Socorro! Mamãe me fo-deu.

Dr. Love

por
em às | Colunas, Dr. Love


Pergunta:“Olá, Dr Love. Descobri esse blog recentemente, e estou adorando. Gostaria muito de desabafar, e saber sua opinião sobre isso.

Eu tive um pai muito ignorante, que foi completamente ausente com os seus filhos. Minha única companhia na infância foi a minha mãe, que me usava como seu confidente particular. O problema é que ela vivia criticando o meu pai, xingando ele de todos os nomes possíveis, criticando o seu jeito de ser e me dizendo que ‘homem é tudo safado mesmo’.

E então, eu, um menino dócil que faria de tudo para agradar a mãe, acabei dizendo para mim mesmo que eu não seria ignorante igual o meu pai, eu seria um homem gentil, legal, não seria violento nem brigaria com ninguém.

Resultado: eu me tornei o saco de pancada dos colegas, fiquei mais triste e idiota com isso e tomo antidepressivos há dez anos.

Eu sequer tenho certeza da minha sexualidade, pois eu curto revistas em quadrinhos e tenho um monte de desenhos de homens másculos e fortões no meu computador, sem contar que
eu nunca transei com uma garota na minha vida (detalhe: eu tenho 28 anos).

Você acha que a falta de um pai e uma infância traumática influenciam tanto assim na personalidade da pessoa?

Pode me xingar à vontade, eu já me acostumei.”

- Bucicleide

Caro Bucicleide,

a sua vontade de apanhar é tão submissiva e patética que chega a me dar nojo, não tenho vontade de bater em cachorro com o cú virado pra cima.

maes

Distância. O mais saudável ingrediente de qualquer relação.

Vou começar te dando um pouco de sabedoria da vida. Pai e mãe são figuras com as quais temos vínculos cuja força só compreendemos claramente no dia de nossa morte. Você ser produto de uma gosma branca que invade uma bolinha de gude microscópica cria uma relação instantânea e absolutamente única com eles.

A sua mãe realmente fodeu – e botem um F maiúsculo aqui – com sua cabeça. O grande sacana da história não é seu pai. Fazer um filho de confidente é a tortura chinesa de alto calibre, que a grande maioria das mães solterias carentes justifica como uma relação de “profundo amor e cumplicidade”.

Caralho! Seria lindo, se o filhinho delas não tivesse um saco e um pau no meio das pernas. Estamos vivendo uma feminilização da sociedade e ninguém faz porra de merda nenhuma, o processo já está socialmente aceito. Lembram do açougue da mamãe moderna? Pois então, o Bucicleide é a vítima padrão, exposta nessa jaulinha virtual que é um post da minha coluna.

Apreciem, o próximo a estrelar aqui pode ser você, seu primo, seu melhor amigo, ou, muito provavelmente, seus filhos e netos.

Como se não bastasse ela ter te feito confidente, ainda entupiu sua cabeça de associações como “pai safado, sacana, filho da puta, grosso”. No entanto, por mais que negue, o amor paterno está(eve) presente. A conexão é direta. Você sempre quis se relacionar, quis conhecer, ser amado, ser objeto de orgulho, para um pai “safado, sacana, filho da puta, grosso”.

Sua pulsão sexual reprimida com requintes cor de rosa acrescentados pela mommy tem uma ponte direta com o anseio por uma figura masculina forte.

O grande e maravilhoso resultado? Um virgem de 28 anos com wallpaper do Colin Farrell que sonha em ser sodomizado publicamente num gang-bang, levando tapa na cara e sendo chamado de Lassie.

No final das contas, a real importância de se determinar um culpado é nula. A vida te deu um par de limões podres, mas eles estão na sua mão agora e não dá pra devolver. Ou você faz limonada ou vai passar sede no deserto. Reclamar do passado é pras mulherzinhas.

jump

Vai ter que aguentar o tranco sozinho nessa, campeão.

A sua sexualidade hoje tem tanto rumo quanto uma barqueta sem vela solta no meio do Triângulo das Bermudas. Qualquer ondinha mais forte e você pode muito bem começar a fazer sexo com a samambaia do jardim.

Faz o seguinte, separa uma grana e vai num puteiro foda comer uma mulher. Vai tranquilo, sem pressa. Toma uns whiskys e deixa ela fazer de tudo. Vê se o pau levanta. Você pode ser viado, macho, bi, pan. Mas não comece descambando para as vielas antes de testar a rua principal.

Você está preso numa rede de traumas e ciclos de auto-depreciação profundos, bucicleta. Sua única salvação é a mais intensa terapia de choque imaginável. Porres, viagens, transformações, foda-ses, brigas, experimentar os extremos e, principalmente, cortes. De duas uma: vai cair abismo abaixo ou vai ver o inferno de perto e recobrar os sentidos. Role os dados.

Dr. Love, consultor amoroso e cachorrão nas horas vagas

Dr. Love

Consultor amoroso e cachorrão nas horas vagas.


Outros artigos escritos por

Somos entusiastas do embate saudável

O texto acima não representa a opinião do PapodeHomem. Somos um espaço plural, aberto a visões contraditórias. Conheça nossa visão e a essência do que fazemos. Você pode comentar abaixo ou ainda nos enviar um artigo para publicação.


EXPLODA SEU EMAIL

Enviamos um único email por dia, com nossos textos. Cuidado, ele é radioativo.


TEXTOS RELACIONADOS

Queremos uma discussão de alto nível, sem frescuras e bem humorada. Portanto, leia nossa Política de Comentários.


  • http://paralembrarouesquecer.blogspot.com/ Carla

    Mãe dominadora + pai ausente = prato cheio para os terapeutas.

    Guardar um $$$ pra psicanálise (depois da terapia de choque, lógico), também ajuda.

    Boa sorte, sinceramente.

    :*

  • http://paralembrarouesquecer.blogspot.com/ Carla

    Mãe dominadora + pai ausente = prato cheio para os terapeutas.

    Guardar um $$$ pra psicanálise (depois da terapia de choque, lógico), também ajuda.

    Boa sorte, sinceramente.

    :*

  • http://paralembrarouesquecer.blogspot.com/ Carla

    Mãe dominadora + pai ausente = prato cheio para os terapeutas.

    Guardar um $$$ pra psicanálise (depois da terapia de choque, lógico), também ajuda.

    Boa sorte, sinceramente.

    :*

  • http://paralembrarouesquecer.blogspot.com/ Carla

    Mãe dominadora + pai ausente = prato cheio para os terapeutas.

    Guardar um $$$ pra psicanálise (depois da terapia de choque, lógico), também ajuda.

    Boa sorte, sinceramente.

    :*

  • http://paralembrarouesquecer.blogspot.com Carla

    Mãe dominadora + pai ausente = prato cheio para os terapeutas.

    Guardar um $$$ pra psicanálise (depois da terapia de choque, lógico), também ajuda.

    Boa sorte, sinceramente.

    :*

  • Sabbre

    “Mas não comece descambando para as vielas antes de testar a rua principal.”
    Cara, essa frase explica tudo.. excelente post…

  • Sabbre

    “Mas não comece descambando para as vielas antes de testar a rua principal.”
    Cara, essa frase explica tudo.. excelente post…

  • Sabbre

    “Mas não comece descambando para as vielas antes de testar a rua principal.”
    Cara, essa frase explica tudo.. excelente post…

  • Sabbre

    “Mas não comece descambando para as vielas antes de testar a rua principal.”
    Cara, essa frase explica tudo.. excelente post…

  • mrv

    E que isso sirva de lição para as presentes e futuras mamães leitoras da PdH.

    Pode ser difícil no caso do colega, mas ainda tem jeito de arrumar o estrago.

  • mrv

    E que isso sirva de lição para as presentes e futuras mamães leitoras da PdH.

    Pode ser difícil no caso do colega, mas ainda tem jeito de arrumar o estrago.

  • mrv

    E que isso sirva de lição para as presentes e futuras mamães leitoras da PdH.

    Pode ser difícil no caso do colega, mas ainda tem jeito de arrumar o estrago.

  • mrv

    E que isso sirva de lição para as presentes e futuras mamães leitoras da PdH.

    Pode ser difícil no caso do colega, mas ainda tem jeito de arrumar o estrago.

  • mrv

    E que isso sirva de lição para as presentes e futuras mamães leitoras da PdH.

    Pode ser difícil no caso do colega, mas ainda tem jeito de arrumar o estrago.

  • diva

    O negocio é fazer terapia e EXPERIMENTARRRRR de tudo um pouco e sem medo

  • diva

    O negocio é fazer terapia e EXPERIMENTARRRRR de tudo um pouco e sem medo

  • diva

    O negocio é fazer terapia e EXPERIMENTARRRRR de tudo um pouco e sem medo

  • diva

    O negocio é fazer terapia e EXPERIMENTARRRRR de tudo um pouco e sem medo

  • diva

    O negocio é fazer terapia e EXPERIMENTARRRRR de tudo um pouco e sem medo

  • Fabio

    Cara, minha história de vida é parecida com a sua, com muitas semelhanças: mãe dominadora e pai ausente. Resultado = orientação sexual confusa.

    Algumas sugestões, segundo minha terapeuta:
    1) Distância: como bem disse Dr. Love, afaste-se fisicamente de sua mãe. No popular: saia da barra da sua mãe. Ganhe sua independência. Você só vai descobrir sua sexualidade estando longe dela.
    2) Conheça novas coisas: experimente novas situações, conheça pessoas novas. Relacione-se com quem você gosta. Tire seus desejos da mente, coloque-os em prática. Você vai descobrir que pode gostar, ou não, de algumas coisas. Baseado nessas experiencias, você vai definir sua sexualidade.

    Boa sorte pra ti!

  • Fabio

    Cara, minha história de vida é parecida com a sua, com muitas semelhanças: mãe dominadora e pai ausente. Resultado = orientação sexual confusa.

    Algumas sugestões, segundo minha terapeuta:
    1) Distância: como bem disse Dr. Love, afaste-se fisicamente de sua mãe. No popular: saia da barra da sua mãe. Ganhe sua independência. Você só vai descobrir sua sexualidade estando longe dela.
    2) Conheça novas coisas: experimente novas situações, conheça pessoas novas. Relacione-se com quem você gosta. Tire seus desejos da mente, coloque-os em prática. Você vai descobrir que pode gostar, ou não, de algumas coisas. Baseado nessas experiencias, você vai definir sua sexualidade.

    Boa sorte pra ti!

  • http://avidasecreta.com/ B – A Vida Secreta

    Putz… É difícil acreditar que uma pessoa (real) procure ajuda para este tipo de resposta com o Dr. Love. (Sorry Dr. sabe que te adoro, mas…) Não sei se acredito que se o Bucicleide exista, procuraria resposta para seus problemas aqui, mas… Vamos lá… Tia B. vai falar um pouquinho.

    1 – Procure um psicoterapeuta. O sitema público de saúde oferece este programa gratuito. E se é meio complicado em sua cidade, procure universidades que ofereçam o curso de psicologia, quase todas oferecem este serviço a preços bem acessíveis.

    2 – Existem mais homens virgens (ou praticamente virgens) na casa dos 20 do que sonha a nossa vã filosofia. Não é normal e nem anormal. Simplesmente existe. E isso não seria problema algum se não te incomodasse, mas como incomoda, volte à dica n° 1.

    3 – Um homossexual não deseja apenas homens fortes de quadrinhos, ele fantasia (sonha realizar) muito mais do que isso, acredite. No entanto, se for um caso típico de masoquismo, este não apenas manipula o mundo para que pensem que é a vítima, como ainda fica de pau duro por isso. O que também não teria mal agum, em nenhuma das duas alternativas, se não causasse sofrimento, do contrário, volte à alternativa n° 1 de novo.

    Portanto, se Bucicleide existe realmente, o melhor seria a psicoterapia, e falar nela a verdade, toda a verdade. No fim das contas a gente acaba percebendo que um pai ou uma mãe podem até foder com a cabeça da gente, mas sempre há uma maneira de dar um jeito nisso. Na vida, só não tem jeito para a morte.

  • http://avidasecreta.com B – A Vida Secreta

    Putz… É difícil acreditar que uma pessoa (real) procure ajuda para este tipo de resposta com o Dr. Love. (Sorry Dr. sabe que te adoro, mas…) Não sei se acredito que se o Bucicleide exista, procuraria resposta para seus problemas aqui, mas… Vamos lá… Tia B. vai falar um pouquinho.

    1 – Procure um psicoterapeuta. O sitema público de saúde oferece este programa gratuito. E se é meio complicado em sua cidade, procure universidades que ofereçam o curso de psicologia, quase todas oferecem este serviço a preços bem acessíveis.

    2 – Existem mais homens virgens (ou praticamente virgens) na casa dos 20 do que sonha a nossa vã filosofia. Não é normal e nem anormal. Simplesmente existe. E isso não seria problema algum se não te incomodasse, mas como incomoda, volte à dica n° 1.

    3 – Um homossexual não deseja apenas homens fortes de quadrinhos, ele fantasia (sonha realizar) muito mais do que isso, acredite. No entanto, se for um caso típico de masoquismo, este não apenas manipula o mundo para que pensem que é a vítima, como ainda fica de pau duro por isso. O que também não teria mal agum, em nenhuma das duas alternativas, se não causasse sofrimento, do contrário, volte à alternativa n° 1 de novo.

    Portanto, se Bucicleide existe realmente, o melhor seria a psicoterapia, e falar nela a verdade, toda a verdade. No fim das contas a gente acaba percebendo que um pai ou uma mãe podem até foder com a cabeça da gente, mas sempre há uma maneira de dar um jeito nisso. Na vida, só não tem jeito para a morte.

  • Pecando ao usar as PALAVRAS

    Bom meu caro, Bucicleide.
    Acredito que qualquer pessoa, por mais normal que seja, passa por uma fase de dúvidas, mas essa sua permanece até seus 28 anos, caramba.
    Procure urgente um psicoterapeuta.
    É claro que ele vai te sugerir um tratamento de choque, mas não com uma voltagem tão alta quanto ao tratamento do Dr. Love.
    Por falar nisso, Dr. Love gosto muito de seus posts.

  • Pecando ao usar as PALAVRAS

    Bom meu caro, Bucicleide.
    Acredito que qualquer pessoa, por mais normal que seja, passa por uma fase de dúvidas, mas essa sua permanece até seus 28 anos, caramba.
    Procure urgente um psicoterapeuta.
    É claro que ele vai te sugerir um tratamento de choque, mas não com uma voltagem tão alta quanto ao tratamento do Dr. Love.
    Por falar nisso, Dr. Love gosto muito de seus posts.

  • http://aterrovirtual.blogspot.com/ Rafael TX

    ae Bucicleide, se tiver lendo isso aki cara segue aew oq o DR disse cara,vaza de perto da sua mãe e vai conhecer caras,isso mesmo, é pra conhecer homens porque voçe ta acostumado em ver as mulheres como amigas e companheiras e não como “femeas”,isso não vai acontecer de uma só vez, vai levar um tempo, porem assim que as coisas funcionam, tudo na vida leva tempo, e tudo se da um jeito,voçe não sabe como viver com as mulheres as tratando como “femeas”,mas voçe vai aprender e pra isso voçe precisa de sair com homens,como se fosse um laboratorio,mais não vai ser um personagem macho que voçe vai fazer e sim uma vida de macho que voçe irá seguir.
    e boa sorte….

