[+18] Sexo juvenil e meninas sapequinhas

Leitora Anônima

por
em às | Ladies Room, Mulheres, Relatos, Sexo


O herói mais querido (pelos nerds) da DC

“No dia mais claro, na noite mais densa,
O mal sucumbirá ante a minha presença.
Todo aquele que venera o mal há de penar,
Quando o poder do Lanterna Verde enfrentar.”

Ele foi escolhido. Ele fez o juramento. Ele decidiu salvar a Terra.
Não perca a estreia de Lanterna Verde no Cinemax.

A gente tinha acabado de se conhecer e eu sabia que um convite para um filmezinho na minha sala não seria uma boa ideia. Mas não estaríamos sós. Como nos conhecemos juntos, os quatro, ficamos num encontro de casais, inocente, enquanto o resto da casa adormecia.

Mas era impossível permanecer ingênua, deitada no chão, coberta por um edredom. E eu ainda estava de vestido. Tolinha. Eu já queria aquilo, queria a mão dele tirando minha calcinha, que ele me masturbasse, queria colocar a mão por baixo do short dele e encontrar aquele pau duro delicioso me querendo.

"Tem que ser agora. Tem que ser rápido. Tem que ser delicioso"

Quando éramos mais novos, com os hormônios descontrolados e por falta de opção ou grana, acabávamos satisfazendo nossos desejos em qualquer oportunidade que surgia. Masturbação por baixo da mesa, uma mamada gostosa numa sessão de cinema à tarde, uma trepada no carro, num estacionamento deserto, ou nem tão deserto assim. Tínhamos sempre a sensação de que a oportunidade não podia ser perdida, ainda que o tempo estivesse à nosso favor. Jovens não esperam, tentam sempre extrair o máximo de cada momento.

Mas aí a gente cresce, as condições adversas vão desaparecendo e acabamos aprendendo a esperar. Esperar que a casa fique vazia, que o salário chegue pra irmos ao motel e a urgência vai ficando pra trás, dando lugar a um desejo mais contido, aprisionado.

Mas por que perder aquela delícia do sexo juvenil, urgente, desesperado e até desastrado, como se não houvesse outro momento para ser aproveitado? Como se não importasse quem pode ver, ouvir os gemidos ou os móveis trepidando.

Eu parei de resistir e ficamos nos masturbando, até que ele me virou de lado, de costas pra ele e roçou aquela rola na minha bunda, nua por baixo do edredom. Virei a cabeça apenas para sussurrar: “não tô aguentando”. Ele começou a me comer, ali, enquanto
minha amiga e o carinha dela viam o filme. Eu devia ter parado, mas a vontade de continuar era muito maior que qualquer pudor ou preocupação.

Desconcertada, descabelada e tomada por aquele tesão imenso, abaixei o vestido e pedi pra irmos à outra parte da sala, daquelas com dois ambientes, que dava toda a possibilidade de que o outro casal visse nós dois, mas nada importava, o que eu queria mesmo era ser fodida. E com urgência.

"Ahhh... é isso!"

A experiência de vida nos faz mais prudentes. Aprendemos a esperar e, muitas vezes, perdemos essa naturalidade que dá lugar a um sexo mais pleno, mais planejado, que também é uma delícia. Mas realizar essas fantasias joviais nos tiram de qualquer engessamento que a maturidade pode nos trazer.

E nem sempre o sexo na juventude era só maravilhas. Saber dosar a entrega com a experiência é a chave para se aproveitar mais e mais das delícias disponíveis e que acabamos deixando passar.

Já no outro lado da sala, com um pouco mais de liberdade, enquanto ele sentava no sofá já com a bermuda abaixada, me ajoelhei no chão, na frente dele. A excitação dele com o pau melado só me dava mais tesão ainda. “Ser discreta pra que?”. Minha amiga devia estar ocupada demais para prestar atenção no que acontecia do outro lado da sala. Eu alternava entre lambidas e chupadas, até que não aguentei mais e sentei nele. Subia e descia naquele pau, enquanto ele me segurava pelos quadris, lambia meus peitos, puxava meus cabelos e me deixava enlouquecida.

Olhei para o outro lado da sala e vi que minha amiga estava concentrada… no macho dela. O que estavam fazendo também não importava, mas, ainda assim, pedi pra irmos ao banheiro, pelo menos eu poderia soltar os gemidos que eu estava reprimindo tanto.

Essas situações mais arriscadas apimentam e aquecem qualquer rotina. Uma rapidinha enquanto a família está jantando, encontros rápidos no horário de almoço, aproveitar as escadas de um prédio pouco movimentadas. Quer seja por fantasia, um pouco de voyeurismo ou desejo latente, puro e simples, uma boa foda nunca deve ser desperdiçada e nos mantém com a juventude em dia.

