[+18] Fetiches sórdidos que as mulheres não tem coragem de pedir

Bel

por
em às | Loja do Prazer, Mecenas, Sexo


Mulheres são adoráveis criaturas. Frágeis princesinhas, bonecas delicadas, sonhadoras românticas cujas maiores fantasias sexuais envolvem fazer amor na praia, sob a luz do luar.

Fetoches sórdidos

Lembra como ela era toda delicadinha, meiguinha, menininha? Sabe o que ela queria de verdade? Só clicar na foto pra saber.

Não.

Nós todas, sem exceção, também nascemos e crescemos com os maus gostos e maus cheiros do corpo humano. Viemos também, já como item de fábrica, com os maus hábitos de higiene duvidosa. Umas mais, outras menos. Mas todas temos. Sim, a gente dorme com a mão dentro da calcinha quando tá frio e o nosso buraco não foi feito somente pra fazer sexo anal. Já dá pra tirar ideias disso tudo.

Quanto mais eu escrevo sobre sexo na internet, mais me surpreendo com os comentários femininos em cada post. São mulheres me perguntando como aprender a ejacular, falando que adoram receber porra na cara e fazem questão de se lambuzar e lamber tudinho. Algumas muitas com curiosidades sobre bissexualidade ou dupla penetração.

Engraçado ver como, em 2012, ainda temos como revelador um livro como o My Secret Garden, da escritora americana Nancy Friday, que escreveu, ainda na década de 70, esse clássico pioneiro da sexualidade feminina, livro que retrata justamente os anseios das mulheres sobre o sexo, e não só o estereótipo de feminilidade delicada e submissa, mesmo na cama.

Há muita mal-comida por aí e também mulheres que têm problemas em aceitar a própria sexualidade, ou que levam tabus da sociedade pra cama. Se você começar a se enroscar com uma mulher de sexualidade mal-resolvida, vai ter complicações por um bom tempo. Isso se o sexo não for uma prioridade pra você.

Sexo com outra

Fetiches sórdidos

Não, não é só um fetiche dos homens

Uma das coisas que mais vejo as mulheres comentando é o desejo de fazer sexo com outra mulher. A maioria delas camufla o desejo com a palavra “curiosidade”.

Tudo bem, eu posso fingir que não sei que você se excita vendo um pornô lésbico, que você não tem vontade de acariciar um belo par de seios, lambê-los e sentir na língua a textura, o macio da pele. Explorar o interior das coxas macias de outra mulher, fazê-la gemer no teu ouvido, sentir uma língua delicada e esperta no meio das pernas.

As modalidades variam: algumas têm vontade de fazer com o parceiro só olhando. Outras desejam o pai-de-todas-as-fantasias threesome, mas temem pelo ciúme.

Só uma coisa é certa: o número das bi-curiosas vem crescendo bastante de uns anos pra cá (eu ouvi um “hallellujah, irmãos”?). Uma variante menos comum é o desejo de fazer sexo com dois homens mas, geralmente, quando vejo uma mulher falando de um terceiro elemento numa transa, ela se refere a uma mulher.

Ejacular pela vagina

Fetiches sórdidos

Estamos em busca do orgasmo perfeito, claro

Outro desejo feminino recorrente é o de ejacular/squirting. Não tem como não gostar: o bagulho é bom pra caralho, o orgasmo pelo ponto G é de deixar as pernas bambas, sacudir o corpo todo, revirar os olhos e sair de órbita por uns bons 15 segundos. Todo homem devia ter a obrigação moral e cívica de aprender.

Até porque não há um que resista ao tesão de ver sua mulher, depois de uma gozada dessas, voltando pro Planeta Terra ofegante, completamente molhada e rindo que nem uma boba e sem força alguma. Nem todas chegam a verter líquidos, isso aí já exige bastante técnica e prática. Mas que elas querem muito, ah… isso querem.

Ainda bem que, ganhando orgasmos fortes assim, não há uma mulher sequer que queira parar de treinar e treinnar e treinar mais… até conseguir. Se não conseguir, pode ficar tranquilo que vai ter ainda mais treinos.

Negros, narigudos, japoneses e outros tipos específicos

Fetiches sórdidos

Porque um negão pode fazer uma mulher subir, literalmente, pela parede. Não porque ele é fodão, mas porque era só o que ela queria

Eu andava com uma menina que só trepava com japas. Em Goiás, são poucos os descendentes nipônicos e os poucos que moram aqui são, em sua maioria, muito feios ou muito velhos. Eu não entendia como a minha amiga, toda loira e deliciosa, ficava se enroscando com o Jaspion ou o sr. Miyagui. Certo dia, no meio de uma conversa sobre, claro, sexo, ela me revelou o que eu não havia percebido até então: “e você, que só sai com narigudos?”.

Já fiquei com tanto narigudo feio e desinteressante que eu não podia julgá-la por fazer o mesmo com os japoneses. Existem mulheres com atrações por um traço físico específico dos mais variados.

Eu já tive tara só por cabeludos. Tenho uma amiga, loira e classuda, que jura não haver uma foda melhor que com negão. Onde trabalho, há uma menina morre de tesão quando vê um homem de óculos.Uma vez, meu psicólogo disse que a tara que tenho por narizes grandes é por pura associação inconsciente ao falo masculino, já que o nariz e o pinto são as duas principais protuberâncias frontais de um homem, juntamente com o pomo-de-Adão, que eu também adoro quando saltado. Freud dá um sorrisinho e se aconchega no caixão.

Há todo um padrão no inconsciente coletivo de pequenos grupos de mulheres que podem, de quando em quando, variar de acordo com suas experiências, sexuais ou de vida mesmo. Afinal, tudo o que vivemos durante nosso cotidiano invariavelmente  influencia o nosso apetite sexual. Isso dá até pano pra manga do próximo fetiche.

Like a boss e empregadinho gostoso


Link YouTube | “Vou fazer tudo o que o chefinho mandar”

Às vezes, a tara não é exatamente por um traço físico, mas sim pelo papel social desempenhado pelo homem. Quantas nós, quando estávamos no faculdade, nunca sonhamos em pegar o professor? Eu tenho um ex-namorado professor de ensino médio e o que não falta é cocotinha no pé dele. Mesmo ele não sendo exatamente um Brad Pitt, a posição de autoridade perante elas já basta pra causar o frisson. Transar com o chefe, com o diretor, muitas vezes não é exatamente por tesão na pessoa, mas sim no terno que ele veste, no escritório em que ele trabalha, na poltrona onde ele senta e no café e até no jeito como ele cobra relatório pras dez da manhã.

O oposto também existe, de mulheres que querem transar com quem lhes presta serviço. Quem nunca viu a famosa cena de filme pornô em que a dondoca seduz o motorista, ou o entregador de pizza? Entra aqui o oposto: o tesão em dominar um subalterno, em desviar a atenção de um inferior do que ele tem que fazer, só pra satisfazer os desejos da patroa ou cliente.

Fiquei muito abismada e curiosa quando uma amiga minha me contou que comprou uma mesa de jantar e , na maior cara de pau, ela me disse:

“Poxa, ele era todo fortinho. Simples de tudo, até meio jeca. Eu tava na seca e trepei com ele em cima da mesa recém-montada mesmo, que acabou quebrando. Sorte que ele tava lá pra montar de novo”.

Se lançassem a promoção “alô, dona de casa! Compre uma mesa e ganhe uma foda de bônus!”, aposto que ia vender muito bem.

Lugares públicos, ser pega, fazer sexo em locais proibidos

Fetiches sórdidos

"Ai... que delícia! Será que tem alguém olhando?"

A rapidinha em lugares públicos é um clássico ainda insuperável. Toda mulher tem um tesão especial em ser fodida com urgência, com a calcinha só de lado. É um momento de muita adrenalina e pouco raciocínio lógico. Paradoxalmente, trata-se de um dos momentos mais criativos do ser humano. As posicões geralmente são das mais “arranjadas” pro momento de pura transpiração, tanto física quanto mental.

Admito que sou fã da modalidade. O tesão fica lá em cima rapidinho, não tem muito o que pensar – só agir – com toda aquela pressa frenética, deliciosa. É simplesmente fantástico!

Entretanto, o crème de la crème deixei agora pro final (deixem qualquer trocadilho de lado). Antes de escrever esse post, perguntei para muitas delicinhas o que elas mais desejavam na cama.

“Eu não te conheço/Me pega de jeito”

Não foi surpresa nenhuma a enxurrada de “estupro consentido!” que recebi como resposta. Pois é, meus amigos…

O fetiche que encabeça essa lista é justamente o mais “errado” moralmente. Estupro é crime. Fato. Você nunca deve comer uma menina que apagou de tão bêbada (aliás, isso nem graça tem). Você não deve desrespeitar uma mulher que não queira transar com você, por qualquer motivo que seja.

Tudo posto em seu lugar, uma das melhores coisas do mundo é ser comida com força. Com urros bestiais que ecoam pelo quarto, gemidos que viram gritos de prazer, puxões no cabelo, uma foda animalesca que faz todos os seus instintos mais viscerais se espalharem do útero para o resto do corpo.

Fetiches sórdidos

Tem que pegar com força, dominar com força, foder com força e gozar com força, muita força

Entretanto, alguns cuidados devem ser tomados. Por exemplo: não é toda mulher que tem essa fantasia. Na verdade, muito mais que 50% não sente um mínimo de tesão com isso. Se ela não for uma danadinha genuína, pode se sentir desconfortável e isso é o que menos queremos.

Pra sacar qual mulher toparia essa modalidade é fácil: basta observar se ela curte um lance mais agressivo. Se ela não reclama de tapas, se a submissão sexual é instintiva e bem vinda. Outro cuidado importante é estabelecer uma safeword. Isso nada mais é do que uma palavra fora do contexto sexual pra você saber se ela realmente tá afim do que você está fazendo. Num estupro consentido, é normal a menina gritar “não, não, por favor, não me come!”, mas isso é só parte do teatro. Na verdade o que ela mais quer é ser comida com brutalidade.

Antes do ato, deve se estabelecer uma palavra neutra, tipo “tango” ou “mostarda” ou qualquer coisa assim. Quando o “não” dela for pra valer, basta ela dizer a safeword e, com isso, o rapaz é obrigado a parar imediatamente o que estiver fazendo. Aprendi isso num clube de sadomasoquismo e me é muito útil até hoje. Pra quem interessou, mesmo que minimamente, há uma sessão de vídeos no site do Brazzers. Recomendo uma olhada sem nenhum tipo de conceitos formados. Olhe somente pela experiência.

Nota dos editores: sabemos que falar dessa realidade pode causar problemas, então pedimos sua ajuda se você souber como falar disso de outro modo.

Princesinhas, sim. Safadinhas também

Sim, nós somos princesinhas e devemos ser tratadas como tal. A gente adora um chamego, uma mensagem dengosa, flores, mimos, tatibitate ao telefone.

Com a mesma intensidade, a gente adora uma putaria, foder pelo puro prazer de sentir prazer, de ter o tesão elevado a enésima potência. Somos delicadas, mas a gente aguenta um baita tranco. vai por mim.

“Ah… mas é uma mulher exata,ente assim que eu quero!”. Fácil, amigão. Basta dar carinho e, na mesma medida, liberdade e confiança pra mulher que você já tem. Só isso já va te garantir as fodas mais incríveis, todas pedidas – acredite – por elas.

Será que podia ser melhor?

Mecenas: Loja do Prazer

 

Mecenas PdH: Você leu um texto apoiado por uma empresa. Conheça nossa política de transparência e conteúdo livre de amarras.
Bel

Paradoxal, crítica, chata, bebum, adepta do hedonismo e misantropia. Mas é uma boa pessoa. No Twitter: @lemonndrop.


Outros artigos escritos por

Somos entusiastas do embate saudável

O texto acima não representa a opinião do PapodeHomem. Somos um espaço plural, aberto a visões contraditórias. Conheça nossa visão e a essência do que fazemos. Você pode comentar abaixo ou ainda nos enviar um artigo para publicação.


EXPLODA SEU EMAIL

Enviamos um único email por dia, com nossos textos. Cuidado, ele é radioativo.


TEXTOS RELACIONADOS

Queremos uma discussão de alto nível, sem frescuras e bem humorada. Portanto, leia nossa Política de Comentários.


  • T.

    Sem palavras. Sem sombra de dúvidas o seu melhor artigo Bel!
    Não sei se é pelo fato de achar que você conversou/escutou eu e minhas amigas, ou pela ordem que você destaca os fetiches… sinto que meus pensamentos foram exposto (no bom e maravilhoso sentido)!
    Somos mulheres, mas antes de tudo somos Homens. Sexo nos descreve, nos completa e nos enche de prazer também!
    Quero sim ejacular, transar com outras mulheres, mandar um hardcore com palavras imundas, sem um olhar de julgamento ou puritanismo. Ser puta na cama e princesa na mesa é uma arte e os homens deveriam ter orgulho disso!

    • http://www.baixinhoinvocado.blogspot.com Wagner Villa Verde

      EU TENHO MUITO ORGULHO E ADMIRAÇÃO POR ISSO !!

      Mas não é fácil fazer a mulher liberar a PUTA que existe dentro dela !! MUITO CARINHO, MUITA ATENÇÃO … E CONFIANÇA.

      • T.