    • FILHO DE PAI AUSENTE

      É isso aí cara, é isso mesmo.

  • http://aterrovirtual.blogspot.com/ Rafael TX

    ae Bucicleide, se tiver lendo isso aki cara segue aew oq o DR disse cara,vaza de perto da sua mãe e vai conhecer caras,isso mesmo, é pra conhecer homens porque voçe ta acostumado em ver as mulheres como amigas e companheiras e não como “femeas”,isso não vai acontecer de uma só vez, vai levar um tempo, porem assim que as coisas funcionam, tudo na vida leva tempo, e tudo se da um jeito,voçe não sabe como viver com as mulheres as tratando como “femeas”,mas voçe vai aprender e pra isso voçe precisa de sair com homens,como se fosse um laboratorio,mais não vai ser um personagem macho que voçe vai fazer e sim uma vida de macho que voçe irá seguir.
    e boa sorte….

  • Victor Hugo

    Bucicleide ?????????? kkkkkkkkkkk

  • Victor Hugo

    Bucicleide ?????????? kkkkkkkkkkk

  • http://arealidadeelouca.blogspot.com/ Deborah

    Concordo com as opiniões das meninas até agora: terapia, se possível psicanálise (é a minha opinião, sei que tem muita gente que não curte), com certeza vai ajudar.

    Mas também concordo com o Dr. Love: tem que cair na vida, e experimentar, se dar mal, quebrar a cara, e aprender do que gosta. Se for gay, se for hetero, isso só vai descobrir depois que conhecer.

    Tem muita gente boa por aí que veio de família podre, mas entendeu que precisava fazer alguma coisa a respeito. O que não dá é pra ficar reclamando e fazendo cara de coitadinho…

  • http://arealidadeelouca.blogspot.com Deborah

    Concordo com as opiniões das meninas até agora: terapia, se possível psicanálise (é a minha opinião, sei que tem muita gente que não curte), com certeza vai ajudar.

    Mas também concordo com o Dr. Love: tem que cair na vida, e experimentar, se dar mal, quebrar a cara, e aprender do que gosta. Se for gay, se for hetero, isso só vai descobrir depois que conhecer.

    Tem muita gente boa por aí que veio de família podre, mas entendeu que precisava fazer alguma coisa a respeito. O que não dá é pra ficar reclamando e fazendo cara de coitadinho…

  • Allan

    Psicoterapia um caralho

    VIVA A VIDA PORRA!

    sai de ksa, vai curtir

    TERAPIA TOTAL

    porres, bares, kengas, PORRADA.. esportes radicais

    TUdo contrario ao que vc faz!

    em 2 anos estará no Shape!!

    se sobreviver até lá ;)

    Melhor morrer tentando do que morrer sem tentar e na solidão.

  • Allan

    Psicoterapia um caralho

    VIVA A VIDA PORRA!

    sai de ksa, vai curtir

    TERAPIA TOTAL

    porres, bares, kengas, PORRADA.. esportes radicais

    TUdo contrario ao que vc faz!

    em 2 anos estará no Shape!!

    se sobreviver até lá ;)

    Melhor morrer tentando do que morrer sem tentar e na solidão.

  • http://nodoadouniverso.com/ Bruno Pedrassani

    Prefiro a terapia do Dr. Love: guardar grana e se mandar pro puteiro. Se levantar, pode ser que seja só a cabeça confusa, ou o que quer que se confunda, vai saber. Mas sair atrás do Farrell não é a melhor opção, por agora.

    Ah, gostei do que a Deborah falou:

    “Tem muita gente boa por aí que veio de família podre, mas entendeu que precisava fazer alguma coisa a respeito. O que não dá é pra ficar reclamando e fazendo cara de coitadinho… ”

    Isso é a mais pura verdade.

  • http://nodoadouniverso.com/ Bruno Pedrassani

    Prefiro a terapia do Dr. Love: guardar grana e se mandar pro puteiro. Se levantar, pode ser que seja só a cabeça confusa, ou o que quer que se confunda, vai saber. Mas sair atrás do Farrell não é a melhor opção, por agora.

    Ah, gostei do que a Deborah falou:

    “Tem muita gente boa por aí que veio de família podre, mas entendeu que precisava fazer alguma coisa a respeito. O que não dá é pra ficar reclamando e fazendo cara de coitadinho… ”

    Isso é a mais pura verdade.

  • http://thycurse.spaces.live.com/blog Maldito

    Faz o seguinte… vá fazer um salto de paraquedas…

    Se você ficar de pau duro quando o instrutor ficar atrás de você, fodeu…

    Se na hora do salto, você der um grito tipo: “Aiiiiiiiiiiiiiiii”, fodeu…

    Se só lá embaixo bater o arrependimento pelo preço, mas só pelo preço… aí sim, pode ficar tranquilo que vc é homem…

  • http://thycurse.spaces.live.com/blog Maldito

    Faz o seguinte… vá fazer um salto de paraquedas…

    Se você ficar de pau duro quando o instrutor ficar atrás de você, fodeu…

    Se na hora do salto, você der um grito tipo: “Aiiiiiiiiiiiiiiii”, fodeu…

    Se só lá embaixo bater o arrependimento pelo preço, mas só pelo preço… aí sim, pode ficar tranquilo que vc é homem…

  • Pedrix

    Bucicleide ?????????? kkkkkkkkkkk

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Pedrix

    Bucicleide ?????????? kkkkkkkkkkk

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Caio

    Hummm, eu acho que o Dr. Love fez este post mais para as pessoas que Lêem o blog que para este tal de Bucicleide que me parece ser bem FAKE.

  • Caio

    Hummm, eu acho que o Dr. Love fez este post mais para as pessoas que Lêem o blog que para este tal de Bucicleide que me parece ser bem FAKE.

  • Kaoru

    Eu discordo das meninas, e concordo com o Dr. pega o dinheiro do psicanalista e vai num puteiro e invista na sua vida.

  • Kaoru

    Eu discordo das meninas, e concordo com o Dr. pega o dinheiro do psicanalista e vai num puteiro e invista na sua vida.

  • Kaoru

    Vai ver que o fake o próprio Dr. inventou pra inflamar os coments… hauahuahuahauhauhauha

  • Kaoru

    Vai ver que o fake o próprio Dr. inventou pra inflamar os coments… hauahuahuahauhauhauha

  • http://www.papodehomem.com.br/ Dr. Love

    B. , adoro sua presença e suas colaborações na coluna, todos prestem atenção ao que ela tem a dizer. Beijos, meu bem…

    Kaoru e demais, obviamente bucicleide não é o nome dele. Quanto a ser fake, não me dou ao trabalho de inventar merda nenhuma, já recebo material mais do que suficiente dos meus emails. Fazer ceninha fica pros roteiristas do BBB. E quem me encher o saco com essa suspeita de novo vai tomar no cú. Com acento.

  • http://www.papodehomem.com.br Dr. Love

    B. , adoro sua presença e suas colaborações na coluna, todos prestem atenção ao que ela tem a dizer. Beijos, meu bem…

    Kaoru e demais, obviamente bucicleide não é o nome dele. Quanto a ser fake, não me dou ao trabalho de inventar merda nenhuma, já recebo material mais do que suficiente dos meus emails. Fazer ceninha fica pros roteiristas do BBB. E quem me encher o saco com essa suspeita de novo vai tomar no cú. Com acento.

  • Andreia

    oi bucicleide…
    o lance e viver msm…
    amo minhamae de paixao ..mas ela as vezes tenta me manipular tbm…mas me saio bem …
    nao precisa deixar de gostar dela para viver sua vida..oq precisa e descobrir sua identidade…sua personalidade..

    so vai saber oq gosta e nao gosta fazendo ….
    entao concordo com o dr Love…

    viva a vida…
    saborei oq ela te ofereçe…

    coloque mais adrenalina no seu dia a dia…

    e nao esqueça de postar como foi essas experiencias!!!

    bjim

  • Andreia

    oi bucicleide…
    o lance e viver msm…
    amo minhamae de paixao ..mas ela as vezes tenta me manipular tbm…mas me saio bem …
    nao precisa deixar de gostar dela para viver sua vida..oq precisa e descobrir sua identidade…sua personalidade..

    so vai saber oq gosta e nao gosta fazendo ….
    entao concordo com o dr Love…

    viva a vida…
    saborei oq ela te ofereçe…

    coloque mais adrenalina no seu dia a dia…

    e nao esqueça de postar como foi essas experiencias!!!

    bjim

  • Kmagri

    @Maldito: kkkkkkkkkkkkkkkk…

    Assim como a B., também questionei a existencia do rapaz aí, não por não acreditar que possa existir, mas pelo fato de uma pessoa vir falar sobre isso aqui… ”Pode me xingar à vontade, eu já me acostumei.”… e dessa forma.

    De qualquer maneira, o negócio é mesmo falar com um especialista e se sociabilizar…o resto é consequencia.

  • Kmagri

    @Maldito: kkkkkkkkkkkkkkkk…

    Assim como a B., também questionei a existencia do rapaz aí, não por não acreditar que possa existir, mas pelo fato de uma pessoa vir falar sobre isso aqui… ”Pode me xingar à vontade, eu já me acostumei.”… e dessa forma.

    De qualquer maneira, o negócio é mesmo falar com um especialista e se sociabilizar…o resto é consequencia.

  • Bucicleide

    Opa, eu estou aqui e existo de verdade. Eu já coloquei alguns comentários em outros posts, mas é claro que esse não é o meu nome verdadeiro.

    E valeu pelas respostas, todo mundo.

  • Bucicleide

    Opa, eu estou aqui e existo de verdade. Eu já coloquei alguns comentários em outros posts, mas é claro que esse não é o meu nome verdadeiro.

    E valeu pelas respostas, todo mundo.

  • Bucicleide

    Com uma história dessas que eu contei, até da pra entender a desconfiança.

  • Bucicleide

    Com uma história dessas que eu contei, até da pra entender a desconfiança.

  • Kaoru

    Não se irrite queridissimo doutor. Não há necessidade de citar as partes intimas das pessoas num comentario absolutamente válido, afinal de forma alguma conheço o senhor pessoalmente, e perdão se o ofendi. Não questiono, também, a seriedade da sua coluna, afinal ela faz a alegria de parte dos meus dias, já perdi a conta de quantas vezes ri com seus comentários absolutamente sagazes. A minha intenção era a construção de uma brincadeira,(as risadas ao final do comentário indicavam tal)afinal supunha eu que o comentário sobre a existencia ou falsidade da pessoa problematica não se questiona realmente, somente sobre a situação em questão, mas já que o ofendi mil perdões.

  • Kaoru

    Não se irrite queridissimo doutor. Não há necessidade de citar as partes intimas das pessoas num comentario absolutamente válido, afinal de forma alguma conheço o senhor pessoalmente, e perdão se o ofendi. Não questiono, também, a seriedade da sua coluna, afinal ela faz a alegria de parte dos meus dias, já perdi a conta de quantas vezes ri com seus comentários absolutamente sagazes. A minha intenção era a construção de uma brincadeira,(as risadas ao final do comentário indicavam tal)afinal supunha eu que o comentário sobre a existencia ou falsidade da pessoa problematica não se questiona realmente, somente sobre a situação em questão, mas já que o ofendi mil perdões.

  • Guilherme

    Cara, acho que vc salvou a vida dele com esses conselhos, hauehaeuhea.

  • Guilherme

    Cara, acho que vc salvou a vida dele com esses conselhos, hauehaeuhea.

  • Megaman X

    Puts cara, sem comentários, caso sério. acho que ele tem que se livrar da virgindade cara, aprender na prática mesmo. paga umas putas pra encher a moral dele, pra ele se sentir homem, depois aos poucos ele vai se virando. Agora se ele não curtir a mulherada dae é comlplicado. Será que ele já assistiu o Filme. ” Virgem de 40 Anos” ? Mais 12 aninhos e ele tá lá.

  • Megaman X

    Puts cara, sem comentários, caso sério. acho que ele tem que se livrar da virgindade cara, aprender na prática mesmo. paga umas putas pra encher a moral dele, pra ele se sentir homem, depois aos poucos ele vai se virando. Agora se ele não curtir a mulherada dae é comlplicado. Será que ele já assistiu o Filme. ” Virgem de 40 Anos” ? Mais 12 aninhos e ele tá lá.

  • Armando

    Pois eu já acho que sair por aí detonando, com a insegurança que o cara demonstra, não é a melhor saída. Qualquer um sabe que, se vc não tá legal, a tendência, nesse mundo velho sem porteira, é as pessoas te colocarem mais pra baixo ainda.

    Vejo uma contradição, inclusive, nos conselhos do Dr. Love: ao mesmo tempo que recomenda – sábiamente – seguir pela rua principal, sugere, mais adiante, um mergulho no abismo.

    O primeiro passo, realmente, é se afastar da influência nefasta da mãe. O segundo é seguir o seu próprio caminho, meio escuro no momento, tateando, procurando uma nesga de luz.

    A idéia do puteiro é boa, mas procure um lugar legal, uma mina legal, que vai saber entendê-lo, elas têm muita experiência nesse assunto e muitas vezes até gostam de ajudar, fidelizam o cliente … (risos) … lembram da Bruna Surfistinha ?

    Vc deve ter alguma atividade, estudo, trabalho … Procure, no seu círculo de relações, se aproximar de pessoas confiáveis, meninas legais, com quem vc possa compartilhar, com muito tato, o seu problema … Como diz o velho ditado, sempre tem um chinelo velho pra um pé torto … Mas não entre nessa de enfiar o pé na jaca, que é roubada.

    E claro, procure um bom terapeuta urgente.

  • Armando

    Pois eu já acho que sair por aí detonando, com a insegurança que o cara demonstra, não é a melhor saída. Qualquer um sabe que, se vc não tá legal, a tendência, nesse mundo velho sem porteira, é as pessoas te colocarem mais pra baixo ainda.

    Vejo uma contradição, inclusive, nos conselhos do Dr. Love: ao mesmo tempo que recomenda – sábiamente – seguir pela rua principal, sugere, mais adiante, um mergulho no abismo.

    O primeiro passo, realmente, é se afastar da influência nefasta da mãe. O segundo é seguir o seu próprio caminho, meio escuro no momento, tateando, procurando uma nesga de luz.

    A idéia do puteiro é boa, mas procure um lugar legal, uma mina legal, que vai saber entendê-lo, elas têm muita experiência nesse assunto e muitas vezes até gostam de ajudar, fidelizam o cliente … (risos) … lembram da Bruna Surfistinha ?

    Vc deve ter alguma atividade, estudo, trabalho … Procure, no seu círculo de relações, se aproximar de pessoas confiáveis, meninas legais, com quem vc possa compartilhar, com muito tato, o seu problema … Como diz o velho ditado, sempre tem um chinelo velho pra um pé torto … Mas não entre nessa de enfiar o pé na jaca, que é roubada.

    E claro, procure um bom terapeuta urgente.

