Para começar a meditar

Gustavo Gitti

por
em às | Como fazer, Guias, Melhor do PdH, Mente e atitude, O Lugar no PdH, PdH Vídeos


“Aprender a meditar é o maior presente que você pode se dar nessa vida.”
–Sogyal Rinpoche

Recebemos quase diariamente perguntas relacionadas ao treinamento da mente. Felicidade acompanhar como cada pessoa, ao seu jeito, percebe que é impossível viver melhor apenas no modo “Deixa a vida me levar”. Se queremos menos ansiedade, se queremos relações sem tantos conflitos, precisamos de práticas específicas, assim como fazemos quando queremos emagrecer.

Orientar essas pessoas, no entanto, é um desafio. Não somos professores de meditação e a maioria dos tutoriais online não é confiável: quem realmente ensina presencialmente (em retiros de ensinamentos aprofundados) não perde tempo gravando mil vídeos para o YouTube.

Diante dessa situação, convidamos um dos maiores professores brasileiros para gravar um vídeo com orientações precisas para quem deseja começar a meditar. Aqui está:


Vimeo | YouTube | Áudio em MP3 para download (clique com o botão direito e selecione “Salvar link como…”)

Algumas pessoas talvez considerem o vídeo muito lento e longo… O vídeo está lento ou é você que está acelerado? Se você não consegue dedicar 24 minutos sem distrações para aprender a pacificar sua mente, mas consegue dedicar 24 minutos para um seriado de comédia, talvez você não queira realmente pacificar sua mente tanto quanto ser entretido.

Assistir ao vídeo já é parte do treino. Aliás, podemos usar esse vídeo de 4’50” até 16’00” como uma meditação guiada: você dá play, senta e vai ouvindo e testando as instruções para se familiarizar com sua própria mente e energia. Foi isso que aconteceu conosco durante a gravação.

Lembretes úteis antes de começar

1. Meditação é um retorno à condição natural da mente – livre das perturbações que surgem de emoções, pensamentos e bolhas de realidade.

2. Não é necessário se vincular a uma religião ou qualquer espécie de esoterismo ou misticismo. O silêncio de base da mente, nossa condição natural não é religiosa nem mística. Ainda assim, é possível trazer a meditação com o contexto da religião, como fizeram muitos grandes mestres.

Para seguir a prática

1. Comece com sessões curtas, de 5 ou 10 minutos, todo dia. A regularidade é mais importante do que a duração.

2. Não castigue seu corpo. Alongue-se, faça alguma prática de corpo (como ioga) e melhore sua alimentação.

3. Procure um centro de prática. É possível convidar outras pessoas para 30 minutos de estudo (leitura e conversa em cima de algum livro sobre o treinamento da mente) e 30 minutos de silêncio (duas sessões de 15, alongando e trocando de posição no meio, se necessário).

4. Para aprofundar, participe de retiros de ensinamentos com um professor qualificado, que possa ajudar na remoção de obstáculos e oferecer instruções detalhadas.

Sobre o Lama Padma Samten

Físico, com bacharelado e mestrado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Alfredo Aveline foi professor universitário de 1969 a 1994. Praticou meditação zen e realizou traduções e estudos sobre o treinamento da mente desde os anos 70. Em 1986 fundou o CEBB (Centro de Estudos Budistas Bodisatva). Em 1996 foi ordenado lama (professor) pelo mestre tibetano Chagdud Tulku Rinpoche e desde então tem oferecido palestras e retiros por todo o Brasil e América do Sul, com uma abordagem que não separa a espiritualidade da vida cotidiana.

Um pouco mais sobre o Lama Padma Samten:

  • Palestrou na abertura do TEDx Amazônia.
  • É cidadão honorário de Curitiba (PR) e de Viamão (RS), devido a inúmeros trabalhos para o desenvolvimento de comunidades locais.
  • Foi um dos responsáveis pelas vindas de Sua Santidade o Dalai Lama ao Brasil.
  • Promove diálogos e oferece visões para advogados, educadores, economistas, investidores, sociólogos, políticos, psicólogos, empresários, médicos, artistas…

Outras referências

Aos interessados no CEBB e no Lama Padma Samten, reuni em meu site pessoal uma série de links e orientações para quem deseja se iniciar na prática do silêncio. Nesse canal no YouTube há inúmeros vídeos de palestras e retiros.

Estou usando essa almofada de meditação produzida pelo Fábio Rodrigues nos moldes tradicionais. Ela vem com uma URL escondida que leva os atentos para o manual de instrução: “Como usar sua almofada de meditação”.

Há poucos dias encontrei esse outro tutorial excelente, produzido pelos alunos de Sogyal Rinpoche: “Dare to meditate”.

Recomendo também essa fala de Robert Thurman sobre como apenas meditar não adianta nada sem estudo, ação ética, atitude compassiva e desenvolvimento de sabedoria.

Para quem já tem professor, lembro desse vídeo que gravamos com Alan Wallace: “Por que praticar (ou como retribuir a bondade dos professores)”.

Faltou a principal responsável pelo vídeo: Luiza de Castro

Reza brava

Se eu pudesse fazer uma macumba agora, se eu pudesse juntar as mãos e realmente desejar algo para nós todos, de coração, pra valer, sairia algo assim:

“Que cada um de nós possa se familiarizar com o funcionamento da própria mente.

Que cesse agora todas as correntes de pensamentos obsessivos, compulsivos, autocentrados e delusivos que levam a brigas, suicídios, violências, sofrimentos de todo tipo.

Que nenhum inimigo ou culpado possa ser encontrado.

Que preguiça, orgulho, ciúme, raiva, medo, inveja, preconceito, carência, ansiedade, desconfiança, depressão, aversão, apego, indiferença e todas as milhares de aflições emocionais e enganos cognitivos possam ser dissolvidos por métodos poderosos.

Que cada um de nós embarque menos e menos nas narrativas, jogos e alucinações que fabricamos sem cessar.

Que seja cada vez mais possível direcionar o próprio ânimo.

