30 autores fodas falam sobre Deus e ateísmo

Fabio Bracht

por
em às | Artigos e ensaios, Ciência e tecnologia, Debates, Melhor do PdH, Mundo


“[O cristianismo] é um sistema totalitário. Se houvesse um deus, que pudesse fazer essas coisas, e exigir essas coisas, e que fosse eterno e imutável, nós estaríamos vivendo sob uma ditadura, sem direito de apelação.” – Christopher Hitchens

Esta é apenas uma das frases proferidas pelos 30 autores mais do que renomados presentes no vídeo abaixo. Gênios do naipe e da diversidade de Isaac Asimov, José Saramago e Douglas Adams. Sir Arthur Clarke, Sir Terry Pratchett e Sir Salman Rushdie.

O vídeo está todo em inglês, e obviamente o vocabulário não é dos mais simples. Hoje em dia tem que ser bilíngue, filhão. Mesmo assim, transcrevi e traduzi as minhas três falas favoritas entre as 30, abaixo do vídeo.

Mas nada como ouvir esses grandes homens falando:


Link YouTube | Se você conhece um bom vídeo sobre o tema, a gente te convida a postar nos comentários.

A primeira fala que eu gostaria de destacar vem do escritor britânico Ian McEwan, que foge de argumentos complicados em favor de um pensamento simples e singelo a respeito da Terra onde a gente pisa todos os dias:

“Se você tem um texto sagrado que te diz como o mundo começou, ou qual a relação entre este deus no céu e você, isso corta toda a sua curiosidade, e o senso de querer descobrir todos esses mistérios. Você simplesmente diz ‘ah, isso é mistério’ ou ‘a mente de Deus ninguém consegue ler’ ou ‘Deus escreve certo por linhas tortas’. Isso corta uma fonte de admiração.

Eu gostaria de atribuir aos ateístas um senso muito maior e mais vivo de interesse e conexão com o mundo. Um senso das suas maravilhas, das maravilhas que estão acessíveis à nossa curiosidade e podem ser descobertas por ela, com deleite. Como admirar o trabalho de outra pessoa, descobrir mais um aspecto do quanto é curioso e complexo e amável é o mundo.

Essa amabilidade do mundo, em todas as suas maravilhas, não é aparente para mim no islã ou no cristianismo ou nas outras principais religiões. Me parece como se, mentalmente, você ficasse de mãos atadas. Você se fecha, você fecha o espírito livre e questionador.”

O lendário Isaac Asimov, praticamente o inventor da robótica e um dos imortais autores da ficção científica mundial, preza muito pela praticidade:

“Ao menos no que diz respeito à razão, há um sistema de transferência. Um sistema de argumento racional, seguindo as leis da lógica, um conjunto [de leis] com o qual um grande número de pessoas concorda. Então, na racionalidade, nós temos o que chamamos de evidências convincentes. Ou seja, se eu localizar certos tipos de evidências, mesmo pessoas que discordam de mim desde o início podem se sentir convencidas a concordar comigo tendo por base estas evidências.

Mas sempre que vamos além da razão e entramos na fé, não há nada parecido com evidências convincentes. Mesmo que você tenha uma Revelação – você teve uma Revelação; como pode transferir essa revelação para os outros? Através de qual sistema?”

Para fechar, a poderosíssima – ainda que longa – fala do escritor, ensaísta e jornalista Christopher Hitchens, falecido em novembro do ano passado, que se autodenominava “antiteísta”, em vez de simplesmente ateísta:

“Para ser um cristão você precisa acreditar que por 98 mil anos a nossa espécie sofreu e morreu, a maioria das crianças morrendo no parto, a maioria das pessoas com uma expectativa de vida de 25 anos, com fome, batalhando, guerreando, sofrendo, tudo isso por 98 mil anos, enquanto os céus observavam com completa indiferença. Então, há 2 mil anos, os céus decidiram ‘já chega disso, acho que é hora de fazermos alguma coisa’, e a melhor maneira de fazer isso seria condenar alguém a um sacrifício humano em algum lugar da região menos instruída do Oriente Médio. Não vamos aparecer para os chineses, por exemplo, onde as pessoas sabem ler e estudar evidências e ser civilizadas. Vamos ao deserto e façamos outra revelação lá.

Isso não faz sentido. Não é algo que não pode ser acreditado por alguém que pensa.

Por que eu fico feliz que este é o caso? Para chegar ao ponto do que há de errado no outro lado do cristianismo, porque eu acredito que os ensinamentos do cristianismo são imorais.

O [ensinamento] central é o mais imoral de todos, o da redenção vicária. Você poder jogar os seus pecados em outra pessoa, o que é vulgarmente conhecido como ter um bode expiatório.

Eu posso pagar a sua dívida se eu te amo. Eu posso ir para a prisão no seu lugar se eu te amar muito. Eu posso me voluntariar a isso. Mas eu não posso te redimir dos seus pecados, porque eu não posso abolir a sua responsabilidade, e eu não deveria me oferecer para fazer isso. A sua responsabilidade precisa permanecer com você. Não existe redenção vicária.

Muito provavelmente não existe sequer redenção. Isso é apenas wishful thinking (NT.: Pensar que algo é verdadeiro só porque queremos que seja), e eu também não penso que wishful thinking seja bom para as pessoas. Isso consegue até poluir a questão central, a palavra que eu acabei de usar, a palavra mais importante de todas: a palavra amor, ao tornar o amor compulsório, ao dizer que você tem que amar. Você tem que amar ao seu vizinho como a ti mesmo, algo que você na verdade não consegue fazer. Você sempre acabará falhando, então sempre poderá ser considerado culpado.

Ao dizer que você tem que amar alguém a quem você também precisa temer. Um ser supremo, um pai eterno, alguém de quem você deve ter medo, mas também deve amar. E se você falhar nessa tarefa, novamente é um pecador imundo. Isso não é mentalmente, moralmente ou intelectualmente sadio.

E isso me traz à objeção final, que é: esse é um sistema totalitário. Se houvesse um deus, que pudesse fazer essas coisas, e exigir essas coisas, e que fosse eterno e imutável, nós estaríamos vivendo sob uma ditadura sem direito de apelação. Uma que jamais poderia mudar. Uma que sabe o que pensamos e pode nos condenar por crimes de pensamento. Nos condenar a uma punição eterna por ações que nós estamos fadados desde o início a tomar.

Por tudo isso – resumindo; eu poderia dizer bem mais – eu digo que é algo excelente que não exista absolutamente nenhum motivo para acreditar que nada disso seja verdadeiro.”

Os 30 autores, na ordem que aparecem no vídeo

1. Sir Arthur C. Clarke, Escritor de Ficção Científica
2. Nadine Gordimer, Ganhadora do Nobel em Literatura
3. Professor Isaac Asimov, Autor e Bioquímico
4. Arthur Miller, Dramaturgo Ganhador de um Prêmio Pulitzer
5. Wole Soyinka, Ganhador do Nobel em Literatura
6. Gore Vidal, Novelista Premiado e Ativista Político
7. Douglas Adams, Escritor Best-Seller de Ficção Científica
8. Professor Germaine Greer, Escritora e Feminista
9. Iain Banks, Autor Best-Seller de Ficção
10. José Saramago, Ganhador do Nobel em Literatura
11. Sir Terry Pratchett, Novelista Best-Seller
12. Ken Follett, Autor Best-Seller
13. Ian McEwan, Novelista Ganhador do Prêmio Man Booker
14. Andrew Motion, Poeta Premiado (1999-2009)
15. Professor Martin Amis, Novelista Premiado
16. Michel Houellebecq, Novelista Francês Ganhador do Prêmio Goncourt
17. Philip Roth, Novelista Ganhador do Prêmio Man Booker
18. Margaret Atwood, Autora e Poetisa Ganhadora do Prêmio Booker
19. Sir Salman Rushdie, Novelista Ganhador do Prêmio Booker
20. Norman MacCaig, Poeta Escocês Renomado
21. Phillip Pullman, Autor Britânico Best-Seller
22. Dr Matt Ridley, Escritor Científico Premiado
23. Harold Pinter, Ganhador do Nobel em Literatura
24. Howard Brenton, Novelista Premiado
25. Tariq Ali, Cineasta e Escritor Premiado
26. Theodore Dalrymple, Escritor e Psiquiatra
27. Roddy Doyle, Novelista Ganhador do Prêmio Booker
28. Redmond O’Hanlon FRSL, Estudioso e Escritor Britânico
29. Diana Athill, Editora Literária e Autora Premiada
30. Christopher Hitchens, Autor Best-Seller e Colunista Premiado

 

Fabio Bracht

Toca guitarra e bateria, respira música, já mochilou pela Europa, conhece todos os memes, idolatra Jack White. Segue sendo um aprendiz de cara legal. [Facebook | Twitter]


Outros artigos escritos por


SEPARAMOS MAIS TEXTOS PARA VOCÊ CONTINUAR LENDO




O texto acima não representa a opinião do PapodeHomem. Conheça a visão e a essência por trás do que fazemos. Queremos uma discussão de alto nível. Antes de comentar, leia nossas boas práticas. Caso deseje enviar um texto e se tornar um autor, venha por aqui.


  • Conviva

    ““Se você tem um texto sagrado que te diz como o mundo começou, ou qual a
    relação entre este deus no céu e você, isso corta toda a sua
    curiosidade, e o senso de querer descobrir todos esses mistérios. Você
    simplesmente diz ‘ah, isso é mistério’ ou ‘a mente de Deus ninguém
    consegue ler’ ou ‘Deus escreve certo por linhas tortas’. Isso corta uma fonte de admiração.”Há alguns cientistas religiosos bem famosos… acho que isso não cortou a curiosidade deles…

    • Anônimo

      … como se o propósito da Bíblia fosse explicar a origem do mundo e a relação de Deus comigo … a Bíblia me parece ser muito mais do que isso, é um livro bem complexo pra ser esse cara resumir em “curiosidade”. 

      • Iceman

        Realmente.
        A bíblia não explica o que não precisa ser explicado, Deus é fato certo e consumado, ou melhor, consumador de tudo que existe, logo, para que perder tempo tentando provar que sua existência?
        Ela se foca no que é importante.
        E tudo o que disseram sobre contradições e isso e aquilo, realmente existem umas aqui e ali, mas pesquisas foram feitas e revelaram que as contradições e erros de traduções não atingem 1% do conjunto da obra e, de maneira nenhuma afetam a mensagem central.
        O que me causa espécie é um bando de gente que sequer leu a bíblia inteira uma única vez (e olha que estou dizendo apenas ler, pq para entender e conhecer, é preciso não apenas ler, mas entender, estudar e investigar, coisa que tem gente que passa a vida fazendo) se achar doutor em religião e teologia.
        A arrogância é a melhor parte, pois quando vc lê alguém escrever que não precisa ler a bíblia para saber que é um absurdo, não sobra muito espaço para debate né?

  • http://www.alexcastro.com.br Alex Castro

    sensacional, bracht. amei. mt bom mesmo.

  • Conviva

    …mas a fala do Hitchens arrepia.

  • http://www.facebook.com/philipe.away Philipe Pimentel Souza

    Livre-arbítrio. Todos têm o direito de acreditar ou não em um ser Supremo. 

    Eu já refleti bastante, e acho meio difícil termos surgido do ABSOLUTO NADA. Simples assim. Mas daí é uma questão muito longa responder sobre religiões, doutrinas, padres pedófilos e querer “diretas já” para Deus. Sou cristão, mas respeito a visão de todos, afinal, livre-arbítrio é o que nos faz querer viver a vida.

    • http://www.cafecomamigos.com.br Cristiano Vieira


       e querer “diretas já” para Deus” – Fantástica essa observação. 

    • http://www.facebook.com/jmajunior José Maria Dos Anjos Junior

      Nada nem ninguém surgiu do ABSOLUTO NADA. Porém acreditar num ser que não surgiu do absoluto nada pq ele sempre existiu (complicado isso…) é mais simples que aceitar a possibilidade de que as coisas começaram de algo que já existia sem necessidade nenhuma de que algum ser supremo as criassem.

      Esse vídeo é muito bom e explica de uma maneira muito fácil de entender as coisas. E sim, as coisas podem ser simples assim, sem necessidade nenhuma de ter q ser complicado.

      http://www.youtube.com/watch?v=0smawDLU33w

    • Samuel Santos

      Quando penso assim, travo no próximo nível do raciocínio: mas e o nosso criador, de onde teria surgido? Também não pode ser do absoluto nada.

      Que é uma questão de lívre arbítrio é óbvio, mas acho fascinante ouvir opiniões diferentes sobre esse assunto, que é o maior assunto de todos.

  • http://www.facebook.com/people/Ricardo-Santos/100003386412507 Ricardo Santos

    Você já teve uma sensação plena de que a partir de um certo momento algo importante na sua vida mudará para sempre?então, acabou de acontecer.

    • http://www.facebook.com/fabiobracht Fabio Bracht

      Como assim, Ricardo?

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100000263625120 Otávio Caetano

    Grandes personalidades… Mas poucos (ateístas e crentes) conseguem ver o quadro geral por trás de Deus e sempre ficam na mesma história de Bíblia/Livro Sagrado é verídica/não é.

    • Anônimo

      babacamente limitados

      • Rafael.

         Escreve um texto como o Hitchns, alias, escreva uma linha do mesmo nível e depois repita essa frase.Se puder.

      • http://www.facebook.com/rodrigootavio.marimrodrigues Rodrigo O. M. Rodrigues

        omarvin – quem usa agressão pessoal para defender o ponto de vista, perde totalmente a credibilidade.

      • Victor

        Expanda nossos horizonte então, caro omarvin… Nos tachar de limitados não refuta nossos argumentos (nós = ateus).

      • Alisson C.

        Babacas limitados?? Você resume suas convicções baseados em um único livro, em uma única religiao, em uma única crença… e eles é que são babacas limitados???

    • http://twitter.com/lucasscharf Aleatório

      O que existe por trás disso?

    • http://shotsarge.blogspot.com Marcio Sarge

      Concordo, apesar de serem grandes pensadores ainda se limitam a criticar conceitos e dogmas como se isso anulasse a existência de um Deus.

      • Paulo F.

        “Bem, explico, apesar de não ser o objetivo de vida deles, foi o que se propuseram a fazer nesse projeto, ali ao meu ver, DEMONSTRAM IGNORÂNCIA SOBRE O ASSUNTO.”
        Caramba, agora você apelou. Quem precisa reler o texto agora é você. O fato deles não aceitarem a existência de Deus não significa que eles tenham ignorância sobre o assunto. Desde quando não acreditar no que a maioria acredita é demonstrar ignorância no assunto??? AFF

      • http://shotsarge.blogspot.com Marcio Sarge

        Vou tentar te explicar de forma mais simples o que disse para ver se encerra nosso debate.

        Eu acredito em aviões, os vejo sobre minha casa todos os dias, mas não entendo nada deles. eu sei que tem asas e olhe lá. 

        Entenda, acreditar ou desacreditar não é a questão, em nenhum momento disse que o fato de eles não acreditarem tem relação com a ignorância deles sobre o assunto, como eu sei que tem muita gente que crê e que demonstra ignorância bem maior.

        Quando disse isso, me basei nos argumentos que usaram, em sua maioria atacando dogmas de religiões e não levando em conta que isso, esses dogmas, não é o que sustenta a possibilidade de um Deus, eles usaram argumentos cansativos e muito visto depois que a internet popularizou o ateísmo.
        Eles fizeram mais do mesmo.

  • Guigo

    Religioso trocado por merda é prejuízo para o dono da bunda!

    • Victor

      Vou anotar essa meu caro! huahuahua

    • Arquitetacsp

      Um chama os ateus de babacamente limitados o outro chama os cristaos e afins de merdas…quem eh pior???!!! Cada um acredita no que quiser…teorias existem muitas sobre a existencia ou nao de Deus… engraçado eh que um dos maiores cientistas do mundo chamado Einstein disse: “Deus esta em todas as coisas” e mesmo assim cientistas se dizem ateus…mas gostaria de corrigir uma coisa  se minha vã ignorância por um assunto ou outro me permite…”
      Ao dizer que você tem que amar alguém a quem você também precisa temer. Um ser supremo, um pai eterno, alguém de quem você deve ter medo, mas também deve amar. E se você falhar nessa tarefa, novamente é um pecador imundo. Isso não é mentalmente, moralmente ou intelectualmente sadio.” me desculpe este notavel escritor 
       Christopher Hitchens que me perdoe mas antes de estudar mais sobre a religiao crista eu tinha a mesma ideia e me questionei diversas vezes como a Igreja prega que eh um Deus de amor, carinhoso, amavel mas eu tenho que temer a esse ser…a palavra temor na igreja catolica eh usada como significado de respeito…se vc tem respeito pelo seu pai, pela sua mae, pelo seu vizinho, pela natureza, pelo seu cachorro e assim por diante automaticamente isso eh temor ao proximo…e nao que vc precise ter “medo” Dele. e o mais importante de tudo respeito a opiniao alheia…podemos ficar horas discutindo esse assunto mas nunca vamos chegar a conlcusao nenhuma..eu sendo crista nao vou mudar de ideia pois tenho minhas crencas e os ateus nao mudarao a deles..pois bem..pq nao acreditam…o importante eh ser feliz!

      • Raul

        Einstein também disse que existem duas formas de se lidar com milagres: Não Acreditar em milagres ou acreditar que tudo é um milagre… Mas, hoje ainda, nós ateus “sofremos” preconceitos por não acreditarmos em deus e principalmente, por mostrarmos o quanto a bíblia é imoral…
        Einstein se declarou ateu mais próximo ao fim de sua vida… 

      • Arquitetacsp

        bom Raul..fica uma unica pergunta pq vcs “ateus” perdem tanto tempo tentando provar para os outros e tentando fazer com que nos que acreditamos na existencia de Deus mudemos de opiniao e passemos a nao acreditar mais nele se vcs tem certeza de que nao existe??!!! Eh um tanto quanto contraditorio tentar provar algo que “nao existe” se vcs tem tanta certeza disso pq passam tanto tempo das suas vidas tentando mostrar o contrario??!!! sinal de que inconscientemente nem vcs mesmos tem certeza disso…uma coisa eh a razao consciente e outra eh o ide e o super ego…Nao espero convencer ninguem do contrario…so acredito que vivemos num mundo livre onde as pessoas tem direito de pensar e acreditar no que querem…eh um assunto muito  misterioso mas que na minha opiniao nunca vai ter fim…criado ou nao pelo homem..a biblia traz grandes ensinamentos que pra mim sao muito validos…ou senao o mundo seria um completo Kaos…foram parabolas passadas de geracao a geracao para ensinar atitudes fundamentais para situacoes basicas da vida..nao acredito em milagres tanto quanto muita gente…mas acredito que sao palavras sabias, atitudes sabias para ensinar como devemos agir em determinadas situacoes…agora com a sua colocacao “sofremos” preconceito por nao acreditar em Deus e por mostrarmos o quanto a biblia eh imoral..pra que isso…vcs se sentem menosprezados pela sua opiniao mas respondem do mesmo jeito…vcs nao vao mudar a cabeca dos que acreditam assim como nos nao vamos mudar a cabeca de vcs simples assim…pra que sofrer??!!! a biblia pode ser imoral tanto quanto as descobertas da ciencia…ha mais coisas entre o ceu e a terra do que julga vc va filosofia! E so vamos saber e realmente descobrir a verdade depois da morte ou nao…afinal dizem que o sono eh um ensaio da morte…e talvez nao passe disso…ou talvez como descreve Chico Xavier em um de seus livros eh um lugar muito bonito..de paz e tranquilidade…e quem eh que vai saber??? ah e segundo um livro que estou lendo sobre o assunto que se chama Conversando com Deus…se eh ele mesmo quem fala…ele afirma que o unico ser humano que mais chegou perto da teoria de criacao do universo e consequentemente das nossas vidas foi justamente Einstein..pena ele nao ter vivido mais tempo pra mostrar isso ao mundo..pouparia muitas discussoes sobre o assunto se Deus existe ou nao ;)

  • http://twitter.com/jonathassampaio Jonathas Sampaio

    O chato é que a maioria dos ateus são chatos igual aos evangelicos. Ficam tentando provar suas teorias. Respeito os dois, mas são 2 grupos extremamente chatos…

  • http://twitter.com/jonathassampaio Jonathas Sampaio

    O ruim dos ateus é que eles são chatos igual aos evangelicos. Parece que precisam provar para os outros seu ponto de vista, quase que provando sua existencia. Respeitos os dois grupos, mas são extremamente chatos.

  • http://twitter.com/luizagcn Luiza

    90% da bíblia pra mim não faz sentido, as únicas partes que curto são aquelas que tem ensinamento que vencem o tempo e qualquer crença ou educação como “amar o próximo como a ti”, que pelo menos é algo bom. De resto… um Deus que mata crianças só porque quer ‘libertar’ seu povo entre outras atrocidades pra mim está longe de ser bondoso.

    • http://www.facebook.com/people/Mel-Tupinambá/100001565108643 Mel Tupinambá

      Luiza, se você me disser que já leu a Bíblia inteira, paro para te dar alguma credibilidade. 
      Não levanto bandeira de porra nenhuma aqui, igreja nenhuma, doutrina nenhuma. Mas, acho que seria mais inteligente não emitir opinião sem ter um conhecimento de um todo (já li a Bíblia 7 vezes e nem de looonge me considero conhecedora a ponto de dizer com o que concordo ou deixo de concordar). Como a própria Biblia diz (muito f.. esse versículo): “Até o tolo se passa por sábio, se ficar calado”. Tenta você mesma, por conta própria descobrir quem é Deus, posso te dizer que é uma experiência única, reveladora e gratificante. Não deixa ninguém te dizer o que é certo ou errado, vai lá e descobre você mesma. Comigo funcionou!! =)
      bj bj

      • Gracoonline

        A questão é que todos os religiosos, hoje, olham a religião de maneira mais ”light”, por que hoje, temos desenvolvimento intelectual suficiente para compreendermos certas coisas que, antes, eram inexplicáveis, tendo-se como única resposta ”Deus”. Mas nunca..digo, NUNCA, podemos esquecer o que a IGREJA fez quando ela, DE FATO, tinha poder. Massacres, inquisições, regimes absolutistas e autoritários. É muito fácil falarmos que Deus, hoje, é algo maravilhoso. Mas, ao longo da história da própria existência dos cristianismo, tenho minhas definitivas dúvidas se todos os milhões massacrados em nome de Deus o consideravam algo bom e que, antes de tudo, PREGAVA amor ao próximo.  