"Me encontra lá no banheiro"

Agora era minha vez de ser chupada, de pé mesmo. Ah… como é bom gozar quando o tesão vai culminando pouco a pouco, com a adrenalina muito acima do normal, com certo medo de acordar alguém. Ele levantou e me virou de costas, apoiei as mãos na pia e empinei a bunda o máximo que conseguia. Terminamos deitados no chão frio, ele gozando e espalhando tudo na minha barriga.

Voltamos pra sala com uma cara lavada e sorriso maroto no rosto, já com os créditos subindo na tela da TV. Mas quem é que estava assistindo filme mesmo? Assim que eles foram embora, minha amiga e eu trocamos saborosas informações sobre a noite. Ela se contentou com uma punheta bem feita.

Então, sempre que o tesão está desse jeito, quando eu me sinto toda molhada, com um pau pulsando na mão, com uma vontade imensa de ser comida ali, naquele instante, nada parece importar. Eu instigo, atiço, me entrego com gosto. Afinal, é bom pra mim e, como já se é sabido, que homem nesse mundo não adora foder uma menina toda sapequinha?

Leitora Anônima

Perfil coringa para textos enviados anonimamente por nossas leitoras.


Outros artigos escritos por


SEPARAMOS MAIS TEXTOS PARA VOCÊ CONTINUAR LENDO




O texto acima não representa a opinião do PapodeHomem. Conheça a visão e a essência por trás do que fazemos. Queremos uma discussão de alto nível. Antes de comentar, leia nossas boas práticas. Caso deseje enviar um texto e se tornar um autor, venha por aqui.


  • http://www.facebook.com/Danpresto Daniel Lopes

    Dá até um suador aqui…. Uuuuufa!!

  • Luis

    Palavras de uma mulher sábia

  • luis_moc

    Que isso hein… fui lendo e relembrando de fatos bem semelhantes!! Bons tempos..

    • Autora

      Não fique só relembrando, reviver é melhor ainda ;)

    • http://www.facebook.com/people/Gutierrez-Rodrigues-Reis/100002664677434 Gutierrez Rodrigues Reis

      Tambem! ótimas memórias que são fáceis de voltar!! HAHA!!

    • http://www.facebook.com/people/Evandro-Araujo/1558069447 Evandro Araújo

      idem

  • http://www.facebook.com/rafael.allegretti Rafael Allegretti

    Excelente texto… me fez lembrar da sala do meu chefe no meu antigo trabalho, rsrs.

    • Autora

      Sala do chefe? Caprichou na adrenalina, hein? ;)

  • http://www.facebook.com/people/Luis-Alves/100000780742944 Luis Alves

    Nossa… nostalgia da juventude em pleno êxtase.
    Nada como ler um texto gostoso no calor do dia.

  • http://www.papodehomem.com.br/ Guilherme Nascimento Valadares

    flashback começando em 5, 4, 3…

  • Pedro Spinassé De Martin

    Ta doidaaaa sua doidaaa!!

    Muitooo bom !!  

  • Polygall

    Nossa…essa trepada começa em um comodo, passa para o outro e termina no terceiro??! Nao me recordo de ter consigo chegar ao terceiro. Mas tirando a sacanagem (ou não) ainda bem que essas pegadas/desejos/tesão não estão restritas apenas aos “jovens”, apesar de ser predominante nesta fase.

    • Autora

      Ainda bem mesmo! 

  • Pedro Chagas

    Tempo bom era esse! qualquer oportunidade era a última. Tenho que parar de ler os posts do PdH (principalmente da lasciva) no trabalho, ou vai acabar dando na cara. Ou pior, na calça!

    • http://www.facebook.com/Ricardoool Ricardo Oliveira

       Tempo bom era esse! qualquer oportunidade era a última.

      A maior verdade do meu dia.

  • http://www.facebook.com/people/Carla-Rodrigues/1014618676 Carla Rodrigues

    Acho que o bom é equilibrar!

    Dar aquelas fodas homéricas com umas rapidinhas no banheiro da balada!!!
    Acho que quando vc está com tesão e com a pessoa certa, vale qqer coisa e qqer lugar!

  • Dado Teles

    Quem nunca?

  • L.

    Não comentarei muito somente…..tento continuar com essa vontade juvenil todos os dias…e tem dado ótimos resultados :)

  • Nana

    Adorooo essas rapidinhas arriscadas e deliciosas!!! Já fiz um belo de um boquete num ex enquanto minha mãe preparava o almoço;) Não sei como eu consegui me concentrar na conversa com ela e alternar com as chupadas, mas fiz o cara gozar e nada foi percebido:D 
    Essa dentre outras experiências me levam a concluir que nunca perderei esse quê juvenil, sapeca e desafiador!!! Gosto de correr riscos, me dá ainda mais tesão saber que posso ser flagrada a qualquer momento… É como diz o ditado, tudo que é proibido é mais gostoso;D

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100002803723479 Paulo Andre PA

    com isso faz com que ela fiquem arisca e malvadas….