        Sem dúvida Wagner. A mulher precisa estar em um ambiente conhecido, se sentir amada antes de tudo. Há aquelas que conseguem fazer tudo isso em uma primeira noite, com um cara qualquer.
        Acho que a mágica está justamente em conseguir mudar a fantasia e inovar todos os dias com aquele que vc senta à mesa, apresenta formalmente para a família e frequenta eventos sociais!
        TUDO se torna mais gracioso e oportuno. Vira uma espera cheia de ansiedade, para quem você irá encontrar a noite, em seu quarto!

      • verossimil

        Cuma? “Ambiente conhecido” e “se sentir amada antes de tudo” são premissas pra fazer aflorar um “fetiche sórdido que a mulher não tem coragem de pedir”? 

        Mulheres, por favor, me digam: é mesmo assim que enxergam a questão?

      • Gslaine S

        Desculpem, homens, se estou ferindo seus egos. Mas pra mulher liberar a PUTA que existe dentro dela, em nada depende de vcs. Ela vai liberar seus desejos no momento em que se der por conta que PODE. Que não é proibido, nem feio, nem diminui seu valor ou merecimento de respeito. E isso vai acontecer com qualquer um. Com o padeiro, o vizinho, o gostosão da balada ou com o marido. Aí sim, é que vai depender do nível de machismo encontrado em cada um destes… Se ela achar que o marido não vai curtir que ela goste de coisas diferentes, ela procura alguém que aceite. :)

      • Nallon Pauluzzi

        …ou você pode simplesmente escolher uma que já é puta por opção, não?

      • http://www.facebook.com/laisagroove Laísa Groove

        Sinceramente, acho essa mais fácil! Mas ainda assim, sexo com alguém que a gente gosta sempre é melhor do que simplesmente com a ‘puta’.

        rsrsrs

      • verossimil

        Vou chegando aos quarenta sem entender isso de “liberar a PUTA que existe dentro dela”. Talvez há vinte anos eu até achasse que entendia…

      • http://www.baixinhoinvocado.blogspot.com Wagner Villa Verde

        Vc pode não entender … direito seu. Mas na boa … nada melhor para mim do que perceber que minha esposa É UMA PUTA DELICIOSA NA CAMA.

        Ela é uma moça de família encantadora (olha o preconceito aparecendo) mas nunca teve muita experiências sexuais antes de mim … aos poucos foi se descobrindo e se liberando. Hoje temos nossos limites, mas ela se mostrou uma mulher liberal na cama … que gosta de tudo e que curte experimentar. Já temos um bom tempo juntos … e ela ainda me impressiona. Para mim o lado PUTA dela é fantástico.

      • Carlos

        oh! rapaz como vc conseguiu essa proeza?queria muito que a minha esposa se libertasse de certos tabus dessa nossa sociedade,minha vida sexual cm a msm é uma merda!

      • Katerine Volkov

        Verossimil, tentando responder seu comentário acima, eu acredito que, sim, um “‘ambiente conhecido’ e ‘se sentir amada antes de tudo’ são premissas pra
        fazer aflorar um ‘fetiche sórdido que a mulher não tem coragem de
        pedir’” — pelo menos, na maioria das vezes.
        Nós, mulheres, ainda temos uma espada sobre as nossas cabeças e temos medo de que, se revelarmos fetiches pro fulano com o qual transamos casualmente, seremos mal faladas e mal vistas por outros — ao passo que, quando revelamos isso pra quem amamos e nos sentimos seguras, estamos levando em conta de que não seremos mal vistas e de o nosso segredinho estará bem guardado.

        Resumindo, sabe aquela história de que a sociedade ainda torce o nariz pra mulher que tem experiência sexual? Então. A coisa é por aí…

      • anonima

        que se dane a sociedade ,eu quero é ser feliz hoje e agora ,4 paredes onde for deu vontade to dentro :)

      • Lua

        Nossa, eu discordo de vc… é muito mais fácil “liberar” com um cara que não tenho um vínculo afetivo, pq o julgamento dele pouco me importa e dessa forma não preciso ter receio da cena do café da manhã depois de alguma fantasia sórdida… mas, cada uma é de um jeito…

      • Alice

         vero, nada de ambiente seguro e confortável, nada de se sentir amada antes de tudo. nada, tbm, de fetiche sórdido. nada de puta. pessoal tem a mania de, TODA VEZ, falar da sexualidade LIVRE da mulher como algo sujo, indigno. querer satisfação sexual, AMAR sexo, gozar feito louca não é liberar a PUTA, é libertar-se, só. inclusive sabendo que desejo é matéria fluida, de cada um seu cada qual. 

      • alice

        eu queria muito me soltar na cama mas não consigo meu marido me pedi muito pra gozar na minha boca so que tenho nojo e jamais toparia e ele fica insistindo mas não dar uma vez tentei mas quando ele deu o primeiro jato na minha boca na mesma hora vomitei e ele fala que sou muito fria pq ele quer muito fazer sexo anal comigo o que faço pra ser mas quente

      • Cleide

        Espera ai Wagner que eu vou já já “Liberar a puta que existe dentro de mim” kkkkkkkkk . Homem adora mulher assim né? Me engana que eu gosto.

      • http://www.baixinhoinvocado.blogspot.com Wagner Villa Verde

        Olha … eu os homens que converso gostam sim … só que essa puta não se libera para qualquer um e de qualquer forma. Ela se apresenta para quem confia … para quem curte … e para quem sabe apreciar. Como eu disse … a minha esposa sabe muito bem a hora de ser puta e a hora de ser donzela !! E eu sei a hora de apreciar as duas.  Tem dias que ela quer algo tranquilo … com mais carinho, mais romance … outros momentos ela gosta de mais violência … uma pegada mais forte e palavras sujas ao pé do ouvido. TUDO TEM SEU MOMENTO !!

      • http://www.facebook.com/people/Antonia-Ferreira/100000018631182 Antonia Ferreira

        Não foi sorte sua encontrar ela. Foi sorte dela encontrar você, que a ama e valoriza sendo ela do jeito que quer ser. Raro.

      • http://www.baixinhoinvocado.blogspot.com.br/ Wagner Villa Verde

        Acho que ela teve sorte sim … mas é quase certo que a maior sorte é minha !! Eu consigo ser um mala quando quero !! Rsssss

      • Cleide

        Olha Wagner então sua esposa está dentro de um padrão normal eu diria, vez ou outra que ela quer algo “mais forte” como vc relacionou. Também sou casada (longa data diria, pelos padrões de hoje em dia), meu marido é uma pessoa maravilhosa, e realmente a que eu mais confio no mundo. Por isso te digo de carteirinha, não conseguiria me expor de forma vulgar exacerbada, e mesmo assim o sexo é maravilhoso. E convenhamos palavras sujas ao pé do ouvido já fazem parte do bom e velho sexo.

      • http://www.facebook.com/laisagroove Laísa Groove

        Com certeza!

      • Nickname (m)

        O paia é quando encontra-se homens que transa com uma mulher (geralmente a namorada) e depois do término fala o que ela faz na cama como se isso fosse sinônimo de vulgaridade.

        Encontra-se muitos homens chulos a esse ponto, que não possuem ética. Pft!

        Não tenho vergonha de falar que sou aberta sexualmente, isso é, a minha mente. Não tenho obstáculos para o sexo. Acho que já provei de tudo: orgia, menage (com dois homens, com duas mulheres, com uma mulher e um homem), swing, anal, oral, sexo com mulher, em público, etc.

        Isso não me faz de uma puta, isso faz de mim uma pessoa com mente aberta, sem frescuras, com muitos desejos sexuais, pronta para experimentar coisas novas os quais eu nunca experimentei. O difícil é encontrar um indivíduo do sexo masculino que seja homem o suficiente (aquele que seja mente aberta e sem preconceitos, sem ciúmes) que quera uma mulher, como eu, para se relacionar. Porque os que encontrei até hoje simplesmente não deram conta do recado ou não passam de uns preconceituosos, machistas e babacas com mentes supérfluas, vazias e fúteis.

      • http://www.facebook.com/people/Antonia-Ferreira/100000018631182 Antonia Ferreira

        Falou tudo!

      • colorado

        carissima nick,parabens e que lastima que nao te encontrei ,pois isso e o maximo curtir o que tiver vontade com uma parceira aberta e curiosa com um apetite variado e vontade de saborear a vida

      • http://www.facebook.com/rodiceia.rodrigues Rodicéia Rodrigues

        Exato, Wagner, mas confiança MÚTUA! O homem tem que saber respeitar e a mulher também. Como já dito anteriormente, há homem que pede e mulher que se ofende, bem como há mulher que quer e homem que “estranha”. Ainda chegaremos lá =D

    • verossimil

      TREPAR, antes de mais nada. Ou não? Isso de “fetiche”, “sórdido” e “que as mulheres não têm coragem de pedir” me dá a impressão, nas entrelinhas ou fora delas, que falta alguma coisa ao arroz-feijão-nosso-de-cada-dia.

      Fora, antes que eu me esqueça, o seguinte: ando meio desconfortável com isso de “ser puta na cama e princesa na mesa”. Unidimensional eu, cara-pálida?

      • http://twitter.com/lemonndrop Bel

        craro, erico… não dá pra, sei lá, começar a falar de sexo anal no jantar de família ou no meio da reunião de pais e mestres. todo mundo tem inúmeros papeis na sociedade –você é trabalhador no seu emprego, pai na sua casa e macho-alfa-fodedor no quarto com a sua esposa. as coisas não pdoem se misturar.

      • http://www.facebook.com/joir.eduardo Joir Eduardo

        Por que não!? Ter a postura corporal, o olhar, o andar de todos os personagens se misturando em um só em vários momentos!? 

      • T.D+

        Bel, mulher, que coisalindadesever seus textos!

        E o mais interessante neles é que sempre temos basicamente um bom
        apanhado concreto daquilo que chamamos abstratamente de “sociedade”,
        olhando os comentários.

        Às vezes nos esquecemos que o termo “sociedade” é uma abstração.
        Sociedade concretamente somos nós mesmos, e todas essas opiniões, às
        vezes convergentes, outras vezes não. Costumamos então chamar de
        sociedade a opinião da maioria, seja essa opinião inteligente ou não.
        Claro, definir o que é inteligente ou não depende de nossos valores, e
        como cada um tem os seus (às vezes compartilhados, outras vezes não), os
        embates são gerados. E cada um luta pela opinião, às vezes atacando uns
        aos outros, sem sequer se darem conta de que o que pregam não é uma
        verdade absoluta, é somente uma opinião! Muito curioso isso, de verdade.

      • jessica arent

        olha..no começo da relação com meu marido…ambos éramos virgens.Tudo novidade.Mas o homem ve videos pornos e por isso tem mais idéias.Ele tinha algumas e eu ia aos poucos fazendo.mas nada de mais.logo os papeis foram trocando..eu de anjinha na cama comecei a virar diaba.fico louca mesmo.tenho cada idéia… rsrsr.mas o problema é que ele nao tem coragem de fazer nada.ontem mesmo eu quis arrancar o pescoço dele…pq tivemos a oportunidade perfeita de fazer algo que eu era looooouca para fazer.adoro a ideia de fazer em uml ocal diferente,em quase poder ser pega fazendo isto.mas ele me disse um belo de um não.e nem era nada tao assustador.eu tinha certeza q nem seriamos pegos..rsrsrsr. Não sei se é medo.as vezes da vontade de largar ele quando faz isso comigo.mas o amo de mais. Nao é facil ter esses fetiches e quando vemos a oportunidades termos que abrir mão…aish…

      • Mel

        Comigo também ocorreu isso, eramos ambos virgens..
        Mas meu companheiro não é do tipo q gosta d sites desse tipo então,quem exercia esse papel era eu…
        Procurei métodos, modos, posições, etc.
        Ele aceita com maior prazer, tdo q lhe peço. Percebi de cara que ele achou estranho q a menininha q lhe parecia feita de cristal tivesse esse lado tão solto e sem-vergonha…
        O chato é q já tentei de quase tudo..
        E não consigo chegar até o final..
        Temos pouco tempo juntos, e qnd finalmente temos um tempo é muito curto..

        Dicas?

    • Felipe G.

      O problema T é que muitas meninas não conseguem fazer isso que você tá dizendo e acabam ou sendo putas sempre ou sendo princesas sempre. Ai é que fode a bicicleta.

  • http://www.facebook.com/julio.saraiva.9 Julio César Saraiva

    meus deus que mistura de sensações  , lembranças e tesão , kkk

    • http://www.facebook.com/mara.diass Mara Rangel Diass

      fiquei cheia de tesão agora kkkkkkkkkk

  • Daniel Larsen

    Ótimo texto.
    Acho, muitas vezes, que o interessante no início da relação é exatamente descobrir os desejos/fantasias da mulher. Eles existem em todos os casos, uns mais bem guardados que os outros.

    • http://twitter.com/lemonndrop Bel

      sabe, daniel… eu acho que no início da relação a gente aproveita mais o “básico”, porque transar já é frisson pra ambas as partes. acho que descobrir as fantasias exige um tempo e intimidade que só um relacionamento longo proporcionaria :)

    • Cacau

      isso mesmo…

  • Cesarnic

    Muito bom, parabéns!