Que possamos cultivar e nos relacionar com os outros a partir de bondade amorosa, flexibilidade, relaxamento, destemor, compaixão, equanimidade, ludicidade, alegria, generosidade, moralidade, atenção, estabilidade, curiosidade, energia constante, paz, espacialidade e sabedoria.

Que ainda hoje você, eu e todos ao redor possamos enfim repousar.”

Boa prática a todos nós.

Este post é resultado de nossas práticas, diálogos e treinamentos na Cabana PdH. Quer entrar no Dojo?
Gustavo Gitti

Professor de TaKeTiNa, autor do Não2Não1, colunista da revista Vida Simples e coordenador do lugar. Interessado na transformação pelo ritmo e pelo silêncio. No Twitter, no Instagram e no Facebook. Seu site: www.gustavogitti.com


Outros artigos escritos por


SEPARAMOS MAIS TEXTOS PARA VOCÊ CONTINUAR LENDO




O texto acima não representa a opinião do PapodeHomem. Conheça a visão e a essência por trás do que fazemos. Queremos uma discussão de alto nível. Antes de comentar, leia nossas boas práticas. Caso deseje enviar um texto e se tornar um autor, venha por aqui.


  • http://twitter.com/Edubds Eduardo Baiano

    Mama, Mia, Gustavo! Parece algo impossível para mim!! Portador de Hiperatividade e Déficit de Atenção, não consigo ficar sequer quieto no trabalho, onde deveria passar o dia inteiro sentado, levado de vinte em vinte minutos inventado alguma desculpa para não permanecer sentado. Mas, acho muito bacana a prática da meditação, é algo que eu quero incorporar na minha vida. Será que eu dou conta?

    • http://www.facebook.com/iodris Fabio Rodrigues

      @twitter-142127400:disqus , daria pra fazer sessões menores, de 2, 3, 5 minutos (ou o tanto que você conseguir), sem problema algum. Nesse caso, especialmente, é bem importante manter alguma regularidade.

      Um meio hábil interessante é fazer um “voto” de meditar 5 minutos por dia por 1 mês, por exemplo, sem falhar. Eu sugiro a experiência ;-)

    • http://twitter.com/danielccosta Batman

      Eduardo, tenho o mesmo problema que você e ainda to sofrendo com a disciplina para fazer todos os dias, mas tente quando for dormir, ficar sentado com as pernas cruzadas(não é bem cruzada, você coloca a perna esquerda inteira sobre a direita por exemplo) se você não tem a almofada de medicação como eu, pode sentar em cima de um travesseiro para ficar numa posição confortável e equilibrada. e fica uns minutos em silêncio, se concetra na sua respiração… e não lute com a sua mente, o que vier de pensamento, deixa fluir, mas mantênhase concentrado na sua respiração, vai tipo respirando fundo e contando, serve pra treinar no começo :)

      Não sou professor nem nada, só umas dicas que funcionam pra mim, se ajudar tá valendo. Abraço!

      • Renan

        Me sinto meio tonto quando faço, respirar fundo e lentamente me deixa tonto, ai tenho que parar :(

        Contar quanto?

      • http://www.facebook.com/camila.mazeu Camila Mazeu

        Você não precisa respirar profundamente, respira como o corpo ‘pedir’. O importante é focar a atenção na respiração. Se perceber que perdeu o foco, volte a prestar atenção no ar entrando e saindo. Cada vez mais a sua mente vai se disciplinar. Então ‘tudo’ vai surgir.

      • http://twitter.com/Edubds Eduardo Baiano

        Ótimas táticas.

        Valeu, caras!

        Abraço.

  • anonimo

    simples e bom. Adoro as palestras desse Lama, ele é sempre calmo e com pé no chao, sem sombra de dúvida um grande professor. obrigado PDH.

  • http://twitter.com/MarcosLimaS Marcos Henrique

    Vou começar hoje mesmo! Sempre tive interesse, mas nunca encontrava nada de bom na internet. Muito Obrigado.

  • http://www.facebook.com/moacir.ribeiro Moacir Ribeiro

    Que matéria bacana. São inciativas como essa que realmente geram benefícios. Parabéns!

    • Vargas

      Engraçado, eu particularmente não vi grandes coisas no vídeo , nem nos ensinamentos e nem no Lama , nem nesse tipo de budismo , talvez eu seja asceta demais e tenha mais tendência a extremos , pra mim meditação boa é aquela estilo hardcore, dias de jejum , guerreando com todas as forças contra as tendências mundanas , dissolvendo todos os falsos conceitos da sociedade mentalmente , contra o ego , contra a falta de controle , contra o stress , até de fato chocar-me com algum fenômeno espantoso em mim mesmo.

      Esse caminho do meio , não me parece muito efetivo , uma vez que já me deparei com diversos budistas sem controle e com problemas de tensão e ego visíveis, o meio deles é mais pra mundanidade do que pra espiritualidade.

      Há de se lembrar que antes de buda encontrar a iluminação teve que morrer simbolicamente com a ajuda do ascetismo .

      O tesouro esta no nosso quintal , mas requer uma viagem de descoberta para saber usar o tesouro.

      Diga ao Lama para ensinar a levitar , ai talvez eu me comova.

      • Leandro Terra

        E como foi quando você ficou dias de jejum?

      • Mila

        Talvez a meditação hardcore sem um guia espiritual esteja te deixando confuso. O título da matéria é “PRA COMEÇAR A MEDITAR”. Nem Milarepa, o maior yogui tibetano, começou pelo “hardcore”. (Aliás, ele não apenas levitava, ele voava..)

        E o final do que você descreve como hardcore mais parece com algum conceito new age deturpado de iluminação…”chocar-me com algum fenômeno espantoso em mim mesmo.”

        Buda não morreu simbolicamente no período de ascetismo, Buda vai de um extremo ao outro para compreender que ambos não conduzem a liberação.

        Levitar? Você nem conseguiu ainda compreender o que é meditar….

      • Neuza

        Nossa, Mila, você é demais! Muito bom!

      • Jaque Marcondes

        Foi o próprio Buda que divulgou o “caminho do meio” e orientou seus ensinamentos através dele depois de ver que o jejum exagerado o deixou fraco e ele quase morreu. Ele chegou a conviver um tempo com os ascetas, mas não se tornou um deles,

  • Kelly Lima

    Estou nessa busca a um tempo. Obrigada por compartilhar essas dicas.
    Sou leitora do PdH e sinto uma credibilidade vindo de vocês. Principalmente de você Gustavo, por mostrar uma mente iluminada.