        O próprio argumento cristão de que ”não foi Deus que fez atrocidades, mas sim O HOMEM”, prova de que religião é algo criado pelo homem PARA o homem – e seu inerente medo da morte.

      • Victor

        Exatamente meu caro! Deus, assim como toda invenção humana (talvez tirando a matemática ;-) ), é inerentemente imperfeito. Foi inventado originalmente com o propósito de explicar o inexplicável, mas logo os espertinhos perceberam o potencial político da coisa e ai entramos numa época onde as leis da igreja é que mandavam e desmandavam no mundo ocidental. Tal época, pra quem não sabe, ficou conhecida com a IDADE DAS TREVAS… 

      • http://www.cafecomamigos.com.br Cristiano Vieira

        Quanto mais eu leio, menos eu creio! E olha que luto muito pra crer e até me faço de cego às vezes.

      • Victor

        Liury Nascimento 
        Leu a bíblia sete vezes e ainda acredita em Deus? (BIS!!!)
        Talvez isso nos diga bastante coisa sobre o que é a fé! Ela nos tole o pensamento e nosso senso crítico. Se essa mocinha tivesse lido a bíblia tantas vezes com  um pingo de criticidade, ai sim eu diria que a leitura valeu a pena, mas ler meramente contemplando todos os absurdos que existem ali (não consigo imaginar Deus mais cruel e implacável do que o do antigo testamento!) não te leva a lugar algum, vira um conjunto de banalidades, doutrina pura e simples…

      • http://twitter.com/luizagcn Luiza

        A resposta ficou erra, sei lá porque. Editei o comentário

      • Vicente Neto

        ateus militantes = chatos

      • http://twitter.com/luizagcn Luiza


        Tenta você mesma, por conta própria descobrir quem é Deus” não sei se você leu as outras coisas que disse mas eu acredito Deus, já descobri meu modo e não é o bíblico. Pode ser? 

        Aqui está 1 dos motivos pelo qual não acredito

        http://super.abril.com.br/reli… 

        Você acha que eu critico sem saber? Desculpa, não! Cresci numa escola “evangélica” tive aula de religião toda semana da 2ª até a 8ª série e estudo numa universidade católica onde por 1 ano tive uma matéria que abordava o tema dada por uma professora que é formada em teologia (não essa só pra pastores e afins teologia geral) e veja, ela mesmo apontou diversos erros da bíblia. Já li a bíblia, não inteira, mas pra que precisaria? Sendo que ela foi um livro escrito por diversas pessoas em diversas épocas, sendo assim, um não precisa do outro como complemento sendo cada um dotado do necessário pra entendimento de seu conteúdo. Além disso, os livros entram em contradição o tempo todo

        2 – Foi escrita em uma língua morta, depois traduzida pro grego e latim e as línguas de hoje, se na hora de traduzir uma música em inglês que é uma língua atual, você encontra várias versões imagina nesse contexto.
        3 – foi copiada por padres, monges, numa época que não havia impressa, quem garante que a cópia atual é a “original”? Pessoas matam pessoas, por que não alterariam um livro?
        4 – Não foi escrita na época dos acontecimentos, foram histórias passadas por gerações. Conhece telefone sem fio?
        5-  a igreja católica segregou certos livros na hora de “montar a bíblia”
        6 – a bíblia é incoerente com o que a ciência diz. Exemplos: 
        Cadê os dinossauros?
        Se viemos de Adão e Eva de onde vem as diferenças étnicas como a cor da pele e olhos?
        A história do dilúvio é pertencente a outros povos e além disso é incoerente, porque nem todos os animais do mundo cabem numa arca, nem todos os animais do mundo atravessam o oceano pra chegar num homem e se Deus pode criar o homem o fazer uma chuva, porque não esticou o dedo e matou quem queria? Aliás, quanta bondade em matar as pessoas num dilúvio
        Por que o sacrificio de um animal é necessário, como era no antigo testamento? Qual o sacrificio do pecador? Outro paga por mim? Porque Deus quer um animal que criou?
        Pra que Deus tirou tudo de Jó se ele era servo fiel? Pro diabo ver que ele era fiel a Deus? Super justo a ‘briguinha’ de Deus virar sofrimento de um homem.
        Um Deus justo que manda apedrejar adulteros?
        A bíblia apoia a escravidão
        Deus se arrepende, só se arrepende quem erra. Deus erra? Talvez o Deus criado pelo homem

        Exemplo

        …O filho não levará a iniqüidade do pai…”  ”Porque eu sou o SENHOR teu Deus, Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos até a terceira e quarta geração daqueles que me aborrecem.” (Deus todo zeloso joga uma maldição em que ainda nem nasceu, bondoso pacas!)

        Você que já leu 7 vezes sabe que não inventei essas passagens. 
        Poderia continuar e escrever um livro sobre cada passagem e do porque. E por favor, sem comentários que soam ofensivos do tipo: “Até o tolo se passa por sábio, se ficar calado”. 

        Volto a falar, não preciso da bíblia pra acreditar em Deus. Porque eu escolheria essa religião entre todas? Porque elas é a mais certa?

        Como disse EU não acho lógico, se pra você é, que bom pra ti. Não estou aqui pra te convencer.

      • http://www.facebook.com/people/Mel-Tupinambá/100001565108643 Mel Tupinambá

        De verdade, se me sentiu ofendida, me perdoe. 

        “Como disse EU não acho lógico, se pra é, que bom pra ti. Não estou aqui pra te convencer.”

        Nem eu. 

      • Bruno Perenha

        Todos (incluindo ateus, agnósticos e etc) queríamos que Deus existisse, afinal, quem não quer uma vida eterna? Não conheço nem um ateu em sã consciência que não gostaria que o sobrenatural existisse.
        Escolher por Deus muitas vezes extrapola a ciência, e essa é a área que chamamos de fé. A bíblia diz em Dt 29:29 “As coisas reveladas nos pertencem, mas as encobertas não nos pertencem”. Você está corretíssima em questionar Deus, e assim muitos o fizerem como A. Einstein, C.S Lewis, e muitos outros. Eu como seguidor de Cristo desejaria que você encontrasse este homem que encontrei no decorrer da minha vida, mas como Ele mesmo dizia “Não posso obrigar ninguém a me seguir, apenas indico o caminho”. Temos apenas duas opções, ou Jesus era louco, ou foi uma “pessoa” que não fazia parte deste mundo e que tinha pensamentos que quebravam o cárcere da emoção e as linhas de pensamento da época. Este dividiu a história em duas partes, e deve ser analisado por todos nós.
        Certa vez, um homem estava com um outro homem dentro de um avião. Um era ateu, e o outro teísta, estes homens começaram a conversar sobre o Divino e por fim o teísta terminou a conversa dizendo: “Suponhamos que você ganhou, Deus não existe, e este avião caísse (…) nós dois seriamos apenas matéria no espaço e ninguém perderia nada. Mas suponhamos que Deus existisse e este avião caísse, (sem levar em conta o caráter e as obras de cada um) quem perderia alguma coisa?

        Por fim, encerro minha participação, essa é a minha humilde opinião a respeito do assunto. Abraço a todos!

      • Raul

        Se você já leu 7 vezes sabe que a Bíblia apóia Latrocínio (Matar um povo e se apoderar de suas terras).
        Apóia a escravidão…
        Pune a Vítima (Uma mulher violentada era obrigada a casar com seu estuprador).
        Não matarás, mas, há excessões né?
        Sugere que o Sol gira em torno da terra (Quando Galileu disse o contrário – Prisão nele)
        E etc…

        Sei as passagens… mas não preciso te dizer, já que você já leu este conto de fadas 7 vezes…

        Acreditar em deus somente pela bíblia é como acreditar no Superman por ter lido um gibi…
        “As profecias se cumpriram… e lugares são citados…” Acreditar em deus por lugares existirem ??? Devo acreditar no Homem-Aranha por que Nova York existe?

      • Vicente Neto

        ateus miliantes = chatos da pior espécie

    • Anônimo

      Pessoas matam crianças, pessoas querem libertar o próprio povo. A culpa está no homem que usa uma crença coletiva como desculpa pra matar e morrer bem como a estupidez está naquele que não acreditar em nada, mas quando convém, julga os atos de seu semelhante apontando para a causa uma determinada divindade que o próprio descrente diz não existir.

      • http://twitter.com/luizagcn Luiza

        E a praga que matou os filhos primogênitos dos egípcios foi poder do homem? Eu não acredito no bíblia, foi isso que disse, um Deus que mata criança pra libertar seu povo hebreu que ama e idolatra ele, e quem não ama que morra! É essa história ou não?  E a família de Jó? Ele era um servo fiel e pra provar pro diabo que Jó era fiel a ele (engraçado que Deus precisa provar algo pro diabo) Deus todo bondoso começou a tirar tudo de bom que Jó tinha. Sério, não tá cara que isso foi, como você disse, manipulação de um homem que usou da fé das pessoas em um Deus pra inventar uma história que diga “se você estiver na merda, espere, é coisa de Deus” e assim controlar seu povo. Talvez na nossa ótica de mundo cristão, de onde estamos (de dentro) não seja tão claro, mas religião sempre foi uma ferramenta pra controlar o povo. Veja os hinduistas, eles criam castas pra controlar o povo miserável, como se ser miserável fosse o destino deles, assim eles não se rebelam. Melhor que pão e circo eu diria. 

        Eu acredito num ser superior, mas não num livro cheio de erros, contradições e ilógico como a bíblia, que teve origem em um livro que resultou em 3 religiões e mais um monte de vertentes. A verdade é uma só e permanece eterna sem que haja chance de ser alterada ou questionada. Como eu disse, acredito em Deus, observo o mundo e vejo as perfeições dele, a lógica dele, incrível como nenhuma religião me parece lógica o bastante. Não adianta dizer que o que vem de Deus não é lógico, porque de fato, não temos conhecimento o bastante sobre coisa alguma, mas o pouco que descobrimos e que, nós que acreditamos num Deus julgamos ser obra dele é lógico. Tudo faz sentido, se completa, por que essas histórias são tão bizarras?

        Esse artigo diz um pouco do porque eu não acredito

        http://super.abril.com.br/religiao/quem-escreveu-biblia-447888.shtml

        A própria construção da bíblia torna ela dúbia, isso sem discutir o que ela diz.

        Sabe o que eu acho mais engraçado? É que existem milhares de religiões, todas elas com suas histórias sagradas cheias de certeza de sua verdade. E qual delas está certa? Porque a SUA é a certa?

      • http://www.cafecomamigos.com.br Cristiano Vieira

        Preciso tomar um café contigo!

      • Victor

        Perfeito moça! Quando eu era criança, e era realmente temente à Deus, me questionei sobre isso, sobre a verdade absoluta de cada vertente religiosa. Minha mãe era evangélica de uma denominação, e naquela denominação se afirmava que quem seguisse qualquer outra fé (até mesmo outra denominação) iria queimar no inferno. Tempos depois minha mãe foi pra outra denominação, e nesta outra pregavam a mesma coisa!!! Eu deveria ter uns sete anos quando comecei a questionar isso. “Pô, se eu tiver na denominação errada quando Deus chegar, será que ele não vai me dar um desconto não? Como eu poderei saber qual é a religião/denominação certa?”. Dois anos depois virei ateu, com muito orgulho! Nessa época eu desenvolvi a minha característica que me dá mais orgulho, e tem tudo a ver com a declaração do Ian McEwan sobre curiosidade. Como eu não poderia explicar as coisas, os “mistérios do mundo” baseado em Deus, eu tinha que pensar pra caralho, achar uma explicação que fosse mais convincente. Isso me ensinou a pensar de verdade, formou o meu caráter. Me lembro que lá pelos dez anos li numa revista da igreja que todas as pesquisas afirmavam que nas esquinas onde havia macumba (coisa muito comum no Rio há vinte anos atrás) era notório que o número de acidentes era maior do que nas esquinas onde não havia macumba. Comecei a pensar no treco e com dez/nove anos de idade cheguei à conclusão óbvia, que qualquer adulto minimamente pensante deveria ter chegado: a macumba chama a atenção do motorista, que se distrai do trânsito pra olhar os despachos de macumba e acaba batendo. Esse foi um exemplo simples, mas que ilustra o tipo de cegueira à que a crença em Deus/Diabo/Religião nos leva. Minha mãe era empregada doméstica e vivíamos num meio absolutamente miserável. Já adulto me formei pelo melhor curso de ciência da computação do Rio de Janeiro (UFRJ) e me pergunto o que teria sido de mim se eu tivesse me conformado com as respostas que a igreja me dava… Acho que é meio redundante dizer que nenhuma outra criança da igreja conseguiu se formar tão bem quanto eu…

      • http://www.facebook.com/people/Carlos-Kerginaldo/100000532574769 Carlos Kerginaldo


        Eu acredito num ser superior, mas não num livro cheio de erros, contradições e ilógico como a bíblia.”
        PQP, falou tudo. Acho que no fim das contas, quem escreveu a bíblia foi homem, certo? Ou Deus mandou ela por fax? Cá entre nós, a humanidade não tem tanta credibilidade assim. Sei lá, só acho.

      • Diego Dixie

        As pessoas tem um conceito errado sobre Deus. Deus matou muita gente no velho testamento, diretamente ou não, isto é uma verdade. Teologicamente falando, o resultado do pecado é a morte. Como o mundo é dominado pelo pecado desde sempre, então desde sempre houve muita morte por culpa do pecado do homem. Isto é bem lógico.

      • http://profiles.google.com/rafaelhborges Rafael Borges

        “A culpa está no homem que usa uma crença coletiva como desculpa pra
        matar e morrer bem como a estupidez está naquele que não acreditar em
        nada, mas quando convém, julga os atos de seu semelhante apontando para a
        causa uma determinada divindade que o próprio descrente diz não
        existir.”

        Não seja estúpido, “omarvin”. Ateus não criticam Deus em si mas a idéia de Deus, esta sim real (“O único lugal onde Deus existe sem sombra de dúvidas é na cabeça das pessoas”) e muito usada para justificar ações imorais.

      • Raul

        Pessoas fazem isso… Mas seguem a palavra de Deus ao fazer….

        Leia apenas os 5 primeiros livros… O Pentateuco… Verás que deus é sangrento e vingativo, um deus de guerra….

        No Novo Testamento Jesus não reitera qualquer idéia do velho testamento… prega quase contra ao que o pai disse….

        O que me estranha, parafraseando Renato Russo, entender como um só deus ao mesmo tempo é três… pai, filho, e espírito santo…. se é um deus, que se apresenta desta maneira, por que idéias tão incoerentes…

        Ou deus pai, deus filho e deus espírito santo são distintos (se existissem) ou é uma mulher de TPM em constante mudança de opnião…

    • http://www.facebook.com/profile.php?id=100000263625120 Otávio Caetano

      A Bíblia não é uma história sobre fatos reais sobre personagens reais… É um livro de ficção, um dos maiores da história e com muitos ensinamentos.

      Ruim é quando se considera veracidade nela… Não se pode pegar nenhum texto de Harry Potter, por exemplo, e discutir todos os pontos da série para demonstrar que não é real já que é uma obra de ficção.

      • http://danillonunes.net/ Danillo Nunes

        Mas ninguém tenta legislar baseado nos ensinamentos de Harry Potter. :)

      • Raul

        Tenha certeza de que se alguém começar…. terá seguidores…. e não sabemos como estará em 2 mil anos….

    • Anônimo

      mais um dia vc vai precisar dela  ainda.
      para tira o amargo da  alma…..

    • Cléber Santos

      Ola Liza respeito a sua opinião, mais aonde Deus mata crianças para libertar seu povo?
      Um ditado:” Trecho sem contexto não tem sentindo.”

  • Marcos Augusto Nunes

    Novamente me diverte ver como RELIGIÃO é um tópico que só rende menos comentários que PORNOGRAFIA; deve ter alguma relação aí, não é não?*

    * tanto que, no “Leia Também”, tem uma “Teoria quase antropológia sobre a mulher sexy”,  que pode motivar uma “Teoria quase antropológia sobre um deus sexy” – tá tudo interrelacionado.

    • Rafael

      Tu deu uma idéia
      muito foda pra um texto… mas que pouca gente iria entender, mas vou pensar sobre isso

  • http://www.facebook.com/people/Luciana-Pimenta/1699427306 Luciana Pimenta

    “Onde podemos encontrar a prova da existência de Deus?
    – Num axioma que aplicais às vossas ciências: Não há efeito sem causa. Procurai a
    causa de tudo o que não é obra do homem, e vossa razão vos responderá.” LIVRO DOS ESPIRITOS
    ALLAN KARDEC
    A harmonia que regula as forças de crianção do Universo revela combinações e fins
    determinados, e por isso mesmo um poder inteligente. Atribuir,a formação
    primária ao acaso seria uma falta de senso, porque o acaso é cego e não pode
    produzir efeitos inteligentes. Um acaso inteligente já não seria acaso.

    • Danilo Freire

      Aristóteles deu essa resposta muito antes de qualquer outro e com uma característica muito peculiar: o Theos aristotélico não é nem criador nem interventor nem está aí pra coisa toda, ele apenas causa movimento. A tese é de que tanto deus quanto a matéria sempre existiram.

      Se deus pode sempre ter existido, por que é tão difícil aceitar a hipótese de que a matéria [ou energia indestrutível] sempre existiu?

      Outra hipótese mais sedutora é o panteísmo, que de certa forma une o aristotelismo: sim, tanto deus quanto a matéria/energia sempre existiram, porém não separadamente e/ou em ordem de precedência, mas sendo uma e única coisa.

      Só aí já temos três possibilidades, todas plausíveis, porém referentes à hipótese monoteísta. É possível formular outras que deem conta do politeísmo. PORÉM, ainda não acaba aí, escolhida uma possibilidade mono- ou politeísta, nada garante que as propriedades sejam aquelas: politeísmo grego, nórdico, hindu? Qual monoteísmo?

      No fim, ainda que deus ou deuses existam, o conhecimento da real cosmologia continua sempre inalcançável por QUALQUER meio, pois a experiência religiosa SEMPRE será mística (no sentido de individual e não comunicável — a sua é só sua e de mais ninguém, a não ser por dogmatismo). Não que nesse campo a ciência tenha muita vantagem explicativa, não tem, mas é mundano, pode ser exposto, pesquisado, debatido, desmentido etc. é DEMOCRÁTICO, por incrível que pareça.

      • http://www.facebook.com/douglasdemoura Douglas Araujo de Moura

        Segundo as descobertas da NASA com o lançamento do satélite COBE, em 1989, o Universo e a matéria teve um início, e não existiu desde sempre (http://lambda.gsfc.nasa.gov/product/cobe/). Segundo essas pesquisas, não existia nada antes do Big Bang, e quando digo nada, estou me referindo à “Aquilo com que as pedras sonham”, como disse Aristóteles. Como a ciência estuda a causa das coisas, algo deu a ignição para que a matéria passasse a existir.

      • http://www.facebook.com/profile.php?id=100000088922153 Wagner Menke

        Acaso.

      • Danilo Freire

        Na verdade, para o assunto aqui discutido, não faz muita diferença se o universo teve um início ou se sempre existiu.

        Mais importante do que isso é o seguinte: TUDO o que existe é composto de ”energia”. Energia é basicamente a única coisa que existe de fato, sendo que todas as outras são diferentes conformações da mesma energia e interações entre elas. A ciência há muito já estabeleceu que ”energia” não pode ser criada ou destruída [lei de conservação].

        Que coisa é essa, a ~energia~ que é incriada e só se transforma? Daí eu ter dito que o panteísmo é uma teoria sedutora.

      • http://www.facebook.com/douglasdemoura Douglas Araujo de Moura

        Bom, faz muita diferença. Se o Universo teve um começo, e se não existia nada antes do Big Bang, algo tinha que dar um início. Mas não “existia” matéria, energia, ou qualquer coisa tangível (a palavra “existia” está entre aspas porque também não “havia” o tempo. O tempo começou com o Big Bang)

      • http://www.facebook.com/profile.php?id=100000088922153 Wagner Menke

        Se você parar pra pensar no que existia antes do Big Bang, você vai entrar num eterno paradoxo, pois sempre haverá alguma coisa “antes do antes”…

      • http://www.facebook.com/douglasdemoura Douglas Araujo de Moura

        Que paradoxo? Antes dessas descobertas, a única teoria plausível era que o “Universo é eterno”. Como já foi provado que o Universo não é eterno, deve haver algo eterno que tenha dado origem ao Big Bang.

      • M-xp

        Fico tentando entender o que é o nada. É solido? É gasoso? É liquido? O nada ocupa lugar no espaço?

    • http://www.cafecomamigos.com.br Cristiano Vieira

      Mas e o nascimento de Deus? Não seria um acaso? Afinal, aquela pergunta que geralmente só temos coragem de fazer quando crianças e por sermos reprimidos não a fazemos mais: Quem é o Pai e a Mãe de Deus, de onde ele veio? Como ele nasceu? É um acaso seu nascimento? Ele nasceu de uma explosão como o Big Bang? 
      Ah, pensar desse tanto me deixa careca!

      • Vicente Neto

        Como Deus (cristão) é eterno e onipresente ele é a causa de si mesmo. Ele é a primeira causa.

    • Raul

      Kardec escreveu o Livro dos Espíritos baseado em obras maçônicas… era maçom em Paris… pesquise mais… daqui a pouco acreditará em vidências, como fazem alguns espíritas, porém, a bíblia diz que a ninguém é facultado o dom de prever o futuro….  religião baseada na outra… umas coisas servem, outras não….

