Rickson Gracie, o mito

Alberto Brandão

por
em às | PdH Shots


No início dos anos 40, uma família de rapazes franzinos iniciou uma série de desafios polêmicos que chocariam o mundo. Queriam provar que seu estilo diferenciado de luta, o jiu-jitsu, era capaz de vencer qualquer lutador, independente de sua força, tamanho ou arte marcial que praticasse. Estes eventos eram chamados “Desafios Gracie”. Evoluíram até os grandes eventos de Vale Tudo nacionais, e foram a semente do que conhecemos hoje como MMA.

A família Gracie foi cobiçado alvo de atenção desde os seus primórdios, possuindo por longos anos os melhores lutadores do mundo. Uma família doutrinada a respirar o seu próprio estilo de jiu-jitsu, criado pelos patriarcas Carlos e Hélio Gracie. Mas dentro do mundo das artes marciais, nenhum Gracie tem tanta fama quanto Rickson Gracie.

Família, centro da filosofia Gracie

Sendo o terceiro filho de Hélio Gracie, é uma das maiores lendas vivas em termos de artes marciais da atualidade. Apesar de algumas controvérsias que não precisamos abordar aqui, possui um histórico de 487 lutas vencidas, todas por submissão do oponente. Incluindo lutas de Jiu-Jitsu, Luta Livre Esportiva, Vale Tudo, e MMA Tradicional, desafios de praia, brigas de bar, garçons e seguranças de balada.

Tributo a Rickson

Link vídeo

Rickson é responsável pelo desenvolvimento de inúmeras técnicas, aperfeiçoadas por centenas de lutas. Consagrou-se o maior lutador do Brasil nos anos 80, quando venceu Casimiro Nascimento Martins – o famoso Rei Zulu, até então invicto em 150 lutas. A partir daí Rickson nunca teve nenhum adversário que ameaçasse sua invencibilidade, vencendo sempre por nocaute ou por finalização.

Rickson vs Rei Zulu

Link vídeo

Apesar de algumas polemicas pela falta de registro das lutas, uma vez que muitos dos desafios aconteciam nas praias, academias, e nem tudo era oficial, Rickson é considerado pela maioria dos praticantes de artes marciais uma lenda, tão
importante quanto lutadores do passado como Bruce Lee, que inspiram artistas marciais do mundo todo na busca pela invencibilidade. Assim como Bruce Lee, Rickson foi responsável por trazer diversos elementos extras como por exemplo
Yoga para complementar seus treinos.

Faixa Preta e Vermelha, Rickson possui uma das mais altas graduações do Jiu-Jitsu, o oitavo grau. Por sua fama como artista marcial, foi convidado para aparecer no ultimo filme do Incrível Hulk, ensinando Bruce Banner (Edward Norton) técnicas de respiração para o controle da raiva. Seu cartel profissional de lutas é de 11 vitórias. Rickson aposentou-se oficialmente em 2008, por não conseguir um cachê que considerasse a sua altura.

Rickson, na entrevista abaixo, fala sobre a evolução dos esportes de combate e sobre a perda da essência real das artes marciais a partir do MMA. Vindo de alguém que derrotou quase 490 pessoas, merece nossa atenção:


Link vídeo

Tiro minha faixa preta para ele.

Alberto Brandão

Também escreve sobre Parkour no Decimadomuro, conta sua jornada falando sobre empreendeorismo no QG Secreto. Treina Taekwondo, Jiu-jitsu, Parkour e MMA. Escreve sobre treinamento físico em seu blog. Recentemente largou tudo para buscar um caminho mais feliz.


Outros artigos escritos por


SEPARAMOS MAIS TEXTOS PARA VOCÊ CONTINUAR LENDO




O texto acima não representa a opinião do PapodeHomem. Conheça a visão e a essência por trás do que fazemos. Queremos uma discussão de alto nível. Antes de comentar, leia nossas boas práticas. Caso deseje enviar um texto e se tornar um autor, venha por aqui.


  • http://twitter.com/7seconds FrankCastle

    Bem interessante. Principalmente a entrevista. O cara realmente tem uma filosofia legal e uma técnica excelente. Porém, ele é um lutador exclusivamente de Jiu-Jitsu e não de MMA. Como hoje no MMA, todo mundo sabe um pouco de cada coisa, um lutador específico de uma arte não se sai muito bem, quando está fora da sua “área”. Já vi que os Gracies das antigas reclamam muito da questão do limite de tempo, pois a estratégia do Jiu-Jitsu e ganhar com o tempo, a luta vai evoluindo aos poucos até a submissão. Hoje, na visão deles, as regras favorecem mais os wrestlers.