  • http://pinturas.i.l.ohotmail.com/ zaias

    tudo na vida depende de opinioes por esenplos
    quando temos duvidas dependemos un dos outros

  • http://pinturas.i.l.ohotmail.com zaias

    tudo na vida depende de opinioes por esenplos
    quando temos duvidas dependemos un dos outros

  • Rafael

    Estamos vivendo uma feminilização da sociedade e ninguém faz porra de merda nenhuma, o processo já está socialmente aceito./

    Mas não comece descambando para as vielas antes de testar a rua principal./

    Pérolas de sabedoria…

    • http://www.myspace.com/bluesy_marcos Matsuura Junichiro

      Se fosse apenas feminilização, tudo bem. Mas essa merda tá PASSANDO DOS LIMITES!!!! Já não é mais questão de feminilização. É boiolização mesmo. E todo mundo acha isso divertido. Por isso é que esse “processo” é socialmente aceito. Tudo o que é “bonitinho”, “alegrinho”, “engraçadinho”, “divertido”, e o cacete a quatro, é socialmente aceito. As pessoas não buscam mais o que presta, só o que é fútil e inútil. Por isso o mundo está assim. E ninguém faz nada pra mudar, porque não querem que mude. Simples assim.

  • Rafael

    Estamos vivendo uma feminilização da sociedade e ninguém faz porra de merda nenhuma, o processo já está socialmente aceito./

    Mas não comece descambando para as vielas antes de testar a rua principal./

    Pérolas de sabedoria…

  • Victor Hugo

    Acho que esse nosso amigo “bucicleide” hoje é como o lendário Gil Brother diz: “Garotinho criado com ovomaltino e leite com pêra” … rs

    Mas falando sério, não dá pra julgar o cara. Acho que nossa personalidade reflete muito o ambiente familiar que convivemos. Se você foi criado dessa forma e hoje enfrenta problemas, procure mudar o que irá fazer VOCÊ se sentir melhor e não o que os ditos “machões” acham, caso contrário você irá conviver com essa crise de personalidade a vida inteira.

    E pare de se fazer de vítima.

    “Você é aquilo que você pensa e tem o que você merece”. As vezes é complicado aceitar o “tem o que você merece” … rs

  • Victor Hugo

    Acho que esse nosso amigo “bucicleide” hoje é como o lendário Gil Brother diz: “Garotinho criado com ovomaltino e leite com pêra” … rs

    Mas falando sério, não dá pra julgar o cara. Acho que nossa personalidade reflete muito o ambiente familiar que convivemos. Se você foi criado dessa forma e hoje enfrenta problemas, procure mudar o que irá fazer VOCÊ se sentir melhor e não o que os ditos “machões” acham, caso contrário você irá conviver com essa crise de personalidade a vida inteira.

    E pare de se fazer de vítima.

    “Você é aquilo que você pensa e tem o que você merece”. As vezes é complicado aceitar o “tem o que você merece” … rs

  • Nelly

    Meu querido buça,
    Sugiro que em primeiro lugar, vá atrás da tua independência financeira. Vai tentar se realizar profissionalmente, ganhar o suficiente pra sair de casa e ir morar bem longe da tua mamãe, num local onde vc mesmo tenha que lavar, passar, cozinhar, tomar conta 100% de você e da tua vida. Sem isso, infelizmente será muito difícil superar esse problema.
    Vc está na zona de perigo, pode acoscumar com essa vidinha de merda. A merda fede, mas é quentinha… A independência financeira te dará mais auto-estima, seja qual for a tua opção sexual. Homem na barra da saia da mãe é horrível, seja ele gay ou hetero, não importa.
    Quanto à putaria, legal a dica do Doutor, mas acho que como vc é travado, pode não funcionar. Vai com calma, mas vai experimentando, como disse o Doutor, primeiro com mulher e vai sentindo qual é.
    E concordo com o Doutor, as mães sozinhas e carentes podem produzir tipos como esse e isso é muito triste. A feminilização da sociedade não pode dar em coisa boa… pai ausente e mãe carente é uma combinação de merda, não só pro homem/filho, mas pra mulher/filha também.
    Buça, meu querido, sai de perto da velha o mais rápido possível!!!!

  • http://notenho Nelly

    Meu querido buça,
    Sugiro que em primeiro lugar, vá atrás da tua independência financeira. Vai tentar se realizar profissionalmente, ganhar o suficiente pra sair de casa e ir morar bem longe da tua mamãe, num local onde vc mesmo tenha que lavar, passar, cozinhar, tomar conta 100% de você e da tua vida. Sem isso, infelizmente será muito difícil superar esse problema.
    Vc está na zona de perigo, pode acoscumar com essa vidinha de merda. A merda fede, mas é quentinha… A independência financeira te dará mais auto-estima, seja qual for a tua opção sexual. Homem na barra da saia da mãe é horrível, seja ele gay ou hetero, não importa.
    Quanto à putaria, legal a dica do Doutor, mas acho que como vc é travado, pode não funcionar. Vai com calma, mas vai experimentando, como disse o Doutor, primeiro com mulher e vai sentindo qual é.
    E concordo com o Doutor, as mães sozinhas e carentes podem produzir tipos como esse e isso é muito triste. A feminilização da sociedade não pode dar em coisa boa… pai ausente e mãe carente é uma combinação de merda, não só pro homem/filho, mas pra mulher/filha também.
    Buça, meu querido, sai de perto da velha o mais rápido possível!!!!

  • http://avidasecreta.com/ B – A Vida Secreta

    Ai… Fui reler meu comentário e percebi que fui super indelicada em meu comentário, não ao Bucicleide, mas ao Dr. Love, que tem um saco de elástico por aguentar as perguntas que chegam por aqui. Dr… Tô em TPM, e se não fico irritada fico meloza demais. Ontem eu estava o cão chupando manga!

    Não quis desmerecer a coluna, mas questionei sim o fato de alguém procurar ajuda para um problema aparentemente tão sério por aqui, um espaço para diversão. O que a gente ama no Dr. Love é exatamente a irreverência em suas respostas e não a seriedade delas. Ainda assim, já li por aqui altas dicas disfarçadas de zoação.

    Interessante é que ao contrário de muitos, eu não imagino que o Dr. Love invente nada não. Definitivamente, sei que não precisa. Lá n’A Vida Secreta também chega cada coisa que até Deus duvida.

    Acredito que muita gente prefere abrir sua vida em e-mails para desconhecidos ou caixas de comentários de blogs, mesmo em espaços destinados à sacanagem, do que procurar a ajuda devida. Como acredito também que tem gente que parece querer apenas testas a nossa paciência. Essa é a verdade!

    Dr… Desculpa esta mocinha TPêMica aqui, viu?! Sua menção carinhosa ao meu comentário ácido, foi um tapa com luva de pelica.

    Beijocas!

  • http://avidasecreta.com B – A Vida Secreta

    Ai… Fui reler meu comentário e percebi que fui super indelicada em meu comentário, não ao Bucicleide, mas ao Dr. Love, que tem um saco de elástico por aguentar as perguntas que chegam por aqui. Dr… Tô em TPM, e se não fico irritada fico meloza demais. Ontem eu estava o cão chupando manga!

    Não quis desmerecer a coluna, mas questionei sim o fato de alguém procurar ajuda para um problema aparentemente tão sério por aqui, um espaço para diversão. O que a gente ama no Dr. Love é exatamente a irreverência em suas respostas e não a seriedade delas. Ainda assim, já li por aqui altas dicas disfarçadas de zoação.

    Interessante é que ao contrário de muitos, eu não imagino que o Dr. Love invente nada não. Definitivamente, sei que não precisa. Lá n’A Vida Secreta também chega cada coisa que até Deus duvida.

    Acredito que muita gente prefere abrir sua vida em e-mails para desconhecidos ou caixas de comentários de blogs, mesmo em espaços destinados à sacanagem, do que procurar a ajuda devida. Como acredito também que tem gente que parece querer apenas testas a nossa paciência. Essa é a verdade!

    Dr… Desculpa esta mocinha TPêMica aqui, viu?! Sua menção carinhosa ao meu comentário ácido, foi um tapa com luva de pelica.

    Beijocas!

  • http://verdeolhardejade.blogspot.com/ J@de – Bucicleide, você é meu

    Dr. Love concordo que “Estamos vivendo uma feminilização da sociedade e ninguém faz porra de merda nenhuma, o processo já está socialmente aceito.” Tenho uma teoria que as mães são responsáveis por esses homens frouxos que estão por aí e são as pessoas mais machistas, criam seus filhos misóginos ou capengas e imaturos emocionais como nosso amigo Bucicleide aí…

    É um ciclo vicioso, a mulher quer um homem que a proteja, o pai não foi. O marido não é porque a mãe dele já o criou assim. Mas essas duas gerações, do pai e do marido não tinham a opção de serem andróginos e mal resolvidos. Tinham que casar!! Então o marido leva o dinheiro prá casa só, porque era assim na casa dele, o pai vivia na rua e a mãe cuidava de tudo!!

    Por outro lado, mulher é mesmo metida a dar conta de tudo, quer ser onipresente e onisciente, e quando vira mãe fode tudo mais ainda, ela se transforma num arremedo de Nossa Senhora!!

    Ela continua querendo um homem forte e protetor, e o filho ela pode controlar, pode cobrar proteção, afinal ele é dela!! Ela transfere para o infeliz do filho essa responsabilidade, transformando-o em seu maridinho, prá suprir a carência da proteção masculina que ela sempre ouviu falar e não teve, tudo isso sem deixar de posar de figura sagrada!!

    E em vez de proteger o filho, ela deposita nele toda a frustação de não ter sido protegida e cobra do filho, porque do marido, quem cobra é a mãe dele!! Como é que o filho pode pode proteger como marido e ao mesmo tempo ser o bebezinho da mamãe?? Como fica a cabeça de um cara desses?? Pais TEM QUE PROTEGER e dar a vez aos filhos e não serem protegidos por eles…

    Como Dr. Love bem disse, elas querem um FILHO, mas sem o pau entre as pernas. Melhor se o filho for gay, seria outro homem ao seu redor, não correria o risco de nenhuma vagabunda querer tirar ele dela!!

    Bucicleide, sua mãe tem culpa e eu discordo do Dr. Love, seu pai também tem culpa, mal resolvido, não teve culhão de se aproximar de você. Essa conversa de que a mulher tem o instinto de criar o filho e o homem não tem, também deve ter sido inventado por alguma mulher que não deixava o marido chegar perto do filho nem prá trocar uma fralda, porque “homem não sabe fazer nada mesmo!”

    Conheço homens que são ótimos pais, presente, atuantes, parceiros e companheiros de suas mulheres!!

    Eu que tenho um azar do caralho, só tive relacionamentos com homens assim, e um deles era como o Bucicleide. A a mãe cagou tanto a cabeça do cara que ele não sabia se era homem ou mulher… vem cá Bucicleide, será que você é meu ex?? Puta que pariu!! Até essa imaturidade, a androginia!!

    Aí eu fui fazer terapia prá não incorrer nesse erro durante a criação do meu fiho. Se eu criar um homem bem resolvido, estarei dando a uma outra mulher a oportunidade de ter uma relação completa com um homem, coisa que prá mim, tem mais esperança não… snif, snif!!

    Bucicleide meu anjo, assuma o controle o controle da sua vida, deixa de ser o bebezinho e protetor da mamãe, e chega dessa carência de ser protegido por seu pai e mãe, você está com 28 anos!!

    Essa carência deixa um buraco que Infelizmente nunca se tapa, mas vá fazer terapia e se recompor para ser um adulto melhor, ter uma relação plena com uma mulher, ou homem, não importa!! Ninguém vai morrer por isso, muito menos sua mãe!!

    Boa sorte!!

    Beijos!!

  • http://verdeolhardejade.blogspot.com J@de – Bucicleide, você é meu ex??

    Dr. Love concordo que “Estamos vivendo uma feminilização da sociedade e ninguém faz porra de merda nenhuma, o processo já está socialmente aceito.” Tenho uma teoria que as mães são responsáveis por esses homens frouxos que estão por aí e são as pessoas mais machistas, criam seus filhos misóginos ou capengas e imaturos emocionais como nosso amigo Bucicleide aí…

    É um ciclo vicioso, a mulher quer um homem que a proteja, o pai não foi. O marido não é porque a mãe dele já o criou assim. Mas essas duas gerações, do pai e do marido não tinham a opção de serem andróginos e mal resolvidos. Tinham que casar!! Então o marido leva o dinheiro prá casa só, porque era assim na casa dele, o pai vivia na rua e a mãe cuidava de tudo!!

    Por outro lado, mulher é mesmo metida a dar conta de tudo, quer ser onipresente e onisciente, e quando vira mãe fode tudo mais ainda, ela se transforma num arremedo de Nossa Senhora!!

    Ela continua querendo um homem forte e protetor, e o filho ela pode controlar, pode cobrar proteção, afinal ele é dela!! Ela transfere para o infeliz do filho essa responsabilidade, transformando-o em seu maridinho, prá suprir a carência da proteção masculina que ela sempre ouviu falar e não teve, tudo isso sem deixar de posar de figura sagrada!!

    E em vez de proteger o filho, ela deposita nele toda a frustação de não ter sido protegida e cobra do filho, porque do marido, quem cobra é a mãe dele!! Como é que o filho pode pode proteger como marido e ao mesmo tempo ser o bebezinho da mamãe?? Como fica a cabeça de um cara desses?? Pais TEM QUE PROTEGER e dar a vez aos filhos e não serem protegidos por eles…

    Como Dr. Love bem disse, elas querem um FILHO, mas sem o pau entre as pernas. Melhor se o filho for gay, seria outro homem ao seu redor, não correria o risco de nenhuma vagabunda querer tirar ele dela!!

    Bucicleide, sua mãe tem culpa e eu discordo do Dr. Love, seu pai também tem culpa, mal resolvido, não teve culhão de se aproximar de você. Essa conversa de que a mulher tem o instinto de criar o filho e o homem não tem, também deve ter sido inventado por alguma mulher que não deixava o marido chegar perto do filho nem prá trocar uma fralda, porque “homem não sabe fazer nada mesmo!”

    Conheço homens que são ótimos pais, presente, atuantes, parceiros e companheiros de suas mulheres!!

    Eu que tenho um azar do caralho, só tive relacionamentos com homens assim, e um deles era como o Bucicleide. A a mãe cagou tanto a cabeça do cara que ele não sabia se era homem ou mulher… vem cá Bucicleide, será que você é meu ex?? Puta que pariu!! Até essa imaturidade, a androginia!!

    Aí eu fui fazer terapia prá não incorrer nesse erro durante a criação do meu fiho. Se eu criar um homem bem resolvido, estarei dando a uma outra mulher a oportunidade de ter uma relação completa com um homem, coisa que prá mim, tem mais esperança não… snif, snif!!

    Bucicleide meu anjo, assuma o controle o controle da sua vida, deixa de ser o bebezinho e protetor da mamãe, e chega dessa carência de ser protegido por seu pai e mãe, você está com 28 anos!!

    Essa carência deixa um buraco que Infelizmente nunca se tapa, mas vá fazer terapia e se recompor para ser um adulto melhor, ter uma relação plena com uma mulher, ou homem, não importa!! Ninguém vai morrer por isso, muito menos sua mãe!!

    Boa sorte!!

    Beijos!!

  • Marlon

    Meu caso é semelhante. Minha sexualidade é bem definida, mas fiquei extremamente tímido com garotas. Minha auto-confiança (auto-estima) é muito baixa.

    Minha mãe se separou do meu pai quando eu tinha uns oito anos. Ela espancava e destruia psicologicamente os filhos diariamente. Eu sempre procurei evitar apontar “culpados” pela pessoa que eu me tornei. Mas não há como negar que somos “produtos do meio” que crescemos. E o meu meio era podre.