      Todo mundo é ateu… me dou apenas o direito de acreditar em um deus a menos que você… quando entender por que rejeita os outros deuses, entenderá por que eu rejeito o seu…

      • Vicente Neto

        Pelo contrário ninguém é ateu completamente…. No fundo e no fim das contas existe incertezas e dúvidas diante da imensidão do que se precisa descobrir porque muita coisa ainda é mistério. Mas Deus sempre estará lá nas últimas e extremas conclusões… científicas e filosóficas….

      • Roni

        Tenho certeza que você tem inúmeras incertezas sobre o Deus que acredita. Sempre, vocês falham em dizer por que e como é possivel e necessário que o universo tenha um deus criador com as características que vcs alegam. Ninguém conseguiu argumentar por que o cosmo teve ou precisa de uma causa, muito menos por que essa causa seria ou teria de ser como este ou aquele deus. Isto esta simplesmente além de nossa capacidade, ninguém consegue argumentar sequer se houve um início, muito menos como ele seria. Sempre se esbarra em inúmeros problemas…
        Deus, por defninição, está fora do escopo científico. E, como eu disse, por nossa capacidade, filosoficamente não chegamos a lugar algum…
        Alegar que Deus sempre estará nas últimas conclusões é dar um passo maior que a perna. Soa arrogante.

    • Daniel

      qual a causa de Deus então?

  • Bhaktajuliobernardes

    Não tive saco de ler até o fim, mas pelos primeiros parágrafos pude concluir que esses 30 notáveis podem até ter mentes brilhantes, mas são absolutamente estúpidos com relação à espiritualidade 
    (que é bem diferente de religião).

    • Lucas Abduch

       como vc sabe?
      pelo visto, ‘não teve saco de ler até o fim’, quem sabe as revelações e pensamentos que vc pode ter deixado de absorver?

    • http://www.facebook.com/alfarichard Michael Richard

      Eu gostaria de ver esse ponto da discussão estendido. 

      Para você o que é religião? E o que é espiritualidade?

      Eu penso que a religião é um ponto de vista da interpretação de um livro que, em teoria, é sagrado.Vamos pegar um exemplo da Bíblia (não posso referenciar outros livros pois desconheço seus conteúdos, ex: Alcorão, Torá e etc):

      No Antigo Testamento, nós temos os 10 Mandamentos. Vamos usar o segundo mandamento:”Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus…”

      Na denominação cristã protestante isso é levado extremamente a sério, dificilmente você verá imagens sendo exaltadas; já na denominação cristã católica, é comum ver imagens de santos em todas as igrejas. 

      Agora vamos ao 4º mandamento:
      “…o sétimo dia é o sábado do Senhor teu Deus; não farás nenhuma obra…”

      Na denominação protestante adventista, o sábado é “guardado” como diz o mandamento, porém, na denominação protestante evangélica e na católica, essa regra não é seguida. Em outras palavras, se você for adventista não poderá (segundo a regra) trabalhar nos sábados. 

      Como pode um mandamento ser menos importante do que outro, a ponto de o seu cumprimento ser descartado em determinadas denominações da mesma corrente cristã? Observasse então que, uma religião é definida pela sua forma de interpretar as ideias de um texto sagrado. E como bem sabemos, cada ser pensante pode interpretar uma ideia da forma que bem entender. 

      Sobre o tema espiritualidade eu confesso que nunca pensei a respeito com muito afinco, por isso gostaria de entender o seu ponto de vista.

      • Marcos Augusto Nunes

        Espiritualidade e merda pra mim é tudo a mesma coisa.

      • http://www.facebook.com/people/Leo-Neves/100001822037510 Léo Neves

        Não só a interpretação do texto, mas também um conjunto de práticas, tradições. Porque nas religiões cristãs existem diferenças na bíblia, nos livros e texos. Claro, que cada denominação tem suas explicações pra isso. Porque eles escolheram esses textos.
        Não to criticando isso.

    • Gracoonline

      É absolutamente lindo quando alguém se dá ao trabalho de dar uma opinião, sem nem ao menos saber inteiramente sobre o assunto em pauta. Desculpe amigo, mas para vc chegar e dizer ”não tive saco para ler até o fim…” para um tópico tão importante quanto esse, vc deve ser um cara tipo o que eu discuti hoje no onibus,pedindo para que ele colocasse FONE DE OUVIDO ao invés de ouvir o funk dele com o som alto, no celular.

      Desce até o chão, tchutchuca !

    • Vicente Neto

      isso ,,,,,

  • Felipe NS

    Já estava com saudades dos posts de conteúdo aqui no PDH!

  • Djfabio

    Cara falei
    sobre este assunto com minha família esta semana, mais como era se de esperar
    todos disseram você está ficando louco. Eu estou com muitos problemas em minha
    casa, porque minha mulher acredita até em ET´s, mais quando peço para ela
    provar o que fala ela diz está na Bíblia. Passei a ser um pesquisador nato
    sobre a história de Jesus Cristo. Hoje estou lendo O Livro Verde do Kadafi, foi
    aí que comecei a ver a Bíblia com outra ótica, mais é isso não
    temos pra onde correr ou aceitamos ou iremos pro inferno, isso que é um perigo,
    pois as igrejas e os pastores são ditadores modernos e bem treinados, eles vão
    de encabrestar, são tantos absurdos que você é obrigado a ouvir, que dar
    vontade de sair correndo.

     

    Gostei do
    artigo!!!! Parabéns abraço.

     

    Fábio
    Campos

    Brasília -
    DF

    • Gracoonline

      Wow…amigo, aonde você arrumou o Livro Verde de Kadaffi? Tem para baixar na internet? Literatura definitivamente underground (pelo menos em terras tupiniquins!). Parabens pela mente aberta.

  • http://twitter.com/AmaralPH Amaral

    Dos citados sou fã somente do adams, gosto do asimov, saramago e um pouco do hitchens também, mas o as sátiras bem humoradas do velhinho britânico são insuperáveis. Duas faltas graves na lista foram o clássico e sagaz bertrand russell e o popular e polemico richard dawkins. Enfim, post bacana. Parabéns.

  • http://pt-br.facebook.com/gamabruno Bruno Gama

    http://www.youtube.com/watch?v=MeSSwKffj9o

    único vídeo sobre religião que deve ser feito é do George Carlin

  • Anônimo

    Felizmente ou infelizmente, a fé supera qualquer explicação lógica…

    • http://www.facebook.com/people/Gabriel-Moraes/100001748526976 Gabriel Moraes

      Não, não supera! e eu acredito muito estar certo disso!

      • http://www.facebook.com/people/Gabriel-Moraes/100001748526976 Gabriel Moraes

        Explicando meu comentário acima.

        Entendo por superior, que a fé tem mais capacidade de conhecer algo verdadeiro do que a logica.

        Entendo também que não ha meia verdade, ou é verdadeiro, ou falso, por consequência, o método que for superior é aquele que vai dizer a verdade.

        Então caso você esteja errada na sua afirmação de que a “fé é superior a logica (razão)” a minha frase é indiferente para a analise.

        Sobram duas opções:

        1- A fé me levou a uma concepção correta da logica, no entanto, ela não pode estar correta, pois ela é a superior, é impossível a fé estar certa nesse caso, cria um paradoxo.

        o que nos leva a segunda opção:

        2- Embora a fé seja superior, neste caso ela esta errada, o que prova que mesmo a fé sendo superior ela esta sujeita ao erro.

        Concorda que esta é a unica opção plausível para esse problema?

        Então eu tenho duas opiniões opostas baseadas na fé (o que é extremamente comum), uma é verdade, outra é mentira (uma pessoa crê que 2+2=5 e a outra que 2+2=4 por exemplo, mas pode estender isso para islamismo vs cristianismo), como você resolve esse embate sem recorrer a razão e buscando chegar na verdade?

        A razão é superior.

      • Anônimo

        Na verdade, Gabriel, eu não quis dizer que a fé supera a lógica.
        Quis dizer que com o passar dos tempos, fenômenos que eram atribuídos a vontade divina foram sendo explicados logicamente [e por experiência] pela ciência.

        Então, pela lógica, era de se esperar que a religião perdesse espaço. E não perdeu. Dai vem a minha frase: Felizmente, ou não, a fé supera qualquer explicação lógica. Só ver que há quem defenda o ensinamento do criacionismo [nao sei ao certo o termo] nas escolas.

    • http://www.facebook.com/fabiobracht Fabio Bracht

      Por que?

      • Lucas Almeida

        1 – Por que se você acredita em algo, este algo existe (na sua cabeça)…
        2 – Agora tente explicar logicamente para uma pessoa com fé em X que X não pode existir devido à vários fatores reais que podem ser calculados, medidos e entendidos por quase todos. A pessoa que tem fé em X não prestará atenção na explicação lógica, e só quer saber de defender o que ela acredita (mesmo não tendo provas concretas de sua existencia)

      • http://shotsarge.blogspot.com Marcio Sarge

        Mas pense, não acreditar em Deus também é uma questão de fé.

      • http://www.facebook.com/people/Isa-Belli/1584206490 Isa Belli

        Qual é o fundamento da lógica? A necessidade de lógica brota das nossas limitações, já que pequenos e egocêntricos que somos, precisamos de passos bem definidos e calculados o bastante para que mente e ego (li-mi-ta-dos que são!!!), possam acompanhá-los.
        Há sim, a fé doentia, mas nem toda fé é doentia. A fé não se vê, não se toca, mas se experimenta. Como o amor ou a dor. E quem há de dizer que o amor ou a dor, não existem?!
        Há tempos, se acreditava que o universo era quadrado, ou que a Terra era o centro do universo, ou que o Sol girava em volta da terra. Muitos morreram como loucos por afirmar coisas que hoje são verdades incontestáveis e pasme: ló-gi-cas! Mas naquela época, pelo menos para a maioria das pessoas era absurdamente sem lógica. Questionar, buscar, desvendar com interesse genuíno e liberdade de espiríto, sim, é válido, engrandecedor e necessário. Simplesmente contestar tudo, criticar e manter-se do alto da nossa arrogância e mesquinhez, diante do MUNDO infinitamente maior que nós, exigindo que apareçam provas, e que tudo faça sentido como um quebra-cabeças do qual temos acesso a todas as peças não me parece uma postura muito inteligente, não acha? Bom, é a minha opinião: a lógica nunca esteve nas coisas, e sim em nós e não necessariamente na nossa melhor parte ( e isso não é irracional, é constatado empiricamente).
        Boa reflexão! ;-)

      • Victor

        Putz, que lógica mais confusa a sua!!! A fé matou um monte de gente que afirmava coisas lógicas ou verdades incômodas, há séculos atrás, mas mesmo assim não deveríamos ser contra a fé, porque ela nos dá a “resposta” para o que não sabemos?!?!?! Deveríamos ter fé porque não podemos explicar todo o universo?!?!?!? Pense bem no que vc escreveu, talvez seja difícil pra vc, mas faça este esforço, a recompensa pode ser eterna!!! huahauhau

      • http://www.facebook.com/people/Leo-Neves/100001822037510 Léo Neves

        Porque a dúvida não leva a lugar nehum!

      • http://www.facebook.com/people/Hemílio-Xafranski/100000636384495 Hemílio Xafranski

        Acho que não no sentido de ser melhor, mas no sentido de que se você recebe uma explicação lógica que contradiz sua fé, você ainda pode continuar acreditando. Se você segue uma linha de raciocínio lógico e se convence de algo, você não tem fé neste algo, você sabe.

        Da mesma maneira se você recebe uma explicação lógica sobre algo em que acreditava e decide abandonar sua fé, a explicação lógica terá superado a fé. Tudo depende do que você faz com os estímulos a que é submetido. Afinal, nem fé nem raciocínio lógico existem fora do ser-humano, assim é impossível discutir ambos como se fossem experiências iguais para todos.

        Vale lembrar que toda explicação lógica tem base em um conjunto de idéias consideradas certas e estas idéias não são imutáveis, muitas vezes a ciência abandona idéias antiquadas para dar lugar a novas idéias, seguindo um novo raciocínio lógico.

        Concordas?

      • Anônimo

        Ao certo, eu não sei. Só sei que mesmo o ateu partilha da fé.
        Da fé que Deus não existe. Porque, convenhamos, não há como provar por A+B, que Deus existe. E nem que ele não existe…

      • http://www.facebook.com/profile.php?id=100000088922153 Wagner Menke

        Devemos acreditar então em extraterrestres e mula sem cabeça.

      • Anônimo

        Extraterrestres, talvez. Quem disse que estamos sozinhos nessa infinitude que é o universo?

        Agora, a ciência tem como provar que a mula sem cabeça não existe. Me prova cientificamente que Deus não existe.

        Boa sorte.

      • http://twitter.com/irtigor Igor R. Tiburcio

        A “prova cientifica” é a mesma. Ninguém nunca comprovou que viu (ou que de alguma forma ela interfere no “plano terrestre”) e, levando em conta o que conhecemos (a ciência), é extremamente improvável que exista, tenha existido ou vá existir.

        (era pra ser resposta ao comentário http://papodehomem.com.br/30-autores-fodas-falam-sobre-deus-e-ateismo/#comment-430730876 )

      • Raul

        Deus/Jesus – Prometeu livrar a Terra e a humanidade dos pecados e mazelas…

        ODIN – Prometeu livrar a Terra e a Humanidade dos gigantes do gelo…

        Alguém já viu um gigante do gelo por aí?

        Se fosse para acreditar, eu acreditaria em Odin

      • Anônimo

        então acredite em Odin. Chama como você quiser chamar. Eu só acho muita pretensão achar que isso tudo aqui se fez sozinho.

        E essa história de que Deus/Jesus prometeu livrar a Terra e a humanidade dos pecados e mazelas, depende de ponto de vista de cada religião. Eu não partilho dessa ideia.

    • Victor

      Só pra quem tem fé!!!

      Li sua explicação depois e estou editando o meu comentário. Sua frase faz todo o sentido. Pra quem tem fé, a lógica e a ciência não valem nem um bolinho de aipim com um copo de caldo de cana… Neguim usa celular pra falar com os parentes na puta que o pariu e acha trivial, mas chora de emoção quando vê a imagem de Nossa Senhora numa sujeira numa janela! Vai explicar….

    • http://www.facebook.com/FelipeAita Felipe Aita Sabot

      Felizmente ela supera uma explicação lógica, pois ela põe ordem no mundo, movimenta as pessoas, dá esperança (principalmente àqueles que só tem isso). Porém, existe algumas pessoas que simplesmente não precisam de uma fé em algo superior para tudo isso. Esses sim, pensam, indagam, duvidam, buscam informações, concluem por si mesmo. E não apenas abrem a garganta, deixam esse trambolho de informações e de ideias impostas pela sociedade descer sem digeri-las. A fé e a religião mantem a ordem no mundo. “Graças a Deus que ela existe!”Obs: Sou Ateu Agnóstico. (Ateu: não acredita em um ser superior. Agnóstico: não duvida que exista uma ser superior. Contraditório? Não. É difícil provar que algo não existe quando esse algo não é algo matemático, lógico, racional).

  • Rogerio

    O grande problema é que o ser humano é fraco, fraco em aceitar o fim (morte), aceitar que nem sempre a vida vai ser como gostaria que fosse. Além de ser incapaz de entender tudo que está a sua volta. E ai buscam apoio para tudo em Deus e na religião. 
    Muitas vezes tentaram me convencer a acreditar em Deus dizendo coisas como: “Como surgiu a vida no universo? Como podemos explicar isso ou aquilo?”.Porra! Só porque não podemos explicar temos que atribuir a Deus? Basta ser lógico, racional e consciente para viver bem e fazer esse mundo melhor.

    • http://www.facebook.com/alfarichard Michael Richard

      E só porque podemos explicar alguma coisa não devemos atribuir a Deus? E se tudo for apenas uma incrivelmente grande e complexa reação em cadeia que nós não entendemos, e que no início, realmente precisou de um “toque divino” para acontecer? ;)

      • Lucas Almeida

        e o que o ser divino faz desde então?

      • http://www.facebook.com/alfarichard Michael Richard

        Não tenho a mínima ideia. 

        Talvez tenha deixado uma câmera gravando ou tenha redirecionado os logs para um servidor geral de backup para analisar os dados colhidos depois que voltar das férias no universo D55&7. =) 

  • Lfferreira

    Aguardo um próximo vídeo sobre cristãos falando sobre Deus. Ou será que aqui não pode?

    • http://www.facebook.com/fabiobracht Fabio Bracht

      Pode sim. Manda pra gente. 

  • http://www.facebook.com/pontesthiago Thiago Pontes
  • http://www.estrategistas.com/ Paulo Roberto

    Espetacular.
    Obrigado por compartilhar o vídeo.

  • Danilo Freire

    Concordo com quase tudo, embora rigorosamente me considere agnóstico.

    Só acho fuen essa fixação pelo cristianismo.

    • Ascal

      a) por que necessariamente essas pessoas são OS caras fodas pra falar disso? Por causa da excelente oratória que possuem? Pergunto porque a tendência é a gente achar que o cara é foda e por isso o que ele diz é foda também. E nem sempre é assim.

      b) eu esperava ouvir opiniões sobre DEUS E ATEÍSMO, como o título sugere e não sobre o cristianismo.

      Ainda assim, falar disso é sempre muito libertador. Valeu Bracht!

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100000088922153 Wagner Menke

    Os Quatro Cavaleiros do Ateísmo, também muito bom.

    http://www.youtube.com/watch?v=9DKhc1pcDFM

    PS: Procurem a segunda parte.

  • http://www.facebook.com/people/Mel-Tupinambá/100001565108643 Mel Tupinambá

    “Se você tem um texto sagrado que te diz como o mundo começou, ou qual a relação entre este deus no céu e você, isso corta toda a sua curiosidade, e o senso de querer descobrir todos esses mistérios. Você simplesmente diz ‘ah, isso é mistério’ ou ‘a mente de Deus ninguém consegue ler’ ou ‘Deus escreve certo por linhas tortas’. Isso corta uma fonte de admiração. ” 
    Isso é papo p/ boi dormir, vááários cientistas/matemáticos/ físicos/ astrônomos acreditavam em um Deus ou numa “força maior”. Alguém aqui já ouviu falar em Nicolau Copérnico, Johannes Kepler, Galileu Galilei, René Descartes, Isaac Newton, Albert Einsten… Aliás, quem aqui lembra do famosíssimo epíteto de Einsten sobre o “principio da incerteza” onde ele dizia “Deus não joga dados” Adoro uma das citações dele onde dizia que “ciência sem religião é coxa, religião sem fé é cega” Todos eles (ainda poderia citar muuuitos outros) mudaram os conceitos (alguns criaram conceitos que usamos até hj!) da época em relação a matemática, física, química, astronomia que conhecemos hoje. E olha que eu estou falando da velha guarda. É muito fácil eu emitir uma opinião (pq por mais fodas q sejam os autores do artigo, vale lembrar que nada mais são do que OPINIÕES) com base no que um intelectual disse pq, afinal de contas, ele deve saber do q tá falando… Peloamordedeus, gente!! rsrs 
    Sinceramente, não concordo com uma palavra do que foi dito no artigo, mas esta é A MINHA opinião. E creio também, que uma coisa não exclui a outra. Prova disso são os cientistas modernos (ahhh… vc não sabia?? Pois é, eles existem e são bem famosos…!!!) Werner von Braun, alemão, engenheiro de foguetes e durante a década de 60 foi diretor do Centro Marshall de Vôo Espacial, num prefácio de um livro (se alguém souber qual, por favor me avisem?? Valeu!! ;*) ele diz: “Acho tão difícil compreender um cientista que não reconhece a presença de uma “razão superior” atrás da existência do Universo como compreender um teólogo que nega os avanços da ciência…” Henry Schaefer, químico na Universidade da Geórgia, foi nomeado nada menos que 5 vezes ao prêmio Nobel, em entrevista a revista U.S News & World Report ele diz: “O significado e a alegria em minha ciência vem naqueles raros momentos em que descubro algo de novo e digo a mim mesmo: ‘Pois foi assim que Deus o fez!’ Meu alvo é compreender um pequeno ângulo do plano de Deus”. Arthur Schawlow, professor de física na Universidade de Stanford recebeu o prêmio Nobel em 1981, e ele diz: “Parece-me que quando confrontado com as maravilhas da vida e do Universo, a gente precisa perguntar ‘por que’ e não ‘como’. As únicas respostas possíveis são religiosas… Percebo a necessidade de Deus no Universo e em minha própria vida.” Não deveria haver conflito entre cristianismo bíblico e ciência, entre a fé e a razão. Mas, vamos combinar que tudo isso é muuuito fascinante!!! Eu procuro ver como uma questão de aposta, eu vejo assim… E aposto todas as minhas fichas no cristianismo (não o bitolado, onde te empurram tudo goela abaixo mas, no cristianismo onde eu mesma vou lar buscar respostas, conhecimento, direções… não por temer que Deus vai mandar um raio cair na minha cabeça caso mije fora da bacia mas, por querer acertar, mais do que errar, querer ser um ser humano melhor, mais ético, com mais compaixão, com parâmetros…) e no fim das contas, se o cristianismo tiver errado, bom, terei eu vivido bem, sem excessos, feliz e tranquila… Agora, se estiver certo… E VOCÊ, ONDE ESTÁ APOSTANDO SUAS FICHAS??? 
        

    • http://www.facebook.com/people/Jonathan-Oliveira/596873110 Jonathan Oliveira

      perfeito

    • http://wagnerhm.wordpress.com Wagner Hoffmann Machado

      Hey! Rola um “ladies room” com a Mel?

      Se ela conseguir organizar bem as ideias, acho que da um texto, no mínimo, tão interessante quanto este (ou não).

      O post foi bom, valeu PdH pela qualidade, mas não, não sei inglês porr… quem sabe um dia né?

