A indústria de carros roubados que ninguém conhece

Thiago Oshiro Campi

por
em às | Debates, Frentes


O Senhor dos Anéis – O Retorno do Rei

Foram 11 estatuetas no Oscar. Inclusive de Melhor Filme.
Frodo, Gandalf, Sam, Aragorn, Legolas, Gimli, Pippin e Merry estão te esperando.
Cinemax. Te dá o que você busca.
Acompanhe em cinemax.tv a programação completa.

17:45h, 6 de Novembro de 2007

Chegou a hora de largar o trabalho e voltar pra casa. Aquela sensação gostosa de mais um final de dia é sempre muito boa.

Desci pelo elevador e saí da Companhia pensando em chegar em casa, tomar um bom banho e assistir algum filme na TV. Muita gente reclama, mas às vezes nada como curtir nossa rotina diária.

Vou em direção ao local onde estacionei o carro e em meio a pensamentos agradáveis… cadê meu carro???

carro-roubado

É uma sensação única. Unicamente ridícula.

Então pude sentir aquela sensação de vazio que todos descrevem quando têm o veículo furtado. O primeiro e clássico pensamento é: “Peraí! Será que eu estacionei aqui mesmo?

A ficha cai

Você se sente meio esquizofrênico e dá uma olhada ao redor, pois quem sabe o carro não está ali por perto? Nada. Então você fica lá, tentando fazer a reconstituição dos fatos desde que saiu de casa pela manhã até aceitar o inevitável. Seu veículo foi roubado! Ou melhor, furtado, tecnicamente falando.

De todas as maneiras que essa “subtração” ocorre, esta é a menos pior. Pelo menos, ninguém te leva para passear por caixas eletrônicos, nem te largam no meio da favela ou coisa pior. Mas convenhamos, é uma sensação extremamente desagradável, afinal aquele bem era SEU e alguém simplesmente tomou sem permissão ou aviso prévio.

Duro mesmo é ouvir das pessoas: “Tinha seguro? Então tudo bem, tá tudo certo. Isso acontece todo dia”. Eis a questão, caros amigos, o mal e velho conformismo brasileiro que faz com que nunca consigamos sair da merda dessa situação constrangedora.

Na tentativa de mudar um pouco isso e socializar minha indignação com outras pessoas, vamos raciocinar um pouquinho. Que fatos levaram ao furto de um veículo praticamente novo, de um modelo novo com apenas 6.500Km rodados? Assalto? Se eu fosse roubar um banco eu não usaria um carro popular para a fuga.

Vamos acompanhar os fatos

1 – Algum otário de pinto pequeno metido à piloto cidadão irresponsável ao volante, deu sopa para o azar e se envolveu num acidente, no qual após avaliação da seguradora teve seu veículo dado como irreparável, ou seja, PT (perda total). Esse tipo de figura é daquele que comentávamos no post da nossa querida Bárbara Franzin: O estranho mundo do automobilismo.

2 – A seguradora indeniza ou repõe o bem ao segurado e aquele veículo “porrado”, aquela sucata torna-se propriedade da seguradora.

3 – A seguradora vende esses veículos em leilões por preços extremamente baixos. Junto com o “pseudo carro” vai toda a documentação, ou seja, aquela “lata véia” ainda é um carro.

4 – O fulano que compra o veículo batido vai até um desmanche e discrimina as peças que necessita para a reparação do mesmo.

5 – O dono do desmanche entra em contato com o ladrão de carros e encomenda um veículo exatamente igual.

6 – O ladrão busca a “encomenda” nas ruas e furta ou rouba o carro de “algum Thiago” que dá o sangue o dia todo para entre outros compromissos, pagar as prestações do veículo.

7 – O ladrão recebe pelo serviço, o cara do desmanche recebe pelas peças e o dono do veículo batido repara o mesmo com as peças do carro roubado, vende e lucra um bom dinheiro.

8 – As pessoas ficam morrendo de medo e por isso fazem mais seguros.

9 – As seguradoras ficam rindo à toa, pois têm um monte de clientes e ainda descolam uma graninha com a venda dos carros batidos.

10 – O “Thiago genérico”, que não tem pinto pequeno, pois apenas é um motorista comum, que guia com cuidado, não é ladrão, nem trambiqueiro, nem dono de seguradora e “dá no coro” para pagar as prestações do carro é quem no final das contas se fode fica prejudicado.

Apesar de receber a indenização do seguro ele sempre perde. Sempre haverá um bom som no carro, um óculos escuro legal, cds ou outras coisas de valor econômico ou sentimental. Além disso tem a dor de cabeça de ficar um tempo a pé, tratar com seguradora, banco e depois, no momento de comprar outro carro ter que ficar indo de concessionária em concessionária pra chorar juros menores, para tentarem te enrolar, fazer de bobo, essas coisas todas.

ferro-velho

Cemitério de carros dos nossos avós? Na-na-não. Isso é uma indústria.

Não tem jeito. Até o playboy otário que porrou o carro cidadão que deu PT no carro se dá melhor, pois na maioria das vezes recupera os bens que estavam no interior do veículo.

Pois é, essa indústria do roubo de carros é terrível e o prejuízo acaba sempre sobrando para quem menos colaborou no esquema. O resto dos atores nesse teatro só ganham. Na verdade, nós vivemos num “paiseco” e temos o péssimo hábito de simplesmente não se indignar com certas coisas.

Nossa classe média pensa que vivemos na Finlândia, quando na verdade vivemos no Paraguai. Onde já se viu ser permitido vender carro com PT com documentação e tudo? Se deu PT, aquilo não é mais carro. Aquilo é lata e só. No máximo pode-se aproveitar algumas peças que não tenham sido danificadas. Deveriam existir restrições para esse tipo de mercado, mas não, todos são coniventes. Inclusive nós quando achamos que “tudo bem. Estava no seguro”.

Por esses e outros motivos que fora do Brasil não costumam dar muito crédito para nós, pois simplesmente não merecemos. Não reclamamos, não nos indignamos com nada. Parecemos cachorro de mendigo. O cara dá porrada no cachorro, mas o cão está sempre lá e nem reclama.

Bem, para quem nunca passou por isso, nem queira. Eu passei e tenho a consciência de que apesar de estar assegurado, eu tomei “prejú” sim e não acho que devemos tapar o sol com a peneira. Nada se pode fazer sozinho, mas apenas o fato de ter o conhecimento de como a sacanagem funciona já é grande coisa.

Pelo menos ficamos antenados e na hora de votar, nossa maior arma, prestamos mais atenção nas idéias dos homens e mulheres que nos representarão, pois podem dar indícios sobre qual o “lado” em que eles estão.

Alguém falou um dia: “Sou brasileiro e não desisto nunca!” Mas paciência tem limite…

Thiago Oshiro Campi

Thiago Oshiro Campi é Engenheiro Civil formado pela UNICAMP, atualmente a serviço do Governo do Estado de São Paulo, atuando na área ambiental. Além disso é guitarrista de carteirinha com Heavy Metal nas veias.


Outros artigos escritos por


SEPARAMOS MAIS TEXTOS PARA VOCÊ CONTINUAR LENDO




O texto acima não representa a opinião do PapodeHomem. Conheça a visão e a essência por trás do que fazemos. Queremos uma discussão de alto nível. Antes de comentar, leia nossas boas práticas. Caso deseje enviar um texto e se tornar um autor, venha por aqui.


  • http://blog.becher.com.br Daniel Becher

    Caramba… tenho um Gol igualzinho este da foto. Chega a dar um gelo na barriga pensar nisso.

    []s

  • http://elatadexico.blogspot.com/ Tegê

    Eu tinha um Gol e por causa de investimentos que tive que fazer em um negócio parei de pagar o seguro. Perdi. Fui um Thiago lesado por essa indústria do PT. Meu carro foi furtado em Niterói, mas imagino que deve ter peça dele rodando até em Manaus.