    • http://nao2nao1.com.br/ Gustavo Gitti

      Depois nos conte se algo funcionou, Kelly.

  • Letícia Garcia

    Adorei o texto, embora ainda não tenha assistido ao vídeo. No mais, seria uma bela macumba!

    • http://www.facebook.com/lucianoandolini Luciano Andolini

      Não tem macumba nenhuma, Letícia.

      Essa reza brava ao final é só a nossa aspiração de que esse video sirva como um pequeno passo para liberar a todos nós dos ciclos malucos de loucura em que entramos o tempo inteiro. No mais, a prática é tão simples quanto ficar sentado em silêncio. Só isso.

      Abração

      • Glauber Monteiro

        “… é tão simples quanto ficar sentado em silêncio.” É a coisa mais fantástica que existe. Isso me lembra o quanto esquecemos da naturalidade com que as coisas acontecem quando tentamos correr atrás de algo que irá chegar, mas estamos tão afobados em alcançar que nos escapa. Afinal de contas, você altera o universo em sua volta. Por isso, aprender a ficar sentado em silêncio e aguardar é muito além do que este simples ato.

  • http://twitter.com/danielccosta Batman

    Uma dica, se você for no Templo budista Zulai, em cotia(dá uns 30km de sp pela Rodovia Raposo Tavares) além de conhecer um tempo fantástico e muito bonito(dê uma volta pelo jardim conversando sobre a vida com amigo/amiga ou companheira, parece que flui de uma maneira muito diferente a conversa), existem palestras gratuitas sobre o budismo(ministradas pelos chineses que mantém o templo, é difícil entender o portuguès deles, mas é bem legal) e tem aula de meditação entre as cerimônias.

    Fica a dica e boas práticas a todos.
    Paz =)

    • http://nao2nao1.com.br/ Gustavo Gitti

      Valeu, Batman!

      Fui lá quando o Dalai Lama veio dar ensinamentos.

      Depois não voltei. Bom saber que eles seguem ativos.

  • http://www.facebook.com/mariana.erthal.9 Mariana Erthal

    Já tive a oportunidade de participar de alguns retiros com o Lama Padma Santem… é enriquecedor em tantos aspectos que não existem palavras para descrever: é preciso experimentar. Não me considero “budista”, como uma religião a ser seguida (e é isso q me encanta no budismo, não há essa necessidade). Mas sigo os ensinamentos como uma forma de alcançar uma tranquilidade interior maior, como uma forma de me colocar no lugar do outro e praticar a compaixão pelo próximo… ainda há muito a aprender… principalmente no quesito desapego (hehehe). Mas recomendo esta experiencia de coração!

  • http://www.facebook.com/raquelveloso Raquel Veloso

    Adorei o texto, vou assistir o vídeo e testar. Há muito tempo tenho vontade de aprender a meditar e essas dicas foram preciosas!

  • http://twitter.com/JackCostaD Jack Costa

    Gratidão imensa.
    _/_

    • Cinthia Luxo

      pena nao sair da bola de neve que crio no dia-a-dia.
      tambéme estou muito grata!

  • http://www.facebook.com/rogerio.arileirias Rogério Ari Leirias

    Ótimas dicas e a meditação revala uma estabilidade e uma paz que ajudam em todas as áreas da vida.

  • Laura Campos

    Acho que o mais difícil é separar o tempo e controlar distração, ansiedade e essa mania do mundo moderno de pensar em tudo ao mesmo tempo agora…
    O vídeo e o post já viraram manualzinho de instruções por aqui. =)

    • http://www.facebook.com/lucianoandolini Luciano Andolini

      Eu passei a exigir menos de mim e focar em praticar junto com alguma coisa que eu com certeza vou fazer. No meu caso, funcionou reservar cinco minutinhos de manhã, antes de sair para trabalhar. É uma coisa do tipo: ninguém vai morrer se eu me atrasar cinco minutos. Então, eu nunca tenho desculpa, simplesmente vou lá e sento.

      O que acha de tentar o mesmo?

      • Laura Campos

        Com certeza. Vou começar eliminando as desculpas… rsrs

  • http://www.facebook.com/tiago.perrelli Tiago Perrelli

    Para quem desconhece, a divulgação dessa prática de meditação/respiração no mundo contemporâneo recebeu e ainda recebe diversas influências e contribuições das técnicas milenares preservadas pelas diversas culturas tradicionais do oriente.

    A prática em si possui muito mais do que 100 anos A.C
    Tanto Budista quanto Taoista, entre outras…

    Só para deixar claro, não foi ninguém que estudou, tirou diploma e desenvolveu algo de 500 anos pra cá… Imaginem dos anos 70….

    Isso chega a ser um tanto engraçado, pois como infelizmente ainda somos “o país do diploma”, as pessoas preferem acreditar num pedaço de papel com tinta do que procurar realmente de onde vem toda essência e origem.

    Em outras palavras, até o dia que alguém diga que “fundou, se graduou, tirou diploma ou tenha virado mestre”, as idéias são consideradas coisa de doido, maluco, que não existe ou do além.

    Hoje, existem milhares de charlatões publicando videos na internet e até vendendo materiais sobre o assunto. Não só para isso, mas diversos assuntos ou áreas de conhecimento. Afinal, “dinheiro” acaba falando mais alto por mais que neguem.

    Basta cair na mídia e virar moda. Igualzinho aconteceu depois daquela novela: Negócio da China. Todo mundo quis praticar artes marciais porque “é legal”.
    Legaaaaal, né, zé?

    Voltando ao assunto, a prática da meditação é muito mais do que milenar, assim como bem mais profunda do que parece.

    Não desmereco ninguém, apenas digo que devemos tomar muitos cuidados
    com a origem das práticas as quais exercemos ao nosso corpo.