  • http://www.facebook.com/viictor7 Víctor Alexandre

    Texto foda!

    São essas experiências que podemos classificar como as melhores. E pra mim, sexo marcado é sempre menos prazeroso.
    Em uma situação como a da autora,só pode ser melhor se houver uma próxima vez.

    Ps: Textos como estes saem justamente pela manhã (meu horário de trabalho). Pouco importa. Acho que a leitura disfarçada, torna o texto ainda mais valioso.

    • Autora

      E ir no banheiro, inspirado, tocar umazinha depois de ler?

      • http://www.facebook.com/viictor7 Víctor Alexandre

        Haha, seria ótimo! Mas, pra minha sorte, marquei com uma colega hoje a noite. ;]

        Parabéns pelo texto.

      • Pedro Chagas

        Confesso que ontem fiquei altamente agoniado na iminência de “ordenar” que minha parceira alternasse as lambidas e chupadas, não pela falta delas, mas a descrição do sexo juvenil aguçou os meus sentidos. Ainda assim, antes que a econtrasse, não escapei de umazinha no banheiro! Que hábito terrível(gostoso)!

    • Luiza

      Também acho menos prazeroso quando é algo marcado. Acho que é mais empolgante e dá mais adrenalina quando simplesmente acontece. E o melhor, que sempre dá vontade nos lugares mais improváveis.

  • http://www.facebook.com/nunosancha Nuno Sancha

     Simplesmente magnifico o texto, não pela parte mais quente, mas sim pela forma como a escritora descreve as cenas, deixou-me a recordar os bons momentos que já vivi e que ainda vivo, afinal aos 23 anos a “imprudência” faz parte do meu quotidiano hahahahaha

  • http://tenholaminhasduvidas.blogspot.com/ Marcelle Gália

    ATÉ QUE ENFIM PUTARIA DE NOVO NO PDH!

    Sério. 2012 estava quase imaculado. 

    Quanto às fodas urgentes e juvenis…ainda tenho delas. Com tempo contado, alguém que pode chegar a qualquer instante e gemidos contidos. Mesmo que eu tenha tempo e conforto de sobra, o sexo nunca começa no quarto. Fiquei tão acostumada a me despedir de um namorado com um boquete no hall de entrada, que sempre que levo alguém até a porta, fico com a sensação de estar faltando alguma coisa. Mal acostumada.

    • Autora

      Mal nada, muitíssimo bem acostumada :)

    • omarvin

      oi 

    • Pedro Chagas

      É um caso gostosissimamente sério.

    • Jack

      Preciso conhecer vc.

    • Flávio

      Preciso de uma mulher assim na minha vida. (suspira)

    • Fabio

      Nossa como faço pra lhe conhecer???

    • Dieego

      kkkkkk…. minha namorada me da xau com um boquete tbm

    • Marcio Moura

      exatamente, o título do seu comentário faz todo o sentido pra mim! (Y)

  • http://www.baixinhoinvocado.blogspot.com Wagner Villa Verde

    Hummm … mente delirando com as melhores lembranças dessas cenas de sexo desafiadoras. Escada do prédio onde morava (tirar a calcinha com a boca foi perfeito), com a namorada na cama próxima a do irmão que dormia, no estacionamento do aeroporto (dentro de um UNO). São momentos tão gostosos que deixam saudades … acho que vou convidar minha esposa para relembrá-los !!

    • Autora

      Acho que em relacionamentos duradouros, manter essa jovialidade não só é fundamental, como pode ser ainda mais gostoso.. Justamente por toda a intimidade, companheirismo e outras coisas que tornam o sexo, do rapidinho e inesperado ao planejado, mais prazeroso ainda!

      • http://www.baixinhoinvocado.blogspot.com.br/ Wagner Villa Verde

        Então vc é a autora desse texto !! Hummmmm … muito interessante !!
        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • Autora

        Hehehe, bingo! Mas ainda tem mais um, mas é mais fácil de achar agora :)

      • Marcos Vinícios de Moraes

        parabéns pela história e concordo com seus pensamento, sim gosto deste tipo de menina e acho fundamental este tipo de aventura, minhas fantasias quase sempre ligam com riscos rs

      • http://www.baixinhoinvocado.blogspot.com.br/ Wagner Villa Verde

        Vou procurar com bastante zelo esse outro !!! Por enquanto eu amei esse … rsss

  • http://twitter.com/lucianoandolini Luciano Andolini

    Essas leitoras anônimas, sempre fazendo nossa alegria…

  • http://www.facebook.com/people/Jeberson-Pereira/100001516132002 Jeberson Pereira

    Texto foda…
    Fase maravilhosa que ainda curto…
    Daora a vida

  • JMoitinho

    “…adrenalina muito acima do normal, com certo medo de acordar alguém.”
    FATOOO!!!
    Essa sensação é a melhor!