  • Verdelone

    E o esquema não para por ai não, um otário de pinto pequeno metido à piloto bateu no meu carro (Uno) e deu PT (o carro estava parado), como não tinha seguro só me restou vende-lo para um ferro-velho e com certeza o “funileiro” arrumou as peças tiradas do carro de algum “Thiago” que tinha o carro no seguro e agora o meu Ex-Carro está rodando pelas ruas da pequena cidade da qual eu morava no interior do estado. E todo mundo saiu ganhando.. menos o “Thiago” e Eu…

  • bruno

    aqui na minha cidade, goiania, capital de goiás tem um lugar chamado “robalto”..
    parece um camelodromo, sao varias ruas com desmanches, ferro velho etc…..
    tudo roubado e todo mundo compra peça lá baratinho baratinho..

    depois q arrumam o carro vao lá na feira da marreta e compram um som tb super barato…

    incrivel nao???

  • http://showdobob.blogspot.com Lucas

    A sensação realmente é indescritivel.

  • Baduel

    AAHUAHAUHAuah gostaria de comentar o que o Bruno falou tive contato com a area chamanada “roubalto” em goiânia e fiquei besta e conversando com um maluco(claramente sobre influência de intorpecente) ele me disse como ia os carros para la ….e o que mas me impresinou a “habilidade” com que se faz ele disse que em 30 minutos botava um carro no chão(desmontava ele por completo)…e outro dado interessante conhecido que trabalhava na [i]Reno[/i] disse que quando faltava peça ele ia buscar na robalto AHUauhAUhaUhaahuAhuAuahaaU

  • http://felipediesel.net Felipe Diesel

    Outra coisa que me deixa louco são os caras que compram rádio de carro roubado. Será que só que percebo que te roubam por que tem quem compre?

    Já tive que ouvir coisas como: “Que merda, roubaram meu rádio. Agora vou comprar roubado também, todo mundo compra.”

  • Drake

    E tudo começa na (falta da) educação, pelo menos essa é a minha opinião. Sem educação sempre vamos ter pessoas comprando produtos roubados e o ciclo “carro pt + mecânico fdp + peças roubadas = carro em circulação” nunca vai ter fim.
    Somos roubados diariamente, o governo com as suas “taxas camaradas”, o seguro com seus preços abusivos e o ladrão que está te esperando na esquina.

  • http://proveisso.wordpress.com Johnny C

    esse papo todo de comprar som de carro roubado me lembra o povo que me dizia que eu era “playba” na época em que tava ganhando bem como analista jr e por isso só comprava jogo de playstation original… rs… como disse o Drake, questão de educação.

  • jumento

    engraçado… o johnny falou algo interessante q me fez pensar
    eu n cmompro nada roubado. n compro peça pro carro e qdo roubaram meu som eu comprei outro na loja, original…

    mas ja jogo de ps2 eu NUNCA compraria um original, comprava on camelo mesmo…PQ EU pensava q o unico problema disso era sonegação e o azar era só das gravadoras… porem, ouvi dizer q jogos e dvds piratas financiam o trafico de drogas no rio…será q é verdade?

  • Marcel

    Ow, é bem provável…
    ultimamente TUDO financia o tráfico no rio…tá difícil a coisa…

  • Felipe

    Levaram meu carro ontem. E estou torcendo para que achem. E rezando para que achem ele inteiro – por causa dos “espertos” que destroem o carro tirando racha e simulam roubo pra arrumá-lo sem pagar a franquia, as seguradoras mudaram as regras e vou ter que pagar a franquia para arrumar o meu, mesmo se ele for detonado pelo ladrão e não por mim.

    E não quero que ele vire grana na mão do lalau – por que provavelmente essa grana vai virar n trinta-e-oitos pra fazer mais assaltos e n papelotes – que podem fazer com que o mano esteja louco e enfie uma bala na tua cabeça antes de levar teu carro. Há quem fique de saco cheio do carro que está velho, sem revisão e sem manutenção, e “torça” pra levarem o carro e ganhar a grana do seguro – e quando levam, comemoram. Eu não consigo.

  • Graciele

    O pior é que essa falta de caráter é a mais pura realidade.

    Tenho um amigo que teve o rádio do carro furtado, porém, roubaram sem a ‘frente’ porque ele a tinha levado consigo.

    Daí ele foi até uma loja que vende baratinho aqui em ‘Bélzonte’, comprar uma ‘parte’ igual a que lhe fora subtraída.

    Qual não foi a surpresa dele, quando ele encaixou a frente no rádio, o rádio ‘cuspiu’ o cd dele mesmo.

    Resumindo: ele comprou seu próprio rádio.

    Aonde vamos parar… fala sério viu?!

  • Valney Gama

    Quando eu era garoto, roubaram minha bicicleta.

    Ok, ok. Não é a mesma coisa. Mas a sensação é a mesma.

    E ainda tem aquela: Meu pai vai me f*

  • eu

    alguem leu o que a greaciele escreveu??????????

  • http://www.papodehomem.com.br Thiago Oshiro Campi

    Caraca povo! Estou impressionado e muito feliz por saber que muita gente compartilha comigo as ideias do “cidadao correto”. Eu conheco muita gente que simplesmente vai nas “bocadas” atras da parte do som roubada. Eu acho que enquanto isso acontecer…no way. Povo mal educado, corrupto ou que estimula qualquer tipo de violencia ou roubo tem o que merece em Brasilia. Na verdade e tudo uma consequencia. Por esse e outros motivos que sempre que posso, procuro conversar com as pessoas e contar essas historias e minhas conclusoes. Acho que ja modifiquei o ponto de vista ou abri os olhos de varias delas. E uma grande coisa que podemos fazer! Simplesmente conversar e debater. Nada de panelasso, quebra-quebra, vandalismo…to fora. Isso e coisa de quem tem pinto pequeno…rsrsrs. Gente manipulada, que nao e o caso do leitor da PdH!!!

    Um abraco a todos.

    Thiago

  • http://www.papodehomem.com.br Thiago Oshiro Campi

    Ah..e depois que escrevi o texto passei por poucas e boas com o banco J. Safra com relacao ao leasing do veiculo. Merece outro artigo!!!! E fantastico, pois percebi que a diferenca entre o ladrao que roubou o carro e o banco que financia e que o banco tem CNPJ e o ladrao nao! No fim todo mundo te assalta.
    Acho ate que e assunto para o Dr. Money. O Leasing pode ser uma grande armadilha da forma como e feito. CUIDADO!

    Thiago

  • advogado saco roxo

    nada q uma ação revisional de juros n resolva
    procure seu advogado!

  • http://www.benderblog.com Bender

    Foda.

    Neste país, só existem bandidos e vítimas. É quase impossível ficar no meio termo.

    OBS: cara, essa musiquinha no RSS tá de matar.

  • Pingback: Meu Google Reader (12/11 - 20/11) | 30 & Alguns

  • http://www.papodehomem.com.br Thiago Oshiro Campi

    Pois é…”meu” advogado contra o time de rugby de advogados que essas instituições têm. Fora que além de tomar uma “piaba” e perdido um monte de grana por causa do furto, ainda teria que arcar com as despesas com advogado…
    Tem a opção do tribunal de pequenas causas, mas aí acho que nem Deus sabe quando sairia algum veredicto e eu continuaria a pé por sei lá quanto tempo, o que em São Paulo infelizmente é um pesadelo. Ou seja, para o banco brigar comigo na justiça não faz nem cócegas neles, mas para mim significa tempo, dinheiro e não resolve meu problema de transporte.

    Então aqui vai a dica para caso isso aconteça com alguém: JAMAIS quite o financiamento no caso do Leasing. Você vai pagar juros futuros ou então uma taxa de quitação, cuja cobrança por sinal é autorizada pelo Banco Central (tô falando que vivemos num paisinho de merda). A solução para esses casos é substituir a garantia do financiamento, ou seja, adquirir um carro de igual ou maior valor do que o furtado e substituir no contrato de arrendamento. Mesmo assim o banco cobra uma taxa para a substituição, que no caso do J. Safra é de R$350,00. Não tem jeito…eles metem a mão mesmo.

    Um professor meu dizia uma frase que eu nunca esqueci e vem sendo um conforto quando esse tipo de coisa acontece:

    “Na vida a gente sempre tem que engolir sapos. O segredo é sempre tentar engolir o menor…”

    Abraços!