    • http://www.facebook.com/profile.php?id=100000088922153 Wagner Menke

      Mel, o interessante pe notar que esses cientistas que você citou são notáveis porque eles sabem bem separar seus estudos científicos de sua religiosidade. Os que misturam as coisas não obtém reconhecimento…
      Para refletir: você nasceu atéia! Aliás, você é atéia para todas as outras divindades! A diferença entre você e os ateus desses texto é que eles acreditam em um deus a menos que você!!!
      Para sua fé estar correta, todos as outras devem estar erradas. Isso não é meio egoísta?

      Abs

    • Felipe Cirne

      Isso que voce falou se chama a aposta de pascal , da uma olhadinha no video!

      http://www.youtube.com/watch?v=xu6PGFFzPes

    • Victor


      vááários cientistas/matemáticos/ físicos/ astrônomos acreditavam em um Deus ou numa “força maior”. Alguém aqui já ouviu falar em Nicolau Copérnico, Johannes Kepler, Galileu Galilei, René Descartes, Isaac Newton, Albert Einsten… ” De todos estes, só Einstei tinha opção de ser ateu, todo o resto, se afirmasse que não acreditava em Deus, iria pra fogueira ou sofrer sérias consequências! Leia um pouquinho mais ou pense mais antes de afirmar tais baboseiras… 

      • Conviva

        tsc tsc tsc

        até mesmo René Descartes e Isaac Newton?

        Tem certeza?

        Leia um pouquinho mais ou pense mais antes de vomitar tanta arrogância

        E ela citou alguns outros cientistas… a lista prossegue… vc pode falar com professores pesquisadores da sua faculdade também (caso vc faça algo relacionado à área), ou saber de outros pesquisadores, etc.

        Enfim, não precisa nem mesmo ir tão longe no tempo e no espaço para encontrar um número razoável de pesquisadores não-ateus.

        O que vai de encontro diretamente com “Isso corta uma fonte de admiração” proposto pelo Ian McEwan.

      • Conviva

        Descartes e Newton são precursores do Iluminismo, cuja uma parte significativa de pensadores acreditavam no tal “Grande Relojoeiro”.

    • Jean_csouz

      Minha amiga, eu li o inicio e soh tenho uma coisa a dizer… ficar com frases prontas, jogar elas, sem um texto, um contexto, uma ideia, eh horrivel e não serve para argumentos… obrigado, volte sempre

  • http://www.facebook.com/people/Júlivan-Arantes-da-Silva/100001032282778 Júlivan Arantes da Silva

    Cheguei à conclusão que para ser ateísta você precisa ter tanto quanto ou mais fé que uma pessoa que crê em Deus. Não estou falando das óbvias contradições bíblicas, não me dou nem ao trabalho de argumentar com fanáticos.

    Mas pense bem… qual a probabilidade de que o acaso configure as coisas para que você conseguisse nascer? O simples fato de o seu espermatozóide ter sido o “vencedor” já pode ser considerado um milagre, mas para que isso acontecesse, infinitos outros fatores conspiraram antes para que você surgisse. Se sua tataravó estivesse com diarréia quando deu para o seu tataravô e gerou seu bisavô, você não teria nascido.

    Enfim, não tenho certeza de nada. Mas acho tudo muito estranho. Acredito em Deus.

  • Thiago Guarnieri

    A crítica desse pessoal é mto voltada para o velho testamento. O que é compreensível visto que tem altos casos de matança em tese “injustificada” lá. Mas é injusto culpar só o cristianismo por isso. Jesus veio justamente pra rever essas coisas do VT.

  • http://www.facebook.com/people/Leo-Neves/100001822037510 Léo Neves

    A bíblia é um ótimo livro de história. Conta a trajetória de um povo, a vida de um homem condenado por sua fé e acontecimentos relevantes de Roma e sua religião.
    É como ler qualquer livro, você absorve o que quiser. Como disse Paulo: Leia de tudo, recolha o que é bom.
    Agora, eu não acho que religião e a fé sejam coisas que temos que jogar fora. Jà que são coisas humanas.
    A religião, a teologia nasceram de uma necessidade nossa. De conhecermos nosso criador, como Frankenstein, que queria conhecer seu criador. E não é uma vida simples. Exige muito estudo. Assim como a ciência.
    Por algum motivo nós queremos saber a nossa origem. Lembrando que nossa origem nunca foi provada.
    Como elementos não orgânicos se transformariam em orgânicos é um mistério até hoje.
    Biogênese. A abiogênese não funciona, já foi provado.
    Eu não acredito em perfeição, no sentido de imutabilidade, e sou religioso.
    O importante é: Temos que ir transformando a religião conforme o tempo passa. Tornando-a algo mais adequado a uma nova realidade.

    • Victor

      Ou seja, a religião se prega como verdade absoluta, mas esta verdade absoluta tem que se moldar ao tempo onde ela é pregada. Logo, não é verdade absoluta!

      Religião é uma verdade relativa, varia em função da cultura e da época onde é pregada. Há dois mil anos era crível alguém sacrificar o próprio filho pra um Deus qualquer, hoje em dia, na nossa cultura, não. 

      Hoje em dia o catolicismo não admite casamento entre homossexuais, mas talvez um dia admita, assim como se afirmava há poucos séculos que os negros não eram merecedores dos reinos de céus e hoje em dia nem se comenta mais nisso…

  • http://www.facebook.com/people/Mel-Tupinambá/100001565108643 Mel Tupinambá

    Disse T.U.D.O!

  • http://www.facebook.com/people/Mel-Tupinambá/100001565108643 Mel Tupinambá

    Realmente, Rogério… crer que viemos de uma AMEBA faz muuuito mais sentido p/ mim… rsrs… pqp… rsrs

  • http://www.facebook.com/dandanillo Danillo Santos

    Não vejo nada de espetacular ou de extraordinário nas citações dos autores. É a velha história do ateu que, para definir o religioso (ou seria rotular?), toma como exemplo pessoas com um baixíssimo grau de instrução como a empregada, o porteiro, o faxineiro… Converse com um cristão que está fora desse universo limitado que os ateus insistem em tomar por amostragem, a meu ver, de forma bastante tendenciosa e preconceituosa, e ouvirá sobre suas crenças explanações que vão muito além do “mas Deus quis assim”. Para os ateus, não existem crentes letrados. São todos burros, são a massa de manobra, são os ignorantes capazes de entregar todas as suas economias para o pastor em troca de uma vaguinha no céu. É evidente que encontraremos religiosos desse tipo aos montes. Mas por que insistir que é essa a realidade de todo aquele que professa uma fé? Por que os ateus, sempre tão sábios e estudados, têm tanta dificuldade em transpor essa visão? Qual seria o interesse e necessidade de tentar manter o conceito do crente > mal instruído > ignorante > blá blá blá? Vejo nesse hábito dos ateus se referirem à religião como fuga para a fraqueza humana uma necessidade de afirmação tão grande que,  às vezes, chego à vê-los como seres ainda mais “fracos” que os religiosos. Citações como “Eu gostaria de atribuir aos ateístas um senso muito maior e mais vivo de interesse e conexão com o mundo” ou o famoso blog Ateuligente, para mim, apenas confirmam isso. É meio que a versão “descrente” do “tenho orgulho de ser católico”. O fanatismo dos ateus é tão (ou mais) intrigante que o dos crentes.

    • http://profiles.yahoo.com/u/X5BQRT5I4XXEW3JHTW2CYMVVLU Fernando

      Cara,
      você falou tudo.

       

      E
      digo mais. Sempre tendemos a achar incrivelmente interessante, obviamente
      lógico, e decididamente irrefutável todo argumento que se alinhe com nossas
      crenças e preferências mais intimas. Seja a de que um grupo de rock ou seriado
      é realmente único e espetacular, seja a existência ou não de Deus, seja
      posições políticas. A fala do vídeo é de um publico tendente ao ateísmo para um
      publico igual (que encontraram no vídeo argumentos incrivelmente interessantes,
      obviamente lógicos, e decididamente irrefutáveis).

       

       

      O
      Pdh faz questão de ser conhecia como uma revista pluralista, de todos e para
      todos os públicos, e adoro isto nela. Mas é uma pena “sentir” (falo da sensação
      que EU sinto) de que há sempre uma tendência mais para o lado do ateísmo e,
      graças a Deus (ou não, sabe lá), o budismo. Difícil talvez seja reconhecer o
      vício.

       

      Quanto
      à existência de Deus: eu acredito. Mas acredito mais ainda que toda verdade é
      empírica, ou seja, nos é impossível ter um contato direto com a verdade, antes
      o que nos é verdade é o que podemos discernir dela através de nossa experiência
      pessoal com os ditos fatos. Se não posso provar nem que a maçã é vermelha,
      dir-se-á a existência/não existência de Deus.

       

      Em
      um dos textos do Alex sobre a temática ele finaliza com a conclusão que seu
      ateísmo tinha mais a ver com ele do que com a própria existência de Deus. O
      fato era que ele preferia viver num mundo onde Deus não existisse. E eu num que
      ele certamente exista.

       

      O
      resto (argumentos, fatos, axiomas, posts sobre ET’s ou elefantes roxos que
      flutuam, sobre existência ou não de Deus) só serve para nosso deleite ou auto-afirmação.
      E costumo utilizar para os dois motivos.

    • Roni

      Reclamou de certos ateus que rotulam os crentes, mas foi exatamente isto que você fez com os ateus. Reconheço que existiu, existe e existirão religiosos inteligentíssimos. Porém, nenhum deles, após séculos e séculos de crença, conseguiu apresentar uma única evidência ou argumento lógico a favor da existência do divino.
      Eu lhe explico por que alguns ateus parecem ser fanáticos: usar a razão, buscar evidências, ser cético, pensar, duvidar, é algo que produz muito resultado e deixa a fé irracional no chinelo. Entenda o nosso lado, é difícil pra nós compreender como as pessoas conseguem se enganar tanto. E ainda temos que conviver com as consequências de tanta irracionalidade…
      Por que nós deveríamos ficar quietos ao perceber que as pessoas acreditam em algo pela simples conveniência, falta de informação, senso comum, etc, sem se basear em evidências e argumentos?

      • http://www.facebook.com/dandanillo Danillo Santos

        “é difícil pra nós compreender como as pessoas conseguem se enganar tanto ” / ”pessoas acreditam em algo pela simples conveniência, falta de informação, senso comum”. Apenas reforçou meu comentário sobre a postura de alguns ateus. Obrigado por sua “justificativa” sobre o fanatismo de alguns ateus. Questiono: considera o fanatismo ateu como algo inteligente? Outro ponto curioso: “ Por que nós deveríamos ficar quietos ao perceber que as pessoas acreditam em algo…”. No que isso tanto lhe incomoda, caro amigo? Qual sua dificuldade em aceitar um mundo onde existe uma opinião, uma forma de percepção tão diferente da sua? Você parece, assim como boa parte dos ateus, analisar e classificar tudo por um prisma formado por uma conjunção de verdades absolutas. Mas… Espere aí. Em verdades absolutas quem acredita não são os religiosos? Poutz… Fiquei ainda mais confuso! :P

      • Roni

        Eu me justifiquei sim. Disse que mesmo os religiosos mais inteligentes não apresentaram nem evidências nem argumentos. Pois então, se você acha que eu estou errado e não apresentei justificava, apresente as evidências e argumentos que baseiam sua crença. O ônus da prova é todo seu. Desdenhar não vai te fazer ter a razão.
        Não sou fanático e considero qualquer forma de fanatismo algo deplorável. O que tanto me incomoda meu caro, é o que eu disse no meu comentário: o mal causado pela fé. Quando eu era religioso nem imaginava o estrago que a religião causa e sempre causou à sociedade. Quem dera a religião e afé fossem inofensivas… E não estou falando só do catolicismo, só das Cruzadas, Inquisição, caça às bruxas, conflitos religiosos dos mais variados, e barbaridades que são feitas em nome de um deus… Falo também da doutrinação que é feita desde a infância, desencorajando o pensamento crítico, a duvida, a pesquisa e a reflexão, aceitando dogmas sem nenhum questionamento, desacreditando a ciência… Tudo isso só para ser breve.
        Não tenho verdades absolutas, nem convicções! Estou sempre aberto a novas evidências e argumentos. Você se engana se pensa que virei ateu da noite para o dia. Estou sempre aberto à argumentação, sobre absolutamente qualquer assunto.

      • Nando

        Não foi a religião que causou estragos no mundo, e sim a intolerância religiosa. Se não houvesse religião o motivo para guerras seriam outros, qualquer outro que buscassem o poder.

    • Henrique

      Como ultimamente vem surgindo correntes religiosas mais, digamos, “fanáticas”, principalmente entre as igrejas cristãs na américa do norte, os ateus estão se sentido no dever de “combater”. 

      Acho que existem vários pontos válidos na critica a religião, e também aplaudo por alguém se atrever a criticar um tabu, mas que ainda hoje é usado p/ manipular e explorar milhares de pessoas que se encontram em posições de fragilidade e buscam apoio em alguma igreja ou culto.

      Mas acho também que estes autores tem apresentado suas críticas de maneira tão pedante, e diminuindo tanto as pessoas com visão contrária as suas, que acabam sendo tão fanáticos quanto os que eles tentam criticar.

      O verdadeiro oposto de teísmo é o humanismo, não o ateísmo. O último é só uma aversão ao primeiro, mas que não muda o foco (existência ou não de Deus) nem oferece uma nova maneira de pensar o mundo.

      • http://www.facebook.com/profile.php?id=100000088922153 Wagner Menke

        Não é isso. Existe uma pesquisa que constata que os ateus são os seres mais rejeitados de uma sociedade. Mais que prostitutas e homosexuais. O.o

        As recentes manifestações dos ateus tentam, de algum forma, reverter essa situação.

      • http://www.facebook.com/dandanillo Danillo Santos

        Rejeitados? Vai tentar emplacar o discurso da minoria oprimida? Um ateu é mais discriminado que uma prostituta? Desculpe, não colou…

      • http://www.facebook.com/profile.php?id=100000088922153 Wagner Menke

        Bom Danillo, pesquisas geralmente são feitas com base em uma metodologia, e não na fé. Se você questiona a metodologia da pesquisa, bem. Contribui.

        Vou reproduzir o que disse Daniel Sottomaior em resposta ao Ives Gandra, publicado na FSP:
        “Para entender como se sente um ateu no Brasil, basta imaginar um país que dá
        imunidade tributária e dinheiro a rodo a organizações ateias, mas nenhum às religiosas; que obriga oferecimento de estudos de ateísmo em escolas públicas, onde nada se fala de religião.

        Um país que assina tratados de colaboração com países cuja única atividade é a promoção do ateísmo; cujos eleitores barram candidatos religiosos; que ostenta proeminentes símbolos da descrença em tribunais e Legislativos (onde se começam sessões com leitura de Nietzsche) e cuja moeda diz “deus não existe”.”

    • Tidemcruz

      Danilo achei ótimo sua colocação. Os ateus se acham bons excluindo a maioria, se fosse um sistema a ser adotado pela sociedade já em início excluiria muitos. Jesus é gênio, ele vem para todos que o aceitarem, não exclui ninguém e segmenta ninguém por tipo, raça, desenvolvimento e mais ainda dividiu o mundo em duas eras após sua morte, antes e depois de Cristo. Porque iria ouvir um bando de ateus que acham em suas reflexões um meio de se exaltarem.

      • Henrique

        Putz. Lê seu comentário de novo e olha como você conseguiu se contradizer.

      • http://www.facebook.com/dandanillo Danillo Santos

        ops… tb não entendi!

    • Felipe Cirne

      So digo uma coisa Generalizar é um erro! do mesmo jeito que se um ateu disser que é ateu em qualquer meio religioso vai ser descriminado também!

    • Victor

      “ toma como exemplo pessoas com um baixíssimo grau de instrução como a empregada, o porteiro, o faxineiro…”
      Mas que preconceituoso, caro Danillo Santos !!! Quem te afirmou que todos as empregadas e porteiros são estúpidos??!?!?! E quem disse que todos eles acreditam em Deus? Preste mais atenção no que vc acredita e principalmente no que vc escreve…

      • http://www.facebook.com/dandanillo Danillo Santos

        Devolvo-lhe o conselho, Victor. Preste mais atenção ao que as pessoas escrevem, assim evitamos comentários sem sentido, assim como o seu. Vamos ler novamente: toma como exemplo pessoas com um baixíssimo grau de instrução. Me refiro à essa classe como pessoas de baixo grau de instrução, não estupidas. Tentar descontextualizar algo que outra pessoa escreve não é uma forma muito honesta de produzir os resultados que você espera.

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100001317628816 João Brizzi

    Falaram sobre a necessidade de existir um criador de tudo e também sobre agnosticismo…

    Bom, os dois tão meio relacionados. O agnóstico, normalmente, se descreve com uma pessoa que não segue nenhuma religião mas que não pode descartar a existência de um deus, uma vez que não há provas quanto a isso. Por um lado, isso é uma posição bastante inteligente, uma vez que não dá pra saber de onde todas esses átomos vieram e, de uma forma ou de outra, não dá pra provar mesmo.

    Aí entra a outra questão: o argumento do ateu que justifica que ele seja ateu por meio de uma argumentação inteligente é o de que não há NECESSIDADE de existir uma entidade maior que criou tudo ou que rege o mundo. Ninguém precisou criar algo que sempre existiu e o mundo funciona pura e simplesmente por funcionar. Pessoas acumulam experiências e tomam decisões todos os dias, e isso não é nada divino.

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100001317628816 João Brizzi

    E o argumento do McEwan é muito bom e diz respeito a discussões cotidianas. Não é raro eu me ver em uma situação, ou ver algum amigo em uma situação em que um cristão pergunta: “Ué, se você é ateu, o que te impede de matar, roubar e tudo o mais?”. E isso me enoja.

    Enoja por perceber que essas pessoas só são solidárias, só fazem favores e tudo o mais pra garantir um lugar no céu ou seja lá onde elas essas pessoas acreditam que vão para após a morte. Esse tipo de coisa tem exemplos práticos na vida que mostram que tomar atitudes por recompensas nunca dão certo: todo mundo ficou/conhece alguém que ficou com uma guria por conta de uma aposta. Quantas dessas gurias descobriram que esse era o único motivo e ficaram putas da vida com o cara?

    Pois é. Muito mais nobre é o cara que faz isso por a+b. Você muda o mundo por achar que vale a pena, por achar que as outras pessoas merecem uma vida melhor, precisam sorrir, precisam de provas concretas de que, apesar de estarmos na lama, de vez em quando tem coisas bonitas pra se apreciar.

    E é por isso que eu sou ateu. Por saber que quase ninguém ora pro mundo melhorar, mas que muita gente toma atitudes pra fazer o dia de um ilustre desconhecido ser melhor.

  • http://www.facebook.com/people/Luís-Felipe-Xavier/100001655678935 Luís Felipe Xavier

    Matar primogênitos para libertar seu povo ou jogá-los em câmaras de gás em Auschwitz para manter pura a sua “raça”. Eu não vejo nenhuma diferença…

  • http://estadodearte.wordpress.com/ Rafa

    Eu acho que o próximo post deveria ser sobre o “Backfire effect”

    http://youarenotsosmart.com/2011/06/10/the-backfire-effect/

    Basicamente, deveríamos mudar nossas crenças em função de fatos ou informações novas. O que acontece é justamente o contrário: quanto mais uma convicção é refutada/negada, mais forte a crença se torna.

    • Anônimo

      … pois essa é a essência da crença, da fé … e não pode ser compreendida pelo racionalistas justamente pelo fato de ser ignorada como sentimento.

      Fé, não é Racional.

      • http://estadodearte.wordpress.com/ Rafa

        É, é exatamente isso! =D

  • http://www.facebook.com/viictor7 Victor Alexandre

    A questão é bacana. A posição dos autores vale apena ser ouvida e até compreendida. Não é poque eu acredito em Deus que taparei meus ouvidos aos ateus.

    Seria bom né se todos nós errássemos e logo fossemos perdoados. Pra mim, o ser humano é o único responsável pela sua má sorte. Quanto ao caso de a Bíblia mandar amar aos nossos inimigos e não conseguirmos, isso, é falha nossa, de novo.

    Seria bom parar de choramingar, de colocar a culpa das desgraças nas costas de Deus. ‘Só acontece porque ele permite’. Suas glórias também acontecem porque ele permite, cabrón.
    Parar também de colocá-lo na incumbência de resolver seus pepinos. Seja dono dos seus erros, da sua sorte. Precisa mesmo por toda besteira dizer: ‘Deus, me ajude’?

    Enfim, gostei da matéria. Pena que mesmo sendo ótimos autores, ainda não são convincentes. Pra mim não. Expliquem aí como surgiu o mundo e a humanidade, ok?!

    • http://www.facebook.com/fabiobracht Fabio Bracht

      Como surgiu a humanidade, já foi explicado. 

      Quanto ao surgimento do universo, é algo que ainda se estuda. Há explicação? Ainda não. Então temos a oportunidade de responder de duas formas:

      - “Surgiu porque Deus fez”. 
      - “Não sabemos como aconteceu, mas estamos tentando descobrir”. 

      Em resumo: o fato de não conseguirmos explicar os motivos de algo NÃO SIGNIFICA que a resposta seja automaticamente “Deus”. 

      • http://www.facebook.com/alfarichard Michael Richard

        “Em resumo: o fato de não conseguirmos explicar os motivos de algo NÃO SIGNIFICA que a resposta seja automaticamente ‘Deus’.”

        Exato. Mas seguindo a linha de que eu propus em um comentário acima: “O fato de conseguirmos explicar os motivos de algo, não significa que não podemos dar o crédito a Deus”.

        Baseado nisso, há um terceira resposta para a questão do universo, que é:

        - Não sabemos como aconteceu, mas estamos tentando descobrir como Deus fez. =)

      • Rafael.

         Na obra de Stephen Hawking, essa hipótese da origem divina está descartada, logo, podemos sim, com base em pesquisa cientifica retirar a hipotese divina da criação do universo.

