou não nesse assunto. no terceiro dia a casa estava fazia (era domingo) porem fizemos tudo novamente, entramos numa sala com alguns casais se pegando outros com as mulheres entrelaçadas e os parceiro com a p. na mão acariciando e as vezes colocando nelas, tudo muito excitante e nos dava muito tesão, resolvemos sair e entrar naquela cabine de novo (com portinha), aconteceu de novo, muita passada de mão, dedadas, minha esposa alucinada com as mãos de 3 ou 4 caras ao mesmo tempo acariciando, ela ficou louca de tesão e isso aparentemente me agradava ( vendo ela feliz e tendo aquele prazer proibido, que toda mulher sonha, mas não assume que deseja e tem essa fantasia).
    Chegamos em casa, e tudo parecia ir muito bem, uma chama enorme acesa, um fogo avassalador ( ela dizia para mim: nossa pude realizar uma fantasia que toda mulher tem ao lado do meu grande amor e proporcionado muito prazer pra você também, e era o verdadeiro pensamento dela).
    Moral dessa historia: hoje é terça feira (já se passaram 2 dias) não esqueço das cenas que vi, acho que entreguei o amor da minha vida para os outros, fomos longe demais, uma experiência inesquecível para os dois: ela se sentindo a mais desejada das mulheres e eu feliz por isso porém achando que o cristal se quebrou.
    Não consigo mais transar com minha esposa e estou me separando, o sonho acabou na melhor parte, que pena.
    ISSO SÓ É UM RELATO DA MINHA EXPERIÊNCIA, CADA UM E CADA UM.

  • Sandrinha

    Meu marido ja me fez esta prosposta por várias vezes e não quis escuta-lo. Hoje depois de muito conversarmos e depois de ver meu casamento em crise, topei sair com outro homem ou fazer swing, mas de verdade, topei porque estou com muita vontade e fico excitada quando falamos no assunto. nosso sexo melhorou bastante só em conversarmos sobre o assunto, mas nosso casamento continua na corda bamba. Será que ao realizarmos nossa fantasia poderemos voltar a ser um casal com mais cumplicidade, amizade, ou um casal sem crise?

  • FERNANDO

    SOU SOLTEIRO E GOSTARIA MUITO DE FAZER SWING COM UM CASAL SE QUISEREM MANDO MEU TEF 966048150 SOU DE CHAVES NAO TENHA PROBLEMAS VAMOS AO PRAZER

  • Manuela

    Gostei da matéria, pessoas que vivem o assunto podem aconselhar. Tem pessoas que são hipócritas e não tem coragem de expor o que querem e muito menos o que sente.
    Estou lendo sobre o assunto, quero saber tudo e tentar, com meu parceiro.
    Quando nos conhecemos sabia de cara que ele era “cabecinha boa”, foi só dar a dica e a coisa ferveu.
    Mas fantasiar é uma coisa , pegar na real é algo que tem que ser estrategicamente pensado, para ninguém se magoar. Como nosso caso sexo e intimidade é ótimo, acho que correrá tudo bem.
    Gostei do site e me inscrevi para msgs.
    Me conte tudo que puderem.
    bjus
    Manuela

Papo de homem recomenda

Assine o Papo de homem