    Sou fã do MMA atual, principalmente no sentido da preservação física dos atletas, mas concordo com ele no ponto do artista marcial. Falta um pouco daquela coisa de um lutador representar um estilo específico e mostrar isso dentro do octógno. Acho que o último que vinha mostrando isso era o Lyoto Machida.

    Parabéns pelo post!

    • Halen sousa

      sem duvida muita fribra o roice ganhou do ken sarok i dan serven esses 2 gradoes ai nera pra qual quer um nao

  • http://www.facebook.com/bruno.torrano Bruno Torrano

    Ótimo post. Seria legal a Papo de Homem periodicamente publicar artigos como esse, que mostrem os lutadores que fixaram seu nome na história do esporte.

  • Aluísio

    Rei Zulu é daqui do Maranhão,grande lutador da minha terra,seu filho Zuluzinho luta até hoje e é o melhor do estado!

    Grande post falando sobre a lenda que é o Rickson e toda a família Grace,parabéns.

  • Anônimo

    Lutadores de proporções míticas !

  • felipe

    Admiro muito a familia Gracie por toda a sua tradiçao, alias meu mestre de jiu-jitsu eh aluno do exemplo do brazilian jiu-jitsu Carlson Gracie. Mas acontece q a familia Gracie eh grande e muitos deles nao seguiram a mesma linha do Carlson de usar o jiu-jitsu como arte de defesa e usaram a tecnica para muitas vezes arranjar confusoes ou conflitos, espalhando uma ideia errada sobre a arte. Tenho a mesma opiniao que meu mestre sobre o Rickson, eh um grande lutador, sabe muito mas nao eh um exemplo, alias deixa muito a desejar nesse sentido. Carlos Antonio Rosado, meu mestre, faixa vermelha disse uma vez pra turma que estava treinando nos Gracie quando o Rickson provocou ele e chamou pra um treino, po se eh pra treina q seja numa boa e nao sobre tensao ou estimulando algo mais serio. No final do episodio meu mestre finalizou o Rickson e numa revanche um tempo depois venceu ele de novo, oq deixou o Rickson em palavras simples-”puto”. Mas po por que ficar puto? eh um treino, nao pode existir situaçoes do genero no mundo da luta, principalmente no jiu-jitsu. Falo como filosofia de luta minha que temos que rever nosso conceito de lutador pq oq vemos hj eh uma pratica somente fisica da coisa, e pra onde foi o mental?Onde esta o exemplo para os outros? So estamos aprendendo e ensinando a bater e finalizar e nao a se defender ou lutar quando NECESSARIO, linha de pensamento do Carlson. Bom eh isso que penso quando vejo essa admiraçao toda frente a figuras como o Rickson, mas nao discordo que isso tenha q ser feito afinal eles inovaram e continuam os tops da parada e nao temos que reclamar de nada, temos que nos ajoelhar pra tanta sabedoria agora o que deve ser feito eh mostrar q nao eh so isso, eh mostrar o lado realmente familiar dos Gracie quais as filosofias e como alguns deles nao seguiram tal ideologia. Bm parabens pelo post, dando força ae pro jiu-jitsu e aos Gracie, espero mais sobre lutas aki no PDH.
    Abraços e parabens de novo.

  • http://www.facebook.com/BlackFelipe Luiz Felipe Rodrigues Rosa

    Uma das famílias mais respeitadas do mundo da luta. Eles são foda!

  • http://twitter.com/rafaelcgo Rafael Oliveira

    Sinistros os Gracies.
    As lutas dos UFC 1 a 5 de Royce são excelentes, principalmente do primeiro UFC.

    Ninguém entende como um cara minúsculo consegue ser tão rápido e efetivo, principalmente os adversários.

  • http://twitter.com/rafaelcgo Rafael Oliveira

    Sinistros os Gracies.
    As lutas dos UFC 1 a 5 de Royce são excelentes, principalmente do primeiro UFC.

    Ninguém entende como um cara minúsculo consegue ser tão rápido e efetivo, principalmente os adversários.

  • http://twitter.com/rafaelcgo Rafael Oliveira

    Sinistros os Gracies.
    As lutas dos UFC 1 a 5 de Royce são excelentes, principalmente do primeiro UFC.

