Como e quando trocar os pneus do seu carro

Rodrigo Cambiaghi

por
em às | Listas, Mecenas, Velocidade


Dirigindo pelo trânsito de São Paulo, me deparo com a seguinte cena: um homem de uns 30 anos do lado de fora do seu veículo, mexendo no celular, enquanto o cara do seguro troca o pneu furado.

Na hora pensei em escrever sobre duas coisas que todo homem deve saber sobre pneus para ter alguma autonomia e não depender tanto dos outros: como e quando trocar os pneus do seu carro. Além de já ter trocado pneu furado algumas vezes na vida, fiz algumas pesquisas e conversei com um mecânico para esse texto. No processo, descobri uma série de coisas interessantes que não sabia sobre pneus.

Como trocar um pneu furado

É simples, é fácil, não requer prática nem habilidade, muito menos força. Mas há uma série de detalhes importantes para lembrar.

Mesmo o homem mais mulherzinha consegue

Etapa 0: Você checa o seu estepe periodicamente? Caso clássico: o fulano vai trocar o pneu furado e na hora H descobre que o estepe está murcho – ou pior, foi roubado há semanas e ele não se deu conta. Não custa nada, quando for ao posto de gasolina encher o tanque e calibrar os pneus, dar uma olhada rápida no estepe e verificar se ele ainda existe. Uma dica: recalibre o estepe a cada quatro meses.

Etapa 1: Quando furar o pneu, não precisa surtar e parar o carro imediatamente, mas também não é pra sair dando um rolé com o carro senão você vai estragar a roda. Pare o carro num local plano e de preferência em algum local longe do trânsito para não causar e para não ser atropelado por algum psicopata do trânsito.

Etapa 2: Dentro do seu carro existe um “kit troca pneu” normalmente preso em algum canto no porta-malas. Ele contém:

  • triângulo de sinalização,
  • chave de roda,
  • macaco para suspender o carro

Eles devem ser usados na ordem listada.

Etapa 3: Coloque o triângulo de sinalização no mínimo a 40 metros de distância do carro em linha reta. Se for numa rodovia, coloque numa distância maior e se possível sinalize com outras coisas como galhos e casacos.

Etapa 4: A chave de roda funciona como uma alavanca, então você não precisa usar a força para soltar os parafusos do pneu. Se estiverem muito apertados, basta apoiar o seu pé e com o peso do seu corpo o parafuso se soltará.

Lembre-se: não remova os parafusos, apenas alivie sua pressão, vá soltando um por um no sentido anti-horário.

Serve também como um excelente objeto de auto-defesa

Etapa 5: Existe um local correto para encaixar o macaco no carro. Para descobrir, abra o manual do proprietário (sim, o manual do carro é algo importantíssimo, se você não tem, providencie uma cópia nem que seja uma xerox tosca). Se um dia você precisar trocar o pneu de um carro que não tem o manual no porta-luvas, procure por um local com uma proteção próximo à roda, semelhante ao da foto abaixo.

O macaco do seu carro serve apenas para trocas rápidas, não é recomendado deixar seu carro suspenso por horas. A maioria dos macacos utiliza a chave de roda como alavanca para girar.

Encaixe o macaco aí

Etapa 6: Troca-troca. Uma vez com o carro suspenso, você pode retirar os parafusos da roda e guardá-los bem. Retire a roda com o pneu furado, coloque o estepe, encaixe os parafusos, mas não aperte ainda – faça isso apenas quando retirar o macaco.

Etapa 7: Baixe o carro e retire o macaco. Pegue a chave de roda e aperte os parafusos. Existe uma ordem mais apropriada para se fazer isso, de acordo com esse esquema do The Art of Manliness:

Para rodas de 5 parafusos

Para rodas de 4 parafusos

Não precisa apertar os parafusos com a força do incrível Hulk, um bom aperto apoiando o peso dos seus braços é suficiente.

Etapa 8: O estepe, como o próprio nome já diz, é um quebra-galho. Não é recomendado ficar rodando por dias com ele. Trate de parar num borracheiro e consertar o pneu furado o quanto antes.

Quando trocar os pneus do seu carro

Rodar com pneu careca, além de perigoso, dá multa e pode gerar apreensão do carro. Há alguns aspectos que você deve observar nos pneus para saber a hora de trocar.

Prazo de validade: Sim, pneus tem prazo de validade. Geralmente são 5 anos a partir da data de fabricação, encontrada na lateral do pneu, onde aparece “DOT XXXX XXXX (SSAA)”, sendo SS o número da semana do ano em que foi fabricado e AA o ano. Dica do leitor Carlos Renato Danetti da Silva.

Desgaste: É difícil dizer a quilometragem exata para se trocar os pneus, pois depende muito da maneira como você dirige, se pega muitos buracos e toma certos cuidados, como andar sempre com os pneus calibrados, alinhados e balanceados. O peso do seu carro também é algo que influencia. Fique atento à profundidade dos sulcos (aqueles risquinhos do pneu), pois nunca podem estar abaixo de 1,6 milímetros. De qualquer maneira, se você começar a sentir que seu carro está instável, verifique se não está na hora de trocar os pneus.