    Obrigado Dr. Love por tratar desse assunto e pelas dicas. São sensatas, embora ditas de forma cômica. E, embora muitos enxerguem este site apenas como lugar pra zoação, eu vejo nele uma oportunidade para se refletir sobre nossa postura e comportamento na sociedade, inclusive diante dos nossos filhos.

  • Marlon

    Meu caso é semelhante. Minha sexualidade é bem definida, mas fiquei extremamente tímido com garotas. Minha auto-confiança (auto-estima) é muito baixa.

    Minha mãe se separou do meu pai quando eu tinha uns oito anos. Ela espancava e destruia psicologicamente os filhos diariamente. Eu sempre procurei evitar apontar “culpados” pela pessoa que eu me tornei. Mas não há como negar que somos “produtos do meio” que crescemos. E o meu meio era podre.

    Obrigado Dr. Love por tratar desse assunto e pelas dicas. São sensatas, embora ditas de forma cômica. E, embora muitos enxerguem este site apenas como lugar pra zoação, eu vejo nele uma oportunidade para se refletir sobre nossa postura e comportamento na sociedade, inclusive diante dos nossos filhos.

  • Marlon

    J@de e Nelly, permitam-me elogiar teus comentários.

  • Marlon

    J@de e Nelly, permitam-me elogiar teus comentários.

  • Armando

    Faço minhas as palavras do Marlon. Nelly, Jade e B. Vida Secreta deram um banho de respeito e solidariedade com a dor alheia.

    Não sei quem inventou essa história que os homens são menos competitivos entre eles do que as mulheres. Esses amigões que dão tapas nas costas, te convidam pra cervejada e putaria são aqueles que, no primeiro vacilo, te puxam o tapete e, pelas costas, chamam de corno, veado, e tudo o mais que os faça parecer mais machos.

    Do primeiro time a representação feminina aqui no Papo de Homem.

  • Armando

    Faço minhas as palavras do Marlon. Nelly, Jade e B. Vida Secreta deram um banho de respeito e solidariedade com a dor alheia.

    Não sei quem inventou essa história que os homens são menos competitivos entre eles do que as mulheres. Esses amigões que dão tapas nas costas, te convidam pra cervejada e putaria são aqueles que, no primeiro vacilo, te puxam o tapete e, pelas costas, chamam de corno, veado, e tudo o mais que os faça parecer mais machos.

    Do primeiro time a representação feminina aqui no Papo de Homem.

  • Erik Alonso

    Buciceide????

  • Erik Alonso

    Bucicleide????

  • Erik Alonso

    Buciceide????

  • Erik Alonso

    Bucicleide????

  • http://verdeolhardejade.blogspot.com/ J@de

    @Marlon, meu comentário também veio da experiência, por pouco eu não me tornava essa mulher, filha de pai ausente, e marido irresponsável!!

    Alguns relacionamentos com homens desse tipo e anos de terapia ajudaram-me bastante na relação com meu filho.

    É claro que eu mando, afinal de contas sou eu que educo, em algum momento os pais têm que dar limite, mas meu filho fez 15 anos no sábado, e nossa relação tem sido boa, amorosa e amigável, mas com os papéis bem definidos!!

    É como eu disse acima, essa carência é um buraco que ninguém tapa, o que a gente tenta fazer é amadurecer e se resolver!!

    Espero que você também melhore essa auto-estima aí!!

    Beijos!!

  • http://verdeolhardejade.blogspot.com J@de

    @Marlon, meu comentário também veio da experiência, por pouco eu não me tornava essa mulher, filha de pai ausente, e marido irresponsável!!

    Alguns relacionamentos com homens desse tipo e anos de terapia ajudaram-me bastante na relação com meu filho.

    É claro que eu mando, afinal de contas sou eu que educo, em algum momento os pais têm que dar limite, mas meu filho fez 15 anos no sábado, e nossa relação tem sido boa, amorosa e amigável, mas com os papéis bem definidos!!

    É como eu disse acima, essa carência é um buraco que ninguém tapa, o que a gente tenta fazer é amadurecer e se resolver!!

    Espero que você também melhore essa auto-estima aí!!

    Beijos!!

  • http://www.italocarneiro.wordpress.com/ italo

    nossa nossa, se o post já está bem escrito, da forma “mágica” (não lembrei de um adjetivo apropriado) do Dr. Love, os comenários então… tbm não acho que o Dr. precise inventar nada.
    Essa feminilização da sociedade, penso ser pela falta de estrutura dentro das famílias, dos lares desfeitos, das separações de famílias e quebra da “unidade” familiar. Não estou condenando nenhum destes processos, tbm sou filho de pais separados, criado pelas irmãs mais velhas etc, e nem por isso me tornei um “encouraçado” como nosso amigo Bucicleide, “encouraçado” pelas paranóias de sua própria imaginação, tanto que ele nao consegue se abrir pra ninguém, mas num blog bastante frequentado como esse ele tem ‘coragem’ (mesmo atrás de um pseudônimo) de se abrir,
    ele não quer respostas ele quer compaixão, e as vezes até pena, ele quer ser a vítima, talvez até mais do que isso ele quer ser o assunto, o centro das atenções, quer que nos importemos com ele, como ele sempre se importou com as pessoas, quer ser ouvido como sempre soube ouvir, ele quer reconhecimento, só que nessa busca por reconhecimeno ele esqueceu de se auto-conhecer, esqueceu de viver por ele, não pelos outros, e pq ele só percebeu agora, ou recentemente? o que aconteceu com vc Bucicleide? qm te abandonou? qm mudou de comportamento com vc? seus pais não tem muita culpa não, e vc sabe disso, só que essa é a única ”justificativa” que encontrou.
    Não sou ngm pra te dar conselhos ou te julgar (tá, sei que acabei de fazê-lo), mas eu posso dizer o que deu cert pra mim,
    VIVA, eu sei que é difícil sair do seu casulo, que para se mudar hábitos leva-se mto tempo, mas tente, MUDE DE PERFUME, mude de círculo, não aceite ser o amigo que ouve, o compreensivo toda a vez, seja egoísta de vez em quando, e se vc for religioso faça como Jesus disse: “Ofereça a outra façe”, não é submissão, é mostrar o seu outro eu, mostrar que vc pode mudar, que vc é um ser humano, com erros e defeitos, e que não é sua obrigação ser ‘perfeito’ ser O resignado, vc precisa estar bem para “fazer o bem” senão o que vc conseguirá sempre é cultivar o sofrimento, a frutração…

    caramba escrevi demais(!!!), mas terapia ajuda bastante!!!

  • http://www.italocarneiro.wordpress.com italo

    nossa nossa, se o post já está bem escrito, da forma “mágica” (não lembrei de um adjetivo apropriado) do Dr. Love, os comenários então… tbm não acho que o Dr. precise inventar nada.
    Essa feminilização da sociedade, penso ser pela falta de estrutura dentro das famílias, dos lares desfeitos, das separações de famílias e quebra da “unidade” familiar. Não estou condenando nenhum destes processos, tbm sou filho de pais separados, criado pelas irmãs mais velhas etc, e nem por isso me tornei um “encouraçado” como nosso amigo Bucicleide, “encouraçado” pelas paranóias de sua própria imaginação, tanto que ele nao consegue se abrir pra ninguém, mas num blog bastante frequentado como esse ele tem ‘coragem’ (mesmo atrás de um pseudônimo) de se abrir,
    ele não quer respostas ele quer compaixão, e as vezes até pena, ele quer ser a vítima, talvez até mais do que isso ele quer ser o assunto, o centro das atenções, quer que nos importemos com ele, como ele sempre se importou com as pessoas, quer ser ouvido como sempre soube ouvir, ele quer reconhecimento, só que nessa busca por reconhecimeno ele esqueceu de se auto-conhecer, esqueceu de viver por ele, não pelos outros, e pq ele só percebeu agora, ou recentemente? o que aconteceu com vc Bucicleide? qm te abandonou? qm mudou de comportamento com vc? seus pais não tem muita culpa não, e vc sabe disso, só que essa é a única ”justificativa” que encontrou.
    Não sou ngm pra te dar conselhos ou te julgar (tá, sei que acabei de fazê-lo), mas eu posso dizer o que deu cert pra mim,
    VIVA, eu sei que é difícil sair do seu casulo, que para se mudar hábitos leva-se mto tempo, mas tente, MUDE DE PERFUME, mude de círculo, não aceite ser o amigo que ouve, o compreensivo toda a vez, seja egoísta de vez em quando, e se vc for religioso faça como Jesus disse: “Ofereça a outra façe”, não é submissão, é mostrar o seu outro eu, mostrar que vc pode mudar, que vc é um ser humano, com erros e defeitos, e que não é sua obrigação ser ‘perfeito’ ser O resignado, vc precisa estar bem para “fazer o bem” senão o que vc conseguirá sempre é cultivar o sofrimento, a frutração…

    caramba escrevi demais(!!!), mas terapia ajuda bastante!!!

  • Marlon

    J@de, obrigado pelos votos.

    Você tem razão. O tempo e o amadurecimento ajudam muito. Tenho 23 anos e a cada ano que passa eu me sinto mais seguro, embora ainda não como gostaria.

    Um abraço.

  • Marlon

    J@de, obrigado pelos votos.

    Você tem razão. O tempo e o amadurecimento ajudam muito. Tenho 23 anos e a cada ano que passa eu me sinto mais seguro, embora ainda não como gostaria.

    Um abraço.

  • http://verdeolhardejade.blogspot.com/ J@de

    Marlon… eu só comecei a melhorar lá pelos 35, quando me separei!!
    Vc tá na vantagem, eheheheh!!

    @Armando, obrigada!!

    Beijos pros dois!!

  • http://verdeolhardejade.blogspot.com J@de

    Marlon… eu só comecei a melhorar lá pelos 35, quando me separei!!
    Vc tá na vantagem, eheheheh!!

    @Armando, obrigada!!

    Beijos pros dois!!

  • Lydi

    Caro bucicleide, definitivamente vc precisa fazer terapia.

    Mas acredito que o que o atormenta é o fato de ser virgem aos 28, e não saber se é gay. Vai em frente segue os conselhos do Dr love, vai em um puteiro e tira logo sua dúvida.

    Sabendo sua opção sexual vai ficar mais facil saber qual rumo tomar na sua vida.

    Outra coisa foge de sua mãe o mais rapido possivél, a presença dela pode te intimidar de fazer o que realmente quer.

    Abraços querido e boa sorte.. vc vai precisar!!!!

  • Lydi

    Caro bucicleide, definitivamente vc precisa fazer terapia.

    Mas acredito que o que o atormenta é o fato de ser virgem aos 28, e não saber se é gay. Vai em frente segue os conselhos do Dr love, vai em um puteiro e tira logo sua dúvida.

    Sabendo sua opção sexual vai ficar mais facil saber qual rumo tomar na sua vida.

    Outra coisa foge de sua mãe o mais rapido possivél, a presença dela pode te intimidar de fazer o que realmente quer.

    Abraços querido e boa sorte.. vc vai precisar!!!!

  • http://guapinharj.blog.terra.com.br/ Rafa

    virgem, aos 28 anos? ui!

  • http://guapinharj.blog.terra.com.br Rafa

    virgem, aos 28 anos? ui!

  • Nelly

    Valeu, Marlon e Armando, pelos comentários e elogios…
    Realmente, é muito triste essa situação, mas como muitos já falaram aqui, é possível reverter o quadro, parando de fazer o papel de vítima e correndo atrás da própria independência, em todos os setores, a começar pelo financeiro.
    Se a mamãe não te deu o pé na bunda na hora certa, vc mesmo deve cair fora do ninho, ou corre o risco de ficar atrofiado em todas as áreas da vida. Isso é muito sério, pena que pouca gente se dispõe a botar o dedo nessa ferida, como o Dr. Love bem o fez.
    Beijos e tudo de bom!

  • http://notenho Nelly

    Valeu, Marlon e Armando, pelos comentários e elogios…
    Realmente, é muito triste essa situação, mas como muitos já falaram aqui, é possível reverter o quadro, parando de fazer o papel de vítima e correndo atrás da própria independência, em todos os setores, a começar pelo financeiro.
    Se a mamãe não te deu o pé na bunda na hora certa, vc mesmo deve cair fora do ninho, ou corre o risco de ficar atrofiado em todas as áreas da vida. Isso é muito sério, pena que pouca gente se dispõe a botar o dedo nessa ferida, como o Dr. Love bem o fez.
    Beijos e tudo de bom!

  • Toni Balada

    Esse é o seu nome de verdade…!?

    :|

    Se foi teu pai que escolheu tua mãe tem razão de chamar ele de fdp! :P

    Se foi tua mãe ela não queria te foder, queria te esculhambar mesmo…

    Tudo bem eu não to ajudando muito né…

    Cara dos males o menor… se teu problema for a virgindade, vai num puteriro como o Dr. aconselhou…

    Mas se tu não sabe qual é teu problema, então ir no puteiro pode até piorar, aí concordo com a galera que tá falando em terapia.

  • Toni Balada

    Esse é o seu nome de verdade…!?

    :|

    Se foi teu pai que escolheu tua mãe tem razão de chamar ele de fdp! :P

    Se foi tua mãe ela não queria te foder, queria te esculhambar mesmo…

    Tudo bem eu não to ajudando muito né…

    Cara dos males o menor… se teu problema for a virgindade, vai num puteriro como o Dr. aconselhou…

    Mas se tu não sabe qual é teu problema, então ir no puteiro pode até piorar, aí concordo com a galera que tá falando em terapia.

  • D.F.B

    @Bucicleide
    E então, eu, um menino dócil que faria de tudo para agradar a mãe…
    Se o cara não sabe qual lado a faca dele corta ,ta de piada com a gente.

    Como disse o Dr. Love , o cara quer mesmo é ser “sadomizado”, com essa historia de pode me Xingar a vontade …o cara ja tem altas tendencias homoxessuais..só ele não deve tar sabendo que gosta mesmo é de pica.Isso é se esse e-mail que ele mandou para o Dr. Love não tiver sido mera e simples invenção de uma mente não tão brilhante …

  • D.F.B

    @Bucicleide
    E então, eu, um menino dócil que faria de tudo para agradar a mãe…
    Se o cara não sabe qual lado a faca dele corta ,ta de piada com a gente.

    Como disse o Dr. Love , o cara quer mesmo é ser “sadomizado”, com essa historia de pode me Xingar a vontade …o cara ja tem altas tendencias homoxessuais..só ele não deve tar sabendo que gosta mesmo é de pica.Isso é se esse e-mail que ele mandou para o Dr. Love não tiver sido mera e simples invenção de uma mente não tão brilhante …

  • Joane

    Cara, eu não tinha entendido a história de feminilização da sociedade. Até pq a sociedade não é restrita a homens e pronto. E numa sociedade onde a mãe tem que cuidar e o pai sustentar, é impossível não acontecer isso!! Não são todos os homens que são pais ausentes, mas é assim que acontece na maioria dos casos. Pergunta pra todo mundo daqui o quanto o pai foi presente na vida. Tenho quase certeza que vão ser muitos que diram que sim. Mas não dá pra culpar os outros por tudo o que somos, e Marlon bem disse que o meio onde vivemos nos molda, e muito!!
    Mas é bem verdade que umas mães fazem isso mesmo.Eu tenho um primo que não foi criado pelo pai, não se
    relaciona(ava) com o irmão, e tinha a mim e minha irmã como amigas. Não saia de casa, falava pouco e era muito “timido”. Todos pensavam q ele ia ser gay, mas foi só começar a ir ao colégio, conviver com outros homens e mulheres que a visão dele mudou. Ver meu tímido priminho cuspindo, coçando o saco e falando em mulher foi chocante.FIQUE SUPRES!! A mudança foi acontecendo e todo mundo chamava de rebeldia… Acho que até eu o via como menina. Têm algumas pessoas que aceitam isso, e incentivam. Aí, a merda tá feita!!!
    Não vai pra bordel algum,bucicleide(rsrsrsrrsrs se superou no nome Dr. Love).
    Se acontecer alguma coisa , vc não sabe como a pessoa vai lidar contigo, e só pode piorar seu problema!! Mãe é sagrado,mas a tua (com todo respeito) tá merecendo um “”VAI PRO INFERNO,MERDA!!”"