    Thiago

  • ratamol

    nunca fui assaltado nem nada

    a unica vez q um cara tentou me roubar, ele falou ” Ei , deixa eu ver o seu celular que bate foto “..umas amigas q estavam comigo sairam correndo e não entendi o pq. Depois fui saber , o infeliz apontou uma arma pra mim. No mesmo dia descobri fotolog, orkut, msn e entao aonde ele morava. Santa Internet !!!! Bom no outro dia liguei pro meu primo que é politicamente correto, mas por coincidencia, 1 dia antes do ocorrido, a fabrica do meu primo foi assaltada e levaram mais de 200 mil reais em dinheiro, dia de pagamento. Dai no mesmo dia ele comprou uma arma mas nao achou os caras que roubaram. Resumindo, o cara que tentou me assaltar, hj esta sem dentes, sua casa está toda pipocada e ele esta com um furo na perna. Faz 1 semana q eu fiquei sabendo q ele está preso por furtar na regiao.

    O crime não compensa nunca.

    Aqui se faz, aqui se paga, nego :)

  • http://dedodeouro.blogspot.com Marco Aurélio

    eu lí o que a graciele escreveu! =X

    porra man, é fo## em 2004 eu trabalhei o ano inteiro, comprei, celular ( n gage ) comprei palm ( zire 72 ) comprei rôpa ( de fera mesm haha ) câmera (uma aiptek que me enfiaram a faca ) e juntei uma granina. saí pra fazer um serviço em um pc de um amigo, quando chego em casa, cerca de 8 da noite não tinha nem lençol na cama, foi paia.

    Tivemos que mudar de casa por causa de tantos roubos, mais toda vez que eu pego um ladrão eu moo ( de moer hehe ) ele no cacete, o último foi em Jaraguá – GO.

    abçs

  • http://thycurse.spaces.live.com Maldito

    Eu já fui assaltado duas vezes, quando eu era criança, pq eu tinha (mais) cara de (mais) tonto… roubaram coisa pouca… coisa de uns dois reais no total… mas eram dois reais que, na época, meus pais suaram pra conseguir.

    Eu sempre defendi o slogan da ROTA: “Direitos Humanos para Humanos Direitos” no meu famigerado blog… e dou parabéns ao ratamol… foi uma pena que o filho da puta que o roubou não morreu sofrendo muito…

    Também dou parabéns ao Marco Aurélio, porque bandido é tudo sem vergonha e merece tomar uma bela surra… e eu nunca acreditei naquela história de “roubar pra comer”… o cara rouba pra comer porque é mais fácil… porque não tem que esperar o fim do mês pra ganhar dinheiro… E o índice de desemprego só é alto, porque o pessoal não quer trabalhar ou não quer se adequar às necessidades exigidas. Afinal, se os níveis de desemprego fossem críticos, não teriam agências de curriculum por aí…

    Outra coisa que eu sou contra é os caras falarem pra nunca reagir em assalto… é um absurdo, mas é a mais pura verdade: BANDIDO É SEMPRE INOCENTE…

    No Pará, linxaram um cara até a morte por roubar um celular… aí um sociólogo alienado vai na televisão e diz que foi uma tremenda barbárie…

    Agora vamos lá, foi assim: o cara roubou o celular da mina, e o namorado, como bom cavalheiro, foi tentar reaver o objeto roubado. Se o bandido estivesse armado e dado uns tiros no namorado, o cara ia ser burro porque morreu por causa de um celular… Agora, o bandido que morreu, foi um coitado, porque morreu SÓ por causa de um celular… ou seja… de quem era o celular? Do bandido ou da moça?

    A porra da Constituição garante o direito à defesa dos bens pessoais… mas se a gente vai se defender, somos todos culpados… que merda de lei é essa? O outro trouxa no post do cara que é pai da garota de 14 anos, disse que ele devia ter chamado a polícia, mas a lei também prevê a defesa de terceiros…

    Em Batman begins, é dito: “Os maus se aproveitam da generosidade dos bons”… é a mais pura verdade… Eu queria ver se cada cara que fosse preso fosse obrigado a trabalhar sem comida, sem água e sem descanso até morrer, e quando o cara morrer, ficar ali no chão, sem direito a enterro, para virar adubo… se ia ou não diminuir a criminalidade…

    Pau nesses filhos da puta… e eu também me solidarizo com o Thiago…

  • http://www.papodehomem.com.br Thiago Oshiro Campi

    hehe…Maldito, seu comentário somado com todos os outros lavaram minha alma. Essa solidarização é importante, pois além de mantermos o tema em debate alivia a raiva e o ódio que a gente sente nessa situação, pois simplesmente tomam algo de você numa boa e não há quem te acolha. A polícia não vai atrás nem te protege, o banco quer te extorquir mais um pouquinho, o corretor de seguros fica na tua cola esperando sair a nota do carro novo para conseguir mais uma apólice e a concessionária quer arrancar seu couro. A gente fica na mão! Só resta a camaradagem mesmo.

    E na boa, sempre fui um cara tranquilo e “humano”, mas se eu pudesse dar porrada no corno que me roubou até ele cuspir sangue seria gratificante!

    Thiago

  • Maldito

    É inadmissível a gente ter que trabalhar duro… e vir um filho da puta e roubar nosso suor na cara dura… e ainda ter de se consolar (por falta de opção): “podia ser pior… você podia ter morrido…”

    Infelizmente, aqui tudo é festa… Eu li um artigo escrito por um juiz de direito falando sobre o filme Tropa de Elite… e lá ele falava que o Baiano merecia um julgamento justo e tal… Provavelmente, se houvesse tal julgamento, iam falar que não tem flagrante… então não tem crime… mas voltando ao ponto do artigo… o cara diz no final que Israel é um país criado na base da força e nem por isso a violência lá diminui…

    O juiz esqueceu de dizer que a violência em Israel não diminui porque Israel é um país em GUERRA… enfim… eu estive na China em junho, e lá eu vi canteiros de flor intocados… todos arrumados e não vi uma pichação sequer… Vi isso em Zhuhai, Shenzhen, e Hong Kong (que é outro país), mas mesmo assim… Todo mundo sabe como é lá… e lá funciona…

  • http://dedodeouro.blogspot.com Marco Aurélio

    maldito boto fé em vc cara!

    Bitcho, tenho que meio que um trauma saka? tantas vezes vc escutar sua casa ser invadida e vc ter que ficar caladinho e pensar “vou esperar ele levar as coisas pra eu ‘tentar’ sair vivo dessa, bens materiais conseguimos denovo ”

    cara isso é foda.

    Meus amigos vivem dizendo “marco, larga de ser prego, lá na minha cidade, metido a herói morre cedo” mas F#da-se sempre que eu tiver a oportunidade de lascar com o cara eu tô dentro.

    breve historinha:

    Um dia, eu tava saindo da escola, e dando um rolê pra fumar um cigarro tranquilão, ai inventei de passar na porta da casa em que eu morava, e percebi correria na casa da vizinha, até que ela veio em mim e falo que um cara havia acabado de pular o muro dela pra roubar uma bike. rá, sai que nem louco atrás do figura, à essa altura ja haviam várias pessoas atrás do cara, até que descobrimos que ele estava em uma casa em que os moradores estavam de viajem.

    Todos cara, todos mesmo, ficaram com medo, ai eu puto de raiva subi o muro e pulei, ai mais uns três vieram atrás.
    Pegamos cada um, um rodo e fomos procurar, quando chegamos ao fundo da casa, eu achei o bonitão deitado de baixo de um arbusto, ha, coitado, ele apanhou por todos os infelizes que roubaram minha casa todas as vezes.

    Cara eu não aliso, não esqueço jamais o que fizeram eu passar e o trauma que eu carrego cmg hoje. Sempre que eu puder kebrar tudo no cacete eu tô dentro, o paia, é que meus amigos estão corretos, o tal do herói nunca tem um final bom, mais vamo indo pra ver.

    Nussa, me roubaram só coisinhas e elétrodomesticos mais um carro dói man. Nó, é triste pensar que vc ralou f#didamente pra comprar a parada e um fidumaégua vem e tira a bagaça de vc brincando. Roubar pra comer que nada, eles aproveitam que sempre, ou quase sempre, saem impunes dessas bocadas e mandam ver. Nossa como eu queria uma pena de morte, ou uma prisão perpétua para assassinos, estupradores e ladões. Lógico que aquele safado que rouba um sakinho de leite é menos culpado, porém é SAFADO do mesmo jeito.

    abraços galera

  • Lars

    Otimo post, acho que muitos deveriam ler este post e se conscientizar de algo que notei que não teve tanta importância para a maioria. Nós como cidadão somos ridículos, reclamamos de tudo, sabemos que está totalmente errado que é inaceitável, mas pelo conformismo brasileiro como disse o autor do post e que na verdade para mim não passa de vagabundice aliada a covardia dizemos “é normal, acontece, todo mundo faz” e o país fica cada vez pior. Quando critico esse ponto de vista idiota do brasileiro, ouço coisas como “ahn eu nem curto política, eles estão lá para fazer o deles, se roubam não é problema meu”.
    Ao mesmo tempo que desejo que esse país mude eu sinto que o povo não merece essa mudança, tem que continuar sendo explorado, roubado e se ferrando, porque é um povo covarde de merda que joga a responsabilidade de tudo em Deus.
    O único problema disso que como faço parte da minoria inconformada me ferro por causa desses bundões sem visão alguma de qualquer coisa.