    Pra quem tem interesse, deem uma olhada nesse link:
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Medita%C3%A7%C3%A3o

    No tópico “ver também” tem uma lista enorme sobre as diversas práticas de meditação, respiração, treinamento interno, espiritual, enfim. Chamem como quiserem.

    Essas práticas listadas no tópico são as verdadeiras fontes de origem de boa parte das práticas atuais.

    • http://nao2nao1.com.br/ Gustavo Gitti

      Obrigado, Tiago.

      Sim, estamos brincando com métodos e conhecimentos muito, muito antigos, que chegaram a nós pelo esforço de gerações e gerações de praticantes.

      Se eles não tivesse sentado em silêncio, nós estaríamos ainda mais perdidos agora.

  • http://twitter.com/BrisaFeliz Fernanda Magalhães

    “Que ainda hoje você, eu e todos ao redor possamos enfim repousar.””

    Gratidão, mil vezes gratidão.

  • Arildo Dias

    Parabéns a todos pelo texto e pelo vídeo.
    Só reforço a importância de se alongar antes de meditar. Volteir a mediar com mais regularidade recentemente, e até então não me alongava antes de meditar. Nessa primeira semana, me alongando antes e após a meditação, percebi uma diferença absurda tanto em termos de conseguir sustentar uma posutra ereta e mais confortável quanto no próprio foco durante a sessão.
    E que a reza brava possa alcançar TODOS NÓS!

    • http://nao2nao1.com.br/ Gustavo Gitti

      Pra mim também, Arildo, o alongamento foi um divisor de águas. Todo mundo falava disso, mas eu nunca dava bola, até me foder num retiro.

    • http://www.facebook.com/marcus.telles.9 Marcus Telles

      Que bom ler isso, Arildo, porque tenho tido uma dificuldade absurda em me manter na posição. Vou ver se o alongamento me ajuda também.

      Aliás, não entendo como as pessoas sentam em lótus ou em meio lótus com tanta facilidade: não consigo de jeito nenhum, e olha que não sou um cara sedentário. Aproveito para deixar uma pergunta para os mais iniciados: é normal que a perna fique muito, muito dormente durante a meditação? Quando acabam os 30 minutos, não consigo nem ficar de pé, já até tomei uns tombos tentando levantar, hehehe.

      Quanto ao vídeo: excelente. Conheci o Lama através do Gitti e sempre que posso leio seus textos ou vejo seus vídeos. Fazer esse tipo de coisa circular beneficia muita gente, podem ter certeza ; )

  • http://www.facebook.com/claiton.ferreira Claiton Martins-Ferreira

    Comecei a meditar no ano em que o Aveline foi ordenado Lama Samten. Embora budista tibetano, ele tem raízes profundas no zen, onde eu fiz toda minha prática e no mesmo grupo que ele iniciou. Por isso que ele ensina a prática da meditação sentada. A princípio não se pratica para benefício próprio e sim para benefício de todos os seres. Mas, como muita gente é iniciante aqui, é bom saber quais os benefícios da prática regular. Sou da escola tradicional, onde se pratica zazen (za = sentado, zen = meditação) por 40 minutos. Quanto o sino toca para iniciar, parece que a mente já entra em estado meditativo. Após o tempo definido, ele toca novamente. Para auxiliar a galera que não tem sino em casa e que está querendo iniciar, há um app onde vc define a duração da meditação e os toques do sino. No zen inicia-se com 3 toques e finaliza com 1. O app está na loja do google play: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.nwalex.meditation&hl=en

    • http://nao2nao1.com.br/ Gustavo Gitti

      Conheço muita gente que usa esse app, Claiton. Eu instalei, mas nunca usei pra valer.

      Muito bom ler seu relato.

      • http://www.facebook.com/claiton.ferreira Claiton Martins-Ferreira

        Oi Gustavo. Esse app é também excelente quando tu estás viajando. Eu tinha aqui em casa um espaço exclusivo para meditação com tapete e zabuton (almofada), além do sino. Como levei tudo para o consultório de minha esposa, para a meditação lá, uso o app em casa. Funciona bem pra caramba, recomendo. Há outros app na loja com o mesmo propósito, mas não testei. Abraço.

      • http://www.facebook.com/lauer.santos Lauer A. N. Santos

        Vc conhece algum app para iPhone?

  • http://www.facebook.com/people/Isa-Belli/1584206490 Isa Belli

    Um presente desse em plena terça-feira? Só posso agradecer… e muito! Como estamos carentes de serenidade… vou tentar começar ainda hoje! :D

  • Tam

    Ah, eu tava precisando disso!! Sempre tentei meditar, mas nunca tive uma orientação adequada… depois, manter a regularidade realmente é MUITO difícil! Principalmente pra mim que nunca fui das mais disciplinadas! rsrsrs
    Espero que me ajude! ^^

  • http://www.facebook.com/rafael.panzenhagen Rafael Panzenhagen

    Só mais um artigo confirmado que o PDH é um blog fantástico.

    • http://www.papodehomem.com.br/ Guilherme Nascimento Valadares

      ex-blog

      portal – em breve, um novo visual vai reforçar isso

      ;)

      elogio mais que agradecido, Rafael

      • jeanleonino

        Ia comentar justamente isso. Blog não define bem o Papo de Homem. É quase uma comunidade também.

  • http://profiles.google.com/tiagocxavier Tiago Xavier

    Agora vai!

    • http://www.facebook.com/lucianoandolini Luciano Andolini

      Agora sim!

      • http://nao2nao1.com.br/ Gustavo Gitti

        Zeramos o PdH.

        Não faz sentido publicar mais nada depois disso.

        Voto em fechar o PdH e deixar essa capa de hoje fixa.

      • http://www.facebook.com/mdiegot Diego Teixeira

        Demorô

  • willian

    Uma pequena introdução sobre meditação, nesse video.
    http://www.youtube.com/watch?v=LOJ-KD_q59Q

  • http://www.papodehomem.com.br/ Guilherme Nascimento Valadares

    Maravilhoso.

    O vídeo, o cuidado na instrução, a presença do Lama por aqui.

    Gitti, Fabio, sabem que estão costurando nós que fazem um veículo explorar caminhos onde outros nunca estiveram, certo? A ficha vai cair mais à frente ainda… tem algo bem único, e ainda não muito claro, nascendo.

    abraço grande.