  • Joane

    Cara, eu não tinha entendido a história de feminilização da sociedade. Até pq a sociedade não é restrita a homens e pronto. E numa sociedade onde a mãe tem que cuidar e o pai sustentar, é impossível não acontecer isso!! Não são todos os homens que são pais ausentes, mas é assim que acontece na maioria dos casos. Pergunta pra todo mundo daqui o quanto o pai foi presente na vida. Tenho quase certeza que vão ser muitos que diram que sim. Mas não dá pra culpar os outros por tudo o que somos, e Marlon bem disse que o meio onde vivemos nos molda, e muito!!
    Mas é bem verdade que umas mães fazem isso mesmo.Eu tenho um primo que não foi criado pelo pai, não se
    relaciona(ava) com o irmão, e tinha a mim e minha irmã como amigas. Não saia de casa, falava pouco e era muito “timido”. Todos pensavam q ele ia ser gay, mas foi só começar a ir ao colégio, conviver com outros homens e mulheres que a visão dele mudou. Ver meu tímido priminho cuspindo, coçando o saco e falando em mulher foi chocante.FIQUE SUPRES!! A mudança foi acontecendo e todo mundo chamava de rebeldia… Acho que até eu o via como menina. Têm algumas pessoas que aceitam isso, e incentivam. Aí, a merda tá feita!!!
    Não vai pra bordel algum,bucicleide(rsrsrsrrsrs se superou no nome Dr. Love).
    Se acontecer alguma coisa , vc não sabe como a pessoa vai lidar contigo, e só pode piorar seu problema!! Mãe é sagrado,mas a tua (com todo respeito) tá merecendo um “”VAI PRO INFERNO,MERDA!!”"

  • Joane

    “”"Tenho quase certeza que vão ser muitos que diram que sim.”"”

    Só me corrigindo, Tenho certeza de que muito diram que não tiveram pai presente. Seja como ele devia ou como gostariam que ele fosse.

  • Joane

    “”"Tenho quase certeza que vão ser muitos que diram que sim.”"”

    Só me corrigindo, Tenho certeza de que muito diram que não tiveram pai presente. Seja como ele devia ou como gostariam que ele fosse.

  • Bucicleidson (Mudei um pouco,

    Caraca, galera, eu não sou fake p* nenhuma! Eu tenho MSN, se alguém quiser conferir: djulls@pop.com.br

    Mais do que isso eu não posso fazer.

  • Bucicleidson (Mudei um pouco, ficou mais elegante)

    Caraca, galera, eu não sou fake p* nenhuma! Eu tenho MSN, se alguém quiser conferir: djulls@pop.com.br

    Mais do que isso eu não posso fazer.

  • Bucicleidson

    @Ítalo:
    Eu não tenho mesmo com quem me abrir (sem duplo sentido), então decidi escrever esse desabafo aqui mesmo. O anonimato da internet me deixa mais à vontade para falar dessas coisas pessoais do que uma conversa com outra pessoa. Eu sou completamente travado.
    É claro que eu não esperava uma resposta mais séria, se não eu teria tentado outro lugar, sem dúvida.

  • Bucicleidson

    @Ítalo:
    Eu não tenho mesmo com quem me abrir (sem duplo sentido), então decidi escrever esse desabafo aqui mesmo. O anonimato da internet me deixa mais à vontade para falar dessas coisas pessoais do que uma conversa com outra pessoa. Eu sou completamente travado.
    É claro que eu não esperava uma resposta mais séria, se não eu teria tentado outro lugar, sem dúvida.

  • Caio

    @Joane.
    se você ler um pouco de psicanalise, não precisa ser muito.
    vai ver que o titio freud já fala desse distubio que acontece cada vez mais nos dias de hoje aonde o filho se apaixona pela mãe e como não tem em casa a figura do homem para se espelhar acaba ficando como nosso querido bucicleide ai de cima.

    @Bucicleidson. seu problema já está meio caminho andado eu acho você sabe que tem ele e quer resolver, mesmo se for pra gostar da mesma fruta que você tem.
    a nossa sociedade por mais que eu vou ser escurraçado nas minhas palavras ela segue padrões.
    e somos aceitos quando nos encaixamos em algum padrão, por mais individual que sejamos eu por exemplo sou hetero, estudante, saio todo fim de semana com meus amigos atras de mulher essas coisas que faz um homem da minha idade.
    não digo pra você se seguir um padrão mas tente olhar por essa forma veja o seu o que você gosta mais.
    e peço, não seja saco de pancada de ninguem tenha opinião e atitude, exija respeito acima de tudo.
    por que ai não importa a sua ecolha sexual seja homo, hetero, pan, assexual.
    as pessoas vão te respeitar e pelo que eu vi é isso que você almeja apenas respeito pelo que você é e nada mais.
    abraços a todos

  • Caio

    @Joane.
    se você ler um pouco de psicanalise, não precisa ser muito.
    vai ver que o titio freud já fala desse distubio que acontece cada vez mais nos dias de hoje aonde o filho se apaixona pela mãe e como não tem em casa a figura do homem para se espelhar acaba ficando como nosso querido bucicleide ai de cima.

    @Bucicleidson. seu problema já está meio caminho andado eu acho você sabe que tem ele e quer resolver, mesmo se for pra gostar da mesma fruta que você tem.
    a nossa sociedade por mais que eu vou ser escurraçado nas minhas palavras ela segue padrões.
    e somos aceitos quando nos encaixamos em algum padrão, por mais individual que sejamos eu por exemplo sou hetero, estudante, saio todo fim de semana com meus amigos atras de mulher essas coisas que faz um homem da minha idade.
    não digo pra você se seguir um padrão mas tente olhar por essa forma veja o seu o que você gosta mais.
    e peço, não seja saco de pancada de ninguem tenha opinião e atitude, exija respeito acima de tudo.
    por que ai não importa a sua ecolha sexual seja homo, hetero, pan, assexual.
    as pessoas vão te respeitar e pelo que eu vi é isso que você almeja apenas respeito pelo que você é e nada mais.
    abraços a todos

  • Irene Mara

    Infelizmente voce foi a válvula de escape da sua mãe. Mas não a julgue por isso, ninguem é perfeito e com certeza ela nem se deu conta do mal que estava causando. Agora, voce é adulto, e consegue compreender, então comece vida nova. Não precisa se distanciar fisicamente da sua mãe para isso, porque tudo acontece na sua cabeça. Voce nasceu homem e fim. Se oriente como tal. Aproveite as coisas boas disso, por exemplo, voce é mais sensível e menos agressivo, muitas mulheres adoram isso….. E, saiba que, muitos, mas muitos homens sofrem a influência demasiada da mãe, e acho muito natural, afinal quem é que te dá a vida e te cria ? E, ultimamente, ter pai participante já é um privilégio…então voce não é o único e nem último, só está precisando de orientação e elevar a auto-estima. Boa sorte (. P.S. E nunca mais se chame de Bucicleide.)
    Um abraço.

  • Irene Mara

    Infelizmente voce foi a válvula de escape da sua mãe. Mas não a julgue por isso, ninguem é perfeito e com certeza ela nem se deu conta do mal que estava causando. Agora, voce é adulto, e consegue compreender, então comece vida nova. Não precisa se distanciar fisicamente da sua mãe para isso, porque tudo acontece na sua cabeça. Voce nasceu homem e fim. Se oriente como tal. Aproveite as coisas boas disso, por exemplo, voce é mais sensível e menos agressivo, muitas mulheres adoram isso….. E, saiba que, muitos, mas muitos homens sofrem a influência demasiada da mãe, e acho muito natural, afinal quem é que te dá a vida e te cria ? E, ultimamente, ter pai participante já é um privilégio…então voce não é o único e nem último, só está precisando de orientação e elevar a auto-estima. Boa sorte (. P.S. E nunca mais se chame de Bucicleide.)
    Um abraço.

  • D.F.B

    @joane
    Fui conhecer meu pai depois dos 10 anos , e vivia apenas com minha mae , e nem por isso me tornei um Bucicleidson ou sei lá o que…Logo isso de pai ausente é papo furado.

  • D.F.B

    @joane
    Fui conhecer meu pai depois dos 10 anos , e vivia apenas com minha mae , e nem por isso me tornei um Bucicleidson ou sei lá o que…Logo isso de pai ausente é papo furado.

  • http://verdeolhardejade.blogspot.com/ J@de

    @D.F.B ninguém é obrigado a ser igualzinho a você, ou é? Se for, publique tudo num livro e o mundo inteiro vai serguir seu modelo e ninguém mais sofrerá se tiver um pai ausente, nem ficará confuso, seremos todos perfeitos como vc.

    Eu heim.

  • http://verdeolhardejade.blogspot.com J@de

    @D.F.B ninguém é obrigado a ser igualzinho a você, ou é? Se for, publique tudo num livro e o mundo inteiro vai serguir seu modelo e ninguém mais sofrerá se tiver um pai ausente, nem ficará confuso, seremos todos perfeitos como vc.

    Eu heim.

  • Maggie

    Há jeito para tudo, Bucicleide, siga em frente!! Pensa positivo, cara.. vai viver a vida e te afasta do que está te fazendo mal. Um dia, se estiveres preparado, retornas pra perto de sua mãe. Conheço várias pessoas que saíram “da fossa” em casos até piores que o seu (acrdite!).

  • Maggie

    Há jeito para tudo, Bucicleide, siga em frente!! Pensa positivo, cara.. vai viver a vida e te afasta do que está te fazendo mal. Um dia, se estiveres preparado, retornas pra perto de sua mãe. Conheço várias pessoas que saíram “da fossa” em casos até piores que o seu (acrdite!).

  • Joane

    Valeu pela defesa J@de!! Acho que vc pegou o sentido da coisa. Mas acho também ,que eu posso acabar ouvindo certas coisas por não me expressar como tem que ser. Eu não tô aqui pra por a culpa em ninguém, mas pra tentar entender certas coisas. Pensando(mesmo guardando pra mim), escrevendo, lendo os post. Acredite, DBf, que até o que vc falou me fez pensar em coisas mais.
    Assim como os pais ausentes, essas mães(não todas) tb podem ser responsabilizadas. Como é o caso da mãe do Bucicleidison. Não digo isso pra massacrar a mulher. Mas é verdade!!
    Às parece como um circulo vicioso, e nós mulheres tb temos nossa parcela nisso. É como se a gente reclamasse da criatura “”ruim”" que nós ajudamos a formar. Não sei se me entendem. Por um lado, pais ausentes, por outro , mães super-protetoras.
    Resultado, homens machistas; que parecem que tratam sua mulher como uma extensão da sua mãe ou homens confusos como o nosso amigo.
    Acho que não faz mal crescer com um pouco de responsabilidade. Eu deveria ter tido isso. Seria mais fácil que me acostumar na marra.
    Eu tenho uma amiga que teve um passado bem chato. Apanhava, era traída e tudo isso…Bem, ela se separou, e mimou tanto o filho que, o garoto tem 25 anos e não põe a própria comida no prato. Aí, quando esse cara casar, vai querer ter o mesmo serviço de quarto, e mais uma vez, quem não vai prestar vai ser a nora… Fala sério!!!!
    Como eu não tenho muita organização, e meus dedos são uma droga pra digitar, perdão se eu não explico melhor!!Se houver alguém que tenha captado o que eu falei, e que possa dizer melhor, agradeço. Eu não estou tentando ofender ninguém, espero que me entendam.
    Quanto a vc, DBF, me diga que isso nunca te afetou em nada!!?
    Que imagem vc tem de seu pai?
    Que imagem vc tem da sua mãe?
    Como é como filho?
    São tantas perguntas…eu sei! Não to querendo ouvir de vc um: “”Vc tem razão, Joane”". Mas dizer que é papo furado, eu discordo. Pq se fosse, eu não precisaria de um homem pra fazer um filho, e um de uma mulher. Brotaria todo mundo de um pé de abacate, de mamão, etc… Ou a história da cegonha ia ser verdade!
    Não é uma verdade incontestável o que vc disse, e a que eu falei muito menos. Mas são coisas comuns de se ver. Acho que sabemos bem disso. Beijossssssssssssss , galera!!!

  • Joane

    Valeu pela defesa J@de!! Acho que vc pegou o sentido da coisa. Mas acho também ,que eu posso acabar ouvindo certas coisas por não me expressar como tem que ser. Eu não tô aqui pra por a culpa em ninguém, mas pra tentar entender certas coisas. Pensando(mesmo guardando pra mim), escrevendo, lendo os post. Acredite, DBf, que até o que vc falou me fez pensar em coisas mais.
    Assim como os pais ausentes, essas mães(não todas) tb podem ser responsabilizadas. Como é o caso da mãe do Bucicleidison. Não digo isso pra massacrar a mulher. Mas é verdade!!
    Às parece como um circulo vicioso, e nós mulheres tb temos nossa parcela nisso. É como se a gente reclamasse da criatura “”ruim”" que nós ajudamos a formar. Não sei se me entendem. Por um lado, pais ausentes, por outro , mães super-protetoras.
    Resultado, homens machistas; que parecem que tratam sua mulher como uma extensão da sua mãe ou homens confusos como o nosso amigo.
    Acho que não faz mal crescer com um pouco de responsabilidade. Eu deveria ter tido isso. Seria mais fácil que me acostumar na marra.
    Eu tenho uma amiga que teve um passado bem chato. Apanhava, era traída e tudo isso…Bem, ela se separou, e mimou tanto o filho que, o garoto tem 25 anos e não põe a própria comida no prato. Aí, quando esse cara casar, vai querer ter o mesmo serviço de quarto, e mais uma vez, quem não vai prestar vai ser a nora… Fala sério!!!!
    Como eu não tenho muita organização, e meus dedos são uma droga pra digitar, perdão se eu não explico melhor!!Se houver alguém que tenha captado o que eu falei, e que possa dizer melhor, agradeço. Eu não estou tentando ofender ninguém, espero que me entendam.
    Quanto a vc, DBF, me diga que isso nunca te afetou em nada!!?
    Que imagem vc tem de seu pai?
    Que imagem vc tem da sua mãe?
    Como é como filho?
    São tantas perguntas…eu sei! Não to querendo ouvir de vc um: “”Vc tem razão, Joane”". Mas dizer que é papo furado, eu discordo. Pq se fosse, eu não precisaria de um homem pra fazer um filho, e um de uma mulher. Brotaria todo mundo de um pé de abacate, de mamão, etc… Ou a história da cegonha ia ser verdade!
    Não é uma verdade incontestável o que vc disse, e a que eu falei muito menos. Mas são coisas comuns de se ver. Acho que sabemos bem disso. Beijossssssssssssss , galera!!!