    Ninguém entende como um cara minúsculo consegue ser tão rápido e efetivo, principalmente os adversários.

  • http://twitter.com/rafaelcgo Rafael Oliveira

    Sinistros os Gracies.
    As lutas dos UFC 1 a 5 de Royce são excelentes, principalmente do primeiro UFC.

    Ninguém entende como um cara minúsculo consegue ser tão rápido e efetivo, principalmente os adversários.

  • http://www.facebook.com/barreto.diogo Diogo Barreto

    Tudo bem que o post é sobre o Rickson. Mas falar de família Gracie e não citar o Carlson?! Fala sério…

  • http://www.facebook.com/people/Alexandre-Araujo/100002242566238 Alexandre Araujo

    Realmente os caras são dedicados e evoluíram a luta e souberam fazer o marketing pessoal, todos são grandes mestres. Fizeram a coisa certa no tempo certo, aproveitaram a vantagem da luta de chão numa época em que quase todos eram cegos. Particularmente como lutador acho o Royce superior a lenda, não lembro do Rickson ter lutado com nenhum lutador realmente bom, o mais ou menos que ele enfrentou foi o Sakuraba. De uma forma ou de outra, os caras souberam escrever seus nomes na história

  • Daniel

    Rickson fugiu do Sakuraba, pois o japa no auge voava e vinha destruindo o clã dos Gracie. No entano, no jiu jitsu eles são sinistro mesmo, Rolls no céu e Rickson na terra, o cara manja muito! mas no MMA não deu, poderia ter feito uma história maior, mas foi apenas um bom entre os fodas!

    • Ghettilima

      Esta errado,sakuraba seria finalizado em no maximo 30 minutos por rickson ser infinitamente superior aos irmãos, primos,lutadores em geral da familia gracie e alem do fato principal dele ter perdido seu filho rockson o que tirou totalmente seu animo e interesse.

  • http://www.facebook.com/people/Alexandre-Araujo/100002242566238 Alexandre Araujo

    Sem dúvida o Royce foi surpreendente na sua época lutando com caras bem mais pesados, mas numa época de cegos no chão. E como dizem em terra de cego quem tem um olho é Rei e ele tinha os dois. Comercialmente o vale tudo não evoluiria com lutas amarradas e de pouco entendimento para leigos, como é o Judô a Luta Livre e o Vale Tudo. Pra subir no octógono agora, só com curso completo e sangue de gladiador nas veias.

  • Rodrigo

    Se não fosse por ele e pelos outros Gracie, o “esporte de luta” não seria tão reconhecido e bem visto atualmente

  • http://www.papodehomem.com.br/ Guilherme Nascimento Valadares

    Bruno, se gosta do tema vai viciar no: http://www.kuro-obi.com/

    É de autoria do Alberto Brandão, que escreveu esse artigo sobre o Rickson. Recomendo muito.

  • Anônimo

    Ao contrário de muitos praticantes da arte suave, eu primeiro conheci toda história da familia gracie, li o grande livro sobre a história do Carlos Gracie (Carlos Gracie, O Criador de uma dinastia), e assim me apaixonei pela arte, eu enquanto escrevia tomei muito cuidado pra me limitar ao Rickson, mas história de membros como Carlson, e o grande significado do Royce, merecem artigos a parte.

  • http://twitter.com/johnnyschulte João Vitor Schulte

    Jiu-Jitsu é realmente maravilhoso, estou sentindo muita falta pois esse semestre minha grade da faculdade não teve espaços para eu poder continuar indo para a academia. Não só exercita o corpo mas principalmente a mente, em questões de tranquilidade e raciocínio rápido.

  • http://www.facebook.com/people/Rafael-Ucha/736168852 Rafael Ucha

    Pessoal, desculpem usar o espaço para isso..

    Estou ajudando um amigo a realizar uma pesquisa com HOMENS na cidade de São Paulo, os selecionados receberão um vale-presente de R$20 da Saraiva.
    Por favor, respondam ao questionário para participar: http://www.surveymonkey.com/s/8FWZFG2

    Muito obrigado!

    • http://www.facebook.com/people/Alexandre-Araujo/100002242566238 Alexandre Araujo

      Esse cara é amigo íntimo de alguem da equipe PdH? Além de não ter nada haver com a reportagem, esse cara tá flodando isso em outros posts. Nada pessoal!

      • http://www.papodehomem.com.br/ Guilherme Nascimento Valadares

        é um filho da puta spamzero. já deletei todos comments dele e coloquei na black list. o sistema não está barrando direito.