  • Bruno Gomes

    é do goias capital? quando poderiamos tomar uma xicara de cafe? hahaha

    • verossimil

      Eufemismo pra “vamos trepar?”, né não?

      • Bruno Gomes

        tudo é consequência nessa vida!

      • http://twitter.com/lemonndrop Bel

        sorte que não sou da capital ;p

      • http://twitter.com/becoldasice Alexandre Wiechers Vaz

        Sorte? Mas e se fosse, Bel, o que seria? auhauhauhauh

  • Nathália Lemos

    Post muito bom! Eu concordo, podemos parecer todas santinhas de vestido rosa, mas por dentro, queremos sempre experimentar o novo, ou seja, cada uma tem sua própria fantasia, um desejo de ser diferente do que é.

  • http://www.facebook.com/kysken Jota Kysken

    Cara, que post genial!
    Me vi aí em tantos “fetiches”. HAHAHA

    O bom que é que ao menos de ejaculação feminina eu entendo. :)

    • http://twitter.com/lemonndrop Bel

      olha só, uma ejaculadora… bem que você podia escrever pra gente ensinando um pouco do que você sabe ;}

      • http://www.facebook.com/kysken Jota Kysken

        Quem sabe, Bel. Vou começar o rascunho. Daqui a um “tempinho” sai.
        Terei de fazer alguns estudos e testes antes. HAHAHA

      • http://www.facebook.com/kysken Jota Kysken

        Quem sabe, Bel. Vou começar o rascunho. Daqui a um “tempinho” sai.
        Terei de fazer alguns estudos e testes antes. (6)

        E que perdição você, hein? Dei uma olhada nas fotos do Twitter. Belíssima!

        That’s the way i like it ♪♫

  • vc

    porra

    brisei nesse video do  ”how to give women orgasms”
    D:
    funciona memo?
    How to give women squirting orgasms
    How to give women squirting orgasms
    How to give women squirting orgasms
    How to give women squirting orgasmsHow to give women squirting orgasms

    • http://www.facebook.com/rafael.allegretti Rafael Allegretti

      Funciona, sim. Eu já tinha visto esse vídeo muito tempo atrás, rsrs. 
      O mais legal é aprender a fazer durante a penetração, aí sim não tem nada melhor… E sua parceira provavelmente vai fazer uma estátua em sua homenagem. Mas pode seguir a dica do vídeo que é quente.

      • http://twitter.com/lemonndrop Bel

        nunca testei =(

        #FAIL

      • http://www.facebook.com/rafael.allegretti Rafael Allegretti

        Bom, nem toda mulher tem a ejaculação, mas elas tem o “orgasmo pelo corpo inteiro”… de tremer toda e o riso bobo na cara, rsrs. Orgasmo pelo ponto G é fenomenal, e o mais legal é que dá para fazer várias vezes seguidas, quase como um múltiplo.

      • http://www.facebook.com/kysken Jota Kysken

        “Orgasmo de corpo inteiro”. HAHAHA

        É verdade, Bel. Embora não em todas as transas haja a tal ejaculação, esse “orgasmo de corpo inteiro” só a técnica do vídeo dá (eu acho). Eu grito, tremo toda, viro os olhos, e desfaleço, enquanto o namorado fica rindo (o que acho lindo, HAHA). Toda mulher deveria tentar, ops, ser tentada a sentir isso, cara.

    • Andressa

      olha, a técnica parece boa, mas nem toda mulher ‘squirts’ no orgasmo

  • http://www.facebook.com/people/Reysi-Pegorini/1398276764 Reysi Pegorini

    Outro tipos especificos: tenho tara no Rodolfo Viana, pronto revelei meu segredo sórdido. rs

    • http://www.twitter.com/lucinda_mateus Lucinda Mateus

      Diga Reysi quem não tem hahaha

      • http://www.facebook.com/kysken Jota Kysken

         Tenho tara no Rodolfo Viana. [2]

        Especialmente depois dos textos “Teoria quase antropológica sobre a mulher sexy”, “Amor platônico e foda homérica”, e aquele que ele fala da “mulher que esquecia brincos”. Please, me mandem o link desse conto.

        Tara aumentada quando vejo que ele tem barba, é fofis (gordo) e gosta de Calvin e Haroldo. ;D

      • http://tenholaminhasduvidas.blogspot.com/ Marcelle Gália

        ahahahahahahaha

        Nossa! Nunca vi nada de gordo no Rodolfo…

    • Rodrigo Cambiaghi

      Eu já peguei Reysi. 
      Nem é aquelas coisa. 

      • Eduarda Vassanezzi

        Olha o Rodrigo passando inveja !!
        kkkkkkkkk… 

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100000088922153 Wagner Menke

    Negros, japas, narigudos…

    Você não tem nenhuma amiga que tem tara em caras baixos???

    • Carol

      Ichii… Tenho tara por caras baixos, mas infelizmente não sou amiga da Bel.

      • http://www.facebook.com/profile.php?id=100000088922153 Wagner Menke

         Bobagem. Segue ela no twitter (@lemonndrop) que já tá valendo! ;-)

      • http://twitter.com/lemonndrop Bel

        pior que nem sei ;~

        eu gosto dos altos e grandes.

    • guest

      eu tb curto, mas já estou comprometida

  • http://www.baixinhoinvocado.blogspot.com Wagner Villa Verde

    É FATO … uma rapidinha em um local público e SENSACIONAL !! É uma modalidade que curto tanto que mal consigo me conter !! Me pego inúmeras vezes pensando nas possibilidades em cada local que vou … quase uma loucura.

    Uma observação importante … ainda não encontrei sensação melhor do que provocar na mulher um orgasmo intenso. Vê-la largada … se contorcendo … com as pernas tremendo e o corpo regido em espasmos, é mais excitante do que perceber a calcinha molhada depois de um beijo forte.

     

    • http://www.facebook.com/sirleide.morenoalmeida Sirleide Moreno Almeida

      Você é um bom homem, prestei atenção em tudo que vc falou muito interessante….

      • http://www.baixinhoinvocado.blogspot.com Wagner Villa Verde

        Então … espero que já tenha conseguido um orgasmo como esse em sua vida !!

  • Lucas S

    Só eu associei na hora com o post proibido do gitti? Hahahahha

  • http://www.facebook.com/este.campos Estefânia Campos

    Adorei o texto Bel, realmente um dos melhores.

    Me vi em várias situações e concordo contigo, gosto tb dos narizes =)

    BOM DIA!!

  • http://www.facebook.com/people/Rodrigo-Botecchia/100003192134753 Rodrigo Botecchia

    Esses dias eu e minha namorada transamos no carro, em frente uma praça aqui da cidade. E TODA HORA passava um carro do lado! Entre os pegas iniciais, oral e brincadeirinhas com as mãos, foram no total 40 minutos de PURO TESÃO. 
    E esse tesão todo não acontecia com minha ex esposa… Por isso que acho que tem “mulheres E mulheres”. 

    • Cleide

      A tua Ex com certeza deve ter a mesma opinião em relaçao a vc “E esse tesão todo não acontecia com minha ex ”. E com certeza deve estar fazendo peripércias melhores do que a tua com algum estranho qualquer ou pior ainda pode até ser com um conhecido!!!

    • Lou

      O fato de não ter rolado com sua ex não tá relacionado somente a ela, mas a vc tb e ao momento (vc com a ex e vc com a atual)…

  • Vic

    Adorei!!! Me identifiquei com esse post haha
    ‘princesinha sim. Safadinha tambem’

  • http://swyswan.blogspot.com/ Swyanne Teófilo

    Achei o texto superlegal, bem escrito, mas fiquei pensando numa coisa, na cabeça de quem ficam esses tabus? Às vezes a gente quer algo, diz que quer, e o que recebemos em troca é um olhar torto e comentário do tipo “acho que você é lésbica” num tom grave e sério. Não, a pessoa não está brincando, está realmente assustada com o fato de você poder ser homossexual apesar de estar lá na cama dele. E a culpa não é sua que escolheu errado, que não percebeu que ele é um coxinha sem graça, a culpa é da hipocrisia dele que diz que adora coisas novas e diferentes mas é incapaz de assimilar os seus fetiches com maturidade. Eles pensam que, só porque curtimos uma boa pegada, curtimos ser tratadas como escravas submissas o tempo todo, só porque somos meiga e delicadas, curtimos ser tratadas como garotas mimadas o tempo todo, só porque gostamos de uma boa putaria na cama, somos putas o tempo todo e não merecemos sequer um anel de compromisso… Isso é frequente, percebo em amigas e amigos (e até em mim, claro) problemas causados por isso. Velhos preconceitos e muitos tabus escurecendo nossa mente…

    Bel, parabéns pelo texto, beijos :*

    • Guilherme Z.

      Nossa, ainda tem gente que pensa dessa forma? Como que uma pessoa não vai respeitar E curtir o tesão da parceira? É muito preconceito (ou muito recalque)

    • verossimil

      Não tem fetiche mais sórdido que “anel de compromisso”, mas esse as mulheres parecem ter um pouco mais de coragem de pedir.

      • Ellen Galvão

        Opa opa opa. Nao nao e nao. Sou mulher, nao tenho problemas na cama e não faço a menor questão de “anel de compromisso”.

        Enfim, para dar a minha opinião, penso no sexo como a dança. Tem parceiros que conseguem/sabem fazer mais coisas que outros. Tem dança que não funciona com qualquer um. Tem gente que não gosta de todo tipo de dança. Acho que a questao não é ser liberal ou não. Ambos são direitos nossos. Os liberais tambem nao devem julgar quem é como se ser liberal fosse o certo ou o melhor. O problema todo é ser julgado pela preferência, pela opinião e acho que isso é o que prende tanto as mulheres quanto os homens não só na cama. Também prefiro pessoas abertas e curiosas, mas vai ver o mundo precisa de pessoas que não são para manter o equilibrio, sei lá, vai saber… o que eu faço é manter por perto quem me aceita e me faz bem e deixo os outros laaaaa no mundo deles. Sem stress.

      • Guilherme

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, boa

      • jeff Bone

        HUSAUHSAHUSAHUSAHUSA pqp, essa foi foda.

    • http://www.facebook.com/anderson.ramos.carneiro Anderson Carneiro

       Swyanne, esses tabus ficam na cabeca de todos. E na minha opinião,
      algumas coisas precisam permanecer como tabus senão tudo vira normal, e
      qdo tudo é normal, tudo é mediocre. A rapidinha, o sexo a 3, a 4, a 10,
      estupro consentido e outras só são legais pois são tabus, são quase
      proibidos. Deixa de ser fantasia…

    • http://www.facebook.com/luane.souza Luane Souza

       Acredito que essas coisas acontecem porque poucos estão acostumados a ter um diálogo literalmente aberto, a serem compreensivos e questionadores na óptica de analisar mais a fundo o que acontece com o outro.

      • wilsonjunior

        quer fazer estou cheio de tesão

    • Felipe G.

      Importante ressaltar isso para os homems tbem. Só por que curtimos uma vadia na cama não quer dizer que curtimos uma menina aberta e bebum o tempo todo.

    • Tyr

      Tem homem tem macho e tem Gente ignorante vai por mim… tem gente que perde o que mais deseja por causa dessa sociedade e cultura caotica sem entender que a vida é feita de momentos, e um momento pode lhe dar uma vida toda… Parabens pela resposta

    • http://www.facebook.com/julianamonjelo Juliana Monjeló

      Disse tudo! Concordo plenamente com as duas! Beijos gurias

    • lucas

      fiquei alguns meses com uma garota lesbica meus amigos ficam me zuando perguntando se rolou dedinho no meu cu . claro q não é só colocar cad a coisa em seu lugar ela respeitou minha condição de Homem alem de tudo ainda me presenteou com uma amiguinha deliciosa que n é lesbica . Depois disso algumas garotas do trabalho começou a me dar bola como um AS do prazer . e outras a me esnobar como se fosce errado o que fiz : mas na verdade espero ter outras esperiencias como essa e garanto tambem tinha um pouco de preconceito mas e tudo em relação ao que falão quem esperimentar vai querer novas esperiencias.

    • Gia Cats

      Menina, penso o mesmo, os homens acham que sabem de td de mulher e não sabem é nada, e se recusam a aprender. Hunf!!!

    • Max

      eheheh… sério???

    • http://www.facebook.com/Artforalh Artur Ramalho

      Tá coberta de razão, mas a mesma coisa acontece do outro lado!
      Muitas mulheres tem toneladas de preconceitos e acabam azedando a relação com seus comportamentos.
      Não tô falando de nada que machuque, :D, mas de fazer gracinhas diferentes ou iguais mesmo com vontade.
      Fetiche é bem legal, e se os dois forem maduros, a relação fica muuuuito boa.