  • D.F.B

    @Joane , Pois é vc tem razao em partes , se o Brasil tivesse ganhado a copa de 2006 tambem teria me afetado de alguma maneira…aonde eu quero chegar, tudo te afeta , querendo ou não …mas usar como desculpa que o pai ausente do “garoto ” o tornou um cara que gosta de fotos de homens musculosos , se fosse assim o mundo tava perdido.E minha irmã que morou apenas com meu pai durante sua infancia toda , se tornaria uma mulher MACHO??Pois é, não…
    @ J@de nem me darei ao luxo de responder essa pergunta… mas a ideia do livro , está anotada.
    @Maggie bem falado… kkkkk
    Essa foi uma das melhores ” afasta – te do MAL” .Vai na fé Bucecleidson .

  • D.F.B

    @Joane , Pois é vc tem razao em partes , se o Brasil tivesse ganhado a copa de 2006 tambem teria me afetado de alguma maneira…aonde eu quero chegar, tudo te afeta , querendo ou não …mas usar como desculpa que o pai ausente do “garoto ” o tornou um cara que gosta de fotos de homens musculosos , se fosse assim o mundo tava perdido.E minha irmã que morou apenas com meu pai durante sua infancia toda , se tornaria uma mulher MACHO??Pois é, não…
    @ J@de nem me darei ao luxo de responder essa pergunta… mas a ideia do livro , está anotada.
    @Maggie bem falado… kkkkk
    Essa foi uma das melhores ” afasta – te do MAL” .Vai na fé Bucecleidson .

  • AVA.

    sabe..esse assunto muito mexi com o meu ìntimo…

    e cada caso è um caso..tudo muito relativo..como existem pais ausentes..existem pais ausentes estando presentes.

    e a J@de,muito..bem falou…vai por aì bem..oq penso.

    E lendo esse posts..muito me clareia as ideias..referente ao meu filho de 10 anos..detalhe tenho 24 anos..

    Quantas leitoras aqui são mães?????..nada ha declarar..sò lêr ..e assimilar os erros q não devo cometer.

    BJOS DE AVA.

  • AVA.

    sabe..esse assunto muito mexi com o meu ìntimo…

    e cada caso è um caso..tudo muito relativo..como existem pais ausentes..existem pais ausentes estando presentes.

    e a J@de,muito..bem falou…vai por aì bem..oq penso.

    E lendo esse posts..muito me clareia as ideias..referente ao meu filho de 10 anos..detalhe tenho 24 anos..

    Quantas leitoras aqui são mães?????..nada ha declarar..sò lêr ..e assimilar os erros q não devo cometer.

    BJOS DE AVA.

  • leo

    axo esse lance de virgindade besteira, eu soh fui perder a minha com 21 anos isso depende quem a PESSOA é ou até da religião ke a pessoa leva masssssssssss SER FEITO DE OTÁRIO, SACO DE PANCADA AÍ É OUTRA HISTÓRIA! kara acorda!DÊ PORRADA EM ALGUÉM! ISSO TE FARÁ SE SENTIR BEM MELHOR =D e NÃO VENHA COM ESSA “PODE XINGAR” PORRA KARA TU TEM KE FAZER O SEGUINTE SE TE XINGAREM VC DIZ – FODA-SE SEU BABACA TIRE SUA PRESENÇA INSIGNIFICANTE DAKI OU TE ENXO DE PORRADA!

    tem ke revidar BROTHER! força da PERUCA!!!!! ahhh e fode logo uma xota e LHE GARANTO KE VC NUM VAI KERER OUTRA VIDA!

  • leo

    axo esse lance de virgindade besteira, eu soh fui perder a minha com 21 anos isso depende quem a PESSOA é ou até da religião ke a pessoa leva masssssssssss SER FEITO DE OTÁRIO, SACO DE PANCADA AÍ É OUTRA HISTÓRIA! kara acorda!DÊ PORRADA EM ALGUÉM! ISSO TE FARÁ SE SENTIR BEM MELHOR =D e NÃO VENHA COM ESSA “PODE XINGAR” PORRA KARA TU TEM KE FAZER O SEGUINTE SE TE XINGAREM VC DIZ – FODA-SE SEU BABACA TIRE SUA PRESENÇA INSIGNIFICANTE DAKI OU TE ENXO DE PORRADA!

    tem ke revidar BROTHER! força da PERUCA!!!!! ahhh e fode logo uma xota e LHE GARANTO KE VC NUM VAI KERER OUTRA VIDA!

  • Padre M. Rossi

    Buciceide????

  • Padre M. Rossi

    Buciceide????

  • Luiz Philipe

    O kra nunca deu uma fudida véi????
    Acho q é por isso q ele anda desse tipo, por pior q o kra seja pra arranjar mulher ainda existem as casas da luz vermelha… então ele não perdeu ainda pq não quis.

  • Luiz Philipe

    O kra nunca deu uma fudida véi????
    Acho q é por isso q ele anda desse tipo, por pior q o kra seja pra arranjar mulher ainda existem as casas da luz vermelha… então ele não perdeu ainda pq não quis.

  • Joane

    DFB, desculpa a infantilidade, mas cheguei a achar que vc estava fazendo piada com história da copa do mundo, o será que está? ahhahaha whatever…
    Mas acho que agora, estamos chegando a um “”consenso”" sobre as coisas na vida, e como elas te afetam!! Mas, eu não falo do caso do bucicleide (só). Eu sei que vc tem razão, e eu sei que eu tb tenho. Mas, como vc disse : “”em partes”".
    E vc tem razão, pq não podemos dizer que um cara que matou, e roubou fez isso pq é pobre!!! Ou no caso de um cara que não teve pai, virou gay e a responsabilidade, agora, é desse pai.
    E se eu não tivesse razão, um castigo, uma disciplina, um puxão de orelha, amor e carinho não serviriam pra nada. E a falta disso tb. Lembra que ele falou que o pai era ignorante e mãe controladora? Isso mata qualquer um!!!

    Lembra do caso da empregada doméstica que foi espancada por playboys e depois tiveram uma defesa de seus pais? Acha que eles não poderiam ter sido mais cobrados, mais educados, mais isso , mais aquilo? Blá,blá,blá…
    Mas, tb, se eles forem babacas não há educação que os ponha na linha!!!
    Certo?!!
    E J@de tb tem razão quando diz que ninguém é igual. Mas não fiquemos irritados!!!
    Não precisamos discutir, meus lindos!!! O bom da democracia e do debate é esse!!!! Liberdade de falar e ouvir e crescer com isso (eu sei que essa foi péssima…rsrsrsrsrs)!!! Beijos pra todos!!!!
    joanefn@live.com

  • Joane

    DFB, desculpa a infantilidade, mas cheguei a achar que vc estava fazendo piada com história da copa do mundo, o será que está? ahhahaha whatever…
    Mas acho que agora, estamos chegando a um “”consenso”" sobre as coisas na vida, e como elas te afetam!! Mas, eu não falo do caso do bucicleide (só). Eu sei que vc tem razão, e eu sei que eu tb tenho. Mas, como vc disse : “”em partes”".
    E vc tem razão, pq não podemos dizer que um cara que matou, e roubou fez isso pq é pobre!!! Ou no caso de um cara que não teve pai, virou gay e a responsabilidade, agora, é desse pai.
    E se eu não tivesse razão, um castigo, uma disciplina, um puxão de orelha, amor e carinho não serviriam pra nada. E a falta disso tb. Lembra que ele falou que o pai era ignorante e mãe controladora? Isso mata qualquer um!!!

    Lembra do caso da empregada doméstica que foi espancada por playboys e depois tiveram uma defesa de seus pais? Acha que eles não poderiam ter sido mais cobrados, mais educados, mais isso , mais aquilo? Blá,blá,blá…
    Mas, tb, se eles forem babacas não há educação que os ponha na linha!!!
    Certo?!!
    E J@de tb tem razão quando diz que ninguém é igual. Mas não fiquemos irritados!!!
    Não precisamos discutir, meus lindos!!! O bom da democracia e do debate é esse!!!! Liberdade de falar e ouvir e crescer com isso (eu sei que essa foi péssima…rsrsrsrsrs)!!! Beijos pra todos!!!!
    joanefn@live.com

  • Joane

    No caso do buci, a responsabilidade foi da mãe.
    Mas, agora, ele é maior, é capaz, tem dois braços e duas pernas. Já temos um novo responsável pela condição em que ele se encontra, e esse responsável foi “”carinhosamente”" apelidado de Bucicleide!! E, se ele não reagir,não conte comigo ou com mãe dele, ou Dr. Love, ou qualquer pessoa pra que ele vire o homem que tem que virar; seja esse homem hetero ou homo.
    Acho mesmo que temos responsabilidade (limitada) pelas pessoas que nos cercam. Mas não pra ficar a vida toda jogando na cara uns dos outros e esquecer a nossa.
    Eu digo isso porque tenho pânico de transformar meus filhos em bucicleides da vida, ou coisa pior. Pq, acredite, elas existem!!
    Bucicleide, se vc der um jeito nisso, vai estar ajudando sua mãe tb. Mas, pense em fazer isso por vc!!! Ela tem que aprender a ter vida prórpia e vc tb!!! Alguém tem que começar. E me parece que ela não nem um pouco interessada. Não pq não te ame, mas pq tá conveniente pra ela. Alguém pra descontar as frustrações é muito bom,né?!! E o melhor é que sabe que vc não vai falar :”" Caralho, mulé, para de reclamar da vida, porra!!!!”" Por conta disso é que vc não consegue se livrar disso, ela vai sempre estar no lugar da vítima, e vc vai sempre pegar carona na condição dela. Para com isso, neném!! Seja gente!!!!!
    Vc pode!!!!! Beijos!!!!
    Joane

  • Joane

    No caso do buci, a responsabilidade foi da mãe.
    Mas, agora, ele é maior, é capaz, tem dois braços e duas pernas. Já temos um novo responsável pela condição em que ele se encontra, e esse responsável foi “”carinhosamente”" apelidado de Bucicleide!! E, se ele não reagir,não conte comigo ou com mãe dele, ou Dr. Love, ou qualquer pessoa pra que ele vire o homem que tem que virar; seja esse homem hetero ou homo.
    Acho mesmo que temos responsabilidade (limitada) pelas pessoas que nos cercam. Mas não pra ficar a vida toda jogando na cara uns dos outros e esquecer a nossa.
    Eu digo isso porque tenho pânico de transformar meus filhos em bucicleides da vida, ou coisa pior. Pq, acredite, elas existem!!
    Bucicleide, se vc der um jeito nisso, vai estar ajudando sua mãe tb. Mas, pense em fazer isso por vc!!! Ela tem que aprender a ter vida prórpia e vc tb!!! Alguém tem que começar. E me parece que ela não nem um pouco interessada. Não pq não te ame, mas pq tá conveniente pra ela. Alguém pra descontar as frustrações é muito bom,né?!! E o melhor é que sabe que vc não vai falar :”" Caralho, mulé, para de reclamar da vida, porra!!!!”" Por conta disso é que vc não consegue se livrar disso, ela vai sempre estar no lugar da vítima, e vc vai sempre pegar carona na condição dela. Para com isso, neném!! Seja gente!!!!!
    Vc pode!!!!! Beijos!!!!
    Joane

  • Mohammad Severino

    “Eu sou eu e minhas circunstâncias”. (José Ortega y Gasset)

  • Mohammad Severino

    “Eu sou eu e minhas circunstâncias”. (José Ortega y Gasset)

  • Lobo Casado

    “No caso do buci, a responsabilidade foi da mãe.”

    Interessante isso… Quanto tempo vocês precisam conviver com amigos homossexuais para tornarem-se também?

    Porque a lógica é a mesma.

  • Lobo Casado

    “No caso do buci, a responsabilidade foi da mãe.”

    Interessante isso… Quanto tempo vocês precisam conviver com amigos homossexuais para tornarem-se também?

    Porque a lógica é a mesma.

  • Rhode

    Maldita imaginação minha… agora estou imaginando um viadinho num puteiro,morrendo de medo…

  • Rhode

    Maldita imaginação minha… agora estou imaginando um viadinho num puteiro,morrendo de medo…

  • Rhode

    Não importa o que fizeram com você. O que importa é o que você faz com aquilo que fizeram com você.

    Jean Paul Sartre

  • Rhode

    Não importa o que fizeram com você. O que importa é o que você faz com aquilo que fizeram com você.

    Jean Paul Sartre

  • semnome

    nao se fala com homens apontando de forma clara seus erros, eles se fecham cada vez mais . eu sei pois sou um . o que funciona e : vai pra luta mermao ! nao se queixe da vida, aja ! voce e feio e forte o bastante pra isso .
    se nao ajir , bom voce deixou o medo superar seu instinto .

  • semnome

    nao se fala com homens apontando de forma clara seus erros, eles se fecham cada vez mais . eu sei pois sou um . o que funciona e : vai pra luta mermao ! nao se queixe da vida, aja ! voce e feio e forte o bastante pra isso .
    se nao ajir , bom voce deixou o medo superar seu instinto .

  • Armando

    ” pois eu curto revistas em quadrinhos e tenho um monte de desenhos de homens másculos e fortões no meu computador, ”

    D. B. F.:

    Como vc pode ver, em nenhum momento o cara diz que gosta de fotos de homens musculosos.

    Na minha maneira de ver, o fato de ele guardar esses desenhos não significa que é homossexual. Pode ser apenas uma forma de projeção: ele vê nessas figuras o homem que ele gostaria de ser, forte e protetor. Ou seja, o pai que ele não teve.

    • http://www.myspace.com/bluesy_marcos Matsuura Junichiro

      Se ele quer ser fortão, é simples. É só o cara ir malhar. Malhação pesada, e o cara fica fortão. No caso dos posters, eu os trocaria por posters de carrões. E de mulherões.

  • Armando

    ” pois eu curto revistas em quadrinhos e tenho um monte de desenhos de homens másculos e fortões no meu computador, ”

    D. B. F.:

    Como vc pode ver, em nenhum momento o cara diz que gosta de fotos de homens musculosos.

    Na minha maneira de ver, o fato de ele guardar esses desenhos não significa que é homossexual. Pode ser apenas uma forma de projeção: ele vê nessas figuras o homem que ele gostaria de ser, forte e protetor. Ou seja, o pai que ele não teve.

  • D.F.B

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    @Armando… tu consegui se superar nessa …”ele vê nessas figuras o homem que ele gostaria de ser, forte e protetor. Ou seja, o pai que ele não teve.” Fala serio …sem mais commentarios…

    @joane sem discução isso aqui não seria nada …não é mesmo?!

  • D.F.B

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    @Armando… tu consegui se superar nessa …”ele vê nessas figuras o homem que ele gostaria de ser, forte e protetor. Ou seja, o pai que ele não teve.” Fala serio …sem mais commentarios…

    @joane sem discução isso aqui não seria nada …não é mesmo?!

  • Armando

    D. F. B. :

    Embora não seja da área, e acreditando que nenhuma ciência seja propriedade privativa dos especialistas, estou me referindo a um conceito da Psicologia:

    Projeção é a representação ou transferência de sensações, sentimentos, desejos, interesses (processos interiores) para o mundo exterior.