    De certa forma fico feliz de saber que não sou o único inconformado com o conformismo desse povo medíocre e ridículo.

    Parabéns pelo post, além da crítica ao conformismo o post detalha de forma direta e muito inteligente como funciona o crime silencioso politicamente correto que entre outros crimes silenciosos e politicamente corretos destroem a dignidade de ser cidadão brasileiro.

  • Guilherme Nascimento Valadares

    “Todos cara, todos mesmo, ficaram com medo, ai eu puto de raiva subi o muro e pulei, ai mais uns três vieram atrás.
    Pegamos cada um, um rodo e fomos procurar, quando chegamos ao fundo da casa, eu achei o bonitão deitado de baixo de um arbusto”

    Marco Aurélio, você fez justiça com as próprias mãos. Lavou a alma com o tal sujeito, além de ter tido seu dia de super-herói.

    Mas e se ele tivesse uma arma?

    Será que você ia ficar bonito dentro de um caixão?

    O cara não tinha nada a perder, já estava com a vida fudida mesmo.

  • http://www.papodehomem.com.br Thiago Oshiro Campi

    É pessoas, o Guilherme tem razão. Se o cara tivesse um trabuco o Marco Aurélio não tinha escrito esse post…
    Esse tipo de situação exige da gente um auto-controle absurdo, pois as primeiras e instintivas reações podem realmente significar suicídio. Na verdade o ideal é ter medo, pois ele nos protege nessas horas. O dificil é conseguir se controlar…já pensou se eu tivesse vendo o cara arormbando meu carro?? Meu…

    Sabe, a história que contei aconteceu no dia 06 de novembro. Hoje é dia 22 de novembro. Desde aquele dia estou a pé, seguindo os trâmites burocráticos para colocar a coisa em ordem de novo. O transporte publico de São Paulo é uma merda. Na verdade ele é bom, mas não comporta a demanda. Desde aquele dia que eu venho pegando ônibus de manhã lotado e demorando quase 1:30 para percorrer um percursso de 7,0Km, coisa de carro eu fazia em 15 minutos…

    Lars, captei que você é um cara que se indigna extamente como eu. Durante o trajeto de 1:30 do ônibus eu fico pensando coisas muito ruins. Acho que por isso as pessoas preferem banalizar esses acontecimentos, assim não sentem raiva…

    Não consigo me lembrar o nome de um filme que falava sobre neo-nazismo. Eu repudio o nazismo e qualquer tipo de preconceito, mas nesse filme tem uma cena que um nazistão briga na rua com um cara e “vence”, mas não satisfeito ele coloca o cara de boca aberta na guia e dá um pisão na cabeça dele. Foi uma das poucas cenas de cinema que me deram frio na barriga, mas todas as manhãs eu ando lembrando dela. Esses fatos mexem mesmo com a cabeça da gente, mas temos que conseguir a mágica de não banalizar, manter os temas em debate, mas deixar de lado a raiva e a vontade de vingança…

    Será que dá pra virar um paladino? Rs…

    Um abraço!

    Thiago

  • Marcos

    Roubaram um gol exatamente igual a esse ae dum camarada meu aqui em Curitiba…

  • http://dedodeouro.blogspot.com Marco Aurélio

    Então Guilherme, esse é o problema, os cara infelizmente não tem nada a perder, se ele estivesse armado, rhun, eu tava muito enrolado. Mais raiva, daquelas incontroláveis é dificil de conter.
    Tô mais tranquilo, mais se eu ver que da pra entrar eu entro.

    thiago essa cena do filme neo-nazista eu nunca ví, mais um amigo me descreveu uma vez e eu tenho ela na minha cabeça até hj.

  • http://thycurse.spaces.live.com Maldito

    Esse filme chama-se A Outra História Americana… mas eu não assisti…

  • Alê

    Amigo Thiago

    Sorte do cara você não o ter encontrado com a mão na massa. Ainda mais você!
    As vezes tenho medo de qual seria a minha reação se fosse comigo. Difícil se controlar.
    Enfim, se precisar de alguém pra chutar a cabeça desse vagabundo, tamos aí!
    É tiro na cara, e de 12, pra estragar o velório!

    Um abraço

    Alê

  • http://www.papodehomem.com.br Thiago Oshiro Campi

    Ô Alê, seu vagabundo!! Não sabia que vc lia a PdH!

    Tiro de 12 na cara para estragar o velório foi uma pérola!!! HAHAHA.

    O pior de tudo é que eu ainda tô a pé…quase um mês e as consequencias ainda não passaram. As financeiras então…vai demorar!!!

    Pensando nisso, ainda acho que o pé na guia ia ser mais adequado. É mais “sangue nos olhos”.

    Abração!!!

    Thiago

  • negao pt

    negao do pt ai thiago lamento gue roubarao seu gol mas essa historia gue guem compra carro pt encomenda carro roubado e mentira (……….) vendo carro pt ha uns anos e nunca conprei peca roubada nen todos sao iguais meus carros pts antes de seren vendidos passan pelo imetro por testes rigorosos tudo na lei nao fala o gue nao sabe deus abencoe gue aclhe teu carro

  • http://www.papodehomem.com.br/author/thiago-oshiro-campi Thiago Oshiro Campi

    negão pt,

    Fico contente em saber que há pessoas como vc que trabalham na legalidade, mas é óbvio que a grande maioria dos veículos mais populares furtados servem para fornecimento de peças para recuperação de carros com PT. Se isso não fosse verdade não haveriam criado as vacinas anti-furto…

    Ainda acho que carro com PT deveria virar pura sucata e a documentação destruída. Vivemos no Brasil e sempre tem um otário querendo tirar vantagem das pessoas de bem. Não se pode dar margem ao crime organizado, ponto (Pedindo licença ao Leonardo Luz).

    Thiago

  • http://proveisso.wordpress.com Johnny C

    pois é, eu concordo com o Thiago…

    agora, sem querer ser chato, alguém ensina o negão pt a digitar direito? =p

  • http://papodehomem.com.br/author/thiago-oshiro-campi Thiago Oshiro Campi

    Rs… preferi não comentar nada Johnny…

    Ah, e o carro não era um gol. Era um Palio da nova linha, lindão.
    Comprei outro igual, pois gostei demais do carro, mas lembram-se que falei sobre os problemas com o banco? Dependia deles para fazer a substituição do veículo furtado pelo veículo novo, devido ao leasing. Sabem quando consegui retirar meu carro novo? Quarta-feira passada, dia 26 de dezembro. Nada mais nada menos do que 50 dias após o furto. Tudo por pura imcompetência e/ou descaso do banco J. Safra, afinal eles não agilizaram em nada o processo (pelo contrário, me aprontaram um monte de prezepadas), pois não ganhavam nada com isso. Por isso que eles queriam que eu quitasse o financiamento e fizesse um novo…aí sim, eles fariam rapidinho, pois estariam lucrando bem mais…

    MAs tudo bem, agora que peguei o carro a batata deles já estava assando mesmo e eu vou acioná-los judicialmente por danos morais, afinal a grande falha do brasileiro que eu não suporto é o “deixa pra lá”. Tomara que dê tudo certo e esses filhos-das-putas tenham que me indenizar.

    Um abraço e bom ano novo para vocês!!!