    • nossanossa

      o dia que minha mulher me der essa ideia de trazer mais uma mulher pra cama com agente sabe oq farei!!!? soltarei fogos de artificio de tanta alegria kkkkk

    • Engenheiro da Química do Amor

      Olá Swyanne Teófilo!!! Em Fevereiro estarei ai em Belo Horizonte realizando concurso para Agente da Polícia Federal. Vou recitar uma poesia de minha autoria: MENTIR – Mentir náo faz bem pois o 1° coração a sentir é aquele que começou a MENTIR. Mentir para uma pessoa desconhecida não é bom, pois poderemos estar começando a bloquear um puro sentimento de AMAR. Mentir para uma pessoa conhecida é fácil, basta olhar no seu olhar e enxergar que nunca haverá um límpido sentimento de AMAR. Vamos nos encontrar em fevereiro em Beleo Horizonte para nos amarmos intensamente com toda higiene existente. Eu sou hiperdotado e também superdotado. Tenho 48 anos, 1,83 m e 72,500 Kg. Sou Eng° Químico e Eng° Da Qualidade.
      Beijos Carinhosos!!!
      Meu e-mail é eqwfm@globo.com

  • Karine

    Gostei do texto Bel, muitas verdades :)
    Realmente as vezes a gente gosta um sexo mais forte, ser comida com força, mas não acho isso deva ser chamado de estupro consentido. Pode ser que algumas mulheres gostem da fantasia de serem “estupradas” pelo parceiro (fantasia é fantasia), mas acho que quando a maior parte das mulheres falam que gostam de ser comida com força, não quer dizer que estejam colocando dentro da fantasia do estupro. Acho que há diferenças da fantasia do estupro da ser comida com força (que acredito ser o que maioria das mulheres se referem).
    Abraços

  • http://www.facebook.com/people/Mateus-Diniz/100001515284620 Mateus Diniz

    Toda lady curte um hardcore;
    Toda fresquinha quer se lambuzar num peito suado;
    Toda quietinha quer trepar em público;
    …lorinha com negão, patroa com jardineiro, e feminista com uma garrafa de vodka… no fim tudo é tesão mesmo!

     

    • verossimil

      E “toda generalização é”…?

      • http://www.facebook.com/people/Mateus-Diniz/100001515284620 Mateus Diniz

        E novamente a minha preguiça em responder clichês:
        Se “toda generalização é …”, gira o pensamento de que seja a sua também …

        Ahh, já ia esquecendo de dizer: “verossímil” tem acento agudo no “i”.

      • http://www.facebook.com/anderson.ramos.carneiro Anderson Carneiro

        errado

      • Alice

        a sua é burra mesmo, cara. nem vem com essa de que sabe o ‘bom português’ (duvido que em dois períodos você não erre, além das ideias, as palavras).

    • http://www.facebook.com/anderson.ramos.carneiro Anderson Carneiro

       Calma cara, daqui a pouco voce se entrega tb. Não generalize.

  • http://www.facebook.com/anderson.ramos.carneiro Anderson Carneiro

    Acho que isso não é novidade para os homens mas talvez as mulheres se espantem ou rejeitem… o homem sabe como uma mulher gosta de ser tratada na cama. E cada uma gosta de um jeito, nem todas gostam de ser comidas a força, ou gostam de lamber seios. Tem mulher que tem NOJO de encostar em outra mulher.

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100002406715745 Vanessa Oliveira

    SENSACIONAL!!!!

  • http://www.facebook.com/osouzajefferson Jefferson Souza

    Não consigo formular um comentário, demais.

  • Deep-yellow

    uhuuuuuuuuuu que artigo gostoso de se ler. kkkkkkkkkk
     

  • http://www.facebook.com/people/Thais-Simoni/100001620100642 Thais Simoni

    Aaaaaiiiiii Bel, dentro dos posts femininos (não cabem nomes aqui) os seus concerteza são os melhores! Não fica aquela sensação de estar lendo a “Capricho” hahahaha… Manja muito de foda essa mulher! Ótimo texto… simples, direto e gostoso. 

  • Natália Magno

    Muito bom esse post! Todas minhas fantasias em um lugar só! ;)

  • Nikole Cardoso

    Texto muito bem escrito, com toda certeza um dos melhores da Bel! Adorei.

  • ROBERSON OLIVER

    “ 
    Há muita mal-comida por aí  ” como diz o texto rs se tiver eu tô na área, estagiário faço de tudo, que elas pedirem.

    • Analuciafsouto

      olha hein rapaz…que eu te boto uma coleira e te levo pra passear rs*

  • WOW

    preciso de algum tempo pra processar o vídeo de squirting. já foi pra minha lista de must-do. Ou seria must-have-someone-to-do-it-on-me? hahaha :O

    • http://www.baixinhoinvocado.blogspot.com Wagner Villa Verde

      Com certeza a segunda opção é MUITO mais interessante … 

  • Bel

    Bel, o que você me diz sobre o tesão de imaginar o seu namorado comendo uma outra garota na sua frente? eu imagino muito isso quando me masturbo…e como tenho desejo de transar com uma outra mulher, penso que talvez eu gostaria de estar na pele do cara que come a garota deliciosa na minha frente..queria saber o que voce pensa sobre..

  • http://www.estrategistas.com/ Paulo Roberto

    Bel, no vídeo “how to make her squirt”, a reação do corpo da mulher foi muito maior do que eu imaginei. É daquele jeito mesmo?

    (Pode ser minha cabeça, mas a mulher pareceu ter problemas mentais. Não estou querendo ofender, mas, em minha limitada experiência, nunca imaginei que os espasmos chegassem naquele nível nem o efeito no controle corporal fosse tão grande – ela mal podia se levantar.)

    No mais, *excelente* texto.

    • http://nao2nao1.com.br/ Gustavo Gitti

       Paulo,

      Em muitos dos melhores momentos, eu pareço um retardado mental. E acho lindo quando a mulher na minha frente parece ter problemas mentais.

  • http://www.facebook.com/nathalie.sterblitch Nathalie Sterblitch

    Ui ! Fôlego out. 

  • http://tenholaminhasduvidas.blogspot.com/ Marcelle Gália

    Vergonha de quê? Se eu quiser ser sufocada, eu peço, se eu quiser sexo a 3, providencio. Fantasio com um segundo homem na cama, mas dificilmente um cara topa quando está dentro de um relacionamento sério. Ainda prefiro que o 3º elemento seja uma mulher pq sinto mais prazer em assistir.
    Sobre o sexo com força, provável que seja o que me dá mais tesão. Adoro sexo reconciliatório. Provoco brigas atrás disso. Nada como reclamar por besteira e ser silenciada com um bom tapa e uma ordem (na intimidade. Na “vida lá fora”, eu devolvo com uma porrada, obrigada). Também é gostoso quando ele ignora tudo q eu falo, fala num tom sacana “quer continuar discutindo?” e usa toda a força. Nada como terminar a noite dormindo com a cabeça encostada no peito dele como se houvesse algo de puro no que acabamos de fazer. 

    ps: há algum tempo eu também reparei que os narigudos me atraem mais.

    • Dado Teles

      Gostei do “como se houvesse algo de puro no que acabamos de fazer”. Mas é uma coisa pura mesmo: pura sacanagem (rs!)

      • Mel

        concordo

    • http://www.facebook.com/anderson.ramos.carneiro Anderson Carneiro

      Isso é muito bom fazer… com a mulher dos outros! Na minha ninguem encosta!!
      Num relacionamento sério é dificil aturar isso, a não ser que não haja o minimo de comprometimento (o que pra mim deixa de ser sério). O homem costuma ver uma mulher assim como vagabunda e vai sempre passar por cima pq sabe que qualquer pirocada resolve o problema, ainda mais qdo gosta de apanhar.

      • http://www.baixinhoinvocado.blogspot.com Wagner Villa Verde

        Não entendi … então sua mulher não pode ter fantasias assim ??
        VC CASOU COM UMA SANTINHA … e seu sexo é papai e mamãe né ??
        Fiquei com pena dessa coitada … se é que ela existe !!!

      • http://www.facebook.com/anderson.ramos.carneiro Anderson Carneiro

        Não entendi foi o seu comentário. Eu falo abertamente que eu comeria outra mulher com outro cara, mas não a minha. Se vc come a sua mulher junto de outro cara, ótimo, inclusive aceito convites, vai ser divertido..

        Larga de hipocrisia Wagner. Homem quer a mulher pra ele e mais ninguem. Esse papo de sexo a 3 incluindo outro cara é só com a mulher dos outros.

      • http://tenholaminhasduvidas.blogspot.com/ Marcelle Gália

        Anderson, a questão é que ser enxergada como vagabunda é o objetivo. O que mais eu gostaria de ser pra ele durante o sexo que não isso? 
        Um homem que transa comigo jamais pensará isso de mim fora do nosso quarto porque um dos meus critérios para ter toda essa cumplicidade é que ele seja inteligente. 
        Note que eu falei em “provocar brigas”, “reclamar de qualquer coisa”. Esse meu pré-requisito (inteligência + cumplicidade) evita problemas de interpretação. Ele sabe quando não é sério. Logo, só passaria por cima de mim se eu tivesse algum fetiche com pés.
        Do you ever feel like a plastic bag?

      • http://www.facebook.com/anderson.ramos.carneiro Anderson Carneiro

        Mas ser enxergada como vagabunda vai te levar a sexo ótimo, gostoso e etc.  O cara que só come ta
        pouco se fudendo se vc gosta de tomar tapa, se vc gosta de apanhar, se quer fuder com 5, 6 ou 7. Isso
        é bom pra caralho na hora do sexo. Talvez todas as mulheres tenham mesmo esse fetiche, talvez a maioria, sei la.

        Meu ponto é que, para um “relacionamento sério”, dificilmente um homem vai querer uma vagabunda.

      • Dr arthur

        Concordo. Charles darwin explica muito bem isto. É uma questão instintiva. São milhões de anos de evolução. O Homo sapiens macho nunca soube lidar com a promiscuidade feminina, justamente por não ter certeza da procedencia genetica da prole.

      • http://www.facebook.com/kysken Jota Kysken

        “…a questão é que ser enxergada como vagabunda é o objetivo. O que mais eu gostaria de ser pra ele durante o sexo que não isso?”

        EXATAMENTE!

        Segundo os critérios abaixo do Anderson Carneiro, eu sou uma “vagabunda”. Interessante agora ressaltar que todos os meus namoros foram longos. Curioso, né, já que um “homem dificilmente vai querer uma mulher assim para um relacionamento sério”. :D

      • http://tenholaminhasduvidas.blogspot.com/ Marcelle Gália

        Idem :) mas não devemos discutir. Já sabemos que o rapaz é instável e pode protagonizar cenas dignas de suicídio com faca de rocambole. 

        Beijos

      • Dr arthur

        Você não é bonita.

      • http://www.facebook.com/kysken Jota Kysken

        Ai, vou dormir na geladeira por causa do seu comentário anônimo e sem foto. HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

      • http://www.facebook.com/kysken Jota Kysken

        .

      • http://www.facebook.com/anderson.ramos.carneiro Anderson Carneiro

        Jota,
        Vc pegou uma citação da Marcelle dizendo que o objetivo é ser enxergada como vagabunda e disse que pelos meus critérios vc é uma vagabunda? Eu nao falei dos meus critérios aqui… e a definição de vagabunda pelo visto é completamente diferente. Ou então é igual mas se eu te chamar de vagabunda, vc se ofende apesar de bater no peito para falar que é uma.

        O que vcs estão querendo dizer, e daí a confusão, é que vcs querem ser putas na cama, disponiveis para o sexo com seu parceiro, etc, etc etc. Na cama cada um sabe o seu limite. Mas isso aí não é ser vagabunda.

        Vagabunda “”"… vem do Latim VAGABUNDUS, “pessoa que anda sem destino”, de VAGARE,
        “errar, andar ao léu”, mais o sufixo -BUNDUS, “propenso a, cheio de”.”‘”

        Trazendo para o dia-a-dia, vagabunda é a que está vagando, cada hora com um, cedendo fácil a qualquer investida, sem rumo… Isso justifica o que eu disse para o homem dificilmente querer uma mulher assim para uma relacao séria, mas além desses preconceitos existem sentimentos muito mais fortes, como o proprio tesao, amor.

        Certamente não fui claro da ultima vez, mas espero ter sido dessa.

      • http://www.facebook.com/fabiobracht Fabio Bracht

        “Isso é muito bom fazer… com a mulher dos outros! Na minha ninguem encosta!!”

        Se me permite uma opinião, Anderson, acho sua posição lamentável. Lamentável. 

        Nenhuma mulher é “tua”. Ela é dela. Está com você porque quer, e pode cair fora a qualquer momento. Quanto mais liberdade você der, com a cabeça aberta aos verdadeiros desejos de vocês dois, menos sofrimento vai causar e sofrer. 

        Pense nisso.

      • http://www.facebook.com/anderson.ramos.carneiro Anderson Carneiro

        “Minha mulher” entenda pela mulher que está ao meu lado atualmente. E enquanto isso for verdade, eu quero ela só pra mim. Sem divisões… Os verdadeiros desejos todos nós sabemos, e pra mim, eles merecem ficar onde estão, no imaginário. Vc tem todo direito de realizar seus desejos, assim como as da sua namorada. Mas EU não.

        Obrigado pela educação ao tratar do assunto.

        Abraco

      • fabio

        frígido

      • Mel

        Anderson, vc tem razão em dizer q quer sua mulher só pra vc, mas vc já parou pra perguntar o q ela quer?… Bem, pelo modo com q fala do assunto deve ter perguntado.. Ou vc é só mais um machista q não liga se a mulher está satisfeita.. e o que importa é vc ter o SEU orgasmo?

      • http://www.facebook.com/fabiobracht Fabio Bracht

        Que utilidade tem um desejo que fica apenas no imaginário, Anderson?