  • Alan Almeida

    Falaram ali em cima e eu concordo.
    Nada como uma trepada inesperada…

  • gabriel

    como era bom, consegui trazer essa magia até pouco tempo, mas acho q minha namorada não consegue      mais sei que ela adora o medo de ser pega, q fica louca com o fato de que alguém possa ver, mas não consigo mais faze-la  entrar nesse clima, que tanto adora.
    se existe coisa melhor do que sexo casual e inesperado ainda não descobriram

  • http://www.facebook.com/paulo.poffal Paulo Poffal

    quanto mais velhos ficamos mais pudores temos… 

    • Nana

      No meu caso é completamente ao contrário! Quanto mais eu amadureço, mas minha mente se abre, principalmente em relação ao sexo u.u

  • Jean Suman

    Nossa! Quem é a garota desse GIF? excitante…

  • ciceroaj

    Esse texto me fez lembrar dos bons tempos em que eu fazia as coisas e não tava nem ai para oque iam dizer, pensar ou até mesmo reclamar.

  • http://www.facebook.com/tdaniiel Tuliio Daniel

    Caramba, uma rapidinha assim é a melhor coisa do mundo

    principalmente quando não é planejada, quando você vê já está naquele emaranhado de pernas, cabelos e tudo mais.Adorei o texto, como disseram acima, mais pelo relato que você fez dos fatos

  • Anonimo

    Será q a autora topa um momento Dr. Love?

    Esse tesão juvenil, essa sedução extrema, essa loucura toda, sempre fizeram parte da minha vida… Namoro há 5 anos, tenho 22 e ela 21… sempre fomos muito insanos em tudo, antes de ela completar 18 ja tinhamos ido ha algumas casas de swing (fácil entrada pelo porte dela e pelo meu), mas esse desejo todo está apagado nela… e por mais que eu tente, não consigo fazer com que ele reacenda… Os pudores são muitos e parece que ha uma falta de interesse quanto ao sexo.
    Ela põe a culpa na faculdade, na insatisfação com o próprio corpo, e etc…

    Será que é possível reacender esse fogo todo? Reensiná-la a ser só uma adolescente que fodia sob as cobertas com a mãe na mesma sala assistindo novela?

    • Autora

      Hahaha, longe de mim tentar ser Dr. Love, mas vamos lá:

      Primeiro, você podia mandar esse texto pra ela, meio como quem não quer nada, falando: “olha amor, parece até a gente no começo do namoro”

      Veja a reação ela à leitura, se ela vai falar que realmente era bom, ou se ela vai reagir como se hoje fosse melhor, com mais prudência…

      Se a reação for positiva, ótimo, use isso como gancho! Fale sobre como você sente muita saudade desse tempo e queria voltar a ter experiências como essa, que comê-la sempre é uma delícia, mas que você sente falta dessa apimentada, de relembrar esses bons tempos…

      Se a reação for negativa, dê ainda mais ênfase nas boas experiências que vocês tiveram, diga que, apesar de terem ficado mais prudentes com a idade, que ainda podem fazer coisas como essa que você citou, com a mãe na sala, e terem mais cuidado, fazerem devagarinho, sem barulho, que esses pudores que ela desenvolveu, você está disposto a ajudá-la a se livrar deles, afinal, são cinco anos juntos, era pro sexo de vocês ficar cada vez melhor… eu mesma sou uma ótima puta na cama, com um parceiro que desenvolva a minha confiança, e só me entrego de verdade mesmo, com mais tempo… 

      E quanto aos problemas que ela cita, diga que essas escapadas só vão ajudá-la à desestressar.. Que justamente pelo fato do sexo inesperado ser mais rapidinho, ele requer menos planejamento, o próprio planejamento gasta tempo que ela poderia usar estudando, ou fazendo outras coisas.. Então, se o tempo está escasso, ora bolas, mais um motivo pra se aproveitar cada espacinho de tempo que se tiver sobrando… E insatisfação com o próprio corpo, tente lembrá-la sempre que ela continua linda, que você adora comê-la, que ela é uma delícia, elogie-a bastante, isso ajuda muito na auto-estima da mulher… 

      E qualquer coisa: autoranonimapdh@gmail.com

      Espero que dê tudo certo e vocês trepem bastante!