      • http://www.facebook.com/alfarichard Michael Richard

        @4a65ae72b4d7a9a784ed24ce6f69627c:disqus 

        Infelizmente eu nunca tive a oportunidade de ler a obra de Stephen Hawking. Porém, até onde eu conheço, da mesma forma que não é possível comprovar a existência de Deus, também não é possível comprovar a sua não-existência. Sendo assim, como uma hipótese pode ser descartada se ainda não foi comprovada?

      • Danilo Freire

        Michael, essa sua objeção esbarra no chamado argumento do bule voador e tem a ver com o que em teoria da argumentação chamamos de ônus da prova. É bem simples: a prova da alegação cabe ao autor da alegação.

        Em Direito Penal, por exemplo, o ônus da prova cabe ao Ministério Público, pois é ele que formaliza a acusação ”fulano cometeu o crime x”. Tecnicamente falando, significa dizer que o réu não precisa se defender da acusação, fazer prova da inocência; ao contrário, o MP é quem precisa provar a culpa.

        Agora aplique isso a deus. É evidente que alguém primeiro disse: ”deus existe e é desse jeito”. Afinal, não faria sentido alguém, do nada, dizer ”opa, deus não existe”, concorda? Pois então, tecnicamente falando, os ateus não têm nenhuma obrigação de provar a inexistência; o ônus é inteiramente dos crentes e isso ainda não foi feito inequivocamente.

        O argumento do bule voador é simples. Digo aqui e agora categoricamente que existe um bule voando na órbita terrestre. E agora você que se vire e prove que isso é falso. Bobo, né? Pois é isso que fazem os crentes ao afirmarem o que você afirmou aí. ;)

      • http://www.facebook.com/profile.php?id=100000088922153 Wagner Menke

        “Infelizmente eu nunca tive a oportunidade de ler a obra de Stephen
        Hawking. Porém, até onde eu conheço, da mesma forma que não é possível
        comprovar a existência de Deus, também não é possível comprovar a sua
        não-existência. Sendo assim, como uma hipótese pode ser descartada se
        ainda não foi comprovada?”

        Então, com essa linha de raciocínio, você deve se sentir obrigado a acreditar em extra-terrestres, mula sem cabeça, papai noel, Frodo, Harry Potter, Pé Grande, enfim… qualquer merda.

      • Alice

        Essa sua comparação não acrescentou nada em minha vida. Os ATEUS falam muito, mas no final não dizem nada. Sou evangélica e acredito em DEUS e não em religião. Vejo ele nas formas de AMOR. Vc acha mesmo que eu vou deixar de acreditar em Deus pra acreditar nos HOMENS que hoje destroem o MUNDO me polpe néh. Não critico sua opinião, mas pra mim não serviu de NADA tudo sem nexo.

      • Danilo Freire

        Você está certo, Conviva, é que não achei necessário fazer essas ressalvas.

        http://pt.wikipedia.org/wiki/Bule_de_ch%C3%A1_de_Russell 

      • http://www.facebook.com/viictor7 Victor Alexandre

        Certo. Mas, não se trata de dar total crédito a Deus.
        Se trata de eliminar respostas e ir para um consenso maior. Afinal, fé não é acreditar naquilo que se pode provar, e sim naquilo que ultrapassa nosso entendimento, naquilo que sentimos. Mesmo sem poder vê-lo.

        Assim:
        O Universo não veio de uma bola de fogo que esfriou e seres vivos nasceram.
        Nós não evoluímos de macacos, se fosse esse o caso, hoje existiriam macacos se tornando humanos.

        Então, a partir do ponto que (acredito eu) Deus nos criou, então o que impede de dar o braço a torcer dar a ele o certificado de criador do universo? Ou ele ia criar seres humanos e deixá-los soltos no vácuo?

        Então, concordo sim com a sua questão de tentar descobrir. Mas levemos em conta a questão do nosso amigo MIchael Richard: Podemos tentar descobrir como Deus fez.

      • Danilo Freire

        Nós não evoluímos de macacos, se fosse esse o caso, hoje existiriam macacos se tornando humanos.

        E os lobos até hoje estariam se tornando cachorros e os gatos selvagens se tornando domésticos. E plantas se tornando outras plantas e assim sucessivamente. Correto?

        Este é um argumento de quem não compreendeu corretamente a teoria da evolução. Nem os cristãos de bom senso o usam mais. Não é pecado aceitar a correção da teoria e ela, por incrível que pareça, não é incompatível com a bíblia. :)

        Por fim, o evolucionismo não tem qualquer relação necessária com a origem do universo (darwinismo não é big bang e vive-versa).

      • Henrique

        Então Victor, a questão é o modo de pensar: você pode pensar de maneira causal ou não.

        Por exemplo, se você assumir que toda existência tem um propósito, a explicação que cabe é a da causalidade: servimos a algum propósito (que podemos desconhecer ou não), e a causa de tudo é Deus. Essa é uma maneira muito natural de pensar se você considerar que somos seres humanos e, limitados na nossa capacidade de percepção, não conseguimos conceber efeito sem causa, muito menos a escala de tempo em que as coisas acontecem no universo a nossa volta.

        Por outro lado, nada te impede de pensar que as coisas possam simplesmente existir, sem algum propósito específico e portanto, sem causalidade. É simplesmente uma maneira diferente de exercitar a “fé”, percebendo que as coisas podem ser como são por uma sucessão de interações entre diferentes coisas, mas sem depender de uma fonte única e discernível de causa (ex. Deus).

        Também é aceitar que talvez nunca expliquemos como tudo começou porque pode ser que, de fato, não exista nem um “momento inicial” discernível também. Particularmente eu acredito nisso porque, ao acreditar que existiu um “início”, implica acreditar que também existe um “fim”, o que contradiz a natureza em todas as coisas sendo que nela nada é linear, tudo é cíclico (infinito).

      • http://www.facebook.com/rodrigootavio.marimrodrigues Rodrigo O. M. Rodrigues

        Nos não evoluímos dos macacos vc no mínimo faltou na escola no dia dessa aula, nos e os macacos temos um ANCESTRAL em comum, tanto o homem quanto o macaco são primatas os Lemures tbm são primatas porém somos animais distintos apesar de sermos da mesma espécie. 

    • Rafael.

       Este mundo, o planeta Terra, já tem sua origem decifrada, a humanidade assim como os outros animais também.

  • Jonathan

    Não tenho fé suficiente para ser ateu.

    • http://www.facebook.com/profile.php?id=100000088922153 Wagner Menke

      Mas você nasceu ateu. Você é ateu para os outros deuses. A deferença entre nós é que acredito em um deus a menos que você!

      =)

  • Michel Colombo

    Enquanto os ateus não se desprenderem de religiões autoritaristas, como o catolicismo, evangelismo e a grande maioria das violentas e sangrentas, sempre haverá esse pretesto de irracionalidade.  (Deus bom que mata crianças e me obriga a curvar-me para chegar aos céus)

    Tão brilhantes e tão desatualizados. Dá um pulinho em qualquer livraria, pega qualquer coisa sobre espiritismo Kardecista. Aí, velhinho, vcs vão ver o que é logica.  Sem lenga lenga, sem exageros e sem misticismo. Sabe a tal da lei: Pra toda ação existe uma reação igual ou contrária? Começa por aí… 

    • Henrique

      O Kardecismo tem um argumento interessante Michel, visto que foi concebido numa época em que o pensamento científico estava em voga.

      O problema é que já parte de uma premissa que você tem que aceitar: a existência de espíritos. Ou seja, só muda o foco de “Deus existe ou não” para “espíritos existem ou não”.

  • http://www.facebook.com/people/José-Guilherme-Pessoa-Trindade/100002064904942 José Guilherme Pessoa Trindade

    Ótimo texto, ótimo video, mas uma questão que não foi levantada e é de cabal importância é sobre como, quando e onde foi escrito esses textos.

    Criticam um texto milenar, como obra exclusiva, como algo atemporal, o que na verdade não é.

    Os homens escreveram a Torá, a Biblia e o Alcorão.

    Os homens são influênciados pela sociedade e pelo tempo em que vivem, ignorar isso é burrice.

    É mesma coisa que uma pessoa ler qualquer texto milenar e levar ao pé da letra, esses estudiosos fizeram a mesma coisa, se igualaram aos religiosos que fazem isso, pois acreditam nessa raiz imortal e atemporal dos textos, esquecem que homens escreveram, parece que esses  ateus acreditam realmente na existência de algo divino, e são apenas contra as ideias dele, não sei o motivo disso, talvez não pensem assim,  mas chega a ser leviano.

    É como condenar os escritos dos filósofos politicos do século XVI e XVII por pregarem um estado centralizador.

    Não dá, é preciso uma refelxão maior.

    • Henrique

      Religião e religiosidade são coisas diferentes.

      Religião é um conjunto de dogmas e crenças, que muitas vezes tem como base alguma compilação de escrituras como a Bíblia ou a Torá, e é parte de uma cultura. Religiosidade, por outro lado, é a experiência pessoal, que é difícil de transmitir, o que muitos chamam “fé” (“fides” em grego, a firme opinião de que algo é verdade sem prova de que é verdade).

      Ou seja, todos os religiosos exercitam a fé (a crença em algo que não precisa ser provado verdadeiro), o que muda é o sistema (religião). No caso dos livros sagrados, se a religião tem como base fundamental estes, não existe outra interpretação que não a literal. É aí que a racionalização e fé não se misturam, portanto não há como criticar religião sem criticar a fé incondicional ao que dizem escrituras antigas.

      • http://www.facebook.com/people/José-Guilherme-Pessoa-Trindade/100002064904942 José Guilherme Pessoa Trindade

         Henrique, Lutero foi um dos primeiros homens que
        traduziram a Bíblia, pq as missas eram rezadas em Latim, e o povo não entendia.

        Lutero deixou a igreja católica (por diversos motivos e fundou a sua), tempos
        depois a igreja católica adota algumas mudanças propostas por Lutero.

        Ocorreu então uma nova interpretação do “livro sagrado” e assim vem
        sendo durante anos principalmente em países como o Brasil.

        Ao mudar as diretrizes da religião muda-se tmb a forma do pensar do religioso,
        se ele não se adapta, procura uma nova religião.

        Então a crítica parte para a pessoa que não aceita as modificações, que enxerga
        o que quer ver, e isso, com todo respeito, tem demais na nossa sociedade e
        principalmente fora das religiões.

        A pessoa não se torna fanática pq ensinaram que um Deus exige que elas sejam
        assim, ela se torna fanática, fundamentalistas pq as práticas propostas e o seu
        pensamento convém que sejam assim, msm com uma formação familiar religiosa.

        Se não fossem religiosas poderiam fazer parte de qualquer
        organização política totalitária (fascismo e nazismo) ou ultra conservadora de
        uma sociedade (KKK).

        A crítica então foi feita no foco errado, deveria ser para as pessoas que não
        aceitam novas ideias, que não admitem que  sua visão seja contestada e
        coisas do tipo.

  • Michel Colombo

    Esse tipo de Ateu está tão fora de moda do que os Religiosos que eles criticam. 
    Sim, sim, temos muitos religiosos que ainda entregam seus salarios nas igrejas, não comem carne em determinada época e coisas muito, mas muito piores. 

    Fico feliz que a nova geração de Ateus Pensantes (não a do texto) e Religiosos Pensantes estão aparecendo e vivendo muito bem juntos, obrigado. Ambos querem somente saber qualé a real, saca brow? rsrs O que importa é viver com o pé no chão, mesmo que tenha ou não tenha algo por aí. 
    Eu? Eu acredito sim. Sou espirita. E não dou a minima pelo preconceito que eu e  muitos espiritas sofrem, pois qualquer preconceito nasce pela falta de conhecimento no assunto.

    O legal é ter uma religião que anda junto com a ciência e a lógica (sou muito ligado a isso, diga-se de passagem. O universo nasceu ao acaso sim! É o que eu acho, mas um acaso muito bem controlado e com objetivo. Assim como a vida inteligente. Totalmente ao acaso, mesmo que predestinado). 

    Piro nas grandes “coincidências” que ambas descobrem. Piro quando uma, fala EXATAMENTE, o que a outra fala. Mas claro, cada um no seu quadrado!!! Isso, porque, humanos são orgulhosos, pois basicamente, estamos todos no mesmo quadrado! Mas… fazer o que??? Cada um, acha, fala, diz, balbuceia, digita o que bem pensa e tenta entender. 

  • http://www.facebook.com/euprisca Priscila Maria de Souza

    Excelente texto! :)
    Curti muito o artigo

  • http://twitter.com/_Croco Adriano C.

    Acreditar sem questionar. Desacreditar sem questionar. No fundo, é como amor e ódio: as duas coisas são iguais, só quem em polaridades diferentes. Simples assim.

  • http://estadodearte.wordpress.com/ Rafa

    Todos os pensadores do vídeo se contrapõem, em essencia, ao cristianismo. Não que eles não sejam ateus, mas as críticas são fundamentalmente contra visões e doutrinas cristãs do que contra religiões de uma maneira geral.

    Obviamente, eles não estão errados, mas eu senti falta de ouvi-los falar sobre os conceitos vindos de outras tradições religiosas.

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=1553873223 Ricardo Vergara Gianvechio

    De fato, em geral eles não transcendem a questão bíblica, não confrontam o assunto com a entidade misteriosa que é chamada de Deus, mas que pode ter vários nomes: destino, força maior, Universo… Partem do princípio de que todos os teístas são assíduos seguidores das lendas bíblicas, tomando como referência os absurdos morais do Antigo Testamento. A crença na existência de uma força maior, de um guia que freou a severa entropia do Universo para criar sistemas de energia bem organizados, com leis físicas, químicas e biológicas não limita o espírito questionador do homem. Muito pelo contrário: instiga-o.

  • Nelson

    Ótima abordagem. E digo mais: busquem a razão na fé e também a fé na razão.
    A abordagem bíblica de Deus o define como um ser completamente louco. Senão vejamos: Hoje a humanidade é composta por cerca de sete bilhões de seres dos quais menos de dois bilhões professam o cristianismo. Se o dogma da salvação(ainda não sei do quê) estiver correto(aceitar Jesus como salvador), Deus é completamente louco porque deixa mais de cinco bilhões de seres da sua criação ir pro inferno porque nunca ouviram falar de Jesus e nem poderiam, porque professam outra religião.
    Outra incoerência: Amar a Deus e teme-lo ao mesmo tempo. Quer coisa mais esdruxula que essa? Ora  o máximo de sentimento que eu posso ter pelo que eu temo é indiferença. Eu nunca amarei o que eu temo! Amor é incondicional e ponto.

  • William Grasel

    A meu ver as religiões em geral são uma combinação de dois pontos:- primeiro: teorias e explicações gerais sobre como é a vida, o que ela representa, qual o seu significado e se existe algo alem da morte. Algumas tentam explicar tudo, outras focam somente em alguma coisa.- segundo (sem o qual não poderíamos qualificar religião como tal, seria apenas filosofia, espiritualismo ou whatever): é dado um caminho, um meio ou que seja, um atalho para se alcançar seu Deus ou seja lá o que for que se proponha como o objetivo ou resposta final.

    Eu sinceramente não vejo nenhuma diferença entre teístas ou ateístas, para esses últimos eu acredito que sua religião (ou areligião) seja o Materialismo. Afinal veja bem, temos os dois principais pontos:- ciência: tentativa de explicar e teorizar a vida em todos os seus pontos, metafísicos ou não.- política: tentativa de aplicar um caminho, um meio onde todos possam conviver e alcançar o que queira, sua alto-realização, que em nossa atual sociedade capitalista pode ser representado por comprar todas as coisas que lhe cabe.

    Não acho que o ser humano evoluiu muito nesse ponto, mudaram os pontos de vista, mas ainda estamos fazendo a mesma coisa que nossos antepassados, a fé que antes tínhamos na religião agora é aplicada nas ideologias cientificas ou políticas que você acredita ser a resposta a todos os problemas. Mudaram os nomes, só isso.

    Se dizer ateísta e ficar somente criticando católicos e evangélicos, apontando contradições lógicas na bíblia e talz, somente vai te fazer tão chato e estúpido quanto todos aqueles que recrimina. Eu pessoalmente acredito que religiões e tradições antigas/discretas podem ter muita coisa interessante a ser estudadas e até colocadas em prática na nossa vida atual, e ficar perdendo tempo somente nas coisas que naturalmente não te fazem sentido em sua vida não vai agregar porra nenhuma de útil, a não ser claro ficar masturbando o seu ego ao mostrar para todo mundo o quanto é mais inteligente, ou sei lá, o quanto você é normal e o resto do mundo é tão estúpido, o que eu acho que da na mesma, você esta acima de qualquer modo.

    Alguém comentou sobre a diferença em religião e espiritualidade, eu vejo como espiritualista alguém que estuda, acredita e até pratica alguma coisa ou outra de alguma ou várias religiões, mas não seguem um caminho especifico de uma religião. Por exemplo, um católico não praticante seria uma pessoa espiritualizada, ou uma pessoa para se considerar completamente budista não basta apenas “tomar refugio nas três gemas” que basicamente significa assumir sua crença ou fé nos ensinamentos budistas, não basta penas estudar e praticar o dharma da sua forma, é preciso seguir o 8 nobres passos: o caminho budista. Já ouvi muito monge budista reclamando que no Brasil ele veio totalmente racionalizado, que budismo também é pratica, é ação. Se uma pessoa somente medita e lê livros sobre budismo e coisas do tipo, ela é espiritualista.

  • http://www.facebook.com/iodris Fabio Rodrigues

    Aguardo um artigo sobre sistemas religiosos não teístas que não postulam a existência inerente/independente dos fenômenos ;-)

  • William Grasel

    A meu ver as religiões em geral são uma combinação de dois pontos:- primeiro: teorias e explicações gerais sobre como é a vida, o que ela representa, qual o seu significado e se existe algo alem da morte. Algumas tentam explicar tudo, outras focam somente em alguma coisa.- segundo (sem o qual não poderíamos qualificar religião como tal, seria apenas filosofia, espiritualismo ou whatever): é dado um caminho, um meio ou que seja, um atalho para se alcançar seu Deus ou seja lá o que for que se proponha como o objetivo ou resposta final.
    Eu sinceramente não vejo nenhuma diferença entre teístas ou ateístas, para esses últimos eu acredito que sua religião (ou areligião) seja o Materialismo. Afinal veja bem, temos os dois principais pontos:- ciência: tentativa de explicar e teorizar a vida em todos os seus pontos, metafísicos ou não.- política: tentativa de aplicar um caminho, um meio onde todos possam conviver e alcançar o que queira, sua alto-realização, que em nossa atual sociedade capitalista pode ser representado por comprar todas as coisas que lhe cabe.
    Não acho que o ser humano evoluiu muito nesse ponto, mudaram os pontos de vista, mas ainda estamos fazendo a mesma coisa que nossos antepassados, a fé que antes tínhamos na religião agora é aplicada nas ideologias cientificas ou políticas que você acredita ser a resposta a todos os problemas. Mudaram os nomes, só isso.
    Se dizer ateísta e ficar somente criticando católicos e evangélicos, apontando contradições lógicas na bíblia e talz, somente vai te fazer tão chato e estúpido quanto todos aqueles que recrimina. Eu pessoalmente acredito que religiões e tradições antigas/discretas podem ter muita coisa interessante a ser estudadas e até colocadas em prática na nossa vida atual, e ficar perdendo tempo somente nas coisas que naturalmente não te fazem sentido em sua vida não vai agregar porra nenhuma de útil, a não ser claro ficar masturbando o seu ego ao mostrar para todo mundo o quanto é mais inteligente, ou sei lá, o quanto você é normal e o resto do mundo é tão estúpido, o que eu acho que da na mesma, você esta acima de qualquer modo.
    Alguém comentou sobre a diferença em religião e espiritualidade, eu vejo como espiritualista alguém que estuda, acredita e até pratica alguma coisa ou outra de alguma ou várias religiões, mas não seguem um caminho especifico de uma religião. Por exemplo, um católico não praticante seria uma pessoa espiritualizada, ou uma pessoa para se considerar completamente budista não basta apenas “tomar refugio nas três gemas” que basicamente significa assumir sua crença ou fé nos ensinamentos budistas, não basta penas estudar e praticar o dharma da sua forma, é preciso seguir o 8 nobres passos: o caminho budista. Já ouvi muito monge budista reclamando que no Brasil ele veio totalmente racionalizado, que budismo também é pratica, é ação. Se uma pessoa somente medita e lê livros sobre budismo e coisas do tipo, ela é espiritualista.

  • Wilton Portugal

    Li diversos comentários. Impressionante como falam de espiritualidade como se fosse diversa de religião. Para mim, a espiritualidade nada mais é do que a religiosidade disfarçada, com o objetivo de deixar a pessoa fora da discussão crer/não crer. É uma atitude de quem está, confortável e convenientemente, em cima do muro ao afirmar “eu não estou falando de Deus, portanto, não me critique…”. Isso é conversa pra boi dormir.
    Quanto ao vídeo, procure no You Tube sobre Any Rand. Uma mulher surpreendente e inteligentíssima. Seu livro “A revolta de Atlas” é a obra mais lida depois da bíblia. E isso em 1957 quando, ou você acreditava ou acreditava em Deus e qualquer ideia contrária era vista com desdém.

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100001324716841 Sérgio Barreto

    Baita post. A fala do Hitchens, como sempre, foi completa. Outro bom vídeo sobre ateísmo é do Bertrand Russel: http://www.youtube.com/watch?v=GJAusVsSHNI. Vale muito a pena assisti-lo
    Achei estranho o vídeo não ter uma presença do Dawkins (o mais famoso dos “quatro cavaleiros”). 

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100000299459505 Arthur Gonçalves Lima

    Ótima postagem. Discordo de alguns autores de vídeo e concordo com eles. Mas como já disseram é ser uma mente pequena demais se ater à somente um livro e começar a achar erros nele.

  • Rafael.