      • http://www.facebook.com/anderson.ramos.carneiro Anderson Carneiro

         Fabio, existem desejos e consequencias. Avalie o que vale a pena para o seu relacionamento. Para o meu alguns desejos eu prefiro nao realizar pq nao sei das consequencias.

      • Alice

        o Anderson disse tudo sobre si mesmo sem quere. Ele disse, ‘você (Fábio) tem o direito de realizar seus desejos. eu não’ – o cara simplesmente não se dá ao direito de fazer aquilo que tem vontade #cheirodeinfelicidadenoar.

      • Dr arthur

        Seu texto é um claro indicador do seu alto nivel de homossexualidade. Você é um homem com serias deficiencias em termos de testosterona. É “minha” sim! E o fato dela ser “minha” indica o grande amor que eu sinto por ela. Você é uma bixa, portanto, não possui instinto de macho dominante, logo, não sabe como nós pensamos. Seu viado acéfalo.

      • http://tenholaminhasduvidas.blogspot.com/ Marcelle Gália

        Repito: cumplicidade. Eu não faço sexo fora de relacionamentos sérios. E posso garantir que os homens adoram aquela mulher que anda de tailleur o dia todo e, na cama, se transforma naquela  que é capaz de realizar todas as suas fantasias porque se sente à vontade com a sua sexualidade. 
        Conclusões precipitadas, julgamentos superficiais e ofensas implícitas, meu caro. Se não é capaz de dialogar sem taxar, seu lugar não é no Papo de Homem. As letras miúdas dizem “Queremos uma discussão de alto nível, sem frescuras e bem humorada. ”
        Tenha uma boa noite.

      • http://www.facebook.com/anderson.ramos.carneiro Anderson Carneiro

        Claro que adoram. É a melhor coisa e esse é o ponto: Ninguém sabe que aquela mulher de tailleur é uma puta na cama. Mas todos ficam curiosos para saber como é e isso é a beleza da mulher. Isso é muito diferente de ser uma vagabunda que precisa ser capacho para ter tesão.

        Mas em relação a sexualidade, vc mesmo não supera seus tabus, vc mantem enrustida uma vontade de fazer sexo com 2 homens por medo do seu namorado não gostar mais de vc. Pq no fundo vc concorda comigo em relação ao comportamento masculino. Em uma relação séria, de cumplicidade, o cara dificilmente vai aceitar isso, a não ser que isso seja a tara dele, assistir filme porno com a esposa atuando. Mas isso pra mim eh pura tara, algo egoista para satisfazer o proprio prazer e nada mais.

        E eu não concluí, nem te julguel, pois vc mesma já deu a sua definição Marcelle. Sinceramente, me desculpe se algo que disse te ofendeu.

      • http://tenholaminhasduvidas.blogspot.com/ Marcelle Gália

        Anderson, usar a palavra “vagabunda” de forma velada só prova que você sabe manipular e passa rente ao limite da educação. 

        Agora, quanto a :

        “E eu não concluí, nem te julguel, pois vc mesma já deu a sua definição Marcelle.”

        Eu não nasci ontem e não estou interessada nas suas desculpas. Quem usou a palavra vagabunda foi você, de forma ofensiva, e eu transformei em elogio. Afirmou que mulheres como eu, que assumem suas FANTASIAS, não são mulheres para compromisso.
        Vou ensinar de uma vez por todas: o que uma mulher faz na cama não a define na sociedade e vaselina é algo que se usa no cu. Então não me peça desculpas. Sei que empreguei um termo chulo, mas você abriu o precedente. Talvez eu não esteja tratando do assunto com a educação que você espera, mas nada que uma consulta no Houaiss sobre “reciprocidade” não resolva. 

        Pensei em mandar beijos no final, mas…OH, o que vão pensar??

        Done.

      • Anderson Carneiro

        Marcele, perceba que voce mesma nao quer ser chamada de vagabunda. Seus posts anteriores nao passavam de mera retorica de mulher liberal.
        Digo e repito, vc eh tratada na mesma proporcao da forma que vc se coloca.

        E pra terminar o papo, eu topo uma reconciliacao. Haha.

      • Alice

        é, Marcelle, o Anderson pegou um ponto: deixar de fazer o que quer pra não ‘chatear’ o namorado é se reprimir, sim; só fazer sexo em relacionamentos sérios tbm é, inclusive. no mais, concordo: o que a mulher faz na cama não define o caráter dela.  

      • http://tenholaminhasduvidas.blogspot.com/ Marcelle Gália

        eu não disse em lugar algum q deixo de fazer algo pra não chatear alguém. às vezes as pessoas enxergam o que desejam enxergar. eu não faço sexo fora de relacionamentos sérios pq é como me sinto bem. não vou sair dando por aí para provar ao mundo que sou livre. Sou livre desde as minhas escolhas. abraço

      • Alice

         hahaha, ninguém falou que quer que você prove nada. mas vc falou sim que os caras não topam, por isso não faz sexo a três em que o terceiro seja um homem (ou seja, não quer deixar o namorado chateadinho, se submete). falou que ‘prefere’ assistir o namorado transando com uma mulher sendo que nem experimentou aquilo que de fato quer porque não teve coragem. fala em escolhas, mas não viveu, não estudou, não refletiu. acredita demais na capacidade de pensar por si mesma, de ser ‘quem é’, uma das falácias do nosso mundinho de propagandas. não ia fazer mal ler filosofia, história, psicanálise e neuropsiquiatria pra poder bater no peito e dizer ‘minhas escolhas’.

      • http://tenholaminhasduvidas.blogspot.com/ Marcelle Gália

        É complicado respondê-la, Alice. Você lê o que não está escrito e sabe até o que eu já li ou fiz ao longo da vida.
        Interpretação de texto não é o seu forte, mas, confiando na sua capacidade, leia abaixo 15 linhas dando importância ao seu pensamento.

        _________________________________________________
        _________________________________________________
        _________________________________________________
        _________________________________________________
        _________________________________________________
        _________________________________________________
        _________________________________________________
        _________________________________________________
        _________________________________________________
        _________________________________________________
        _________________________________________________
        _________________________________________________
        _________________________________________________
        _________________________________________________
        _________________________________________________

      • Dr arthur

        Mais uma mulherzinha mediocre e superficial repetindo clichês e achando que é “alguma coisa por isso”. O termo vagabunda neste caso, está ligado a fato de uma pessoa ter varios parceiros e parceiras. O que é o caso. E não á problema nenhum em este ser “o caso”. Já que vivemos em um estado democratico de direito.

      • http://tenholaminhasduvidas.blogspot.com/ Marcelle Gália

        Não, não é o caso. Sou monogâmica, apenas comentei um desejo que já senti e nunca pus em prática.
        Quanto a você, nem conheço, e a opinião de quem não conheço, descarto.

      • http://www.baixinhoinvocado.blogspot.com Wagner Villa Verde

        Na boa … vc tá bem enganado. PRIMEIRO que eu jamais chamaria um MANÉ como vc para participar do fetiche da minha esposa. Segundo que se é esse o fetiche dela … eu devo pensar da mesma forma quando desejar fazer sexo com ela e outra mulher. Então pare de hipocrisia vc !!

        Como disse o FABIO aí em cima … sua opinião é lamentável !! Vc ainda pensa que a mulher é SUA ?? Só espero que não descubra tarde demais … SUA mulher realizando os fetiches dela com outro !!

        E como disse a amiga Marcelle … para se ter a liberdade de conversar sobre as fantasias e os fetiches do parceiro … temos que ser inteligentes para perceber que tudo ocorrerá entre 4 paredes e em comum acordo. CUMPLICIDADE !!

      • http://www.facebook.com/anderson.ramos.carneiro Anderson Carneiro

        Antes de mais nada, vc nao sabe o que eh hipocrisia. O que vc falou pra mim eh reciprocidade. Pra mim vc continua sendo um hipocrita, mas isso pouco importa.

        Vc que deve avaliar se vale a pena deixar a sua mulher com outro cara para que vc tenha creditos para fazer sexo com outra mulher. Pra mim o relacionamento vai alem disso, Eu prefiro manter minha visao assim… minha mulher nao eh usada para eu satisfazer meus desejos contra a vontade dela. Se ela nao tem tesao, nem vontade de me ver com outra mulher, pra que alimentar esse desejo com ela? E se me ofende ver outra pessoa tocando nela, pra que me sujeitar a isso? pra ter o direito de comer outra mulher? Não é pra mim isso… Minha mulher nao eh moeda de troca. Nao uso minha relacao como uma casa de swing, onde ofereco ela para comer outra.

        Acima de puros animais, que respondem a desejos e vontades, que muitas vezes são guiados pelo tesao, o que nos faz humanos é a razão. Voce precisa ser razoavel com o que quer fazer com a sua esposa, com quem vc espera ter uma longa vida pela frente.

        O fato de vc achar a mim ou qq outra pessoa um MANÉ para comer a sua esposa não desmonta meu argumento. Convide um “não mané” então para enrabar sua esposa e seja feliz, meu caro.

      • http://www.baixinhoinvocado.blogspot.com Wagner Villa Verde

         Anderson … sua mente é tão fechada que vc não conseguiu entender a diferença entre realizar um desejo … um fetiche da minha esposa (ou pelo menos pensar no assunto) e chamar um cara para enrabá-la que vc fez questão de dizer de forma tão grosseira.

        Mas acho que o outro Wagner aí embaixo tem razão …

        VC É O MARIDO BRASILEIRO …

        Talvez a felicidade do meu relacionamento seja motivada por outros princípios … diferentes dos seus !! Mas se vc e sua mulher são felizes assim … que a vida continue iluminando o seu caminho.

        Só uma observação … eu te chamei de Mané … estava errado … me perdoe !!

      • http://www.facebook.com/anderson.ramos.carneiro Anderson Carneiro

        A questao de falar de forma grosseira eh uma forma de tornar claro um pensamento que eu quero expressar. Falar enrabar te feriu, e te feriu pq vc preza pela sua esposa da mesma forma que eu prezo pela minha mulher. E isso é bom.

         Eu acho que por enquanto esse assunto nao vem entre nós pq de certa forma estamos satisfeitos um com o outro. Isso torna a minha mente fechada sim… quem sabe, mais pra frente e com mais experiencia, esse assunto nao aparece de forma… Eu escrevi isso querendo apagar, pois nao imagino minha mulher dando pra outro cara nem com 90 anos! Essa imagem me broxa.

        Cada casal tem a sua formula e nao resta me resta querer julgar a formula que cada um tem para o ser. Eu nao sei o que significa ser o marido brasileiro… me contento sendo marido da minha mulher.

        E como vc teve a nobre atitude de pedir perdao, me resta fazer o mesmo. Felicidades.

      • http://tenholaminhasduvidas.blogspot.com/ Marcelle Gália

        Anderson, tudo que você quer é atenção e que alguém “se exalte” com você. Sabe aquela coisa de precisar causar algum impacto no mundo porque no dia a dia ninguém te nota? Todos os dias alguém entra em um fórum da internet e tenta se projetar para compensar frustrações, geralmente utilizando argumentos para denegrir e provocar, no desespero de ser correspondido de alguma forma. Eu me solidarizo por você, que precisa dessa válvula de escape. Ter a certeza de que será correspondido. Você sente uma necessidade de continuidade nas suas relações e trata isto com fixação. Terapia pode ser um bom começo. 
        Agora, fica a deixa para que você responda algo pobre, tentando ser ofensivo e com um vago sentimento de superioridade, sem que eu dê qualquer resposta. Prometo. Você pode vencer. Pessoas impotentes sentem necessidade de dar a última palavra.

        Boa vida. Se você tiver uma.

      • http://www.baixinhoinvocado.blogspot.com Wagner Villa Verde

        TÁ … ME DÁ UM ABRAÇO … 

        Não há o que dizer depois disso …

      • http://www.facebook.com/anderson.ramos.carneiro Anderson Carneiro

         Marcelle, a partir do momento que vc muda a discussao do assunto para o pessoal eu prefiro tb me abster. A unica meia verdade que vc disse eh em relacao a um forum. Se fosse pra falar sim sr(a) eu nao me meteria aqui.

      • http://www.facebook.com/profile.php?id=100000088922153 Wagner Menke

         Anderson Carneiro, marido brasileiro… (puft!)

      • Eduarda Vassanezzi

        Nossa Anderson

        Seu pensamento é o mesmo do cara que eu ficava. 
        A gente tinha química, mal conseguia se encostar que já pegava fogo mas na hora de assumir algo sério, ele não queria.
        Preconceito por eu ser liberal na cama. 

        Eu terminei com ele mas ele ainda vem atrás de mim, porém agora eu não quero mais. 
        Não quero uma pessoa assim do meu lado, uma pessoa que eu não posso me abrir, me mostrar, sempre desconfiando que eu faço isso com todos.

         

      • http://www.facebook.com/anderson.ramos.carneiro Anderson Carneiro

        Eduarda, não sei como comecou, como foi o relacionamento com esse cara aí para poder opinar.  Infelizmente a maioria dos homens pensa como ele, mas não admite. Vc assustou o cara com que? dependendo qq cara vai se assustar mesmo…

        Talvez no fundo ele nao quisesse relacionamento sério, só queria sexo bom e grátis. Sad but true. E ele está atrás de vc pq imagina que em algum momento vc vai ceder, como talvez ja tenha cedido alguma vez. Isso eh mais normal que qualquer coisa.