Drifting: uma ótima maneira de aumentar a vida útil dos seus pneus...

Bolhas e danos: Convenhamos que as ruas e rodovias brasileiras não são as de melhor qualidade. Buracos, pedras e más condições podem causar danos aos pneus. Fique sempre de olho se não há rompimentos na carcaça ou bolhas nos pneus do seu carro. Em alguns casos é possível consertar, mas na grande maioria das vezes é aconselhável trocar o pneu todo.

Rodízio de pneus: Esse é praticamente assunto para um post novo, mas em linhas gerais, a cada 15 mil quilômetros é aconselhável que se faça rodízio dos pneus, de forma que o desgaste deles fique por igual. Recomendo a leitura do texto do The Art of Manliness, no qual o tópico rodízio de pneus é abordado em profundidade, inclusive ensinando diversas manhas de rodízio com o estepe.

Oferecimento: Firestone

Clique para aproveitar a promoção

Se os seus pneus estiverem carecas, com bolha ou danificados, talvez seja uma boa aproveitar essa promoção: na compra e montagem de 2 pneus Firestone da linha passeio Firehawk900 ou camionete Destination, você leva grátis a instalação do Sem Parar. E se comprar e montar 4 pneus dessas mesmas linhas, além da instalação gratuita, ganha também 2 meses de mensalidade grátis na fatura do Sem Parar.

A mamata vai até 31 de maio de 2011, nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Bahia.

Mecenas PdH: Você leu um texto apoiado por uma empresa. Conheça nossa política de transparência e conteúdo livre de amarras.
Rodrigo Cambiaghi

Gerente de atendimento e curador do Apimentadas – Resolve problemas e acalma pessoas surtadas. Se acha diferente por não acompanhar futebol e gostar mais de mostarda do que de ketchup, é apaixonado por comida latino-americana e ceviche. Para mais informações consulte seu terapeuta.


Outros artigos escritos por

Somos entusiastas do embate saudável

O texto acima não representa a opinião do PapodeHomem. Somos um espaço plural, aberto a visões contraditórias. Conheça nossa visão e a essência do que fazemos. Você pode comentar abaixo ou ainda nos enviar um artigo para publicação.


EXPLODA SEU EMAIL

Enviamos um único email por dia, com nossos textos. Cuidado, ele é radioativo.


TEXTOS RELACIONADOS

Queremos uma discussão de alto nível, sem frescuras e bem humorada. Portanto, leia nossa Política de Comentários.


  • http://www.facebook.com/people/Rosana-Rogeri/100000284466237 Rosana Rogeri

    A gente sempre acha que trocar pneu vem “de fábrica” no sexo masculino. Mas já fui obrigada a fazer o serviço estando acompanhada de seres do sexo forte hehe

    Preconceitos à parte, obriguei o cara da autoescola a me ensinar como fazia, só a ideia de depender de alguém para algo tão simples me exasperava. Mas nunca havia pensando em uma ordem preferencial para os parafusos…

    Legal o texto, mostra que o item (trocar pneu) não vem mesmo “de fábrica”.

    • Kaio

       Rosana.

      Te ajudo Flor…te ajudo…

  • http://www.facebook.com/people/Rosana-Rogeri/100000284466237 Rosana Rogeri

    A gente sempre acha que trocar pneu vem “de fábrica” no sexo masculino. Mas já fui obrigada a fazer o serviço estando acompanhada de seres do sexo forte hehe

    Preconceitos à parte, obriguei o cara da autoescola a me ensinar como fazia, só a ideia de depender de alguém para algo tão simples me exasperava. Mas nunca havia pensando em uma ordem preferencial para os parafusos…

    Legal o texto, mostra que o item (trocar pneu) não vem mesmo “de fábrica”.

  • Geraldo

    Outra dica: sempre mantenha um par de luvas no carro … evita sujar as mãos … simples e prático … dica avançada: as vezes, acontece dos parafusos das rodas estarem muuuuiiiiitttoooo apertados (a própria rolagem acarreta este problema), e você não consegue desparafusar .. mesmo subindo em cima da chave … solução simples: mantenha um pedaço de cano no carro, para fazer uma alavanca … já aconteceu com um Monza que eu tive … para desparafusar a roda era complecado … mais dica: cuidado ao girar a manivela do “macaco”: o “desinfeliz” que projetou aquilo, provavelmente nunca trocou um pneu .. ao girar a manivela, sua mão pode raspar no asflato … com a “raiva” que você já esta pelo pneu furado, você tem pressa e gira violentamente a manivela, “esfolando” sua mão e seus dedos no asflasto … última dica: mantenha sempre o estepe com umas 4 ou 5 libras a mais do que os pneus de rodagem, pois o pneu perde pressão com o passar do tempo e com a falta de uso …

    • http://www.facebook.com/rodrigo.cambiaghi Rodrigo DAvola Cambiaghi

      Excelentes dicas Geraldo!!
      Essa da mão no asfalto já aconteceu comigo :p 

      E essa da calibragem do estepe também é valiosa, eu calibro meu estepe com 40 libras

    • http://twitter.com/jayminho jayminho

      haha.. raspar a mao é classsico! 