    A própria história do livro Bíblia a desmente, as politicas envolvidas, a inclusão desse ou aquele texto a serviço deste ou daquele, tiram totalmente a credibilidade desse documento.Some-se a isso a história do cristianismo como um todo e temos um sistema de dominação e poder intertemporal baseado em: Nada. Um deus de um panteão antigo(El), e toda uma mitologia utilizada SEMPRE de acordo com os donos do poder. Ora, é uma verdadeira prisão mental.

  • Marcelo Caetano

    O que não acho legal é a postura de dono da verdade. Independente de ser ateu ferrenho ou crente fanático. Se as pessoas (e tô falando de um modo geral,na sociedade) se dispusessem a debatem sem ficar naquela coisa de “é assim e ponto final”,a gente estaria bem mais avançado em matéria de tolerância.

  • Henrique

    Putz… querer provar ou desprovar alguma coisa na religião é chover no molhado.

    A questão é que as pessoas vão buscar respostas p/ o que não sabem e apoio quando precisam, e a religião oferece isso. Eu pessoalmente consigo conviver com a máxima de que “só sei que nada sei”, mas não significa que preciso atribuir as coisas a uma entidade divina, nem que preciso engolir o ethos de uma religião ou de um livro sagrado sem questionar.

    E outra, eu não achei nada “foda” nos ateus citados no texto. Nenhum deles disse alguma novidade, e ainda se limitaram a só criticar o cristianismo. O vídeo é melhor.

    • J_csou

      e você se limitou a só ver 2 minutos do video

  • Daniel Gervilla

    o interessante se vcs repararem é q os ateus + intelectuais criticam e negam a existência do deus vendido pela igreja pelos últimos 1700 + ou -, mas em nenhum momento eles negam a existência de algo superior acima do bem e do mal dos homens, algo q criou tudo. a bíblia apesar de todas as controvérsias é livro de metáforas, q deve ser lido e compreendido p/q vc possa aprender belíssimas lições, o grande problema é q muitos levam ao pé da letra oq esta escrito ali e ñ aceitam outras verdades, alias todas as religiões usam símbolos p/representar q devem ser entendidos, os sábios fizeram as religiões p/ajudar os homens a se desenvolverem e se tornarem melhores, mas os políticos usaram as religiões p/ escravizar o povo  

  • http://www.facebook.com/people/Daniel-Gervilla-Rosa/100000319517226 Daniel Gervilla Rosa

    o interessante se vcs repararem é q os ateus + intelectuais criticam e negam a existência do deus vendido pela igreja pelos últimos 1700 + ou -, mas em nenhum momento eles negam a existência de algo superior acima do bem e do mal dos homens, algo q criou tudo. a bíblia apesar de todas as controvérsias é livro de metáforas, q deve ser lido e compreendido p/q vc possa aprender belíssimas lições, o grande problema é q muitos levam ao pé da letra oq esta escrito ali e ñ aceitam outras verdades, alias todas as religiões usam símbolos p/representar q devem ser entendidos, os sábios fizeram as religiões p/ajudar os homens a se desenvolverem e se tornarem melhores, mas os políticos usaram as religiões p/ escravizar o povo  

  • Aldo

    Que papo mais chato.

    Que tal falarmos sobre a Estrela Vega ou quem sabe vidas em outros planetas? Assuntos bem mais interessantes. Falar sobre religião é um saco, porque uma sempre vai querer ser melhor que a outra, nunca vai se chagar a um ajuste.

  • http://www.facebook.com/rodrigootavio.marimrodrigues Rodrigo O. M. Rodrigues
  • http://www.facebook.com/rodrigootavio.marimrodrigues Rodrigo O. M. Rodrigues

    Título Original: The God Delusion Debate — Richard Dawkins X John Lennox
    Título Traduzido: Deus, Um delírio Debate — Richard Dawkins X John Lennox
    Gênero: Documentário
    Duração: 105 minutos
    Ano: 2007
    Elenco de cientistas:
    Richard Dawkins (zoólogo e etólogo )
    John Lennox ( matemático e apologista cristão) 

    http://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=HsX7cjvw8_g

  • http://www.facebook.com/people/Gutierrez-Rodrigues-Reis/100002664677434 Gutierrez Rodrigues Reis

    Vai dar o que falar esse tópico.. hehe..

    Eu odeio ficar discutindo sobre essas coisas, como uma kra falou acima, Ateus ficam discutindo como que quisessem destacar sua existência sobre todas as outras..

    Eu concordo com a fala do Hitchens.. Não tem como amar e temer ao mesmo tempo.. É o mesmo que pedir pra falhar.. Mas vc pode amar e respeitar..

    Mas eu não acredito em nada disso mesmo.. hehe

  • Roberto Junior

    Faltou George Carlin com suas tiradas sarcásticas como no vídeo 
    http://www.youtube.com/watch?v=F6fl5fq6qLs, vale a pena conferir.

  • Danilo Freire

    Vou escrever um texto demonstrando que tá todo mundo errado e certo estou eu. =D

  • http://www.facebook.com/pedrofaustojr Pedro Fausto Junior

    Esses caras são muito bons e cultos. O problema deles é que para estabelecer sua linha de raciocínio eles partem de um ponto V0 muito errado: o ponto de que são as religiões que definem o conceito “Deus”.

    É como se o catolicismo, protestantismo, evangélicos, budistas, israelitas, etc fossem os inventores de deus/Deus. E se isso fosse/for verdade, então eles (ateus) estão corretos, mas e se isso não for verdade?

    As condições de contorno do problema que essas brilhantes mentes analíticas usam para formularem sua opinião podem estar erradas. 

  • Cesar Nic

    Cara, parabéns por trazer um pouco de bom senso para nós. Acredito que o quanto antes conheçamos nossos medos melhor, pq se n somos dominados por eles. 
    Gostaria de deixar minha contribuição com duas respostas monter kill- fatality- para as religiões e a música mais genial a respeito de religiao.
    http://www.youtube.com/watch?v=xaiDzynEFQg&list=FLBuLBm765ZgMNK1so7iN8rA&index=4&feature=plpp_video 

    http://www.youtube.com/watch?v=5q5ARceWgJY&list=FLBuLBm765ZgMNK1so7iN8rA&index=2&feature=plpp_video 

    Musica do tim minchin-GENIAL
    http://www.youtube.com/watch?v=Nrr-oUI6OVA&list=FLBuLBm765ZgMNK1so7iN8rA&index=37&feature=plpp_video 

    • Victor

      C A R A L H O ! ! ! 

      A música do cara é simplesmente GENIAL!!! Nunca tinha ouvido falar nele…. Valeu pela dica!

  • Anônimo

          É realmente lamentável ver o blog que eu sempre gostei de ler, com um artigo tão pobre e sem embasamento algum. Ver um Editor colocar logo no inicio de seu post uma frase como  ”Esta é apenas uma das frases proferidas pelos 30 autores mais do que renomados” e nem dizer em que eles são realmente renomados, e logo em seguida seguir com a frase “Mas nada como ouvir esses grandes homens falando:” e um vídeo desses homens que o editor os concidera grandes referências humanas. imagino um cara como Douglas Adams que escreve algo tão fútio como The Hitchhiker’s Guide to the Galaxy (O Guia do Mochileiro das Galáxias) ser colocado no mesmo patamar de referencias humanas como Albert Einstein, Galileu Galilei, Isaac Newton, Blaise Pascal, Niels Bohr, de grandes homens. Todos esses escreveram e consideraram suas mais importantes contribuições, não foi a teoria da relatividade ou O Yin-Yag da Complementaridade e o princípio de incerteza, formulado por Werner Heisenberg.Esse grandes homens escerveram e deram mais importância a artigos a respeito de Deus e de defendendo sua existência como No epílogo da edição de 1713 de sua obra prima “Princípios Matemáticos da Filosofia Natural” (1686), Newton escreve que o seu Deus (cristão, claro) era o senhor do Cosmo e que deveria ser adorado por estar em toda a parte, por ser o “Governante Universal”. Numa carta dirigida a Eduard Büsching, de 25 de outubro de 1929, Einstein diz: “Nós, que seguimos Spinoza, vemos a manifestação de Deus na maravilhosa ordem de tudo o que existe e na sua alma, que se revela nos homens e animais”.
     
    Em 1947, numa outra carta, Einstein escreveu: “Minha visão se aproxima da de Spinoza: admiração pela beleza do mundo e pela simplicidade lógica de sua ordem e harmonia, que podemos compreender”!

        Não sei quem é referencia pra você caro Fabio Bracht. mais prefiro me calar quanto a essa questão, ou estudar antes de ser um como Albert Einstein disse, “A meia ciência nos afasta de Deus, mais o saber profundo nos aproxima dele”, um conhecedor de meia ciência. E não escrever um artigo tão tendencioso. Mais se você tiver qualquer dúvida a respeito dessas coisas pode pegar uma nave, pode ser uma das de Isaac Asimov com um computador de bordo deprecivo e ir num restaurante no fim do universo perguntar pra um super computador saus dúvidas e quem sabe o 42 queira significaralgo realmente bom e construtivo para sua vida. obrigado pelo artigo. Saudações de um Anarquista.

  • Gracoonline

    A questão é que todos os religiosos, hoje, olham a religião de maneira mais ”light”, por que hoje, temos desenvolvimento intelectual suficiente para compreendermos certas coisas que, antes, eram inexplicáveis, tendo-se como única resposta ”Deus”. Mas nunca..digo, NUNCA, podemos esquecer o que a IGREJA fez quando ela, DE FATO, tinha poder. Massacres, inquisições, regimes absolutistas e autoritários. É muito fácil falarmos que Deus, hoje, é algo maravilhoso. Mas, ao longo da história da própria existência dos cristianismo, tenho minhas definitivas dúvidas se todos os milhões massacrados em nome de Deus o consideravam algo bom e que, antes de tudo, PREGAVA amor ao próximo.  

    O próprio argumento cristão de que ”não foi Deus que fez atrocidades, mas sim O HOMEM”, prova de que religião é algo criado pelo homem PARA o homem – e seu inerente medo da morte.

  • http://shotsarge.blogspot.com Marcio Sarge

    Não leu nenhuma e dá créditos somente ao lado que interessa, temos um ignorante aqui

  • http://shotsarge.blogspot.com Marcio Sarge

    Cada um desses senhores podem e com razão ser considerados gênios em sua arte, mas no que diz a espiritualidade são uns completos ignorantes.

  • Felipe Cirne

    Então partindo desse pre suposto, quem CRIOU DEUS? ele tem que vir de algo também né? 

  • http://www.facebook.com/paulo.herman Paulo Herman

    Kkkkk como sempre as frases feitas… sem imaginação e com preconceito dissimulado como a da leitora ai de cima que começa assim : – “Não levanto bandeira de porra nenhuma aqui, igreja nenhuma, doutrina nenhuma. Mas, acho que seria mais inteligente …” e  ”Até o tolo se passa por sábio, se ficar calado”. ..
    O video (e seus autores) criticam a crença de que “esse”  Deus da comentarista ai de cima, tira toda a imaginação ao colocar regras e punições para o que deveria ser simplesmente sentido e aprendido… 
    O melhor seria não confundir “religião” (essa sim imperfeita pois foi feita pelos homens), com Deus… cuja crença é pessoal e que não deve ser forçada a outros…

    Muito bom o vídeo e o texto… a ameaça de punição não gera Amor nem fraternidade… o livre-arbitrio de pratica-lo sim!

  • http://www.facebook.com/paulo.herman Paulo Herman

    A prova de que podemos vir de uma ameba, vem de pensamentos e “opiniões” dignos de uma…. kkkkkkkkkkkkkk….

  • http://pulse.yahoo.com/_SI2BJA3TPWT2NUAR75UJBLTVH4 pedro

    Esses ateus estão precisando estudar mais e, só batem em cachorro morto, devem achar que magia, paranormalidade também não existe e etc…quando digo estudar mais não é em livros, é cair na estrada e visitar terreiros, centros espiritas, meditar com os monges e experimentar o que essas pessoas que tem fé experimentam.

    quem já viu coisas inexplicáveis pela ciência, como objetos se movendo sozinhos, pessoas que mal andam de muleta saírem correrem como crianças quando estão incorporadas e etc…eu já vi algumas coisas e sei que não posso ter certeza de nada, estou sempre aberto a todo tipo de experiencia, tem certas coisas que não podem ser explicadas pelo conhecimento teórico.

  • http://www.facebook.com/emerson.s.oliveira Emerson Silva Oliveira

    Boa tarde a todos… espero q algum Ateu leia o q estou dizendo…

    É interessante que em 90% das vezes a explicação que Deus não existe parte do principio do Deus cristão..  
    Vou partir do principio que o sobrenatural explica algo que a natureza não explica. Chico Xavier; como ele conseguia falar com um ente querido que havia falecido e e dizer onde estava um pertence com detalhes ou até mesmo dizer qual era a senha de um cofre…

    Esse é o Deus do Espiritismo, mas e o Deus do Budismo, Xitoismo e tantas outras religiões.

    O sobrenatural existe, Chico Xavier prova isso com todas as evidências possiveis…

    Sou Cristão, considero erradas as atitudes de Chico Xavier e de tantas outras pessoas que tiveram evidencias sobrenaturas, mas ele é de suma importancia para todo cristão pois ele explica o sobrenatural principalmente quando aparece Pseudos-Ateus ( pq na realidade são anti-Cristãos disfarçados ).. Para explicar que Deus existe e a natureza naum explica determinadas coisas.

    Chico Xavier definitivamente não era um charlatão, ele naum fez o q fez uma vez ou duas.. fez a vida inteira… Só alguem que é cego não consegue ver o sobrenatural….

    Abraços.

    Emerson Silva Oliveira.

    • Victor

      huahuhuha
      Chico Xavier!!! huahauhauahuua
      Ele conversava com mortos, só ele ouvia… Difícil fazer isso, né?

      • http://www.facebook.com/emerson.s.oliveira Emerson Silva Oliveira

        Para dizer q ele é Charlatão.. como ele fazia tudo aquilo… 
        Ele disse por mais de uma vez a senha de cofre de uma familia q ele nem conhecia… a chance dele acertar em um chute eh pior do q acertar na mega-sena… mas ele fez isso mais de uma vez…

      • http://www.facebook.com/people/Mariana-Springer-Almeida/100000457724871 Mariana Springer Almeida

        Victor,

        Não acho que você deva acreditar na psicografia, porque nunca passou por uma.

        Mas eu passei por uma situação desta, e não foi com o Chico… Esses fenômenos ainda não me foram explicados, nem pela ciência, nem pela religião. Como o cara que mora a 600km de mim fez a letra do meu pai e falou coisas que só ele e minha mãe sabiam?

        Se um cientista vier me explicar isto, blz. Se uma religião também conseguir (o que eu acho muito difícil), blz também.

        Enquanto isto, fico com a minha ignorância acerca do assunto.

      • Danilo Freire

        Talvez esse texto contribua para acentuar (!) a sua dúvida a respeito do kardecismo, Mariana.

        http://parapsi.blogspot.com/2008/01/stefan-ossowiecki-o-psquico-que-fez.html

  • felipe

    Se você nem a ciência sabe a resposta para algo não significa que seja deus a resposta. Isso nós já deviamos ter aprendido desde a era renascentista, quando os cientistas começaram a responder por meio da lógica a maioria das respostas que antes eram de deus. 
    Se você acredita em paranormalidade, dons de deus, magia, whatever, isso não significa que deus seja a resposta para isso só porque você não tem uma resposta da ciência explicando. 

    Essa atitude é muito ruim para o ser humano, pois ao ficar pensando “ah isso é deus, nem vou buscar entender” ele simplesmente para de pensar, apenas aceitando as coisas como são, não busca mudança.
     
    Ontem eu vi um documentário de um homem do Iraque, que ao falar que lá eles são um país rico em petróleo, porém nem combustível para os carros eles tem direito, porque os eua foram lá e tomaram tudo, ele simplesmente falou: “ah, nao sei qual os planos de deus, mas se ele quis assim, tudo bem” CARA, você PODE mudar isso não precisa aceitar de cabeça baixa!

    Deus se torna uma ferramenta dos poderosos para fazer as pessoas menos instruídas a aceitar a sua condição ruim, e se elas nao aceitarem, vão para o inferno claro. rs 

    Isso impede da ciência avançar e barra o conhecimento, como aconteceu na idade média.

  • Victor

    WHAT??????????????? My Gosh!!!!!

  • Ronaldo

    Interessante. Mas faltou Richard Dawkins, Sam Harris, Daniel Dennet, Bertrand Russell e é claro, Richad Feynman.

  • http://profiles.google.com/1bertorc Humberto Ramos Costa

    Felizmente os argumentos em defesa de deus agora são o da ‘inteligencia’, do plano; é um avanço. O curioso é que não há nada que ligue essa inteligência com um ser que porventura preocupe-se em nos recompensar, julgar ou ajudar. Sem mencionar que a inteligência no caso deveria advir da complexidade. Inteligência não é a única fonte de complexidade. Sobre o projeto… Que projeto? Que sentido faz um ser com poder praticamente infinito ter um projeto. Projeto você tem quando está em uma situação e deseja mudar para outra se o poder é infinito não há ‘necessidade’ a ser atendida com um projeto. Mais um indicativo… Sobre as revelações religiosas: Um ser de poder infinito deveria trazer revelações filosóficas bem a frente do tempo (destas revelações) curiosamente todas as revelações (sejam cristãs, islâmicas, judaicas, etc, etc, etc) são incrivelmente presas aos preconceitos do tempo em que foram pronunciadas. Todos os avanços que fizemos em termos de direitos e igualdade vieram de argumentos, textos e discussões sem argumento religioso.

  • Heraldo Soares

    Põe um vídeo aí de cientistas que defendem Deus então.

    Religião não adianta discutir em certos pontos. Fé é tema do ‘cada macaco no seu galho’.
    Mas acho que para criticar você precisa conhecer muito bem alguma coisa.
    O cristianismo passou por problemas que o islamismo também passa. Os homens usam a religião errada. Se você pegar os princípios islâmicos, eles são coerentes. Agora os radicais lá usam a religião para matar. Os talibãs falam que é em nome de Deus. Também existem ditaduras islâmicas e blá bla blá.

    O mesmo foi com a inquisição. Você acha que Jesus Cristo queria a inquisição?? Os homens que instalaram isso. Quem é cristão, primeiro de tudo deve buscar ser como Cristo.
    Além disso, o Papa João Paulo II reuniu vários historiadores para dar uma resposta para a inquisição e após tudo aquilo ser novamente provado, ele, como chefe da Igreja, “pediu desculpas” pelas maldades que a instituição Igreja cometeu. João Paulo II também foi considerado uma das figuras pacifistas do século. Agora, acreditar que ele e o Catoliscismo é uma mentira, bom, isso é de cada um. Devemos respeitar-nos.

  • Eduardo Botega

    Quem é Christopher Hitchens mesmo? Aaa… o ateu né. Onde ele está agora? Aaa… morto né.
    Os acontecimentos com Jesus não acontecerem a 5 milhões de anos, foram a 2 mil e puderam ser relatados. O que impressiona é que as pessoas dão mais crédito para o que Aristóteles, Sócrates, Platão e outros ‘pensadores’ que viveram muito antes de Cristo dizem do que acreditar em Jesus. Parece que suas vidas serão jogadas numa prisão e a chave jogada fora se crerem nos ensinamentos de alguém que falava boas coisas, curava, ressuscitava pessoas…

    • Victor

      Você viu o bom Jesus fazer tudo isso? Algum parente seu foi curado por ele? Ou você está se baseando nos livros do novo testamento, que foram livros escritos até cem anos depois da morte de Jesus? Hummmmmm
      Pensa ai cara, depois me responde…

    • Danilo Freire

      Se ele tivesse escrito alguma coisa e fosse referenciado por outras pessoas históricas alheias ao cânon bíblico, ficaria mais fácil.

      Sócrates mesmo, não falta quem duvide da existência real dele, que não seja uma ficção da mente de Platão. E não sem razão. Não sei se é justo, mas é assim que as coisas funcionam.

      No mais, há uma diferença fundamental entre a doutrina cristã e a filosofia: o papel do filósofo e da filosofia, na antiguidade, era “buscar a verdade” (no chavão), os fundamentos e os princípios das coisas; já a doutrina cristã era (e é) em si a própria verdade revelada e que não deve ser questionada. ;)

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100000607668321 João Vitor Oliveira

    otimas dicas pra quem não manja, mais quem ja tem uma certa experiencia pode te dizer que com algumas mulheres pode ser muito dolorido para nós homens no caso, o movimento repetido da lingua faz com que a dor fique quase insuportável, soh não paro pq elas pedem pra não parar, o “não para!, não para!” é um estimulo com ctza.

    • http://twitter.com/ritter_br Bruno Ritter

      Sério cara? Existem algumas técnicas pra variar o movimento e a pressão que, além de ajudar a descansar sua língua, fazem a mulher bem feliz…

      E CLARO que devemos fortalecer o “músculos linguares” com a prática né…

  • Clayton Vieira

    Muito bom, texto excelente. Outras dicas que potencializam o efeito do oral.

    Língua quente: faça um gargarejo em água morna por alguns segundos somente o necessário para deixar sua língua mais quente, se for necessário gargarejar novamente tenha muito cuidado para não parar bruscamente e fazer com que a sua gata perca o clima, nesse processo fique massageando o clitóris.
     
    Dedo Grego:  com o dedo polegar (um pouco molhado) massageie o entorno do anus de sua deusa desnudada. (penetração não é necessário) 

    Dominando: Abra sua gata, com a ponta dos dedos, cuidadosamente vá separando os lábios exercendo uma leve pressão. (interessante, usar essa dica para penetrá-la logo em seguida)

    Claro, toda mulher é unica. nem todas vão gostar, então cabe ao homem explorar todas as nuances de sua deusa.

    Abraços a todos.