        N esquenta, curta o que foi bom. Se para relacao séria nao serve, curta ele no que ele é bom po. ;)

      • Eduarda Vassanezzi

        Talvez seja por ter cedido 1x sim, Anderson.
        Mas agora estou com outra pessoa e bem feliz.

        Acho que isso o incomoda ou não… vai saber!!
        Valeu!!

      • http://www.facebook.com/c.alonso89 Carol Alonso

        concordo com o Flávio. Lamentável, mas ainda bem que quem perde oportunidades legais é você :P

    • http://www.baixinhoinvocado.blogspot.com Wagner Villa Verde

      Essas mulheres que aqui nos dão o prazer de sua presença … infinitamente sensuais, deliciosas e todas com fotinhas santas … mas nos comentários revelam as SAFADAS que desejamos ter ao nosso lado !!

      Será que tá faltando competência masculina para que essa lado feminino aflore ?? Espero que não …

  • http://www.twitter.com/lucinda_mateus Lucinda Mateus

    Qual vem texto da Bel nem preciso falar nada….sensacional….ps; tenho tara por caras inteligentes…nem me importo tanto com a beleza, moço me ensina algo ou sabe muito sobre algo …já começo a curtir…

    • http://www.facebook.com/anderson.ramos.carneiro Anderson Carneiro

       Isso que eu acho maneiro, cada uma com a sua tara. Acho foda é falar que TODA mulher quer tocar seios…

  • http://www.facebook.com/viictor7 Víctor Alexandre

    Ainda existem sim muitos tabus impostos pela sociedade. E pior que isso, homens que julgam mulheres sem conhecê-las, muitas vezes com uma noite apenas.

    Princesinhas e/ou taradas -preferência minha-, toda mulher quer um homem de verdade, que realize suas fantasias. Mulheres querem ter liberdade na cama, dominar e serem dominadas, por nós homens e/ou por outras mulheres, claro.

    Mulher, precisa de carinho sim e de muito tesão também. Sejas príncipe, e na cama, lobo-mau.

    • verossimil

      A sociedade somos nós, meu caro. Façamos todos nossa(s) parte(s) quanto a eliminar os ditos tabus…

  • Miriam

    Excelente artigo Bel …

    Tive um namorado que disse que não faria nenhum tipo de fetiche comigo pois eu era a mulher que ele queria para se casar … levou um pé na mesma hora, calcula que como seria chato esse casamento!!!

  • Katerine Volkov

    Texto foda, Bel! E tudo que foi colocado por você é a mais pura verdade — pelo menos pras mulheres sexualmente bem resolvidas. Mas é triste ver que ainda existem tabus tão fortes na sociedade, que nem entre nós mesmas, em uma conversa entre amigas, podemos admitir que temos desejos nessas práticas. Pelo menos no meu caso, não consigo falar abertamente de sexo e putarias com a maioria das minhas amigas — se eu já tive que ouvir que sexo anal e a posição de quatro são práticas desrespeitosas, se eu disser que tenho uma vontade louca de transar com outra mulher, vão me queimar na fogueira!

    Nós, mulheres, já somos podadas sexualmente: temos que nos sujeitar à rotulos e conviver com pensamentos machistas — mas é foda ter que admitir que, nessa história, as culpadas são as próprias mulheres! Boa parte não se liberta, não se impõe, não fala o que e como quer na cama; são mulheres passivas. E é engraçado ver que, quando você se livra dessas amarras e expõe seus desejos, principalmente no sexo, o homem (se for um sujeito bacana e racional) começa a te tratar como igual. “Porra, ela também tem desejos e não tem vergonha de expô-los; não tem medo de rótulos! Que mulher incrível, puta que o pariu!”.

    • verossimil

      “Práticas desrespeitosas”, onde? Feio é não trepar, e o desrespeito maior costuma ocorrer fora da cama, ainda que a coisa toda não tenha passado de um papai-e-mamãe com as luzes apagadas…

  • gabrielawey

    Toda vez que eu mostro algum texto daqui pro meu namorado o bendito do texto é de quem? Bel. 

    Bel, eu te amo.

  • Japa

    Realmente muito bom!!
    Por mais romântica, doce, meiga e inúmeros sinônimo que as mulheres recebam… No fundo todas nos gostamos de uma certa putaria.
    Mas há algumas que por tabus ou ate mesmo pelo medo de “oque o namorado/ marido vai pensar ao abrirmos essa nossa “intimidade” , acabam nao experimentando alguns prazeres inigualáveis que estao ali, ao alcance de suas mãos …

  • Karine

    Acho que só vão liberar um comentário que fiz há umas 5 horas atrás quando o post já não estiver tantos acessos. Acho que foi por comentar que talvez o termo “estupro consentido” não fosse o melhor termo para ser usado quando uma mulher gosta de um sexo mais forte.

    • Alice

      Foi O PIOR que o PdH fez até hoje. Mesmo dizendo que sabia que podia dar problema, se meteu a tratar matéria tão séria como ‘fantasia’. E dá-lhe um monte de marmanjo achando que a mina que tá lá dizendo ‘não’ quer mais é que ele force a barra. Feio PdH. Muito feio.

  • Hotsputs

    Excelente texto, ri muito alto com o ” (eu ouvi um “hallellujah, irmãos”?) ” !!!

  • mczanetti

    Excelente texto como sempre Bel, já estava sentindo sua falta.
    Pra mim a graça do sexo é justamente essa, você poder se manifestar da maneira como quiser. O ato de classificar gostos em taras ou fetiches não passa simplesmente de uma atitude da sociedade hipócrita de querer separar as coisas no sexo como são feitas na sociedade (não) moralista.
    Tem gente que discorda, mas para mim o sexo é uma das formas mais verdadeiras de expressar o amor, não existe melhor sensação para um homem do que saber que “naquela” hora ele foi o cara mais foda do mundo para quem ele realmente ama.

  • http://www.facebook.com/katyanecristina Katy Cris

    Amo muito tudo isso, Bel!

  • Vitorio

    nossa, antes de ler esse artigo pensei que conhecia as mulheres mas agora “só sei que nada sei” rsrs

  • Diego Liebermann

    Acho que nunca li tanto racismo não-intencional em tão poucos caracteres, mas vamos por partes.

    “Porque um negão pode fazer uma mulher subir, literalmente, pela parede. Não porque ele é fodão, mas porque era só o que ela queria” Pode achar extrapolação, mas você está associando o negro à imagem física do escravo, ser braçal, não intelectual e servidor.

    “Japa” (ou derivados) é um termo pejorativo que foi criado pelos americanos (“jap”) durante a segunda guerra. Infelizmente, os brasileiros adotaram o termo que já venceu seu prazo de tolerância nos EUA a anos, visto agora apenas em filmes de época.

    “… os poucos que moram aqui são, em sua maioria, muito feios ou muito velhos.” Usando apenas o bom senso, é fácil deduzir que isto não é fato, é apenas a sua opinião deturpada. Garanto que existe o mesmo número de jovens japoneses aí que em qualquer outra raça, e ao menos que sua amiga goste de pessoas feias (assimétricas e desfiguradas), você está apenas sendo influenciada pela sua discriminação inata.

    “Eu não entendia como a minha amiga, toda loira e deliciosa, ficava se enroscando com o Jaspion ou o sr. Miyagui.” Como se o fato de ser japonês fosse desdita que o desmerecesse de uma loira. Não sei o que você quis dizer com Jaspion, então dei uma busca no Google e não vi nada de errado com a aparência do ator por trás da fantasia. Você simplesmente considera negro um brinquedo e japonês aberração, caso admita ou não.

    O pior racismo é o inconsciente, pq a pessoa nem sabe que precisa mudar.

  • Diego Liebermann

    Acho que nunca li tanto racismo não-intencional em tão poucos caracteres, mas vamos por partes.

    “Porque um negão pode fazer uma mulher subir, literalmente, pela parede. Não porque ele é fodão, mas porque era só o que ela queria” Pode achar extrapolação, mas você está associando o negro à imagem física do escravo, ser braçal, não intelectual e servidor.

    “Japa” (ou derivados) é um termo pejorativo que foi criado pelos americanos (“jap”) durante a segunda guerra. Infelizmente, os brasileiros adotaram o termo que já venceu seu prazo de tolerância nos EUA a anos, visto agora apenas em filmes de época.

    “… os poucos que moram aqui são, em sua maioria, muito feios ou muito velhos.” Usando apenas o bom senso, é fácil deduzir que isto não é fato, é apenas a sua opinião deturpada. Garanto que existe o mesmo número de jovens japoneses aí que em qualquer outra raça, e ao menos que sua amiga goste de pessoas feias (assimétricas e desfiguradas), você está apenas sendo influenciada pela sua discriminação inata.

    “Eu não entendia como a minha amiga, toda loira e deliciosa, ficava se enroscando com o Jaspion ou o sr. Miyagui.” Como se o fato de ser japonês fosse desdita que o desmerecesse de uma loira. Não sei o que você quis dizer com Jaspion, então dei uma busca no Google e não vi nada de errado com a aparência do ator por trás da fantasia. Você simplesmente considera negro um brinquedo e japonês aberração, caso admita ou não.

    O pior racismo é o inconsciente, pq a pessoa nem sabe que precisa mudar.

  • Diego Liebermann

    Acho que nunca li tanto racismo não-intencional em tão poucos caracteres… Mas vamos por partes.

    “Porque um negão pode fazer uma mulher subir, literalmente, pela parede. Não porque ele é fodão, mas pq era só o que ela queria.” Pode achar extrapolação, mas vc está associando o negro à imagem física do escravo; ser braçal, não intelectual e servidor.

    “Jap(a)” (ou derivados) é um termo pejorativo que foi criado pelos americanos durante a 2a guerra. Infelizmente, os brasileiros ainda usam o termo que já venceu seu prazo de tolerância nos EUA a anos – aceito agora apenas em filmes de época.

    continuando…

  • Diego Liberman

    continuação…

    “… os poucos que moram aqui são, em sua maioria, muito feios ou muito velhos.” Usando apenas o bom senso, é fácil deduzir que isto não é fato, é apenas a sua opinião deturpada. Garanto que existe o mesmo número de jovens japoneses aí que em qq outra raça, e ao menos que sua amiga sinta atração por pessoas feias (assimétricas e desfiguradas), você está apenas sendo influenciada pela sua discriminação inata em suas convicções.

    “Eu não entendia como a minha amiga, toda loira e deliciosa, ficava se enroscando com o Jaspion ou o sr. Miyagui.”

    Como se o fato de ser japonês fosse desdita que o desmerecesse de uma loira. Não sei o que você quis dizer com Jaspion, então dei uma busca no Google e não vi nada de errado com a aparência do ator por trás da fantasia. Você simplesmente considera negro um brinquedo e japonês aberração, caso admita ou não.

    O pior racismo é o inconsciente, pq a pessoa nem sabe que precisa mudar.

  • Analuciafsouto

    Freud dá um sorrisinho e se aconchega no caixão…ai que delicia de reportagem…querida, fora o papo de com outra mulher, pô já tentei não consigo curtir e cheguei a conclusão que apesar dos caras serem uns cafas eles me penetram e penetração pra mim é iguaria, então eles tem algo que eu preso pra caramba, fora isso já realizei tudo, com direito a coleira e tal…se alguém quiser um filme pra dar um tesão louco, principalmetne na mulherada “Secretary” eu recomendo, ai …ótimo, qdo converso com as minhas amigas e falo as cosias malucas que eu faço elas ficam super curiosas com aqueles risinhos safados…é show!!!
    Bel…fora Chico Buarque vc é a pessoa que eu li que melhor escreveu sobre a cabeça louca das mulheres rs* menina me deu o maior tesão.
    Ana Lú 

  • Analuciafsouto

    Ah…Bel faltou o fisting…bem que eu tava sentindo falta de algo…fisting é um luxo e o orgasmo é mega, da pra pensar que da pra morrer e chegar no céu,  hehe

  • http://donluidi.wordpress.com/ don luidi

    Bel, texto foda!!!

  • Eduardo

    Interessante o post. Não importam o que digam, nós classificamos sexo como tabu. De uma forma ou de outra. 

    Exemplos, você falam de sexo com os amigos(as) e chega sua mãe… (x), que cara eu fico? Com cara de bunda. Outros exemplos existem como falar abertamente em públicos, em ônibus, etc. 

    Se você não tem problemas para falar, existe outros que olham e dão aquela olhada de desdém pensando: ”Que putaria…” Sem falar de machismo, que andam junto com a discriminação como ”mulher minha não tem que aprender essas coisa não, isso é coisa de puta!”

    Vamos demorar, mas estamos chegando lá… Utopia do orgasmo.

  • Pingback: Links sensuais da semana #002 | Divora

  • Jamily73

    Não circula na minha cabeça a fantasia ou curiosidade de sexo com outra mulher. Adoro um pênis de verdade e nada o substitui nem mesmo os meus dedinhos que são um paliativo para gozar. Ador homem bem macho que me faça sentir fêmea e me coma como que eu fosse uma puta! Pra mim esse lance de sexo com outra mulher, na maioria das vezes é uma moda entre os jovens que foi estimulada através dos filmes pornô  e muito pedida pelos homens cada vez mais. Percebo um estímulo disfarçado através da mídia para a prática de sexo entre mulheres. Vide frases e revelações em ensaios sensuais de celebridades e sub-celebridades, vide as duas últimas edições do BBB.. Não é tesão, é moda mesmo beijar na boca de outra mulher e assumir com todo orgulho que já beijou. 