  • http://www.estrategistas.com/ Paulo Roberto

    Caralho, que delícia de texto…

  • Marcus Vinicius Magalhães de A

    Lembranças da minha primeira vez em um banheiro de bar em 3, 2…

  • Sky Oliveira

    Do contra.
    Acho complicado tudo isso.
    Eu entendo que quando se perde a graça ganha-se o sentido. E logo vemos que isso de nada serviu. Mas em suma, todos tentamos algumas coisa, senao, apenas o que se salva dessa lista sao os mais religiosos. Ainda assim nao estao livres. Ninguem esta livre. Ser guiado pelo desejo insano de prazer nem sempre terá graça. Devemos ver onde nos levará esta ansia. 

    • Autora

      Mas o segredo está exatamente em dosar… O inesperado e urgente não precisa ser com qualquer pessoa desconhecida que passar pela sua frente… Pode ser com um casal, casado há sei lá quantos anos, mas que não desperdiça uma boa oportunidade de saciar esse desejo por prazer.. 

      • Sky Oliveira

        A busca do prazer nao si dá nisto. Nao é nada mensuravel a sensação de prazer.
        O prazer estar em ter e manter uma vida sossegada, sem estardalhaço. Arrisco-me a dizer que quem comete uma loucura fora do padrão para um casal de noivos, namorados, como até casados, esta se arriscando a perder o brilho da união por cometer uma idiotice dessas. 
        Isto é como a aquisição de um carro novo, sempre haverá carros mais novos e mais luxuosos, bem como mais potentes. Entao torna-se uma busca infinita e sem razão. Logo precisarão fazer ainda mais coisas imbecis para sentir o tao sonhado prazer. Esta é minha opinião de homem conservador.

      • Marques

        Coitada da sua mulher…

      • http://twitter.com/tico20timao2 Luiz Eduardo MGC

         ”homem conservador” vulgo “chato pra caralho e sem graça”, tipico cara que casa e mal sai de casa e da frente da tv, levando seu casamento com a barriga, e sem emoções, sem sexo prazeroso e etc, acorda pra vida, ja deve ser corno e ta ai se sentindo  o conservador bonzão ¬¬…

  • Rafax

    Papo de homem se tornando a versão digital da revista Marie Claire, saindo para nunca mais voltar em 3.2.1

  • http://www.facebook.com/people/Caio-Boscolo/100000145137958 Caio Boscolo

    Estilo Henry Muller esse texto.

  • Felipe Giannella

    Delícia de texto.

    • Autora

      Que bom, era essa a intenção ;)

  • Andre Langamer

    Poxa vc disse tudo, essa é a essência do melhor sexo que pode ser feito. Quero mais…

  • http://www.facebook.com/viniciusmarcall Vinícius Marçall

    estacionamento de shopping, escada de incêndio, rua e república contam? e o mais público foi na república, que zona era aquilo! hahahaha

  • Daniel

    Nunca tive essa sorte.. =/

    • Autora

      Sério? 

      • Daniel

        Seríssimo…!!!

      • Flávio Sousa da Vitoria

        Nem eu =/

  • http://twitter.com/tiagohardco Tiago Matias Etscobar

    É disso que eu to falando!!!!!

  • http://www.facebook.com/people/Hiro-Miyakawa/100002163257780 Hiro Miyakawa

    Leitura das boas.

    • Autora

      :)

  • http://donluidi.wordpress.com/ don luidi

    Voltei a ter 18 anos lendo este texto… Ótimas recordações palpitaram em minha mente.

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=1780216441 Jose Roberto Pimenta Jr

    OMG! Muitas lembranças… entre as melhores: Eu era associado em um escritório de advocacia, e nossa sala de reuniões era de frente com a rua, uma janela grande, com os vidros todos espelhados… No horário em que todos saiam para o almoço ficávamos só eu e ela, e aquela sala de testemunha… Bons tempos…

  • http://www.facebook.com/people/Débora-Rocha/1735972321 Débora Rocha

    Nossa deu até tesão… Essas experiências são divinas, cada vez vc procura uma adrelina maior que a outra, a coisa só melhora…

  • http://www.facebook.com/thiers.garbazza Thiers Garbazza

    Criei todo o cenário e a ação na minha cabeça e deu até calor!! Que delícia! Ótimo texto!

    • Autora

      Obrigada :)

  • Advogado Carioca

    Parabéns pelo texto! Difícil controlar o aumento do fluxo sanguíneo lá embaixo, rs. Delícia de relato.

     

  • Lv@n Player

    O bom da vida qdo se é adolescente são essas experiencias desastradas, gostosas e inesquecíveis, quando atingimos a maioridade aprendemos a controlar nossos hormônios e impulsos mais nada que nos faz diminuir  tesão, a experiencia de vida sexual só ajuda a ser mais gostoso, sexo nunca é demais e cada vez é diferente e melhor, comigo é assm….. 