  • LuizadeCastro

    Seus fofos! =)

  • http://www.facebook.com/christian.carvalho.5811 Christian Carvalho
    • http://www.facebook.com/christian.carvalho.5811 Christian Carvalho

      O que é meditação? De onde veio? O que pode fazer por mim? Se aprofunde…
      PS – Videozinho que encontrei ontem e achei muito interessante, se puder também, assistam.

    • http://nao2nao1.com.br/ Gustavo Gitti

      Bacana, Christian, não conhecia. É um projeto da fundação Arte de Viver.

      Tem coisas legais, principalmente na visão dos grandes meditantes como cientistas.

      Só acho equivocado vender a meditação sozinha como algo pra melhorar seu “desempenho” na vida (correr melhor, aprender mais etc).

      Importante ter em mente também essa crítica do Robert Thurman:

      http://www.youtube.com/watch?v=E9O1RxXpiH8

  • Marcos Bauch

    Sentar em silêncio: tão simples que fica até dificil fazer com que as outras pessoas levem a sério. Tão eficaz que é uma pena que nem todos levem a sério.
    Obrigado, Gitti.

    • http://www.facebook.com/lucianoandolini Luciano Andolini

      Agradeça ao Lama, cara. Ao Lama.

      • Marcos Bauch

        O Gitti é o Lama em outro mundo ;)

  • http://www.estrategistas.com/ Paulo R. Ribeiro

    Lindo demais isso.

    Obrigado ao PdH por tudo.

  • Luiz

    Amo esse blog. Ponto.

  • Tonho

    “Almofada de boquete”… isso precisa ser patenteado.

  • Lara Wasser

    “Sua Santidade o Dalai Lama”. Desde quando o Dalai Lama é um santo?! :)

    • Gustavo de Santana

      lara, o “sua santidade” é pronome de tratamento que faz referência a líderes religiosos. não faz alusão direta a santos católicos.

  • Renan

    Me sinto tonto com essa respiração lenta e funda, o que fazer? rs

    • Gustavo de Santana

      renan, não precisa respirar necessariamente assim. é só prestar atenção na sua respiração do jeito que ela vier, sem controlar muito. eu sempre tive (e ainda tenho) problemas com a tentativa de controle na respiração, e o melhor que consigo fazer é tentar controla-la o mínimo possível.

      a tendência é que a respiração fique mais lenta e profunda à medida que a gente melhore a estabilidade durante a prática. ou seja, a respiração ritmada é mais consequência do que causa.

      (em tempo: esse é um ensinamento do próprio lama samten e de outros mestres. eu só testei, notei que tem funcionado comigo e tô te repassando a dica. :-] )

  • http://www.facebook.com/people/Rodrigo-Veiga/100002244855304 Rodrigo Veiga

    Ótimo o pdh trazer esses conhecimentos,me soma muito !
    Só uma coisa,no vídeo do Lama Padman Santem,aquele que filma ou outra pessoa presente na sala,dá umas tossidas ou é outra coisa ?
    Enfim,espero manter-me fiel as minhas práticas diárias,paz galera.

    • http://nao2nao1.com.br/ Gustavo Gitti

      Rodrigo, sobre as tossidas:

      “As coisas não são o que parecem ser. Nem são qualquer outra coisa”

      –Buda, no Lankavatara Sutra

  • Pingback: [Série] O que eu li hoje – 09/10/2012 | Eduardo Queiroz

  • xuh

    Vi no site que o Lama Samten tem ensinamentos em MP3 para baixarmos.
    Que tal fazer isso com esse vídeo?
    Gratidão

    • http://nao2nao1.com.br/ Gustavo Gitti

      Vou pedir para a Luiza e subimos aqui, ok, Xuh?

      • xuh

        Por isso que a cada dia, texto ou comentário de vocês eu fico mais fã. Fico aguardando.
        Gratidão.

      • http://twitter.com/edegar EDEGAR NEUMANN

        Gitti, o MP3 foi feito e eu não estou encontrando ou não foi feito?

      • http://nao2nao1.com.br/ Gustavo Gitti

        não foi feito. me manda seu email (gitti@papodehomem.com.br) que te aviso quando atualizarmos aqui.

    • http://nao2nao1.com.br/ Gustavo Gitti

      Pronto, @xuh:disqus e @twitter-34624798:disqus

      http://papodehomem.com.br/para-comecar-a-meditar/

      Link do MP3 debaixo do vídeo.

      • xuh

        Obrigada Gustavo, coração cheio de gratidão!

  • http://twitter.com/espaulinha paula pires

    parabéns pelo texto e pelo vídeo, estava a algum tempo querendo iniciar a prática e como foi dito no texto o vídeo te leva a uma meditação guiada. Tive uma ótima experiência e com certeza vou continuar. Muito obrigada!

  • http://www.facebook.com/people/Tom-Silveira/100002014386915 Tom Silveira

    Caras, obigado pelo vídeo, isso é muito bom….muuuito bom!

  • Mauricio

    Cara, simplesmente inacreditavel. To aqui, de madrugada, desanimado porém ansioso, com insonia e tudo mais.Nao sabia de onde estava vindo a minha “carencia” ate que pensei que seria bom pensar em meditar; Andei procurando sobre “respiração” “meditação” e afins pela internet.Tava muito a fim de começar a meditar mesmo, fazer disso um habito; Vi videos no youtube, li textos etc. Eu sou leitor do PDH e nem iria abrir o site pra nao perder o “foco” no assunto principal que eu tava buscando, que era relaxar, e pensei que se abrisse poderia ler coisas que nao tinham nada a ver e consequentemente iria demorar ainda mais pra tentar relaxar e tentar dormir(tenho serios problemas pra regularizar meu sono). mas sucumbi e acabei digitando ‘pdh’ na busca do google. Quando abri o site vejo logo de cara esse texto, que ainda nao li por sinal, mas vou ler com mt atenção. Talvez hj , excepcionalmente, minha falta de autocontrole tenha vindo em meu beneficio.

