Eu tenho um conselho para você

Rodolfo Viana

por
em às | Artigos e ensaios, PdH Shots


Há pouco mais de 15 anos, no dia 1º de junho de 1997, a jornalista e vencedora do Pulitzer Mary Schmich soltou em sua coluna no Chicago Tribune um texto chamado “Os conselhos, assim como a juventude, provavelmente desperdiçados com os jovens“. Talvez você não reconheça este texto pelo título, mas sim pelo apelido: “Use filtro solar”.


Link YouTube |

O texto, que não é de sua autoria, mas sim um discurso de graduação, foi musicado pelo cineasta Baz Luhrman, ficou em primeiro lugar nas paradas da Inglaterra e da Irlanda, virou um singelo vídeo que se dispersou pela internet, foi traduzido e regravado por Pedro Bial a pedido da DM9DDB e, por fim, ganhou uma paródia de Rafinha Bastos.


Link YouTube |

Reparem: ascensão, apogeu e queda de um compilado de bons conselhos.

Nossa relação com os conselhos é conflituosa. Sabemos dá-los aos montes, ouvi-los de vez em quando, mas quase nunca os colocamos em prática. A isso, os psicólogos dão o nome de egocentric bias (“tendência egocêntrica”, em tradução livre), que nada mais é do que a certeza de que eu sei mais do que você. Em outros termos,

Quem raios você pensa que é para me dizer como eu devo viver minha vida?

Mas esta certeza é incorreta. Há algo chamado impact bias (“tendência de impacto”), termo que designa a forma superestimada como prevemos reações emocionais em relação aos nossos próprios atos.

Em miúdos, um exemplo: você e seus amigos estão no bar e encontram um grupo de meninas. Fazem amizade. Bebem. Riem. Você percebe que uma das meninas – justamente a que tem aliança de noivado – te dá uma atenção maior. Parecem íntimos naquela noite. Você pensa: devo ou não investir? Começa a pensar que, se tentar algo, ela pode aceitar as investidas, acabar na sua cama, se apaixonar por você, terminar o noivado, querer uma vida a dois e uma casa com cercas brancas no interior; também pensa que você não quer nada disso e a foda pode lhe custar a vida, pois o ex-noivo dela pode ser um trafica colega de cela do Jader e aí fodeu.

Você pensou todo um futuro sem nem cogitar: será que ela realmente está a fim de alguma coisa? Ou é apenas simpática?

Nessa hora, faz toda diferença um amigo dar a sua visão das coisas. Jogar a real e dizer “vá com calma”. Afinal, o seu amigo não está emocionalmente ligado a isso.

“Meu filho, leve um casaquinho porque tá frio”

Curiosamente, aceitamos conselhos de coração aberto quando quem aconselha não tem a mínima ligação conosco.

Quando a mãe diz “meu filho, leve um casaquinho porque está frio”, ignoramos; quando o Dr. Love aconselha o leitor a lavar o pau depois de sexo anal, achamos um puta conselho. Quando o pai diz como você precisa amadurecer, ele é apenas um cuzão; quando o Nelson Rodrigues diz, é genial.


Link YouTube |

Por que isso acontece? Porque, quando somos íntimos do conselheiro em questão, sabemos suas fraquezas, suas falhas, e não o julgamos apto a dar pitaco na nossa vida. O que é, obviamente, um erro. Quem melhor para nos aconselhar que pessoas que sabem nossos podres, nossas falhas de caráter, e podem prever algumas de nossas reações?

O erro está em subestimar as palavras alheias. É creditar a si mesmo uma inteligência infalível, uma esperteza além da realidade. É imaginar que se pode viver sem conselhos. Pessoas de fora podem dizer melhor o que se passa aqui dentro.

Senhoras e senhores do PdH de 2012, se eu pudesse dar um conselho em relação ao futuro, diria: “aceitem mais conselhos”.

Leia mais:

Rodolfo Viana

É jornalista. Torce para o Marília Atlético Clube. Gosta quando tira a carta “Conquiste 24 territórios à sua escolha, com pelo menos dois exércitos em cada”. Curte tocar Kenny G fazendo sons com a boca. Já fez brotar um pé de feijão de um pote com algodão. Tem 1,75 de miopia. Bebe para passar o tempo. [Twitter | Facebook]


Outros artigos escritos por

Somos entusiastas do embate saudável

O texto acima não representa a opinião do PapodeHomem. Somos um espaço plural, aberto a visões contraditórias. Conheça nossa visão e a essência do que fazemos. Você pode comentar abaixo ou ainda nos enviar um artigo para publicação.