  • Caio Alexandre

    Cada vez que entro nesse site me impressiono com a qualidade e profundidade dos textos aqui, parabéns Bel, texto incrível, serve pra acordar os homens desavisados…

  • Virginiatcar

    Toda vez que eu mostro, toda empolgada, um texto desses ou até mesmo um vídeo para o meu marido ele diz: não gosto dessas coisas. Aff, queria algo diferente do papai e mamãe. rsss

    • Analuciafsouto

      virgina pô virginia…aí é foda…quer dizer, deveria ser kkkkkkkkkkkkkkk, ui que piada besta…
      Bom, querida nesse caso o lance é arrumar um que te coma sem egoísmo, e isso é uma D-E-L-I-C-I-A, e ninguem precisa saber e vc mantém o maridão lá todo domingo roncando no sofá com aquele barrigão, vc rodeada de latinhas pra catar, querida…acorda beibe, pq um crime será cometido e é vc quem vai acabar cometendo, se é que me entende…muuuuuuuuuuuú muuuuuuuuuuuuú

  • Diego Lieberman

    Acho que nunca li tanto racismo não-intencional em tão poucos caracteres… Mas vamos por partes.
    “Porque um negão pode fazer uma mulher subir, literalmente, pela parede. Não porque ele é fodão, mas pq era só o que ela queria.” Pode achar extrapolação, mas vc está associando o negro à imagem física do escravo; ser braçal, não intelectual e servidor.
    “Jap(a)” (ou derivados) é um termo pejorativo que foi criado pelos americanos durante a 2a guerra. Infelizmente, os brasileiros ainda usam o termo que já venceu seu prazo de tolerância nos EUA a anos – aceito agora apenas em filmes de época.
    continuando…

  • Diego Lieberman

    continuação…
    “… os poucos que moram aqui são, em sua maioria, muito feios ou muito velhos.” Usando apenas o bom senso, é fácil deduzir que isto não é fato, é apenas a sua opinião deturpada. Garanto que existe o mesmo número de jovens japoneses aí que em qq outra raça, e ao menos que sua amiga sinta atração por pessoas feias (assimétricas e desfiguradas), você está apenas sendo influenciada pela sua discriminação inata em suas convicções.
    “Eu não entendia como a minha amiga, toda loira e deliciosa, ficava se enroscando com o Jaspion ou o sr. Miyagui.”
    Como se o fato de ser japonês fosse desdita que o desmerecesse de uma loira. Não sei o que você quis dizer com Jaspion, então dei uma busca no Google e não vi nada de errado com a aparência do ator por trás da fantasia. Você simplesmente considera negro um brinquedo e japonês aberração, caso admita ou não.
    O pior racismo é o inconsciente, pq a pessoa nem sabe que precisa mudar.

    • Analuciafsouto

      Diego Diegão…relaxa é só um texto sobre perversão, perverçõezinhas, fetixes. Aí nesse campo vale tudo, até amamentar um adulto, achar que todo negão tem um picão…que todo oriental é pequeno (mentira mentira mentira, ou eu dei muita sorte) e assim vai…mas no dia a dia a gente é normal, finge que não tem preconceito algum, finge que passa horas “se matando de trabalhar” e assim vai…toca o bonde!    

      • Diego Lieberman

        Não acredito que informalidade possa justificar falta de cumplicidade. Quando escolhemos viver em sociedade, devemos as outras pessoas um minimo de civilidade. Propagação de termos e esteriótipos derrogatórios não entram na minha lista. 

      • Alice

        Bem, alguém que enxergar alguma coisa além do senso comum. Alinhado ao ‘politicamente correto’ que um monte de gente renega porque, afinal, ‘assim não vamos ter o direito de expressar nossa boçalidade’, né? 

    • Eduarda Vassanezzi

      Diego 

      Tais sendo intolerante.  É apenas um texto em que uma não gosta da opção japa que a outra tem.
      Eu já fiquei com um negro e já namorei um japa.  Hoje não somos mais namorados mas ele se tornou um dos meus melhores amigos.
      Não vejo como um preconceito é atração na hora H. 

      Como diz a Ana Lucia: Relaxa !!

  • http://twitter.com/becoldasice Alexandre Wiechers Vaz

    Texto maravilhoso, Bel ;)

    O foda é a complexidade de um RELACIONAMENTO. Pra você realizar sua fantasia com alguém é “necessário” que tenha intimidade com essa pessoa. Muitas vezes, a pessoa íntima o suficiente pra isso é o parceiro de relacionamento e aí dependendo da fantasia, o ‘contrato’ do relacionamento fala mais alto e a fantasia é deixada de lado. É uma pena isso, mas por mais utópico que seja, eu ainda acredito que seja possível conciliar completamente esse lance de “Relacionamento X Fantasia Sexual”.

    ;**

    • Analuciafsouto

      POis é Alê vc está certo! Certíssimo, TEM QUE TER CUMPLICIDADE, senão…é só mais uma perversãozinha…o lance meio que nasce vazio…nós mulheres somos foda mesmo, até nisso a gente precisa sentir uma certa “amizade” pelo outro doido que tá na cama.Nós somos tão românticas e atrevidas so mesmo tempo. Por isso que a igreja queimou umas 7.000.000 de nós, dá até pra entender rs* 

      • http://twitter.com/becoldasice Alexandre Wiechers Vaz

        Ana, concordo com a parte da cumplicidade!

        Só ressalto a faca de dois gumes que isso é na cabeça de algumas(grande parte das) pessoas… Realizar a fantasia ou “arriscar o sentimento”. Ficaria super tranquilo e feliz pra caralho de realizar qualquer tipo de fantasia da minha namorada e tenho certeza que o sentimento dela por mim não mudaria só por ter realizado uma fantasia ;)

      • Analuciafsouto

        Ah…pois é…quem não sabe brincar não desce pro play…

      • GIL..(mulher)

        eu não faço amor por fazer….quero sentir o prazer que estou dando…então é com o maior prazer que sou uma puta na cama e uma princesa ou dama na rua,,,,qual o problema

    • http://www.facebook.com/anderson.ramos.carneiro Anderson Carneiro

      Vc conseguiu expressar bem o que penso em relação a fantasia x relacionamento de forma direta e amigável. Excelente.

  • Pingback: [+18] Fetiches sórdidos que as mulheres não tem coragem de pedir | Blog do Marcone

  • http://www.facebook.com/people/Cacau-Souza/100001295727700 Cacau Souza

    Sempre tive tara por militares, desde mocinha. Meus dois ex-namorados eram militares, e não era nada mais excitante do que vê-los ao acordar, saindo pra trabalhar, com suas fardas camufladas. :)

  • Jefferson

    Bel, parabéns, já faz um tempo que venho acompanhando seus textos no PDH e esse é até agora o texto  mais FODA que já li. É interessante, engraçado e divertido ver uma mulher falando o que a maioria quer falar mas não tem coragem, só falta duas coisas para ficar melhor, mais textos e seu perfil em mais sites de redes sociais (não te achei no Facebook) J.

  • jrm

    Uma vez tentei a técnica desse vídeo com uma garota, na hora que ela estava quase pirando me pediu pra parar. Vai entender…

    • http://twitter.com/becoldasice Alexandre Wiechers Vaz

      A grande maioria das vezes isso acontece, cara. A não ser que você esteja em dúvida, não pare ;)

      • Alice

        Sempre pare quando uma mulher pedir.

      • http://www.facebook.com/fabiobracht Fabio Bracht

        Nessas horas que é útil ter combinado antes uma “safeword”, como a Bel falou no texto.

  • Adak

    A velha frase resume esta discussao! “a mulher perfeita é a puta na cama e a dama na sociedade!!”
    Nelson Rodrigues? se nao for me corrijam!

  • Leandro

    Na minha visão as mulheres atiçam e depois saem correndo. São iguais a aqueles que se escondem atrás dos outros e ainda chamam para a briga. Depois falam que são liberais e aceitam tudo. Isso, para mim, é conto de fadas até hoje. Sem contar que os pensamentos de homens e mulheres são realmente muito desconexos. Eu aceito qualquer mulher que venha a me atrair, me deixar com tesão. Já as mulheres dizem que tem tipos específicos de gosto: narigudo, baixo, barrigudo, cabeludo…..dá licença, viu. Isso é frescura da natureza.

  • Eduarda Vassanezzi

    Adorei o texto Bel 

    Homens…  e  a mulher que vai pra cama no primeiro encontro?
    Ela estava a fim como você. É coisa de pele e não dá pra prever quando irá acontecer. 

    Alguns homens tem muito preconceito com isso e na minha humilde opinião, a mulher que vai pra cama no primeiro encontro está buscando espontaneidade em relação ao próprio desejo e isso não significa que ela seja uma puta ou fácil ou “não se valoriza”. 

    Não devemos maquiar o desejo que temos e você pode se surpreender.

    - Fica a dica!!
     

    • Alice

      Se eu vou pra cama no primeiro encontro significa que eu estou com tesão pelo cara. Se eu não vou, é porque eu não estou. Então, na verdade, o cara que fica louco por mim porque eu não dei pra ele e por isso sei ‘me valorizar’ é só um rejeitado.

  • Marcos Tadeu

    Muito util, e eu pensando que as escapadas em lugares publicos era preferencia apenas da minha pessoa. Agora o video do Squirting no redtube foi sensacional! Excelente dica! A mulher parece que ta com uma pomba-gira, nao consegue nem ficar de pe depois daquilo. Ultra-mega educacional! E minha ex namorada que reclamava que pornografia era perda de tempo!

  • http://www.facebook.com/people/Douglas-Henrique/100000196772990 Douglas Henrique

    Achei que tinha alguma coisa interessante, mas o artigo ruim. Ave. :/

  • http://www.facebook.com/ricardo.passinho Ricardo Passinho

    Ótimo artigo Bel.. Adorei  -> Parabéns mesmo tirou muitas duvidas e me deixou com vontade de quero mais ..  Espero mais ..

  • Mariana W.

    Ah, claro. Assumir que todas as mulheres desejam fazer sexo com outras é super coerente, né? Haha. Incrivelmente estúpido. 
    Acho que isso poderia se aplicar à vocês também, não, homens? Afinal, se TODAS AS MULHERES têm inclinações homossexuais, por que com os homens não ocorreria o mesmo? Na verdade, acho muito mais fácil um homem hétero ter prazer fazendo sexo com outro, que faz o trabalho no seu pênis e o deixa introduzi-lo em seu orifício anal, do que uma mulher hétero com outra, que, em minha visão heterossexual, não tem nada que me agradaria ou me satisfaria. Brincadeira ou não, é o preconceito enraizado na sociedade. :* 

    • Alice

      Também achei todo clichezado e cheio de preconceitos o texto da Bel. Mas não é novidade: em geral, não gosto dos textos dela. Aliás, sempre achei que ela é um homem que acha que sabe como pensam as mulheres e as generaliza de uma forma mais tesuda que a NOVA, mas generaliza, e toscamente. O lance do estupro consentido ainda vai pegar muito mal pro PdH. De uma irresponsabilidade indesculpável.

  • Pingback: [18+] Fotos de mulheres nuas e falácias de argumentação: maio foi foda | Mugango

  • Pingback: As morenas de olhos pretos | Papo de Homem

  • Milla

    eu gostaria mesmo é de entender pq alguns gostam de colocar a mão na garganta como se fosse estrangular? não entendo.

  • Vinicius

    Caraleo, parabéns por esse artigo, este sim e um assunto interessantíssimo pra abordar, vindo de uma mulher nem se fala… Eu acredito que a mulher mostrara esse lado puta somente quando se sente segura, com quem realmente tem condicoes de trata lá a altura de seus desejos… Parabéns e concordo com voce em todos os sentidos…

  • http://www.facebook.com/JeanKassio Jean Kassio Almeida Cheib

    Eu estava debatendo esses dias sobre o estupro simulado (que tinha a ver com o post da Prudence) e vi várias pessoas que diziam que isso não existia e muitas outras falando que já ouviu falar e que conhecia, já fiz bastante quando era casado (estou em um novo namoro agora, que ainda não surgiu esta oportunidade) e é simplesmente ótimo, o tesão vai ao teto e a confiança no ato sexual melhora e muito -não sei o porque-
    Recomendo sempre que várias pessoas experimentem antes de julgar os fetiches, pois de algo que se parece bizarro -como o sadomasoquismo e estupro simulado, que pratiquei algumas vezes- podem ser a salvação de um relacionamento. Ótima matéria, até mais.

  • Felipe G.