  • Alice

    Tive os arroubos e paixões juvenis. O tesão maluco. Tudo escondido e aquela tensão. Aí veio a liberdade. E cheguei a pensar que o que me dava mais tesão mesmo era a tensão. Aí veio a vida e me jogou numa relação tão sexualmente pura e sem culpa que eu simplesmente morri. E renasci muito mais feliz. A gente não precisava de nada, era tesão genuíno, sem teatro (nem estar ‘produzida’ precisava, nem criar clima, nada) e sem exigências (a gente se entendia sem palavras). Caralho, como foi bom. :) 

  • Anonimo

    isso me lembro da sala do meu ex chefe com a mulher deli :s

  • http://papodehomem.com.br/author/rodolfoviana/ Rodolfo Viana

    isso me lembrou uma tia-avó minha.

  • Roxanne Walker

    Uiuiui q me deu um calorão hahaha

  • Gustavo

    Texto muito bom,trouxe todas as experiencias que tive com minha esposa quando tínhamos 17 anos kkkk
    A primeira lembrança que tive e a que mais marcou foi quando eu a chupei enquanto a mãe dela estava na sala e a gente na varanda,ela em pé só com as pernas afastadas,tendo que morder a o sutiã pra não gemer…tempo boooom demaaais.

  • gabriela w.

    “Tínhamos sempre a sensação de que a oportunidade não podia ser perdida, ainda que o tempo estivesse à nosso favor.” E eu ainda nessa fase mesmo.

  • http://www.facebook.com/people/Anderson-Dos-Santos/100001105823750 Anderson Dos Santos

    Memorias voltando em 4, 3, …, 1

    xD

    Mas é um toque isso tambpem, as vezes (como os textos daqui do PDH) estamos tão correndo com tudo que tem de ser feito na vida que não notamos que certos detalhes devia voltar a ser feito.

  • caiçara

    tive uma oportunidade na epoca,com uma ex minha acredite se quiser,dentro do onibos,exatamente no banco onde fica as pessoas preferenciais so que foi logo quando o nibos saio do ponto final,portanto ele estava vasio pedi pra ela faser sexo horal em mim nossa muito bom eu olhando descretamente e ao msm tempo se destorcendo no banco foi engraçado e muito gostoso e chuppo gostoso fora as outras loucura foram muitas mais essa foi a mais interessante

  • Expegador

    ah se minha mulher lesse e quisesse….

    • Autora

      Mostre pra ela :)

  • Pedrão

    Terminei um namoro de 3 anos por isso. Tudo tinha que ser planejado, e eu não queria perder um segundo. Quanto mais diferente e abusada a situação, com mais tesão eu fico. Não saía nada, tinha medo, não relaxava, e depois, quase sempre, ela ficava com aquela sensação.. “dava pra fazer”. Isso em matava. Pois bem, não me acompanhou. Dançou.

  • Rafael

    Me fez reelembra de uma  unica entrevista de emprego que tive aos meus 18anos que tive que
    ter uma relação maravilhosa com a encarregada do DP para mim entra na empresa, OBS: ela era casada
    mais inesquecivel como tudo que fiz até hoje na minha vida com 26anos.

  • http://www.facebook.com/people/Evandro-Araujo/1558069447 Evandro Araújo

    Caramba… lembrei dos meus sogros dormindo na cama do lado.

  • Rodrigo.Santana

    Ótimo Texto, Sempre pensei assim, uma Oportunidade NUNCA deve ser desperdiçadas.
    Pena que minha ex era muito medrosa, mas me lembro de vários bons momentos quando ela vinha de madrugada ou bem cedinho deitar do meu lado.(Eu na casa dela dormia, na sala).

  • Bruno Longo

    Incitando a namorada a usar o carro em 3, 2, 1…

  • http://twitter.com/tico20timao2 Luiz Eduardo MGC

    esse texto me fez lembrar de coisas boas =)

  • Pingback: Mulheres que se filmam nuas e homens que jogam videogame | Papo de Homem

  • Joaosilva

    que bom

  • sessentao ativo

    Que tal um texto dirigido p/ um coroa com o tesao de adolescente, e a mulher adormecida para o sexo? depois de um texto desse, vejo que minha mente lididinosa juvenil esta se aflorando…que vontade me da….

  • http://www.facebook.com/marco.augustomachadosilva Marco Augusto Machado Silva

    Parabéns, Autora! Meu coração bateu forte enquanto lia… rsrsrs.