    Thiago

  • Luciano Conti

    Com certeza

    só gostaria de saber se meus netos e bisnetos ou trisnetos vao passar por isso

    e o duro que a tendencia é piorar

  • Edinilda

    Thiago
    Estou indignada, fui roubada, passei medo, raiva, odio em fração e segundos, depois os malandros são presos, vem o Direito Humano., e os policiais mocinhos não podem nem dar uns cascudos nos bonitinhos….se chegam ser presos nós presidios nossa quanta regalia…enquanto os coitadinhos que somos nos estamos presos em nossas residencias, pagando seguro até para respirar para ter um pouco de paz, Puxa ate quando vamos erguer o lema-Brasleiro não desiste nunca, até quando vamos aceitar corruptos no governo.
    *O meu seguro era do estado que morava, mudei para outro estado e a assegurado alega que nao cobre seguro pois nao estava no estado aonde o mesmo foi feito, isso é verídico ou é so uma “desculpa” da aseguradora?
    Desde já muito obrigada!

  • http://www.papodehomem.com.br/author/thiago-oshiro-campi Thiago Oshiro Campi

    Edinilda, realmente é o fim da picada. E cada dia mais banalizamos esse tipo de crime, considerando-os “normais” ou “coisas da vida”. Na minha humilde opinião, o Brasil tem tudo para ser uma grande nação (em todos os sentidos), porém alguns vícios do passado nunca mudarão pois a mansuetude do nosso povo é algo muito irritante. A falta de indignação é que mantém as coisas na inércia, sem movimento algum.

    Quanto ao seu caso, sou leigo no assunto, mas tenho a impressão que a seguradora tem que lhe indenizar sim! Não faz sentido essa história de pagamento da indenização só dentro do estado. Sugiro que procure na legislação que está listada aqui: http://www.sindsegsp.org.br/areas/biblioteca/legislacao.asp

    Seria legal também conversar com um advogado.

    Boa sorte, pois vai precisar! Nada no nosso país acontece de maneira fácil em benefício do cidadão. NADA.

  • http://www.contoscontinuados.blogspot.com RodrigoCP

    pUta mundo injusto!

    Seria uma boa proposição para os parlamentares do Brasil fazerem.
    Proibir a venda de sucata com documento!!!

  • http://papodehomem.com.br/author/thiago-oshiro-campi Thiago Oshiro Campi

    Realmente Rodrigo, é o fim da picada!

    Mas tem tanta gente que leva “algum” nesse esquema que é dificil imaginar um parlamentar macho o suficiente para encarar essa briga. Mesmo porque a população não se envolve…diz que “não gosta de política”. Aí o cara fica na mão…

    Se uma legislação desse tipo aparecesse, muita gente deixaria de ganhar uma grana: desde as seguradoras, devido à diminuição de sinistros, passando pelo cara que lucra com a compra e recuperação da sucata, o dono do desmanche, os ladrões.. e porque não até policiais corruptos? Ou isso não existe? Será que só eu que vejo os desmanches funcionando descaradamente? Acho que não…

    Viver no Brasil é foda… para quem acredita nisso, deve ser um tipo de carma coletivo. Acho que todo mundo aqui deve ter queimado muita bruxa na época da inquisição.

  • Roger

    Deveriam também proibir o funcionamento dos desmanches e ferro-velhos em todo o país, porrou o carro, deu pt o seguro reembolsa seu cliente e o ex-carro iria para uma usina para ser derretido. Só vale pela quantidade de metal que ficou. A documentação seria cancelada imediatamente, afinal se deu pt não é mais carro.

    Será que tem cara macho o suficiente para bancar uma proposta destas no legislativo…extinção dos ferro-velhos e desmanches agora! Documento de carro com pt é cancelado no ato!

    Mas outro dia ocorreu um grave problema com um amigo meu, ele deixou de pagar o seguro e após alguns dias a seguradora pediu de volta o rastreador que ela havia instalado.

    Meu amigo foi até a oficina da seguradora e retirou o rastreador, 4 dias depois seu carro foi furtado…

    Pensando com calma pode haver uma ligação entre os fatos, afinal encomenda pode ir direto na fonte…

    Carro sem seguro e rastreador não gera preju para seguradora…

    E funcionário que trabalha para seguradora pode ser assediado…

    Será que alguém tem peito para investigar se já ocorreram casos parecidos com este, do tipo tirou o rastreador e dias depois levaram o carro?

  • http://www.sindifupi.org.br Angelo Coelho

    Senhores(as)

    Sou um dos responsáveis pela denúncia da Máfia dos Salvados no programa Fantástico da Rede Globo de Televisão em 2003.

    Achei muito interessante a forma como o Thiago elaborou seu comentário.

    Gostaria de poder contribuir ainda mais para o esclarecimento do porque do roubo e furto de veículos no Brasil.

    Como muito bem abordao pelo Thiago, as seguradoras estão realmente por trás dos roubos e furtos de automóveis. Para se ter uma idéia, o número de salvados (veículos totalmente destruídos) comercializados todos os anos pelas seguradoras, ultrapassam a marca de 120.000.

    Porque fazem isso? Por duas razões:

    A primeira é pela recuperação de 50% da indenização paga ao consumidor, com a venda do salvado.

    A segunda, e que mais interessa as seguradoras é o incentivo ao roubo e furto de automóveis. Exatamente como o Thiago informou. Se rouba/furta um veículo para reparar o salvado com as peças que serão destacadas ou simplesmente para trepar a documentação do salvado.

    Sempre quando falo para imprensa no Brasil vem a pergunta; o que as seguradoras ganham com o roubo e furto se são elas que pagam pelo sinistro? A resposta e bem simples, TUDO. Pensem em uma seguradora como se fosse um consórcio de automóveis, todos nós depositamos nossa confiança na seguradora pagando o prêmio do seguro, ela constitui reserva do nosso próprio dinheiro, aplicando no mercado financeiro, cobra uma parte referente a administração, e quando sofremos um sinistro, a seguradora recorre a essa carteira.

    Na verdade, quanto maior for a criminalidade, maior será a fatia das seguradoras.

    Uma vez uma grande autoridade brasileira me perguntou o que deveria ser feito. É evidente que a destruição do salvado como ocorre em 11 países é a solução.

    Também acredito que todos os presidentes de seguradora deveriam estar atrás das grades. Não dá para passar uma borracha em todos aqueles que perderam sua vida, só para que as seguradoras pudessem operar no Brasil.

  • http://www.sindifupi.org.br Angelo Coelho

    Senhores(as)

    Sou um dos responsáveis pela denúncia da Máfia dos Salvados no programa Fantástico da Rede Globo de Televisão em 2003.

    Achei muito interessante a forma como o Thiago elaborou seu comentário.

    Gostaria de poder contribuir ainda mais para o esclarecimento do porque do roubo e furto de veículos no Brasil.

    Como muito bem abordado pelo Thiago, as seguradoras estão realmente por trás dos roubos e furtos de automóveis. Para se ter uma idéia, o número de salvados (veículos totalmente destruídos) comercializados todos os anos pelas seguradoras, ultrapassam a marca de 120.000.

    Porque fazem isso? Por duas razões:

    A primeira é pela recuperação de 50% da indenização paga ao consumidor, com a venda do salvado.

    A segunda, e que mais interessa as seguradoras é o incentivo ao roubo e furto de automóveis. Exatamente como o Thiago informou. Se rouba/furta um veículo para reparar o salvado com as peças que serão destacadas ou simplesmente para trepar a documentação do salvado.

    Sempre quando falo para imprensa no Brasil vem a pergunta; o que as seguradoras ganham com o roubo e furto se são elas que pagam pelo sinistro? A resposta e bem simples, TUDO. Pensem em uma seguradora como se fosse um consórcio de automóveis, todos nós depositamos nossa confiança na seguradora pagando o prêmio do seguro, ela constitui reserva do nosso próprio dinheiro, aplicando no mercado financeiro, cobra uma parte referente a administração, e quando sofremos um sinistro, a seguradora recorre a essa carteira.

    Na verdade, quanto maior for a criminalidade, maior será a fatia das seguradoras.

    Uma vez uma grande autoridade brasileira me perguntou o que deveria ser feito. É evidente que a destruição do salvado como ocorre em 11 países é a solução.

    Também acredito que todos os presidentes de seguradoras deveriam estar atrás das grades. Não dá para passar uma borracha em todos aqueles que perderam sua vida, só para que as seguradoras pudessem operar no Brasil.