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100000607668321 João Vitor Oliveira

    e depois que ela gozar pode pegar ela de 4 quase que imediatamente, o prazer vai se multiplicar 10 vzs, e tu meu irmão não vai ficar naquele intervalo chato pra caralho vendo seu pau amolecer…kkkkk

  • http://www.facebook.com/people/Amauri-Braz/100002095426593 Amauri Braz

    Ótimo texto, simples e objetivo…

  • http://www.facebook.com/people/Thais-Simoni/100001620100642 Thais Simoni

    Achei a proposta e o texto meio fracos, quando se fala em sexo é difícil criar um manual de qualquer coisa que seja (com exceção do Gitti, que não escreve manuais, mas descrições p-e-r-f-e-i-t-a-s de sexo e relações).
    Com três bilhões, trezentos e sessenta e um milhões, cento e cinquenta e quatro mil, setecentos e cinquenta e duas bucetas no mundo (nesse tempo já devem ter nascido mais umas milhares), de todas as formas, tamanhos e etnias, não pode existir um manual de oral. Esse é o manual do “sexo oral em meninas” óbvio, desnecessário de ser escrito. Pra faixa etária das pessoas que leiam o PdH.
    A graça está em atingir as sensações particulares de cada mulher, é o que nos move transar de novo com a mesma pessoa ou não.

    • http://www.facebook.com/people/Isa-Belli/1584206490 Isa Belli

      Thaís, pelo seu comentário, posso presumir que é mulher de M-U-I-T-A sorte!
      Nunca foi chupada por uma “britadeira”?!
      Tá certo que chamar algo de manual é meio pretensioso, mas que umas dicas caem bem, ah, caem!

      • http://www.facebook.com/people/Thais-Simoni/100001620100642 Thais Simoni

        Isa minha flor, tive a sorte de um namorado que não penetra antes de me fazer gozar com um oral. Todas as vezes. A não ser que eu não queira (raras vezes não quero mesmo).
        Antes dele transei com muitas pessoas, mas como já faz um tempo (quase 3 anos), pode ser que não me lembre dos “britadores” de quando solteira rsrsrsrs… Só achei tudo meio “principiante” comparado aos textos do site. Mas vlw o toque, pode estar certa, melhor garantir com alguém mais informado rsrsrs.  

      • Spy vs Spy

        Por um momento pensei que fosse teu namorado. Eu faço exatamente assim rs. Antes de qq coisa, primeiro ela (SEMPRE) a n ser que ela diga: Hj eu não kero assim. Vem cá e mete!

    • Juka

      E como você pretende escrever um manual pra “três bilhões, trezentos e sessenta e um milhões, cento e cinquenta e quatro mil, setecentos e cinquenta e duas bucetas” diferentes?

      Tem que escrever algo que consiga abranger o maior número de pessoas(mulheres), pois é simplesmente impossível escrever um texto para cada uma. Encontrar as ‘particularidades’ de cada mulher é trabalho, aliás, é DEVER, de cada homem. O pior, ou melhor, de tudo é que eu nem precisava ter escrito esse comentário, pois isso está destacado no próprio texto.

      • http://www.facebook.com/people/Thais-Simoni/100001620100642 Thais Simoni

        Juka, não entenda mal, errou na interpretação de texto. Disse que, por ter tantas mulheres no mundo, não pode existir um manual de oral. E por isso, cada homem deve descobrir o método mais prazeroso para a mulher que estiver transando.
        Se você concorda que encontrar as particularidades de cada mulher é dever do homem, porque existir (sem garantia nenhuma de sucesso) um manual?

    • Joaozinho

       Poxa, já eu na minha experiência “vastíssima” entendo que o texto é bem claro quanto ao comportamento padrão e não limitador. Posso dizer que sempre segui as regras do texto, mas tem gente que não faz ideia! não tem amigos e amigas para orientar!

      Bem, descobrir os detalhes é muito bom, mas se não seguir a cartilha na primeira vez, não vai conseguir aprovação para maiores esclarecimentos sobre a porta do paraíso.

  • http://www.facebook.com/viictor7 Victor Alexandre

    Ótimo texto! Pra mim sempre foi de suma importância garantir o prazer da minha parceira. Ora, se eu quero sentir o prazer mais foda do mundo, então, que eu proporcione a minha parceira esse mesmo prazer. Ou até mais que isso.

    Adoro fazer oral. Tem algo mais emocionante do a mulher se contorcer inteira de prazer?… Tem sim! Ver ela gozar gostoso depois do trabalho bem feito.

    Obrigado Lasciva e Abs.

  • http://www.facebook.com/monteirocruz1 Thiago Monteiro

    Que texto direto e objetivo! 

  • Federal_pa

    Baum de mais!!!

  • http://www.facebook.com/jcnaweb Júlio César

    E tem homem que não gosta velho…tem homem que não gosta.

    Eu que me pergunto, como não gostar.

    Esse manual deu sede
    ;)

    • Aldo

      Eu tô fora, bem fora disso daí.

      Nada melhor do que um bom pau, isso sim é que é bom..

  • Anônimo

    Ui! Perfeito.

    E acho que é isso mesmo, o cara não tem que ter pressa, tem que sentir prazer naquilo.
    E lembrem-se: uma boa chupada na mulher pode render uma boa chupada de volta.

  • Éverton Inocêncio

    E o manual deu sede mesmo 

    É o tipo de manual que você lê e no final diz:
    -Puta que pariu, eu já sei tudo isso :D (com orgulho)

  • http://www.facebook.com/people/Amauri-Braz/100002095426593 Amauri Braz

    “Olhe nos olhos, repare em cada belo pedacinho da mulher que você vai comer”.***  essa foi boa….

    • Guest

      Essa parte é fundamental! hahahaha

  • http://www.facebook.com/people/Jason-Maxmuller/100001644080145 Jason Maxmuller

    Nessas horas eu prefiro responder com música.

    http://www.youtube.com/watch?v=HPJN6FkRo7g 

  • http://shotsarge.blogspot.com Marcio Sarge

    Manuais de como fazer sexo soam muito cansativos quase sempre…

    • http://www.papodehomem.com.br/ Guilherme Nascimento Valadares

      Ainda assim, compartilham conhecimentos úteis para se começar a experimentação.

      Todos sabemos que manuais definitivos não existem, o que temos são apanhados de boas práticas que funcionam para alguns.

      Nesse sentido, tem algo a acrescentar, Marcio? Tanto em conteúdo – com o que funciona para você – como em sugestão de novos formatos para abordarmos o tema sexo. 

      • http://shotsarge.blogspot.com Marcio Sarge

        Entendo que não dá pra elaborar um manual definitivo de como se fazer algo no sexo, mas se você pegar uma apanhado deles verá que são muito parecidos uns com os outros acabam mesmo não acrescentando muito daí se tornarem cansativos.

        O que funciona pra mim são abordagens sobre o sexo que fogem ao esquema “manual do como fazer…”, em  que as várias formas de transar estejam inseridas em um contexto menos pedante a qual o guia dificilmente consegue fugir.
        Abordagens diretas sem listagens, experiência reais do que funciona ou não dentro de um contexto interessante que acaba até incentivando a discussão uma vez que teremos uma boa perspectiva além de um número numa lista do que fazer ou não.

        Falar de sexo dessa forma cansa porque é o que vemos sempre, afinal de conta sexo é um gancho fácil para se chamar a atenção, basta agente dar uma olhada nas capas de revistas femininas nas bancas por ai.

  • Freelancer

    Apesar de não levar “manuais e guias” para fazer sexo muito a sério… eu até que curto ler e ver que do ponto de vista de uma mulher, “eu estou fazendo isso certo”… então ta valendo!

  • http://www.facebook.com/people/Rafa-Lopes/1692346178 Rafa Lopes

    Ai sim heim! Mais uma vez, obrigado ao Papo de Homem e vamos ser felizes… o/…

  • http://twitter.com/ericksonguti Erickson Gutierrez

    Recentemente aprendi uma técnica maravilhosa, ensinada por uma lesbian:

    Ao invés de se concentrar somente no clitores (coisa que nós geralmente fazemos), abusar de todo o espaço da vulva e da vagina são uma boa. Faço isso “desenhando” todas as letras do alfabeto durante o oral com a língua, foi surpreendentemente sucessfull! As formato das letras permite que se passe pelo clitores e pelos lábios várias vezes de maneiras diferentes. No clímax, aí sim, concentração no clitores!Rapá, eu indico olha.

  • http://www.facebook.com/jmajunior José Maria Dos Anjos Junior

    Nada nem ninguém surgiu do ABSOLUTO NADA. Porém acreditar num ser que não surgiu do absoluto nada pq ele sempre existiu (complicado isso…) é mais simples que aceitar a possibilidade de que as coisas começaram de algo que já existia sem necessidade nenhuma de que algum ser supremo as criassem.

    Esse vídeo é muito bom e explica de uma maneira muito fácil de entender as coisas. E sim, as coisas podem ser simples assim, sem necessidade nenhuma de ter q ser complicado.

    http://www.youtube.com/watch?v=0smawDLU33w

  • Joka Senra

    Este texto deu agua na boca !

  • Anônimo

    Obrigada pelos comentários, seus lindos e lindas!! Aos que estão de saco cheio de manuais, esclareço que esse guia foi o post para que recebi mais pedidos. E, principalmente DELES. Sim, os rapazes estão interessados em mandar bem no sexo oral! Isso não é o máximo?!

  • Leticia

    Os textos da Lasciva são sempre excelentes!!!!Mas,queria acrescentar que o Santiago Mourão tá de parabéns, os desenhos ficaram fodas!

  • Djeimesgnr

    oq fazer quando a mulher nao gosta de sexo oral??
    nem de chupar e nem de ser chupada

    • Clayton Vieira

      Só há uma resposta para o caso meu caro.

      Ou ela é um ser assexuado, creio que não seja isso.

      Ou então ela não possui a sua sexualidade aflorada, alguns motivos podem ser a causa, seja psicológico, algum trauma de infância, ou ela é uma das milhares de mulheres que têm pouca libido e que infelizmente nunca encontrou um homem que lhe instigasse o desejo/procura pela sexualidade. No mais recomendo ter uma conversa aberta salientando a necessidade de uma consulta com  um ginecologista.

      Uma boa alternativa é fazê-la se surpreender com relação ao prazer, espere uma boa oportunidade e capriche no sexo. Principalmente o ORAL,  Se ela gostar, Obrigado por perpetuar nosso mundo com mais uma mulher simplesmente feliz.

      • Djeimesgnr

        cara creio q ela sinta, sei la, talvez nojo ou algo parecido…ou entao o cara q fez pela primeira vez nao vez bem feito e ela nao tenha gostado…

        eu gosto tanto de fazer sexo oral, e acho essencial para uma relaçao…parece q se eu nao der uma boa chupada na buceta antes de penetrar nao eh a mesma coisa…igual comer sopa com garfo…nao tem jeito…e olha q eu sou bom no oral…

        quando a gente conversa ela diz q nao quer q eu faça nada nela q ela nao possa fazer em mim…
        e quanto a transa normal eh mto bom, ela ate tem orgasmos multiplos…

      • Clayton Vieira

        Entendo, entretanto quando você diz que nos “finalmente”  vocês se entendem, mas para você sempre falta algo, acho que você deveria conversar abertamente com sua parceira, nada que um bom diálogo não resolva.

        Porém, há algumas coisas em se levar em consideração, quanto tempo vocês estão juntos? para a maioria das mulheres, mesmo sendo muito prazeroso essa pratica requer uma entrega. talvez ela não se sinta a vontade com você, mas nada que o tempo não resolva. nesse caso, seja paciente. lembrando que o sexo oral por ser uma pratica muito intima requer alguns cuidados, abuse da higienização sempre, deixe a mulher a vontade e nunca insista em fazer um oral, sem ter a certeza que ela esteja totalmente limpa, pois ela pode estar sem graça de lhe dizer isso. leve-a em um motel com hidro, após tomarem um bom vinho chileno dentro da hidro, meu caro, leve-a pra cama e faça com que ela goze muitas vezes na sua boca.

        no mais, tenha paciência meu caro.

  • Eduardo


    Domingo que vem tem mais. Isto é, se eu não morrer até lá, né? Afinal, quem pode prever o futuro?” 

    Gargalhei como sempre, esse post. Muito bom. Não devo esperar nem complacência do meu signo, peixes, já que muitos dizem ser ”sensível”. (Ri de novo). 

  • Eduardo

    Fazendo o dever de casa. Sempre é bom.   :-D

  • Cabra Bruto

     Já discuti religião o suficiente para vivenciar o que o Luc Ferry resumiu como:
    Algumas pessoas conseguem crer, outras não. Ponto final.

    Ou nossas dúvidas serão respondidas depois da morte ou simplesmente desapareceremos levando elas. Nesse ponto somos todos iguais, crentes ou ateus, não temos provas do que virá. Escolha o caminho que você julga certo, e se você tiver algum senso de respeito mínimo para uma relação humana, para um diálogo, respeite a escolha do seu próximo. Parece um pedido razoável do ponto de vista democrático, mas sei que é utópico. Parece fazer parte da nossa animalidade defendemos nossas crenças como nossos antepassados defendiam suas tribos.

    Nunca ouvi um crente (que crê em Deus, evangélico ou não) dizer que pensa: Deus, tenha piedade desse ateu, oro por ele, que parece sofrer nas trevas da ignorância. Mas o que vejo sempre é um reação de ódio contra os ateus. Ódio contra os “impuros que sujam o mundo de Deus”. Ódio. Ódio. Ódio demoníaco.

  • Aldo

    mais um post sobre sexo Oral.

    Nossa, será que os homens nunca irão aprender a fazer um sexo oral bem feito?
    ou são as mulheres que são chatas? 

  • http://www.facebook.com/people/Gutierrez-Rodrigues-Reis/100002664677434 Gutierrez Rodrigues Reis

    Pro kra ser oráculo, ele diz em cada signo uma característica em que tem uns 70% de chances de acertar, e vai acertar na grande maioria das pessoas que mesmo sem ter basicamente aquela característica, ele tem um pouquinho daquilo e acaba aceitando essa “previsão”.. daí o tal oráculo fica como sabichão que conhece a pessoa pelo signo, o que na verdade não é.. e se alternassem todos esses signos mudando os textos, daria no mesmo.. Por isso que até em muitas situações dizem: “Não leia o signo de outra pessoa, dá azar!” Que é pra um pensante não perceber que tem um pouco de tudo em todos os signos..

    puro bla bla bla, desculpe por estragar a diversão..

    • Rodolfo Viana

      Você poderia trabalhar no Mythbusters. Pense nisso e me ligue.

  • http://www.facebook.com/danieloliveiradebrito Daniel Oliveira de Brito

    Ingmar Bergman fala desse assunto em alguns de seus filmes; tem uma entrevista com ele sobre o tema nesse vídeo:

    http://www.youtube.com/watch?v=0InfxQQgfS0 

  • Alice

    Se me soprarem um dia eu vou rir, juro!!! Aliás, quando vc é novo e nunca leu esses guiazinhos, soprinhos e mordidinhas e jeitinhos parecem até legais e excitantes, mas depois você só pensa: ‘hum, o cara tá seguindo roteiro, que falta de imaginação…’ Eu acho que funciona assim: a gente tem um corpo inteirinho (mãos, boca, língua, peito, barriga, sexo, pernas, bunda) e dá pra fazer mooooointa coisa com ele. E são cinco os sentidos – se eu tivesse aprendido análise combinatória até tentava fazer a conta… Manuais podem ser legais, sim. O da Vice é bem legal porque é muito bem-humorado. E o Kama Sutra sempre vai ser referência. Mas, por incrível que pareça, inteligência, criatividade e liberdade são o que faz a diferença na hora.

  • Guilherme Cunha

    Ótimo texto…

    mas seria melhor se a mulher estivesse sem salto no desenho, rsrsrsrsr.

    • Rodolfo Viana

      Boa, Guilherme. Você reparou no sapato da mulher…

  • Bessa_leite

    Meus parabéns! Gostei muito do seu blog. Que o Senhor Jesus
    Cristo te abençoe, abundantemente.

     

    Visite o meu blog e me adicione ao seu. Vamos fazer uma
    parceria. Aguardo sua confirmação.

     

    Acesse: [LINK REMOVIDO POR UM EDITOR FANFARRÃO]

     

    Abraços.

  • http://www.facebook.com/people/Mariana-Springer-Almeida/100000457724871 Mariana Springer Almeida

    Tentei ler
    todos os comentários, mas não consegui.

    Passei por
    situações que me levaram ao agnosticismo, mais precisamente ao Ignosticismo. Ou
    seja, não creio que a razão consiga explicar a existência ou não de Deus, até
    porque, para isto, precisamos definir o que é Deus. Se Deus for o cara da
    Bíblia, eu não acredito nele.

    No entanto,
    não sou ateísta, como muitos agnósticos também não o são. O problema das
    argumentações ateísta e teísta é provar a existência ou não de Deus baseando-se
    nas religiões, que são, no geral, um conjunto de tradições.

    Não acho que um conjunto de tradições com argumentações
    falhas consiga excluir a existência de Deus, ou de uma energia, do não-acaso,
    sei lá (literalmente: sei lá). Para mim, só exclue a existência de veracidade
    naquela determinada ideologia (ou em um determinado ponto daquela ideologia).

    O ponto de desacordo nesta discussão vai ser sempre a fé: de
    que Deus existe e de que Deus não existe. E a fé, normalmente, parte de uma
    experiência pessoal, e, portanto, tão difícil de ser transmitida.

    Eu, por exemplo, passei por uma experiência de psicografia
    e, para mim, foi bem real. Por isto, acredito sim em vida após a morte, mas
    acho que o Espiritismo Kardecista não me deu razões suficientes para crer que
    seja exatamente daquela forma que eles dizem, e também não achei nenhuma
    religião ou ciência que consiga explicar, de forma convincente, o que me
    aconteceu.

    Da mesma forma que não espero que outras pessoas acreditem
    em vida após a morte, uma vez que não passaram pela mesma situação que eu.

    • http://twitter.com/irtigor Igor R. Tiburcio

      Você, provavelmente, foi vitima de uma leitura fria.

      Algumas pessoas aprendem a fazer instintivamente, e dentro desse grupo, existem os que acabam achando que são especiais (que falam com o alem e coisas do gênero, e ai causam mal mesmo estando bem intencionadas).

      Por outro lado, existem os picaretas, que usam leitura fria pra tirar a maior quantidade de dinheiro possível. Muitos casos desse tipo já foram desmascarados ao longo da história.

      • http://www.facebook.com/people/Mariana-Springer-Almeida/100000457724871 Mariana Springer Almeida

        Tenho estudado bastante a respeito do assunto. Sem conclusões ainda, mas com suposições semelhantes à sua.

        Mas não creio em picaretagem. Ninguém ganhou dinheiro…

  • Amaro_alexandre

    to indo lá…. não me esperem de volta… ela adora… e eu amo de paixão…ver tua mulher se derramando de prazer, não tem preço… fui….

  • http://www.facebook.com/people/Jeberson-Pereira/100001516132002 Jeberson Pereira

    Show…
    Sei que existem muitos manuais sobre esse assunto por aí (Google lhe mostra antes mesmo de terminar de digitar) mas mesmo sabendo vale a pena le-los, e se for criativo saberá mescla-los para sempre fazer algo novo…

  • http://www.mulherdemarte.net/ Rebeca Galabarof

    Fiquei triste por não ter mencionado o meu post, mas confesso que é um guia muitíssimo bem feito para mulheres aprenderem a fazer sexo oral em outras mulheres.
    Por fins educativos eis aqui um GUIA ILUSTRADO SOBRE COMO FAZER SEXO ORAL NAS MULHERES PARA HOMENS:
    http://sweetlicious.net/gerais/como-fazer-sexo-oral-nas-mulheres-19169 

  • GeraBH

    Gostei demais do texto, que cumpre seu objetivo despretensioso de causar a discussão em torno de um tema pra lá de gostoso (ignorarei os “do contra”, afinal, não gostou, não lê, fecha, sei lá, kkk).

    Eu sou um adepto do Oral longo, demorado, criativo, gostoso e etc.. :) e posso confirmar o que muitos dizem, ele dá resultados. 
    O lance de parar, é realmente foda, eu achava que era interessante pq daria pra extender o tempo, mas a mulher (pelo menos a minha) fica emputecida da vida, então, melhor não parar.

    Outra coisa que não foi citada que eu gostaria de contribuir, é que depois da gata gozar, convêm chegar se é necessário reduzir a pressão e todo o “motion” pq ela pode ficar bem sensível, daí incomoda um pouco continuar no mesmo “frenezi”.

    Por fim, o “não ter hora marcada” é o melhor conselho que se pode dar em relação ao Sexo… atenção ao momento e falta de pressa fazem a diferença.

  • http://about.me/albertobrandao Alberto Brandão

    Oráculo é sensacional, libra ficou perfeito.

  • Bruno Pimenta

    Muito bom o texto!
    Foda é quando a boca/língua começa a doer, mas… No Pain, No Gain! :P

    Acordar em silêncio, dar uma escovada no dente – claro! – e cair de boca com ela ainda dormindo é demais! Ô coisa boa….

  • Katryna

    Dica para aqueles que não têm paciência de ler “manuais” (ainda que este tenha sido o melhor manual ilustrado que eu já vi/li):

    Aprenda rapaz! Peça pra pequena te ensinar o caminho e, mais importante, sem essa de “homem que é homem não precisa ser ensinado”.

  • Andrea

    Sensacional!!!!! Libra é perfeito!!!!!

  • http://twitter.com/IshibashiCesar César Ishibashi

    A matéria é bem interessante, mas algo a ser ressaltado, é sobre a prevenção de DSTs, o uso de preservativos para sexo oral, quando for com uma parceira desconhecida. Mesmo com uma parceira fixa, é fundamental a realização de exames antes.  

  • http://www.facebook.com/GodHostBrasil GodHost Brasil

    um dia o mundo saberá a verdade!

  • Andreza

    KKKKKKKKKKKK  Eu ri muito com esses comentarios, tenho 15 anos meu namorado tbm goza muito rapido mais tou satisfeita com ele .