  • Belinha

     Nunca fui fã de rapidinhas, pois não tinha tempo suficiente para relaxar e ficar excitada o suficiente, então acabava não aproveitando como gostaria. Os meus parceiros é que gostavam muito, sempre gozavam e eu via que não se preocupavam muito se eu tava gostando, os achava bem egoístas e depois tinha aquela sensação de que fui usada. Acho que não valeu a pena o risco de ter transado em lugares onde podiamos ser pegos, pois simplesmente não consegui gozar e não era aquela maravilha que eu esperava que fosse, infelizmente não tenho recordações tão boas como a maioria.

  • Yan

    Bons tempos esses!!!

  • Andre Trindade

    Até que em fim uma boa sacanagem-erótica-de-bom-gosto por aqui !!! PDH parecia mais que tinha virado coisa de papo-cabeça-mulherzinha. As coisas por aqui estavam ficando muito puritanas.Autores vaidosos (as) que não aceitam criticas, papos furados, etc.. quero minha PDH de volta !!

  • Bruno Benites

    haha, lembro uma vez enquanto minha prima twitava pelo meu celular e eu ea amiguinha dela agarraditos no chão haha!

    ela jura que nao percebeu nada !

  • http://twitter.com/GabrielBalbino Gabriel

    nossa… esse ai deu oq falar… e falta de folego tb!!!

    mas achoq o povo esquece disso.. .isso não é coisa de joven… e sim, de quem tem sangue correndo nas veias!!! se ficarmos ligados na sociedade pseudo-moralista, não iremos mais transar gostoso… modestia a parte, mas vivo isso tranquilamente! uma punhetinha em qualquer lugar não mata ninguem…. essa empinada ao maxímo é basica… mas se for preciso, eu enfio a cabeça por vbaixo da saia facil e faço o oral e ela que se vire para desfarçar a cara de tesão! temos q parar com esse pudor todo e deixar rolar… sempre…

    adorei de montão o texto e as fotos… parabéns…

    Quero ser assim pra sempre!!!

  • Flávio Sousa da Vitoria

    Wow. Tenso ler isso depois do trabalho e ficar só na vontade =/

    E autora, parabéns! Um texto desse levanta até defunto!

  • http://www.facebook.com/anderson.bonomo.3 Anderson Bonomo

    que legal

  • http://www.facebook.com/anderson.bonomo.3 Anderson Bonomo

    uuuuu

  • Danilo

    Cada vez que leio postagens assim, tenho uma enorme sensação de decepção! Porque não encontro garotas assim?

    • Autora

      Você encontra! Mas será que não as rotula e acaba deixando que passem despercebidas? Essa jovialidade no sexo requer liberdade, e nem todo mundo lida bem com isso…

  • http://www.facebook.com/domdeoliveira Dom de Oliveira

    Mucosas… normal.

  • Desencanado

    Excelente texto ! São coisas assim que fazem homens como eu;desencanados quererem namorar!Hoje muitas mulheres e homens não possuem aquela inovação nas atitudes,se preocupam com o que outras pessoas pesam deles,e deixam de fazer o que eles tem vontade.O simples fato de falar abertamente sobre sexo hoje é repugnado,pq vc passa a ser rotulado de safado e pervertido,mas a vida é feita de momentos!
    Sensacional o txt!

    • Desencanado

      pensam*

    • Autora

      Falar sobre sexo sempre será tabu, infelizmente, mas que tenhamos liberdade sempre de fazermos o que der vontade :)

  • beto

    Manda isso pro Marcelinho ler moça!! Aliás se você for uma moça mesmo! =P

    • Autora

      Sou moça :)

  • Allacon

    euquerodemaisdaconta…!!!

  • http://twitter.com/laurobevitori Lauro Bevitori

    Não acho que depois que crescemos temos que esperar o momento acontecer, ou ir até um motel pra “brincar”. Só não faz isso quem justamente pensa errado. Não tem idade pra chupar o peito da mina no cinema, etc.

  • http://www.facebook.com/light.matheus Matheus Eduardo Light

    Texto muito bom ,
    traz boas lembranças de situações semelhantes…
    ah bons tempos!

  • http://www.facebook.com/people/Vicente-Lo-Duca/100000327132630 Vicente Lo Duca

    Old but gold.

  • gabriell

    oii
    preciso conhecer alguem

  • gabriell

    alguem interessado

  • AdrieL

    Ah cara… Lembrei das maravilhosas fodidas sentado na calçada da minha ex lá pela meia noite, daquele frio na barriga com medo de alguém aparecer, daquela calcinha afastada pro lado e das gozadas animais que me obrigavam a ir pra casa com as pernas bambas. Bons tempos…. :)

  • Marcos Vinícius

    Me encontra no banheiro… Na sala, na cozinha, no quintal, na orla, no bicicletário, sobre mim. =]
    Hehehehe

  • Hique

    Nunca tive nada disso na minha juventude… o que me rendeu uma séria psicose.