    • Paulo.r.s.

      Esse ai ja teve um bocado de problemas com pneus!…aHahahhA 

    • Patrick

      Outra dica q aprendi – quando meu pai me ensinou a trocar pneu – foi de colocar o pneu extra do momento (o estepe ou o usado que saiu) embaixo do carro numa posição que caso o macaco não esteja colocado corretamente e caia, evite que o carro caia na suspensão e danifique tudo.
      Nunca tive que testar se funciona, mas na dúvida acho melhor garantir…

    • Kaio

       É isso aí Geraldo. O cano chamamos aqui de mão de ferro. Quando não temos uma, basta dar uma pisada na chave com força – entrando de sola mesmo.

    • http://www.facebook.com/cristianosvieira Cristiano Vieira

      Opa, quase outro post! Valeu! 

    • http://www.facebook.com/cristianosvieira Cristiano Vieira

      Opa, quase outro post! Valeu! 

    • http://twitter.com/arvro arvro

       Adicionando às dicas…
      -Dependendo da chave de rodas (essa da foto, p ex.) , toamr cuidado de não pisa rmuito na ponta, teve amigo meu que cortou o pé, a chave varou a sola do tenis, UM QIX.
      -Cuidado  com o lugar onde vc deixa o carro para serviços. Já roubaram minha chave de roda quando deixei o carro no lava-rápido (tinah acabado de mudar de cidade), descobri quando o pneu furou na estrada,uma semana depois. A sorte é que viajávamos em dois carros.

  • http://www.facebook.com/people/Victor-Domingues/100001849918704 Victor Domingues

    primeiramente aprendi só olhando, ja passei por alguns perrengues de carro com familia quando era pequeno, mas esses dias fui sair de carro para assistir um jogo de futebol, e um dos pneus do carro vazio, ai meu filho, foi eu e eu mesmo, haha.
    o problema foi resolvido com 15 minutos pra menos, nem foi um problema na verdade, foi uma experiencia, e boa até, o foda foi ficar com a mão toda suja, haha.
    mas é bom que TODOS os homens saibam troca pneus(mulheres gostam disso, pelo menos todas me falam q sim)

    e boa observação dos parafusos, nao sabia que existia essa ordem.

    Abraço !

  • http://flavors.me/veronicagunther Veronica Gunther

     Uma vez indo pra Angra o pneu furou. 4 homens e 3 mulheres. Quem sabia e trocou o pneu? Moi. Não preciso nem dizer o quão brochante é ver os marmanjos te olharem perplexos por você saber fazer isso e eles não.

    • http://www.facebook.com/rodrigo.cambiaghi Rodrigo DAvola Cambiaghi

      Pior que chamar o seguro pra trocar o pneu, é chamar a mulher.Menos 10 pontos pra cada um deles manhê! 

      • Dado Teles

        Cambiaghi, acho válido chamar o seguro naquelas ocasiões em que você não pode se arriscar a se sujar: usando um terno, indo a um casamento, etc.

        Fora isso, é preguiça, ou como disse a Verônica, homens mimados.

      • http://www.facebook.com/rodrigo.cambiaghi Rodrigo DAvola Cambiaghi

        Nesse caso eu também acho Dado, trocar o pneu do carro todo engomadinho indo para um casamento é sacanagem 

    • Fábio

      Eu fico perguntando-me por qual motivo alguém quis aprender a fazer algo, se vai achar ruim usar esse conhecimento, quando necessário?

      • http://flavors.me/veronicagunther Veronica Gunther

        E quem disse que eu acho ruim usar esse conhecimento? Aprendi pq considero super importante saber me virar sozinha. O que eu acho ruim é um homem não pensar o mesmo, como disse o Cambiaghi, homens mimados.

        Poderiam até ter aprendido aquilo dia, mas não fizeram isso.

      • 1bertorc

        Acho que o Fábio era um dos que estavam no carro…
        Se bem que tenho uma ressalva eu colocaria uma mulher ‘feminiterrorista’ para trocar, direitos iguais, felizmente no meu círculo de amizades não tem nenhuma então todas poderiam relaxar enquanto eu trocava o pneu.

    • galider

      De fato é o fim da picada, estes homens não honravam as calças que vestiam

  • http://profiles.google.com/mateusazevedo Mateus Azevedo

    Um adendo às dicas do Geraldo: Se os parafusos estiverem muito apertados, também pode-se usar o macaco para dar uma leve levantada no carro. Aliviando o peso sobre a roda (e consequentemente nos parafusos) facilita bastante.

  • http://profiles.google.com/carlosrenatodnt Carlos Renato Danetti da Silva

    Senhores
    Eu sou borracheiro e estudo Engenharia Mecânica e como “especialista da área” digo que o artigo ficou perfeito, com exceção da parte da quilometragem… seria mais adequado riscar esse ponto e por em seu lugar validade. Sim, pneus tem prazo de validade, que geralmente é de 5 anos e pode ser encontrada na lateral do pneu em um dos lados, onde aparece DOT XXXX XXXX (SSAA) sendo SS o número da semana do ano em que foi fabricado e AA os ultimos digitos do ano.
    Abrass

    • http://nao2nao1.com.br/ Gustavo Gitti

      Valeu, Carlos.