    Quanto à vc, essa sua preocupação em provar sua ‘macheza’ também me lembra um princípio da Psicologia: quando alguém tem muita necessidade de afirmar alguma coisa, é porque tem dúvida dela.

    Fico me perguntando se a sigla D. F. B. não quer, talvez, dizer: Desejo Frustrado de Boiola … (risos) …

  • Armando

    D. F. B. :

    Embora não seja da área, e acreditando que nenhuma ciência seja propriedade privativa dos especialistas, estou me referindo a um conceito da Psicologia:

    Projeção é a representação ou transferência de sensações, sentimentos, desejos, interesses (processos interiores) para o mundo exterior.

    Quanto à vc, essa sua preocupação em provar sua ‘macheza’ também me lembra um princípio da Psicologia: quando alguém tem muita necessidade de afirmar alguma coisa, é porque tem dúvida dela.

    Fico me perguntando se a sigla D. F. B. não quer, talvez, dizer: Desejo Frustrado de Boiola … (risos) …

  • Armando

    Em Tempo: ‘discussão’ é com dois ‘s’, e não com cê-cedilha …

  • Armando

    Em Tempo: ‘discussão’ é com dois ‘s’, e não com cê-cedilha …

  • Flávio

    D.B.F tem cara de quem adoraria queimar a ruela! HAHAHA
    J@de bota pra fuder… tem compaixão de quem passou pelo problema, superou e já tem condição de aconselhar. Parabéns
    Irene Mara e Rhode tb estão de parabéns.

  • Flávio

    D.B.F tem cara de quem adoraria queimar a ruela! HAHAHA
    J@de bota pra fuder… tem compaixão de quem passou pelo problema, superou e já tem condição de aconselhar. Parabéns
    Irene Mara e Rhode tb estão de parabéns.

  • Armando

    Flávio:

    Se vc observar bem, o avatar do D. B. F. é nada mais, nada menos, que a foto do Lou Reed, um dos mais célebres, públicos e notórios veados do mundo do rock’n'roll (da dupla Velvet Underground).
    Ou seja: é mais que admiração, é uma identificação confessa e explícita com a cara (literalmente) de alguém que “adora queimar a ruela” … (risos) …

  • Armando

    Flávio:

    Se vc observar bem, o avatar do D. B. F. é nada mais, nada menos, que a foto do Lou Reed, um dos mais célebres, públicos e notórios veados do mundo do rock’n'roll (da dupla Velvet Underground).
    Ou seja: é mais que admiração, é uma identificação confessa e explícita com a cara (literalmente) de alguém que “adora queimar a ruela” … (risos) …

  • Deise

    Puxa, ajude esse cara pelo amor de Deus!!!!

  • Deise

    Puxa, ajude esse cara pelo amor de Deus!!!!

  • Armando

    Deise:

    Eu estou tentando … rsrsrsrs …

  • Armando

    Deise:

    Eu estou tentando … rsrsrsrs …

  • B

    Bucicleide

    Não pague por pecados que não são seus.
    Se o seu pai sempre foi um homem estúpido e sua mãe bem falha ao transmitir pra vc todos os medos dela, erros alheios de pessoas que não sabem o significado de EDUCAR.

    Vc já identificou que esses medos te abalaram, corra ao contrário da maré meu rapaz.
    As pessoas vão te tratar diferente no momento em que sair do seu mundinho…
    Viva a vida e descubra seus medos reais.
    Não sofra por algo hipotético.

    E seja lá do que for gostar o importante é ter prazer….viva!!!!

    Sorte e se jogaaaaa…..rs

    E seja feliz.

  • B

    Bucicleide

    Não pague por pecados que não são seus.
    Se o seu pai sempre foi um homem estúpido e sua mãe bem falha ao transmitir pra vc todos os medos dela, erros alheios de pessoas que não sabem o significado de EDUCAR.

    Vc já identificou que esses medos te abalaram, corra ao contrário da maré meu rapaz.
    As pessoas vão te tratar diferente no momento em que sair do seu mundinho…
    Viva a vida e descubra seus medos reais.
    Não sofra por algo hipotético.

    E seja lá do que for gostar o importante é ter prazer….viva!!!!

    Sorte e se jogaaaaa…..rs

    E seja feliz.

  • D.F.B

    Sai de ferias e o trem pego fogo …
    @ Deise
    Que comentario mais irrelevante, “Puxa, ajude esse cara pelo amor de Deus!!!!”seje mais criativa …não leve para o lado pessoal!!!

    @ armando
    Em Tempo: ‘discussão’ é com dois ’s’, e não com cê-cedilha … ( valeu pela corressão).e pela analise sexual .Mas até entao o que tem haver afinal o significado do meu nome ou se minha “ruela” queima ou não?

    no que diz respeito em “Provar minha macheza” , não sei onde estava falando disso …E sim que uns retadados ficam ai falando pro cara não ligar pra mae dele e tal…o cara ve revista de homem pelado porq quer ser igual a ele kkkkk essa é boa !!!
    Vc ta indo bem na psicologia e pela sua teoria , como vc fala que os outros queimam a ruela e demostrar tanto não queimar quer dizer que vc tb queima e esta se escondendo .Me corrija se entendi errado sua msg!

    esse @ B tambem ta indo bem hein!comentarios super legais …
    curti pra caralho seu concelho ..continue assim!!!

  • D.F.B

    Sai de ferias e o trem pego fogo …
    @ Deise
    Que comentario mais irrelevante, “Puxa, ajude esse cara pelo amor de Deus!!!!”seje mais criativa …não leve para o lado pessoal!!!

    @ armando
    Em Tempo: ‘discussão’ é com dois ’s’, e não com cê-cedilha … ( valeu pela corressão).e pela analise sexual .Mas até entao o que tem haver afinal o significado do meu nome ou se minha “ruela” queima ou não?

    no que diz respeito em “Provar minha macheza” , não sei onde estava falando disso …E sim que uns retadados ficam ai falando pro cara não ligar pra mae dele e tal…o cara ve revista de homem pelado porq quer ser igual a ele kkkkk essa é boa !!!
    Vc ta indo bem na psicologia e pela sua teoria , como vc fala que os outros queimam a ruela e demostrar tanto não queimar quer dizer que vc tb queima e esta se escondendo .Me corrija se entendi errado sua msg!

    esse @ B tambem ta indo bem hein!comentarios super legais …
    curti pra caralho seu concelho ..continue assim!!!

  • Armando

    D. F. B.:

    Pelo nível do seu Português, acho que em parte vc deve entender errado, sim … mas de outra parte, simplesmente distorce as coisas para poder justificar a sua mentalidade confusa e obtusa.

    Por exemplo: vc fala em “revista de homem pelado” (parece que tem idéia fixa nisso), quando o Bucicleide fala em “desenhos de homens másculos e fortões” de “histórias em quadrinhos”, que pra mim tem muita diferença.

    Fiz a ironia em relação às suas iniciais – querendo dizer que é mal resolvido sexualmente – em resposta a forma debochada com que vc respondeu a minha ponderação, fruto da sua total incapacidade de pensar e argumentar racionalmente sobre a questão, justamente por isso: vc é mesmo mal resolvido sexualmente.

    Eu sou heterossexual convicto, e a minha orientação sexual não está em discussão aqui. A sua é que é duvidosa, mais que a do Bucicleide. Usar a foto de um homossexual declarado como avatar (que é a representação de vc mesmo), para mim, é muito mais indicativo de uma tendência homossexual do que guardar desenhos de histórias em quadrinhos.

    Ou seja, foi o que a Deise quis dizer: vc precisa mais de ajuda do que o Bucicleide. Tá mais do que na hora de definir de que lado a sua faca corta.

    “Seje” … “corressão” … “concelho” … “sadomizado” … “discução” … Nesse nivel não dá pra discutir. Dou por encerrada aqui minha participação nesses comentários.

  • Armando

    D. F. B.:

    Pelo nível do seu Português, acho que em parte vc deve entender errado, sim … mas de outra parte, simplesmente distorce as coisas para poder justificar a sua mentalidade confusa e obtusa.

    Por exemplo: vc fala em “revista de homem pelado” (parece que tem idéia fixa nisso), quando o Bucicleide fala em “desenhos de homens másculos e fortões” de “histórias em quadrinhos”, que pra mim tem muita diferença.

    Fiz a ironia em relação às suas iniciais – querendo dizer que é mal resolvido sexualmente – em resposta a forma debochada com que vc respondeu a minha ponderação, fruto da sua total incapacidade de pensar e argumentar racionalmente sobre a questão, justamente por isso: vc é mesmo mal resolvido sexualmente.

    Eu sou heterossexual convicto, e a minha orientação sexual não está em discussão aqui. A sua é que é duvidosa, mais que a do Bucicleide. Usar a foto de um homossexual declarado como avatar (que é a representação de vc mesmo), para mim, é muito mais indicativo de uma tendência homossexual do que guardar desenhos de histórias em quadrinhos.

    Ou seja, foi o que a Deise quis dizer: vc precisa mais de ajuda do que o Bucicleide. Tá mais do que na hora de definir de que lado a sua faca corta.

    “Seje” … “corressão” … “concelho” … “sadomizado” … “discução” … Nesse nivel não dá pra discutir. Dou por encerrada aqui minha participação nesses comentários.

  • Marcão, macho alpha ++

    Agora sei porque o Dr. Love abandonou essa coluna. É de desanimar a quantidade de desajustados que passaram a SEGUIR cada post dele. É frustrante. Eu entro na coluna dele 1 vez a cada 3 meses e fico impressionado.
    Não é pra menos. Fui criado com pai e mãe, bem resolvidos, cultos e decididos, estão juntos até hoje, superaram todos os problemas e criaram 3 filhos equilibrados, sem medo da vida ou da morte, praticamente 3 espartanos (incluíndo músculos :-))
    Dr Love, sugiro: largue essa coluna de vez. Eles não merecem. Os macho Alpha++ não tem como guiar essa matilha perdida. Somos minoria em extinção no planeta. Só estão sobrando “menininhas” covardes se escondendo atrás da sociedade, do pai, da mãe, do avô, da religião. Cada hora você vai ficar mais infeliz e entendiado olhando a ralé.

  • Marcão, macho alpha ++

    Agora sei porque o Dr. Love abandonou essa coluna. É de desanimar a quantidade de desajustados que passaram a SEGUIR cada post dele. É frustrante. Eu entro na coluna dele 1 vez a cada 3 meses e fico impressionado.
    Não é pra menos. Fui criado com pai e mãe, bem resolvidos, cultos e decididos, estão juntos até hoje, superaram todos os problemas e criaram 3 filhos equilibrados, sem medo da vida ou da morte, praticamente 3 espartanos (incluíndo músculos :-))
    Dr Love, sugiro: largue essa coluna de vez. Eles não merecem. Os macho Alpha++ não tem como guiar essa matilha perdida. Somos minoria em extinção no planeta. Só estão sobrando “menininhas” covardes se escondendo atrás da sociedade, do pai, da mãe, do avô, da religião. Cada hora você vai ficar mais infeliz e entendiado olhando a ralé.

  • João da Rocha Labrego

    Concordo com o Marcão, macho alpha ++.

    Nós, os resolvidos, precisamos deixar essa porcaria de homens para lá.

    Eu ainda me sensibilizo um pouco com gente problemática pela Internet mas é por pura falta do que fazer, já que há 9 anos atrás submeti-me à uma psicanálise durante 3,5 anos após a morte de minha mãe.

    Eu tinha muitos problemas parecidos com esses descritos mas mesmo não me sentindo como um homem eu fui fazendo tudo que um homem faz, ou seja, trabalhei, estudei, casei, não tenho filhos por opção, comprei casa própria, fui motoqueiro, vou aos puteiros, enfim, me sentia um traste como homem mas nunca deixei de ser homem.

    O que recomendo é o sujeito perder a dó de si mesmo. Eu, com 21 anos, já tinha perdido a dó de mim mesmo e passei a me tratar como um burro de carga e o cara mais filho da puta do mundo.

    Se minha vida estava uma droga a culpa era minha. Eu que era o desgraçado da história.

    E não é que deu certo?

    Após 1 ano da morte de minha mãe, procurei psicanálise e toda aquela merda que eu sentia no passado voltou mas não tinha mais nada a ver com minha realidade presente.

    Os sentimentos vinham, eu sentia-os e me perguntava:- Por quê estou sentindo isso? E o sentimento ía embora para a puta que o pariu.

    Se quer ser homem e não sabe como, copie os homens. Nada de dar o loló para eles achando que está apaixonado. Coma-o, internalizando-o em sua psique.

    Sem querer eu fui o maior comedor de homens. Internalizei-os em minha psique através da cervejada de todo final de semana.

    Algumas coisas não deu para copiar mas outras, por osmose, foram se fazendo presentes.

    Abraços.

  • João da Rocha Labrego

    Concordo com o Marcão, macho alpha ++.

    Nós, os resolvidos, precisamos deixar essa porcaria de homens para lá.

    Eu ainda me sensibilizo um pouco com gente problemática pela Internet mas é por pura falta do que fazer, já que há 9 anos atrás submeti-me à uma psicanálise durante 3,5 anos após a morte de minha mãe.

    Eu tinha muitos problemas parecidos com esses descritos mas mesmo não me sentindo como um homem eu fui fazendo tudo que um homem faz, ou seja, trabalhei, estudei, casei, não tenho filhos por opção, comprei casa própria, fui motoqueiro, vou aos puteiros, enfim, me sentia um traste como homem mas nunca deixei de ser homem.

    O que recomendo é o sujeito perder a dó de si mesmo. Eu, com 21 anos, já tinha perdido a dó de mim mesmo e passei a me tratar como um burro de carga e o cara mais filho da puta do mundo.

    Se minha vida estava uma droga a culpa era minha. Eu que era o desgraçado da história.

    E não é que deu certo?

    Após 1 ano da morte de minha mãe, procurei psicanálise e toda aquela merda que eu sentia no passado voltou mas não tinha mais nada a ver com minha realidade presente.

    Os sentimentos vinham, eu sentia-os e me perguntava:- Por quê estou sentindo isso? E o sentimento ía embora para a puta que o pariu.

    Se quer ser homem e não sabe como, copie os homens. Nada de dar o loló para eles achando que está apaixonado. Coma-o, internalizando-o em sua psique.

    Sem querer eu fui o maior comedor de homens. Internalizei-os em minha psique através da cervejada de todo final de semana.

    Algumas coisas não deu para copiar mas outras, por osmose, foram se fazendo presentes.

    Abraços.

  • EVA

    HUAUAUAUAUAUAU!!!!! Ilários esse doutor!!!! Fala sério…

    Ei Buci…. Eu sou viciada em sexo! Se quizer posso te dar uma ajudinha…

  • EVA

    HUAUAUAUAUAUAU!!!!! Ilários esse doutor!!!! Fala sério…

    Ei Buci…. Eu sou viciada em sexo! Se quizer posso te dar uma ajudinha…

  • Rafael

    Interessante o relato…

    Nunca passei por nenhum trauma nesse estilo…Mas tive bastantes acnes no rosto e entre os 3 filhos a minha mãe parecia que me excluia de certas coisas ( 2 meninas e eu caçula homem)
    A parte da Acne era díficil (Acne grau 4) chegava emcerta lugares e as pessoas olhavam pra mim com aquele olhar de pena…

    Mas é isso ai campeão essa é a hora de arrumar uns amigo doentes da cabeça e fazer uma viajem para uma outra cidade ( se possivel)
    Lá vc fazer tudo que tem vontade (menos da a bunda…pelo menos por enquanto) enxer a cara , pegar mulher feia, usar drogas , dançar , e tacar fogo nas revistas em quadrinhos e nas revistar porno

    Vida NOVA !