    Bá, na real. Não curti a matéria. Desculpa Bel e desculpa meninas mas quando faço sexo com uma menina gosto de pensar que ela é uma perfeita princesa, virgem e que não pensa besteira. Podem me chamar de retrógrado ou sei lá mas gosto da menina mais recatada e uma mulher muito “soltinha” ou que teve várias “experiencias” me desestimula.
    Claro que não quero uma madre Teresa na cama, mas tbem não quero uma menina que -tipo a sua amiga ali- dá pro entregador da loja de móveis.
    Outra ponto que achei meio assim de se pensar é esse papo de todas as mulheres serem bi-curiosas hoje em dia, na minha opinião isso é culpa da mídia que ainda coloca a mulher como “prêmio máximo” que pode ser obtido na nossa sociedade, até por outras meninas. Não tenho nada contra bi-sexualidade – eu transaria com um cara se ele me deixasse duro – mas acho que tem muita mulher ai que tá querendo dar uma de bi só pra se fazer de hypster e dar aquela pagada de manjadora das putaria, sabe? A matéria apesar de ser contra algumas de minhas opiniões foi bem escrita.
    Fica ai meus 2 centavos.

  • John Doe

    Bel, fiquei curioso. Qual sua opinião sobre os caras que gostam de meninas menores de idade, tipo 16 aninhos assim?

    Sei que tu tem a mente aberta pra caralho, mas quão aberta é essa mente?

  • Kathleen

    adorei, tenho varios hehehe, só este ultimo que eu nunquinha faria, sofri violencia sexual quando era pequena (desde 7 anos, até 9 anos) e só agora to me soltando pra viver a sexualidade normalmente (to com 20 anos)…. é doloroso demais e nunca vou superar, tem coisa que nao sai da cabeça…. mas achei ótimo, muito bom mesmo vc ter deixado claro a diferença entre consentindo e o violento mesmo. adorei o texto…. beijins

  • Pingback: O BDSM das mães inglesas não me impressiona | PapodeHomem

  • Ingred

    Muito bom esse texto. Pena que tem cara que não faz isso no relacionamento.

  • http://www.facebook.com/felipe.resende.948 Felipe Resende

    olha eu tenho um pau muito grande por que já nasci geneticamente motificado tenho um corpo bonito e o meu pau é de 38 ctm e grosso também quem quiser falar comigo me adicionar eu já fiz com muitas mulheres umas 32 sexo elas gozar demias eu gosto de chupar a bucertinha dela ai estar meu E-mail
    felipe-resende1995@hotmail.com

  • Nickname

    Sou mulher. Tenho todos esses fetiches (já realizei todos eles com um antigo namorado) e falei para o meu ex namorado (outra pessoa) que queria realizar fetiches (isso é; Além desses que estão no texto), mas ele é muito cabeça fechada e eu sou cabeça aberta para sexo.

    Nunca mais namoro virgem na minha vida. Enquanto eu queria fuder gostoso (coisa que ele não dava conta do recado), ele queria usar aliança e viver em um conto de fadas. Tem dó!

  • vergonha de falar

    é meu sonho uma mulher me amarrar (ou algemar), e fizer o que quiser comigo, colocar seus pes na minha boca, esfregar sua vagina na minha cara ou ate mesmo mijar em mim.. eu nao me importaria o problema é que é dificil saber que tipo de menina gostaria de fazer isso

  • helen

    O que eu faço… experimentei sexo a três, (eu, minha namorada e um cara) e atualmente só isso tem me excitado ): mas o problema é que tem rolado umas neuras e uns ciumes… e eu também não acho legal que eu só me empolgue com isso agora ):

  • Mulher

    tenho
    TODOS esse desejos. Alguns realizados e outros estou planejando a execução… Infelizmente uns poucos são mais difíceis de executar…

  • Araceli Mariane

    tem como curtir o comentario da Swyanne Teófilo?!!!! hahahahahahahaha falou TUDO!!!!!

  • Barbara Tavares

    Li e adorei o seu texto. Eu gostaria de poder me “destravar”, não entendo o porque de não conseguir “entrar no clima” e chegar a ter um orgasmo de verdade. Não sei se de repente as experiências foram poucas, ou se o problema é comigo mesmo (que eu acho ue é isto), ou quem sabe, algum tipo de bloqueio. As vezes se torna meio chato a questão do sexo pra mim porque sempre acho que não sou capaz de fazer de uma forma que deixe o outro satisfeito, talvez eu mew cobre demais e curta menos, e não saiba como controlar isto.

  • elizangela

    drx

  • anonimo

    Tenho 16 anos e me consideram um cara vamos dizer assim bom de cama, sei que sou bem novo e tau, mas quero contar uma histórinha agora que li o texto das rapidinhas em lugares publicos eu tava namorando a pouco e por causa de uma rapidinha acabamos tendo que terminar a gente tava ficando só e eu como sempre um tanto safado consiga por a mão dentro da calcinha dela, e ali fui brincando deixando ela molhadinha e tipo caprichei mto qse levei ela a um orgasmo ali só com a mão, ela passava a mão no meu pau por cima da minha calça e eu disse não posso voltar pra casas assim resolvemos ir pra tras de umas arvores la na faculdade do lado do colégio dela ai ta ela tirou a calça eu abri meu ziper e demos um jeito la numa posição bem de vamos do jeito que der e como dito no texto aquela adrenalina suor prazer ela estava mto louca só que quando menos esperavamos fomos pegos em flagrante ligaram pros pais dela e tau pediram meus documentos e fomos obrigados a terminar mas sinceramente não me arrependo daquilo pq foi mto bom e foi coisa do momento sem pensar só com atitudes e sei que ela gostou mto tbm só que agora estou solteiro :c

  • Caravaggio

    Bel deve ser uma belissima foda. E alguém bem interessante para se tornar uma serva …

  • Matheus Augusto
  • http://www.facebook.com/karlos.eduardo.9883 Karlos Eduardo

    Pra vc mulher,que se sente só,carente,mal amada que seu marido não da mais muita bola depois do casamento ou seja que não te dá mais carinho,atenção,amor,prazer ou simplesmente não gosta mais de sair com vc ou até andar de mãos dadas ou vc mulher que busca aventura ,que tem vontade e curiosidade para trair saber como é de verdade e deixar acontecer,que busca sigilo ou vc que já curte aventuras no seu casamento sem seu marido saber ou seu marido também sabendo ou até vc mulher que gosta de um acompanhante que faz tudo,que já conhece como funciona…..
    Meu nome é KARLOS EDUARDO FERREIRA e é um prazer!!!!
    Sou acompanhante mais um acompanhante que faz como vc quer,com amor,com selvageria,com delicadeza,com força,fantasias e muito mais….
    Estou sempre disponível para vocês,para atende-la onde melhor se sentir,fazendas,motéis,hotéis,cidades vizinhas onde você desejar realizar suas fantasias,até mesmo em suas casas;não tenho limites de dias vc é q
    uem manda e sou eu que obedeço,quero que saia ao seu gosto minhas lindas…..
    Sou moreno claro(pardo)
    Olhos:castanhos claros
    Cabelo:pretos
    Lábios:grossos
    Altura:1,73
    Peso:80 kg
    Físico:nem magro e nem gordo (forte)
    Idade:25 anos
    Não fumo,bebo regularmente,não uso nenhum tipo de droga(nunca usei,nem cigarro),adoro baladas e tudo de bom que a vida pode oferecer….
    Email:kaduferreira12@hotmail.com
    Facebook: http://www.facebook.com/karlos.eduardo.9883
    Fotos e telephones só por email ou facebook
    ESPERO QUE TENHA GOSTADO DO MEU PERFIL,TE AGUARDO LINDA…..
    Sou todo seu por quantas noites vc desejar,mas vc deve estar se perguntando mais é muito caro não?não,não é;tudo e converssado e acertado antes deu partir para seus serviços….

  • Sandro

    Leitores cuidado com IMORALIDADE! pois Deus os julgará!
    Gálatas 5. 19-21

  • alexsander

    Parabens

  • muzenga

    Engraçado, você gosta de homens narigudos baby?? Eu fui muito zoado na minha dolescência pelo fato de ter nariz grade, tinha uma vaca aqui no meu bairro que me chamava de nariz de pau, e me zoava junto com as amigas dela, dizendo que eu era horroroso e feiosão…

  • muzenga

    Ainda bem, que existem mulheres que gostam de caras com nariz grande!! Mas até hoje eu nunca consegui comer nenhuma mulher, que não fosse puta.

  • muzenga

    Você deve ser uma mulher realmente bonita e inteligente. Quem me dera lhe conhecer, seria o homem mais feliz do mundo.

  • http://www.facebook.com/kai.labre Kai Labre

    papo de homem = papo de punheteiro. soft porn sfw ?

  • http://www.facebook.com/pattrycyasilva Patricia Silva

    Uma delícia!!!

  • CarlosNeppel

    Primeiro post seu do ano .. Já chegou arregaçando em Bel ? Podia começar a postar com mais frequência né, sinto falta dos posts da epoca do AOE.

    Abraços.

  • http://www.facebook.com/pattrycyasilva Patricia Silva

    Sabe das coisas essa moça…

  • blenda oliveira

    Adoreii o seu post me identifquei mto,namoro e eu e meu namorado somos totalmente abertos guando o assunto é sexo,tudo que vc já escreveu já falamos em fazer,eu só tou em dúvida e de sexo a 3 mais concerteza vou conseguir fazer já que tenho tesão por algumas mulheres..Parabéns continue assim ..

  • http://twitter.com/BeccaPoulain Becca

    Achei muito legal o texto e concordo bastante com o mesmo. Me enxerguei ali… E quando as mulheres param de querer bancar a princesinha até na cama e dá vazão ao seus desejos, até o homem fica mais excitado e mais “tarado”… Curti bastante. ;-)

  • Marcello

    Acredito no equilibrio!!! É importante existir um pouco de tabu. O sexo sem limites, pode levar até a problemas graves de transtorno de personalidade, enfim, um psicanalista explicaria melhor isso. Acho que é importante se preservar. Vale tudo à dois. O romantismo, por exemplo, ele une pessoas. O descobrir o sexo também unem pessoas. Tudo tem a sua dose certa. (Não sou cristão, ok) rs.. Acho bonito o sexo com respeito, compartilhado, acho um tesão o prazer com o compromisso de ser humano! Esse tesão é acima do “ponto G”. E vale mais do que qualquer gozada surpreendente, à ponto de explodir o mundo. rs.. Não confunda busca pelo prazer, com perversão. Existe um abismo aí. infelizmente nós homens ainda nos assustamos com as mulheres que são “putas na cama”. Gostamos das mulheres que não tiveram muitas relações sexuais e procuramos essa mulher, para compormos uma família, crescer juntos. Esse é o íntimo frágil do alicerce do machismo. Mas afinal, gostamos da delicadeza, do lado feminino que não manifestamos. Portanto seria justo esse tabu. Bom, afinal eu não gostaria de crescer, sabendo que a minha mãe deu pra caralho e fez sexos violentos e experimentou orgasmos imagináveis com outros homens. Pensem nisso. tenham cuidado com o feminismo garotas. Ele tá na moda, mas ele foge aos sentimentos. Parabéns pelo texto!

  • Iran

    Boa noite! Como você mesmo disse: “não é toda mulher que tem essa fantasia”. Algumas mulheres eu consigo extrair essa vontade e rola tudo às mil maravilhas… Mas tem algumas que simplesmente não demostram o que querem… E algumas vezes tentei dar uns tapinhas e uns puxões de cabelo… mesmo que de leve, só pra sentir se a parceira gostava e recebi um PÁRA QUE EU NÃO GOSTO! Fiquei bastante tímido em tentar em outras. Só faço agora com as que pedem ou as que eu sinto confiança pra fazer… Como faço pra descobrir se a parceira vai gostar?!

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100002355387082 Alexandre Santos

    Eu sou um cara de sorte, consigo fazer minha esposa ejacular…ejacular bastante, tanto só fazendo sexo oral quanto com penetração, é gostoso demais, não sei se é melhor para ela ou se é pra mim viu!

  • Carol

    Sou comprometida e vivo tendo aventuras na minha casa,no hall do predio pegando táxi e indo pro motel com outros , sim, outros! È bom por que o que vivo ali é só sexo , ego, sentir-se desejada ser elogiada bem comida e gozar loucamente!Se me sinto mal em trair ? Não mesmo , por que saio de cada transa e penso foi sexo amo a pessoa que eu to e nem um dos caras chega aos pés é o prazer da aventura da adrenalina , do novo se os homens podem, por que as mulheres não??

  • Ilma Silva Padilha Neta

    Eu particularmente não tenho nenhum fetiches sórdidos mas meu marido, kkk , ele quer mim ver transando com outro cara e ele assistindo pra quando eu gozar ele mim lamber toda kkk… Nunca fizemos pq moramos no interior e quando formos a capital vamos procurar uma casa de suingue pra realizar essa fantasia kkk…

  • Marcelo

    “Toda mulher tem um tesão especial em ser fodida com urgência, com a calcinha só de lado. É um momento de muita adrenalina e pouco raciocínio lógico.”

    Porque pouco raciocínio lógico leva quase que inevitavelmente ao não-uso de camisinha e o homem a gozar dentro, o que aumenta a probabilidade de inseminação. Mulherada como sempre escrava dos seus instintos e dos genes que estão por trás dos primeiros. Vai fazer a mesma coisa se você for homem.

  • Guest

    Li. um pouco atrasado, ao que parece, mas li. E tinha pensado justamente em “Mostarda” como safeword.

Papo de homem recomenda

Assine o Papo de homem

Curta o PdH no Facebook
  • 5138 artigos
  • 647358 comentários
  • leitores online