  • Corredor_Ortografico_relaxando

    Essa foi de admirar sem pudor algum

  • Renata Leite

    Queeeee loucura esse texto! hahahah

  • Eduardo

    Ops, o snorlax acordou embaixo.

  • Leo

    Adoro matérias assim, bem hot, livre. Nada de tabu, porque broxa!
    Independente do sexo ser juvenil, urgente e caralho a quatro, o que vale é ser bem feito, e quanto mais safadeza rolar, melhor!
    E seja no quarto, no banheiro, na sala, no sofá, em vias públicas, ou mesmo no motel, sexo é esporte, amor é poesia, e a alma ganha mais vida!!

  • Luciano

    Cheguei um pouco atrasado nos comentarios mas… nossa que tesão! Me arrependo de não ter ficado com umas sapequinhas em minha adolecencia por puro preconceito e velhos rotulos, nessas fases de experiencia temos mais é que gozar delas com o minimo de precausão. Estou descontando tudo agora e muito bem por sinal…

    Belo texto, me deixou com tesão! =D.

  • Hudson Oliveira Maciel

    Quem nunca! hahahahaha!

  • Dávine

    Adorei o texto.
    Quem nunca experimentos esse imediatismo juveil,não sabe o que ta perdendo…

  • Flavia

    povo parece q nunca fez um bom sexo kkkk

  • Guilherme Fahd

    vendo tanta gente mais velha que ainda faz essas loucuras, eu me sinto um idoso… tenho só 18 anos e tudo meu tem sido planejado a tempos… odeio isso, cara… quero sentir esse fogo de novo… que droga! parece que não consigo mais –’ isso é uma merda mesmo

  • Elber Queiroz

    Oww um ótimo conto, e como já foi dito, uma delicia de texto!

  • Priscilla Rezende Manzano

    Que texto… o que faltou ser dito, eu imaginei… a BARBA roçando no meu pescoço e me deixando vermelha!!! hehehe

  • Marcos

    Esse texto foi realmente exitante! 3:)

  • ‘Rick

    Isso me lembra de uma história. Uma certa vez eu e uma amiga decidimos sair para tomar um sorvete, nada acontecia entre nós até surgir assuntos mais picantes. A partir daquele momento ambos ficamos com tesão às 3 horas da tarde em pleno centro. Começamos a ficar e a quase nos comermos em praça pública, até que surgiu a brilhante ideia de invadir um prédio abandonado que fica perto do Rio que passa lá perto. Entramos no tal prédio e fomos nos despindo até o segundo andar, tendo que praticamente escalar até lá. Neste prédio tinha uma varanda que dava vista para a rua que ali passava e também para o Rio e o porto da cidade, e foi ali mesmo, naquela varanda, com pessoas vendo, que esquecemos do mundo ao redor. Hmmm
    Vou ligar pra ela.

  • Marcio Moura

    Esse texto me lembra a Lasciva…

  • Thiago Santos

    Bons tempos… =|

  • Filipe

    Retiro religioso..Chovendo.. Todos no salão de jogos e uma vontade imensa de meter. Foi ali no WC mesmo, na cara de pau, enquanto todos se distraiam no ping-pong e no perbolim.

  • Rafael Pellizzari

    Se um texto desses já deixa qualquer homem de cabelo em pé (e não só ele), uma situação real é simplesmente estar no paraíso.

  • Ricardo Robles

    Menina sapequinha ou cumplice de seus próprios desejos e fantasias? Tá faltando isto! Todo dia a gente se afasta um pouco mais dos nossos instintos, como se sermos o que somos desde que o mundo é mundo fosse errado. Gente vamos evoluir, mas não perder a essência! Sapequinha sempre!

  • J_Breve

    O tesão do inusitado!
    A maravilhosa surpresa de ser surpreendido pela menina sapeca que tenta te deixar constrangido no momento que você se concentra em manter o controle, pra não avançar nenhum sinal.
    Porem a respiração ofegante dela demostra que ela também quer e é esse momento onde o tesão é palpável por ambos, que nos sentimos tao jovem.
    Assim como a Leitora anonima esse tesão não pode ser vista somente como antigamente, afinal somos tão jovens!

  • J Ricardo Miranda

    é…tem pinta dum ocorrido, há muito.. A tesão não mede nem medo, pois esse faz a coisa toda melhor…E nessa fase, pqp, sem grilos. Se esconder, ir pra escada, na pia do banheiro.

  • Pingback: Um olhar detalhado das lesões do sexo | Infográfico | PapodeHomem

  • http://www.gabrielpetrone.com.br/ Gabriel Petrone ❼

    Hmm… como é bom ler isso e imaginar fatos semelhantes

Papo de homem recomenda

Assine o Papo de homem

Curta o PdH no Facebook
  • 5581 artigos
  • 664582 comentários
  • leitores online