  • Marcio

    Muito legal lembrar do Rickson nos dias de hoje, eu conheci o vale tudo depois de ler uma entrevista do Rickson para a Playboy (faz tempo pra caralho), na entrevista ele desafiava o Mike Tyson e dizia que venceria ele em no máximo 2 minutos, isso bastou para aguçar minha curiosidade sobre o estilo de luta dele e logo em seguida apareceu em uma locadora de vídeo cassete (porra, to velho mesmo) o UFC1, desde então acompanho a evolução do esporte, sempre com atletas brasileiros em destaque, lembro do Royce, Marco Ruas, Belfort, Pedro Rizzo, Murilo Bustamante, Minotauro, Patino Macaco, Carlão Barreto entre tantos. Hoje, vendo o UFC com as regras atuais, tenho um saudosismo de quando tudo era mais amador, mais real, menos burocrático, sem empates ou vencedores por pontos.
    Ao contrário do que o Guilherme pediu pro Bruno ir se viciar no tema em outro site, considero a sugestão válida, pois MMA é “papo de homem”. seria bom alguns posts regulares sobre o assunto.

  • Marcio

    Muito legal lembrar do Rickson nos dias de hoje, eu conheci o vale tudo depois de ler uma entrevista do Rickson para a Playboy (faz tempo pra caralho), na entrevista ele desafiava o Mike Tyson e dizia que venceria ele em no máximo 2 minutos, isso bastou para aguçar minha curiosidade sobre o estilo de luta dele e logo em seguida apareceu em uma locadora de vídeo cassete (porra, to velho mesmo) o UFC1, desde então acompanho a evolução do esporte, sempre com atletas brasileiros em destaque, lembro do Royce, Marco Ruas, Belfort, Pedro Rizzo, Murilo Bustamante, Minotauro, Patino Macaco, Carlão Barreto entre tantos. Hoje, vendo o UFC com as regras atuais, tenho um saudosismo de quando tudo era mais amador, mais real, menos burocrático, sem empates ou vencedores por pontos.
    Ao contrário do que o Guilherme pediu pro Bruno ir se viciar no tema em outro site, considero a sugestão válida, pois MMA é “papo de homem”. seria bom alguns posts regulares sobre o assunto.

  • Fiusk

    PQP, vai arrumar conteúdo bom na casa do car$#@* srsrsrsrs desculpe o palavreado…mas vcs tão foda! Parabéns!
    Hoje em dia não dá mais pra eles, o MMA evoluiu de uma forma que praticamente minou a guarda do Jiu… Thai e wrestling dominam…UFC do dia 30 promete hein. o PdH tem que produzir algo a respeito, é um evento saco-roxo extreme… os vizinhos que me perdooem mas vai ter barulho a madruga toda hehehe

    • http://www.papodehomem.com.br/ Guilherme Nascimento Valadares

      A casa agradece, Fiusk, o time de conteúdo tem suado a camisa como cavalos de carga.

    • http://www.papodehomem.com.br/ Guilherme Nascimento Valadares

      A casa agradece, Fiusk, o time de conteúdo tem suado a camisa como cavalos de carga.

  • Fiusk

    PQP, vai arrumar conteúdo bom na casa do car$#@* srsrsrsrs desculpe o palavreado…mas vcs tão foda! Parabéns!
    Hoje em dia não dá mais pra eles, o MMA evoluiu de uma forma que praticamente minou a guarda do Jiu… Thai e wrestling dominam…UFC do dia 30 promete hein. o PdH tem que produzir algo a respeito, é um evento saco-roxo extreme… os vizinhos que me perdooem mas vai ter barulho a madruga toda hehehe

  • Jotage

    Rickson mito, querendo ou não, ele foi “o cara” na época dele.

  • Lucas Ruan

    Tive o privilégio de iniciar no Jiu-jitsu treinando diretamente com esse mestre e posso afirmar, ele é o melhor de todos. Um jiu-jitsu voltado diretamente “a porrada”, não incorporando em sua academia golpes como: Guarda-aranha, 50/50, berimbolo, Guarda-X etc. E esse é o estilo de jiu que trago comigo até hoje, voltado a porrada. Como dizia ele: marca com esse rosto na rua que te enchem de soco haha.

Papo de homem recomenda

Assine o Papo de homem

Curta o PdH no Facebook
  • 5416 artigos
  • 655905 comentários
  • leitores online