      Cambi, quer editar essa parte, então?

      • http://www.facebook.com/rodrigo.cambiaghi Rodrigo DAvola Cambiaghi

        Vamos editar sim Gitti.

        Obrigado pelo toque Carlos, confesso que fiquei em dúvida sobre colocar a quilometragem pois é algo muito pouco relevante na hora de avaliar a troca de Pneus. 

        Não esquece de dar os créditos ao Carlos, não sabia dessa!

      • http://profiles.google.com/carlosrenatodnt Carlos Renato Danetti da Silva

        BAH me senti tri importante agora! MÃE EU TO NO PDH! hehehhe

  • http://www.facebook.com/people/João-Marcelo/100001458073692 João Marcelo

    É extremamente broxante quando vc esta viajando e um maldito pneu fura… ja peguei muita estrada horrivel q os buracos chegaram a destruir o pneu e amassar o aro esportivo… Isso é pra deixar qualquer um puto com a situação!

  • Anônimo

    Uma dica importante é pedir toda vez que for levar o carro para mecânico ou para alinhamento / balanceamento, ou qualquer serviço onde será necessário a retirada das rodas, na hora de recolocarem, não utilizar a parafusadeira pneumática e sim apenas as mãos, pois em duas vezes que tive que trocar o pneu, o parafuso não saia nem com reza brava, tive que colocar todo o peso na chave de roda pra quebrar o parafuso emperrado e fazer a troca.
    Sim, o carro andou um tempão apenas com três parafusos, até o dia que mandei para o mecânico tirar o pedaço que ficou no cubo da roda, em uma das vezes, tive que trocar todo o cubo (grana pro ralo), da outra o mecânico conseguiu retirar o pedaço.

    Agora falta um post de troca de pneu de moto, parece fácil, mas é encrenca…

  • Anônimo

    Uma dica importante é pedir toda vez que for levar o carro para mecânico ou para alinhamento / balanceamento, ou qualquer serviço onde será necessário a retirada das rodas, na hora de recolocarem, não utilizar a parafusadeira pneumática e sim apenas as mãos, pois em duas vezes que tive que trocar o pneu, o parafuso não saia nem com reza brava, tive que colocar todo o peso na chave de roda pra quebrar o parafuso emperrado e fazer a troca.
    Sim, o carro andou um tempão apenas com três parafusos, até o dia que mandei para o mecânico tirar o pedaço que ficou no cubo da roda, em uma das vezes, tive que trocar todo o cubo (grana pro ralo), da outra o mecânico conseguiu retirar o pedaço.

    Agora falta um post de troca de pneu de moto, parece fácil, mas é encrenca…

    • http://www.facebook.com/rodrigo.cambiaghi Rodrigo DAvola Cambiaghi

      Essas parafusadeiras pneumáticas parecem chumbadeiras! 

      TZinmi começaremos a falar de motos em breve! aguarde :) 

      • http://twitter.com/lucasscharf Aleatório

         Vou aguardar ansioso pelos posts sobre motos *-*

      • http://profiles.google.com/jrodrigomor João Rodrigo Moreira

        Boa!

    • ADDF

       Eu acho que esses mecânicos fazem de propósito com a parafusadeira pneumática. Ficam forçando a barra, mesmo depois do parafuso não girar mais.

  • Daniel Felipe

    Estou agora com meu primeiro carro. Golzinho 96, barulhento dos infernos, mas anda bem pra caramba.
    Entao tudo que acontece no carro é experiencia. 
    Ainda nao tive que trocar o pneu, mas to pensando em levantar o carro no final de semana só pra pegar o macete e nao passar vergonha de madrugada na rua.

  • http://twitter.com/erickfranca Erick Matheus

     Ja aconteceu comigo de o estepe está furado e o macaco quebrado no carro do meu pai, sorte que achei uma borracharia quase fechando a uns 3km. Tem que se previnir e olhar esse tipo de coisa.

  • Leila

     Adoreiiiii…me foi útil! Sou do tipo que tem pânico de ter que trocar pneu por medo e certeza de que não vou achar o encaixe para o macaco, vou esquecer de soltar um pouco os parafusos antes de levantar o carro e de recolocá-los antes de baixar o macaco…para isso ainda sou muito “mulherzinha”…rssss….mas pretendo seguir o exemplo do Daniel e treinar um pouco em casa!!! Afinal, independência é tudo nessa vida!

  • Fábio

    Para quem estiver com dificuldade de soltar o parafuso com a chave de roda, pode levar algum tubo metálico guardado e, quando for girar a chave de roda, enfiá-lo no cabo da chave, fazendo algo como uma alavanca. Aí, você precisará fazer menos força para girar o parafuso (Física básica de alavancas).

    Lembro disso quando meu pai foi ensinar a trocar o pneu do carro e eu era criança, ainda, e não tinha força para girar o parafuso. Depois de alguns minutos fazendo força, em vão, ele deu um tubo para eu colocar na chave e foi aliviante hahahaha.