  • Rafael

    Interessante o relato…

    Nunca passei por nenhum trauma nesse estilo…Mas tive bastantes acnes no rosto e entre os 3 filhos a minha mãe parecia que me excluia de certas coisas ( 2 meninas e eu caçula homem)
    A parte da Acne era díficil (Acne grau 4) chegava emcerta lugares e as pessoas olhavam pra mim com aquele olhar de pena…

    Mas é isso ai campeão essa é a hora de arrumar uns amigo doentes da cabeça e fazer uma viajem para uma outra cidade ( se possivel)
    Lá vc fazer tudo que tem vontade (menos da a bunda…pelo menos por enquanto) enxer a cara , pegar mulher feia, usar drogas , dançar , e tacar fogo nas revistas em quadrinhos e nas revistar porno

    Vida NOVA !

  • Thiago

    Dr. Love é sinistro!

  • Thiago

    Dr. Love é sinistro!

  • dallila

    so vc pode sair dessa procure DEUS AI SERAFELIZ

  • dallila

    so vc pode sair dessa procure DEUS AI SERAFELIZ

  • Dan…

    cara esse negocio de pai ausente vai de um pra outro!!

    tive meu pai ausente desde os 3 anos
    !! vivo com 5 mulheres comigo , no entanto naum sou gay … nem vou ser ¬¬

    naum sou o mais pegador mais me garanto !!! intaum eh issu ai cara ranja grana e vai pro puteroo!!!

    • FILHO DE PAI AUSENTE

      Quando se fala pai na verdade é da figura masculina que está se falando, você pode ser criado por várias tias mas tenho certeza que teve uma figura masculina na sua vida que te fez ser seguro e com alta auto-estima ou mesmo uma mãe que sabia o que estava fazendo quando estava te criando.

  • Dan…

    cara esse negocio de pai ausente vai de um pra outro!!

    tive meu pai ausente desde os 3 anos
    !! vivo com 5 mulheres comigo , no entanto naum sou gay … nem vou ser ¬¬

    naum sou o mais pegador mais me garanto !!! intaum eh issu ai cara ranja grana e vai pro puteroo!!!

  • Eu

    Meu, é cada pergunta loka q aparece para o Dr. love, por isso o povo não acredita se é verdade mesmo!

    Mas tava vendo as datas dos comentários, faz tempo que o dr. não responde, ou é impressão minha? A maioria das perguntas são de 2007/2008.. Esse ano tá fraco hein..

    Dr. Love adoro suas respostas!

  • Eu

    Meu, é cada pergunta loka q aparece para o Dr. love, por isso o povo não acredita se é verdade mesmo!

    Mas tava vendo as datas dos comentários, faz tempo que o dr. não responde, ou é impressão minha? A maioria das perguntas são de 2007/2008.. Esse ano tá fraco hein..

    Dr. Love adoro suas respostas!

  • Daniel

    Dr. Love,

    Tava viajando aqui nos seus textos, e por isso to lendo esse antigo teu só agora… os outros são muito bons mas em nenhum me motivei pra deixar um comment…

    Mas esse achei du caralho, vc mandou mto bem… também concordo que está tendo uma feminilização forte hoje em dia, tanto é verdade que você pode ver a quantidade de mulecada de 14, 15 anos que não tem condições de saber o que quer da vida, baitolando por aih…. Tá faltando mão firme, dos pais ou sei lá de quem… e a galera fica como barco sem rumo mesmo….

    O final do post foi excelente também…. o teu conselho para um caso que parecia ou parece perdido, acho que ninguém daria melhor… Mto Foda…. não vá testar as ruelas antes de ir para avenida principal.. hahhahaa, excelente analogia para uma situação pouco casual

    Parabéns Doc.

    Abçs… nem li os comments então nem sei se estou falando coisas muito repetidas… heheh

  • Daniel

    Dr. Love,

    Tava viajando aqui nos seus textos, e por isso to lendo esse antigo teu só agora… os outros são muito bons mas em nenhum me motivei pra deixar um comment…

    Mas esse achei du caralho, vc mandou mto bem… também concordo que está tendo uma feminilização forte hoje em dia, tanto é verdade que você pode ver a quantidade de mulecada de 14, 15 anos que não tem condições de saber o que quer da vida, baitolando por aih…. Tá faltando mão firme, dos pais ou sei lá de quem… e a galera fica como barco sem rumo mesmo….

    O final do post foi excelente também…. o teu conselho para um caso que parecia ou parece perdido, acho que ninguém daria melhor… Mto Foda…. não vá testar as ruelas antes de ir para avenida principal.. hahhahaa, excelente analogia para uma situação pouco casual

    Parabéns Doc.

    Abçs… nem li os comments então nem sei se estou falando coisas muito repetidas… heheh

  • Lili

    Aí. Caro Dr. love.
    Chamar o cara de “Bucicleide” é sacanagem e falta de respeito!
    Ser virgem não é normal nem anormal, nem vergonha nem honra. É um estado que qualquer pessoa seja homem ou mulher é.
    Sou virgem, e isto não me faz menos mulher que qualquer outra. Da mesma forma que o cara que pediu ajuda ao senhor não é menos homem!
    A mãe errou ao ter feito o rapaz ser seu confidente, mas, o pai também foi ausente.
    Acho que o rapaz deve resolver seus problemas, mas, insinuar que o cara é gay(nada contra os gays) só porque ainda não transou isto é falta de caráter da sua parte!
    Com todo o respeito, o senhor não deve ter mãe! Se tivesse não colocaria toda a culpa nas mães!
    A conclusão o senhor não passa de UM FILHO DA PUTA!
    Observação: não se come uma mulher, se tem relações com ela!
    O senhor Dr Love não passa de um VEADO METIDO A MACHÃO!

  • Lili

    Aí. Caro Dr. love.
    Chamar o cara de “Bucicleide” é sacanagem e falta de respeito!
    Ser virgem não é normal nem anormal, nem vergonha nem honra. É um estado que qualquer pessoa seja homem ou mulher é.
    Sou virgem, e isto não me faz menos mulher que qualquer outra. Da mesma forma que o cara que pediu ajuda ao senhor não é menos homem!
    A mãe errou ao ter feito o rapaz ser seu confidente, mas, o pai também foi ausente.
    Acho que o rapaz deve resolver seus problemas, mas, insinuar que o cara é gay(nada contra os gays) só porque ainda não transou isto é falta de caráter da sua parte!
    Com todo o respeito, o senhor não deve ter mãe! Se tivesse não colocaria toda a culpa nas mães!
    A conclusão o senhor não passa de UM FILHO DA PUTA!
    Observação: não se come uma mulher, se tem relações com ela!
    O senhor Dr Love não passa de um VEADO METIDO A MACHÃO!

  • André

    A minha mãe também me foi fodendo a cabeça assim.
    Felizmente ainda sou novo e comecei a ler a coluna do Dr. Love e a aprender com o meu primo cafajeste a tempo de reparar isso e não virar falhado.

    • FILHO DE PAI AUSENTE

      E isso aí garoto, não deixe que essa merda foda sua vida. Mas no futuro, quando já estiver saído desta fase você irá perceber que ser canalha não tem tantas vantagens assim, mas isso será só no futuro quando encontrar uma mulher que você irá curtir pra caramba.

  • André

    A minha mãe também me foi fodendo a cabeça assim.
    Felizmente ainda sou novo e comecei a ler a coluna do Dr. Love e a aprender com o meu primo cafajeste a tempo de reparar isso e não virar falhado.

  • Random

    Bucicleide, cara,

    sei como vc se sente. Tirando a parte do virgem, tivemos a mesma história: pai ausente e mãe super presente. Só não entendo como conseguiu ser virgem até essa idade. Nunca teve oportunidades? Por acaso vive enfurnado em casa? Não sente desejo por mulheres? Essa sua fantasia por um relacionamento com outros caras eu também tive e com o tempo acabei percebendo que é uma necessidade de relacionamento com o masculino, em ter um exemplo de macho para seguir e se tornar um homem. Uma possível falta de desejo por mulheres pode estar relacionada com uma profunda falta de auto-estima e até uma excessiva familiaridade com mulheres.

    Minha única discordância é quanto à culpa da mãe nessa história… No meu caso, minha mãe preferiu se manter uma mulher tradicional e dedicada à família do que buscar a própria identidade e o amor de outros homens fora de casa, uma escolha louvável, mas nada saudável. E de moderna esse tipo de mulher não tem nada: não trabalhou, vive um relacionamento matrimonial falido e cristão, submissa a um homem que não a respeita e acha conveniente manter sua família sob rédeas curtas. Se temos um pai parecido, ele não foi simplesmente ausente, era também grosseiro com os filhos e com a própria esposa. Usou o filho para reafirmar a própria masculinidade, que no fundo no fundo é tão frágil quanto a tua. Mas não adianta procurar um culpado: vá a um psicólogo, cultive amigos homens e busque as mulheres que todo homem merece! E não se engane: a luta nunca acaba e ser homem é uma luta diária.

    Abração, cara, e boa sorte!

    • FILHO DE PAI AUSENTE

      Esse cara falou muita coisa, o caminho é esse mesmo, tenha fé em você, muita fé que isso tudo irá passar.

  • Random

    Bucicleide, cara,

    sei como vc se sente. Tirando a parte do virgem, tivemos a mesma história: pai ausente e mãe super presente. Só não entendo como conseguiu ser virgem até essa idade. Nunca teve oportunidades? Por acaso vive enfurnado em casa? Não sente desejo por mulheres? Essa sua fantasia por um relacionamento com outros caras eu também tive e com o tempo acabei percebendo que é uma necessidade de relacionamento com o masculino, em ter um exemplo de macho para seguir e se tornar um homem. Uma possível falta de desejo por mulheres pode estar relacionada com uma profunda falta de auto-estima e até uma excessiva familiaridade com mulheres.

    Minha única discordância é quanto à culpa da mãe nessa história… No meu caso, minha mãe preferiu se manter uma mulher tradicional e dedicada à família do que buscar a própria identidade e o amor de outros homens fora de casa, uma escolha louvável, mas nada saudável. E de moderna esse tipo de mulher não tem nada: não trabalhou, vive um relacionamento matrimonial falido e cristão, submissa a um homem que não a respeita e acha conveniente manter sua família sob rédeas curtas. Se temos um pai parecido, ele não foi simplesmente ausente, era também grosseiro com os filhos e com a própria esposa. Usou o filho para reafirmar a própria masculinidade, que no fundo no fundo é tão frágil quanto a tua. Mas não adianta procurar um culpado: vá a um psicólogo, cultive amigos homens e busque as mulheres que todo homem merece! E não se engane: a luta nunca acaba e ser homem é uma luta diária.

    Abração, cara, e boa sorte!

  • Lia

    Meu Deus!!!
    Tenho um filho de 2 anos e meio e o pai dele tbm é ausente. Sempre quis ser a mãe super protetora. Lendo essa matéria me perguntei se não estou fazendo a mesma coisa que a mãe desse coitado fez com ele. Mas ao contrário desse caso eu não xingo o pai na frente dele, apenas exagero na super proteção.

    • FILHO DE PAI AUSENTE

      Espero que você realmente repense a forma que está criando seu filho. Nunca fale mal dos homens em geral para ele e principalmente do pai, o menino precisa de um homem para torná-lo homem tambem, mesmo que seja um canalha, deixe que ele perceba que o pai é um fdp.

  • Lia

    Meu Deus!!!
    Tenho um filho de 2 anos e meio e o pai dele tbm é ausente. Sempre quis ser a mãe super protetora. Lendo essa matéria me perguntei se não estou fazendo a mesma coisa que a mãe desse coitado fez com ele. Mas ao contrário desse caso eu não xingo o pai na frente dele, apenas exagero na super proteção.

  • http://www.rheidaotearromba.comforca.br/ Rheyder Castro

    Cara, vai com calma, se for direto descabelar o palhaco (Um palhaco que nunca entrou debaixo da lona) vc vai broxar e ficar ainda mais frustrado, e pensando que é viado.
    Eu recomendo umas saídas do tipo casa de striper regadas com umas boas doses de wisk, faca alguns programas de homem antes de partir para o tratamento de choque.

    Voce tera mais calma e vai ajudar tudo a dar certo.

  • http://www.rheidaotearromba.comforca.br Rheyder Castro

    Cara, vai com calma, se for direto descabelar o palhaco (Um palhaco que nunca entrou debaixo da lona) vc vai broxar e ficar ainda mais frustrado, e pensando que é viado.
    Eu recomendo umas saídas do tipo casa de striper regadas com umas boas doses de wisk, faca alguns programas de homem antes de partir para o tratamento de choque.

    Voce tera mais calma e vai ajudar tudo a dar certo.

  • Cassia85

    “Você ser produto de uma gosma branca que invade uma bolinha de gude microscópica cria uma relação instantânea e absolutamente única com eles.”

    Ri tanto que foi o mais proximo que já cheguei de um orgasmo!!!!!

  • Cassia85

    “Você ser produto de uma gosma branca que invade uma bolinha de gude microscópica cria uma relação instantânea e absolutamente única com eles.”

    Ri tanto que foi o mais proximo que já cheguei de um orgasmo!!!!!

  • Grandão

    Tenho 23 anos, terminando o mestrado, vou para o doutorado próximo ano e tenho praticamente a mesma história do bucicleide, é horrível… a diferença é que não apanho para os colegas, pois sou fisicamente superior a maioria eu acho, mas psicologicamente não sei nem me defender ou dizer não, tentando ser o certinho o tempo todo, baixando a cabeça. Em casa eu me considero “sem moral”, minha irmã manda em mim, pois se eu discordar dela a casa cai em cima de mim, porque ela é mulher e eu sou homem (sou mesmo?). Nunca tive namorada, as garotas que beijei na vida conto nos dedos de uma mão e todas elas eu só consegui com ajuda do irmão. A pior coisa que escuto desde criancinha é que homem é do mal e mulher é do bem, homem não presta, homem é safado, cachorro, etc. Pra tentar não ser um desses e não ser odiado pelas mulheres, resultado: mais um homem inofensivo no mundo, se é que pode chamar de homem. Os comentários ajudam bastante, estou caminhando pra resolver o problema, tomara que consiga. Pelo menos não culpo mais as mulheres por não estarem comigo, já identifiquei o principal problema: eu. (ok minha mãe também)

    • FILHO DE PAI AUSENTE

      Não culpe as mulheres, sua mãe teve culpa e perdoe ela e esqueça essa merda toda, quanto a sua irmã mande ela se fuder e respeitar o seu lugar. E homem não é do mal e sim existem homens do mal e mulheres do mal (sua irmã por exemplo), você não precisa ser bonzinho para não ser odiado pelas mulheres, você não é cachorro, esse papel de ser bonzinho para ganhar carinho e ser aceito é o papel do cachorro. Pode ser que seja difícil para você entender e assimilar isso, mas quando você entender você verá um mundo que você irá querer para você, não desista e se te fuderam no passado não deixa essa merda toda fuder seu presente e nem seu futuro..

Papo de homem recomenda

Assine o Papo de homem

Curta o PdH no Facebook
  • 5138 artigos
  • 647369 comentários
  • leitores online