  • http://saulogomes saulo

    thiago parabens pela iniciativa da ampla materia sobre a industria do carro roubado que movimenta 2 biulhoes de dolares por ano meu nome e professo saulo celio alves gomes consulte saulo celio alves gomes treinamento no google e tera respostas do meu tipo de curso para policiais

  • Osvaldo Alves da Silva

    Thiago parabens pela matéria,tive meu carro furtado semana passada era um uno 1996 vinho e deve estar em algum desmanche e pior thiago o duro é ouvir da policia,que tenho 1% de chance de encontrar o carro ,isso é um absurdo,estou indignado com as nossas autoridades.Foi furtado na porta da minha casa na cidade de santos,que teve no primeiro trimestre de 2009 o número absurdo de veiculos roubados em torno de 798 carros um aumento de 104 %

  • Thiago Campi

    Osvaldo, sinto muito pelo seu carro… o tempo passa e nada muda. Só piora…e todo mundo acaba banalizando essa situação, como se fosse “normal”.

    Eu escrevi esse artigo em 06 de novembro de 2007, como um desabafo por ter sido furtado uns dias antes. Já se passaram 18 meses desde então e eu não fui mais roubado. Talvez por estar alimentando mais um beneficiado com toda essa putaria: o estacionamento.

    Acho que dá para contar nos dedos as vezes que deixei o carro na rua depois daquele dia… Agora pago mensalidade aqui perto do trabalho e pago particular seja lá onde eu for. Mais gente se beneficiando da nossa desgraça…

    E viva o Brasil! Via o imposto de renda! O IPVA e todos os “Is” que nós pagamos.

  • Francisco

    Parabens, pela definição, da senção, cujo qual senti a dois dias atras, levaram meu fox, mas do que o carro, o valor sentimental tal vc disse, sobre os cds, acessorios da minha bicicleta, meu oculos, minha dignidade, acima de tudo sair de um platão, em pleno domingo as 19:00, hrs a ainda ter que ir implorar para se atendido por um bando de jumentos na delegacia, como se eu fosse um estorvo, a ainda provavel ser investigado pela seguradora, é horrivel, “seguro! reze para telo! reze para não usalo!

  • LEANDRO

    Olha não sei o que é pior!Comprei um PUNTO 100% financiado,após ter que vender meu antigo carro para abrir um negócio para trabalhar e pagar meus impostos e prestações em dia,e sustetar minha família.Finaciei o seguro junto,tudo certo.No final do ano passado me assaltaram á mão armada 8 da noite minha mulher em casa grávida de 3 meses,e eu estava na rua trabalhando.Tive a pior sensação da minha vida!!! “IMPOTÊNCIA TORAL”.Uma arma na cabeça,um merda gritando comigo,e eu de cabeça baixa esperando a boa vontade dele de me matar ou não.Graças á Deus não aconteceu o pior.Depois de 28 dias acharam meu carro totalmente destruído.O seguro arrumou,blz,mas já não era a mesma coisa,mas tudo bem.Aí vem o pior,fui atrás da mesma seguradora para renovaro seguro.Tive uma surpresa!Nem ela nem nenhuma outra,quis fazer o seguro do meu carro,todas me enrolaram e nada.Continuei trabalhando com o carro pois eu preciso viver.Resultado: Á 30 dias 9 horas da noite na frente da minha casa o cara praticamente entrou atrás de mim dentro da minha casa e mebotou a arma na cabeça de novo e levou meu carro sem seguro desta vez!! Estou tomando remedios anti-depressivos pra nao pensar e conseguir dormir!As vezes tenho vontade de sair gritando na rua.É triste viver no mundo de hj,nao existe mais respeito,ser ladrão e se dar bem as custas dos outros é a MODA! Estou pensando seriamente em virar LADRÃO!!!Pois chega não aguento mais…

  • Pingback: Meu Google Reader (12/11 – 20/11) | 30 & Alguns

  • Ana

    ai gente nossa!
    Tenho inumeras histórias de roubos (furtos) já roubaram o carro do meu pai, tive 2 celulares roubados, ah uma semana roubaram a moto do meu marido, e ah 2 anos roubaram tb outra moto dele, esta conseguimos reaver por graça divina. Roubaram no ano novo, em frente a casa da minha sogra. E na volta pra casa, voltamos com meu cunhado de carona, e no meio do caminho, vimos o infeliz em cima da moto e não sabíamos o que fazer, pensamos em jogar o carro em cima dele, mas e se ele tivesse armado?????? seguimos o infeliz enquanto a policia não vinha, e a policia demorou tanto que o ingeliz sumou no meio do mato com a moto… Só acharam a moto, com o painel todo arrebentado.

    Temos um carro, pretendo colocar uma tal de MULTI LOOC, alguém já ouviu falar????

    Dizem que as seguradoras cobram até o seguro mais barato pra quem tem a tal MUTI LOOC. Aqui em bsb custa uns 400 reais pra colocar, dizem que podem levar penau, bancos, mas o carro não levam!

  • Clarice

    Oi Thiago! Achei teu texto procurando informações sobre a taxa que somos obrigados a pagar para substituição de garantia no banco. Acho um absurdo sermos lesados dessa forma e ainda termos que desembolsar R$ 500,00 (acabei de pagar o boleto, ai) para poder continuar com o mesmo financiamento. Meu carro foi roubado em 26 de agosto, enquanto eu estava na aula. Agora eu gasto o dobro com transporte (Curitiba também tem um bom sistema de transporte público, mas é caro e não aguenta a demanda), ando na chuva de moto (e meu marido vai ter que vendê-la pra ajudar a pagar as taxas que temos que pagar) enquanto podia estar andando com meu millezinho novinho (tinha 3 meses de vida). Agora de raiva peguei um carro usado mas em compensação é completinho! Vai demorar mas pelo menos terei um pouco de “recompensa”.

    E uma vaia bem grande pra quem compra peças roubadas! Ladrão não é só quem tira o teu carro ou quem trabalha no congresso!!!

  • Carla Rios

    É realmente está complicado a segurança, obrigado por dar essa dica que vai melhorar a segurança vou participar do game e garantir o meu

  • Flávio Bastos

    Sou médico em Brasília e vim pela primeira vez ao Rio passar o natal com minhas irmãs, que se mudaram para Ipanema recentemente. Mesmo com medo, apreensivo em razão das notícias constantes sobre tiroteios, assaltos e impunidades, tive de vir de carro, pois iria trazer grande parte da mudança das duas e era preciso um carro grande. Dormi em Ribeirão Preto e saí de lá às 7 horas da manhã, do dia 19 de dezembro, acompanhado de minha mãe de 61 anos, dirigindo uma caminhonete. Sabendo da má fama do Rio de Janeiro e sem conhecer a cidade e as estradas, resolvi chegar cedo para correr menos riscos. Para minha surpresa, no final da Dutra, no Jardim América, na Avenida Brasil, com a rodovia cheia, às 14 horas de um sábado, um carro da marca “Astra”, de cor preta, começou a ziguezaguear na pista na minha frente, reduzindo a velocidade e, por fim, me fechando, me forçando a parar o carro, a fim de evitar um acidente. Descem quatro pessoas armadas de fuzil e pistolas, com roupas camufladas, cor verde-clara e rosa, e coletes, acredito eu, à prova de bala, e simplesmente param o trânsito da Avenida Brasil, me assaltando e a mais quatro ou cinco carros próximos. Por fim, fugiram, levando o Astra e minha caminhonete.
    Meu carro estava carregado de pequenos móveis, roupas, microondas, notebook, gps, presentes de natal, carteiras, cartões e documentos meus e de minha mãe, além dos nossos celulares. Minhas irmãs, sem saberem do ocorrido, ligaram para os nossos celulares, na intenção de falar conosco, e os bandidos não só atenderam as chamadas, como ironizaram a situação, usando frases do tipo: “Seu irmão perdeu, minha filha. Pára de ligar pra cá. Liga pra polícia!” Na delegacia da Polícia Civil em que prestei boletim de ocorrência, um agente falou que esse era um grupo de ex-policiais banidos da corporação, que estavam assaltando na região há algum tempo.
    Me senti humilhado, acuado e indignado com a audácia dos bandidos, em fecharem a Avenida Brasil, no auge do movimento e em plena luz do dia, munidos de armas dignas de guerra civil e a poucos quilômetros de um posto da Polícia Rodoviária Federal. Como se trata de uma região sabidamente violenta, não consegui compreender a ausência total de policiais ou câmeras na região. E o sentimento de impunidade e revolta aumenta na medida em que, ao registrar ocorrência na delegacia mais próxima, não havia sequer um computador, apenas uma (pasmem!) máquina de escrever, e poderei ter cópia da ocorrência apenas três dias após o ocorrido, tendo ainda de voltar ao lugar que hoje tenho pânico, correndo novos riscos de ser assaltado. Entrei no Google e digitei assalto na avenida Brasil. Fiquei abismado com o número de sites e de tragédias que vi. Uma me chamou especial atenção pela semelhança com o que passei e pela data do ocorrido: http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2009/08/26/assaltantes+armados+roubam+veiculo+na+avenida+brasil+8097922.html
    Resolvi procurar um meio de desabafar minha indignação e solicitar algum tipo de explicação para a ausência de policiais na região. Sinceramente, não entendo como um estado que acabou de ter sido escolhido para sediar as próximas Olimpíadas, sede, ainda, de alguns jogos da Copa do Mundo, admite que aconteça um crime bárbaro e primário da ordem desse, em plena luz do dia. Se não há policiamento nas vias de acesso à cidade, como os demais brasileiros, que quiserem vir para cá de carro, serão capazes de ingressar na cidade, sem pôr em risco suas vidas e integridades físicas? E o pior, qual não será o choque de um turista estrangeiro ao se deparar com uma cena destas? Somente não gostaria de acreditar que a situação apenas vai ser “maqueada” para eventos do porte da Copa do Mundo e das Olimpíadas e que, depois, cidadãos comuns, moradores da cidade e pessoas do bem tenham que se submeter aos caprichos da bandidagem. Sou brasileiro, cidadão, trabalhador e, assim como grande parte da população, fiquei lisonjeado e muito feliz com a recente escolha da cidade para sediar as Olimpíadas. Porém, diante de uma situação de selvageria, como a que me vi inserido, sinceramente, hoje, rezo pela segurança das pessoas que aqui moram e desconfio, deliberadamente, da capacidade da cidade em organizar eventos de grande porte. Segurança é uma necessidade básica. A população do Rio de Janeiro, os brasileiros e os demais admiradores do Rio de Janeiro muito antes de irem assistir a uma competição olímpica, querem poder sair de suas casas e terem a certeza de que voltarão vivos. Senhores governantes, policiais de respeito e honra, que buscam defender sua cidade, em detrimento dos ladrões que se proliferam, que garantia podemos ter de que a situação vai mudar?