    Só que eu não tenho carro e nunca passei por uma situação em que precisasse trocar um pneu. Para quem não tem carro, acho até que não tem muito problema, a pessoa não saber, mas, para quem tem, acho importante saber como trocar.

    Agora, eu não sabia que havia uma recomendação para ordem dos parafusos. Legal

  • http://www.facebook.com/thiagollima Thiago Lima

    Belo texto! ja tive de enfrentar troca de pneus algumas vezes, e um adendo:em todas elas eu estava de terno e gravata, coisa muito rara pra mim. É a lei de Murphy cada vez mais presente em nossas vidas hahaha

    e aquele diagrama pra pneus de 5 parafusos tambem serve pra algum tipo de ritual satanico, ou foi só coincidencia mesmo? hahahaha

  • Thimiotto

    Outra dica se você não se lembrar daquela ordem de aperto com o pneu baixo é apertar todos os parafusos aos poucos antes de baixa a roda mas somente a força que você conseguir fazer com a mão na chave, depois baixe e use o seu peso de alavanca pra ficar bem.

  • http://www.facebook.com/killersandro Sandro Guedes de Souza

    Isso me lembra de uma situação, lá pelos meus idos 19 anos, quando bati com meu carro em uma Tucson. Dela sairam dois caras GIGANTES.

    Na hora pensei “Fudeu, eles vão me matar”. Dai um deles começou:

    “Porra brother, q eh isso? E agora? O carro era novo, não tem seguro ainda E EU NEM SEI TROCAR PNEU!”

    Pausa mórbida. Com um pouco mais de conversa fiquei sabendo que dos dois caras, um tinha 25 anos e o outro 26.

    “E EU NEM SEI TROCAR PNEU!”

    A frase ecoou na minha mente. Muitas vezes. Até que respondi:

    “Fica sussa. Meu seguro cobre esse tipo de acidente, tu não vai gastar nada. E eu sei trocar pneus, ao menos voltar pra casa com esse carro tu vai conseguir, veih. Anota meu contato e minha placa que a gente marca um dia pra ajeitar isso, blz?”

    E assim a situação se resolveu. Dois marmanjos carimbados tiveram seu pneu trocado por um moleque de 19 anos. Levei um preju de 800 reais do seguro, mas ficou tudo bem no fim.

  • Luiz Fernando

     Poutzz…

    Mês passado, após uma formatura muito louca, que me acabei na noite… vou pegar meu carro… pneu furado. Liguei para um grupo de amigos que saíram da formatura junto comigo.

    Eu até tenho noção de como se troca um pneu… mas, por ser a primeira vez, achei que não custava nada pedir apoio.

    Quebramos TRÊS chaves de roda: do meu carro, do carro do meu amigo e do reboque do seguro que ligamos. É, tivemos que ligar para o seguro, não tínhamos o que fazer com as chaves de roda quebradas. O problema maior é que, por incrível que pareça, “meu” carro não tem seguro. Mas, meu amigo tem um seguro que se estende ao carro de um amigo uma vez por ano. Ufa!

    Resumo: cheguei em casa rebocado às 09hs da matina; meu pai, que é soldador, refez as chaves de roda e contratei seguro na semana seguinte.

    • http://www.facebook.com/lzenon Leonard Zenon

      quebrou a chave de rodas? deu na cabeça de alguem??? hehehe Nunca quebrei não. 

      • Luiz Fernando

        hahaha bem que gostaria, na hora fiquei puto!
        Mas é que quando trocamos os pneus, eles foram colocados com aquela paradinha automática, de girar os negocitos com força, tá ligado?! haha aí fudeuu tudo 

    • http://www.facebook.com/killersandro Sandro Guedes de Souza

      Porra o máximo que já aconteceu comigo foi a chave de rodas ficar presa enquanto girava o terceiro dos quatro encaixes. Ainda assim, foi simples: Chutei com força e ela saiu. Não quebrou.

      Outra bem tensa foi um dia que eu descobri que a chave de rodas simplesmente não estava lá. Liguei pro meu pai e perguntei se ele tinha alguma no carro dele, ele passou do meu lado na maior velocidade com seu carro e largou a chave lá. Velho é troll, mas gente boa.

      • Luiz Fernando

        hahaha que bom… meu pai diria pelo telefone, no máximo: te fode, da teu jeito. Quero meu carro na garagem ainda demanhã. Mas é gente boa também.. haha 

      • http://www.facebook.com/killersandro Sandro Guedes de Souza

        Só liguei pq estava a duas quadras de casa uhahuauha

        Sorte maldita, pq eu nem sabia se a chave do carro dele servia nas rodas do meu =X

  • Luiz Fernando

     Poutzz…

    Mês passado, após uma formatura muito louca, que me acabei na noite… vou pegar meu carro… pneu furado. Liguei para um grupo de amigos que saíram da formatura junto comigo.

    Eu até tenho noção de como se troca um pneu… mas, por ser a primeira vez, achei que não custava nada pedir apoio.