EXPLODA SEU EMAIL

Enviamos um único email por dia, com nossos textos. Cuidado, ele é radioativo.


TEXTOS RELACIONADOS

Queremos uma discussão de alto nível, sem frescuras e bem humorada. Portanto, leia nossa Política de Comentários.


  • Breno Tiki

    Muito bom o texto e muito bacana colocar um seguimento para os termos e é algo que tempo em tempo falta em uma boa matéria.

    • Vertenzani

       E se o conselho de fato for um equívoco? Errar faz parte da experiência … não estou dizendo de maneira nenhuma que não é bom ser aconselhado, mas é bom pensar fora da caixa. Na prática, acredito que conselhos também criam relações emocionais, mas isso é uma opnião particular …

  • Marisa Lima


    Quando a mãe diz “meu filho, leve um casaquinho porque está frio”, ignoramos; quando o Dr. Love aconselha o leitor a lavar o pau depois de sexo anal, achamos um puta conselho. Quando o pai diz como você precisa amadurecer, ele é apenas um cuzão; quando o Nelson Rodrigues diz, é genial”

    Hahaha… Perfeito!
    Ontem mesmo estava discutindo com uma amiga… Quando nós vemos alguém que nos é muito querido cometendo uma merda, como chegar de fato na pessoa e falar numa boa que ela está literalmente merdando na vida dela sem parecer moralista? Porque assim… quem sou eu, quem é vc, ele e a torcida de qualquer time pra dar pitaco na vida de alguém? Complicado dar conselhos viu! Mas tentarei estar mais aberta a todos eles, com certeza! ; )

  • http://www.facebook.com/people/Renan-Felippe-Correa/100000791971084 Renan Felippe Correa

    belo texto… curto e direto. gosto quando vcs os fazem assim.

  • Sky Reaper

    Tem um erro em uma das últimas frases,  ”É creditar a si mesmo uma inteligência infalível, ”
    Muito bom o texto.

    • http://papodehomem.com.br/author/rodolfoviana/ Rodolfo Viana

      @3935be68425717597739aa812fecb099:disqus , não achei o erro. O que eu escrevi está exatamente igual à sua correção. Pode ser mais preciso, por favor?
      Valeuzaço.

  • Lucas Câmara

    O texto diz o contrário da máxima popular: “Se conselho fosse bom, não se dava; se vendia”
    Muito bom o texto

  • LuizZamboni

    É verdade, é que é difícil ver credibilidade  numa pessoa que não faz o que diz..
    Faça o que eu digo, não o que eu faço não funciona, precisamos de exemplos a serem seguindos.
    .
    Uma vez eu vi uma entrevista do Ricardinho (técnico de volei) que ele falava justamente isso “dê o exemplo se quiser ser um lider”, exemplos nos dizem muito mais…No caso dele, para cobrar que seus atletas chegassem cedo ao treino ele seria o primeiro a chegar..Eu guardei esse conselho para o resto de minha vida, talvez por não conhece-lo..huaha

  • http://www.facebook.com/cassio.vinicius.5661 Cassio Vinícius

    Mt bom!

  • http://www.facebook.com/kedleyj Kedley Jorge

    Rodolfo,

    tu é foda!

  • http://www.facebook.com/people/Igor-Ribeiro-Quinteiro/1576706728 Igor Ribeiro Quinteiro

    ótimo. ai está uma coisa q já me perguntei… É, quase sempre, nítido a forma como a gente absorve os conselhos de quem não conhecemos ( ou como absorvem os nossos) em detrimento daqueles feitos por alguém próximo. 

  • http://www.facebook.com/people/Sostenes-Oliveira/1755007700 Sostenes Oliveira

    Muito bom … só não  encontrei o botão de “Curtir” do Facebook. 

  • http://www.facebook.com/people/Daniel-Augusto/100000559571953 Daniel Augusto

    Aí vai meu conselho pra todos: toda vez que sua mãe te mandar levar o casaco, leve-o. Saiba que ela tem um pacto com São Pedro e, fatalmente, você passará muito frio.

  • Esaigh

    Conselhos tiram toda a graça da descoberta. São como as palavras da mãe super-protetora, que não deixa o filho fazer nada com medo que ele se machuque. Ou como diz o Sunscreen: “São uma forma de nostalgia”. 