  • Mel Tupinamba

    Vou rir junto com vc, sabendo que VC SABE o que eu quis dizer!  ;) 

  • Cazzobrasilia

    Trabalho com licenciamento de empreendimentos lineares para geraçao e transmissao de energia  linhas de transmissao,  gasodutos, oleodutos, termeletricas e energia nuclear….vejo algum investimento em energias alternativas… mas o grande investimwnto é em processos desatualizados aqui no brasil…. pressao economica e politica ainda impera nesse meio…. mas com certeza existem boas ideias e ons projetos sendo implantados…

  • http://www.facebook.com/arthur.s.mendonca Arthur Silva Mendonça

    virgem é isso aí mesmo… às vezes

  • Cauê

    Chega a ser vergonhoso alguns comentários.

    Um livro de quase 2 mil anos, cheio de péssimos conselhos, e tradições seguidas cegamente só por serem…tradições, sem procurar entender o porque, continua sem fazer o menor sentido para mim.

    Sou ateu, e já deixei de me importar com a incrível capacidade da maioria das pessoas em serem carentes e precisarem criar um ser que os pune, ou que olhe por eles, para que assim possam se sentir seguros. É como se não conseguissem vislumbrar nada além de onde seus pés alcançam.

    Misticismo, a maior tragédia desse mundo.

  • Tranquilino27

    Tsc,tsc…Tem gente que não aprende né.
    Algumas pessoas não conseguem nem se dar bem com a mulher e os filhos em casa e querem resolver um problema primordial sobre a existÊncia de Deus no universo ou mesmo antes desse mesmo universo ser criado.
    Daí,quando não conseguem achar as respostas para isso,respondem para si mesmos,”é,esse tal de Deus ou Demiurgo não existe,tudo foi criado do nada,nem quero saber de que esse mesmo nada é um paradoxo em si mesmo,afinal,como pode sair alguma coisa complexa de coisissima alguma?
    Mas não importa mesmo assim,nem se quer ligo para minha presunção e comodismo em chegar a essa conclusão,o universo não tem uma causa inteligênte e quem acredita nisso são um bando de tolos ingênuos,afinal,como acreditar em uma coisa que não se vê.”

    Sei que as religiões devem ser criticadas assim como tudo nesse mundo,mas dizer que não há uma inteligência suprema que controla o universo(ou os universos)é pura e simples falta de humildade diante de nossa própria ignorância.

  • Attilabarcellos

     São tantos os enganos, da parte dos religiosos e da parte dos cientistas e também dos agnósticos, ateus, crentes, descrentes, otimistas, pessimistas, realistas, satanistas, criacionistas, e por ai vai…..

     O erro é acreditar que seu caminho é melhor que o o do outro e isso é óbvio, por isso vou falar um pouco a respeito de Deus.
     
     Existe UM deus no antigo testamento da bíblia e OUTRO deus no novo testamento. Devemos partir desse ponto. O do antigo testamento não é grande coisa, o do novo é melhor, mas de qualquer forma, Deus ou deus não é importante, tanto faz quem é ou se existe ou não. 

     O que realmente importa é a nossa espiritualidade e por que? Porque sem isso estaremos ferrados de qualquer forma. 

     A espiritualidade nos dá equilíbrio e sabedoria para viver no dia-a-dia, só isso. É tão simples, tão próximo de nós, mas muitas pessoas infelizes, que geralmente usam rótulos para si próprias, preferem buscam a explicação para algo tão distante e etéro como deus ou criador e  etc, que acabam se esquecendo que nós e apenas nós somos responsáveis por nossos atos.

  • Daniel

    O que move o mundo não são as respostas, mas sim as perguntas.

    Concordo com o escritor lá. O mundo será um lugar muito melhor quando ninguém mais acreditarf em Deuses, Jesus, papai Noel e Coelho da páscoa.

  • Daniel

    Cacete, da até vergonha de me dizer humano. Tem gente que fala as coisas sem entender, tem gente que lê MAS NÃO ENTENDE. Homem veio da ameba? coisas ai de que Einstein era religioso? kkkkkkkkkkk

    Nossa espécie é pouquissimo desenvolvida. O que acontece é que nos achamos a ultima bolacha do pacote porque sabemos fazer uns cálculos e deduzimos algumas coisas… mas nós somos LIMITADÍSSIMOS, quando não sabemos a resposta procuramos ou reconforto ou uma “fé para nossa pequenez.

    A maioria dos ateus, aqueles que realmente entendem sua posição, vieram a pensar assim através de muito estudo, observação e pensamento; desenvolvendo assim uma espiritualidade maior que qualquer religioso. A viseira deve ser retirada.

  • http://www.facebook.com/pedrofaustojr Pedro Fausto Junior

    As pessoas aqui (inclusive eu) tendem a confundir raciocínio (lógica) com pensamento científico e/ou método científico.

    Lógica não é algo exclusivo da ciência, até porque…a lógica existe há muito mais tempo do que a ciência. Aconselho lerem o princípio da Navalha de Occam.
    Depois deem uma olhada no método científico moderno de Descartes e julguem por si mesmos se ele ele é infalível ou não.

  • Léo Sartori

    Muito válido o argumento que fomos ignorados por 98 mil anos. Mas é um argumento humano, e todo humano é incapaz de raciocinar além das três dimensões que supostamente existem. Olha, eu tive uma EQM (Experiência de Quase Morte, pra quem não sabe) há dois anos. Vi meu próprio corpo na minha frente de ângulos em que eu jamais poderia ver num espelho, por exemplo, demorando para me reconhecer e vi o médico tentando me ressuscitar. Contei pra ele depois, ele ficou bem curioso. Quando “morri”, fiquei assustado no início, mas depois passei por experiências que são difíceis de explicar, inexprimíveis – por isso a minha teoria sobre mais dimensões. Apesar disso, foram maravilhosas e vi que existe, sim, outro mundo. Não vi céu, nem inferno, mas quando morremos, não “termina”. Só que no fim das contas, é questão de fé, não? Sempre haverá a dúvida pra quem não passou por algo assim. Abraço.

  • Tranquilino27

    A questão é,Deus é uma constante na vida de todos os povos.Não há povos completamente ateus.Nunca houve.Sem essa de que países Europeus são o ápice da civilização e do ateísmo.Isso é uma verdade tão óbvia que o próprio homem tenta se usar desse princípio para dominar as massas e de fazer disso um meio eficaz de política.
    Todos os estadistas que já passaram pela história,sejam ditadores genocidas ou não,sempre usaram da palavra “Deus” perante o povo,para darem credibilidade as suas utopias e até hoje,na era da informação é assim.A Bíblia de uma maneira ou de outra é informação,e como toda informação,ela é neutra,possibilitando ao homem fazer dela o que quiser,inclusive fazer as interpretações mais loucas possíveis com o objetivo de ter poder sobre o povo e sobre a riqueza.

    Me lembro de uma cena do filme “O Livro de Eli”,quando uma mulher cega pergunta ao Gary Oldman(não me lembro o nome do personagem)o por quê dele querer tanto aquele livro surrado que o herói da estória levava consigo.Ele então responde mais ou menos assim:que com aquele livro,milhões de pessoas peregrinariam só para vê-lo,outras milhões de pessoas se ajoelhariam só para tocá-lo e reverenciá-lo.Pura verdade.E a história comprova isso.

    “Vc pode não acreditar em nenhum  livro sagrado,só não pode deixar de acreditar que a importância desses livros são a mais pura verdade”.

  • http://shotsarge.blogspot.com Marcio Sarge

    Não é o objetivo de vida, lógico, e eu nem mesmo disse isso. Relei e com um pouco mais de esforço da sua parte acho que vai entender o que disse.

    Bem, explico, apesar de não ser o objetivo de vida deles, foi o que se propuseram a fazer nesse projeto, ali ao meu ver, demonstram ignorância sobre o assunto.

  • Belo Carloshenrique

    Acreditar em Deus não significa ter uma religião.
    Já pensaram nisso?

    As pessoas tem uma breve mania de ligar Deus a todas as palavras da Bíblia. Não é tão simples assim. É superior a esse tipo de comentário.

  • http://www.facebook.com/people/Gabriel-Soaress-Souza/1545777632 Gabriel Soaress Souza

     discussão que não acrescenta em nada…Deus é algo intimo e o fato de não crer nele também!

  • http://www.facebook.com/people/Gabriel-Soaress-Souza/1545777632 Gabriel Soaress Souza

    discussão que não acrescenta em nada, Deus é algo intimo e o fato de não crer nele também!

  • Igor Nascimento de Souza

    “E o homem fez de Deus…sua imagem e semelhança”

  • Igor Nascimento de Souza


    E o homem, em seu orgulho, criou Deus, a sua imagem e semelhança”

  • Marcosvs_santana

    Eu acho plausível acreditar em um Deus, afinal, nos agarramos a outra teoria quando uma falha em explicar tudo. Então, minha crença em um Deus é puramente isso.
    O que eu não aceito, não concordo e acabaria se pudesse sãos as religiões. Religião sempre foi uma máquina para acalmar povos. O povo está revoltado? Diga que é pecado. Vote em mim pois sou cristão. E outra frases já conhecidas.
    Não só o Cristianismo, mas o Islã e diversas outras religiões do mundo são usadas até hoje por pessoas de poder, não homens nem mulheres que querem a tal salvação, mas pessoas de poder que não pretendem ficar por baixo. As regras de uma religião não foram escritas por um Deus. Foram escritas por homens. 
    Então eu me recuso a aceitar leis que usam a fé das pessoas como armas de controle.

  • FlaviaQ

    Ninguém comenta sobre o Alain de Botton. 

    Ele é mais surpreendente pois propõe que os ateus utillizem as coisas boas que existem nas religiões.

    Deeem uma olhada nessa palestra dp TED:

    http://www.ted.com/talks/alain_de_botton_atheism_2_0.html 

  • Rafa

    depois de ler os comentários acho que vem a calhar o link antes de continuar a discussão:
    http://www.dicta.com.br/notas-sobre-a-discussao-racional/
    “Em países onde o debate racional está em vigência, por contraste, quem não está preparado simplesmente não debate”

  • Morgana

    Pra alguém aí em cima que falou sobre o bem da ‘espiritualidade’.
    Pois bem, não sou espiritualizada, não acredito em nenhum deus e mesmo assim, pasme, sou uma pessoa feliz e de bem.
    Espiritualidade e religião não são sinônimos de ética e bondade, Edir Macedo que o diga.

  • http://www.facebook.com/FelipeAita Felipe Aita Sabot

    Felizmente ela supera uma explicação lógica, pois ela põe ordem no mundo, movimenta as pessoas, dá esperança (principalmente àqueles que só tem isso). Porém, existe algumas pessoas que simplesmente não precisam de uma fé em algo superior para tudo isso. Esses sim, pensam, indagam, duvidam, buscam informações, concluem por si mesmo. E não apenas abrem a garganta, deixam esse trambolho de informações e de ideias impostas pela sociedade descer sem digeri-las. A fé e a religião mantem a ordem no mundo. “Graças a Deus que ela existe!”
    Obs: Sou Ateu Agnóstico. (Ateu: não acredita em um ser superior. Agnóstico: não duvida que exista uma ser superior. Contraditório? Não. É difícil provar que algo não existe quando esse algo não é algo matemático, lógico, racional).

  • Markos

    é muito mais que possam expor aqui, é refutado essas teorias deixo para quem gosta de pesquisar o outro lado e veja quem é: William Lane Craig….. isso é razão, somos mais que nada como ateísta se acha, somos apologetas.  Assitam….

    http://www.youtube.com/watch?v=4KBx4vvlbZ8 Qual é a expressão 30 autor foda ? não eu te digo que esse cara aqui mais ainda hahahahahaolha só a revolta de um dos comentaristas..I’m an agnostic atheist, and I am frustrated with Hitchens and many of the other atheists I’ve seen debate. It seems like they never really attempt to attack their opponents’ arguments and instead go on about stuff like, “God’s a dick, so he’s obviously not real!” Is it me, or is the atheist so arrogant that they won’t bother with the argument at hand, and instead go on about how they can’t comprehend God’s cruelty? I wanna scream at the screen all the counterarguments the atheists should use!

  • http://profile.yahoo.com/FIZT3IJ5HKBXSZJDVSSNSALEVA Marcos

    é muito mais que possam expor aqui, é refutado essas teorias deixo para quem gosta de pesquisar o outro lado e veja quem é: William Lane Craig….. isso é razão, somos mais que nada como ateísta se acha, somos apologetas.  Assitam….
    http://www.youtube.com/watch?v=4KBx4vvlbZ8 Qual é a expressão 30 autor foda ? não eu te digo que esse cara aqui mais ainda hahahahahaolha só a revolta de um dos comentaristas..I’m an agnostic atheist, and I am frustrated with Hitchens and many of the other atheists I’ve seen debate. It seems like they never really attempt to attack their opponents’ arguments and instead go on about stuff like, “God’s a dick, so he’s obviously not real!” Is it me, or is the atheist so arrogant that they won’t bother with the argument at hand, and instead go on about how they can’t comprehend God’s cruelty? I wanna scream at the screen all the counterarguments the atheists should use!

  • http://profile.yahoo.com/FIZT3IJ5HKBXSZJDVSSNSALEVA Marcos

    porque eu imaginei que o meu post não seria colocado?  quero pedir desculpas, por tais cristãos que dizem ser cristãos mas não sabe afirmar a veracidade e a origem da sua fé cristã. mas o moderador com certeza estará vendo este post,,,,, veja que existe um principio, existe um fundamento pois não penso como Sartre que diz que a vida não faz sentindo nenhum. Vamos fingir que o universo tem um sentido” por isso pesquisem sobre William Lane Craig, e deveras que os pressupostos em seus argumentos vão passar a ter sentido…

  • ZEZINHO

    É SIMPLES GENTE, OS EVANGELICOS ACREDITAM EM DEUS E OS ATEUS ACREDITAM Q DEUS NAO EXISTE. AMBOS CREEM MAS DEMANEIRA DIFERENTE.

  • http://facebook.com/pedravellar Ravell

    Gnt… acreditar em Deus e seguir a Bíblia são coisas diferentes. Não faço nenhum dos dois… mas esclarecer é bom, néh

  • joan

    lamentavel que tantos ainda se desgastem sonhando com fantasias espirituais

  • http://www.facebook.com/people/Benny-Dio/100000404758634 Benny Dio

    AINDA bem que esses Ateus morrem e param de falar bobagens!

  • Luis Alves

    Se Deus fosse uma evidência concreta e convincente… Se existisse realmente…
    Já teriam feito um furo de reportagem universal com ele e ainda ia passar no Fantástico. #SQN

  • José Pedro

    P { margin-bottom: 0.21cm; direction: ltr; color: rgb(0, 0, 0); }P.western { font-family: “Times New Roman”,serif; font-size: 12pt; }P.cjk { font-family: “WenQuanYi Micro Hei”; font-size: 12pt; }P.ctl { font-family: “Lohit Hindi”; font-size: 12pt; }

    Ateísmo
    e suas consequências.

    As consequências do ateísmo é fácil de notar. As grandes maldades praticadas pelos ateus, ou aqueles que fingem acreditar em Deus, mas na realidade são
    pessoas que desconhecem o objetivo de crer em um Deus, cujo atributo
    é o amor, a justiça é a sua principal causa.

    Mas, se levarmos em conta que a ignorância fervilha em muitas pessoas por atribuírem a Deus os seus fracassos intelectuais, materiais e muita falta de
    conhecimento de sua origem, permeiam por um mundo vago, como se
    estivessem dentro de um gomo de bambu.

    Tem um vazio interior em que a caridade não precisa ser exercida, mas a ganância ávida pela vida em si própria, os torna piores que os animais irracionais,
    que imaginam que a vida tem que ser vivida a cada dia que passa, nem
    que seja a custa do sacrifício de seu próximo.

    Essa vida irracional da maioria dos ateus, ou pseudo ateus, ignoram por exemplo como crescem um pé de planta que serve para alimentação de si próprio.
    Muito menos cultivar essa planta.

    Cultivam vícios de origem e outros adquiridos durante a sua vida e não admitem a culpa, mesmo que esses vícios lhe sejam prejudiciais a si próprio ou ao ambiente em que vivem.

    Se observassem o nascimento e o crescimento de uma pequena ave, suas diversas cores, como voam e permanecem no ar, teriam uma outra visão do universo e sua grandeza.

    Ora, essas pessoas ignoram o princípio básico da existência da natureza, “NADA SÓ PODE GERAR NADA” ou “ NADA SÓ PODE GERAR COISA NENHUMA”,. O
    vazio gera vazio.

    Ora, se o que dissemos acima é verdadeiro, significa que se as moléculas orgânicas mais complexas surgissem “milagrosamente” ao acaso, ainda teriam
    que depender de “outro milagre”, pois haveria a tendência de se dissolverem rapidamente, não havendo possibilidade de um número suficiente de moléculas ser acumulado para servir de matéria prima para formar a primeira célula.

    Os ateus cultivam superstições, que podem ser comparadas como a dos falsos crentes, que delineiam ideias absurdas, criando para si, criaturas de madeiras, pedras e outros seres inanimados que se tem como deuses que operam milagres. A diferença de um ateu para essas pessoas é nenhuma. Uns cultivam a superstição da não existência e outro a da muita existência. Mas ambos cultivam o mesmo princípio.

    Por tanto as conjecturas dos ateus em nada são científicas e sim filosóficas,
    para não dizer supersticiosas.

  • Bruno

    O que você disse não é uma frase que tem como ser debatida, e vamos respeitar a todos, por favor. Obrigado!

  • Nânie

    Gostei muito, muito mesmo. Em particular adoro Christopher Hitchens. Li praticamente todos os livros dele, incluindo o maravilhoso sobre Madre Tereza de Calcutá, que não foi traduzido no Brasil. E os que não li ainda estão na cabeceira, esperando… E quanto aos que acham que os ateístas, ou secularistas, ou antiteístas, como CH, são pedantes ou fanáticos ou querem convencer todo mundo, o que tenho a dizer é que estão tentando fazer as pessoas raciocinarem, e muitos deles, juntando Sam Harris e Richard Dawkins, lutando contra a lavagem cerebral religiosa que já começa nas escolas. É uma luta justa. Alguns são “extremistas”, como o próprio Hitchens se denomina – gostam de uma briga, de um debate etc e tal. Mas nem todos os ateístas, famosos ou não, sequer revelam sua posição (não) religiosa para outros. São bem mais na deles e humildes do que muitos pensam. Parabéns pela tradução das falas e pelo vídeo.

  • Vinicius Piassa

    Quando vejo discussões assim não deixo de pensar nessa historia.

    Em Aquiraz, no Ceará, dona Tarcília Bezerra construiu uma expansão de
    seu cabaré cujas atividades estavam em constante crescimento após a
    criação do seguro-desemprego para pescadores e vários outros tipos de
    bolsas.

    Em resposta, a Igreja Universal local iniciou uma forte campanha para
    bloquear a expansão, com sessões de oração em sua igreja de manhã, à
    tarde e à noite.

    O trabalho de ampliação e reforma progredia célere até uma semana
    antes da reinauguração, quando um raio atingiu o cabaré queimando as
    instalações elétricas e provocando um incêndio que destruiu o telhado e
    grande parte da construção.

    Após a destruição do cabaré, o pastor e os membros da igreja passaram a se gabar “do grande poder da oração”.

    Então, Tarcília processou a igreja, o pastor e toda a congregação,
    com o fundamento de que eles “foram os responsáveis pelo fim de seu
    prédio e de seu negócio, utilizando-se da intervenção divina, direta ou
    indireta, e das ações ou meios.”

    Em sua resposta à ação judicial, a igreja, veementemente, negou toda e
    qualquer responsabilidade ou qualquer ligação com o fim do edifício.

    O juiz, a quem o processo foi submetido, leu a reclamação da autora e
    a resposta dos réus, e, na audiência de abertura, comentou:

    - Eu não sei como vou decidir neste caso, mas uma coisa está patente
    nos autos. TEMOS AQUI UMA PROPRIETÁRIA DE UM CABARÉ QUE FIRMEMENTE
    ACREDITA NO PODER DAS ORAÇÕES E UMA IGREJA INTEIRA DECLARANDO QUE AS
    ORAÇÕES NÃO VALEM NADA!”

  • Ivani Medina

    Ateísmo como a negação do deus de Israel é bem simples. É esse entendimento que incomoda, isto é, a imposição da Bíblia como o norte do comportamento humano encharcada de superstições absurdas. é isto que chamam de Deus. Não cabe nisto discussão filosófica alguma. Outra possibilidade? Ah sim, é para quem gosta.

    Aproveito e peço licença para divulgar um livro muito pertinente:

    A religião percebida como um
    instrumento político é bem diferente de quando é percebida como um instrumento
    de aperfeiçoamento moral. A tendência é que ela seja apreciada
    preferencialmente pela segunda possibilidade. No entanto, é sob o ponto de
    vista secular que faço essa reflexão a respeito da origem do cristianismo.
    Conheça um pouco mais a respeito da maior farsa histórica de todos os tempos.
    Visite a página do livro A Origem do Cristianismo em Reflexão no Facebook:

    https://www.facebook.com/aorigemdocristianismoemreflexao?ref_type=bookmark

    E adquira o seu exemplar em:

    http://www.editoramultifoco.com.br/literatura-loja-detalhe.php?idLivro=1702&idProduto=1734

    Abraço a todos. Obrigado.

  • Ryan

    Revivendo discussão antiga:

    Antes de falar de religião, seria bom se a galera lesse Mircea Eliade.

    Sério mesmo.

  • http://www.facebook.com/people/Amauri-Braz/100002095426593 Amauri Braz

    Uma dúvida Lívia e Samyta vcs duas se identificaram com o signo de leão pela parte que o texto se refere ao autoritarismo dos Leoninos ou pela parte que se refere q muitos são Cornos???

  • Freelancer

    Sério!? Tem cara que faz isso!? … O.o

  • Gabriel Duarte

    Aqueles que se baseam em filmes pornôs

Papo de homem recomenda

Assine o Papo de homem

Curta o PdH no Facebook
  • 5550 artigos
  • 662258 comentários
  • leitores online