    Quebramos TRÊS chaves de roda: do meu carro, do carro do meu amigo e do reboque do seguro que ligamos. É, tivemos que ligar para o seguro, não tínhamos o que fazer com as chaves de roda quebradas. O problema maior é que, por incrível que pareça, “meu” carro não tem seguro. Mas, meu amigo tem um seguro que se estende ao carro de um amigo uma vez por ano. Ufa!

    Resumo: cheguei em casa rebocado às 09hs da matina; meu pai, que é soldador, refez as chaves de roda e contratei seguro na semana seguinte.

  • http://profiles.google.com/rafaelgerude Rafael Gerude

    Agora me respondam uma coisa? Não tinha lugarzinho melhor pra colocar o estepe?
    Viajando com o porta-malas lotadaço, o pneu furou!
    Espalhei a bagagem toda no acostamento, só para retirar o estepe (e a vulnerabilidade numa hora dessas…)
    Depois de realizar a troca (com direito a uma raspada na mão!), passei “1 hora” procurando a melhor configuração para reorganizar todas as tralhas no porta-malas…
     

  • http://pulse.yahoo.com/_ACKMT263KSDEQUFJSWGRCN34UI Willian

     Outra boa opção pra saber quando trocar o pneu é observar a marca do TWI. Acredito que todos os pneus tenham isso. É um ponto de borracha dentro dos sulcos do pneu. Quando o pneu desgasta a ponto do TWI passar a encostar no chão é hora de aposentar o redondo (uia!). Lembrando que o pneu não precisar estar totalmente sem sulcos pra ser um pneu careca… Mais informações sobre o TWI: http://motobr.wordpress.com/2009/05/06/twi-indicador-de-desgaste-da-banda-de-rodagem/

  • Bruno Cavalcanti

    Com todo respeito Rodrigo, mas eu já ia escrever que era um texto desnecessário até que vi a promoção da Firestone……. hum, entendi.

  • Menina

     ”Ate o homem mais mulherzinha consegue.” 

    Machista detected!

  • http://www.facebook.com/rodrigo.cambiaghi Rodrigo DAvola Cambiaghi

    Compra um Jipe que o estepe fica esterno ;)  

    • http://www.facebook.com/cristianosvieira Cristiano Vieira

      E fica mais fácil dos caras roubarem sem estragar a porta do porta malas. 

  • Luciano

     quanta história de homens que não sabem trocar o pneu …pqp.

    Não precisa nem saber , olhando por uns 5 minutos por macaco pro estepe e pro chassi você deduz como se faz.

    Homem mimado? Não , pia de prédio mesmo. 

  • http://www.facebook.com/people/Matheus-Costa/100002117497909 Matheus Costa

     Boas as dicas, principalmente a questão de retirada dos parafusos, já encaminhei o post para minha namorada e compartilhei no fb. 
    Agora um crítica: Não gostei do comercial do anador…ocupava boa parte da tela e dificultou a navegação. fica a critica…abs,Matheus

    • http://www.facebook.com/rodrigo.cambiaghi Rodrigo DAvola Cambiaghi

      Já estamos arrumando isso Matheus! De qualquer maneira a intervenção fica só por hoje, amanhã voltamos com a programação normal  

      • http://www.facebook.com/people/Matheus-Costa/100002117497909 Matheus Costa

        Perfeito!!! Obrigado! 

  • http://nao2nao1.com.br/ Gustavo Gitti

    Essa frase foi inserida pelo editor (eu), não é do Cambiaghi.

    E, sim, brinca com o universo machista e com a foto, que mostra várias mulheres fazendo. Em vez de falar “Até uma mulher consegue fazer” (esse “Até” eu acho que surge do machismo), eu coloquei “Até um homem mulherzinha”, como uma provocação.

    O curioso é que eu mesmo comecei um texto (ainda não publicado) criticando essa palavra: MULHERZINHA. Acho que essa é uma das palavras que mais evidenciam o machismo em nossa sociedade. Deixa claro que vemos as mulheres com mil qualidades negativas (mimadas, confusas, medrosas, fracas) e resumimos isso numa palavra quando queremos atribuir essas qualidades a um homem.

  • Dr Health

     É sério que tem homem que não sabe trocar pneu??? Putz!!!

    O meu problema com os pneus nunca foi trocá-los, mas a preguiça de ir ao borracheiro logo depois. Uma vez eu tinha acabado de trocar o pneu e resolvi ficar no estepe mesmo, enquanto enrolava pra ir ao borracheiro… Nisso rolou uma noitada, exagerei na birita (tempos pré-Lei seca) e ao voltar pra casa, subindo o Alto da Boa Vista, errei feio na curva e subi no meio fio… Pneu traseiro direito estourado e eu sem estepe.

    Liguei pro seguro e levei uma banana. Me deram o tel de um reboque, e enquanto esperava, fiquei estatelado na calçada da Estrada das Furnas, olhando pro céu estrelado. O reboque chegou e só me lembro de ser acordado em casa, chamando meu pai pq tava sem um puto no bolso, do prejuízo de 180 pilas (éééé, reboque de madrugada) e no dia seguinte, de ressaca, tendo que comprar pneu novo.
    Trocar o pneu de porre teria sido fichinha.