  • Mauricio

    Cara, simplesmente inacreditavel. To aqui, de madrugada, desanimado porém ansioso, com insonia e tudo mais.Nao sabia de onde estava vindo a minha “carencia” ate que pensei que seria bom pensar em meditar; Andei procurando sobre “respiração” “meditação” e afins pela internet.Tava muito a fim de começar a meditar mesmo, fazer disso um habito; Vi videos no youtube, li textos etc. Eu sou leitor do PDH e nem iria abrir o site pra nao perder o “foco” no assunto principal que eu tava buscando, que era relaxar, e pensei que se abrisse poderia ler coisas que nao tinham nada a ver e consequentemente iria demorar ainda mais pra tentar relaxar e tentar dormir(tenho serios problemas pra regularizar meu sono). mas sucumbi e acabei digitando ‘pdh’ na busca do google. Quando abri o site vejo logo de cara esse texto, que ainda nao li por sinal, mas vou ler com mt atenção. Talvez hj , excepcionalmente, minha falta de autocontrole tenha vindo em meu beneficio.

  • Pablo

    Belo artigo, mas o video está dando erro!

  • Pingback: Meditação « semprenopresente

  • http://www.facebook.com/gui.zin21 Luis Guilherme Pereira

    Fantástico ! Mais uma materia show de bola, Parabens ao Gustavo e ao Pdh !

  • Pingback: Introdução à meditação – Lama Padma Samten | Sobre Budismo

  • Sabrina Moreno

    Honestamente… não consigo me imaginar deixando de pensar em pelo menos 10 coisas ao mesmo tempo, e é ao mesmo tempo mesmo. Totalmente fora de controle. Tenho dificuldades em me concentrar em uma única coisa porque presto atenção a tudo a minha volta (consegue imaginar?). Totalmente dispersa. Pra ter uma idéia, sai de férias no trabalho e levei uma semana e meia pra “desligar”, mas nem por isso sessou a agitação mental, apenas mudou o foco. Meditação ajuda nesse caso? ou devo procurar um psiquiatra, pois acho que vou enlouquecer a qualquer momento. Que bom que esse assunto surgiu, e a propósito, a matéria ficou ótima.

    • http://nao2nao1.com.br/ Gustavo Gitti

      Sabrina,

      Se você sequer consegue se imaginar diferente, a situação é grave. Pior do que ser assaltante é nunca se imaginar sendo outra coisa.

      Mas essa é a história de todos nós. Conduzo meditação às quintas e ouço isso sempre: ˜sou muito dispersa, não sei desligar”.

      A gente sabe, sim. Se repousarmos, nossa mente saberá o que fazer, basta termos interesse e disposição. Assim como é o nosso corpo que se cura sozinho, a gente só dá uns empurrões.

      • Sabrina Moreno

        Será?
        Gostaria muito de tentar pra ver se consigo me centrar um pouco mais. Não que eu seja uma pessoa desequilibrada, não é isso, mas uma mente mais tranquila seria muito bem vinda. Só quero ir mais devagar, no meu caso menos seria mais. Não sei se consegue entender.

      • http://nao2nao1.com.br/ Gustavo Gitti

        Claro que consigo. Eu sou igual.

        Espero que consiga, de fato, começar alguma prática que cultive essa outra mente que você aspira.

      • Sabrina Moreno

        Por enquanto só a dança consegue aliviar a tensão. O foco é algo mais introspectivo. A matéria ajudou… já estou na busca.
        Obrigada!

  • http://www.facebook.com/arthur.s.mendonca Arthur Silva Mendonça

    o que seria o ”brilho nos olhos” e ”brilho da mente” aos quais o Lama se refere ?

    • http://nao2nao1.com.br/ Gustavo Gitti

      Arthur,

      Sugiro você perguntar diretamente ao Lama Samten no fim de uma palestra ou durante um retiro.

      Aqui a agenda do Lama:

      http://www.cebb.org.br/lamasamten/agenda

      Se eu fosse explicar, só te confundiria.

  • Ledoyster

    @gustavogitti:disqus Em um post MUIIIIIIIIIITO antigo você postou um link pro wikipédia de uma corrente do budismo…tô precisnado muito reencontrar aquele artigo…só me lembro qeu a doutrina tinha um nome começado com “L”, tem como me passar?

    • http://nao2nao1.com.br/ Gustavo Gitti
      • Ledoyster

        Isso mesmo, cara. Lembro que isso que abriu meus olhos pra filosofia espetacular do budismo. É possível atingir o nirvana mesmo sendo uma peça do sistema capitalista? De qualquer jeito, brigadão @gustavogitti:disqus

  • http://www.facebook.com/gogoulartbio Guilherme Orlandi Goulart

    Eu não tenho saco pra isso. Tá certo que sou um completo ignorante no assunto, mas realmente não consigo criar um interesse no assunto nem na ideia por trás da meditação.

    De qualquer forma, acho muito interessante ver a diversidade nas publicações por aqui. Cada um com a sua filosofia de vida, com seus interesses e com seus preceitos. Demais!

    Parabéns pelo post, muito bom.

    Eu vi o vídeo inteiro, achei interessante, mas parece que faltou algo… Sei lá, algo explicativo: “Por que?” “Pra que?” “Pra quem?” e um “Meditar é…”

  • Pingback: Vídeo sobre Meditação | Reiki

  • Fred

    Sinto dizer, mas para pessoas quem nunca praticaram meditação, se o vídeo tem a intenção de motivar essas pessoas, o Lama não foi feliz com essas instruções, não foi inspirado. Explico.

    Depois de assistir o vídeo, quem se motivaria a começar a fazer meditação com instruções somente ditas como alegorias, como estas: “brilho nos olhos”, “aquecer o corpo”.. etc.. isso é lindo mas não pega, não é linguagem adequada para praticantes iniciais, não motiva, essa é a primeira barreira. Conheço o Lama, tenho livros escritos dele, tenho o maior respeito pelos ensinamentos que já assisti, aprendi a meditar com um dos seus discípulos diretos, mas foram instruções muito mais simples, práticas, sem deixar dúvidas do que se fazer do que as desse vídeo.