  • Ana Paula DF

    Nossa Flávio… Nessas horas eu penso na lei do retorno, esses bandidos um dia colhem o que estão plantando ( ou melhor arrancando). Eu confesso que achei Podre ver Lula chorando por causa das olimpíadas, ai ai ai. Coitados dos Turistas que acham que o Rio é a cidade maravilhora.

  • Thiago Campi

    Nossa Flávio, o que você passou não é nada perto do que passei naquela época do furto… Sinto muito mesmo. Fico indignado com essa situação em que vivemos no Brasil, principalmente no Rio, onde esses prblemas saltam mais aos olhos.

    Pior, a condição da delegacia que você citou é uma realidade super conveniente quando lidamos com um sistema viciado e corrupto. Não há meios para agir e assim, os bandidos agem à vontade. Muita gente ganha com essa palhaçada, mas nós, perdemos sempre.

    Acredito que há muito mais gente honesta do que corrupta. Muito mais gente bondosa do que maldosa. Muito mais gente solidária do que egoísta. Entretanto, o efeito que os atos dessa minoria causam na nossa sociedade são substancialmente maléficos e mantém esse atmosfera negativa, de ausência de regras e de “cada um por si”. Vemos isso todos os dias, no trânsito, nas filas dos bancos, no trabalho… a intolerância e a falta de coletividade são reflexos da nossa sociedade e os crimes, apenas a ponta desse iceberg.

    O ruim é que poucos indivíduos têm consciência do significado das minhas palavras. Parece que todo o mundo vive num estado catatônico, como zumbis. Não se dá a importância devida à falta de rumo que nossa sociedade tomou. Como simpatizante do espiritismo, sempre brinco que provavelmente na encarnação passada eu era algum deputado na Dinamarca que aprontou alguma daquelas com dinheiro público. Dessa vez, como lição me mandaram para o Brasil, porém tendo a plena consciência da balburdia que isso aqui é… Não consigo me conformar com a nossa realidade.

  • Thiago Campi

    Corrigindo: O que eu passei não é nada perto do que o Flávio passou…

  • Guilherme Petrovis

    Andei pesquisando sobre a DNA essa empresa que nesta época de muitos roubos está sendo a mais cotada para a segurança dos autos e encontrei uns vídeos que explicam o processo de colocação do produto no veículo e como funciona o processo de segurança deles, achei uma maneira bem interessante e eficaz, vou deixar os links dos vídeos pra quem quiser dá uma olhadinha .
    http://www.youtube.com/watch?v=v9kcAkedumM -DNA Autodot
    http://www.youtube.com/watch?v=FAqH7iB512Y -DNA

  • danete

    Mas… todo mundo conhece essa indústria de carros roubados. não?

  • http://www.sergioronei.com.br/ Sergio Ronei Hentz

    Indústria de Carros… acaba com qualquer um! Abraço.

    Indústria de Peças Fundidas e Usinadas

  • JOAQUIM

    vc esqueceu o principal. Aqueles que são pagos para nos proteger, vão ao desmanche e fazem vista grossa em todas as peças que estão ali, oriundas de furto.

  • Veniltonmcgiver

    Voce sabia que dos 513 deputados federais 85% deles tem curso superior e desses 85% que tem curso superior 90% deles são advogados.(dados que estão na internet perfil dos deputados) voce pode me responder que nen todo advogado é criminalista. Mas se o crime diminuir vai aumentar a concorrênca na outras áreas. sendo assim quanto mais crime é bom para 76.5% ou sela 389dos deputados advogados e para os advogados que fazem campanha ou defendem os 124.seme analfabetos assumidos. Por isso que as leis brasileiras foranfeitas para deixar uma saida pa o criminoso.

    • Bipirola

      e vc fez faculdade de ciencias exatas, só pode! é muita matemática!

  • Veniltonmcgiver

    Voce sabia que dos 513 deputados federais 85% deles tem curso superior e desses 85% que tem curso superior 90% deles são advogados.(dados que estão na internet perfil dos deputados) voce pode me responder que nen todo advogado é criminalista. Mas se o crime diminuir vai aumentar a concorrênca na outras áreas. sendo assim quanto mais crime é bom para 76.5% ou sela 389dos deputados advogados e para os advogados que fazem campanha ou defendem os 124.seme analfabetos assumidos. Por isso que as leis brasileiras foranfeitas para deixar uma saida pa o criminoso.

  • Cleusa Miranda

    Me vi nesse texto. Deu vontade de chorar. Até aqui só havia pensado que se a Polícia, ou seja lá quem for, quisesse pegar essa mágia, já teriam feito. Uma coisa simples e barata, era colocar rastreadores em alguns carros e deixá-los nos locais com maior incidência de roubos/furtos, deixar levá-los e após o mesmos serem estacionados por alguns minutos, pegavam a turma toda. Outra coisa é que já passou da hora de os veículos saírem, com dispositivo de localização de fábrica. Massss, a quem isso interessa?
    Quanto a mim, que comprei um carro por leasing, para pagamento em 72 prestações e que o mesmo foi levado após um mês de aquisição, que me lasque.
    Cleusa – MG

  • Marcos

    a resposta e compre um carro fora de linha barato e bom bem melhor dos carro brasileiros ex porque um uno enao o reno porque uma honda enao yamarra .. carro depois de 5 anos e lixo nao compre carro achando que e para a vida toda olhe nas ruas o carro que vc ver em menas circulacao compre .tenho um reno paro ele na rua com as porta aberta vidro aberto e sem seguro nunca o me levaro oque ocorre as vezes alguem fecha os vidros para mim ..e nao consigo vendelo nem para o ferro velho bom tenho a 4 anos nesses 4 anos economisei  so de seguro o valor que paguei nele  ta otimo . agora vou comprar chery esse carro novo que chegou no br importado da china se ele durar uns 3 ou 4 anos ta otimo o poblema e se muita gente comprar ai eu me fufu  . gente para com a monopolizacao gol uno e o resto nao presta isso e uma idiotice brasileira morei fora do pais por 15 anos europeu nao da valor pra carro nao primeiro vem a casa propia . pagar em um carro popular 33 mil carro basico isso e avista financiado leva 1 e paga 2 a pera ai quem e os trochas vender uma nota de 10 reais por 5 reais . nao se sinta um coitado ou culpado  porque nos deichamos o banco mais rico a seguradora mai rica o dono do ferro velho mais rico e o cara de pinto pequeno com o dinheiro para as drogas porque o otario e culpado dessa historia toda  somos NOIS……………