  • Poeta Andarilho

    Muito legal.
    Eu particularmente nunca troquei pneu e agora sei com faz.
    Só n sei como usar o macaco…ainda…pqp!

  • Poeta Andarilho

    Muito legal.
    Eu particularmente nunca troquei pneu e agora sei com faz.
    Só n sei como usar o macaco…ainda…pqp!

  • http://www.facebook.com/netiinho Sebastião Neto

    Passei por isso hoje, me saí bem conforme o manual diz, e detalhe é a minha primeira vez e eu estava em Jejum e debaixo de um puta sol na curva da morte na BR 135.

  • Henrique Pinheiro

    É… me lembrou de que quanto fui o brigado a trocar o pneu furado no Motel…

    A metros antes da entrada caí numa das inúmeras crateras que temos espalhadas por nossas cidades e acabei por amassar a roda.

    A escolha óbvia era fazer a troca na saída do estabelecimento, e assim foi feito. De toda sorte, é com toda certeza o pior local pra se trocar um pneu.

  • http://www.facebook.com/rodrigo.cambiaghi Rodrigo DAvola Cambiaghi

    Acredite Bruno, tem muito homem que não sabe trocar pneu. Vide os comentários :)
     

  • Rosebud

    a imagem do macaco com a legenda de que é um excelente objeto de auto-defesa me fez pensar em outras auto-utilidades, assim como o câmbio muitas vezes é visto hehehehehehhe brinks!

    • http://www.facebook.com/cristianosvieira Cristiano Vieira

      Putz, aquilo não é um macaco cara! 

    • http://www.facebook.com/cristianosvieira Cristiano Vieira

      Putz, aquilo não é um macaco cara! 

    • http://www.facebook.com/people/Rosana-Rogeri/100000284466237 Rosana Rogeri

       Adooorei. Macaco é?? hehe

    • http://www.facebook.com/people/Rosana-Rogeri/100000284466237 Rosana Rogeri

       Adooorei. Macaco é?? hehe

    • http://www.facebook.com/rodrigo.cambiaghi Rodrigo DAvola Cambiaghi

      Sacanagem a parte, mas “aquilo” é uma chave de roda hehehe 

    • Junior

      Por via das dúvidas você podia postar uma imagem do “câmbio” :)

       

  • Bruno

    eba, to bem na fita então, minha primeira vez foi de manhã saindo da casa da namorada
    até então meu pai só tinha me ensinado na teoria como usar o macaco, des resto aprendi tudo na hora, só olhei, fui e fiz o/

    só tive que pedir ajuda pra namorada pq os parafusos foram apertados com uma p***a de uma parafusadeira e meus 57kg não foram suficientes pra girar a chave, só fiquei com o pé doendo pq ela teve que pisar em cima dele pra poder me ajudar, hauhauah

    • Jz

      57 kg? puta que pariu, vai num rodízio pelo menos irmão.

  • Danilo

     Deixa eu contar meu caso.
    Meu primeiro carro (e que ainda tenho hoje) tem rodas de liga leve. Já tinha trocado pneu dos carros do meu pai antes várias vezes, mas eram todos com roda de ferro.
    Aí o pneu do carango furou. Estava com a namorada e ela já veio com aquela cara de desacreditada: ” Vc sabe consertar isso?” “Lógico.” Desci do carro, peguei as ferramentas no porta mala e fiz o passo-a-passo aí de cima. Tirei a roda de liga leve e coloquei o estepe, com roda de ferro. Arrumei as coisas e saí com o carro. Não andei 100m e a direção começou a tremer. “Ah nein, o que eu fiz de errado”. Desci de novo e fui conferir: os parafusos estavam frouxos. Mas eu tinha certeza que havia apertado bem. Apertei de novo e saí outra vez. Andei mais um pouco e aconteceu a mesma coisa, e ainda a direção começou a puxar para o lado. Nisso a mulher já estava rindo da minha cara. “Ah, agora esses parafusos vão ver o que é ficar arrochados”. Apertei todos com o braço e depois subi em cima da chave de roda. Mas os parafusos nunca ficavam apertados até o final. Continuei apertando… Resultado: empenei a chave de roda e quebrei 1 parafuso dentro do cubo. Mas pelo menos a roda não ficou frouxa mais. No outro dia levei na borracharia e expliquei o caso para o moço. Foi só ele tirar o estepe e descobriu o problema. Quando eu tirei o estepe, ficou grudado no cubo um anel de plástico que, segundo o borracheiro, serva para melhorar o encaixe de algumas rodas. Era ele que não estava deixando os parafusos enroscarem até o fim. No fim, ele sugeriu levar o carro em uma oficina e soldar um pedaço de ferro no pedaço de parafuso que ficou dentro do cubo. Consegui tirar sem ter que gastar mais nada. Fiquei só com o prejuízo do parafuso. E com a chave de roda torta, que sempre me lembra da cagada.