    A segunda barreira, que é um empecilho para muitas pessoas, é a posição do corpo mostrada. Tudo bem que essa posição é eficiente, é mais simples que a de Lótus, mas não temos a cultura de sentarmos no chão naturalmente, boa parte das pessoas não pratica atividade física, não se alongam, então o melhor é começar a praticar sentado numa cadeira comum, mesmo.

    Se a boa intenção é realmente passar instruções para quem nunca fez prática meditativa, para começar a meditar, sugiro que a produção do site refaça esse vídeo com um conjunto de instruções mais simples, sem precisar tantos floreios, senão ninguém começa.

    • Guilherme

      Com certeza o melhor comentário :)

    • Thais Scalia

      Exatamente caro Fred, creio q o meditar , nada tem a ver como o Lama senta , ou a almofada do medtar, perna assim ou assado…(isso pra quem quer e pode), eu por ex, tenho artrose na cervical, jamais conseguiria ficar ereta por mais de 3 min sem dores. N importa a forma de sentar, (tb n deitado), mas a essência consiste em: PARAR OU DIMINUIR O FLUXO ACELERADO DOS PENSAMENTOS, RESPIRAR E SE DEIXAR LEVAR, CADA VEZ MAIS CALMAMENTE, TREINANDO RESPIRAÇÃO. Nada de xiìtismo e sim dos resultados em cada tentativa. De vagar se vai ao longe! Tô contigo. (já fui bem praticante do budismo), hj tenho na minha vida a filosofia budista. O q fizer… receberás em dobro! Seja o bem ou seja o mal. Esse é o grande Tchan da descoberta da filosofia, n faça ao universo, q n queira p/ o reino, vegetal, animal e mineral! bjinho com muito carinho. Namastê!Thais

    • Nanci

      Por que as pessoas sempre precisam dizer o que é bom ou ruim ao outro? Por que a sua experiência tem que ser igual a minha? Sou iniciante e o vídeo me estimulou e ajudou… Mas, enfim, cada um é cada um… Que bom! E eu só tenho a agradecer por quem teve a iniciativa de colocar esse vídeo…

    • VinciusH

      Pratico meditação a 10 meses e tudo começou com esse post. Depois de
      ver esse vídeo fui a uma palestra do Lama em BH. Depois desse dia
      frequento o Cebb-BH regularmente as sextas-feiras. Se funciona para
      todos eu não sei, mas comigo funcionou.
      Abraços Fred.

  • Ralph

    Muito boa aula. Estão de parabéns. Com certeza beneficiará muita gente. Um abração.

  • http://www.facebook.com/lauer.santos Lauer A. N. Santos

    Legal o vídeo. Comecei a fazer meditação com um professor há uns dois meses. Acho que é um caminho que não deixa de ser um desafio e, como tal, exige muita disciplina para que funcione. É inacreditável como temos dificuldade em dedicar 5 minutos diários, regulares, para dar início ao processo. E muito embora essa percepção nos dê idéia de nosso estado, ainda assim é muito difícil conseguir estabelecer essa disciplina.

  • Pingback: Somos todos “mulher de malandro” | PapodeHomem

  • http://www.facebook.com/tiagosoma Tiago Soma

    Sobre esse assunto da bolhas de realidade lembrei de uma cena do filme Labirinto A magia do tempo, ao meu ver ilustra bem o assunto.
    http://www.youtube.com/watch?v=mTqAkKZkQw4

  • Pingback: As artes marciais podem melhorar a nossa vida? | PapodeHomem

  • Pingback: O que realmente é a meditação? « Nos olhos de quem vê

  • Juju Balangandan

    Deliciosas instruções! Deviam vir com tarja, use antes de agitar a mente e o coração.

  • Pingback: Meditamos, testamos QI, melhoramos a performance e a Disney não comprou o PdH: Outubro foi foda | PapodeHomem

  • http://www.facebook.com/jackligeiro Jacqueline Ligeiro

    Precisava mesmo de motivação …Agradecida! ;)

  • http://www.facebook.com/gustavohenrique.avallonedebrito Gustavo Henrique Avallone de B

    Só queria saber como faz pro joelho encostar no chão. O meu não chega nem com reza braba. Lótus ou meio-lótus é sonho impossível pra mim.

    • http://nao2nao1.com.br/ Gustavo Gitti

      Alongamento diário. Há vários exercícios para isso. Procure um centro de prática sob a orientação de um professor qualificado de uma linhagem autêntica. Lá certamente vai aprender e testar o que funciona para seu corpo.

  • Pingback: Carta de um professor de artes marciais | PapodeHomem

  • http://www.facebook.com/vinicius.spader Vinicius Spader

    Que tipos de leitura vocês usam (se usam) nessas sessões?

    • http://nao2nao1.com.br/ Gustavo Gitti

      Livros que introduzam alguma noção básica sobre sabedoria, qualidades virtuosas, compaixão, ação lúcida no mundo, ética, treinamento da mente… E que sejam escritos por grandes professores que praticaram com disciplina dentro de um método rigoroso de treinamento da mente, ou seja, que alcançaram uma realização reconhecida sobre como a mente funciona, como desenvolver sabedoria, como transformar vidas.

  • Renato

    Muito Obrigado por compartilhar esse video. São 11:45 da manhã, não dormi, bebi muito e tomei meus “prozacs”da vida, para tentar contornar a ansiedade e depressão. Pesquisando sobre “magoa´, desapego e budismo” cheguei a essa pagina e video. Só de assisti-lo, já me deu um pouco de paz ! (achei que mestre ia flutuar uma certa altura…rs). Mais uma vez obrigado! Namastê.

  • Spy vs Spy

    Não consegui entender o brilho da mente.

    • http://nao2nao1.com.br/ Gustavo Gitti

      O lance é participar de palestras e retiros de ensinamentos com professores experientes. Sem isso, sem chance de aprofundamento da prática.

  • Pingback: Zeitgeist 2012: o que aconteceu no seu mundo esse ano | PapodeHomem

  • http://www.facebook.com/kkohyeah Clarissa Vaz de Mello

    só a voz e o jeito sereno dele já transmitem paz… só de ver o vídeo já me sinto mais tranquila.. uma das minhas metas pra 2013 é aprender a meditar.. sou mt ansiosa.. tomara que a meditação ajude a diminuir a dose dos meus remédios :)

  • http://www.facebook.com/emilio.norbert Emílio Norbert

    Moro em uma cidade grande e sei que a maioria daqui sofre do mesmo mal que eu: falta de silêncio.