  • Marcos

    a resposta e compre um carro fora de linha barato e bom bem melhor dos carro brasileiros ex porque um uno enao o reno porque uma honda enao yamarra .. carro depois de 5 anos e lixo nao compre carro achando que e para a vida toda olhe nas ruas o carro que vc ver em menas circulacao compre .tenho um reno paro ele na rua com as porta aberta vidro aberto e sem seguro nunca o me levaro oque ocorre as vezes alguem fecha os vidros para mim ..e nao consigo vendelo nem para o ferro velho bom tenho a 4 anos nesses 4 anos economisei  so de seguro o valor que paguei nele  ta otimo . agora vou comprar chery esse carro novo que chegou no br importado da china se ele durar uns 3 ou 4 anos ta otimo o poblema e se muita gente comprar ai eu me fufu  . gente para com a monopolizacao gol uno e o resto nao presta isso e uma idiotice brasileira morei fora do pais por 15 anos europeu nao da valor pra carro nao primeiro vem a casa propia . pagar em um carro popular 33 mil carro basico isso e avista financiado leva 1 e paga 2 a pera ai quem e os trochas vender uma nota de 10 reais por 5 reais . nao se sinta um coitado ou culpado  porque nos deichamos o banco mais rico a seguradora mai rica o dono do ferro velho mais rico e o cara de pinto pequeno com o dinheiro para as drogas porque o otario e culpado dessa historia toda  somos NOIS……………

  • Raphael Hamzagic

    O pior é que acho que “o buraco é mais embaixo”. A indústria automobilistica como um todo impõe condições absurdas. As agências que vendem os carros usados por exemplo, lucram absurdamente, dão uma garantia de 3 meses, cobram valor acima da tabela, compram seu veículo por no máximo 20% abaixo da tabela. Fazem uma “maquiagem”, vendem o carro sempre dizendo que o dono anterior era mulher… hehehe! 
    As concessionárias dão garantia, mas tem que fazer tudo por lá. Se instalar o som em algum auto elétrico corre o risco de perder a garantia. Então somos praticamente obrigados a comprar tudo na concessionária sem o direito de pesquisar preços e condições melhores.
    Estou passando situação parecida, roubaram meu carro com apenas 500km quando estava entrando na garagem de casa. Levaram, como você disse, um som de qualidade, um óculos escuro caro, notebook do trabalho, celular, ipod, etc… “Mas ainda bem que tinha seguro” hehehe!
    Agora aguardo a boa vontade da seguradora, a qual já transferi o veículo e aguardo o pagamento da indenização. O mais “legal” é que não posso dar entrada em outro carro, porque pode ser que encontrem o veículo roubado e, sendo assim, sou “obrigado” a ficar com ele. Nem sei se isso é legal? Alguém sabe?

  • Pedro nunes

    Pior, é um filho da puta que rouba seu carro quando vc esta chegando em casa, aponta um revolver que não se sabe se é de verdade ou não… leva o carro embora, depois de cinco dias a policia liga avisando que acharam o carro. Melhor dizendo o que restou dele, pois estava sem motor; sem bancos; sem painel; sem sem capô; sem estepe e macaco; sem aparelho de som e toda parte elétrica… Enfim, acharam meu carro…

  • Garotomaroto25

    Divulguem essas principais informaçoes nas redes sociais e vamos boicotar!!! Atualmente as redes sociais estão sendo a maior força de divulgação no brasil. Até os jornalistas estão utilizando delas para redigir suas matérias. Outro dia vi no facebook a comparaçao de preços entre camionetes rangers dos EUA Vs brasil, do mexico Vs Brasil. Imprecionante, cerca de 75% mais barato! e nós com pistas cheias de buracos. Vamos divulgar em todas as redes sociais (de todos os públicos).Antes que os políticos queiram criar restriçoes para filtrar as informaçoes veiculadas nessas redes. Aatualmente devem estar trabalhando para isso, pois estão sendo desmascarados por elas. Pois a imprensa manipula a informaçao, mas nas Redes é o próprio povo argumentando! O Negócio é BOICOTAR! Instruir as pessoas a comprar o aparelho de rastreamento fora do país. Meu colega comprou, pagou barato, e ele acha a moto dele aonde ele estiver pelo celular dele, ou por qualquer celular ou computador conectado na internet. Faz isso em segundos após o roubo. Pelo computador ou celular ele tem o posicionamento do veiculo via satélite é impressionante, funciona! Se o povo soubesse dessas coisas que a imprensa nao fala, aiai essas seguradoras estavam tudo ferradas já! As vezes pensamos que eles sao os patrocinadores dessa industria, mas não, os patrocinadores, somos nós através da nossa inércia!

  • luiz silva

    O pior é quando voce tem um carro com vinte anos, porque voce não tem condições de comprar outro, e que voce deixou inteirão, e derrepente é furtado e voce fica a ver navios, sem condições de ter outro tão brevemente, e ai, o que fazer? Pagamos tantos impostos neste país, e não temos garantia e nem segurança alguma. Quando voce está por cima, o governo sabe tirar o seu dinheiro em impostos, mas quando voce cai, tem de se virar sozinho porque o governo não te indeniza em nada e nem restitui nada a voce de tudo o que ja pagou, Então eu pergunto, o que um sujeito vai fazer com um carro com mais de vinte anos de uso? E esse idiota não sabe que quem tem um carro desse, é porque não tem condições de ter um carro melhor, e nem de pagar seguro, porque afinal de contas, o seguro de um carro nesta idade sai mais caro do que o valor do carro. Dá uma revolta cara.
    Abraços, suzie.   

  • http://www.facebook.com/kleberkarpov Kleber Karpov

    Oi Thiago,
    Compartilho contigo em gênero, número e grau quanto a indignação ao vazio e a própria indústria de carros roubados que é extremamente organizada e assusta nas peculiaridades. Para se ter uma idéia a Exame.com divulgou que foram mais de 264 mil veículos roubados/ furtados em 2010 e mais de 255 mil em 2011.

    E na condição de vítima, criei o site http://www.queromeucarrodevolta.com.br que, espero, talvez venha a ajudar muita gente que teve o carro roubado em todo o país, e isso sem custo nenhum às vítimas.

    Assim, espero poder contar contigo para propagar o site aí em sua cidade. Náo dá para ficar omisso a essa situação e apenas dizer: faz parte!. Reagi com as ferramentas que tenho em mãos.

    Um grande abraço,

    Kleber Karpov

  • luiz vieira da silva lucena

    Bom dia,no dia 03 de março de 2013,as 19hs 19, meu carro foi roubado em arujá, placaCRW8003,cor verde ano 73. gasolina,me levaram o carro e tudo que tinha dentro guitarra maleta de cds, celular,caixa de som.paletó preto,até agora não tenho pista, alguem souber fone 011998201984.01146562360.0119964168973. obrigado.o veiculo ainda não tinha passado em meu nome,iria licenciar no mes de junho.e passar em meu nome,ainda se encontrava no nome da pessoa, de João Lopes da Silva.

  • Lucas

    Thiago,oque vc tem contra o carro dar pt e ainda vende los com documento???mesmo se fossem vendidos sem documentos ou seja como sucatas a industria do roubo continuaria a existir…. Eu ja mexi com seguradoras e carros batidos…. O problema sao engraçadinhos que tentam levar vantagens ao querer comprar peças usadas absurdamente abaixo do preço de tabela para consertar seu cerato, veloster ou ate mesmo gol essas peças muito baratas sim sao roubadas…. Mas a seguradora nao é cumplice elas levam um prejuizo monstro com estes roubos…. Entao pare de falar oque vc nao sabe sem ter provas concretas……

Papo de homem recomenda

Assine o Papo de homem

Curta o PdH no Facebook
  • 5523 artigos
  • 660998 comentários
  • leitores online