  • http://www.facebook.com/lucasflavio Lucas Flávio

    Artigo perfeito. Hoje mesmo, *depois de ler o artigo*, eu fui calibrar os pneus e aproveitei para calibrar também o estepe. Adivinhem quantas libras o bichinho estava? 16, sim, DEZESSEIS. Pessoal, não se esqueçam de olhar no manual do carro a calibragem correta (de acordo com a carga) e colocar algumas libras a mais no estepe. =)

  • http://www.facebook.com/people/Edegar-Neumann/100000367644831 Edegar Neumann

    O Banner do Anador tá enchendo o saco! Se fosse só a imagem de fundo (horrível) tudo bem, mas o banner tá atrapalhando!

    • http://www.facebook.com/rodrigo.cambiaghi Rodrigo DAvola Cambiaghi

      Já passamos todos os feedbacks dos leitores para o anunciante Edegar. Não foi só você quem reclamou

      Pedimos desculpas a todos os leitores pelo inconveniente e tomaremos mais cuidado com esse tipo de anúncio nas próximas vezes para evitar o que aconteceu.

      Um grande abraço

    • http://www.facebook.com/rodrigo.cambiaghi Rodrigo DAvola Cambiaghi

      Já passamos todos os feedbacks dos leitores para o anunciante Edegar. Não foi só você quem reclamou

      Pedimos desculpas a todos os leitores pelo inconveniente e tomaremos mais cuidado com esse tipo de anúncio nas próximas vezes para evitar o que aconteceu.

      Um grande abraço

  • http://twitter.com/regesbb Reges

    Legal pra quem não tem a manha de trocar os pneus do carro.
    Outra dica muito boa que aprendi é muito valiosa é a seguinte: quando o carro estiver suspenso com aqueles “incríveis”  macacos que veem de fábrica colocar o pneu embaixo do carro ao lado do macaco, assim se por um acaso o macaco escorregar é bem mais fácil para erguer o carro novamente.

  • Edvar

     dica boba que agente aprende nos piores buracos do mundo:
    para evitar grandes prejuízos caso o macaco “ande” e o carro caia, coloque o estepe embaixo do carro perto da roda que está sendo trocada (ao lado do macaco) enquanto levanta o carro e retira a roda com o pneu furado, depois quando sacar a roda com pneu furado do cubo da roda coloque o pneu furado no lugar do estepe embaixo do carro pra dai por o estepe no lugar do pneu furado. Assim se der zica no macaco o carro num desaba no chao e estraga disco de freio, cubo de roda e o que mais tiver por perto.

  • Anônimo

    só mais um detalhe… o pneu tem um indicador de gasto.
    na lateral do pneu tem um pequeno triângulo indicando onde tem umas marcas para indicar o desgaste…
    uma foto: http://bit.ly/kZKBvk
    quando chegar na marcação verde é como se o pneu falasse “tá na hora de me trocar por outro”

  • Anônimo

    eu sempre raspo a mão no asfalto na primeira rodada hehe e apanho bastante pra achar o local certo de por o macaco. o resto é tranquilo.
    eu não sabia que tinha uma ordem certa pra por os parafusos, valeu a dica!

  • http://www.facebook.com/cleberson.pertile Cleberson Pertile

     Só falou um detalhe importantíssimo: a distância do triângulo de sinalização DEVE obedecer à velocidade máxima da via.
    Se a via tem velocidade máxima de 40 km/h, você deixa o triângulo a 40 metros (40 passos são suficientes).
    Se for 80 km/h, a 80 passos, e se for 110 km/h, a 110 passos.

    Caso tenha chuva/neblina, coisas que atrapalhem a visão, todas essas medidas DOBRAM de valor (40 km/h x 80 passos; 110 km/h x 220 passos).

    Isso está no CTB, hehe.

  • http://www.facebook.com/people/Flávio-Matos/1626263017 Flávio Matos

    otimo para pessoas menores

  • Luidihxcx

    Ótimas dicas e tal, mas… Um cara que não souber trocar um simples pneu… Pode mandar sacrificar o animal.

  • Jarbas

    Como sempre, muito sedutor seu post, mr cambiaghi. Mas acho totalmente desnecessário.
    Uma mulher gostosa e sempre bem vestida em todas as ocasiões, com certeza não vai querer parar no meio de uma estrada e trocar um pneu com as próprias mãos.

    A praticidade é sempre bem-vinda em todas as ocasiões. Nesse caso, o seguro é a melhor opção para qualquer problema.

    Beijos

  • Safadinha

    Intriga entre sexos. Mulher na cozinha e homem no sofá esperando a cerveja. Mulher cuidando dos filhos e homem cuidando de carro. Mulher sempre meiga e apaixonada homem sempre cafajeste.

    Essa piada todo mundo conhece, chapa. Atualize-se.

  • Emerson Rosa

    Gostei muito das dicas. Para somar com vcs mando essa: Outra dica é colocar um calço ou uma pedra nos pneus que estiverem em contato com o chão…. evita do carro se mover por algum motivo….

  • Pingback: Blog SigmaCar » Blog Archive » Quando é a hora certa de trocar os pneus?

Papo de homem recomenda

Assine o Papo de homem

Curta o PdH no Facebook
  • 5138 artigos
  • 647359 comentários
  • leitores online