    Tentei meditar sem algum tipo de ajuda e não consegui me concentrar devido aos sons comuns da cidade.

    Procurei alguma alternativa e descobri uns vídeos com “sons da natureza” e músicas relaxantes.

    Abaixo o link dos vídeos pra quem tiver interesse:

    http://www.youtube.com/watch?v=tLgqGOMcpJA

    http://www.youtube.com/watch?v=-No-226O0tg

    http://www.youtube.com/watch?v=IH38yGLClu0

    Boa meditação à todos!

  • Pingback: “O que aprendi observando a mente”, com Henrique Lemes | PapodeHomem

  • Eduardo

    Sou de Curitiba e estou procurando algum lugar que eu possa praticar meditação com uma boa orientação. Alguém pode me ajudar?

    • http://gustavogitti.com/ Gustavo Gitti

      Eduardo,

      Me escreve que te indico um lugar e uma pessoa: gustavo arroba olugar ponto org

  • Pingback: O Google Glass vai nos deixar mais virtuais? | PapodeHomem

  • Pingback: Justiça Restaurativa: três iniciativas no Brasil e uma na Índia | PapodeHomem

  • Pingback: O paradoxo do tempo | ID #9 | PapodeHomem

  • Pingback: Estamos bem vestidos e queremos dar-lhes um livro | Fevereiro foi foda | PapodeHomem

  • Pingback: Equilíbrio emocional, artes marciais, meditação: os primeiros encontros dO LUGAR | PapodeHomem

  • Pingback: O que muda com a meditação? | PapodeHomem

  • Pingback: O que muda com a meditação? / Baú

  • http://www.facebook.com/alemartinsart Alê Martins

    Se desliguem dos conceitos ilusórios de nossa cultura e se voltem á sua essencia,sendo sinceros com o que sentem,pois é o mesmo que as outras pessoas sentem,viemos do mesmo lugar,da mesma origem ,empatia … simples.

  • http://www.facebook.com/alemartinsart Alê Martins

    Meditar é se desligar do fluxo ilusória de nossa mente racional,esse fluxo é a ideia e passado e futuro,passado é apenas memoria,nao existe realmente,futuro é projeção,imaginação,formulação de ideias,não existe realmente, a unica coisa que existe eternamente é o presente. Meditar é se desligar dessas duas ilusões e sentir a realidade ,que é o presente . Não á toa que a ” Matrix ” é justamente aquilo que o Budismo atinge,ela é uma ilusão da nossa mente,ela não existe.

  • http://www.facebook.com/alemartinsart Alê Martins

    Meditar é se desligar do fluxo ilusório de nossa mente racional,esse
    fluxo é a ideia de passado e futuro,passado é apenas memoria,nao existe
    realmente,futuro é projeção,imaginação,formulação de ideias,não existe
    realmente,ambos existem apenas dentro de nossas cabeças ,fora de nossas cabeças ,existe apenas o presente, a unica coisa que existe eternamente é o presente. Meditar é
    se desligar dessas duas ilusões e sentir o presente .
    Não á toa que a ” Matrix ” é justamente a ilusão da nossa mente,as imagens e sensações que A MENTE CRIA,ela não existe de fato.

  • Pingback: Mais saúde na sua vida: crie uma tríplice saudável | Quintal produtivo

  • Pingback: Quintal produtivo | Mais saúde na sua vida: crie uma tríplice saudável

  • Cíntia

    Achei essa matéria uma excelente introdução à prática de meditação. De imediato já lidamos com o calmo ritmo do Lama e esquecemos um pouco do ritmo frenético e doentio da modernidade.

  • Buda

    http://hotmart.net.br/show.html?a=L232438F click aqui e aprender seis passos para meditação

    • ViniciusSpader

      Já adquiri! Depois de testá-lo eu comento!!

      Obrigado pela dica!

  • Pingback: 20 razões para praticar a meditação | Sobre Budismo

  • Mestre

    Belo post ! Olá pessoas que estão praticantes,interessadas e estudando a meditação , tenho uma coisa boa para você, leia esse e-book http://hotmart.net.br/show.html?a=L232438F e recomendo para pessoas que estão ao nivel intermediário e iniciantes principalmente , então não perca tempo , eu mesmo li e achei intrigante e abriu minha mente de uma outra maneira,foi uma boa experiência , muito bom ! espero que gostem XD

  • Pingback: Não sou mais tão esperta quanto era | ID #17 | PapodeHomem

  • Pingback: Porque comprar o sofá perfeito é a pior coisa que você pode fazer | PapodeHomem

  • Pingback: Devanomania | Tatiane Dias Abib

  • Pingback: Pra que servem “clubes da luta”? | PapodeHomem

  • Pingback: 7 mitos e mentiras que te impedem de meditar

  • Pingback: Break Club: alivie o stress quebrando a porra toda | PapodeHomem

  • Pingback: A arte de ouvir o silencio | TPM

  • Pingback: “O que aprendi com as Artes Marciais”, com Yasin Mengüllüoglu | PapodeHomem

  • Pingback: O que aprendi observando a mente: a experiência de Henrique Lemes. - Buda Virtual.com.br

  • Pingback: Pra que servem “clubes da luta”? | Gil Eanes

  • Pingback: Bem Estar – Dicas de Meditação | Blog HidrolightBlog Hidrolight

  • Pingback: Pequenos hábitos, grandes resultados | PapodeHomem

  • Pingback: Pequenos hábitos, grandes resultados

  • Pingback: Quando eu deixar de ser pai | PapodeHomem

  • Pingback: Pequenos hábitos, grandes resultados

  • Pingback: O que aprendi com a paternidade | Mundo Interno #8 | PapodeHomem

Papo de homem recomenda

Assine o Papo de homem

Curta o PdH no Facebook
  • 5585 artigos
  • 665008 comentários
  • leitores online