  • http://twitter.com/rafaelcgo Rafael Oliveira

    Haha, estava esperando um dos episódios de A Vida Como Ela É carregar no youtube enquanto lia esse post…
    http://www.youtube.com/watch?v=b8sIT_W9X1E&feature=autoplay&list=PL35B848C40DE94C21&playnext=1

  • http://www.paulovsk.com/ Paulo R. Ribeiro

    Tipo de texto excelente.
    Bem escrito, com boas bases e referências ao final.

  • http://www.facebook.com/viictor7 Víctor Alexandre

    Aceitar um conselho vem da questão de como esse conselho é dado. E, por muitas vezes, a relação familiar está desgastada demais pro conselho ser ouvido/aceito.
    - Poxa! Eu sou sou um homenzinho, não preciso de você me dizendo o que fazer, se nem você mesma(o) não faz o que diz… -

    Um conselho vindo ‘de fora’, se torna mais aceitável pelo fato de esse alguém não ter uma ligação familiar conosco, ter outras experiências de vida, e, isso implicaria dizer que essa pessoa tem mais certeza do que diz. Talvez.

    Dar crédito ao novo, diferente. Aquilo que não está ligado ao nosso mundo. E, aquilo que já temos, aos poucos perde a credibilidade e/ou o valor de impacto em nossas lifes.
    Infelizmente, é assim que a banda toca.

  • http://profile.yahoo.com/VVU3MICN6PCGFJCRJONBMPXCGA Luciana Mbm

    Fantástica reflexão…

    Somos uma família de quatro mulheres e, há uns 10 anos, descobrimos essa realidade fundamental: ninguém melhor do que uma das minhas para me ajudar!!! Apesar de cada uma seguir sua vida, e ter formado novas famílias, ainda hoje isso é real… Sempre podemos contar umas com as outras… E por mais cruel que seja a verdade dita, sempre levamos em consideração o grande amor envolvido… Mas respeitamos a decisão de cada uma, afinal:

    O melhor dos conselhos é a liberdade de escolha em segui-los ou não… 

  • http://www.facebook.com/people/Duda-Bolibeira/100003568224225 Duda Bolibeira

    Sempre que dou um conselho a alguém eu mostro os dois lados da moeda, por exemplo, estava  conversando com um primo que vai prestar vestibular este ano, porem ele não tem estudado muito, nem pouco.

    Dai falei mano vai estudar por que se não bla, bla, bla, e falei o que aconteceu comigo, estudar é chato eu sei, mas tive de estudar e graças a DEUS passei e hoje estou de boa.

    Conselho sempre é bom, basta sabermos passa-lo, não se mostre superior a pessoa, mas se faça igual a ela.

  • Gustavo Esquive

    Tenho poucas máximas na minha vida, mas uma das que carregarei sempre é que você começa a virar homem quando passa a entender e saber o que fazer com os conselhos do seu pai.

  • Alison Shoji

    Muito bem.

    E como saber se o conselho dado por uma pessoa é:

    - apenas para afirmar que ela encherga uma verdade (ou é) melhor que vc;
    - apenas para afirmar que vc está errado;
    - apenas porque a pessoa quer ser ouvida;
    - ou simplismente e unicamente para ajudar você.

    Talvez seja melhor apenas ouvir, falar um ” ok” para a pessoa e pensar sobre. Aceitar o conselho  de imediato como uma verdade unica, independete da pessoa que fala, é um ato de preguiça de pensar e criar uma base fraca para sustentação dessa idéia quando questionada.

    E é claro, aceitar ou não um conselho pode ser bom, ruim ou qualquer outra coisa. ( o ” pode” é uma maezona e sempre aceita tudo)

    BTW um texto muito bom, Rodolfo.

  • http://www.facebook.com/people/Leo-Moura/100003636074815 Leo Moura

    Só achei esse texto bom porque não te conheço.

  • http://www.facebook.com/people/Taiguara-Almeida/100000509380157 Taiguara Almeida

    Desde que vc não condicione suas ações às sugestões e desejos alheios, ouvir outros opiniões é inteligente e pode ajudar bastante.

    Aqui vai um conselho: Rafinha Bastos é melhor quando evitado, ignorado e esquecido.

Papo de homem recomenda

Assine o Papo de homem

Curta o PdH no Facebook
  • 5141 artigos
  • 647456 comentários
  • leitores online